Issuu on Google+

12

ATRIBUNA VITÓRIA, ES, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2012

Informática

MATRIX Receitas para solteiros Cozinhar para alguns solteiros ou para quem não tem habilidade nenhuma pode ser um verdadeiro suplício. Mas há tutoriais que podem facilitar a vida do aprendiz de mestre-cuca. O site http://receitas.br101.org/ reúne uma coletânea de receitas de pratos práticos e que podem matar a fome nas horas em que não há nada aberto. As receitas são variadas, passando

de pratos com carnes a frutos do mar. Após se cadastrar na página, o internauta pode compartilhar com os demais as obras-primas criadas dentro da cozinha.

Na hora certa

Aplicativo que financiou Obama chega ao Facebook O Facebook agora conta o aplicativo Mobilize, que ajudou a financiar a campanha do presidente americano Barack Obama, em 2008. Trata-se de uma ferramenta de crowdfunding que obtém recursos a partir do financiamento coletivo. Quem quiser iniciar uma campanha de crowdfunding dentro do Facebook deve instalar o aplicativo Mobilize acessando www.mobilizefb.com. A adesão ao Mobilize é gratuita.

Para quem está cansado de ficar “forever alone” e sem resposta em redes sociais, como o Twitter, há ferramentas que auxiliam na obtenção delas. O Timely (http://www.timely.is/) analisa os últimos 199 tweets e descobre o melhor tempo para postar. Em seguida, usa essa informação para marcar seus tweets e verificar como os seguidores aumentam.

Praias de Miami com o Messi A Pepsi está com uma promoção em seu site (www.pepsi.com.br) na qual o internauta pode ganhar a chance de curtir uma balada com o craque argentino Lionel Messi.

Para participar da promoção, basta responder a pergunta: “Você e o Messi na balada em Miami começa a rolar o maior samba, mas ele não sabe sambar. O que você fa-

ria?” A resposta mais criativa ganha a promoção. E é preciso correr: o internauta tem até amanhã para responder a pergunta.

Segurança na web Para ajudar o usuário que não conhece muito os recursos da internet e nem os seus perigos, o australiano Daniel Grzelak criou o site “Should I change my password?” (deveria mudar minha senha?, em português) para que o internauta possa saber se as informações dele constam em listas vazadas por cibercriminosos.

Trata-se de um banco de dados baseado nas informações roubadas que foram disponibilizadas pelos hackers que, inclusive, apresentam centenas de milhares de senhas de perfis do Facebook. O endereço da página é ht tp s:// sh oul di ch an ge mypassword.com.

Mobilize no jornal A Tribuna, do Espírito Santo