Page 1

vigiai

www.vigiai.net

Informativo Evangélico Virtual Ano 02 Edição 71

Em março - 2018


sumário INSTITUCIONAL

1 - Capa 2 - Sumário 3 - Expediente 4 - Editorial 54 - Faça o seu livro

PARCERIAS

6 - ANAMEL 10 - Convenção Batista Fluminense 14 - Dr. Gilberto Garcia 18 - Igreja Batista em Parque do Carmo 20 - Revista Fidelidade 22 - Convenção Batista Mineira 26 - Pr. Moizés de Oliveira 30 - Editora Cristã Evangélica

34 - Vida Total da Igreja 38 - Rede Batista de Educação 42 - Pr. Gilson do Carmo Batista 44 - Igreja Batista dos Mares 46 - Rubens Teixeira

NOTÍCIAS

48 - Livramento 51 - IBM Alphaville na Zona Sul de SP 52 - Pr. Roberlan Julião: “Dicas de sucesso para 2018, a partir do Pai Nosso!” 53 - Pr. Luiz Sayão: “Não devemos fazer afirmações escatológicas sobre o reconhecimento de Jerusalém, diz pastor

Pastores batistas reunidos em Assembleia - janeiro de 2016 - Gramado-RS

Foto: Vital Sousa 2 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Expediente vigiai Criação Informativo Evangélico Edição 71 www.vigiai.net Janeiro de 2018 Editor e diagramador Jornalista Vital Sousa Mtb-SP 63.588 E-mail: vital.sousa@gmail.com facebook.com/vital.sousa.3

Fabiano Sousa (In Memoriam) Jornalista e Designer Mtb-SP 66.300

Produção Vital Publicações www.vigiai.net Contatos E-mail: vigiai.net@gmail.com facebook.com/vital.sousa.3 Nota Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos seus autores, e não representam necessariamente a opinião do Informativo. É proibida a reprodução total ou parcial de reportagens, entrevistas, artigos, ilustrações e fotos, sem a prévia anuência dos titulares dos direitos autorais. “Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” (Mateus 24:42-44)

Para mais de um milhão de internautas janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 3


editorial 2018, o ano dos batistas mineiros! Passaram-se 130 anos que os batistas começaram um belo e profícuo trabalho em Minas Gerais, na bela Juiz de Fora, 1888... E hoje contemplam mais de 2.200 templos batistas, tornaram-se igrejas vivas que pregam o amor de Jesus a todos os corações! Não é o propósito da Vigiai fazer uma releitura da história pedagógica dos batistas em Minas Gerais, mas é reconhecido o excelente trabalho de pesquisa do Dr. João Pedro de Araújo, pastor da Igreja Batista do Lago Sul de Brasília-DF, que esclarece ser o alicerce da pedagogia batista em Belo Horizonte iniciada pelas missionárias norte-americanas Mary Wilcox e Bertha Stenger criadoras de uma escola batista em Belo Horizonte em 1898, portanto há 120 anos os batistas começaram a trabalhar com o ensino, conforme atesta o excelente artigo: “Mulheres proibidas ou masculinizadas” do conhecido filósofo e sociólogo batista citado e publicado pela Revista Batista Pioneira em junho de 2016.

Roe Maddox. “O Colégio Batista Mineiro foi criado no dia 1º de março de 1918, quando uma pequena classe de 13 alunos começou a funcionar em Belo Horizonte, na residência da professora e missionária americana, Ephigênia Roe Maddox”. E como não estamos tratando de festividades da implantação do ensino batista em Belo Horizonte e sim da implantação do Colégio Batista Americano fundado por Ephigênia Roe Maddox, vamos agradecer as bençãos! E para esta comemoração a Vigiai está preparando uma grande edição. Neste janeiro só divulgaremos visando buscar adesão dos articulistas, apoiadores e igrejas. Em fevereiro e março, será o tempo da elaboração. O desejo é o de fazer uma edição de 100 páginas, afinal são dois centenários! E não se comemora 100 anos todos os dias.

Faça parte deste grande momento. Em Minas Gerais constatamos o maior racha entre os batistas brasileiros e hoje a Minas Gerais batista Realizado o registro acima, cumpre salientar é a grande sustentação financeira dos batistas que o Colégio Batista Mineiro foi originário de brasileiros através do Plano Cooperativo da outra iniciativa, conforme está no site do Colégio CBB. Vamos agradecer juntos? e no livro que fala da Missionária Ephigênia

4 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Pr. Márcio Santos, Diretor Executivo da Convenção Batista Mineira (CBM) e Pr. Aloísio Penido, exDiretor Executivo da CBM e atual pastor presidente da Primeira Igreja Batista de Juiz de Fora

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 35


Quem é Gerson Silveira Arraes, o desembargador-pastor?

“CURRICULUM VITAE” 1. DADOS PESSOAIS Nome: GERSON SILVEIRA ARRAES 1.1 - Filiação: Adalberto Arraes e Aracy Silveira Arraes 1.2 - Data de nascimento: 04/11/1936 6 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

1.3 - Estado Civil: Casado 1.4 - Naturalidade: Rio de Janeiro 1.5 - Residência: Não disponbilizado pela editoria. E-mail: gersonarraes@globo.com


Quem é Gerson Silveira Arraes, o desembargador-pastor? 2. DOCUMENTAÇÃO 2.1 - Carteira de Identidade: Não disponbilizado pela editoria. 2.2 - Carteira Identificação Contribuinte - IR: Não disponbilizado pela editoria. 2.3 - Serviço militar prestado ao Exército Brasileiro- 1955/1956 2.4 -Título de Eleitor: Não disponbilizado pela editoria. 2.5 - Carteira de Identidade de Magistrado TJ 652, expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. 3. ESCOLARIDADE 3.1 - Curso Superior - Faculdade de Direito Cândido Mendes - 1963-1968, quando se preparou e se habilitou para ingressar por concurso de provas e títulos no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro; 3.2 - Escola de Formação de Oficiais da Polícia Militar do antigo Distrito Federal - 1956-1958 (Atual Academia Militar Dom João VI) tendo atingido o posto de Major naquela Corporação, onde serviu até o ano de 1976, quando transferiu-se para reserva não renumerada, por ter sido aprovado, no mesmo ano, no concurso para o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. 4. OUTROS CURSOS 4.1 - Seminários de Direito Penal e Direito Processual Penal - de 01/09/1986 a 11/09/1986 - Escola Superior de Magistratura Nacional. 4.2 - Seminário sobre a Reforma dos Códigos Penal e de Processo Penal - Escola Superior da Magistratura Nacional. 4.3 - 1º Encontro de Presidentes de Tribunais do Júri - Duque de Caxias. 4.4 - Curso de Legislação Sindical e do Trabalho - Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. 4.5 - Curso de Temas de Psiquiatria Forense - Universidade do Brasil - Prof. Maurício Medeiros - 1951. 4.6 - Escola Superior de Guerra - ADESG. 4.7 - Diversos Cursos de Extensão.

4.8 - Seminário de Teologia - Assembleia de DEUS - Bacharel em quatro anos (1995-1998). 5. ATIVIDADES PROFISSIONAIS 5.1 - Professor Universitário - Cadeiras: Direito Processual Penal e Direito Penal - Faculdades de Direito Estácio de Sá e SUESC, no Rio de Janeiro. 5.2 - Professor da Escola de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro - Cadeiras: Direito Processual Penal Militar e Direito Penal Militar. 5.3 - Como Oficial da PMEG exerceu funções no Gabinete Militar do então Governador do Estado da Guanabara CARLOS LACERDA (1961-1965) 5.4 - Ingresso no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro - 1976, mediante concurso de provas e títulos. 5.5 - Ingresso na Magistratura do Estado do Rio de Janeiro - 1983, mediante concurso de provas e títulos. 5.6 - Assessor Jurídico da Secretaria de Estado de Segurança Pública, no Período compreendido entre (1972-1976), quando ainda nos postos de Capitão e Major da PMERJ. 5.7 - Palestras diversas sobre temas relativos à Direito Penal e Processual Penal. 6. CONCURSOS REALIZADOS 6.1 - Concurso para Provimento do Cargo de Promotor de Justiça do Estado do Rio de Janeiro - 1976, tendo sido aprovado e exercido o cargo em diversas Comarcas do Estado do Rio de Janeiro, sendo promovido por merecimento, a Titular da 4ª Promotoria do 1º Tribunal do Júri da Comarca da Capital. 6.2 - Concurso para Provimento do cargo de Juiz de Direito do Estado do Rio de Janeiro 1983, tendo sido Juiz Substituto em diversas Comarcas do Estado do Rio de Janeiro, sendo promovido, por merecimento, em 1988 a Juiz Titular da 25ª Vara Criminal da Comarca da Capital. janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 7


Quem é Gerson Silveira Arraes, o desembargador-pastor?

6.3 - Eleito por unanimidade, pelo E. Tribunal Regional Eleitoral, Juiz Eleitoral da 13ª Zona Eleitoral - Rio de Janeiro, e empossado, posteriormente, na 10ª Zona Eleitoral. 6.4 - Mediante permuta, em Junho/1994, tomou posse como Juiz Titular da 28ª Vara Cível da Comarca da Capital. 6.5 - Convocado em ABR/1998, como Juiz Auxiliar da Presidência do E. Tribunal Regional Eleitoral. 6.6 - Promovido ao cargo de Desembargador em 2001, se aposentando em 2006, em razão do limite de idade (70anos). 7. EXERCÍCIO DA MAGISTRATURA 7.1 - Comarca de Volta Redonda. 7.2 - Comarca de Rio Claro. 7.3 - Comarcas de São João de Meriti, Paracambi e Nilópolis. 7.4 - Comarca da Capital, como Juiz Substituto e como Juiz Titular da 25ª Vara Criminal, sendo promovido por merecimento em 26/09/1988. 7.5 - Juiz Titular da 28ª Vara Cívil da Comarca da Capital, mediante permuta. 7.6 - Convocado como Juiz Substituto de Desembargador na 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça. 7.7 - Promovido ao cargo de Desembargador em 2001, atuou como titular na 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro se aposentando por idade em novembro de 2006. 7.8 - Aposentado no Cargo de Desembargador do TJRJ, reinscreveu-se na OAB/RJ, como Advogado, sob a inscrição 141.801. 8. TÍTULOS E MEDALHAS 8.1 - Fidelidade ao Estado da Guanabara Decreto “N” nº 132 de 20/01/1964 conferida pelo Governador do Estado. 8.2 - Medalha da AMIZADE, art. 2º do Decreto nº11.844 de 28/09/90, conferida pelo Exmo. Secretário de Estado da Polícia Civil. 8.3 - Grão Mestre da Ordem do Mérito Policial Militar, conferido pelo Exmo. Sr. Secretário de Estado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em 01/12/1990. 8 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

8.4 - Medalha Mérito D. João VI, Ato de 25/04/1986, conferida pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. 8.5 - Medalha Tiradentes - Resolução 359/89 outorgada em 21/04/1992, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 8.6 - Benemérito do Estado do Rio de Janeiro, outorgado pela Resolução nº 291/93 em 18/08/1993. 8.7 - Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, conferido no Grau de Oficial, por resolução de 11/11/70, outorgado, em 11/08/92, Brasília, DF. 8.8 - Colar de Mérito de Mérito Judiciário, conferido pela Resolução nº 14 de 2/12/1974, em razão de relevantes serviços prestados à Cultura Jurídica e ao Judiciário Fluminense. 8.9 -Medalha de Honra da Magistratura Fluminense. 9. TRABALHOS REALIZADOS 9.1 - Autor de livro didático, editado pela Livraria Forense - “1.073 Perguntas de Direito Penal” - 4ªEdição. 9.2 - Ensaio sobre Responsabilidade Civil. 10. MINISTÉRIO PASTORAL 10.1 - Pastor da Assembleia de DEUS - Campo de São Cristóvão - filiado à CONFRADERJ e a CGADB. 10.2 - 2º Vice -Presidente da Assembleia de DEUS - Campo de São Cristóvão (durante quatro anos). 10.3 - Professor da Escola Dominical da Assembleia de DEUS - Campo de São Cristóvão. 10.4 - Transferido em 2006 para a Assembleia de DEUS do Campo de Petrópolis, tendo congregado na filial do Recreio. Em Dez/2010, transferiu-se para a Assembleia de DEUS Vitória em Cristo. 10.5 - Capelão Internacional pela UNIPAS, (Credencial 3160). 10.6 - Capelão da ANAMEL, Associação Nacional dos Magistrados Evangélicos.


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 9


10 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


ACAMPAMENTO DE PROMOTORES DE MISSÕES MUNDIAIS 2018 23 a 25 de FevereiroAcampamento Batista em Rio Bonito Investimento: R$ 198,00 até 19/01 / R$ 208,00 até 19/02 Inscrição: https://www.e-inscricao.com/missoesmundiais/acampamentorj Informações: Pr.Felipe Oliveira (21) 97484-0402 / felipe.oliveira@jmm.org.br — com Junta de Missões Mundiais.

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 11


O QUE SIGNIFICA SER MINISTRO E SERVO FIEL?

Quando o Apóstolo Paulo ensi- nou sobre como devemos ministrar e servir, ele disse:“Que os homens nos considerem, pois, como mi- nistros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer nos despenseiros é que cada um seja en- contrado fiel” (1Co 4.1-2). Você já deve ter ouvido alguém dizer que “quem não vive para ser- vir, não serve para viver”. A ênfase dessa palavra é que o propósito de Deus para as nossas vidas é que sejamos ministros e servos fiéis, pois o maior exemplo foi o do Senhor Jesus, que se tornou Servo, o qual sobre Si mesmo dizia: “O Filho do Homem não veio para ser ser- vido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” (Mt 20.28). Paulo também tinha esse sentimento, ele sabia qual era a sua responsabilidade de Servo de Deus, portanto, usa duas palavras especiais e um adjetivo, que do gre- go são traduzidas por ministros, servo e fiel. Elas nos ajudam a entender melhor o que significa ser ministro e servo fiel: A primeira palavra que Paulo usa para ministro é uphreths, que fazia referência ao escravo remador da última galera, o qual só seguia o ritmo 12 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

dos tambores. Esta palavra também foi utilizada para aquele que recebe ordens diretas do seu Senhor e deve cumpri-las sem questionar, logo, ministro não é o que tem função de poder, mas de serviço em obediência. A segunda palavra que Paulo utiliza é oikonomos, que fazia re- ferência ao encarregado de cuidar dos suprimentos da casa, ele de- veria não apenas prover, mas cui- dar dos pertences do seu Senhor, na Bíblia traduzida por despensei- ros ou mordomos, mas nesse texto o Apóstolo Paulo diz que precisa- mos ser “despenseiros dos mistérios de Deus”. Isso significa que Ele disponibilizou os recursos espi- rituais para a salvação e orientação espiritual de todos ao nosso alcan- ce. Ele nos confiou seus tesouros e recursos eternos para que os com- partilhemos aqui na terra, pela ação do Espírito Santo em nós e através de nossas vidas. A palavra grega que qualifica a condição de servos é pistós, que se traduz por fiel e que significa comprometido, leal, confiável, que honra a sua obrigação, dedicado, que tem credibilidade, que honra um acordo ou contrato e que tem palavra. Essa é a maior exigência de Deus: que seu ministro seja fiel! Nesse sentido, atributos humanos não têm relevância. Deus não re- quer capacidade, eloquência, bri- lhantismo, inteligência, ou que você seja cheio de dons. O que Ele espe- ra de nós é fidelidade! Quando formos avaliados por Deus, seu critério será: Você foi fiel ao Meu comando e chamada? Quando Paulo diz: “Que os ho- mens nos considerem, pois, como ministros de Cristo, e despensei- ros dos mistérios de Deus”, a exigência é que as pessoas ao seu re- dor vejam que você é um servo fiel de Cristo, um ministro, que como um remador subordinado, somente obedece ao seu Senhor e faz a sua parte. Fidelidade à missão, à Palavra, à vontade de Deus e ao chamado, é o que Ele espera de você e de mim mesmo, que sejamos exemplos dos fiéis em obediência.


Como servos, precisamos ser proclamadores do Evangelho à toda criatura, seguindo a ordem de Jesus: “Ser-me-eis testemunhas”. Essa é a mensagem final do nosso Senhor para nós, que queremos obedecer e fazer a Sua vontade. Não há outro propó- sito para a existência, a não ser reconhecer Jesus como o Senhor absoluto de nossas vidas e sermos ministros e servos fiéis! Houve um tempo em que a fide- lidade tinha um preço muito eleva- do. Havia risco de morte e muitos deram suas vidas, sendo mártires por amor a Cristo. Entretanto, hoje, é até popular declarar-se cristão, mas se fosse como no passado, qual seria nossa atitude? Fidelida-

de ou traição? Encorajando-nos à fidelidade, o Senhor Jesus em sua revelação de Apocalipse diz: “Não temas o que hás de padecer. Eis que o Diabo está para lançar al- guns de vós na prisão, para que sejais provados; e tereis uma tri- bulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Ap 2.10). Precisamos ser ministros e ser- vos fiéis! Pr. Amilton Vargas Diretor Executivo da CBF Membro da PIB Universitária

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 13


Dr. Gilberto Garcia

Sessão Especial do IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros) na Conferência Nacional da OAB no Anhembi em São Paulo (...) O último a falar, o presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa, Gilberto Garcia, abordou decisão recente do Supremo Tribunal Federal, que por seis votos a cinco entendeu que o ensino religioso nas escolas públicas pode ter natureza confessional, ou seja, vinculado às diversas religiões. Gilberto Garcia lembrou que 88% da população brasileira professa alguma religião e que existem hoje, no Brasil, 214 diferentes religiões ou grupos religiosos. Diante disso, ele apontou a inviabilidade de aplicação da decisão do Supremo, que chamou de “imbróglio”, e defendeu a elaboração de uma PEC que estabeleça que não haja ensino religioso algum nas escolas. Fonte: Portal IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros)

14 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 15


Dr. Gilberto Garcia IV ENCONTRO NACIONAL DE JURISTAS EVANGÉLICOS “(...) Juristas Evangélicos Brasileiros, registro fotográfico, Dr. Uziel Santana, presidente da ANAJURE, e, da FIACJ, e, Dr. Gilberto Garcia, presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa do IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros), juntamente com membros da Federación Interamericana de Juristas Cristianos (FIAJC), ANAJURE e ADVOCATES International participaram da XII Convenção Interamericana de Juristas Cristãos (XII CIAJC), o 4º Encontro Nacional de Juristas Evangélicos (4º ENAJURE), o Concílio Global da Advocates, realizado, em conjunto com representantes, do Painel Internacional de Parlamentares para a Liberdade de Religião ou Crença (IPPFoRB - América Latina), formando uma conexão de várias partes do globo (África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, Bulgária, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador, Espanha, Estados Unidos, Guatemala, Inglaterra, México, Panamá, República Dominicana e Uruguai) por meio de eventos paralelos realizados no Rio de Janeiro, em Niterói, entre os dias 16 e 19.11.17, discutindo sobre liberdade religiosa, reforma protestante, direitos humanos, etc. (...)”. Fonte: Portal ANAJURE

16 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 17


Rua Jeronimo de Abreu do Vale, 388 CEP 08275-520 São Paulo-SP (11) 988051329 Pr. Aurélio Rosa A IBPC está situada no Parque do Carmo - Zona Leste da Capital de São Paulo e tem por propósito principal adorar ao Senhor e fazê-lo conhecido entre todos.

18 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

RETOMAMOS NESTE DOMINGO O INTENSIVO DE PROPÓSITOS O ano velho já foi e iniciamos um novo ciclo na IBPC. Ainda faltam dois domingos para concluirmos o intensivo de propósitos. Neste domingo veremos as Classes 301 e 401 pela manhã e noite. Feliz ano novo!


NESTA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA COMEÇAREMOS O CICLO 2018 DO CR IBPC Muito provavelmente teremos conosco outra Adriana que foi recomendada pelo nosso querido João Carlos do RJ. Sejam todos bem vindos para sair da negação e provar do poder superior. Deus os abençoe

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 19


CARTA AOS HEBREUS: A SUPREMACIA DE CRISTO A Carta aos Hebreus exalta a pessoa de Jesus Cristo como a perfeita revelação de Deus e mostra que Cristo é superior aos anjos, a Moisés, à Lei, ao sacerdócio levítico e aos sacrifícios do culto judaico. A Carta apresenta Cristo como o único que pode levar a Deus e encoraja os cristãos a perseverarem na fé, a manterem a esperança e se conservarem fiéis a Jesus em todas as circunstâncias da vida. Atualmente a fé cristã está sendo atacada, os crentes estão sofrendo pressões para adotarem posicionamentos contrários aos ensinamentos de Cristo e dos apóstolos, o estudo da Carta aos Hebreus nos encoraja a suportar toda oposição por amor a Cristo. AS IGREJAS DO NOVO TESTAMENTO Em busca de nossas raízes A nossa época é diferente daquela em que viveram os primeiros cristãos, mas as raízes das igrejas são sempre as mesmas. Precisamos conhecê-las. Ao estudarmos as igrejas do Novo Testamento entenderemos sua natureza, características, pecados e virtudes, a fim de corrigir em nossas igrejas desvios por um lado, e, por outro, confirmar e fortalecer nossas convicções bíblicas e nossa atitudes cristãs.

MENSAGENS DAS CARTAS AOS TESSALONICENSES Os estudos desta revista foram escritos com o objetivo de que cada crente aprenda com o apóstolo Paulo sobre a santificação, a pureza, a eleição, a morte, a ressurreição, o arrebatamento, a apostasia, o homem do pecado e a vinda de Jesus. O leitor será encorajado a viver o cristianismo mesmo no meio de uma sociedade que se opõe a Cristo e ao evangelho.

20 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Da escravidão à aliança com Deus

Ao fazer aliança com Israel, Deus estabeleceu com o povo uma relação peculiar, pois o transformou em sua propriedade dentre os demais povos, fez deles um reino de sacerdotes e uma nação santa. É isto o que Deus faz hoje com quem crê em Jesus: liberta da escravidão do pecado e estabelece uma aliança com ele, transformando-o em sua propriedade, em sacerdote real, leva-o a fazer parte de uma nação santa e lhe dá uma missão sem igual.

1Coríntios: Soluções para crises da igreja 13 estudos que apresentam os problemas da igreja de Corinto e como o apóstolo Paulo lidou com eles, deixando princípios que se aplicam para solucionar as crises das igrejas atuais.

Autores: Pr. Dinelcir de Souza Lima Profa. Delcinalva de Souza Lima ADORAÇÃO E MORDOMIA Revista com 13 estudos, sendo 5 sobre adoração e 8 sobre mordomia cristã. Nos estudos sobre adoração são apresentadas as bases bíblicas da adoração que agrada a Deus. Nos estudos sobre mordomia são apresentadas as bases bíblicas da mordomia, do uso do dinheiro, do dízimo, do sustento ministerial e a mordomia do corpo e da mente. São estudos para levar sua igreja a adorar em espírito e em verdade e para fazer de cada crente um fiel mordomo de Jesus, compreendendo sua responsabilidade, inclusive no sustento da igreja e do ministério.

Mais revistas no site: www.revistafidelidade.com.br Desconto de 30% Entre em contato já! janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 21


Primeira edição do “Conecta”, mobiliza os jovens do sul de Minas O mês de novembro foi impactante para quase 450 jovens, que participaram do Conecta 2017. O evento, realizado pela Juventude Batista do Sul de Minas (JUBASUL), em parceria com a Associação Batista da região (ASSIBASUL), aconteceu simultaneamente em 3 cidades, e teve como tema “Simplesmente Cristo”, em alusão ao ano em que se comemora os 500 anos da Reforma Protestante. Aintenção de realizar o evento surgiu nos corações do Pr. Natan Nogueira Costa, da Primeira Igreja Batista em Guaxupé e do Pr. Aleksander Prouse, da Primeira Igreja Batista em Itajubá. “Nossa intenção foi mobilizar a JUBASUL. Queríamos abençoar os adolescentes e jovens da região, por meio de uma programação relevante, com uma boa palavra. O tema ‘Simplesmente Cristo’ surgiu da ideia de usar um dos ‘Solas’ da Reforma, repaginado”, comentou o Pr. Natan. “O nome ‘Conecta’, surgiu pelo objetivo maior do evento, que é unir as juventudes. Queremos caminhar em mais projetos ao longo dos anos, mas primeiro precisávamos unir estes adolescentes e jovens”, comentou o Pr. Aleksander. As cidades de Alfenas, Varginha e Pouso Alegre, foram escolhidas de forma estratégica, permitindo que jovens de toda a Associação participassem. “A escolha de 3 locais diferentes, permitiu que mais jovens pudessem participar. Se você faz um evento deste em apenas uma cidade, acaba restringindo a participação para os que estão mais próximos. Quando você descentraliza, você permite que mais pessoas participem”, comentou o Pr. Daniel dos Santos Ribeiro, Coordenador da ASSIBASUL. O evento foi uma ótima oportunidade para que os jovens do sul de Minas se aproximassem. Quem participou pôde rever amigos, fazer novas 22 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

amizades, conhecer pessoas de outras igrejas, além do principal, adorar a Deus, aprendendo mais sobre o exemplo de Jesus Cristo. “Creio que o tema escolhido foi relevante e atual. Quando o jovem perde o ‘Somente Cristo’ de foco, todas as outras escolhas de sua vida colapsam. O tema também se torna ainda mais relevante, pois em minha experiência tenho percebido que a maioria dos jovens não faz a conexão entre Jesus e seu dia a dia, eles precisam ser ajudados nesse sentido”, comentou o Pr. Samuel Stroppa, da Primeira Igreja Batista em Extrema, e preletor do evento na cidade de Pouso Alegre. Para os participantes, o evento foi “uma benção! Oportunidade de fortalecer amizades, conhecer gente nova e principalmente de adorarmos ao nosso criador como juventude”, comentou Patrícia Ferraz Apolinário da PIB de Itajubá. Foi também “extremamente importante, pois pude ouvir e avaliar minha vida com Deus, de como tenho vivido e agido diante de diversas áreas. Também me senti agradecida de ver que ainda existem tantos jovens dispostos a lutar para buscar a santidade, estando firmes nos caminhos do Senhor”, falou Naara Nogueira, da PIB em Cambuí. Além de ter “um bom passo para uma nova caminhada para o trabalho do Senhor no Sul de Minas”, comemorou Vanessa Oliveira, líder dos Jovens da PIB em Alfenas. As próximas edições do CONECTA já tem data marcada: 10 de março de 2018 – Conecta Regional 25 de agosto de 2018 – Conecta Sul de Minas 10 de novembro de 2018 – Conecta Regional Mais informações entre em contato com o Pr. Natan Costa, pelo telefone (35) 98829-5882


Trabalho Batista é reconhecido em Cássia-MG O Pastor e Missionário Rony Cleiton e sua esposa Andreia Cristina Barbosa, foram homenageados no último dia 18 de dezembro, na Câmara Municipal de Cássia, com a medalha “Desembargador Hélio Costa”, O casal foi escolhido para receber está homenagem, pelo relevante trabalho social que vêm realizando na região, por meio de ações que buscam promover o cuidado com as crianças, adolescentes e jovens, para que não se envolvam no mundo das drogas. “Ficamos muito felizes com esta homenagem, porque é o reconhecimento do cumprimento da missão da Igreja em Cássia. É impossível ser igreja sem ser relevante para a sociedade. Nossa missão é ser luz do mundo, gerando vidas capazes de trazer transformação social e espiritual a todos que necessitam. Todos os nossos projetos são para a glória de Deus. Em cada um, falamos do amor de Deus e incentivamos cada criança, jovem e adolescente a fazerem boas escolhas para sua vida”, comentou o missionário. A cada dois anos, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais escolhe uma pessoa ou instituição que estejam realizando trabalho relevante para a sociedade, procedendo a entrega desta honraria. A votação que escolheu o Pr. Rony Cleiton, contou com a participação do Prefeito da cidade, do presidente da Câmara Municipal, do presidente da OAB (Sessão Cássia) e também do promotor de Justiça.

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 23


Cenacon

Avenida Vereador Edmundo Cardillo, 3.550 CEP 37706-106 Poรงos de Caldas-MG. 24 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


(35) 2101-9807 hotel.eventos@vilageinn.com.br Informaçþes do ingresso cbb2018.com.br janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 25


“CUIDADO COM O CUPIM”

Pr. Moizés de Oliveira

Conta-se que um milionário mandou construir um navio de cruzeiro. Queria o melhor, o mais bonito e mais seguro. Após consultar especialistas, mandou que seus empregados não poupassem tempo nem dinheiro para procurar a tal espécie de madeira tão especial que lhe haviam recomendado como a melhor de todas, a mais nobre, a mais forte e resistente, porem, não muito fácil de ser encontrada. A saber que a tal madeira seria encontrada numa área particular, ofereceu aos proprietários da área um bom dinheiro para que estes mesmos desmatassem 26 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

e preparassem a madeira em pedaços pequenos, como recomendado pelos engenheiros responsáveis pela construção do navio. Recomendou aos trabalhadores que descartassem qualquer pedaço de madeira que não estivesse 100% boa, sem nenhuma marca, nó ou outra coisa qualquer que comprometesse a qualidade. Deveriam ser cortadas em pequenas tiras. Para que o trabalho fosse garantido, escolheu dois dos melhores carpinteiros para prepararem as madeiras.


Após semanas de trabalho, um dos carpinteiros observou que uma das tiras apresentava uma marca quase invisível. Como eram especialistas, logo perceberam que se tratava de um buraco feito por um cupim. Um dos homens disse da importância do trabalho encomendado e sugeriu que descartassem todas as madeiras oriundas da mesma árvore. O homem que encontrou, não querendo refazer todo o trabalho, propôs ao outro tirar o cupim, que deveria ser o apenas um e continuassem o trabalho para não atrasar a encomenda e ter que cortar outro monte de madeiras. Olhou com cuidado o furo, e com muito jeitinho, sem estragar a madeira, conseguiu tirar um cupim que estava naquele furinho. Terminado o trabalho, entregaram a encomenda. O navio foi construído, sendo considerado o mais resistente e belo entre todos. As viagens começaram. Eram idas e vindas, sempre com muita gente a bordo. Após alguns anos, durante uma das viagens, o capitão ouviu um barulho estranho no navio e percebeu que ele estava começando a tombar para um dos lados. Desceu com sua equipe imediatamente ao porão e qual não foi sua surpresa ao ver a estrutura do navio se esfarelando, destruída por cupins, até tombar completamente e afundar. Pela negligência de um dos carpinteiros, que se deu por satisfeito ao matar um único cupim, não se deu o trabalho de verificar se não havia mais cupins, nem quis ter trabalho em preparar outro

tanto de madeira, descartando àquelas provenientes da mesma árvore, para não contaminar as outras madeiras saudáveis, mesmo após um inicio seguro, lucrativo, agradável, perdeu-se um navio inteiro. Um sonho. Várias vidas. Assim tem acontecido recorrentemente nas famílias, nas escolas, nas igrejas, nas instituições de um modo geral. Ao se detectar a presença de “cupim”, começa a busca, e ao achar o primeiro e mata-lo, descartalo, coloca-se uma “massinha”, um adorno, ou outra coisa qualquer para disfarçar o “furinho”, afinal ele é tão pequenininho, mas tão pequenininho que, alem de não ser notado, não “contaminará” o restante da obra. A obra continua, afinal, “não podemos parar”, pode parecer recuo, inoperância, incompetência, então, em nome da celeridade, da necessidade de retorno imediato, de mostrar logo os resultados e começar a desfrutar dos benefícios da obra, vamos em frente, e com o tempo o resultado não tem sido outro que não seja um grande prejuízo. A contaminação da parte boa pela ruim que não foi arrancada, extirpada, leva todo o conjunto a morte, a perda, a destruição. Precisamos deixar o comodismo de lado e jogar fora toda a parte que estiver contaminada, substituindo-a por peças saudáveis, mesmo que para isso tenhamos que recuar e começar de novo, caso contrário continuaremos e perder, perder e perder. . . até quando.

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 27


No número anterior você ficou sabendo do grande prejuízo material e de vidas que se perderam, que, por causa de um único cupim que, por acomodação, por não querer perder um tempinho, para não ter um pequeno trabalho a mais, tendo encontrado um cupim que tinha feito um “furinho” na madeira que estava sendo preparada para construir um navio de cruzeiro, os responsáveis pelo preparo da madeira que seria usada, encontraram um único cupim, o mataram, fecharam o “furinho” que tinha sido feito pelo cupim, usaram aquela pedacinho de madeira contaminada, juntando às outras madeira boas, que ao final de um bom tempo também foram contaminadas e destruíram aquele navio. Na maioria das vezes, seja em nossa vida particular, em nossas instituições, empresas, em nossas relações, aparece um pozinho indicando a presença de cupim. Como no início a quantidade de “pozinho” é “tão pequena”, e a sujeira provocada é mínima, quase imperceptível, não incomoda nem mancha o visual, é apenas um “furinho”, que ignoramos, deixamos de lado, afinal, é um único “furinho”, “não é nada demais”, diriam uns, “não faz diferença”, diriam outros, afinal, para que me preocupar com uma coisa tão insignificante, que não atrapalha o meu dia-a-dia, que não faz diferença em nossas empresas, que não fragiliza nossas instituições, que não interfere no conjunto de nossas relações? Quando começa aparecer o “pozinho” provocado pela ação do cupim na madeira, nos nossos móveis, é porque ele já está instalado no interior da madeira. No inicio limpamos, removemos a “sujeirinha” que o cupim provoca, e as “sujeirinhas” continuam surgindo, sempre aos poucos, enquanto 28 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

isso, no interior da madeira, do móvel, o cupim já se multiplicou e está tomando conta do seu interior, deixando o seu exterior intacto. Na medida em que ele vai se espalhando no interior, vai aumentando a área de destruição. Embora esteja aparentando estar perfeita, pronta habilitada para sua finalidade, chega o dia que aquela madeira, àquela móvel, de aparência tão perfeita, bonita, se esfarela, cai, provocando “perplexidade” naqueles que não cuidaram, afinal, era “apenas um furinho que provocava um pozinho”. Quando chega a esse ponto, não tem mais jeito, o prejuízo é total, aquela madeira e aquele móvel estão inutilizadas, para nada mais prestam. Em nossas relações, empresas, instituições e até mesmo em nossa vida própria vida, muitas das vezes vai aparecendo um “pozinho”, “apenas um furinho”, e vamos deixando de lado, afinal por fora “ninguém repara, ninguém vê”, não altera a aparência, não atrapalha nossos relacionamento, não interfere nas atividades de nossas instituições, não provoca prejuízo em nossas empresas, embora diminua “um pouquinho” o lucro não alterando significativamente o resultado final. Aí está o perigo. Vamos ignorando os pequenos problemas, as pequenas falhas, sejam elas pessoais, sejam materiais, deixamos instalados em nosso interior e ele vai nos contaminando sem que percebamos, até que chega o dia em que aparece o estrago feito, a destruição e dizemos “não é possível, como não percebi isto?”, “não dava para perceber que isto estava acontecendo?”, “o que fazer agora?” Na maioria das vezes o nosso não agir, não corrigir o erro no início, por temos que, mexer em partes não contaminadas, vamos deixando de lado, ignoramos, ficamos focados só na parte boa, até mesmo viramos nosso olhar para não ver os pequenos estragos, maquiamos àquilo que provocou danos para ninguém ver, leva-nos a destruição total. Aí estão instalados nossos erros, não querer arrancar, tirar, jogar bem longe, eliminar o que está errado, embora muitas das vezes repitamos que o “mal se mata pela raiz”. Se em nossas relações tem algo diferente, incomum, que não faz parte de nós, temos que eliminar, resolver, pois pode ser um único cupim querendo encontrar espaço para destruir nossas amizades, casamentos, etc. Se em nossas empresas e instituições aparece algum resultado, alguma ação, um pequeno prejuízo, uma despesa estranha às nossas finalidades, aí pode ser um foco de cupim que, se não resolvermos, eliminarmos, mesmo que ocupe parte do nosso tempo estaremos iniciando nossa caminhada rumo à destruição, à ruína. A maquiagem, a máscara, o enfeite, com o tempo cai e aparece a realidade, que machuca, dói, enfim destrói. Aja antes que seja tarde. É melhor perdermos um pedaço daquilo que faz parte de nós, do que perdermos o todo.


Como vimos nas reflexões anteriores, esse danadinho do cupim, tão pequenino, praticamente invisível aos olhos da maioria, que começa trabalhando em silêncio, causa grandes prejuízos. Isso mesmo, não é o caso de ter “cuidado, ficar de olho vivo, estar atento, etc., porque “pode causar” prejuízo”. Não. O cupim é causador de uma destruição silenciosa que pode destruir, não somente a parte onde ele é identificado, mas o todo, se não for eliminado a tempo. O homem em regra deixa-se levar pela aparência. Daí, a grande preocupação dominante nos dias de hoje com a aparência externa. “Como vão me ver”, “como vou aparecer na fita”, “tenho que impressionar”, “tenho que causar boa impressão”, “não quero que percebam que não estou legal”, “não podem perceber nossas fragilidades”, “não podemos expor nossos pontos fracos para os outros”, etc., etc., etc., são frases que denunciam o foco de boa parte das pessoas. Por mais que queiramos nos enganar, nos colocar à margem dos pensamentos e afirmativas acima, às “preocupações” elencadas no parágrafo anterior, esta presente nos relacionamentos familiares, no trabalho, na escola, na igreja, nos clubes, enfim, em todos os lugares onde exista um agrupamento de pessoas. Quantas vezes ouvi de lideranças famosas frases, como: “o momento não recomenda tal atitude, estamos fragilizados”, “é melhor não agir agora porque pode reverter contra nós”, “se fizermos isso vamos nos expor”, “politicamente não é o momento”, etc., etc. Ora, tudo isso demonstra claramente fragilidades que, se tocadas, se desmancham, se esfarelam, mostra-se um estado interior nada apreciável e/ou recomendável, tal como a madeira carcomida pelo cupim, que por fora mantém uma aparência intacta, inabalável, bonita, perfeita, mas, quando àquilo que está no seu interior aflora, o resultado do “trabalho do cupim”, aparece, vê-se a realidade, o que estava por trás da boa e inabalável aparência. Identificados os focos de cupim, chega-se o momento de elimina-los. E como é difícil eliminar os focos de cupim. É tão trabalhoso, e as pessoas estão tão ocupadas, afinal não dá para parar apenas por causa de um mísero, insignificante cupim. Assim, em regra, corta-se a parte onde se vê o resultado do ataque do cupim, troca-se por uma “peça” nova, remenda-se, é vida que segue, afinal, não podemos parar, não podemos jogar tudo fora por causa de um cupim.

Vamos aproveitar o que está com boa aparência, “intacto” e dar continuidade a vida, às atividades, ao calendário que não pode parar, etc. Eliminar o cupim destruidor de estruturas, de obras completas, não é fácil. Uma vez identificado o foco, é necessário ir alem, muito alem de onde nossos olhos podem alcançar. Exige observação cuidadosa, olhar todos os lados, todo o entorno, ir além, muito alem do alcance de nossas vistas, afinal, o cupim não caiu de paraquedas no lugar onde foi encontrado, no lugar onde deixou sua marca de destruição e, em regra, não deixa marcas de onde veio, nem para onde vai, simplesmente chega, se aconchega, pacientemente vai ocupando espaço, aumentando silenciosa e destrutivamente a área ocupada. Como estamos sempre “assoberbadíssimos”, vez que, antes mesmo de terminarmos um projeto, de avaliarmos o andamento, o resultado ou possível resultado de um projeto em execução, já iniciamos outro projeto, normalmente sem nenhum liame com o projeto anterior, não temos tempo a perder para, parar para analisar como andam “as coisas”, como estão às estruturas, enfim se a casa se mantém arrumada e intacta. E assim, vamos mantendonos ocupados com as “novas” realizações, com a manutenção das aparências, etc., com a amostragem dos “resultados”, afinal, “tenho que impressionar”, tenho que “mostrar trabalho” e trabalho se mostra com uma bela fotografia, uma bela imagem no telão – aparência, aparência . . . . Quando se encontra o foco do cupim, não basta limparmos o local e substituir uma parte da peça. Na maioria das vezes é necessário arrancar a peça inteira, imunizar o local, verificar com todo cuidado o caminho percorrido pelo cupim, que muitas das vezes está localizado estrategicamente bem longe do local onde ocorreu o evento danoso, a destruição. A grande dificuldade em eliminar definitivamente o cupim, se concentra no conservadorismo, na política de menor esforço, nas soluções paliativas, na “pena” de ter que eliminar peças que aparentemente “ainda podem ser usadas”, “ainda podem ser úteis”, embora contaminadas. Nós, nossos lares, instituições e igrejas só ficarão livres do elemento silencioso e destruidor quando tiver coragem de “cortar na própria carne”, arrancando toda parte contaminada e o que estiver em seu entorno, se necessário for. Assim, teremos um crescimento saudável e real. NÃO ÀS FALSAS APARÊNCIAS. FORA O CUPIM. janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 29


https://editoracristaevangelica.com.br

30 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 30


32 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 33


34 | VIGIAI VIRTUAL 70 | dezembro de 2017


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 35


INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UM SEMINÁRIO VTI

Reserva de data

Escolher no site VTI uma data que melhor atenda sua igreja, e em seguida contatar o Coordenador VTI para acerto dos detalhes pelos e-mails: odilon@vidatotaldaigreja.com.br, vidatotaldaigreja@gmail.com Número de participantes A sugestão é que haja o mínimo de 50 participantes no Seminário, e que se estenda o convite para outras igrejas da cidade ou região. Porém, a participação da igreja hospedeira é que dará sustentação para o Seminário. Duração do Seminário São necessárias 10 horas para a ministração do seminário. Pode-se fazer o programa que melhor atenda a igreja local, mas geralmente se inicia na sexta-feira à noite, prossegue no sábado pela manha, tarde e noite. No domingo pela manhã pode haver um resumo de uma hora e meia de Pessoas Compartilhando Jesus, e logo após a igreja sai às ruas para a parte prática,  a evangelização de casa em casa. Encerramento pode ser no domingo a noite com um grande culto evangelístico. Programa sugerido: Sexta-feira – 19:30 às 21:30 horas Sábado – 09:00 às 12:00, 14:00 às 16:30, 19:30 às 21:30 horas Domingo – 09:00 às 10:30 horas – Mensagem de despertamento com o tema: Paixão Pelas Almas. Domingo – 10:40 às 11:30 horas – Parte prática - Evangelização de casa em casa. Domingo – 11:30 às 12:00 horas – Encerramento – Colheita dos resultados Domingo à noite: Encerramento: Grande culto evangelístico Livro texto Os participantes pagarão pelo livro texto que será utilizado no Seminário.  A compra do material não é obrigatória, pois é importante a participação de toda a igreja, e não somente de sua liderança. No site VTI estão os preços do 36 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

material: www.vidatotaldaigreja.com.br - Clicar em “Loja”  no menu principal. O material deve ser solicitado com 30 dias de antecedência e serão enviados pelo correio.  Deve-se acrescentar R$3,00 em cada livro para cobrir o custo do frete. O Ministério VTI facilita o pagamento para os participantes, podendo ser parcelado através de cheques pré-datados,  boletos bancários e Cartão de Crédito em 3 vezes sem acréscimo. Sendo o seminário realizado no estado de São Paulo, geralmente o Coordenador vai de carro, e neste caso ele levará consigo todo o material, não havendo necessidade de solicitar o material com antecedência, e nem haverá cobrança dos R$3,00 para cobrir o frete. RESPONSABILIDADE FINANCEIRA DA IGREJA LOCAL
 Logística do evento A sugestão é que a igreja local cubra os custos básicos do seminário, e que não sejam colocados no preço da inscrição,  o que inviabilizaria uma participação expressiva dos membros da igreja, e que, dentro do possível, não seja cobrada inscrição.  Havendo almoço na igreja, cobrar individualmente dos que almoçarem, e não colocar o preço na inscrição. Despesas com preletor Inclui a hospedagem e o transporte desde Santos, no Litoral Paulista, até ao local do evento. Em distancia de até 400 quilômetros, a viagem pode ser de carro. Sendo distancia maior é necessário ser passagem aérea.  A hospedagem pode ser, de preferencia, em hotel, mas havendo necessidade, em residências, sem problemas. Dentro das possibilidades, a igreja deve fazer uma oferta de amor para o Ministério Vida Total da Igreja.


Publicidade

ou DOC)

A publicidade deve despertar o interesse e o envolvimento do maior numero possível dos membros da igreja local e outras igrejas da cidade e região. Para motivar a igreja podem ser usados os depoimentos escritos e em vídeos que estão no site, incluindo o Vídeo Institucional VTI. Clique aqui. Pode-se usar o boletim dominical transcrevendo alguns testemunhos, e também usar o Datashow para os depoimentos em vídeo. Acessar o site VTI e clicar em “Conheça VTI/Depoimentos” . Para modelos de cartazes, fotos,  certificados, logos, fichas, e outros, clicar em “Downloads” e depois clicar no Seminário desejado. O Ministério VTI enviará as artes prontas e personalizadas para a igreja e que podem ser ajustados e modificados conforme necessidade, inclusive pode-se incluir o logo da igreja: Cartaz, ficha de inscrição, ficha de visitação, lista de presença, certificado e crachá.

Imprimir e cortar a “Ficha de Visitação Evangelística” que será usada na visitação de casa em casa no domingo pela manhã. As equipes serão formadas por 2 ou 3 pessoas treinadas, e cada equipe levará pelo menos 10 fichas.

A Publicidade a nível nacional é feita pelo Ministério VTI através da Revista Compromisso, da internet e outros meios. Veja os Informativos VTI anteriores. PROVIDENCIAS A SEREM TOMADAS PARA A REALIZAÇÃO DO EVENTO Acessando o site VTI www.vidatotaldaigreja. com.br, são encontradas todas as informações, e toda orientação para a realização do seminário, clicando em “Downloads”. Abaixo os modelos das artes que o VTI enviará personalizados para a igreja hospedeira. Ficha de Inscrição (Modelo PDF ou DOC) Imprimir a “Ficha de Inscrição” e atentar para que haja o registro de todos os participantes do Seminário, incluindo mesmo aqueles que estiverem presentes apenas a uma reunião. Uma pessoa deve ficar com esta responsabilidade e, dentro das possibilidades, distribuir estas fichas com antecedência para toda igreja e também nas igrejas convidadas.  Deixar claro que haverá inscrição no local também. Ficha de Visitação Evangelística (Modelo PDF

Levantamento de Ruas Fazer levantamento das ruas próximas ao templo que serão visitadas no domingo. São necessárias de 10 a 15 ruas, e em cada rua haverá  duas equipes, uma de cada lado da rua. Toda a orientação para a divisão das equipes será dada no treinamento, domingo pela manhã. Lista de Presença (Modelo PDF ou DOC) Imprimir a lista e fazer o controle de presença em todas as reuniões. Normalmente são realizadas 05 reuniões: 1a reunião: Sexta-feira à noite. 2a.reunião: Sábado pela manhã. 3a reunião: Sábado à tarde. 4a reunião: Sábado à noite. 5a.reunião: Domingo pela manhã. A culto de domingo à noite não conta como uma reunião. Será realizado um grande culto evangelístico. Certificado VTI (Modelo PDF ou DOC) Imprimir e preencher os certificados para todos os que participarem de, no mínimo, 70% das reuniões, ou 03 reuniões das 05 realizadas.  Intervalos Deve-se planejar os intervalos de 10 a 15 minutos durantes as reuniões, e oferecer cafezinho com bolacha, sucos etc. Coloco-me a disposição para qualquer outro esclarecimento. Muito obrigado! Pastor Odilon dos Santos Pereira (13) 3251-1948 –99783-4411(WhatsApp) www.vidatotaldaigreja.com.br odilon@vidatotaldaigreja.com.br
 vidatotaldaigreja@gmail.com

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 37


REDE BATISTA DE EDUCAÇÃO http://redebatista.edu.br

38 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


A capacitação profissional é um dos requisitos básicos para manter a qualidade da equipe e, consequentemente, a produtividade de uma empresa. Por isso, a Rede Batista de Educação investe em seus colaboradores e nas escolas parceiras, para atender às demandas do mercado educacional. Assim, este encontro de capacitação das escolas parceiras foi marcado por um assunto em alta no setor de educacional: “O que é educação bilíngue e sua importância”. Para falar sobre esse assunto e esclarecer dúvidas, convidamos a diretora da Escola Batista de Idiomas, Rita de Cássia Miranda. O evento aconteceu na tarde do dia 19 de outubro, no auditório da direção-geral da Rede Batista, e, ao final, os participantes receberam certificado de participação emitido pela Rede Batista de Educação. De acordo com o diretor-geral da Rede Batista de Educação, professor Valseni Braga, “é pela capacitação profissional que as pessoas adquirem melhores técnicas de ação e conhecimento específico sobre as necessidades da corporação; além disso, promovemos proximidade com as escolas parceiras e retorno garantido para ambas as partes”. Segundo o diretor de Comunicação e Expansão da Rede Batista, Claudinei Franzini, o número de escolas parceiras já soma 44, e é um programa continuado de parceria que garante o desenvolvimento dos profissionais dessas instituições. “Somos parceiros da Rede Batista: indico aos nossos pais de alunos, ao término da educação infantil, que matriculem seus filhos na Rede, dando prosseguimento aos estudos dos seus filhos”, explica a diretora da Escola Recanto Feliz, Rosimeire. Seja uma escola parceira da Rede Batista. Acesse http://redebatista.edu.br/colegio-batista/servicos/ lista-de-convenios/ e conheça as vantagens.

Diretora Rita de Cássia ministrou sobre o bilinguismo e sua importância

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 39


40 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 41


IGREJA BATISTA MEMORIAL DE SANTA CRUZ SANTA CRUZ - RIO DE JANEIRO - RJ.

Pastor Gilson do Carmo Batista 42 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


VOCÊ ESTÁ COM SAUDADE DAQUELA IGREJA BATISTA ANTIGA, ONDE SE SENTIA MUITO BEM COM O MODELO DE CULTO E ATIVIDADES? SAIBA QUE ESSAS IGREJAS AINDA EXISTEM. É SÓ PROCURAR! QUERO APRESENTAR-LHE UMA: A IGREJA BATISTA MEMORIAL DE SANTA CRUZ - Rua dos Bandeirantes, 34 - KM-55 da Avenida Brasil Santa Cruz - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 23575-250 - Tel: (21) 2418-2455). SABEMOS CONCILIAR O ANTIGO COM O NOVO, SEM PERDER OS VALORES HISTÓRICOS! HORÁRIOS: DOMINGO: 08:30/09:35 horas - Culto Matinal 09:36/11:00 horas - EBD 17:45/18:45 horas - Classe de Preparação Para o Batismo 19:00/21:00 horas - Culto Vespertino de Celebração 5ª FEIRA: 19:15/20:15 horas - Culto de Estudo Bíblico e Oração. 20:16/21:30 horas - Ensaio do Coro Oficial da igreja. NOTA: 1 - Contamos também com MCM (senhoras e

moças) / SOIMA (senhores e rapazes) / JUABA (Juventude e Adolescentes) / Embaixadores do Rei (meninos e adolescentes) Mensageiras do Rei (meninas e adolescentes) / Deptº Infantil (crianças, em algumas atividades). 2 - A ORAÇÃO e a EVANGELIZAÇÃO EXTERNA são muito importantes para nós. Além do culto semanal na Sede, mensalmente realizamos o Culto Matutino a cada 1º domingo (07:00/08:00 horas) e Semana de Oração nos Lares. 3 - Ministério da Família (GRIFAM): Buscando a salvação e a consolidação das Famílias com Cristo. VENHA VISITAR-NOS!

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 43


www.ibmares.org

Pr. IsaĂ­as Lins Presidente

44 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


O Procedimento Dos Filhos Da Luz Enilda Falcão Lins devemos viver o nosso dia a dia. Ser santo, separado, diferente das demais pessoas do mundo, deve ser o nosso ideal. Tantas coisas erradas teremos que deixar de fazer, tal como a mentira, não dar lugar ao diabo, deixar de furtar, ter cuidado com a nossa língua para que não digamos palavras torpes, não pratiquemos a maledicência, em fim, devemos ter cuidado com o Espírito Santo, para que não o estejamos entristecendo com nossos atos e atitudes.

Efésios 4. 17-32 “Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades! Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês.” Vs. 31-32. Tive a oportunidade de assistir pela televisão uma entrevista com a atriz Glória Pires, em que a entrevistadora perguntou: “Glória, qual é o seu principal defeito? E a atriz sem relutar respondeu: A maledicência, que eu acho muito feio, mas, ela está debaixo dos meus pés”. Interessante como a atriz me passou que possui um senso moral muito forte, e que aquele grande defeito já estava sob controle. Estava “debaixo dos seus pés” Ouço muitas vezes algumas pessoas dizerem que certas práticas estão amarradas “em Nome de Jesus”, e vez por outra estão usando esta expressão, inclusive dizendo que “o inimigo está debaixo dos seus pés”. Muitas vezes estas frases não passam de simples jargão.

Tem sido a ira, a cólera, o ódio, a maledicência, o insulto e a amargura uma forma muito comum de magoarmos nossos irmãos, amigos, familiares e, sobretudo, o Espírito Santo. Enquanto não permitirmos que Ele controle e transforme os nossos temperamentos, andaremos de forma trôpega, e inconstante, praticando essas coisas, “amarrando os espíritos de ódio, ira, maledicência e colocando-os debaixo de nossos pés” vez por outra... Como temos tratado nosso cônjuge? Nossos filhos? Os vizinhos? Os colegas de trabalho? Colegas da escola ou da Faculdade? Nossos irmãos na igreja? Efésios 5. 1-2 diz: “Vocês são filhos queridos de Deus e por isso devem ser como ele. Que a vida de vocês seja dominada pelo amor, assim como Cristo nos amou e deu a sua vida por nós, como uma oferta de perfume agradável e como um sacrifício que agrada a Deus!”. Reflexão: Como você gosta de ser tratado? Com amor, respeito, carinho, sinceridade, honestidade? Então, basta colocar em prática Mateus 7 .12, que diz: “Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês.” Amém?

Fonte: http://www.ibmares.org/index.php?option=com_content&view=article&id=311:enilda03092013&catid=34:devocionais&Itemid=57

No texto de hoje Paulo fala sobre “O Procedimento dos Filhos da Luz”, nos exortando sobre como janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 45


Quem é Rubens Teixeira?

As 25 Leis Bíblicas do Sucesso, em coautoria com William Douglas, que foi primeiro colocado nos principais rankings do Brasil, com mais de 250 mil cópias vendidas no país e sendo lançado em vários países, alcançando os mais vendidos inclusive na Letônia,[3] publicado pela editora Sextante[1] Como vencer quando você não é o favorito, recém lançado no Brasil, publicado pela editora Sextante, e com contrato assinado para lançar em Londres,.[4] Sociedade com Deus, em coautoria com William Douglas, continuação do “As 25 Leis Bíblicas do Rubens Teixeira (Rio de Janeiro, 11 de outubro de Sucesso”, publicado pela editora Sextante [5] 1970) é um escritor dentre os mais vendidos em Assustadoramente Ricos, em coautoria com 2014 e 2015 do best seller As 25 Leis bíblicas do William Douglas sucesso,[1] que está sendo traduzido em vários Desatando o nó do crescimento econômico: idiomas e lançados em vários países, defensor propostas econômicas e jurídicas para o do dinheiro virtual.[2] No dia 08/05/2017, a Justiça sistema financeiro nacional, em coautoria com Federal determinou que o Sr. Rubens Teixeira os doutores em economia Márcio Araujo e deixasse de receber cumulativamente salários Henrique Forno.[6] do Banco Central do Brasil e da Prefeitura do Desatando o nó do Brasil: propostas para Rio de Janeiro. A Juíza Maria Kanto considerou destravar a economia e travar a corrupção, em que Rubens estaria se beneficiando ilegalmente coautoria com os doutores em economia Márcio dois salários, uma vez que só teria direito a um Araujo e Henrique Forno.[7] dos vencimentos públicos.O processo agora foi Sua biografia é narrada no livro Do monturo enviado para investigação do Ministério Público Deus ergue um vencedor,[8] de autoria de Jorge Federal [4] Rubens Teixeira conseguiu reverter Videira. a liminar e o processo segue em julgamento na Justiça Federal. [5] Biografia [Rubens Teixeira da Silva] [10] nasceu em 11 • Analista do Banco Central do Brasil • Ex-diretor de outubro de 1970, em Rocha Miranda, Rio de financeiro e administrativo da Transpetro • Oficial Janeiro. É o terceiro filho, de seis, de Paulo da da reserva do Exército • Professor universitário Silva e Darcy Teixeira da Silva. O pai ascensorista • Escritor • Palestrante • Radialista • Doutor e a mãe do lar. Passou boa parte de sua infância em Economia (UFF) • Mestre em Engenharia no bairro de Santa Margarida em Campo Nuclear (IME) • Pós-graduado em Auditoria Grande, Cidade do Rio de Janeiro. Cursou o e Perícia Contábil (UNESA) • Engenheiro de ensino fundamental, antigo primeiro grau, do Fortificação e Construção (IME) • Bacharel em ano de 1976 a 1984, na Escola Municipal Lycio Direito aprovado na prova da OAB-RJ (UFRJ) de Souza Carvalho e na Escola Municipal Barão • Bacharel em Ciências Militares (AMAN) • de Santa Margarida – apenas a última série foi Membro da Associação dos Diplomados da ESG cursada na segunda escola. • Membro Titular da Academia Evangélica de O ensino médio, antigo segundo grau, foi Letras do Brasil (AELB) cadeira nº 37 • Prêmios cursado entre os anos de 1985 e 1987, no Tesouro Nacional, com sua tese de doutorado Colégio Estadual F. A. Raja Gabaglia e no em Economia, e Paulo Roberto de Castro, com Colégio Martins – apenas a terceira série foi sua monografia de Direito • Médaille de Vermeil neste último. Aos nove anos de idade já havia de la Societé d’Encouragement au Progrès lido toda a Bíblia. Os resultados que obteve ao (França) • Troféu Dom Quixote da Revista Justiça longo da vida são atribuídos, em grande parte, e Cidadania • Medalha Mérito Tamandaré aos conhecimentos adquiridos por meio dessa leitura continuada. Autor dos livros 46 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Por iniciativa própria, trabalhou dos doze aos dezessete anos em obras de construção civil, lavagem de carros, venda de ferro-velho e como office-boy. Seus últimos trabalhos, antes de ingressar no Exército, foram como entregador de próteses odontológicas em um laboratório no Méier, Rio de Janeiro, e secretário de um consultório médico de oftalmologia, também no Méier, onde recebia a remuneração de meio salário mínimo. Cabe ressaltar que esses trabalhos eram exercidos voluntariamente e não por imposição de seus pais. Em 1987, foi aprovado em concurso para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), iniciando o curso em 1988 e concluindo em 1991. Para essa empreitada, seu irmão mais velho, Paulo César Teixeira da Silva, financiou seus estudos no ano de 1987. Na AMAN, formou-se oficial de carreira da arma de infantaria. Após o término do curso serviu de aspirante à oficial até o posto de primeiro tenente no 57º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército Brasileiro, mais conhecido como Regimento Escola de Infantaria (REI), na Vila Militar, no Rio de Janeiro, onde exerceu diversas funções relativas aos postos que ocupou, todas relacionadas à área combatente do Exército. Em 1993 o Exército lhe deu uma chance de prestar concurso para o Instituto Militar de Engenharia (IME). Na ocasião foi aprovado. Realizou o curso de engenharia de fortificação e construção, de 1994 a 1997. Esta engenharia é idêntica à engenharia civil, mas com ênfase no uso militar, como a construção de paióis, estande de tiros e abrigos contra armas nucleares. Logo no início do curso do IME, mais precisamente em 16 de julho de 1994, casouse com Marta Regina. Terminou o curso de engenharia no IME em 1997 e, já como capitão, foi transferido da área combatente para a área tecnológica do Exército. Em 1998, como capitão do Quadro de Engenheiros Militares do Exército, foi designado para servir no 7º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, em Rio Branco, no Acre. Na ocasião exerceu a função de Chefe da Seção Técnica daquela unidade, sendo responsável pela construção de obras civis e rodovias na região Amazônica. Foi na capital do Acre que nasceu o seu primeiro filho Renan Teixeira.

Ainda no Acre, prestou concurso para o cargo de Analista do Banco Central do Brasil em 1998, foi aprovado e tomou posse em julho daquele ano. Em 2000, a convite de um colega que estava na ativa no Exército, voltou ao IME e fez mestrado em engenharia nuclear, concluído em 2002. Cursou doutorado em economia UFF, direito UFRJ e pós-graduação em auditoria e perícia contábil (UNESA). Realizou ainda outros cursos como teologia (SETES) e ciclo de estudos de política e estratégia da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg/RJ). Foi professor de matemática, química e física, no Rio de Janeiro, Rio Branco (AC) e Brasília, na preparação de alunos para vestibulares de nível elevado, como IME, ITA, escolas militares de formação de oficiais e diversos outros. Lecionou as disciplinas Cálculo Diferencial e Integral, Economia e Direito em cursos de engenharia e farmácia, na Universidade Estácio de Sá, e direito na FAECAD. No Banco Central do Brasil trabalhou no Departamento Econômico, em Brasília. Trabalhou ainda no Departamento de Organização do Sistema Financeiro, no Departamento do Meio Circulante e no Departamento de Operações do Mercado Aberto, todos no Rio de Janeiro. Exerceu de 3 de março de 2008 a 27 de março de 2015 a função de Diretor Financeiro e Administrativo da Petrobras Transporte S.A.– TRANSPETRO. Em 2013, nasceu seu segundo filho Mateus Teixeira. Atualmente, Rubens Teixeira é Secretário Municipal de Conservação e Meio Ambiente da Cidade do Rio de Janeiro. [6]. Além de ser comentarista de rádio e televisão em diversas emissoras, Rubens Teixeira possui artigos publicados em revistas científicas especializadas em Economia e Direito, no Brasil e no exterior.[11] É autor de 5 livros, dentre eles o best seller “As 25 leis bíblicas do sucesso”, em coautoria com o juiz federal William Douglas, que já ocupou a primeira posição em vendas nos principais rankings do país em sua categoria e está sendo lançado em várias partes do mundo em diversos idiomas. Continua na próxima edição janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 47


LIVRAMENTO Pastores Roberto Silvado - Presidente da Convenção Batista Brasileira - Eli Fernandes e Cesar Brito sofreram acidente automobilístico na Bahia!

48 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Albino da Silva GRATIDÃO POR LIVRAMENTO Agradecemos a Deus pelo grande livramento dado na tarde desta sexta-feira (5) aos pastores Luiz Roberto Silvado, presidente da Convenção Batista Brasileira e Eli Fernandes, ex-vice-presidente da CBESP. Eles estavam a caminho de um retiro de pastores no estado da Bahia quando sofreram um grave acidente de carro. Para a glória de Deus, os dois pastores passam bem. Estamos em oração para que em breve eles estejam completamente recuperados. E ao pastor Cesar Brito. Que estava dirigindo o carro no momento. Deus livrou os seus. Glória a Deus. Fonte: https://web.whatsapp.com/teologiabatista

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 49


Participando como preletores do Retiro de Pastores do estado da Bahia, os pastores Luiz Roberto Silvado (Atual Presidente da Convenção Batista Brasileira e Vice-Presidente da Aliança Batista Mundial) e Eli Fernandes (Ex-Vice Presidente da Convenção Batista Brasileira e Convenção Batista do Estado de São Paulo) experimentaram no dia de hoje um livramento extraordinário da parte do Senhor Deus. Pr. Luiz Roberto Silvado Segundo fontes, o carro, ao subir uma ladeira bem íngreme, não conseguiu prosseguir e, na tentativa do motorista de mudar a função de automático para manual, provocou o retorno, batendo num barranco, virando e se arrastando até parar. Em contato com o Pr. Eli Fernandes, dá para perceber como o livramento de Deus se manifestou, poupando-lhes a vida: “Realmente, foi um livramento de Deus. Creio que Deus usou o fato de estarmos com o cinto de segurança para nos poupar. Foi um susto muito grande, os vidros sendo estilhaçados do nosso lado e sem podermos fazer nada. Fomos socorridos por pessoas que nos ajudaram a sair do carro”. Os pastores Luiz Roberto Silvado e César foram socorridos no hospital local com alguns traumatismos. Mesmo sob o trauma do capotamento, pr. Eli Fernandes pediu que alguém o levasse ao Acampamento Batista, pois pregaria logo a seguir, no encerramento do Congresso. Segundo o pr. Eli, “foi um encerramento de quebrantamento, Deus nos falou sobremaneira e vimos o agir de Deus. Como Deus é bom!”. Os três pastores passam bem, embora com dores localizadas. Pr. Eli Fernandes viajou para Campinas, de lá, está se deslocando para São Paulo e seu médico particular o espera para avaliações mais detalhadas. Ainda não conseguimos contato com o Pr. Silvado, mas as informações dão conta que está tudo bem com ele. Fonte: https://prneemiaslima.blogspot.com.br/2018/01/lideres-batistas-experimentam-milagre.html

50 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


IBM Alphaville na Zona Sul de SP Um sonho antigo está prestes a se tornar realidade! No final de fevereiro, se Deus quiser, começaremos a ibmalphaville na Zona Sul de SP. Um novo campus para abraçar as famílias da nossa comunidade que vivem naquela região e muitas outras pessoas que Jesus quer abraçar através de nós. O pastor do Campus será o Rivanildo Guedes, novo integrante da nossa equipe e terá todo apoio e presença da equipe pastoral da ibmalphaville. Teremos dois encontros em janeiro com pessoas interessadas em conhecer o sonho e cooperar nessa implantação. Os encontros acontecerão nos dias 20/01 das 9h às 11h e 31/01 das 20h às 22h. Para participar escreva in box para o Riva ou comigo e enviaremos o endereço onde teremos esses encontros. Conto com suas orações por essa nova empreitada!!! #ibmalphaville #umaigrejaqueama #igrejafocadaemjesus #ibmalphavillezonasul

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 51


Dicas de sucesso para 2018, a partir do Pai Nosso! Precisamos desejar o governo de Deus, a Sua vontade sobre nós; e buscar isso. Onde queremos chegar e que Igreja nós precisamos ser, para anunciar o Reino com o Poder de Deus? Não pela nossa condição, mas, pela nossa obediência. Não pelo nosso poder, mas, pelo poder do nosso Deus. Não por causa de quem somos, mas, de quem Deus é. Que Deus faça, através de você! 5 - Relaxe. Um dia de cada vez! (Mateus 6.11). Em vez de ficar preocupado com o dia seguinte, com o mês seguinte ou com o ano seguinte, que tal confiar que Deus vai cuidar do nosso “hoje”? Roberlan Julião, pastor da Igreja Batista Teles Que tal, em vez de pedir pelo “meu” pão, pedir de Menezes, São João de Meriti - RJ pelo “nosso” pão. Que tal, em vez de ficar desesperado pela abundância de bens, vivermos “Venha o teu Reino; seja feita a Tua vontade, contentes com o suficiente e necessário? Ter empatia, pensar no hoje e pensar no assim na terra como no céu.” (Mt 6.10) básico é melhor do que ser egoísta, ansioso e 1 - Evite a busca do reconhecimento humano. descontente. Deus vê você! (Mateus 6.5-6). Jesus demonstra ser contra a “ostentação de espiritualidade”. 6 - Perdoe. A vida segue! (Mateus 6.12). Já Faça o que deve ser feito, mesmo sem ser fomos salvos pelo que Jesus fez por nós, mas, compreendido. Jogar para galera sempre vai precisamos renovar nossa pureza pessoal ser uma incógnita. Pois quem está do seu lado, diariamente. Que tal nos importarmos mais com hoje, pode ser o seu maior inimigo, amanhã. As a nossa relação com Deus, arranhada pelos pessoas são voláteis. Quem vive de aplausos, nossos pecados diários? Pessoas nos ferem dificilmente sobrevive às vaias que virão! com frequência. Entretanto, se queremos viver em comunhão com Deus, precisamos cancelar 2 - Evite o superficial. Foque no essencial! as dívidas de quem nos ofendeu. Quem não (Mateus 6.7-8). Somos muito tentados a falar perdoa, está com sua comunhão prejudicada. com Deus sem nos comunicarmos com Ele. Um pouco de quietude, meditação e contemplação 7 - Confie. Deus é maior! (Mateus 6.13). pode fazer nossa oração nos ajudar a ver Sempre seremos tentados pelo maligno para o que repetidamente oramos. Oração é desonrarmos, em vez de santificarmos o nome relacionamento e relacionamento transforma! de Deus. É uma tentação confiar no poder Que tal abrirmos mais o nosso coração para humano em vez de desejar o Reino de Deus e a Deus, para percebermos melhor como está o Sua vontade. O maligno nos tenta a querer nosso coração? sempre mais, em vez de nos contentarmos com uma vida simples. Somos tentados a ver 3 - Você tem um pai no céu, para honrar com as pessoas que nos ferem pagando pelo que a sua vida! (Mateus 6.9). Que nossas orações nos fizeram. Só Deus para nos ajudar nesta não sejam meras palavras repetidas, cheias de luta. Ele tem poder para isso. Vamos continuar interesses particulares. Mas, que desejemos avançando, submissos ao governo de Deus, honrar a Deus com as nossas vidas. Assim, perseguindo o querer de Deus, treinando aqui a vamos mostrar a grandeza do nosso Pai que vida de lá. está nos céus, quando as pessoas ficarem impressionadas com o nosso nível de excelência. Que 2018 seja um tempo novo para as nossas vidas! 4 - Avance no Poder de Deus! (Mateus 6.10). 52 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018


Não devemos fazer afirmações escatológicas sobre o reconhecimento de Jerusalém, diz pastor Diante do reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel pelo presidente americano Donald Trump, muitas questões têm sido levantadas — uma delas é se a decisão é resultado de um cumprimento das profecias bíblicas a respeito do fim dos tempos. Segundo o teólogo e hebraísta brasileiro Luiz Sayão, é um pouco cedo para “fazer afirmações escatológicas diante do reconhecimento dos EUA de Jerusalém”, conforme um texto publicado em seu Instagram na última quarta-feira (13).

3. A terra de Israel possui os lugares mais importantes da fé monoteísta. Com o Estado de Israel, esses lugares são respeitados e abertos a todos, sem discriminação. 4. Israel é uma democracia, com liberdade para árabes muçulmanos, minorias cristãs (árabes, gregos, armênios, etc), caucasianos, drusos e africanos refugiados. 5. Israel é uma flor de cultura no Oriente Médio. Educação, ciência, progresso e desenvolvimento são palavras de ordem. São 12 vencedores de Prêmio Nobel em menos de 70 anos de existência.

“Trata-se de um país aliado de Israel que formalizou uma realidade de 50 anos. Creio que Deus ama judeus e árabes. Mas, defendo o direito de Israel existir e me oponho ao terrorismo 6. Os valores de Israel são os meus valores: jihadista. O mundo muçulmano deve reconhecer diversidade, liberdade, democracia. Eu me Israel para que haja paz”, explica o pastor. identifico com isso. Nos últimos anos, Sayão tem realizado diversas viagens para Israel com grupos que têm o desejo de se aprofundar no conhecimento bíblico, histórico e arqueológico nas terras bíblicas. Em sua publicação, ele enumerou 8 motivos para os cristãos apoiarem a Terra Santa:

7. Há um abismo entre Israel e os seus vizinhos em termos de liberdades individuais, respeito à mulher e direitos humanos.

8. Há um ódio irracional, incompreensível contra Israel e os judeus de modo geral. Eles são seres humanos, como os americanos, os alemães, 1. Os judeus massacrados em um genocídio na os brasileiros, os árabes. Merecem respeito, Europa há duas gerações não possuem lugar sobrevivência e têm direito à defesa. seguro no mundo onde podem refugiar-se. Fonte: https://m.guiame.com.br/gospel/ 2. Os judeus estão, em sua maioria, dispostos a mundo-cristao/nao-devemos-fazer-afirmacoesnegociar com árabes para uma solução pacífica escatologicas-sobre-o-reconhecimento-deno Oriente Médio. jerusalem-diz-pastor.html

janeiro de 2018 - VIGIAI VIRTUAL 71 | 53


Faça o seu livro com a Vital Publicações, eles fizeram e gostaram... Peça o seu orçamento já!

54 | VIGIAI VIRTUAL 71 | janeiro de 2018

Vigiai virtual 71  
Vigiai virtual 71  
Advertisement