Issuu on Google+

BRANDBOOK

1


ORIENTADOR: Anníbal Montaldi

PROJETO: Vinícius Alves

2


ÍNDICE ANÁLISE SWOT

4

TIPOGRAFIA

19

PENSAMENTO DA MARCA

7

MALHA CONSTRUTIVA

20

ESSÊNCIA

8

PADRÕES DE APLICAÇÃO

21

MISSÃO

10

USOS INDEVIDOS

22

VISÃO

11

MARGEM DE SEGURANÇA

23

VALORES

12

APLICAÇÕES

24

PÚBLICO-ALVO

13

CARTÃO

25

MARCA

16

PAPELARIA

26

CORES

18

3


A Análise SWOT é umas das ferramentas estratégicas mais tradicionais do marketing que mapeia os aspectos internos e externos das empresas. SWOT é uma sigla vinda do inglês que se refere às Forças (Strenghts), Fraquezas, (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats) da marca.

ANÁLISE SWOT

Ela tem como objetivos: - Listar todos os pontos positivos e negativos da marca - Identificar oportunidades e ameaças no mercado em que a marca se insere - Identificar os fatos que evidenciem problemas - Levantar suas causas e consequências - Selecionar as causas críticas passíveis de intervenção

4


Forças

Fraquezas

As forças são as principais vantagens internas da marca

As fraquezas são os pontos negativos internos que a

em relação aos seus concorrentes, que podem propor-

marca apresenta e que podem causar desvantagem

cionar à empresa uma boa participação no mercado. Elas

competitiva em relação aos concorrentes. Essas

devem ser exploradas ao máximo de maneira que a em-

fraquezas devem ser corrigidas rapidamente de um

presa cada vez aumente mais essa vantagem competiti-

modo que a empresa não perca competitividade no

va. São elas:

mercado. São elas:

- Marca com apelo jovem e moderno

- Marca Desconhecida

- Personalização

- Processo de Produção Demorado

- Experiência de compra

- Dificuldade de propor uma mudança de hábito no consumidor

5


Oportunidades

Ameaças

As oportunidades são situações, tendências ou

São fatores externos negativos que podem diminuir o

fenômenos externos que podem afetar positivamente

potencial de da marca no mercado. São importantes para

a empresa. Elas oferecem à marca a possibilidade de

nortear a empresa do que pode prejudicar seu negócio.

obter lucros e a identificação de novos mercados. As

São elas:

oportunidades identificadas para a Dandi Alfaiataria são: - Falta de mão-de-obra qualificada - Nichos a serem explorados

- Mercado dominado por empresas consolidadas

- Possibilidade de inovação no mercado

- Profissão cada vez mais extinta

- Aumento do interesse masculino pela estética

6


PENSAMENTO DA MARCA

7


A Essência da Marca é um modo de representar, resumidamente, as principais características o da marca de maneira mais simples e direta. Ela tem como função, orientar todos os colaboradores e parceiros para que eles compreendam o que a marca deve representar para os seus consumidores.

8


“Sofisticada, Exclusiva, Ousada”

9


A Missão de uma empresa é o propósito da empresa

existir, a finalidade da empresa. É a razão de ser da empresa.

“Tornar o homem brasileiro único, sofisticado e bem vestido, de maneira acessível.”

10


VISÃO

A visão da empresa é aonde a empresa deseja chegar em

um determinado período de tempo. O período definido para a elaboração da missão da marca foi de 5 anos. E assim, a visão da empresa ficara definida como:

“Ser referência em alfaiataria no Brasil, e ser uma marca influente e inspiradora para os jovens brasileiros.”

11


VALORES

Valores de uma empresa são “ideais de

atitude, comportamento e resultados que devem estar presentes nos colaboradores e nas relações da empresa com seus clientes, fornecedores e parceiros.” Definimos os seguintes valores para a Dandi Alfaiataria:

-

CONFIANÇA RESPEITO RESPONSABILIDADE SOCIAL VALORIZAÇÃO DAS PESSOAS 12


PÚBLICO -ALVO

13


Guilherme Tanaka Tem 20 anos e cursa Ciência da Computação. É estagiário em uma empresa de tecnologia. É filho de Henrique,

engenheiro,

e

Cláudia,

profissional de marketing. É antenado e

viciado

em

tecnologia.

Utiliza

frequentemente as redes sociais. Gosta de games e esportes.

Objetivos pessoais: Conhecer a

Europa e aprender novos idiomas. Objetivos

profissionais:

Ser

Coordenador de TI, e trabalhar em uma das Gigantes da Tecnologia (Google, Apple, Microsoft, etc)

14


Cláudio Garcia Tem 25 anos, e é microempresário em uma empresa de Engenharia. Formouse

em

Engenharia

de

Produção.

Gosta de moda, e considera o visual importante

para

o

relacionamento

nos negócios. Gosta de causar boa impressão junto aos seus clientes. É um profissional antenado e exigente. Objetivos

pessoais:

Casar

e

construir uma família com sua noiva Marina Ruiz, de 24 anos.

Objetivos profissionais: Aumentar

sua cartela de clientes e tornar-se sua empresa referência em engenharia.

15


16


MARCA

17


CORES As

cores

empregadas

na

identificação da marca Dandi Alfaiataria são: o azul PANTONE 532C, o azul PANTONE 534C, o bege, PANTONE 7528C o cinza PANTONE COOL GRAY 3C.

A fidelidade na reprodução das

cores é um item fundamental para garantir a consistência da Imagem Corporativa.

É

necessário

verificar

sempre a fidelidade das tonalidades comparando-as sempre com a escala Pantone Solid Coated.

18


TIPOGRAFIA

A família tipográfica padrão utilizada é a Gotham

Book, e como tipografia secundária deverão ser utilizada as variações Gotham Light e Gotham Bold.

GOTHAM BOOK ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvwxyz 0123456789 GOTHAM LIGHT

GOTHAM BOLD

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvwxyz 0123456789

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvwxyz 0123456789

19


MALHA CONSTRUTIVA

3x

1x

Em caso de impossibilidade de uso

3x

21x

dos meios de reprodução eletrônica

17x

deverá ser utilizada a grade abaixo, para que a marca seja reproduzida da

3x

maneira mais fiel possível.

20


PADRÕES DE APLICAÇÃO

Toda

deverá

representação

ser

feita

nas

da

marca

suas

cores

institucionais. Em hipótese alguma as cores deverão ser alteradas.

No caso de aplicação em fundos

com texturas ou em fotos, é necessário que a aplicação mantenha um contraste com a cor de fundo.

21


USOS INDEVIDOS

Os exemplos ao lado ilustram

situações

de

usos

indevidos

dos

elementos da marca. É fundamental que se observem as instruções que cada um deles traz para garantir o impacto visual e a legibilidade da marca São Paulo.

22


MARGEM DE SEGURANÇA

A área de não-interferência deve

ser equivalente a, no mínimo, a largura da letra “N” em relação aos limites do campo gráfico demarcado acima pela linha vermelha.

23


APLICAÇÕES

24


CARTテグ

25


PAPELARIA

26


PAPELARIA

27


VINÍCIUS ALVES 28


Brandbook - Dandi