Issuu on Google+


Luís Inácio Lucena Adams Advogado-Geral da União Fernando Luiz Albuquerque Faria Secretário-Geral de Consultoria Helia Maria de Oliveira Bettero Procuradora-Geral da União Marcelo de Siqueira Freitas Procurador-Geral Federal Adriana Queiroz de Carvalho Procuradora-Geral da Fazenda Nacional Grace Maria Fernandes Mendonça Secretária-Geral de Contencioso

Advocacia-Geral da União

Arnaldo Sampaio de Moraes Godoy Consultor-Geral da União Ademar Passos Veiga Corregedor-Geral Isaac Sidney Menezes Ferreira Procurador-Geral do Banco Central

Sede I - Setor de Autarquias Sul Quadra 3 - Lote 5/6, Ed. Multi Brasil Corporate Brasília-DF - CEP 70.070-030 Fones: (61) 3105-9202 / 3105-9712

Rosangela Silveira de Oliveira Adjunta do Advogado-Geral da União José Weber Holanda Alves Adjunto do Advogado-Geral da União Mariana Rodrigues Silva Melo Ouvidora-Geral Juliana Sahione Mayrunk Neiva Diretora da Escola da AGU Hebe Teixeira Romano Pereira da Silva Chefe de Gabinete do Advogado-Geral da União Gildenora Batista Dantas Milhomem Secretária-Geral de Administração

Sede II - Setor de Indústrias Gráficas Quadra 6 - Lote 800 Brasília-DF - CEP 70.610-460 Fones: (61) 3105-8709 / 3105-8807


Adão Paulo Oliveira Chefe da Assessoria de Comunicação Rafael Braga Coordenador de Jornalismo Bárbara Nogueira Jornalista

Expediente

Patrícia Gripp Jornalista Uyara Kamayurá Jornalista

Juliana Batista

Jornalista

Assessoria de Comunicação Social

Wesley Mcallister Fotojornalista / Designer Gráfico Jacqueline Santos Ludmila Coralina Assistentes de Comunicação Estagiários: Laize de Andrade Guilherme Assis Johéser Pereira Luan Natanael

Telefone: (61) 3105.8524 imprensa@agu.gov.br www.agu.gov.br


Visão ............................................................................................................................................................09 Apresentação ...............................................................................................................................................10 AGU e Imprensa ...........................................................................................................................................12 Visibilidade ........................................................................................................................................12 Repercussão .......................................................................................................................................13 Veículos .............................................................................................................................................14 Rádio e TV ..........................................................................................................................................15 Comparativo entre órgãos .................................................................................................................16 Informações e entrevistas ..................................................................................................................17 Ferramentas .................................................................................................................................................18 Site .....................................................................................................................................................18 Notícias da AGU .................................................................................................................................19 Publicações por setores .....................................................................................................................20 Acessos ..............................................................................................................................................21 AGU Brasil .........................................................................................................................................22 Mídias socias .....................................................................................................................................23 Twitter ...............................................................................................................................................24 Flickr ..................................................................................................................................................26 Facebook ...........................................................................................................................................27 YouTube .............................................................................................................................................28 Boletim eletrônico .............................................................................................................................29 Equipe Ascom ....................................................................................................................................30

Sumário


Visão Assessoria de Comunicação Social

Ser elemento de coesão e divulgação da AGU e órgãos vinculados. Prover à instituição completo assessoramento em comunicação, com vistas à valorização do público interno e à transparência dos atos institucionais perante a sociedade.

9


Apresentação

Há cinco anos a Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Advocacia-Geral da União (AGU) afere e analisa a presença e a qualidade das informações que presta à sociedade, seja por intermédio da Imprensa, seja por meio de ferramentas próprias, como o site oficial, o programa de rádio e as mídias sociais. Com o auxílio de duas empresas especializadas, a ASCOM consegue monitorar, mensalmente, tudo o que é publicado sobre a AGU, os órgãos e os profissionais que a compõem, como também os jornais, revistas, TVs e sites de notícias que divulgam a atuação da instituição. Paralelamente, a equipe da Assessoria de Comunicação coleta dados, compara, avalia e organiza, por conta própria, as estatísticas do material publicado no site da instituição, Twitter, Facebook, Flickr e Youtube, bem como a participação de dirigentes e técnicos em entrevistas e publicações. Graças a nossa sistemática de trabalho, temos condições de identificar e medir a participação de cada órgão e de cada unidade da AGU nas mais de 1851 reportagens publicadas ao longo de 2011 no site www.agu.gov.br. Este balanço, o mais detalhado feito pela ASCOM desde 2007, revela que os jornais do Distrito Federal, Jornal de Brasília e Correio Braziliense, são os que mais publicam notícias da AGU, seguidos pelo jornal O Estado de S. Paulo. Aponta também que metade das citações da Imprensa sobre a instituição provém de veículos e mídias tradicionais, enquanto que a outra metade é diluída em sites e agências de notícias regionais. Ao todo, foram mais de 8023 citações na imprensa no ano passado. Numa análise comparativa com órgãos como o Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal Superior do Trabalho (TST), Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ministério Público Federal (MPF), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ficou comprovada a liderança da AGU sobre instituições com maior tradição, melhores condições técnicas e mais recursos humanos. Somente o STF conseguiu visibilidade na Imprensa superior a da Advocacia-Geral da União.

10


No Twitter temos quase 23 mil seguidores, que acessaram nossas informações mais de 700 mil vezes desde o ingresso da AGU no microblog. O perfil no Facebook não comportou tantos “amigos” e foi necessária a criação de uma página de fãs. No Flickr e em nosso banco de imagens da página oficial na Internet existem cerca de 4.500 fotos publicadas. O programa “AGU Brasil”, que estreou em junho passado, veiculou 150 programas diários na Rádio Justiça. A participação dos membros e dirigentes no processo de construção da notícia ficou mais sólida. A relevância dos temas enviados pelas unidades da AGU está cada vez maior, assim como o cuidado de advogados e procuradores em encaminhar material de subsídio para a construção da notícia. Dirigentes regionais têm se sensibilizado com a importância do papel de divulgação das vitórias da AGU e alguns já destacaram servidores, jornalistas ou não, para trabalhar na seleção e elaboração das notícias locais. Para isso, a Ascom preparou e aplicou a servidores lotados na Procuradoria da União no Espírito Santo e nas Procuradorias Regionais da 2ª Região, no Rio de Janeiro, oficinas de aperfeiçoamento e padronização de linguagem e redação adotadas pela ASCOM/AGU, além de uma exposição dos objetivos e estratégias que norteiam a comunicação da Advocacia-Geral da União. As páginas a seguir têm a pretensão de apresentar detalhadamente esses e outros resultados que atestam a atuação eficiente e produtiva de nosso setor em 2011. A ASCOM busca a cada ano superar adversidades e limitações para garantir à população o acesso a informações importantes de um órgão estratégico e essencial para a proteção das Leis, do Patrimônio e das políticas públicas e também para a Governança do Estado.

Adão Paulo Oliveira Chefe da Assessoria de Comunicação 11

Numa análise comparativa com órgãos como STF, STJ, TST, TSE, MPF, OAB, ficou comprovada a liderança da AGU sobre instituições com maior tradição, melhores condições técnicas e mais recursos humanos.


AGU e Imprensa Visibilidade

A ASCOM passou por grandes transformações nos últimos cinco anos. Na busca por cumprir os princípios constitucionais de eficiência e publicidade na Administração Pública, a Assessoria colaborou para reforçar o protagonismo da AGU e, consequentemente, conquistar espaço privilegiado nos meios de comunicação. Entre os fatores que contribuíram para uma maior presença da AGU na mídia/imprensa e que estão diretamente relacionados à atuação da ASCOM, destacam-se a implementação de um trabalho de mudança de comportamento da direção da instituição e, também, as diretrizes do próprio setor de comunicação. A relação com a imprensa tem sido fundamental para dar publicidade às ações da organização, pois os meios de comunicação são formadores de opinião e difusores da imagem que a instituição quer passar. A ASCOM prima pelo respeito aos jornalistas e atendimento ágil das demandas, sem subserviência ou corporativismo exacerbado. A evolução da presença da Advocacia-Geral na mídia nesses cinco anos se deve a várias ações, seja pela interação fácil e clara com a imprensa; pela escolha de preparação de uma entrevista coletiva para elucidar tema específico ou, ainda, pela remessa de mailing às redações com as matérias que narram a atuação dos advogados públicos pelo país.

Citações da AGU na imprensa 7.877*

8234*

6.546 5.625

2.989 1.646

2006

2007

2008

2009

*Citações da AGU somando-se impresso, rádio e TV.

12

2010

2011


AGU e Imprensa

Citações da AGU mensais na imprensa - 2011

Repercussão

951

752 601

711 665

570

653

792 661

634

571

462

Assuntos mais repercutidos pela mídia

2006

2007

2008

2009

2010

2011

Caso Varig

Transposição do Rio São Francisco

Proibição de bebidas nas estradas

Caso Raposa Serra do Sol

Suposto Crime Eleitoral de Lula

Caso Cerare Battisti

Repatriação de criança americana

Cartilha de orientação de agentes públicos

Usina Belo Monte

Concurso da AGU

Mudança de Células tronco chefia na AGU

13


Citações nos principais sites - 2011

4.085

AGU e Imprensa Veículos

497 134

137

169

209

Folha

Brasil

Estado

Globo

Sites Jurídicos

Site Notícias

Citações nos principais jornais - 2011 268

280

JBR

Correio

242 191

192

Valor

Globo

159

43

Brasil Econômico

Citações nas principais revistas - 2011

14

Folha

26

6 15

10

5 2

Exame

Dinheiro

Carta Capital

Veja

Época

Isto É

14

Estado


Com a contratação de uma empresa de clipping eletrônico, a partir de 2010 a Assessoria de Comunicação da Advocacia-Geral da União pôde aferir, pela primeira vez, a presença da instituição nos programas jornalísticos das emissoras de TV e Rádio. Mesmo constatando que o resultado apontado não reflete o total de citações nas mídias eletrônicas, essa é uma boa ferramenta para atestar a presença da AGU nesses dois veículos de comunicação, com 159 citações em TV e 09 em rádio, em 2010. No ano de 2011, 137 matérias de TV falaram sobre a atuação da AGU. No rádio foram 74.

Citações em TV e Rádio - 2010

TV

Rádio

Citações em TV e Rádio - 2011

159

TV

Rádio

09 *

*Números aferidos a partir de setembro de 2010.

15

137

74

AGU e Imprensa TV e Rádio


AGU e Imprensa Comparativo entre Órgãos

Mesmo apontando um substancial crescimento do número de citações da Advocacia-Geral da União nas diversas modalidades de imprensa, a empresa de clipping de mídia Armazém Digital, contratada pela AGU, não aferia relações comparativas com outras instituições. Isso impedia dimensionar o tamanho da participação da AGU no universo midiático de jornais, rádios, TVs e Internet. Mas ao compararmos nossos dados aos de órgãos que compõem o sistema judicial, descobrimos que a visibilidade conquistada pela AGU fazia frente ao espaço tradicionalmente ocupado por instituições como o Supremo Tribunal Federal, a Ordem dos Advogados do Brasil, Superior Tribunal de Justiça, Ministério Público Federal, Tribunal Superior do Trabalho e o Tribunal Superior Eleitoral. Mesmo que tenha caráter apenas indicativo, por se tratar de uma aferição apenas do ano de 2011, o gráfico sugere que a AGU possui o segundo maior número de citações pela mídia, ficando atrás apenas do STF. Nesse período, o pico de citações da AGU aconteceu no mês de janeiro: 951 vezes.

Comparativo com outros órgãos do Sistema Judicial - 2011

17.181

8.023 5.062

4.920 3.363

2.656 1.599

STF

AGU

MPF

STJ

OAB

16

TSE

TST


A ASCOM registra todos os pedidos de informações de jornalistas. O contato telefônico permanece como principal meio de comunicação utilizado pelas redações, mas todos os repórteres e produtores são orientados a encaminhar, de forma complementar, e-mail com o pedido da demanda. Essa política evita equívoco e má interpretação de dados, e ainda contribui para aferir “graus de relacionamento”. Em três anos seguidos – 2008, 2009 e 2010 –, podemos observar que o atendimento computado ficou em um patamar linear com média de 500 demandas. Em 2011, o cenário teve uma alteração de quase 54,03 %, chegando a 784 registros. Entre os possíveis motivos desse aumento, destacamos um maior interesse da imprensa regional pelas notícias produzidas pela Assessoria de Comunicação. Jornais estaduais e do interior como A União (PB), Diário do Amazonas (AM) e Gazeta de Limeira (SP) acionaram a ASCOM mais de uma vez em 2011. Além disso, houve um elevado aumento das demandas dos jornais Correio Braziliense, Valor Econômico e Diário do Nordeste. 974

Demandas de Jornalistas 784

565 500

2007

2008

2009

17

509

2010

2011

AGU e Imprensa Informações e Entrevistas


Ferramentas Site

Em 2011, o leiaute da página foi aperfeiçoado e as fotos das notícias de destaque ganharam mais espaço. Também foi criado um local exclusivo para o programa de rádio produzido diariamente pela ASCOM e veiculado na Rádio Justiça. A ASCOM adotou retrancas temáticas que classificam as notícias de acordo com as áreas de atuação da AGU. Anteriormente, as manchetes eram posicionadas abaixo de siglas que indicavam a unidade de origem da notícia. Essa disposição confundia um pouco o leitor, que não conhece o organograma da AGU. Retrancas como “PAC”, “Atuação Internacional”, “Meio Ambiente”, dentre outras, foram bem recebidas interna e externamente. A Assessoria de Comunicação também criou o espaço “AGU na Mídia”, onde são expostas notícias publicadas na imprensa sobre a atuação da AGU. A ASCOM oferece ao público interno a oportunidade de publicar no site artigos de advogados públicos e servidores. Os textos devem ter, no máximo, cinco mil caracteres, e fazer reflexão a assuntos jurídicos ligados à atuação da AGU. Os artigos são publicados na coluna de notícia e depois ficam disponíveis no banco de dados do site.

18


A ASCOM alimenta o site da instituição com as principais notícias sobre a atuação dos advogados públicos em tribunais e consultorias jurídicas de ministérios, autarquias e fundações públicas. Por meio de peças jurídicas e minutas informativas, a ASCOM constrói textos que evidenciam o protagonismo da AGU. Título e lead devem sempre destacar o papel da instituição. Com relação aos números, a produção de matérias para o site da AGU aumentou significativamente. A Assessoria de Comunicação publicou, em 2007, 300 % mais notícias que em 2006. Atualmente temos uma produção média de sete matérias/dia. Se compararmos a produtividade diária em 2006 com qualquer dia de 2011, teremos um crescimento de 580% (ver gráfico).

Total de matérias publicadas no site 1.673

1.658

1.851

1.486

887

291

2006

2007

2008

2009

Total = 7.846 matérias

19

2010

2011

Ferramentas Notícias da AGU

A Ascom publicou 1851 matérias no site da AGU em 2011. Um crescimento de 12% em relação a 2010 e 580% se comparado a 2006.


Ferramentas Publicações por Setores

Na avaliação das reportagens por área de atuação, observamos que, por suas características e atribuições, Procuradoria-Geral da União (PGU) e Procuradoria-Geral Federal (PGF) se destacam. Os gráficos mostram a diferença quantitativa nas publicações das matérias enviadas por esses órgãos e, notadamente, a PGF sai à frente. A diferença entre PGU e PGF pode ser atribuída ao fato de que esta última atua com um leque de assuntos bem mais amplo e possui mais de quatro mil procuradores presentes em 156 autarquias. No que se refere a quantidade de acesso das matérias, segundo aferição do Google Analytics, as que ficam em destaque no site têm uma média de 500 a 600 acessos/mês.

Total de matérias publicadas por setores - 2011

917

446

56

CGU

106

SGCT

326

Insitucional

PGU

Total = 1.851 matérias

20

PGF


A notícia “Lula acolhe parecer da AGU e nega extradição de Battisti” (topo) foi a mais lida entre 2010 e 2011, com 8.416 cliques. Neste caso, a matéria foi publicada no dia 31/12/2010 e até hoje vem sendo procurada pelos internautas. Em 9 de junho deste ano, por exemplo, ela foi acessada mais de 70 vezes. 8.416 acessos*

1.428 acessos

Ferramentas Acessos

As matérias no site recebem em média 600 acessos/mês. Caso Battisti foi o mais procurado.

1.588 acessos * Matéria publicada no dia 31/12/2010

21


Ferramentas AGU Brasil

No ar desde junho de 2011, a Assessoria de Comunicação da Advocacia-Geral da União oferece um novo serviço à sociedade com o programa de rádio AGU Brasil. O noticiário da AGU vai ao ar pela Rádio Justiça (FM 104,7 Brasília), de segunda a sexta-feira, sempre às 13h30, com reprise às 23h10. Esse novo espaço de mídia permite à Advocacia Pública ampliar a participação nos debates nacionais, contribuindo para que cidadão disponha de um leque ainda maior de dados para a formação de opiniões consistentes sobre programas e políticas públicas de Estado. O AGU Brasil tem a duração de cinco minutos e está consolidado como um dos melhores produtos da Rádio Justiça. Em 2011 foram gravados 150 programas em estúdio que fica na própria ASCOM. Para isso, foram realizadas cerca de 300 reportagens e mais de 150 entrevistas com dirigentes da AGU e o ministro Luís Inácio Lucena Adams. No programa são apresentadas três reportagens por dia com assuntos de diversas regiões do país, com alcance nacional. O programa discute uma diversidade de assuntos, já que a instituição coordena tecnicamente a área jurídica de todo o Governo Federal e de todas as 156 autarquias e fundações. Emissoras de todo país também podem veicular o programa que fica acessível no site AGU e da Rádio Justiça para download.

22


A ASCOM investe na divulgação em redes sociais como uma ferramenta adicional e inovadora no processo de comunicação eletrônica. Os sites de relacionamento reforçam a atuação pró-ativa na divulgação de material para a imprensa. As atualizações de conteúdo aparecem na página pessoal do usuário que segue a AGU, estimulando-o a entrar no site da instituição para tomar conhecimento do conteúdo completo das publicações mais recentes. A AGU aderiu ao Twitter em 2009 com o objetivo de facilitar a distribuição de manchetes e links das informações produzidas pela ASCOM para os jornalistas, colunistas e demais seguidores do microblog. No ano passado, o Facebook passou a ser utilizado como veículo de comunicação com a imprensa e sociedade. A maior rede de relacionamento social do mundo está sendo aproveitada para repassar aos usuários da rede mundial de computadores, informações, imagens, eventos e outros temas relacionados à Advocacia Pública. No mesmo ano, foi criada a página da AGU no Flickr que contém material fotográfico de qualidade sobre julgamentos, audiências públicas, posses, acordos fechados por dirigentes, entre outros eventos, que atualmente contabiliza quase 2 mil fotos. No total, os seis álbuns da instituição já foram acessado cerca de 14 mil vezes. Além das fotos no Flickr, a AGU possui ainda um acervo interno de mais de 18 mil fotos e um banco de imagens disponível no site da instituição. Recentemente, a instituição criou um perfil no YouTube que comporta vídeos institucionais, além daqueles que têm participação da AGU e são veiculados em diversas emissoras.

23

Ferramentas Mídias Sociais


Ferramentas Twitter

A página Advocacia-Geral da União no Twitter atingiu quase 23 mil seguidores, que acompanham em tempo real a divulgação de vitórias nas defesas da União, autarquias e fundações públicas, principalmente relacionadas à garantia de políticas públicas e recuperação de dinheiro desviado em atos de corrupção. Cada link postado no Twitter da AGU tem, em média, 206 acessos e é republicado entre os usuários que ajudam a distribuir as informações. Ao longo de 2011, os posts da AGU no microblog foram compartilhados quase 2,8 mil vezes. Dentre os conteúdos mais acessados no Twitter da AGU estão os que mostraram a atuação/posição da instituição em julgamentos mais polêmicos e a divulgação do Parecer da AGU que restringe a aquisição de terras brasileiras por estrangeiros, com mais de 800 acessos.

24


O perfil que mais acessou a página de informações da AGU na Internet foi o @ascomIncra (oficial do Incra) que já entrou no perfil e clicou nos links mais de 18 mil vezes. Depois dele está um escritório de advocacia particular que acessou a página cinco mil vezes, e em seguida aparece o perfil do Procurador-Chefe da Procuradoria da União em Sergipe, Ricardo Pereira, que acessou a página mais de três mil vezes. Durante o ano de 2011, o perfil da instituição foi acessado mais de 700 mil vezes. Só em novembro teve 52 mil acessos. Em relação a 2010, o Twitter da AGU teve um aumento de 300% nos usuários. Em análise feita com uma amostragem de 10 mil seguidores, observou-se que os seguidores da AGU no Twitter são em sua maioria homens (63%) e profissionais/estudantes de Direito (69%). Dos órgãos ligados à Justiça, o perfil da AGU está em 4º lugar em quantidade de seguidores. Diariamente uma média de 40 pessoas passam a seguir a AGU no Twitter.

Total de seguidores no Twitter no Sitema Judicial 176.367

176.367

67.350

STF

STF STJ STF

TST STJ STJ

24.297 22.955

AGU TST TST

22.955 19.595

AGU TSE AGU

25

19.595 13.944

TSE OAB TSE

Twitter

Quase 23 mil seguidores acompanham a AGU pelo microblog. O twitter.com/advocaciageral já teve mais de 700 mil acessos.

67.350 24.297

Ferramentas

13.944 4.327

4.327 3.955

3.955

PGR OAB OAB

PGR MPF MPF/PGR

MPF


Ferramentas Flickr

Desde a criação, em 2010, o perfil da AGU no Flickr já foi acessado 19 mil vezes. Com mais de 2 mil fotos de qualidade sobre julgamentos, audiências públicas, posses, acordos entre dirigentes entre outros eventos, organizadas em seis álbuns distintos. Os arquivos podem ser utilizados pela imprensa de todo o país, desde que seja mantida a fonte. A alta qualidade do material permite que eles sejam publicados em veículos onlines e em impressos, como jornais e revistas. Além do perfil no Flickr, a AGU possui um banco de imagens no próprio site da instituição com 2.562 fotos de eventos internos, servidores, comemorações e atividades institucionais destinados aos servidores e funcionários da Advocacia-Geral da União. A AGU ainda possui um acervo interno com aproximadamente 20 mil fotos que podem ser solicitadas para a Assessoria de Comunicação por meio do email imprensa@agu.gov.br . Os arquivos internos também são compostos de imagens produzidas para ilustrar as matérias do site, principalmente as de destaque, como fachadas de órgãos públicos, indígenas, construções, monumentos, etc.

26


O perfil da AGU no Facebook já chegou ao limite máximo permitido de 5 mil usuários. Entretanto, quem quiser acompanhar as notícias da instituição pode “curtir” a página institucional junto com outros 2,3 mil usuários que acompanham as informações diariamente. Todo o conteúdo publicado no site é acessado, em média 700 vezes. Ao contrário do que acontece no Twitter e no próprio site da AGU, as matérias mais visualizadas no Facebook são as de conteúdo social como INSS, multas a drogarias e postos de combustíveis, desapropriação de terras e concurso público. A notícia “concurso com 70 vagas de procurador da Fazenda Nacional e 68 de advogado da União”, teve quase 1.000 acessos. Por meio do Facebook, também é possível que as pessoas tenham contato direto com a Assessoria de Comunicação pelo bate-papo. Por esse sistema são respondidos, em média, oito usuários por semana, que ainda têm a possibilidade de enviar uma mensagem particular para a ASCOM.

27

Ferramentas Facebook

As informações publicadas no site são acessadas em média 700 vezes.


Ferramentas YouTube

Recentemente a Advocacia-Geral da União criou um perfil no YouTube para disponibilizar vídeos produzidos pela instituição com imagens de eventos, audiências e entrevistas com os dirigentes. No canal também são divulgados vídeos de diversas emissoras públicas que falam sobre a instituição ou com a participação de representantes da AGU no Brasil. Para acessar o perfil basta acessar: www.youtube.com/AGUBrasil

28


A ASCOM produz boletins internos e externos com a compilação das matérias mais importantes da semana. Em 2011 foram produzidas 51 edições do “AGU Notícias”, distribuídas a 2.095 mil endereços eletrônicos de jornais, ministérios, tribunais e associações. Já o “AGU Comunica” (interno), também com 51 edições, foi enviado a 12 mil servidores da Advocacia-Geral da União em todo o país. Os boletins contam com fotos ilustrativas que colaboram para torná-los mais atraentes e informativos.

Ferramentas Boletim Eletrônico

Todas as sextas-feiras a ASCOM envia boletins informativos sobre as ações da AGU a mais de 2 mil jornalistas e órgãos de todo o país.

29


Ferramentas Equipe Ascom

A equipe da ASCOM é composta por seis jornalistas, além de fotógrafo, assistentes de comunicação e estagiários de nível superior e médio. Com este grupo, que atualmente totaliza 13 pessoas, a ASCOM tem dado publicidade à atuação dos mais de oito mil advogados públicos. Comparando o número de jornalistas com a assessoria de outros órgãos do sistema judicial, a exemplo do Ministério da Justiça e STF, a ASCOM da AGU é a mais enxuta. Mesmo com o reduzido número de profissionais, a atuação da unidade tem conquistado o seu espaço. Recentemente, a revista Capital Público mostrou o trabalho feito pela ASCOM em prol da AGU. A equipe foi destaque na publicação ao lado de setores de comunicação de organizações como a Petrobras e Senado Federal. A edição nº 29 da revista discutiu como a Administração Pública utiliza o poder da comunicação para construir uma imagem positiva perante a sociedade.

Órgãos STF MJ MPF STJ TJ AGU

30

Jornalistas 10 14 07 09 10 06


31



Balanço ASCOM AGU 2011