Page 32

q VILAS DO ATLÂNTICO - 40 ANOS

“Moro há 28 anos em Vilas e não penso em morar em nenhum outro lugar”. Lícia Borges (esq.). Piscinas naturais da praia de Vilas do Atlântico

u Continuação da página 31

e jornais. Só a Vilas Magazine continua. O empresário tem que saber olhar para Vilas do Atlântico”, ressalta Oscarito. Oscarito se lembra também que as casas aqui eram lindíssimas, muito bem conservadas, padrão de luxo, mas em compensação nem o pão você achava. “Pão por aqui só tinha no bairro de Portão, a padaria inclusive existe até hoje. O que salvava todo mundo era o Me Esqueci, que não era um restaurante, não era um mercado; era tudo junto, tinha cerca de 20m², ficava ali próximo onde hoje é o Vilas Village. As famílias chegam para o final de semana, a esposa perguntava: ‘Você trouxe tal coisa?’, e a resposta era quase sempre a mesma: ‘Esqueci!’. Pronto, o nome pegou”. Lícia Borges, 77 anos, coordenadora do Colégio Apoio, viveu essa experiência do veraneio e se lembra muito bem do Me Esqueci. “Meu marido (já falecido) fez nossa casa de veraneio aqui em Vilas em 1983. Na época morávamos em Salvador, eu já trabalhava em escola e ele funcionário da Petrobrás. Vínhamos aproveitar a praia nos finais de semana. Vilas era na época como Itacimirim e Praia do Forte são hoje, apenas passar o final 32 | Vilas Magazine | Setembro de 2019

Profile for Vilas Magazine

Vilas Magazine | Ed 248 | Setembro de 2019 | 30 mil exemplares  

Vilas Magazine | Ed 248 | Setembro de 2019 | 30 mil exemplares

Vilas Magazine | Ed 248 | Setembro de 2019 | 30 mil exemplares  

Vilas Magazine | Ed 248 | Setembro de 2019 | 30 mil exemplares

Advertisement