Page 1

Experientes Jornal da Federação das Associações e Departamentos de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de São Paulo

Filiada a

FEVEREIRO/ MARÇO- ED.040 - 2018

FAPESP SEGUE NA LUTA PELA MANUTENÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Se você pensa que com a intervenção no Rio a PEC da Previdência não é mais problema, engana-se! Governo Temer prepara outras medidas para retirar nossos direitos! Atenção!

NESTA EDIÇÃO LISTA COMPLETA DOS PARLAMENTARES DE SÃO PAULO QUE TRAIRAM OS TRABALHADORES E AJUDAM NO DESMONTE DA NOSSA PREVIDÊNCIA www.federacaofapesp.com.br

facebook.com/federacaofapesp

Federação Fapesp


02 EXPERIENTES ESPAÇO DO PRESIDENTE

Nossa luta não cessará!

Engana-se quem pensa que com a intervenção no Rio, eleições, copa do mundo o assunto da Previdência está enterrado! Apesar da suspensão da tramitação da PEC 287, nossa luta pela manutenção da nossa Previdência Social deve seguir, já que a PEC continua ali esperando votação. O grito de carnaval em 2018 foi um grito de basta. A insatisfação virou enredo. Tivemos um carnaval marcado pelo Vampirão Neoliberalista e a ala dos Manifantoches, sátira a manifestantes manipulados pelo pato da Fiesp. Vimos na avenida o retrato da realidade brasileira com operários obrigados a se desdobrar com más condições de trabalho e carteiras rasgadas que mostravam as consequências da reforma da trabalhista. O governo não jogou a toalha e tudo não vai ficar como está. Primeiro, governo e mídia continuam com o terrorismo de culpar a Previdência do déficit, alardeiam o rebaixamento de nota do país e já apontam que o próximo presidente deverá realizar uma “reforma”. O projeto de “reforma” da Previdência é cobiçado pelo empresariado, bancos e boa parte dos políticos, por isso, querem a todo custo fazer acontecer o fim da nossa Previdência, das nossas aposentadorias. Uma coisa podemos ter certeza, “abrir mão” da PEC tem seu efeito colateral, vão querer descer goela abaixo medidas que massacram o povo. O governo já estuda congelar o salário mínimo nos próximos anos, eles não dão ponto sem nó! Sem contar com a política de privatizações. Entregam nossas riquezas e patrimônios nas mãos dos empresários e mais uma vez um desmonte de uma nação. Querem aumentar a desigualdade no país, marginalizar cada vez mais os

aposentados, idosos e trabalhadores. Com a terceirização, congelamento dos gastos públicos em saúde, educação e segurança, a CLT rasgada pela reforma trabalhista quem sofre as consequências é a população, cada vez mais marginalizada e os empresários cada vez mais ricos. A desigualdade é gritante e este governo quer cada vez mais aumentar esse abismo. Nossos direitos estão sendo suprimidos! Devemos ficar atentos aos candidatos a deputado estadual, federal, senador, governador e presidente e cobrá-los o compromisso com os brasileiros e não com essa agenda de retirada de direitos fundamentais. Os Idosos devem participar desse debate, alertar familiares, amigos, comunidade sobre o impacto que nosso voto dará na vida de todos nós. Devemos como liderança mostrar a verdade que A NOSSA PREVIDÊNCIA É SÓLIDA É SUPERAVITÁRIA. O relatório da CPI da Previdência, aprovado por unanimidade, inclusive, com apoio da base governista, comprovou que o superávit entre 2000 e 2015 foi de R$ 821.739.000.000,00 (bilhões). Atualizado pela taxa Selic, esse valor seria hoje de R$ 2.127.042.463.220.76 (trilhões) ou seja, NADA DE DÉFICIT! A postura do governo de que há rombo na Previdência é contraditório com a política de desonerações. Nos últimos 20 anos, devido a desvios, sonegações e dívidas deixaram de entrar nos seus cofres mais de R$ 3 trilhões. A Desvinculação de Receitas da União (DRU) entre 2000 e 2015 foram R$ 614.904.000.000,00 (bilhões). Atualizado esse valor chegaria hoje a R$ 1.454.747.321.256,90 (trilhões). Há de se registrar que o atual governo elevou de 20% para 30% o percentual de retirada do orçamento da Seguridade. NÃO HÁ ROMBO, HÁ ROUBO NA NOSSA PREVIDÊNCIA! A democracia, a nossa Constituição sangram, ameaçadas. MAIS DO QUE NUNCA NOSSA LUTA E RESISTÊNCIA É FUNDAMENTAL. FIQUEMOS EM ATENÇÃO! Devemos continuar nossa luta contra a PEC da Previdência, contra qualquer retirada de direitos! Nosso grito é de basta a falta de vergonha na cara desse governo imoral e corrupto que não respeita o povo. NOSSA LUTA PELOS NOSSOS DIREITOS É DO TAMANHO DO BRASIL! APOSENTADOS E IDOSOS LUTEMOS! *José Veiga de Oliveira Presidente da FAPESP

BAIXARIA TOTAL: TEMER MENTE EM REDE NACIONAL

O senhor Temer continua com a propaganda enganosa e vergonhosa na TV aberta. Dessa vez ele foi ao Programa do Ratinho. Outro show de horrores para convencer a população da mentira que é a PEC da Previdência. Claramente compra apoio não só dos deputados como também da grande mídia, uma “entrevista” que parecia um teatro de tão falso que foi! ATENÇÃO A PROPAGANDA ENGANOSA! O senhor Carlos Massa deveria ter vergonha de promover um absurdo desses! Foi graças ao povo que fez ele chegar onde está e com essa “entrevista” mostrou que se vendeu e não tem o mínimo de respeito ao povo brasileiro! Está bem claro que o governo Temer promove o desmonte de direitos fundamentais. Já congelaram gastos da saúde, educação por 20 anos, rasgaram a nossa CLT e querem tirar a nossa aposentadoria, entregar a nossa Previdência aos bancos.Enquanto isso, o governo imoral segue com o discurso de que a Previdência é deficitária (sem cobrar nem um centavo dos grandes devedores). Temer e sua corja faz terrorismo na população com propagandas enganosas que mostram vantagens que não existem! O Congresso aprovou um gasto de R$ 99 milhões para publicidade com a reforma da Previdência, sendo que até julho deste ano o governo já tinha torrado outros R$ 100 milhões com propaganda (dados do portal da Lei de Acesso à Informação do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle). O governo não cobra do rico devedor e ainda gasta quase R$ 200 milhões DO NOSSO DINHEIRO com publicidade para dizer ao povo que não tem dinheiro, entendeu? Absurdo!

III SEMINÁRIO JURÍDICO, PREVIDENCIÁRIO E COMUNICAÇÃO FAPESP De 25 a 28 de junho de 2018

Local: Hotel Mantovani - Águas de Lindóia PARTICIPEM! VAGAS LIMITADAS! Informações sobre inscrição e formas de pagamento pelo e-mail fapesp_sp@terra.com.br ou telefone (11)3150-9393

Federação das Associações e Departamentos de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de São Paulo CNPJ: 60.263.365/0001-30 Rua 24 de Maio, 250 :: 1º Andar - República :: CEP: 01041-000 São Paulo SP Tel: (11) 3150-9393 Site: www.federacaofapesp.com.br Facebook: www.facebook.com/federacaofapesp

DIRETORIA EXECUTIVA Presidente: José Veiga de Oliveira Vice-Presidente: Antonio Alves Da Silva

Secretário Geral: Aristides Vieira Fernandes 2º Secretária: Juraci Goes Tesoureiro: Octaviano Pereira Santos 2º Tesoureiro: José Carlos Da Cruz Prates Diretora de Comunicação Social: Fé Martins Juncal Diretor Adjunto: Nelson Gonçalves Diretor de Assuntos Jurídicos: José Jair Azzi Diretora Adjunta: Norma Lopes Gonçalves Diretor de Rel. Sind. Movimentos Sociais: Milton Nunes De Brito

Diretora Adjunta: Daisy Maria Silva

CONSELHEIROS SUPLENTES 1 – Jair Ferreira De Toledo 2 – Antônio Vicente Durte 3 - José Salvador

CONSELHO FISCAL TITULAR 1 – Laércio Carolino 2 – Lydia Roque 3 – Francisco Procópio Pinheiro

Jornalista responsável e design gráfico Renan Matavelli - MTB: 79223 E-mail: renanmatavelli@gmail.com

Diretor De Formação, Cultura, Esporte E Lazer: Valdemar Venâncio Diretor Adjunto: Osmir Batista

Impressão: Gráfica Cinelandia Tiragem : 5 mil exemplares


FEVEREIRO/MARÇO 2018 03

FAPESP MARCA PRESENÇA NA 29º ROMARIA DOS APOSENTADOS! JUNTOS SOMOS MAIS FORTES! A União faz a força e a diferença. Juntos formamos milhões querendo mudança. A FAPESP marcou presença na 29º Romaria dos Aposentados na Basílica de Nossa Senhora Aparecida em comemoração ao Dia Nacional do Idoso, comemorado no dia 24 de janeiro. O evento foi organizado pela COBAP e Federações de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Primeiramente aconteceu a Santa Missa na Basílica de Aparecida que foi transmitida ao vivo pela TV e rádio Aparecida. Mais de 3 mil aposentados lotaram a basílica junto com outros fiéis da Mãe Aparecida e numa só voz clamando por mudanças e mais dignidade a vida do aposentado. Na missa, celebrada pelo Arcebispo Dom Orlando Brandes, no qual em sua homilia reforçou a importância da luta pela manutenção dos nossos direitos e na escolha dos nossos políticos neste ano de eleição e da importância da luta dos aposentados nesse cenário. Na missa, foi aberto o espaço para o secretário geral da COBAP Luis Legñani, representando todos os aposentados do Brasil, a ler a Carta de Aparecida pedindo dignidade, justiça e mudança na vida dos aposentados principalmente nesse cenário de desmonte dos direitos fundamentais e a PEC da Previdência, além de mostrar que o salário dos aposentados está há anos sem ter uma aumento real. Após a Santa Missa, os aposentados de todo o Brasil foram ao auditório no subsolo da Basílica. Neste encontro os Presidentes das Associações e lideranças de diversos estados tiveram a oportunidade de discursar, trocar experiências, debater, organizar a agenda de luta e reforçar a união no movimento. O vice Presidente da FAPESP, Antônio Alves da Silva participou de entrevistas para imprensa local e na mesa solene presidida pelo Presidente da COBAP, Warley Martins, cumprimentou todos na plenária e alertou a atual situação da Previdência e conclamou os aposentados para a luta contra o desmonte da nossa Previdência Social e reforçou a importância da participação das mulheres. Estiveram na mesa solene o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá, o exministro da Previdência, Eduardo Carlos Gabas, o filho do ex presidente João Goulart, João Vicente Goulart, o Presidente da Fecomerciários, Luiz Carlos Motta , o senhor Plínio Sarti representando o Sindinapi e outras lideranças nacionais e estaduais dos aposentados participaram de todo o Ato e discursaram palavras de ordem e mobilização para os aposentados e idosos. Este dia de celebração e luta teve participação de todas as Federações com presidentes e seus dirigentes, a Central Nacional dos Aposentados, Diretoria da COBAP e principalmente as Associações filiadas a FAPESP, entidades de todo o estado participaram ativamente desse ato como São José dos Campos, Taquaritinga, Monte Alto, Matão, Araraquara, Catanduva Alimentação, Catanduva, Piracicaba Eclética e Metalúrgicos, Rio Claro, Químicos do ABC, Santo André, Jundiaí, Campo Limpo Paulista, STU Campinas, Osasco, Guarulhos, Votorantim, Sorocaba, União dos Transportes, Sindapfer, e outras entidades. Agradecemos a participação e emprenho de todos que mobilizaram suas bases, saíram cedo de casa em prol de um bem maior que é o futuro do nosso país. Após a reunião foram sorteados diversos prêmios. VAMOS NOS UNIR E FAZER O ANO DE 2018 O ANO DE MUDANÇA E VITÓRIAS! NENHUM DIREITO A MENOS! OS APOSENTADOS FAZEM A DIFERENÇA! Confira a galeria completa de fotos do evento no Facebook da FAPESP.

FAPESP COBRA FEBRABAN, BANCO CENTRAL E INSS PARA SUSPENSÃO DE LIGAÇÕES OFERECENDO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO A FAPESP encaminhou a FEBRABAN, Banco Central e a Superintendência do INSS São Paulo ofício denunciando prática adotada por bancos, escritórios de advogados que ligam aos aposentados oferecendo crédito consignado. Os ofícios solicitam a SUSPENSÃO dessa prática abusiva com os aposentados. Compartilhamos abaixo texto encaminhado as autoridades. Vamos continuar cobrando e repudiando tal prática até que seja suspensa. FAPESP SEMPRE EM DEFESA DOS DIREITOS DOS APOSENTADOS E IDOSOS. É notório que os empréstimos consignados têm aumentando demasiadamente, por comercialização de interesses maiores dos bancos que trabalham persuadindo os aposentados apresentando o consignado como benefício, mas que em grande proporção tem sido grande problema na vida dos beneficiários

da previdência e de suas famílias, pois, o instrumento benéfico criado para ajudar os que eventualmente precisam, tornou se para muitos a ferramenta de endividamento sem fim. Situação demonstrativa de que aposentados e pensionistas acaba sendo “vitimas” da sanha comercial de bancos que almejam lucro sem limites, determinando metas produtivas aos seus agentes financeiros para a venda desse produto bancário. Os dados dos segurados deveriam ser mantidos em sigilo e que, em nenhuma hipótese, fornecesse qualquer informação cadastral das pessoas seguradas na Previdência Social, ao mercado financeiro, para facilitar, aumentar o endividamento de nossa gente. Gostaríamos de mais explicações, porque há essa liberação de dados para estas instituições financeiras, alguns escritórios, empresas de grupo de advogados que possuem os dados dos segurados que nem a própria pessoa tem acesso ou sequer permitiu expor ou repassar dados pessoais a fins comerciais.


04 EXPERIENTES

Mudanças na Previdência Social podem agravar economia dos municipíos Além da proteção social do aposentado e o sustento de sua família, a Previdência Social garante a movimentação econômica e o incremento do PIB dos municípios, sobretudo dos pequenos, sustentando o consumo, gerando emprego e renda. Aliadas à crise econômica, que jogou 13 milhões de brasileiros no desemprego e derrubou a arrecadação dos municípios, a proposta de reforma da Previdência e a nova lei Trabalhista, que legalizou o bico e as condições precárias de contratação, vão jogar milhões de brasileiros na linha da pobreza e levar à falência pequenos municípios. A maior fonte de renda de 70% (3.875) dos 5.566 municípios brasileiros são os benefícios pagos pela Previdência Social, que superam, inclusive, os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), uma espécie de mesada transferida pelo Executivo, como previsto na Constituição. Em muitos casos, o valor dos benefícios previdenciários recebidos pelos aposentados supera até mesmo a Arrecadação total do município, como ocorreu em 2010, quando 82,4% das cidades tiveram Arrecadação inferior ao valor das aposentadorias pagas pelo INSS. Os dados fazem parte do livro A Previdência Social e a Economia dos Municípios, de 2010. Segundo o autor, Álvaro Solón de França que também é ex-presidente do Conselho Executivo e do Conselho Curador de Estudos da Seguridade Social da Anfip, atualmente, a tendência é a mesma, com um agravante: “hoje, é ainda maior a dependência dos pequenos municípios em relação aos benefícios previdenciários devido a queda da arrecadação por parte do Estado e ao aumento do desemprego”. Mexer na Previdência, depois da reforma Trabalhista, que criou um mercado de trabalho intermitente, sem direitos e sem acesso ao sistema previdenciário, é jogar novamente milhões de brasileiros abaixo da linha da pobreza O FATO DE A MAIORIA DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS DEPENDEREM DA RENDA QUE VEM DAS APOSENTADORIAS E ESSE VALOR SUPERAR O REPASSE DO FPM E DA ARRECADAÇÃO APENAS CONFIRMA A IMPORTÂNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL COMO PROMOTORA DE CIDADANIA E JUSTIÇA SOCIAL. O Brasil não precisa de uma reforma que acaba com a aposentadoria, precisa de crescimento econômico com distribuição de renda, ampliação do crédito, dinamismo às economias locais.

NOSSO REPÚDIO! Repudiamos a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) que disse o absurdo de defender um piso para aposentadoria abaixo do salário mínimo! O que estes “especialistas” sabem da realidade brasileira? NADA! Tratam os brasileiros como números e trabalham com governo a favor do capital, marginalizam os aposentados, idosos e trabalhadores sucateando a saúde, educação, segurança e a nossa Previdência Social. Um abismo de realidades! Todos os privilégios para eles e o povo na miséria! Apontam que a “reforma” é necessária quando na verdade temos que nestas eleições fazer uma limpa nos traidores do povo! QUEREM NOS CALAR, MAS NOSSA LUTA NÃO PODE CESSAR! APOSENTADOS E IDOSOS EXIGEM RESPEITO!

QUEDA NA TAXA DE JUROS NÃO MUDA VIDA DOS APOSENTADOS! O Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa Selic para 6,75% ao ano. O fato da Selic ficar com juros menores, as empresas têm mais condições de financiar os investimentos necessários para crescer. Mas enquanto a taxa de juros básicos caiu, o mesmo não vem ocorrendo com o custo do crédito ao consumidor pelo contrário, a taxa média cobrada em operações de crédito no Brasil no ano passado foi de 25,6% ao ano. A do rotativo de cartão de crédito chegou a 334,6% ao ano e a do cheque especial 323% ao ano. A taxa média de juros de crédito consignado está em 39,8%. Por outro lado, a correção do salário mínimo foi de 1,81% e 2,07% para quem ganha acima do mínimo enquanto a inflação ficou 2,95%. O reajuste foi ilegal e aposentados e pensionistas perderam por mais uma vez o poder de compra e cada vez menos dinheiro para sobreviver. Claramente, os números nos mostram que os índices só beneficiam os empresários e o próprio governo. Esses índices falados pelo governo e mídia como “grandes mudanças” não recaem na vida dos brasileiros, pelo contrário o trabalhador, aposentado e idoso paga juros altíssimos! A realidade na casa dos brasileiros é bem diferente dos números divulgados. Para os aposentados e idosos a inflação é muito mais alta e a crise parece não ter fim. Alta nos alimentos, medicamentos, planos de saúde, fora aqueles que precisam compor a renda para pagar aluguel, ajudar familiares desempregados. Sem o reajuste real nos benefícios, os aposentados recorrem ao consignado, marginalizando e endividando cada vez mais aqueles que deveriam ter o descanso e qualidade de vida. Índices econômicos não mudam a vida dos brasileiros, o que precisa mudar é a atitude dos senhores políticos em trabalhar para o povo implementar como políticas públicas que gerem emprego valorizem a renda do trabalhador, aposentado e idosos. Taxas e juros são para o empresariado, a dura realidade está dentro da casa de cada aposentado e idoso.


FEVEREIRO/MARÇO 05

ESTES SÃO OS DEPUTADOS E SENADORES TRAIDORES QUE VOTARAM CONTRA OS TRABALHADORES E AJUDARAM O TEMER FICAR NO PODER!

Estes senhores ao aprovar a “reforma” trabalhista contribuiram também para o desmonte da nossa Previdência Social! Rasgaram a CLT e derrubaram mais ainda a arrecadação da Previdência com a precarização do trabalhador! GUARDEM BEM O NOME DESTES TRAIDORES DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES DE SÃO PAULO!

Antonio Carlos Mendes

Adérmis Marini

Alex Manente

Alexandre Leite

Bruna Furlan

Capitão Augusto

Carlos Sampaio

Evandro Gussi

Fausto Pinato

Gilberto Nascimento

Goulart

João Paulo Papa

Jorge Tadeu Mudalen

Lobbe Neto

Luiz Lauro Filho

Marcio Alvino

Miguel Haddad

Miguel Lombardi

Milton Monti

Pollyana Gama

Pr. Marco Feliciano

Renata Abreu

Ricardo Izar

Ricardo Tripoli

Roberto Alves

Silvio Torres

Vanderlei Macris

Vinicius Carvalho

Vitor Lippi

Walter Ihoshi

Senador Airton Sandoval

Senador José Serra

Senadora Marta Suplicy

Antonio Bulhões

Baleia Rossi

Beto Mansur

Eduardo Cury

Eli Corrêa Filho

Herculano Passos

Izaque Silva

Jefferson Campos

Mara Gabrilli

Marcelo Aguiar

Marcelo Squassoni

Celso Russomanno Eduardo Bolsonaro

Missionário José Olimpio Nelson Marquezelli

Paulo Maluf


06 EXPERIENTES

ASSOCIAÇÃO DE TAQUARITINGA EM AÇÃO NA SUBSEDE DE MONTE ALTO! O Presidente da Associação dos Aposentados de Taquaritinga e membro do Conselho Fiscal da FAPESP, Francisco Procópio Pinheiro está empenhado no trabalho da subsede da entidade na cidade de Monte Alto. Além de dividir as responsabilidades da Associação e das ações frente ao Conselho Municipal do Idoso em Taquaritinga, o senhor Chico e colaboradores trabalham e muito convidando os aposentados a fazerem parte da Associação. O Presidente da Associação percorre as ruas de Monte Alto chamando os aposentados para a luta e convidando para conhecer a sede da Entidade.Parabéns a toda Diretoria e colaboradores pelo trabalho e exemplo de luta e dedicação a favor dos aposentados, pensionistas e idosos! Dirigentes sérios, comprometidos com os aposentados tem o merecido reconhecimento e nosso total apoio e admiração, e o senhor Francisco Procópio é um grande exemplo a ser seguido.

ASSOCIAÇÃO DE JUNDIAÍ PROMOVE CULTURA CAIPIRA

A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e Região, tem um projeto inspirador, promover a Cultura Caipira por meio da Orquestra da Viola, acompanhada pelo Mestre de Viola Caipira, Corvo Campeiro. O Grupo realiza diversas apresentações, uma delas, foi a participação na Missa com a Viola Caipira na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São José, em Jundiaí. Parabéns a Associação de Jundiaí liderada pela presidente Fé Juncal, diretoria e violeiros pelo belíssimo projeto de manter viva a cultura caipira!

ATENÇÃO! APOSENTADOS BRASIL NA REDE VIDA!

Quinzenalmente, aos domingos às 19:00 na Rede Vida de televisão, vai ao ar programa Aposentados Brasil, programa idealizado pela COBAP junto com as Federações e Associações. Um programa que dará voz aos aposentados e idosos de todo o Brasil. A REDE VIDA está presente em todo território nacional através do sinal aberto (VHF-UHF) em todas as 27 capitais de Estados e nas 500 principais cidades brasileiras. O Canal também pode ser sintonizado pelas antenas parabólicas, em todo território nacional e países vizinhos. Canal aberto São Paulo – 39 analógico ou 34 digital. Mais detalhes: https://www.redevida.com.br/cobertura/

PARLAMENTARES VÃO AO STF CONTRA PEC DA PREVIDÊNCIA DURANTE INTERVENÇÃO NO RIO Com o objetivo de proibir qualquer tramitação de emenda constitucional na Câmara dos Deputados e no Senado enquanto estiver em vigor a intervenção federal no estado do Rio de Janeiro, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e o senador Paulo Paim (PT-RS) entraram com mandado de segurança com pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal (STF). A ação foi motivada após pronunciamento do presidente Michel Temer quando anunciou que poderia suspender a intervenção na segurança pública no Rio de Janeiro para pôr em votação a “reforma da Previdência”. A FAPESP agradece o apoio e comprometimento com os aposentados, idosos e trabalhadores. Esta ação sem dúvida traz mais segurança aos aposentados e idosos que vivem cada vez mais marginalizados pelo governo. Mesmo com a suspensão da tramitação da PEC 287, reafirmamos que nossa luta contra o desmonte e desmandos na Previdência Social segue em nossa agenda de luta, alertando a todos sobre o falacioso rombo nas contas previdenciárias e trazendo a verdade: nossa Previdência é sólida, é superavitária!

Dia Internacional da Mulher é de resistência e luta Nesta importante data não há o que comemorar. O governo Temer impõe medidas que prejudicam diretamente as mulheres trabalhadoras e aposentadas. A luta contra as desigualdades, contra a violência de gênero, o machismo, e outras formas de dominação capitalista devem ser combatidas com muita LUTA. O dia 8 de Março é uma data de luta pelos direitos da mulher é o Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, Idosa e Aposentada. A luta é árdua o desafio é imenso mas o poder e a força da união de todas as mulheres é transformador. “Não acredito que existam qualidades, valores, modos de vida especificamente femininos: seria admitir a existência de uma natureza feminina, quer dizer, aderir a um mito inventado pelos homens para prender as mulheres na sua condição de oprimidas. Não se trata para a mulher de se afirmar como mulher, mas de tornarem-se seres humanos na sua integridade" - Simone de Beauvoir


FEVEREIRO/MARÇO 2018 07

FAPESP NAS ASSOCIAÇÕES!

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira e o vice, Antônio Alves da Silva em viagem para a região Centro-Oeste Paulista e na oportunidade se reuniram na cidade de Marília com o senhor prefeito Daniel Alonso e o secretário de governo, o senhor José Alcides Faneco e conversou sobre o movimento dos aposentados, sobre políticas públicas para os aposentados, pensionistas e idosos.

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira e o vice, Antônio Alves da Silva se reuniram na Câmara Municipal de Tupã com o Vereador Capitão Neves e o senhor Pedro Berengue. Nesse encontro ainda esteve presente o senhor Valdir Batistete, presidente da Associação dos Aposentados de Tupã. A FAPESP sempre na luta pela manutenção e ampliação dos direitos dos aposentados e idosos!

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira e o vice, Antônio Alves da Silva visitaram a Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Birigui e Alta Noroeste, AAPIBAN. Na oportunidade se reuniram com o presidente da Entidade, o senhor, Roberto Jabrayan e vice-presidente, Jaime da Silva Cortez e parte da diretoria da entidade. As lideranças conversaram sobre o movimento dos aposentados e sua agenda de luta.

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira e o vice, Antônio Alves da Silva se reuniram em Presidente Epitácio com os senhores Lino Arteman, Nilton e Dr. Antônio Carlos de Melo. As lideranças conversaram sobre o movimento dos aposentados, sobre políticas públicas para os aposentados, pensionistas e idosos. A FAPESP sempre na luta pela manutenção e ampliação dos direitos dos aposentados e idosos! Estamos na luta! FAPESP SEMPRE PRESENTE NAS ASSOCIAÇÕES!

FAPESP NAS REGIONAIS

O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira e o Presidente do Conselho Fiscal Laércio Carolino visitaram a Associação dos Aposentados de Campo Limpo Paulista e na oportunidade se reuniram com o Presidente, o Sr. Mário Candia e os diretores, os senhores Antônio Vicente Duarte, Altaides Alves e Divanir Narvais Garcia.

SAIBA SEUS DIREITOS! Para uma consulta com o departamento jurídico da FAPESP basta ligar para o telefone (11) 31509393 e saber qual data e hora do atendimento. Os atendimentos ocorrem na sede da Federação na Rua 24 de Maio, 250 :: 1º Andar - República, São Paulo.

O vice-presidente da FAPESP, Antônio Alves da Silva e o secretário geral, Aristides Vieira Fernandes, o Diretor de Assuntos Jurídicos, José Jair Azzi se reuniram na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e Região com a Diretora de Comunicação da FAPESP e presidente da entidade, Fé Juncal. Na oportunidade se reuniram com as lideranças de Várzea Paulista que trataram assuntos de extrema importância para o movimento dos aposentados e os diretores discutiram a agenda de luta da Federação de São Paulo como as regionais e Seminário da FAPESP. ESTAMOS NA LUTA SEMPRE PELA MANUTENÇÃO DOS DIREITOS DOS APOSENTADOS E IDOSOS!


08 EXPERIENTES

TROCA DE EXPERIÊNCIAS ÍTALO - BRASILEIRA MARCA ENCONTRO NA COBAP SP Aconteceu na sub sede da COBAP São Paulo um encontro das lideranças de aposentados com o deputado ítalo - brasileiro Fabio Porta e o senador ítalo - brasileiro, Fausto Longo, que representam os ítalo-descendentes da América do Sul no parlamento italiano. Ao lado do Presidente da COBAP, Warley Martins e Plinio Sarti representando o Sindinapi os parlamentares comentaram sobre como o idoso é tratado pelo estado italiano, a qualidade do sistema de saúde, a questão da Previdência Social e pagamento dos benefícios além dos projetos que possuem em trazer a experiência italiana para o Brasil junto com a Confederação, Federações e Associações. Ambos falaram da importância dos cidadãos naturalizados italianos participem das eleições via consulado, já que a participação nesse processo eleitoral traz representatividade do Brasil no parlamento italiano. Uma rica troca de experiências e conhecimentos sobre a vida da pessoa idosa na Itália. Por fim, também lembraram do III Congresso Mundial dos Aposentados da COBAP neste ano na Itália. O Presidente da FAPESP, José Veiga de Oliveira, o vice presidente Antônio Alves da Silva, o secretário geral, Aristides Vieira Fernandes, o segundo tesoureiro, José Prates, a Diretora da Comunicação, Fé Juncal, a Diretora Lydia Roque e o Diretor da Associação de Jundiaí, Marcos Tebom participaram desse

importante encontro. O senador Fausto Longo, eleito em 2013, é o primeiro brasileiro que tem uma das duas cadeiras que o Parlamento Italiano oferece aos ítalo-descendentes da América do Sul no Senado italiano, somente os habitantes do continente com cidadania italiana têm direito a voto para escolher o ocupante do cargo. Da mesma forma, somente pessoas com cidadania italiana podem ser votados. O deputado Fabio Porta foi reeleito em 2013 para a Câmara dos Deputados é membro da III Comissão Permanente de Relações Exteriores e Comunitárias e Presidente do Comitê Permanente para os Italianos no Mundo e Promoção do Sistema País.

COMPARTILHEM! CARTILHA DA CPI DA PREVIDÊNCIA!

O senador Paulo Paim presidente da CPI da Previdência produziu a cartilha “CPI da Previdência: Ousadia e Verdade”. Trata-se de uma síntese dos resultados dos trabalhos da CPI ao longo de seis meses. O Pdf completo da cartilha está disponível no facebook da Fapesp: www.facebook.com/federacaofapesp

ENTIDADES FILIADAS NA FAPESP SINDAPFER | Sindicato dos Aposentados, Pensionistas, Ferroviários e demais Categorias do Estado de São Paulo (11) 3229-8295 / 3228-0271 sindap@bighost.com.br

Departamento de Aposentados e Assuntos de Aposentadoria STU – Sindicato dos Trabalhadores da UNICAMP (19) 3289-4242 / (19) 3289-3502 secretaria@stu.org.br

Sindicato de Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Bauru, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso (14) 3223-6642 / 3223-6532 sinferrobru@uol.com.br

UAPO | União dos Aposentados e Pensionistas de Osasco Fone:3682-9895 uapo@terra.com.br

União dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (11) 3255-0138

Associação dos Aposentados de Taquaritinga - subsede Monte Alto e Região (16) 3253-7253 associacao.aposentados-pensionistas@hotmail.com

Associação dos Trabalhadores Aposentados nas Indústrias Químicas do ABCD (11) 4433-5835 / 4432-3624 aposentados@quimicosabc.org.br Associação dos Aposentados e Pensionistas da SABESP (11) 3372-1000 / Fax:3372-1009 aapsabesp@uol.com.br Associação dos Aposentados Idosos de São Carlos e Região (16) 3411-2189 apaisc.sc@gmail.com Associação dos Aposentados e Pensionistas de Araraquara (16) 3335-2452 / (16) 8173-4645 assoc.apa@bol.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Sorocaba (15) 3327-1119 Apenso.so@gmail.com ADMAP – Associação Democrática dos Metalúrgicos Aposentados e Pensionistas de São José dos Campos e Região (12) 3922-1341 / 3923-8298 admapsjc@ig.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Mogi das Cruzes (11) 4727-5157 uapemc1@hotmail.com Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e Região (11) 4583-1190 / 4583-1193 / 4583-1195 aapjr@terra.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Salto (11) 4028-0112 / 4029-8639 lojadojorge@gmail.com Associação dos Aposentados e Pensionistas de Piracicaba e Região – “Eclética” (19) 3447-3447/ (19) 3447-3440 aposentadospira@terra.com.br União dos Aposentados e Pensionistas de Transporte Coletivo de São Paulo (11) 2921-5747 / 2976-7492 uniaodosaposentados@terra.com.br

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Catanduva (17) 3523-1148 associacaocatanduva@bol.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Matão e Região (16) 3394-1344 /(16) 3382-2919 aapmr@uol.com.br SINTAEMA – Sindicato dos Trabalhadores de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo – Política Social (11) 3329-2500 / 3329-2537 aposentados.sintaema@terra.com.br Associação dos Aposentados de Taquaritinga (16) 3253-7253 associacao.aposentados-pensionistas@hotmail.com Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas da Região do Grande ABCDMRPRGS (11) 4992-4702 secretaria@associacaoabc.com.br Associação dos Pensionistas Aposentados de Itanhaém (13) 3422-2114 apaire@terra.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Presidente Epitácio (18) 3281-1233 aappesaopaulo@yahoo.com.br União dos Aposentados e Pensionistas de Embú e Região (11) 4782-1541 jair.to.le.do@hotmail.com União dos Aposentados, Pensionistas de Guarulhos (11) 2087-7788 uniaoapo@outlook.com Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ribeirão Preto e Região (16) 3636-6914 / 3612-7852 aappirp@outlook.com Associação Regional dos Aposentados e Pensionistas de São José do Rio Preto (17) 3235-3688 arapriopreto@gmail.com; arapriopreto@outlook. com

FENIX – Movimento dos Trabalhadores Aposent. e Pensionistas de São Paulo (11) 3258-6514 / 3231-2726 fenixassociacao@terra.com.br ; fenixaapsp@terra. com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas de Araras (19) 3541-8068 aapas@terra.com.br Associação dos Aposentados e Pensionistas do Setor da Alimentação de Catanduva e Região (17) 3521-3440 aapsacr@hotmail.com

AAPV – Associação dos Aposentados e Pensionistas de Valinhos (19) 3849 -2656 / 3871-0092 aapv@ig.com.br SAAP – Secretária de Assuntos de Aposentados e Pensionistas – SINTIUS – SANTOS (13) 3226-3205 /3226-3215 silviosivoca@hotmail.com AAPJR – Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jaú e Região (14) 3601-6870 administracao@aapjr.com.br/ www.aapjau.com.br Associação dos Trabalhadores Metalúrgicos Aposentados e Pensionistas de Piracicaba (19) 3433-9845 assaposent@terra.com.br AAPIBAN - Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Birigui e Alta Noroeste (18) 3641-2701 aapibanbirigui@hotmail.com

Associação dos Aposentados e Pensionistas de São José dos Campos (12) 3942-2930 contato@aapsjc.com.br

ARAPS - Associação Regional dos Aposentados Pensionistas pela Previdência Social Rio Claro (19) 3533-8787 arapsrioclaro@uol.com.br

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Várzea Paulista (11) 4606-2414 aapiclp@hotmail.com

Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos e Lençóis Paulista (14) 3263-2591 aposentadoslencois@gmail.com

Associação dos Aposentados de Campo Limpo Paulista (11) 4039-4109 duarteaapi@hotmail.com

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Porto Ferreira (19) 3585-6600 aappferreira@hotmail.com

Associação dos Aposentados de Caraguatatuba (12) 3883-2418 / 3883-2174 caragua.aapc@gmail.com

Associação dos Metalúrgicos Aposentados de Sorocaba e Região (15) 3031-4271 / 3031-2459 amasosor@yahoo.com.br

APEVO- Associação dos Aposentados e Pensionistas de Votorantim e Região (15) 3243-2410 / (15) 3353- 8080 comunicação@apevo.com.br

Associação Regional dos Beneficiários da Assistência Social e Previdência Social Privada – São José do Rio Preto (17) 3363-5877 / e-mail: aposentadoforte@gmail.com / www.aposentadoforte.com.br

Associação dos Aposentados e Pensionistas de Penápolis (18) 3652-8555 aposentadospenapolis@terra.com.br AAPINHOR – Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Novo Horizonte e Região (17) 3542-4127 aapinhor@gmail.com

Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de São Bernardo do Campo (11) 2381-3387 aapisbc@gmail.com Instituto de Defesa dos Brasileiros IDEBRAS Rua Francisco Silva, 51 – Vl. Lucy / 18.043-080 – Sorocaba / SP (15) 3202-1032 / E-mail: contato@idebras.com

Jornal Experientes 40ª Edição  

Jornal Experientes 40ª Edição

Jornal Experientes 40ª Edição  

Jornal Experientes 40ª Edição

Advertisement