__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

I M P R E S S O

ENVELOPAMENTO AUTORIZADO PODE SER ABERTO PELO CORREIO

Grau em foco no Fashion & Acessórios Um ícone da moda italiana em

Mondo Fashion

R$ 9,90

Hoyalux HOYA

O consumidor e o universo digital em Dicas & Estratégias


M A R C H O N E Y E W E A R I N C . - M a r c h o n B r a s i l 0 8 0 0 7 0 7 1 5 1 6 S t y l e CK7859S


sumário

julho:2013

planeta óculos

4

Diário da redação

Editorial

A mensagem do publisher Flavio Bitelman

6

O que moveu a VIEW durante a produção deste número

JK de óculos: a escolhida do mês

8 12

Aconteceu

Cartier: alta joalheria de óculos no Brasil

A cobertura dos eventos de óptica no Brasil

Jogo Rápido As notícias do universo dos óculos

14

A Óptica no Mundo As novidades das maiores corporações ópticas do planeta

Regina Duarte: boa de óculos em dia de festa

16

Hall of Frames Famosos e seus óculos

sucesso

Fossil: renovação com a Safilo

18

Espaço do Eric O colunista Eric Gozlan encerra a série sobre óculos infantis

20

Dicas & Estratégias Provar A professora do Provar, Carolina Terra, trata da influência do universo digital 2

VIEW 132

julho:2013


sucesso

24

Varejo & Experiência O recado do colunista Richard Vinic

26

Mondo Fashion Gucci, um dos ícones italianos da moda

Coluna do Miguel

32

Os óculos redondos são o tema do colunista Miguel Giannini

37

Vitrine Os lançamentos de produtos da temporada

galeria

38

Um outro olhar As palavras da editora Andrea Tavares

42

visão

Foco

Luciano Szafir: novo rosto da Azzaro

As notícias dos fornecedores do mercado

Hoyalux Hoya

serviços

44

Calendário + Agenda Os eventos de óptica no Brasil e no mundo

47

Anunciantes

48

Nesta edição

Armação do Cipis

Grau em foco: lançamentos, tendências e estilos para o receituário no Fashion & Acessórios, agora parte do miolo da revista, a partir da página 51

A visão lúdica e bem humorada do artista plástico Marcelo Cipis sobre o universo da óptica Divulgação

J. Egberto

Fernanda Guedes

Mauro Nakata

Paty Chequetti


editorial

Viva a diversidade!

publisher Flavio Mendes Bitelman flaviobitelman@revistaview.com.br

editora Andrea Tavares (MTb. 16.030) andreatavares@revistaview.com.br

diretora de arte Débora Nascimento deboranascimento@revistaview.com.br

gerentes de marketing e comercial

Uma das belezas da vida está na diversidade. E diversidade está em conhecer e transitar entre várias “tribos”, tanto na vida pessoal como nos negócios.

Fernanda Ferret fernandaferret@revistaview.com.br Nara Monteiro naramonteiro@revistaview.com.br

Pelo termo “tribo”, quero dizer o grupo de pessoas com ideias e conceitos comuns de vida. Falando de varejo, há a possibilidade de ter uma óptica destinada a uma única tribo ou subdividida em espaços dedicados a várias tribos.

São Paulo é um bom exemplo. De forma geral, a tribo fashion chique frequenta a Rua Oscar Freire. A tribo underground bate ponto no Baixo Augusta, enquanto a GLBT

sidade de conhecer e ser capaz de dialogar com todas, especialmente no balcão, diante do consumidor. Elementos de estilo por natureza, os óculos são um instrumento e tanto para que as tribos se posicionem, pois geram identidade a cada grupo e, obviamente, proporcionam a melhor visão a seus usuários. E, você, lojista e profissional de óptica, tem muito que colaborar com essa diversidade, sem falar que pode tirar muito proveito dessa estratégia de negócios. Está lançado um desafio para todo o setor: cuidar bem e com sucesso de todas as tribos. Boas vendas!

Flavio Mendes Bitelman Publisher flaviobitelman@revistaview.com.br

Cristiana Brito cristianabrito@revistaview.com.br

gerente administrativa Juliana Vasconcelos administracao@revistaview.com.br Kriz Knack

A marca Absurda, por exemplo, focou seus óculos para uma tribo bem especifica. Mas as mulheres que apreciam os óculos da Chanel fazem parte de outra tribo. E os intelectuais que amam óculos redondinhos também integram outra tribo. Difícil mesmo é saber se cabe uma loja para várias tribos ou frequenta o shopping Frei Caneca e os intelectuais curtem os se o melhor é ter lojas até perto cinemas Reserva Cultural e Espaço Itaú, na região da Paulista. umas das outras, mas cada uma Todas têm a sua verdade, todos seus membros são pessoas focada em uma única tribo - ou, de bem e bacanas. às vezes, nem tão vizinhas assim, já que tribos frequentam regiões Algumas tribos não encararam outras com simpatia, mas diferentes. a beleza da vida está justamente em aceitar e ter a curio-

secretária de redação

gerente de circulação Judith Belleza judith@brandmember.com.br

projeto do logotipo Kiko Farkas (Máquina Estúdio)

projeto gráfico Débora Nascimento

projeto editorial Andrea Tavares

colaboradores Carolina Frazon Terra • Carlo Ferreri Christian Forster • Eric Gozlan Fabrizio Del Ducca • Fernanda Guedes Graziela Canella • Ivani Migliaccio J. Egberto • Kriz Knack • Laís Clemente Marcelo Cipis • Marcio Alek Marisa Giraldis • Mauro Nakata Miguel Giannini • Paty Chequetti Pauliane Claro • Richard Vinic

computer to plate e impressão Ipsis Gráfica e Editora S.A.

circulação Nacional

tiragem 15 mil exemplares

assinaturas 11 3971 4372 assinaturas@revistaview.com.br As opiniões expressas nos artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. Nenhuma parte desta edição (textos ou imagens) pode ser utilizada ou reproduzida em qualquer meio ou forma, seja mecânico ou eletrônico, fotocópia, gravação etc. e tampouco apropriada ou estocada em sistema de banco de dados sem a autorização prévia e por escrito da Jobson Brasil. A revista VIEW é uma publicação da Jobson Brasil Ltda. para o setor óptico-oftálmico. Rua Cônego Eugênio Leite 920 - Pinheiros São Paulo/SP - 05414-001 Tel. 11 3061 9025 Fax 11 3898 1503 revistaview@revistaview.com.br www.revistaview.com.br

4

VIEW 132

julho:2013

www.revistaview.com.br


generaloptical.com.br

/atitudeeyewear

ref: AT5167 G21 - Visite seu oftalmologista regularmente.


o ã ç a d e r a io d

diár

ova n a lha O aí, ! o W l l E I e #H da V cheinha o ã ediç leitor, você a o r a d i p quer nteúdo a mais o d de c gar ain ao seu agre imento tica. ec óp conh dia na ente! dia a com a g Vem

#Fashion&Acessórios Com esta edição, você recebe a versão receituário do suplemento Fashion & Acessórios com os lançamentos da temporada classificados em estilos e tendências. Trata-se do resultado de uma produção e tanto: é hora de receber na redação centenas de peças para, então, selecioná-las e produzi-las para as fotos, uma missão para a editora Andrea Tavares, que então incumbe a secretária de redação, Cristiana Brito, acompanhar a sessão de fotos, executada pela equipe do estúdio Becaclick. Com as fotos prontas, Andrea retoma o trabalho, escolhe as fotos e escreve os textos, que recebem as ilustrações do ilustrador de moda, Marcio Alek, e o toque final da diagramação de Débora Nascimento, nossa competente diretora de arte. Foi um prazer, mais uma vez, contar com o talento de Alek (ele já tinha colaborado no Fashion & Acessórios, que circulou na VIEW 124, no ano passado). Vai lá: o suplemento começa na página 51.

#REVISTAVIEW Tendo como inspiração a conexão do real com o virtual da seção “Enquanto isso na Web...” do DIÁRIO VIEW, lançamos na edição passada, sempre na página do Fale com a VIEW, a seção #REVISTAVIEW, exibindo foto publicada no Instagram com a hashtag (em inglês, o sinal de jogo da velha que vem na frente dos assuntos para classificá-los nas redes sociais, cuja pronúncia é algo como “RÉ-chi-té-gui”) #revistaview. E logo que a revista começou a circular, o Facebook passou também a usar esse recurso. Com isso, a partir de agora, a gente vai monitorar a nossa hashtag nas redes sociais e, a cada edição, escolheremos a melhor imagem para publicá-la (com o devido crédito). Participe!

Antes e depois: Roberto Civita em dois momentos no Hall of Frames

#Inspiração O presidente da Abril, Roberto Civita, morreu em 26 de maio e, além de reverenciarmos sua competência de comandar com maestria um dos mais importantes grupos editoriais do país, a gente se lembrou de uma passagem curiosa sobre Civita nas páginas da VIEW Foi em 2000, na edição 23, quando publicamos uma foto dele na então recém-criada seção Hall of Frames. Naquela época, a moda ainda vivia tempos menos democráticos e, por conta disso, sua armação estava um pouco fora dos padrões de então e, por conta do tamanho grande, as lentes bifocais do tipo executivo (aquelas com uma separação bem visível que as dividem ao meio) apareciam ainda mais. Semanas depois, o publisher da VIEW, Flavio Bitelman, recebeu uma simpática correspondência de Civita agradecendo o “toque” sobre a armação e comentando que tinha acabado de voltar de uma visita ao óptico e colunista da revista, Miguel Giannini, para renovar seus óculos. E na VIEW 46, já em 2003, a gente teve a oportunidade de publicar mais uma foto, dessa vez com seus óculos novos ☺

www.facebook.com/revistaview www.twitter.com/revistaview www.revistaview.com.br revistaview@revistaview.com.br 6

VIEW 132

julho:2013

VIEW

” = “VÍ-u

#AtéLá A gente deseja a você, querido leitor, uma ótima leitura. Daqui a pouco a VIEW 133 chega por aí cheia de pautas quentes, prontinha para circular durante a Sunglasses Business Point, também conhecida como a feira de Angra.

Arquivo VIEW

julho:2013

diário da redação


jogo rápido

o que é noticia no mercado

Lentes de contato possibilitam

visão telescópica

Desenhada para ajudar pacientes que

para Desenhada ntes que ajudar pacie perda de sofrem com e nada à idad visão relacio é invenção já avançada, a iça do alvo de cob rteexército no americano.

sofrem com perda de visão

relacionada à idade avançada, a invenção já é alvo de

cobiça do exército norteamericano.

Nada de binóculos ou lupas para aumentar imagens para quem usar as lentes de contato que estão sendo desenvolvidas por pesquisadores nos Estados Unidos e na Suíça. Combinadas com óculos especiais 3D, as lentes têm a capacidade de aumentar a imagem vista pelo olho nu em 2,8 vezes. O efeito é atingido graças aos filtros polarizadores dos óculos, que enviam a luz para o anel localizado ao redor da região central da lente. O anel possui pequenos espelhos de alumínio, distribuídos em um padrão que permite que a luz seja refletida quatro vezes até que a imagem (já ampliada) seja dirigida à retina. O usuá-

rio pode escolher se quer a visão normal ou a ampliada ao alterar o filtro dos óculos, que foram desenvolvidos a partir dos óculos comercializados pela Samsung para seus televisores 3D. A invenção foi elaborada para ajudar pessoas que sofrem com cegueira relacionada à idade, a degeneração macular, que afeta justamente a área que possibilita a visão de detalhes, causando dificuldades para dirigir, ler ou reconhecer rostos. Mesmo tendo a aplicação médica como seu primeiro objetivo, há outro tipo de usuário que está de olho na

inovação: o exército norte-americano, que está financiando o estudo por meio do Darpa, seu organismo de fomento à pesquisa. De acordo com os pesquisadores, usar a tecnologia para esse fim será mais complexo, já que o cuidado com uma pessoa de visão perfeita tem de ser ainda maior em relação a alguém que está com a visão deteriorada.

Cientistas descobrem nova camada da córnea Saiba por que a Camada de Dua poderá tornar os transplantes mais seguros e precisos e melhorar o entendimento de doenças dos olhos. Ela se chama Camada de Dua e foi batizada com o nome de seu descobridor, o professor indiano Harminder Dua. Apesar de pequena (com espessura de 15 mícrons, unidade que equivale a milionésimos de metro), a descoberta poderá melhorar os resultados de cirurgias de transplantes de córnea, aumentando sua segurança e precisão. O estudo foi realizado pela universidade de Nottingham, na Inglaterra, e publicado pelo jornal acadêmico norte-americano Ophthalmology. De acordo com Dua, “há muitas doenças que afetam a parte posterior da córnea e que clínicos de todo o mundo estão começando a relacionar à presença, à ausência ou ao rompimento dessa camada”. A pesquisa foi realizada em órgãos doados a bancos de olhos das cidades britânicas de Bristol e Manchester. Os estudiosos injetaram pequenas bolhas de ar para separar as diferentes camadas, podendo, assim, melhor analisá-las em microscópio. A córnea humana é uma lente protetora do olho que permite a entrada de luminosidade. Outras cinco camadas 8

VIEW 132

julho:2013

a compõem: epitélio, membrana de Bowman, estroma, membrana de Descemet e endotélio. A Dua fica localizada na parte posterior da córnea, entre o estroma e a membrana de Descemet. De acordo com o estudo, apesar de pequena, a camada é forte, aguentando até dois bars de pressão (unidade de medida que equivale aproximadamente a uma vez a pressão atmosférica ao nível do mar). Ao ter conhecimento sobre suas propriedades e localização, cirurgiões poderão injetar bolhas de ar próximo à camada de Dua, a fim de avaliar a sua força como uma estimativa da qualidade da córnea e sua probabilidade de rompimento durante uma cirurgia. A descoberta pode ainda ter um grande impacto no avanço do entendimento de doenças como o ceratocone, uma deformidade da córnea. Cientistas acreditam que essa doença possa estar ligada a um rasgo na camada de Dua, alterando o formato da córnea. O artigo pode ser lido na íntegra, em inglês, no link http://goo.gl/VSkh1. www.revistaview.com.br


jogo rápido

o que é noticia no mercado

é o total estimado da população mundial menor de 18 anos sem acesso à correção visual

30

por cento

Fonte: Boston Consulting Group em www.visionimpactinstitute.org

anúncios

Você tem comentários, sugestões, críticas ou dúvidas sobre a VIEW? Ou então quer divulgar notícias de lançamento de produtos ou novidades sobre a sua óptica? Faça contato com a editora Andrea Tavares na redação.

Deseja anunciar? Procure uma das gerentes de marketing e comerciais da Jobson Brasil. m

matérias

Fernanda Ferret Tel. 11 3061 9025 ramal 109 fernandaferret@revistaview.com.br

Andrea Tavares Tel. 11 3061 9025 ramal 105 andreatavares@revistaview.com.br

ra

t edi

o

e

assuntos gerais

Mido 2009: em Nova Iorque, durante a Vision Expo ast, os líderes italianos anunciaram as mudanças do de algum maior evento de óptica do planetaEstá paraprecisando o próximo ano

secr e

Cristiana Brito Tel. 11 3061 9025 ramal 108 cristianabrito@revistaview.com.br

er com cial Nara Monteiro Tel. 11 3061 9025 ramal 104 naramonteiro@revistaview.com.br

ão aç

apoio ou esclarecimento e não sabe como fazer? de red ria Fale com a secretária de redação. tá

rketing ma

VIEW

Tem perfil no Instagram ou no Facebook e tirou uma foto linda e/ou criativa que tem tudo a ver com óculos, visão, óptica ou algo mais relacionado ao mercado? Publique com a hashtag #revistaview e então sua imagem pode ser publicada na VIEW.

atendimento ao assinante Quer assinar a VIEW? Já é assinante e tem alguma dúvida? Ligue para a nossa Central de atendimento no 11 3971 4372.

ke ar

tin g e

c

ercial om

fale com a

JK usa óculos: foi tirada em Brasília, mais precisamente no Memorial JK, a foto escolhida para esta edição. Visitando a capital federal, o mineiro Jolimar Scardua, do marketing do laboratório PSA Nilo, deu o toque final com óculos solares à escultura de Juscelino Kubitschek e sua mulher, Sarah.


0 1 13 0 3 7 . 8 8 8 8

@l u x x b r a s i l

/ l u x x b r a s i l


aconteceu o que anda acontecendo por esse Brasil afora

GO lança a alta joalheria da Cartier As lojas da Cartier no Rio de Janeiro e em São Paulo respectivamente, em 5 de junho no Shopping Village Mall e em 6 de junho no Shopping Cidade Jardim receberam o evento de lançamento da coleção de óculos de alta joalheria da Cartier, grife distribuída em solo nacional pela GO.

Rio de Janeiro Eliane Gonçales (GO) e Adrian Barzola (Cartier) Adrian Barzola (Cartier) com Silvia Alves e Diana Reis (Lunetterie, Rio de Janeiro)

Marcelo Benchimol (Benoptic, Rio de Janeiro) e Tadeu Neves (Ótica Visão Central, Rio de Janeiro)

São Paulo

Eliane Gonçales, Simone Canto e Amanda Tierling (Ótica São José, Porto Alegre)

Eliane Gonçales (GO) e Sueli Thiago (Óticas Wanny, São Paulo)

Eva Fernandes, Gabriel Costa e Vivian Thiago (Óticas Wanny, São Paulo) Eliane Gonçales, Celso Ribeiro, Joyce Lin e Alessandro Ribeiro (GO)

12

VIEW 132

julho:2013

Divulgação

Norberto e Oriete Farina (Mitani, São Paulo)


VERSATILITY YOU’VE NEVER SEEN BEFORE FROM WORK TO SPORT AND BACK AGAIN. WITH UNMATCHED DURABILITY AND ALL-DAY COMFORT, THE CROSSLINK® PRESCRIPTION FRAME KEEPS UP WITH EVERYTHING

OAKLEY PRESCRIPTION COLLECTION + MARK CAVENDISH | PRO CYCLIST

©2013 Oakley, Inc. | SAC 4003-8225 | Facebook.com/OakleyBRPerformance


Novo centro de pesquisas A corporação francesa anunciou a criação de um centro de pesquisas em parceria com a Universidade de Medicina de Wenzhou, cidade da província chinesa de Zhejiang. A parceria tem por objetivo estabelecer uma plataforma dedicada de pesquisas sobre a ciência da visão e o primeiro alvo será a miopia infantil. Os trabalhos serão conduzidos pelo Hospital do Olho da universidade, um dos mais importantes centros de pesquisa sobre ciência da visão e oftalmologia do país. A relação da Essilor com essa universidade chinesa já ocorre há mais de uma década em vários projetos de pesquisa e, nos últimos anos, a empresa de lentes oftálmicas tem trabalhado em cooperação com outros centros universitários do país em projetos como controle da miopia, novos materiais para lentes e tecnologia dos tratamentos. Segundo o vice-presidente mundial de Pesquisa e Desenvolvimento da Essilor, Eric Perrier, a parceria com organizações de pesquisa de vários países tem sido decisiva para a estratégia de inovação da empresa. “Considerando o impacto da miopia na vida das pessoas, é responsabilidade da Essilor, como líder mundial no campo da óptica oftálmica, contribuir ativamente para investigar as causas e os caminhos para combater esse transtorno visual com cientistas de ponta”, declarou.

Divulgação

Essilor

a óptica no mundo um giro pelo universo da óptica

Safilo e Fossil Ampliação de parceria Em julho, a Safilo anunciou a renovação da licença para criação, produção e distribuição dos óculos da marca norteamericana Fossil, válida até 31 de dezembro de 2018. O novo contrato foi ampliado: antes, a licença previa apenas armações de receituário com distribuição para Canadá e Estados Unidos e agora inclui também os óculos solares com comercialização em caráter mundial. Segundo o CEO (do inglês, "Chief Operating Officer", sigla que denomina o cargo de diretor executivo) da Safilo, Roberto Vedovotto, a expansão da licença traz atraentes oportunidades de negócios, inclusive na América Latina.

Anfao e Mido Marcolin: mais quatro anos

Schneider Aquisição da Team Henrich & Krall A fabricante alemã especializada no processamento de lentes oftálmicas assinou um acordo para a compra de ações da Team Henrich & Krall GmbH, empresa alemã fundada em 1992 e conhecida no mercado europeu pelo seu portfólio de soluções automatizadas para desblocagem, limpeza e coloração de lentes oftálmicas. Os valores da transação foram mantidos em sigilo. Apesar da aquisição, a estrutura da Team Henrich & Krall, que tem sede na cidade de Dreieich, permanecerá intacta e a dupla de fundadores, Dieter Henrich e Jurgen Krall, seguirá no comando. Essa negociação garante a Schneider a expansão de sua atuação no mercado, passando a oferecer um leque completo de produtos e serviços na produção de lentes oftálmicas.

Na primeira quinzena de julho, o empresário Cirillo Marcolin (Marcolin) foi eleito por mais quatro anos para a presidência da Anfao, a Associação italiana de fabricantes de produtos ópticos, que promove a Mido, a feira óptica realizada todo mês de março, em Milão. No cargo há dois anos, Marcolin tem um novo companheiro na vice-presidência: Giovanni Vitaloni (Nico Design). Além de Marcolin e Vitaloni, o conselho diretivo da entidade nessa nova gestão é composto por Maurizio Dessolis (De Rigo), Callisto Fedon (Fedon), Giovanni Accongigioco (Italia Independent), Elena Mazzucchelli (Mazzucchelli 1849) e Cristiano Milone (Mirage). Já o comitê executivo da Anfao passa a ser formado por Elena Berton (Arlecchino), Carlo Dorigon (Gatto Astucci), Antonio De Silvestro (Di Esse), Claudio Francavilla (Luxottica), Salvatore Galvano (Lastes), Maurizio Roman (Safilo), Luca Talamona (Nomec 92), Andrea Valmassoi (Trevi Coliseum), Gianni Vetrini (Barberini) e Massimiliano Baruffa (Allison).

Fonte: V-Mail, o informativo virtual do Vision Monday, publicação da Jobson Publishing.

14

VIEW 132

julho:2013

www.revistaview.com.br


hall of gente famosa e seus óculos

Frames

Celebridades que desfilam seus óculos diante dos flashes Fotos J. Egberto

A jornalista Cora Rónai escolhe uma armação de acetato preto marcante para emoldurar seu rosto

O look é de festa e os óculos também: a atriz Regina Duarte caprichou no social e dá um ótimo exemplo que é possível ser linda de óculos mesmo em festas

16

VIEW 132

julho:2013

Boa a harmonia entre a armação de acetato de padronagem tartaruga e o rosto do ator Rodrigo Pandolfo

O charmoso modelo redondinho de acetato caramelo ficou muito bem no ator Umberto Magnani


O ator Carlo Porto opta por um estilo comportado com a armação de metal de ponte dupla, mas seu rosto permite um modelo um pouco maior

Belas armações são o forte do humorista Claudio Manoel, que nunca deixa de lado o estilo quando o assunto são óculos. Dessa vez, o ex-Casseta escolheu um look geométrico de linhas retangulares trabalhado no contraste entre o frontal cinza e as hastes pretas Uma armação de acetato bicolor é a escolha do ator João Miguel para complementar seu perfil criativo

A armação escura de inspiração Wayfarer cai bem no rosto do diretor e ator Wolf Maia

www.revistaview.com.br

A atriz Julia Fajardo coloca em prática o conceito de que solares de proporções avantajados, além de serem uma ótima declaração de estilo, são ótimos para proteger do sol e seus indesejáveis companheiros, os raios ultravioleta


tecnologia com Eric Gozlan

eric gozlan

espaço do eric

o óptico francês está estabelecido em Curitiba com a óptica Eric Gozlan Lunettes

O colunista Eric Gozlan encerra a série sobre o público infantil, que traz dicas para o atendimento dos usuários mirins de óculos na volta às aulas, falando das hastes, da escolha da ponta e da venda do segundo par.

par

volta às aulas 3

te

Um guia para a

Não há dúvidas de que a boa visão é o passaporte para uma boa performance na escola. Por isso, é sempre bom orientar seus clientes para cuidarem dos óculos das crianças na volta às aulas. Veja agora as três últimas dicas para enriquecer seu atendimento ao público infantil sobre a escolha das hastes e da ponte e ainda a venda do segundo par.

7. A escolha da ponte

8. A escolha das hastes

O nariz das crianças nem sempre é facilmente adaptável aos óculos. É preciso escolher uma ponte que assenta bem e de forma confortável no nariz. Com frequência, pontes estreitas machucam e marcam por não se ajustarem perfeitamente nas laterais do nariz. O melhor é provar diversos modelos e verificar o mais confortável e bem ajustado.

Os óculos nunca podem pressionar as têmporas. Por isso, é importante escolher uma armação suficientemente larga a fim de que as hastes fiquem rentes, mas sem apertar. Hastes flexíveis são as mais recomendadas porque são capazes de resistir às atividades das crianças. Além disso, há vários tipos de ponteiras que asseguram o máximo de conforto atrás da orelha sem deixar cair os óculos. Um ajuste mais preciso pode ser necessário: em vez de simplesmente curvar as ponteiras, a dica é dobrá-las, seguindo a curva exata da orelha. Um cordão ou um elástico pode evitar a queda dos óculos. Charneiras flexíveis para as crianças maiores de cinco anos ou as que usam os óculos apenas em determinadas situações são uma opção interessante, já que os pequenos costumam tirar os óculos com apenas uma mão.

9. O segundo par

Paty Chequetti

Geralmente, crianças não cuidam dos seus óculos. E quando um par quebra ou é perdido, a solução é ter um reserva, sobretudo no caso de altos graus, para a criança que não pode viver sem seus óculos. Para a prática de esporte, o segundo par é indispensável, pois, ao usar a armação principal, correrá um grande risco de quebrá-la, obrigando os pais a investir em um novo ou dois novos pares. Vale aproveitar a oportunidade para conversar com os pais a respeito da compra de um segundo par.

Boas vendas!

positivo, operante! Quer conversar sobre esses e outros assuntos técnicos com Eric Gozlan? Faça contato espacodoeric@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

18

VIEW 132

julho:2013


dicas & estratégias

desempenho profissional em jogo

A influência do

universo

A professora Carolina Frazon Terra trata sobre o novo consumidor, hoje munido do “poder digital”, e como esse novo cenário mudou a sua forma de expressão em mais um artigo da parceria entre a VIEW e a renomada instituição educacional para o varejo, o Provar.

20

VIEW 132

julho:2013

Artigo Carolina Frazon Terra Ilustração Mauro Nakata

Será mesmo que o universo digital modificou a forma como o consumidor se comporta? A impressão que se tem é que o digital realmente alterou a forma como as pessoas consomem produtos, informações, relacionamentos etc. A internet, os computadores e os smartphones trouxeram novas e muitas formas de expressão, pesquisa e consulta, o que altera as decisões de compra e obriga a olhar para a comunicação de marcas, produtos

www.revistaview.com.br


digital e serviços de uma forma diferente. A partir daí, vale um exercício de análise em torno de alguns temas que impactam, sobretudo, o marketing, a comunicação e a percepção das pessoas em relação às marcas.

Cheio de poder - O novo consumidor é ativo, exigente, municiado de ferramentas e habilitado pelo arsenal de mídias sociais para colocar a boca no trombone e fazer estragos, se for da vontade dele. Os novos formadores de opinião auxiliam a disseminar mensagens e a elevar assuntos à condição de destaque, influenciam audiências e contribuem para a construção ou para o fracasso de marcas, produtos, serviços etc. Do ponto de vista das marcas e das empresas em geral, é preciso analisar tais comportamentos e oferecer ambientes de discussão, debate e sugestão. Assim, a marca prestigia o consumidor e ainda fica bem diante dele. Crowdsourcing e colaboração - O modelo de crowdsourcing (do inglês, algo como “multidão como fonte”, termo que define desenvolvimento de produtos e serviços a partir da sabedoria das multidões; a fonte é a “massa”) tem se destacado em muitas ações de sucesso de várias marcas. Trata-se de deixar a cargo das suas audiências a criação ou a cocriação de produtos, serviços e ideias. Há bem-sucedidos exemplos dessa estratégia de comunicação e relacionamento tanto na América do Norte como no Brasil. Por lá, podem-se destacar a My Starbucks Idea (http://goo.gl/agBT), da gigante dos cafés Starbucks, e a Idea Storm (http://goo.gl/CTrWL), lançada pela corporação de computadores Dell. No Canadá, o Mc Donald’s local lançou a Our food, your questions (http://goo.gl/vWSFk). E, por aqui, a indústria automotiva tem investido nesse segmento, como a Fiat com a Fiat Mio (http://goo.gl/hkGKJG) e a Ford com a New Fiesta Stories (http://goo.gl/AnlkBJ). O consumidor sempre foi considerado peça central, mas agora, mais que seu reinado, passou a ter poder de deliberação e expressão e de influir diretamente naquilo que consome. E nesse novo cenário ganham as marwww.revistaview.com.br


dicas & estratégias

desempenho profissional em jogo

cas que conseguirem estabelecer conexões emocionais com seus públicos, envolvendo-os, inspirando-os e fornecendo ferramentas para isso. O crowdsourcing parece ser a abertura que as corporações estão dando ao conteúdo gerado pelo consumidor e à sua participação. É a comunicação de mão dupla surgindo com força.

A interação nas mídias sociais - As marcas já não são mais simplesmente fruto de corporações formais e engessadas. A humanização e a tendência de se portarem de forma mais pessoal e gerando diálogo as tornam mais próximas do ser humano que da figura corporativa e distante. Nos Estados Unidos, uma interação entre dois gigantes do ramo de alimentos chamou a atenção dos usuários de mídia social: o chocolate Kit Kat, da Nestlé e produzido em solo norte-americano pela The Hershey Company, e o biscoito de chocolate Oreo, de propriedade da Nabisco, disputaram o coração de uma internauta no Twitter de forma inteligente e bem humorada (http://goo.gl/h91lkp). Também no Twitter, no Brasil, uma ação espontânea entre o Pinguim, personagem do Ponto Frio, e a revista Nova (http://goo.gl/XAELd) gerou uma repercussão positiva e tanto no Brasil. O caso da Kit Kat e da Oreo foi sensacional: um embate absolutamente saudável entre as marcas culminou na disputa pelo coração de uma usuária comum e propôs até um jogo da velha divertido com os “f ingers” (do inglês, “dedos”, forma pela qual as barrinhas de Kit Kat foram batizadas, já que vêm em “fileirinhas” na embalagem). Resultado: exposição para lá de positiva para ambas as marcas e uma consumidora feliz e provavelmente embaixadora tanto da Kit Kat como da Oreo para todo o sempre. Já o caso da Nova foi uma pergunta provocativa para seu público que gerou uma resposta bem humorada, bem colocada e pertinente do Ponto Frio. Resultado: uma enxurrada de elogios das audiências e uma visibilidade muito positiva para as marcas envolvidas. Uma tela a mais - Atualmente, a expressão “segunda tela” tem sido usada para indicar o hábito de ver tevê na primeira tela e navegar na web em uma segunda (ou seja, o computador, o tablet ou o smartphone). Tudo ao mesmo tempo. Muito se fala sobre esse novo hábito dos usuários. Por vezes, estão vendo um programa de tevê e passam a comentar e acompanhar o que é dito a seu respeito. E, por vezes, estão na internet, veem outras pessoas comentando e partem para a tevê a fim de participar. Porém, segundo dados de uma pesquisa do instituto Ipsos Marplan, encomendada pelo portal Terra e divulgada na primeira quinzena de abril, entre os 64% dos internautas brasileiros que assistem a tevê conectados à web, apenas 7% focam no televisor. Isto é, grande parte dos internautas possui o computador, o tablet ou o smartphone como primeira tela. O estudo ainda aponta que 44% dos internautas conseguem dividir a atenção entre a tevê e os outros meios; já 49% procuram, preferencialmente, saber o que está acontecendo em redes sociais, sites e blogs. O curioso é que ainda que o foco seja na internet e no dispositivo móvel usado para acessá-la, a tevê gera muita pauta nas redes: 38% dos assuntos comentados nas redes sociais se originam na televisão.

Offline e online - Características como interatividade, participação, cocriação e inovação colaborativa já são parte inerente ao dia a dia de quem consome mídias sociais, mas passam a atingir também as empresas que estão participando desses 22

VIEW 132

julho:2013

ambientes digitais. Antenar-se a comportamentos dos públicos como os que acessam simultaneamente mais de uma mídia também é um caminho fundamental para quem quer se destacar no novo mundo digital. Exercitando minha capacidade de previsão de tendência, posso dizer que mobilidade, instantaneidade, relacionamento e interação serão - se já não são! - os destaques. A integração entre offline e online também será cada vez maior e, portanto, menos sentida pelas pessoas, que serão capazes de enxergar e experimentar interatividade em quase tudo o que se faz no cotidiano sem se ater a isso, como se faz hoje. Será que as marcas estão prontas para essa nova onda? E você e sua óptica, estão?

A professora Carolina Frazon Terra (www.twitter.com/carolterra) é doutora e mestre em Interfaces sociais da comunicação, especialista em Gestão estratégica da comunicação organizacional e relações Públicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. É autora dos livros Blogs corporativos, modismo ou tendência? e Mídias sociais... e agora? e dos blogs RPalavreando (http://goo.gl/TSQtk) e Relações (http://goo.gl/rhyar).

positivo, operante! Quer conversar mais sobre varejo com a professora Carolina Terra? Escreva para revistaview@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

www.revistaview.com.br


OS OLHOS QUE SUAS CLIENTES SEMPRE SONHARAM...

...E O CONFORTO QUE ELAS PRECISAM POR ATÉ 16 HORAS . 1,2,3

FreshLook e OPTI-FREE PureMoist* a combinação completa para usuários de lentes de contato. ®

®

Para adquirir as lentes de contato coloridas FreshLook , os produtos ALCON Vision Care e materiais de merchandising, contate hoje seu representante de vendas Alcon . ®

®

®

www.freshlook.com.br Para informações sobre soluções Opti-Free :

Para informações sobre lentes de contato:

®

Referências: 1. Data on file, Alcon Research Ltd. 2. Lally J, Ketelson H, Borazjani R, et al. A new lens care solution provides moisture and comfort with today’s CLs. Optician. 2011. Available at http:// business.highbeam.com/410120/article-1G1-252396346/new-lens-care-solution-provides-moistureand-comfort. Accessed June 1, 2011. 3. Davis J, Ketelson HA, Shows A, Meadows DL. A lens care solution designed for wetting silicone hydrogel materials. Poster presented at: ARVO; May 2010; Fort Lauderdale, FL. As lentes de contato, mesmo se usadas por razões estéticas, são dispositivos médicos que só devem ser usadas sob a supervisão de um oftalmologista. Sérios problemas de saúde nos olhos podem ocorrer como resultado de compartilhamento de lentes de contato. Veja as instruções do produto para o uso completo, cuidados e informações de segurança. Registro Anvisa: FreshLook ColorBlends 10006850027, FreshLook Colors 10006850027 e FreshLook One Day 80153480055 e Opti-Free PureMoist* 80147540182 © 2013 Novartis Junho/2013. ®

®

®

®

®


Richard Vinic fala sobre varejo

André Penteado

Richard Vinic

varejo & experiência

Richard Vinic é palestrante, consultor, professor e apaixonado pelo mundo das compras

Os experimentos de Skinner e o

consumidor O que os estudos e os experimentos do psicólogo norte-americano Burrhus Frederic Skinner, que datam da década de 50, podem contribuir para as estratégias de marketing e relacionamento com os clientes? Vale traçar um breve resumo das descobertas desse pioneiro da psicologia experimental, descrevendo o comportamento dos ratos em sua famosa experiência. Skinner descobriu o condicionamento operante, isto é, um mecanismo comportamental que associava premiação ao comportamento. O estudioso desenvolveu a “caixa de Skinner”, em que colocava um rato e o privava de água. Naturalmente, o animal apresentava vários comportamentos aleatórios e, quando se aproximava de uma barra colocada perto da parede da caixa, Skinner introduzia uma gota d’água por meio de um mecanismo. O rato, que estava com sede, a bebia. As próximas gotas eram oferecidas quando o rato se aproximava um pouco mais da barra. As outras, quando encostava o nariz. Depois, as patas. E, assim, por diante até que o rato pressionasse a barra dezenas de vezes até saciar completamente sua sede. Com isso, Skinner observou que os comportamentos do rato, que eram seguidos de um estímulo reforçador (a água), aumentavam de frequência, enquanto os tais comportamentos aleatórios, como roer, coçar-se e andar sem destino, diminuíam. Tendo os estudos de Skinner como base, pode-se pensar em muitas das estratégias de marketing para que o cliente “volte sempre” à óptica. Um dos maiores desafios de qualquer varejista é acertar o estímulo capaz de positivo, operante! Está a fim de falar mais sobre varejo com Richard Vinic? Faça contato varejoexperiencia@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

24

VIEW 132

julho:2013

fazer o cliente não comprar apenas uma única vez, mas retornar outras vezes, adquirindo novos produtos e serviços, tal qual o rato do experimento de Skinner, aproximando-se cada vez mais da barra que acionava a liberação da água para seu consumo. Promessas como prêmios, descontos, brindes, entre outras ferramentas utilizadas, seguem essa estrutura. Pode-se classificar em quatro tipos os reforços normalmente utilizados pelo varejo. Há o positivo, que é percebido pelo consumidor como ganho (atendimento de qualidade, bom brinde, excelente promoção etc.); o intermitente, em que às vezes se ganha, e pode ser traduzido como promoção por tempo limitado, oferta relâmpago, sorteio etc. e o negativo, que, geralmente, é considerado maravilhoso pelo lojista, mas cujo ganho não satisfaz o cliente (chaveirinho, desconto pequeno etc.). O quarto é a punição, em que o consumidor se sente castigado, prejudicado e, assim, tende a punir de volta, deixando, por exemplo, de consumir determinado produto ou marca ou ainda parando de frequentar uma determinada loja. Pensando nas relações com o cliente, de que forma o experimento de Skinner pode ser útil? Para começar, é preciso entender as privações pelas quais o cliente passa (o ratinho estava privado de água). Reconhecendo a “privação” que o cliente busca saciar, isto é, a necessidade que deseja atender, é hora de trabalhar o estímulo adequado, utilizando o conceito de condicionamento operante, em que o consumidor busca reforços positivos como promoção, bom atendimento, brinde, vantagens ou descontos. Trabalhar com comportamentos pode ser uma estratégia bastante eficiente para as vendas, sabendo colocar cada gota d’água no momento certo para que o cliente compre uma, duas, várias vezes e sinta-se recompensado (satisfeito) por ter procurado aquela loja. Agora é hora de partir para a ação. Pense, que “gota d’água” que você pode colocar na relação da sua óptica com os clientes? www.revistaview.com.br


INSPIRADOR ESTIMULANTE

INOVADOR

Mundial da Óptica

P A R I S


mondo fashion

a tradução do universo fashion

Pesquisa e texto Graziela Canella Concepção Andrea Tavares

Em Londres, a inspiração

Guccio Gucci: inspiração nas luxuosas bagagens dos hóspedes de hotel londrino

Na virada do século 19, aos 19 anos, o italiano Guccio Gucci começou a trabalhar como ascensorista e depois se tornou-se maître no sofisticado hotel Savoy, em Londres. Foi ali que se encantou pelas malas luxuosas dos hóspedes, ornadas com brasões de famílias nobres. Ao retornar a Florença, dois anos mais tarde, abriu uma pequena loja de acessórios de viagem, com malas e valises feitas pelos melhores artesãos da cidade - incluindo membros da própria família, já que seu pai era um artesão. A qualidade de seus produtos logo conquistou a burguesia e a nobreza italianas e nos anos 30 a empresa já vendia bolsas, luvas, sapatos e cintos, inclusive para clientes internacionais. Em 1937, Gucci transferiu sua produção para a margem sul do rio Arno, conhecida como Lungano Guicciardini, na própria Florença, e, um ano depois, abriu sua primeira loja em Roma, na suntuosa Via Condotti. Em 1939, Aldo, Vasco e Ugo Gucci, filhos de Guccio, ingressaram nos negócios da família.

A bolsa Jackie: homenagem à ex-primeira dama e ícone fashion, Jacqueline Kennedy

Sangue azul: a neta dos príncipes Grace Kelly e Rainier de Mônaco, Charlotte Casiraghi, como rosto da campanha Gucci Forever Now, de resgate de ícones

26

VIEW 132

julho:2013


O monograma dos dois “G” entrelaçados remete à grife italiana de luxo mais valiosa do mundo, que se mantém no topo há quase um século graças à constante renovação do estilo combinada ao resgate de seus clássicos.

O nascimento dos ícones

As bolsas com alça de bambu: a criatividade com a escassez de matériasprimas como o couro gerou um novo ícone na história da Gucci 1974: o então James Bond, o ator inglês Roger Moore, flagrado com uma mala Gucci

Já com clientes famosos e prestígio na Itália, a Gucci lançou a bolsa com alça de bambu em 1947. O modelo, que viria a ser um de seus grandes ícones, foi criado graças à escassez de couro do pós-guerra, que levou a empresa a buscar soluções criativas no uso de matériasprimas como náilon e bambu. Pouco tempo depois, a grife também introduziu o logotipo com as iniciais de seu fundador (“GG”), invertidas e entrelaçadas, presente em todos os produtos da marca. O início dos anos 50 foi marcado por mudanças importantes - a morte de Guccio Gucci e a entrada de mais um de seus filhos na empresa, Rodolfo Gucci, responsável pela abertura de uma loja em Milão e outra em Nova York. Também nessa década a Gucci lançou mais um ícone, o mocassim com fivela em forma de um estribo de montaria, e introduziu as cores verde e vermelha, que até hoje são sua assinatura. Nos Estados Unidos, com a abertura de novas lojas em San Francisco, Beverly Hills e Palm Beach, a marca conquistou estrelas de cinema, alavancando rapidamente sua expansão internacional - nos anos 60, abriu unidades em Londres, Tóquio, Paris e Hong Kong. Entre os clientes ilustres que mais contribuíram para criar desejo de consumo pela grife italiana figuram nomes como Grace Kelly, Peter Sellers, Audrey Hepburn e o casal presidencial norte-americano John e Jacqueline Kennedy. Essa última teve até mesmo uma bolsa batizada com seu nome - o modelo Jackie, de couro maleável em forma de trapézio, com alças curtas. Relançado em 1999, o modelo registrou recorde de 6 mil peças vendidas. Calçado icônico: o mocassim com fivela de estribo de montaria e as listras verde e vermelha Década de 60: campanha com o ator britânico Peter Sellers (de costas)

www.revistaview.com.br

julho:2013 VIEW 132

27


mondo fashion

a tradução do universo fashion

Trama de novela

o ícone de soO reconhecimento da marca com etudo, consobr fisticação trouxe fama, dinheiro e, que Aldo ois dep flitos familiares, especialmente de fiscal frau de Gucci foi citado em um escândalo dimennten Dese que envolvia polpudas quantias. que para ram tos e intrigas entre os Gucci colabora iva, criat cia inér a casa entrasse em um período de citate uen freq a além de problemas financeiros e , a Gucci ficou ção da palavra “falência” - ou seja em baixa por um bom tempo. s e palavrões Nos anos 80, arremessos de cinzeiro toria. Para dire da eram comuns na sala de reuniões família a da bro completar, em 1995, o último mem de Aldo, inho sobr dirigir a empresa, Maurizio Gucci, o, em itóri escr seu foi assassinado quando chegava a giani. Reg izia Patr Milão, a mando de sua ex-mulher, s de ano 26 a Anos depois, Patrizia, condenada a prir cum para prisão, pediu permissão à Justiça , ente sam erio sentença em prisão domiciliar. Mist elapap na vam todos os funcionários que trabalha sintomas como da do caso foram acometidos por e enjoos. A ada irritação na garganta, pele rach “a maldide da doença desconhecida foi apelida que se vam dita ção de Maurizio”, pois muitos acre asfant do l tura tratava de uma manobra sobrena r ulhe ex-m sua ma do executivo para impedir que já o, nad ndo aba saísse da cadeia. Tal processo foi iça milanesa se que todos os funcionários da just lação. ape recusaram a mexer nos papéis da

O ano da virada: 1989 Mas a morte de Maurizio e a condenação de sua ex-mulher Patrizia em 1998 não impediram que 1989 fosse um ano chave para a grife, quando o italiano Domenico de Sole, funcionário de um escritório de advocacia norte-americano que prestava consultoria à Gucci, foi escalado para resolver divergências internas da empresa. Foi por seu intermédio que o grupo árabe de investimentos Investcorp adquiriu os 50% do capital da empresa que pertenciam a Aldo, que tinha se desligado dos negócios da família. Em 1993, a saída de Maurizio, neto de Guccio e último membro da família a deixar o grupo, resultou em maioria acionária para o Investcorp. Com Domenico de Sole no comando, a empresa mudou a sede de Milão para Casellina, na região de Florença, e nomeou como diretor criativo o norte-americano Tom Ford - que já trabalhava na equipe de estilo da marca.

A era Tom Ford Além do relançamento de clássicos como as bolsas com alças de bambu e os mocassins com estribo, Tom Ford promoveu uma revolução geral no conceito da grife. O texano passou a comandar todas as etapas além do design de roupas e acessórios, desde a escolha de fotógrafos até o projeto arquitetônico das lojas. Ford também trocou a imagem de divas como Grace Kelly e Audrey Hepburn por ícones pop como Madonna e Tina Turner, além de contar com a stylist francesa Carine Roitfeld (que anos depois se tornaria a editora-chefe da Vogue Paris) e o top fotógrafo de moda, o peruano Mario Testino em suas campanhas. No estilo, a tradição deu lugar à sensualidade e a temas bem mais provocativos, que foram bem recebidos pela imprensa especializada. O glamour voltou à cena na Gucci em camisas justas de cetim, calças de veludo e botas de acabamento metalizado. Entre 1995 e 1996, primeiro ano de Ford na Gucci, a marca contabilizou aumento de 90% nas vendas. De Gucci by Tom Ford: Madonna, em 1995, no VMA, a premiação da MTV norte-americana

A revolução Tom Ford: resgate de clássicos, glamour nas passarelas e luxúria nas campanhas

28

VIEW 132

julho:2013

www.revistaview.com.br


Flora: a echarpe de Grace Kelly que inspirou a primeira coleção de Frida Giannini na marca

Frida Giannini: desde 2004, a diretora criativa da Gucci

Sob nova direção

Gucci Resort 2014: a inspiração foi um fim de tarde na orla de Copacabana

Outra grande transformação começou a tomar forma no ano 2000, quando a grife pertencia a um grupo de acionistas - entre eles, o dono do conglomerado de luxo LVMH, Bernard Arnault, e o líder do conglomerado recém-nomeado Kering, que até março era conhecido como PPR, François Pinault. Com o apoio de De Sole e Ford, Pinault foi privilegiado em negociações pelo controle acionário, tornando-se único proprietário da Gucci em 2004. A dupla, no entanto, se desentendeu com o novo proprietário e deixou a casa de moda. Com isso, a direção criativa da grife ficou a cargo da estilista Frida Giannini. Nascida em Roma, Frida abriu mão do legado criativo de Ford - sua primeira coleção, muito bem recebida comercialmente, foi inspirada em uma echarpe de Grace Kelly dos anos 60, intitulada "Flora", que atribuiu romantismo e feminilidade às roupas e acessórios. O escocês John Ray, que então assinava as linhas masculinas, foi afastado em 2006, e Frida passou a cuidar de todas as coleções. Em junho, a estilista apresentou a linha resort da grife com inspiração no Rio de Janeiro - apesar de nunca ter estado no Brasil, Frida criou cores e estampas que remetem a um fim de tarde na orla de Copacabana, com calças de seda estampada e blazers de alfaiataria. As coleções chamadas de Resort (nome dado a hotéis de lazer de luxo, fora das grandes cidades, em geral instalados à beira do mar) ou Cruise (do inglês, “cruzeiro”) são lançadas para atender, em princípio, a clientela jet-setter (do inglês, expressão que define pessoas da alta sociedade que se deslocam de avião a jato) que se refugiam em destinos paradisíacos durante o inverno no hemisfério norte. Na Europa e nos Estados Unidos, chegam às lojas entre novembro e dezembro e oferecem uma variedade de acessórios e roupas leves e confortáveis, mas luxuosas.

Lojas no Brasil e no mundo

Ícones • Bolsa com alça de bambu • Mocassim com detalhe em forma de estribo • A bolsa Jackie • Estampas florais • As listras verde e vermelha

Austrália: a loja da Gucci em Sidney

Atualmente, a Gucci opera mais de 380 lojas próprias ao redor do mundo. Tem na Europa seu maior mercado, seguido pelos Estados Unidos e o Japão. Em 2008, inaugurou sua maior loja na Quinta Avenida, em Nova York, com três andares e área de mais de 14 mil metros quadrados. O projeto, concebido por Frida Giannini e o arquiteto James Carpenter, conta com iluminação natural por paredes de vidro, piso de mármore branco com listras pretas que se estendem pelas paredes e teto e ainda maçanetas e outros acabamentos de ouro. No mesmo ano, a grife desembarcou no Brasil seguindo os padrões arquitetônicos da loja novaiorquina em um espaço de 470 metros quadrados, no shopping Iguatemi, em São Paulo. Em 2012, a capital paulista também inaugurou a primeira boutique da marca no mundo totalmente destinada ao público masculino e com alfaiataria sob medida, no shopping JK Iguatemi - nos meses seguintes, a mesma proposta foi implementada na China e na Itália. Ao todo, a marca mantém hoje cinco ponto de vendas - uma terceira em São Paulo, no shopping Cidade Jardim, além de uma unidade no shopping Iguatemi, em Brasília, e outra no Village Mall, no Rio de Janeiro. Nova York: a loja-conceito na Quinta Avenida é a maior loja Gucci no mundo

julho:2013 VIEW 132

29


mondo fashion

a tradução do universo fashion

James Franco: o ator e diretor norteamericano é o atual garotopropaganda da coleção masculina

Fiat 500 b y da monta Gucci Edition: des d assinada ora italiana tem de 2011, o icônic o u p decorado ela grife italiana. ma edição limitad carro O a estilo retr nas cores exclusiva interior do mod el ô estampad , de 15 polegadas s da Gucci. As rod o é as são as com o e alumín s as pastilh as de frei dois "G" entrelaç io e calotas o são pin ados do lo tadas com g o verde G o. Até ucci

A marca em números Recordista de vendas internacionais entre as marcas italianas, a Gucci é a segunda grife de maior prestígio na moda depois da Louis Vuitton. Em 2012, seu valor foi estimado em US$ 9,4 bilhões, de acordo com a consultoria britânica Interbrand, ocupando a 38ª posição no ranking das 100 maiores marcas do mundo. Registrou em 2010 um faturamento de € 2,26 bilhões e, no ano seguinte, contabilizou aumento de 18%, além de crescimento de 30% em vendas online e 15% de crescimento na China. Tem como presidente o executivo italiano Patrizio Di Marco - que também é marido de Frida Giannini - e é controlada pelo Kering, conglomerado que também detém grifes como Balenciaga, Boucheron, Stella McCartney e Yves Saint Laurent.

Luxo italiano para os olhos A parceria entre Gucci e Safilo vem de longa data. Teve início em 1989 e a mais recente renovação garantiu a extensão do contrato de licença até 2018. As coleções de óculos femininas e masculinas traduzem o luxo e a constante renovação do estilo da grife, lançando tendências a cada temporada e sempre imprimindo o DNA da marca nas peças.

30

VIEW 132

julho:2013

ica “GÚ-tchi”. A sílaba tôn e a segunda (“-tchi”) é a primeira (“GÚ-”) ma semelhante à é pronunciada de for gaúchos ("tche"). interjeição usada pelos

Pronúncia -

www: Gucci virtual www.gucci.com www.facebook.com/gucci www.twitter.com/gucci www.youtube.com/gucciofficial www.instagram.com/gucci https://pinterest.com/gucci/ iTunes: aplicativo Gucci Style


vitrine o que há de novo no mercado

modelo Caresse d’Orchidées T8140158

Cartier

Caresse d’Orchidées

0800 8889029

modelo T8140146

Filosofia Em 1847, o joalheiro Louis-François Cartier assumiu o ateliê de seu mestre, Adolphe Picard. Seu trabalho logo caiu no gosto da nobreza – depois de criar um serviço de chá em prata para a imperatriz Eugénie, em 1859, Cartier viu seu nome tornar-se sinônimo de prestígio e inovação na joalheria. Em 1904, ganhou a primeira patente de fornecedor da corte inglesa. Hoje, conta com lojas em mais de 230 países, inclusive o Brasil. modelo Panthère de Cartier T8160038

O duplo “C” A inicial dupla com decoração art déco aparece nas hastes de armações com diferentes formatos, pedras e lapidações modelo T8140151

modelo Panthère de Cartier T8160037

Panthère

Um dos símbolos da marca, a pantera apareceu pela primeira vez em 1914 nas criações de Louis Cartier, em homenagem à joalheira Jeanne Toussaint. O felino inspira combinações luxuosas e extravagantes

La Doña O nome presta homenagem à atriz mexicana Maria Felix, que encomendou um colar com dois crocodilos entrelaçados, em 1975. Trinta anos depois, a Cartier lançou uma linha de joias e acessórios de couro em homenagem à musa. Em destaque, o modelo com pavé de 156 brilhantes nas hastes

Tank A série foi lançada em 1988, inspirada nas joias e nos relógios de mesmo nome, lançados em 1917

VIEW 132

julho:2013

Louis Cartier Com a decoração godron, isto é, composta por finas ranhuras - um ícone da marca, lançado em 1913 no design de uma cigarreira - a peça de estética masculina combina ouro branco com acetato preto e 20 brilhantes cravados nas laterais

modelo La Doña T8180022

32

modelo Louis Cartier T8160033

modelo Tank T8140106

www.revistaview.com.br

Divulgação

Distribuidora das coleções de eyewear da joalheria francesa no Brasil, a General Optical passa a contar com as peças de alta joalheria da grife em seu portfólio. A nova série celebra os 30 anos do lançamento da primeira linha de óculos de luxo da Cartier, produzida sob encomenda em ouro maciço (18 quilates) com pedras preciosas, brilhantes cravejados e materiais sofisticados como chifre, madeira e couros nobres.

A orquídea, elemento presente em várias joias da casa, atribui feminilidade e sedução ao modelo flutuante com aplicação de duas flores nas hastes e diamantes aplicados no centro de cada uma


vitrine o que há de novo no mercado

Camaro 19 3533 7597 modelo 1044-0108

O carro esportivo da Chevrolet dá nome a uma linha de armações de receituário e óculos solares para homens e mulheres, com design versátil, produzida com materiais nobres como o alumínio. O destaque fica por conta das linhas pretas nas hastes de alguns modelos, que remetem às faixas decorativas que distinguem os modelos mais celebrados do automóvel. Filosofia

modelo PEI007-0700

Licenciada pela montadora Chevrolet, a linha Camaro é produzida e comercializada pela KRB Brasil, que também detém a licença da marca automotiva Corvette. Uma das marcas favoritas dos amantes de velocidade e carros esportivos, o Camaro acelera de zero a 100 quilômetros por hora em 4,8 segundos e é importado no Brasil pela Chevrolet desde 2010. Até fevereiro, já somava quase 3,5 mil unidades comercializadas no país.

Divulgação

modelo 1045-0100

A face digital da VIEW

Compartilhe Curta

/revistaview

Siga

@revistaview

Interaja

www.revistaview.com.br

Informe-se Aprenda www.revistaview.com.br


coluna do miguel

A moçada

sabe das

coisas

o óptico mais famoso do país

miguel giannini

dicas do óptico mais famoso do país

Fernanda Guedes

A época é de nostalgia com as centenas de modelos de óculos baseados em coleções das décadas de 20 a 50, adoradas pelos jovens, que buscam reviver um período que só conhecem pelos livros de História. Apesar de procurarem peças semelhantes, usadas na primeira metade do século passado, o que boa parte desconhece é que os modelos com aros arredondados são ainda mais antigos e remontam ao século 17, início das primeiras armações de metal com hastes fixas. Pequenas, cujas lentes cobriam apenas o campo visual e eram muito leves. Como dizia o arquiteto Oscar Niemeyer, “o que me atrai é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, nas nuvens do céu, no corpo da mulher preferida. De curvas, é feito todo o Universo - o Universo curvo de Einstein”. Ninguém pode negar que, de estilo, o mestre da arquitetura entendia tudo. As linhas arredondadas sobre o rosto também são importantes, porque conferem leveza à face, seguindo as leis da natureza. E o volume da armação, por ser menor, é mais delicado. Assim, o rosto mantém todas as suas características, mas, ao mesmo tempo, ganha ares de requinte e elegância. A moçada tem razão quando procura esses modelos, que se adaptam perfeitamente ao seu estilo descontraído, que idolatra jeans, camiseta e boné, resultando em um visual com ares vintage, mas alegre e divertido.

positivo, operante! Quer conversar sobre esses e outros assuntos com Miguel Gianinni? Faça contato colunadomiguel@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

www.revistaview.com.br

julho:2013 VIEW 132

37


editora da VIEW e maníaca por óculos

38

VIEW 132

julho:2013

Kriz Knack

andrea tavares

um outro olhar as impressões de andrea tavares

Momentos que inspiram Gosto de futebol desde sempre. Nunca esqueço a felicidade de assistir à minha primeira Copa do Mundo. Infelizmente, a seleção não trouxe a taça naquele ano e eu tive de começar a entender que nem sempre se ganha, mas é preciso jogar. Os anos passaram, o Brasil conquistou dois outros títulos, e hoje admiro tantas outras coisas nesse esporte que vão muito além de um resultado positivo no placar. Eu me encanto com o poder de mobilização das massas do futebol, entre outros esportes. E por envolver tanta paixão, acabou se tornando, também, fonte de aprendizado. É que, competitiva por natureza, eu levava a sério vitórias e derrotas e ficava irritada com as piadinhas dos torcedores de outros times. O que não demorava muito para se tornar uma briguinha sem sentido, gerando energias ruins. Assim, aprendi que o esporte é um grande exercício de respeito e o pratico diariamente, ainda mais em tempo de redes sociais, em que se compartilha, com frequência, as emoções durante e após os jogos. E há momentos inspiradores no esporte. Sei que, durante a Copa da Confederações, em junho, o Brasil e seu povo protagonizavam algo muito mais importante que o futebol, finalmente despertando para a necessidade de reivindicar mais qualidade de vida e menos abuso, entre outros pontos, o que eu acho genial e apoio, mas não consegui deixar de acompanhar o torneio e rapidamente me encantei com a seleção do Taiti e a sua relação com a torcida brasileira. Primeira participação no torneio e com apenas um atleta profissional, os taitianos se tornaram o xodó dos brasileiros e retribuíram à altura. Com carisma de sobra e talento nos pés inversamente proporcional, consideraram um sonho a sua passagem pelo Brasil: pela primeira vez classificaram-se para um torneio da Fifa, nunca haviam jogado em estádios tão grandes, enfrentado seleções como Espanha e Uruguai e sido embaladas por uma torcida como a nossa. E, estimulados por essa oportunidade, transmitiram uma energia muito legal. O último jogo, contra o Uruguai, foi o auge: sonoros “olés” eram entoados a cada troca de bola e a defesa de um pênalti pelo goleiro taitiano foi celebrada pela torcida como uma conquista de copa do mundo. Para despedir-se, os jogadores estenderam uma faixa com um carinhoso “Obrigado, Brasil!” e, enrolados em bandeiras brasileiras, deram uma volta olímpica no gramado da

Arena Pernambuco, em Recife, retribuindo o carinho da torcida. Voltando ao tema da minha coluna na edição anterior, “O poder das palavras”, quando falei como o ato de reclamar pode ser nocivo, é bom também comentar o lado positivo. E uso mais um exemplo do futebol. Trata-se da campanha do Atlético Mineiro na Taça Libertadores. O time nunca havia ganhado o torneio e lutou bravamente para chegar lá. Em vários jogos, inclusive na final, entrou em campo com dois gols de desvantagem. Aí, além do talento da equipe e da dose necessária de sorte, valeu o poder das palavras. Rapidamente, a torcida lançou um novo e incrível grito de guerra: “eu acredito”. E o time adotou como lema a frase “Yes, we C.A.M.”, usando como base o slogan vencedor do candidato a presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nas eleições de 2008, o “Yes, we can”, isto é, “sim, nós podemos” - “C.A.M.”, semelhante a “can”, são as iniciais de “Clube Atlético Mineiro”. Escolhas perfeitamente positivas que geraram uma atitude mental para lá de favorável à vitória; tanto a equipe quanto a torcida fizeram a sua parte. Essas afirmações nos mantêm blindados contra aqueles sentimentos derrotistas. Uma atitude mental positiva é o visto no passaporte do sucesso. Pense nisso e deixe de lado a ladainha de reclamações, abrindo espaço para boas energias em sua vida!

positivo, operante! Quer trocar ideias com Andrea Tavares? umoutrolhar@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

www.revistaview.com.br


NOVAS LENTES DE CONTATO

1-DAY ACUVUE ® TRUEYE

®

O QUE VAI ROLAR HOJE, FUTEBOL? CINEMA? BALADA? ENCARE O SEU DIA A DIA COM AS LENTES DE CONTATO 1-DAY ACUVUE® TRUEYE®. LIBERDADE DE MOVIMENTO COM CONFORTO, PRATICIDADE E A SENSAÇÃO DE ESTAR SEM LENTES DE CONTATO.

SAÚDE COM CONFORTO

SENSAÇÃO DE ESTAR SEM LENTES DE CONTATO. AGENTE HIDRATANTE QUE AJUDA A PREVENIR A SENSAÇÃO DE RESSECAMENTO1,3

SAÚDE COM PRATICIDADE

MAIS FRESCOR E PRATICIDADE SEM ESTOJINHOS E SOLUÇÕES DE LIMPEZA2

SAÚDE PREVENTIVA

PRÓXIMO A 100% DE UVB E MAIS DE 96% DE UVA3

SAÚDE QUE SE VÊ

CLINICAMENTE COMPARÁVEL À SAÚDE OCULAR DE ESTAR SEM LENTES DE CONTATO1,4

C O N S U LT E S E U O F TA L M O L O G I S TA E E X P E R I M E N T E

PARA MAIS INFORMAÇÕES, LIGUE PARA 0800-7274040. Senofilcon A - 1ACUVUE® OASYS® com HYDRACLEAR® PLUS: Reg.ANVISA 80148620045, 2ACUVUE® OASYS® para ASTIGMATISMO com HYDRACLEAR® PLUS: Reg.ANVISA 80148620054, 3ACUVUE® OASYS® com HYDRAC Reg.ANVISA 80148620052, 71-DAY ACUVUE® MOIST para ASTIGMATISMO: Reg.ANVISA 80148620064, 8ACUVUE® 2 COLOURS: Reg.ANVISA 80148620013, 9ACUVUE® CLEAR: Reg.ANVISA 80148620021 e 10ACUVUE® BIFO hipermetropia (presbiopia em regime de monovisão) afácica ou não afácica. LC Esféricas Coloridas8: Miopia, hipermetropia (presbiopia em regime de monovisão) afácica ou não afácica. LC Bifocais10: Presbiopia afácica ou não a condições ou doenças oculares, como lentes de proteção para a córnea, a fim de aliviar o desconforto e servir como uma cobertura de proteção. O médico Oftalmologista informará se o usuário apresenta essa condição, pode o médico Oftalmologista. Contra-Indicações: Qualquer inflamação, infecção, doença ocular, lesão ou anormalidade que afete a córnea, conjuntiva ou pálpebras. Qualquer doença sistêmica que venha a afetar os olhos ou se podem se desenvolver rapidamente e causar perda da visão. Em caso de desconforto visual, lacrimejamento excessivo, visão alterada, vermelhidão nos olhos ou outros problemas, retirar imediatamente as LC e contatar o Of nos olhos. Desconforto quando a LC for colocada pela primeira vez. Sensação de que há algo no olho (corpo estranho, área raspada). Lacrimejamento excessivo, secreções oculares incomuns ou vermelhidão dos olhos. Acui problema, deve RETIRAR IMEDIATAMENTE AS LENTES e contatar o Oftalmologista. Posologia: Uso prolongado1,2,3,5,8,10– Um a 7 dias/6 noites de uso contínuo, inclusive durante o sono. Uso diário1,2,3,4,5,8,9,10 – Períodos inferiores a À PRESCRIÇÃO MÉDICA (LC colorida plana). Johnson & Johnson Industrial Ltda. Rod. Pres. Dutra, Km 154 - S. J. dos Campos, SP. CNPJ: 59.748.988/0001-14. Resp. Téc.: Evelise S. Godoy – CRQ No. 04345341. Mais informaçõ Usuário. A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

1. CHAMBERLAIN, P.; MORGAN, P. et al. Comfort and physiological response of neophytes with a daily disposable silicone hydorgel contact lens. Presentation at BCLA Conference 2009. 2. MEYLER, J.; VEYSAND, J. Do new daily disposable lenses improve patient comfort? Optician. 2006; 6046(231): 34-6


ACLEAR® PLUS (Bandage): Reg.ANVISA 80148620058, Galyfilcon A - 4ACUVUE® ADVANCE® com HYDRACLEAR®: Reg.ANVISA 80148620026, Etafilcon A - 5ACUVUE® 2: Reg.ANVISA 80148620019, 61-DAY ACUVUE® MOIST®: OCAL: Reg.ANVISA 80148620016, Narafilcon A - 111-DAY ACUVUE® TRUEYE® com HYDRACLEAR® 1: Reg.ANVISA 80148620065. Caixas com 306,7, 61,2,3,4,5,8,9,10 ou 28 lentes de contato (LC). Indicações: LC Esféricas1,4,5,6,9,11: Miopia, afácica associada ou não a miopia ou hipermetropia. LC Tóricas2,7: Astigmatismo afácico ou não afácico associado ou não a miopia ou hipermetropia. LC Terapêuticas3: As lentes de contato podem ser prescritas, em determinadas endo prescrever medicações adicionais ou programação de substituição para a condição específica. O usuário nunca deve tratar qualquer condição, usando lentes de contato ou medicação para os olhos, sem primeiro consultar er agravada pelo uso de LC; reações alérgicas das superfícies oculares ou anexas. Qualquer infecção ativa da córnea; olhos vermelhos ou irritados. Precauções e Advertências: Problemas oculares, incluindo úlceras de córnea, ftalmologista. Usuários de LC devem consultar seu Oftalmologista regularmente. Não usar o produto se a embalagem estéril de plástico estiver aberta ou danificada. Reações Adversas: Ardor, coceira ou sensação de pontada idade visual deficiente, visão embaçada, arco-íris ou halos ao redor de objetos, fotofobia, ou olho seco, podem ocorrer caso as LC sejam usadas continuamente ou por tempo excessivamente longo. Se o usuário relatar algum a um dia de uso enquanto acordado. Descartáveis diárias6,7,11 – uso único. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA REFRACIONAL (LC com grau), VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA (LC terapêutica plana), UTILIZAÇÃO SUJEITA ões sobre uso e cuidados de manutenção e segurança, fale com seu Oftalmologista, ligue para Central de Relacionamento com o Consumidor: 0800-7274040, acesse www.acuvue.com.br ou consulte o Guia de Instruções ao

-6. 3. RUSTON, D.; MOODY, K. A daily disposable designed for healthy contact lens wear. Optician. 01.10.09: 34-37CLMTruEye. 4. BRENNAN, N. Beyond Flux: Total Corneal Oxygen Consumption as an Index of Corneal Oxygenation During Contact Lens Wear. Optometry and Vision, Vol. 82, No. 6, June 2005

© Johnson & Johnson do Brasil Indústria E Comércio de Produtos Para Saúde Ltda. JULHO/2013


foco

o espaço da indústria

Luciano Szafir para Azzaro

As campanhas de óculos da grife francesa no Brasil ganharam um rosto brasileiro. A Arkótica, responsável pela comercialização da Azzaro no país, anunciou a contratação do ator e modelo Luciano Szafir como rosto da marca. Com isso, Szafir passará a estampar os materiais de ponto de venda, as campanhas publicitárias e ainda marcará presença em eventos e nas feiras do setor.

Conexão celebridade

, como e porquê: Quem, onde, quando dos famosos a VIEW mostra flashes à redação e seus óculos enviados desta edição. durante a elaboração

A cantora norte-americana Jennifer Lopez: Swarovski (Marcolin) modelo Amazing SK0002

A duquesa de Cambridge, Kate Middleton: Givenchy (Wilvale De Rigo) modelo SGV761

A cantora norte-americana Beyoncé: Tom Ford (Marcolin) modelo Carrie TF 0268

O ator alemão Dominic Monaghan, o Charlie do seriado Lost: Carrera (Safilo) modelo Champion Fold

O ator norte-americano Jake Gyllenhaal: Tom Ford (Marcolin) modelo Snowdon

O rapper norte-americano Damian Marley: Carrera (Safilo) modelo CA56S

42

VIEW 132

julho:2013

O baterista da banda californiana blink-182, Travis Barker: Carrera (Safilo) modelo CA5002S

Divulgação

Assinatura: Roberto Katz (Arkótica) e Luciano Szafir celebram a nova parceria


agenda e calendário feiras, eventos e cursos

calendário Agosto 18 a 22

Silmo Paris, França info@silmo.fr en.silmoparis.com

International Vision Expo West Las Vegas, Estados Unidos inquiry@visionexpowest.com www.visionexpowest.com

Hong Kong Optical Fair Wanchai, Hong Kong exhibitions@hktdc.org www.hkopticalfair.com

Setembro 26 a 29

Outubro 2a5

Novembro 6a8

Sunglasses Business Point Club Med Rio das Pedras, Rio de Janeiro, Brasil comercial@savagetpromocoes.com.br

agenda

26 a 28 Ajorsul Fair Mercoóptica’2013 Gramado, Brasil ajorsul@ajorsul.com.br www.ajorsulfairmercooptica.com.br

Formação e reciclagem

9 a 11 IOFT 2013 Tóquio, Japão ioft-eng@reedexpo.co.jp www.ioft.jp/en/home

profissionais

Estude Visão

Senac

Atendente em óptica (nível intermediário)

Técnicas de vendas II

25 a 27 de outubro (sexta-feira a domingo) em São Paulo 22 a 24 de novembro (sexta-feira a domingo) em Porto Alegre

(vendas técnicas em óptica) 10 e 17 de agosto (sábado) 8h30 às 17h30

Técnico óptico 51 3225 9114 www.estudevisao.com.br ev@estudevisao.com.br

Oficina de Lensometria 14 de setembro (sábado) 8h30 às 17h30 22 e 23 de outubro (terça e quarta-feira) 13h30 às 17h30

Provar MBA Negócios do varejo: estratégia e gestão Início setembro Segundas e terças-feiras (18h às 22h40)

Pós-graduação Estratégias, Pesquisa de Mercado e Tendências de Consumo Início setembro Segundas e terças-feiras (18h às 22h40) Varejo e mercado Início setembro

Cursos de extensão Gerenciamento e auditoria baseada em riscos com foco na prevenção de perdas 6 e 7 de agosto Terça-feira (14h às 18h) e quarta-feira (9h às 13h) Técnicas avançadas de negociação 26 de agosto Segunda-feira (9h às 18h) Construindo uma cultura de inovação consistente e eficaz na empresa varejista 9 e 10 de setembro Segunda-feira (9h às 18h) e terça-feira (9h às 13h) 11 3894 5004 cursoslabfinprovar@fia.com.br www.provar.org Material didático e certificado emitido pelo Provar/Fia inclusos

VIEW 132

julho:2013

Técnicas de vendas I (conhecimentos básicos em óptica) 19 e 26 de outubro (sábado) 8h30 às 17h30 11 3336 2000 tiradentes@sp.senac.br

de consumo

Gestão de negócios e valorização da empresa Início outubro Terças e quintas-feiras (18h40 às 22h40)

44

2 de setembro de 2013 a 10 de março de 2015 Segunda a sexta-feira 8h às 12h ou 19h às 23h

Divulgue e t n e m a t i gratu cursos e palestras na VIEW Envie as informações para a redação Tel. 11 3061 9025 ramal 108 revistaview@revistaview.com.br www.revistaview.com.br


Expo Abióptica 2014 supera expectativas já no lançamento O lançamento da Expo Abióptica 2014 foi um sucesso. 70%

De acordo com Bento Alcoforado, diretor presidente da

dos associados presentes e 100% dos espaços vendidos em

Abióptica, com mais de noves meses de antecedência, a

poucas horas! Esse foi o balanço do evento, realizado em

Expo Abióptica 2014 já é um sucesso. “A procura pelos

junho, em São Paulo.

estandes foi tamanha que, para nossa tristeza, muitas

exposição do setor óptico da América Latina dá o primeiro passo rumo à 12ª Edição, que em 2014 acontecerá entre os dias 02 e 05 de abril, no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte. Os expositores demonstraram bastante entusiasmo graças aos resultados apresentados na Expo Abióptica 2013 e a expectativa é manter o mesmo crescimento para 2014. Vale destacar que na 11ª Edição estiveram presentes 28.343 visitantes e o faturamento alcançou a marca dos R$ 630 milhões em negócios.

empresas acabaram ficando sem espaço físico no evento. Para esses empresários, fica nosso comprometimento para tentar uma solução rápida e criativa para que todos estejam conosco ainda na edição de 2014”, explica. Já demos o pontapé inicial para mais um grande evento. Continue acompanhando as novidades da Expo Abióptica 2014!

INFORME PUBLICITÁRIO

Com esse resultado, a organização da mais importante


Abióptica

GO

Mello Industrial

Av. Santo Amaro 1386 1º andar São Paulo/SP - 04506-001 11 3045 2090 abioptica@abioptica.com.br páginas 45 e 49

Rua Diogo Moreira 132 cj. 1201 São Paulo/SP - 05423-010 0800 8889029 sac@kenerson.com.br página 5

Rua Santo Irineu 163 São Paulo/SP - 04127-120 11 2764 3000 melloindustrial@melloindustrial.com.br página 33

Alcon

Hoya Brasil

Óticas Diniz

Av. Professor Vicente Ráo 90 prédio 122 1º andar São Paulo/SP - 04636-000 0800 7752422 (lentes de contato) 0800 7077993 (soluções) csbrasil@alconlabs.com página 23

Rua Gotemburgo 190 Rio de Janeiro/RJ - 20941-080 0800 7076575 (RJ) 0800 7022541 (SP) sac@optotal.com.br capa

Avenida Nova Cantareira 2491 São Paulo/SP - 02341-000 11 2249 8181 expansão-sprj@oticasdiniz.com.br página 43

Auroraeco

Johnson & Johnson

Rua Tabapuã 821 cj. 74 São Paulo/SP - 04533-013 11 3711 0001 brazil@promosalons.com páginas 25 e 50

Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP - 05414-001 11 3086 1731 reservas@auroraeco.com.br página 46

Bamboo Brasil Rua São Benedito 356 Cuiabá/MT - 78008-405 65 3023 0130 contato@shopbamboo.com.br página 31

Desempenho Rua Barão de Itapetininga 255 sala 814 São Paulo/SP - 01042-002 11 3259 7348 informatica@desempenho.com.br página 35

Essilor Brasil Rua Visconde de Ouro Preto 5 2º, 3º e 4º andares Rio de Janeiro/RJ - 22250-180 0800 7272007 sacbrasil@essilor.com.br 4ª capa

Essilor Solutions Rua Visconde de Ouro Preto 5 2º, 3º e 4º andares Rio de Janeiro/RJ - 22250-180 0800 7221222 essilorsolutions@essilor.com.br página 19

Excalibur & Savaget Rua México 11 sala 1906 Rio de Janeiro/RJ - 20031-145 21 3478 1999 excalibur@savagetpromocoes.com.br página 36

www.revistaview.com.br

Rua Gerivatiba 207 16º andar São Paulo/SP - 05501-900 0800 7288281 sacvision@conbr.jnj.com páginas 40 e 41

KRB Brasil Avenida Vinte e Dois 1511 Rio Claro/SP - 13500-510 19 3533 7597 sac@krbbrasil.com.br página 47

Look Vision Rua Bento Coelho da Silveira 186 São Paulo/SP - 04330-080 11 5565 4233 lookvision@lookvision.com.br página 21

Luxottica do Brasil Rua Ministro Jesuíno Cardoso 52 São Paulo/SP - 04544-050 4003 8225 servicos@br.luxottica.br página 13

Luxx Brasil Rua Claudio Soares 72 cj. 1315 São Paulo/SP - 05422-030 11 3037 8888 sac@luxxbrasil.com.br página 11

Marchon Brasil Rua Julio Diniz 49 São Paulo/SP - 04547-090 0800 7071516 sao@marchon.com.br 2ª capa e página 1

Promosalons

Stepper Brasil Praça São Marcos 624 São Paulo/SP - 05455-050 11 3021 1017 info@stepperbrasil.com.br página 7

Suntech Supplies Rua Maria Soldera Lourençon 52 Itupeva/SP - 13295-000 11 4591 8600 sac@hb.com.br página 9

Transitions Rodovia Anhanguera km 106,5 s/nº Sumaré/SP - 13170-970 19 3864 8600 atendimento@transitions.com.br 3ª capa

Vision Line Rua Silva Jardim 3029 sala 13 São José do Rio Preto/SP - 15010-060 17 3222 7644 sac@grupovisionline.com.br página 15

Younger Optics

Fale direto com os anunciantes desta edição

anunciantes

Rua Alfredo Achcar 970 prédio 10 Vinhedo/SP - 13280-000 0800 9425700 pedidos@youngeroptics.com.br página 39

julho:2013 VIEW 132

47


armação do cipis

armação a óptica do artista plástico marcelo cipis

48

VIEW 132

julho:2013

www.revistaview.com.br


Junte-se à AbiópticA. A Abióptica é a mais representativa instituição do segmento óptico brasileiro. São mais de 100 empresas associadas, representando mais de 90% do mercado das marcas comercializadas no País. Com intensa atuação, nosso principal objetivo é a união da indústria e varejo, fortalecendo a defesa dos interesses do setor. Resultado disso é a adesão do varejo dentro do Conselho da Abióptica, com a garantia da participação efetiva nos rumos da Associação e da óptica nacional. Como você pode ver, bons motivos não faltam para você se associar. Para mais informações acesse www.abioptica.com.br


INSPIRADOR ESTIMULANTE

INOVADOR

Mundial da Óptica

P A R I S


Informações úteis para os profissionais de óptica Julho:2013

Fashion & Acessórios

Grau em foco A pluralidade de estilos e tendências


www.facebook.com/revistaview www.twitter.com/revistaview www.revistaview.com.br


A

moda

Pesquisa, texto, seleção dos óculos e produção das fotos Andrea Tavares Acompanhamento das fotos Cristiana Brito Fotos Becaclick lustrações Marcio Alek

Recentemente, visitei uma amiga em seu escritório. Quando cheguei lá, vi que a recepcionista não era a mesma e a nova ocupante do cargo tinha um corte de cabelo bem diferente, curto, muito repicado e com os lados desiguais. Mas, mais que o penteado original, o que me chamou atenção foi a contradição do conjunto: os óculos não tinham nada a ver com seu estilo e com aquele corte de cabelo ousado. A armação estava corretamente adaptada, mas era muito certinha e estava muito mais de acordo com alguém de perfil elegante. Isso me fez pensar imediatamente que o consumidor, por mais que esteja cada vez mais esclarecido e munido de muita informação neste século 21, conta com a expertise (do francês, “qualidade de especialista”) de profissionais como você, óptico, para assessorá-lo. Talvez se essa moça do corte de cabelo original tivesse tido um atendimento de qualidade, focado em seu estilo, poderia estar desfilando por aí com uma armação que tivesse muito mais a ver com seu estilo modernocriativo. E estaria comunicando quem é de forma muito mais eficiente. A moda é um grande instrumento de comunicação. A roupa, os sapatos, o cinto, os brincos e os óculos que você usa dizem muito sobre você, da mesma forma que retratam quem é o consumidor que acabou de entrar na sua óptica. Isso é estilo. Se você desenvolver suas qualidades de especialista óptico, poderá diagnosticar seu www.revistaview.com.br

é

plural

estilo corretamente e orientá-lo sobre a armação mais adequada não apenas em termos técnicos, mas também de estilo. É por isso que a VIEW se dedica a mostrar os lançamentos de receituário e óculos solares classificados por estilos. A moda é cada vez mais plural também na óptica, com uma infinidade de modelagens, cores, tamanhos, diferentemente de 20 anos atrás, por exemplo, quando o sistema era muito mais ditador, com poucas opções de modelagem e raras ofertas de cor. Com essa profusão de hoje, fica muito mais fácil lidar com essa quantidade de oferta usando o filtro dos estilos e tornando seus clientes mais felizes. A gente adotou essa estratégia em 2006, quando fomos apresentados ao trabalho da personal stylist Titta Aguiar, que elaborou um estudo de personalidades, dividindo as pessoas em sete estilos: criativo, elegante, esportivo ou natural, moderno ou urbano, romântico, sexy e tradicional. Desde então, os óculos passam a ser interpretados também pelo estilo que comunicam. Tudo para trazer informação cada vez mais qualificada para o atendimento nas ópticas brasileiras. Aproveite mais esta edição do Fashion & Acessórios para aperfeiçoar ainda mais seu repertório no balcão, ficando “afiadíssimo” para diagnosticar o estilo de seus clientes e fazê-los felizes usuários de óculos! Bom aprendizado! Andrea Tavares Editora andreatavares@revistaview.com.br

positivo, operante! Alguma dica adicional sobre óculos, estilos e tendências? Quer trocar mais idéias com a equipe da VIEW esse assunto? Será um prazer atendê-lo. revistaview@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

julho:2013 Fashion & Acessórios

1


Inovador, artístico, original, eclético, exótico e autoconfiante Faz de roupas e acessórios uma declaração de arte Adora “reciclar” roupas Cores vivas Estampas marcantes Cortes diferentes de cabelo Looks étnicos Combinação (ou descombinação) de tecidos e designs Amante do retrô e do vintage Aprecia looks cheios de contraste

Evoke (Brazilian Lab) MODELO EVK 12 BIG

Big no último Colcci (JR Adamver) MODELO SI 5519 136 56

Armações cheias de personalidade em tamanhos grandes traduzem boa parte dos criativos. E se as peças também tiverem uma padronagem fosca, ainda melhor.

Prada (Luxottica) VPR 08Q

MODELO

Evoke (Brazilian Lab) MODELO EVK 15

Aviador cristalino A derivação do estilo aviador de proporções avantajadas feita de acetato bicolor em que o cristal é presença obrigatória e faz par com um segundo tom é referência para os criativos. 2

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


Absurda (Optical Designs) MODELO CARRASCO 2550 021

Converse (Luxx) MODELO

APPARATUS

Absurda (Optical Designs) MODELO SAN FRANCISCO 2552 026

O resgate do geométrico Nesta temporada, criativos resgatam as armações cujos frontais têm um quê geométrico. A máxima vale para acetato e metal

Colcci (JR Adamver) MODELO SI 5520 132

Detroit (Montmartre) MODELO HOLLY 154 www.revistaview.com.br

Fashion & Acessórios

3


Stella McCartney (OptiClass) MODELO SM02007 2088

Marc Jacobs (Safilo) MODELO MJ411 CFO 145

Força na padronagem Não basta ser o acetato em seu estado puro, simples e nobre: tem de investir na padronagem, seja em toda a armação ou apenas nas hastes. Algo que confere personalidade e tanto.

Marc Jacobs (Safilo) MODELO MJ 494 CDE 135 Evoke (Brazilian Lab) MODELO EVOKE PLAYS LOUDER 01

Direto do túnel do tempo

Colcci (JR Adamver) MODELO SI 5519 133 56

Não dá para pensar em óculos dos anos 80 sem as armações maiores, que cobriam boa parte do rosto. Três décadas depois, o estilo surge em combinações elaboradas de cores e faz a cabeça dos criativos.

Max & Co. (Safilo) MODELO CLC 140

4

Fashion & Acessórios

julho:2013

CRIAT


Ralph Lauren (Luxottica) MODELO PH 2092-P

Marius Morel 1880 (Fenícia) MODELO 1917 M

Redondo em alta Armações arredondadas agradam a vários estilos nesta temporada, mas, para os criativos, têm de ser as mais cheias de personalidade. No acetato, os tamanhos bem pequenos se destacam e, no metal, quanto mais espírito vintage, melhor.

Ray-Ban (Luxottica) RB6242 2690

MODELO

Lievissimo (Pupila) 9003 SIL

MODELO

Lievissimo (Pupila) 5616 YG

MODELO

AT IVO

julho:2013 Fashion & Acessórios

5


CRIAT IV

cK Calvin Klein (Marchon) MODELO CK 5747

Jil Sander (Marchon) MODELO JS 2641

Carrera (Safilo) CA 5501 BDB 140

MODELO

Just Cavalli (Marcolin) 095

A cor levada a sério

MODELO JC0523

O criativo é quem mais preza o uso da cor nos óculos. Nesta temporada, valem as combinações inusitadas de frontais e hastes, monocromatismo em tons intensos e um leve dégradé para valorizar ainda mais a peça. Just Cavalli (Marcolin) 076

MODELO JC0532

6

Fashion & Acessórios

julho:2013


Carmim (CMC) MODELO CRM 31481

Discreto requinte O ar luxuoso e refinado dos tons claros, do branco ao rosado, passando também pelo marfim, caem como uma luva. Valentino (Marchon) V2114

MODELO

Lacoste (Marchon) MODELO L2141

Chloé (Marchon) MODELO CE2608

Ana Hickmann (GO) AH6180

MODELO

• Sofisticado, imponente, exigente, formal e reservado • Chama atenção pela postura e não pelo que veste • Não é adepto de modismos • Seguro e sofisticado, se impõe com muita classe à primeira vista • Roupas impecáveis e de excelente qualidade • Tecidos luxuosos e com toques refinados • Cabelos sempre arrumados • Roupas com poucos detalhes que combinam entre si • Visual monocromático • Tom sobre tom • Cores neutras e discretas, claras ou escuras • Estampas de motivos abstratos • Roupas de tricô

Elegante www.revistaview.com.br

julho:2013 Fashion & Acessórios

7


Chloé (Marchon) MODELO CE2601

Burberry (Luxottica) B2127 3376

MODELO

Silhouette (Biz) TITAN NOTION 4318 20 6062

MODELO

Grandes pero no mucho Os elegantes podem até encarar armações um pouco maiores, mas precisam ser marcadas pela delicadeza. Cartier (GO) MODELO 5724627

Michael Kors (Marchon) MK 271

MODELO

Corolla (Master Glasses) CO1 2935

MODELO

Penguim (Luxx) THE MELVIN

MODELO

8

Fashion & Acessórios

julho:2013


Elegante

Fiero (Fiero) MODELO F 6001

Spellbound (Jaguar) MODELO SB 12483

Fiero (Fiero) F 6005

MODELO

Spellbound (Jaguar) MODELO SBM 9248F

Raffaele (Ceto) MODELO YD145

As belas laterais Hastes elaboradas, combinadas a frontais mais comportados, são o detalhe perfeito para os rostos modernos.

O leve brilho Quando se trata de armações flutuantes, as que mais agradam aos modernos são as que carregam um leve requinte nas hastes, como pequenos brilhos ou acetato de tons claros com efeitos perolados.

Azzaro (Arkótica) MODELO AZ 2040

Cartier (GO) 135

MODELO

www.revistaview.com.br

julho:2013 Fashion & Acessórios

9


Esportivo Prada (Luxottica) MODELO VPS 04D

História de amor HB Hot Buttered (Suntech Supplies) MODELO M.93 402

Frontais curvados e pessoas esportivas têm uma atração eterna. Mal dá para pensar nos óculos para esse público sem considerar essa marca registrada.

Guga Kuerten (Lougge) MODELO GKO.080.5

Quiksilver (Quiksilver) MODELO EQMEG00000/WHT

10

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


Marca registrada Hastes emborrachadas, outro detalhe que continua sendo a cara dos esportivos ou naturais.

ou

natural Ceo-V (Stepper) MODELO GUT2-06

• Espontâneo, básico, ativo, informal e amigável • Comunicativo e se expressa de forma fácil e despojada • Valoriza conforto e praticidade: jeans, roupas de algodão, acessórios que tenham couro, brincos não muito grandes, além de bolsas ou pastas grandes e práticas • Roupas que funcionam como uma segunda pele, práticas de cuidar e de usar • Mulher gosta de maquiagem muito leve e cabelos fáceis de arrumar • Cores leves, como branco e cáqui • Tons terrosos • Tecidos opacos • Sobreposição de peças • Detalhes como bolsos e zíperes • Sapatos de salto baixo ou plataforma • Pele bronzeada

Cores vivas

HB Hot Buttered (Suntech Supplies) MODELO M.93 404

Os esportivos de alma mais criativa curtem a supertendência dos tons fluorescentes.

Nike (Marchon) MODELO 7068

Nike (Marchon) 8071

MODELO

julho:2013 Fashion & Acessórios

11


AZ Collection (Arkótica)

MODELO

AC 98 C717 Evoke (Brazilian Lab) MODELO C.C.344

T-Charge (GO) MODELO T6038 E08

Tricolor vitorioso A combinação de tons de azul claro, bege e marrom é imbatível, ainda mais quando se leva em conta o perfil moderno, amante dos contrastes de cores.

Lievissimo (Pupila) MODELO H136 SIL/RD

Flutuando com eosmtilodoerno

Quando rmações opta por a e elas têm d flutuantes, , o il st e o it vir com mu e mais retas s a h n li m co e, de agressivas , com a ci n rê prefe de cores. contrastes

Lightec (Fenícia) MODELO LIGHTEC 6850L

12

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


Wayfarer de leve O estilo Wayfarer em proporções menores, mas rico em contraste de cores, faz a cabeça dos modernos nessa temporada.

Arrow (Lougge) MODELO AR AA024 C30

Penguin (Luxx) THE VERN

MODELO

Cosmopolita, sofisticado, atraente e teatral Chama atenção pelo que usa e gosta de ser o centro das atenções Adora contrastes de cores (preto e branco, por exemplo) É o homem que usa os ternos com os cortes mais diferentes, ousando com muita classe Estampas exageradas (bolas grandes, geométricas, abstratas, animais e grafismos) Sapatos de bico quadrado de plataforma Acessórios e bolsas grandes Roupas de couro

Paul Smith (OptiClass) HARLYN BXBH AG

MODELO

Stella McCartney (OptiClass) MODELO SM02010 2063

O mestre do clube A combinação de aros de acetato e metal do estilo Clubmaster, mais um clássico na modelagem de óculos, surge em várias versões para deixar os modernos felizes.

Emilio Pucci (Marchon) MODELO EP2694

julho:2013 Fashion & Acessórios

13


Oakley (Luxottica) MODELO YARDDOG LL OX1110-0453

Lightec (Fenicia) 7143L

MODELO

Retangular com decisão As armações retangulares de linhas decididas, de aros fechados ou no estilo Clubmaster, definem o homem moderno nesta estação.

Quiksilver (Quiksilver) Q03670/403

MODELO

Cavalera (CMC) MODELO CV21351

Modelagem campeã Os frontais redondos, tendência número um do momento, e de tamanho médio, agradam bem aos modernos, principalmente se forem de acetato e vierem acompanhados de estilosas hastes de metal. Ou ainda se tiverem elegantes texturas como a que remete à madeira.

Etnia Barcelona (Brevil Design) MODELO IRUN BRWH

Marius Morel 1180 (Fenícia) MODELO 2022M Penguim (Luxx) MODELO THE DAWSON

14

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


Jil Sander (Marchon) MODELO JS2674

CQC by Absurda (Optical Designs) MODELO LA ROCCA 2548 23659

A força dos clássicos Derivações de estilos clássicos como o aviador e o Wayfarer, sempre de acetato, são uma boa pedida para esse perfil de público.

MODELO

Dior Homme (Safilo) BLACK TIE 142 AUH145

Salvatore Ferragamo (Marchon) MODELO SF2626

Roxy (Quiksilver) ERJEG0001/TOR

MODELO

Oliver Peoples (OptiClass) STRM

MODELO JANNSSON

www.revistaview.com.br

julho:2013 Fashion & Acessórios

15


Kipling (Luxottica) MODELO KP3021 A761

Lacoste (Marchon)

cK Calvin Klein (Marchon) 5720

MODELO CK

Just Cavalli (Marcolin) MODELO JC0527 078

16

Fashion & Acess贸rios

julho:2013

MODELO

L 2652


Carrera (Safilo) MODELO CA5508

Valentino (Marchon) MODELO V2640

Giorgio Armani (Luxottica) AR 7008 5010

MODELO

De um jeito muito particular Tamanhos menores, frontais de linhas mais suaves e tons leves são a composição perfeita para esse perfil de público.

• Sutil, doce, gentil e delicado • A beleza é seu fio condutor • Tom de voz é suave e nada em seu comportamento é agressivo • Guarda-roupa dominado por tons pastel e perfumes muito leves • Roupas com textura delicada • Estampas florais em tons pastel • Pérolas, camafeus, marcassitas, jóias e bijuterias antigas • Bolsas pequenas e macias, de formato arredondado • Rendas, laços e acessórios que demonstram fragilidade e feminilidade • Cores sutis, leves e sem contraste

Just Cavalli (Marcolin) MODELO JC0530 078

Minha vida em cor de rosa (e lilás) Just Cavalli (Marcolin) MODELO JC0519 080

www.revistaview.com.br

As cores rosa e lilás são grandes companheiras desse perfil de público. Isso também vale nos óculos, com peças um pouco mais discretas por conta da transparência do acetato ou mais chamativas por conta da combinação dos tons, em versão mais intensa. julho:2013 Fashion & Acessórios

17


Dolce & Gabbana (Luxottica) MODELO DG 3163 656

Valentino (Marchon) MODELO V2638

A beleza das flores

Jeito de ter a primavera sempre por perto, tanto a versão mais suave das flores estampadas no frontal, quanto a aplicação de um botão na haste em um modelo totalmente transparente podem emoldurar o rosto de uma romântica nesta temporada, especialmente aquela cujo perfil se mixa ao estilo criativo.

Lightec (Fenícia) 7039L

MODELO

O leve metalizado Frontais metalizados foscos e de tons suaves que combinam com hastes de acetato são uma boa pedida para românticas e românticos.

Secret (Suntech Supplies) MODELO M.80 030

Dolce & Gabbana (Luxottica) MODELO D&G 5115 1152

De cristal Românticos curtem as peças menores que combinam frontal de acetato cristal e hastes coloridas.

Playboy (Luxottica)

18

Fashion & Acessórios

julho:2013

MODELO

PB 3002 A700 www.revistaview.com.br


Giorgio Armani (Luxottica) MODELO AR7010 5025

—Conservador, sério, sóbrio e contido —Definitivamente, não segue a moda —Totalmente discreto, não usa nada que chame a atenção —Sem cores fortes, nada de acessórios pesados ou roupas exageradas

Calvin Klein (Marchon) MODELO CK7122

O redondo bem comportado Tradicionais até podem escolher armações redondas, mas o tamanho, a cor e o design têm de ser na medida certa, prezando pelo ar comedido.

—Roupas fluidas que não modelam o corpo —Maquiagem e cabelos discretos —Roupas com poucos detalhes e linhas retas —Estilo adotado por muitos somente no ambiente de trabalho —Cores preferidas: azul marinho, bege, marrom e cinza

Tradicional Discrição em primeiro lugar

Temporada vai, temporada vem e as pessoas de perfil tradicional continuam elegendo os modelos conhecidos como flutuantes ou três peças. Há os “tradicionais de raiz”, que ficam com as armações sem qualquer detalhe, mas também há as tradicionais que, mesmo optando pelo look flutuante, permitem-se a um mínimo de adorno nas hastes de seus óculos.

Stepper (Stepper) SL-91811 F021

MODELO

Lievissimo (Pupila) MODELO H134 YG/GUN

Sobriedade a toda prova

Silhouette (Biz) MODELO DAY-LITE 2881 40 6055

Aros fechados retangulares ou levemente quadrados de tons sóbrios são uma boa escolha para esse público.

Stepper (Stepper) SL-20006 F140

MODELO

julho:2013 Fashion & Acessórios

19


Sexy

<> Exuberante, carismático, sensual e confiante <> atento ao corpo < > Amante das tendências internacionais de moda, é quem mais consome <> Tudo é sedução: da roupa à maquiagem, aos demais acessórios e até a maneira de se comunicar <> Cliente exigentíssimo, só leva aquilo o que o faz se sentir o máximo <> cabelos longos e soltos <> Roupas que revelam e marcam o corpo <> Pés quase sempre sobre saltos finos e muito altos <> Cores sedutoras como vermelho, preto e roxo <> Tons chamativos e ousados <> Decotes, fendas e linhas reveladoras < > Estampas animais < > Renda e referências de lingerie nas roupas e nos acessórios

Absurda (Optical Designs) MODELO SANTA CLARA 2555 049 54

Prada (Luxottica) VPR 17P

MODELO

Ares de sobrancelha Preocupado com boa aparência, esse público é fã de óculos que levantem seu olhar e o estilo que dá ares de sobrancelha à armação o atrai em cheio.

Emilio Pucci (Marchon) EP 2693

MODELO

Roberto Cavalli (Marcolin) MODELO RC0766 072

Chloé (Marchon) CE2100

MODELO

Metal especial Exigente, a consumidora sexy se rende apenas ao que é especial. Por isso, armações de metal, que, em geral, costumam primar pela discrição, precisam ser originais, seja pelas texturas ou pelo design. 20

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


AZ Collection (Arkótica) MODELO AC 93 C36

Dior (Safilo) CD3771

MODELO

Tons preferidos Rosados e roxos, especialmente em versões bicolores e transparentes de acetato, estão em alta para as mulheres desse perfil.

Dior (Safilo) CD3252

MODELO

Evoke (Brazilian Lab) MODELO EVK 12

DSquared² (Marcolin) MODELO DQ5105 001

Brilho eterno

Max & Co. (Safilo) MODELO 198ATI 140

Cristais e glitter aplicados com originalidade agradam em cheio esse público.

Giorgio Armani (Luxottica) MODELO AR 7013-B 5017 julho:2013 Fashion & Acessórios

21


Chloé (Marchon) MODELO CE 2612 601

Maravilha de mulher O estilo de aros finos e frontal maior que fez a cabeça de muita gente nos anos 80 está em alta novamente e traz um ar de Mulher Maravilha para as sexies. Dior (Safilo) MODELO CD3256

Marie Claire (Clair Mont) MCR 2315 001

MODELO

y xe

Etnia Barcelona (Brevil Design) MODELO LA ROCHELLE

Marius Morel 1880 (Fenícia) MODELO 2020M

S

O tamanho faz diferença Não importa se é quadradão ou redondão. O que vale é ser grande e realçar o visual com atitude. Marius Morel 1880 (Fenícia) MODELO 2021M

Calvin Klein (Marchon) 7884

MODELO CK

22

Fashion & Acessórios

julho:2013

www.revistaview.com.br


DSquared² (Marcolin) MODELO DQ5104 005

Gata por natureza

Dolce & Gabbana (Luxottica) MODELO DG 3162P 2716

Mesmo não tão em alta como na temporada passada, o estilo gatinho sempre faz a cabeça da mulher sexy, já que é um realce automático no rosto de quem o usa, pelo fato de as linhas do frontal se projetarem para cima, leve ou intensamente.

Jil Sander (Marchon) JS2699

MODELO

Ausência que é presença O acetato de efeito fosco (ou, em inglês, “matte”, a forma mais sofisticada de definir a ausência de brilho) no estilo Wayfarer faz escola para os homens sexies.

Jil Sander (Marchon) MODELO JS2674 Emilio Pucci (Marchon) MODELO EP2682

Evoke (Brazilian Lab) MODELO EVOKE PLAYS LOUDER 01

Sexy por excelência Estampas animais e renda são referências eternas para a mulher sexy, especialmente em versões mais vistosas e elaboradas

O nerd sexy (Marchon) EP2690

MODELO

Ana Hickmann (GO) MODELO AH 6185 A01

Hugo Carraro (Safilo) MODELO HCR 4306 002

Esse público ganha uma interpretação toda especial do look nerd, com cores e padronagens especiais.

Max Mara (Safilo) MM 1168 V9A 140

Thierry Mugler (Arkótica) MODELO TM 9338 C3

MODELO

www.revistaview.com.br

julho:2013 Fashion & Acessórios

23


Pesquisa e texto Andrea Tavares

e

v e í l r c uni v in

O

Por que a distinção? - Em princípio, grife e marca podem ser consideradas apenas sinônimos, mas ainda há um quê de preciosismo que trata de estabelecer diferença entre essas duas palavras. O termo que se origina do francês “griffe” (“garra”) e que ganhou tal conotação no começo da década de 70 quando os estilistas, já produtores de prêtà-porter, começaram a assinar suas criações (uma analogia a deixar a marca de suas garras), pode ser usado para as coleções que levem os nomes de

A VIEW preparou um guia sobre as grifes e as marcas que batizam as coleções de óculos, dividindo-as em 11 categorias. Perfeito para entender melhor as engrenagens do consumo e ótima “munição” para enriquecer seu repertório no balcão.

criadores ou casas de moda (Giorgio Armani ou Dior, por exemplo) cuja essência esteja relacionada à alta costura e/ou à participação efetiva em semanas de moda e sempre tenham como características a inovação e/ou a tradição e, em geral, por conta disso, têm um alto valor percebido. As coleções que levam nome de joalherias (como Bulgari ou Cartier, entre outras) também são consideradas grifes por conta de sua relação com o universo do luxo e por carregarem consigo a força da tradição. E há uma terceira frente que merece o título de grife pelo fato de ter feito história no universo dos óculos. São aquelas que nasceram como marcas de óculos propriamente ditas e, por conta das inovações que propuseram ou da tradição que criaram, ganharam o status de grife. Persol, Carrera, Ray-Ban, Silhouette, entre outras, integram esse grupo. Em contrapartida, a marca leva mais em conta atributos tecnológicos, o que lhe confere também um valor agregado considerável, ou, então, pode militar na seara da simplicidade e do menor valor agregado (mas ainda com qualidade), apenas batizando um produto sem qualquer comprometimento de referência a uma marca-mãe de outro segmento ou de reproduzir a essência dessa marca-mãe nas peças, o que, em geral, é obsessão hoje para grifes e marcas de alto valor agregado - Emilio Pucci, por exemplo: as estampas, que são a sua maior marca registrada, aparecem de várias formas em sua coleção de óculos e também em toda a linha de produtos.

Marcas de design óptico Sua particularidade é a criatividade por meio do design. São as marcas que concentram a maior fatia de inovação quando o assunto são óculos. Investem em novas matérias-primas, tecnologias, designs e técnicas de produção. Anne et Valentim Beausoleil Cutler and Gross Gold & Wood Harry Lary’s

24

Fashion & Acessórios

julho:2013

as marcas

As vitrines das ópticas são verdadeiros universos multimarcas. Top grifes de moda, marcas esportivas, coleções assinadas por celebridades, grifes de joalheria, marcas de moda, entre outras, convivem democraticamente em prateleiras e expositores. Mesmo que o consumidor tenha predileção especial por um produto ou já saiba o que quer quando entra na loja, é praticamente impossível resistir à tentação de, pelo menos, olhar uma armação aqui, outro solar ali e por aí vai. E, nesse momento de observação, fica fácil constatar a infinidade de marcas que uma óptica pode ter. Até aí nada mal, especialmente quando a loja sabe trabalhar bem a exposição das coleções e leva a sério seu mix de produtos. Mas sempre é bom aprender mais sobre esse grande universo. Por isso, a VIEW traz um guia básico das grifes e marcas dos óculos, classificando-as em 11 categorias e com exemplos de varias delas.

ed

s r

g s r a i f d e s o

ic!berlin J.F.Rey Kirk Originals Lafont Markus T

Mykita Orgreen Philippe Starck Theo Vanessa & Mehdi www.revistaview.com.br


Grifes de moda São as coleções que levam os nomes de fashion designers ou casas de moda, cuja essência está relacionada à alta costura e/ou à participação efetiva em semanas de moda e com características como inovação e/ou tradição. Alexandre McQueen Azzaro Balenciaga Bottega Veneta Burberry Calvin Klein Carolina Herrera Cavalera Chanel Chloé Colcci Diane Von Furstenberg Dior Dior Homme Dolce & Gabbana

Donna Karan DSquared² Emilio Pucci Ermenegildo Zegna Escada Fendi Forum Gianfranco Ferré Giorgio Armani Givenchy Gucci Hugo Boss Karl Lagerfeld Kate Spade Lanvin

Marc Jacobs Max Mara Michael Kors Paul Smith Prada Ralph Lauren Roberto Cavalli Saint Laurent Salvatore Ferragamo Stella McCartney Thierry Mugler Tom Ford Tommy Hilfiger Valentino Versace

Marcas de moda São marcas de roupa e/ou acessórios renomadas, que obtém sucesso por meio de seus produtos, campanhas publicitárias ou pontos-de-venda, sem desfiles em semanas de moda ou obsessão por lançar conceitos. Banana Republic Coca-Cola Converse Gant Jimmy Choo Juicy Couture

Grifes de joalheria

Penguin Pierre Cardin Sean John Swarovski Timberland Tumi Victor Hugo

Marcas de design óptico Sua particularidade é a criatividade por meio do design. São as marcas que concentram a maior fatia de inovação quando o assunto são óculos. Investem em novas matérias-primas, tecnologias, designs e técnicas de produção. Anne et Valentim Beausoleil Cutler and Gross Gold & Wood Harry Lary’s ic!berlin J.F.Rey Kirk Originals

Lafont Markus T Mykita Orgreen Philippe Starck Theo Vanessa & Mehdi

São as que vêm dos diamantes e dos artigos valiosos. Bvlgari Cartier Chopard

Tag Heuer Tiffany & Co.

Marcas masculinas Aquelas que nasceram no nicho dos carros sofisticados, dos charutos (como Davidoff) e das canetas (Montblanc, por exemplo). Davidoff Dunhill Ermenegildo Zegna Ferrari

www.revistaview.com.br

Harley-Davidson Mercedes-Benz Montblanc Porsche

julho:2013 Fashion & Acessórios

25


Marcas esportivas O nome e a lista delas fala por si só, são as marcas que tiveram origem no universo esportivo. HB Hot Buttered Lacoste Mormaii Nike

All Star Adidas Dragon Guga Kuerten

Grifes de óculos São as linhas que nasceram como marcas de óculos propriamente ditas e, por conta das inovações que propuseram ou da tradição que criaram, ganharam o status de grife. Absurda Alain Mikli Carrera Evoke Oakley Oliver Peoples

Persol Police Ray-Ban Rodenstock Silhouette Vuarnet

Marcas de jeans As calças jeans foram o ponto de partida dessas marcas e várias delas até hoje continuam se destacando por esse atributo. Levi’s Miss Sixty 7 for all mankind

Carmim Diesel Fiorucci Guess

Marcas de consumo São coleções de óculos batizadas com nomes que não se referem a nenhuma marca de outro segmento. Podem ter valor agregado médio, por conta de investimento em tecnologia ou criatividade, ou baixo, já que militam na seara da simplicidade. Arnette Atitude Bulget Guttier Hugo Carraro Iron Jean Monnier Lievissimo Linea Roma

New Day Platini Spellbound Stepper Stepper's Sting Swissflex Vogue X-One

Marcas de consumo de celebridades São aquelas chanceladas por pessoas famosas. Ana Hickmann 26

Fashion & Acessórios

julho:2013

Catherine Deneuve

Leticia Birkheuer

Reebok Smith Speedo Wilson


O estilo de grifes e marcas

www.revistaview.com.br

Alain Mikli AZ Boss Burberry Carmim Carrera Cavalera cK Calvin Klein Detroit Dior Dior Homme Emporio Armani Ermenegildo Zegna Escada Gant

Montblanc Persol Porsche Raffaele Ralph Lauren Rodenstock Spellbound Tag Heuer Tod's Tumi Victor Hugo Vuarnet

Dunhill Ferrati Lievissimo Raff Silhouette Stepper Stepper Sun

Sexy Bulgari Chloé Chopard Diane Von Furstenberg Diesel Dolce & Gabbana DSquared² Emilio Pucci Fendi Fiorucci Forum Gucci Guess by

Marciano Jimmy Choo Juicy Couture Lanvin Roberto Cavalli Stella McCartney Swarovski Thierry Mugler Tiffany & Co. Tom Ford Versace Via Lorran Vogue

Esportivo ou natural

Elegante Ana Hickmann Azzaro Bottega Veneta Bulget Calvin Klein Cartier Catherine Deneuve CH Carolina Herrera Chanel DKNY Fiero Giorgio Armani Givenchy Marie Claire Max Mara Mercedes-Benz

Moderno ou urbano

Tradicional

A classificação de grifes e marcas por estilo é mais uma ferramenta que agrega na hora de identificar aquela cliente cujo perfil gera dúvidas. Até porque cada pessoa carrega consigo dois ou três estilos, mas vale lembrar que um deles sempre predomina. O mesmo vale para uma grife, que, ao mesmo tempo, pode ser moderna e criativa; outra, por sua vez, elegante e sexy. Baseada no trabalho de estilos da personal stylist Titta Aguiar, a editora Andrea Tavares analisou grifes e marcas pelas suas características predominantes e associou-as aos estilos. Assim, fica mais fácil reconhecer o cliente e oferecer os óculos adequados a seu perfil. Entre os critérios de avaliação, foram considerados coleção de óculos, roupas e demais acessórios, campanhas publicitárias, estilista e trajetória da grife ou da marca.

Guess Hugo Carraro Jil Sander Just Cavalli Karl Lagerfeld Lacoste Linea Roma Marc by Marc Jacobs Marius Morel 1880 Max&Co. Michael Kors New Day Oliver Peoples Paul Smith Penguin

Arnette Ceo-V Converse Guga Kuerten Harley-Davidson HB Hot Buttered Iron Lacoste Lightec Mormaii Nike Oakley Oxydo Polo Ralph Lauren Prada Linea Rossa Prodesign Quiksilver Roxy Secret Speedo Swissflex Timberland Tommy Hilfiger Wilson

Police Prada Ray-Ban Saint Laurent Salvatore Ferragamo 7 for All Mankind Stepper Eclectic Stepper Fusion T-Charge Union Pacific United Colors of Benetton Valentino Victor Hugo

Criativo Absurda Alexander McQueen Atitude Balenciaga Coca-Cola Colcci Etnia Barcelona Evoke Marc Jacobs Mikli Miu Miu Ray-Ban Vista Sting Thierry Lasry X-One

julho:2013 Fashion & Acessórios

27


Óculos Arkótica 21 2227 2218 arkotica@arkotica.com.br

publisher Flavio Mendes Bitelman flaviobitelman@revistaview.com.br

Brazilian Lab 11 3034 3690 atendimento@evoke.com.br

Brevil Design

editora

19 3772 8588 vendas@brevil.com.br

Andrea Tavares (MTb. 16.030) andreatavares@revistaview.com.br

diretora de arte

Biz

Débora Nascimento deboranascimento@revistaview.com.br

11 5571 4447 biz@bizbrasil.com.br

gerentes de marketing e comercial

Ceto 19 3255 4575 cetoraffaele@terra.com.br

Fernanda Ferret fernandaferret@revistaview.com.br

Montmartre

Clair Mont

0800 126480 vendas@montmartre.com.br

0800 0389002 clairmont@clairmont.com.br

Optical Designs

CMC

0800 2838802 sac@absurda.com

41 3024 0060 atendimento@cmcbrazil.com.br

OptiClass

Fenícia

11 2078 3100 opticlass@opticlass.com.br

11 2361 9409 fenicia@feniciadobrasil.com.br

Pupila

Fiero

21 2287 0531 pupila@pupila.com.br

0800 7742118 sac@fiero.com.br

Quiksilver

secretária de redação Cristiana Brito cristianabrito@revistaview.com.br

gerente administrativa Juliana Vasconcelos administracao@revistaview.com.br

gerente de circulação Judith Belleza judith@brandmember.com.br

projeto do logotipo Kiko Farkas (Máquina Estúdio)

projeto gráfico

GO 0800 8889029 sac@kenerson.com.br

Débora Nascimento

11 3366 9280 assistencia@quiksilver.com.br

projeto editorial

Safilo

computer to plate e impressão

Andrea Tavares Ipsis Gráfica e Editora S.A.

Jaguar

0800 7012097 atendimento@safilo.com.br

circulação

11 4191 7333 jaguar@jaguarprodutosoticos.com.br

Stepper

tiragem

Nacional

JR Adamver

11 3021 1017 info@stepperbrasil.com.br

0800 6422001 sac@mormaiisunglasses.com.br

Suntech Supplies

Lougge

11 4591 8600 sac@hb.com.br

48 3241 4671 contato@lougge.com.br

Luxottica 4003 8225 servicos@br.luxottica.br

Luxx

Fashion & Acessórios é parte integrante da VIEW 132

15 mil exemplares

assinaturas 11 3971 4372 assinaturas@revistaview.com.br As opiniões expressas nos artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. Nenhuma parte desta edição (textos ou imagens) pode ser utilizada ou reproduzida em qualquer meio ou forma, seja mecânico ou eletrônico, fotocópia, gravação etc. e tampouco apropriada ou estocada em sistema de banco de dados sem a autorização prévia e por escrito da Jobson Brasil.

11 3037 8888 sac@luxxbrasil.com.br

A revista VIEW é uma publicação da Jobson Brasil Ltda. para o setor óptico-oftálmico.

Marchon

Rua Cônego Eugênio Leite 920 - Pinheiros São Paulo/SP - 05414-001 Tel. 11 3061 9025 Fax 11 3898 1503 revistaview@revistaview.com.br www.revistaview.com.br

0800 7071516 sao@marchon.com.br

Marcolin 0800 7715557 info@marcolinbr.com.br

Master Glasses 71 3379 8900 sacsudeste@masterglasses.com.br

28

Nara Monteiro naramonteiro@revistaview.com.br

Fashion & Acessórios

julho:2013


EXTRAESCURAS

AS LENTES MAIS ESCURAS DA TRANSITIONS Conheça o último lançamento da linha de lentes adaptáveis de uso diário Transitions. As lentes Transitions® EXTRActive™ foram criadas especialmente para proporcionar o maior nível de escurecimento dentre todas as lentes Transitions. Elas têm uma ativação moderada atrás do para-brisa do carro e, em ambientes internos, uma leve tonalidade para proporcionar maior conforto visual. Ambientes Dentro Sob a luz internos do carro forte do sol

Ajude seu cliente a ver o melhor da vida.

Transitions e o “Swirl” são marcas registradas e Transitions EXTRActive e Transitions Lentes Adaptáveis são marcas da Transitions Optical, Inc.©2013. Transitions Optical, Inc. O desempenho fotossensível é influenciado pela temperatura, pela exposição aos raios UV e pelo material das lentes. Fotos meramente ilustrativas.

Transitions.com.br


Varilux S series®, Varilux S 4D®, Varilux S fit®, Varilux S design® e Varilux S design short® são marcas registradas da Essilor International.

NOVA GAMA DE LENTES VARILUX. EQUILÍBRIO EM MOVIMENTO COM AMPLO CAMPO DE VISÃO.

Até hoje nenhuma lente multifocal havia sido capaz de eliminar o efeito de flutuação sem prejudicar a amplitude dos campos de visão. Varilux S series rompe esta barreira com uma nova concepção em lentes multifocais. As novas tecnologias Nanoptix e SynchronEyes, presentes em toda a linha Varilux S series, proporcionam equilíbrio em movimento com amplos campos de visão. A versão Varilux S 4D valoriza a experiência de compra de óculos pois explora um parâmetro inédito de personalização medido pelo Visioffice: o olho dominante, que aprimora o tempo de resposta visual, proporcionando ao usuário foco imediato. É a visão absoluta que os usuários de lentes multifocais sempre buscaram.

VISÃO ABSOLUTA. SAC 0800 727 2007 | www.varilux.com.br

Profile for Revista VIEW

VIEW 132  

Grau em foco no Fashion & Acessórios.

VIEW 132  

Grau em foco no Fashion & Acessórios.

Advertisement