Page 1

Lápis Mágico Ano I

Nº1

Ano lectivo 2010/2011

António Mota em Roriz Vivendo o projecto “A magia da linguagem” o escritor foi convidado a visitar o jardim de infância de Roriz

Música em Acção No passado dia 18 de Dezembro os alunos do CEE foram ao Porto à casa da música Julho.

Ficha Técnica: Responsável: Ernestina Ataíde Redacção: Ana Pereira e Comunidade Educativa Fotografia: Susana Fernandes Montagem. Irene Silva

Almoço da família no CAO

O dia da Família foi comemorado no CAO


2

Música em Acção No âmbito do projecto “Sentidos em acção”, no dia 18 de Novembro, através do Serviço Educativo da Casa da Música, o CEE mergulhou no universo infinito da música através de uma variedade de experiências de ouvir, fazer, criar e dançar. Independentemente das limitações físicas e intelectuais dos nossos alunos, as actividades programadas permitiram-lhes encontrar neste espaço caminhos de descoberta e participação plena, experimentando um processo de realização artística que levou a resultados imediatos e motivadores. O workshop do Sound=Space, instrumento virtual electrónico que transforma o movimento em sons, permitiu que todos os alunos fossem os criadores de ínfimas paisagens sonoras a partir de um desafio bem simples: fluir num espaço vazio delimitado por sensores que acusavam a locomoção e transformavam-na em música. De gatas, de carrinho de rodas, aos saltos ou correndo, esticando a cabeça ou acenando a um amigo, os nossos alunos descobriram que movendo-se despertavam um piano ou um tambor, ruídos do quotidiano ou diferentes sinfonias. Com grande alegria, movimento e dinamismo proporcionou-se uma experiência de criação musical e apuramento do sentido auditivo. Esta actividade mostrou-nos que a música pode ser vivida e participada de diferentes formas, revelando-nos a sua importância e potencialidades na estrutura de cada pessoa e da sociedade em geral.


3

Vivendo o projecto “A Magia da Linguagem” num encontro com o escritor António Mota em Roriz No dia 14 de Dezembro de 2010 o escritor António Mota veio a Roriz. Realizamos o encontro no Salão Paroquial de Roriz, porque vieram os meninos de outros Jardins de Infância (Alheira, Alvito S. Pedro, Aguiar, Aborim, Tamel S. Fins e Quintiães a assistir a esta festa do leitura. Nós gostamos muito de dramatizar o teatro do “coelho branco” e recitar a poesia “Numa casa muito estranha”. Também gostamos de ver a história “Se eu fosse mágico”apresentada em PowerPoint pelo Jardim de infância de Alheira e as lengalengas cantadas com acompanhamento de instrumentos musicais pelos meninos de Alvito S. Pedro. No fim autografou os livros que nós compramos. O escritor António Mota é muito simpático e engraçado, ele escreve muitas histórias bonitas. Com este encontro aprendemos que os livros nos ensinam coisas importantes e ajudam a conhecer coisas novas, devemos cuidar deles com cuidado para não os estragar. O livro é um amigo! Foi muito bonito


4

Festa de Natal n


na Quinta da Pia

5


6

Vivendo o ciclo do Pão no Jardim de Infância de Roriz Inserido no Projecto de Saúde promoção de uma Alimentação saudável para além de toda a dinâmica relacionada com o dia da alimentação (trabalhos de expressão plástica, apresentação de historias, confecção de pipocas promovemos no Jardim de Infância uma desfolhada que se revelou bastante enriquecedora, as crianças participaram activamente com entusiasmo. Posteriormente realizamos uma visita ao moinho do Sr. Neves em Panque.

As crianças tiveram

oportunidade de observar e contactar com o nosso património rural. Desta forma ficaram a saber como se processa a transformação do milho em farinha de forma tradicional, onde o moinho gira pela força da água. Aproveitamos a oportunidade e compramos farinha.

No dia seguinte dirigimos nos a casa de um encarregado de educação a dona Teresa (avó do Miguel) para confeccionar pão as crianças observaram e contactaram com o processo de confecção do pão de forma tradicional, e os ingredientes e utensílios necessários para toda este mecanismo.

Com as presentes actividades as crianças compreenderam o ciclo do pão e a importância de comer pão. Foi tão bom saborear a broa e os bolos de sardinha e carne.


7

Semana da Leitura no JI de Roriz Na semana de 1 a 5 de Março de 2010, comemorou-se neste JI a semana da leitura. Foi uma semana importante porque as nossas mães, pais, primos, padrinhos e outros familiares vieram à nossa escola ler e contar histórias. Gostamos muito de ouvir as histórias e ver as imagens. A que mais gostamos foi a da “Cinderela” que contou a mãe da Beatriz Maria e a do “Urso formigueiro” que contou o pai do Nuno. Ouvimos muitas histórias nessa semana: “O macaco de rabo cortado”; “Corre, corre cabacinha” em acetatos, “O sapo apaixonado” em power point; “Os três porquinhos” em slides; “Uma lagartinha muito comilona”; “Jaime e as bolotas”; “Os óculos da Toupé”; “A mosca fosca”; “O Dumbo”; “Harry e o balde de dinossauros Oh Não”;“O casamento da gata”; “O rato da cidade e o rato do campo” No último dia assistimos ao teatro “O nabo gigante” com os meninos de Alheira, Panque e Cossourado. Oferecemos um marcador de livros e uma rosa aos participantes. Nós devemos ler muito porque os livros ensinam-nos muitas coisas e ficamos mais espertos. O livro dá-nos conhecimentos, aprendemos palavras novas, aprendemos a ler, aprendemos a ser amigos, a ser solidários e a amar e respeitar os outros. Queremos agradecer a todos que vieram à nossa escola tornar esta semana especial.

Ser amigo … Com o objectivo de trabalhar os afectos e os valores, integrado no projecto de saúde, neste período debruçamo-nos sobre a amizade. A motivação para abordar este tema partiu da história “O Sapo encontra um amigo” e a canção “Nós somos grandes amigos” cada criança foi convidada a exprimir-se sobre a amizade com registo escrito e representação gráfica, posteriormente recortaram um coração pequeno e em casa,

no

ambiente familiar regis-

taram nestes, mensagens que depois

de lidas foram coladas

num coração grande. Ser amigo é “Amar muito como a

minha avó me ama; é

gostar muito dos professores que nos

ensinam

cia” (Mãe do Joel); “Amigo um fiel está ao nosso lado” (mãe do Vasco).

com

paciên-

companheiro, aquele que


DICAS...

8

Eles são o nosso espelho...

Os seus olhos observam-nos de noite e de dia todas as palavras entram os seus ouvidos atentos; As suas mãos querem fazer o que nós fazemos; Eles passam a vida a sonhar que um dia serão como nós, porque somos os seus ídolos, os mais sábios entre os sábios; Nas suas pequenas mentes nunca albergam suspeitas nem dúvidas, acreditam em nós com devoção, afirmam que tudo o que dizemos e fazemos está certo e, quando crescem, dirão e farão muitas das coisas que dissemos e fizemos; Acreditam que temos sempre razão; Com os olhos abertos e os ouvidos sempre alerta, observam-nos e escutam-nos a todo o momento; Estamos a servir de exemplo, em cada dia, em tudo o que fazemos! São as crianças que estão à espera de crescer para ser como aprenderam com cada um de nós. Autor desconhecido

Pensar a divertir Nem só de

vive o homem. Em

Cada

fechada não entra mosca.

no seu galho. Águas passadas não movem

Quando o

salta, água não falta.

.


Lápis Mágico  

Jornal BE, jornal escolar

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you