Page 96

94  •  universo periférico

Porém, como diz Sérgio Vaz: “Não banquem os tolos: estamos em guerra, e a nossa poesia iletrada, dura e com cheiro de pólvora é apenas um artifício para confundir os tais sábios e os que fingem que não sabem de nada. A poesia no ar é só um aviso que o nosso pequeno exército marcha corajosamente sobre a terra, contra tudo e contra todos, mas sem esquecer o sorriso no rosto e os punhos cerrados. Somos nós por nós!”

“Por uma periferia que nos une pelo amor, pela dor e pela cor”.

Universo Periférico  

O ponto final aponta para um novo começo COOPERIFA

Universo Periférico  

O ponto final aponta para um novo começo COOPERIFA

Advertisement