Page 1

setembro 2011 nº 208

Você faz a PUC. A PUC faz você Alunos da PUCPR desenvolvem as peças publicitárias da Campanha do Vestibular 2012

Bola da Vez

Setor de esportes incrementa atividades com a Flex Bola, exercício que relaxa e diverte

Copa do Mundo de 2014 Fique atento às oportunidades de empregos e negócios

Bianca Luiza Thomé teve a letra de sua música gravada pela A Banda mais Bonita da Cidade

PUCPR concedeu título de Doutor Honoris Causa ao renomado jurista brasileiro Ives Gandra


João Borges

índice

Os alunos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Medicina da PUCPR participaram da Blitz da Saúde, promovida pelo Hospital Universitário Cajuru (HUC), no dia 27 de julho, em comemoração ao Dia do Motociclista. Os participantes passaram por exames de saúde e avaliação postural, além do diagnóstico da moto com profissionais de oficinas parceiras

08 Filhos da PUC

Débora Mateus, jornalista especializada em moda reconhecida internacionalmente é ex-aluna da PUCPR

12 Capa

Alunos fazem a Campanha de Vestibular 2012 da PUCPR

18 DNA

Novidade na PUCPR, a flex bola reduz estresse e melhora o condicionamento físico

20 Mercado de trabalho

Oportunidades que você pode aproveitar na Copa do Mundo de 2014

22 Reportagem

Fórum de Carreiras mostra os caminhos para quem busca o sucesso profissional

Sempre aqui 06. Se eu Soubesse 24. Drops 26. Mundo Melhor 30. Registro 33. Programação 34. O que faz a sua cabeça?


editorial

A PUCPR está sempre inovando! Como nosso principal objetivo é a busca da excelência, não se pode parar! Por isso, neste segundo semestre, estamos desenvolvendo um projeto realmente diferente para a divulgação do processo seletivo de verão, para os que ingressarão na Universidade em 2012. A ideia é ao mesmo tempo simples e original: queremos que os próprios alunos da PUCPR criem a campanha de marketing e divulgação do vestibular. Afinal, quem, melhor do que eles, poderia falar com propriedade sobre a experiência de ser aluno da PUCPR? São os nossos alunos que fizeram a passagem de um ideário – “Um dia eu vou estudar na PUCPR!” – para a realização desse sonho – “Eu sou estudante da PUCPR!”. Acredito com convicção que, para a maioria dos estudantes, a fase da “vida universitária” é a melhor fase da vida, em razão das muitas portas que se abrem para o futuro nesta etapa da história pessoal de cada um. Acredito ainda mais que passar esta fase da vida na PUCPR faz toda a diferença. E não é com falsa modéstia que eu o afirmo: afinal, pessoalmente, estou trabalhando na instituição há mais de 30 anos e eu vi esta universidade crescer, passando de uma instituição modesta a uma das mais impor-

4

tantes universidades do país. Por isso, creio que nossos estudantes, envolvidos nesta campanha de divulgação da PUCPR, não estarão fazendo “propaganda enganosa” ao afirmarem o quanto é bom ser um estudante da PUCPR. Quatro aspectos serão retratados nesta campanha: o Câmpus, os projetos de Intercâmbio, o Mercado de Trabalho e os Valores Humanos. Trata-se, portanto, de uma campanha que dará, aos futuros estudantes da PUCPR, uma visão global da nossa proposta educativa, que pretende ser de uma educação integral, que forme o profissional e também o cidadão. Numa palavra: uma educação que confere dois diplomas a todos os nossos estudantes: um diploma é o de “profissional competente”; o outro é o de “gente boa”. Só por isso já valeria a pena ser um estudante da PUCPR! Faço votos de que esta campanha contribua para que os alunos da PUCPR reconheçam, com grande satisfação, o valor da Universidade de que fazem parte. E que os novos estudantes sintam-se motivados a integrar esta comunidade educativa. Clemente Ivo Juliatto Reitor

expediente Vida Universitária é uma publicação Mensal da Editora Ruah*, sob licença da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Registrada sob o nº 01, do livro B, de Pessoas Jurídicas, do 4º Ofício de Registro de Títulos, em 30/12/85 - Curitiba, Paraná Editor Luís Fernando Carneiro Redação Sandra Santos Editor de Arte Mariane Esberard

Grão-Chanceler Dom Moacyr José Vitti Reitor Clemente Ivo Juliatto Vice-reitor Paulo Otávio Mussi Augusto Pró-reitor Acadêmico Eduardo Damião da Silva Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação Waldemiro Gremski Pró-reitor Comunitário Ricardo Tescarolo Pró-reitor Administrativo e de Desenvolvimento Nelio Mauro Aguirre de Castro Rua Imaculada Conceição, 1155 - 2º andar Prado Velho - Curitiba - Paraná Caixa Postal 17.315 - CEP: 83.215-901 Fone: (41) 3271-1515 www.pucpr.br Tiragem 15.000 exemplares

Editora Ruah* Rua Casemiro José Marques de Abreu, 706. Ahú. Cep 82.200-130 Curitiba. Paraná. (41) 3018-8805 www.editoraruah.com.br Para anunciar, ligue: (41) 3018-8805 Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização prévia e escrita. Todas as opiniões são de responsabilidade dos respectivos autores.


Arquivo pessoal

um toque

Livro: Pense como Einstein, de Scott Thorpe Editora: Cultrix Quem indica: Geber Ismail Hajar, 20 anos, aluno do 2º período de Engenharia Civil da PUCPR

Arquivo pessoal

Soluções inovadoras para os desafios Maurício Ramos

Diretor Institucional da Agência The Getz

Qual a história do livro?

6

Divulgação

Se eu soubesse que não

Mostra como os maiores cérebros de todos os tempos, a começar por Albert Einstein, pensavam. O gênio violou as leis da física desvendando os mistérios do tempo e do espaço. Ensina técnicas e truques para resolver até os problemas mais difíceis. Do ramo dos negócios à vida familiar, dos problemas relacionados com a criatividade à melhora nos relacionamentos. O livro Pense Como Einstein apresenta ferramentas necessárias para descobrir soluções inovadoras para os desafios do cotidiano.

O que você aprendeu? Que é preciso ter uma mente aberta e jovem para resolver seus problemas. Que sempre há uma solução. Para encontrá-la é preciso pensar e ter conhecimento.

era atrás de uma grande ideia que eu deveria correr, mas atrás de uma grande e relevante causa, acredito que teria passado menos madrugadas pensando em trocadilhos e mais tempo conversando com pessoas de todos os tipos para entender como fazê-las realmente mais felizes.

Se eu soubesse no início da minha carreira, que para liderar uma equipe você precisa servi-la mais do que ser servido, tenho certeza de que teria gerado mais oportunidades e ido dormir um pouco mais cedo.

Se eu soubesse que o que

me faria feliz no futuro seriam justamente as coisas que custam tão pouco dinheiro, acredito que teria me preocupado menos com saldos bancários e mais com o rendimento das histórias que a vida teria a me oferecer.


ALONGARE Bem-estar físico, mental e emocional. A ALONGARE é um espaço pensado para as pessoas que buscam boa forma e qualidade de vida. Dispomos de uma estrutura moderna e profissionais de diversas áreas. Venha conhecer nossos serviços.

ALONGAMENTO PERSONAL TRAINER PILATES STUDIO STUDIO YOGA CARBOXITERAPIA LUZ INTENSA PULSADA RADIOFREQUENCIA PEELING PLATAFORMA VIBRATÓRIA

Alongare Centro de Saúde Corporal | Rua Teixeira Soares, 320 | Seminário | Curitiba | 41 3077-3277 | www.alongare.com.br


filhos da puc

Fazendo moda Ela começou cedo. Cursou Jornalismo na PUCPR, se especializou em moda e virou referência no mundo fashion parisiense. Débora Mateus é mestre em comunicação pela Universidade Paris - Sorbonne e acaba de se lançar como consultora fashion em um conceito que alia conteúdo, comunicação e moda. No início de agosto comandou o novo curso de extensão em jornalismo de moda da PUCPR.

João Borges

8


Por que escolheu jornalismo?

Eu sempre gostei muito de ler e escrever e do dinamismo do jornalismo, desde a apuração da notícia até a sua publicação. E como eu sempre gostei de televisão, enxerguei no jornalismo a possibilidade de ingressar e me especializar nesse meio.

do Dizionario della Moda 2009, o mais importante da Europa. Tive experiência tanto como jornalista aqui - dois anos na TV Band e quatro na GVT, como em moda por lá, quatro anos na Manoush. Quando me dei conta, percebi que poderia aliar as duas coisas numa só!

Por que e quando resolveu se especializar em moda?

Como está sendo esta experiência?

E a partir daí o que aconteceu? Acabei me envolvendo nos bastidores da moda, conheci muita gente importante, atrizes de Hollywood, formadores de opinião do mundo inteiro e comecei a ficar conhecida no meio fashion parisiense. Foi então que eu comecei a enxergar a moda com um conceito business.

E no Brasil?

Em uma das minhas vindas ao Brasil, acabei sendo comentarista de moda durante a 16ª edição do Crystal Fashion e passei a ser correspondente para alguns sites de moda. Depois, criei o meu blog e recebi o convite de uma jornalista da Vogue Itália, Biba Merlo, para ser colaboradora

Voltei há 11 meses de Paris e decidi me lançar como consultora fashion num conceito diferente: aliando conteúdo, comunicação e moda. Hoje, sou consultora de moda do Shopping Mueller, desenvolvo um trabalho em marketing de moda para a loja Namix e ministrei curso de extensão da PUCPR. Com relação aos novos projetos, em outubro estreio como editora de moda da revista VIVER Curitiba, com uma proposta de trabalho no padrão das revistas nacionais e até internacionais.

Como você vê a segmentação do jornalismo?

Como você vê a questão do diploma na área de jornalismo?

O diploma é o reflexo de um período de estudo e aprofundamento. E, por isso, deve ser obrigatório. Para ser jornalista, não basta saber escrever, deve-se ter conhecimento técnico e metodológico, obtidos num curso de graduação como em toda e qualquer profissão. Para ser exercido corretamente, o jornalismo deve ser estudado. Precisamos de profissionais qualificados, bem formados.

No caso do jornalismo de moda, acho que ele acompanha a evolução do setor têxtil no país, que se consolida como o quinto maior do mundo. Apesar de ter registrado queda no primeiro semestre deste ano com relação ao anterior, esse segmento é muito forte, inclusive no Paraná. Em paralelo, observamos que o segmento de luxo evolui, há uma demanda por informação especializada também em moda.

9

Como a PUCPR te ajudou em sua carreira?

O conhecimento que aprendi na universidade me deu a oportunidade de ingressar com competência no mercado de trabalho. O embasamento metodológico e prático foi

James Marça

Em Paris, por acaso. Depois de trabalhar quatro anos como assessora de imprensa da GVT, decidi que queria fazer um mestrado em comunicação na França e me especializar em televisão. Fui aprovada na Sorbonne, éramos apenas dois estrangeiros: eu e um iraniano. Ao final do mestrado conheci uma amiga que precisava de alguém para dirigir a parte comercial de uma maison que estava se lançando em Paris, a Manoush. Como ela sabia da minha paixão por moda, convidou-me e eu topei o desafio, mesmo não tendo ligação direta com o jornalismo.

indispensável também para que eu pudesse ser aprovada entre os 450 inscritos que disputavam as 30 vagas para o mestrado na Sorbonne. O nível de excelência dos professores da instituição, a sua dedicação e comprometimento foram fundamentais para que a minha formação servisse de trampolim no mercado de trabalho. Tenho muito orgulho de dar aula hoje onde aprendi a base para alcançar o nível profissional que conquistei.

Débora Matheus


tecnologia

facilidadades

Arquivo pessoal

A vez do e-commerce

Comprar pela internet está cada vez mais comum. Mas é preciso aprender a comprar e vender

“É cada dia mais comum você ver as pessoas comprando pela internet. Há mais oportunidades, mais facilidades. É muito melhor você ver tudo em um mesmo ponto, do que ter que sair por aí pesquisando loja por loja. Também tem a questão do custo, os produtos e serviços ficam mais baratos. É algo bom para empresas e consumidores.

Luciane Hilu, é professora do curso de Design Digital da PUCPR e diretora do curso de Música

10

“O site de compras precisa ser simples, dinâmico e intuitivo. E tem que oferecer acima de tudo muita segurança ao usuário. Se ele não se sentir seguro com a qualidade do produto, com o serviço de entrega e também para efetuar o pagamento, ele não vai comprar”, explica a professora Luciane Hilu, do curso de Design Digital da PUCPR. Segundo ela, os sites corretos também deixam muito clara a separação entre produtos e publicidade. “O sistema também não pode falhar no meio do processo de compras, o que era muito comum quando surgiram os primeiros sites, e precisa oferecer respostas rápidas ao usuário”. Ao mesmo tempo, a política de contato com o consumidor também precisa estar bem estabelecida. “Todas essas questões geram confiabilidade no usuário para que ele visite sempre o site e realize suas compras.”

Arquivo pessoal

Em uma época de grande escassez de tempo, o e-commerce é uma das ferramentas criadas para facilitar a execução de tarefas, atividades, serviços. Justamente por isso tem uma concorrência cada dia mais acirrada e pede um diferencial para quem quer obter sucesso de vendas. Luiz Felipe Rosa, aluno do 6º período de Design Digital

Na hora de comprar Busque informações sobre a empresa: • Se o fornecedor tiver CNPJ verifique na Receita se o endereço físico bate com aquele que aparece no site. • Verifique procedimentos para reclamação, devolução e garantias. • Cuidado para não passar informações desnecessárias ao realizar a compra. • Guarde todos os dados da compra. Tenha cautela, para não abrir mensagens falsas, que chegam ao seu e-mail.


capa

12

a n o t s o g s i a m e u q O


13

Alunos participam como protagonistas da campanha de vestibular 2012 e destacam os principais diferenciais da universidade

Não é texto pronto nem mensagem publicitária, não é feita somente com a participação de profissionais, mas de pessoas dedicadas, competentes e que, acima de tudo, sabem o que querem. É a campanha de Vestibular 2012 da PUCPR que traz como grande protagonista o aluno. Uma ação que reforça a estratégia adotada pela Universidade há três anos: busca da interatividade, inovação e diálogo com os jovens. Os graduandos tiveram a opção de se inscrever em três categorias: atuação no filme publicitário, criação de letra da música para a gravação de videoclipe com A Banda mais Bonita da Cidade e/ou criação de layout para mídia exterior. Todos os materiais de campanha apresentados pelos alunos foram analisados por uma comissão julgadora formada por profissionais da área. Mais de 800 alunos participaram da seleção.


João Borges

Bianca Luiza Thomé (2° da esq. p/ dir.), autora da letra da música, com a A Banda Mais Bonita da Cidade. Na foto, os integrantes Rodrigo Lemos, Uyara Torrente, Vinícius Nisi e Diego Plaça

14

Bianca Luiza Thomé, estudante do 2º período do curso de Jornalismo, foi a grande vencedora na categoria criação de letra para a música que tem como tema “O que a PUCPR representa na sua vida”. “Sempre gostei da universidade e penso no que posso obter aqui, com as descobertas e com os cursos (além daqueles de graduação), como os de línguas, que são bem legais”, elogia. Ela conta que sempre gostou do lado artístico. “Escolhi fazer a letra porque gosto de escrever, também toco violão. Falei sobre o tema de uma forma bem poética, usei bastante metáfora, não fiz nada muito óbvio”, diz com ar de alegria e ansiedade. “Essa é uma oportunidade muito legal, adoro ficar na frente e atrás das câmaras, vamos descobrindo a área”, afirma. “E nada melhor do que os próprios alunos fazerem a campanha”, diz empolgada pela chance de atuar com “uma Banda que é de Curitiba e compõe músicas muito bacanas”. “É a primeira vez que participamos de uma experiência como essa. Topamos esse desafio porque, se a própria administração da PUCPR o propôs, significa que é legal. Percebemos que os alunos gostaram da ideia, se dedicaram e fizeram tudo com bastante responsabilidade”, diz Vinícius Nisi, tecladista e diretor do clipe Oração, que deixou a banda famosa no Brasil todo. Sobre a composição de Bianca, ele destacou a alegria com que ela descreve “a entrada na universidade, o fato de viver algo novo, começar uma nova etapa de vida”. Nisi também ressaltou a importância do aluno inserir a participação na campanha em seu portfólio.


Bastidores Os alunos que foram selecionados para participar do filme publicitário contam detalhes das gravações e por que escolheram a PUCPR

Vim pela oportunidade de mostrar meu trabalho em Curitiba

Prática, infraestrutura e sonho realizado

Ana Beatriz Teixeira

“Nós montamos todo o cenário, foi muito divertido, o diretor foi muito parceiro. Foi como se os alunos comandassem. Na verdade é isso, a ideia é mostrar que nós temos voz, até na propaganda”, diz Ana Beatriz Diniz Batista de Aguiar Teixeira, 6º período do curso de Medicina, Câmpus Curitiba, selecionada na categoria Filme Publicitário. Ela conta que escolheu a PUCPR pela oportunidade de fazer intercâmbio e também pela infraestrutura que a universidade oferece. “Eu nunca precisei comprar um livro, a biblioteca é ótima. E também o curso utiliza o método PBL, que permite a prática desde o 1º ano, você vai para o consultório, hospital. No curso de medicina tradicional isso não acontece. Eu penei muito para estar na universidade, é um sonho realizado, meu e do meu pai.”

Intercâmbio “Pedi minha transferência da Cesupa, em Belém do Pará, porque aqui na PUCPR tem intercâmbio. Fiquei um ano em Ferrara, na Itália, foi muito legal. Em relação à campanha, nunca tinha participado da produção de um comercial para TV. A experiência é maravilhosa, e você também conhece outros cursos, outras áreas, vale a pena vivenciar”, diz wThiago Bueno e Bueno Funfas, aluno do curso de Direito, em Londrina. Thiago Bueno

Fazer a diferença

Thaís de Mello Cândido

“Tive uma boa oportunidade para entrar na PUCPR, fiz o PROUNI, consegui meia bolsa. Cheguei aqui e já dei de cara com o trote solidário e passei a ver a universidade com outros olhos. Não sou simples acadêmica, sou alguém que faz a diferença na vida de outras pessoas”¸ diz Thaís de Mello Cândido, câmpus Maringá, estudante de Administração, 2º período, referindo-se à Pastoral, da qual participa sempre. “É um diferencial da PUCPR, você pode estudar e fazer o bem ao mesmo tempo.”, ressalta. “Me descobri na Faculdade. No que se refere aos bastidores da gravação, ela conta que os alunos organizaram o cenário e ficaram muito livres e à vontade para criar. “Nos divertimos muito e interagimos com alunos de outros câmpus. Trocamos experiências.”

Alan Guimarães Machado da Silva, do 1º período do curso de Desenho Industrial Design Digital, foi o escolhido na categoria Mídia Externa. “A Campanha me chamou a atenção porque eu já trabalho com design gráfico. Vim pela oportunidade de mostrar meu trabalho em Curitiba. Não tinha ideia da estrutura, dos bastidores na criação de um comercial. Os profissionais pediram muito a nossa opinião e com isso me deram mais técnica para desenvolver melhor o meu trabalho”, explica. “Também gostei da interatividade. Cheguei na PUCPR há três semanas, meu curso é à tarde. Foi bacana porque conheci pessoas de outros cursos, aqui mesmo da sede e também de outros câmpus.”

15


capa 21 alunos participaram do comercial da campanha

DNA Segundo a diretora de Comunicação e Marketing da PUCPR, Maysa Simões, o mote da campanha Você faz a PUC. A PUC faz você, seguiu uma estratégia de comunicação, iniciada há três anos. “A campanha aproveita um ponto muito característico no DNA da marca PUC, que é o engajamento do aluno. E é exatamente isso que conseguimos traduzir no conceito. Não fizemos uma campanha para eles e sim por eles. Todos os depoimentos são espontâneos”, ressalta Maysa.

Ela lembra que as mídias sociais foram intensamente usadas para divulgar e chamar os alunos, dar visibilidade àqueles que passaram pelos testes de vídeo nos câmpus e para expor a galeria de trabalhos. O making-of da campanha está no site www.pucpr/vestibular onde também está disponível o clipe gravado com a A Banda mais Bonita da Cidade. O outdoor pode ser visto em diversos pontos da cidade e o comercial está sendo veiculado em TV aberta e fechada.

16

O que é a PUCPR O reitor da PUCPR, Clemente Ivo Juliatto, também reforça que ninguém melhor que o próprio aluno para expressar o que significa estudar na universidade. Por outro lado, “quem enxerga a universidade a partir de dentro, da sala de aula, dos laboratórios, dos ambientes de estudo, da biblioteca, do contato direto com os nossos professores, esse sim poderá expressar de forma mais autêntica o valor de ser um membro do corpo discente da PUCPR”, afirma. “Daí a importância desta campanha de publicidade que faz, dos próprios alunos da PUCPR, seus divulgadores! Só quem conhece e ama pode, realmente, dizer o que é a PUCPR.” Reitor Clemente Ivo Juliatto


FEITO POR PESSOAS, PARA PESSOAS.

SAIS HIDRATANTES | SAIS RELAXANTES | ESPUMAS DE BANHO | CREMES PARA AS MÃOS CREMES PARA OS PÉS | HIDRATAÇÃO COM TOQUE AVELUDADO | ÓLEOS CORPORAIS | MÁSCARA CAPILAR SHOWER HIDRATANTE | SABONETES ARTESANAIS E DE TRATAMENTO

SHOPPING BARIGUI: PISO SUPERIOR - LOJA 2044A - EXPANSÃO (41) 3373.8469 SHOPPING MUELLER: PISO CA - LOJA 62 (41) 3018-9848


dna

Bola da vez Novidade na PUCPR, essa bola não deixa ninguém ficar estressado. Ajuda a desenvolver força, equilíbrio, flexibilidade, coordenação, correção postural e condicionamento aeróbico Flex bola é uma aula divertida, desafiante e intensa, que utiliza a bola suíça, ou fitball, na prática de exercícios. É também a nova modalidade de exercício oferecida pelo setor de Esportes da PUCPR. A bola é feita de um tipo de borracha super resistente que suporta até 300 kg. “É indicada para pessoas com qualquer nível de condicionamento físico e de todas as idades”, explica a educadora física, Mariana Silva dos Reis.

18

Durante as aulas, alguns princípios do Pilates são utilizados. “Em especial a concentração. A mente deve estar ligada nos movimentos do corpo, para que sejam controlados e seguros. Os outros preceitos são o da centragem, que é a ativação dos músculos profundos, principalmente do abdômen, e a respiração diafragmática, que ao expandir o corpo ajuda a reorganizar o alinhamento postural”. O número de repetições para cada exercício varia de acordo com o nível de dificuldade da atividade e do nível de condicionamento do aluno.

Relaxante “A aula é bem relaxante, trabalha bastante o equilíbrio. É divertida, diferente, foge um pouco da rotina da academia. É mais tranquila e dá resultado”, diz Lorena Martins, aluna de Relações Públicas da PUCPR, que participou de aula experimental.


Fotos João Borges

Passo a passo

Aquecimento

Exercícios

Relaxamento

Lorena Martins, aluna de Relações Públicas da PUCPR, na aula experimental

Para todos os gostos O professor Luiz Carlos Py Flores, coordenador do setor de Esportes, ressalta que a PUCPR está sempre investindo na motivação dos alunos e crescimento do envolvimento da comunidade interna e externa na prática de exercícios. Segundo ele, além da Flex Bola, neste semestre o setor passou a oferecer o duathlon training, que visa um trabalho aeróbico de altíssimo gasto energético para que o aluno possa atingir seus objetivos saindo da rotina do treino tradicional. “Também contamos com a ginástica localizada, atividade clássica que não pode sair do mapa, a corrida de rua que a cada dia tem mais adeptos e o spinning. Temos em nosso departamento de forma contínua a natação e a musculação e o serviço de Personal Trainer, uma forma segura, otimizada e divertida de atingir objetivos na área da saúde e bem-estar.”

Serviço A Flex bola e outras atividades que o setor de Esportes oferece são para alunos e também para a comunidade. O público interno tem valor diferenciado. Outras informações no site www.pucpr.br/esportes

19


mercado de trabalho

Oportunidades na Copa do Mundo de 2014 João Borges

Denis Alcides Rezende A Copa do Mundo de 2014 proporcionará para os nossos alunos e ex-alunos uma grande oportunidade para elaborar projetos, prestar serviços, empreender atividades, inovar alternativas financeiras e até mesmo, abrir empresas. Mas é preciso se antecipar, ou seja, se planejar. É necessário ficar atento às notícias, às argumentações políticas e principalmente às movimentações relacionadas aos negócios diretos da Copa do Mundo, bem como às movimentações indiretas, ou seja, o que está em paralelo ou “por trás” desse megaevento.

20

Nas aulas que leciono sempre deixo claro para os alunos que o planejamento e a gestão da vida pessoal, familiar e profissional, são requisitos para uma vida de sucesso. É inegável que não teremos emprego para todos, mas indubitavelmente, oportunidades de projetos terão muitas, muitas mesmo, mas inexoravelmente, é preciso ficar atento e ter atitudes proativas. Proatividade empreendedora requer ideias, elaboração, execução e conclusão de projetos para posterior implementação e gestão inteligente. Algumas dicas para ajudar. A primeira atitude empreendedora é fazer o projeto de planejamento estratégico ou plano de negócios. Depois o maior desafio: implementação e gestão inteligente desse projeto. Outra dica importante que discuto e aprendo com meus alunos: formalizar conceito e método (como “segredo” de sucesso). Temos que partir de um conceito. O planejamento estratégico da organização é um processo dinâmico, sistêmico, coletivo,

participativo e contínuo para determinação dos objetivos, estratégias e ações da organização ou de um projeto empreendedor. Esse processo está embasado essencialmente nos problemas ou desafios pertinentes. Também pode ser chamado de Plano de Negócio. É um relevante instrumento para lidar com as mudanças do meio ambiente interno e externo e para contribuir com o sucesso e a inteligência das organizações e de projetos empreendedores. A metodologia é essencialmente um roteiro que descreve fases, subfases e produtos, detalhando de forma objetiva a visão moderna e a aplicação prática de um guia para um projeto. No caso do planejamento estratégico, podem ser citadas as fases: (1) elaborar análises ou diagnóstico do meio ambiente interno e externo, incluindo forças e fraquezas, ameaças e oportunidades; (2) elaborar diretrizes, destacando o negócio, seus produtos ou serviços e os objetivos qualificados e quantificados; (3) elaborar estratégias, considerando os planos de ações e a análise de viabilidade financeira e não financeira; e a última fase: (4) elaborar controles e gestão do planejamento. Resumindo, quatro folhas de papel: problemas ou desafios; objetivos; estratégias e planos de ações. Lembre-se, planejar também é sinônimo de objetivar, pensar, sonhar, desejar, desenhar, etc. Com essas dicas, alunos e ex-alunos podem efetivamente se posicionar frente às oportunidades diretas e indiretas oferecidas pela Copa do Mundo de 2014. Portanto, planeje-se já para gestão posterior e sucesso no futuro.

Denis Alcides Rezende, pós-doutor em administração, consultor e professor de Graduação e Doutorado em Gestão Urbana da PUCPR. Autor de livros de informação, estratégia e planejamento de empresas, municípios e organizações públicas. www.denisalcidesrezende.com.br


reportagem | fórum de carreiras

Muito além da sala de aula Diferenciação é a palavra para quem busca sucesso profissional Vivenciar, conhecer melhor o mercado de trabalho e traçar desde o início da vida universitária um plano de carreira preciso. Foi com esse objetivo que alunos da graduação e pós-graduação da PUCPR participaram da 4ª edição do Fórum de Carreiras - PUC Talentos, em agosto. Ocasião perfeita para conhecer os riscos e desafios da vida empresarial e os caminhos para ser um profissional bem sucedido em um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

Fernando Gustavo Barbosa

“Uma das oportunidades mais legais oferecidas pelo Fórum é o contato direto que os estudantes podem fazer com as empresas. Durante a graduação e a pós os alunos precisam de rede de relacionamento, e quando você não tem eventos que propiciem isso, fica mais difícil de criar essa rede”, diz Daniella Forster, coordenadora do PUC Talentos. Ela também ressalta que “no mundo virtual não há o contato pessoal, e, mandar currículo por e-mail não mostra a cara. Assim é mais difícil de ser lembrado.”

A aluna do 4º período do curso de Marketing, Jessica Cristina Maranho, que o diga. Ela aproveitou o evento para visitar os estandes empresariais que mais lhe interessavam. “Selecionei as empresas e fui entregando currículos, verificando a possibilidade de trabalho futuro. Aproveitei para fazer meu marketing pessoal, por e-mail isso não acontece”. Além de percorrer os estandes, Jéssica considerou o intercâmbio a atividade mais importante do evento. “Foi o que me deu mais conhecimento, uma noção maior de como funciona o intercâmbio. Vai ser mais fácil me organizar agora que já sei os passos e as provas que tenho que fazer”, conta. Segundo Álvaro Amarante, diretor de Relações Externas da PUCPR, o intercâmbio é uma grande oportunidade que a Universidade oferece ao aluno para obter uma experiência internacional. “Ele pode fazer uma parcela do seu curso em uma universidade fora do país. E essa é uma experiência muito desejada pelas empresas na hora de contratar um profissional”, ressalta.

Para acertar sempre O medo de dar um tropeção e por tudo a perder no momento de aproveitar uma boa oportunidade profissional assombra tanto os que estão ingressando no mercado, quanto aqueles que já estão na “estrada” há um bom tempo. Por isso, o psicólogo e consultor de empresas, Waldez Ludwig, dá alguns toques para quem quer acertar sempre.

22

1. É  de suma importância saber a diferença entre Criatividade e Inovação. “A Criatividade é a geração de idéias e a Inovação é a geração de valores a partir das ideias. Para inovar é preciso conhecimento, para criar não. Sem conhecimento, uma ideia não vai para frente”. Fica assim: “ser inovador e criativo é um diferencial, e ter competência é o mínimo.” 2. O  utra questão a ser observada “é essa onda de que as pessoas devem investir somente naquilo que gostam de fazer na área profissional. Isso não é verdade. É preciso aprender a gostar do que se faz e Ser o Melhor no que se faz. Tem gente que precisa fazer aquilo que odeia. Tem gente que se for fazer o que mais gosta vai ser um fracasso.”

Waldez Ludwig, consultor de carreiras, abriu o Fórum de Carreiras com a palestra sobre competitividade no mercado de trabalho

3. Antes de ingressar em uma empresa, o candidato deve conhecer as suas normas, “se não concordar com elas nem adianta se candidatar, porque terá problemas.”


fotos João Borges

Empreendedorismo “Gostei muito das entrevistas na área de empregabilidade e dos empresários que falaram sobre as experiências com abertura de negócios: riscos, desafios, enfim, mostraram a realidade empresarial”, conta o aluno do 1º período do curso de Administração, Leonardo Santos Borges Reis. “Estou iniciando um pequeno negócio, com produção de chocolates, e esse bate papo informal com empresários me ajudou bastante. Percebi que é muito importante tratar o funcionário como peça fundamental dentro da empresa. Por outro lado, também obtive informações de como um colaborador precisa ter proatividade, visão de grupo, rede de contatos, bom relacionamento com todos, desde o cargo mais baixo até o mais alto. E vi que o conflito de ideias é algo bom e não ruim, porque gera inovação dentro da empresa.”

Jessica focou intercâmbio e marketing pessoal, Leonardo priorizou empreendedorismo

O Fórum Fórum de Carreiras - PUC Talentos é o novo nome para o evento de empregabilidade promovido anualmente. A cada edição são apresentadas inovações para enriquecer o perfil profissional dos participantes. Neste ano, o evento foi aberto para alunos de pós-graduação e comunidade em geral. Disponibilizou mais de 400 vagas de estágio/emprego e programas trainee. Também ofereceu palestras, workshop, bate-papos, espaço para discussões informais e apresentação de cases de sucesso. O evento contou com participação das seguintes empresas: Ambev, Embraco, Ernst & Young, ExxonMobil, Faurecia, GRPCOM, Hotéis Deville, Lumen FM, Nokia Siemens, Price Water Coopers, Renault, Sanepar, Sebrae, Totvs, Volkswagen e Whirlpool.

23

O fórum permitiu bate-papo entre empresários e alunos


drops

Luta pela vida Letícia Paris, aluna do 4º ano do curso de Jornalismo da PUCPR, conquistou o Prêmio Dom Helder Câmara de Imprensa, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A reportagem vencedora, “Adolfo Guidi, dedicação e luta pela vida de um filho”, relata a trajetória de um pai em busca de tratamento para a doença degenerativa de seu filho, e foi publicada na revista O Mensageiro de Santo Antônio. A matéria escrita por Letícia pode ser conferida no site http://omensageiro.org.br/reportagem.pdf

João Borges

Prêmios nacionais e internacionais Ex-alunos e professores dos cursos de Desenho Industrial, Projeto de Produtos, e Medicina Veterinária conquistaram dois importantes prêmios nacionais e internacionais. No concurso internacional Core 77 Design Awards, a equipe ficou com o prêmio de melhor produto na categoria estudantes. Com um equipamento veterinário que permite a obtenção de diagnósticos do sistema respiratório equino, os pesquisadores ganharam na categoria de melhor produto no Prêmio Bom Design 2011. A parceria envolveu os ex-alunos de Desenho Industrial, Cleber Niels e Rodrigo de Freitas Wolf, sob a orientação dos professores Alex Ferraresi, Antonio Martiniano Fontoura, José Luiz Casela e Marcelo Castilho, e do professor Pedro Vicente Michelotto Junior, do Curso de Medicina Veterinária.

João Borges

24

Intercambistas Mais de 90 alunos estrangeiros iniciaram um intercâmbio com validação de créditos na PUCPR. Eles permanecerão na Instituição por um semestre, ou um ano letivo, em cursos distribuídos por todos os Centros da Universidade. O intercâmbio é uma excelente opção para aumentar as oportunidades e desenvolvimento profissional. Nos últimos dois anos, o número de alunos internacionais que vieram à PUCPR dobrou. Ao longo de 2011 serão 109 estudantes, vindos de mais de 10 países.


João Borges

35 anos Arquitetura e Urbanismo Um ciclo de palestras abriu o 2º semestre letivo do Curso de Arquitetura e Urbanismo da PUCPR. Na oportunidade foi lançada a programação especial dos 35 anos de fundação do curso e divulgado o resultado do concurso de criação de logomarca da campanha. O 1º lugar foi para os alunos Renan José Sanson (a esquerda na foto) e Guilherme Arnon Schmitt. Fernanda Sofiati de Barros Carvalho e João Victor Temporão Monteiro receberam menção honrosa. Neste ano, também comemora-se a criação e implementação do novo conselho de classe profissional, o CAU.

A utilização de materiais e soluções que não agridam ao meio ambiente, ou que utilizem energias renováveis, foi o mote dos trabalhos exibidos na mostra 3D DESIGN. DIVERSÃO.DRAMA dos formandos do curso de Desenho Industrial. No total, 19 trabalhos foram apresentados. Em paralelo, foi apresentada a Mostra Redesign Móveis Cimo. 26 protótipos desenvolvidos pelos alunos foram avaliados por uma banca da “Meu Móvel de Madeira”. Inspirada na história de sucesso da Móveis Cimo, a Meu Móvel de Madeira resolveu resgatar os principais sucessos da antiga fábrica, propondo aos alunos o redesenho dos móveis mais desejados da época, agora com

design contemporâneo. Os projetos selecionados participarão do programa “Meu Primeiro Royalty”, que remunera os futuros designers com parte do lucro nas vendas de suas criações.

25

Ganhadores Cadeira Irina :: Ellen Caroline Gerva , Cadeira Anis :: Gabrieal Unger Mesa de telefone Inverse :: Bruna Lazaroto, Chrystian Wendel Ross e Vitor Garcia Ramos. Cimo C300 (Rack) :: Hugo Pérpetuo Martins, Enzo Yassuda Pachecoski, Thiago Yoschio Ono. Criado Cubo :: Luiz Felipe Souza Martins, João Pedro Knopik, Paulo Alberto Andreatta Wojciechowski

João Borges

Redesign

A aluna Bruna Lazaroto, representando toda a equipe, que ficou em 3º lugar no concurso


mundo melhor

Curitiba

Arquivo pessoal

A informação e a educação têm se revelado as melhores formas de combater a maior parte das doenças de fácil prevenção e a marginalidade nos jovens. Pensando nisso, o projeto Ação Comunitária Informação, Educação e Cidadania” se utilizou de palestras, oficinas e vídeos de curta duração para multiplicar conhecimentos e promover saúde na comunidade. Foram tratados de temas como saúde bucal e consequências sistêmicas, drogas, DST, alimentação saudável, entre outros. Aliando informação e educação, de uma forma interativa, o projeto também estimulou a solidariedade entre os jovens, suas famílias e o seu meio social.

Transformando Sonhos em Realidade Claudinéia Itiberê da Cunha, formada em Odontologia pela PUCPR, no último semestre.

Solidariedade 26

Prevenção e promoção da saúde

Propor e desenvolver essa Estratégia de Prevenção e Promoção de Saúde sob a supervisão e apoio do Prof. Dr. Léo Kriger, foi uma experiência ímpar, rica e muito importante para minha formação acadêmica. Também ampliou minha visão de responsabilidade social. Sei que ela não se limita apenas ao governo, instituições educacionais e grandes empresas, mas cabe a cada um de nós. Contribuir para um mundo melhor aumenta o desejo de continuar, e mais ainda, o desejo que essa Ação Comunitária perpetue, sendo realizada por outros alunos da PUCPR.”

O NPC iniciou uma campanha de arrecadação para confeccionar 150 bonecas de pano que serão doadas às crianças em vulnerabilidade socioeconômica, beneficiárias da ONG Sonhar Acordado. Você pode colaborar doando os materiais necessários para a confecção: algodão cru, fibra siliconada, tinta preta para tecido, fita 2cm/0,5cm para acabamento, agulhas, linha branca, lápis 6b, tecidos coloridos e estampados para as roupinhas, cola quente, alfinete e enfeites variados, como lacinhos e florzinhas, para aplicar no cabelo das bonecas. Pontos de arrecadação - Núcleo de Projetos Comunitários (Câmpus Curitiba) e Escola Municipal Raquel Mader Gonçalves, parceira da campanha. As doações podem ser feitas até o dia 23 de setembro. Mais informações (41) 3271-1798/2577 projeto.comunitario@pucpr.br.

10 ANOS DO NPC Tiveram início, em agosto, as comemorações dos 10 anos do Núcleo de Projetos Comunitários da PUCPR. As atividades se estenderão até o final de 2012 e envolverão toda a comunidade acadêmica, além de instituições parceiras e seus representantes.

A Campanha já possui selo, que está sendo aplicado em todos os materiais do Núcleo


pastoral

Rondon

Florianópolis

Casca

vel

Projeto Missionário Ir. Henri Vergés e Projeto Rondon O protagonismo acadêmico de futuros profissionais comprometidos com a realidade social brasileira. Com o objetivo de levar um pouco dos conhecimentos adquiridos na academia, para diferentes comunidades no Brasil, um grupo de 125 alunos da PUCPR participou, no primeiro semestre de 2011, do Projeto Rondon e/ ou do Projeto Missionário Ir. Henri Vergès. Eles desenvolveram diferentes atividades de solidariedade e voluntariado. De 15 a 31 de Janeiro, oito alunos e dois professores participaram do Projeto Rondon, na cidade de PIO IX – PIAUÍ. De dois a nove de julho, foram realizados dois projetos missionários Ir. Henri Vergés. Um em Florianópolis, com alunos dos câmpus Curitiba e São José dos Pinhais, e outro em Cascavel, com alunos dos câmpus de Toledo, Londrina e Maringá. Entre os dias nove e 25 de julho outro grupo de 10 rondonistas participou do projeto no Oiapoque, Amapá, e de 16 de julho a 1°. de agosto mais um grupo participou da Operação TUIUIU, na cidade de Jangada, no Mato Grosso.

Relatos Em sua bagagem, muitos são os relatos que cada um dos participantes desses projetos trazem. Eles acreditam que para acontecer transformações sociais em nosso país é necessário sair de meros espectadores a protagonistas, na construção, ampliação e consolidação da cidadania em favor da eqüidade e justiça social. É evidente no relato dos acadêmicos a alegria de ter vivenciado essa experiência, revelando que valeu a pena conhecer um pouco “mais de perto” a realidade desse imenso e tão diferenciado Brasil, demonstrando a certeza de que ainda há muito a fazer para um mundo solidário e mais fraterno.

Mensagem Aos Rondonistas e Missionários da PUCPR parabéns pela dedicação, comprometimento com os projetos e amor ao próximo!

Convite Venha você também fazer parte desta equipe que faz a diferença na Universidade através da solidariedade.

Para maiores informações sobre os projetos entre em contato com o Núcleo de Pastoral de seu câmpus: Pastoral Câmpus Curitiba tel.: 41.3271 1397 pastoral.ctba@pucpr.br Pastoral Câmpus São José dos Pinhais Tel.: 41.3299 4343 pastoral.sjp@pucpr.br Pastoral Câmpus Maringá Tel.: 44.3026 2322 pastoral.mga@pucpr.br Pastoral Câmpus Toledo Tel.: 45.3277 8622 pastoral.toledo@pucpr.br Pastoral Câmpus Londrina Te.: 43.3372 6027 pastoral.ldn@pucpr.br

os preenderem "Nunca com iso simples sorr o quanto um pode fazer". a de Calcutá

Madre Teres

27


você na puc

Na prática

Infraestrutura permite que alunos exercitem a profissão dentro da universidade

Flávia Sampaio, Talita Vidal, Mariana Castro e Jéssica Foltran na aula prática do curso de Biotecnologia

28

Fotos João Borges

João Pedro Alves da Silveira, Heron Torquato, Lucas Vian e Paulo Semicek, alunos de Jornalismo, no estúdio de televisão

Josiene Remer, Mariana Yared e Marianna Knorr, alunas do curso de Engenharia Química, aprendem a teoria no laboratório de Física


Lorena Gomes e Luara Miguita, alunas do 40 período de Medicina analisam uma cultura de fungos

Giuliana Rosenda, Evelise Ferrarin e Débora Bier, também do 40 período de Medicina utilizam o microscópio

Juliano Pierezan, Paulo Piratelo e Matheus Rodrigues alunos de Engenharia de Controle e Automação


registro

João Borges

Calouros

Divulgação

Alunos que ingressaram na PUCPR, neste semestre, conheceram em agosto a missão, a estrutura, os diferenciais e o compromisso da Universidade com a formação integral dos alunos. A apresentação foi feita no teatro TUCA pelo reitor Clemente Ivo Juliatto, e o vice-reitor Paulo Mussi. Na oportunidade, houve apresentação da Orquestra de Câmara da PUCPR, do Coral Champagnat e do Grupo de Teatro Tanahora.

30

Lixo Eletrônico

Durante todo o mês de julho, alunos do curso de Engenharia Ambiental do Câmpus Toledo participaram de uma Campanha de Coleta de Lixo, com o objetivo de oferecer às empresas associadas e representadas pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, a oportunidade de dar destino correto a todo o lixo eletrônico, como computadores, periféricos, placas, monitores, impressoras, entre outros. O projeto ocorreu em parceria com o SESCAP da regional Toledo, Associação de Catadores de Material Reciclável daquele município e Câmpus Toledo da PUCPR. A campanha foi encerrada pelo decano Renato Tratch, e o material coletado encaminhado ao aterro sanitário para o devido destino.


João Borges João Borges João Borges

Artificial A PUCPR foi a Universidade escolhida pela empresa italiana Sorin Group para demonstrar, pela 1ª vez no Brasil, seu aparelho de Assistência Circulatória. O equipamento permite manter a circulação sanguínea e o funcionamento do pulmão de forma artificial por 21 dias. Na foto, os coordenadores do evento, o cirurgião cardiovascular da Santa Casa de Curitiba, Sérgio Augusto Veiga Lopes, o chefe de cirurgia do coração do Hospital de Messejana, de Fortaleza, Juan Mejia, o gerente nacional da linha cardiovascular da Expressa Group, representante da Sorin Group no Brasil, Edison Silva.

Ganhadores Ipads Solange de Souza Machado e Maikon dos Santos Oliveira foram os ganhadores dos IPads sorteados entre os alunos da PUCPR que responderam a pesquisa de graduação do 1º semestre. A pesquisa busca identificar os hábitos, comportamentos e sentimentos dos alunos com relação à Universidade. Na foto, os alunos com o reitor da PUCPR, Clemente Ivo Juliatto (à esq.), e o vice-reitor, Paulo Mussi (à dir.).

Inglês A Escola de Negócios da PUCPR promoveu em agosto a palestra de inauguração das disciplinas que serão ministradas, exclusivamente, em inglês. O professor Belmiro Castor foi o palestrante. Participaram das aulas os alunos estrangeiros que estão na PUCPR por programa de intercâmbio e alunos matriculados em cursos de graduação da Universidade.

Divulgação

31

Direto para Assunção Karla, Ana Claudia, Wanylla, Fernanda e Jussara, do curso de Enfermagem, do Câmpus Toledo da PUCPR, embarcaram no mês de agosto para Assunção, no Paraguai. Elas vão passar um semestre na Universidade Católica da capital para trocar informações, incluindo aspectos da cultura de cada local. Esta é a primeira vez que é feito intercâmbio com a Universidade de Assunção. Na foto, as alunas com os professores Simone, Jaciane, Juceli, Janaina, Luciane e Itamar.


vem aí

Religiões no mundo Vai até 19 de novembro o ciclo de debates “Religiões no Mundo”, promovido pela Pastoral da PUCPR. O objetivo é discutir sobre como as grandes tradições respondem aos desafios éticos da sociedade contemporânea, a partir da exibição de documentários mediada por líderes religiosos e estudiosos das ciências das religiões. O evento foi aberto em 27 de agosto, com o tema Islamismo. Programação: 13 de setembro, Judaísmo, com o Rabino Pablo Berman, 10 de outubro, Hinduísmo, com o padre Joachim Andrade, 5 de novembro, Religiões de Matriz Africana, com Iyalorisa Dalzira M. Aparecida, e 19 de novembro, Religiões Chinesas, com o professor Rodrigo Wolff Apolloni. Mais informações pelo telefone 41.3271-1397. Causa Dr. Honoris A PUCPR concede título de Doutor Honoris Causa ao professor Ives Gandra da Silva Martins, destacado advogado tributarista e jurista, defensor das organizações filantrópicas e crítico respeitado da política nacional. A solenidade será no dia 21 de setembro, às 20h, no TUCA. O título constitui a mais alta dignidade acadêmica que a Instituição pode outorgar a personalidades nacionais ou estrangeiras, que tenham contribuído, de modo eminente, para o progresso das ciências, cultura e educação. O título também será concedido ao Bispo Anglicano Desmond Mpilo Tutu, reconhecido por sua firme posição contra a segregação racial e sua incansável campanha pelo fim do apartheid. A solenidade ainda não tem data definida. Revele seu Talento - Fora de Sede

32

Ocorre em 27 de setembro, no Teatro Marista de Maringá, às 20hs, o show da etapa final do Revele seu Talento. O evento terá participação da Orquestra de Câmara da PUCPR, sob a regência de Paulo Torres. A entrada é franca é uma oportunidade para estudantes de graduação concorrerem, ganhar prêmios e se apresentarem como solistas.

Seleção de atletas Até o dia 17 de setembro, a Associação Acadêmica Atlética de Exatas convida todos os acadêmicos de engenharia, agronomia e arquitetura para participar das seletivas de Handball, Basquete e Vôlei. A seleção será realizada nas quadras externas da PUCPR: 9h basquete masculino, vôlei feminino e handball masculino; às 10h30 basquete feminino, vôlei masculino e handball feminino.


programação

Exposição

Programação

Imagens que são fundamentais para compreender a expansão da capital paranaense entre os anos de 1940 e 2007 estão reunidas em exposição no Memorial de Curitiba. As fotos foram feitas pelo fotógrafo Synval Stocchero e ficam expostas até dezembro. A exposição é organizada pela diretoria de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba. A entrada é gratuita e a exposição funciona de 3ª a domingo, inclusive nos feriados. Horários para visitação: Das 9h às 12h e das 13h às 18h (3ª a 6ª feira), e das 9h às 15h (sábado, domingo e feriado). O Memorial de Curitiba fica na Rua Claudino dos Santos, nº 79, no Centro.

Teatro

Este mês estreia nos cinemas o romance “Pronta para Amar”. Dirigido por Nicole Kassel, o filme conta a história de Marley (Kate Hudson) e Julien (Gael Garcia Bernal). Marley era uma mulher independente, alegre e bem sucedida que não acreditava no amor, até ser surpreendida por uma grave doença e pelo médico Julien. Também estão no elenco atores como Whoopi Goldberg, Kathy Bates e Lucy Punch. A estreia está prevista para a partir de 16 de setembro.

Para alegria dos apreciadores dos sucessos “Carolina”, “Burguesinha” e de muitas outras canções do cantor e compositor Seu Jorge, o artista desembarca em Curitiba no dia 16 de setembro para mais um show contagiante. A apresentação acontece no Curitiba Master Hall e os ingressos custam a partir de R$39. A classificação indicativa é 16 anos e os ingressos podem ser adquiridos em quiosques de venda dos shoppings Mueller, Estação e Total e também pelo Disk Ingressos (www.diskingressos.com.br e (41) 3315-0808).

Show

Fotos: Divulgação

Cinema

Isso te interessa? Este é o nome do novo espetáculo da Companhia Brasileira de Teatro que estreia nacionalmente no dia 15 de setembro no Teatro Novelas Curitibanas, em Curitiba. Com direção de Marcio Abreu a montagem traz a adaptação do texto “Bon, Saint Cloud” da dramaturga francesa Noëlle Renaude, cuja obra é inédita nos palcos do país. O espetáculo mistura drama com humor e traz a vida cotidiana de uma família como ponto de partida para reflexões sobre a natureza humana. A peça fica em cartaz de quinta a domingo até o dia 16 de outubro, sempre às 20h. A entrada é franca e o teatro Novelas Curitibanas fica na Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1.222.

O Lumenoso faz parte do Grupo Lumen de Comunicação, que mantém a Lumen FM, a Lumen TV, a Clube FM e a Lumen Clássica

Cultura é

fácil


Arquivo pessoal

o que faz a sua cabeça?

quem

Francisco Millarch, formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela PUCPR. Realizou mestrado em Hypermedia Studies na Universidade de Westminster em Londres. É fundador e diretor da MalaPronta.com, considerado pela o terceiro mais importante portal de reservas de hotéis do Brasil e o décimo da América Latina.

Para sair

Gosto de sair pra tomar uma cerveja ou chopp escuro e comer um bom sanduíche.

Livros

34

Gosto muito de livros sobre negócios, investimentos e biografias e estou sempre na parte de “não-ficção” das livrarias. Entre os clássicos que li recentemente, estão “A estratégia do oceano azul”, de Chan Kim e Renée Mauborgne, “O investidor inteligente” de Benjamin Graham e as biografias de Akio Morita, Thomas J. Watson Jr, e Steve Jobs. O próximo na minha lista é o “Saga Brasileira” da Miriam Leitão.

Para relaxar

Faço yoga duas vezes por semana, o que ajuda no equilíbrio da mente e faz bem para o corpo.

Música

Gosto dos clássicos. Na música brasileira, sou fã incondicional e eterno do Chico Buarque. Adoro Jazz e Blues, especialmente Chet Baker, Nina Simone, Billie Holiday, Eric Clapton entre tantos outros. Tem espaço para rock de boa qualidade também, como os Rolling Stones, Belle and Sebastian, além dos precursores do rock progressivo, como o Pink Floyd e Yes.

Internet

A Internet é um prazer e trabalho ao mesmo tempo. Passo a maior parte do tempo desenvolvendo, projetando e melhorando os sites da minha empresa. Adoro sites de viagens e fujo dos de compras coletivas. Gosto de blogs de alta qualidade e bem segmentados e assino seus posts em RSS para ler diariamente de uma vez só.

Televisão

Gosto muito de documentários, talk shows, e programas de entrevista. Todo domingo, às 11 horas não abro mão do Manhattan Connection da Globo News, que por sinal é a emissora que mais assisto. Quando é para me divertir vejo a programação de filmes da HBO ou os programas da Discovery. Hoje em dia, os programas de melhor qualidade encontramos na Internet, como as gravações dos encontros TED.

Viagem

É o que mais gosto de fazer na vida. A última foi para o deserto do Atacama que tem uma das paisagens mais belas que já ví, comparáveis com as da Patagônia, outra viagem inesquecível. Na Europa, a maior aventura foi ter feito o Caminho de Santiago de bicicleta, iniciando na França, aos pés dos Pirineus, e indo até Finisterre, que era considerado o “fim da terra” antes das grandes descobertas. Ao total foram mais de 1000 quilômetros pedalando.


Vida 208  
Vida 208  

Vida Universitária

Advertisement