Issuu on Google+


Publicações em Revistas Internacionais de Medicina Veterinária Um mini-curso para melhorar o sucesso 15, 16 e 17 de novembro de 2013 Público alvo: •  estudantes, estudante de graduação ou pós-graduação em Ciências Veterinárias; •  membro iniciante do corpo docente na faculdade de medicina veterinária; •  membro estabelecido do corpo docente nas faculdades de veterinária que pretenda melhorar a probabilidade de aceite dos manuscritos de sua universidade; •  indivíduos envolvidos em estudos clínicos ou não-clínicos, os quais serão publicados em uma revista veterinária internacional; •  administrador da faculdade de veterinária que determina ou julga o sucesso dos membros da faculdade; • médicos veterinários motivados que pretendam contribuir para o conhecimento da ciência veterinária. Se você é uma dessas pessoas, então este curso especial irá fornecer-lhe informações importantes para melhorar o seu trabalho.

Publicação em Revistas Internacionais de Medicina Veterinária Um mini-curso para melhorar o sucesso 15, 16 e 17 de novembro de 2013 Programação 15 de Novembro de 2013 1345

ApresentaçãoPerguntas(min/min) 15

1400

45/10

Moise

1500

45/10

Pariaut

1600

30

1630

45/10

Moise

1730

30

Pariaut

1800

15

Moise/Pariaut

Horário

Palestrante

Título

Goldfeder

Abertura do evento Compreender o mundo editorial de hoje: Então você poderá publicar amanhã (Essencial para Educadores) Escrevendo para revistas em inglês: Dicas de sucesso para escritores de outras línguas Coffee-break Como escrever um Artigo científico ou Relato de caso Os detalhes da escrita: Esforce-se para o quase perfeito Perguntas e discussão


Programação 16 de Novembro de 2013 8:00 9:00 9:30

45/10 30 30

Moise Moise

10:00

45/10

Boswood

11:00

45/10

Boswood

12-13:30

90

13:30

45/10

Boswood

14:30

45/10

Boswood

15:30

30

16:00

75/15

Camacho

17:30

30

Todos presentes

Grandes erros na escrita O que deve e o que não deve ser publicado Coffee-break Projetando e relatando os resultados de um estudo clínico prospectivo: Parte I Projetando e relatando os resultados de um estudo clínico prospectivo: Parte II Lunch Projetando e relatando Estudos Prospectivos observacionais, Caso-controle, Coorte e Estudos Retrospectivos: Parte I Projetando e relatando Estudos Prospectivos observacionais, Caso-controle, Coorte e Estudos Retrospectivos: Parte II Coffee-break Uso de modelos experimentais na pesquisa clínica Perguntas e discussão

Programação 17 de Novembro de 2013 9:00 10:00 11:00

45/10 45/10 30

Boswood Boswood

11:30

30/0

Moise

12:00

30/0

Pariaut

12:30 13:00

30 45/0

Todos presentes Boswood

Estatística para autores veterinários: Parte I Estatística para autores veterinários: Parte II Coffee-break Lutando com Revisores e Editores: Como Revisar e Evitar a Rejeição Finalizando com o Futuro: Publicação na Era Digital Perguntas e discussão Lendo um Artigo científico

Entendendo o Mundo de Hoje da Publicação, Para que Você Possa Publicar Amanhã. Palestrante: Dr. N. Sydney Moïse (45 minutos) Em qual jornal você deve publicar? Como um jornal é julgado e como isso afeta sua carreira e a exposição de seu trabalho? Quais são os passos da publicação quando você submete seu manuscrito? Entenda estes passos para evitar frustrações. Mesmo após você ter tido sucesso na publicação, o acesso a seu artigo continua! A Bibliometria está evoluindo nesta era digital para fornecer uma avaliação mais contemporânea dos trabalhos publicados. Atualmente, existe um campo avançado de estudo para avaliar não apenas o valor de um jornal para uma comunidade específica, mas também o valor de um autor. Um jornal é frequentemente julgado por seu fator de impacto, e funcionários universitários usam isso para determinar o valor da faculdade. Porque o fator de impacto é tão falho na medicina veterinária? Como as publicações online afetarão nossos conhecimentos e nossos ensinamentos? Estes são alguns dos tópicos que serão discutidos durante esta apresentação. Escrevendo para os Jornais de Língua Inglesa: Dicas de um Palestrante Não-Nativo que Levam ao Sucesso.


Palestrante: Dr. Romain Pariaut (45 minutos) Como um palestrante francês nativo, Dr. Pariaut entende os desafios de escrever numa língua diferente. No entanto, ele também conhece como obter sucesso. Atualmente, Dr. Pariaut edita os manuscritos de oradores ingleses nativos para publicação. Ele compartilhará conselhos e um plano estratégico para deixar seu manuscrito adequadamente preparado para os jornais de língua inglesa. Como Escrever um Artigo de Pesquisa ou um Relato de Caso. Palestrante: Dr. N. Sydney Moïse (45 minutos) Será   detalhada   uma   abordagem   “passo-a-passo”   para   escrever   a   introdução,   métodos,   resultados   e   discussão de um artigo. Posteriormente, será ensinado o delineamento de estudo para diversos tipos de investigação; no entanto, conhecer o que está envolvido na criação  de  seu  “produto  final”  auxiliará  você   a entender como planejar melhor o seu começo. Além dos pontos específicos abordados em cada seção, serão fornecidas informações a respeito da busca apropriada de literatura para a introdução e discussão, uso das instruções para os autores e de publicações prévias como diretrizes e de pontos específicos a respeito dos relatos de caso. Grandes Erros na Escrita de Artigos. Palestrante: Dr. N. Sydney Moïse (45 minutos) Seu artigo plagiou outro, porém você não sabia! Seus gráficos mostram resultados errados, mas você os havia checado! A parte mais comumente lida de um manuscrito é seu resumo, e ainda assim ele costuma ter os maiores erros! Nunca hesite em se comunicar com o Editor quando você encontrar um erro. Você trabalhou tanto em seu artigo, mas quando publicado as palavras em suas figuras não podem ser vistas ou a imagem está muito pequena! Como Editora, Dr. Moïse tem visto diversos erros que ocorrem devido a  fadiga  em  escrever  o  manuscrito,  “pontos  cegos”,  negligência ou ignorância. Aprenda como evitar as armadilhas que podem levar a confusões, rejeições ou cartas aos Editores. Os grandes erros na escrita Palestrante: Dra. N. Sydney Moїse (45 minutos) Seu artigo plagia outro, mas você não sabe disso! Seu gráfico demonstra resultados errados, mas você checou isso! A parte mais comum na leitura de um manuscrito é o resumo, mas ainda, frequentemente é onde se encontra a maior parte dos erros! Nunca hesite em se comunicar com o editor quando você encontrou um erro. Você trabalhou muito no seu artigo, mas quando foi publicá-lo as palavras das suas figuras não podem ser visualizadas e a imagem é muito pequena! Como uma editora, a Dra. Moïse tem observado muitos erros que tornam uma leitura cansativa e de difícil leitura, negligenciada ou ignorada. Aprenda como evitar as armadilhas que podem levá-lo ao constrangimento, rejeições ou cartas aos editores. O que deve e não deve ser publicado Palestrante: Dra. N. Sydney Moїse (30 minutos)


Muito frequentemente jovens pesquisadores irão gastar muito tempo trabalhando em pesquisas que não merecem mérito ou doação de seu tempo. Não caia nessa armadilha. Aprenda a como evitar educando-se a ter certeza de que o projeto que você está se dedicando é realmente digno da sua atenção. Essas considerações sobre o que é digno de ser publicado, não pertencem apenas às investigações científicas, pois as revistas frequentemente possuem outras seções além do núcleo de publicações científicas e investigativas. Algumas dessas seções incluem os relatos de caso, relatos de imagens e artigos de revisão. Como você pode julgar se a sua ideia ou trabalho é digno de se relatar? Orientações e dicas serão fornecidas para que seus esforços sejam recompensados com aceitação e sucesso, e não ser apenas um prêmio de consolação de aprendizagem a partir de um erro. Projetando e relatando os resultados de um ensaio clínico retrospectivo: partes I e II Palestrante: Dr. Adrian Boswood (duas palestras de 45 minutos) O primeiro passo para se alcançar uma publicação começa com um desenho do estudo adequado, se o desenho apresentar falhas, o fracasso é certo independentemente da quantidade de trabalho, número de casos, horas de escrita e dinheiro gasto. Comece certo desde o início. Existem diferentes tipos de estudos clínicos (por exemplo, estudos simples ou em duplo cego, estudo controlado com placebo e estudo  aberto).  Existem  diferentes   tipos   de  randomização  (ex.  aleatório  ou  em  bloco).  Os  “end-points”   precisam ser estabelecidos. Análises preliminares e independência dos participantes do estudo de empresas são críticos para o respeito de uma conclusão. O que foi supracitado será ilustrado e discutido pelo Dr. Boswood que tem desenhado e publicado grandes estudos clínicos. “Checklists”  serão fornecidas e  explicadas.  Estas  apresentações  também   irão  incluir  os  “checkpoints”   das diretrizes apresentadas na declaração do CONSORT. Projetando e relatando estudos observacionais e prospectivos, estudos caso-controle, estudos de coorte e estudos retrospectivos. Partes I e II Palestrante: Dr. Adrian Boswood (duas palestras de 45 minutos) Existem inúmeros tipos de desenhos de estudo válidos, além de ensaios clínicos prospectivos e de intervenção. Estudos de causalidade, os estudos de eficácia de testes de diagnóstico e estudos de prognóstico muitas vezes empregam desenhos de estudo transversal, caso-controle e estudos de coorte. Esses estudos podem ser bem planejados se conhecer os pontos fortes e fracos e os vieses dos diferentes tipos de desenhos de estudo. Existem orientações no que diz respeito à comunicação de tais estudos, incluindo as diretrizes STROBE (reforçando a comunicação de estudos observacionais em epidemiologia) e as diretrizes STARD (normas para a comunicação de estudos de acurácia diagnóstica). Os estudos retrospectivos também podem adicionar significativamente à literatura quando realizadas corretamente e relatados com compreensão das possíveis influências dos vieses intrínsecos a tais desenhos de estudo. Todos esses diferentes tipos de pesquisa clínica serão abordados nessas palestras, incluindo conselhos sobre a forma de realizar o estudo e ainda, como analisar e descrever seus resultados.


Estatística para Autores Veterinários: Parte I e II Palestrante: Dr. Adrian Boswood (2 sessões de 45 minutos) Dr. Boswood tem experiência na utilização de métodos estatísticos para os tipos mais comuns de análise na literatura veterinária. Cada uma delas será detalhada com exemplos. Serão ilustrados os erros mais comuns no uso de analises estatísticas. Dicas de lugares para aprender mais, bem como conselhos sobre como fazer as estatísticas corretas, dados por um especialista. Lutando com revisores e editores: Como revisar e evitar a rejeição Palestrante: Dr. N. Sydney Moїse (30 minutos) Os comentários voltaram. Eles parecem avassaladores e muito críticos. Existe esperança para o artigo? Como você pode dizer? Por que você deve desejar a revisão mais dura e mais difícil possível? Como ler as entrelinhas dos revisores e editores? E se os revisores têm diferentes avaliações do seu artigo, o que você faz? Como você deve responder a uma revisão inapropriada? Como receber um 'aceito' na primeira revisão. Dra. Moїse como autora, revisora e editora irá fornecer informações para ajudá-lo no desafio de publicar. Publicações na Era Digital: agora e no futuro Palestrante: Dr. Romain Pariaut (30 minutos) O Dr. Pariaut é o editor digital do JVC e obedece as normas digitais da Associação Internacional de Editores Veterinários. A emoção de como a publicação está evoluindo e como será publicar daqui a 5 e 10 anos. Não fique para trás. Você é novo na sua carreira? Saiba o que os outros esperam de você. Você é experiente na sua carreira? Certifique-se que você está por dentro do mundo moderno.


Simpósio Internacional de Metodologia Científica