Page 1

folhadacidadetiete.com.br

Mais Cidade no seu Jornal EDIÇÃO18

TIETÊ, SEXTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2013

ANO:xIII

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

CadernoDois

+Cidades

+Cultura

J Jornada da Juventude JMJ mostra a importância dos jovens na igreja

Funcionalismo Projeto do Estatuto dos Funcionários Públicos deverá ser encaminhado à Câmara até final de agosto

Evento Começa hoje a I Semana de Arte Contemporânea de Tietê

> PÁG.B1

> PÁG.3

> PÁG.B2

Assessoria de Imprensa

70% aprovam administração Manoel David, segundo pesquisa do Centro Abril O jornal Folha da Cidade encomendou uma pesquisa de opinião para levantar alguns pontos de interesse para o município. Realizada pelo Centro Abril de Pesquisas, o levantamento trouxe a primeira avaliação dos primeiros seis meses do governo Manoel David e

Frafra. Para levantamento dos dados foram entrevistadas 400 pessoas na primeira semana de julho em diversos bairros da cidade, em amostragens de sexo, idade e escolaridade. Segundo apurou, a administração Manoel David é considerada boa por

37,75% dos entrevistados. Já 4,25% consideram ótima e 28% regular. Apenas 15,25% do universo pesquisado consideram a atual gestão ruim (7,25%) ou péssima (8%). 14,75% dos entrevistados não souberam responder. PÁG. 3

Tietê termina em 6º lugar nos Jogos Regionais e faz história Ao todo foram 13 medalhas conquistadas pelos atletas tieteenses nos 57º Jogos Regionais realizados em Votorantim, entre os dias 4 e 13 de julho, que lhe valeram o 6º lugar na classificação geral da 2ª divisão, a melhor posição alcançada pelo município na história dos Jogos Regionais. Os atletas foram homenageados no Salão Nobre da prefeitura pelo prefeito Manoel David e vice-prefeito Antonio José Viotto (Frafra) pela brilhante conquista ficando na 6ª colocação geral da segunda divisão, marco histórico para o município.

Prefeitura realizará audiências públicas para debater PPA com população O prefeito Manoel David quer ouvir a população para elaboração do PPA, plano que prevê as obras e investimentos para os próximos 4 anos, compromisso que assumiu em sua campanha eleitoral. “Queremos ouvir os moradores dos diversos bairros de Tietê e dar oportunidade ao povo de participar, para

PÁG. 7 e 8

que tenhamos mais elementos a acrescentar na elaboração do PPA, e com isso fazer um planejamento que realmente atenda aos anseios dos cidadãos tieteenses, fazendo assim um governo 100% participativo”, disse Manoel David ao definir as reuniões para o início de agosto.

COLETA SELETIVA

AGRONEGÓCIO

SAÚDE

Esteira e nova cobertura no barracão equipam a Cooperativa de Recicláveis PÁG. 4

Agroecologia fortalece produção sustentável

Mais de 16 mil pacientes usaram transporte no primeiro semestre

PÁG. 5

Joani Corrêa Prestes

Conceição D. Bó Vieira

“(...)Se você perguntar a um cidadão brasileiro sobre qual seria o problema da nação, certamente teria um diálogo por horas, afinal, são tantos os problemas que nem ao menos sabemos por onde começar.(...)”.

“(...)Lançando luzes sobre os povos europeus, africanos e indígenas, que acabaram por dar origem ao povo brasileiro, Darcy Ribeiro faz uma análise radical sobre a formação do povo brasileiro (...)”.

OPINIÃO > PÁG.2

Assessoria de Imprensa

OPINIÃO > PÁG.2

PÁG. 4

PATRIMÔNIOS

PÁG. 5

Vereadora solicita transformação de festas populares em Patrimônio Cultural PÁG. 6 Marcelo Fonseca

Rock História - sem idade para curtir Neste último sábado, 13 de julho, a Banda Rock História comemorou seus 22 anos de existência. A banda fez uma excelente apresentação no Grêmio da Xereta. Houve também a participação da banda cover do grupo norte americano Pearl Jam. Confira as fotos do evento que foi sucesso. PÁG. B6


2 Opinião

SEXTA-FEIRA,

Desde 1.999 Ideia Comunicação e Assessoria Ltda ME Diretora de Redação: Maria Stella A. Matias Diretora Executiva: Amanda Mª P. Abrantes Jornalista responsável: Andréia Rodrigues Baptista - MTB 39.149 Diagramação: Vinícius Ciconelo e Amanda Mª P. Abrantes Comercial: comercial@folhadacidadetiete.com.br

Colaboradores desta edição: Aline Franciscatti Maria da Conceição Dal Bó Vieira Ivana de Faria Guite Angelo Rafael Joani Corrêa Prestes Carlos Eduardo Bon End. da redação: Rua dos Expedicionários, 370Tietê/SP - Fone: (15) 3282.7259 E-mail: jornalismo@folhadacidadetiete.com.br

Impressão: NG Editora Jornalística LTDA EPP - Rodovia Raposo Tavares, 10.467 / Km 101 Tel. (15) 3212.4420 – Sorocaba/SP

O Brasil competitivo O agronegócio brasileiro continua registrando um excelente crescimento nas suas exportações, apesar da crise mundial enfrentada pela zona do euro, entre outras dificuldades e a preocupação geral com a desaceleração da economia chinesa. Entre julho do ano passado e julho deste ano, as vendas externas do agronegócio durante a safra 2012/2013, pela primeira vez na história, ultrapassaram os US$ 100 bilhões, representando um aumento de 4,2% sobre os resultados anteriores. Os resultados e o desempenho da balança comercial do Brasil teriam sido bem piores se não fosse a contribuição do setor. A balança comercial do agronegócio registrou no período um superávit de R$ 83,91 bilhões (exportações de US$ 100,61 bilhões e importações US$ 16,70 bilhões). Incluindo todos os produtos, de julho de 2012 a junho de 2013, a balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 9,35 bilhões. Levando em conta somente o primeiro semestre deste ano, a diferença do desempenho do comércio externo do agronegócio e dos outros setores foi notável. Nos seis primeiros meses de 2013 as exportações somaram US$ 49,6 bilhões, superando o total exportado na primeira metade de 2012 em 10,7%, o agronegócio alcançou um superávit de US$ 41,3 bilhões. Segundo dados oficiais, o déficit comercial global do Brasil no mesmo período – primeiros seis meses de 2013 - foi de US$ 3 bilhões. Os números comprovam a

Darcy Ribeiro e o enfrentamento entre dois mundos Maria da Conceição Dal Bó Vieira

Darcy Ribeiro foi um importante antropólogo e político brasileiro cuja obra abrange trabalhos sobre a educação do país e estudos das matrizes étnicas, que deram origem ao povo brasileiro. Notório intelectual brasileiro, Darcy Ribeiro, teve sua obra traduzida para o inglês, alemão, francês, espanhol, hebraico, italiano e tantos outros idiomas. Um dos seus livros mais conhecidos é “O povo brasileiro: evolução e o sentido do Brasil”, publicado em 1995. Lançando luzes sobre os povos europeus, africanos e indígenas, que acabaram por dar origem ao povo brasileiro, Darcy Ribeiro faz uma análise radical sobre a formação do povo brasileiro. Pesquisando em antigos relatos sobre o início da colonização do Brasil e o enfrentamento entre duas visões de mundo tão diversas e antagônicas, Darcy Ribeiro, transcreve um pequeno trecho do livro “Viagem à terra do Brasil”, de Jean de Léry, publicado em Genebra, no ano de 1586. Lery era um missionário protestante que veio ao Brasil, por volta de 1556, na então França Antártica, já que o Rio de Janeiro havia se tornado uma colônia francesa. Segundo Lery, os índios tupinambás ficavam muito admirados ao ver o imenso trabalho a que eram submetidos os franceses e, também, os portugueses, que vinham ao Brasil buscar a madeira conhecida pelo nome de pau-brasil. Eis o relato: “Uma vez um velho perguntou-me: Por que vindes vós outros, maírs e perôs [franceses e portugueses] buscar lenha de tão longe para vos aquecer? Não tendes madeira em vossa terra? Respondi que tínhamos muita, mas não daquela qualidade, e que não a queimávamos, como ele o supunha, mas dela extraíamos tinta para tingir, tal qual o faziam eles com os seus cordões de algodão e suas plumas. Retrucou o velho imediatamente: e porventura precisais de muito? – Sim, respondi-lhe, pois no nosso país existem negociantes que possuem mais panos, facas, tesouras, espelhos e outras mercadorias do que podeis imaginar e um só deles compra todo o pau-brasil com que mui-

Os desafios da Educação brasileira

O jornal Folha de São Paulo da última semana destacou: “A partir de 2014, a educação terá uma fonte adicional de recursos da ordem de R$ 2 bilhões ao ano, além de um montante estimado em R$ 42 bilhões ao longo da próxima década. Esse é o cálculo inicial feito pelo governo federal a partir de projeto, aprovado nesta semana no Senado Federal, que trata da distribuição dos royalties do petróleo para educação e saúde.” A decisão torna-se bastante relevante, porque a educação sempre foi um dos setores primordiais para o desenvolvimento de qualquer país. O Brasil precisa levá-la a sério e jamais colocá-la em segundo plano, como tem muitas vezes acontecido com seus cidadãos e governantes. Diante disso, existe a necessidade urgente de conscientizar-se de que sem produzir conhecimento, nenhum país cresce, aumenta sua renda per capita e pode oferecer qualidade de vida para sua população. O sucesso da Alemanha do final do século XIX e come-

tos navios voltam carregados. – Ah! Retrucou o selvagem, tu me contas maravilhas, acrescentando depois de bem compreender o que eu lhe dissera: Mas esse homem tão rico de que me falas não morre? – Sim, disse eu, morre como os outros. Mas os selvagens são grandes discursadores e costumam ir em qualquer assunto até o fim, por isso perguntou-me de novo: e quando morrem para quem fica o que deixam? – Para seus filhos se os têm, respondi; na falta destes para os irmãos ou parentes mais próximos. – Na verdade, continuou o velho, que, como vereis, não era nenhum tolo, agora vejo que vós outros maírs sois grandes loucos, pois atravessais o mar e sofreis grandes incômodos, como dizeis quando aqui chegais, e trabalhais tanto para amontoar riquezas para vossos filhos ou para aqueles que vos sobrevivem! Não será a terra que vos nutriu suficiente para alimentá-los também? Temos pais, mães e filhos a quem amamos; mas estamos certos de que depois da nossa morte a terra que nos nutriu também os nutrirá, por isso descansamos sem maiores cuidados”. Com base nesse relato, Darcy Ribeiro, mostra como eram diferentes as visões de mundo: o europeu buscando acumular riquezas, ainda que a custa de muito sofrimento, e o indígena acreditando que a existência não exige acúmulo de bens, mas, deve trancorrer em harmonia com a natureza. O choque entre visões de mundo tão opostas, fica ainda mais claro, quando o velho índio questiona se o homem que compra tantas mercadorias, acumula tantos bens, não morre nunca, ou se morre, qual seria então o sentido de viver para acumular riquezas? O texto, ainda que antigo, permite a discussão um problema atual, ou seja, porque buscar tanta riqueza se a morte é o fim comum de todos os homens?

Qual o problema do Brasil ? Angelo Rafael

Se você perguntar a um cidadão brasileiro sobre qual seria o problema da nação, certamente teria um diálogo por horas, afinal, são tantos os problemas que nem ao menos sabemos por onde começar. Há problemas na saúde, precária em suas etapas, indivíduos que esperam deitados pelos corredores dos hospitais grandeza do papel do agronedessa terra tupiniquim. Nossa gócio no comércio exterior do educação é inacreditavelmenPaís e o nível de desenvolvite ineficaz, apesar dos investimento alcançado pelo setor. O mentos que supostamente são agronegócio vem conquistandestacados para esta pasta, do mercado e transformando ainda estamos patinando. A o Brasil em líder mundial na segurança dispensa comentáprodução de diversos itens. rio, nos grandes centros verifiO desenvolvimento do secamos absurdos grotescos, de tor de deve à modernização um lado temos um policiamendo campo, novas técnicas de to ostensivo despreparado, cultivo ou criação, mecanizaonde não há ações profiláticas, ção, novas formas de gestão, atacando somente os efeitos desenvolvimento científico e reacionários, o que culmina tecnológico, entre outros fatosomente em benefícios paliares, vêm impulsionando o contivos. tínuo e acelerado crescimento Enfim, os problemas são da produtividade no campo, e vários, basta olhar ao redor ganhos de eficiência. e fazer uma análise dos porO índice de produtividade menores que nos cercam. Não agrícola do Brasil foi multipliobstante, ouso a referenciar cado por 3,7 entre 1975 e 2010, que o problema do Brasil é jussegundo pesquisa publicada tamente o brasileiro, não lutapelo Instituto de Pesquisa Ecomos por nossos direitos, apenômica Aplicada. Em relação nas sabemos gritar aos quatro aos Estados Unidos o avanço cantos que algo não está bom no período foi dobrado. somente quando aperta nosso Conforme projeção da Comcalo, caso contrário, aceitamos panhia Nacional de Abastecia situação passivamente. mento (Conab), a produção naBrasileiro adora falar mal do cional de grãos em 2012/2013 Brasil, por um acaso alguém alcançará um novo recorde – já viu um argentino vituperar 185,05 milhões de toneladas. algo contra sua pátria mãe? Se confirmada a projeção, a Pois é, o Brasil é evidenteprodução da safra 2012/2013 mente um país com soberbos será 11,4%maior do que a da recursos naturais, muitas possafra anterior. sibilidades futuras, mas infeModerno, eficiente e compelizmente, o próprio brasileiro é titivo, o agronegócio brasileiro contrário a isto através de suas é uma atividade próspera, seações. gura e rentável. No País muiEnsejo que, grande parcela tas são as terras agricultáveis da população desconhece as férteis e de alta produtividade, estratégias que estão sendo das quais parte ainda não foi traçadas pelos governantes explorada. para o nosso país, poucos são O agronegócio é hoje a prinos que sequer assistem um teMaria da Conceição Dal Bó Vieira é Mes- lejornal diário, a mídia imprescipal locomotiva da economia tre em Educação, Professora Universitária brasileira. A face de um Brasil sa está com os dias contados. A e Vereadora na Câmara Municipal de Tietê. que dá certo! A aposta é que Contato: m.conceicao.d.vieira@gmail.com grande maioria está sendo innosso país será o maior produfluenciada por uma mídia teletor mundial de alimentos na visiva altamente tendenciosa, próxima década. capaz de criar no telespectador aquilo que lhe for oportuno, afinal, vender a imagem daquilo que lhe convém é mais rentável e cria um cenário de fidelização, onde seu telespectador não passa de um “cordeirinho”. Joani Corrêa Prestes Enfim, os problemas são vários, mas o principal é o fato de ço do XX, à beira da I Guerra e aprendizagem – “A escola de sua cidadania com ética, que o próprio brasileiro prefeMundial foi um exemplo per- conquistou vida e significado honestidade e acima de tudo, re inconscientemente apontar feito de um povo voltado com- para os alunos (...) um espaço com o respeito aos direitos e os erros ao invés de olhar seu pletamente para a questão de participação social, valori- deveres do seu semelhante. próprio umbigo e perceber que Enfim, “educação, mais do de nada adianta muito esperar. educacional. Os líderes polí- zando a democracia, o respeiticos estimulavam à leitura de to, a pluralidade cultural e a que tudo, permite que veja- Devemos ousar, agir, primar mos ordem e lógica no que pelos estudos, e não somente revistas científicas e de infor- formação do cidadão”. Todavia, ainda há carência aparentemente é aleatório”, esperar que o destino nos promação, pois o próprio governo custeava tudo. Como resulta- do país investir pelos menos como disse o professor Paulo porcione um futuro vantajoso, do, houve um avanço tecnoló- 10% do PIB (Produto Interno Blikstein da Escola de Educa- só assim, poderemos modificar gico para toda a humanidade, Bruto) no âmbito da educa- ção da Universidade Stanford, as estruturas e sonhar com um pois grandes cientistas foram ção. O orçamento brasileiro nos Estados Unidos. Assim, país sem desigualdade social formados naquele período. dedica a ela aproximada- com ela, os brasileiros teriam e com recursos abundantes, Dentre eles, Albert Eisntein, mente 4%. Em outras partes consciência de que “quanto caso contrário, sejamos passiconhecido por desenvolver a do mundo em que é vista por mais se aprende, mas precisa vos e aceitemos o que temos. teoria da relatividade. Algo todos como uma necessidade aprender”, a fim de enfrentar que poderia ocorrer em pleno fundamental, a exemplo da os enormes desafios do século século XXI com os cientistas Coréia do Sul, tem sido inves- XXI. Angelo Rafael Funcionário Público da Preda maior nação da América tido o dobro desse valor. feitura do Município de Tietê-SP O Brasil deveria fazer uma do Sul. Professor de Administração - Rede CENAIC Ao propor uma análise em campanha nacional de vaProfessor Tutor da Universidade Metroporelação ao processo educacio- lorização do professor. Na litana de Santos nal brasileiro, vale lembrar verdade, mostrá-lo como um Bacharel em Ciências Contábeis que somente no princípio do “agente transformador de Pós - Graduando em Docência no Ensino século XX, houve um avan- mudanças” e o “trabalho mais Superior ço na escolarização básica. importante que alguém pode E-mail: angelo_rafael@live.com Entretanto, seu crescimento exercer”, porque “ensinar é como uma rede pública de a profissão que ensina todas ensino teve sua ampliação no as outras profissões” (Aufinal dos anos de 1970 e co- tor desconhecido). Ademais, MS Joani Corrêa Prestes é professor e educador. meço dos de 1980. Em 1996, a conscientizar a todos que o E-mail: jocopre@ig.com.br. LDB (Lei de Diretrizes de Ba- objetivo da escola é a aprenTwitter: @teachervjcp ses da Educação), trouxe um dizagem e a preparação dos Blog: www.teachervjcpjoani.blogspot.com avanço no sistema de ensino estudantes para o exercício

A redação não se responsabiliza pelos conceitos e artigos assinados. Os colaboradores não têm vínculo empregatício com a editora, exceto os que tiverem contrato assinado com a mesma.

EDITORIAL

19 DE JULHO DE 201 3


SEXTA-FEIRA,

+ Cidade 3

19 DE JULHO DE 201 3

70% aprovam administração Manoel, segundo pesquisa do Centro Abril O jornal Folha da Cidade encomendou uma pesquisa de opinião para levantar alguns pontos de interesse para o município. Realizada pelo Centro Abril de Pesquisas, o levantamento trouxe a primeira avaliação dos primeiros seis meses do governo Manoel David e Frafra. Para levantamento dos dados foram entrevistadas 400 pessoas na primeira semana de julho em diversos bairros da cidade, em amostragens de sexo, idade e escolaridade. A coleta de dados foi feita através de entrevistas pessoais e domiciliares, mediante aplicação de questionários. Amargem de erro estimada é

de 4% para mais ou menos. Segundo apurou a pesquisa, a administração Manoel David é considerada boa por 37,75% dos entrevistados. Já 4,25% consideram ótima e 28% regular. Apenas 15,25% do universo pesquisado consideram a atual gestão ruim (7,25%) ou péssima (8%). 14,75% dos entrevistados não souberam responder. 39,25% consideram a saúde como o principal problema a ser enfrentado pelo prefeito Manoel David. Na avaliação de 61,75% do universo pesquisado a educação pública em Tietê é classificada como ótima (0,75%),

boa (23,25%), regular (37,75%). A limpeza pública e as mudanças no sistema de coleta do lixo, que têm sido alvos constantes de críticas de alguns, estão sendo aprovadas por grande parte da população. 44,75% avaliam como boa, 2,25% ótima, 30% regular. A limpeza pública tem a aprovação de 77% contra 23% que a consideram ruim ou péssima. Já as mudanças no sistema de coleta de lixo estão sendo aprovadas por 90,35% da população contra 9,65% de desaprovação. Para 54% das pessoas pesquisadas a limpeza pública melhorou na atual gestão e 60% notaram diferença.

Também 87,75% aprovam medidas e atitudes tomadas até agora pelo prefeito Manoel David. As expectativas em relação a administração são positivas. Para 58,25%, o prefeito Manoel David fará uma boa gestão e 8,5% ótima, contra 12,5% que têm expectativas negativas. Internet. Enquete realizada entre usuários de rede social encerrada em julho, em grupos formados por tieteenses, se aproximou da pesquisa de opinião. Após o encerramento, apurou-se entre os participantes que a atual administração é considerada excelente

por 7,7%; boa 30,1%; regular 50,8%; ruim 8,2% e péssima 3,2%. Procurado pela Folha da Cidade, o prefeito Manoel David relatou que tomou conhecimento da enquete e estava satisfeito com os resultados. “Diante das dificuldades enfrentadas, a avaliação desta parcela da população, com maioria optando entre o regular e o ótimo e a baixa votação de pessoas que consideram ruim ou péssima a administração, me traz a certeza que tenho muito a fazer nos próximos anos, mas os caminhos estão sendo traçados de forma correta e de acordo com os anseios da população”, declarou.

Avaliação do governo:

Avaliação da limpeza pública e coleta de lixo:

! ? Entre

Ilustração divulgada em grupos de rede social sobre os primeiros cinco meses do governo Manoel David

Pontos

Os primeiros meses do governo Manoel David e Frafra são aprovados por 70% da população, segundo pesquisa de opinião encomendada pela Folha da Cidade. A administração é considerada boa por 37,75% dos entrevistados. Já 4,25% avaliam como ótima e 28% regular.

Avaliação da limpeza pública e coleta de lixo:

Apesar de terem sido objeto de críticas constantes na Câmara Municipal, as mudanças feitas pelo prefeito na limpeza pública e no sistema de coleta do lixo estão sendo aprovadas por grande parte da população. Também as mudanças no sistema de coleta de lixo foram aprovadas por 90,35% da população contra 9,65% de desaprovação. Diante dos ataques descontrolados feitos à Folha da Cidade por um jornal de pequena circulação de Tietê em reação à matéria publicada sobre da PEC 01/13, de autoria do deputado Campos Machado, a nossa redação foi procurada por vários leitores que nos questionaram o quê de concreto haveria feito o referido deputado para Tietê até hoje. Infelizmente nós desconhecemos e não pudemos esclarecer as dúvidas. O jornal que o defendeu poderia esclarecer o questionamento da população e elencar o que teria sido feito pelo deputado por nossa cidade até hoje. Não é necessário que o mesmo jornal, que não fecha sua edição sem conferir nossas páginas e sempre nos ataca de forma deselegante, nos agrida novamente e sim esclareça. Afinal é a população que quer saber, já que as eleições se aproximam. Fica a dica!

J.Quest

SAMAE

Consumidores em débito com o SAMAE terão serviços interrompidos O SAMAE iniciou na última semana, manutenção e reparos nos poços do bairro Bela Vista, e vem realizando outros serviços em benefício da população, como a troca de hidrômetros, entre outros. Porém, na cidade de Tietê, o índice de consumidores inadimplentes com a conta de água chega a 15%. Segundo o Secretário Executivo do SAMAE, Renato Bufo, no início do ano esse índice era mais alto, havia cerca de 20% de consumidores em débito com o SAMAE. “Quando assumimos o SAMAE, o índice era ainda mais alto, o que nos causou uma enorme preocupação. Já conseguimos diminuir esse índice, porém, a inadimplência continua significativa, podendo interferir nos serviços realizados peço SAMAE”, explica Renato. De maneira geral, as empresas de saneamento apresentam baixos índices de desempenho financeiro e comercial, com o setor convivendo com altas taxas de inadimplência no pagamento das contas de água e esgoto. Esses números

são particularmente críticos, por se referirem a um setor cujas receitas mostram-se em geral insuficientes para cobrir os custos operacionais das empresas, e o SAMAE não tem uma realidade diferente desta. Existe ainda a necessidade de grandes volumes de investimento para ampliar o acesso da população aos serviços de água e esgotamento sanitário. As altas taxas de inadimplência observadas levaram o SAMAE a interromper o serviço de abastecimento de água dos consumidores que deixam de pagar suas contas. Conforme previsto no Decreto Federal nº 7217 de 21/06/2007, os serviços de abastecimento de água poderão ser interrompidos em caso de débito dos consumidores, ou mediante a recusa do consumidor em permitir a instalação de dispositivos de leitura de água, com aviso antecipado ao usuário. Segundo Renato Bufo, antes de ser feita a interrupção dos serviços de água, o SAMAE envia uma notificação ao consumidor para que, antecipadamente,

tome ciência da falta do serviço, e também para que possa compensar os débitos, evitando essa suspensão. “Os consumidores que estão entre os 15% em débitos com o SAMAE, receberão em suas residências um aviso da interrupção dos serviços de água, caso não compareçam para efetuar o pagamento do mesmo no prazo estipulado, o serviço será interrompido. É fundamental que o SAMAE esteja com a receita em dia, para que possamos prestar serviços de manutenção ou de qualquer outro caráter à população”. Ainda segundo o Secretário, os consumidores devem solicitar serviços do SAMAE sempre que necessitarem, como por exemplo, quando notarem um erro na leitura de sua conta, ou mesmo no caso de vazamentos que possam vir a prejudicar tal leitura e aumentar demasiadamente o valor da mesma. “É importante que o consumidor esteja consciente de seus direitos e deveres”, conclui.

O mesmo jornal criticou novamente o prefeito Manoel David sobre sua intenção de formar parcerias para construção de um trevo de acesso ao bairro Santa Maria, garantindo assim a segurança dos moradores e usuários da rodovia. O prefeito quer por fim aos constantes acidentes e mortes ocorridos no local. Logo após, o mesmo jornal faz menção ao bairro Shangri-lá, onde os proprietários possuem terras. Ao contrário de pedir camisetas e lotes em troca, Manoel David quer viabilizar obras que beneficiem o município e não trabalha apenas para aumentar e valorizar seu patrimônio. Ponto para o prefeito! O ex-prefeito anda comentando na cidade que sua maior decepção foi seu primo. O primeiro está tentando jogar toda a responsabilidade em seu ex principal secretário, dizendo que o mesmo foi o grande responsável pela catástrofe do seu mandato. Engraçado querer agora colocar a culpa em um só. Todos sabemos que o secretário em questão tem sua grande responsabilidade e muito se comenta que realmente não é “flor que se cheire”, mas agora querer ‘tirar da reta’ é muita ‘cara de pau’! Ainda mais por estar de birra por seu primo ter se ‘encaixado’ na função de secretário de Planejamento de Pereiras enquanto o ex-prefeito não foi contratado e até mesmo sequer recebido por vários prefeitos da região. Tietê inteira viu com seus próprios olhos o descaso da última administração com a cidade e vários são os responsáveis pelo ocorrido, mas essa “orquestra” teve um maestro e ele tem nome e sobrenome! “Aqueles que tomam, no final perdem; mas aqueles que dão, ganham eternamente. Essa é a regra que o universo nunca quebra” Ponto final!


4 + Cidade

SEXTA-FEIRA,

19 DE JULHO DE 201 3

Agronegócio

Agroecologia fortalece produção sustentável e beneficia as relações entre o campo e a cidade

De acordo com IBGE, 85% das propriedades rurais são de agricultura familiar, porém apenas 16% da população brasileira é rural. A manutenção das famílias no campo, produzindo alimentos, gerando emprego e renda e contribuindo para a diminuição do êxodo rural, também são objetivos da Agroecologia, campo da ciência que utiliza técnicas de base ecológica, unindo o conhecimento científico ao

saber popular, para a produção sustentável e a promoção de mais justiça no campo. A Agroecologia será amplamente debatida no III Encontro Internacional de Agroecologia, que será realizado em Botucatu (SP), entre os dias 31 de julho e 3 de agosto de 2013. De acordo com uma das organizadoras, a doutora em Educação em Agroecologia, Beatriz Stamato, a permanência das famílias no campo é essencial para a produção

de alimentos de qualidade. “Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a agricultura camponesa, que no Brasil produz 70% dos alimentos, só consegue acessar 14% dos créditos. Em contrapartida, a agricultura latifundiária que produz massivamente para exportação e em aliança com as grandes empresas, utilizando técnicas de monocultura que provocam o esgotamento do solo e fazem uso indiscriminado e sistemático de agrotóxicos fica com grande parte dos recursos. O avanço dessa grande agricultura pressiona os agricultores para que saiam de suas propriedades”, explica. Relações sociais – Beatriz destaca que 85% das propriedades rurais são de agricultura familiar, porém apenas 16% da população brasileira é rural. “A violência no campo é crescente, as famílias são pressionadas a deixarem as

terras para que sejam ocupadas pela indústria do agronegócio, causando o êxodo rural e o excesso de pessoas nas cidades, sem que possuam uma forma de renda garantida. Elas simplesmente migram para as cidades por não terem para onde ir”, lamenta. “É possível fazer o caminho inverso, já que 70% da produção de alimentos básicos da nossa mesa vêm da agricultura familiar. É preciso que a sociedade tenha conhecimento dessas informações e faça a opção por comprar alimentos produzidos de forma sustentável”, conta. “São mais baratos se comprados em hortas comunitárias e diretamente dos produtores”, exemplifica. O evento é uma realização da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp - Campus de Botucatu -, Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais e Instituto Giramundo Mutuando. Inscrições, programação completa e mais informações no site www.eia2013.org

Feiras Orgânicas e alimentação saudável Você já parou para pensar o que você e sua família comem todos os dias? O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo, representando 1/5 do consumo mundial. Eles estão presentes irregularmente em 30% dos nossos alimentos. Não pense que o agrotóxico está presente apenas na salada. Ele vem também em grãos, frutas, carnes e outros alimentos. Nós não queremos isso no prato da nossa família, não é? Qual é a alternativa que nós temos? Felizmente muito dos alimentos que chegam ao nosso prato vêm da agricultura familiar e cada vez mais esses produtores estão vendo a plantação orgânica como mais saudável para eles e para os consumidores. Muitos acham que os alimentos orgânicos são caros demais. Uma das razões para que isso aconteça é que os

supermercados chegam a cobrar 400% nos mesmos produtos vendidos em feiras orgânicas. Na feira, muitas vezes, a gente compra direto do produtor, o que torna o alimento muito mais barato e a experiência de troca entre o produtor e o consumidor fica muito mais rica. Existe uma rede enorme de feiras orgânicas espalhadas por todo o Brasil e você pode começar hoje mesmo com uma alimentação mais saudável para você e para sua família. Com o objetivo de tornar os produtos orgânicos mais acessíveis aos consumidores e fomentar uma alimentação mais saudável, o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) elaborou o Mapa de Feiras Orgânicas e Grupos de Consumo Responsável. Confira o mapa e também quais são as frutas, verduras e legumes da estação.

Mapa de Feiras Orgânicas e Grupos de Consumo Responsável

Coleta Seletiva

Esteira e nova cobertura no barracão equipam a Cooperativa de Recicláveis Assessoria de Imprensa

Nova esteira trouxe agilidade para a coleta

A Cooperativa de Recicláveis de Tietê - COOPERETI acaba de ser beneficiada com a doação de uma esteira para separação de recicláveis. O equipamento foi doado pelas empresas Biatex e Usina Zambianco. A esteira dará mais agilidade e qualidade aos recicladores da cooperativa, aumentando significativa-

mente a quantidade de material triado por dia por seus cooperados. Outra novidade no local é a nova cobertura que foi colocada pela prefeitura no barracão que funciona a cooperativa. Até então, o funcionamento da cooperativa era precário, pois o telhado estava danificado. Logística reversa. Desde

A nova cobertura do barracão garante boas condições de trabalho

o início da sua gestão o prefeito Manoel David tem se empenhado na busca de soluções para melhorar a coleta de lixo em Tietê. A prefeitura deu apoio para criação da COOPERETI, orientando e oferecendo condições para o trabalho dos cooperados, possibilidade de geração de renda e regulamentação da atividade no município.

O funcionamento da cooperativa de catadores é alternativa para diminuição dos impactos ambientais e fonte de renda para o grupo de pessoas que a formam. O tratamento e destino adequados do lixo reciclável possibilita a devolução dos materiais ao ciclo produtivo, agregando valor ao serviço.

Veja as frutas e hortaliças da estação da região Sudeste

Fonte: idec.org.br e http://www.agroecologia.org.br/


SEXTA-FEIRA,

+ Cidade 5

19 DE JULHO DE 201 3

Planejamento

Prefeitura realizará Audiências Públicas para debater PPA com população O PPA deve ser entregue à Câmara de vereadores até 31 de agosto. Dos dias 6 a 13 de agosto, reuniões serão feitas nos bairros da cidade para ouvir munícipes O Plano Plurianual que prevê as obras e investimentos para os próximos 4 anos terá caráter participativo. Várias reuniões já estão marcadas com a população de Tietê para que o Poder Executivo possa definir o Plano Plurianual do Município (PPA) a ser encaminhado para a Câmara Municipal até o dia 31 de Agosto. O prefeito Manoel David quer ouvir a população para elaboração do PPA, compromisso que assumiu em sua campanha eleitoral. “Queremos ouvir os moradores dos diversos bairros de Tietê e dar oportunidade ao povo de participar, para que tenhamos mais elementos a acrescentar na elaboração do PPA, e com isso fazer um planejamento que realmente atenda aos anseios dos cidadãos tieteenses, fazendo assim um governo 100% participativo”, disse Manoel David ao definir as reuniões para o início de agosto.

O Plano Plurianual é o instrumento de planejamento governamental de médio prazo, previsto no artigo 165 da Constituição Federal, regulamentado pelo Decreto 2.829, de 29 de outubro de 1998 e estabelece diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública para um período de 4 anos, organizando as ações do governo em programas que resultem em bens e serviços para a população. É aprovado por lei quadrienal, tendo vigência do segundo ano de um mandato majoritário até o final do primeiro ano do mandato seguinte. Nesse Plano, o Poder Executivo detalha suas metas para executar nos próximos quatro anos de administração. Tanto a Lei das Diretrizes Orçamentárias como o Orçamento Anual do Município serão elaborados com base no PPA, que deverá ser aprovado pela Câmara, que poderá, inclusive, apresentar

Saúde

emendas desde que não aumente as despesas previstas. Reuniões. A Prefeitura deverá a partir dos próximos dias iniciar ampla divulgação das reuniões já marcadas em diversos locais do município com o objetivo de levar o maior número de moradores para conhecer o que é o PPA e participar com opiniões e sugestões da elaboração do mesmo. Nas reuniões serão feitas explicações sobre o PPA e as reais necessidades dos bairros. As reuniões estão marcadas para dia 6 de agosto, no Salão Nobre da Prefeitura abrangendo moradores da região central, Altos do Tietê, São Roque, Santa Maria e área rural. Dia 7, na Cohab (Escola Lyria), dia 8 no Povo Feliz (CRAS), dia 8 no São Pedro e bairros adjacentes (barracão de festas de São Pedro) e dia 13, Bela Vista e bairros adjacentes (barracão de festas da Aparecida).

Projeto do Estatuto dos Funcionários Público de Tietê deve ser encaminhado até 31 de Agosto para a Câmara Prefeito Manoel David vai se reunir com funcionários Nos próximos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto, o prefeito Manoel David reunirá todos os funcionários da prefeitura para apresentar os últimos detalhes do anteprojeto do Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Tietê. Após as reuniões, o anteprojeto será encaminhado para análise e aprovação na Câmara Municipal. De acordo com o prefeito, sua intenção é encaminhá-lo juntamente com o Plano Plurianual do Município (PPA) até o dia 31 de agosto. A equipe da empresa Brasil Cidade, responsável pela elaboração do anteprojeto, tem debatido todos os pontos do Estatuto e levantado questionamentos. Muitas dúvidas

Mesmo encontrando muitos problemas com os veículos que eram utilizados para o transporte de pacientes para dezenas de cidades vizinhas, o secretário da Saúde de Tietê, Arnaldo Benedito Orsolini (Dr. Cadi), analisa que o departamento terminou o semestre com resultado positivo nessa área. Para isso, foi preciso recuperar ambulâncias e outros veículos de transporte, bem como, contratar transporte de terceiros para que a prefeitura pudesse prestar o melhor atendimento possível aos usuários. O total de viagens realizadas com frota e motoristas da prefeitura, de janeiro a junho, chegou a 2.064 transportando um total de 7.598 pessoas. O destino dessas viagens inclui as cidades de Américo Brasiliense, Araras, Barretos, Bauru,

Botucatu, Barueri, Campinas, Carapicuiba, Cerquilho, Guarulhos, Hortolândia, Itapetininga, Itapeva, Itapetininga, Itu, Jaú, Jumirim, Limeira, Piracicaba, Ribeirão Preto, Salto, Salto de Pirapora, São Paulo e Sorocaba. Já com a frota e motoristas terceirizados, o total nesse mesmo período foi de 520 viagens transportando 8.454 pacientes para cidades como Botucatu, Jau, Itu, Salto, Sorocaba e São Paulo. O transporte terceirizado é feito com ônibus novos, com conforto e ótima estrutura para os pacientes, o que justifica o maior número de pessoas transportadas nesse primeiro semestre. Desta forma, a prefeitura realizou no primeiro semestre deste ano um total de 2.584 viagens favorecendo 16.052 pacientes.

Comunicados Secretaria da Saúde. No próximo sábado, 20, das 8h às 12h, no bairro Sete Fogões, a Secretaria de Saúde junto ao grupo “Brilhantes em Ação” disponibiliza a população a atualização de Vacinas para adultos e crianças, aferição de Pressão Arterial, teste de Glicemia (diabetes) e Saúde Bucal. Secretaria de Educação. Os horários de atendimento para cadastro e recadastro do transporte técnico/universitário foram alterados. O atendimento ocorrerá dias 18 e 19 de Julho das 8h30 às 16h30; dia 20 de Julho das 9h às 11 h, e dias 22 e 23 de Julho das 8h30 às 20 horas. Obs: todos os dias haverá atendimento no horário do almoço.

CLASSIFICADOS

Vende-se

Apartamento na praia de Pitangueiras (Guarujá), 10º andar. 1 apartamento por andar, sendo 4 suítes, varanda gourmet com ampla visão do mar, 2 vagas na garagem. Prédio com piscina, salão de jogos e churrasqueira. Uma quadra da praia. Tratar pelo fone: 015 3282.3173

“Não podemos oferecer aos nossos cidadãos serviços públicos de qualidade sem termos em nosso quadro de pessoal servidores treinados e com expectativas de crescimento profissional” afirma o prefeito Manoel David. Ele destaca ainda: “com a criação do Estatuto do Funcionalismo Público e sua aplicação, Tietê deve se tornar uma referência nas condições trabalhistas e salarial na região”.

Ex-prefeito Clóvis Pasquali fala sobre a criação da GM e Passe do Idoso

Corpo de andarilho encontrado morto no Parque da Pomba é identificado No último dia 10 de julho, o corpo de um morador de rua foi encontrado no Parque da Pomba, em Tietê. Por volta das 14h, outros moradores de rua foram acordá-lo para entregar almoço, quando perceberam que o mendigo estava morto. A Polícia Militar e a Perícia foram acionadas e o corpo levado ao Instituo Médico Legal. Segundo a Polícia Civil, na segunda-feira, 15 de julho, o corpo do andarilho foi reconhecido por uma irmã de criação e seu marido, no IML de Sorocaba. A vítima, Dionízio Rodrigues, mais conhecido como “Fofão”, tinha 53 anos e era natural de Barra do Chapéu/ SP. O caso só foi solucionado

quem resolver migrar pode resgatar o FGTS. Os direitos, licenças, gratificações e a data base serão mantidos e melhorados. A promoção de cargos será feita através de uma comissão de avaliação dos funcionários.

História

Policiais

Mais de 16 mil pacientes usaram transporte da saúde no primeiro semestre

existentes já foram esclarecidas, como o fato de que não haverá demissões e sim uma migração ao novo regime. Os funcionários que já passaram pelo estágio probatório não o farão novamente. A aposentadoria continua como está, o recolhimento sendo pelo INSS até que a reforma administrativa esteja completa, em um segundo momento será criado um fundo de aposentadoria próprio. Quanto ao FGTS também nada será perdido, pois será criado o abono produtividade que funcionará como um 14º salário para o trabalhador que seguir os requisitos que os próprios funcionários criaram. A adesão para o sistema de estatuto será opcional e

e o reconhecimento possível, mediante uma investigação a partir apenas do seu apelido e exaustivas pesquisas nos bancos de dados da Polícia Civil, além da colaboração dos funcionários do Albergue Noturno. Posteriormente, com a procura dos familiares, a Polícia Civil dirigiu-se até o IML onde identificou a vítima, até então desconhecida. Tal empenho possibilitou o traslado do corpo, e respectivo sepultamento no cemitério local, com a presença de parentes e amigos. A Polícia Civil aguarda a conclusão do laudo da necropsia para apontar a causa da morte do andarilho, que não apresentava sinais de violência quando foi encontrado.

Segundo contou à Folha da Cidade, assim que assumiu a gestão, o Prefeito Clóvis Pasquali notando o crescente aumento da criminalidade na cidade e região, criou a Guarda Municipal, com o objetivo de auxiliar a Polícia Militar e a Polícia Civil, dando maior segurança à população. Ainda conforme relatou, a Guarda Municipal foi criada através do Projeto de Lei n. 1.612/83 enviado por ele à Câmara Municipal. O projeto foi aprovado por unanimidade em 5 de Dezembro de 1.983. “Como disciplinava o texto legal, as funções da Guarda Municipal eram tão somente de proteção ao patrimônio público, mas como haveria enfrentamento com criminosos fortemente armados, foi solicitado junto ao Exército a devida liberação para armar os guardas”, contou o ex-prefeito. “Desde a sua criação até os

dias atuais a Guarda Municipal tem prestado relevantes serviços à população, dando segurança e prestando diversos auxílios, conjuntamente com a Polícia Militar da cidade”, declarou Pasquali. “Em 5 de dezembro deste ano, a nossa Guarda Municipal fará 30 anos”, destacou. Passe Livre do Idoso. Numa demonstração de gratidão e recompensa pelo trabalho de toda uma vida do idoso, o prefeito Clóvis Pasquali enviou à Câmara Municipal o Projeto de Lei n. 1710/86, instituindo o Passe Livre aos idosos com mais de 65 anos de idade. Este projeto foi aprovado pelos vereadores em 6 de março de 1986 por unanimidade. “Seria interessante e prático que a Prefeitura cadastrasse os idosos e emitisse um documento com foto, para um acesso rápido ao transporte público”, reforçou Clóvis.

Motorista embriagado No último sábado, 13 de julho, por volta das 20h55, a Guarda Municipal recebeu uma denúncia de que em frente ao prédio do Seminário, havia um indivíduo em visível estado de embriaguez, tentando sair com seu veículo, modelo Clio de cor preta, e com placas de Tietê. Ao perceber a chegada da viatura, o indivíduo saiu em disparada, cometendo várias infrações de trânsi-

to, causando riscos de acidentes até ser parado pelos guardas. Ao ser averiguado, foi constatado que a CNH do condutor estava vencida desde o ano de 2011, e realmente se encontrava em visível estado de embriaguez. O condutor e o veículo foram conduzidos à Delegacia de Polícia onde foi apresentado à autoridade de plantão, que o prendeu em flagrante por embriaguez ao volante.

Notas de falecimento: Luiz Lauro da Cruz Teixeira, dia 15/07/2013; Agripina Antunes Magalhaes, dia 15/07/2013; Analia Greguolo, dia 10/07/2013; Dionizio Rodrigues, dia 10/07/2013;


6 + Cidade Fique por Dentro

SEXTA-FEIRA,

Câmara

Vereadora Conceição reivindica a transformação das Festas do Divino e de São Benedito em patrimônio Cultural de Tietê

Feijoada TEC Neste sábado, 20, às 12h, o Tietê Esportiva Clube realiza a 3ª edição da “Feijoada TEC”. O evento, que foi sucesso absoluto nos anos anteriores, será realizado na sede campestre do clube e animado pelo Grupo Ynocência e Dj Felipe Mello. Ingressos antecipados podem ser adquiridos por sócios a R$25,00; não sócios – R$40,00. Mais informações na secretaria do TEC ou pelo telefone (15) 32823345

Igualdade racial A plenária municipal de Tietê, preparatória da III Conferência de Promoção da Igualdade Racial da Regional Administrativa de Sorocaba será realizada no dia 22 de julho, próxima segunda-feira, às 19h, no salão nobre da Prefeitura. No mesmo dia haverá cerimônia de posse do Conselho Municipal de Tietê.

PPA participativo Em iniciativa inédita, a Prefeitura de Tietê está convidando a população para participar das reuniões para elaboração do Plano Plurianual. O PPA é o instrumento de planejamento governamental de médio prazo que estabelece diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública para um período de 4 anos, organizando ações de governo em programas que resultem em bens e serviços para a população. A primeira audiência será no dia 6 de agosto, às 19h, no salão nobre da Prefeitura. Participarão a área rural, a região central e os bairros Altos do Tietê, São Roque e Santa Maria. As reuniões participativas seguem nos dias 7, 8, 9 e 13 de agosto com moradores dos bairros Cohab, Povo Feliz, São Pedro, Bela Vista, Bonanza e Paraíso. Os encontros acontecerão nos bairros.

Oficina Cultural A Oficina Cultural “Maestro Orlando da Silveira” retoma suas atividades nesta segunda-feira 22 de julho. Para o início do segundo semestre já está programado o espetáculo “O Circo do Cornélio” que vai envolver dança, música caipira, teatro e a presença de artistas ilustres. O evento acontece no dia 23 de agosto e abre a Semana Cornélio Pires.

Noite Portuguesa A 3ª Noite Portuguesa será realizada no dia 24 de agosto às 20h, no salão de festas do Seminário Santa Teresinha.O prato da noite será a tradicional bacalhoada portuguesa. Anima o jantar dançante a banda Medida Certa. O evento será realizado em prol das festividades de Santa Teresinha. Mais informações na secretaria do Seminário.

Festival de Inverno A Secretaria de Cultura e Turismo de Laranjal Paulista realiza a 5ª edição do Festival de Inverno até 21 de julho, no espaço de eventos da Praça Armando Salles de Oliveira. A novidade desta edição serão os Workshops realizados no dia 20, na Casa da Cultura. Às 14hs teremos o Workshop “Música e Gestão em Bandas”, com o Maestro Luiz Alberto Martins de Freitas, e às 16hs o Workshop “Instrumentos de Corda” com o músico Márcio Lemos. Os workshops são gratuitos. A Casa da Cultura fica na Rua dos Expedicionários, nº 153, 2º andar, no Centro. A partir das 20h, de hoje até domingo, shows na praça, entre eles, da Orquestra Filarmônica “Johannes Brahms” de Santa Bárbara D’oeste, neste sábado, 20.

19 DE JULHO DE 201 3

A vereadora Maria da Conceição Dal Bó Vieira enviou requerimento ao prefeito Manoel David solicitando o início dos trabalhos de registro como Bens Culturais de Natureza Imaterial ou Intangível do Município de Tietê das centenárias Festas do Divino Espírito Santo e de São Benedito. Requereu ainda que, posteriormente, as tradicionais festas sejam também incluídas nos registros do Estado de São Paulo e do Brasil. Explicou a vereadora que a UNESCO, organismo das Nações Unidas que cuida da Educação, Ciência e Cultura, em 2003, adotou uma Convenção sobre a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Intangível ou Imaterial. Também a Constituição Federal, em seus artigos 215 e 216, estabeleceu a noção de patrimônio cultural brasileiro composto de bens de natureza material e imaterial, incluídos aí os modos de criar, fazer e viver dos grupos formadores da sociedade brasileira. O registro de Bens Culturais

Tributos

de Natureza Imaterial pode ser realizado ainda através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. O governo do Estado de São Paulo, através do Decreto nº 57.439, de 17 de outubro de 2011, também instituiu o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial, a ser realizado através do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo – CONDEPHAAT. Explicou Conceição que, através da Lei 3.135/2009, cabe ao Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Arquitetônico Paisagístico e Cultural estabelecer critérios e valores para o enquadramento de bens como Patrimônio Municipal. A UNESCO, o IPHAN e o CONDEPHAAT reconhecem a importância de promover e proteger a memória e as manifestações culturais, não só nos seus aspectos físicos, mas também nas tradições, no folclore, nas festas, nas manifestações de religiosidade, entre

outras que constituem a alma de um povo, ou seja, o seu Patrimônio Cultural Intangível ou Imaterial. Reforçou a vereadora que Tietê possui um grande Patrimônio Cultural Intangível ou Imaterial, ligado à religiosidade de seu povo, com especial destaque para a importante Festa do Divino Espírito Santo, em sua 174ª edição neste ano de 2013, bem como a tradicional Festa de São Benedito, em sua 145ª edição neste ano de 2013. “É preciso a união do poder público, da igreja, das irmandades, enfim, de toda comunidade tieteense para reunir documentação fotográfica e audiovisual, referências documentais, bibliografias pertinentes, e outros recursos que permitam o registro dessas duas grandes manifestações da religiosidade tieteense como Bens Culturais de Natureza Imaterial ou Intangível do Município de Tietê, e posteriormente, do Estado de São Paulo e do Brasil”, conclamou Conceição Dal Bó.

Obrigatoriedade da Informação Tributária ao Consumidor final

A Lei N.12741/12, que impõe para as empresas obrigação de discriminar os tributos nos documentos fiscais emitidos para consumidor final, continuará deixando alguns impostos ocultos aos olhos dos contribuintes. Isso porque, conforme a norma que entrou em vigor no dia 10 de junho de 2013, apenas o motante sobre CIDE, IPI, ICMS, ISS, PIS e CONFINS deve ser revelado ao consumidor. O valor correspondente a cada um dos tributos sobre a folha de pagamento(INSS e FGTS) e sobre o lucro(IRPJ e CSLL) continuarão sendo um mistério. Em alguns casos, eles representam uma percentagem elevada na carga tributária. . No caso de serviços de natureza financeira, as informações sobre os tributos deverão ser colocadas em tabelas fixadas nos pontos de atendimento, como agências bancárias, na hipótese de não existir a obrigatoriedade de emissão de documento fiscal. Mesmo após a nova Lei entrar em vigor, somente parte dos tributos estará visível ao

consumidor, e poderia ajudar mais, caso a Presidência da República não tivesse vetado a divulgação do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o lucro líquido. Esta dificuldade em discriminar os impostos faz com que a nova lei nasça marcada pela imprecisão. Poderá haver impasses caso haja discordância sobre o percentual de tributos discriminados nas notas fiscais. A Lei serve de alerta, mas não soluciona o problema tributário do Brasil, e, diga-se de passagem, necessita de uma ampla reforma tributária. Por enquanto como os termos “aproximados e equivalentes” foram inseridos no dispositivo legal, pois deixam margem para a criatividade brasileira, a maioria das empresas está usando e aplicando o arquivo IBPTAX, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Pesquisas Tributárias-IBPT, que contem valores aproximados da carga tributária brasileira. O arquivo é cedido gratuitamente pelo IBPT. site www.impostometro.com.br/lei12741/ibptax. A sanção da Lei veio como

uma resposta aos pleitos das entidades representativas de diversos setores, junto ao governo federal. Para o empresário, mudanças no sistema costumam trazer inicialmente dificuldades, mas os ganhos em longo prazo para a sociedade serão maiores. É verdade, que o aparato legal visa informar ao consumidor o real impacto tributário na aquisição de produtos e serviços oferecidos pelo mercado, embora sabemos que as informações prestadas, ainda não são totalmente precisas, mas já é um grande avanço, pois, cada consumidor brasileiro saberá, embora de forma aproximada, os tributos que estão embutidos na cadeia produtiva dos bens e serviços oferecidos , que serão com certeza, dados importantes para a reivindicação da melhor distribuição dos serviços públicos no Brasil. Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Tietê - AESCONTI José Paulo Marcom PRESIDENTE

Lingua Portuguesa Gentílicos Estava eu “sapeando” em alguns canais de TV no dia do aniversário da cidade de São Paulo e eis que me deparei com um certo apresentador do horário nobre que cumprimentava aos PAULISTAS pelo aniversário dessa tão bela cidade que acolhe em seu seio pessoas de todo o Brasil. Ok. Cumprimentos aceitos, uma vez que ele estava cumprimentando aos habitantes que residem fora da cidade de São Paulo, ou seja, no Estado de São Paulo, pois se a intenção do comunicador fosse cumprimentar as pessoas que moram na cidade de São Paulo ele se referiria a eles como PAULISTANOS. Assim como quem reside na cidade do Rio de Janeiro é carioca e no Estado do Rio é fluminense. O que são gentílicos? Segundo o dicionário Aulete “diz-se de um adjetivo que dá nome a um povo ou raça, ou ao lugar onde alguém nasceu, habita ou de onde procede; brasileiro é o adjetivo gentílico de quem nasceu no Brasil.” Na maioria das vezes, os gentílicos são formados pelo sufixo –ense (catarinense), -ano (acreano ou acriano). Porém, existem alguns adjetivos gentílicos inimagináveis, veja só: Quem nasce em Santa Catarina é catarinense, certo? Mas também pode ser barriga-verde! Paraná – paranaense, ok? Mas também paranista e tingui! Minas Gerais – mineiro, montanhês e geralista; São Luís do Maranhão – são luisense e ludovicense; Salvador – soteropolitano. E Jerusalém? Complicado, né?! Tentou dizer jerusalenense? Errou! O correto é hierosolimita! Interessante... Ivana de Faria Guite, Professora, Formada em Letras pela Unimep, e Especializada em Linguagem

Portal da Transparência Onde está sendo aplicado seu dinheiro Exercício 2013 (01/06 a 31/07/2013) Secretaria de Transportes e Serviços Municipais

Empenhado: R$ 340.627,39

Previsto/Empenhado pela Secretaria

Pago: R$ 255.047,30

Fonte: Prefeitura de Tietê – www.sp.tiete.gov.br

Fonte: Prefeitura de Tietê – www.sp.tiete.gov.br


SEXTA-FEIRA,

+ Esporte 7

19 DE JULHO DE 201 3

Tietê termina em 6º lugar na classificação geral dos Jogos Regionais e faz história

Túnel do Tempo

por Alberto Giovanetti

Para o secretário de Esportes, Fábio Vidotto Beloto, o resultado reflete o trabalho sério da administração municipal com o esporte. As conquistas dão o direito de Tietê participar dos Jogos Abertos em cinco modalidades esportivas Ao todo foram 13 medalhas conquistadas pelos atletas tieteenses nos 57º Jogos Regionais realizados em Votorantim, entre os dias 4 e 13 de julho, que lhe valeram o 6º lugar na classificação geral da 2ª Divisão, a melhor posição alcançada pelo município na história dos Jogos Regionais. O prefeito de Tietê, Manoel David, que acompanhou as finais da competição e entregou medalhas e troféus para as atletas tieteenses, destacou o fato de Tietê alcançar essa posição pela primeira vez na participação dos Jogos. “O esforço de nossos atletas engrandece o nome de nossa cidade em todo o Estado de São Paulo, visto que, o esporte tieteense ficou à frente de cidades muito maiores o que nos

enche de orgulho”, disse o prefeito que deverá continuar incentivando o esporte em busca de maiores resultados. O sucesso nos Regionais deu a Tietê o direito de participar em cinco modalidades nos Jogos Abertos, que serão realizados em outubro na cidade de Mogi das Cruzes: tênis de mesa feminino, handebol feminino, vôlei feminino, basquete masculino e um atleta de karatê. Tietê conquistou Ouro em Vôlei Feminino, Basquete Masculino, Tênis de Mesa Feminino e uma medalha no Karatê (2ª Divisão); Prata em Handebol Feminino 1ª Divisão, Prata em Handebol Masculino 2ª Divisão e três pratas no Karatê; Bronze em Karatê Masculino, Damas, Vôlei de Praia Masculino (1ª

Divisão) e uma no Judô. Para prestigiar os atletas tieteenses, o prefeito Manoel David e seu vice Antonio José Viotto (Frafra) estiveram visitando o alojamento e acompanhando alguns jogos. O que chamou a atenção do executivo municipal foi o fato de Tietê disputar os jogos à altura de equipes de cidades como Jundiaí, Sorocaba, Itu, Itapetininga, Avaré entre outras grandes cidades. Das cidades da região, na classificação geral, apenas Tatuí superou Tietê. O Secretário de Esportes, Fábio Vidotto Beloto acompanhou os tieteenses durante toda a programação dos Regionais. A Delegação de Tietê, chefiada por Paulo Sergio Salvador Serafim, foi a Votorantim com 200 integrantes,

fato que chamou a atenção dos organizadores por ter sido uma das cidades com maior número de participantes. Outro fato destacado pelo chefe da Delegação foi que 91% dos atletas que representaram Tietê são da própria cidade, “o que mostra que o incentivo ao esporte na própria cidade traz resultados”. O Coordenador da Delegação tieteense foi José Geraldo Foltran e os técnicos foram os seguintes: Gera Foltran (vôlei), Carlão (basquete), Fábio Lopes (tênis de mesa), Fábio Vidotto (handebol feminino), Renato Simões (handebol masculino), Cesar Foresto (karatê), Raquel (damas), Marcelo Paulo (vôlei de praia) e Marcelo Marino e Brizotti (judô).

O Jornal Folha da Cidade parabeniza todas as equipes pelos ótimos resultados e pelo comprometimento! Assessoria de Imprensa

Equipe de B asquete masculino, medalha de ouro Assessoria de Imprensa

Equipe de Handebol masculino, medalha de prata Assessoria de Imprensa

Equipe de karatê (2ª divisão), medalha de ouro

Assessoria de Imprensa

Equipe de Volei feminino, medalha de ouro Assessoria de Imprensa

Equipe de Handebol feminino, medalha de prata Assessoria de Imprensa

Equipe de Damas, medalha de bronze

E.C. Estação Experimental de Tietê: (Em pé) Daniel, Ademir, Lide, Paulinho, Branquinho, Luis Alfredo, Bisteca, Marcelino, Reginaldo, Alexandro, Genésio, Tinoco e André. (Agachados): Zé Guarda, Mandi, Silvinho, Max, (Bruno José- Mascote), Kim, Bonzinho, Vadico, Bila, Felipe, Marcelo e Magnun.

Nesta edição venho contar a historia de um grupo de esportistas tieteenses, cuja união desses atletas, no passado constituiu a formação da agremiação do E.C. Ribeirão Fundo e atualmente com muita evidência e representatividade este mesmo grupo matém vivo o futebol do E. C. Estação Experimental de Tietê. Quem conta com maiores detalhes a história deste grupo e dos clubes por eles representados são: Benedito Daniel Foltran (Daniel) e Eolides de Casagrande Catto (Lide Catto), que há mais de 30 anos, comandam com muita dedicação este grupo de esportistas que configuram na história do nosso esporte. A evidência destes dois batalhadores começou no início da década de 80, no conhecido bairro do Ribeirão Fundo, época em que muitas famílias tradicionais lá residiam. Detalhando um pouco da história do E.C. Ribeirão Fundo, Daniel Conta: “Este time era formado pelos próprios atletas do bairro, a cor do nosso uniforme era vermelho e branco. Lá nos reuníamos todos os domingos para um jogo de futebol contra as equipes dos bairros vizinhos e de outras cidades. Nomes importantes deste clube: Euclides Foltran, Aparício Catto, Horácio Catto, Francisco Pontes (Chicão), Lide Catto, Maurilio Garcia, Antenor Zani (Tinoco), Osvaldir Zani (Vadico), José Morales, Agnaldo Morales, José Morales, Magno Pontes, Euclides Bon e outros grandes colaboradores que compunham este quadro esportivo e fazia desta agremiação uma das mais representativas da região. Chegamos a formar três divisões de futebol: Aspirantes, amadores e veteranos, com jogos disputados nos dois períodos aos domingos”. Daniel começou como joç gador na posição de meio u por muito esquerda, jogou tempo, assim que parou eu conticomo atleta deu uita denuidade com muita ção de dicação na função diretor e presidente dente do clube. Lide Catto, o, começou nos anos 80, também no Ribeirão Fundo, jogava no meio de campo, marcou história no clube como um atleta determinado pela seriedade e força de vontade, e até hoje conserva

estas características jogando pela equipe do E.C. Estação Experimental de Tietê. No inicio do ano 2000, houve uma transformação na equipe do E.C. Ribeirão Fundo por este grupo (diretores e atletas) numa decisão unânime passou a representar a equipe do E.C. Estação Experimental de Tietê, clube esportivo desta importante Instituição de pesquisa agrícola (Estação Experimental de Tietê - EET) e mandar seus jogos no tradicional Bairro Estação. Com a integração de novos esportistas entre eles Junior Capuani. Martelline, etc, funcionários e filhos de funcionários deste órgão institucional, entre eles: Dr. Armando Portinelli Junior (Chefe da Instituição E.E.T. na época), Euclides dos Santos S. Bon (Funcionário atual do E.E.T.), Marcelo Millas, Diego Millas, Reginaldo Longo, Silvio Soares (Filhos dos Funcionários). Com esses ideais, estes devotados esportistas (diretores, atletas e colaboradores): Daniel Foltran (Presidente), Marcelo Millas (Vice); os diretores: Eolides Catto, Kim, Magno Pontes, Danilo Silva, Zé Guarda (Técnico), a equipe Estação tornou-se um clube em plena atividade esportiva, nas cores azul e branca, triunfam com galhardia suas conquistas como um das mais tradicionais agremiações da nossa cidade, representando as categorias do futebol amador e veterano, reunindo todos os domingos nas grandes jornadas esportivas. Nos dias de hoje, está cada vez mais difícil de encontrar pessoas interessadas em trabalhar pelas agremiações esportivas. Poucas pessoas como Daniel Foltran, Lide Catto e demais diretores, se dedicam com tanta presteza, sem medir esforços, tempo e dinheiro para oferecer momentos de prazer e alegria através do esporte, como feito nesta comunidade.

Daniel Foltran e Eolides Catto


8 Raio X

SEXTA-FEIRA,

Campeão!

Reconstrução de pontes A Secretaria de Transportes e Serviços Municipais da Prefeitura de Tietê recontruiu duas pontes na área rural do município. A primeira delas na estrada municipal que passa pela fazenda Sabaúna, Bairro Nossa Senhora de Fátima. Esta ponte foi refeita inteiramente pelos funcionários da prefeitura com a ajuda dos proprietários de terras locais que forneceram parte das vigas usadas em sua reconstrução. Os moradores da região vinham sendo pre-

P

arabéns aos campeões que fizeram história nos 57º Jogos Regionais, realizados em Votorantim, entre os dias 4 e 13 de julho. Ao todo foram 13 medalhas conquistadas o que garantiu o 6º lugar na competição, a melhor posição alcançada pelo município na história dos Jogos Regionais. O prefeito, Manoel David acompanhou as finais da competição e entregou medalhas e troféus para as atletas tieteenses. Os atletas vitoriosos foram recebidos na noite desta quarta-feira, 17, no salão nobre da Prefeitura pelo prefeito Manoel David e seu vice Frafra. O objetivo foi homenageá-los pela brilhante conquista. João Tiago Foltran, tenista de mesa, que desde 1999 participa de competições esportivas, falou em nome dos atletas: “Fui com 12 anos para os Jogos Regionais e da mesma forma que muitos aqui, tenho orgulho em representar Tietê. Neste ano quero cumprimentar a todos da nossa delegação porque a organização foi muito boa, tanto no alojamento como na alimentação e no apoio a todos nós”. O Secretário de Esportes, Fábio Vidotto,

disse que Tietê venceu “mais uma etapa em grande estilo”. Ele destacou ainda três fatores que levaram Tietê a essa grande conquista. “O apoio recebido do prefeito Manoel David, a equipe da Secretaria que fez ótima retaguarda e o esforço dos atletas que tiveram a melhor participação nos jogos”, disse Fábio Vidotto. O prefeito Manoel David, por sua vez, ao encerrar a cerimônia declarou que o esporte e os atletas merecem o apoio de sua administração e destacou ainda que este ano Tietê conquistou o melhor resultado da história!

Trabalhos acelerados Troca de lâmpadas, colocação de lixeiras, reparos em asfalto e restauração de veículos. A Secretaria de Transportes e Serviços não tem medido esforços no sentido de colocar várias frentes de trabalho em atividade e para atender os munícipes. O secretário João Carlos Uliana tem acompanhado esses serviços e pretende dar atenção especial a manutenção constante dos mesmos. Vários pontos da cidade que estavam com o asfalto deteriorado estão recebendo reparos por parte da Secretaria de Transportes.

19 DE JULHO DE 201 3

Situação anterior da ponte Sabaúna

judicados desde as fortes chuvas ocorridas no mês de janeiro deste ano, que acabaram levando a ponte. Outra ponte entregue nesses dias pela Prefeitura foi no bairro Mato Dentro. A ponte que existia no local estava interditada desde o ano passado. A reconstrução da ponte contou também com ajuda dos moradores da região. Eles doaram parte das vigas que foram utilizadas pelos funcionários municipais em sua reconstrução. Ponte após as obras

Atenção à zona rural Cena comum (abaixo) para quem passava por alguns pontos distantes do centro da cidade, principalmente em área rural, eram amontoados de lixo de toda espécie esperando semanas e até meses pela coleta. A situação melhorou bastante. A Secretaria de Transportes providenciou a colocação de oito novas lixeiras nesses lugares, impedindo que o lixo se espalhe, causando uma péssima impressão.

Aprendendo com cavalos A Associação Comercial e Empresarial de Tietê – ACET realiza amanhã, 23, a palestra gratuita “Liderança, aprendendo com cavalos”. O método é uma abordagem inovadora que visa potencializar pessoas a produzirem melhores resultados. A palestrante, Janaína Klein, apresenta metodologias internacionais de psicoterapia, técnicas de aprendizagem e coaching com cavalos. Informações; 3282 1291.

Campanha do Agasalho REFRIX A Campanha do Agasalho Refrix superou as expectativas com a arrecadação de 40 kg de agasalhos e cobertores, doados por colaboradores de todas as áreas da empresa. Em nome de todos os participantes a Equipe de Endomarketing doou as contribuições ao Albergue de Tietê, entidade que acolhe moradores de rua fornecendo roupas e oferece comida de graça a quem realmente precisa. Agradecemos todos os participantes da Campanha do Agasalho que não deixaram o frio das ruas congelar seus corações.

Caderno 01 completo  

Folha da Cidade

Advertisement