Page 1

2

FORTALEZA - CEARÁ - BRASIL Quinta-feira, 29 de novembro de 2012

IMÓVEIS

i-Uni Brasil traz novo conceito de negócios para o mercado imobiliário brasileiro Oportunidade de geração de negócios e emprego para o segmento oferece

possibilidade de trabalho home office e incentivo à criação de novas empresas

A

i-Uni Brasil (www.iunibrasil. com.br), empresa brasileira do setor imobiliário que utiliza um conceito inovador nascido na Europa traz ao país uma nova proposta. O objetivo da companhia é oferecer a possibilidade de criar um negócio a baixo custo e obter alternativas de renda. O projeto oferece a oportunidade de novos negócios voltados para todo e qualquer perfil de empreendedor, seja para quem deseja mudar de profissão, casais e amigos interessados em abrir um empreendimento no ramo imobiliário ou ainda corretores autônomos que já atuam no segmento. Diferente do conceito de uma franquia convencional, a i-Uni Brasil oferece as vantagens de um modelo de negócios que já é sucesso no exterior dentro de um setor que está em alta no Brasil. Além disso, há enorme facilidade para o licenciamento da marca, ou seja: o empresário terá toda a estrutura e suporte de uma franquia com a liberdade contratual de um licenciamento. Entre os diversos setores da economia, o mais rentável e seguro para se investir atualmente é o setor imobiliário. O volume de empréstimos dedicados à compra e à construção de imóveis cresceu em 20% entre junho de 2011 e maio deste ano, de acordo com dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). NOVO MODELO Neste contexto, a i-Uni Brasil chega ao mercado proporcionando um novo modelo de negócios para o corretor de imóveis e para as imobiliárias físicas, além de ser a melhor opção para quem pretende abrir o seu primeiro negócio. Isso porque o investimento inicial é muito baixo (cerca de R$ 2 mil), com

Imóveis

mercado imobiliário como antigamente, sem anunciar e buscar clientes na web. Esse é o objetivo da nossa empresa, sem contar as possibilidades de expansão que o negócio passa a ter. A i-Uni Brasil proporciona o produto e o cliente. E o associado, fecha o negócio”, conclui.

mensalidades de R$ 200 para corretores autônomos e R$ 500 para imobiliárias físicas com até dez corretores. Se associar é muito simples: basta o profissional possuir um computador e acesso à internet. No entanto, é importante ressaltar que trata-se de uma atividade regulamentada por um Conselho Regional, o CRECI, com a qual é imprescindível ao candidato possuir seu registro nele. Com o sistema operacional da rede baseado em Clowd Computer (um servidor em rede online permite o acesso rápido e leve de qualquer dispositivo eletrônico como computadores, tablets e smartphones), os autônomos podem trabalhar em casa, dispensando custos adicionais com o aluguel de uma loja ou escritório, por exemplo. SUPORTE Além disso, os participantes do projeto recebem, de forma contínua, treinamento, apoio jurídico e administrativo durante toda a vigência da licença obtida, além de modelos de contratos, cartões de visitas e assessoria de marketing e merchandising.

Segundo o diretor geral da i-Uni Brasil, Rodrigo Caporrino, as imobiliárias físicas também ganham destaque ao adquirir o licenciamento e converterem suas bandeiras. “Dessa forma, o modelo operacional da imobiliária receberá um upgrade que diminuirá de maneira significativa os custos já estabelecidos para manter o negócio, além de otimizar tarefas diárias como a captação de imóveis onde normalmente muitos corretores a deixa em segundo plano”, diz. De acordo com a diretora de Comunicação da i-Uni Brasil, Vanessa Rosal, ao tornar-se um associado, o corretor e a imobiliária terão a alternativa de fazer anúncios de forma automática em mais de 100 portais imobiliários (número em franca expansão, incluindo portais no exterior), economizando tempo e dinheiro. A executiva afirma ainda que os associados podem encontrar proprietários (particulares) que anunciam imóveis em todos os estados brasileiros por meio de um buscador inédito instalado no sistema. “Com o avanço da internet, fica praticamente impossível trabalhar no

MERCADO EM EXPANSÃO A Associação de Investidores Estrangeiros no Setor Imobiliário (Afire) indica que este ano, o Brasil se transformou no segundo melhor mercado imobiliário do mundo na atração de investidores estrangeiros, superando a China na lista de preferências. São Paulo é a cidade brasileira que mais se destaca no setor, passando de 26º lugar no ranking para a 4ª colocação entre as grandes metrópoles, superando a cidade de Frankfurt e todas as capitais dos países da zona do Euro e das economias dos Brics. SOBRE A I-UNI BRASIL Os fundadores da i-Uni Brasil são profissionais imobiliários com experiência no mercado Europeu, tendo enfrentado um cenário hostil para negócios na região e as dificuldades do setor, além da enorme crise econômica que a união europeia sofre atualmente. Procurando destacar-se no mercado local, objetivando conter custos de publicidade com seus anúncios e tentando economizar tempo nas saídas às ruas para captar imóveis, os sócios da i-Uni Brasil adquiriram uma franquia imobiliária que usa um sistema muito conhecido em países como Noruega, Espanha e Portugal de publicações em massa de anúncios na internet. Contudo, a equipe i-Uni Brasil desenvolveu um sistema diferente, muito mais amplo e prático que o europeu, adaptado para uso exclusivo no Brasil. (Fonte: i-Uni Brasil)

EDITORIA: Cely Fraga e Ricardo Dreher. REPORTAGEM: Jessica Fortes. PROJETO: Kelton Vasconcelos. DIAGRAMAÇÃO: Wevertghom Bastos. REVISÃO: Lena Lopes. COMERCIAL: Lourdes Duarte (9121.2720 / 8748.1866), Elenice Braga (8600.2445 - 9113.3720) Regina Jereissati (9164.5200). E-MAIL: imoveis@oestadoce.com.br

i-Uni Brasil é destaque no jornal O Ceará  

Novo negócio para corretores de imóveis