Issuu on Google+

EDIÇÃO 75 | R$ 14,95

Busca

0 0 0 7 5>

Os truques para ir direto ao ponto

9 771807 924004

Gmail E-mail mais esperto – e agora com rede social

O melhor do

oogle Está tudo na web, de graça. Veja como extrair o máximo dos programas e dos serviços Docs Tire de letra apresentações, textos e planilhas

Smartphones Nexus One + 8 aparelhos com Android

CHROME | YOUTUBE | WAVE capa_Dicas75.indd 3

04.03.10 18:45:25


conteúdo

GOOGLE PESQUISA

08 14 16 18 20 22

Vá direto ao ponto A imagem certa Cadê aquele vídeo Buscas especializadas Procure aqui também Vasculhe seu micro

GMAIL

24

E-mails mais espertos

DOCS

29

Mestre em documentos

IGOOGLE: página personalizada reúne vários serviços do Google e de terceiros

BLOGGER

WAVE

44

63

Blogando como profissional

AGENDA

34

Está tudo combinado

YOUTUBE

38 40

Espaço para seus vídeos Legendado é melhor

READER CHROME

46 50

Orkut sem restrições

9 extensões legais Polimento no Chrome

CHROME OS

53

ORKUT

42

O Chrome OS está entre nós

PICASA

55

Esperto com as fotos

MAPS

58 61

4

8 truques úteis

Vai para onde? Crie seus próprios mapas

67

Por dentro do que acontece

iGOOGLE

69

Audiência é com ele

FIREFOX

71

Direto do browser

ANDROID

73 75

O smartphone do Google O avanço do Android

I DI C AS IN FO

Conteudo.indd 4

06.03.10 04:06:09


recado da redação

MERGULHE NO GOOGLE D

á para viver sem o Google nos dias de hoje? É possível sim, mas bem difícil. Qualquer pessoa que passe pelo menos poucos horas diante do computador, conectado à web, engrossa a lista dos dependentes do Google. Quer ver? Dos internautas, mais de 85% clicam no link Pesquisar da empresa — ou o correspondente em uma infinidade de outros idiomas — para fazer buscas de sites, imagens, vídeos e o que mais for. Webmail? O Hotmail tem uma legião de fãs, mas o Gmail é tão bom que muita gente usa o serviço como complemento ao e-mail corporativo — ele é rapidíssimo e aceita anexos gigantes, para ficar apenas em duas qualidades. Se você gosta de vídeos — quem não gosta? — deve frequentar o YouTube. Fotos? O Picasa é um forte adepto, tanto no computador quanto na web. O orkut não faz muito sucesso fora, mas aqui no Brasil ainda é a rede social preferida. O Google tem ainda navegador, leitor de RSS, hospedagem de site, ferramenta de blog, programa de colaboração, agenda, pacote de escritório, tradutor, sistema operacional, smartphone... A lista parece não ter fim. Os recursos que esses programas e serviços oferecem também vão muito além do que a maioria de seus usuários consegue enxergar. Esta edição de Dicas INFO não aborda todas essas ferramentas nem esgota todos os seus recursos. Mas sem dúvida vai fazer você tirar maior proveito de todas elas.

MARIA ISABEL MOREIRA EDITORA DA DICAS INFO

6

I DI C AS I N FO

Recado2.indd 6

DICAS INFO Uma publicação mensal da Editora Abril Para contatar a redação: contateinfo@abril.com.br Para assinar a Dicas INFO: (11) 3347-2121 — Grande São Paulo 0800-701-2828 — Demais localidades abril.assinaturas@abril.com.br

NOTAS 10,0

IMPECÁVEL

9,0 a 9,9

ÓTIMO

8,0 a 8,9

MUITO BOM

7,0 a 7,9

BOM

6,0 a 6,9

MÉDIO

5,0 a 5,9

REGULAR

4,0 a 4,9

FRACO

3,0 a 3,9

MUITO FRACO

2,0 a 2,9

RUIM

1,0 a 1,9

BOMBA

0,0 a 0,9

LIXO

Veja os critérios de avaliação da INFO em detalhes na web em www.info.abril.com.br/ sobre/infolab.shl. A lista das lojas onde os produtos testados podem ser encontrados está em www.info.abril.com.br/ arquivo/onde.shl.

© FOTO MARCELO KURA

06.03.10 04:07:19


VICTOR CIVITA (1907-1990) Editor: Roberto Civita Presidente Executivo: Jairo Mendes Leal Conselho Editorial: Roberto Civita (Presidente), Thomaz Souto Corrêa (Vice-Presidente), Giancarlo Civita, Jairo Mendes Leal e José Roberto Guzzo Diretor de Assinaturas: Fernando Costa Diretora de Mídia Digital: Fabiana Zanni Diretor de Planejamento e Controle: Auro Luís de Iasi Diretora-Geral de Publicidade: Thais Chede Soares Diretor-Geral de Publicidade Adjunto: Rogerio Gabriel Comprido Diretor de RH e Administração: Fábio Carvalho Diretor de Serviços Editoriais: Alfredo Ogawa Fundador:

Diretor Superintendente:

Alexandre Caldini

Diretora de Redação: Débora Fortes Redator-chefe: Maurício Grego Editor Sênior: Carlos Machado Editores: Airton Lopes, Juliano Barreto, Kátia Arima, Maria Isabel Moreira, Maurício Moraes e Renata Leal Estagiários: Leonardo Martins e Priscila Jordão Diretor de Arte: Jefferson Barbato Designers: Catia Herreiro, Maurício Medeiros e Wagner Rodrigues Colaboradores da edição: Vinicius Ferreira (editor de arte), Eric Costa, Sérgio Vinícius (texto) e Ulysses Borges de Lima (revisão) Infolab: Luiz Cruz (engenheiro-chefe do INFOLAB), Guilherme Bragatte e Rafael Augusto Kaio (estagiários) Gestor de Comunidades: Virgilio Sousa INFO Online Editores-assistentes: Fabiano Candido e Felipe Zmoginski Repórteres: Guilherme Pavarin, James Della Valle, Marco Aurélio Zanni e Paula Rothman Webmaster: Renata Verdasca Desenvolvedor Web: Silvio Donegá Webdesigner: Renato Del Rio Produtor Multimídia: Cadu Silva Estagiário Caio Melzer de Oliveira www.info.abril.com.br

SERVIÇOS EDITORIAIS Apoio Editorial: Carlos Grassetti (Arte), Luiz Iria (Infografia) Dedoc e Abril Press: Grace de Souza Treinamento Editorial: Edward Pimenta PUBLICIDADE CENTRALIZADA Diretores: Marcos Peregrina Gomez, Mariane Ortiz, Robson Monte, Sandra Sampaio Executivos de Negócio: Ana Paula Teixeira, Daniela Serafim, Eliane Pinho, Emiliano Hansenn, Karine Thomaz, Luciano Almeida, Marcelo Cavalheiro,

Marcelo Pezzato, Marcio Bezerra, Maria Lucia Strotbek, Pedro Bonaldi, Renata Mioli, Rodrigo Toledo, Selma Costa, Sueli Fender, Susana Vieira PUBLICIDADE RIO DE JANEIRO Diretor de Publicidade Rio de Janeiro: Paulo Renato Simões Gerente: Edson Melo Executivos de Negócios: Ailze Cunha e Leda Costa Diretor de Publicidade Regional: Jacques Baisi Ricardo

CLASSIFICADOS Gerente: Angelica Hamar Coordenadora: Luciane Silva PUBLICIDADE NÚCLEO TECNOLOGIA Diretora: Ivanilda Gadioli Executivos de Negócio: André Cecci, Andrea Balsi, Carlos Sampaio, Débora Manzano, Edvaldo Silva, Fernando Rodrigues, Jorge Hidalgo, Jussara Dimes Costa, Karina Martins, Léa Moreira e Thais Alfaya Coordenadora: Christina Pessoa (RJ) PLANEJAMENTO, CONTROLE E OPERAÇÕES Gerente: Victor Zockun Consultor: Silvio Rosa Processos: Agnaldo Gama, Clélio Antonio, Valdir Bertholin, Wagner Cardoso MARKETING E CIRCULAÇÃO Gerente de Marketing: Viviane Ribeiro Gerente de Publicaçoes: Ilona Moysés Analista de Marketing: Rafael Abicair Projetos Especiais: Patrícia Steward, Edison Diniz Gerente de Eventos: Shirley Nakasone Coordenadoras de Eventos: Bruna Veratti, Carolina Fioresi e Rafael Marques Gerente de Circulação - Avulsas: Carmen Lúcia de Sá Gerente de Circulação - Assinaturas: Viviane Ahrens ASSINATURAS Operações de Atendimento ao Consumidor: Malvina Galatovic RH Diretora: Claudia Ribeiro Consultora: Marizete Ambran Em São Paulo: Redação e Correspondência: Av. das Nações Unidas, 7221, 17º andar, Pinheiros, São Paulo, SP, CEP 05425-902, tel. (11) 3037-2000 Publicidade São Paulo www.publiabril.com.br Classificados 0800-701-2066, Grande São Paulo tel. (11) 3037-2700 ESCRITÓRIOS E REPRESENTANTES DE PUBLICIDADE NO BRASIL: Central-SP (11) 3037-6564 Bauru Gnottos Mídia Representações Comerciais, tel. (14) 3227-0378, Belém Midiasolution Belém tel. (91) 3222-2303; Belo Horizonte Escritório tel. (31) 3282-0630; Triângulo Mineiro F&Campos Consultoria e Assessoria Ltda., tel. (16) 3620-2702; Blumenau M. Marchi Representações, tel. (47) 3329-3820; Brasília Escritório tel. (61) 3315-7554; Representante Carvalhaw Marketing Ltda., tel. (61) 3426-7342; Campinas CZ Press Com. e Representações, tel. (19) 3251-2007; Campo Grande Josimar Promoções Artísticas Ltda., tel. (67) 3382-2139; Cuiabá Agronegócios Representações Comerciais, tel. (65) 8403-0616; Curitiba Escritório tel. (41) 3250-8000, Representante Via Mídia Projetos Editoriais Mkt. e Repres. Ltda., tel. (41) 3234-1224; Florianópolis Interação Publicidade Ltda., tel. (48) 3232-1617; Fortaleza Midiasolution Repres. e Negoc., tel. (85) 3264-3939; Goiânia Middle West Representações Ltda., tel. (62) 3215-5158; Maringá Atitude de Comunicação e Representação, tel. (44) 3028-6969; Porto Alegre Escritório tel. (51) 3327-2850, Representante Print Sul Veículos de Comunicação Ltda., tel. (51) 3328-1344; Recife MultiRevistas Publicidade Ltda., tel. (81) 3327-1597; Ribeirão Preto Gnottos Mídia Representações Comerciais, tel. (16) 3911-3025; Rio de Janeiro tel. (21) 2546-8282; Salvador AGMN Consultoria Public. e Representação, tel. (71) 3311-4999; Vitória Zambra Marketing Representações, tel. (27) 3315-6952

PUBLICAÇÕES DA EDITORA ABRIL: Almanaque Abril, Ana Maria, Arquitetura e Construção, Atividades, Aventuras na História, Boa Forma, Bons Fluidos, Bravo!, Capricho, Casa Claudia, Claudia, Contigo!, Disney, Elle, Estilo, Exame, Exame PME, Gloss, Guia do Estudante, Guias Quatro Rodas, Info, Info Corporate, Loveteen, Manequim, Manequim Noiva, Men’s Health, Minha Novela, Mundo Estranho, National Geographic, Nova, Placar, Playboy, Quatro Rodas, Recreio, Revista A, Runner’s World, Saúde!, Sou Mais Eu!, Superinteressante, Tititi, Veja, Veja Rio, Veja São Paulo, Vejas Regionais, Viagem e Turismo, Vida Simples, Vip, Viva! Mais, Você S/A, Women’s Health Fundação Victor Civita: Nova Escola INTERNATIONAL ADVERTISING SALES REPRESENTATIVES Coordinator for International Advertising: Global Advertising, Inc., 218 Olive Hill Lane, Woodside, California 94062. UNITED STATES: CMP Worldwide Media Networks, 2800 Campus Drive, San Mateo, California 94403, tel. (650) 513-4200, fax (650) 513-4482. EUROPE: HZI International, Africa House, 64-78 Kingsway, London WC2B 6AH, tel. (20) 7242-6346, fax (20) 7404-4376. JAPAN: IMI Corporation, Matsuoka Bldg. 303, 18-25, Naka 1- chome, Kunitachi, Tokyo 186-0004, tel. (03) 3225-6866, fax (03) 3225-6877. TAIWAN: Lewis Int’l Media Services Co. Ltd., Floor 11-14 no 46, Sec 2, Tun Hua South Road, Taipei, tel. (02) 707-5519, fax (02) 709-8348 DICAS INFO O MELHOR DO GOOGLE, edição 75, (ISSN 18079245) é uma publicação da Editora Abril S.A. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A.

Distribuidora Nacional de Publicações, São Paulo

IMPRESSA NA DIVISÃO GRÁFICA DA EDITORA ABRIL S.A.

Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, Freguesia do Ó, CEP 02909-900, São Paulo, SP

Presidente do Conselho de Administração: Roberto Civita Presidente Executivo: Giancarlo Civita Vice-Presidentes: Arnaldo Tibyriçá, Douglas Duran, Marcio Ogliara, Sidnei Basile www.abril.com.br

Expediente-75.indd Sec1:7

06.03.10 04:09:24


buscas I web

VÁ DIRETO AO PONTO

ASSEMELHADOS Outro operador é o sinal til (~). Qual sua função? Ele localiza termos similares. Vamos supor que você queira pesquisar fissão nuclear. Se você digitar no campo de busca fissão ~nuclear, o Google varrerá a web e trará, além de páginas sobre fissão nuclear, endereços que tratam de fissão atômica, bomba atômica, reator atômico etc.

Use alguns truques para chegar mais fácil e rápido à informação que procura POR CARLOS MACHADO E MARIA ISABEL MOREIRA ©1

CONTEÚDO PICANTE

A

maioria das pessoas usa o Google como ferramenta de pesquisa na web há tanto tempo que acredita conhecer todos os seus segredos. Mas muitos ignoram vários dos truques que permitem refinar de modo mais eficiente os resultados e, consequentemente, chegar mais rápido à informação desejada. Veremos a seguir dicas de uso de operadores e símbolos, seleção de critérios e emprego de recursos de filtragem para tornar suas pesquisas de páginas web bem mais ágeis e precisas.

COMBINAÇÃO DE OPERADORES É possível também combinar vários operadores numa mesma pesquisa. Se você busca ~lugares turísticos, por exemplo, vai obter lugares, pontos ou locais turísticos. Mas se buscar ~lugares turísticos -lugares terá resultados como pontos e locais turísticos, mas não lugares, o que já elimina um número grande de resultados indesejáveis.

SÓ LEMBRA PARTE

ENTRE ASPAS O Google normalmente tenta localizar páginas que contêm todas as palavras digitadas como argumento de busca. Se você quiser encontrar uma frase exata, digite-a entre aspas. Isso é útil, por exemplo, quando você deseja localizar um texto, por exemplo, do qual se lembra de uma frase, como “borzeguim deixe as fraldas ao vento”.

8

I DI C AS IN FO

web-Mat04.indd 8-9

OPERADORES OR E NOT O Google também interpreta em seu trabalho alguns operadores. Você pode, por exemplo, procurar um termo ou o outro, ou os dois. Para isso, digite os termos separados pelo operador OR. Escreva, no campo de busca, setembro OR janeiro. Outra opção é escrever setembro | janeiro. Há também o operador NOT, representado por um sinal de menos. Exemplo: energia -eólica. Nesse caso, você obtém tudo que fala de energia, exceto o que contém a palavra eólica.

© FOTOS 1 JAMEZ PICARD 2 DAVID DALL

Há também o caractere curinga asterisco (*). Ele serve, por exemplo, para buscar uma frase da qual você só lembra uma parte. O Google completa os termos faltantes. Vamos supor, por exemplo, que você deseje chegar à letra da música Alegria, alegria, do Caetano Veloso, mas só se lembra que começa com “caminhando contra” e não consegue completar a frase. É só digitar caminhando contra *. O asterisco também pode ser usado para forçar a pesquisa apenas num tipo de domínio. Você pode juntar, por exemplo, o termo procurado e *.org, para buscar somente (ou quase somente) em domínios do tipo org.

Tem criança em casa? Então talvez seja melhor usar um filtro para tentar eliminar ao máximo dos resultados páginas que contenham conteúdo de cunho sexual. Por padrão, o Google usa um filtro moderado, que oculta apenas imagens com conteúdo explícito. Nas suas configurações de pesquisa, você pode selecionar o filtro restrito, que não deixa passar nem imagens nem textos eróticos ou, ainda, pedir para o Google não usar nenhum controle. Na página de pesquisa de imagem, logo abaixo do campo de busca de imagens, aparece a informação sobre a configuração de SafeSearch em uso. Você pode clicar na seta ao lado para alterar essa configuração.

©2

DIC A S INFO I

9

06.03.10 03:14:15


buscas I web

VÁ DIRETO AO PONTO

ASSEMELHADOS Outro operador é o sinal til (~). Qual sua função? Ele localiza termos similares. Vamos supor que você queira pesquisar fissão nuclear. Se você digitar no campo de busca fissão ~nuclear, o Google varrerá a web e trará, além de páginas sobre fissão nuclear, endereços que tratam de fissão atômica, bomba atômica, reator atômico etc.

Use alguns truques para chegar mais fácil e rápido à informação que procura POR CARLOS MACHADO E MARIA ISABEL MOREIRA ©1

CONTEÚDO PICANTE

A

maioria das pessoas usa o Google como ferramenta de pesquisa na web há tanto tempo que acredita conhecer todos os seus segredos. Mas muitos ignoram vários dos truques que permitem refinar de modo mais eficiente os resultados e, consequentemente, chegar mais rápido à informação desejada. Veremos a seguir dicas de uso de operadores e símbolos, seleção de critérios e emprego de recursos de filtragem para tornar suas pesquisas de páginas web bem mais ágeis e precisas.

COMBINAÇÃO DE OPERADORES É possível também combinar vários operadores numa mesma pesquisa. Se você busca ~lugares turísticos, por exemplo, vai obter lugares, pontos ou locais turísticos. Mas se buscar ~lugares turísticos -lugares terá resultados como pontos e locais turísticos, mas não lugares, o que já elimina um número grande de resultados indesejáveis.

SÓ LEMBRA PARTE

ENTRE ASPAS O Google normalmente tenta localizar páginas que contêm todas as palavras digitadas como argumento de busca. Se você quiser encontrar uma frase exata, digite-a entre aspas. Isso é útil, por exemplo, quando você deseja localizar um texto, por exemplo, do qual se lembra de uma frase, como “borzeguim deixe as fraldas ao vento”.

8

I DI C AS IN FO

web-Mat04.indd 8-9

OPERADORES OR E NOT O Google também interpreta em seu trabalho alguns operadores. Você pode, por exemplo, procurar um termo ou o outro, ou os dois. Para isso, digite os termos separados pelo operador OR. Escreva, no campo de busca, setembro OR janeiro. Outra opção é escrever setembro | janeiro. Há também o operador NOT, representado por um sinal de menos. Exemplo: energia -eólica. Nesse caso, você obtém tudo que fala de energia, exceto o que contém a palavra eólica.

© FOTOS 1 JAMEZ PICARD 2 DAVID DALL

Há também o caractere curinga asterisco (*). Ele serve, por exemplo, para buscar uma frase da qual você só lembra uma parte. O Google completa os termos faltantes. Vamos supor, por exemplo, que você deseje chegar à letra da música Alegria, alegria, do Caetano Veloso, mas só se lembra que começa com “caminhando contra” e não consegue completar a frase. É só digitar caminhando contra *. O asterisco também pode ser usado para forçar a pesquisa apenas num tipo de domínio. Você pode juntar, por exemplo, o termo procurado e *.org, para buscar somente (ou quase somente) em domínios do tipo org.

Tem criança em casa? Então talvez seja melhor usar um filtro para tentar eliminar ao máximo dos resultados páginas que contenham conteúdo de cunho sexual. Por padrão, o Google usa um filtro moderado, que oculta apenas imagens com conteúdo explícito. Nas suas configurações de pesquisa, você pode selecionar o filtro restrito, que não deixa passar nem imagens nem textos eróticos ou, ainda, pedir para o Google não usar nenhum controle. Na página de pesquisa de imagem, logo abaixo do campo de busca de imagens, aparece a informação sobre a configuração de SafeSearch em uso. Você pode clicar na seta ao lado para alterar essa configuração.

©2

DIC A S INFO I

9

06.03.10 03:14:15


BUSCA AVANÇADA O problema dos operadores de busca — como o sinal de menos, o til e o asterisco — é que você pode esquecê-los ou não se sentir muito à vontade ao usá-los. Nesse caso, parta para a busca avançada do Google. Para isso, clique no link Pesquisa Avançada que fica posicionado ao lado do botão Pesquisar. A primeira caixa, Procurar Resultados … Com Todas as Palavras equivale a digitar o texto entre aspas. A opção ...Com Qualquer Uma Das Palavras é o mesmo que digitar a frase sem aspas na busca normal. Já ...Sem as Palavras corresponde ao operador menos (-). Nas buscas avançadas, você escolhe quantos resultados deseja que o Google apresente por página.

IDIOMA, PAÍS E FORMATO Além dos argumentos de busca apresentados em destaque na faixa superior da Pesquisa Avançada, várias opções aparecem mais abaixo. Você pode escolher o idioma em que deseja ver os resultados e em qual país prefere concentrar a pesquisa. Pode também procurar por um formato específico de arquivo entre as dez opções oferecidas pela Google. Na lista estão planilhas Excel, documentos do Word, apresentações do PowerPoint, PDFs e arquivos em Flash e em Postscript, entre outros.

TEMPO, POSIÇÃO OU DOMÍNIO Í A pesquisa pode ainda se guiar pela data de publicação ou a posição dos termos pesquisados na página. No primeiro caso, não dá para especificar uma data, mas é possível escolher entre as opções nas últimas 24 horas, na última semana, no último mês e no último ano. Você pode pedir ao Google para examinar o termo pesquisado no título da página, no seu corpo, no seu endereço ou ainda em links para ela — a busca padrão faz a pesquisa em qualquer parte. Na combinação das duas caixas no item Domínio obtém-se o mesmo efeito da busca somente por um tipo de domínio, como *.org ou *.net. Ou o inverso — nem *.org nem *.net.

SIMILARES E LINKS Há ainda dois tipos de busca bem diferentes nas opções avançadas. Em Similares, você digita uma URL e pede ao Google para encontrar páginas semelhantes à indicada. Exemplo: se você digitar www.folha.com.br, que é o endereço do jornal A Folha de S. Paulo, os resultados trazem link para o site do O Estado de São Paulo, O Globo, A Tarde, Jornal do Brasil, Jornal da Tarde etc. Em Links, você apresenta o endereço e recebe de volta uma lista de páginas que contêm links para aquele endereço. Trata-se de um excelente recurso para quem tem um site. As respostas dão uma medida de quanto o conteúdo do site reverbera em outras páginas da web.

10 I DI C AS I N FO

web-Mat04.indd 10

06.03.10 03:16:47


PESQUISA NOS RESULTADOS A página de resultados do Google pode ser mais bem explorada do que normalmente é. Fez uma pesquisa, mas acha que veio coisa demais? Vá até o pé da página e clique no link Pesquisar nos Resultados. O Google abre uma outra janela, na qual você pode detalhar melhor o que procura. Vamos imaginar que você tenha pesquisado “margarida”, mas não esteja interessada na cafeteria, na estação de rádio ou até no tabelião que use esse nome e queira mesmo ler mais sobre a flor. Nessa caixa, você pode escrever flor para filtrar os resultados por esse critério.

SEMELHANTES EXPRESSOS Se na lista de resultados você encontrar uma página relevante e quiser buscar conteúdos semelhantes, não precisa acionar a busca avançada e digitar o endereço dessa página no campo específico. Basta clicar no link Similares, que fica posicionado depois da URL. Você vai economizar alguns cliques, e o Google vai apresentar uma lista de sites assemelhados àquele pelo qual você se interessou.

RESULTADOS COM IMAGENS Se o título, a descrição e o endereço da página não são suficientes para você localizar facilmente o que procura, uma boa alternativa é visualizar miniaturas dos sites encontrados. Para fazer isso, clique no link Mostrar Opções, abaixo do campo de pesquisa, e, na área Resultados Padrão, clique em Visualização das Páginas. Se quiser ver apenas imagens exibidas nessas páginas, em vez das miniaturas, escolha Imagens da Página.

COM AS SUAS PREFERÊNCIAS Você pode personalizar suas preferências do Google, mas é importante saber que elas afetarão todos os serviços. Uma vez logado, clique em Configurações e selecione Configurações da Pesquisa. Você pode selecionar o idioma da interface e das buscas, sua opção de filtragem de conteúdo erótico e o número de resultados exibidos por página. Pode também optar por abrir uma nova janela para a exibição de resultados, ligar ou desligar o recurso de sugestões para os resultados de pesquisa e ocultar ou exibir os recursos de PesquisaWiki. Concluídas as configurações, pressione o botão Salvar Preferências. Para que essas definições funcionem, no entanto, você precisa habilitar cookies em seu computador.

D I C AS I NFO I 11

web-Mat04.indd 11

06.03.10 03:17:07


FILTRAGEM POR DATA As opções de resultados também permitem fazer uma seleção por data. Se na pesquisa por vinhos você quiser ver apenas as páginas publicadas ou modificadas nas últimas 24 horas, clique em Mostrar Opções e no link Últimas 24 Horas para que o Google reapresente os resultados para atender a esse critério. Você pode escolher ainda Última Hora, Última Semana, Último Ano, Resultados Recentes ou usar o padrão, que é Em Qualquer Data. Se quiser, pode ainda clicar no link Período Específico e escolher uma data de início e outra de fim do intervalo de tempo que deve ser observado.

BUSCA POR CONEXÕES

GOSTOU OU NÃO? O segundo ícone que aparece em cada resultado quando você se loga ao Google antes de fazer a pesquisa é uma seta apontada para cima. Clique nela para promover aquele resultado para o topo da página em futuras buscas — quando isso acontece, a seta aparece verde. Não gostou do resultado? Para remover em próximas buscas, clique no ícone do X (na verdade, o resultado removido vai para o final da página e pode ser exibido ou escondido).

Vamos imaginar que você queira fazer uma pesquisa, mas não sabe muito bem que termos usar para chegar onde quer. É o caso de usar a opção Roda Mágica, um recurso escondido no link Mais Opções da página de resultados. A dica é usar inicialmente um termo mais abrangente (DNA, por exemplo) e, depois, valer-se das ramificações visuais que o Google apresenta para se aproximar dos resultados desejados.

ACRESCENTE ESTA NA LINHA DO TEMPO Para pesquisas sobre uma personalidade ou um período histórico, vale recorrer a outro recurso disponível em Mais Opções. É a solução Cronograma. Ela funciona como uma linha do tempo, permitindo que você veja os resultados por décadas ou anos — basta clicar numa década para dar um zoom e ter os resultados distribuídos pelos anos. Para facilitar, a lista das páginas encontradas é classificada cronologicamente.

Se você sentiu falta de uma página importante nos resultados de uma pesquisa, poderá acrescentá-lo se tiver feito o login na busca do Google. Vá até o final da página, clique no link Adicionar Um Resultado. Em seguida, digite o endereço no campo que o Google abrirá para isso. Clique em Visualizar e, em seguida, no endereço apresentado pelo serviço para conferir se é mesmo a página certa. Confirmado? Clique em Adicionar. Na próxima pesquisa sobre o mesmo termo, o endereço indicado aparecerá no topo da página identificado por uma seta verde.

PESQUISAWIKI Comentários, promoções, remoção de páginas e adição de novos resultados são todos opções do recurso PesquisaWiki ou SearchWiki, em inglês. Como dito anteriormente, para usá-los é preciso fazer login na página de busca do Google. Para conferir todas as suas alterações na página de resultados, role até o fim da página e clique no link Ver Todas As Minhas Anotações da PesquisaWiki. Com isso, abre-se uma página com suas atividades. Se você não quiser ver esses recursos nos resultados do Google, em sua página de configuração de pesquisa marque o item Ocultar a Possibilidade de Compartilhar, Promover, Remover, Comentar ou Adicionar Seus Próprios Resultados.

DOMÍNIO NAS BUSCAS

COMENTE O RESULTADO Quando você se loga no Google, sua experiência de busca pode ser ainda mais enriquecida. De imediato, você verá três pequenos ícones no pé de cada item da lista de resultados. O primeiro deles, representado por um balão de texto, permite que você acrescente comentários públicos à página. Os comentários adicionados ficam visíveis para outras pesquisas e identificados com seu nome. É uma boa maneira de você avaliar a mesma página em buscas futuras e de auxiliar outros internautas em suas pesquisas. Se quiser, você pode editar e até apagar esses comentários posteriormente.

12 I DI C AS IN FO

web-Mat04.indd 12-13

O Google domina o mercado de buscas, mas a Microsoft ganhou terreno. O Bing saiu de 2,96% de participação no mercado em junho de 2009 para 3,17% em janeiro de 2010. Mas não é sobre o Google que o Bing avança — já que a marca Google cresceu de 78,60% para 85,78% em buscas no mesmo período. O Yahoo! caiu de 7,15% para 6,16% e o chinês Baidu de 2,96% para 2,56%. Ask, AOL e outras buscas respondem juntas por 2,34%.

Google global – 85,78% Yahoo! – 6,16% Bing – 3,17% Baidu – 2,56% Ask global – 0,62% AOL global – 0,47% Outras – 1,24%

FONTE: NET APPLICATIONS – JANEIRO 2010

DIC A S INFO I 13

06.03.10 04:43:13


FILTRAGEM POR DATA As opções de resultados também permitem fazer uma seleção por data. Se na pesquisa por vinhos você quiser ver apenas as páginas publicadas ou modificadas nas últimas 24 horas, clique em Mostrar Opções e no link Últimas 24 Horas para que o Google reapresente os resultados para atender a esse critério. Você pode escolher ainda Última Hora, Última Semana, Último Ano, Resultados Recentes ou usar o padrão, que é Em Qualquer Data. Se quiser, pode ainda clicar no link Período Específico e escolher uma data de início e outra de fim do intervalo de tempo que deve ser observado.

BUSCA POR CONEXÕES

GOSTOU OU NÃO? O segundo ícone que aparece em cada resultado quando você se loga ao Google antes de fazer a pesquisa é uma seta apontada para cima. Clique nela para promover aquele resultado para o topo da página em futuras buscas — quando isso acontece, a seta aparece verde. Não gostou do resultado? Para remover em próximas buscas, clique no ícone do X (na verdade, o resultado removido vai para o final da página e pode ser exibido ou escondido).

Vamos imaginar que você queira fazer uma pesquisa, mas não sabe muito bem que termos usar para chegar onde quer. É o caso de usar a opção Roda Mágica, um recurso escondido no link Mais Opções da página de resultados. A dica é usar inicialmente um termo mais abrangente (DNA, por exemplo) e, depois, valer-se das ramificações visuais que o Google apresenta para se aproximar dos resultados desejados.

ACRESCENTE ESTA NA LINHA DO TEMPO Para pesquisas sobre uma personalidade ou um período histórico, vale recorrer a outro recurso disponível em Mais Opções. É a solução Cronograma. Ela funciona como uma linha do tempo, permitindo que você veja os resultados por décadas ou anos — basta clicar numa década para dar um zoom e ter os resultados distribuídos pelos anos. Para facilitar, a lista das páginas encontradas é classificada cronologicamente.

Se você sentiu falta de uma página importante nos resultados de uma pesquisa, poderá acrescentá-lo se tiver feito o login na busca do Google. Vá até o final da página, clique no link Adicionar Um Resultado. Em seguida, digite o endereço no campo que o Google abrirá para isso. Clique em Visualizar e, em seguida, no endereço apresentado pelo serviço para conferir se é mesmo a página certa. Confirmado? Clique em Adicionar. Na próxima pesquisa sobre o mesmo termo, o endereço indicado aparecerá no topo da página identificado por uma seta verde.

PESQUISAWIKI Comentários, promoções, remoção de páginas e adição de novos resultados são todos opções do recurso PesquisaWiki ou SearchWiki, em inglês. Como dito anteriormente, para usá-los é preciso fazer login na página de busca do Google. Para conferir todas as suas alterações na página de resultados, role até o fim da página e clique no link Ver Todas As Minhas Anotações da PesquisaWiki. Com isso, abre-se uma página com suas atividades. Se você não quiser ver esses recursos nos resultados do Google, em sua página de configuração de pesquisa marque o item Ocultar a Possibilidade de Compartilhar, Promover, Remover, Comentar ou Adicionar Seus Próprios Resultados.

DOMÍNIO NAS BUSCAS

COMENTE O RESULTADO Quando você se loga no Google, sua experiência de busca pode ser ainda mais enriquecida. De imediato, você verá três pequenos ícones no pé de cada item da lista de resultados. O primeiro deles, representado por um balão de texto, permite que você acrescente comentários públicos à página. Os comentários adicionados ficam visíveis para outras pesquisas e identificados com seu nome. É uma boa maneira de você avaliar a mesma página em buscas futuras e de auxiliar outros internautas em suas pesquisas. Se quiser, você pode editar e até apagar esses comentários posteriormente.

12 I DI C AS IN FO

web-Mat04.indd 12-13

O Google domina o mercado de buscas, mas a Microsoft ganhou terreno. O Bing saiu de 2,96% de participação no mercado em junho de 2009 para 3,17% em janeiro de 2010. Mas não é sobre o Google que o Bing avança — já que a marca Google cresceu de 78,60% para 85,78% em buscas no mesmo período. O Yahoo! caiu de 7,15% para 6,16% e o chinês Baidu de 2,96% para 2,56%. Ask, AOL e outras buscas respondem juntas por 2,34%.

Google global – 85,78% Yahoo! – 6,16% Bing – 3,17% Baidu – 2,56% Ask global – 0,62% AOL global – 0,47% Outras – 1,24%

FONTE: NET APPLICATIONS – JANEIRO 2010

DIC A S INFO I 13

06.03.10 04:43:13


buscas I imagens

ATRÁS DA IMAGEM CERTA Com a busca avançada, dá até para encontrar fotos e ilustrações de uma cor específica POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

busca da imagem não é nada diferente da pesquisa comum do Google. Você pode digitar o assunto pelo qual está interessado e, depois, clicar no link Imagens na barra superior para ver as miniaturas das imagens que o mecanismo localizou e selecionar aquela que achar mais conveniente. Mas a busca de imagens tem um endereço próprio. Se quiser ir diretamente a ele digite images.google.com.br (ou images. google.com, se preferir a versão em inglês).

DE QUE COR? Outro recurso bem interessante é o da busca por cor. Além de poder escolher entre apenas imagens coloridas ou somente imagens em preto e branco, é possível usar o seletor de cores para filtrar os resultados por uma tonalidade específica. Esse recurso é interessante se você estiver fazendo um layout para o qual uma cor em especial é a solução. O interessante é que dá para combinar esses critérios. É possível escolher, por exemplo, apenas fotos de tamanho grande em que predomina a cor verde.

USE SEM PROBLEMAS FORMATO E PROPORÇÃO O Google Imagens também conta com uma busca avançada, por meio da qual você pode restringir suas pesquisas. Ela procura todas as palavras, a frase exata, qualquer uma das palavras e exclui termos da pesquisa. Você também pode limitar a busca a um determinado domínio ou pedir que ela se fixe apenas em conteúdos de notícias. A busca avançada também ajuda a localizar imagens por tamanho, como no menu lateral, mas ela vai um pouco além: permite selecionar as fotos por uma determinada proporção (alta, quadrada, larga ou panorâmica). Outra vantagem de usar a busca avançada é a possibilidade de localizar somente imagens de um determinado formato. O Google permite restringir as buscas a arquivos JPG, PNG, GIF e BMP.

ESCOLHA DO TAMANHO Na lista de resultados, você pode filtrar as imagens encontradas de diferentes maneiras. A dica é clicar no link Mostrar Opções que aparece no topo da lista de resultados para abrir o menu lateral. As miniaturas trazem informações sobre tamanho da imagem e formato. Mas vamos imaginar que você só queira ver as imagens grandes. Nesse painel lateral, clique no link Grande para que o Google filtre os resultados para satisfazer a esse novo critério. Você pode ainda escolher tamanho médio e ícone. Se quiser, pode estreitar a busca clicando em Maior Que e escolhendo o tamanho. Caso esteja em busca de uma imagem com tamanho específico (400 por 350 pixels, por exemplo), clique em Exatamente e coloque os valores desejados nos campos Largura e Altura).

PAPEL DE PAREDE

Desde julho do ano passado o Google oferece uma opção de pesquisa de imagens livres de direitos autorais. Ou seja, se você precisa de alguma foto para seu site ou blog pode usar o mecanismo de pesquisa para descobrir imagens que possam ser usadas sem problemas. Na linha Direito de Uso, escolha Marcadas Para Reutilização.

Se você já se cansou do papel de parede do seu computador e quer trocar, visite a página de busca de imagens do Google e clique em Pesquisa Avançada. Nessa página, digite o termo de busca, clique no link Usar Tamanho da Minha Área de Trabalho e, por fim, em Pesquisa Google. O Google buscará somente as imagens nesse tamanho. Aí é só abrir a imagem, clicar nela com o botão direito do mouse e escolher Definir Como Papel de Parede.

O TIPO EXATO Quer localizar apenas rostos? Precisa restringir a busca a fotos? Por padrão, o Google busca qualquer tipo de imagem que atenda ao termo pesquisado, mas você pode reduzir os resultados a apenas rostos, fotos, desenhos, cliparts ou desenhos de linha. Uma dica para chegar mais perto da imagem desejada é escolher uma que tenha agradado e clicar no link Encontrar Imagens Similares que aparece logo abaixo.

14 I DI C AS IN FO

imagens-Mat05.indd 14-15

DIC A S INFO I 15

06.03.10 03:21:30


buscas I imagens

ATRÁS DA IMAGEM CERTA Com a busca avançada, dá até para encontrar fotos e ilustrações de uma cor específica POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

busca da imagem não é nada diferente da pesquisa comum do Google. Você pode digitar o assunto pelo qual está interessado e, depois, clicar no link Imagens na barra superior para ver as miniaturas das imagens que o mecanismo localizou e selecionar aquela que achar mais conveniente. Mas a busca de imagens tem um endereço próprio. Se quiser ir diretamente a ele digite images.google.com.br (ou images. google.com, se preferir a versão em inglês).

DE QUE COR? Outro recurso bem interessante é o da busca por cor. Além de poder escolher entre apenas imagens coloridas ou somente imagens em preto e branco, é possível usar o seletor de cores para filtrar os resultados por uma tonalidade específica. Esse recurso é interessante se você estiver fazendo um layout para o qual uma cor em especial é a solução. O interessante é que dá para combinar esses critérios. É possível escolher, por exemplo, apenas fotos de tamanho grande em que predomina a cor verde.

USE SEM PROBLEMAS FORMATO E PROPORÇÃO O Google Imagens também conta com uma busca avançada, por meio da qual você pode restringir suas pesquisas. Ela procura todas as palavras, a frase exata, qualquer uma das palavras e exclui termos da pesquisa. Você também pode limitar a busca a um determinado domínio ou pedir que ela se fixe apenas em conteúdos de notícias. A busca avançada também ajuda a localizar imagens por tamanho, como no menu lateral, mas ela vai um pouco além: permite selecionar as fotos por uma determinada proporção (alta, quadrada, larga ou panorâmica). Outra vantagem de usar a busca avançada é a possibilidade de localizar somente imagens de um determinado formato. O Google permite restringir as buscas a arquivos JPG, PNG, GIF e BMP.

ESCOLHA DO TAMANHO Na lista de resultados, você pode filtrar as imagens encontradas de diferentes maneiras. A dica é clicar no link Mostrar Opções que aparece no topo da lista de resultados para abrir o menu lateral. As miniaturas trazem informações sobre tamanho da imagem e formato. Mas vamos imaginar que você só queira ver as imagens grandes. Nesse painel lateral, clique no link Grande para que o Google filtre os resultados para satisfazer a esse novo critério. Você pode ainda escolher tamanho médio e ícone. Se quiser, pode estreitar a busca clicando em Maior Que e escolhendo o tamanho. Caso esteja em busca de uma imagem com tamanho específico (400 por 350 pixels, por exemplo), clique em Exatamente e coloque os valores desejados nos campos Largura e Altura).

PAPEL DE PAREDE

Desde julho do ano passado o Google oferece uma opção de pesquisa de imagens livres de direitos autorais. Ou seja, se você precisa de alguma foto para seu site ou blog pode usar o mecanismo de pesquisa para descobrir imagens que possam ser usadas sem problemas. Na linha Direito de Uso, escolha Marcadas Para Reutilização.

Se você já se cansou do papel de parede do seu computador e quer trocar, visite a página de busca de imagens do Google e clique em Pesquisa Avançada. Nessa página, digite o termo de busca, clique no link Usar Tamanho da Minha Área de Trabalho e, por fim, em Pesquisa Google. O Google buscará somente as imagens nesse tamanho. Aí é só abrir a imagem, clicar nela com o botão direito do mouse e escolher Definir Como Papel de Parede.

O TIPO EXATO Quer localizar apenas rostos? Precisa restringir a busca a fotos? Por padrão, o Google busca qualquer tipo de imagem que atenda ao termo pesquisado, mas você pode reduzir os resultados a apenas rostos, fotos, desenhos, cliparts ou desenhos de linha. Uma dica para chegar mais perto da imagem desejada é escolher uma que tenha agradado e clicar no link Encontrar Imagens Similares que aparece logo abaixo.

14 I DI C AS IN FO

imagens-Mat05.indd 14-15

DIC A S INFO I 15

06.03.10 03:21:30


buscas I vídeos

DURAÇÃO E PUBLICAÇÃO Se você sabe a duração aproximada do filme, um jeito simples de reduzir a lista de resultados é escolher a duração. O mecanismo filtra os resultados por três durações: curtas (0-4 minutos), médias (4-20 minutos) e longas (mais de 20 minutos). Sabe quando foi postado? Use a classificação por data que vai ser mais fácil chegar lá.

AJUDA ESPECIALIZADA QUALIDADE E LEGENDAS

CADÊ AQUELE FILMINHO?

Para o refinamento dos resultados, o Google pode ainda levar em consideração a qualidade do vídeo e a legendação. Se você só quiser assistir a vídeos com legendas ocultas, marque a opção correspondente nas opções da página de resultados. Vídeos de qualidade superior? Clique no link Alta Definição para conferir apenas os vídeos com padrão HD. Outra opção é selecionar a fonte, ou seja, o serviço em que o vídeo está hospedado — para cada pesquisa, o Google lista as fontes em que os vídeos que localizou estão hospedados.

Se busca de vídeo faz parte da sua rotina, você pode tentar também os mecanismos de pesquisa especializados. O Truveo (www.truveo.com), por exemplo, vasculha uma infinidade de sites e você pode limitar sua busca por canais ou categorias. No Blinkx (www.blinkx. com) você pode conferir os vídeos na própria janela de resultados. Já o forte do Clipblast! (www.info.

O Google também localiza vídeos na web — e não vasculha apenas o YouTube

abril.com.br/downloads/ webware/clipblast) é o

POR MARIA ISABEL MOREIRA

compartilhamento.

V

ídeo é um dos conteúdos mais procurados na web, e o Google não poderia deixar de capitalizar em cima desse interesse. A empresa desenvolveu um mecanismo capaz de localizar aquele filme de que todo mundo está falando no momento, o clipe da sua

banda predileta ou o trailer do filme que está para estrear nos cinemas. E engana-se quem pensa que essa busca concentra-se no YouTube. O mecanismo do Google varre uma infinidade de fontes, entre elas Dailymotion, Metacafe, Vimeo, Netlog, Globo.com, UOL e Yeoh.

ESCOLHA O DOMÍNIO O Í O E FORMATO O O Vale a pena também visitar a Pesquisa Avançada de Vídeos. Ela permite usar alguns dos filtros abordados anteriormente e cercar melhor o assunto no campo de busca. Mas com a busca avançada você pode ir um pouco além. Pode, de cara, procurar em um único domínio (youtube.com ou vimeo.com, por exemplo) e selecionar o formato do arquivo (por padrão, o Google busca vídeos em ASF, AVI, FLV, M4V. MOV, MP4, MPG e WMV).

REPRODUÇÃO NA PRÓPRIA TELA Para fazer a busca de um vídeo, digite o termo no campo de busca e, depois, clique no link Vídeo na barra superior da página de pesquisa do Google. Ou, então, vá diretamente à página de busca de vídeo no endereço vídeo.google.com.br. Uma vez na página de resultados, o melhor mesmo é clicar Mostrar Opções. Para começar, há duas possibilidades de visualização dos resultados: em lista e em grade. O primeira traz uma descrição do vídeo, enquanto o segunda inclui apenas as informações básicas, que são o nome, a duração, o tempo de postagem e onde está hospedado. Mais do que isso, se você combinar a visualização em lista com o item Reproduzível no Google, poderá assistir ao vídeo sem sair da página de pesquisa.

16 I DI C AS IN FO

videos-Mat06.indd 16-17

MAIS VISTOS E ELOGIADOS Para quem quer ir apenas nos vídeos mais populares, convém usar outro recurso da busca avançada, que é a relevância. No campo, que fica na parte de baixo da página, você pode selecionar a opção Avaliações, para listar os vídeos na ordem dos mais bem avaliados para os menos bem avaliados, ou Exibições, que destaca aqueles que foram mais vistos na web.

DIC A S INFO I 17

06.03.10 03:23:00


buscas I vídeos

DURAÇÃO E PUBLICAÇÃO Se você sabe a duração aproximada do filme, um jeito simples de reduzir a lista de resultados é escolher a duração. O mecanismo filtra os resultados por três durações: curtas (0-4 minutos), médias (4-20 minutos) e longas (mais de 20 minutos). Sabe quando foi postado? Use a classificação por data que vai ser mais fácil chegar lá.

AJUDA ESPECIALIZADA QUALIDADE E LEGENDAS

CADÊ AQUELE FILMINHO?

Para o refinamento dos resultados, o Google pode ainda levar em consideração a qualidade do vídeo e a legendação. Se você só quiser assistir a vídeos com legendas ocultas, marque a opção correspondente nas opções da página de resultados. Vídeos de qualidade superior? Clique no link Alta Definição para conferir apenas os vídeos com padrão HD. Outra opção é selecionar a fonte, ou seja, o serviço em que o vídeo está hospedado — para cada pesquisa, o Google lista as fontes em que os vídeos que localizou estão hospedados.

Se busca de vídeo faz parte da sua rotina, você pode tentar também os mecanismos de pesquisa especializados. O Truveo (www.truveo.com), por exemplo, vasculha uma infinidade de sites e você pode limitar sua busca por canais ou categorias. No Blinkx (www.blinkx. com) você pode conferir os vídeos na própria janela de resultados. Já o forte do Clipblast! (www.info.

O Google também localiza vídeos na web — e não vasculha apenas o YouTube

abril.com.br/downloads/ webware/clipblast) é o

POR MARIA ISABEL MOREIRA

compartilhamento.

V

ídeo é um dos conteúdos mais procurados na web, e o Google não poderia deixar de capitalizar em cima desse interesse. A empresa desenvolveu um mecanismo capaz de localizar aquele filme de que todo mundo está falando no momento, o clipe da sua

banda predileta ou o trailer do filme que está para estrear nos cinemas. E engana-se quem pensa que essa busca concentra-se no YouTube. O mecanismo do Google varre uma infinidade de fontes, entre elas Dailymotion, Metacafe, Vimeo, Netlog, Globo.com, UOL e Yeoh.

ESCOLHA O DOMÍNIO O Í O E FORMATO O O Vale a pena também visitar a Pesquisa Avançada de Vídeos. Ela permite usar alguns dos filtros abordados anteriormente e cercar melhor o assunto no campo de busca. Mas com a busca avançada você pode ir um pouco além. Pode, de cara, procurar em um único domínio (youtube.com ou vimeo.com, por exemplo) e selecionar o formato do arquivo (por padrão, o Google busca vídeos em ASF, AVI, FLV, M4V. MOV, MP4, MPG e WMV).

REPRODUÇÃO NA PRÓPRIA TELA Para fazer a busca de um vídeo, digite o termo no campo de busca e, depois, clique no link Vídeo na barra superior da página de pesquisa do Google. Ou, então, vá diretamente à página de busca de vídeo no endereço vídeo.google.com.br. Uma vez na página de resultados, o melhor mesmo é clicar Mostrar Opções. Para começar, há duas possibilidades de visualização dos resultados: em lista e em grade. O primeira traz uma descrição do vídeo, enquanto o segunda inclui apenas as informações básicas, que são o nome, a duração, o tempo de postagem e onde está hospedado. Mais do que isso, se você combinar a visualização em lista com o item Reproduzível no Google, poderá assistir ao vídeo sem sair da página de pesquisa.

16 I DI C AS IN FO

videos-Mat06.indd 16-17

MAIS VISTOS E ELOGIADOS Para quem quer ir apenas nos vídeos mais populares, convém usar outro recurso da busca avançada, que é a relevância. No campo, que fica na parte de baixo da página, você pode selecionar a opção Avaliações, para listar os vídeos na ordem dos mais bem avaliados para os menos bem avaliados, ou Exibições, que destaca aqueles que foram mais vistos na web.

DIC A S INFO I 17

06.03.10 03:23:00


buscas I livros

UMA VISITA À BIBLIOTECA Mecanismo localiza livros, permite a leitura de trechos e, às vezes, oferece a obra completa POR MARIA ISABEL MOREIRA

N

ão é preciso dirigir-se à biblioteca ou à livraria mais próxima para procurar livros. Muito do trabalho pode ser feito de casa mesmo, com a ajuda do Google. O Google Livros (books.google.com.br) é um bom ponto de partida para quem quer ir mais fundo na pesquisa de um assunto ou pretende apenas cultivar o bom hábito da leitura.

TRECHOS OU OBRAS INTEIRAS As pesquisas aqui são feitas em textos de livros digitalizados. Alguns desses livros estão disponíveis para a leitura em sua totalidade. Quando é assim, logo abaixo do item na página de resultados aparece a informação “Visualização Completa”. Outros trazem a marca “Visualização Parcial”. Nesse caso, capítulos inteiros do livro ou sequências de páginas podem ser vistos. Às vezes, o texto é interrompido com um aviso de que houve o salto de uma ou mais páginas. Há ainda volumes com o aviso “Visualização de Trechos”. Por fim, há os livros em que aparece a advertência “Não Há Visualização Disponível”. Nessa situação, você só encontra a ficha técnica da obra.

18 I DI C AS I N FO

livros-Mat07.indd 18

© FOTO SANJA GJENERO

06.03.10 03:23:46


ESCREVA SUA RESENHA Se você gostou muito ou odiou uma obra, pode querer resenhá-la também. Para fazer isso, clique no link Sobre Este Livro e depois, na área Resenha, clique em Escrever Uma Resenha. Você será alertado de que sua resenha ficará pública e que seu apelido estará visível. Se concordar, clique em Salvar. Além de escrever o texto, você poderá avaliar o livro, atribuindo a ele uma nota de 1 a 5 estrelas.

SUAS BIBLIOTECAS Mais do que localizar livros, o Google Livros permite que você crie bibliotecas, listando suas obras favoritas, aquelas que já leu, as que pretende ler e aquelas que resenhou. Basta, para isso, clicar no link Adicionar às Estantes que aparece logo abaixo de cada resultado e selecionar uma estante na qual pretende guardá-lo. Quer conferir sua biblioteca? Clique no link correspondente no painel esquerdo — ou em uma estante específica se quiser analisar apenas ela. Todas essas preferências bibliográficas ficam armazenadas na sua conta no Google e, por padrão, são públicas. Se quiser tornar algum item particular, clique nele e, na janela seguinte, em Opções > Editar Propriedades e altere seu status. Além das estantes padrão, o Google permite que você crie outras pessoais para organizar seus interesses.

TEMA DE INTERESSE Se você não está em busca de algo específico, mas quer ver o que há sobre um determinado tema, percorra os itens disponíveis no Google Livros por assunto — são 29 tópicos de interesse, de autoajuda a medicina, de animais de estimação a computadores. Se combinar um desses assuntos à visualização de apenas obras de domínio público poderá encontrar muito material para leitura integral sem pagar nada.

BUSCA AVANÇADA Como em todos os recursos de busca do Google, convém visitar a Pesquisa Avançada de Livros para refinar a busca. Neste caso, além de usar os campos de pesquisa, que funcionam como se usasse símbolos e operadores, você pode estreitar a lista de resultados por outros critérios, como idioma em que a obra foi escrita, autor, editora, ISBN (número padrão internacional de livros) e ISSN (número internacional para publicações seriadas, como revistas).

D I C AS I NFO I 19

livros-Mat07.indd 19

06.03.10 03:24:10


buscas I especializadas

PROCURE AQUI TAMBÉM Pesquisas acadêmicas, blogs, notícias, discussões... Use a busca certa para localizar a informação de que precisa POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

s pesquisas de vídeos, imagens e livros não são as únicas buscas especializadas do Google. Se você estiver atrás de uma notícia, uma postagem em um blog, um trabalho acadê-

mico ou discussões travadas em fóruns e grupos, o mecanismo também oferece recursos para que sua tarefa seja mais eficiente. Veja, a seguir, como explorá-los melhor.

DE OLHO NAS DISCUSSÕES Você já visitou os sites e percorreu blogs, mas agora está mesmo a fim de saber o que as pessoas estão comentando, pegar dicas, trocar informações... Nesse caso, concentre suas buscas nas listas de discussões. Você pode chegar ao Google Grupos digitando o endereço groups.google.com.br. Na pesquisa avançada, é possível excluir páginas com determinadas palavras, escolher idioma, determinar uma data, escolher um grupo, especificar um autor e assinalar uma palavra que deve aparecer no campo assunto. Se fizer uma pesquisa comum no Google e, no link Mostrar Opções, selecionar Discussões você vai chegar à mesma lista de resultados, mas aí não terá acesso ao link de pesquisa avançada nos grupos. Em compensação, terá um menu lateral com outras possibilidades de filtragem dos resultados, como separar os que se referem exclusivamente ao fórum daqueles que são perguntas e respostas.

POR DENTRO DAS NOTÍCIAS No endereço news.google.com.br, o Google agrega notícias de diferentes fontes do Brasil e de outras partes do mundo (clique no menu no canto superior esquerdo para trocar de um país para outro) e também oferece recursos para a localização de conteúdo publicado exclusivamente em sites noticiosos. Para quem só quer ficar bem informado, o serviço apresenta as últimas notícias e um menu lateral por meio do qual é possível conferir os acontecimentos por assunto (mundo, Brasil, negócios, entretenimento, esportes etc). Para procurar uma notícia, é só digitar o termo e clicar no botão Pesquisar Notícias. Ou clicar no link Pesquisa Avançada de Notícias, que tem a vantagem de permitir a busca em uma fonte de informação específica, entre outros recursos. O legal é que a página do Google Notícias pode ser personalizada. É só clicar no link Editar Esta Página, no alto, à direita, e fazer os ajustes que preferir.

ATRÁS DOS BLOGS Os blogs respondem por uma parcela considerável do que é produzido na web. Você até pode encontrar uma postagem num blog se lançar mão da busca convencional, mas chegará mais rapidamente se usar a busca específica. O Google Blogs (blogsearch.google.com.br) executa esse trabalho muito bem, e ainda permite que você busque posts publicados na última hora, últimas 12 horas, último dia, última semana, último mês ou selecione uma data específica. Na busca avançada, é possível ainda localizar por autor e título do blog. O legal da busca de blogs é que você pode assinar as pesquisas como canal RSS ou Atom.

20 I DI C AS IN FO

especializadas-Mat7B.indd 20-21

PESQUISAS ACADÊMICAS Teses, dissertações, artigos, papers... Muito da produção acadêmica e científica está na web e você pode chegar a ela com o Google Acadêmico (scholar.google. com.br), ainda em fase beta. Digite o termo e pressione Pesquisar. Ou clique antes em Pesquisa Avançada do Google Acadêmico, que permite, entre outros refinamentos, selecionar autor e publicação. Na página de resultados, abaixo do campo de pesquisa, você encontra dois campos para filtrar o conteúdo encontrado. Num deles, seleciona uma data de partida para a busca. No outro, define se a pesquisa deverá incluir citações ou ter pelo menos um resumo. O serviço indica o formato (HTML, PDF, livro, DOC) em que o item está disponível. Nem sempre você terá acesso à leitura — no caso dos livros, por exemplo, pode visualizar somente a ficha técnica. O Google Acadêmico tem uma página de preferências própria. Por ela, você pode, por exemplo, definir links de até três bibliotecas para acesso à leitura das publicações online que a instituição assina, mais isso geralmente exige um login e uma senha de acesso.

O BOM E VELHO DIRETÓRIO Lembra-se da busca antiga do Yahoo! e do Cadê? Como muitos outros mecanismos de pesquisa dos primeiros tempos da web, esses dois sites ofereciam busca por assunto. O Google Diretório (directory.google.com.br) também faz isso. São 13 grandes áreas, divididas em várias categorias. Clique numa dessas áreas e você verá uma lista de suas subcategorias — e, ao lado, o número de páginas correspondentes a cada uma delas. Selecione uma e você terá a lista de sites relacionados logo abaixo.

DIC A S INFO I 21

06.03.10 03:25:26


buscas I especializadas

PROCURE AQUI TAMBÉM Pesquisas acadêmicas, blogs, notícias, discussões... Use a busca certa para localizar a informação de que precisa POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

s pesquisas de vídeos, imagens e livros não são as únicas buscas especializadas do Google. Se você estiver atrás de uma notícia, uma postagem em um blog, um trabalho acadê-

mico ou discussões travadas em fóruns e grupos, o mecanismo também oferece recursos para que sua tarefa seja mais eficiente. Veja, a seguir, como explorá-los melhor.

DE OLHO NAS DISCUSSÕES Você já visitou os sites e percorreu blogs, mas agora está mesmo a fim de saber o que as pessoas estão comentando, pegar dicas, trocar informações... Nesse caso, concentre suas buscas nas listas de discussões. Você pode chegar ao Google Grupos digitando o endereço groups.google.com.br. Na pesquisa avançada, é possível excluir páginas com determinadas palavras, escolher idioma, determinar uma data, escolher um grupo, especificar um autor e assinalar uma palavra que deve aparecer no campo assunto. Se fizer uma pesquisa comum no Google e, no link Mostrar Opções, selecionar Discussões você vai chegar à mesma lista de resultados, mas aí não terá acesso ao link de pesquisa avançada nos grupos. Em compensação, terá um menu lateral com outras possibilidades de filtragem dos resultados, como separar os que se referem exclusivamente ao fórum daqueles que são perguntas e respostas.

POR DENTRO DAS NOTÍCIAS No endereço news.google.com.br, o Google agrega notícias de diferentes fontes do Brasil e de outras partes do mundo (clique no menu no canto superior esquerdo para trocar de um país para outro) e também oferece recursos para a localização de conteúdo publicado exclusivamente em sites noticiosos. Para quem só quer ficar bem informado, o serviço apresenta as últimas notícias e um menu lateral por meio do qual é possível conferir os acontecimentos por assunto (mundo, Brasil, negócios, entretenimento, esportes etc). Para procurar uma notícia, é só digitar o termo e clicar no botão Pesquisar Notícias. Ou clicar no link Pesquisa Avançada de Notícias, que tem a vantagem de permitir a busca em uma fonte de informação específica, entre outros recursos. O legal é que a página do Google Notícias pode ser personalizada. É só clicar no link Editar Esta Página, no alto, à direita, e fazer os ajustes que preferir.

ATRÁS DOS BLOGS Os blogs respondem por uma parcela considerável do que é produzido na web. Você até pode encontrar uma postagem num blog se lançar mão da busca convencional, mas chegará mais rapidamente se usar a busca específica. O Google Blogs (blogsearch.google.com.br) executa esse trabalho muito bem, e ainda permite que você busque posts publicados na última hora, últimas 12 horas, último dia, última semana, último mês ou selecione uma data específica. Na busca avançada, é possível ainda localizar por autor e título do blog. O legal da busca de blogs é que você pode assinar as pesquisas como canal RSS ou Atom.

20 I DI C AS IN FO

especializadas-Mat7B.indd 20-21

PESQUISAS ACADÊMICAS Teses, dissertações, artigos, papers... Muito da produção acadêmica e científica está na web e você pode chegar a ela com o Google Acadêmico (scholar.google. com.br), ainda em fase beta. Digite o termo e pressione Pesquisar. Ou clique antes em Pesquisa Avançada do Google Acadêmico, que permite, entre outros refinamentos, selecionar autor e publicação. Na página de resultados, abaixo do campo de pesquisa, você encontra dois campos para filtrar o conteúdo encontrado. Num deles, seleciona uma data de partida para a busca. No outro, define se a pesquisa deverá incluir citações ou ter pelo menos um resumo. O serviço indica o formato (HTML, PDF, livro, DOC) em que o item está disponível. Nem sempre você terá acesso à leitura — no caso dos livros, por exemplo, pode visualizar somente a ficha técnica. O Google Acadêmico tem uma página de preferências própria. Por ela, você pode, por exemplo, definir links de até três bibliotecas para acesso à leitura das publicações online que a instituição assina, mais isso geralmente exige um login e uma senha de acesso.

O BOM E VELHO DIRETÓRIO Lembra-se da busca antiga do Yahoo! e do Cadê? Como muitos outros mecanismos de pesquisa dos primeiros tempos da web, esses dois sites ofereciam busca por assunto. O Google Diretório (directory.google.com.br) também faz isso. São 13 grandes áreas, divididas em várias categorias. Clique numa dessas áreas e você verá uma lista de suas subcategorias — e, ao lado, o número de páginas correspondentes a cada uma delas. Selecione uma e você terá a lista de sites relacionados logo abaixo.

DIC A S INFO I 21

06.03.10 03:25:26


GTalk I dicas

PRONTO PARA CONVERSAR O

Truques para melhorar a comunicação com o mensageiro instantâneo GTalk não é tão popular no Brasil quanto o Windows Live Messenger, mas não é por falta de recursos. O mensageiro instantâneo permite conversar por texto e áudio, faz transferências de arquivos e possibilita a realização

de conferências de voz. Além disso, integra-se ao Gmail — você pode conversar com contatos diretamente no webmail. Faça o download em www. info.abril.com.br/downloads/google-talk-1-0 e confira esses truques para explorar melhor o programa.

GTALK INDISCRETO Integrado ao orkut e ao Gmail, o mensageiro instantâneo Gtalk acaba denunciando seu status online mesmo quando você não quer papo com ninguém. Evite isso desativando definitivamente o recurso. Como? Escolha a opção Sair do programa de bate-papo (Sign Out Chat).

TRADUTOR PARTICULAR Adicione os contatos en2pt@bot.talk.google.com e pt2en@ bot.talk.google.com no GTalk. Eles são bots para traduzir textos do inglês para o português e do português para o inglês, respectivamente. Essa dica vale tanto para a versão online do mensageiro quanto para a versão para desktop.

MANTENHA A PRIVACIDADE Automaticamente, o GTalk adiciona aos seus contatos pessoas com quem você troca mensagens frequentemente no Gmail. Mas não é com todos os contatos do webmail que você quer conversar quando estiver online — pode ser melhor manter seu chefe distante, por exemplo. Para desabilitar o recurso, clique em Settings e, na área General, desmarque a opção Add People I Communicate With Often To My Friends List. O GTalk também armazena automaticamente um histórico das suas conversas no Gmail. Quer eliminar o histórico? O caminho é Settings > Chat. Marque o item Don’t Save Chat History In My Gmail Account.

AMIGO DA DIETA O GTalk dá uma força para quem está de olho na balança. Antes de sair para o almoço ou o jantar, confira a quantidade de calorias de alguns pratos para não abusar na hora de se servir. É só adicionar o contato calories@lifemojo.com como amigo e escrever o nome do alimento, em inglês. Se você digitar bread, por exemplo, vai receber uma mensagem de volta com o valor calórico de vários tipos de pão. Mas as consultas têm de ser feitas em inglês.

22 I DI C AS I N FO

dicas-Mat08.indd 22

© FOTOS MANONONONONO

06.03.10 03:26:53


gmail I dicas

E-MAILS MAIS ESPERTOS

COM OU SEM CHATS Conversas por chat são incluídas como mensagens no Gmail e aparecem na lista de resultados de busca com um símbolo que as identificam. Se você quiser excluir essas conversas na pesquisa, inclua a expressão -label:Chat ao lado do termo pesquisado. Contrariamente, se quiser localizar um termo apenas nos bate-papos use a expressão +label:Chat na busca. Você pode usar as expressões +label e –label para incluir ou excluir qualquer marcador das pesquisas.

Gmail dá um show em recursos, mas é preciso vasculhar bem todas as suas opções

©2

POR ERIC COSTA E MARIA ISABEL MOREIRA

EXECUTÁVEL DISFARÇADO

D

ifícil encontrar um webmail tão completo quanto o Gmail. E não é somente pela capacidade de armazenamento que ele se diferencia. O serviço de e-mails do Google é recheado de recursos, pode ser personalizado de diversas maneiras, aceita widgets e ainda se integra muito bem com outros serviços — próprios e de terceiros. Recentemente, passou a integrar também um recurso de rede social, o Google Buzz — mais criticado do que aclamado por incluir seguidores automaticamente e expor publicamente perfis.

Por medida de segurança, o Gmail impede o envio de arquivos executáveis como anexos de mensagens. Mas pode acontecer de você ter de incluir um arquivo desse e-mail para outra pessoa. Contornar esse problema é simples. Renomeie o arquivo, alterando a extensão para JPG. E não se esqueça de avisar o destinatário que, depois de fazer o download, ele deve fazer a operação inversa — ou seja, renomear o arquivo com a extensão EXE.

©3

©1

COM VÍDEOS E FOTOS SEM ESTAR CONECTADO Você não precisa estar conectado à internet para ler suas mensagens. Com o uso do Google Gears, é possível baixar os e-mails para o computador para ter acesso a eles a qualquer momento. Caso não tenha o Google Gears instalado, clique no link Offline no topo da página do serviço ou acesse www.info.abril.com.br/downloads/google-gears-0-5. Depois da instalação dos plug-in, as mensagens são baixadas automaticamente para sua máquina. Mas dependendo do volume de mensagens e anexos seu computador pode ficar lento. Nesse caso, clique no link Entrar no Modo de Conexão Lenta. Você pode ainda selecionar a opção Pausar a Sincronização pela Próxima Hora e Desativar Emails Offline. Vale a pena também entrar em Configurações e abrir a guia Off-line para fazer alguns ajustes. O Gmail permite que se estabeleçam o período de tempo que deve ser levado em conta na hora de fazer o download (somente as mensagens dos últimos cinco dias, por exemplo), o critério que deve ser tomado em relação a cada marcador e o tamanho dos anexos que serão transferidos — se preferir não baixá-los, escolha a opção Sem Anexos. Você também pode definir onde deve ficar o atalho para o Gmail Offline.

NÃO LIDAS NO TOPO Tem mensagens lidas e não lidas misturadas na caixa de entrada e quer reunir apenas aquelas que ainda não foram abertas para não ter de navegar entre várias páginas? Simples. Faça uma busca com os termos label:unread label:inbox.

24 I DI C AS IN FO

Dicas -Mat10.indd 24-25

© FOTOS 1 Stephanie Hofschlaeger 2 Bartek Ambrozik 3 ilker

Recebeu um link do YouTube? Você nem precisa sair do Gmail para assisti-lo. Há um recurso no Labs que permite a visualização de vídeos diretamente nas mensagens. É só clicar na miniatura para que se abra uma janela para a reprodução do conteúdo. Outras duas opções disponíveis no Labs permitem também visualizar imagens quando se recebe links de álbuns do Picasa e do Flickr. Mas lembre-se: os recursos do Labs são experimentais e podem mudar, desaparecer ou falhar a qualquer momento.

FILTROS TIPO EXPORTAÇÃO Você administra várias contas no seu Gmail? É possível compartilhar os filtros de mensagens entre elas (ou até entre seus amigos). Com isso, eles podem, por exemplo, usar aquele filtro antispam que você foi criando durante anos. Para experimentar esse recurso, clique no ícone do frasco de erlenmeyer (o balão de laboratório) na barra superior do Gmail (o ícone fica ao lado do seu nome de usuário). Localize a opção Importação/Exportação de Filtro e marque Ativar. Clique em Salvar Alterações no final da página. Depois, acesse Configurações > Filtros. Marque os filtros desejados e pressione Exportar. Será gerado um arquivo XML com todos os itens escolhidos, que podem ser importados para outra conta do Gmail, acessando Configurações > Filtros > Importar.

DIC A S INFO I 25

06.03.10 03:28:20


gmail I dicas

E-MAILS MAIS ESPERTOS

COM OU SEM CHATS Conversas por chat são incluídas como mensagens no Gmail e aparecem na lista de resultados de busca com um símbolo que as identificam. Se você quiser excluir essas conversas na pesquisa, inclua a expressão -label:Chat ao lado do termo pesquisado. Contrariamente, se quiser localizar um termo apenas nos bate-papos use a expressão +label:Chat na busca. Você pode usar as expressões +label e –label para incluir ou excluir qualquer marcador das pesquisas.

Gmail dá um show em recursos, mas é preciso vasculhar bem todas as suas opções

©2

POR ERIC COSTA E MARIA ISABEL MOREIRA

EXECUTÁVEL DISFARÇADO

D

ifícil encontrar um webmail tão completo quanto o Gmail. E não é somente pela capacidade de armazenamento que ele se diferencia. O serviço de e-mails do Google é recheado de recursos, pode ser personalizado de diversas maneiras, aceita widgets e ainda se integra muito bem com outros serviços — próprios e de terceiros. Recentemente, passou a integrar também um recurso de rede social, o Google Buzz — mais criticado do que aclamado por incluir seguidores automaticamente e expor publicamente perfis.

Por medida de segurança, o Gmail impede o envio de arquivos executáveis como anexos de mensagens. Mas pode acontecer de você ter de incluir um arquivo desse e-mail para outra pessoa. Contornar esse problema é simples. Renomeie o arquivo, alterando a extensão para JPG. E não se esqueça de avisar o destinatário que, depois de fazer o download, ele deve fazer a operação inversa — ou seja, renomear o arquivo com a extensão EXE.

©3

©1

COM VÍDEOS E FOTOS SEM ESTAR CONECTADO Você não precisa estar conectado à internet para ler suas mensagens. Com o uso do Google Gears, é possível baixar os e-mails para o computador para ter acesso a eles a qualquer momento. Caso não tenha o Google Gears instalado, clique no link Offline no topo da página do serviço ou acesse www.info.abril.com.br/downloads/google-gears-0-5. Depois da instalação dos plug-in, as mensagens são baixadas automaticamente para sua máquina. Mas dependendo do volume de mensagens e anexos seu computador pode ficar lento. Nesse caso, clique no link Entrar no Modo de Conexão Lenta. Você pode ainda selecionar a opção Pausar a Sincronização pela Próxima Hora e Desativar Emails Offline. Vale a pena também entrar em Configurações e abrir a guia Off-line para fazer alguns ajustes. O Gmail permite que se estabeleçam o período de tempo que deve ser levado em conta na hora de fazer o download (somente as mensagens dos últimos cinco dias, por exemplo), o critério que deve ser tomado em relação a cada marcador e o tamanho dos anexos que serão transferidos — se preferir não baixá-los, escolha a opção Sem Anexos. Você também pode definir onde deve ficar o atalho para o Gmail Offline.

NÃO LIDAS NO TOPO Tem mensagens lidas e não lidas misturadas na caixa de entrada e quer reunir apenas aquelas que ainda não foram abertas para não ter de navegar entre várias páginas? Simples. Faça uma busca com os termos label:unread label:inbox.

24 I DI C AS IN FO

Dicas -Mat10.indd 24-25

© FOTOS 1 Stephanie Hofschlaeger 2 Bartek Ambrozik 3 ilker

Recebeu um link do YouTube? Você nem precisa sair do Gmail para assisti-lo. Há um recurso no Labs que permite a visualização de vídeos diretamente nas mensagens. É só clicar na miniatura para que se abra uma janela para a reprodução do conteúdo. Outras duas opções disponíveis no Labs permitem também visualizar imagens quando se recebe links de álbuns do Picasa e do Flickr. Mas lembre-se: os recursos do Labs são experimentais e podem mudar, desaparecer ou falhar a qualquer momento.

FILTROS TIPO EXPORTAÇÃO Você administra várias contas no seu Gmail? É possível compartilhar os filtros de mensagens entre elas (ou até entre seus amigos). Com isso, eles podem, por exemplo, usar aquele filtro antispam que você foi criando durante anos. Para experimentar esse recurso, clique no ícone do frasco de erlenmeyer (o balão de laboratório) na barra superior do Gmail (o ícone fica ao lado do seu nome de usuário). Localize a opção Importação/Exportação de Filtro e marque Ativar. Clique em Salvar Alterações no final da página. Depois, acesse Configurações > Filtros. Marque os filtros desejados e pressione Exportar. Será gerado um arquivo XML com todos os itens escolhidos, que podem ser importados para outra conta do Gmail, acessando Configurações > Filtros > Importar.

DIC A S INFO I 25

06.03.10 03:28:20


APOSENTE O MOUSE Quer ser mais rápido ao usar o Gmail? Adote as teclas de atalho. Mas não é possível sair batucando no teclado. Antes, é preciso habilitar o recurso no webmail. Clique em Configurações e marque a opção Atalhos de Teclado Ativados na guia Geral. Veja, a seguir, as teclas ou combinações de teclas mais úteis na hora de escrever e gerenciar sua caixa de correio. C — Cria uma nova mensagem C + Shift — Cria nova mensagem em uma nova janela Tab + Enter — Envia uma mensagem depois de sua digitação / — Vai ao campo de pesquisa J — Vai ao próximo e-mail K — Vai ao e-mail anterior Enter — Entra na mensagem N — Acessa mensagens mais novas na mesma conversa P — Acessa mensagens mais antigas na mesma conversa Y — Se estiver na caixa de entrada, arquiva a mensagem. Na lista de mensagens com estrela, retira essa marca R — Responde a um contato A — Responde para todos Esc + A — Muda de resposta simples para responder a todos F — Encaminha uma mensagem S — Adiciona uma estrela a um item L — Adiciona uma tag à mensagem ! — Marca um e-mail como spam # — Move o e-mail para a lixeira M — Faz com que e-mails de uma conversa sejam automaticamente arquivados, salvo se o destinatário é o próprio usuário G + S — Acessa e-mails com estrela G + A — Abre a lista com todas as mensagens G + I — Volta à caixa de entrada * + A — Seleciona todos os e-mails * + R — Seleciona mensagens lidas * + U — Seleciona mensagens não lidas * + S — Seleciona e-mails com estrela * + T — Seleciona e-mails sem marca de estrela * + N — Remove as seleções Z — Desfaz a última ação, se for possível

BACKUP DO GMAIL Quem usa o Gmail, mas tem outra conta de e-mail, como a do provedor de acesso à internet, pode usá-la como backup do serviço do Google. Basta encaminhar as mensagens recebidas no Gmail, com um pequeno ajuste. Clique na opção Configurações e acesse a aba Encaminhamento e POP/IMAP. Marque a caixa Encaminhar Uma Cópia Dos E-mails Recebidos Para e indique o e-mail que servirá de backup. Na outra conta, vale a pena configurar o endereço de resposta para o e-mail do Gmail. Assim, se o Gmail estiver fora do ar, você poderá usar a segunda conta e as respostas serão recebidas pelo e-mail do Google quando ele voltar a funcionar. Outra opção de backup é fazer uma cópia local das mensagens com a ajuda de um programa como o Gmail Backup (www.info.abril.com.br/downloads/ gmail-backup). É só rodá-lo e clicar em Backup. Depois do download inicial, o programa detecta as mensagens novas e baixa somente o que foi modificado, tudo no formato EML, fácil de ser importado por qualquer cliente de e-mail. As mensagens também podem ser enviadas de volta ao Gmail. Para isso, clique em Restore.

26 I DI C AS I N FO

Dicas -Mat10.indd 26

06.03.10 03:29:02


CANCELE O ENVIO Já aconteceu de você perceber que despachou o e-mail para a pessoa errada ou com dados incompletos logo depois de clicar no botão Enviar? Para os distraídos, uma boa saída é visitar o Labs e ativar a opção Cancelar Envio. Ela retarda em alguns segundos o envio e coloca o comando Desfazer como uma opção no status de envio exibido pelo Gmail. Clique nesse link e a mensagem vai para a pasta de Rascunho. Você pode então editá-la para depois fazer novo envio ou descartá-la por completo.

SEM IMAGENS O Gmaill não exibe imagens com link externo em e-mails de fontes desconhecidas. A ideia é proteger seus usuários contra spammers, que podem usar imagens e links para verificar a validade de seus endereços. Mas se você já tiver enviado pelo menos duas mensagens para uma pessoa o serviço entende que ela é um de seus contatos e libera a exibição. O problema é que muitos conhecidos adoram repassar e-mails curiosos ou engraçados com link externos. Nesse caso, você pode escolher não exibir as imagens desse contato específico (clique em Mostrar Detalhes e selecione a opção correspondente para não exibi-las mais) ou para todos os contatos (clique em Configurações, localize a seção Conteúdo Externo e marque a opção Perguntar Antes de Exibir Conteúdo Externo).

OLHE A HORA! Você não vai correr o risco de receber um e-mail, se empolgar com o conteúdo e ligar para o remetente, que está do outro lado do mundo, às 4 horas da manhã se ativar a opção Fuso Horário do Remetente, da Marcin B, disponível no Labs. Quando esse recurso está em ação, se você pedir para o Gmail exibir os detalhes da mensagem verá a hora atual no local de origem.

© ILUSTRAÇÃO IVAN PROLE

Dicas -Mat10.indd 27

D I C AS I NFO I 27

06.03.10 03:29:10


INTERFACE MAIS LIMPA Se os recursos Buzz e Bate-papo incomodam, mas você não quer eliminá-los por completo, desça até o pé da página e clique nas opções Desativar Bate-papo e Desativar Buzz para tirá-los da vista. O rodapé do serviço também traz opções para outras visualizações da página. Como o nome indica, Versão Antiga traz de volta a interface usada nos primeiros tempos do Gmail (para retornar, é preciso clicar no link Versão Mais Recente no alto da página) e Versão HTML, mais enxuta (para reverter essa escolha, clique em Mudar Para Exibição Padrão).

SEM LABS Se ocultar o Buzz e o Bate-papo não forem suficientes para deixar a interface do Gmail tão limpa quanto você deseja, já que sua conta está recheada de recursos do Labs, a dica é acessar o Gmail por um endereço alternativo, o https://mail.google.com/mail/?labs=0. Além de desabilitar todos os recursos adicionados, ele sequer exibe a opção Labs na barra de tarefas do Gmail. Essa é a melhor saída também quando algum recurso do Labs não está funcionando direito e impede sua entrada no serviço. Para facilitar, inclua esse endereço na sua lista de favoritos, dando a ele um nome como Gmail Seguro.

LIVRE-SE DO BUZZ O Google Buzz chegou causando polêmica. Muita gente não gostou nada da ideia de o Google automaticamente definir quem seus usuários seguem e por quem são seguidos — e muito menos de deixar essas informações públicas nos perfis. Também causou descontentamento o fato de o Buzz conectar-se automaticamente a serviços como Picasa e Google Reader. Com a gritaria, a empresa voltou atrás em alguns procedimentos. Atualmente, o recurso de rede social associado ao Gmail apenas sugere pessoas que possam ser seguidas, como acontece com o Facebook. Você segue quem quiser. Mais: você pode configurar detalhes do serviço. Clique em Configurações e selecione Google Buzz. Além de poder definir se as listas de seguidores e seguidos devem ser exibidas em perfil público, nessa área você pode optar por ocultar o Buzz ou clicar no link Desativar o Google Buzz Completamente para livrar-se dele de uma vez por todas.

E-MAIL DIFERENCIADOS Sabia que você pode adicionar uma informação no seu endereço de e-mail? Como acontece com outros provedores, o Google aceita esse acréscimo. Assim, se você participa de um grupo de discussão sobre Linux, por exemplo, pode usar o endereço seu_nome+linux@gmail.com nos contatos com os membros desse grupo. Para relacionar-se com as pessoas do grupo sobre rock, usar seu_nome+rock@gmail.com. No Gmail, use os acréscimos +linux e +rock e o sistema de filtros para marcar as mensagens enviadas pelos membros de cada grupo.

28 I DI DIC C AS I NFO N FO

Dicas -Mat10.indd 28

© ILUSTRAÇÃO DANILO P_CREATIVE COMMONS

06.03.10 03:29:31


docs I dicas

MAIS PRODUTIVO NO ESCRITÓRIO 13 truques para produzir mais e melhor textos, apresentações, planilhas e formulários POR MARIA ISABEL MOREIRA

O

Google Docs não se compara ao Office e mesmo ao OpenOffice em recursos de criação e edição de textos, planilhas e apresentações. Mas não dá para negar que a aplicação online do Google trabalha direitinho e está cada vez melhor. Quando o assunto é comparti-

lhamento, o Docs põe as aplicações tradicionais no chinelo. Basta criar um documento, selecionar a opção e escolher os participantes para que eles passem a ter acesso ao documento — e, dependendo da permissão dada, comecem a editá-los, inclusive simultaneamente.

CONVERSA DURANTE A PRODUÇÃO O Google Docs não apenas permite que duas ou mais pessoas trabalhem no mesmo arquivo ao mesmo tempo como possibilita a troca de ideias durante o trabalho. Esse recurso está disponível tanto na aplicação de apresentações quanto na de planilhas. No gerador de apresentações, clique em Iniciar a Apresentação. Na janela da apresentação que se abrirá, clique em Visualizar Junto. Quando duas pessoas estão editando a mesma planilha, é só clicar na etiqueta que sinaliza o compartilhamento para abrir a janela de bate-papo.

TRADUTOR INTEGRADO Recebeu um texto num idioma que desconhece? Quer passar um texto em português para outro idioma? O Google Docs cuida rapidinho da tarefa. Acione o menu Ferramentas > Documento do Google Tradutor e escolha o idioma para o qual quer ver o texto traduzido. O Google abre uma nova página com a tradução. Você pode então decidir substituir o documento original pela tradução ou copiá-la para um novo documento. Não é demais lembrar que as traduções automáticas não são perfeitas, mas elas quebram o galho em muitas situações.

D I C AS I NFO I 29

Docs_dicas-Mat13.indd 29

06.03.10 03:30:58


REAPROVEITE TRABALHOS O gerador de apresentações do Google Docs tem um recurso para simplificar o reaproveitamento de slides de uma apresentação em outra. É só clicar em Inserir > Importar Slides. Se a apresentação estiver armazenada no Google Docs, escolha-a na lista Google Docs. Se estiver em seu computador, clique no botão Enviar Arquivo e localize-a numa unidade de disco local. Se a apresentação aberta não for a que você procura, clique em Alterar para fazer nova busca. Encontrou o que queria? Marque os slides que deseja recuperar — ou clique em Selecionar Todos os Slides se quiser aproveitar a apresentação inteira — e pressione Importar para concluir o trabalho.

DADOS DINÂMICOS Os dados de suas planilhas do Docs podem ser exibidos de maneira mais dinâmica e diferenciada se você recorrer aos gadgets criados pelo Google e por terceiros. A variedade não é muito grande (são apenas 15 por enquanto), mas inclui tabelas e gráficos interativos, mapas, contadores e diagramas. Você também pode usar gadgets personalizados, criar seus próprios e até compartilhá-los na galeria do Google Docs. Para escolher um gadget, clique em Inserir > Gadget e use os links à esquerda para a fazer a seleção.

NA FORMA DE LISTA A visualização normal das planilhas inclui a barra de links para outros serviços do Google, o cabeçalho do serviço, os menus e as barras de ferramentas, além da planilha propriamente dita. Mas essa não é a única maneira de trabalhar. No menu Visualizar, você pode escolher Visualização Compacta, que exclui os links e os cabeçalhos, ou escolher Ocultar Controles, que deixa à mostra apenas a planilha. Mas a opção mais curiosa desse menu é a Visualização de Lista, que carrega a planilha mais rapidamente, incluindo apenas recursos básicos de edição, classificação e filtragem.

ESPERTO NOS GRÁFICOS Você gera um gráfico e, ao criá-lo, o Docs o coloca sobre os dados na planilha. Para reposicioná-lo, clique na barra de título do gráfico e arraste-o para o lugar desejado. Agora experimente clicar nele com o botão direito do mouse. Você verá opções para editar ou excluir o gráfico. Há também uma opção Mover Para a Planilha. Quando você a seleciona, o Docs transfere o gráfico para uma página separada. Você também pode salvar o gráfico como uma imagem em seu desktop ou publicar o gráfico. Neste último caso, o Docs abre uma janela com um código HTML, que pode ser colado numa página da web.

YOUTUBE NO DOCS O Google promove muito bem a integração entre suas ferramentas e seus serviços. As apresentações criadas no Google Docs, por exemplo, podem exibir vídeos armazenados no YouTube sem que você tenha de fazer praticamente nenhum esforço para isso. Quando quiser incrementar um trabalho com um clipe do YouTube, clique Inserir > Vídeo. Na tela seguinte, use o recurso de pesquisa para localizar o vídeo desejado (você pode assistir aos vídeos na própria janela para ver se é o que procura mesmo). Quando encontrar, clique em Selecionar Vídeo. Pronto! O clipe é automaticamente inserido no slide selecionado. Aí é só dimensionar a janela de reprodução para o tamanho desejado.

PRODUZA SEUS MODELOS Não é preciso se preocupar muito com a formatação de um documento, uma planilha ou uma apresentação. No Google Docs você encontra uma infinidade de modelos prontos para uso. Basta clicar em Criar Novo, selecionar a opção Do Modelo e percorrer a galeria Modelos Públicos para ver se encontra algo que sirva aos seus objetivos. Produziu um formato de documento interessante e quer retribuir, oferecendo-o como modelo para outros usuários? É simples. Marque-o na lista de documentos do Google Docs e clique em Mais Ações. Escolha Enviar Para a Galeria de Modelos. O Docs abrirá um formulário, no qual você deve escrever uma descrição do seu template, selecionar uma ou duas categorias e o idioma. Antes de clicar no botão Enviar Modelo, esteja ciente de que qualquer pessoa na web poderá ver esse modelo e que futuras alterações também serão públicas.

30 I DI C AS IN FO

Docs_dicas-Mat13.indd 30-31

SEPARAÇÃO POR CORES Perdido no meio de tantas pastas e subspastas? O Google Docs permite que se atribuam cores a elas para facilitar a visualização e a organização. As cores aparecem tanto na árvore de diretórios do painel esquerdo como na lista de arquivos ao lado — se um arquivo está armazenado numa dessas pastas, é identificado como parte dela e sinalizado com sua cor. A diferenciação por cor pode ser atribuída durante a criação da pasta, quando se aciona Criar Novo > Pasta. Ao lado do campo para o nome da pasta, clique no quadradinho e escolha uma cor. Para fazer essa seleção numa pasta já criada ou alterar uma definição anterior, clique nela com o botão direito do mouse e selecione Alterar Cor.

DIC A S INFO I 31

06.03.10 03:31:32


REAPROVEITE TRABALHOS O gerador de apresentações do Google Docs tem um recurso para simplificar o reaproveitamento de slides de uma apresentação em outra. É só clicar em Inserir > Importar Slides. Se a apresentação estiver armazenada no Google Docs, escolha-a na lista Google Docs. Se estiver em seu computador, clique no botão Enviar Arquivo e localize-a numa unidade de disco local. Se a apresentação aberta não for a que você procura, clique em Alterar para fazer nova busca. Encontrou o que queria? Marque os slides que deseja recuperar — ou clique em Selecionar Todos os Slides se quiser aproveitar a apresentação inteira — e pressione Importar para concluir o trabalho.

DADOS DINÂMICOS Os dados de suas planilhas do Docs podem ser exibidos de maneira mais dinâmica e diferenciada se você recorrer aos gadgets criados pelo Google e por terceiros. A variedade não é muito grande (são apenas 15 por enquanto), mas inclui tabelas e gráficos interativos, mapas, contadores e diagramas. Você também pode usar gadgets personalizados, criar seus próprios e até compartilhá-los na galeria do Google Docs. Para escolher um gadget, clique em Inserir > Gadget e use os links à esquerda para a fazer a seleção.

NA FORMA DE LISTA A visualização normal das planilhas inclui a barra de links para outros serviços do Google, o cabeçalho do serviço, os menus e as barras de ferramentas, além da planilha propriamente dita. Mas essa não é a única maneira de trabalhar. No menu Visualizar, você pode escolher Visualização Compacta, que exclui os links e os cabeçalhos, ou escolher Ocultar Controles, que deixa à mostra apenas a planilha. Mas a opção mais curiosa desse menu é a Visualização de Lista, que carrega a planilha mais rapidamente, incluindo apenas recursos básicos de edição, classificação e filtragem.

ESPERTO NOS GRÁFICOS Você gera um gráfico e, ao criá-lo, o Docs o coloca sobre os dados na planilha. Para reposicioná-lo, clique na barra de título do gráfico e arraste-o para o lugar desejado. Agora experimente clicar nele com o botão direito do mouse. Você verá opções para editar ou excluir o gráfico. Há também uma opção Mover Para a Planilha. Quando você a seleciona, o Docs transfere o gráfico para uma página separada. Você também pode salvar o gráfico como uma imagem em seu desktop ou publicar o gráfico. Neste último caso, o Docs abre uma janela com um código HTML, que pode ser colado numa página da web.

YOUTUBE NO DOCS O Google promove muito bem a integração entre suas ferramentas e seus serviços. As apresentações criadas no Google Docs, por exemplo, podem exibir vídeos armazenados no YouTube sem que você tenha de fazer praticamente nenhum esforço para isso. Quando quiser incrementar um trabalho com um clipe do YouTube, clique Inserir > Vídeo. Na tela seguinte, use o recurso de pesquisa para localizar o vídeo desejado (você pode assistir aos vídeos na própria janela para ver se é o que procura mesmo). Quando encontrar, clique em Selecionar Vídeo. Pronto! O clipe é automaticamente inserido no slide selecionado. Aí é só dimensionar a janela de reprodução para o tamanho desejado.

PRODUZA SEUS MODELOS Não é preciso se preocupar muito com a formatação de um documento, uma planilha ou uma apresentação. No Google Docs você encontra uma infinidade de modelos prontos para uso. Basta clicar em Criar Novo, selecionar a opção Do Modelo e percorrer a galeria Modelos Públicos para ver se encontra algo que sirva aos seus objetivos. Produziu um formato de documento interessante e quer retribuir, oferecendo-o como modelo para outros usuários? É simples. Marque-o na lista de documentos do Google Docs e clique em Mais Ações. Escolha Enviar Para a Galeria de Modelos. O Docs abrirá um formulário, no qual você deve escrever uma descrição do seu template, selecionar uma ou duas categorias e o idioma. Antes de clicar no botão Enviar Modelo, esteja ciente de que qualquer pessoa na web poderá ver esse modelo e que futuras alterações também serão públicas.

30 I DI C AS IN FO

Docs_dicas-Mat13.indd 30-31

SEPARAÇÃO POR CORES Perdido no meio de tantas pastas e subspastas? O Google Docs permite que se atribuam cores a elas para facilitar a visualização e a organização. As cores aparecem tanto na árvore de diretórios do painel esquerdo como na lista de arquivos ao lado — se um arquivo está armazenado numa dessas pastas, é identificado como parte dela e sinalizado com sua cor. A diferenciação por cor pode ser atribuída durante a criação da pasta, quando se aciona Criar Novo > Pasta. Ao lado do campo para o nome da pasta, clique no quadradinho e escolha uma cor. Para fazer essa seleção numa pasta já criada ou alterar uma definição anterior, clique nela com o botão direito do mouse e selecione Alterar Cor.

DIC A S INFO I 31

06.03.10 03:31:32


ATRÁS DE RESPOSTAS Você já deve ter reparado na opção Formulário no menu Criar Novo. Ela serve para que você faça pesquisas. As enquetes podem ter uma ou mais perguntas e diferentes tipos de resposta — texto, múltipla escolha, caixa de seleção, grade, escala e escolha numa lista. Você também pode incrementá-la com um fundo diferenciado (clique em Tema e escolha uma opção). Quando concluir, clique em Enviar Lista Por E-mail e envie para quem você desejar. Outra possibilidade é clicar em Mais Opções e selecionar Incorporar para pegar o endereço e incorporá-la a seu site ou blog. Depois, volte à pesquisa e clique em Ver Respostas. Você pode visualizar os dados numa planilha no Docs (opção Planilha) ou, melhor ainda, na forma de gráficos (opção Resumo).

CÓPIA COMPLETA Você pode fazer uma cópia de segurança de todos os arquivos do Google Docs no seu PC ou num disco externo sem que antes seja necessário selecionar todos os itens, como indicado ao lado. Basta marcar um único documento, clicar em Mais Ações > Exportar e, na janela que aparecerá, clicar na aba Todos os Itens. O Docs seleciona todo o conteúdo automaticamente. Aí é só proceder como indicado para concluir o download.

BACKUP SIMPLES É fácil e rápido fazer backup de vários arquivos de uma só vez no Google Docs. Assim que você entrar no serviço, marque todos os itens que serão copiados. Clique, em seguida, em Mais Ações e selecione a opção Exportar. Em seguida, escolha o formato de download desejado para cada tipo de arquivo. No caso dos documentos, é possível exportá-los como DOC, HTML, PDF, OpenDocument (do OpenOffice), RTF ou texto simples. As apresentações podem ser exportadas no formato do PowerPoint (PPT), PDF ou texto simples. As planilhas, por sua vez, podem ficar no formato do Excel, do OpenOffice ou em PDF, os mesmos permitidos aos formulários. Feitas as escolhas, clique em Fazer Download. Os arquivos são comprimidos em formato ZIP durante a exportação. O Docs permite exportar apenas 2 GB de arquivos por vez. Se o pacote de arquivos que você está exportando for grande e você não quiser esperar pela compactação, clique no link Enviar Por E-mail Quando Estiver Pronto. O Docs manda essa mensagem para sua conta do Gmail.

SEGURANÇA EXTRA Apesar de o Docs facilitar o download de arquivos, os mais prevenidos podem querer uma segurança adicional, mantendo-os num terceiro lugar. Com o Syncplicity (www.info.abril.com.br/ downloads/syncplicity) isso é possível. Você terá de se cadastrar no serviço, baixar e instalar um programa para seu computador. Feito isso, rode o assistente e, depois da tela de login, selecione a opção Let Me Pick Folders To Syncronize and Backup. Em seguida, clique em Add a New Folder, crie ou localize a pasta que quer usar para a sincronização do Google Docs. Depois, acesse o serviço e clique em Google Docs para criar um link entre o Syncplicity e o serviço do Google. Selecione a pasta criada anteriormente e os formatos que deverão ser usados na exportação. Clique em Finish. A partir daí, você poderá sincronizar o conteúdo do Docs com o Syncplicity e transferir uma cópia desses arquivos para seu PC.

32 I DI DIC C AS I NFO N FO

Docs_dicas-Mat13.indd 32

06.03.10 03:31:08


agenda I dicas

CONFIRA NO CALENDÁRIO Google Agenda gerencia bem compromissos e tarefas e ainda pode ser integrado a outros programas e serviços POR MARIA ISABEL MOREIRA

S

imples de usar, eficiente e bastante flexível, o serviço Google Agenda é um dos preferidos das pessoas que abandonaram a agenda de papel em favor dos calendários online. Para começar, basta clicar em qualquer ponto do agenda para inserir um novo compromisso, sem nenhuma com-

plicação. Você pode criar várias agendas, compartilhá-las com amigos e colegas de trabalho e ser lembrado da proximidade dos eventos até por celular. Fora essas vantagens, vários programas promovem a sincronização de dados entre a agenda do Google e outros calendários, incluindo o Outlook.

SERÁ QUE VAI CHOVER? Para evitar aborrecimentos, que tal conferir a previsão do tempo antes de agendar um compromisso? No Google Agenda, você pode conferir o que a meteorologia prenuncia para os próximos dias. Clique em Configurações e, na guia Geral, defina um local (São Paulo, SP, por exemplo), certifique-se de que a opção Não Mostrar a Previsão do Tempo esteja desmarcada e escolha a escala em que quer visualizar as temperaturas (Celsius ou Fahrenheit). Depois, clique em Salvar. O serviço coloca um pequeno ícone na parte superior do calendário, indicando as condições do tempo (sol, chuva etc). Se você colocar o cursor sobre ele, verá também as previsões de temperatura máxima e mínima.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO O Google Agenda tem uma opção de uso de calendários adicionais muito interessante. Você pode, por exemplo, acompanhar as fases da lua, conferir feriados de outros países ou culturas e ser informado sobre quando serão os jogos do seu time no campeonato em andamento. Expanda o item Outras Agendas no painel esquerdo, clique em Adicionar e escolha Procurar Agendas Interessantes. Percorra as guias Esportes e Mais para localizar os calendários que atendam suas necessidades. Clique em Assinar quando encontrar o que deseja. Para visualizar esse calendário na sua agenda, clique nele no quadro Outras Agendas (o nome do calendário vai ganhar um fundo). Para desativar sua visualização, clique novamente. Dica: a guia Feriados aparece vazia se o Google Agenda estiver configurado para português. Se você quiser inserir a lista de feriados de algum país, altere o idioma para inglês, siga as instruções dadas anteriormente para inserir o calendário de feriados e, depois, volte o idioma da interface para português.

34 I DI C AS I N FO

dicas-Mat14.indd 34

06.03.10 03:32:43


CRIE E COMPARTILHE Você pode criar calendários no Google Agenda e compartilhar com quem quiser. O recurso pode ser útil, por exemplo, para definir escala de trabalho ou dividir a lista de aniversários da turma ou dos colegas de trabalho. Para criar uma agenda, clique no link Configurações, abra a guia Agendas e pressione o botão Criar Nova Agenda. Escreva um nome, uma descrição e um local. Escolha o país e o fuso horário e adicione as pessoas com quem quer compartilhar o calendário. É possível determinar permissões diferentes para cada membro dessa lista. Quando concluir, clique em Criar Agenda. As agendas geradas por você ficam na lista Minhas Agendas. Se quiser partilhá-la com outras pessoas depois, clique na seta ao lado dela nessa lista e escolha a opção Compartilhar Esta Agenda. O mesmo procedimento vale também para os outros calendários, como feriados e programação de jogos.

SEJA MAIS PRODUTIVO Se você usa muito a agenda pode ser mais rápido adotar teclas de atalho em vez do mouse para gerenciá-la. A seguir, listamos nove dessas teclas. Antes, porém, é precisa habilitar o recurso na página de configurações. C – Criar evento T – Vai para o dia corrente (Hoje) J ou N – Salta para o intervalo de data posterior P ou K – Salta para o intervalo de data anterior D – Muda para o modo de visualização Dia W – Muda para o modo de visualização Semana M – Muda para o modo de visualização Mês A – Muda para o modo de visualização Compromissos S – Abra as configurações da agenda

PROCURE OS COMPROMISSOS Nem todo mundo nota, mas o Google Agenda tem uma opção de pesquisa avançada interessante na hora de localizar um compromisso. A busca pode incluir palavra-chave, pessoa, local e data, além de poder se estender a todas as agendas, todos os calendários pessoais ou todas as agendas adicionais — ou a uma específica. Para acionar a pesquisa avançada, clique no link correspondente ao lado do botão Pesquisar Minhas Agendas.

D I C AS I NFO I 35

dicas-Mat14.indd 35

06.03.10 03:32:52


SEJA LEMBRADO

AGENDA NA TELINHA Precisa consultar a agenda e não tem computador por perto? Use o celular. O Google ajustou a página da agenda para telas pequenas. É só visitar o endereço www.google.com/ calendar/m. O problema é que você não poderá adicionar nenhum compromisso ou nenhuma tarefa nova nem editar eventos já agendados. Usuários de smartphones com sistema operacional Android contam com a Google Agenda como aplicação padrão e com todos os seus recursos.

Não dá para perder os compromissos quando se usa o Google Agenda. Para não correr riscos, você pode definir diferentes tipos de alerta — e-mail, pop-up e SMS, isoladamente ou de forma combinada. Para que o Google envie alertas para o celular, no entanto, é preciso configurar antes o serviço para usar o recurso. Você terá de fornecer o número do seu telefone, aguardar o envio de um código de verificação pelo Google e inserir esse código no campo apropriado das configurações da Agenda. Para fazer esse acerto, clique em Configurações > Agenda e, em seguida, no link Notificações ao lado da agenda desejada. Na tela seguinte, clique no link Configurar Seu Celular Para Receber Notificações. Na hora de agendar um evento, selecione a opção de alerta na seção Lembrete e o tempo de antecedência em que o alerta deverá ser emitido.

TRABALHO OFFLINE A agenda do Google também pode ser acessada mesmo sem conexão com a internet, exatamente como acontece com as mensagens do Gmail. Para fazer consulta e agendamento offline é preciso baixar e instalar o Google Gears (www.info.abril.com.br/downloads/googlegears-0-5) e definir um ou mais lugares onde o programa colocará os atalhos para o aplicativo. Sempre que precisar acessar a agenda, é só clicar nesse atalho e usar a versão offline normalmente. Para atualizar os dados com a agenda online, clique no sinal de tique no alto da página e selecionar Sincronizar Agora. Nesse mesmo menu é possível clicar em Configurações Off-line para definir quais agendas devem ser sincronizadas.

IGUAL NA GOOGLE AGENDA E NO OUTLOOK Se você prefere o Google Calendar, mas sua empresa faz questão do Outlook, o Google Calendar Sync (www.info.abril.com.br/downloads/google-calendar-sync) estabelece a sincronia entre a agenda do desktop e a opção online sem nenhuma dor de cabeça. A sincronização pode ter mão dupla ou ser de via única (do Google Calendar para o Outlook ou vice-versa). Por padrão, a troca de informações é feita a cada 120 minutos, mas é possível alterar esse parâmetro (clique com o botão direito do mouse no ícone do programa na área de notificação, selecione Options e mude o valor em Sync Every 120 minutes) ou fazer a sincronização a qualquer momento (nesse caso, selecione Sync). A única limitação é que o Google Calendar Sync sincroniza apenas dados da agenda padrão do Outlook e da conta principal do Calendar. Ou seja, agendas secundárias não são consideradas.

36 I DI DIC C AS I NFO N FO

dicas-Mat14.indd 36

06.03.10 03:33:02


YouTube I publicação

MOSTRE OS SEUS FILMES

FORNEÇA INFORMAÇÕES

Confira o que é necessário para colocar seus vídeos no maior site do gênero POR CARLOS MACHADO

Enquanto o vídeo é carregado para o YouTube, digite um título e uma descrição para o clipe. Adicione palavras-chave e uma categoria do vídeo. Essas detalhes são importantes para que os internautas localizem facilmente suas produções. Decida, ainda, se o vídeo será público ou privado. Nesse caso, somente você e pessoas de sua indicação poderão vê-lo. Acione Salvar Alterações. Pronto, seu clipe está no YouTube.

M

uita gente publica filmes no YouTube, mas a maioria visita o site apenas para assistir aos vídeos armazenados no serviço de compartilhamento do Google. Mudar de condição — ou seja, deixar de ser um simples espectador e passar a ser um fornecedor de vídeos — é uma tarefa bem simples, principalmente se você se guiar pela tutorial que apresentamos a seguir.

EDITE SEU VÍDEO Depois que o clipe é processado, aparecem a URL com o endereço do filme e o código para que ele seja incorporado em páginas web. Para ver a lista dos vídeos que você já postou, clique em Conta e, depois, em Vídeos Enviados. Para definir outras opções de um vídeo, clique em Editar. Defina se o clipe vai aceitar comentários, votação no comentário, respostas e avaliações. Você também pode escolher se seu vídeo poderá ou não ser incorporado em páginas web e se poderá ser distribuído em celulares e na TV. Mais, escolha aí a miniatura do vídeo que vai representar seu vídeo nos resultados de pesquisa. Se quiser, use os recursos na área Data e Mapa para localizá-lo geograficamente.

PRODUÇÕES COM MAIS RECURSOS REQUISITOS BÁSICOS Antes de mais nada, para publicar vídeos no YouTube é preciso ter uma conta no serviço e preparar os clipes de vídeo. Digamos que você tenha o clipe de vídeo já em seu PC. Esse clipe deve ter duração menor que 10 minutos. O vídeo pode estar no padrão MPEG, como os produzidos por câmeras digitais, mas também é possível enviar vídeos nos formatos WMV e AVI. As proporções recomendadas são 4:3 ou 16:9, com resolução de 480 por 360 pixels, no caso do 4:3, ou 640 por 360 pixels, na proporção 16:9. Mas você não precisa se preocupar com detalhes técnicos. Se, por exemplo, você tem um vídeo feito em câmera fotográfica digital, ele já se encontra num formato compatível.

Seu vídeo também pode receber uma trilha de áudio, clicando em AudioSwap e escolhendo uma das opções disponíveis. Tenha em mente, no entanto, que essa trilha substituirá o áudio original do seu vídeo. Seu filme pode ainda receber anotações na forma de balões de diálogo, notas, destaques ou anotações de pausa. É só clicar no link Anotações, colocar o vídeo para rodar e, nos pontos que julgar conveniente, acrescentar esses elementos. Se quiser, você pode ainda acrescentar legenda, clicando no item correspondente e enviando o arquivo de legenda. Um lembrete: para apagar um vídeo que já está no YouTube, basta ir à seção Vídeos Enviados e clicar no botão Excluir.

FAÇA O ENVIO Na página inicial do serviço, clique em Login e digite seu nome de usuário e sua senha. Uma vez logado, clique em Enviar Vídeos. Na nova página, clique em Enviar Vídeo. Em seguida, aponte o arquivo e acione Abrir. Começa o envio do arquivo. Você pode carregar para o YouTube até dez arquivos simultaneamente, mas precisa escolhê-los um a um.

38 I DI C AS IN FO

upload-Mat15.indd 38-39

© ILUSTRAÇÃO YASIN ÖZTÜRK

DIC A S INFO I 39

06.03.10 03:34:26


YouTube I publicação

MOSTRE OS SEUS FILMES

FORNEÇA INFORMAÇÕES

Confira o que é necessário para colocar seus vídeos no maior site do gênero POR CARLOS MACHADO

Enquanto o vídeo é carregado para o YouTube, digite um título e uma descrição para o clipe. Adicione palavras-chave e uma categoria do vídeo. Essas detalhes são importantes para que os internautas localizem facilmente suas produções. Decida, ainda, se o vídeo será público ou privado. Nesse caso, somente você e pessoas de sua indicação poderão vê-lo. Acione Salvar Alterações. Pronto, seu clipe está no YouTube.

M

uita gente publica filmes no YouTube, mas a maioria visita o site apenas para assistir aos vídeos armazenados no serviço de compartilhamento do Google. Mudar de condição — ou seja, deixar de ser um simples espectador e passar a ser um fornecedor de vídeos — é uma tarefa bem simples, principalmente se você se guiar pela tutorial que apresentamos a seguir.

EDITE SEU VÍDEO Depois que o clipe é processado, aparecem a URL com o endereço do filme e o código para que ele seja incorporado em páginas web. Para ver a lista dos vídeos que você já postou, clique em Conta e, depois, em Vídeos Enviados. Para definir outras opções de um vídeo, clique em Editar. Defina se o clipe vai aceitar comentários, votação no comentário, respostas e avaliações. Você também pode escolher se seu vídeo poderá ou não ser incorporado em páginas web e se poderá ser distribuído em celulares e na TV. Mais, escolha aí a miniatura do vídeo que vai representar seu vídeo nos resultados de pesquisa. Se quiser, use os recursos na área Data e Mapa para localizá-lo geograficamente.

PRODUÇÕES COM MAIS RECURSOS REQUISITOS BÁSICOS Antes de mais nada, para publicar vídeos no YouTube é preciso ter uma conta no serviço e preparar os clipes de vídeo. Digamos que você tenha o clipe de vídeo já em seu PC. Esse clipe deve ter duração menor que 10 minutos. O vídeo pode estar no padrão MPEG, como os produzidos por câmeras digitais, mas também é possível enviar vídeos nos formatos WMV e AVI. As proporções recomendadas são 4:3 ou 16:9, com resolução de 480 por 360 pixels, no caso do 4:3, ou 640 por 360 pixels, na proporção 16:9. Mas você não precisa se preocupar com detalhes técnicos. Se, por exemplo, você tem um vídeo feito em câmera fotográfica digital, ele já se encontra num formato compatível.

Seu vídeo também pode receber uma trilha de áudio, clicando em AudioSwap e escolhendo uma das opções disponíveis. Tenha em mente, no entanto, que essa trilha substituirá o áudio original do seu vídeo. Seu filme pode ainda receber anotações na forma de balões de diálogo, notas, destaques ou anotações de pausa. É só clicar no link Anotações, colocar o vídeo para rodar e, nos pontos que julgar conveniente, acrescentar esses elementos. Se quiser, você pode ainda acrescentar legenda, clicando no item correspondente e enviando o arquivo de legenda. Um lembrete: para apagar um vídeo que já está no YouTube, basta ir à seção Vídeos Enviados e clicar no botão Excluir.

FAÇA O ENVIO Na página inicial do serviço, clique em Login e digite seu nome de usuário e sua senha. Uma vez logado, clique em Enviar Vídeos. Na nova página, clique em Enviar Vídeo. Em seguida, aponte o arquivo e acione Abrir. Começa o envio do arquivo. Você pode carregar para o YouTube até dez arquivos simultaneamente, mas precisa escolhê-los um a um.

38 I DI C AS IN FO

upload-Mat15.indd 38-39

© ILUSTRAÇÃO YASIN ÖZTÜRK

DIC A S INFO I 39

06.03.10 03:34:26


YouTube I dicas

TIRE O MÁXIMO DO YOUTUBE Truques para promover melhor os vídeos no site de compartilhamento POR ERIC COSTA E JULIANO BARRETO

D

ifícil competir com os milhões de vídeos postados no YouTube. Todo dia, uma avalanche de novidades chega ao site e seu filminho pode ficar escondido se você não tomar algumas providências. Para começar, capriche na produção e dedique uma atenção especial ao seu canal. Depois, procure promovê-lo em outras redes sociais. Confira estas e outras dicas para ganhar projeção na web.

CONSELHO DE QUEM SABE

UM CANAL SÓ SEU Principal trampolim para as celebridades da web, o YouTube permite a criação de um canal próprio para cada usuário. Assim, você reúne todo o seu conteúdo em uma página fácil de administrar e divulgar. Mas como a concorrência é quase infinita, não deixe de caprichar no conteúdo. A criação do seu hotsite é simples. Basta se cadastrar no YouTube e escolher seu endereço, que ficará no formato www.youtube.com/user/seunome. Depois, você pode personalizá-lo para ficar mais atraente.

PRÉ-PRODUÇÃO EXPRESSA O YouTube aceita até vídeos gravados na hora pela webcam, mas um pouco de sofisticação não faz mal a ninguém. No ramo dos editores de vídeo gratuitos, as duas opções mais populares são o VirtualDub (www.info.abril.com.br/downloads/ virtualdub-1-9) e o Live Movie Maker (www.info.abril.com.br/downloads/windowslive-movie-maker). Ambos são leves e têm uso muito intuitivo. Tente usá-los para encurtar seus vídeos. Filmes curtos e engraçados costumam fazer mais sucesso.

Há várias maneiras de medir o sucesso de um vídeo porque você pode produzi-lo com diversos intuitos. Eles podem ser divertidos, ter cenas que captamos no dia a dia, seguindo o conceito de jornalismo cidadão. Não é necessariamente uma questão de quantas vezes ele foi visto. Quando digo que as pessoas precisam aprender a usar a ferramenta é porque elas têm câmeras, podem fazer vídeos e contar histórias, colocar seu talento nelas. Chad Hurley, cofundador do YouTube

REMIXE SUCESSOS Um atalho para a fama é pegar o vácuo de algum vídeo de sucesso no próprio YouTube. Para isso, além dos editores de vídeo, você vai precisar de uma ferramenta para copiar os vídeos do site. Uma opção competente é o Any Vídeo Converter (www.info.abril.com.br/downloads/any-video-converter-free-3). Além de puxar conteúdo, ele lida com todos os formatos mais populares da web. Depois, é só soltar a sua criatividade.

YouTube sem Flash Quem usa o Chrome ou o Safari pode testar o YouTube na versão HTML 5, que não usa o plug-in do Flash para exibir os vídeos. Para tanto, acesse www.youtube. com/html5 e se cadastre para testar os novos recursos.

FAÇA PROMOÇÃO Logo abaixo dos vídeos no YouTube estão os links para espalhar manualmente o conteúdo por e-mail, Facebook e orkut. Mas é mais fácil e rápido ativar a função do AutoShare, que propaga seus vídeos de forma instantânea. Acesse Minha Conta e depois Configuração de Conta. Clique no item Compartilhamento (na lista lateral). Ali você terá todos os detalhes do AutoShare, que divulga seus vídeos no Facebook, no Twitter e até no Google Reader. Você também pode decidir o que compartilhar (comentários, classificação, vídeos enviados, inclusão como favorito e inscrição em canal).

VERSÃO PARA VIAGEM Achou um vídeo legal no YouTube e quer compartilhar com os amigos? Antes de sair colando o link por aí, há alguns truques para melhorar a experiência com o vídeo compartilhado. Para pular o começo e tocar o filme de um determinado ponto, adicione o texto #t=01m30s ao final da URL (neste exemplo, o filme começará a tocar depois de um minuto e meio do início). Para mandar uma URL com a versão de alta definição do vídeo, adicione &fmt=18 ao final do endereço (para resolução de 480 por 270 pixels) ou &fmt=22 (para 1 280 por 720). Note que, se o vídeo não estiver disponível nessas resoluções, o filme com o padrão comum será usado.

40 I DI C AS IN FO

dicas-Mat16.indd 40-41

PRONTO PARA OS GRINGOS Pensando em atrair visitantes estrangeiros? Então capriche no inglês e coloque legendas nos seus vídeos. O serviço CaptionTube (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/captiontube) facilita as coisas usando uma interface simples para editar vídeos já publicados no YouTube e criando um arquivos de texto no formato correto. Aí, é só ir ao YouTube e adicionar a legenda. Vá ao menu Meus Vídeos e clique no botão Anotações. Depois, aparecerá o link Legendas e a opção para fazer o upload do texto.

DIC A S INFO I 41

06.03.10 03:36:31


YouTube I dicas

TIRE O MÁXIMO DO YOUTUBE Truques para promover melhor os vídeos no site de compartilhamento POR ERIC COSTA E JULIANO BARRETO

D

ifícil competir com os milhões de vídeos postados no YouTube. Todo dia, uma avalanche de novidades chega ao site e seu filminho pode ficar escondido se você não tomar algumas providências. Para começar, capriche na produção e dedique uma atenção especial ao seu canal. Depois, procure promovê-lo em outras redes sociais. Confira estas e outras dicas para ganhar projeção na web.

CONSELHO DE QUEM SABE

UM CANAL SÓ SEU Principal trampolim para as celebridades da web, o YouTube permite a criação de um canal próprio para cada usuário. Assim, você reúne todo o seu conteúdo em uma página fácil de administrar e divulgar. Mas como a concorrência é quase infinita, não deixe de caprichar no conteúdo. A criação do seu hotsite é simples. Basta se cadastrar no YouTube e escolher seu endereço, que ficará no formato www.youtube.com/user/seunome. Depois, você pode personalizá-lo para ficar mais atraente.

PRÉ-PRODUÇÃO EXPRESSA O YouTube aceita até vídeos gravados na hora pela webcam, mas um pouco de sofisticação não faz mal a ninguém. No ramo dos editores de vídeo gratuitos, as duas opções mais populares são o VirtualDub (www.info.abril.com.br/downloads/ virtualdub-1-9) e o Live Movie Maker (www.info.abril.com.br/downloads/windowslive-movie-maker). Ambos são leves e têm uso muito intuitivo. Tente usá-los para encurtar seus vídeos. Filmes curtos e engraçados costumam fazer mais sucesso.

Há várias maneiras de medir o sucesso de um vídeo porque você pode produzi-lo com diversos intuitos. Eles podem ser divertidos, ter cenas que captamos no dia a dia, seguindo o conceito de jornalismo cidadão. Não é necessariamente uma questão de quantas vezes ele foi visto. Quando digo que as pessoas precisam aprender a usar a ferramenta é porque elas têm câmeras, podem fazer vídeos e contar histórias, colocar seu talento nelas. Chad Hurley, cofundador do YouTube

REMIXE SUCESSOS Um atalho para a fama é pegar o vácuo de algum vídeo de sucesso no próprio YouTube. Para isso, além dos editores de vídeo, você vai precisar de uma ferramenta para copiar os vídeos do site. Uma opção competente é o Any Vídeo Converter (www.info.abril.com.br/downloads/any-video-converter-free-3). Além de puxar conteúdo, ele lida com todos os formatos mais populares da web. Depois, é só soltar a sua criatividade.

YouTube sem Flash Quem usa o Chrome ou o Safari pode testar o YouTube na versão HTML 5, que não usa o plug-in do Flash para exibir os vídeos. Para tanto, acesse www.youtube. com/html5 e se cadastre para testar os novos recursos.

FAÇA PROMOÇÃO Logo abaixo dos vídeos no YouTube estão os links para espalhar manualmente o conteúdo por e-mail, Facebook e orkut. Mas é mais fácil e rápido ativar a função do AutoShare, que propaga seus vídeos de forma instantânea. Acesse Minha Conta e depois Configuração de Conta. Clique no item Compartilhamento (na lista lateral). Ali você terá todos os detalhes do AutoShare, que divulga seus vídeos no Facebook, no Twitter e até no Google Reader. Você também pode decidir o que compartilhar (comentários, classificação, vídeos enviados, inclusão como favorito e inscrição em canal).

VERSÃO PARA VIAGEM Achou um vídeo legal no YouTube e quer compartilhar com os amigos? Antes de sair colando o link por aí, há alguns truques para melhorar a experiência com o vídeo compartilhado. Para pular o começo e tocar o filme de um determinado ponto, adicione o texto #t=01m30s ao final da URL (neste exemplo, o filme começará a tocar depois de um minuto e meio do início). Para mandar uma URL com a versão de alta definição do vídeo, adicione &fmt=18 ao final do endereço (para resolução de 480 por 270 pixels) ou &fmt=22 (para 1 280 por 720). Note que, se o vídeo não estiver disponível nessas resoluções, o filme com o padrão comum será usado.

40 I DI C AS IN FO

dicas-Mat16.indd 40-41

PRONTO PARA OS GRINGOS Pensando em atrair visitantes estrangeiros? Então capriche no inglês e coloque legendas nos seus vídeos. O serviço CaptionTube (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/captiontube) facilita as coisas usando uma interface simples para editar vídeos já publicados no YouTube e criando um arquivos de texto no formato correto. Aí, é só ir ao YouTube e adicionar a legenda. Vá ao menu Meus Vídeos e clique no botão Anotações. Depois, aparecerá o link Legendas e a opção para fazer o upload do texto.

DIC A S INFO I 41

06.03.10 03:36:31


orkut I dicas

REDE SOCIAL SEM RESTRIÇÕES Não importa onde você esteja, é possível postar scraps e ler recados POR SÉRGIO VINÍCIUS

O

orkut é uma fixação brasileira. Para comprovar, basta uma experiência simples: entre em uma lan house qualquer e espie ao redor. Certamente você verá a característica tela da rede social aberta nos monitores de um ou outro computador — se não em todos. Mas há locais em que acessar o orkut é proibido. E esse

não é o único problema. Algumas pessoas estão sempre em trânsito e não conseguem parar com a frequência que gostariam na frente de um computador para entrar no serviço. Você vive uma dessas duas situações? Conheça alguns macetes, programas e serviços que garantem acesso ao orkut sem nenhum impedimento.

ORKUT PELO CELULAR É possível enviar e receber scraps do orkut via celular por meio do serviço orkut SMS. O primeiro passo para isso é cadastrar o número do celular no endereço www.orkut.com/MobileSetupSettings.aspx ou, no seu perfil, entrar em Minhas Configurações > Celular. Depois, basta enviar os comandos SMS do aparelho celular para o número SMS apropriado. O serviço é tarifado — varia entre 0,10 real e 0,31 real por mensagem — e compatível somente com as operadoras Amazônia Celular, Brasil Telecom, Claro, Telemig Celular, TIM e Vivo. Há um link na página para um endereço com mais detalhes sobre preços, cancelamentos ou alterações no serviço.

PODCAST NA REDE SOCIAL Gravou seu podcast e não sabe como jogá-lo na web? Vá ao site Profile PitStop (www.info.abril.

com.br/downloads/webware/ profile-pitstop). Clique

RECADOS NA TELINHA

AGREGADOR DE REDES Embora o PowerScrap (www.info.abril.com.br/downloads/webware/powerscrap) permita o acesso ao orkut por meio de sua página, driblando restrições de algumas empresas, seu ponto forte é ser um agregador de redes sociais. Além do orkut, ele trabalha com o microblog Twitter, a rede social Hi5 e a rede profissional LinkedIn. Se você tem contas em todos esses serviços, pode reuni-las num único lugar. Para utilizar o PowerScrap, basta entrar em sua URL principal, logar-se com a senha do orkut e começar a navegar. Na primeira entrada, o sistema já pede os logins e as senhas dos outros serviços compatíveis e passa a agregá-los.

ORKUT CAMUFLADO É possível entrar no orkut com a ajuda de sites que nada têm a ver com o serviço. Um deles é o Bitty Browser (www.bitty.com). Nesse endereço, há um emulador de browser que permite a você navegar na web camufladamente aos olhos dos controladores de rede.

42 I DI C AS IN FO

dicas-Mat18.indd 42-43

O mKut é um programa espartano que leva ao celular o básico do orkut. Com interface um tanto esquisita, ele oferece fácil acesso a mensagens, depoimentos e aniversários. Para utilizá-lo, deve-se entrar pelo celular no endereço mkut.jmobi.com.br e baixar o aplicativo. Depois, basta entrar com login e senha da rede social. Pronto! O software roda em praticamente todos os celulares com suporte a Java. Para conferir a lista completa de telefones compatíveis, acesse a página www.jmobi.com.br/website/mkut.

em Make Your Own Mix Tape, escolha um dos temas para o player, pressione Create e copie as URLs para os arquivos MP3 de cada episódio do podcast. No próprio site há sugestões de serviço para hospedar o conteúdo. Depois, você terá um código que deve ser colado em perfis do orkut e do MySpace. Outra opção é o PodBean (www.info.abril.

com.br/downloads/webware/ podbean), que hospeda e publica os podcasts.

Informações a salvo Quer fazer um backup? Para os recados, a dica é adotar um serviço como O Curioso (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/ocurioso). Você pode usá-lo tanto para acompanhar os recados dos outros como para armazenar cópias de seus próprios scraps. Para os contatos, use o recurso de exportação do próprio orkut. Na área Meus Amigos, clique no link Gerenciar. Na área Gerenciar Contatos da página que se abrirá, clique em Exportar Contatos. O arquivo gerado pelo programa, no formato CSV, pode ser aberto em diversas planilhas, entre elas o Excel.

DIC A S INFO I 43

06.03.10 03:39:43


orkut I dicas

REDE SOCIAL SEM RESTRIÇÕES Não importa onde você esteja, é possível postar scraps e ler recados POR SÉRGIO VINÍCIUS

O

orkut é uma fixação brasileira. Para comprovar, basta uma experiência simples: entre em uma lan house qualquer e espie ao redor. Certamente você verá a característica tela da rede social aberta nos monitores de um ou outro computador — se não em todos. Mas há locais em que acessar o orkut é proibido. E esse

não é o único problema. Algumas pessoas estão sempre em trânsito e não conseguem parar com a frequência que gostariam na frente de um computador para entrar no serviço. Você vive uma dessas duas situações? Conheça alguns macetes, programas e serviços que garantem acesso ao orkut sem nenhum impedimento.

ORKUT PELO CELULAR É possível enviar e receber scraps do orkut via celular por meio do serviço orkut SMS. O primeiro passo para isso é cadastrar o número do celular no endereço www.orkut.com/MobileSetupSettings.aspx ou, no seu perfil, entrar em Minhas Configurações > Celular. Depois, basta enviar os comandos SMS do aparelho celular para o número SMS apropriado. O serviço é tarifado — varia entre 0,10 real e 0,31 real por mensagem — e compatível somente com as operadoras Amazônia Celular, Brasil Telecom, Claro, Telemig Celular, TIM e Vivo. Há um link na página para um endereço com mais detalhes sobre preços, cancelamentos ou alterações no serviço.

PODCAST NA REDE SOCIAL Gravou seu podcast e não sabe como jogá-lo na web? Vá ao site Profile PitStop (www.info.abril.

com.br/downloads/webware/ profile-pitstop). Clique

RECADOS NA TELINHA

AGREGADOR DE REDES Embora o PowerScrap (www.info.abril.com.br/downloads/webware/powerscrap) permita o acesso ao orkut por meio de sua página, driblando restrições de algumas empresas, seu ponto forte é ser um agregador de redes sociais. Além do orkut, ele trabalha com o microblog Twitter, a rede social Hi5 e a rede profissional LinkedIn. Se você tem contas em todos esses serviços, pode reuni-las num único lugar. Para utilizar o PowerScrap, basta entrar em sua URL principal, logar-se com a senha do orkut e começar a navegar. Na primeira entrada, o sistema já pede os logins e as senhas dos outros serviços compatíveis e passa a agregá-los.

ORKUT CAMUFLADO É possível entrar no orkut com a ajuda de sites que nada têm a ver com o serviço. Um deles é o Bitty Browser (www.bitty.com). Nesse endereço, há um emulador de browser que permite a você navegar na web camufladamente aos olhos dos controladores de rede.

42 I DI C AS IN FO

dicas-Mat18.indd 42-43

O mKut é um programa espartano que leva ao celular o básico do orkut. Com interface um tanto esquisita, ele oferece fácil acesso a mensagens, depoimentos e aniversários. Para utilizá-lo, deve-se entrar pelo celular no endereço mkut.jmobi.com.br e baixar o aplicativo. Depois, basta entrar com login e senha da rede social. Pronto! O software roda em praticamente todos os celulares com suporte a Java. Para conferir a lista completa de telefones compatíveis, acesse a página www.jmobi.com.br/website/mkut.

em Make Your Own Mix Tape, escolha um dos temas para o player, pressione Create e copie as URLs para os arquivos MP3 de cada episódio do podcast. No próprio site há sugestões de serviço para hospedar o conteúdo. Depois, você terá um código que deve ser colado em perfis do orkut e do MySpace. Outra opção é o PodBean (www.info.abril.

com.br/downloads/webware/ podbean), que hospeda e publica os podcasts.

Informações a salvo Quer fazer um backup? Para os recados, a dica é adotar um serviço como O Curioso (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/ocurioso). Você pode usá-lo tanto para acompanhar os recados dos outros como para armazenar cópias de seus próprios scraps. Para os contatos, use o recurso de exportação do próprio orkut. Na área Meus Amigos, clique no link Gerenciar. Na área Gerenciar Contatos da página que se abrirá, clique em Exportar Contatos. O arquivo gerado pelo programa, no formato CSV, pode ser aberto em diversas planilhas, entre elas o Excel.

DIC A S INFO I 43

06.03.10 03:39:43


blogger I dicas

NUNCA MAIS 1 SPAM O sistema Akismet (www.info.abril.com.br/downloads/akismet) é quase obrigatório para um blog. Ele faz uma triagem dos comentários, identificando o que é spam e propaganda indesejada, deixando apenas os textos legítimos. No Blogger é preciso usá-lo em combinação com outros plug-ins, como o IntenseDebate Para usá-lo com as plataformas Wordpress e Movable Type é só instalar o plug-in no blog.

REDE SOCIAL EMBUTIDA 2 Sistemas de comentários em blogs sempre são simplórios, empilhando textos sem hierarquia ou histórico. Com o IntenseDebate (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ intensedebate) você sai dessa mesmice. Depois de instalá-lo, seus usuários poderão votar uns nos comentários dos outros e criar um ranking. Eles poderão até enviar tuítes quando postam novos comentários. Para completar, o Intense Debate suporta plug-ins, como o Askimet, para adicionar ainda mais recursos. O ponto fraco é deixar o site um pouco mais pesado na hora de carregar. Além de trabalhar com o Blogger, o serviço funciona no Wordpress e nas principais plataformas de blog.

COM O TWITTER 3 PARCERIA Entre as dezenas de plug-ins para espalhar seus posts via Twitter, o destaque é o Sociable (www.info.abril. com.br/downloads/webware/sociable). Além de mostrar as atualizações do blog via microblog, ele é compatível com outras 98 redes sociais, incluindo aí Facebook, Digg e Delicious. Para usá-lo, basta recortar e colar o código HTML no seu site ou usar sua conta do Blogger ou do Wordpress diretamente.

BLOGANDO COMO PROFISSIONAL Sofistique seu blog com plug-ins para barrar spam, fazer enquetes e usar bem o poder do Twitter POR ERIC COSTA

M

ontar um blog de sucesso exige, além de posts constantes e de qualidade, capacidade de administrar e inovar nos recursos do site. Mesmo com textos legais, se não houver interação com os internautas, novidades bacanas e proteção contra chatos e spammers, o blog pode

44 I DI C AS IN FO

dicas-Mat19.indd 44-45

perder audiência rapidinho. Todos esses problemas podem ser solucionados com o uso de plug-ins e serviços, que adicionam recursos ou mudam o visual das páginas para agradar a um público maior. Confira, a seguir, cinco ferramentas para melhorar o blog e cavar o seu lugar no seleto grupo dos pro-bloggers.

ENQUETES PERSONALIZADAS 4

Quem quer fazer perguntas diretamente aos internautas e depois monitorar as respostas com estatísticas detalhadas deve experimentar o PollDaddy (www.info.abril.com.br/downloads/webware/polldaddy). Compatível com o Blogger e as principais plataformas de blog, o serviço conta com uma estrutura poderosa que suporta enxurradas de respostas, armazena enquetes antigas e fornece estatísticas personalizadas.

DO FEED 5 TERMÔMETRO O Google não brinca em serviço quando o objetivo é medir audiência. Além do essencial Google Analytics, você pode acompanhar de perto o comportamento dos visitantes que acessam o conteúdo via RSS com o FeedBurner (www.info.abril.com.br/downloads/webware/feedburner). O serviço mostra estatísticas sobre os assinantes do blog, incluindo o tipo de serviço usado para ler o RSS e a evolução da audiência.

DIC A S INFO I 45

06.03.10 03:42:00


blogger I dicas

NUNCA MAIS 1 SPAM O sistema Akismet (www.info.abril.com.br/downloads/akismet) é quase obrigatório para um blog. Ele faz uma triagem dos comentários, identificando o que é spam e propaganda indesejada, deixando apenas os textos legítimos. No Blogger é preciso usá-lo em combinação com outros plug-ins, como o IntenseDebate Para usá-lo com as plataformas Wordpress e Movable Type é só instalar o plug-in no blog.

REDE SOCIAL EMBUTIDA 2 Sistemas de comentários em blogs sempre são simplórios, empilhando textos sem hierarquia ou histórico. Com o IntenseDebate (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ intensedebate) você sai dessa mesmice. Depois de instalá-lo, seus usuários poderão votar uns nos comentários dos outros e criar um ranking. Eles poderão até enviar tuítes quando postam novos comentários. Para completar, o Intense Debate suporta plug-ins, como o Askimet, para adicionar ainda mais recursos. O ponto fraco é deixar o site um pouco mais pesado na hora de carregar. Além de trabalhar com o Blogger, o serviço funciona no Wordpress e nas principais plataformas de blog.

COM O TWITTER 3 PARCERIA Entre as dezenas de plug-ins para espalhar seus posts via Twitter, o destaque é o Sociable (www.info.abril. com.br/downloads/webware/sociable). Além de mostrar as atualizações do blog via microblog, ele é compatível com outras 98 redes sociais, incluindo aí Facebook, Digg e Delicious. Para usá-lo, basta recortar e colar o código HTML no seu site ou usar sua conta do Blogger ou do Wordpress diretamente.

BLOGANDO COMO PROFISSIONAL Sofistique seu blog com plug-ins para barrar spam, fazer enquetes e usar bem o poder do Twitter POR ERIC COSTA

M

ontar um blog de sucesso exige, além de posts constantes e de qualidade, capacidade de administrar e inovar nos recursos do site. Mesmo com textos legais, se não houver interação com os internautas, novidades bacanas e proteção contra chatos e spammers, o blog pode

44 I DI C AS IN FO

dicas-Mat19.indd 44-45

perder audiência rapidinho. Todos esses problemas podem ser solucionados com o uso de plug-ins e serviços, que adicionam recursos ou mudam o visual das páginas para agradar a um público maior. Confira, a seguir, cinco ferramentas para melhorar o blog e cavar o seu lugar no seleto grupo dos pro-bloggers.

ENQUETES PERSONALIZADAS 4

Quem quer fazer perguntas diretamente aos internautas e depois monitorar as respostas com estatísticas detalhadas deve experimentar o PollDaddy (www.info.abril.com.br/downloads/webware/polldaddy). Compatível com o Blogger e as principais plataformas de blog, o serviço conta com uma estrutura poderosa que suporta enxurradas de respostas, armazena enquetes antigas e fornece estatísticas personalizadas.

DO FEED 5 TERMÔMETRO O Google não brinca em serviço quando o objetivo é medir audiência. Além do essencial Google Analytics, você pode acompanhar de perto o comportamento dos visitantes que acessam o conteúdo via RSS com o FeedBurner (www.info.abril.com.br/downloads/webware/feedburner). O serviço mostra estatísticas sobre os assinantes do blog, incluindo o tipo de serviço usado para ler o RSS e a evolução da audiência.

DIC A S INFO I 45

06.03.10 03:42:00


Chrome I extensões

TWITTER NO BROWSER Quer ficar de olho no Twitter sem perder tempo acessando o site várias vezes? Instale o Metrist e o Chrome ganhará um botão que exibe os últimos posts de quem você segue, retuítes, respostas e mensagens diretas. Na hora de publicar conteúdo no microblog, o Metrist também ajuda, mostrando uma janela em que é possível teclar um novo tuíte. O acessório só fica devendo a integração com algum serviço de redução de endereços URL. www.info.abril.com.br/downloads/metrist AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

CRIE URL PARA VIAGEM

EXTENSÕES PARA O BROWSER Demorou, mas o navegador do Google ganhou add-ons para se integrar ao Gmail, Twitter e Wikipedia POR ERIC COSTA

A

pesar de toda a sua velocidade e leveza, o Chrome ainda ficava atrás do Firefox por não contar com extensões. Ficava. De maneira gradual, os desenvolvedores foram se adaptando à API do software e agora ele conta com mais de 2 300 acessórios — incluindo versões adaptadas de vários dos mais populares plug-ins para Firefox,

FAVORITOS SEM FRONTEIRAS

46 I DI C AS IN FO

extensoes-Mat21.indd 46-47

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

READER E WAVE UNIDOS Existem várias extensões para que o Chrome verifique o Gmail, o Reader e outros serviços do Google. Mas a One Number tem a vantagem de reunir tudo isso em um só ícone, preservando a leveza da interface do Chrome. O plug-in funciona com o Gmail, o Google Reader e o Wave, além do Voice (que não está disponível para brasileiros). Seu ícone mostra o número de itens não lidos e, ao ser clicado, exibe o status de cada conta. Com um clique nos itens da lista de serviços, uma nova janela de navegação é aberta, com o login devidamente efetuado. Apesar de bem simples, o One Number é uma mão na roda para quem usa os serviços e não tem tempo a perder.

www.info.abril.com.br/downloads/xmarks

8,0

www.info.abril.com.br/downloads/urlshortener

Opera e Internet Explorer. No endereço https://chrome. google.com/extensions, é claro, você também encontra add-ons exclusivos, que melhoram e ampliam as qualidades do browser do Google. A seguir, confira nove extensões que comprovam isso com recursos como acesso rápido ao Twitter, Wikipedia e Gmail, entre outras facilidades.

Apesar de o Chrome sincronizar favoritos usando uma conta do Google, esse recurso só funciona para o próprio browser. Ao instalar a extensão XMarks Bookmarks Sync é possível derrubar esse muro e deixar sua lista de sites preferidos sincronizada entre Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer. O add-on também conta com uma página para acesso aos favoritos via web. Só ficou faltando o recurso para sincronia de senhas, presente no XMarks para Firefox.

AVALIAÇÃO TÉCNICA

Os serviços de encurtar URLs ganharam popularidade com o Twitter, mas podem ser usados em diversas ocasiões, como em mensagens instantâneas ou e-mails, especialmente para endereços gigantes (como os do Google Maps). A extensão URL Shortener permite o acesso direto aos encolhedores de URL, com várias opções de serviços. Ainda é possível mandar posts diretamente para o Twitter.

www.info.abril.com.br/downloads/one-number

CUSTO/BENEFÍCIO AVALIAÇÃO TÉCNICA

© FOTO MARCELO KURA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S INFO I 47

06.03.10 03:45:01


Chrome I extensões

TWITTER NO BROWSER Quer ficar de olho no Twitter sem perder tempo acessando o site várias vezes? Instale o Metrist e o Chrome ganhará um botão que exibe os últimos posts de quem você segue, retuítes, respostas e mensagens diretas. Na hora de publicar conteúdo no microblog, o Metrist também ajuda, mostrando uma janela em que é possível teclar um novo tuíte. O acessório só fica devendo a integração com algum serviço de redução de endereços URL. www.info.abril.com.br/downloads/metrist AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

CRIE URL PARA VIAGEM

EXTENSÕES PARA O BROWSER Demorou, mas o navegador do Google ganhou add-ons para se integrar ao Gmail, Twitter e Wikipedia POR ERIC COSTA

A

pesar de toda a sua velocidade e leveza, o Chrome ainda ficava atrás do Firefox por não contar com extensões. Ficava. De maneira gradual, os desenvolvedores foram se adaptando à API do software e agora ele conta com mais de 2 300 acessórios — incluindo versões adaptadas de vários dos mais populares plug-ins para Firefox,

FAVORITOS SEM FRONTEIRAS

46 I DI C AS IN FO

extensoes-Mat21.indd 46-47

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

READER E WAVE UNIDOS Existem várias extensões para que o Chrome verifique o Gmail, o Reader e outros serviços do Google. Mas a One Number tem a vantagem de reunir tudo isso em um só ícone, preservando a leveza da interface do Chrome. O plug-in funciona com o Gmail, o Google Reader e o Wave, além do Voice (que não está disponível para brasileiros). Seu ícone mostra o número de itens não lidos e, ao ser clicado, exibe o status de cada conta. Com um clique nos itens da lista de serviços, uma nova janela de navegação é aberta, com o login devidamente efetuado. Apesar de bem simples, o One Number é uma mão na roda para quem usa os serviços e não tem tempo a perder.

www.info.abril.com.br/downloads/xmarks

8,0

www.info.abril.com.br/downloads/urlshortener

Opera e Internet Explorer. No endereço https://chrome. google.com/extensions, é claro, você também encontra add-ons exclusivos, que melhoram e ampliam as qualidades do browser do Google. A seguir, confira nove extensões que comprovam isso com recursos como acesso rápido ao Twitter, Wikipedia e Gmail, entre outras facilidades.

Apesar de o Chrome sincronizar favoritos usando uma conta do Google, esse recurso só funciona para o próprio browser. Ao instalar a extensão XMarks Bookmarks Sync é possível derrubar esse muro e deixar sua lista de sites preferidos sincronizada entre Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer. O add-on também conta com uma página para acesso aos favoritos via web. Só ficou faltando o recurso para sincronia de senhas, presente no XMarks para Firefox.

AVALIAÇÃO TÉCNICA

Os serviços de encurtar URLs ganharam popularidade com o Twitter, mas podem ser usados em diversas ocasiões, como em mensagens instantâneas ou e-mails, especialmente para endereços gigantes (como os do Google Maps). A extensão URL Shortener permite o acesso direto aos encolhedores de URL, com várias opções de serviços. Ainda é possível mandar posts diretamente para o Twitter.

www.info.abril.com.br/downloads/one-number

CUSTO/BENEFÍCIO AVALIAÇÃO TÉCNICA

© FOTO MARCELO KURA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S INFO I 47

06.03.10 03:45:01


NAVEGAÇÃO ORGANIZADA Se você abre dezenas de abas e se perde no próprio navegador, organize e facilite sua vida com o TooManyTabs. O ícone do acessório mostra, a todo tempo, quantas guias estão abertas no Chrome. Com um clique nele, é possível alternar entre os sites por meio de miniaturas das telas. Também dá para “suspender” guias se o Chrome estiver consumindo muita RAM e depois recuperá-las a qualquer momento. www.info.abril.com.br/downloads/toomanytabs AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

TENHA O IE POR PERTO Apesar da popularidade do Firefox e do Chrome, ainda existem sites que só funcionam direito no Internet Explorer. A extensão IE Tab Classic entra em ação para acessá-los sem sair do Chrome. Ao abrir uma página que só funciona no IE, basta clicar no ícone do programa da Microsoft, no final da barra de endereços do Chrome. O site será recarregado na mesma guia, usando o motor do Internet Explorer, mas sem sair da interface do navegador do Google. Essa guia ainda pode ser usada para navegar para outros sites, já que recebe uma barra de endereços própria. www.info.abril.com.br/downloads/ie-tab-classic AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

SUPERBUSCA NA WIKIPEDIA Os fãs da enciclopédia mais famosa da web podem fazer consultas rápidas elaboradas usando a extensão Wikipedia Companion. Basta um clique no ícone do plug-in para abrir uma janela pequena de pesquisas com recursos bacanas, como pesquisar verbetes em dois idiomas diferentes da Wikipedia ao mesmo tempo. Isso é interessante, por exemplo, para complementar a Wikipedia brasileira com termos da americana. O resultado é exibido na janela do próprio Wikipedia Companion, mas pode ser transferido para uma nova guia do Chrome com um clique. www.info.abril.com.br/downloads/wikipedia-companion AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

EXTENSÃO BRASILEIRA Com mais de 30 000 usuários, a extensão Chromed Bird, que integra o Twitter ao Chrome, está entre as mais baixadas. Dois segredinhos sobre ela: foi necessário apenas um final de semana para criá-la, e seu autor é o programador brasileiro Cezar Sá Espínol, de 25 anos. “Para desenvolver para o Chrome é preciso usar as mesmas tecnologias com as quais qualquer desenvolvedor de aplicações web já deve estar familiarizado: HTML e CSS para a interface ggráfica e Javascript p para p o funcionamento da extensão”, diz.

ABAS NO ATACADO Muitos internautas têm um conjunto de sites para leitura diária, que pode incluir notícias, quadrinhos online e outras fontes de informação. O Fresh Start facilita esse hábito, criando listas de sites que são abertos simultaneamente no Chrome. Assim, com um clique, dá para agilizar a sua rotina. Para criar novas listas, basta abrir os sites, clicar no botão do Fresh Start, teclar um nome para a lista e pressionar Save. Outra opção é usar a extensão para salvar rapidamente várias abas que estão abertas ao mesmo tempo. É possível manter várias listas, mas não há opção de remover ou adicionar URLs individuais para cada uma. www.info.abril.com.br/downloads/freshstart AVALIAÇÃO TÉCNICA

48 I DI C AS IN FO

extensoes-Mat21.indd 48-49

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

POR UM GMAIL MELHOR O Gmail vem recebendo vários recursos bacanas, mas quem ainda acha pouco pode usar a extensão Better Gmail para dar um toque mais personalizado ao serviço. Ela permite a organização das etiquetas como se fossem pastas, o que é excelente para quem categoriza ao máximo suas mensagens. Também mostra ícones para cada tipo de arquivo anexo, indicando o conteúdo (como PDF e ZIP, por exemplo). Também há outras opções para melhorar a estética do webmail, como a eliminação do rodapé e do campo para convidar amigos para o Gmail. www.info.abril.com.br/downloads/better-gmail-chrome AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,0

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S INFO I 49

06.03.10 03:45:55


NAVEGAÇÃO ORGANIZADA Se você abre dezenas de abas e se perde no próprio navegador, organize e facilite sua vida com o TooManyTabs. O ícone do acessório mostra, a todo tempo, quantas guias estão abertas no Chrome. Com um clique nele, é possível alternar entre os sites por meio de miniaturas das telas. Também dá para “suspender” guias se o Chrome estiver consumindo muita RAM e depois recuperá-las a qualquer momento. www.info.abril.com.br/downloads/toomanytabs AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

TENHA O IE POR PERTO Apesar da popularidade do Firefox e do Chrome, ainda existem sites que só funcionam direito no Internet Explorer. A extensão IE Tab Classic entra em ação para acessá-los sem sair do Chrome. Ao abrir uma página que só funciona no IE, basta clicar no ícone do programa da Microsoft, no final da barra de endereços do Chrome. O site será recarregado na mesma guia, usando o motor do Internet Explorer, mas sem sair da interface do navegador do Google. Essa guia ainda pode ser usada para navegar para outros sites, já que recebe uma barra de endereços própria. www.info.abril.com.br/downloads/ie-tab-classic AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

SUPERBUSCA NA WIKIPEDIA Os fãs da enciclopédia mais famosa da web podem fazer consultas rápidas elaboradas usando a extensão Wikipedia Companion. Basta um clique no ícone do plug-in para abrir uma janela pequena de pesquisas com recursos bacanas, como pesquisar verbetes em dois idiomas diferentes da Wikipedia ao mesmo tempo. Isso é interessante, por exemplo, para complementar a Wikipedia brasileira com termos da americana. O resultado é exibido na janela do próprio Wikipedia Companion, mas pode ser transferido para uma nova guia do Chrome com um clique. www.info.abril.com.br/downloads/wikipedia-companion AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

EXTENSÃO BRASILEIRA Com mais de 30 000 usuários, a extensão Chromed Bird, que integra o Twitter ao Chrome, está entre as mais baixadas. Dois segredinhos sobre ela: foi necessário apenas um final de semana para criá-la, e seu autor é o programador brasileiro Cezar Sá Espínol, de 25 anos. “Para desenvolver para o Chrome é preciso usar as mesmas tecnologias com as quais qualquer desenvolvedor de aplicações web já deve estar familiarizado: HTML e CSS para a interface ggráfica e Javascript p para p o funcionamento da extensão”, diz.

ABAS NO ATACADO Muitos internautas têm um conjunto de sites para leitura diária, que pode incluir notícias, quadrinhos online e outras fontes de informação. O Fresh Start facilita esse hábito, criando listas de sites que são abertos simultaneamente no Chrome. Assim, com um clique, dá para agilizar a sua rotina. Para criar novas listas, basta abrir os sites, clicar no botão do Fresh Start, teclar um nome para a lista e pressionar Save. Outra opção é usar a extensão para salvar rapidamente várias abas que estão abertas ao mesmo tempo. É possível manter várias listas, mas não há opção de remover ou adicionar URLs individuais para cada uma. www.info.abril.com.br/downloads/freshstart AVALIAÇÃO TÉCNICA

48 I DI C AS IN FO

extensoes-Mat21.indd 48-49

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

POR UM GMAIL MELHOR O Gmail vem recebendo vários recursos bacanas, mas quem ainda acha pouco pode usar a extensão Better Gmail para dar um toque mais personalizado ao serviço. Ela permite a organização das etiquetas como se fossem pastas, o que é excelente para quem categoriza ao máximo suas mensagens. Também mostra ícones para cada tipo de arquivo anexo, indicando o conteúdo (como PDF e ZIP, por exemplo). Também há outras opções para melhorar a estética do webmail, como a eliminação do rodapé e do campo para convidar amigos para o Gmail. www.info.abril.com.br/downloads/better-gmail-chrome AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,0

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S INFO I 49

06.03.10 03:45:55


chrome I dicas

POLIMENTO NO CHROME Torne o navegador do Google mais funcional sem deixá-lo mais lento POR ERIC COSTA

O

Chrome conta com muitos fãs por ser leve e rápido. Seus rivais podem até ter mais funções, mas são também mais pesados. A simplicidade não impede, porém, que o browser do Google conte com recursos bacanas, alguns deles escondidos atrás do seu jeitão bá-

50 I DI C AS IN FO

dicas-Mat20.indd 50

sico. Além de melhoramentos nas versões mais recentes, o navegador começa a receber extensões, funções de sincronia e outros acréscimos que exigem uma instalação especial para funcionar. Confira, a seguir, dicas para aproveitar essas melhorias.

© ILUSTRAÇão WAGNER RODRIGUES

06.03.10 03:47:49


EXTENSÕES CHEGANDO! 1

No início, o Chrome não podia ser incrementado com extensões, mas isso mudou. Agora, o browser do Google conta com diversos add-ons. Para efetuar a instalação, basta visitar a página https://chrome.google. com/extensions e clicar no arquivo da extensão desejada. Ou, então, clicar no botão Personalizar e Controlar o Google Chrome, selecionar Extensões, e no fim da página, clicar no link Obter Mais Extenões. Uma extensão legal é a TPGoogleReader (www.info.abril.com.br/downloads/ tpgooglereader), que exibe os itens não lidos no Google Reader, além de permitir a assinatura de um canal RSS nesse serviço. Veja outros add-ons legais para o Chrome em 9 extensões para o browser, na página 46.

PESQUISAS DO SEU JEITO 2 Uma forma prática de facilitar as buscas é montar seus próprios mecanismos de pesquisa. Para isso, acesse o site que será usado para a pesquisa, busque uma palavra qualquer e copie a URL da busca. Depois, clique na área de URL do Chrome com o botão direito do mouse e escolha Editar Mecanismos de Pesquisa. Pressione o botão Adicionar, digite um nome e palavra-chave para a nova pesquisa e cole a URL, substituindo, nela, a palavra buscada por %s.

INSTANTÂNEAS 3 UmBUSCAS recurso que apareceu nas últimas versões do Chrome é o de fazer buscas em sites populares automaticamente. Comece a digitar o nome do site até que ele seja reconhecido pelo browser. Se o site estiver habilitado para a busca automática, surgirá a mensagem Pressione Tab Para Pesquisar. Tecle, então, Tab e digite o termo a ser buscado. Esse truque só funciona com mecanismos de busca que já vêm configurados no Chrome ou que foram adicionados pelo usuário.

DOMINE OS TEMAS 4

Cansado do visual minimalista do Chrome? Experimente temas para deixar as janelas de navegação mais bonitas. Para isso, visite a Themes Gallery (www.info.abril.com.br/downloads/google-chromethemes-gallery). Escolha o tema desejado e clique no botão Apply Theme. Uma chatice do sistema de temas do Chrome é que não dá para escolher entre várias opções no próprio micro. A cada troca é preciso ir ao site em busca do próximo tema. Outro meio de chegar à página de temas é clicar no ícone da ferramenta, selecionar Opções e, na aba Coisas Pessoais, clicar no link Obter Temas. Nessa mesma aba você encontra o botão Redefinir Para o Tema Padrão. É nele que você deve clicar se cansar dos temas e quiser voltar ao padrão original do navegador.

D I C AS I NFO I 51

dicas-Mat20.indd 51

06.03.10 03:48:50


DOS COMANDOS 5 OUmPODER ponto comum entre os programas de código-fonte aberto é que eles adotam opções de linha de comando para personalizar ou automatizar tarefas. Se você usa um desses comandos com frequência, pode criar um atalho para acioná-lo. No Windows, crie um atalho para o Chrome. Clique nele com o botão direito do mouse, escolha Propriedades e adicione o comando depois de chrome.exe. A opção --incognito roda o Chrome sem guardar informações pessoais nem histórico de navegação. Caso o Flash ou outro plug-in estejam ocupando muita memória, é possível usar a opção --disable-plugins. Como o nome indica, ela desliga os plug-ins, mostrando apenas texto e imagens. Outra opção que pode ser útil é a --disable-popup-blocking. Ela libera a exibição de pop-ups, algo útil ao navegar em sites onde as janelinhas pop-up são necessárias para acesso a algum serviço. Por fim, a opção --restore-last-session força o Chrome a restaurar as guias abertas antes do último fechamento do programa.

Versão fresquinha A melhor forma de obter o máximo do Chrome é usar uma versão de desenvolvimento. De um dia para outro, ela recebe novos recursos — que às vezes são instáveis. Se você tem espírito desbravador, use o Chrome Dev Channel (www.

OLHO NA MEMÓRIA 6 DE Se o Chrome começou a consumir memória feito louco, é hora de olhar qual é a guia (e o site aberto nela) culpada pelo consumo. A forma simples de fazer isso é teclar Shift + Esc. Será mostrada uma janela com o consumo individual de cada guia. Ela também lista o uso de memória pelos plug-ins em uso, como o Flash ou o Google Gears. Caso uma janela esteja travada, clique no item correspondente a ela, e depois em Encerrar Processo. Se você quiser ainda mais detalhes, digite about:memory na barra de endereço.

info.abril.com.br/ downloads/googlechrome-5-dev).

AFIADO 7 MOUSE Existe muita gente que não sabe que aquela rodinha no meio do mouse também funciona como um botão. O Chrome tem três atalhos úteis para esse botão “escondido”, todos relacionados a abertura e ao fechamento de guias. Para começar, clicar com a rodinha num link carrega automaticamente o site em uma nova guia. O mesmo efeito é obtido ao clicar num dos favoritos na barra do navegador do Chrome. Segurando a tecla Shift ao usar esses comandos, além de a nova guia se abrir, ela ganha o foco automaticamente. Por fim, clicando na própria guia com a rodinha, ela é fechada. Esse truque também funciona nas versões recentes do Firefox.

52 I DI DIC C AS I NFO N FO

dicas-Mat20.indd 52

© FOTO JOSÉ ANTONIO TONIO LÓPEZ

06.03.10 03:49:03


Chrome OS I preview

O CHROME OS ESTÁ ENTRE NÓS Experimentamos, num netbook, o sistema operacional que o Google está desenvolvendo para competir com o Windows POR MAURÍCIO MORAES E LUIZ CRUZ

O

Chrome OS chega no fim do ano com a pretensão de chacoalhar o mercado de netbooks. Ainda sabemos pouco sobre o funcionamento e os recursos dessa distribuição do Linux. A única certeza é que funcionará totalmente integrada à internet. Mas quem disse que dá para segurar a curiosidade por tanto tempo? Só havia um jeito de espiar o que vem por aí: instalar o sistema operacional do Google e verificar como ele funciona em seu atual estágio. Para encarar o desafio, escalamos o netbook Eee PC 900 do INFOLAB. E conseguimos realizar a façanha.

© ILUSTRACÃO VECTORSTOCK

preview-Mat28.indd 53

Não foi uma tarefa simples, e o Google não tem o menor interesse em facilitá-la. A empresa não quer criar um sistema operacional que poderá rodar em qualquer computador, como o Windows. O Chrome OS virá pré-instalado em máquinas de fabricantes que firmarem parcerias com o Google. Assim, a empresa não vai precisar desenvolver drivers para os inúmeros componentes de hardware no mercado. Os próprios fabricantes dos micros se encarregarão disso. Por outro lado, esse modelo garante ao Google um controle maior do ecossistema, facilitando uma integração estreita

D I C AS I NFO I 53

06.03.10 03:50:52


entre hardware e software — como ocorre atualmente com o Android nos smartphones.

PARTIDA RÁPIDA Para fazer o Chrome OS funcionar no Eee PC foi necessário encontrar uma versão já compilada do sistema, disponível desde o fim de novembro na forma de códigofonte. Depois, ela foi preparada Janelas persistentes: aplicativos como o Google Talk ficam sempre visíveis para rodar a partir de um pen drive. Quando conseguimos executá-la — o que indicou TUDO NA NUVEM haver compatibilidade com o netbook —, entramos Outra ideia ainda não implementada é a sincronizano modo terminal e fizemos a instalação diretamente ção do conteúdo do netbook com a nuvem. Bastará na unidade de armazenamento SSD do netbook (veja se logar em qualquer computador com o Chrome mais detalhes em http://bit.ly/chrome-os-infolab). Ao ligar a OS para acessar todos os seus arquivos e confimáquina, a primeira surpresa: o tempo de inicialização gurações, que estarão nos servidores do Google. foi de apenas 16 segundos. E o Google ainda promete Isso ficou para depois. Uma novidade é a utilização baixar a marca para algo entre 2 e 3 segundos. de alguns aplicativos online, como o Google Talk, Depois, foi preciso dizer adeus à área de trabalho. de modo diferenciado. Os programas se abrem em Logo após o login com uma conta do Google, o que janelas que continuam visíveis mesmo quando trose vê é uma janela do navegador Chrome — só isso. A cada a aba no navegador. empresa quer atingir usuários que ficam o tempo todo Apesar da simplicidade, o sistema tem algumas na web. Por isso, só será possível usar aplicativos on- firulas. Um exemplo são os mapas de atalhos de teline. Os programas poderão ser acionados numa aba clado, que pulam na tela com a tecla F8. Outro truque do navegador, que, aliás, é parecida com o menu do aparece com a F12: as janelas surgem minimizadas, e Ubuntu Netbook Remix. Quando não houver conexão, dá para ver miniaturas das abas — no melhor estilo eles entrarão no modo offline, trabalhando com dados do Windows 7 e do Vista. Fora isso, o sistema também armazenados no próprio micro. Assim que o netbook conseguiu acessar arquivos de um pen drive e de uma entrar na internet de novo, os dados serão sincroniza- câmera digital. Ficou claro que os desenvolvedores dos com os servidores do Google. O truque, no entan- têm muito trabalho pela frente. E será que as pessoas to, ainda não está disponível. Deu para entrar na web vão se contentar em viver apenas com um navegapor Wi-Fi, mas o modem 3G não foi reconhecido. dor? O tempo dirá se o Google tem razão.

Estilo Windows 7: a tecla F12 mostra miniaturas de todas as abas do navegador

54 I DI DIC C AS I NFO N FO

preview-Mat28.indd 54

06.03.10 03:51:04


picasa I slideshow

SUAS FOTOS VIRAM VÍDEOS Você seleciona as fotos, inclui uma música e pode salvar o slideshow no PC ou enviá-lo para o YouTube POR CARLOS MACHADO

Q

uem não economiza nos cliques com o celular ou a câmera fotográfica digital tem no Picasa um forte aliado. O programa do Google gerencia coleções de fotos no computador e na web e permite a sincronização entre os dois locais. Além disso, oferece ferramentas para retocar as imagens sem exigir grandes co-

nhecimentos de edição. Um recurso introduzido na versão 3 do programa é um gerador de filmes com base em coleções de fotografias. Com essa ferramenta, você pode criar videoclipes e depois enviá-los para o YouTube para apreciação pública. Para baixar o Picasa, vá ao endereço www.info. abril.com.br/downloads/picasa-3-6.

DÊ UM TÍTULO Depois que você instala o programa, ele varre o disco rígido e monta uma biblioteca com todas as imagens que encontra. Para criar um filme, selecione uma pasta de imagens e clique no botão Filme, na parte inferior da janela do programa. Surge a guia Movie Maker. Passe à aba Slide e digite uma legenda nesta caixa. É o lugar para você dar um título ao filme e adicionar outras informações. Na caixa Modelo, escolha uma forma de apresentar essa legenda. Mais acima, faça ajustes de fonte, tamanho e estilo.

D I C AS I NFO I 55

slideshow-Mat23.indd 55

06.03.10 03:54:44


GERAÇÃO DO FILME O Picasa entra em ação. Aguarde o término da operação, que pode ser longa, dependendo do número de imagens. O programa começa a exibir a montagem em sua tela interna. Se quiser fazer novas alterações, clique em Editar Filme. Depois, clique de novo em Criar Filme e aceite a opção Substituir Existente que vai aparecer na tela.

BACKUP DA WEB Se você usa o serviço Picasa e quer fazer uma cópia de segurança das imagens armazenadas instale o programa Picasa e use-o para fazer esse backup. Você só tem de abrir o menu Arquivo, selecionar Importar dos Álbuns da Web do Picasa, fazer login no serviço e, em seguida, escolher os álbuns que deseja baixar para o computador. Os álbuns baixados da web ficam identificados como tal. Para fazer o backup das imagens no programa, acione Ferramentas > Fazer Backup de Imagens.

FOTOS COM LEGENDA Também é possível criar legendas para cada foto. Assim, os espectadores poderão identificar facilmente as imagens durante a exibição. Colocar a legenda também é uma tarefa bem simples. Basta selecionar a foto no painel inferior e digitar o texto na aba Legenda do painel esquerdo. No menu Modelo, você encontra alguns formatos prontos, mas é possível usar os recursos em Fonte, Tamanho, Estilo e Cor para alterá-la do seu gosto. Não se esqueça de marcar a opção Mostrar Legenda na aba Filme.

FILMES EM WMV O Picasa salva o filme dentro da pasta Imagens, na subpasta Picasa\Filmes. No Windows, ele salva arquivos no formato WMV. Se, posteriormente, você resolver publicar esse filme no YouTube, use a ferramenta de envio do próprio site de vídeo.

DIRETO PARA O YOUTUBE No entanto, se desde o início sua intenção era montar o vídeo para o YouTube, a solução é bem mais simples. Com o filme pronto, basta clicar no botão YouTube. Esse comando dispara, ao mesmo tempo, a criação do filme e seu envio para o site de vídeo. Na tela Fazer Upload Para o YouTube, preencha as informações sobre o vídeo e clique em Novo Usuário. Forneça nome e senha e acione Login. Em seguida, clique em Upload de Vídeos. Mais uma vez, se você já tiver criado o filme, acione Substituir Existente. Agora, entre no YouTube e veja seu vídeo lá. Aproveite e, se for o caso, defina outras opções do YouTube para o vídeo.

COM TRILHA SONORA Outro detalhe: você pode incluir no filme uma faixa musical. Para isso, na aba Filme, clique em Carregar e indique um arquivo de áudio. Experimente as opções de combinação do som com as fotos e com os estilos de transição entre imagens. O padrão para o YouTube são imagens de 640 por 480 pixels. Para outros fins, há mais opções. Para concluir, clique em Criar Filme.

56 I DI C AS IN FO

slideshow-Mat23.indd 56-57

GANHE TEMPO COM OS ATALHOS Ctrl + 1 — Exibe as fotos em miniaturas pequenas Ctrl + 2 — Exibe as fotos em miniaturas grandes Ctrl + 3 — Abre a imagem selecionada na janela de edição Ctrl + 5 — Visualizar a linha do tempo Ctrl + 8 — Adiciona uma estrela Ctrll + 4 — Inicia um slideshow Ctrl + T — Seleciona todas as fotos no álbum F11 — Coloca o programa em modo tela cheia — e volta ao tamanho original Ctrl + D — Abre recurso de importação Ctrl + E — Envia arquivo selecionado por e-mail Ctrl + G — Gira a imagem no sentido horário Ctrl + Shift + G — Gira a imagem no sentido anti-horário Ctrl + Shift + H — Inverte a imagem horizontalmente Ctrl + Shift + V — Inverte a imagem verticalmente Ctrl + Shift + T — Abre a janela para inclusão de tags Ctrl + Shift + P — Imprime folha de contado do álbum Ctrl + Shift + S — Abre a janela para exportação de pasta

DIC A S INFO I 57

06.03.10 03:55:24


GERAÇÃO DO FILME O Picasa entra em ação. Aguarde o término da operação, que pode ser longa, dependendo do número de imagens. O programa começa a exibir a montagem em sua tela interna. Se quiser fazer novas alterações, clique em Editar Filme. Depois, clique de novo em Criar Filme e aceite a opção Substituir Existente que vai aparecer na tela.

BACKUP DA WEB Se você usa o serviço Picasa e quer fazer uma cópia de segurança das imagens armazenadas instale o programa Picasa e use-o para fazer esse backup. Você só tem de abrir o menu Arquivo, selecionar Importar dos Álbuns da Web do Picasa, fazer login no serviço e, em seguida, escolher os álbuns que deseja baixar para o computador. Os álbuns baixados da web ficam identificados como tal. Para fazer o backup das imagens no programa, acione Ferramentas > Fazer Backup de Imagens.

FOTOS COM LEGENDA Também é possível criar legendas para cada foto. Assim, os espectadores poderão identificar facilmente as imagens durante a exibição. Colocar a legenda também é uma tarefa bem simples. Basta selecionar a foto no painel inferior e digitar o texto na aba Legenda do painel esquerdo. No menu Modelo, você encontra alguns formatos prontos, mas é possível usar os recursos em Fonte, Tamanho, Estilo e Cor para alterá-la do seu gosto. Não se esqueça de marcar a opção Mostrar Legenda na aba Filme.

FILMES EM WMV O Picasa salva o filme dentro da pasta Imagens, na subpasta Picasa\Filmes. No Windows, ele salva arquivos no formato WMV. Se, posteriormente, você resolver publicar esse filme no YouTube, use a ferramenta de envio do próprio site de vídeo.

DIRETO PARA O YOUTUBE No entanto, se desde o início sua intenção era montar o vídeo para o YouTube, a solução é bem mais simples. Com o filme pronto, basta clicar no botão YouTube. Esse comando dispara, ao mesmo tempo, a criação do filme e seu envio para o site de vídeo. Na tela Fazer Upload Para o YouTube, preencha as informações sobre o vídeo e clique em Novo Usuário. Forneça nome e senha e acione Login. Em seguida, clique em Upload de Vídeos. Mais uma vez, se você já tiver criado o filme, acione Substituir Existente. Agora, entre no YouTube e veja seu vídeo lá. Aproveite e, se for o caso, defina outras opções do YouTube para o vídeo.

COM TRILHA SONORA Outro detalhe: você pode incluir no filme uma faixa musical. Para isso, na aba Filme, clique em Carregar e indique um arquivo de áudio. Experimente as opções de combinação do som com as fotos e com os estilos de transição entre imagens. O padrão para o YouTube são imagens de 640 por 480 pixels. Para outros fins, há mais opções. Para concluir, clique em Criar Filme.

56 I DI C AS IN FO

slideshow-Mat23.indd 56-57

GANHE TEMPO COM OS ATALHOS Ctrl + 1 — Exibe as fotos em miniaturas pequenas Ctrl + 2 — Exibe as fotos em miniaturas grandes Ctrl + 3 — Abre a imagem selecionada na janela de edição Ctrl + 5 — Visualizar a linha do tempo Ctrl + 8 — Adiciona uma estrela Ctrll + 4 — Inicia um slideshow Ctrl + T — Seleciona todas as fotos no álbum F11 — Coloca o programa em modo tela cheia — e volta ao tamanho original Ctrl + D — Abre recurso de importação Ctrl + E — Envia arquivo selecionado por e-mail Ctrl + G — Gira a imagem no sentido horário Ctrl + Shift + G — Gira a imagem no sentido anti-horário Ctrl + Shift + H — Inverte a imagem horizontalmente Ctrl + Shift + V — Inverte a imagem verticalmente Ctrl + Shift + T — Abre a janela para inclusão de tags Ctrl + Shift + P — Imprime folha de contado do álbum Ctrl + Shift + S — Abre a janela para exportação de pasta

DIC A S INFO I 57

06.03.10 03:55:24


maps I navegação

VAI PARA ONDE?

O Google Maps dá a maior força na hora de localizar endereços e traçar rotas POR CARLOS MACHADO

A

aplicação Google Maps é uma das mais úteis e interessantes de todo o arsenal oferecido pelo Google. Seu endereço de acesso é maps.google.com.br. Além de proporcionar uma viagem virtual por cidades dos mais diferentes cantos do planeta, o Maps permite a pesquisa de ruas e o traçado de rotas de trânsito nas principais cidades do mundo. Nunca usou? Então veja como tirar proveito dessa ferramenta.

CONHEÇA A CIDADE Para começar, você pode digitar na caixa de busca o nome de uma cidade. O Google o leva para lá. Use a roda do mouse para dar mais zoom e menos zoom no mapa. Ou então use o ponteiro do mouse para deslocar o controle deslizante do zoom para cima ou para baixo. Somente nas cidades mais importantes se consegue levar o controle até as últimas posições superiores. Nos outros lugares, não há imagens com tão boa aproximação: o zoom vai até certo ponto e, a partir daí, faltam imagens.

58 I DI C AS I N FO

navegac a o-Mat24.indd 58

06.03.10 03:58:01


APONTE O ENDEREÇO Você também pode ir direto a um endereço de rua. Para isso, digite na caixa de busca um endereço completo. Algo como Av. Paulista, 900 — São Paulo-SP e acione Pesquisar no Mapa. O endereço é mostrado. Acione o controle de zoom para situar-se melhor ou use o botão central do mouse para ampliar a imagem.

TRAÇANDO ROTAS A simples navegação pelos mapas envolve bastante o usuário. Mas talvez a função mais útil do Google Maps seja o traçado de rotas. Clique no comando Como Chegar. Surgem duas caixas de texto, uma para o endereço de partida (A) e a outra para o de destino (B). Digite os dois e clique no botão Como Chegar. O Maps mostra o trajeto no mapa e, à esquerda, a descrição do itinerário, com a extensão aproximada de cada trecho. Para fazer o caminho contrário, clique em Obter Rota Inversa. O ponto A passa a ser B e o trajeto, claro, é diferente.

A PÉ, DE CARRO OU DE ÔNIBUS Experimente, no mapa, colocar o cursor sobre o trajeto. Você verá que aparece um ponto branco. Arraste esse ponto para alterar a rota. O Maps refaz o roteiro. Há ainda outras opções. Você pode obter roteiros usando transporte público ou indo a pé. O Maps indica o local mais próximo do ponto de partida onde, por exemplo, você pode pegar um ônibus (e indica a linha), além de mostrar até onde você pode ir. O resto do trajeto deve ser feito a pé. Conforme o ponto de partida e de chegada, podem aparecer vários roteiros de transporte público, incluindo mais de um ônibus, além de trem ou metrô, se existirem no percurso. Observe, aliás, que o mapa indica as paradas de ônibus e estações de metrô.

FOTOS, TEXTOS E VÍDEOS Vale observar ainda outros detalhes de navegação. O botão Mais abre um menu no qual você pode ativar a visualização de itens opcionais. Fotos habilita a exibição de imagens associadas aos locais. Vídeo tem função similar, e apresenta clipes do YouTube. Basta clicar na indicação da foto ou do vídeo. A opção Wikipedia mostra o símbolo dessa enciclopédia online. Um clique abre um balão com um resumo informativo. Sempre há um link para o artigo completo. As webcams exibem instantâneos capturados por uma câmera no local, dentro de um intervalo indicado: 15 minutos, 30 minutos etc.

D I C AS I NFO I 59

navegac a o-Mat24.indd 59

06.03.10 03:58:13


VÁRIAS VISÕES Os botões Mapa, Satélite e Terreno atuam alternadamente. Você pode ver o mesmo lugar como mapa de ruas, por exemplo, ou como foto de satélite. Neste caso, é possível desligar a exibição dos nomes das ruas. Terreno exibe uma espécie de planta baixa mais simples que Mapa. Trânsito funciona apenas em algumas cidades, indicando os lugares em que o fluxo de veículos é lento, médio ou rápido.

LABS NO MAPS A exemplo do Gmail, o Google Maps também tem um Google Labs. Se você clicar no ícone do frasco de erlenmayer poderá ativar novos recusos, como a indicação de latitude e longitude ao ponteiro do mouse, novo modo de acionar o zoom, a possibilidade de girar o mapa e brincar com o jogo Onde no Mundo, entre outros recursos.

ANDANDO NAS RUAS Na maioria das cidades dos Estados Unidos e do Canadá, em cidades de vários países europeus, do Japão, da Austrália e da Nova Zelândia, além de cidades de Singapura, há um outro modo de visualização, que é a Vista da Rua. Quando esse recurso está disponível, o ícone do homenzinho logo acima do controle de zoom fica amarelo. É só clicar nele e, mantendo o botão do mouse pressionado, arrastá-lo até o lugar desejado e soltar. Com o uso do mouse, dá para circular pela cidade na visão de rua. Para sair desse modo de visualização, clique no X no canto superior direito.

LOCAL PADRÃO Se você quiser iniciar o Google Maps sempre num local como sua cidade, clique no comando Definir Local Padrão. Na caixa de texto, digite o nome de uma cidade. Ou, se quiser descer a mais detalhes, digite um endereço. Clique em Salvar. Agora, sempre que você abrir o Google Maps, ele vai exibir página que contém aquela cidade, no geral, ou aquele endereço específico. Para imprimir o quadro visualizado, clique no botão Imprimir. Para que um amigo veja exatamente esse mesmo quadro, clique em Enviar. Na caixa de diálogo, digite o e-mail dele e o seu, e clique em Enviar. Na verdade, você está enviando este endereço. Agora, clique em Link. Aqui está aquele mesmo endereço. E, abaixo, um código que pode ser colado numa página HTML para exibir o mesmo trecho de mapa.

60 I DI DIC C AS I NFO N FO

navegac a o-Mat24.indd 60

06.03.10 03:58:27


maps I criação

CRIE SEUS PRÓPRIOS MAPAS Seus mapas ganham recursos como vídeos, fotos, textos e hiperlinks POR CARLOS MACHADO

M

ais do que permitir a pesquisa de cidades e endereços e o traçado de rotas, o Maps oferece as ferramentas para que você crie e envie mapas personalizados com fotos, vídeos,

textos e links. Essas criações podem ser transmitidas por e-mail ou incorporadas a sites e blogs. É uma boa opção para orientar amigos, familiares e clientes a chegar a um determinado destino.

NOVO MAPA No Google Maps você pode adicionar conteúdo aos mapas e criar visualizações pessoais. Para isso, clique em Login e digite seu e-mail e sua senha. Agora, acione Meus Mapas e Criar Novo Mapa. Digite um título e uma descrição para o mapa personalizado. Em seu mapa, você pode incluir marcadores, linhas e polígonos. Cada item adicionado contém um título e uma descrição. Para editar um item, clique em seu link no painel à esquerda e trabalhe no balão. Para apagá-lo, acione Excluir. Para guardar o mapa personalizado, clique em Salvar. Saia do modo de edição acionando Pronto. Feito isso, se você clicar num item à esquerda, vai vê-lo no mapa.

D I C AS I NFO I 61

criac a o-Mat24B.indd 61

06.03.10 03:59:29


ADICIONE VÍDEOS Você também pode incorporar a esses itens vídeos do YouTube ou imagens de qualquer site. Veja como fazer isso. No YouTube, o vídeo precisa estar liberado para incorporação. Se o painel de personalização da imagem não estiver à vista, clique no botão Personalizar. Escolha o tamanho 320 por 265 pixels e, em seguida, copie o conteúdo da caixa Incorporar. Passe ao Google Maps e abra um mapa pessoal. No modo Editar, inclua no mapa um marcador, uma linha ou polígono. Antes de tudo, clique na opção Editar HTML. Agora, digite um título e cole o código de incorporação na caixa Descrição. Se quiser, antes ou depois desse código, adicione um texto informativo. Dê OK. Salve o mapa e saia do modo de edição.

MAPAS COM FOTOS O procedimento para incorporar fotos aos mapas é bem similar ao adotado com vídeos. A imagem pode estar em qualquer site da web. Copie o endereço da imagem no site e inclua na caixa Descrição a tag HTML para exibir essa imagem. Atenção para o tamanho: imagens grandes podem dar problema.

MÉTODO ALTERNATIVO Há outra forma de incluir fotos. Na caixa de edição, em vez de Editar HTML, clique em Rich Text. Surge a barra de ferramentas. Nela, clique em Inserir Imagem. Abre-se uma caixa de diálogo. Cole aí a URL da imagem e dê OK. Pronto. Use também a opção Rich Text para incluir no marcador textos com negrito, itálico, cores, numeradores e hiperlinks.

ORIENTAÇÃO PERSONALIZADA Sua página personalizada pode ser vista por seus amigos, desde que você envie o link para eles. No endereço vão o trecho do mapa e os itens adicionados. Assim, se você quiser ensinar a alguém como chegar à sua casa ou empresa, trace um roteiro de um ponto conhecido até lá. Inclua no caminho marcadores com fotos e avisos e envie aos amigos esse mapa personalizado. Ou, então, ponha em seu site ou blog um link para esse mapa.

62 I DI DIC C AS I NFO N FO

criac a o-Mat24B.indd 62

06.03.10 03:59:42


wave I dicas

8 TRUQUES PARA ENTRAR NA ONDA S

Use o serviço integrando as ondas à Wikipedia e a seu navegador POR JULIANO BARRETO urgindo como algo que transformaria o e-mail e o messenger em coisa do passado, o Google Wave foi considerado tão complexo e instável pelos usuários que, hoje, corre o risco de virar uma marola. Mostramos que não é bem assim. Nem para o lado ruim nem para o lado bom. Embora seja restrito a

© FOTO TIM MCKENNA DIVULGAÇÃO

dicas-Mat29.indd 63

convidados e continue bastante instável, o Wave é uma excelente opção para coordenar tarefas e pode sim substituir o e-mail em situações que exijam a integração de equipes com vários colaboradores. A seguir, confira algumas dicas para aproveitar o serviço e, finalmente, entender para que ele serve.

D I C AS I NFO I 63

06.03.10 04:11:05


Jogos na wave

PÚBLICAS 1 CONVERSAS Ainda não tem nenhuma onda diferente em sua lista? Procure um papo público, teclando with:public no campo de busca ao lado do botão New Wave. A INFO mantém quatro ondas públicas oficiais para você discutir tecnologia, bater papo e mandar sugestões para a revista. Para participar, busque por INFO Wave Oficial.

PELO TECLADO 4 CONTROLE É possível navegar melhor e mais rápido pelas suas ondas usando somente o teclado. Quando se está na lista de ondas, use as setas para navegar pelos itens e a barra de espaço para passar pelos itens que ainda não foram lidos. As setas também servem para navegar pela lista de mensagens de uma onda. Ao chegar em uma onda ou em alguma mensagem que precisa ser editada, tecle Ctrl + E (se a ideia for adicionar uma resposta, use a tecla Enter). Tecle o texto desejado e finalize a edição com a combinação Shift + Enter.

Para incluir os games, clique no ícone do quebra-cabeças e adicione o endereço no campo que vai aparecer na tela. Sudoku Quebra-cabeça estimula a lógica e o raciocínio. http://blah. appspot.com/wave/ sudoku/sudoku.xml

NA ONDA 5 WIKIPEDIA Que tal adicionar definições da Wikipedia a suas ondas? É bem fácil fazer isso. Primeiro, clique no botão +, ao lado de Manage Contacts (no canto inferior esquerdo da janela do Wave). Tecle, no campo que surge, o endereço wikifier@appspot.com e pressione Submit. Depois, adicione esse contato à onda que utilizará a Wikipedia. Para baixar as definições, basta teclar wikidef termo, substituindo, claro, termo pelo item desejado.

CAMARADAS 2 OPERADORES Perdido na hora de encontrar suas ondas? Use o operador creator:me para listar todas as ondas criadas por você. Para encontrar conteúdo específico, experimente variações do operador has. Dá para localizar ondas com imagens (has:image), gadgets (has:gadget), documentos (has:document) e arquivos anexos (has:attachment).

IMPORTADOS 3 WIDGETS Apesar de já contar com algumas poucas extensões, o Google Wave também pode receber alguns dos milhares de gadgets do Google. São aqueles mesmos que podem decorar páginas web e blogs, disponíveis em www.google.com/ig/directory?synd=open. Localize, nas categorias, o item desejado e clique no botão Add to Your Homepage. Depois, clique com o botão direito do mouse em More About This Gadget e copie o endereço desse link. Passe ao Google Wave, edite a seção da onda que receberá o gadget e clique no botão com desenho de peça de quebra-cabeça. Cole a URL copiada e remova dela o texto www.gmodules.com/ig/directory?synd=open&url=. Clique em Add, e pronto.

64 I DI C AS IN FO

dicas-Mat29.indd 64-65

PARCERIA COM BLOG 6 Para quem usa o Wave como ferramenta de controle de projetos, pode ser interessante publicar todo o texto de uma onda num blog. Isso é feito de forma fácil com um robô. Adicione o contato blog-bot@ appspot.com à sua lista e à onda que será publicada. O robô adiciona uma mensagem indicando o código HTML que deve ser utilizado para publicar a onda em qualquer blog ou página web. O conteúdo da onda é atualizado automaticamente.

Xadrez Que tal uma partida para pôr a cabeça para funcionar? http://gerculanum. appspot.com/ gadgets/com. example. chessgadget.client. ChessGadget. gadget.xml

DIC A S INFO I 65

06.03.10 04:11:56


Jogos na wave

PÚBLICAS 1 CONVERSAS Ainda não tem nenhuma onda diferente em sua lista? Procure um papo público, teclando with:public no campo de busca ao lado do botão New Wave. A INFO mantém quatro ondas públicas oficiais para você discutir tecnologia, bater papo e mandar sugestões para a revista. Para participar, busque por INFO Wave Oficial.

PELO TECLADO 4 CONTROLE É possível navegar melhor e mais rápido pelas suas ondas usando somente o teclado. Quando se está na lista de ondas, use as setas para navegar pelos itens e a barra de espaço para passar pelos itens que ainda não foram lidos. As setas também servem para navegar pela lista de mensagens de uma onda. Ao chegar em uma onda ou em alguma mensagem que precisa ser editada, tecle Ctrl + E (se a ideia for adicionar uma resposta, use a tecla Enter). Tecle o texto desejado e finalize a edição com a combinação Shift + Enter.

Para incluir os games, clique no ícone do quebra-cabeças e adicione o endereço no campo que vai aparecer na tela. Sudoku Quebra-cabeça estimula a lógica e o raciocínio. http://blah. appspot.com/wave/ sudoku/sudoku.xml

NA ONDA 5 WIKIPEDIA Que tal adicionar definições da Wikipedia a suas ondas? É bem fácil fazer isso. Primeiro, clique no botão +, ao lado de Manage Contacts (no canto inferior esquerdo da janela do Wave). Tecle, no campo que surge, o endereço wikifier@appspot.com e pressione Submit. Depois, adicione esse contato à onda que utilizará a Wikipedia. Para baixar as definições, basta teclar wikidef termo, substituindo, claro, termo pelo item desejado.

CAMARADAS 2 OPERADORES Perdido na hora de encontrar suas ondas? Use o operador creator:me para listar todas as ondas criadas por você. Para encontrar conteúdo específico, experimente variações do operador has. Dá para localizar ondas com imagens (has:image), gadgets (has:gadget), documentos (has:document) e arquivos anexos (has:attachment).

IMPORTADOS 3 WIDGETS Apesar de já contar com algumas poucas extensões, o Google Wave também pode receber alguns dos milhares de gadgets do Google. São aqueles mesmos que podem decorar páginas web e blogs, disponíveis em www.google.com/ig/directory?synd=open. Localize, nas categorias, o item desejado e clique no botão Add to Your Homepage. Depois, clique com o botão direito do mouse em More About This Gadget e copie o endereço desse link. Passe ao Google Wave, edite a seção da onda que receberá o gadget e clique no botão com desenho de peça de quebra-cabeça. Cole a URL copiada e remova dela o texto www.gmodules.com/ig/directory?synd=open&url=. Clique em Add, e pronto.

64 I DI C AS IN FO

dicas-Mat29.indd 64-65

PARCERIA COM BLOG 6 Para quem usa o Wave como ferramenta de controle de projetos, pode ser interessante publicar todo o texto de uma onda num blog. Isso é feito de forma fácil com um robô. Adicione o contato blog-bot@ appspot.com à sua lista e à onda que será publicada. O robô adiciona uma mensagem indicando o código HTML que deve ser utilizado para publicar a onda em qualquer blog ou página web. O conteúdo da onda é atualizado automaticamente.

Xadrez Que tal uma partida para pôr a cabeça para funcionar? http://gerculanum. appspot.com/ gadgets/com. example. chessgadget.client. ChessGadget. gadget.xml

DIC A S INFO I 65

06.03.10 04:11:56


AJUDA ESSENCIAL 6 robôs úteis para incrementar o serviço aunt-rosie@appspot.com Traduz simultaneamente textos para 50 idiomas diferentes.

NO DESKTOP 7 ALERTAS Um ponto fraco do Wave é não avisar sobre novas mensagens. Uma saída, para quem usa o Chrome, é usar o Google Wave Notifier (www.info.abril.com.br/downloads/google-wave-notifier). Trata-se de uma extensão que mostra o número de ondas com novas mensagens. Outra saída é usar o robô XMPP Lite. Adicione o usuário -xmpp@appspot.com em sua lista de contatos e à onda que você deseja monitorar, pressionando o botão Subscribe. Depois, inclua esse e-mail no Google Talk. Com isso, as mudanças nas ondas serão anunciadas com mensagens.

RÁPIDAS 8 VOTAÇÕES Dá para ir além da ferramenta de enquetes do tipo Sim/Não que já vem no Wave usando extensões. Edite uma nova mensagem e clique no botão com desenho de peça de quebra-cabeça. Digite, no campo que surge, o endereço http://wave.samuirai.de/poll20.xml e pressione Add. Digite a pergunta no campo com reticências e clique no link Add Options para adicionar as respostas. Depois de ajustar tudo, por meio das opções do link Settings, é só convidar os usuários que participarão da enquete.

emoticonbot@appspot.com Transforma emoticons em imagens correspondentes. rssybot@appspot.com Adiciona um canal RSS a uma onda. twitusernames@appspot.com Transforma @usuário em links para o Twitter com esse login. py-robot@appspot.com Permite usar o site Wolfram Alpha para fazer cálculos e consultas. bouncy-wave@appspot.com Permite excluir robôs de uma wave.

66 I DI DIC C AS I NFO N FO

dicas-Mat29.indd 66

06.03.10 04:11:24


reader I dicas

POR DENTRO DO QUE ACONTECE Configure o Reader para controlar os canais RSS do jeito que você mais gosta POR ERIC COSTA E JULIANO BARRETO

I

nformação é o que não falta na web. O problema é ter disciplina e organização para acompanhar tudo o que acontece. Em vez de garimpar novidades em diferentes páginas, a saída é assinar os canais RSS dos blogs e dos sites de notícias mais relevantes para se manter informado. O Google Reader entra nessa parada. Diferentemente dos leitores de RSS convencionais, o serviço do Google coleta conteúdo e exibe para você em qualquer navegador, onde quer que você esteja. confira alguns truques para usá-lo melhor.

NOTICIÁRIO TIPO EXPORTAÇÃO Com o Google Reader, você pode criar pacotes de canais RSS personalizados e distribuí-los para seus amigos. Para criar um pacote, faça o login no Google Reader e acesse o endereço www.google.com/reader/ view/#bundle-creator-page. Digite um nome e uma descrição para o pacote, e, depois, arraste os canais RSS que farão parte dele para a área indicada na página. O Google Reader permite o envio do pacote de canais por e-mail, além de criar um widget para sua inclusão em blogs.

CÓPIA DAS NOTÍCIAS O Google Reader não oferece um sistema de backup das notícias RSS baixadas, mas você pode usar um truque para fazer essa cópia de segurança. Clique em Configurações > Importação e Exportação > Exportar Suas Inscrições Como Um Arquivo OPML. Com isso, você obterá um arquivo com todas os seus canais assinados. Aí é só importar esse arquivo para um leitor de RSS de sua preferência. O GreatNews (www.info.abril.com.br/downloads/greatnews-1-0) é uma boa opção. Para manter o HD local sempre atualizado, rode o programa pelo menos uma vez ao dia.

© ILUSTRAÇÃO SACHIN GHODKE

dicas-Mat33.indd 67

D I C AS I NFO I 67

06.03.10 04:14:23


SEJA RÁPIDO NOS COMANDOS Os usuários do agregador de RSS Google Reader podem ganhar agilidade na hora de visualizar e gerenciar os feeds de notícias. O truque está em usar combinações de teclas em vez de adotar o mouse para selecionar os comandos. Confira a lista de teclas de atalho que funcionam com o serviço. 1 — Mostra as notícias de forma expandida 2 — Mostra somente os títulos J — Vai à próxima notícia K — Vai à notícia anterior V — Abre a página original da notícia em uma nova aba ou janela - (sinal de menos) — Diminui o zoom nas notícias = (sinal de igual) — Aumenta o zoom nas notícias S — Marca uma notícia com estrela Shift + S — Marca uma notícia para compartilhamento Shift + A — Marca todos os itens do canal atual como lidos Shiftt + N — Seleciona o próximo ccanal Shift + P — Seleciona o canal anterior ant Shiftt + O — Abre o canal seleciona selecionado G+S—A Acessa os itens com estre estrela G, seguid seguido por Shift + S — Ace Acessa os itens comparti compartilhados

SÓ COM ESTRELAS Se em vez de fazer um backup completo dos canais RSS você quiser guardar apenas os itens marcados com estrela, o caminho é outro. Clique em Configurações do Reader e selecione Pastas e Tags. Marque a opção Seus Itens com Estrela e, na caixa de combinação Alterar Compartilhamento, selecione Pública. Feito isso, clique no link Visualizar Página Pública. O Google Reader abre uma nova página. Clique com o botão direito do mouse no link Feed Atom e escolha Copiar Link. Depois disso, assine um canal em um leitor de RSS e use esse link.

TRADUÇÕES NO READER Um dos recursos interessantes do leitor online de canais RSS Google Reader é a possibilidade de traduzir as notícias exibidas por seus feeds preferidos. Para tirar proveito dessa facilidade, clique no nome de um dos canais que são exibidos do lado esquerdo da página e escolha a opção Traduzir Para o Meu Idioma, que fica na caixa Configurações de Feed. Com isso, o texto das notícias será traduzido automaticamente sempre que as mesmas forem lidas. Como é comum em todo mecanismo de tradução automática, os resultados não são maravilhosos, mas, pelo menos, quebram o galho.

Mantenha a ordem Além de criar as tradicionais pastinhas para separar as notícias que chegam via RSS, é possível usar tags no melhor estilo web 2.0 para organizar melhor seus feeds. Com um item aberto e selecionado, clique em Adicionar Tag e informe qual etiqueta quer usar para aquela notícia. Da próxima vez que for fazer uma busca, você poderá usar as tags para encontrar itens com maior precisão e rapidez.

68 I DI DIC C AS I NFO N FO

dicas-Mat33.indd 68

06.03.10 04:14:43


iGoogle I personalização

REÚNA TUDO NO iGOOGLE A página personalizada do Google concentra tudo de que você precisa POR MARIA ISABEL MOREIRA

T

odo dia você visita o YouTube, fica ligado o tempo todo nas mensagens que chegam à caixa postal do Gmail, confere os compromissos no Agenda, vasculha a web atrás de sites e imagens, usa o Maps para localizar endereços, edita documentos no Docs... Em resumo, o Google faz parte da sua rotina. O que acha então da ideia

de ter todos esses recursos reunidos num só lugar? Apesar de as ferramentas do Google serem bem integradas, é na página do iGoogle (www.google.com. br/ig) que elas ficam mais próximas. Para ficar ainda mais fácil, você pode definir o iGoogle como sua página inicial. Há até um link para isso no pé da página do serviço.

ESCOLHA O CONTEÚDO Quando você entra na página do iGoogle pela primeira vez pode definir que conteúdos quer ter à vista. O Google apresenta os itens mais populares. Isso inclui serviços do próprio Google e outros de terceiros, como notícias de diferentes fontes e previsão do tempo. Você pode marcar o que quer, fazer login na sua conta (caso ainda não tenha feito) e clicar no botão Salvar. Não precisa se preocupar muito com as escolhas. Para alterá-las depois, ou ver todos os conteúdos disponíveis, clique no link Adicionar Novidades. Na página, é possível procurar pelos mais populares e os mais recentes e vasculhar por categoria. Se você sabe exatamente o que quer, melhor do que partir para os rankings e as categorias, use os recursos de busca de gadgets. Quando encontrar o que procura, clique em Adicionar Agora.

D I C AS I NFO I 69

personalizac a o-Mat30.indd 69

06.03.10 04:15:51


GADGETS SOCIAIS

TEMA INDIVIDUAL Quando se clica no link Mais Opções da página de temas você ganha acesso a outro recurso do iGoogle, que é a possibilidade de criar seus próprios temas. Não é tão simples assim como selecionar uma imagem e escolher o plano de fundo e a cor de texto numa galeria de estilos. Você terá de fazer todas as definições num arquivo XML. Os temas podem ser estáticos ou dinâmicos, com diversas skins. O arquivo XML e as imagens têm de se ser hospedados em um servidor público. A página para criação de temas, voltada para desenvolvedores, traz todas as instruções para a execução da tarefa.

Uma das novidades do iGoogle são os gadgets sociais. Como o nome indica, são recursos que permitem a você aproveitar alguns conteúdos e compartilhá-los com amigos. Na lista não muito extensa está uma opção para foto social com o Picasa, o Youtube, quebra-cabeças, horóscopo e metas compartilhadas, entre outras. Quando decidir instalar um gadget, clique em Adicionar Agora. Clique em Visualizar no iGoogle para vê-lo na página. Você terá de dar sua permissão para que cada gadget o reconheça e acesse seu grupo de amigos. Se quiser, também pode autorizar a atualização de suas atividades. Os gadgets sociais são identificados por um ícone com três cabeças. Para excluir, reconfigurar, minimizar ou compartilhar qualquer gadget, tanto os sociais quanto os convencionais, clique na setinha e escolha a opção correspondente. Para abri-lo em tela cheia, clique na quadradinho com um traço que fica ao lado.

NOVA ORGANIZAÇÃO Se você passar o mouse sobre um gadget, notará o aparecimento de mais um ícone, com setas nas quatro direções. Coloque o mouse sobre ele e, quando o cursor tomar a mesma forma, você pode arrastar o gadget para qualquer lugar que quiser na página do iGoogle e soltá-lo. Repita isso com os outros gadgets até chegar à configuração que achar mais prática para trabalhar.

TROQUE O TEMA O iGoogle pode ser incrementado com temas. Clique em Alterar o Tema (Clássico). De cara, você encontra algumas opções e pode percorrer a galeria clicando nos links Próxima e Anterior, que ficam nas laterais direita e esquerda, respectivamente. Ou, então, clique no link Mais Opções. Nessa janela, além de pesquisar pelos mais populares, mais recentes e os que têm maior número de usuários, você encontra a nova opção Tema de Artistas.

70 I DI DIC C AS I NFO N FO

personalizac a o-Mat30.indd 70

06.03.10 04:16:00


Firefox I extensões

DIRETO DO NAVEGADOR Há uma variedade de add-ons que integram o navegador da Mozilla aos serviços do Google

O

Firefox ganhou espaço entre os internautas porque pode ser enriquecido com um montão de extensões. Várias desses complementos simplificam o trabalho de quem usa o navegador e é, ao mesmo tempo, adepto

das vários serviços do Google. A lista de addons que fazem essa integração é bem grande. Os exemplos que selecionamos dão uma mão na hora de usar o Gmail, o Maps, o orkut, o GTalk e o Álbuns da Web do Picasa.

DE OLHO NO GMAIL Usa bastante o Gmail? Se a resposta for um sim, instale no PC o Gmail Notifier (www.info.abril.com. br/downloads/gmail-notifier). Desenvolvido pelo Google, esse programa instala um ícone na área de notificação que alerta quando novas mensagens chegam no webmail. O aviso é exibido bem acima do relógio. Por meio dele, você sabe qual é o remetente e ainda confere o assunto e a primeira frase da mensagem. Além disso, a extensão é capaz de exibir alertas das mensagens não lidas e direciona o internauta para a caixa de entrada do Gmail. Para isso, basta clicar com o botão direito do mouse no ícone do Gmail da Área de Notificação e selecionar o opção correspondente. O recurso, portanto, poupa alguns cliques. O programa oferece poucas opções de configuração. A mais interessante delas é a que permite definir em que navegador o Gmail deverá ser aberto pela extensão. Usuários do Gtalk não precisam instalar o Gmail Notifier. O próprio mensageiro instantâneo se encarrega dessa tarefa.

UMA BARRA PARA O ORKUT A Orkut Toolbar (www.info.abril.com.br/downloads/orkut-toolbar-1-5-1) é uma daquelas ferramentas imprescindíveis para quem usa bastante a rede social orkut. Quando instalada no navegador Firefox, ela cria atalhos para quase todas as funções do serviço, como as páginas de amigos, as listas e os álbuns. Também tem botões que levam direto para a parte de configuração do perfil. Para quem gosta de enfeitar os scraps deixados para os amigos, a Orkut Toolbar é o programa ideal: ela é equipada com ferramentas de edição, que permitem aumentar o tamanho da fonte e até inserir pequenas animações, como smiles. Dá para deixar o scrap um verdadeiro carnaval. E como o software faz tudo sozinho, não é preciso nem manjar de códigos HTML. A Orkut Toolbar oferece ainda um recurso muito útil para quem vive procurando os amigos na rede social: uma ferramenta de busca. E é bem simples usá-la. Basta digitar o nome da pessoa que se deseja encontrar para a extensão iniciar a busca. O complemento não funciona com a versão 3.6 do Firefox.

D I C AS I NFO I 71

Extenso es-Mat37.indd 71

06.03.10 04:17:27


DIRETO PARA O PICASA É claro que você não pode sair pela web pegando qualquer imagem que encontrar pela frente. Mas se vai fazer um trabalho para a escola ou para a faculdade e está reunindo imagens no Picasa, o AddToPicasa (www.info.abril.com.br/ downloads/addtopicasa) é um bom acréscimo para a lista de extensões de seu Firefox. O add-on só aparece na hora em que você clica com o botão direito do mouse sobre uma imagem numa página da web. No menu de contexto, aparece a opção Add To Picasa Web Albums. Quando acionada, ela abre uma nova janela do navegador com a imagem selecionada e permite o login no serviço de armazenamento e compartilhamento de fotos do Google. Você terá de autorizar a extensão a fazer essa conexão e poderá acrescentar legenda, tags e selecionar o álbum em que ela deverá ser armazenada.

REUNIÃO CONFIRMADA! O Meeting Scheduler for Google Calendar (www.info.abril.com.br/downloads/meeting-scheduler-for-google-calendar) é uma extensão muito útil para quem usa o Firefox e o Google Calendar. Não é à toa. Com ela instalada no navegador, o internauta insere novos recursos ao Google Calendar, como a possibilidade de marcar reuniões e compartilhar online, com os participantes, o horário, o tema e a duração da tarefa.

CONVERSAS PELO BROWSER O Google Talk tem um complemento bem bacana para o Firefox: é o gTalk Sidebar (www.info.abril. com.br/downloads/gtalk-sidebar). Com ele, o internauta visualiza, numa janela dentro do browser, todos os contatos do programa de mensagens instantâneas. Portanto, fica mais fácil bater um papo virtual. O gTalk Sidebar é bem esperto. Depois de conectado, ele mostra a lista de amigos do Google Talk no lado esquerdo do navegador. Cada vez que o internauta clica em cima de um amigo para mandar uma mensagem, uma aba é aberta para a conversa. Nessa aba, inclusive, tem uma opção que permite gravar as conversas. Também é possível enviar um e-mail pelo Gmail. Além de gratuito, o gTalk Sidebar é bem leve: ocupa só 2 KB de espaço no disco. Por isso, é bem dinâmico e não deixa o navegador lento, como outros complementos para o browser da Mozilla.

DIRETO NO MAPA Estava navegando, encontrou um endereço e quer conferir como chegar lá? A extensão Map With Google (www.info. abril.com.br/downloads/mapwithgoogle) entra em ação. Basta selecionar o endereço, clicar na seleção com o botão direito do mouse e escolher o programa no menu. Imediatamente, o Firefox abre uma nova aba com a página do Google Maps carregada, apontando para o endereço desejado. Mais prático impossível.

72 I DI DIC C AS I NFO N FO

Extenso es-Mat37.indd 72

06.03.10 04:17:35


android I Nexus One

O SMARTPHONE DO GOOGLE Confira os detalhes do Nexus One, que chega ao Brasil no segundo semestre POR JULIANO BARRETO

E

le já é o enésimo smartphone com sistema operacional Android. Juntar 3G, tela multitoque e uma loja repleta de aplicativos fáceis de instalar virou obrigação. E seu design não é nada do outro mundo. Por que então o Nexus One merece tanta atenção (e elogios)? Ser o primeiro smartphone com a marca Google já é um motivo, mas a ótima performance e o acabamento primoroso justificam todo o entusiasmo em torno do aparelho. Usando o Nexus One, você percebe que a integração entre o hardware da HTC e o sistema do Google está afinada com total precisão. O melhor exemplo dessa

© FOTO MARCELO KURA

NexusOne-Mat26.indd 73

sintonia é o uso de comandos de voz para preencher campos. A captura e o processamento das frases são rápidos e funcionam de forma competente (apenas em inglês, por enquanto). Além disso, em cada tarefa realizada pelo Nexus é possível notar uma elegância difícil de encontrar em qualquer outro aparelho, incluindo aí o até então imbatível iPhone. Confira outros detalhes dos testes que o INFOLAB fez com a versão vendida hoje nos Estados Unidos por 529 dólares (sem plano). No Brasil, o Nexus One deve chegar no segundo semestre, mas no MercadoLivre é possível comprá-lo por 1 799 reais em média .

D I C AS I NFO I 73

06.03.10 04:18:41


CÂMERA ESPERTA A câmera de 5 MP do Nexus One tem flash e zoom de 2x. Além de fazer boas fotos, ela serve para identificar coisas (pessoas, objetos, logotipos etc.) por meio do aplicativo Google Goggles. Basta fotografar algo e esperar que o software faça uma varredura na imagem e pesquise na web por conteúdo semelhante. Nos testes do INFOLAB, o recurso funcionou bem e impressionou pela velocidade na digitalização das imagens antes da busca.

SAI TECLADO, ENTRA VOZ O aparelho não tem um teclado físico, mas compensa isso com reconhecimento de comandos de voz, teclado virtual com resposta tátil e um botão de rolagem para navegação. O ícone para acessar a função de reconhecimento de frases está espalhado nas janelas para envio de SMS, na busca, no browser e em diversos outros aplicativos. Basta gravar uma frase e esperar que o Android a reconheça, e isso leva poucos segundos.

ELE PENSA RÁPIDO O processador Snapdragon, da Qualcomm, permite ao Nexus One trabalhar com várias aplicações ao mesmo tempo sem engasgar. Dá para rodar seus programas e ainda usar os efeitos de animações do papel de parede do live wallpapers. Eles usam o fundo de tela como base para animações que mudam as imagens de acordo com a música tocada ou os toques do usuário.

O PODER DO AMOLED Logo de cara, o mais impressionante no Nexus One é sua tela de 3,7 polegadas com a tecnologia Amoled e resolução de 800 por 480 pixels. Com ótimo nível de contraste, ela realça a interface do Android 2.1, que traz efeitos em 3D e cinco áreas de trabalho customizáveis. Tocando vídeos, o ajuste padrão de cor do aparelho reproduziu imagens com um tom avermelhado, mas isso não incomodou na exibição de fotos, sites e outros tipos de conteúdo.

FABRICANTE CONFIGURAÇÃO

BATERIA B TEMPO DE USO (MIN.)

Google 8,9 Qualcomm Snapdragon QSD 8250 (1 GHz), MicroSD (4GB), Android 2.1, 3G, Wi-Fi e GPS 9,2 Touchscreen de 3,7’’, resolução de 800 x 480 8,4 Câmera de 5 MP, toca áudio e vídeo nos principais formatos 8,0 515

DESIGN B L X A X P (CM)

8,6 6 x 12 x 1

USABILIDADE

DIVERSÃO

DEFEITOS, EU? É difícil encontrar defeitos no Nexus One, mas ele tem pequenas desvantagens em relação aos seus concorrentes diretos. A principal delas é a falta de um superfície anti-gordura na tela, item presente no iPhone 3GS. O aparelho também fica devendo a compatibilidade com o calendário do Outlook e um media player mais bacana. Outro incomodo é a limitação de instalar programas apenas na memória principal, restrita a 512 MB.

74 I DI DIC C AS I NFO N FO

NexusOne-Mat26.indd 74

B PESO (G) EXTRAS PREÇO (R$)

AVALIAÇÃO TÉCNICA CUSTO/BENEFÍCIO

135 8,0 1 799

8,7 8,2 © FOTO MARCELO KURA

06.03.10 04:18:52


android I opções

A INVASÃO DOS ANDROIDS Confira outros oito modelos de celular e smartphones com o sistema operacional do Google POR MARCO ZANNI

O

HTC Magic foi o primeiro a chegar ao Brasil. Depois, vieram Samsung Galaxy, o Motorola Dext, o Huawei Pulse, o Motorola Milestone, o LG GW620 e o HTC Hero. A multiplicação de smartphones com o sistema operacional Android, criado pelo Google, não para. Agora, entram no time o Mini 3iX, da Dell, e o Backflip, da Motorola. Confira o que oferecem esses aparelhos.

SEM COMPLICAÇÃO O Mini 3iX, o Android da Dell, tem todas as ferramentas exigidas de um modelo topo de linha, como 3G, Wi-Fi e GPS, e é simples de tudo no visual. Mas a Dell derrapou ao personalizar o sistema operacional. A reforma geral que a empresa fez, colocando atalhos para todos os programas diretamente na tela inicial, tornou o acesso às aplicações mais fácil, mas matou um dos pontos fortes do Android, que é a personalização. É impossível adicionar widgets e também coisas úteis. Deixar o Android Market de fora foi outra escorregada feia. Em vez disso, é preciso baixar programas pela loja da Claro. Outra saída é procurar na web aplicações em Java. Mas é difícil encontrar algo que rode direito na tela de 3,5 polegadas. Se há uma vantagem na ausência do Market é a possibilidade de instalar aplicativos no cartão de 2 GB. Assim, a memória interna não fica lotada, garantindo que o aparelho não fique mais lento com o passar do tempo. A tela do Mini 3, capacitiva e multitoques, tem boa ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,1

© FOTOS MARCELO KURA

opc o es-Mat27.indd 75

3G

GPS

622 MHZ

CUSTO/BENEFÍCIO

5,9 X 12,1 X 1,2 CM

106 G

sensibilidade e recursos como zoom na galeria de fotos e no navegador quando o usuário faz um movimento de pinça com dois dedos. Mas quem já usou qualquer outro aparelho com Android vai sentir alguma dificuldade em pilotar os menus e atalhos sem botões físicos de direcional. A única forma de navegar é mesmo utilizando a tela touchscreen, dificultando o acesso a alguns ícones pequenos. A tampa da bateria é de plástico, mas aparenta ser bastante resistente. Abrindo-a, é possível enxergar o cartão da operadora, que fica bem localizado e pode ser removido com facilidade. O smartphone pode não ganhar prêmios de design, mas agrada pela simplicidade. As bordas pretas e largas dão a ele um ar de elegância. E a espessura de apenas 1,2 centímetro é ótima para quem costuma levar o celular no bolso. Nossa reclamação mais contundente vai para o fato de o aparelho como um todo estar sempre engordurado. Uma camada protetora, ou então uma capinha transparente, cairia muito bem.

CÂMERA DE 3 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 311 MINUTOS

1 219 REAIS(1)

7,0

1) NO PLANO CLARO 120

D I C AS I NFO I 75

06.03.10 04:21:05


SEM COMPLICAÇÃO Backflip é o nome do mais novo celular da Motorola com Android. Feito para quem curte um visual diferente, o aparelho usa a interface Motoblur, que integra diversas redes sociais, e é semelhante aos modelos flip, só que ao contrário — o teclado e a tela touchscreen ficam expostos até quando ele está fechado. O aparelho é aberto como se fosse um livro, e o mais estranho é que o teclado fica na parte de trás. Como se isso fosse pouco, a Motorola ainda inventou de colocar o trackpad na traseira da tela para que os usuários não tenham de passar o dedo na frente do conteúdo que deseja visualizar ao pilotar os menus. Gostar ou não desse visual é subjetivo, mas o fato é que esse formato abre algumas possibilidades interessantes de uso. Quando você forma com o aparelho um ângulo de 90 graus, ele funciona como um rádio-relógio, exibindo horário, temperatura local e configurações do despertador. Outra coisa legal é que a posição da câmera de 5 megapixels (no canto esquerdo inferior do teclado) ajuda na hora de tirar autorretratos, quando o aparelho está totalmente ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,9

3G

GPS

528 MHz

CUSTO/BENEFÍCIO

5,3 X 10,9 X 1,3 CM

140 G

aberto. A tela capacitiva de 3,1 polegadas, com resolução de 320 por 480 pixels, tem ótima sensibilidade, mas é prejudicada pela lentidão do sistema. Quanto ao teclado, não há reclamações. Seus botões são grandes e facilitam até mesmo a digitação de símbolos e acentos. O aparelho tem o pacote completo de conexões: Wi-Fi, 3G e GPS. O navegador trabalha com o Google Maps ou então com o Motonav, que dá indicação de rota a cada curva, mas tem licença para teste de 60 dias. Uma limitação do Backflip, comum a quase todos os aparelhos com Android, é a impossibilidade de instalar programas no cartão de 8 GB. Eles podem ser colocados apenas na memória interna de 512 MB. O Android do Backflip está na versão 1.5, mas a Motorola promete sua atualização. A câmera de 5 megapixels, com flash de LED e foco automático, tira fotos de boa qualidade. O player de música também é o padrão do sistema, mas o recurso MotoID consegue identificar as canções que estão tocando no ambiente. Em nossos testes de autonomia, a bateria aguentou 354 minutos durante chamadas de voz.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 354 MINUTOS

499 REAIS(2)

7,7

ANDROID ACESSÍVEL Com o GW620, da LG, você entra na era do Android sem arrebentar o orçamento. Por 749 reais, o modelo pequeno oferece um teclado físico QWERTY, até porque seria difícil digitar na tela de 3 polegadas com rapidez. Os botões são levemente arredondados e macios, facilitando a identificação das letras. A tela é a menor entre os smartphones com Android disponíveis no Brasil. Mas o tamanho não é seu maior problema, e sim o fato de ser resistiva, o que dificulta ações como deslizar o dedo e pressionar botões pequenos. Esse problema é agravado pela falta de uma trackball ou de teclas de navegação. Os únicos botões presentes na parte da frente são o tradicional menu, um para ir à tela inicial e outro para voltar. Além do sensor de posição, o aparelho inclui um sensor de proximidade. Ele tem a única função de desativar a tela quando fica perto do rosto. Afinal, a principal função de um telefone continua sendo falar, certo? Nesse quesito, ele manda muito bem, com áudio claro e sem engasgos. Mas, por ser pequeno, seu ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

76 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 76-77

© FOTOS MARCELO KURA

3G

8,0

2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

TELA DE 3”

139 G

microfone não fica tão perto da boca como deveria. O maior problema verificado pelo INFOLAB foi a lentidão na execução dos aplicativos. Abrir uma galeria de imagens com muitas fotos e assistir a vídeos está longe de ser uma tortura, mas a resposta aos comandos não é imediata. Até o boot é demorado. A culpa disso parece ser da memória interna de apenas 169 MB. Quando ela está cheia, prejudica o desempenho. Como a versão do firmware do Android instalada ainda é a 1.5, o GW620 fica devendo algumas ferramentas, como a indicação de rota curva a curva, encontrada no Google Maps da versão 2.0. Mas os programas de integração com o Google estão todos ali: YouTube, orkut e Google Talk, por exemplo. Um pequeno editor de vídeos também está disponível, assim como o QuickOffice, que serve apenas para ler arquivos. Um teste que nos surpreendeu pelo ótimo resultado foi o de bateria. O modelo aguentou firme por 536 minutos, mais de 100 minutos acima da média da concorrência, mas ainda abaixo do 610 minutos do Dext.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 536 MINUTOS

749 REAIS(3)

8,0

(2) NO PLANO VIVO DE 2 200 MINUTOS COM 500 MB DE DADOS (3) NO PLANO TIM INFINITY DE 120 MINUTOS

DIC A S INFO I 77

06.03.10 04:22:04


SEM COMPLICAÇÃO Backflip é o nome do mais novo celular da Motorola com Android. Feito para quem curte um visual diferente, o aparelho usa a interface Motoblur, que integra diversas redes sociais, e é semelhante aos modelos flip, só que ao contrário — o teclado e a tela touchscreen ficam expostos até quando ele está fechado. O aparelho é aberto como se fosse um livro, e o mais estranho é que o teclado fica na parte de trás. Como se isso fosse pouco, a Motorola ainda inventou de colocar o trackpad na traseira da tela para que os usuários não tenham de passar o dedo na frente do conteúdo que deseja visualizar ao pilotar os menus. Gostar ou não desse visual é subjetivo, mas o fato é que esse formato abre algumas possibilidades interessantes de uso. Quando você forma com o aparelho um ângulo de 90 graus, ele funciona como um rádio-relógio, exibindo horário, temperatura local e configurações do despertador. Outra coisa legal é que a posição da câmera de 5 megapixels (no canto esquerdo inferior do teclado) ajuda na hora de tirar autorretratos, quando o aparelho está totalmente ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,9

3G

GPS

528 MHz

CUSTO/BENEFÍCIO

5,3 X 10,9 X 1,3 CM

140 G

aberto. A tela capacitiva de 3,1 polegadas, com resolução de 320 por 480 pixels, tem ótima sensibilidade, mas é prejudicada pela lentidão do sistema. Quanto ao teclado, não há reclamações. Seus botões são grandes e facilitam até mesmo a digitação de símbolos e acentos. O aparelho tem o pacote completo de conexões: Wi-Fi, 3G e GPS. O navegador trabalha com o Google Maps ou então com o Motonav, que dá indicação de rota a cada curva, mas tem licença para teste de 60 dias. Uma limitação do Backflip, comum a quase todos os aparelhos com Android, é a impossibilidade de instalar programas no cartão de 8 GB. Eles podem ser colocados apenas na memória interna de 512 MB. O Android do Backflip está na versão 1.5, mas a Motorola promete sua atualização. A câmera de 5 megapixels, com flash de LED e foco automático, tira fotos de boa qualidade. O player de música também é o padrão do sistema, mas o recurso MotoID consegue identificar as canções que estão tocando no ambiente. Em nossos testes de autonomia, a bateria aguentou 354 minutos durante chamadas de voz.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 354 MINUTOS

499 REAIS(2)

7,7

ANDROID ACESSÍVEL Com o GW620, da LG, você entra na era do Android sem arrebentar o orçamento. Por 749 reais, o modelo pequeno oferece um teclado físico QWERTY, até porque seria difícil digitar na tela de 3 polegadas com rapidez. Os botões são levemente arredondados e macios, facilitando a identificação das letras. A tela é a menor entre os smartphones com Android disponíveis no Brasil. Mas o tamanho não é seu maior problema, e sim o fato de ser resistiva, o que dificulta ações como deslizar o dedo e pressionar botões pequenos. Esse problema é agravado pela falta de uma trackball ou de teclas de navegação. Os únicos botões presentes na parte da frente são o tradicional menu, um para ir à tela inicial e outro para voltar. Além do sensor de posição, o aparelho inclui um sensor de proximidade. Ele tem a única função de desativar a tela quando fica perto do rosto. Afinal, a principal função de um telefone continua sendo falar, certo? Nesse quesito, ele manda muito bem, com áudio claro e sem engasgos. Mas, por ser pequeno, seu ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

76 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 76-77

© FOTOS MARCELO KURA

3G

8,0

2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

TELA DE 3”

139 G

microfone não fica tão perto da boca como deveria. O maior problema verificado pelo INFOLAB foi a lentidão na execução dos aplicativos. Abrir uma galeria de imagens com muitas fotos e assistir a vídeos está longe de ser uma tortura, mas a resposta aos comandos não é imediata. Até o boot é demorado. A culpa disso parece ser da memória interna de apenas 169 MB. Quando ela está cheia, prejudica o desempenho. Como a versão do firmware do Android instalada ainda é a 1.5, o GW620 fica devendo algumas ferramentas, como a indicação de rota curva a curva, encontrada no Google Maps da versão 2.0. Mas os programas de integração com o Google estão todos ali: YouTube, orkut e Google Talk, por exemplo. Um pequeno editor de vídeos também está disponível, assim como o QuickOffice, que serve apenas para ler arquivos. Um teste que nos surpreendeu pelo ótimo resultado foi o de bateria. O modelo aguentou firme por 536 minutos, mais de 100 minutos acima da média da concorrência, mas ainda abaixo do 610 minutos do Dext.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 536 MINUTOS

749 REAIS(3)

8,0

(2) NO PLANO VIVO DE 2 200 MINUTOS COM 500 MB DE DADOS (3) NO PLANO TIM INFINITY DE 120 MINUTOS

DIC A S INFO I 77

06.03.10 04:22:04


POTÊNCIA E CONFORTO O Milestone, da Motorola, lembra muito o clássico sedã Opala, da Chevrolet: ambos são quadrados e grandalhões, mas extremamente confortáveis e donos de um motor potente (ou de um processador, no caso do celular). Primeiro aparelho com o sistema do Google na versão 2.0 a chegar por aqui, ele se destaca pela velocidade e pela imensa tela de 3,7 polegadas. Nesse modelo, a empresa dispensou a interface Motoblur, que integra todos os contatos das redes sociais e permite dar umas tuitadas diretamente na tela inicial. Aqui, ela preferiu apostar no Android como ele é — o que deixa o modelo mais careta, mas menos caótico.É claramente um aparelho dedicado ao uso corporativo. Uma mostra disso é a integração com o Microsoft Exchange. As ferramentas do Android 2.0 melhoraram muito a usabilidade do sistema. No Milestone, o browser ganhou um novo jeito de visualizar favoritos, com pequenos quadrados representando as páginas. O navegador também suporta HTML 5 e está mais rápido do que o visto nos primeiros aparelhos com Android. O conjunto de hardware forte (com processador Cortex A8, de 550 MHz) e programa redondo faz do smartphone ANDROID 2.0

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,5

3G

8 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

TELA DE 3,7”

169 G

um dos mais velozes da atualidade. Embora o teclado do Milestone seja uma mão na roda em várias situações, não ficamos impressionados com ele. Suas teclas não possuem alto relevo e ficam muito próximas umas das outras. A tela enorme obviamente traz prejuízos ao design. Além de pesar 169 gramas, o aparelho mede 11,5 centímetros de comprimento. Seu tamanho é quase o de um iPhone, porém um pouco mais largo, com 6 centímetros. A parte impressionante é como a Motorola conseguiu colocar um teclado físico num aparelho tão fino, com 1,8 centímetro de espessura. O acabamento, que mistura borracha e metal, está acima de qualquer suspeita. A maior limitação é a memória interna de apenas 512 MB. Por isso, é possível que o sistema fique mais lento quando o smartphone estiver cheio de programas. O outro problema é que a tela fica toda melecada com impressões digitais. A câmera de 5 megapixels tem zoom de 4 vezes, foco automático e um flash forte de LED. Em nossos testes, tirou fotos boas, mas foi um pouco lenta. Agora, uma grande decepção é a bateria. Com chamadas de voz, ela durou apenas 397 minutos.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 397 MINUTOS

1 899 REAIS(5)

7,0

Trackball: similar ao do BlackBerry e com boa usabilidade

TELÃO DA HORA A chinesa Huawei entrou no mercado brasileiro de smartphones com estilo. Seu modelo Android Pulse U8220 tem jeitão de iPhone, tela gigante de 3,5 polegadas e preço decente. O destaque desse grandalhão elegante é a tela capacitiva que, além de espaçosa, tem sensibilidade no mesmo nível dos smartphones topo de linha. Ela é uma beleza para navegar na internet, acessar o YouTube e também conferir mapas no Google Maps. Mas tem um problema: só de você pensar em encostar no display, ele já fica totalmente engordurado. A resolução também não é a mesma encontrada em aparelhos menores com Android (320 por 480 pixels). Ou seja, os pontos foram um pouco esticados para caber direito na tela. Isso não prejudica a experiência com vídeos, pois nada fica distorcido, mas a imagem não é tão nítida quanto a de aparelhos com resolução de 480 por 854 pixels. O Pulse usa Android 1.5. Por isso, algumas novidades da versão 2.0 do sistema, como a navegação curva a curva pelo Google Maps, não estão disponíveis ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

78 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 78-79

7,9

3G

256 MB + 2 GB (MICROSD) TELA DE 3,5”

CUSTO/BENEFÍCIO

131 G

no aparelho. Também faz falta o navegador mais veloz, com suporte a HTML 5 e nova tela de favoritos, seguindo o estilo do Chrome e do Opera. Em geral, a sensação é de que o aparelho é mais lento na web que seus concorrentes com o mesmo sistema operacional. A Huawei não se preocupou em colocar aplicativos para atualização de redes sociais. Mesmo sendo grande (mede 6,3 por 11,6 por 1,5 centímetros), o Pulse tem uma boa pegada. Duas limitações são realmente sérias para um aparelho desse porte. Primeiro, sua câmera de 3,2 megapixels não tem flash, e ficou devendo em qualidade e velocidade — sem contar que não inclui recursos como efeitos de cor. Segundo, e mais grave, a memória interna é de apenas 256 MB, pouquíssimo espaço para instalar aplicativos, já que o Android não permite colocar programas no cartão de memória de 2 GB. O efeito colateral é uma lentidão visível quando o smartphone vai ficando cheio. Pelo menos ele foi bem no teste de duração da bateria, trabalhando por 419 minutos. CÂMERA DE 3,2 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 419 MINUTOS 499 REAIS(4)

Câmera: 5 megapixels, foco automático e flash potente

8,3 © FOTOS MARCELO KURA

(4) NO PLANO 3G MAIS 3, DA CTBC, DE 30 MINUTOS E 250 MB DE DADOS (5) PREÇO DO APARELHO DESBLOQUEADO

DIC A S INFO I 79

06.03.10 04:22:47


POTÊNCIA E CONFORTO O Milestone, da Motorola, lembra muito o clássico sedã Opala, da Chevrolet: ambos são quadrados e grandalhões, mas extremamente confortáveis e donos de um motor potente (ou de um processador, no caso do celular). Primeiro aparelho com o sistema do Google na versão 2.0 a chegar por aqui, ele se destaca pela velocidade e pela imensa tela de 3,7 polegadas. Nesse modelo, a empresa dispensou a interface Motoblur, que integra todos os contatos das redes sociais e permite dar umas tuitadas diretamente na tela inicial. Aqui, ela preferiu apostar no Android como ele é — o que deixa o modelo mais careta, mas menos caótico.É claramente um aparelho dedicado ao uso corporativo. Uma mostra disso é a integração com o Microsoft Exchange. As ferramentas do Android 2.0 melhoraram muito a usabilidade do sistema. No Milestone, o browser ganhou um novo jeito de visualizar favoritos, com pequenos quadrados representando as páginas. O navegador também suporta HTML 5 e está mais rápido do que o visto nos primeiros aparelhos com Android. O conjunto de hardware forte (com processador Cortex A8, de 550 MHz) e programa redondo faz do smartphone ANDROID 2.0

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,5

3G

8 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

TELA DE 3,7”

169 G

um dos mais velozes da atualidade. Embora o teclado do Milestone seja uma mão na roda em várias situações, não ficamos impressionados com ele. Suas teclas não possuem alto relevo e ficam muito próximas umas das outras. A tela enorme obviamente traz prejuízos ao design. Além de pesar 169 gramas, o aparelho mede 11,5 centímetros de comprimento. Seu tamanho é quase o de um iPhone, porém um pouco mais largo, com 6 centímetros. A parte impressionante é como a Motorola conseguiu colocar um teclado físico num aparelho tão fino, com 1,8 centímetro de espessura. O acabamento, que mistura borracha e metal, está acima de qualquer suspeita. A maior limitação é a memória interna de apenas 512 MB. Por isso, é possível que o sistema fique mais lento quando o smartphone estiver cheio de programas. O outro problema é que a tela fica toda melecada com impressões digitais. A câmera de 5 megapixels tem zoom de 4 vezes, foco automático e um flash forte de LED. Em nossos testes, tirou fotos boas, mas foi um pouco lenta. Agora, uma grande decepção é a bateria. Com chamadas de voz, ela durou apenas 397 minutos.

CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 397 MINUTOS

1 899 REAIS(5)

7,0

Trackball: similar ao do BlackBerry e com boa usabilidade

TELÃO DA HORA A chinesa Huawei entrou no mercado brasileiro de smartphones com estilo. Seu modelo Android Pulse U8220 tem jeitão de iPhone, tela gigante de 3,5 polegadas e preço decente. O destaque desse grandalhão elegante é a tela capacitiva que, além de espaçosa, tem sensibilidade no mesmo nível dos smartphones topo de linha. Ela é uma beleza para navegar na internet, acessar o YouTube e também conferir mapas no Google Maps. Mas tem um problema: só de você pensar em encostar no display, ele já fica totalmente engordurado. A resolução também não é a mesma encontrada em aparelhos menores com Android (320 por 480 pixels). Ou seja, os pontos foram um pouco esticados para caber direito na tela. Isso não prejudica a experiência com vídeos, pois nada fica distorcido, mas a imagem não é tão nítida quanto a de aparelhos com resolução de 480 por 854 pixels. O Pulse usa Android 1.5. Por isso, algumas novidades da versão 2.0 do sistema, como a navegação curva a curva pelo Google Maps, não estão disponíveis ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

78 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 78-79

7,9

3G

256 MB + 2 GB (MICROSD) TELA DE 3,5”

CUSTO/BENEFÍCIO

131 G

no aparelho. Também faz falta o navegador mais veloz, com suporte a HTML 5 e nova tela de favoritos, seguindo o estilo do Chrome e do Opera. Em geral, a sensação é de que o aparelho é mais lento na web que seus concorrentes com o mesmo sistema operacional. A Huawei não se preocupou em colocar aplicativos para atualização de redes sociais. Mesmo sendo grande (mede 6,3 por 11,6 por 1,5 centímetros), o Pulse tem uma boa pegada. Duas limitações são realmente sérias para um aparelho desse porte. Primeiro, sua câmera de 3,2 megapixels não tem flash, e ficou devendo em qualidade e velocidade — sem contar que não inclui recursos como efeitos de cor. Segundo, e mais grave, a memória interna é de apenas 256 MB, pouquíssimo espaço para instalar aplicativos, já que o Android não permite colocar programas no cartão de memória de 2 GB. O efeito colateral é uma lentidão visível quando o smartphone vai ficando cheio. Pelo menos ele foi bem no teste de duração da bateria, trabalhando por 419 minutos. CÂMERA DE 3,2 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 419 MINUTOS 499 REAIS(4)

Câmera: 5 megapixels, foco automático e flash potente

8,3 © FOTOS MARCELO KURA

(4) NO PLANO 3G MAIS 3, DA CTBC, DE 30 MINUTOS E 250 MB DE DADOS (5) PREÇO DO APARELHO DESBLOQUEADO

DIC A S INFO I 79

06.03.10 04:22:47


OS SUPERPODERES DO HERO Com seu arsenal de recursos, o HTC Hero deixa o cinturão do Batman no chinelo. Com todo o respeito ao homemmorcego e aos demais heróis, a interface no capricho para redes sociais, aliada a um hardware parrudo, tela ultrassensível e câmera de 5 megapixels, tem lugar garantido na Liga da Justiça. Mas o smartphone tem duas criptonitas: ele não está à venda no Brasil (no Mercado Livre, custa pouco menos de 1 600 reais) e fica lento quando sua memória está cheia. Esse aparelho é o irmão maior do Magic e pai da interface HTC Sense, que tem arrancado elogios dos tuiteiros de plantão. Com dois cliques, uma janela com as últimas atualizações do Twitter já está disponível na área de trabalho. A proeza do Sense é adicionar vários recursos interessantes ao celular sem torná-lo um Frankenstein. Essa interface causou sensação quando foi lançada, mas já surgiram outros concorrentes à altura. Mas em dois aspectos o Hero ainda se sobressai no mundo Android: tela e acabamento. Seu display capacitivo é quase tão sensível quanto o do iPhone. Para ser mais divertido, falta apenas ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,2

3G

GPS

512 MB + 2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

528 MHZ

135 G

CÂMERA : a discreta lente na traseira do Dext permite bater fotos com resolução de 5 MP, mas só no claro. O modelo não tem flash

um aplicativo mais caprichado para música e vídeo, com a possibilidade de escolher o disco que vai tocar deslizando para frente ou para trás. Tudo o que está em volta da tela de 3,2 polegadas, com resolução de 320 por 480 pixels, é uma carcaça com ótimo acabamento. Nada que lembre o tamanho e a fragilidade do G1. Aqui, o plástico branco parece bastante rígido, e o desenho curvado oferece boa ergonomia. Extremamente veloz quando não há muitos aplicativos instalados, o Hero sofre da mesma deficiência dos aparelhos com Android e pouca memória interna: fica meio lento quando os megabytes vão apertando. Ele tem 512 MB de espaço para programas, além de um microSD com apenas 2 GB. Com foco automático e zoom digital, a câmera de 5 megapixels resolve bem nas situações com boa quantidade de luz, mas fica devendo o flash. A próxima evolução que aguardamos com ansiedade é o upgrade para o Android 2.0 (o modelo testado roda a versão 1.5). Uma surpresa negativa: a bateria durou 349 minutos durante chamadas de voz, bem abaixo de outros modelos com Android disponíveis no Brasil. CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 349 MINUTOS

1 546 REAIS(6)

7,4

IDEAL PARA A GERAÇÃO Y A Motorola acertou em cheio na interface do Dext. O primeiro aparelho da fabricante com Android dá aquele tapa no sistema operacional do Google, integrando os contatos de todas as redes sociais das quais você faz parte. Algo um tanto caótico para quem não quer entrar dez vezes por dia no Facebook, mas uma verdadeira mão na roda para quem precisa ser multitarefa no celular. O trunfo está em combinar a nova interface Motoblur com hardware forte e bonito, que inclui um teclado físico dos bons para quem não se dá tão bem com o touchscreen na hora de escrever e-mails, mensagens instantâneas e os tuítes da vida. Se tudo isso é geração Y demais para o seu gosto, basta jogar os widgets na lixeira ou nem digitar usuário e senha para fazer o login nessas redes. Aí é como se o modelo rodasse um Android comum, porém com visual personalizado. O Dext cumpre com elegância o papel de celular sensível ao toque com teclado físico (QWERTY). A maior reclamação vai para o desempenho fraco, causado pela restrição de instalar programas somente na memória interna de 512 MB. Em comparação ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

80 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 80-81

© FOTOS MARCELO KURA

8,3

3G

GPS

512 MB + 2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

528 MHZ

165 G

com os celulares sensíveis ao toque e sem teclado, o Dext é muito pesado (tem 165 gramas). No bolso, incomoda um pouco. Bonito, o telefone tem laterais num material cromado, que parece resistente, e a tampa da bateria possui uma textura legal e agradável na empunhadura. A tela de 3,1 polegadas não é das maiores e melhores para assistir a vídeos, mas tem ótimos níveis de brilho e definição. Sua resolução máxima é de 480 por 320 pixels. Capacitiva, ela responde bem aos toques com o dedo ao rolar listas e páginas na internet. O acelerômetro faz o display girar automaticamente quando se abre o teclado ou se coloca o aparelho na horizontal, mas aí o espaço para deslizar o dedo para cima e para baixo pode ficar limitado. O melhor, nesse caso, é usar o botão físico direcional. Nossa reclamação vai para o slot do cartão microSD, localizado abaixo da tampa da bateria. Por falar em bateria, a do Dext apresentou excelente duração nos testes do INFOLAB. Em chamadas de voz, conseguiu manter o aparelho ligado por 610 minutos, ou seja, mais de 10 horas. CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 536 MINUTOS 1 394 REAIS(7)

7,2

(6) MÉDIA DO APARELHO DESBLOQUEADO (7) MÉDIA DO MERCADO DO APARELHO DESBLOQUEADO

DIC A S INFO I 81

06.03.10 04:23:31


OS SUPERPODERES DO HERO Com seu arsenal de recursos, o HTC Hero deixa o cinturão do Batman no chinelo. Com todo o respeito ao homemmorcego e aos demais heróis, a interface no capricho para redes sociais, aliada a um hardware parrudo, tela ultrassensível e câmera de 5 megapixels, tem lugar garantido na Liga da Justiça. Mas o smartphone tem duas criptonitas: ele não está à venda no Brasil (no Mercado Livre, custa pouco menos de 1 600 reais) e fica lento quando sua memória está cheia. Esse aparelho é o irmão maior do Magic e pai da interface HTC Sense, que tem arrancado elogios dos tuiteiros de plantão. Com dois cliques, uma janela com as últimas atualizações do Twitter já está disponível na área de trabalho. A proeza do Sense é adicionar vários recursos interessantes ao celular sem torná-lo um Frankenstein. Essa interface causou sensação quando foi lançada, mas já surgiram outros concorrentes à altura. Mas em dois aspectos o Hero ainda se sobressai no mundo Android: tela e acabamento. Seu display capacitivo é quase tão sensível quanto o do iPhone. Para ser mais divertido, falta apenas ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,2

3G

GPS

512 MB + 2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

528 MHZ

135 G

CÂMERA : a discreta lente na traseira do Dext permite bater fotos com resolução de 5 MP, mas só no claro. O modelo não tem flash

um aplicativo mais caprichado para música e vídeo, com a possibilidade de escolher o disco que vai tocar deslizando para frente ou para trás. Tudo o que está em volta da tela de 3,2 polegadas, com resolução de 320 por 480 pixels, é uma carcaça com ótimo acabamento. Nada que lembre o tamanho e a fragilidade do G1. Aqui, o plástico branco parece bastante rígido, e o desenho curvado oferece boa ergonomia. Extremamente veloz quando não há muitos aplicativos instalados, o Hero sofre da mesma deficiência dos aparelhos com Android e pouca memória interna: fica meio lento quando os megabytes vão apertando. Ele tem 512 MB de espaço para programas, além de um microSD com apenas 2 GB. Com foco automático e zoom digital, a câmera de 5 megapixels resolve bem nas situações com boa quantidade de luz, mas fica devendo o flash. A próxima evolução que aguardamos com ansiedade é o upgrade para o Android 2.0 (o modelo testado roda a versão 1.5). Uma surpresa negativa: a bateria durou 349 minutos durante chamadas de voz, bem abaixo de outros modelos com Android disponíveis no Brasil. CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 349 MINUTOS

1 546 REAIS(6)

7,4

IDEAL PARA A GERAÇÃO Y A Motorola acertou em cheio na interface do Dext. O primeiro aparelho da fabricante com Android dá aquele tapa no sistema operacional do Google, integrando os contatos de todas as redes sociais das quais você faz parte. Algo um tanto caótico para quem não quer entrar dez vezes por dia no Facebook, mas uma verdadeira mão na roda para quem precisa ser multitarefa no celular. O trunfo está em combinar a nova interface Motoblur com hardware forte e bonito, que inclui um teclado físico dos bons para quem não se dá tão bem com o touchscreen na hora de escrever e-mails, mensagens instantâneas e os tuítes da vida. Se tudo isso é geração Y demais para o seu gosto, basta jogar os widgets na lixeira ou nem digitar usuário e senha para fazer o login nessas redes. Aí é como se o modelo rodasse um Android comum, porém com visual personalizado. O Dext cumpre com elegância o papel de celular sensível ao toque com teclado físico (QWERTY). A maior reclamação vai para o desempenho fraco, causado pela restrição de instalar programas somente na memória interna de 512 MB. Em comparação ANDROID 1.5

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

80 I DI C AS IN FO

opc o es-Mat27.indd 80-81

© FOTOS MARCELO KURA

8,3

3G

GPS

512 MB + 2 GB (MICROSD)

CUSTO/BENEFÍCIO

528 MHZ

165 G

com os celulares sensíveis ao toque e sem teclado, o Dext é muito pesado (tem 165 gramas). No bolso, incomoda um pouco. Bonito, o telefone tem laterais num material cromado, que parece resistente, e a tampa da bateria possui uma textura legal e agradável na empunhadura. A tela de 3,1 polegadas não é das maiores e melhores para assistir a vídeos, mas tem ótimos níveis de brilho e definição. Sua resolução máxima é de 480 por 320 pixels. Capacitiva, ela responde bem aos toques com o dedo ao rolar listas e páginas na internet. O acelerômetro faz o display girar automaticamente quando se abre o teclado ou se coloca o aparelho na horizontal, mas aí o espaço para deslizar o dedo para cima e para baixo pode ficar limitado. O melhor, nesse caso, é usar o botão físico direcional. Nossa reclamação vai para o slot do cartão microSD, localizado abaixo da tampa da bateria. Por falar em bateria, a do Dext apresentou excelente duração nos testes do INFOLAB. Em chamadas de voz, conseguiu manter o aparelho ligado por 610 minutos, ou seja, mais de 10 horas. CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 536 MINUTOS 1 394 REAIS(7)

7,2

(6) MÉDIA DO APARELHO DESBLOQUEADO (7) MÉDIA DO MERCADO DO APARELHO DESBLOQUEADO

DIC A S INFO I 81

06.03.10 04:23:31


PURO ANDROID Para quem está mais interessado no poder do hardware do que nas frescuras da interface, o Galaxy I7500, da Samsung, é uma excelente opção de Android. A Samsung nem ligou para personalização: pegou uma carcaça legal e instalou o Android puro. Com o mínimo de aplicativos instalados, ele oferece integração fácil com os serviços do Google. Mas bem que o Galaxy poderia ter, pelo menos, widgets para acesso rápido a Twitter, Facebook e MySpace. Um avanço notável do Galaxy no quesito usabilidade, em relação aos outros smartphones com Android, está na velocidade. E não tem nenhuma mágica de processador ou chip gráfico — o negócio é a memória interna de 8 GB. Em nosso teste, mesmo colocando dezenas de aplicativos no aparelho, ele continuou ágil. Outro diferencial do smartphone, quando o comparamos com outros modelos fininhos, é sua câmera de 5 megapixels. Embora ela não seja muito veloz, clica com qualidade e sem tremedeira. O foco automático funciona bem, e o flash de LED é dos melhores. Quando necessário, ele ilumina a cena levemente antes do clique e, na hora ANDROID

WI-FI

AVALIAÇÃO TÉCNICA

82 I DI DIC C AS I NFO N FO

opc o es-Mat27.indd 82

GSM/3G GPS

8,4

8 GB

CUSTO/BENEFÍCIO

528 MHZ

116 G

TELA DE 3,2”

do disparo, solta uma luz mais forte. A filmagem é decente, mas poderia ter uma resolução melhor do que os 352 por 288 pixels. Como celular musical, o aparelho da Samsung perde para as interfaces bonitonas do iPhone e do Magic, mas não decepciona. A seleção das canções é feita por meio de listas, mas as capas dos álbuns aparecem enquanto a faixa é reproduzida. A fabricante só ficou devendo a função de rádio FM e também opções mais finas de equalização. À primeira vista, o Galaxy parece grandalhão e desajeitado, mas suas medidas não comprovam essa impressão: ele tem apenas 1,3 centímetro de espessura e pesa 116 gramas. A tela capacitiva de AMOLED também parece maior do que é. Tem 3,2 polegadas, resolução de 320 por 480 pixels e definição acima da média para essas configurações, tornando agradável a experiência com vídeos. O destaque final vai para a ótima duração de bateria, considerando um smartphone com tela tão grande. Nos testes realizados pelo INFOLAB, o modelo aguentou 450 minutos durante chamadas de voz. CÂMERA DE 5 MP

DURAÇÃO DA BATERIA: 450 MINUTOS

1 461 REAIS(8)

7,9

(8) MÉDIA DO MERCADO DO APARELHO DESBLOQUEADO

© FOTO MARCELO KURA

06.03.10 04:21:27


75 o melhor do google