Page 1

brasillian storm

MEDINA Nas ondas da

India 1


Sumário

Expediente

Um campeão que não gosta de competir

03

VICTOR CIVITA (1907-1990) ROBERTO CIVITA (1936-2013)

Nas ondas da India

07

Presidente Executivo: Fábio Colletti Barbosa

Conselho Editorial: Thomaz Souto Corrêa, Elda Müller, Fábio Colletti Barbosa, Giancarlo Civita, José Roberto Guzzo, Victor Civita Neto Diretor de Assinaturas: Fernando Costa Diretor Geral Digital: Manoel Lemos

Céu é o limite

07

Diretor Financeiro e Administrativo: Fabio Petrossi Gallo

Brasillian Storm/Medina

07

Diretor de Planejamento Estratégico e Novos Negócios: Daniel de Andrade Gomes

Diretora-Geral de Publicidade: Thais Chede Soares Diretora de Recursos Humanos: Paula Traldi Diretor de serviços Editoriais: Alfredo Ogawa Diretora Superintendente: Brenda Fucuta Diretora de Núcleo: Marcia Neder OFF Diretora de Redação: Susana Barbosa Diretora de Criação: Ines Néspoli Redatoras Chefe: Eliana Sanches e Renata Piza Moda: Rita Lazzarotti (Editora), Larissa Luchese (Editora Assistente), Marília Bertolucci e Tarsila Riso (Repórteres Visuais), Giovanna Gaba (Estagiária) e Vera Basini (Acervo) Reportagem de surf: Carolina Muniz e Chantal Sordi (Editoras), Fernanda Jacob e Marina Domingues (Repórteres) e Fernanda Faustino Gonçalves (Estagiária)

Revista OFF 1 Edição

2

3


Um campeão,

que não gosta de competir

Dane Reynold’s, da vida estressante cheia de responsabilidadades do WT à vida recheada de viagens, novas amizades e diversões.

Revista OFF 1 Edição

4

5


Dane Reynolds nasceu no dia 07 de setembro de 1985, em Long Beach, Califórnia. Começou a surfar com 10 anos, aos 13 iniciou a disputar competições locais e atualmente é conhecido por seu estilo de surf “power“ que inclui muitas manobras experimentais e aéreo É notório a facilidade com que o surfista profissional Dane Reynold’s desliza sobre as águas, chamando a atenção de qualquer um que o veja em ação, até mesmo de surfistas da elite mundial.

Revista OFF 1 Edição

tinha o seu melhor ano, terminando empatado em quarto lugar com Taj Burrow. Sua turnê de 2011 começou frustrante, faltando os três primeiros eventos, devido a uma lesão no joelho, a partir daí houve o abandono do circuito e Dane passou a se dedicar exclusivamente ao freesurf, quando resolveu deixar esta vida de cobranças e estresse de lado, tomando outro rumo à sua vida, o atleta ganha um salário fixo e representa sua marca patrocinadora através da mídia, filmes e viagens.

Seus principais patrocinadores são: Quiksilver, Channel Islands e Vans. Em agosto de 2012, Reynolds foi introduzido no Hall da Fama dos surfistas em Huntington Beach, Califórnia.

Em seu primeiro filme chamado “First Chapter”, ganhou Melhor Performance Masculina em Vídeos do Ano nos Prémios 2006 Surfer Poll.

Para especialistas no assunto, se Dane Reynold’s estivesse até hoje no WT com certeza estaria brigando pelo título mundial.

No final de 2011 Dane se distinguiu de outros surfistas por moldar sua própria prancha chamado de Ilhas Cachalote Channel. Rob Machado e outros criaram suas próprias pranchas, bem como, em vez de depender de um shaper.

Competiu em 2003 e 2004, o X-Games e recebeu a maior pontuação em uma única onda ambos os anos. O 2008, no ASP World Tour marcou o seu ano de estreia no circuito, depois de terminar em segundo lugar no ASP World Qualifying Series (WQS - divisão de acesso) atrás apenas de Jordy Smith. Em 2008 no WT ficou em 19 lugar, com 4.066 pontos, em 2009 alcançou o cobiçado “Top Ten” (10) , com 5.219 pontos. Em 2010, Reynolds

6

7


Nas ondas da

Revista OFF 1 Edição

8

India

9


Sobre os dois point breaks 1. Rastas: É um destro oco que foi nomeado após o livre surfista Dave Rastovich. Rasta imortalizou essa onda nas “Castles in the Sky” filme de Taylor Steele. 2. Satyas: É um poderoso barril de maré alta para combinar Backdoor Pipeline como visto no filme “Castles in the sky”, de Taylor Steele. Surfers Atenção: Esta ruptura Surf não é para o nível de iniciantes, este é um intermediário e avançado surfistas nível de quebra só.

Sobre o guia de surf Um dos nossos guias de surf do Mantra Surf Club vai acompanhar todos os nossos clientes neste surf camp. O guia irá certificar-se de que todos os nossos clientes são atendidos muito bem a partir da palavra “ir” até o fim da viagem Surf. O guia também será responsável por levar os convidados para as quebras de surf e lhe dará primeira mão detalhes sobre como as duas quebras de trabalhar. Haverá também um fotógrafo na viagem que vai tirar fotos de surf e vai documentar toda a viagem. Se o cliente gosta das fotos que estarão disponíveis para uma taxa nominal por foto.

Sobre o Surf

resort irá emitir um visto de entrada para os seus clientes para visitar e surfar.

Primeiro pacote de viagem de surf da Índia leva você para o surfe de classe mundial, que apresenta “rastas” e “Satyas”, duas ondas de direita, no local. Estes podem ser facilmente comparados às melhores destinos de surf qualquer outra do mundo.

Assim, todas as formalidades governamentais e de permissão de obras em papel são necessárias e serão atendidos por nós, mediante a sua confirmação para ir a este passeio Surf.

O resort de surf está muito bem conservado e com funcionários simpáticos que estão sempre ao seu serviço. O resort está localizado na praia, no lado oposto das duas quebras de surf. A comida aqui é uma cozinha local único, saboroso e delicioso. Três vezes buffet tipo refeições com café da manhã, almoço e jantar à noite. Os quartos do resort surf são oferta simples e limpa quartos A / C com banheiro em anexo estilo ocidental e chuveiro.

O surfe e Condição

Mas isso é na Índia, e que lhe dá a vantagem sobre essas quebras de surf, como “não há multidões” e todas as ondas são apenas para você e alguns outros sortudos que podem vir nessa turnê surf.

A temporada de surf é no mês de abril a setembro, as ondas vão estar em qualquer lugar a partir de 1,2 mts. a 3.0mts. de altura. Ambos os spots de surf estão em uma rocha de lava plana e prateleira coral, criando, assim, estas duas quebras de surf de classe mundial, a água é cristalina e limpa e durante as sessões o vento off-shore durante todo o dia. Desta forma, spot de surf da Rasta & de satya produz ondas de classe mundial, com condições perfeitas perto, possivelmente durante todo o dia.

Sobre a Índia Surf Spot Ele está em uma área controlada exército indiano, para a entrada nessa área é somente se você tiver uma confirmação de alojamento no resort local perto das quebras de surf e, em seguida, o Revista OFF 1 Edição

Sobre o Resort

10

11


céu éo

limite

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry.

Revista OFF 1 Edição

12

13


Ozzie Wright t Lorem Ipsum has been the industry’s standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.

It has roots in a piece of classical Latin literature from 45 BC, making it over 2000 years old. Richard McClintock, a Latin professor at Hampden-Sydney College in Virginia, looked up one of the more obscure Latin words, consectetur, from a Lorem Ipsum passage, and going through the cites of the word in classical literature, discovered the undoubtable source. Lorem Ipsum comes from sections 1.10.32 and 1.10.33 of “de Finibus Bonorum et Malorum” (The Extremes of Good and Evil) by Cicero, written in 45 BC. This book is a treatise on the theory of ethics, very popular during the Renaissance. The first line of Lorem Ipsum, “Lorem ipsum dolor sit amet..”, comes from a line in section 1.10.32.

It is a long established fact that a reader will be distracted by the readable content of a page when looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using ‘Content here, content here’, making it look like readable English. Many desktop publishing packages and web page editors now use Lorem Ipsum as their default model text, and a search for ‘lorem ipsum’ will uncover many web sites still in their infancy. Various versions have evolved over the years, sometimes by accident, sometimes on purpose (injected humour and the like).

The standard chunk of Lorem Ipsum used since the 1500s is reproduced below for those interested. Sections 1.10.32 and 1.10.33 from “de Finibus Bonorum et Malorum” by Cicero are also reproduced in their exact original form, accompanied by English versions from the 1914 translation by H. Rackham

Contrary to popular belief, Lorem Ipsum is not simply random text. Revista OFF 1 Edição

14

15


brasillian storm MEDINA

Paulista de São Sebastião, Gabriel Medina é o mais jovem brasileiro a ingressar no seleto ASP World Title (WT)

Revista OFF 1 Edição

16

17


Sobre Nome: Gabriel Medina Nascimento: 22/12/1993 Melhor onda: Restaurants (Fiji) Melhor praia: Maresias (São Paulo) Ídolo: Ayrton Senna

Títulos 2012 • Campeão Prime Trestle EUA • Vice-Campeão WCT Fiji

2011 • Campeão Prime Imbituba/SC – Brasil • Vice-Campeão Prime Ericeira – Portugal • Campeão WQS 6 Estrelas Lacanau- França • Campeão WQS 6 Estrelas Zarautz – Espanha • Campeão Pro Junior Lacanau – França • Campeão WT Hossegor – França • Campeão WT São Francisco – EUA • 4º lugar no Ranking Final – World Ranking

2010 • Campeão Mundial Amador ISA Sub-18 – Nova Zelândia • Campeão Rip Curl Grom Search Sub-16 Bells Beach – Austrália t, restrito aos 36 melhores do planeta. Também foi o atleta mais novo a vencer uma etapa do Mundial de Surf (ASP), com 15 anos.

Aos 14 anos já fazia as finas nas competições do Paulista Profissional e participou de etapas do Mundial Profissonal, quando, em Ubatuba/SP, conseguiu derrotar seu ídolo Adriano Mineirinho.

Começou a surfar aos 9 anos. Já aos 11, venceu seu primeiro campeonato a nível nacional, a etapa Rip Curl Grom Search na categoria Sub-12, que aconteceu em Búzios/RJ.

Em julho de 2009, Gabriel Medina fechou um contrato com a Rip Curl e se profissionalizou. Apenas 10 dias depois, já venceu a etapa do Mundial Profissional.

A partir daí, venceu campeonatos do Brasileiro Amador e foi campeão dos circuitos Volcom Sub-14, Quicksilver King of Groms, Rip Curl Grom Search e tricampeão Paulista. Na Califórnia, foi vice do Volcom Internacional Sub-14 e, no Equador, vice-campeão do Mundial Amador Sub-16.

Já em 2011 veio a sequência que o levou à condição de partilhar as ondas com os tops do Mundo, o WQS 6 estrelas Prime em Imbituba/SC, os dois WQS 6 estrelas na França e na Espanha. Soma-se também a vitória na etapa do Mundial Pro Júnior, também em ondas francesas.

• Vice-Campeão WQS 6 Estrelas Praia do Santinho/SC – Brasil • 3º lugar WQS 6 Estrelas Zarautz – Espanha • 3º lugar WQS 6 Estrelas Praia Mole/SC – Brasil 2009 • Campeão WQS 6 Estrelas Praia Mole/SC – Brasil • Campeão King of Grom Sub-16 Hossegor – França

Revista OFF 1 Edição

18

19


A reportagem de Breno Dines e Manuel Valle relembrou o começo da carreira de Gabriel e apresentou o surfista como “o menino que assombrou o mundo do surfe com vitórias, títulos e um repertório de manobras inovadoras. Um fenômeno que, para nossa sorte, é do Brasil”.

O programa também abordou as comparações entre o brasileiro e Kelly Slater, que também chegou bem jovem ao circuito mundial e relembrou o comentário feito por Kelly nas redes sociais: “Parabéns, Gabriel. Grande perfomance. Só vou ter que lidar com você por um curto tempo. Sinto muito pelos garotos da sua idade”.

O programa relembrou que Gabriel saiu da pequena cidade de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, e hoje já é apontado como surfista brasileiro mais talentoso de todos os tempos.

Durante a matéria, os repórteres também mostraram o apoio que Gabriel tem de sua família, já que seu padrasto, Charles, viaja com ele em todas as competições, e, durante uma parte do ano, a família aluga uma casa na Califórnia para ficar perto do garoto.

“É o futuro do surfe brasileiro em termos de chances a título mundial”, disse Renato Hickel, diretor geral do ASP, durante a reportagem. “O Gabriel está liderando este pelotão e jogando a gente em outro nível”, completou Adriano de Souza, surfista de elite mundial. A atração contou a história de sucesso do brasileiro: “Aos 15 anos, ele se tornou o mais jovem surfista a vencer uma etapa do circuito mundial de acesso. E foi campeão juvenil na França com o recorde histórico de duas notas 10 na final. Depois, uma sequência de títulos no primeiro semestre de 2011 colocou Gabriel por antecipação no seleto grupo dos 34 melhores surfistas do planeta”.

Revista OFF 1 Edição

Simone, mãe de Gabriel, aproveitou a entrevista para contar que se preocupa com o assédio feminino: “Eu controlo mesmo. Faço a minha parte e espero que elas façam a delas (risos)”. Para concluir, Gabriel fez um balanço de todo este sucesso: “Tudo graças a eles [família] e a Deus”, concluiu. Na página oficial de Gabriel no Facebook, o garoto aproveitou para agradecer pela matéria: “Valeu Breno Dines e Manuel Valle!!!! Muito Legal a matéria”, escreveu.

20

21


Revista OFF 1 Edição

22

Revista off paginas juntas  

Surf Magazine

Advertisement