Page 1

// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

MANUAL DE FLEXOGRAFIA Produção de arquivos digitais e arte para rótulos, etiquetas e tags.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

ÍNDICE 1. Introdução 2. Especificações Técnicas 3. Como evitar erros 4. Fontes 5. Diagramação e posicionamento 6. Mídias e envio de arquivo 7. Provas


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

INTRO A Printek Etiquetas & Rótulos, desenvolveu esta manual para você obter os mais excelentes resultados na reprodução de sua etiqueta e rótulo e assim, valorizar ainda mais a sua marca e produto. Esse manual disponibiliza as informações sobre arquivos de imagens, textos, artes, fechamento de arquivos, extensões, dicas de envio via e-mail e FTP. Seguindo as orientações descritas nesse guia, você terá a certeza que seus trabalhos serão impressos com qualidade, nitidez e nos prazos contratados sem surpresas.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS A Printek trabalha em conformidade com normas técnicas regidas pela ISO para o processo gráfico. Arquivos nos formatos – finalizados e prontos: • PDF/X-1A (v. PDF 1.3) espaço de cores CMYK, norma ISO15930-1; • CDR – Corel Draw versão X5 (15) ou inferior (versões de 11 a 15 são bem ; • EPS – Encapsulated PostScript – extensão para arquivos de imagem e texto ; Arquivos de imagem para serem utilizados nos rótulos e etiquetas • TIF ou TIFF – Tagged Image File Format em CMYK e resolução mínima de 200dpi • JPG ou JPEG – Joint Photographic Experts Group em CMYK – compactação de imagens resolução mínima 300dpi • EPS – em CMYK resolução mínima 200dpi Arquivos de texto – para serem introduzidos nas etiquetas ou rótulos • TIF ou TIFF – Tagged Image File Format - em CMYK e resolução minima de 200dpi; • JPG ou JPEG – Joint Photographic Experts Group em CMYK – copactação de imagens resolução mínima 300dpi; • EPS – em CMYK resolução mínima 200dpi;


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

Arquivos de texto – para serem introduzidos nas etiquetas ou rótulos • TXT , RTF ou DOC – textos enviados nos formatos descritos para serem adequados a arte ou desenho; • Corel Draw X5 ou salvo em versões 11 a 15 – textos devem ser convertidos emcurva e/ou acompanharem as fontes utilizadas. Evite usar extensões de arquivos que não sejam apropriados para trabalhos em Flexografia e artes gráficas em geral. Dentre os arquivos que não são indicados para o trabalho e desenvolvimento de rótulos, etiquetas e embalagens podemos destacar: • BMP, PNG, WMF e GIF de qualquer resolução; • Arquivos RGB, estes arquivos devem ser convertidos previamente em CMYK para que possam ser utilizados em artes gráficas e flexografia; • Textos, imagens e desenhos gerados para páginas WEB como: HTML, XHTML, ASP, PHP ou outra linguagem de interpretação, que por vezes utilizam baixa resolução de imagem e os textos possuem características próprias que podem ser alteradas na repodução gráfica.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

FONTES Fontes utilizadas nos textos são os caracteres propriamente ditos. São as famosas Arial, Times New Roman e outras. Para serem utilizadas no processo flexográfico pela Printek você deve seguir as orientações abaixo. Fontes padrão PostScript As fontes padrão PostScript tipo 1 (type 1) são mais seguras e aceitas pela Printek e seus fornecedores, desde que incorporadas no arquivo PDF/X-1A. É importante lembrar que não é recomendável utilizar a variante Multiple Master ou MM. A Printek não se responsabiliza pelos resultados caso seja utilizada essa variante. Fontes padrão True Type Por razões técnicas o uso das fontes True Type serão aceitas pela Printek se forem fornecidas as mesmas junto aos arquivos. Caso estas fontes sejam utilizadas pelos clientes e não forem fornecidas junto aos arquivos de imagens os resultados poderão ser divergentes. Fontes Open Type Serão aceitas, desde que sejam geradas por software licenciado e corretamnte incorporadas ao arquivo PDF.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

Fontes com restições de licenciamento Algumas tipos de fontes possuem restições quanto ao seu uso, licenciamento. Fontes nessa categoria, que estiverem incorporadas ao arquivo serão substituidas no workflow com resultados imprevisíveis. A utilização de tais fontes é de inteira responsabilidade do cliente. Caso seja utilizada uma fonte não aceita, recomendamos que sejam convertidas ou transformadas em curva, evitando assim a necessidade de embuti-las no arquivo. Overpints e knockouts Para evitar problemas com a qualidade, a Printek configura seus workflows a correção de problemas comuns em textos preto definicos como knockout, quando deveriam estar como overprint. Desta forma, os workflow forçarão os textos que estiverem 100% preto a ficar como overprint. Caso o cliente deseje que algum texto ou boxes que estejam 100% permaneçam em knockout, é recomendável adcionar na composição em 100% mais 1% de qualquer cor da CMYK. Fazendo desta forma, o RIP dos workflows não provocará alteração alguma. Fora esta situação, a Printek manterá todas as configurações de sobreposição ou vazamentos.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

POSICIONAMENTO O posicionamento da imagem é fundamental para que o rótulo ou etiqueta tenha equilíbrio e cumpra o papel de divulgar, informar e enobrecer a embalagem e o produto do cliente. Em geral você poderá seguir as seguintes dicas abaixo para um rótulo ou etiqueta padrão. • Toda área de grafismo não sangrada deverá respeitar uma distância mínima de 1,5mm das laterais (direita e esquerda) e de 2mm do pe e da cabeça da etiqueta. Se essa regra não for obedecida, textos que estiverem além dessas margens de segurança podem ser cortados no processo de acabamento (corte e retirada de esqueleto). • Imagens sangradas serão cortadas pelo processo de acabamento e devem ter 3mm a mais de cada lado que será cortad. Imagens sangradas não sobrando margens de material visível, porém, os textos devem respeitar as dicas dadas no item anterior.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

MÍDIA & ENVIO A PRINTEK aceita as seguintes mídias digitais por serem as mais difundicas e confiáveis no mercado formatação para PC Windows® • CD-ROM gravado formato ISO • DVD-ROM Os discos devem ser enviados/entregues identificados com nome do estúdio, agência, cliente e trabalho. IMPORTANTE: a revisão dos rótulos, etiquetas e tags realizadas pela PRINTEK tem o objetivo evitar possíveis problemas que gerem impactos no processo flexográfico e de reprodução. O cliente é o responsável pelo conteúdo dos impressos, por sua produção e pla garantia de que a prova e arquivo fornecidos apresentam todos os elementos. O cliente também é responsável pelo uso da imagem, fotos e desenhos em conformidade com a lei de direitos autorais, uso de imagem e violação de patentes ou marcas.

OUTRAS FORMAS DE ENVIO DE ARQUIVOS Você pode optar por enviar seus arquivos via e-mail ou FTP. Para saber como enviar e para que e-mail enviar, entrar em contato com a PRINTEK para receber as orientações necessárias e suas senhas de acesso ao programa FTP.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

Para saber como enviar e para que e-mail enviar, entrar em contato com a PRINTEK para receber as orientações necessárias e suas senhas de acesso ao programa FTP. PARA ENVIAR VIA E-MAIL: 1. Criar uma pasta (diretório) em seu computador com o nome do arquivo, sem acentos, caracteres especias ou espaços, ex. Rotulo_Pimenta_Ardida ou RotuloPimentaArdida; 2. Inserir nesta pasta (diretórios) todas as imagens, textos, fontes que serão utilizadas no processo. Ex., arquivos CDR, Fontes True Type, imagens do produto TIFF; IMPORTANTE: não colocar nenhum arquivo Executável (exe) ou com macros (ex. Word, excel ou access que tenham macro) pois o sistema antivirus bloqueará a abertura e eliminará seu arquivo de nossos servidores sem notificação.

3. Selecionar a pasta e através de um programa compactador como ZIP e Winrar; 4. Criar o email para arte@printek.com.br e anexar o arquivo compactado. 5. Entre em contato posteriormente para checar o recebimento e a integridade de chegada do arquivo.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

IMPORTANTE: arquivos com mais de 10MB devem ser enviados por FTP para evitar que este se perca ou a conexão seja reconfigurada por time out.

PARA ENVIAR VIA FTP: 1. Siga os pasos de 1 a 3 do sistema de envio de arquivos por e-mail 2. Abra o programa de envio de arquivos FTP PRINTEK (você poderá fazer o download deste programa no site da PRINTEK http://www.printek.com.br/download/ ( seção downloads), ou o FTP online no endereço http:// www.printek.com.br/ftpcliente . No caso de acessar a página FTPCliente, coloque seu nome de usuário e senha fornecidas pela PRINTEK. 3. Selecione o seu arquivo compactado e carregue no programa 4. Clique em enviar 5. Aguarde a finalização e a mensagem de ITEM ENVIADO COM SUCESSO 6. Ligue para confirmar o recebimento do arquivo pornossa equipe.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

PROVAS Ao enviar provas certificadas (impressas para serem seguidas como modelo), faça conforme orientação da série de normas – ABNT NBR ISO 12647, descrito no manual. Veja mais na Cartilha da ABTG – Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica. A PRINTEK solicita nesses casos de simulação de impressão, que se siga o perfil profile ISO coated_V2_eci.icc, ou data Set FOGRA 39L, com renderização Relativo Colorimétrico, em conformidade com a norma ABNT NBR NM-ISO 12647-2. Para critérios de certificação são os da norma NBR ISO 12647-7 É importante lembrar que o envio de provas certificadas NÃO é uma exigência da PRINTEK, porém, é necessário pelo menos o envio de uma print produzida em impressora normal de escritório (colorida e com boa resolução). A PRINTEK considera importante o uso de provas certificadas. Se a opção for pelo não envio de Provas Certificas, a PRINTEK seguirá os parâmetros relativos às normas dos processos de impressão flexográfico. COMENTÁRIO SOBRE PROVAS: Para simular o resultado de uma impressão flexográfica, são necessários um conjunto de


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

parâmetros específicos que não necessariamente idênticos às condições de impressão final. Isso é caudado por diferenças no espectro dos corantes e por fenômenos como brilho, difração da luz, tipo de substrato, transparência e outros fatores físicos e químicos das tintas e material. Uma outra dificuldade esta na comparação da prova com um impresso frente e verso ou empapéis e películas metalizadas, perolados, foscos ou de baixa gramatura, frequentemente usados nos processos flexográficos. Se a prova for produzida usando um perfil de gerenciamento de cores baseado em medidas com base White Backing (base branca), ocorrerá diferença visual e numérica na curva L*a*b entre as provas que tem apenas um lado impresso, com o rótulo ou etiqueta que apresenta um liner, adesivo e frontal difente do papel de impressão da prova. ENVIO DE ARQUIVOS COREL DRAW Os rótulos e etiquetas produzidos em Corel Draw tem que ser preferencialmente salvos e exportados em formato EPS(Encapsulated PostScript).


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

Você deve verificar os seguines itens antes de salvar os seus arquivos de Corel: • Todas as imagens tem que estar em formato CMYK (Cyan, Magenta, Yellow e Black). Não use imagens em RBG (Red, Blue e Green). Apesar de aparecerem coloridas em seu monitor e na impressão de sua Inkjet, as imagens salvas em RGB ficam preto e branco ou em cores lavadas ao serem processadas e posteriormente impressas pelo processo flexográfico. • Muitos problemas já foram detectados no processamento de arquivos de imagens, por isso é recomendado que todos os dégradés e fundos texturizados sejam transformados em TIF ou TIFF ( use Export – Select Only – TIFF Bitmap, CMYK, nomedoarquivo.tif) e aplicados no seu rótulo como se fossem imagens pelo método Import. • As marcas de corte de sua etiqueta ou rótulo devem ser feitas manualmente no arquivo. Os arquivos devem conter todos os elementos da página, ou seja, imagens em alta resolução, logotipos, artes, ilustrações, etc. • É necessário que haja margem de segurança em todas as imagens que serão sangradas de 3mm. Mais deta-


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

lhes veja POSICIONAMENTO IMAGENS E/OU TEXTOS. • A somatória das porcentagens das quatro cores (CMYK) não pode ultrapassar 320%. Por exemplo, não pode existir qualquer área do rótulo ou etiqueta com 100% nas quatro cores (CMYK), pois a somatória total seria igual a 400%. • Para converter os arquivos .EPS em PDF utilize o Adobe Distiller devidamente configurado. CONFIGURANDO AS CORES NO PHOTOSHOP O software PhotoShop deve ser utilizado somente para tratamento de imagens. Como tratamento de imagens entendemos a correção de cores, aplicação de efeitos especiais, recortes, retoques, correção de brilho e contraste, etc. A imagem finalizada deve ser enviada para um aplicativo de paginação como o CorelDraw, Indesign, Illustrator, QuarkXPress e Freehand. Recomendamos as configuraçõea no Color Setting do Photoshop da seguinte maneira:


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

Para maior fidelidade das cores, recomendamos fazer o sincronismo dos demais aplicaivos com o padrão definido no Photoshop. No Adobe Creative Suite, utilize o Bridge para sincronizar automaticmaente a configuração das cores. Passos para sincronizar: 1. Abra o Bridge 2. Escolha Editar > Configurações de cores de Creative Suite 3. Selecione a configuração de cores desejada e clique Aplicar. A PRINTEK especifica apenas uma configuração de cores, independente do tipo de substrato e/ou processo de impressão. IMPORTANTE: A PRINTEK trabalha com flexografia e outros sistemas integrados para reprodução dos mais variados tipos de rótulos e etiquetas, as ações para administrar e escolher os sistemas mais indicados para reprodução de uma rótulo ou etiqueta são tomadas internamente. A exceção fica por conta das regiões de mínimas (área de altas luzes), onde em flexografia – por características técnicas do processo – a reprodução destas áreas ocorre acima de 4%.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

RETÍCULA E REPRODUÇÃO DE MEIOS TONS Para reproduzir fotografias, imagens, desenhos elaborados, dégradés, blendes e benday são necessários decompor estas imagens em pequenos pontos chamados retículas. Os softwares de saída (RIP) fazem esta tarefa automáticamente. Porém, é necessário lembrar que a qualidade do impresso está diretamente relacionada a resolução da imagem. Imagens de baixa resolução produzem impressões pobres e com defeitos como o aparecimento dos pixels da digitalização. A qualidade também esta relacionada com a quantiade de pontos usados nas retículas. Mais pontos definem melhor a imagem. Para reproduzir fotografias, paisagens e ilustrações ricas em detalhes recomendamos o uso de retículas entre 133 a 150 lpi (linhas por polegadas ou 54 a 60 linhas por centímetro) demais trabalhos com ilustrações, desenhos vetoriais e composições de dégradés, blendes e bendays reticulas entre 42 a 52 linhas podem atender bem ao propósito do rótulo ou etiqueta. EXEMPLO DE RETÍCULA OBSERVADA COM UM CONTA-FIOS.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

A tabela abaixo ilustra a relação entre definição da imagem em DPI - dot per inch - e retícula permita para a resolução. DPI | Resolução da imagem Digital

Retícula | Resolução impressão Flexográfica

150 dpiw

75 lpi ou 29 l/cm

200 dpi

100 lpi ou 39 l/cm

300 dpi

150 lpi ou 59 l/cm

*Todos os arquivos de imagem devem ser fechado para PC Windows XP, VISTA ou 7.

IMPORTANTE: A PRINTEK trabalha com flexografia e outros sistemas integrados para reprodução dos mais variados tipos de rótulos e etiquetas, as ações para administrar e escolher os sistemas mais indicados para reprodução de uma rótulo ou etiqueta são tomadas internamente. A exceção fica por conta das regiões de mínimas (área de altas luzes), onde em flexografia – por características técnicas do processo – a reprodução destas áreas ocorre acima de 4%.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

SUPORTE Caso tenha dúvidas sobre fechamento de arquivos, envio de material, imagens, textos e fontes, formatos de arquivos aceitos pela Printek poderá entrar em contato através do telefone +55 (27) 3245-4566 de segundas as sextas-feiras em horário comercial ou a qualquer hora através dos e-mails: arte@printek. com.br ou suporte@printek.com.br Este conteúdo informativo foi produzido pelos especialistas da Printek Etiquetas & Rótulos. Caso tenha mais alguma dúvida, envie-nos um e-mail e fique de olho em nossos canais para novos materiais.


// PRODUÇÃO DE ARQUIVOS DIGITAIS E ARTE PARA RÓTULOS, ETIQUETAS E TAGS.

(27) 3245-4566 printek@printek.com.br /printeketiquetas

Profile for Victor Maia

Manual de Flexografia  

Manual de flexografia para produção de arquivos digitais é um guia prático passo-a-passo que auxiliará profissionais a fecharem arquivos par...

Manual de Flexografia  

Manual de flexografia para produção de arquivos digitais é um guia prático passo-a-passo que auxiliará profissionais a fecharem arquivos par...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded