Issuu on Google+

Ano 02 Nº 02| Fevereiro de 2011

VCLive A revista eletrônica da capital

www.twitter.com/vidacandanga

A banda passou por Brasília e mostrou porque é tão querida

Ron Bumblefoot Entrevista exclusiva com um dos mais geniais músicos do planeta

Backstreet Boys

A turnê “This is us”passou pela capital em uma histórica apresentação


VCLive A revista eletrônica da capital vidacandanga@gmail.com

Editor Chefe Wesley Mcallister Editora Assistente Márcia Prado Edição de Arte e Design Diego Sena Reportagem Augusto Aquino Diego Sena Wesley Mcallister Fotografia Adriano Lopes Augusto Aquino Bruno Lima EuQueriaSer Pingu Wesley Mcallister Parceiros Cuca Nova UNIEURO Selo Designer

VC Live Edição Fevereiro de 2011 Ano 02 Nº 02 Capa: Bumblefoot

www.vidacandanga.com

SUMÁRIO

Fev 2011 08 MIRA DO FOTÓGRAFO Olha quem o VCLive encontrou po aí

10

10 NIHIL

De Belo Horizonte para o mundo

14 WE ARE PARAMORE

Em sua primeira apresentação em Brasília a banda mostrou porque é tão querida

16 BACKSTREET BOYS

14

“This is us” Turnê passa por Brasília e realiza sonhos de milhares de fãs

16 Paramore

Pela primeira vez a banda irá se apresentar em Brasília

18 MUITO ALÉM DOS GUNS N’ ROSES

16

Entrevista exclusiva com um dos mais geniais instrumentistas do mundo

18


www.twitter.com/vidacandanga


vidacandanga.com NO SITE DO VIDA CANDANGA VOCÊ FICA SABENDO TUDO O QUE ACONTECE NA ÁREA CULTURAL, PARTICIPA DE ENQUETES E AINDA CONCORRE A PRÊMIOS, ACESSE AGORA! www.vidacandanga.com

Em Brasília

o evento ocorre entre os dias 10 a 13 de Março

Vai começar um dos maiores eventos do rock nacional, o Grito Rock 2011. Ano passado o evento contou com mais de 80 cidades participantes em todo o Brasil e América Latina. Esse ano a organização espera contar com mais cidades envolvidas e em Brasília, os organizadores já estão trabalhando para que o evento atenda as expectativas como no ano anterior.

ENQUETE Melhores de 2010

FESTAS E EVENTOS Boletins semanais

A primeira disputa dos melhores artistas do ano começou no Vida Candanga.

Os melhores eventos, shows, peças de teatro e festas, tudo em um só lugar.

06 VCLive | Fevereiro 2011

Com 35 anos de estrada, o Motörhead se tornou um dos grupos mais emblemáticos do Heavy Metal Mundial. O prazer da banda britânica em tocar no Brasil foi a declaração na canção “Going to Brasil” do álbum 1916, lançado em 1991. Dois anos depois da sua última turnê no Brasil, o grupo volta para o lançamento do seu novo álbum “The world is yours”. Pela primeira vez, o grupo vai se apresentar em Brasília e a data escolhida foi o dia 22 de abril no ginásio Nilson Nelson, as vendas foram abertas ao público no dia 29 de dezembro.

O SITE VIDA CANDANGA NO SEU CELULAR *Você acessa o conteúdo do site jovem que mais cresce no DF há qualquer hora do dia ou da noite e onde quer que você esteja, ficará sempre muito bem informado do que rola na cidade, além de participar das promoções e vídeos exclusivos. *Se você perdeu as edições anteriores acesse nosso site e clique na opção revista para visualizar todas as edições.

MAIS VIDA CANDANGA NA REDE

Twitter twitter.com/vidacandanga Facebook facebook.com/vidacandanga


Olha quem o

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Nathália Millen entrevista Lucas da banda Fresno

VCLive

encontrou por aí

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Banda Hori

FÃS

da Banda Etna ENCONTRO DIA DO BMX

Banda Etna e Ronan Meireles

Wolfgange em um dia de treino

08 VCLive | Fevereiro 2011

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Wesley Mcallister e Fernanda Takai do Pato Fu

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Bacalhau da banda Autoramas e Adriano Lopes


ESTRÉIA DA JULIANE

em um bate-papo bem bacana com a banda Ella

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Banda Mombojó mandando recado pra galera

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Autoramas após entrevista para o Vida Candanga

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Juliane Coimbra e a banda Os Filhos da Judith

FAKE NUMBER

Pinguim depois de mais um show

GALERA

Pingu e guitarrista da banda Julies

FAKE NUMBER

Guitarrista Gabriel

TRABALHANDO

Bruno Lima fazendo uma passagem ENTREVISTA

André Matos e Banda na coletiva de imprensa

ENTREVISTA

Pedrinho da Banda Trampa

Fevereiro 2011| VC Live 09


Foto: Divulgação

NIHIL

Um quarteto de Belo Horizonte para o mundo

Por: Wesley Mcallister

Foto: Divulgação

Criada em Belo Horizonte (MG) em meados de 2002, a banda Nihil vem ganhando destaque nacionalmente nos últimos anos e suas músicas que podem ser visualizadas no site de música Myspace.com tem mais de 600.000 plays, com destaque na música “Pra Longe” que já alcançou a marca de 77.229 plays no site. A banda possui também um canal no site de vídeos mais famoso da internet, o YouTube, lá seu vídeo mais famoso, o videoclipe da música “Blefe”, já ultrapassou a marca de 25.980 exibições. Apesar do início em 2002, a formação atual só foi composta em 2008 com Veronez (voz/guitarra), Messias

Este ano o evento acontece em 130 cidades

10 VCLive | Fevereiro 2011

(baixo), Alexandre (bateria) e Davidson (guitarra/voz). Depois de se firmar como banda reconhecida em Minas Gerais, o grupo se mudou para São Paulo para residir definitivamente. A escolha por São Paulo se deu pelo fato de que a cidade é uma das principais capitais do rock nacional. As letras das músicas são marcantes, os riffs e as harmonias inconfundíveis, que variam entre a sutileza do pop e as pegadas marcantes do rock que são as características principais do som feito pelo quarteto, juntamente com a performance em palco que é difícil de definir em poucas palavras, mas uma coisa é certa, ao vivo, a banda consegue ser algo contagiante e hipnótico em sua

apresentação. Várias cidades brasileiras foram presenteadas com a apresentação do grupo e entre elas Brasília, que já tem um público fiel que segue a banda. O show de Brasília no ano passado foi recheado de emoção e carisma e humildade que poucas bandas brasileiras conseguem ter. Fãs sentiam-se parte do NIHIL e a atenção que a banda dava à eles era algo ímpar e exemplo para muitas outras bandas que se aventuram no mundo da música. No dia seguinte a banda pôde ainda conhecer um pouco mais da capital em um passeio promovido pela NaFaixa produtora e pelo site Vida Candanga. O NIHIL traz em sua bagagem dois vídeoclipes lançados: “Nova Velha História – (2008)” e “Blefe (2009)”, o cd online disponibilizado no Myspace oficial da banda em breve carregará o selo da Urubuz Records. E como se não bastasse tudo o que já foi contado, a banda ainda conquistou em 2009 o PMMI (Prêmio Mineiro da Música Independente) na categoria “Melhor banda de Hardcore”. Atualmente a banda está finalizando músicas inéditas para o lançamento do seu album físico entitulado “NIHIL” que deve sair até o meio do ano. A Tour 2011 começou no mês de fevereiro pelo sul do Brasil e seguindo depois para São Paulo, já Brasília, a previsão de show é em Maio. Outra novidade da banda é a Turnê pela América do Sul, inédita para banda, que deve começar em novembro.

O Grito de Taguatinga Por Wesley Mcallister

O Grito Rock é um festival realizado em rede, executado concomitantemente em diversas cidades da América Latina durante o período de festas relacionadas ao Carnaval brasileiro, e se apresenta como uma opção complementar aos tradicionais festejos carnavalescos. No ano passado mais de 80 cidades do Brasil e América Latina participaram do maior evento em rede para o público do rock e esse ano o número de cidades aumentou significativamen-

te, pois serão mais de 130 no Brasil e exterior. Em 2010, em Taguatinga-DF, foram dois dias de festival que reuniram e promoveram intercâmbio com diversas cidades e bandas, entre elas Zeferina Bomba da Paraíba e Delinquentes do Pará. Este ano o Coletivo Cultcha, organizador do evento na cidade, deve trazer algumas novidades, que por enquanto estão sendo mantidas em segredo.


Janeiro 2011| VC Live 11


Foto: Divulgação

MELHORES DO ANO

Shakira

O VIDA CANDANGA VAI APRESENTAR OS FAVORITOS DE BRASÍLIA

Cantora faz primeira apresentação na capital

“CAMILA”

Gravado parte em Nova York e parte em Brasília, “Camila” é um dos que concorrem à melhor videoclipe do ano de 2010.

“LAYERS OF DAYS”

O único que concorre com letra inteiramente em inglês. O destaque do vídeo é a voz do vocalista, indescritível!

“RECOMEÇO”

A melodia e o roteiro são os destaques do vídeo que ainda coloca em cena excelentes músicos.

PRODUTORA

Sublime with Rome

A produtora Web Rockers divulgou a nova agenda da banda americana Sublime with Rome famosa pelos hits “Santeria” e “Wrong way”, dentre as cidades que receberão a banda, estão, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, fortaleza e São Paulo. Em Brasília o show deve ocorrer na Prainha da ASBAC no dia 15 de maio. Os locais de vendas de ingressos e quando eles serão vendidos, ainda é um mistério, mas devem ser anunciados O show será na ASBAC nos próximos dias. no dia 15 de maio A banda é formada pelos remanescentes da primeira formação, Eric Wilson e Bud Gaugh, somados ao vocalista e guitarrista Rome Ramirez. Eles se reuniram em 2009.

“DECK”

“CUCA NOVA”

uma das que mais se destacou em 2010, realizou alguns dos melhores shows do ano.

“MOSH”

Uma das produtoras que mais valoriza o artista local, porém pecou em organização na maioria dos eventos. A votação passou por um júri técnico que avaliou diferentes aspectos de cada categoria para depois disponibilizar a enquete para votação popular.

12 VCLive | Fevereiro 2011

Brian Littrell em jantar com a família

Backstreet Boys

Fã do Backstreet Boys fotografou Brian Littrell em jantar com a família em Recife. O Show que marca a primeira passagem do Backstreet Boys por Brasília será realizado amanhã (20), e os fãs que esperavam por isso há cerca de 15 anos, mau conseguem contar os minutos para que o grande momento chegue. A Banda já não é mais a mesma, os meninos cresceram, tiveram problemas com um dos integrantes, AJ McLean, por conta do uso de drogas no ano passado, algo que segundo o próprio AJ, em entrevista à revista PEOPLE, já está superado. Além disso, a banda conta agora com não mais cinco integrantes como inicialmente, pois Kevin Richardson optou por sair do grupo para se dedicar à família, mas nada disso impediu que a banda seguisse fazendo a alegria de seus fãs mundo afora. Foto: Divulgação

A Produtora ganhou espaço após realizar shows bons e com uma boa organização.

Foto: Divulgação

VIDEO

A cantora colombiana Shakira confirmou as datas e locais de sua turnê pelo Brasil. Ela vai fazer três shows no país em março: Porto Alegre (15/03, Estacionamento da Fiergs), Brasília (17/03, Estacionamento do Estádio Mané Garrincha) e São Paulo (19/03, Estádio do Morumbi). Ela é a principal atração do Pop Music Festival, evento que ainda terá a banda americana Train, o cantor jamaicano Ziggy Marley, o DJ britânico Fatboy Slim e o grupo brasileiro Chimarruts.


Foto: Divulgação

Fãs pedem Guns N’ Roses no Rock In Rio 2011

MELHORES DO ANO

Os fãs da banda norte-americana Guns N’ Roses não satisfeitos com O VIDA CANDANGA VAI a quantidade de shows realizados APRESENTAR OS FAVORITOS pela banda no Brasil ano passado, DE BRASÍLIA resolveram fazer uma campanha denominada de “We Want GN’R in RIR 2011” para o possível retorno no Rock N Rio 2011. A campanha ganha força a cada Integrantes agradeceram dia e até mesmo os músicos da banao carinho dos fãs da falaram sobre esse manifesto; O guitarrista da banda “Bumblefoot” comentou através do facebook que os outros integrantes já haviam assistido ao vídeo da campanha que foi lançado, que mostra fãs pedindo o retorno da banda, já o tecladista Chris Pitman postou através do twitter VOCAL da sua esposa que é brasileira, que os fãs brasileiros são os melhores do “RAFAEL LAMIN” O músico já se apresentou mundo e espera revê-los em breve! em diversos festivais e sua O vídeo da campanha já soma 11.507 visualizações mostrando cada vez música remete ao bom e velho mais a importância da banda para seus fãs brasileiros. Quer saber mais Rock in Roll. sobre a campanha?!Acesse: www.vidacandanga.com “JUNINHO AIRES”

Foto: Divulgação

Dulce Maria

A cantora e atriz Dulce Maria, ExRBD (Rebeldes), de 25 anos confirmou na página de seu microblogoficial, twitter, que fará 6 shows no Brasil ainda neste primeiro semestre. Dulce María Espinosa Saviñón (Cidade do México, 6 de Dezembro de 1985) é uma atriz, cantora e compositora mexicana, que fez diversos trabalhos na TV e no Cinema, além de ter participado de diversos grupos musicais, sendo um dos mais importante, o grupo RBD. Após o fim deste grupo, Dulce Maria disse estar em 2008, Dulce assinou contrato com ansiosa pelos shows a gravadora Universal Music, pela qual lançou seu álbum solo de estréia, Extranjera. Campanhas Publicitárias Dulce fez diversos comerciais, tanto sozinha quanto com o RBD, entre eles estão os anúncios para Always, Danoninho, Giraffas, Kinder Bueno, Leche Nido (Leite Ninho) e Vick Vaporub. Na sua adolescência, fez propagandas contra o uso de drogas e contra maus tratos infantis. Junto ao RBD, o principal anunciante era a Pepsi. Atualmente, mantém extensos e importantes contratos com a Cklass, empresa que vende roupas e calçados, e com a Garnier, muito conhecidas no México.

Com voz firme e marcante, juninho é o líder da banda Recliva.

“ALLAN LIMA”

Voz suave, mas com tom de agressividade em alguns momentos, uma voz marcante.

SHOW “FORFUN”

Show que ocorreu em 23 de janeiro do ano passado, realizado pelo Kdu Peixoto.

“FRESNO”

O Marina Hall foi o cenário do evento realizado pela “Comunica” em 22 de maio de 2010. Com abertura feita pela banda Outono 09.

“GLORIA”

Show realizado pela “Cuca Nova” no dia 14 de agosto de 2010, que contou ainda com as apresentações das bandas Hellena, ADI e Vowe. A votação passou por um júri técnico que avaliou diferentes aspectos de cada categoria para depois disponibilizar a enquete para votação popular. Fevereiro 2011| VC Live 13


Paramore Por: Wesley Mcallister

Em sua primeira apresentação em Brasília, o Paramore mostrou porque é tão querida entre os jovens da capital

Foto: Wesley Mcallister

Finalmente a tão esperada turnê “Brand New Eyes” da banda americana Paramore começou e a primeira cidade da América do Sul que o grupo passou foi Brasí- lia. Com um público estimado de 5 mil pessoas formado, na maioria, por adolescentes. O ginásio Nil-

14 VCLive | Fevereiro 2011

son Nelson foi o palco para o show que durou menos de duas horas, deixando os fãs felizes por verem os ídolos, mas tristes por esperarem um show maior. Com mais de duas horas para o início do show as filas se espalhavam pelo ginásio e pessoas de várias regiões do Brasil vieram ver o Paramore como foi o caso de Thomaz Tobias que saiu do Maranhão para ver o show em Brasília, segundo o garoto de 16 anos, teve que vender os jogos de video game, fazer rifa e contar com o apoio dos amigos para poder con- seguir levantar o dinheiro necessário para sair de sua cidade e vir à Brasí- lia realizar seu sonho de ver de perto Hayley Williams (vo- cal e teclado), Taylor York (guitarra) e Jeremy Da- vis (baixo). “ F i q u e i um pouco decepcio- nado por que a banda não parou para f a l a r com fãs no aeropor- to”, contou o fã. Tho- maz chegou ao aeroporto às sete horas da manhã e, para seu consolo, conseguiu fa- zer em primeira mão uma das primeiras ima- gens da banda na capital federal. Bastou a banda entrar em palco ao som de “Ignorance” para que os fãs fossem ao delírio e os brasilienses tiveram a oportunidade de ver porque a banda é tão famosa mundialmen-

te. Com músicos de uma competência “afiada” e uma presença de palco incrível, o Paramore fez o Ginásio Nilson Nelson vibrar e arrepiar os fãs com músicas como “Crush crush crush”, “Decode”, trilha do filme Crepúsculo, “Pressure”, “PlayGod”, “Careful” . Porém foi a “Only Exception” que fez o ginásio cantar em coro, todos com celulares e cameras digitais ligadas, no que mais parecia um céu estrelado que se movimentava de lá pra cá e de cá pra lá. Hayley se mostrou ímpar no carisma e interação com o público em cima do palco. E isso ficou claro quando em sua última música, “Misery Business”, ela chamou uma fã que cantou parte da música com ela no palco. Os fãs reclamaram apenas pelo fato de o show ter durado menos de duas horas. “Achei que eles fossem cantar mais músicas”, comentou o fã Lip Lima. Outono na abertura O mistério sobre qual banda tocaria na abertura do Paramore, só foi divulgado na segunda-feira e para surpresa da banda Outono 09, eles foram os escolhidos. De acordo com assessora de imprensa Kátia Turra, a escolha da banda foi feita pelos meninos do Paramore.

Foto: Wesley Mcallister

We are


Foto: Wesley Mcallister

Por: Wesley Mcallister

A banda sucesso dos anos 90 fez show histórico em Brasília no mês de fevereiro Após abrirem sua turnê, “This is Us” em Recife, os Backstreet Boys passaram por Brasília e se apresentaram como parte da programação de 5 shows no Brasil que ainda passará por Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

“Can I see you baby!”

Os eternos garotos entraram no palco ao som de “Everybody”, um dos mais famosos Hits da banda, inspirado em “Thriller”, de Michael Jackson. O visual usado no show para a primeira música foi bem parecido com o do especial que a banda fez para a ABC junto com o New Kids On The Block, calças e paletós e Nick Carter com colete. Algo inesperado aconteceu quando AJ puxou o coro e a plateia can-

16 VCLive | Fevereiro 2011

Foto: Wesley Mcallister

Nick Carter

Eram 20h do dia 20 de fevereiro e uma quantidade incontável de fãs aguardavam para ver uma das bandas de maior sucesso nos anos 90, o Backstreet Boys. AJ, Brian, Howie D e Nick entraram no palco depois que o filho de Brian os anunciou.

Fãs tiveram sonho realizado

tou “Happy Birthday” para Brian. Pois, Baylee e a mãe, LeighAnne Wallace, levaram um bolo de aniversário no palco para o cantor, que agradeceu ao carinho dos fãs.

“Is Incredible to us stay here tonight!”

Brian Littrell

“É claro que eu não ia deixar de comparecer, afinal eu sempre fui fã deles desde o primeiro CD”, disse


Foto: Wesley Mcallister

Fãs homenagiaram ídolos no aniversário de Brian Littrell

Karina Belo, atendente de uma central de atendimento. A jovem contou que viveu sua infância ao som dos Backstreet Boys e que aquele era o momento da realização de um sonho antigo. “Meus amigos de trabalho riram quando eu disse que ia ao show, mas não liguei para o que eles diziam”, continuou a fã. O show não teve mais que 1h40 de duração, mas foi o suficiente para que os meninos trocassem de roupa por pelo menos 5 vezes e essas variavam entre moletons e agasalhos, calças jeans e um visual mais futurista como foi no momento em que começou a música “Larger Than Life” que os meninos vieram vestidos como cyborgs, visual que lembrava filmes como “O Exterminador do Futuro”.

“We love you!”

Aj McLean

“You will always be in our memories” Os quatros se revezaram no palco, dançando, cantando e sendo acompanhados por um

Howie D

Foto: Wesley Mcallister

Os rapazes se sentiam super à vontade com o público brasiliense, Nick brincou com um ursinho de pelúcia que uma fã jogou pra ele, Brian, o aniversariante, fez caretas

para as câmeras fotográficas, Howie D distribuía sorrisos e AJ, o nome mais gritado na noite, demonstrouse como o mais simpático do grupo, pois o tempo todo descia do palco para tocar seus fãs e sentí-los mais próximos.

DJ que tocava teclado, bateria e percussão. Eles arriscaram algumas palavras em português como “linda” e “obrigado”, mas a platéia enlouqueceu quando eles inseriram “Brasil” na letra de “I Want it That Way”. Os Backstreet Boys se apresentam ainda em Belo Horizonte (Chevrolet Hall, dia 23), no Rio de Janeiro (Citibank Hall, 25) e encerram a temporada brasileira em São Paulo (Credicard Hall, 26). Em junho, os Backstreet Boys est reiam a turnê “NKOTBSB”, uma parceria com o New Kids On The Block, boyband que fez sucesso nos anos 1980. Pra quem não viu, está no YouTube, um vídeo feito pela ABC em que as duas bandas mostram uma prévia de o que será a nova turnê. Para ver o vídeo com os melhores momentos do show acesse: www.vidacandanga.com

Fevereiro 2011| VC Live 17


Muito alem dos Guns n' roses Por Diego Sena O Vida Candanga entrevistou com exclusividade Ron “Bumblefoot” Thal, guitarrista de uma das bandas mais famosas e influentes da história do rock in roll e vocês conferem agora.

Foto: Divulgação

VC: Conte-nos um pouco da sua carreira como músico. BUMBLEFOOT: Eu normalmente começo do começo, mas dessa vez eu vou começar do agora e vou contar até o começo. Eu tenho meu próprio estúdio de música, é uma casa so para fazer música, eu não moro lá. Ultimamente eu tenho passado bastante tempo lá trabalhando em carreira solo. Esse ano estarei lançando canções de tempos em tempos, tanto covers como originais, a primeira já foi lançada em Janeiro, um cover do hit Old Motown, dos Tops Bernadette. Confira no site http:// www.bumblefoot.com/press/20110118_-_Bernadette/20110118_-_Bernadette.htm). Nos últimos dois anos foram gastos em ensaios e turnês com GNR, e durante isso eu estava compondo, produzindo e tocando com outros artistas convidados. Em 2008 eu lancei “Anormal”, do álbum acústico “Barefoot”, junto com “Chinese Democracy”. Em 2006 e 2007 estava de turnê com os 18 VCLive | Fevereiro 2011


do eu sei que vamos ter uma pausa com as viagens, eu posso passar nove meses me dedicando e ganhando forças para fazer um álbum. É por isso que esse ano eu vou lançar as músicas de tempos em tempos, com a tecnologia é mais fácil fazer a música chegar até vocês, até o público. Eu prefiro me focar em uma música de cada vez e fazer com que ela chegue ao público

VC: Quais são as bandas e músicos que mais te influenciam? BUMBLEFOOT: Eu comecei a tocar guitarra quando eu tinha uns 6, 7 anos, a banda “Kiss” era a minha inspiração. Eles inspiraram muitas crianças nos anos 70 que hoje fazem parte de bandas conhecidas. Beatles sempre foram os meus preferidos. Eu amo as músicas das décadas de 60 e 70, punk, rock clássico, funk. Mas eu sou mesmo um antigo metaleiro.

VC: Como é a experiência de tocar com outras bandas, em especial a AXL? BUMBLEFOOT: Normal, como qualquer outra banda.

VC: O que você está ouvindo agora? Tem alguma novidade para apresentar? BUMBLEFOOT: A banda nova mais interessante que eu tenho escutado ultimamente é de um ex-aluno de guitarra que eu tive, a banda se chama Thank You Scientist (www.thankyouscientist. net). Eles gravaram um EP de cinco músicas e eu fiz a masterização para eles e me encantei. Não sei como descrevelos, é uma espécie de Dave Matthews com Dream Theater. Eles são incríveis. VC: O que mudou na sua vida depois que entrou para o GNR? BUMBLEFOOT: Não foi muita coisa, a maior mudança foi que eu tenho que fazer malabarismo com o tempo, é difícil encontrar tempo para fazer tudo o que quero ou preciso, mas não é culpa da GNR, é culpa das turnês, estamos na estrada o tempo inteiro e não dá para fazer muito mais coisa. VC: Mesmo com os GNR você ainda arranja tempo para a sua carreira solo? BUMBLEFOOT: É bem difícil, quan-

VC: Como é a parceria entre os membros da GNR? BUMBLEFOOT: Me dou bem com todos

VC: GNR está um pouco parada, você tem projetos para esse ano? BUMBLEFOOT: Eu não posso fazer planos a longo prazo ou me comprometer com muita coisa, tudo vai depender de quando vamos estar na estrada ou não. Então por enquanto o único plano que eu tenho é fazer mais músicas. Estou fazendo de um jeito diferente, não é simplesmente um MP3 por mês, e sim arquivos de alta qualidade WAV, MP3(320), M4A, MP3 HD, FLAC. Tem também a mistura instrumental da música. Existe o “Player Pack” para guitarristas que tem uma transcrição do som da guitarra para a música inteira junto com a WAV e MP3 da música de fundo. É a mistura sem a guitarra, para que você possa tocar junto. E como eu sou um geek de estúdio estou fazendo um “Produtor Pack” para cada música, e a mistura resulta em uma gravação de arquivo em WAVs em um software “multi track”, é possível fazer suas próprias mixagens, edições ou simplesmente ouvir a música e descobrir como foi feita. VC: Em seus vídeos você passa a sensação de que gosta de cantar, você realmente gosta? BUMBLEFOOT: Eu sempre cantei, faz parte de ser um compositor, e eu sempre escrevi músicas. Eu comecei a escrever canções antes de começar a tocar guitarra. As idéias e inspirações

Foto: Divulgação

Guns´ N Roses, oficialmente eu entrei na banda em Maio de 2006. Antes disso eu passei 10 anos lançando meus próprios álbuns, fiz turnê na Europa, produzi um monte de bandas, escrevi músicas para programas de televisão, dei aulas de guitarras e produção musical na faculdade de Nova York. Em meados dos anos 90 a Shrapnel Records me contratou, eu estava lançando música desde 91. Eu dei muita aula de guitarra e queria construir uma guitarra para mim, eu sempre fui uma pessoa do estilo “faça você mesmo”, ser autosuficiente me permite mais liberdade.

Bumblefoot também está no Vida Candanga

estavam ali, eu só precisava de um jeito de compartilhá-las. Eu fui cantor da minha banda desde os anos 80. Para mim é questão de música, não de guitarra. Eu nem gosto tanto de tocar guitarra, a não ser que seja para fazer uma canção. VC: Das suas músicas, qual você mais gosta? BUMBLEFOOT: Dos álbuns dos Bumblefoots eu gosto de qualquer coisa de “Normal” e do “Anormal”. E as versões acústicas de Barefoot, qualquer canção desses álbuns. VC: Faz parte dos seus planos uma turnê com músicas solo? BUMBLEFOOT: Gostaria de fazer cair na estrada com os Bumblefoots de novo, se eu conhecesse a minha agenda eu faria, mas a turnê com os GNR é uma prioridade. Minha última turnê solo foi em novembro de 2005. Estava planejada as turnês de 2006 e 2007 mas tiveram que ser canceladas porque as datas entraram em conflito com a turnê do GNR VC: O que você achou do Brasil? Das pessoas? De quando tocou aqui ou em qualquer outro lugar? Tem planos de vim para cá? BUMBLEFOOT: Eu tenho saudade do Brasil! Faz quase um ano desde a minha última visita, foi muito intenso. Os brasileiros são ótimos, fiz muitos amigos. Amei a comida também, principalmente o pão de queijo. Recentemente eu passei um dia em Nova Iorque com amigos brasileiros, nós comemos feijoada e bebemos, me trouxe lembranças maravilhosas. Não sei quando vou poder fazer uma visita novamente, mas ficarei feliz quando fizer. Fevereiro 2011| VC Live 19


More than the Guns n’ roses Por Diego Sena The Vida Candanga exclusively interviewed Ron “Bumblefoot” Thal, a guitarist from the band’s most famous and influential in the history of rock and roll and you can see now.

Foto: Divulgação

VC: Tell us a little about his career as a musician? BUMBLEFOOT: I usually start from the beginning, but this time I’ll start with ‘now’ and work backwards to the beginning, haha. I have my own studio, it’s a house just for making music, I don’t live there. I’ve been spending a lot of my time there lately, working on solo music. This year I’ll be releasing songs one-at-a-time, cover songs and original songs the first of these songs released was in January, a cover of the old Motown hit by the Four Tops “Bernadette” ( http://tinyurl.com/NewBumblefootSong ) The last two years were spent rehearsing and touring with GNR, in-between I was doing songwriting, producing, and guest playing with other artists. In 2008 I released the Bumblefoot “Abnormal” album and acoustic “Barefoot” ep, along with Chinese Democracy that year. I toured throughout ‘06 and ‘07 with GNR, officially joining the band in May ‘06. Before that I spent 10 years rele20 VCLive | Fevereiro 2011


VC: And how is this partnership with other musicians of GNR? BUMBLEFOOT: All is well with everyone :)

VC: What are your main influences from bands and musicians? BUMBLEFOOT: I started playing guitar when I was around 6 or 7, and it was the band KISS that inspired me. They inspired a lot of kids in the 70s that went on to be in bands you know today. Beatles have always been a favorite... I love old 60s/70s music, punk & classic rock, prog, funk, but I’m mostly an oldschool metalhead.

VC: GNR leaving a little aside, you have a project for this year? BUMBLEFOOT: I can’t make any long-term plans or commitments, it all depends on whether I’ll be on the road or not. So for now, the only definite plan I have is to release more songs. I’m doing it in a different way, it’s not just ‘an MP3 a month’, it’s hi-res files, WAV, MP3 (320), m4a, MP3 HD, FLAC, also making the instrumental mix of the song available, music only. Then there’s a ‘Player Pack’ for guitarists that has a transcription of the lead guitar for the whole song along with a WAV and MP3 of the ‘Backing Track’ - the mix without lead guitar, so you can play along. And for studio geeks like me, haha, I’m making a ‘Producer Pack’ for each song, it’s the mixed stems of the recording, a WAV of drums, of bass, rhythm guitar, lead guitar, vocals, backing vocals - you can put the WAVs into your multi-track software and make your own mixes, edits, or just hear each track by itself and see how the song was made.

VC: What are you listening to right now? Something new to present? BUMBLEFOOT: The most interesting new band I’ve heard lately is one from an old guitar student of mine, a band called Thank You Scientist ( www. thankyouscientist.net ) They recorded a 5-song ep, I did the mastering for it, and was blown away. Not sure how to describe them - Dave Matthews meets Dream Theater? They’re an amazing band. VC: What changed for you after its entry into the Guns N Roses? BUMBLEFOOT: Not much, only challenge is juggling *time* - it’s harder to find time to do everything I want to, or used to, but that’s not about GNR, that’s about touring, being on the road and not being available for much else. VC: Even with the GNR still manages time to record his solo album? BUMBLEFOOT: It’s a lot tougher, unless I know for sure that we’re taking a long break from the road, then I can spend 9 months in the studio, gathering momentum, dedicating myself to a full album. That’s why I’m doing it a songat-a-time this year - the technology exists to make it easy to get the music to you all, and I can focus on each song and get them to your ears more quickly.

Foto: Divulgação

asing my own albums, touring Europe, producing a ton of bands, writing music for TV shows, teaching guitar and teaching music production at a College in New York. In the mid-90s I was signed to Shrapnel Records and was releasing music since ‘91. I did a lot of guitar teaching, would build my own guitars, was always a D.I.Y. kind of person, being self-sufficient allows you more freedom.

VC: How do you assess the experience of playing with other musicians in particular Axl? BUMBLEFOOT: It’s normal, like any band.

VC: Whenever I see your videos I have a feeling that you also enjoys singing, is not it? BUMBLEFOOT: I’ve always sang, it’s part of being a songwriter, and I’ve always written songs. I started writing songs before I was playing guitar, the ideas and the inspiration were there, I just needed a way to share them. I’ve been the singer in my own band since the mid-80s. For me it’s about the songs, not the guitar - I don’t enjoy playing guitar as much, unless I’m playing a song. VC: Of its work which song you like best?

Bumblefoot is also in Vida Candanga

BUMBLEFOOT: From Bumblefoot albums, I like everything off the ‘Normal’ and ‘Abnormal’ albums. And the acoustic versions on ‘Barefoot’. Any of the songs from those albums... VC: Do not want to tour with his solo work? BUMBLEFOOT: I would start doing Bumblefoot tours again if I knew my schedule would be clear, but GNR touring has to take priority. The last solo tour I did was November 2005. I had a tour planned in ‘06 but canceled when it conflicted with GNR’s schedule. Same in ‘07. VC: What did you think of Brazil, the people, when he played here from somewhere like in particular? When you return to Brazil? BUMBLEFOOT: I miss Brazil!! Been almost a year... what an *intense* time we had there!! The people were great, made a lot of friends - and the food...! The ‘cheesy bread’, aaahhh! I just spent a day in NYC with Brazilian friends eating feijoada, drinking, it brought back wonderful memories :) Don’t know when I’ll get to come visit again, but know I’ll be happy when I do! VC: To finalize I would like to leave a message to all those who are reading this interview. BUMBLEFOOT: Thank you all for taking time to read this, thank you Diego and Vida Candanga for the interview! Hope to see you all! Until then, I’ll keep you posted with info and updates at www.facebook.com/bumblefoot , www.twitter.com/bumblefoot and at my site www.bumblefoot.com - obrigado!! Fevereiro 2011| VC Live 21


II festival Setebelos

MELHORES DO ANO

Quer saber o que aconteceu quando o Lobo mau Comeu a Vovozinha? Ou o segredo para mandar bem em relacionamentos, trabalho, baladas? Quer experimentar o “Terrir” junto com Drácula e fantasmas e som surrond 3D? Afim de uma boa comédia de stand up comedy? Ou talvez vc prefira interagir e escolher um tipo de cena que fica pronta na hora, através do cômico improviso da Cia de Comédia Setebelos, onde ninguém sabe o que vem no minuto seguinte, a não ser o fato que a diversão é garantida…

Foto: Rodrigo Carletti

O VIDA CANDANGA VAI APRESENTAR OS FAVORITOS DE BRASÍLIA

STAND UP AO QUADRADO

MÚSICO INSTRUMENTISTA “JULIANO CORRÊA”

Guitarrista e vocalista da banda Na Lata consegue se destacar em cada apresentação da banda.

“GUSTAVO HILDEBRAND”

Também se destaca a cada show e com uma habilidade técnica indiscutível.

“RENATO ALVES”

Um genial instrumentista que consegue se destacar em qualquer show que se apresente.

MÚSICA “BARBWIRE - ENEMA NOISE”

A única com letra em inglês que concorre na categoria, música muito bem feita e vocal com qualidade técnica excelente.

“FIM DOS TEMPOS - SCALENE”

Com guitarras marcantes e uma batida constante, a música fala em acreditar em mudar as coisas.

“TEMPO REVERSO - MASSAY”

A banda que tinha anteriormente mais músicas melódicas, agora aposta em batidas mais fortes e riffs mais trabalhados. A votação passou por um júri técnico que avaliou diferentes aspectos de cada categoria para depois disponibilizar a enquete para votação popular.

22 VCLive | Fevereiro 2011

Para se ter um bom Stand Up Comedy, você precisa de um palco, um banco, um comediante, um microfone e muitas, mas muitas observações bem humoradas do dia a dia. Agora, se com um já é bom, imagine isso elevado ao quadrado... é o que propõe a Cia de Comédia Setebelos, em seu mais novo espetáculo que estreou em julho de 2010. Esse é o Stand Up ao Quadrado, um show de Stand Up Comedy diferente, onde dois atores fazem as mais inusitadas constatações sobre os mais diversos temas. Futebol, relacionamentos, universo masculino/feminino, vídeo-game, tecnologia, política, música, televisão, celebridades e assuntos da atualidade, que mudam de acordo com o tempo. Essas são apenas algumas das inúmeras abordagens desse que é um espetáculo de Stand Up que foge do comum. A FABULOSA COMÉDIA

Você sempre quis saber o que aconteceu depois que o lobo mau comeu a vovozinha? Quer saber o que aconteceu depois do final feliz? Com quem a bruxa finalmente se amarrou, ou o que aconteceu com Capitão gancho depois do Tic-Tac? “A Fabulosa Comédia” é o segundo espetáculo da Cia de comédia Setebelos, reúne diferentes personagens de diversos contos de fada em uma trama irreverente, com muito humor, marcada por acontecimentos fabulosos e personagens carismáticos. Baseado livremente nos contos da literatura universal, mas com visão moderna e adulta, a Cia utiliza diversas linguagens para contar a fantástica estória da fuga dos vilões da masmorra onde eles se encontravam desde sua prisão, 20 anos antes. TERROR A COMÉDIA

Baseada nas séries clássicas de Horror, o mais recente espetáculo da Cia de Comédia Setebelos, traz personagens que antes eram conhecidos por assustar, e que agora vem como figuras que mostram um lado capaz de ganhar a simpatia e causar risos no público. Populares monstros como o Conde Drácula, Frankenstein e Fantasma voltarão a tona. Nasce uma nova expressão, “Terrir”: é um gênero em que o terror faz rir. Uma produção escrita e dirigida pela Cia de Comédia Setebelos, atestando claramente, que um roteiro ‘bem bolado’, diverte e proporciona ao público sustos e boas gargalhadas. Prova número um, é o filme ´O Jovem Frankenstein´ (1974), dirigido por Mel Brooks, simplesmente um clássico!


O SEGREDO PARA O SUCESSO

Diariamente livros são publicados para orientar pessoas à respeito de dinheiro, amores, sedução, TPM, traição, seus benefícios, seus malefícios, como adquirir conquistas e satisfação. Dentro desse universo de busca que estamos sempre imersos, a Cia. de Comédia Setebelos se focou em alguns pontos geralmente esquecidos pela população, mas que podem ser decisivos na eterna busca pelo “Sucesso”. “O Segredo Para o Sucesso” é uma conjugação de fórmulas humorísticas, cujo o domínio de palco dos atores levam a platéia a se contorcer de tanto rir com as receitas e auxilios revelados ao longo dos 70 minutos da apresentação.

MELHORES DO ANO O VIDA CANDANGA VAI APRESENTAR OS FAVORITOS DE BRASÍLIA

QUAL O SEU PEDIDO?

Imagine chegar a um bar e, num cardápio de opções, escolher um tipo de cena que fica pronta na hora. Imaginou? É exatamente isso que você vai conferir no “Qual o seu Pedido?” Idealizado pelo inglês Keith Johnstone na década de 60, o Theater Sport (Teatro Esporte) é a técnica utilizada pelos atores para a improvisação de todas as cenas que a platéia sugerir. Ou seja, é fundamental a participação do público: pediu, saiu! Só não vale pedir para viagem. A Cia de Comédia Setebelos existe desde 2005 e até hoje é o único grupo de Brasília a trabalhar com a técnica de Teatro-Esporte. O projeto ganhou notoriedade com Edson Duavy e Fernando Booyou praticando a técnica em apresentações no Melting Lounge. Em seguida, o elenco aumentou e atualmente são 6 pessoas no formato de competição entre dois times, em que o público decide quem é o melhor na improvisação. No Qual o Seu Pedido? O Mestre de Cerimônia é Leônidas Fontes, que além de ator é um dos mais renomados apresentadores de Brasília.

BANDA SCALENE A banda ganhou destaque e admiradores de seu trabalho no ano passado e se destacou como uma banda com grande potencial

BANDA NA LATA A banda vem ganhando destaque a cada dia, e já dividiu o palco com grandes nomes nacionais.

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL

04/03 - Sex Stand Up ao Quadrado 05/03 - Sáb A Fabulosa Comédia 06/03 - Dom Terror - A Comédia BANDA MASSAY 07/03 - Seg A banda mudou bastante o O Segredo Para o Sucesso estilo e cada vez mais 08/03 - Ter aumenta o número de fãs. A Comédia do Improviso "Qual o Seu Pedido" SEMPRE AS 20:00!

A votação passou por um júri técnico que avaliou diferentes aspectos de cada categoria para depois disponibilizar a enquete para votação popular. Fevereiro 2011| VC Live 23



Revista VCLive #4 Paramore