Page 43

cadente da participação da indústria no PIB. Mas é preciso considerar que é uma desindustrialização relativa e não absoluta, ou seja, nem todos ele. Cário, que coordena um grupo de pesquisa sobre economia industrial,

co. Então, nós temos que caminhar na defesa da indústria”, declarou ele, lembrando que o Brasil não está num estágio de desenvolvimento como os países europeus, ainda que em crise neste momento. Pra reverter a situação, Cário defende que a participação do Estado por meio de regimes de incentivo,

comercial é primordial. “Mas o mais importante é criar um ambiente político e econômico favorável porque o Estado estimula, mas quem vai executar é o setor empresarial. E o no futuro para que ocorram os investimentos”, ressaltou ele.

que geram a desindustrialização está na substituição de peças nacionais pelas importadas na fabricação do produto. Ainda que relativo, mas a indústria está perdendo participação na construção da riqueza nacional. O professor alerta que isso é um problema, pois, nos países em desenvolvimento a indústria tem um papel muito importante. Diferentemente dos países desenvolvidos onde o setor de serviços é o grande responsável pela geração de renda. Ainda que a indústria caia, a renda cresce por causa do setor terciário. “Aqui, a indústria cai e o serviço não responde no mesmo sentido. Falar em desindustrialização na Europa é fácil porque lá a renda per capta é de US$ 25 mil. Agora, falar em desindustrialização no Brasil, com renda per capta de US$ 4,5 mil é muito problemáti43

Acic_edicao 34.indd 43

8/6/2012 10:21:14

Revista ACIC 34  

Revista ACIC Criciúma 34

Advertisement