Page 1

Semana Santa Ritรกpolis | 2018


Semana Santa Paróquia de Santa Rita de Cássia | Diocese de São João del-Rei Ritápolis - MG Todo o Povo de Deus é convidado a tomar parte das celebrações internas e externas da Semana Santa. Esses dias são, por natureza, o grande retiro espiritual a que todo cristão católico deve se dedicar com amor e fé. Deixando de lado aquilo que nos afasta de Deus, nós somos convidados, como batizados, a reassumir e a renovar nossa fé naquele que nos salvou pela Sua Paixão, Morte e Ressurreição.


Mutirão de Confissões 15 de março | Quinta-feira

18h30 – Santa Missa e atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia.

Via-Sacra Solene 16 de março | Sexta-feira

18h – Santa Missa e Via-Sacra Solene, no Santuário de Santa Rita de Cássia.


Setenário das Dores de Nossa Senhora De 17 a 23 de março

19h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, Santa Missa e Setenário das Dores de Nossa Senhora, constando da meditação sobre as Sete Dores de Maria Santíssima.

Dia 24 de março | Sábado 18h30 – Piedosa Procissão de Nossa Senhora das Dores para a igreja de São Pedro e São Paulo, onde será celebrada a Santa Missa.


Domingo de Ramos 25 de março 8h30 – Na igreja de Nossa Senhora do Rosário, início da Santa Missa, com a proclamação do Evangelho, a bênção e a distribuição dos ramos. Em seguida, Procissão para o Santuário, onde terá continuidade a Santa Missa, com o canto da Paixão do Senhor. 19h – Procissão do Triunfo de Nosso Senhor. Logo após, Santa Missa no Santuário de Santa Rita de Cássia. Vinde, subamos juntos ao monte das Oliveiras e corramos ao encontro de Cristo, que hoje volta de Betânia e se encaminha voluntariamente para aquela venerável e santa Paixão, a fim de realizar o mistério de nossa salvação. Caminha o Senhor livremente para Jerusalém, ele que desceu do céu por nossa causa – prostrados que estávamos por terra – para elevar-nos consigo bem acima de toda autoridade, poder, potência e soberania ou qualquer título que se possa mencionar (Ef 1,21), como diz a Escritura. (Dos Sermões de Santo André de Creta)


Segunda-feira Santa 26 de março 15h – Na igreja de São Pedro e São Paulo, celebração da Coroa das Sete Dores com o Grupo de Oração Mãe Rainha. 15h – Atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 19h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, Santa Missa. Em seguida, Solene e Piedosa Procissão do Depósito da veneranda imagem do Senhor Bom Jesus dos Passos para a igreja de Nossa Senhora do Rosário. A Paixão de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é para nós penhor de glória e exemplo de paciência. Haverá alguma coisa que não possam esperar da graça divina os corações dos fiéis, pelos quais o Filho unigênito de Deus, eterno como o Pai, não apenas quis nascer como homem entre os homens, mas quis também morrer pelas mãos dos homens que tinha criado? (Dos Sermões de Santo Agostinho)


Terça-feira Santa 27 de março

8h – Na igreja de Nossa Senhora do Rosário, Santa Missa. 15h – Atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 19h – Solene Procissão dos Passos, saindo da igreja de Nossa Senhora do Rosário. Simultaneamente, sairá da igreja de São Pedro e São Paulo a Piedosa Procissão de Nossa Senhora das Dores. Ao lado do Santuário de Santa Rita de Cássia, dar-se-á o Piedoso Encontro do Divino Salvador com Sua Mãe Santíssima. Ocupará a Tribuna Sacra o Reverendíssimo Sr. Padre José Walter Silva de Carvalho, DD. Pároco da Paróquia de Santo Antônio de Lagoa Dourada, o qual proferirá o Sermão do Encontro. Em seguida, continuação da Procissão até o interior do Santuário. 21h – Solene e Piedosa Procissão do Depósito da veneranda imagem de Nossa Senhora das Dores para a igreja de Nossa Senhora do Rosário. Mas como poderemos assemelhar-nos a Cristo em sua morte? Sepultando-nos com ele por meio do batismo.Em que consiste este sepultamento e qual é o fruto dessa imitação? Em primeiro lugar, é preciso romper com a vida passada. Mas ninguém pode conseguir isto se não nascer de novo, conforme a palavra do Senhor, porque o renascimento, como a própria palavra indica, é o começo de uma vida nova. (Do Livro sobre o Espírito Santo, de São Basílio Magno)


Quarta-feira Santa 28 de março

15h – Atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 19h – Solene e Piedosa Procissão da Soledade de Nossa Senhora, saindo da igreja de Nossa Senhora do Rosário e visitando os Passinhos da Paixão. Em seguida, no Santuário de Santa Rita de Cássia, Santa Missa. Finalmente, ainda que os irmãos morram pelos irmãos, nenhum mártir derramou o seu sangue pela remissão dos pecados de seus irmãos, como ele fez por nós. Isto, porém, não para que o imitássemos, mas como um motivo para agradecermos. Portanto, na medida em que os mártires derramaram seu sangue pelos irmãos, prepararam o mesmo que tinham recebido da mesa do Senhor. Amemo-nos também a nós uns aos outros, como Cristo nos amou e se entregou por nós. (Do Tratado sobre o Evangelho de São João, de Santo Agostinho)


Tríduo Pascal

Convidamos todos os fiéis para participarem com fervor e esperança, especialmente, das celebrações que compõem o Tríduo Pascal – a Quinta-feira Santa, a Sexta-feira Santa e o Sábado Santo. Toda a Liturgia da Igreja tem como centro as celebrações da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Faz-se, então, essencial a participação de todo cristão e de toda cristã nesses mistérios, visto que Jesus se manifesta como Deus e Senhor no Sacrifício Pascal, cujo ponto central realiza-se na Ressurreição. O Amor de Deus, relatado em toda a extensão do Livro Sagrado – a Bíblia – efetua-se de um modo único na Eucaristia, o Sacramento por excelência, e ela, dada aos católicos como meio de comunhão com a Santíssima Trindade, é a expressão máxima desse mesmo Amor. Por isso, o Tríduo Pascal e o Domingo da Ressurreição devem ser vividos com toda a intensidade do nosso coração. São únicos, insubstituíveis, de valor imensurável. Embora possamos revivê-los todos os anos, cada Páscoa é única.


Quinta-feira Santa

Dia da Instituição do Sacerdócio, do Mandamento Novo e da Santíssima Eucaristia 29 de março 9h30 – Na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar, em São João del-Rei, Santa Missa do Crisma com a preparação e com a bênção dos Santos Óleos dos Enfermos, do Crisma e dos Catecúmenos. 20h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, Solene Celebração da Santa Missa In Coena Domini, constando do Sermão do Mandato, do Rito do Lava-pés, da Transladação do Santíssimo Sacramento para a Capela do Santuário e da Desnudação dos Altares. Adoração ao Santíssimo Sacramento, na Capela do Santuário, até às 15 horas da Sexta-feira Santa. Foi ele o cordeiro que não abriu a boca, o cordeiro imolado, nascido de Maria, a bela ovelhinha; retirado do rebanho, foi levado ao matadouro, imolado à tarde e sepultado à noite; ao ser crucificado, não lhe quebraram osso algum, e ao ser sepultado, não experimentou a corrupção; mas ressuscitando dos mortos, ressuscitou também a humanidade das profundezas do sepulcro. (Da Homilia sobre a Páscoa, de Melitão de Sardes)


Sexta-feira Santa Dia de jejum e abstinência de carne 30 de março

9h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, Via-Sacra Solene. 9h – Atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 15h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, solene Ação Litúrgica da Paixão do Senhor: Canto da Paixão do Senhor, Oração Universal, Adoração da Cruz e Comunhão Eucarística. 20h – Em frente ao Santuário de Santa Rita de Cássia, Paraliturgia do Descendimento da Cruz e Sermão, ocupando a Tribuna Sacra o Reverendíssimo Sr. Padre Adriano Tércio Melo de Oliveira, DD. Pároco e Reitor do Santuário Diocesano de Santa Rita de Cássia. Em seguida, Solene e Piedosa Procissão luminosa do Enterro de Jesus. Vede como Cristo se uniu à sua esposa, vede com que alimento nos sacia. Do mesmo alimento nos faz nascer e nos nutre. Assim como a mulher, impulsionada pelo amor natural, alimenta com o próprio leite e o próprio sangue o filho que deu à luz, também Cristo alimenta sempre com o seu sangue aqueles a quem deu o novo nascimento. (Das Catequeses de São João Crisóstomo)


Sábado Santo 31 de março

8h às 12h – Abertura do Santuário de Santa Rita de Cássia para a veneração dos fiéis à imagem do Senhor Morto. 9h – Atendimento de Confissões, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 20h – No Santuário de Santa Rita de Cássia, Solene Vigília Pascal, bênção do Fogo Novo e do Círio Pascal, Canto do Exultet, Liturgia da Palavra, Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística. [Diz o Senhor:] Levanta-te, vamos daqui. O inimigo te expulsou da terra do paraíso; eu, porém, já não te coloco no paraíso mas num trono celeste. O inimigo afastou de ti a árvore, símbolo da vida; eu, porém, que sou a vida, estou agora junto de ti. Constituí anjos que, como servos, te guardassem; ordeno agora que eles te adorem como Deus, embora não sejas Deus. Está preparado o trono dos querubins, prontos e a postos os mensageiros, construído o leito nupcial, preparado o banquete, as mansões e os tabernáculos eternos adornados, abertos os tesouros de todos os bens e o reino dos céus preparado para ti desde toda a eternidade. (De uma antiga Homilia no grande Sábado Santo)


Domingo de Páscoa 1º de abril

8h – Santa Missa, no Santuário de Santa Rita de Cássia. 15h – Santa Missa Solene da Páscoa do Senhor, no Santuário de Santa Rita de Cássia. Em seguida, Solene Procissão com o Santíssimo Sacramento. Na chegada, no interior do Santuário, bênção do Santíssimo Sacramento. A Igreja canta, na Liturgia de hoje, um hino antigo e sempre novo. Com palavras cheias de enlevo anuncia a vitória da vida sobre a morte: «Morte e vida combateram, mas o Príncipe da vida reina vivo após a morte» E, como se isto tivesse acontecido ontem, a Igreja dirige-se a Maria Madalena, que foi a primeira a encontrar o Senhor ressuscitado: «Vem contar-nos, ó Maria, o que viste no caminho!» Vi o túmulo de Cristo, redivivo e glorioso; vi os Anjos que o atestam, e a mortalha com as vestes. Cristo ergueu-Se de entre os mortos, Ele que era a minha esperança; vê-Lo-eis na Galileia». Hoje Vós, o Ressuscitado, quereis encontrar-Vos connosco em todos os lugares da terra, como ontem Vos encontrastes com os Apóstolos na Galileia. Graças a este encontro, podemos também nós repetir: «Nós sabemos a verdade: o Senhor venceu a morte. Tem piedade, ó Rei da glória». (Da Bênção Urbi et Orbi de 1998, de São João Paulo II)


Agradecimentos O Pároco da Paróquia de Santa Rita de Cássia, Padre Adriano Tércio Melo de Oliveira, e a Equipe Organizadora da Semana Santa agradecem o imprescindível apoio e a participação nas tradicionais solenidades da Semana Santa dos Reverendíssimos Padres, da Banda de Música Santa Cecília, do Destacamento local da Polícia Militar de Minas Gerais, da Prefeitura Municipal de Ritápolis, da Câmara Municipal de Ritápolis, de todos os benfeitores, da equipe de apoio, enfim, de todos que, direta ou indiretamente, contribuem para o bom êxito das celebrações dessa semana. Desde já, agradecemos a todos e rezamos para que a luz que vem do Cristo Ressuscitado anime e revigore nossa Igreja e nossas famílias.


Observações Importantes - Faça uma boa preparação para a Páscoa através da Confissão; - Enfeitem suas residências e suas ruas por onde passarão as imagens e procissões, especialmente por onde passará o Santíssimo Sacramento; - Haverá vendas de velas na Secretaria Paroquial; - As coletas das Santas Missas do Domingo de Ramos serão dirigidas à Campanha da Fraternidade; - A coleta da Sexta-feira Santa será destinada aos Lugares Santos; - Pedimos aos proprietários de veículos, bares e barraquinhas que respeitem as celebrações internas e externas, evitando sonorizações e barulhos que venham causar transtornos na organização da Semana Santa.


CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018 Tema: Fraternidade e superação da violência Lema: “Vós sois todos irmãos.” (Mt 23,8) Texto: Otávio Augusto Oliveira Vieira | Fotos: Gabriel Freire | Arte gráfica: Victor Argamim Foto do Domingo de Ramos: Entrada de Cristo em Jerusalém, por Pietro di Giovanni d’Ambrogio (1410-1449) | Foto de Quinta-feira Santa: Última Ceia, por Valentin de Boulogne (1591-1632) | Foto de Sexta-feira Santa: Cristo Crucificado, por Diego Velázquez (1599-1660) | Foto de Sábado Santo: O Sepultamento de Cristo, por Caravaggio (1571-1610)| Foto de Domingo da Páscoa: Ressurreição, por Luca Giordano (16341705)| Última foto: Cristo Morto com a Virgem, João Evangelista e Maria Madalena, autor desconhecido (século XVIII).


VISTO E APROVADO Ritápolis - MG, março de 2018 Pe. Adriano Tércio Melo de Oliveira Pároco e Reitor do Santuário de Santa Rita de Cássia Conselho de Pastoral Paroquial Equipe Organizadora

Semana Santa 2018 - Paróquia de Santa Rita de Cássia  
Semana Santa 2018 - Paróquia de Santa Rita de Cássia  
Advertisement