Page 1

PORTFOLIO


O GRUPO


O GRUPO

Fruto de pesquisas sonoras com materiais alternativos como lixo e sucata, o grupo VIDA SECA se forma em 2004, relendo ritmos brasileiros, africanos e latino-americanos, com influências da música pop e experimental. O quarteto formado por Danilo Rosolem, Igor Zargov, Ricardo Roqueto e Thiago Verano compõe músicas, produz instrumentos e ministra oficinas com o projeto “Lixo Ritmado, Batuque Reciclado”, que desenvolvem desde o ano de 2006. Com seu trabalho procuram instigar as pessoas para nossa realidade social e ambiental, por meio de um discurso artístico e pedagógico que questiona e propõe ações.

PROCURAM INSTIGAR AS PESSOAS PARA NOSSA REALIDADE SOCIAL E AMBIENTAL


Possuem um CD lançado em 2008, Som de Sucata, em um DVD homônimo lançado em 2012. Percorreram com seus espetáculos e oficinas os estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal, e realizaram duas turnês em Portugal, em 2009 e 2010.

GOIÁS, MATO GROSSO, MINAS GERAIS, SÃO PAULO, DISTRITO FEDERAL, PORTUGAL


SOM DE SUCATA


SOM DE SUCATA

O espetáculo Som de Sucata, apresentado pelo grupo Vida Seca, é uma experiência musical inusitada e questionadora. Com a sonoridade surpreendente de seus instrumentos feitos com materiais reutilizados do lixo e da sucata, o espetáculo diverte e ao mesmo tempo instiga o público sobre os problemas sociais e ambientais enfrentados por nossa sociedade.

O ESPETÁCULO É UMA EXPERIÊNCIA MUSICAL INUSITADA E QUESTIONADORA


Com muita irreverência e interações com a platéia, Som de Sucata é uma experiência singular, que viaja pelos ritmos da música popular do mundo chegando aos sons da contemporaneidade, onde o som da urbanidade, dos lixões, dos ferros velhos, daquilo que descartamos e esquecemos, ganha nova vida, vida seca.

VIAJA PELOS RITMOS DA MÚSICA POPULAR DO MUNDO CHEGANDO AOS SONS DA CONTEMPORANEIDADE


OFICINAS


OFICINAS A oficina Lixo Ritmado, Batuque Reciclado possibilita aos participantes vivenciar uma experiência nova e instigante. Partindo de materiais descartados pela sociedade, como diversos tipos de lixo e sucata, propõe-se às pessoas reinventar o significado destes objetos através da música. Em uma dinâmica que visa à interação entre os indivíduos, fortalecendo o sentimento de coletividade e cooperação, ao longo da oficina os sons vão brotando do corpo e deste são transferidos para os materiais antes inertes e sem vida.

REINVENTAR O SIGNIFICADO DESTES OBJETOS ATRAVÉS DA MÚSICA


Ao final esses indivíduos unidos serão capazes de organizar as sonoridades descobertas em forma de música e terão experimentado uma nova visão sobre tudo que produzimos, consumimos e descartados em nossa sociedade. Lixo Ritmado, Batuque Reciclado é uma experiência que estimula a criatividade, a sensibilidade, o senso crítico e o espírito de coletividade e cooperação, recomendada a pessoas de todas as idades.

UMA NOVA VISÃO SOBRE TUDO QUE PRODUZIMOS


FICHA TÉCNICA ESTILO E GÊNERO DE MÚSICA Experimental

Local Brasil • Goiás • Goiânia

Ano de formação 2004

Discografia Som de Sucata DVD Vida Seca

Danilo Rosolem

Igor Assis

Thiago Verano

Ricardo Roquete

Integrou, entre 2004 e 2005, o projeto Filhos de Saci, notório por sua mistura de Teatro, Música e Poesia. É integrante, desde 2005, do grupo De Volta ao Samba e desde 2010 da banda Pó de Ser.

Atuou compondo arranjos de percussão em trabalhos como o CD de música infantil Em Cantos(2006), de Denise Godoy, e no CD No Cerne da Madeira(2006), da banda Coró de Pau, da qual foi percussionista e segunda voz entre 2002 e 2006.

Instrumentos

Integrou a banda Blues e Derivados, entre 2004 e 2005, e participou do grupo De Volta ao Samba, em 2007 e em várias ocasiões como convidado. Atualmente integra o grupo Sambaobá.

Foi percussionista da banda Minadgua, entre 2006 e 2008. É membro fundador da banda Pó de Ser e atua como produtor cultural na Mais Um Baú de Ideias e no Teatro do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Goiás, Campus Goiânia.

Instrumentos de percussão, sopro e cordas, ex.: Marimba de garrafas, chimbal com calha de rede elétrica, Marimba de disco de freio de caminhão (argolas), chocalho com latinhas, ladrilhofone (espécie de xilofone com piso de cerâmica), tubofone (espécie de baixo com canos PVC), Trombose (trombone com canos PVC), Flauta Panluca (Flauta Pan com Flauta Maluca, com canos PVC e garrafa Pet), etc.


FATOS&DESTAQUES 2006 Executam seu primeiro projeto (Lixo Ritmado, Ba-

tuque Reciclado) aprovado por Lei de Incentivo à Cultura (municipal) em escolas públicas do Jardim Novo Mundo em Goiânia - Realizam os primeiros shows fora de Goiás, em Nova Xavantina e Cuiabá;

2007 Participam do Circuito Cultural Banco do Brasil, no

Centro Cultural Oscar Niemeyer e se apresentam novamente em Cuiabá - Iniciam seu segundo projeto aprovado na Lei de Incentivo à Cultura Municipal, com os catadores de materiais recicláveis da favela ao lado da pecuária;

2008 Realizam turnê pela semana do meio-ambiente

com o grupo de percussão tradicional portuguesa Tocá Rufar, no Seixal; Se apresentam na abertura do show de Hermeto Pascoal no Goiânia Noise Festival.

2010 Realizam show no Festival Bananada; realizam sua

segunda turnê em Portugal, participando do Festival Internacional de Percussão Portugal a Rufar, no Seixal; do evento Caldas Late Night, em Caldas da Rainha; realizam shows na Casa Viva, no Porto, no Insólito Bar, em Braga, e no Carpe Diem Bar, em Santo Tirso. Gravam o show para seu primeiro DVD, no Circo Lahetô, em Goiânia.

2011 Gravam dois curtas – metragens para seu primeiro

da empresa Transpetro/Petrobrás nas cidades de Senador Canedo, Uberlândia, Uberaba e Ribeirão Preto - Lançam seu primeiro CD, Som de Sucata, com shows em Goiânia, Brasília, Taguatinga e Cuiabá (2009).

DVD: Rua 57, nº 60, Centro, em parceria com ¿porqua ? grupo de dança e Cotidiano Cão com Grupo Empreza. Realizam shows e oficinas em Presidente Prudente-SP, no 1º Festival Rosa dos Ventos. Participam com apresentação no Goiânia Noise Festival.

2009

2012 Idealizam e produzem, junto ao ¿porqua ? grupo de

Realizam apresentação e oficina na Unesp de Presidente Prudente-SP; realizam sua primeira turnê internacional em Portugal, participando do evento Cine Eco, na cidade de Seia, com apresentações nas lojas FNAC de Lisboa e Almada, no Teatro Passos Manuel e na casa de shows Plano B, no Porto, e participam de um intercâmbio

dança, seu parceiro no coletivo Mais Um Báu de Ideias, o evento de rua Por Acaso Tardes de Improviso, com apoio da Fábrica de Cultura Coletiva. Participam com apresentação do projeto Fim de Tarde no Centro Cultural Oscar Niemeyer e do projeto Nova Música Goiana.


design victorlpontes.com

CONTATO

vidaseca@gmail.com +55 62 8455 3843 www.vidaseca.com.br

Portfolio Vida Seca  

Portfolio da banda Vida Seca. https://soundcloud.com/novomundo/sets/vida-seca

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you