Page 1

N

Sóbrio e perene

Cores neutras e linhas retas garantiram uma decoração contemporânea e duradoura à beira-mar de Florianópolis. pág. pág. 58 58

Sempre em casa

O apartamento ficou repleto de conforto e praticidade, tudo para intensificar a convivência familiar no segundo lar, em Balneário Camboriú. pág. pág. 84 84

Quem casa...

Um acurado projeto de interiores para iniciar uma nova fase da vida em Criciúma.

Carregado de

pág. pág. 114 114

personalidade A profissional modificou o projeto original, eliminou paredes e surpreendeu o cliente nesta proposta que transpira suas necessidades, com muito luxo e requinte. pág. pág. 66 66

Bela Vista Country Club, em Gaspar: transformação total na decoração.


82

Na sala, um grande painel de madeira serve de estrutura ao home theater. Ao lado, um aparador funciona como bar, atendendo ao bate-papo com os amigos na ‘mesa de conversa’.

Abril | Maio | Ano II nº8

22

Página do Editor Controle de exageros? Desafio da dosagem? Entenda como ambos funcionam e por que podem ser o segredo do sucesso na decoração.

24

E-mails Leitores elogiam peças, profissionais e equipe, sugerem melhorias e agradecem pelas propostas da revista.

28

Boas ideias Lindos exemplares de peças para todos os gostos e cantos do lar foram escolhidos a dedo para integrar esta seção.

58

Alexandrino Arquitetura Com a preocupação de criar uma arquitetura de interiores contemporânea, requintada e perene, investiu-se em elementos que garantem o caráter atual da decoração sem se entregar a modismos.

54


38

No estar, o toque refinado dos tecidos da marca inglesa Designers Guild. Ao fundo, destaque para a churrasqueira, revestida com porcelanato e com filetes de inox.

66

Tons neutros e cores escuras, como marrom e preto, são predominantes neste projeto e aparecem no mobiliário, revestimentos e tecidos.

117

Abril | Maio | Ano II nº8

66

Ana Paula Ronchi A arquiteta transformou a cobertura num imóvel carregado de personalidade, charme e elegância. As soluções adotadas atenderam ao pedido de integração e visual moderno e surpreenderam o próprio cliente.

72

Andrea Guglielmi & Fabiany Meneghel A ambientação da área social da cobertura reflete a localização do imóvel em frente à praia, em Laguna. Inspiradas pela natureza exuberante, as arquitetas conceberam um projeto adequado para quem quer estar sempre à beira-mar, dentro e fora de casa.

80

Kátia Menezes Mãe do noivo do casal de proprietários, a profissional aproveitou seu profundo conhecimento sobre os futuros moradores para fazer do apartamento lugar perfeito para os pombinhos - e o bebê que está nos planos.

84

Luciene Medeiros Como ‘casa de praia’, a família paranaense escolheu um apartamento à beira-mar em Balneário Camboriú. A distância não prejudicou o trabalho da arquiteta, que abusou da Internet para definir questões do projeto.

Por favor, recicle esta revista


50 120 Abril | Maio | Ano II nº8

92

Lupatini Lima Ramos Arquitetos Associados Para tornar o dia-a-dia mais fácil, valorizar as relações afetivas e viver em tranquilidade, uma família de Balneário Camboriú trocou a casa onde morava por este apartamento. Com a reforma, ganharam ainda mais.

Tudo foi reformulado no clube, desde pisos, paredes, esquadrias, instalações elétricas e hidráulicas.

87

100 Machado & Kronemberger Uma casa de praia para lá de convidativa. E era isso mesmo que os proprietários desejavam para este imóvel em Içara. O projeto privilegiou a funcionalidade, o conforto e criou um espaço de lazer para ser usado o ano todo.

108 Michelle Lima A utilização das fibras naturais e dos tecidos rústicos - de fácil manutenção - se fez presente em todos os ambientes na reforma deste apartamento de 230m², de frente para o mar da Praia Brava, em Florianópolis.

114 Rosalba Vargas Quem casa quer casa. O ditado popular revela uma verdade incontestável e resume a realidade do jovem casal de moradores. Com um acurado projeto de interiores, construíram um lar perfeito para iniciar a nova fase de suas vidas.

126 Liesenberg Arquitetura Para estimular o convívio social entre seus associados e familiares, este clube de Gaspar investiu numa grande transformação.

Confortáveis poltronas de design moderno misturam-se a um gaveteiro de linhas clássicas, que serve de apoio para bar.


Diretor Geral • Nazareno Schmoeller Souza Diretora Administrativa • Janiffer Grace Hasstenteufel Souza Diretor Comercial • Jefferson Pereira da Silva jefferson@revistasuacasa.arq.br

Diretor de Redação • Cristiano Carrador Gerente Comercial • Sidinei Duarte sidinei@revistasuacasa.arq.br

Direção de arte • Vicente Andrade

- SC 02193 DG

criacao@revistasuacasa.arq.br

Diagramação • Luciano Joarez Morais Editor-chefe • Fernando Bruning

- 02264 JP

redacao@revistasuacasa.arq.br

Redação • Letícia Wilson e Tayse Cardoso Planejamento e Marketing • Bruno Henrique Rodrigues Romão Coordenador de fotografia • Ronald T. Pimentel Circulação e assinatura • Greysian Biz Elias Felisberto assinatura@revistasuacasa.arq.br

Web designer • Alex Nunes Representantes comerciais Sucursal Criciúma • criciuma@revistasuacasa.arq.br Sucursal Florianópolis • floripa@revistasuacasa.arq.br Sucursal Tubarão • tubarao@revistasuacasa.arq.br Sucursal Balneário Camboriú • b.camboriu@revistasuacasa.arq.br

contato@revistasuacasa.arq.br www.revistasuacasa.arq.br

Florianópolis: (48) 3024.0071 / 3028.0075 Tubarão: (48) 3301.2534 / Fax: 3301.2531 Criciúma: (48) 3045.7595

N A revista Sua Casa é uma publicação da Supernova Editora Ltda. A reprodução total ou parcial desta obra é proibida sem autorização do editor.


U

Um dos e-mails mais interessantes que já recebi sobre a SuaCASA me questionava sobre o que o leitor chamou de ‘controle de exageros’. Basicamente, ele perguntava sobre como manter o equilíbrio entre a beleza da sobriedade na decoração dos ambientes e as boas surpresas que a ousadia pode trazer. O que motiva dúvidas assim é que já é quase uma fórmula batida compor um espaço com tons neutros e apenas quebrá-lo com alguns objetos em cores chamativas. E também seria uma agressão visual querer deixar um cômodo cheio de elementos que se destaquem – teríamos um ambiente carregado demais, sem requinte algum. O controle de exageros citado pelo leitor eu prefiro renomear como o desafio da dosagem. É um Dom, uma linha fina que separa um bom projeto de um desastre decorativo. Afinal, móveis, objetos e obras de arte sozinhos não fazem nada. Precisam de seleção, de fino trato que envolve muito estudo e trabalho árduo. Quem de fato souber fazer isso conquistará um nome de respeito no mercado, além de reconhecimento de clientes e até mesmo de concorrentes. E uma forma de trazermos profissionais assim a você, leitor, é publicá-los em nossas páginas. Leia e veja com a certeza de que dosamos muito bem esta edição – sem exageros ou neutralidade demais.

Projeto da arquiteta Ana Paula Ronchi. Tons neutros e fortes convivem em perfeita harmonia.

22

www.

.arq.br


Foto: Hermes Bezerra

O requinte no campo Na minha opinião, os tons fortes dessa casa foram muito bem dosados (Alexandrino Arquitetura, 7ª ed). Imagino o trabalhão que deve ter dado, já que o verde invade a decoração pelas grandes aberturas da residência. Eu particularmente gostei da casa principalmente por que saiu da sobriedade e mesmisse que muitas residências de campo acabam tendo. Gleisa Maria Jenkins Blumenau - SC

Tecnologia decorativa Praticidade comprovada Comprei a estante Carmel publicada por vocês no Boas Ideias da revista passada. Meu escritório era meio burocrático e agora a praticidade impera. Tudo por causa da estante, eu garanto. Obrigado pela dica! Bárbara Felisberto S. Araranguá - SC

Design desafiador

Achei bastante interessante a forma como vocês analisaram e compararam duas cadeiras tão diferentes e um peixe decorativo na seção Boas Ideias da edição 7. Abri a página e me chamou a atenção o título “design desafiador”. No texto, ficou provado que o desafio que um designer vai encontrar hoje é manter-se fiel a seu estilo, mantendo a coerência entre suas criações. O que seria das peças se fossem todas totalmente diferente umas outras? Carla Cristina Mello Vlasa - Florianópolis - SC 24

www.

.arq.br

A seção Boas Ideias tem ganho pontos nos quesitos de beleza dos produtos, praticidade e elegância. Vejo que a revista pode evoluir essa seção trazendo mais sugestões de produtos tecnológicos, como a cafeteira Serena e o forno elétrico Sonetto, ambos da última edição. A tecnologia veio pra ficar, e já faz tempo que os eletrodomésticos se tornaram elementos decorativos. Renato Martins Müller Balneário Camboriú

Elogio

Hoje fui numa banca comprar uma revista de decoração, pois estamos decorando a nossa casa. Chegando lá, acabei optando pela SuaCASA, porque se tratava do assunto que estava interessada, e por conter mais páginas do que muitas outras publicações. Parabéns! Fiz uma análise e fiquei abismada por eu estar pagando o mesmo valor por um produto excelente e catarinense! Michele Larroyd Tubarão - SC

Ousadia abrangente

Entre mais de vinte produtos, apenas três entraram na página do texto “Ousadia muito bem-vinda”. Os três, claro, merecem mesmo estar lá, mas outros também poderiam tranquilamente figurar esta lista, como o ninho Moebius, a estante Maga Flexible e a cadeira Mina. Caio S. Amadeo Palhoça - SC


Projetos integrados Percebi que nos últimos números da SuaCASA os projetos vêm sempre de espaços amplos, com unificação das salas, cozinhas e homes. Fico aliviado em saber que são publicados imóveis com tendências modernas assim. Roberto Gomes Jahs Florianópolis - SC

Capa Parabéns pela capa da sétima edição da SuaCASA! O designer de interiores Mauricio Christen soube muito bem trazer o azul do mar para dentro do apartamento. O cantinho de leitura é um charme só! Aconchegante e elegante. Kristina Saviatto Biguaçu - SC

SuaCASA na web Pelo que pude acompanhar no site da revista, estão cadastradas fotos de todos os projetos já publicados na revista. Confesso que o www. revistasuacasa.arq.br já virou fonte de consulta e inspiração para muitos de nós profissionais da área, já que lá podemos ter acesso a muita coisa boa da decoração catarinense. Alberto Mourão Avelar Joinville - SC

Por dentro e por fora Não pude deixar de notar que, nas duas últimas edições, pelo menos um projeto por revista constava áreas do exterior das casas, como no caso da designer Gisela Genovez (pág. 96 da 7ª ed). Na minha opinião, a SuaCASA só tem a ganhar ao incorporar em seus textos assuntos relacionados a jardins e paisagismo. Afinal, se tudo tem que ser perfeito no interior, o lado de fora não merece menos atenção. José Vasconcelos P. Souto Blumenau - SC

Clássico e atual O imóvel decorado pelo escritório Arianne Decorações é a prova de que o estilo clássico segue firme e forte, sempre na moda. Ambientes mais modernos são sim bonitos, mas o clássico pode ainda ser o grande destaque. Lúcia Campogrande Criciúma - SC

Visão sedutora na ilha da magia Gente, que maravilha é essa sacada (proj. Juliana Pippi, pág. 80 da 7ª ed). A vontade é passar todas as tardes ali sentada só apreciando o mar. A arquiteta que ganhou de presente a tarefa de compor essa sacada deixou-a simplesmente encantadora! Joice Peres Ayala Tubarão - SC


Boasideias

E viva os tons claros! A escolha de uma cor mais clean para objetos decorativos pode ser o caminho certo para recheá-los de estilo. 1. Premiadíssima, a luminária Eclipse, desenvolvida por Mauricio Klabin no início da década de 80, mantêm-se um sucesso ao longo dos anos. Prova disso é sua recente entrada permanente na coleção do Museu de Arte Moderna de Nova York, e sua constante presença em feiras de design europeias, como a Maison & Objets da capital francesa. O trabalho feito em suas formas e a escolha dos materiais são os motivos que renderam à peça tamanhas honrarias. A luminária é feita com uma única lâmina de plástico enrolada, que possibilita dúzias de diferentes aberturas e modifica a forma e a orientação da luz. 2 e 3. Beleza é pré-requisito para qualquer elemento decorativo. Se também oferecer versatilidade, então, melhor ainda. Essas poltronas Fenda conseguiram conceber ambas virtudes com uma requintada mescla de formas redondas e cortes retos em chapas de PVC - material que as torna perfeitas para áreas externas. 4. Em cerâmica grés queimada em alta temperatura, os saleiros João de Barro, de Suzanne Verba Reboh, trazem uma maior sensação de higiene pelos tons claros aplicados. Além disso, o material utilizado e as formas dadas pela designer permitem que o sal - fino ou grosso - fique mais seco e soltinho, sem a necessidade de tampas nos recipientes.

1.

3. 2.

4.

28

www.

.arq.br


Boasideias

Entre grandes e pequenos espaços

5.

Aqui, tamanho é documento, e dita desde os conceitos básicos das peças até os acabamentos. 5. O mobiliário urbano dos pequenos espaços - Urbans - de Eduardo Nuncio, foi desenvolvido para mobiliar ambientes integrados de sala e cozinha, com o objetivo de personalizar e aproveitar ao máximo os lugares compactos. É uma linha de móveis composta por apenas três módulos (bancada, estante e banqueta) que, na busca por livrar-se dos excessos, trouxe peças que abusam das linhas retas com detalhes arredondados e garantem requinte, conforto e praticidade. 6. Para cômodos onde espaço não é problema, as poltronas-cama da linha Relax da Futon Company atraem para si toda a atenção. Equipada com o sistema SFrame de cinco posições, é uma poltrona quando dobrada em S, uma chaise com encosto reclinável em três posições quando semiaberta, e torna-se uma cama de solteiro quando totalmente aberta.

6.

30

www.

.arq.br


Boasideias

Show de acabamentos Não importa o grau de complexidade nem os materiais escolhidos. O toque final de arte é que enche os olhos nessas peças.

7. 7. A poltrona Voltaire, de Sérgio Rodrigues, proporciona experiências únicas a quem vai utilizá-la. A primeira é ser um “colírio aos olhos” em qualquer ambiente em que esteja. A segunda é o conforto que o produto consegue proporcionar. É a certeza de momentos de grande relax ao repousar na Voltaire. 8. Construída a partir de uma única chapa de acrílico curvada, essa cadeira da designer Baba Vacaro prova que uma estrutura de extrema simplicidade também pode se destacar - ainda que esta praticamente desapareça no espaço, devido a seu alto grau de transparência. 9. Saindo dos assentos para as mesinhas de canto, a Buti, de Jader Almeida, esbanja uma infinidade de acabamentos. Sua estrutura, de madeira maciça tauari torneada, pode receber com qualidade as mais diversas tonalidades de tintas. Os três produtos estão disponíveis na Dpot.

8.

9.

32

www.

.arq.br


Boasideias

Excentricidade ou puro estilo? 10.

Designers parecem sentir-se tão desafiados pelas três dimensões que algumas de suas obras extravasam - porém continuam belas. Eis alguns exemplos disso nesta página.

10. A chaise Joaquim é frequentemente confundida com uma escultura em exposição. Contudo, ela é muito mais do que isso. Sinuoso, o produto homenageia Joaquim Tenreiro, considerado o pai do móvel moderno brasileiro. A fabricação envolve sobras de madeira compensada, coladas, formando um grande bloco maciço. À primeira vista, a ausência de estofado pode gerar dúvidas quanto ao conforto da peça, entretanto suas formas tiram qualquer desconfiança nesse sentido após o uso. 11. A cadeira Daav, à esquerda, e sua “irmã” mais nova, Katita, à direita, são obra de Sergio Rodrigues. O designer concebeu a primeira em 1983, e a segunda catorze anos depois, mantendo os característicos braços em forma de aspas, porém substituindo a estrutura de aço da base por madeira - além do escosto mais largo. 12. A chaise Mandacaru é inspirada na flor homônima. O rolo central sustenta as “pétalas” estofadas, e possui um sistema de fixação que facilita na hora de desmontar para lavação. As almofadas são de fibras sintéticas e revestidas com capas de lona.

11.

12.

36

www.

.arq.br


Boasideias 13. Essa era a poltrona oficial para a mesa de reuniões do Banco do Estado da Guanabara no final dos anos 60. O extremo conforto que ela proporcionava motivou a Dpot a relançá-la em 2005, mantendo a madeira maciça da estrutura e os estofados do encosto e do assento dos modelos originais. 14. A inspiração para a cadeia Lille veio das pinturas do artista Carybé, que era fortemente influenciado pelo baianismo e adorava os tons sépia. Para seguir esta linha, a madeira selecionada para a estrutura foi peroba, e o assento e o encosto levam revestimento em fibra de bananeira. 15. Rossana Manaka criou a Erny para aqueles que precisam de poltronas com layout que caibam harmonicamente em quase todos os estilos. Deu certo: a peça é perfeita para ambientes ecléticos ambientes contemporâneos. Toda tramada, a estrutura leva fibra natural erguida por pés palito de madeira de demolição. Assim como a Lille, foi lançada no final de 2009 pela Brisa Móveis. 16. Da Artesanal Mais, o sofá Luca com dois lugares é resistente e belo o suficiente para compor tanto em áreas externas cobertas quanto dentro de casa. Os estofados são em chenile branco.

14.

16.

38

www.

.arq.br

13.

15.


Boasideias

Papel & luz

17. 18. Com sustentações em metal ou bambu, essas luminárias com revestimento de papel vegetal trazem todo o charme do fino artesanato para dentro de casa.

19.

20. 40

www.

.arq.br

17. A luminária Papier, criação exclusiva da Futon Company, é feita de papel vegetal colorido aplicado sobre uma base metálica branca. O papel de fibras vegetais é inteiramente fabricado artesanalmente, e o tingimento das folhas obedece leis de respeito ao meio-ambiente. O produto pode ser encontrado em quatro combinações de cores, cada uma representando uma estação do ano. 18. Junte dois designers famosos e perceba que dessa união não sairá outra coisa a não ser um novo produto incrível. Foi o que aconteceu com a luminária Nuala, de Francisco de Almeida e Reno Bonzon. O primeiro deu vida à cúpula Disco, enquanto o segundo projetou o arco de madeira. Juntos, eles conquistaram uma pureza de proporções digna de admiração. 19. Desta vez sozinho, Francisco de Almeida pôs mãos à obra e desenvolveu a luminária Buda. O produto faz parte da Coleção Japonesa, uma série de luminárias de papel vegetal branco sobre bambu irregular. 20. Também de Almeida, e também da Coleção Japonesa, a luminária Oval Tripé pode ser encontrada com base de bambu irregular e é perfeita para aqueles que preferem um certo efeito de luz indireta.


Boasideias

Estofados bárbaros!

21.

21. Sem ver em tamanho real das almofadas Diams, algum desavisado até poderia acreditar serem poltronas, devido ao acabamento capitonês aplicado no centro. Além do design, o conforto também merece destaque, que já que as fibras siliconadas do interior deixam o produto superfofo. Seu nome é devido a seu formato que, de alguns ângulos, lembra um diamante. 22 e 23. A aplicação de capitonês é marcante também no Cubo Turco, já que é presa por apenas um botão em cada lado, revestido do mesmo tecido utilizado (algodão 100%) em todo o produto. Seus 40cm de altura lhe conferem praticidade suficiente para que seja usado como apoio para os pés, ou mesmo como assento. O tamanho permite ainda que se componha ambientes com várias unidades sem risco de deixar o local poluído. As “colunas” que contornam as extremidades levam o nome de Turcas, e são costuradas à mão. 24. A Zafu fez tanto sucesso que sua fabricante resolveu lançar versões do produto com 20cm a mais que os habituais 40cm. O layout reproduz as almofadas usadas na Ásia para prática de Zazen (meditação sentada).

24. 42

www.

.arq.br

22.

23.


Boasideias

Luxo artesanal Fibras naturais não são mais apenas do rústico. Quando bem trabalhadas, podem interagir perfeitamente com ambientes de grande requinte.

26. 25.

25. Uma combinação de junco, pátina marrom e estofados em chenile conceberam o puff Gaúcho. Com 40cm de altura, 55cm de largura e 35cm de profundidade, a peça pode ser usada também como apoio para os pés. 26. A poltrona Florata é quase um Trono Real. Usando os mesmos materiais do puff Gaúcho, está disponível na Artesanal Mais com 83cm de largura, 97cm de profundidade e 94 de altura. 27. Mesa de apoio? Bandeja avulsa? Puff? Esta peça, batizada de Baú pela fabricante Clami Design, pode ser tudo isso. Com meio metro de altura e de largura, é constituída de madeira imbuia, com almofada em tecido sintético. 28. Clássico e rústico unificados pode dar num excelente produto. Porém, com esta recamier em junco natural e pátina marrom, o resultado ultrapassa isso. Destaque para as texturas estampadas em todo o tecido das almofadas, assento e braços.

27.

48 46

www.

.arq.br

28.


Boasideias

29. Mesmo com a onda de produtos sintéticos, a madeira genuína é ainda a grande base dos materiais ditos rústicos. 29. O sofá Kriger para dois lugares agrada aqueles com olhares mais minuciosos. É incrível a uniformidade trabalhada nas tranças em junco que formam a base e os braços. A peça acompanha assento e encostos em tecido natural, e os pés e a base são em madeira de demolição. 30. Da linha Rottin da Artesanal Mais, a poltrona Florença leva menos junco do que o Kriger, porém sem perder classe. Essa “falta” é compensada pelo requinte das partes em tecido, que vêm com 14cm de espessura e encosto em pluma. 31. Saindo das poltronas, cadeiras e sofás, a mesa Marambaia - toda formada por madeira imbuia natural, junco e pátina marrom - prova que não apenas os produtos para sentar-se ficam estonteantes com materiais rústicos.

30.

31.

48

www.

.arq.br


Boasideias

Produtos únicos O resto é apenas cópia: estes móveis não são fabricados em várias unidades. E isso faz toda a diferença na decoração.

33.

32.

34.

35. 50

www.

.arq.br

32. Este armário perdura por décadas a fio: data do século XIX. Com 187cm de altura, 110cm de largura e 47cm de profundidade, suas portas de vidro, prateleiras internas e gavetas são ainda originais da época de sua fabricação. 33. Com proporções um pouco menores do que o anterior, este armário surpreende pelo jogo de cores feito com a pintura vermelha em provençal e os tons marrons originais da madeira. É ideal para salas, e pode ser usado como cristaleira. 34. Este armário pode ser tanto um armário baixo ou lateral de sofá ou cama. O que lhe traz esta versatilidade, além de seu design e cor marcante, é seu tamanho: 75cm de altura, 39cm de profundidade e 59 de largura. 35. A ideia deste armário-gaveteiro foi conceber uma peça que imitasse um baú. Para tanto, utilizouse alças nas laterais e nas gavetas. A pintura provençal neste verde pouco comum para seu estilo não lhe retira seu ar clássico predominante.


Boasideias

Aparadores clean Superúteis, a sobriedade em seus designs pode ser a solução para definir ambientes funcionais e sem exageros.

36.

37.

38. 36. Todo revestido em espelho, o aparador Catharina traz nos cantos e extremidades um leve bisotê em cor escura. Tem 75cm de altura, 160cm de comprimento e meio metro de profundidade. 37. Já o aparador Ábia Bar possui dimensões mais generosas: ultrapassa os dois metros e meio de comprimento e tem mais de um metro de altura. O acabamento recebeu laqueado na cor labanie com cristal sobreposto. 38. Também laminado com cristal sobreposto, porém na cor chocolate, o aparador Aspen vem em tamanhos semelhantes aos do Catharina. O forte tom escuro da base lhe confere ainda mais charme e sofisticação. 39. Esta peça vem com um maior diferencial em relação aos demais da página: pés em aço inox e bandeja com fundo em espelho. É também o de menor tamanho: pouco mais de um metro de comprimento que é compensado pela altura de 80cm e pela profundidade de 65cm. 40. Com destaque para a textura apresentada pelo laminado em imbuia na cor castanho com poliéster brilhante, o aparador Fuji é a mais robusta das peças, com grande apelo pelas linhas retas. Contudo, não perde nada em requinte.

39.

52

www.

.arq.br

40.


Boasideias

41.

Anos à frente As décadas de 50 e 60 presenciaram o nascimento de produtos de indiscutível beleza, a ponto de até hoje serem atuais. 41. A mesa para escritório Cimo parece ser perfeita para quem tem um cargo de chefia, uma vez que cores escuras são também sinônimo de poder. Vem em lâmina natural de jacarandá, laminado fórmica preto, pés em jacarandá maciço da Bahia e cinco gavetas - sendo uma “secreta”, conforme mostra o detalhe. Os puxadores são em alumínio polido. 42. Também da linha Cimo, essa poltrona de balanço tem sistema de movimentação com molas e estrutura em imbuia maciça.

42.

43. 54

www.

.arq.br

O revestimento é todo em algodão cru, com botões em couro natural. 43. O estádio do Maracanã, construído para a Copa de 1950, serviu de inspiração para layout e nome desta mesa de centro que data da mesma época. Em caviúna maciça, traz o tampo original de vidro e vem com 78cm de diâmetro e 33cm de altura. 44. O designer George Nelson teve seu ápice de inspiração e criatividade quando mostrou ao mundo esse raro relógio elétrico. Todo em madeira, metal e bolinhas em jacarandá, funciona em 110 V e dá um show de originalidade em qualquer outro modelo, com 53cm de diâmetro.

44.


Boasideias

O poder das cores Tonalidades mais ousadas podem transformar qualquer móvel sem vida. Claras ou escuras, de tão importantes que são, as cores até se tornam nomes de produtos. 44. Este gaveteiro da década de 40 foi totalmente restaurado. Os tons verdes e azuispastel de suas gavetas quebram toda a monotonia da estrutura em imbuia maciça (gavetas revestidas em laminado pet). Produto disponível com um metro e meio de altura, 120cm de largura e 58cm de profundidade. 45. Este balcão foi customizado por João Livoti recentemente, utilizando fórmica preta e pedaços de uma antiga cadeira de Thonet. Não há como não se encantar com o tom amarelo eleito. 46. O gaveteiro Lilás é todo no estilo George Nelson - ícone do design norte-americano influente no período Pós-Guerra. Com base em alumínio pintado, o móvel vem em laminado, com fórmica branca, gavetas também em fórmica lilás e puxadores de alumínio. 47. O Bankotte da catarinense Butzke comemora bodas de prata com novas opções de acabamento. Agora, a empresa disponibiliza a aplicação de laqueados em cinco cores. Contudo, o design funcional do móvel permanece o mesmo, com sua estrutura dobrável e fácil de carregar, nos já conhecidos 31cm de diâmetro e 45cm de altura.

44.

45.

46. 56

www.

.arq.br

47.


Alexandrino

Arquitetura Fotos: Hermes Bezerra

Com a preocupação de criar uma arquitetura de interiores contemporânea, requintada e perene, investiu-se em elementos que garantem o caráter atual da decoração sem se entregar a modismos. 58

www.

.arq.br


Contrastes Almofadas de cores vibrantes contrastam com os tons neutros do mobiliário e proporcionam descontração ao ambiente, formado essencialmente por linhas retas. A presença marcante do preto é quebrada pelas divertidas listras dispostas em almofadas sobre o imponente sofá, bem como pela obra de arte monocromática branca, composta por três telas com trabalho de relevo em massa acrílica.


Discrição Os detalhes discretos observados no painel revestido de couro sintético preto adesivado, que se estende por toda a parede do home theater, dão graça ao ambiente, sem interferir na visualização da TV. Na outra página, a lareira em mármore travertino ganha um charme a mais com os elefantes indianos em cobre cinzelados.

60

www.

.arq.br


O

O jovem casal de proprietários do agradável apartamento de 325m², localizado à beira-mar de Florianópolis, solicitou que o escritório elaborasse e executasse o projeto de arquitetura de interiores em um curto prazo. No entanto, como se pode observar, a pressa não prejudicou em nada o resultado final. As festas e jantares oferecidos com frequência pelos proprietários podem ser desfrutados em uma área social ampla, decorada com materiais de fácil manutenção e conservação. Com um estilo contemporâneo, requintado e perene, a Alexandrino Arquitetura transformou o imóvel em um ambiente onde a permanência não se torna cansativa para os olhos devido à ausência de modismos exagerados. As linhas retas e as cores neutras garantem o caráter atual da decoração por muito tempo. Desde a entrada, o mobiliário contemporâneo é introduzido, definindo o bom gosto e o humor como características presentes no apartamento, através do aparador de acrílico preto que faz uma divertida e interessante releitura do barroco. A predominância do preto no home theater, onde se destaca o painel revestido de couro sintético preto adesivado com arte grafo floral preto brilhante, é contraposta pela obra de arte monocromática branca, composta por três telas com trabalho de relevo em massa acrílica. Essa neutralidade dá elegância à obra e não interfere nas principais atividade do ambiente. As cortinas de voil branco seguem a mesma linha, e dão destaque aos xales verticais pretos, de fios de seda com algodão, produzidos em teares. O quarto do filho dos proprietários, ainda criança, requereu uma atenção especial dos profissionais. Sendo assim, evidenciou-se as características infantis através do emprego de elementos que podem ser facilmente substituídos, o que é essencial para que a decoração acompanhe o crescimento do herdeiro. Por fim, a iluminação do imóvel é composta por grande variedade de lâmpadas, como fluorescentes, incandescentes, alógenas, dicróicas e leds, atendendo às necessidades de cada ambiente. Como as áreas de estar se prestam a diversas finalidades, foram utilizados dimers no controle das lâmpadas para adequar a luminosidade a qualquer situação.

Principais Fornecedores: Studio Ambientes e Conceito - Santa Rita Iluminação - Pedrinho Cortinas - Formus - Helena Fratta Galeria de Artes


1. 62

www.

.arq.br


2. 1. O aparador de acrílico preto, localizado logo na entrada do imóvel, traz o barroco para a decoração, porém, o transforma em um objeto contemporâneo e divertido. O papel de parede com estampa de flores pretas disputa a atenção com o aparador, que dispensa a profusão de enfeites, acomodando duas discretas estatuetas. O piso claro de tábuas corridas de madeira maciça, em conjunto com o tapete feito de chenile com couro sintético, amenizam o ambiente. 2. As paredes do lavabo foram forradas por tecido composto por listras claras. A ausência de mobiliário fixo embaixo da bancada com cuba saliente abre espaço para uma pequena mesa em acrílico espelhado, que faz releitura de estilo barroco e é utilizada como apoio sob a mesma. As flores, expostas tanto na parede quanto em vasos sobre a bancada em mármore travertino, dão o tom do ambiente, que tem o piso do mesmo material utilizado na bancada. 3. A sala de jantar, integrada ao home theater e à lareira, acomoda uma imponente mesa com tampo em vidro branco milk sobre estrutura de madeira laqueada de branco e pés em madeira ebanizada, completada por oito cadeiras estofadas em couro sintético bege, compostas pela mesma estrutura da mesa. Sobre a mesa, peça de arte em vidro fundido junto com minerais que lhe imprimem a cor dourada.

3.


4. O quarto do filho do casal reforça as características infantis através de um divertido painel sobre a cabeceira da cama, e dos objetos de decoração, na maioria brinquedos. Estes equivalem a elementos que podem ser facilmente substituídos, acompanhando o crescimento da criança sem precisar substituir o mobiliário fixo, feito, principalmente, de MDF amadeirado, alumínio na cor natural, vidro acidato e couro. 5. É no quarto do casal que se observa um ambiente bastante leve e relaxante. A composição de tecidos de tapeçaria de veludo, brocado e seda se conjuga harmoniosamente em desenhos florais, geométricos, lisos e listrados, criando um visual romântico. Caracterizam o dormitório do casal o quadro em óleo sobre tela do artista plástico Sérgio Lopes e o lustre de cristal envolvido por uma cúpula de fios metálicos, que favorece o descanso a que o local se destina. O piso acompanha o das demais áreas, de tábuas corridas de madeira maciça.

4. 5.

64

www.

.arq.br


Ana Paula

Ronchi

Com carta branca para criar, a arquiteta transformou esta cobertura, em Criciúma, num imóvel carregado de personalidade, charme e elegância. As soluções adotadas atenderam ao pedido de integração e visual moderno e surpreenderam o próprio cliente.

66

www.

.arq.br


Aproveitamento total No local onde estava prevista uma sacada, a arquiteta projetou uma cozinha gourmet integrada à sala. O mobiliário mistura fórmica, vidro e silestone.

Escolhas requintadas No estar, o toque refinado dos tecidos da marca inglesa Designers Guild. Ao fundo, destaque para a churrasqueira, revestida com porcelanato e com filetes de inox.


1.

A

A confiança depositada no trabalho da arquiteta Ana Paula Ronchi foi o ponto de partida para o sucesso desta empreitada. O escritório já havia projetado a fazenda e o apartamento de praia deste cliente, um alto executivo de Criciúma. Ao adquirir esta cobertura, ainda em planta, ele não teve dúvidas: procurou a profissional e deu carta branca para que desenvolvesse o projeto e o executasse da melhor forma possível. Diante de tamanha responsabilidade, Ana Paula apostou na praticidade, funcionalidade, requinte e elegância para traçar as diretrizes do

projeto. A integração e a modernidade eram o foco. Ela analisou a rotina do empresário e sugeriu soluções que surpreenderam e encantaram o morador. O primeiro passo foi transformar totalmente o layout proposto pela construtora, eliminando paredes e integrando a sacada, o que ampliou a área útil em cerca de 30 metros quadrados. A sacada foi preservada apenas na fachada para garantia da ventilação. Neste espaço, criou uma cozinha gourmet, compondo-a com materiais modernos e sofisticados e equipamentos de última geração. Em todos os ambientes,

1. Sem um programa de necessidades específico, a profissional propôs soluções arrojadas e compatíveis com a personalidade do morador. O SPA integrado à suíte foi uma delas, criando um espaço convidativo e adequado para relaxamento. A delimitação da área, no dormitório, foi feita por uma ampla parede de vidro refletente bronze. A transparência do material ajudou a manter a sensação de amplitude. 2. A banheira com cromoterapia foi uma proposta do escritório de arquitetura, muito bem aceita pelo cliente. O revestimento da peça foi feito com silestone,

especificações de muito bom gosto. No dormitório, a iluminação estratégica cria cenas charmosas e valoriza o ambiente, assim como o painel aplicado no teto como uma extensão da cabeceira, ambos revestidos com papel de parede. A iniciativa tornou o espaço ainda mais acolhedor. Os criados-mudos foram revestidos em vidro acidato bronze e compõem com os painéis amadeirados que ladeiam a cama. Para a cortina e a colcha, a arquiteta optou por texturas aconchegantes com leitura elegante, investindo em materiais nobres como linho, camurça e seda.

compondo com o porcelanato de alto padrão da Graniti Fiandre, uma das mais importantes cerâmicas do mundo, aplicado nas paredes e no piso. Em anexo, foi instalado um box com chuveiro para a dinâmica do dia-a-dia. 3. Na pia, novamente o silestone foi utilizado para a bancada, que conta com mobiliário de fórmica e metais de alta qualidade e design moderno. A cor cobre escolhida garante o estilo refinado e masculino pretendido ao espaço. 4. Ana Paula Ronchi associou um projeto moderno e eficiente a materiais de alta qualidade na composição do imóvel.

Principais Fornecedores: Addri Objetos e Ambientes - Ande Tapetes por Edna Benedet - Artisan - Formus - Pedecril - Rafael Zanette Estilo - Esquadrimed 68

www.

.arq.br


1.

2.

3.

4.


Toque pessoal A pedido do cliente, um espaço foi reservado para valorizar peças pessoais importantes. O móvel rústico estabelece o contraste com a modernidade do apartamento.

70

www.

.arq.br


&

Andrea Guglielmi Fabiany Meneghel A ambientação da área social desta cobertura reflete a localização do imóvel: em frente à praia, em Laguna. Inspiradas pela natureza exuberante, as arquitetas conceberam um projeto adequado para quem quer estar sempre à beira-mar, dentro e fora de casa.

A

A areia da praia, o azul do mar e os barcos à vela em tons de madeira, que compõem o visual desta cobertura, estabeleceram o mote para o trabalho desenvolvido pelas arquitetas Andrea Guglielmi e Fabiany Meneghel no imóvel, de 300m². A dupla assumiu o desafio de integrar dois apartamentos para transformá-los numa excelente e agradável cobertura. A beleza da paisagem, assim como a suavidade e a harmonia de seus elementos foram considerados – e estão retratados – em cada escolha, tanto na disposição dos móveis como na definição dos materiais. A meta das profissionais era proporcionar aos ambientes uma atmosfera clara, aconchegante e contemporânea com qualidade, funcionalidade e, principalmente, conforto. A gastronomia é outra importante fonte de inspiração para o jovem casal de moradores, o que também determinou o layout apresentado. Com dois filhos e muitos amigos, os momentos de convívio tinham, igualmente, de ser valorizados e fortalecidos. A integração de todos

72

www.

.arq.br

os ambientes – living, cozinha gourmet, bar e jantar - atendeu a essas necessidades, voltando-os para a belíssima paisagem. O grande bar foi posicionado junto à ampla abertura, oferecendo um visual ainda mais privilegiado do mar. Anexo à churrasqueira e equipado com frigobar e cervejeiras, o espaço atrai moradores e convidados. O desenho do mobiliário apresenta linhas retas e contemporâneas, com materiais sintonizados com a intenção de reverenciar a natureza e cores harmoniosas. Lâminas de madeira carvalho em balcões e painéis, tecidos em tons neutros para revestimentos e texturas de palha em algumas paredes foram as apostas. A elegância e a modernidade também estão demonstradas no gesso de traços simples, nos efeitos de iluminação, nas plantas e nos objetos de decoração – poucas peças, mas marcantes. As soluções conferiram o ar jovial e agradável desejado à cobertura.

Principais Fornecedores: União Móveis - Artisan - Vivace Houseware


Inspiração Apesar de oculto pela cortina, o mar de Laguna determinou o layout do imóvel. Em todos os ambientes, amplas aberturas favorecem o visual da praia, fortalecendo o conceito de integração.

74

1. www.

.arq.br


1. A integração dos ambientes não é apenas espacial. Os materiais, os elementos e os tons propostos se repetem, determinando harmonia ao conjunto. Um painel em lâminas de madeira, com pontos de luz nas laterais, estabelece a ligação entre o bar e a área do jantar. A estrutura serve, ainda, de moldura para a TV LCD, articulável, que pode ser assistida inclusive por quem estiver na cozinha. No jantar, mesa com tampo de vidro e base em fibras naturais – mesmo material empregado no encosto das cadeiras e das banquetas. O destaque fica por conta do lustre formado por pequenos fios de cobre torcidos, micro-LEDs e pendentes de cristal. 2. A cozinha gourmet é integrada à sala de jantar por um pequeno bar, utilizado também para refeições rápidas. A solução atende a um pedido do proprietário, que não abre mão de estar junto aos amigos. O balcão traz uma interessante mistura de materiais, marcando a aproximação da madeira predominante em toda a área social com o toque frio do inox e do aço presentes na cozinha. 3. A funcionalidade é característica marcante na cozinha gourmet. O objetivo foi criar um cenário mais dinâmico, contemporâneo e sofisticado. As arquitetas misturaram lâmina de madeira carvalho, madeira teka – no grande nicho instalado sobre a janela – lâminas de alumínio para compor com os eletrodomésticos, vidros décor bege, lâminas bege fresno arena e tecidos náuticos listados. A simplicidade das linhas do mobiliário, especialmente projetados para o local, e as cores neutras utilizadas valorizam o visual do mar que invade o ambiente pelas aberturas que se estendem por toda a parede principal.

3.

2.


4. Com cores sóbrias e atmosfera aconchegante, o grande living foi equipado com lareira para que os proprietários pudessem usufruir do ambiente, com conforto, em dias frios. O estilo descontraído do home theater é evidenciado pelo sofá, em camurça lavada, e pelo arrojo do painel em lâmina de madeira carvalho para a TV, projetado sobre o volume da lareira. As cadeiras estabelecem o contraste, conferindo charme ao espaço e revelando o espírito jovem do casal, sempre atento às novidades do mercado de decoração. 5. O lavabo apresenta o estilo náutico proposto para o projeto. Os tons de areia predominam, assim como as lâminas de madeira. Espelhos foram largamente utilizados para garantir amplitude visual ao espaço. 6. O bar que atende o jantar é o ponto central do projeto e chama a atenção pelo requinte. A ideia de integração presente nas cores, elementos e materiais é bastante ressaltada. 7. No detalhe, o painel em lâmina de madeira ganha destaque pela iluminação especial que emoldura a TV LCD que atende o bar, jantar e cozinha. Cortinas com tecidos em seda rústica e algodão promovem o fechamento sem bloquear a passagem da luz natural. 8. Um recanto para venerar o ócio. Com mais amplitude, o apartamento ganhou esse ambiente especial, concebido a partir da intenção dos proprietários de relaxar num espaço despojado e aconchegante no final de tarde. 9. Um tom mais romântico foi aplicado no lavabo. Isso é reforçado pelos elementos decorativos no tampo e pelos produtos de perfumaria. As texturas aplicadas no painel sob espelho redondo e no balcão completam a ideia. 76

www.

.arq.br

6.


4.

5.

7.

8.

9.


Social, mas íntimo As variações de cinzas e marrons escolhidos para a pintura das paredes provocam o clima de aconchego desejado para a área social do apartamento. As tonalidades variam conforme a inserção de luz nos ambientes. O projeto de iluminação, com fitas de LEDs embutidas no forro, fortalecem o caráter íntimo do espaço.

58 www. 80 www.

.arq.br .arq.br


Kátia Menezes O sucesso de um projeto de decoração está na eficiente tradução da personalidade e dos desejos dos clientes. Conhecer intimamente os futuros moradores deste apartamento tornou o trabalho muito mais fácil e prazeroso para a profissional. Com razão e emoção em evidência, o resultado não poderia ser outro.

A

A avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis, seria o privilegiado endereço do futuro casal. Muito antes do casamento, escolheram o imóvel: um apartamento no primeiro andar do prédio, cuja sacada circunda toda a residência. Teriam o mar como vizinho e um espetacular visual da região. Antes da mudança, entretanto, uma reforma seria imprescindível. E não havia profissional mais adequada para assumir a missão: a mãe do noivo. A decoradora Kátia Menezes aplicou técnica e sensibilidade, razão e emoção neste projeto, atendendo aos desejos dos moradores e antecipando necessidades, como a ampliação da família. Originalmente com quatro suítes, o apartamento foi transformado. Tudo foi substituído pela equipe da decoradora, do gesso e revestimentos à fiação e encanamento. Automatização e climatização total foram previstos no projeto, que contou com luminotécnica diferenciada. Das suítes, uma foi anexada à do casal, para uma melhor distribuição dos amplos closets e banheiros, como queriam os moradores. Outra foi adaptada para receber o quarto do futuro bebê. Na sacada, grama sintética foi instalada para oferecer conforto e segurança às brincadeiras da criança. A última suíte tornouse um home office, muito utilizado hoje em dia

por marido e mulher. Atenção especial foi dada à varanda, que ganhou paisagismo específico. Pergolados marcam o acesso à suíte do casal, com muitas flores e cortinas de linho. Nas varandas das fachadas frontal e lateral do imóvel, foi disposta ampla mesa com cadeiras de alumínio, além de poltronas de fibras naturais e sintéticas – espaço adequado para receber os diversos amigos do casal. Entre as solicitações feitas à ‘mãe-decoradora’, uma determinou as escolhas de revestimentos, materiais e acabamentos: a parte íntima deveria ser bem clara e a social muito escura. A partir daí, Kátia decidiu pelas cores cinza e marrom para o living, home theater e demais ambientes. Conforme a incidência da iluminação, os tons variam e criam diferentes climas. As salas ganharam persianas pretas, colaborando, ainda mais, com a proposta. O casal também não abria mão de investir numa obra de arte e, após um ano de pesquisa, optaram por uma grande tela do artista plástico catarinense Rubens Oestrem. Para Kátia, “esse foi o shape da decoração”. A área íntima recebeu revestimento de piso em madeira e mármores nos banheiros. Nos quartos, papéis de parede, linhos e sedas.

Principais Fornecedores: Antigo Ophicio Marcenaria - Ana Lubi - WR Design - Studio Ambientes e Conceito - Pérola Negra Beraldin - Formus - Hariz Tapetes - L’oeil - Artefacto - Amazônia


1.

2.

82

www.

.arq.br


3. 1. Um interessante banco estilo bistrô, forrado em linho no tom laranja, é o destaque da sala de jantar, estabelecendo o contraste e aquecendo o ambiente. O espaço é marcado, ainda, pelo desenho no forro de gesso e pelo lustre do tipo americano. Na parede, papel de parede risca de giz. As cadeiras têm revestimento de linho cinza e grafite, assim como as banquetas junto ao balcão da cozinha. 2. A cozinha, compacta, é prática e funcional. A formatação segue o estilo gourmet e é composta por eletros de última geração. Uma confortável área de serviço foi anexada ao ambiente, com quarto de apoio, assim como um herbário, como era desejo da cliente. 3. Na sala, um grande painel de madeira serve de estrutura ao home theater. Ao lado, um aparador funciona como bar, atendendo ao bate-papo com os amigos na ‘mesa de conversa’. O tapete persa, com oito metros de comprimento por cinco de largura, foi outra importante peça na decoração, adquirido numa conhecida galeria de São Paulo. 4. A decoradora Kátia Menezes apostou em seu conhecimento técnico e na sua intuição de mãe para conceber este projeto para um cliente muito especial.

4.


Integração Para ampliar a área de convívio entre familiares e amigos, uma parede foi removida, valorizando o ambiente do home theater e integrando jantar, estar e espaço gourmet.

84

www.

.arq.br


Luciene Medeiros

Como ‘casa de praia’, a família paranaense escolheu um apartamento à beira-mar em Balneário Camboriú. A distância não prejudicou o trabalho da arquiteta, que abusou da Internet para definir questões do projeto.

A

À beira-mar, em Balneário Camboriú, a família paranaense queria se sentir em casa no apartamento utilizado durante as férias e em feriados prolongados. Para adaptar o imóvel às suas necessidades e as de seus filhos, também moradores, o casal encomendou um projeto arquitetônico que priorizasse conforto, praticidade e o convívio familiar. Tendo a Internet como aliada, a arquiteta Luciene Medeiros trocou muitos e-mails com os clientes, residentes de Maringá (PR), para identificar a história e a personalidade de cada pessoa que habitaria o local a fim de desenvolver um trabalho que agradasse a todos. Ela conta que a maioria dos projetos foi definida desta forma, ‘virtualmente’. Em alguns casos, o encontro pessoal fez-se imprescindível. Para atender ao pedido dos clientes de valorizar o espaço do home theater, uma parede teve de ser removida para ampliar a distância entre o sofá e a TV LCD de 52”, proporcionando conforto visual aos usuários. A solução também possibilitou a integração do estar, do jantar e do espaço gourmet, facilitando o convívio entre os familiares e seus amigos. A delimitação dos ambientes foi feita a partir de rasgos criados no gesso, com instalação de embutidos para iluminação indireta.

No Jantar, um espelho em formato retangular marca o espaço, assim como as arandelas de efeito, que, à noite, conferem um toque todo especial para este espaço. Na parede em frente, o vidro instalado como revestimento ganhou uma aplicação especial: a reprodução de trecho de uma música importante para a família. Esta solução também se configurou numa homenagem ao filho do casal, que é músico. A personalização dos ambientes está, igualmente, no cantinho zen, dedicado à matriarca, escritora, para servir de inspiração. No Estar, um ambiente de contemplação do mar e relaxamento. Confortáveis poltronas de design moderno misturamse a um gaveteiro de linhas clássicas, que serve de apoio para bar. Junto a este espaço, a arquiteta criou um pequeno espaço gourmet, para atender mais rapidamente aos usuários. Um carrinho auxiliar foi projetado para aproximar o buffet da mesa principal. Alguns móveis e objetos de decoração foram trazidos de Maringá, mas a maioria foi adquirida em lojas da região. Luciene reconhece que, inicialmente, a distância, parecia atrapalhar. “Porém, tornou-se um desafio prazeroso, com um ótimo resultado, ao gosto dos clientes”, avalia.


Personalidade No jantar, trecho de uma música que faz parte da história da família foi reproduzida no vidro que reveste a parede. A solução homenageia o filho do casal, cantor profissional.

À beira-mar, em Balneário Camboriú, a família paranaense queria se sentir em casa no apartamento utilizado durante as férias e em feriados prolongados. Para adaptar o imóvel às suas necessidades e as de seus filhos, também moradores, o casal encomendou um projeto arquitetônico que priorizasse conforto, praticidade e o convívio familiar. Tendo a Internet como aliada, a arquiteta Luciene Medeiros trocou muitos e-mails com os clientes, residentes de Maringá (PR), para identificar a história e a personalidade de cada pessoa que habitaria o local a fim de desenvolver um trabalho que agradasse a todos. Ela conta que a maioria dos projetos foi definida desta forma, ‘virtualmente’. Em alguns casos, o encontro pessoal fez-se imprescindível. Para atender ao pedido dos clientes de va-

86

www.

.arq.br

lorizar o espaço do home theater, uma parede teve de ser removida para ampliar a distância entre o sofá e a TV LCD de 52”, proporcionando conforto visual aos usuários. A solução também possibilitou a integração do estar, do jantar e do espaço gourmet, facilitando o convívio entre os familiares e seus amigos. A delimitação dos ambientes foi feita a partir de rasgos criados no gesso, com instalação de embutidos para iluminação indireta. No Jantar, um espelho em formato retangular marca o espaço, assim como as arandelas de efeito, que, à noite, conferem um toque todo especial para este espaço. Na parede em frente, o vidro instalado como revestimento ganhou uma aplicação especial: a reprodução de trecho de uma música importante para a família. Esta solução também se configurou numa homenagem

ao filho do casal, que é músico. A personalização dos ambientes está, igualmente, no cantinho zen, dedicado à matriarca, escritora, para servir de inspiração. No Estar, um ambiente de contemplação do mar e relaxamento. Confortáveis poltronas de design moderno misturam-se a um gaveteiro de linhas clássicas, que serve de apoio para bar. Junto a este espaço, a arquiteta criou um pequeno espaço gourmet, para atender mais rapidamente aos usuários. Um carrinho auxiliar foi projetado para aproximar o buffet da mesa principal. Alguns móveis e objetos de decoração foram trazidos de Maringá, mas a maioria foi adquirida em lojas da região. Luciene reconhece que, inicialmente, a distância, parecia atrapalhar. “Porém, tornou-se um desafio prazeroso, com um ótimo resultado, ao gosto dos clientes”, avalia.

Principais Fornecedores: Ilustres, Oriente-se Tapetes Artesanais, Raymann Móveis Sob Medida e Renovar


1.

2. 3.

88

www.

.arq.br


1. Cada uma das cinco suítes recebeu personalização diferenciada, adequadas a cada usuário. Todas foram projetadas para casal, à exceção da infantil, que acomoda a neta - na época, com quatro anos. O espaço foi adaptado da suíte de serviço e recebeu mobiliário sob medida em MDF branco. A cor rosa foi a escolhida para a pintura das paredes e detalhes da decoração. 2 e 3. Para a suíte da filha, a arquiteta desenvolveu um projeto diferenciado da linha seguida em todo o apartamento. O estilo arrojado desejado pela usuária do ambiente foi alcançado com o uso da tonalidade preta no MDF madeirado. A cabeceira da cama recebeu tecido bege claro com vidrilhos de espelho. Um espelho foi aplicado na horizontal em toda a extensão da parede principal, conferindo amplitude ao espaço e rompendo com a monotonia do preto. O lustre e o abajur, ambos de cristal, também favoreceram a essa intenção. Por se tratar de uma festeira nata, a filha solicitou um pequeno espaço para uma penteadeira, criado logo atrás da porta de entrada. 4. Pelo cliente, a ‘suíte do pai’ seria toda branca, sem qualquer detalhe diferenciado. Entretanto, após muitas conversas, a arquiteta conseguiu autorizar a utilização de MDF carvalho prata no painel da TV LCD e na cabeceira da cama. O roupeiro foi executado com portas revestidas com espelhos. Aproveitando-se da sacada com vista para o mar, a profissional escolheu tons de azul para roupa de cama e objetos de decoração. A ‘suíte da mãe’ seguiu a mesma proposta, com tons claros do MDF madeirado, roupeiro com vidro pintado de branco e porta com espelho. Nas paredes foi preservada a cor branco gelo original. O ambiente de estilo clássico, agradável, serve de refúgio para a cliente nos momentos de trabalho. 5. O projeto da ‘suíte do filho’ foi um desafio para a profissional, pois ele não revelava suas preferências. Com a ajuda da mãe e da irmã, Luciene conseguiu traduzir a personalidade do rapaz ao criar um espaço funcional, prático e masculino – por isso a tonalidade marrom do MDF carvalho dourado na cabeceira e em móveis. Para conferir leveza à proposta, associou MDF madeirado no tom branco e espelhos, para ampliar visualmente o ambiente. Peça fundamental no espaço e ferramenta de trabalho, o violão ganhou destaque na parede. 6. A arquiteta Luciene Medeiros adaptou necessidades e interpretou desejos e individualidades para criar espaços carregados de personalidade.

4.

5.

6.


Carta branca A confiança no trabalho dos arquitetos foi total. As únicas exigências dos moradores foram: materiais de boa qualidade, soluções modernas, segurança e muito conforto.

92

www.

.arq.br


Lupatini

Lima Ramos Arquitetos Associados

O ideal de qualidade de vida passa por decisões importantes. Para tornar o dia-a-dia mais fácil, valorizar as relações afetivas e viver em tranquilidade, uma família de Balneário Camboriú trocou a casa onde morava por este apartamento. Com a reforma, ganharam ainda mais.

Bem-vindos A entrada do apartamento já revela a sofisticação e o bom gosto dos moradores, traduzidos em todos os detalhes. Volumes, texturas, arte e design marcam o espaço.


A

A vida passa, a família cresce e as prioridades mudam. Com dois filhos pequenos, os moradores deste apartamento resolveram deixar a ampla casa para viver com mais conforto e segurança. Amigo de um outro cliente do escritório Lupatini Lima Ramos, o jovem casal deu ‘carta-branca’ para os arquitetos reformarem o imóvel e adaptá-lo às necessidades. Como o apartamento era novo, adquirido logo após a inauguração do edifício, acabamentos originais tinham de ser preservados, como o forro de gesso e o piso, em porcelanato crema marfil. A intenção era, também, agilizar o período de obras. A integração dos ambientes da área social estava no programa e configurou-se num desafio para os profissionais. A parede de alvenaria que separava cozinha e churrasqueira das salas tinha de ser removida com o máximo cuidado para não interferir nos revestimentos a serem mantidos. O desejo dos clientes era ter um espaço moderno, prático e leve, mas sofisticado. O projeto apresentado

94

www.

.arq.br

pelos arquitetos foi aprovado na íntegra e executado da forma planejada do início ao final da intervenção. O estar da varanda foi integrado e o fechamento em vidro permitiu o visual do mar em toda a extensão do espaço. Este ambiente ganhou poltronas, chaise long e equipamentos de TV e de som, que podem funcionar em sincronia com os do home theater e atendem à área adjacente da churrasqueira. O local torna-se ainda mais aconchegante à noite, quando as luminárias rebatem a luz das lâmpadas para o teto, criando um efeito de iluminação indireta. Persianas do tipo romano filtram o excesso de luminosidade durante o dia. Já na área do jantar, persianas verticais com lâminas de alumínio revestidas em voil branco criam a barreira adequada para o uso do home theater, contíguo a este espaço. Um sofá em sarja no tom cru e poltronas giratórias revestidas com camurça na cor uva quebram a proposta monocrômica, mas mantém a sobriedade desejada.


A integração dos ambientes éreforçada por elementos que estabelecem uma unidade visual. É o caso da grande prancha em laca preta que atravessa toda a parede entre os espaços do home theater, cozinha e churrasqueira. A estrutura serve de apoio a objetos de decoração e de base para a iluminação.


1. 2.

96

www.

.arq.br

3. 1. A área de circulação dos quartos traz piso em laminado de madeira. O mesmo material foi utilizado no painel executado para o espaço, com espelho e gavetas basculantes para guardar revistas e fotos. As paredes laterais receberam revestimento com palha natural e, sobre ele, dois ‘sanduíches’ de vidro, onde foram aplicados adesivos de fotos de barcos veleiros no tom sépia. 2. No quarto da menina, um tapete em nylon com formato de flor foi disposto sobre o piso, em laminado de madeira. A cor se repete no tecido aplicado na parede ao lado da cama que destaca os volumes das letras do nome da criança – recurso que personaliza o espaço. Todo o ambiente recebeu boiseriè (meia-parede) em laca branca acetinada e pintura na parte superior das paredes. 3. A suíte master apresenta as mesmas soluções práticas e funcionais dos demais ambientes do apartamento. O armário, de bordas arredondadas, incorpora a porta de acesso ao closet. Prateleiras e uma pequena escrivaninha foram projetadas na lateral do móvel. A cadeira em acrílico transparente e a TV LCD instalada sobre o armário respondem pela modernidade do espaço. Uma confortável poltrona, revestida em algodão preto, completa o dormitório em composição com o tapete em nylon - cujos grafismos conferem dinamismo ao ambiente. O plafon preto com franjas é um elemento de charme.

Principais Fornecedores: Lemniscato - Originalle - Luminato - Ton Sur Ton - Brumóveis Clecius Coser - Reiki - Oriente-se - Atmosfera A - Via House Michelangelo - Atelier Arte Viva - Combinare - Donatelli - Ronconi Vidraçaria Bosa - Saccaro - Ambiente Center - Tramados


&

Machado Kronemberger

Uma casa de praia para lรก de convidativa. E era isso mesmo que os proprietรกrios desejavam para este imรณvel em Iรงara. O projeto privilegiou a funcionalidade, o conforto e criou um espaรงo de lazer para ser usado o ano todo. 100

www.

.arq.br


Na medida certa A decoração, de fácil manutenção, mescla materiais rústicos e aconchegantes e mobiliário de linhas contemporâneas. Integrados, os ambientes foram setorizados pela disposição dos móveis.


U

Um jovem casal de empresários de Içara tem uma vida agitada, marcada por muitos compromissos profissionais e viagens. Sem filhos, costumam reunir os diversos amigos nos raros momentos de folga para o lazer e o descanso. Quando planejaram a construção desta casa, na Praia do Rincão, não pensaram duas vezes: queriam um local que oferecesse o máximo de bem-estar para eles e seus convidados durante o ano inteiro. Os arquitetos Altanir Machado e Alexandre Kronemberger assumiram o projeto da residência, de 390m², instalada num terreno de 600m². No primeiro pavimento, organizaram a área social, com home theater, estar, jantar, cozinha e churrasqueira, aplicando porcelanato rústico em todo o espaço. A integração

102

www.

.arq.br

1.

proposta respeita a privacidade. A setorização dos ambientes permite acomodar dois grupos distintos de amigos. Apenas a área da churrasqueira foi separada, mas ainda conectada à cozinha - um dos espaços preferidos do cliente, que adora cozinhar. Aberturas de PVC garantem o isolamento acústico pretendido. O pequeno living, disposto entre o estar e o jantar, funciona também como hall de entrada. Este é o principal acesso da residência. A escada, revestida de granito e com guarda-corpo de aço polido, é destaque no espaço. O projeto luminotécnico apresenta iluminação no gesso distribuída por amplos pontos, com círculos variados, para fugir dos embutidos comuns e conseguir um plano de luz uniforme.


2.

3.

4.

1. Na decoração, elementos rústicos contrastam com as linhas contemporâneas dos móveis feitos sob encomenda, como na sala de estar. A cor neutra nos tecidos se mistura com leves tons de azul e detalhes em preto. Contraste também com o painel melamínico fresno escuro do móvel da TV. 2. O home theater recebeu sofás novos, com capa em algodão rústico na cor natural. As almofadas, com tecido do mesmo material, receberam estampas florais. Ao fundo, cristaleira de estilo provençal no espaço do jantar. 3. No living, móveis em fibra natural de bananeira, e almofadas de algodão na cor preta, contrastando com as linhas modernas da escada. Para tornar o espaço mais harmônico e funcional, os arquitetos optaram por uma mesa oval, de madeira cinamomo, para o jantar, acompanhando cadeiras revestidas com seda rústica. 4. Os arquitetos Altanir Machado e Alexandre Kronemberger também aplicaram princípios de sustentabilidade ao projeto e previram sistema de captação da água da chuva para reaproveitamento na rega do jardim e na limpeza de calçadas e dos carros.


5.

A recepção dos amigos transforma-se em autênticos encontros gastronômicos, associando os prazeres da boa mesa ao inigualável clima praiano. É quando o morador coloca em prática seus dotes culinários.

6.

5. A área da churrasqueira foi dotada de equipamentos e mobiliário adequados ao seu uso, que é constante. Entre as exigências do casal estava o isolamento deste espaço, mas eles desejavam estabelecer a conexão com o estar, a cozinha e a área da piscina. Para permitir o isolamento acústico, quando necessário, os arquitetos especificaram aberturas de PVC. 6. Para a cozinha, praticidade nas soluções. Todo o mobiliário fixo foi projetado pelo escritório, assim como os dos demais ambientes. A intenção foi criar móveis de fácil manutenção e alta durabilidade. 7. Na área externa, os arquitetos capricharam no projeto paisagístico, adotando plantas resistentes, já que a residência

está localizada a apenas cem metros da praia. Pelo mesmo motivo, a fibra sintética foi o material escolhido para os móveis, na cor marrom. Tecidos florais em tons mais vibrantes revestem assento e encontro, contrastando com o entorno. 8. Em todos os ambientes o layout é limpo e integrado. A varanda, com pé direito de 6 metros é um convite para o relaxamento, aproveitando a refrescante brisa que vem do mar. A piscina foi adequada para ser usada durante o dia e, também, para banhos noturnos. 9. A arquitetura de linhas puras e de cores claras revela o estilo adotado nos interiores: praticidade e contemporaneidade para clientes modernos e dinâmicos.

Principais Fornecedores: Acervo Casa, Addri Objetos e Ambientes, Casa da Finestra, Fretta Home Center, Green Design, Luz+, Marmorart, Pierini Móveis, Reino Vegetal, Simoni Coelho 104

www.

.arq.br


7.

8.

9.


Michelle Lima A utilização das fibras naturais e dos tecidos rústicos - de fácil manutenção - se fez presente em todos os ambientes na reforma deste apartamento de 230m², de frente para o mar da Praia Brava, em Florianópolis.

108

www.

.arq.br


Contemplação Conforto e sofisticação transformam o imóvel, utilizado somente durante as férias e os fins de semana, em um local perfeito para receber os amigos e contemplar o mar.


1.

110

www.

.arq.br

2.


A 3.

A arquiteta e Urbanista Michelle Lima, que atua há nove anos na área, projetou a reforma deste apartamento de modo a adaptá-lo às necessidades da família de proprietários, residente no sul do estado. O casal e as duas filhas moças recebem visitas constantemente no imóvel que utilizam durante as férias e nos fins de semana. “Isso foi um dos grandes guias na obra, e influenciou desde a escolha de materiais ao posicionamento dos móveis”, diz Michelle. A grande sacada, com vista para o mar, é uma área especial, onde todos se reúnem curtindo o clima agradável da praia. Sendo assim, o local recebeu atenção especial da arquiteta, que valorizou a contemplação da paisagem com mobiliário confortável, como as poltronas com esfofado em fibras sintéticas - ideais para ambientes externos. O foco central da reforma do apartamento foi a integração dos ambientes sociais com a vista privilegiada. Para tanto, uma suíte de frente para o mar foi transformada em cozinha e toda a antiga área de serviços foi substituída por dois dormitórios, para que se pudesse receber bem os visitantes. Devido à fácil manutenção, fibras naturais e tecidos rústicos são elementos presentes na decoração de todos os ambientes. A iluminação artificial, elaborada para criar diferentes efeitos de acordo com a ocasião, interage na área social com os raios de sol que entram abundantemente pelas portas da ampla sacada. Já o piso original do apartamento foi conservado, por ser de fácil limpeza e manutenção. A harmonia entre os ambientes pode ser conferida através de detalhes espalhados por diversos locais, como o painel em marchetaria nas lâminas Wenge e Imbuia Quartier que se estende de trás da

TV até a cozinha, e as banquetas junto à bancada de mármore que compõem com as cadeiras da sala de jantar, ambas estofadas em fibra natural. O gesso que acomoda a iluminação embutida, criando pontos focais para móveis e objetos de destaque, também integra a sala e a cozinha. E, tanto nas gravuras expostas nas paredes quanto nos arranjos que podem ser observados na totalidade dos cômodos, as flores são o componente unânime que tornam a presença da natureza uma constante para moradores e hóspedes. Num apartamento de decoração harmoniosa, a profissional soube casar com coerência, e sem exageros, estilos tão distintos quanto o rústico e o clássico. A escolha de tons sóbrios como os amarelados e amarronzados, juntamente com poucas - e belas - cores que interrompem a monotonia, deixa a residência usada nos finais de semana com o mesmo aconchego encontrado no lar, sem esquecer-se na decoração que o mar está logo ali em frente.

4.


5.

1. Camurças e cheniles dão o toque sofisticado e confortável aos estofados. Os pendentes e o espelho com moldura em fibras naturais criam no living um recanto que interage com o ambiente externo da praia ao valorizar a natureza. A chaise em chenile estampado compõe com o tom dos acabamentos decorativos e a banqueta em estilo étnico, também importada da Indonésia, torna o espaço multicultural. 2. O grande sofá e a mesa central, ambos em madeira maciça, transformam a sacada em uma área ideal para contemplar a vista da Praia Brava. O estofado é em fibras sintéticas, que permite sentar-se molhado sem danificar os tecidos, ideal para o condomínio que oferece piscina e fica à beira-mar. O verde claro aplicado nas paredes remete à natureza. Nesta área, foi aplicado um toldo vertical em tela solar, motorizado, proporcionando a devida proteção nos dias de vento e chuva. 3. É a cristaleira em estilo clássico e madeira maciça que proporciona à cozinha um charme especial ao quebrar a rigidez do ambiente funcional. O painel atrás da cristaleira é em marchetaria, nas lâminas Wenge e Imbuia Quartier, e é um dos principais pontos de integração visual entre sala e cozinha ao se estender de um cômodo ao outro. 4. O hall de entrada fica em desnível com o ambiente social e com a área íntima da família. No mesmo nível do hall, à direita, ficam os quartos dos hóspedes e subindo, à esquerda, ficam os cômodos íntimos e sociais. O destaque é para o aparador em estilo étnico que impressiona pela riqueza de detalhes em autorrelevo, abaixo das gavetas com puxadores zincados, em madeira Teca, importado da Indonésia. As gravuras de pássaros exóticos trazem a natureza para dentro do lar, e os

112

objetos decorativos reforçam o estilo contemporâneo com toques rústicos, presentes - tanto quanto as flores - em todo o apartamento. 5. E já que, mesmo próximo ao mar, nem todos os dias são de praia, a sala de TV, integrada aos demais ambientes sociais, foi devidamente equipada com muita tecnologia, acomodando uma grande TV LCD, home theater e DVD. O painel que vai desde o fundo do móvel da TV até a cozinha, trazendo integração visual aos ambientes, é em marchetaria e, bem como o referido móvel, foi confeccionado na lâmina Imbuia Quartier. A cortina do living é em tecido rústico, de fácil manutenção, própria para imóveis à beira-mar. Os tapetes são uma mistura de chenile com fibras naturais. A sala e a cozinha foram os únicos ambientes que receberam gesso para a colocação de iluminação embutida, criando pontos focais para móveis e objetos de destaque. 6. Linhos em tons pastéis reforçam o clima de praia, enquanto um grande espelho dá maior amplitude ao quarto mais estreito. Sobre a mesinha de cabeceira em madeira com tampo em recouro, abajures em palha iluminam suavemente e criam o clima íntimo, em harmonia com as fibras naturais e o vaso de flores. O tapete é de sisal sintético e a persiana romana tem tela solar para proteger dos raios que incidem com maior intensidade na praia. 7. A cozinha confeccionada em lâmina fresno escuro é bastante funcional e tem como destaque as portas em perfil de alumínio, com vidros pintados, que levam à sacada. A bancada é em granito e as banquetas junto à mesma foram confeccionadas em fibra natural, compondo com as cadeiras da sala de jantar no mesmo material. A modernidade é impressa através dos eletrodomésticos em inox.

Principais Fornecedores: Marcenaria CasaForma, Artisan, Luz +, Estela Schmitz www.

.arq.br


6. 7.


RosalbaVargas Quem casa quer casa. O ditado popular revela uma verdade incontestĂĄvel e resume a realidade do jovem casal de moradores deste apartamento, em CriciĂşma. Com um acurado projeto de interiores, construĂ­ram um lar perfeito para iniciar a nova fase de suas vidas.

114

www.

.arq.br


Foco nos detalhes A integração dos ambientes segue a linha contemporânea da proposta. A composição, no entanto, criou espaços únicos, para momentos especiais.


V

Vida nova, tudo novo. Mais um conceito muito bem aplicado a este projeto. Para servir de lar ao jovem casal de executivos, recém-casados, este apartamento de 200m² localizado numa área nobre de Criciúma, fora adquirido logo após a entrega do empreendimento pela construtora e foi ambientado com carinho e atenção a todos os detalhes. O projeto de interiores coube à arquiteta Rosalba Vargas, que precisou modificar o layout original para adequar o imóvel à nova proposta. A remoção de paredes e a incorporação da sacada foram algumas das intervenções necessárias para atender ao programa de necessidades dos clientes, cujo objetivo era morar num lugar moderno, prático e aconchegante. A linha contemporânea deveria ser seguida, refletindo a personalidade dos moradores, que esperavam muita qualidade nos acabamentos. A integração dos ambientes foi o ponto de partida do projeto, preservando o desnível existente entre o estar

íntimo e o social. Para criar espaços convidativos onde o casal pudesse viver momentos especiais com familiares e amigos, a arquiteta planejou diversos ambientes, e projetou mobiliário totalmente personalizado, combinando sua técnica às preferências da moradora. “O desenho foi sendo adequado até chegar ao gosto da cliente”, revela Rosalba. Um exemplo é o móvel do home theater, que ‘veste’ toda a parede principal. A arquiteta tomou partido do desnível existente e criou um volume que confere movimento à peça e destacava a TV. Todo o mobiliário solto é novo, adquirido em lojas de referência na região e em São Paulo. O gesso foi projetado com base no layout aprovado, onde a preocupação foi aliar a iluminação bastante pontual aos vários ambientes. O resultado permite uma leitura simples, executada com linhas retas e muito bem estudadas para esconder vigas e lajes rebaixadas - tudo para tornar o ambiente ainda mais amplo.

Principais Fornecedores: Artisan, Breton, Augusta Doimo, Casa & Objeto, Cecília Dale, Empório Beraldin, Formus, Marisa Prado, Obra Criada, Saccaro e Sierra Móveis.

116

www.

.arq.br


Neutralidade Tons neutros e cores escuras, como marrom e preto, são predominantes neste projeto e aparecem no mobiliário, revestimentos e tecidos. Preferência da arquiteta e também da cliente, a escolha foi muito bem dosada para evitar a criação de ambientes sombrios.


1.

118

www.

.arq.br

2.


3. 1. A ambientação mescla tons amadeirados, cinzas, beges e pretos, numa sincronia com espelhos em bronze e prata, os quais colaboraram para a ampliação visual e criaram profundidade para os espaços. O colorido usado na decoração foi pincelado através de objetos decorativos e obras de arte, quebrando os tons escuros. Estes, por sua vez, estabeleceram um elegante contraste com o porcelanato polido 1.0 x 1.0 aplicado no piso e com o gesso branco. No living, sofá de linhas retas em camurça bege acizentado, mesa lateral em imbuia com acabamento em poliéster

e tapete indiano em lã com listras em degradê, do marrom ao bege. 2. Neste apto, o living tem um importante diferencial: grandes panos de vidro que oferecem excelente ventilação e iluminação natural. Para a arquiteta, é um convite à integração dos ambientes. 3. Disposta junto ao jantar, a poltrona com estrutura de fibras naturais compõe com luminária de chão e mesa de apoio em marchetaria – uma das únicas peças clássicas de todo o projeto. Na decoração, taça de vidro nas cores vermelho e dourado. 4. O balcão do tipo buffet com portas espelhadas serve de apoio

6.

5.

4. ao ambiente do jantar. Sobre ele, conjunto de vasos de cristal valorizados por buquê de lírios brancos. 5. A arquiteta Rosalba Vargas especificou materiais e cores com foco na harmonização dos ambientes. 6. A entrada do apartamento é marcada por este ambiente requintado, que já revela a elegância e o bom gosto dos moradores. Aparador de aço com frente espelhada e base de couro recebeu cachepô em cristal. A poltrona traz aplicações de cristais Swarovski. Nas cortinas, em voil cristal com xales em seda, pingentes com strass Swarovski.


Liesenberg Arquitetura Para estimular o convívio social entre seus associados e familiares, este clube de Gaspar investiu numa grande transformação.

S

Sede de grandes eventos estaduais, como a Noite de Gala Catarinense, o Bela Vista Country Club passou por uma ampla reforma para modernizar e melhorar sua estrutura, voltada ao lazer e aos esportes. Dentre as diversas obras realizadas, a de maior transformação sem dúvida foi a do 50 Bar e Restaurante. O escritório Liesenberg Arquitetura foi responsável por sua criação, num espaço que antes abrigava bar executivo, sanitários, circulações e o bar da piscina. O projeto, obviamente, exigiu uma reforma completa. “Não sobrou pedra sobre pedra”, brinca a arquiteta Carmen Liesenberg. Tudo foi reformulado: pisos, paredes, esquadrias, instalações elétricas e hidráulicas. A equipe implantou, ainda, sistemas de automação, envolvendo áu-

120

www.

.arq.br

dio, vídeo e luminotécnica; e adotou soluções adequadas a um eficiente isolamento acústico dos ambientes, como o complexo projeto de tetos, misturando gesso, madeira, palha e bambu. A diretoria do clube desejava a criação de um espaço moderno; porém, acolhedor e sofisticado, mas sem luxos excessivos. Outro fator a ser considerado no programa de necessidades era a versatilidade. O ambiente destinado ao restaurante, por exemplo, deveria poder ser transformado em um bar, para garantir a sequência da noite aos sócios e a seus convidados. Os arquitetos Carmen e Sandro Liesenberg projetaram seis espaços integrados, preservando identidade própria a cada um deles. Entre o palco e o bar foi preparado um


ambiente para um clima mais reservado. Mesas redondas de tampo em espelho e base em madeira ebanizada e poltronas giratórias foram especificadas para o local, cujas paredes receberam revestimento em madeira e faixas de espelho que se estendem pelo teto. Nestes painéis foram instaladas as luminárias, em tecido, marcando os pontos centrais das mesas. A iluminação geral é conferida pelas arandelas. Para a descontração dos seus frequentadores, o bar e restaurante também ganhou uma espécie de lounge, com sofás em camurça vermelha e mesas quadradas e retangulares, em carvalho e vidro pintado no tom chocolate. Pufes e poltronas tornam o layout mais versátil. Logo após o lounge, está a área do

restaurante que, à noite, se transforma em pista de dança. O pé direito alto permitiu aos arquitetos um ousado projeto de gesso, geométrico e movimentado, executado em gesso acartonado e acusticamente adequado à função. Nele, embutiram ar condicionado, lift com projetor, telão, caixas de som, além de luminárias e lâmpadas cuidadosamente especificadas para criar cenas diferenciadas para os vários momentos que o espaço permite. No piso, aplicaram assoalho em madeira maciça de itaúba certificada. Ao fundo está o palco elevado, marcado por iluminação com fibra ótica embutida no piso. A tecnologia e a rusticidade dos materiais escolhidos resultaram na modernidade e sofisticação desejadas.

Principais Fornecedores: Herval, Light´s On, Marmoraria Cardoso, Mellie Móveis, Paninox, Portobello Shop, Sermontec, Sincrovision e Vidrolux.


Um convite à diversão Cada ambiente foi planejado para permitir os mais variados usos do espaço. A mesa-bar, com balcão de granito preto absoluto, é o centro das disputas para um happy hour. Em outra composição, sofás em camurça vermelha e poltronas para um clima lounge.


Ondeencontrar A Acervo Casa (48) 3045-5752 Criciúma - SC Addri Objetos e Ambientes (48) 3433-9669 Criciúma - SC (47) 3368-9669 Balneário Camboriú - SC Alexandrino Arquitetura (48) 3246-8581 São José - SC Amazônia Móveis (48) 3334-3697 Florianópolis - SC www.amazoniamoveis.com.br Ambiente Center (41) 3323-1331 Curitiba - PR Ana Lubi (48) 3224-7958 Florianópolis - SC www.analubi.com.br

Ana Paula Ronchi (48) 3437-6935 (48) 3437 6713 Criciúma - SC www.anapaularonchi.com.br Ande Tapetes por Edna Benedet (48) 3443-4063 Criciúma - SC andetapetes@hotmail.com Andrea Guglielmi & Fabiany Meneghel (48) 3626-2546 Tubarão - SC andrea_projetos@brturbo.com.br Artefacto (41) 3111-2300 Curitiba - PR www.artefacto.com Artisan (48) 3437-2892 Criciúma - SC Ateliê Arte Viva (47) 3344-4232 Itajaí - SC

D Donatelli (41) 3222-3763 Curitiba - PR www.donatelli.com.br

E Empório Beraldin www.emporioberaldin.com.br Esquadrimed (48) 3631-1200 Tubarão - SC www.esquadrimed.com.br Estela Schmitz (48) 3433-0575 Criciúma - SC

F Formus (48) 3631-5400 Tubarão - SC (48) 3224-0244 Florianópolis - SC www.formus.com.br

H Hariz Tapetes (11) 5051-6370 (11) 5053-7700 São Paulo - SP www.hariz.com.br Helena Fretta Galeria de Artes (48) 3223-0913 Florianópolis - SC www.helenafretta.com.br

K Kátia Menezes (48) 3228-6058 Florianópolis - SC

Atmosfera A (47) 3349-7629 Praia Brava, Itajaí - SC www.atmosferaa.com.br

B Brumóveis (47) 3350-1136 Brusque - SC www.brumoveis.com.br

C Casa da Finestra (48) 3439-0666 Criciúma - SC www.casadafinestra.com.br Clecius Coser (41) 3673-1100 Curitiba - PR www.cleciuscoser.com.br Combinare (47) 3367-6598 Balneário Camboriú- SC www.lojacombinare.com.br

126

www.

.arq.br

Fretta Home Center (48) 3461-4700 Criciúma - SC

L

G

Lemniscato di Cassini (47) 3367-4762 Balneário Camboriú- SC

Green Design (54) 3286-4471 Gramado - RS www.greendesign.com.br

Liesenberg Arquitetura & Design (47) 3323-0542 (47) 3323-9248 Blumenau - SC


Ondeencontrar Oriente-se Tapetes Artesanais (47) 3361-0139 Balneário Camboriú- SC

Raymann Móveis Sob Medida (47) 3348-5969 Itajaí - SC www.raymann.com.br

Studio Ambientes e Conceito (48) 3238-2401 Florianópolis - SC

Originalle (41) 3224-7668 Curitiba - PR

Reiki Curitiba - PR www.reikisul.com.br

Ton Sur Ton (41) 3224-6660 Curitiba - PR

P

Reino Vegetal São Paulo - SP www.reinovegetal.com.br

O

Luciene Medeiros Mariano (47) 9979-7776 Balneário Camboriú- SC Luminato (47) 3360-9656 Praia Brava, Itajaí - SC Lupatini Lima Ramos Arquitetos Associados (47) 3398-2065 Balneário Camboriú- SC (41) 3014-8526 Curitiba - PR www.lupatinilimaramos.com.br

Pedecril (48) 3461-4500 Criciúma - SC (48) 3335-0045 Florianópolis - SC www.pedecril.com.br Pedrinho Cortinas (48) 3259-0378 Florianópolis - SC Pierini Cerâmica (48) 3433-2747 Criciúma - SC 0800-702-2787 www.pierini.com.br

Luz + (48) 3437-4915 Criciúma - SC www.luzmais.com.br

Pierini Móveis (48) 3433 9291 Criciúma - SC www.moveispierini.com.br

M

R

Machado & Kronemberger (48) 3437 1762 Criciúma - SC www.machadokronemberger.com.br

Rafael Zanette Estilo (48) 3444-2010 Criciúma - SC

Marcenaria CasaForma (48) 3445-0003 Forquilhinha - SC Marmorart (48) 3437-8000 Criciúma - SC www.marmorart-pedras.com.br Michelângelo Mármores e Granitos (41) 3021-6046 Curitiba - PR Michelle Lima (48) 3045-3121 Criciúma - SC

128

www.

.arq.br

T

Ronconi (41) 3222-9635 Curitiba - PR Rosalba Vargas (48) 3433-6307 Criciúma - SC

S Saccaro (41) 3222-6566 Curitiba - PR (48) 3238 1616 Florianópolis - SC www.saccaro.com.br Santa Rita Iluminação Florianópolis - SC www.santarita.com.br Simoni Coelho (48) 3437-8000 Criciúma - SC www.scoelhooficinadearte.com.br

Tramados (41) 3345-4956 Curitiba - PR

U União Móveis (48) 3628-0122 Tubarão - SC www.uniaodesign.com.br

V Via House (47) 3360-2855 Balneário Camboriú- SC (47) 3348-6696 Praia Brava - Itajaí - SC www.viahousepersianas.com.br Vidraçaria Bosa (41) 3372-1412 Curitiba - PR www.bosa.com.br Vivace Houseware (48) 3658-4448 Braço do Norte - SC

W WR Design (48) 3025-2509 Florianópolis - SC www.wrdi.com.br


REVISTA SuaCASA  

ED. 8 - ABRIL / MAIO / 2010

Advertisement