Page 1


R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

VI SÃO M U N D I AL B R ASI L


3

45

Carta do Presidente

Emergência

5

53

Visão Mundial

Negócios Sociais

7

61

Nosso Impacto

Inovação

9

71

Atuação Global

Prêmios

11

75

Advocacy

Na Mídia

21

81

Proteção

Finanças

29

85

Educação

Expediente

35 Igrejas


C A RTA D O PRE SIDENT E

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Carta do presidente

3


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Louvado seja o Altíssimo! Vencemos mais um ano na luta para que todas as crianças tenham vida e a tenham em abundância! Estamos há 42 anos no Brasil trabalhando com os mais pobres por uma rede de proteção social e lutando para que a dignidade, em todas as dimensões, seja um direito usufruído por toda criança brasileira. Também, no ano que passou, participamos ativamente de uma campanha mundial pela redução da violência contra as crianças, adolescentes e jovens. Em tempos de guerra, fome e discriminação, a criança é a mais afetada. Portanto, lutar pela dignidade e pelo fim da violência à criança é lutar por um mundo sem guerras, sem fome e sem discriminação de qualquer natureza. Nesse caminho em prol da infância, para além dos projetos que realizamos, criamos um programa de fôlego. Na verdade, um movimento batizado de Juntos pelas Crianças, que permite instituições de socorro à criança usufruírem do conhecimento acumulado pela Visão Mundial Brasil nesta batalha para que assim toda criança, a exemplo do menino Jesus, cresça em graça e sabedoria diante de Deus e dos homens, como recomenda a Palavra. Entidades do Brasil, de Angola e do Timor Leste já têm se beneficiado desse conhecimento para auferir recursos para os seus projetos. Somos gratos à Trindade, ao Deus criador, mantenedor e redentor, por sua bênção e inspiração; somos gratos a todos os padrinhos e madrinhas que tornam possível nosso trabalho; somos gratos a todas as igrejas e entidades que têm aberto as portas para entenderem os desafios a que nos propusemos vencer. Por isso alcançamos os resultados superlativos que, com humildade, expomos neste relatório. Como súditos do Reino de Deus, sob o governo de Jesus de Nazaré, o Cristo, o Filho, na Trindade, continuaremos a trabalhar por um mundo que não tolere a pobreza e que proteja a criança. Ariovaldo Ramos Presidente da Visão Mundial Brasil

4


V ISÃ O M UND IA L BR ASI L

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Visão Mundial Brasil Sobre nós

A Visão Mundial é uma organização cristã de desenvolvimento, advocacy e resposta às situações de emergência, dedicada ao

trabalho com crianças, famílias e comunidades mais vulneráveis para superar a pobreza e a injustiça a nível global. Inspirados pela fé e valores cristãos, servimos e colaboramos com todas as pessoas independentemente de religião, raça, etnia ou gênero.

O que fazemos

No Brasil desde 1975, a Visão Mundial tem programas e projetos de ação humanitária nas áreas de proteção,

educação e advocacy, priorizando crianças que vivem em situação de vulnerabilidade diversa. Estamos comprometidos com a justiça por meio do combate às causas da pobreza e da promoção do desenvolvimento sustentável para famílias e suas comunidades. Trabalhamos para diminuir as desigualdades, a exclusão social e para garantir vida plena a milhares de crianças, adolescentes e jovens no país.

5


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Nossos valores Somos cristãos // Estamos comprometidos com os pobres // Valorizamos as pessoas // Administramos com responsabilidade // Somos parceiros // Somos sensíveis.

Nossa missão Seguir a Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, trabalhando com os pobres e oprimidos para promover a transformação humana, buscar a justiça e testificar as boas-novas do Reino de Deus.

Nossa visão Nossa visão para todas as crianças: vida em abundância. Nossa oração para todos os corações: a vontade para tornar isso uma realidade.

6


NOSSO IMPAC TO

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Nosso impacto * Quantitativo de crianças, adolescentes e jovens (0 a 29 anos) beneficiados pela mudança, incremento ou implementação de leis e programas públicos, em cuja aprovação a Visão Mundial atuou diretamente nos níveis federal, estadual e municipal, por meio do monitoramento das políticas e serviços públicos de atenção à infância, lobby junto a parlamentares e atuação em redes e coalizões. Ressaltamos que a nota técnica refere-se a uma observação para os Beneficiários Diretos com a política, programa ou serviços melhorados/implementados a partir de ações de advocacy. Não sendo aplicável a quantitativo de beneficiários indiretos. Alagoas Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar PAA/AL (lei 7.950, 30/11/2017) Mobilização para ampliação do orçamento que resultou em um investimento de 15 milhões de reais a mais alcançando cerca de 210.000 crianças. Ceará Fórum DCA - O Fórum DCA ampliou a transparência com os gastos do governo estadual e facilitou a consulta pública. Política de Educação - Lei Federal 7.398/1985 e Lei Estadual 13.433/2004 - Com base no monitoramento dessas duas leis, foram construídos um anfiteatro e vestiários em escola. Política de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítima de Violência Sexual - O PDA Integrasol, em parceria com a Visão Mundial, lançou uma cartilha fundamental para denunciar o desmonte de equipamentos e das políticas de atendimento às vítimas de violência infantil em Fortaleza. O resultado da publicação desta cartilha foi uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará e o aumento essencial do monitoramento da política de atendimento às vítimas. Salvador O Conselho Nacional da Juventude (CONJUVE), junto com a Visão Mundial, participou do processo de elaboração do IDJovem. A proposta beneficiou jovens de baixa renda, entre 15 e 29 anos, com meia entrada e passagem gratuita. Ao todo foram cerca de 15.500.013 beneficiados. Recife O Movimento PE de Paz realizou um ato de protesto em relação à violência no estado junto ao governo para buscar soluções. 18 de Maio: mobilização em parceria com igrejas, OBFs e organizações de todo o país pela proteção e pelo fim da violência sexual. Doe uma Escolha: requalificação de 18 escolas em 9 municípios. Rio de Janeiro Plano Municipal do Livro: construído pela sociedade civil a partir do Plano Nacional de Livro e Leitura alcançando cerca de 10 mil crianças. ** As 19 entidades parceiras são: Cactus - Centro de Apoio Comunitário de Tapera em União a Senador / Espaço Geração Cidadã / Convida - Conselho Nova Vida / Conselho de Integração Social / Associação Santos Dias / Associação Santa Terezinha / Projeto Xique-Xique / Centro Juazeiro / Grupo Mulheres em Ação / Clube de Mães dos Moradores do Alto do Refúgio / Centro de Organização Comunitária de Chão de Estrelas / AMAI - Associação dos Moradores e Amigos de Itinga / CIDI / CECOM / Trama Ecológica / AMIS Morumbi / Associação de Moradores do Conjunto Santa Luzia / CERVAC / Igreja Presbiteriana de Manaus. *** Os oito projetos especiais são: Luz Solidária, Xô Zika,Amazon Vida, Seja Digital, Fundação Salvador Arena, Kiteiras Brasil, Empoderamento Econômico para Mulheres e CERVAC - Juntos pelas Crianças.

7


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Beneficiários diretos

Beneficiários indiretos

Beneficiários projetos especiais

Beneficiários de advocacy

Beneficiários diretos de ações de emergências

Entidades parceiras

Comunidades

Programas PDAs

Estados + DF

Projetos

Crianças

8


9


Atuação global É setembro de 1950, durante o primeiro ano da Guerra da Coreia, quando o reverendo americano Bob Pierce funda uma organização para atuar especificamente com crianças órfãs inseridas naquele frágil e bélico contexto. Assim nasce a World Vision. Graças à influência a nível global da instituição, hoje é possível alcançar crianças em situações vulneráveis – como pobreza extrema, alta mortalidade e desnutrição – e crianças em áreas atingidas por conflitos, desastres naturais ou de difícil acesso. Expostas à violência, exploração e outras violações graves dos direitos humanos, a preocupação da World Vision – junto a parceiros, apoiadores e doadores de todo o mundo – é intervir na história para que essas crianças sejam assistidas e representadas em todos os níveis de tomadas de decisão. Nossa Promessa 2030 é a nova estratégia para cumprir a missão e os compromissos assumidos nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, acordados durante a Cúpula das Nações em 2015, a fim de diminuir os níveis de desigualdade social dentro dos próximos quinze anos sem deixar nenhuma criança para trás.

Atuação: 99 países do mundo

Crianças apadrinhadas: 3.200.000

Número de funcionários: 42 mil

Crianças beneficiadas pelo trabalho da WV: 41 milhões 10


A DVOC AC Y

11

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

12


A DVOC AC Y

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Campanha Global “It Takes a World” It takes a world para acabar com a violência contra a infância

A violência é o pior crime do mundo contra as crianças e afeta cerca de 1,7 bilhão de meninos e meninas por ano em todos os países. 13


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Anualmente, cerca de 1,7 bilhão de meninos

da Visão Mundial que atua com um objetivo

e meninas em todos os países são afetados

bastante claro: manter as crianças em

pela violência – o pior crime do mundo

ambientes saudáveis e seguros.

contra as crianças. Uma das formas mais

Sob o selo #ItTakesAWorld, a campanha já

eficazes de combate a esse trágico cenário

reúne 60 empresas brasileiras que assinaram

é garantindo seus direitos fundamentais.

o compromisso de proteção à infância e que

Por não ser uma aspiração pequena, esse

apoiam os projetos da Visão Mundial no Brasil,

problema precisa da mobilização tanto de

cujas ações de advocacy, educação e proteção

pessoas e grupos quanto de empresas e

estão alinhadas nesse sentido: a criação de

governos. It takes a world é uma campanha

um mundo sem violência para as crianças.

14


A DVOC AC Y

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

A cidade do Recife recebeu, entre 26 e 30 de junho, colaboradores, parceiros e mais de 70 jovens de todo o Brasil para falar sobre

IX Encontro Nacional do MJPOP

educação, engajamento público e violência. O evento, com o tema “Pelo fim do extermínio das juventudes”, traçou novas diretrizes para ações em parceria com a Visão Mundial e comemorou 10 anos de atividades do grupo Monitoramento Jovem de Políticas Públicas.

Mais de 70 jovens de todo o Brasil para falar sobre educação, engajamento público e violência.

Corpos no chão manchados de tinta vermelha simbolizando o sangue de jovens negros no Brasil. Foi com essa encenação que o grupo MJPOP (Monitoramento Jovem de Políticas Públicas) da Visão Mundial, em parceria com o Movimento pede Paz, chamou a atenção da população que passava em frente ao Palácio

Jovens contra a violência Jovens denunciaram as mais de 2.500 vítimas de violência registradas em Pernambuco entre janeiro e março de 2017.

15

do Governo de Pernambuco. O ato público, que reuniu 50 jovens, denunciou as mais de 2.500 vítimas de violência registradas naquele estado entre janeiro e março de 2017. Além de prestar solidariedade às famílias enlutadas e mobilizar a sociedade civil para a temática da violência, o objetivo do protesto era pressionar os governos para se construírem cidades mais seguras por meio de ações efetivas de combate à criminalidade.


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Comissão Nacional ODS

Ações globais para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, além de proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas.

Durante a Cúpula das Nações Unidas em 2015,

passou a integrar a Comissão Nacional para

se estabeleceu a Agenda 2030, na qual estão

os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

(CNODS), em junho de 2017.

(ODS) adotados mundialmente e que devem

João Helder Diniz, diretor nacional da

se desdobrar em ações globais até 2030. São

organização, e Welinton Pereira, diretor

17 objetivos e 169 metas que visam acabar

de advocacy e relações institucionais,

com a pobreza, promover a prosperidade e o

representaram a VMB no Palácio do

bem-estar, além de proteger o meio ambiente

Planalto em cerimônia conduzida por

e enfrentar as mudanças climáticas.

Antônio Imbassahy, então ministro da

Por ser uma organização de destaque e ter

Secretaria de Governo da Presidência da

atuação social influente, a Visão Mundial

República, em Brasília (DF).

16


A DVOC AC Y

R E LAT ร“ R I O AN UAL | 2017

Plano Municipal do Livro

Cerca de 10 mil crianรงas foram beneficiadas diretamente.

17


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Cerca de 10 mil crianças lendo. Bibliotecas

quatro longos anos no município de Nova

novas, espaços de leitura que contemplem os

Iguaçu (RJ) para executarem as diretrizes

requisitos de acessibilidade, melhores acessos

do Plano Nacional de Livro e Leitura (PNLL).

e distribuição de livros em diferentes formatos.

Com foco na democratização dos acessos

Essa descrição não é de conto de fadas.

à leitura, o MJPOP (Monitoramento Jovem

“Iguaçulendo” é um grupo de trabalho –

de Políticas Públicas) contribuiu para que

composto por membros da sociedade civil

o projeto saísse do papel e fosse hoje uma

e do poder público – que se reuniu por

realidade para os pequenos leitores.

18


A DVOC AC Y

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Atuação da Visão Mundial em Redes e Fóruns

19


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Nacional - Comissão Nacional dos ODS (CNODS) - Ciranda 2030 - Rede Nacional da Primeira Infância Bahia - CECA (Conselho Estadual dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes) - CEJUVE (Conselho Estadual de Juventude do Estado da Bahia) - Comitê de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes do Estado da Bahia - CONJUVE (Conselho Nacional de Juventude) - CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) - Conselho Regional de Assistente Social - FETIPA (Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador da Bahia) - Fórum DCA (Fórum Nacional Permanente de Entidades Não Governamentais de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) - FNDCA (Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) - RENAS (Rede Evangélica Nacional de Ação Social) - Rede Mãos Dadas Ceará - Comitê Estadual pelo Direito à Educação - Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente - Fórum Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente - Rede de Articulação do Jangurussu e Ancuri Pernambuco - Rede Pernambucana Primeira Infância - Fórum DCA - Fórum Popular de Segurança Pública - Movimento PE de Paz Alagoas - Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (CMETI/Maceió) - Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA/AL) - Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA/AL) - Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador (FETIPAT/AL) - Fórum Nacional Permanente de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente em Alagoas (Fórum DCA/AL)

20


PROTE Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Prote 21


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

eção 22


PROTE Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Dia Nacional Combate à Exploração Sexual

As ações impactaram cerca de 20 mil crianças e mobilizaram quase 10 mil pessoas.

23


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

O próprio lar, igrejas, escolas: a violência

à infância e organizações em todo o país.

sexual afeta crianças e adolescentes em

As ações impactaram cerca de 20 mil

diferentes espaços de convivências. Para

crianças e mobilizaram quase 10 mil pessoas,

sensibilizar a sociedade sobre as graves

dentre as quais voluntários, parceiros

consequências desse tipo de violência, no dia

e lideranças de fé engajadas, sobretudo

18 de maio de 2017, a Visão Mundial realizou

meninas, mulheres e mães, que se uniram

ações em parceria com redes de proteção

pelo fim da violência sexual.

24


PROTE Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Com o objetivo claro de exigir mecanismos e condições adequadas e de qualidade para a denúncia da violência sexual, assim como um

Todos juntos pelo fim da violência sexual

maior investimento público para a proteção da infância e juventude, as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo promoveram diversos seminários em maio de 2017. Os eventos fazem parte do conjunto de ações para o cumprimento da Agenda 2030, em que uma das metas principais é a redução significativa da violência contra crianças e adolescentes.

Redução significativa de todas as formas de violência contra crianças e adolescentes.

A Visão Mundial, em parceria com o Fórum de Direitos das Crianças e dos Adolescentes, publicou o relevante relatório Violência Sexual: monitoramento da política de atendimento à criança e ao adolescente. A

Relatório sobre violência sexual O lançamento aconteceu em Fortaleza e reuniu 100 representantes do governo e das redes locais de proteção à infância, além de lideranças de 30 igrejas cristãs da capital cearense.

edição, que traz dados sobre o atendimento às vítimas de violência sexual, teve desdobramentos sociais efetivos: pela primeira vez, em Fortaleza, foi criado um grupo de trabalho com representantes do Poder Legislativo, Ministério Público e Fórum para a elaboração de um fluxo de atendimento às crianças violentadas. O evento de lançamento da publicação reuniu 100 representantes do governo e das redes locais de proteção à infância, além de lideranças de 30 igrejas cristãs da capital cearense.

25


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Aniversário do ECA

Foram realizadas ações de mobilização e sensibilização de lideranças, famílias e c o mu n i d a d e s s o b r e a importância da promoção e da defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Todo 13 de julho é aniversário do Estatuto

de avanço na implementação da legislação.

da Criança e do Adolescente (ECA) – uma lei

A Visão Mundial também realizou ações

federal que trata dos direitos das crianças e

de mobilização e sensibilização de

adolescentes no país. Para celebrar seus 27

lideranças, famílias e comunidades sobre

anos, Karina Lira - Assessora de Proteção

a importância da defesa dos direitos das

em parceria com o Prof. Humberto Miranda,

crianças e adolescentes.

publicaram o fundamental e elucidativo artigo “Há motivos para comemorar o Estatuto da Criança e do Adolescente?” na Folha de S. Paulo. Como uma ferramenta de amplo alcance, o texto foi usado na

* Humberto Miranda - Doutor em História. Professor do Departamento de Educação da UFRPE. Coordenador do Laboratório de História das Infâncias do Nordeste e da Escola de Conselhos de Pernambuco. Professor do Programa de Pós-Graduação em História - UFRPE e do Programa de PósGraduação em Educação, Cultura e Identidades UFRPE/Fundaj.

intenção de refletir sobre as necessidades

26


PROTE Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Política de Formação de Conselhos Tutelares: um Mapa

O evento contou com a presença dos nove estados nordestinos e parceiros estratégicos.

Construído a partir de iniciativas individuais

A publicação registra experiências reais

e coletivas, como resultado do Io Encontro

que vão construir uma política pública

Nordestino de Escolas de Conselhos, em que

efetiva no campo da formação continuada

estiveram representantes de nove estados

e é uma iniciativa entre a Visão Mundial, a

nordestinos e parceiros estratégicos, o

Universidade Federal Rural de Pernambuco

mapa da Política de Formação Continuada

(UFRPE) e o Conselho Estadual de Defesa

dos Conselhos dos Direitos Tutelares

dos Direitos da Criança e do Adolescente

do Nordeste do Brasil é uma publicação

de Pernambuco (CEDCA-PE).

essencial no campo da proteção à infância.

27


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Rede de Facilitadores

545 profissionais, das mais diversas áreas, capacitados para trabalhar na proteção à infância e adolescência.

Duas metodologias vertebrais no combate à

Capitaneado pela Visão Mundial, o programa

violência infantil, Chega de Bullying e Ternura

nacional de formação da rede de facilitadores

Começa em Casa, receberam mais de 100

contabiliza atualmente 545 profissionais de

novos facilitadores nas cidades de Fortaleza,

áreas diversas, capacitados para trabalhar na

Recife, Salvador, Maceió e Rio de Janeiro.

proteção à infância e adolescência.

28


E D UC A Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Educ 29


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

cação 30


E D UC A Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Conexão Escola

Estimular crianças e adolescentes a desenvolverem habilidades socioafetivas, cognitivas e motoras, além de promover a formação da comunidade escolar, a participação na gestão da escola e a promoção do bem-estar de suas crianças por meio da Educação.

31


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Um projeto tão ambicioso quanto possível:

da gestão da escola quanto do bem-estar

criar ambiente seguro, oferecer educação

de crianças e adolescentes. Para alcançar

de qualidade para crianças e adolescentes e

essa meta, o programa está apoiado em

articular escolas públicas e instituições privadas

cinco eixos: participação comunitária,

de ensino com igrejas, empresas e outras

ensino de qualidade, metodologia de alto

organizações em um grande pacto nacional.

impacto, voluntariado e articulação com

Conexão Escola, um dos programas

governos e outras instituições. Esses eixos

fundamentais da Visão Mundial, pretende

são norteadores para atividades que se

desenvolver habilidades socioafetivas,

desdobram em atividades de mobilização,

cognitivas e motoras, formar uma forte

engajamento e sustentabilidade.

comunidade escolar tanto do ponto de vista

32


E D UC A Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Doe uma Escolha

541 voluntários beneficiários diretos 5.395 crianças 9 municípios brasileiros envolvidos 8 escolas públicas reformadas 30 parceiros 17 escolas e universidades particulares

Um país de dimensão continental como o

para atividades ambientais foram algumas

Brasil reunido em torno de um objetivo: dar

das ações que tornaram os espaços mais

às crianças a possibilidade de fazer escolhas

atrativos para milhares de estudantes. Por trás

e garantia de acesso a oportunidades justas.

do Doe uma Escolha, estão a Visão Mundial e

Esse é o mote do Doe uma Escolha.

30 parceiros especiais, dentre os quais escolas

Em sua segunda edição, a bem-sucedida

e universidades particulares, que mobilizaram

campanha reuniu mais de 500 voluntários

voluntários, divulgaram as atividades em todo

que doaram seu tempo a fim de dar cara

o Brasil e arrecadaram kits de material escolar

nova a 18 escolas públicas. Pintura, reparos

para cerca de 5.500 crianças e adolescentes.

na infraestrutura e construção de hortas

33


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Semana de Ação Mundial

6 estados envolvidos 21 escolas parceiras 2.808 crianças e adolescentes mobilizados 111 adultos envolvidos

Desde 2003, mais de 100 país com ações

qualidade para todas as crianças é um dos

totalmente focadas para o direito das

compromissos essenciais da Visão Mundial,

crianças à educação: assim é a Semana

o grupo MJPOP (Monitoramento Jovem de

de Ação Social (SAM). Coordenada pela

Políticas Públicas) desenvolveu ações em seis

Campanha Nacional pelo Direito à Educação,

estados brasileiros e alcançou mais de 20

a iniciativa no Brasil movimenta inúmeras

escolas públicas chamando a atenção tanto

organizações e redes. Como educação de

de prefeitura quanto de secretaria de estado.

34


IG RE JA S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Igre 35


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

ejas 36


IG RE JA S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Encontro Nacional Mulheres de Visão

O 1º Encontro Nacional Mulheres de Visão reuniu cerca de 700 participantes e 40 voluntários.

39


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Um evento que reuniu cerca de 700

missionária Marilee Pierce, idealizadora do

participantes e 40 voluntários para

programa Mulheres de Visão nos Estados

vivenciarem momentos de ref lexão e

Unidos e filha de Bob Pierce, fundador da

aprendizagem sobre os desafios que

Visão Mundial. Recepcionados por Sílvia

envolvem as crianças vulneráveis no Brasil.

Kivitz, integrante da equipe de coordenação

Em parceria com a Igreja Batista de Água

nacional do ministério Mulheres de Visão, o

Branca (IBAB), foram dois dias de workshops

evento teve apresentação musical do cantor

voltados para o tema da infância com a

Paulo César Baruk.

40


IG RE JA S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Inspirado pela sensibilidade e potencial da mulher cristã, o grupo Mulheres de Visão é voltado para o desenvolvimento de crianças em situação de vulnerabilidade e fortalece o protagonismo feminino nas igrejas brasileiras. Para comemorar os 500

Mulheres de Visão na Reforma Protestante Mulheres de Visão mobilizou 22.290 mulheres em 40 igrejas evangélicas.

anos da Reforma Protestante, aconteceu o evento Vozes Femininas da Reforma, que reuniu Helena Tannure e Alda Célia, embaixadoras da Visão Mundial e cantoras, e líderes evangélicas atuantes em defesa da causa da infância nas cidades de João Pessoa e Recife. Ao todo, Mulheres de Visão mobilizou 22.290 mulheres de 40 igrejas evangélicas de diversas denominações e realizou o apadrinhamento de 509 crianças.

Igrejas e família trabalhando juntas para fortalecer vínculos afetivos e prevenir a violência familiar contra crianças

Família Cuidadora para Igrejas Fortalecimento de vínculos afetivos e prevenção à violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes.

41

e adolescentes. Esse é o objetivo da metodologia Família Cuidadora, desenvolvida pela Visão Mundial, em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que foi adaptada para igrejas e organizações baseadas na fé.


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Igreja para as Crianças

O evento reuniu um público de aproximadamente mil pessoas e teve a participação muito especial da cantora e pastora Nívea Soares.

A partir do cuidado com crianças e

proteção infantil e a criação de um ambiente

adolescentes em seus próprios ambientes,

seguro e positivo para o desenvolvimento

Igreja para As Crianças é um programa que

ideal de crianças e adolescentes. No evento

mobiliza a igreja para o engajamento com a

de lançamento do programa, cerca de mil

causa da infância e suas vulnerabilidades.

pessoas se reuniram com Nívea Soares,

Atualmente, 24 lideranças de igrejas do Rio de

embaixadora da Visão Mundial, cantora e

Janeiro, Alagoas e Salvador foram capacitadas

pastora, em Recife.

visando a construção de uma política de

42


IG RE JA S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Jejum Solidário

Igrejas foram mobilizadas para jejuarem em solidariedade à infância mais vulnerável.

Alinhado com a campanha g lobal

reflexões e orações nos escritórios locais da

#ItTakesAWorld, mais de 15 países da

organização e em igrejas. Em solidariedade

América Latina e do Caribe se reúnem por

à infância vulnerável, dezenas de igrejas

40 dias no Jejum Solidário para chamar a

evangélicas de São Paulo, Rio de Janeiro,

atenção dos cristãos para o tema da violência

Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Maceió,

contra crianças. A mobilização, promovida

Recife e Salvador se reuniram para jejuarem

pela World Vision, acontece todos os anos

durante 12 horas.

e prevê atividades que gerem debates,

43


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Já em sua 3ª edição, Café & Prosa é uma iniciativa da Visão Mundial, em parceria com igrejas, que contribui para a formação social de lideranças cristãs. O evento, que teve a participação de Ricardo Agreste (pastor da Igreja Chácara Primavera, em Campinas/ SP) e Ivênio dos Santos (pastor da Igreja Batista da Redenção, em Belo Horizonte/

Café & Prosa Visa contribuir com a formação social de lideranças cristãs, promovendo diálogos e capacitação.

MG), promoveu diálogos e capacitação de líderes evangélicos. Nos anos anteriores, participaram lideranças de renome internacional, como os teólogos René Padilla, Ariovaldo Ramos, Ed René Kivitz e outros mestres da Missão Integral.

No último ano, a segurança pública se tornou uma preocupação constante, sobretudo com o crescimento dos números de violência contra mulheres e crianças. A Visão Mundial, em parceria com o Seminário Teológico

Vigília pelas vítimas de violência

Batista do Norte (STBN), promoveu uma

Vigília no Recife, em parceria com o Seminário Teológico Batista do Norte (STBN), que reuniu lideranças de mais de 40 igrejas cristãs do Nordeste.

o atual momento social e político do Brasil.

vigília no Recife para refletir sobre a violência no Brasil e orar pelas famílias das vítimas. O evento reuniu lideranças de mais de 40 igrejas cristãs do Nordeste, dentre as quais o pastor Carlos Queiroz, que compartilhou uma mensagem profunda e sensível sobre

44


E ME RG Ê NC IA

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Emerg 45


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Beneficiários diretos de ações de emergências

gência 64

Beneficiários diretos (construção de cisternas).

1.920

Beneficiários indiretos (poços perfurados/ revitalizados).

46


E ME RG Ê NC IA

SerTão Criança

Mais de mil crianças e suas famílias já foram beneficiadas pelo projeto SerTão Criança.

47

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Devido à seca no Nordeste brasileiro – a

e na revitalização de poços, além de

situação de estiagem foi considerada uma

realizar oficinas de gestão da água. Entre

das mais graves nos últimos 50 anos –, 200

dezembro de 2015 e fevereiro de 2017,

municípios sertanejos declararam estado

mais de mil crianças e suas famílias já

de emergência. Para mitigar os efeitos

foram beneficiadas pelo projeto SerTão

da estiagem, sobretudo no que se refere

Criança em oito municípios nos estados

à falta de água potável para o consumo

de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte,

humano e animal, a Visão Mundial atuou

alcançando 39 comunidades.

no abastecimento de água, na perfuração

48


E ME RG Ê NC IA

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Chuvas em Alagoas

400 famílias e 736 crianças foram beneficiadas com a entrega de cestas básicas, kits com roupas, materiais de higiene e brinquedos, além de atendimento médico e psicológico.

Em maio de 2017, a cidade de Maceió sofreu

Maceió, um plano emergencial foi colocado

com fortes chuvas. Ao todo, na capital alagoana,

em ação nas comunidades de Bom Parto e

mais de 25 mil famílias tiveram que deixar suas

Levada, onde está localizado o Programa

casas por conta das enchentes e oito pessoas

Mundaú. No total, 400 famílias e 736 crianças

morreram. Como resposta imediata a essa

foram beneficiadas com a entrega de cestas

emergência, após a diminuição das chuvas e

básicas, kits com roupas, materiais de higiene

do nível das águas, a Visão Mundial realizou

e brinquedos, além de atendimento médico e

a avaliação dos danos e afetações às famílias

psicológico. Cerca de 200 voluntários também

mais vulneráveis, principalmente as crianças.

participaram da ação.

Em parceria com a Primeira Igreja Batista de

49


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Chuva de Granizo no Rio de Janeiro

13 moradias foram reestruturadas, tornandose novamente um local seguro para a habitação de 31 crianças.

Os moradores de Nova Iguaçu, no mês de

forneceu assistência e apoio às famílias

janeiro de 2017, no Rio de Janeiro, foram

afetadas no Programa Serra de Madureira.

surpreendidos com uma forte chuva de

Além da distribuição de cestas básicas para

granizo. Treze famílias das comunidades

65 pessoas, foram doadas telhas de amianto,

do Jardim Palmares e Nova Era tiveram as

tijolos, cimento, areia, tubulações, vasos

telhas e a estrutura de suas casas destruídas

sanitários e pias. Ao todo, 13 moradias foram

pelas pedras de gelo. Para responder a essa

reestruturadas, tornando-se novamente um

emergência, a Visão Mundial, em parceria

local seguro para a habitação de 31 crianças.

com a Prefeitura Municipal de Nova Iguaçu,

50


E ME RG Ê NC IA

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Terremoto no México

A equipe da World Vision respondeu à emergência em todo o país, trabalhando em parceria com igrejas, governos e autoridades locais, além de realizar o monitoramento do bem-estar das crianças em relação à proteção e a necessidades urgentes.

Atingido por uma série de quatro terremotos

ferramentas de inovação é o uso da tecnologia

em setembro de 2017, o cenário do México era

com causa e criatividade, a Visão Mundial

terrível entre mortos, feridos, desabrigados,

Brasil disponibilizou uma página na internet

prédios residenciais e escolas destruídos.

(doe.vc/mexico), a fim de arrecadar doações

Desde os primeiros tremores de terra, a World

em dinheiro para as vítimas, entre as quais

Vision respondeu à emergência em todo o

11 mil crianças. Kits de alimentos, de higiene

país trabalhando em parceria com igrejas,

e abrigos puderam ser doados graças à

governos e autoridades locais, além de realizar

arrecadação pela plataforma. A Visão Mundial

o monitoramento do bem-estar das crianças

Brasil faz parte da confraternidade de 14

em relação à proteção e a necessidades mais

países que compõem a World Vision America

urgentes. Como uma de nossas principais

Latina y el Caribe.

51


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Sai Zika

571 ações de combate ao Zika 321 comunidades 3.016 voluntários 247 parceiros 23.354 crianças 77 igrejas 1.708 gestantes 29.273 famílias 182.127 pessoas foram beneficiadas diretamente

Para diminuir o impacto do Zika Vírus na saúde

Além da doação de kits de prevenção – com

das crianças brasileiras, Sai Zika foi um projeto

repelente e mosquiteiro –, foram realizadas

de emergência de combate ao mosquito Aedes

mais de 500 ações de combate ao mosquito

aegypti. Entre fevereiro e setembro de 2016,

em comunidades vulneráveis em um esforço

foram doados quatro equipamentos médicos

coletivo de voluntários, parceiros e igrejas. Os

que ajudam no diagnótico e estimulam os

números de alcance atestam a importância do

avanços de bebês com microcefalia para o

projeto: cerca de 180 mil pessoas beneficiadas

Cervac (Centro de Reabilitação e Valorização

diretamente, dentre as quais famílias, crianças

da Criança), no Recife.

e, sobretudo, gestantes.

52


NE G ÓC IOS SOC IA I S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Negócios 53


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

s Sociais 2.931

Mulheres/Mães empreendedoras.

66

Empresas parceiras de programas de empregabilidade.

271

Jovens aprendizes empregados. (ALFAMIX / ANAMAC / BOI E CIA. / BD SPORTS / BRAVA BEBIDAS / CASA DO SORVETEIRO / CASA FÁTIMA / CCI – GRÁFICA / CECOMIL / CECOMIL / CENEGED / CIMENTO NASSAU / CMA CGM / COLÉGIO BATISTA / COLÉGIO PIAMARTA / COOPAERO / DCDN DISTRIBUIDORA / DCDN REPRESENTAÇÕES / DIST. TAMAR / D’ORIGEM / DUFRY / DURAMETAL / ELETRA / EMPREENDIMENTO QR / FAE / FORTES / FUND. I. CONCEIÇÃO / GRANISTONE / HM IMPORTS / HOSP. BATISTA / HSM / IDECC / IMAGEMAMA / IRMÃ G. GALLI / ITMF / JORNAL O POVO / KRAUTOP / LCB / DISTRIBUIDORA / MB COMÉRCIO / MOTOLINER / SUPER LAGOA / NILO MAIA / NORMATEL / NORSA MARACANAÚ / C.V / NUFARM / O ZEZÃO / PP COMÉRCIO / PQ VIRK / PQT / PWE ENGENHARIA / SILICONTECH / SOLAR / TV CIDADE / V2 / ENGENHARIA / ENEL / SEBRAE / ANDINA / ESTAGILIZE / SINAF / INSTITUTO COCA-COLA / INSTITUTO C&A / ITES / UFBA / SESI / SENAI / SESC / SETRE)

54


NE G ÓC IOS SOC IA I S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Projeto Kiteiras

57 mil famílias informadas sobre saúde e nutrição 97 mil famílias com acesso aos produtos da Danone 290 mil pessoas mobilizadas pelo projeto 2.788 mulheres ativas 2.039 de toneladas vendidas por ano

55


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Iniciado em 2010, o Projeto Kiteiras é

sua fase de expansão. No primeiro ano de

uma iniciativa da Danone Brasil focada no

participação, o número de kiteiras cresceu

empreendedorismo de mulheres de baixa

de 400 para 1.000 que nasceu em Salvador.

renda para incluí-las em um novo modelo

O projeto chegou a São Paulo e Fortaleza

de negócio, como vendedoras porta a porta

em 2016 e 2017, respectivamente.

de produtos Danone. As kiteiras recebem

Com impacto positivo em escala na vida de

capacitação em gestão e técnicas de venda.

famílias inteiras que vivem em situação de

Cerca de 500 delas já se formalizaram,

vulnerabilidade, o Kiteiras é exemplo de sucesso

tornando-se microempreendedoras (MEI).

de iniciativa empresarial economicamente

A convite do Banco Interamericano de

rentável e socialmente responsável.

Desenvolvimento (BID), a Visão Mundial se juntou ao projeto em 2015 para apoiar

56


NE G ÓC IOS SOC IA I S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Visão Digital

11 mil famílias no processo de digitalização do sinal de TV 33 mil pessoas beneficiadas pelas ações comunitárias 228 jovens capacitados 4 municípios alcançados 1178 voluntários mobilizados

Em 2017, o sinal analógico de televisão foi

tornaram instaladores e apoiaram a execução

desligado no Recife e em 13 municípios da

do Visão Digital em parceria com o SENAI.

Região Metropolitana. Em parceria com

Além de garantir a inclusão digital, promoveu

a empresa Seja Digital, a Visão Mundial

a capacitação profissional e geração de

promoveu o acesso à TV Digital para famílias

renda nas comunidades. Outras ações foram

de baixa renda por meio da instalação

realizadas nas periferias de Recife, Olinda,

gratuita de equipamentos. Ao longo de dois

Paulista e Jaboatão dos Guararapes em

meses, a Visão Mundial realizou cursos

parceria com mais de dez organizações locais.

profissionalizantes para jovens que se

57


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Rede Comunitária Santa Luzia

50 mulheres de baixa renda receberam formação em educação financeira e se tornaram aptas a gerir negócios, estruturar poupanças comunitárias e construir novas possibilidades.

Como promover o empreendedorismo e o

poupanças comunitárias e construir novas

hábito de poupar junto a mulheres que vivem

possibilidades, com o apoio da metodologia

em situação de extrema vulnerabilidade? Foi

GOL.D (Grupo de Oportunidade Local e

com esse desafio que a Visão Mundial chegou

Desenvolvimento), desenvolvida pela Visão

à Santa Luzia, comunidade localizada nos

Mundial e em parceria com o SEBRAE

entornos do Lixão da Estrutural, em Brasília

Nacional e o BID FOMIN. As participantes do

(DF). Capacitadas em técnicas artesanais

projeto expuseram e venderam os produtos

e culinárias, 50 mulheres de baixa renda

fabricados por elas em eventos, gerando uma

se formaram em educação financeira e se

renda de R$ 4.000, que foi reinvestida para a

tornaram aptas a gerir negócios, estruturar

continuidade da cooperativa.

58


NE G ÓC IOS SOC IA I S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Marisqueiras de Alagoas

A partir da atuação da Visão Mundial em Alagoas, as marisqueiras receberam sensibilização para erradicar o trabalho infantil, apoio para estruturar uma cooperativa e comprar equipamentos como freezers, fogões, pias, máquinas seladoras e trituradoras.

59


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Imagine mulheres que trabalham a céu

soluções práticas, como a capacitação em

aberto, sem equipamentos ou condições

gestão de negócio e manejo adequado

adequadas para o processamento do sururu.

do sururu. Além disso, as 50 marisqueiras

Essa é a realidade de mais de 800 famílias

receberam apoio para estruturar uma

que dependem desse fruto do mar para sua

cooperativa e comprar equipamentos como

sobrevivência às margens da Lagoa Mundaú

freezers, fogões, pias, máquinas seladoras

na periferia de Maceió (AL). O Projeto Mundaú

e trituradoras, e passaram por ações de

chega para ocupar essa falta: melhorar as

sensibilização para erradicar o trabalho infantil.

condições de trabalho e aumentar a renda

Em 2017, o Projeto Mundaú foi um dos

mensal das mulheres, com impacto direto

vencedores da 10ª edição do concurso

na vida de seus filhos e da sua comunidade.

Volkswagen na Comunidade, promovido

Iniciativa da Visão Mundial, Mundaú oferece

pela Fundação Volkswagen.

60


INOVA Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Inova 61


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

ação 62


INOVA Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

A Máquina do Bem é um centro de inovação social de marketing e comunicação digital para o terceiro setor e negócios sociais. Desenvolve plataformas digitais de alta escalabilidade e pensa soluções de comunicação, marketing e tecnologia para alavancar causas e organizações para que seja possível construir um mundo melhor.

63


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Regalo con Causa

No Regalo con Causa, você escolhe o projeto que quer apoiar, o valor de arrecadação e depois divulga para seus amigos embarcarem nessa.

E se no dia do seu aniversário, em vez de

de arrecadação e depois divulga para seus

receber presentes, você mudasse a vida

amigos embarcarem nessa. Se todo dia é

de crianças na Colômbia? O processo

aniversário de alguém, imagina quantos

é simples. No Regalo con Causa, você

meninos e meninas não poderiam ser

escolhe o projeto que quer apoiar, o valor

ajudados por essa rede do bem?

64


INOVA Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Ganemosle al Bullying

Um site confiável e descomplicado em que crianças, adolescentes, professores e pais têm acesso a ferramentas decisivas no combate ao bullying.

Mais que um projeto, Ganemosle al Bullying

onde está um material rico em métodos,

é um movimento para eliminar a prática

dinâmicas e dicas, há um teste anônimo com

do bullying no Chile, onde mais de 60%

rápidas dez perguntas que podem indicar

dos alunos já foram vítimas. Para mudar

se há ou não bullying no ambiente escolar.

esse cenário, estar informado é a principal

Escuta, anonimato e apoio são um tripé

estratégia. A partir dessa premissa, foi

fundamental na plataforma: meninos e meninas

criado um site confiável e descomplicado,

podem relatar a situação que enfrentam e

em que crianças, adolescentes, professores

recebem conselho e soluções concretas para

e pais têm acesso a ferramentas decisivas

que sigam suas vidas sem traumas.

no combate ao bullying. Além do blog,

65


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Faith & Development

O projeto está dividido em quatro áreas principais: envolvimento externo, políticas e estratégia (global, regional e nacional), desenvolvimento da liderança e capacidade global.

Por ser uma organização cristã, a Visão

O trabalho é posicionar a Visão Mundial para

Mundial recebe apoio de práticas teológicas

mudanças positivas impulsionadas pela fé.

que sustentam a missão principal: “pro-

O projeto está dividido em quatro áreas prin-

mover a transformação humana, buscar a

cipais: envolvimento externo, políticas e es-

justiça e testemunhar o Reino de Deus como

tratégias (global, regional e nacional), desen-

seguidores de nosso Senhor Jesus Cristo”.

volvimento da liderança e capacidade global.

66


INOVA Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Aplicativo By Fave.la

O app conecta consumidores, empreendedores e negócios locais, promovendo redes de compras e de serviços, da favela para a própria favela.

Da favela para a própria favela: By Fave.la é

e a geração de renda em comunidades

um aplicativo que conecta consumidores,

vulneráveis, ainda está em fase de testes.

empreendedores e negócios locais

Mas em Fortaleza, cerca de 80 comerciantes

promovendo redes de compras e de serviços.

já tiveram a oportunidade de conhecer o

Desenvolvido pela Visão Mundial, em parceria

aplicativo e gerar cupons promocionais por

com a Máquina do Bem, o aplicativo, que

meio do mesmo, impactando no movimento

busca potencializar o empreendedorismo

de seus negócios.

67


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Plataforma MJPOP SKOLA

A plataforma é voltada para estudantes de 11 a 18 anos de escolas públicas e possibilita o compartilhamento de conteúdos, como documentos, textos, fotos e vídeos.

Alunos de 11 a 18 anos de escolas públicas

maneira rápida e eficiente. Desenvolvida

agora têm um espaço digital para opinarem

pela Visão Mundial em parceria com o

sobre as questões estruturais do lugar em

MJPOP (Movimento Jovem de Políticas

que estudam. A plataforma MJPOP SKOLA

Públicas), a plataforma está sendo testada

surge para melhorar a comunicação entre

por gestores, alunos e professores da Escola

alunos, professores e grêmios estudantis

Municipal José Carvalho, em Fortaleza, com

que poderão compartilhar conteúdos,

expectativa de ampliação para mais três

documentos, textos, fotos e vídeos de

escolas no Ceará.

68


INOVA Ç Ã O

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Juntos pelas Crianças

Já estão envolvidos quatro países, 15 estados brasileiros, cerca de 90 organizações parceiras e 25.779 crianças cadastradas.

69


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

A ideia é tão genial quanto simples: os doadores

instituições sociais a doadores interessados

podem escolher a criança e a organização que

em apoiar crianças, adolescentes e jovens em

pretendem ajudar e acompanhar atualizações

situação de vulnerabilidade. A ideia é que

sobre seu desenvolvimento.

se crie uma rede forte de organizações em

A plataforma Juntos pelas Crianças

prol da infância no Brasil e no mundo. Já

(www.juntospelascriancas.com), lançada

estão envolvidos quatro países, 15 estados

em outubro de 2017 pela Visão Mundial,

brasileiros, cerca de 90 organizações

é uma ferramenta digital que conecta

parceiras e 25.779 crianças cadastradas.

70


PRÊ M IOS

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Prêm 71


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

mios 72


PRÊ M IOS

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

100 melhores ONGs

Apenas as 100 melhores organizações foram selecionadas para fazer parte da publicação anual Guia Melhores ONGs.

O Instituto Doar, em parceria com a Fundação

O objetivo da premiação é fomentar a cultura

Getúlio Vargas e a Revista Época, se uniu em

de doação, dando visibilidade ao trabalho das

agosto de 2017 para escolher as 100 melhores

organizações e destacando a legitimidade e

ONGs brasileiras, dentre as quais a Visão

credibilidade das iniciativas para que mais

Mundial foi uma das escolhidas, devido ao seu

doadores sejam incentivados a investir

trabalho de 42 anos com projetos nas áreas

em trabalhos sociais. Das 300 mil ONGs

de educação, saúde e proteção das crianças.

brasileiras, mais de 1.500 inscrições foram

O prêmio recebido repercutiu na mídia

realizadas, mas apenas as 100 melhores foram

nacional e ganhou destaque na Perspectiva

premiadas e incluídas na publicação anual

Latina, revista produzida pela World Vision

Guia Melhores ONGs.

America Latina y el Caribe.

73


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Volkswagen na Comunidade Em 2017, mais de 12 mil projetos foram inscritos no concurso Volkswagen na Comunidade e a Visão Mundial foi uma das 12 organizações selecionadas pela Fundação Volkswagen para receber a premiação final.

Dezenas de mulheres às margens da Lagoa

concurso, apenas 12 organizações foram

Mundaú (AL) dependem do sururu para

selecionadas. A premiação de R$ 40 mil

sobreviverem sem cooperativos, apoio político,

diminuiu a precariedade vivida por 50

condições básicas e equipamentos básicos.

marisqueiras revertida em soluções práticas,

Foi a história dessas marisqueiras, assistidas

como equipamentos e ações de sensibilização.

pela Visão Mundial por meio do Projeto

Além do prêmio em dinheiro, o concurso

Mundaú, em Alagoas, uma das vencedoras

ofereceu às organizações vencedoras

da 10ª edição do concurso Volkswagen na

um curso de Gestão de Projetos Sociais

Comunidade, promovido pela Fundação

voltado para a administração sustentável de

Volkswagen, em outubro de 2017, em São

recursos, captação de novos investimentos

Paulo. Dos 12 mil projetos inscritos no

e estratégias de comunicação.

74


NA M ÍD IA

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Na M 75


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

6.500

Saúde ou Educação relacionadas ao Amazon Vida (beneficiários)

Mídia (6.500 = número referente a atendimentos médicos e a ações educativas nas comunidades ribeirinhas)

24

400

90

300

70

R$ 7,1mi

Pautas sobre a Visão Mundial foram trabalhadas à imprensa no período.

Minutos foi o tempo da matéria veiculada no Estrelas Solidárias da TV Globo.

Veículos da grande imprensa brasileira publicaram notícias sobre a Visão Mundial.

Notícias sobre a Visão Mundial foram veiculadas em 294 diferentes veículos.

Minutos foi o tempo de matérias de Rádio veiculadas sobre a Visão Mundial.

Em mídia espontânea foi o valor alcançado com assessoria de imprensa.

76


NA M ÍD IA

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Programa Estrelas na Rede Globo

Em 2017, foram beneficiadas pelo Projeto Amazon Vida 6.500 pessoas por meio de ações de saúde e educação.

77


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Em um sábado de agosto, o time de

navega pelas comunidades ribeirinhas

colaboradores e apoiadores da Visão

oferecendo serviços médicos para crianças

Mundial ficou grudado na TV para assistir

e suas famílias. A cantora Wanessa Camargo

ao Estrelas Solidárias, programa comandado

viajou junto com a tripulação da Visão

pela apresentadora Angélica, da Rede Globo.

Mundial até a comunidade de Bela Vista,

Naquele dia, foi exibida uma reportagem

localizada a sete horas de Manaus, e

especial sobre o Projeto Amazon Vida,

colaborou com os voluntários e brincou

desenvolvido pela Visão Mundial em parceria

com as crianças. Estrelas Solidárias mostrou

com a Igreja Presbiteriana de Manaus e o

as ações do Projeto Amazon Vida que

Instituto Presbiteriano Mackenzie.

beneficiou 6.500 pessoas por meio de ações

Uma das ações do projeto é realizada por

de saúde e educação.

meio do barco-hospital Amazon Vida, que

78


NA M ÍD IA

79

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

80


FINA NÇ A S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Finan 81


VI SรƒO M U N D I AL B R ASI L

nรงas 82


FINA NÇ A S

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO PARA O EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2017 (Valores expressos em Reais - R$, exceto quando indicado de outra forma) 1/10/2016 a 30/9/2017

1/10/2015 a 30/9/2016

26.634.168

28.665.885

Receitas de doações locais

9.881.212

9.390.741

Receitas com doações de serviços

7.548.802

Receitas com gratuidade e subvenção

1.977.842

2.733.648

Total

46.042.024

40.790.274

(21.896.158)

(24.942.090)

RECEITAS OPERACIONAIS Receitas de doações do exterior

CUSTOS E DESPESAS OPERACIONAIS Com programas: Custos diretos com projetos Custos dos serviços recebidos em doação

(7.548.802)

Custos indiretos de suporte aos programas

(9.686.564)

(10.449.433)

Despesas com gratuidade e subvenção

(1.977.842)

(2.733.648)

Total

(41.109.366)

(38.125.171)

(3.483.715)

(3.425.965)

(601.894)

(651.086)

Administrativos: Despesas com captação de fundos Depreciação e amortização Outras receitas (despesas) operacionais Total

476.160

(89.700)

(3.609.449)

(4.166.751)

107.131

123.177

RESULTADO FINANCEIRO Receitas financeiras Despesas financeiras

(2.240)

(5.088)

Total

104.891

118.089

1.428.100

(1.383.559)

(DÉFICIT) SUPERÁVIT DO EXERCÍCIO Resultado Auditado por Consultoria Especializada Independente.

83


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

84


E XPE D IE NTE

R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

Expediente Conselho Presidente do Conselho Diretor

Ariovaldo Ramos dos Santos

Vice-Presidente do Conselho Diretor

Valdir Raul Steuernagel

1º Tesoureiro / Membro Comitê de Governo

Linaldo de Souza Guerra

2º Tesoureiro / Coordenador Comitê de Governo / Membro do Comitê de Sustentabilidade

Roberto Souza Chenk

1ª Secretária / Membro Comitê de Governo

Valeria Trigueiro Santos Adinolfi

2º Secretário do Conselho Diretor

Antonio Gonçalves da Mota Silveira Neto

Coordenador do Conselho Fiscal

Henrique Moraes Ziller

Membro do Conselho Fiscal

Edelweiss Falcão de Oliveira

Membro do Conselho Fiscal

Eude Martins da Silva

Membro da Assembleia / Coordenador do Comitê de Sustentabilidade

Ismael Rocha Jr.

Membro da Assembleia

Raquel Novaes Lourenço

Membro da Assembleia

Hadassa de Moraes Alves

Membro da Assembleia

Ricardo Torres Poquiviqui

Membro da Assembleia

Marisa de Freitas Ferreira

Membro da Assembleia

Ziel Jorge Oliveira Machado

Membro da Assembleia

Davi Charles Gomes

Membro da Assembleia

Paulo Fabra Siqueira

Membro da Assembleia

Silvana Bezerra Magalhães

85


VI SÃO M U N D I AL B R ASI L

Equipe Executiva Função

Nome

Diretor Nacional

João Helder Diniz

Diretor de Ministério

Cassiano Luz

Diretor de Marketing

Thiago Crucciti

Diretor de Advocacy e Relações Institucionais

Welinton Pereira

Gerente Sênior de Pessoas & Cultura

Danúbia Carvalho

Gerente Sênior de Finanças

Luís Eduardo Assunção

Gerente Sênior de Estratégia e Planejamento

Eunice Santos

Ficha Técnica Função

Nome

Diretor de Marketing

Thiago Crucciti

Gerente de Comunicação

Everton Correia

Textos

Cattleya Lopes Thamires Lima Eliz Almeida

Revisão

Teresa Montes

Fotografias

Banco de Imagens VMB

Projeto Gráfico

Máquina do Bem

Colaboradores

Ana Beatriz Paulichenco, Andréa Freire, Aizianne Leite, Clarice Ziller, Cristiane dos Anjos, Carmilson Brito, Edgleison Rodrigues, Eugênio Rodrigues, Eunice Santos, Gutemberg Neto, Karina Lira, Luisa Phebo, Luís Eduardo Assunção, Marcelo Meneses, Nísia Correia, Raniere Pontes, Renata Cavalcanti, Siméa Meldrum, Sophia Ribeiro, Sueli Catarina de Carvalho, Tales Ferreira e Thiago Machado.

86


R E LAT Ó R I O AN UAL | 2017

VI SÃO M U N D I AL B R ASI L


Tel.:11 3133 5600

Relatório Anual 2018  
Relatório Anual 2018