__MAIN_TEXT__

Page 1

Ano 27 - n° 407 - Edição Novembro - 2020

ELEIÇÕES

2020

CONFIRA 6 PASSOS PARA VOCÊ FAZER A DIFERENÇA:

1 2

Pesquise o histórico pessoal e político do seu candidato e do partido dele/dela.

3

Escolha candidatos/as que defendam o serviço público e sejam contra as privatizações. Alguém que tenha coragem de defender os direitos sociais e trabalhistas.

4 5 6

Cuidado com as Fake News. Antes de sair compartilhado em suas redes sociais, verifique se a notícia é verdadeira.

Observe se o candidato/a é comprometido/a com a classe trabalhadora: se na hora do “vamos ver” ele ou ela terá boas propostas para o povo e defenderá seus direitos.

Converse com as pessoas próximas sobre candidatos comprometidos com os interesses dos mais pobres. Depois de todos esses cuidados, prepare sua colinha e não se esqueça de tomar todas as medidas preventivas contra a COVID-19 para votar. Fonte: CUT/SP

CESTA DE NATAL Mesmo diante a pandemia, o Sindicato garantiu a cesta de Natal 2020 cuja entrega deve ser feita até o dia 18 de dezembro. Todas as trabalhadoras e trabalhadores representados pelo Sindicato têm direito, independente de faltas ou licenças médicas. Para saber mais, faça contato pelo WhatsApp do Sindicato: (15) 9 9119-7574.


2

Linha Direta 407

EDITORIAL

O FUTURO DA CIDADE ESTÁ EM NOSSAS MÃOS

Novembro/2020

A PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU

O

maior erro a se cometer nessas eleições é abrir mão do voto. Mas além de marcar presença na sessão eleitoral, as trabalhadoras e trabalhadores devem levar consigo a consciência de que seu voto vai decidir se nos próximos 4 anos haverá mais emprego, saúde, moradia e segurança ou fará com que a cidade piore ainda mais. A conjuntura nacional, em que o governo federal age a favor da crise econômica e social, impacta diretamente nos municípios. Em tempos de redução de recursos públicos, a decisão entre investir no bem estar do povo ou fazer as vontades do mais ricos, se torna ainda mais crucial. Votar em quem defende ou já defendeu privatizações, em quem dá declarações machistas e preconceituosas ou em quem não tem nenhum histórico de defesa da classe trabalhadora é um verdadeiro “tiro no pé”. Geralmente, esse tipo de candidato/a promete coisas cujo histórico pessoal não permite que, se eleito/a, cumprirá sua promessa. Outro fator importante é o partido político. A maioria dos candidatos à prefeitura de Sorocaba e Votorantim pertencem a partidos cujos políticos votaram contra os direitos trabalhistas e sociais. Agora, esses mesmos políticos pedem o voto das trabalhadoras e trabalhadores que atacaram no passado. Contudo, na era digital, basta “jogar o nome do candidato/a no Google” para conhecer seu verdadeiro histórico e saber se, na hora do vamos ver, ele estará de fato ao lado da classe trabalhadora. Mas cuidado com as notícias falsas. Antes de compartilhar qualquer conteúdo, certifique-se se a fonte é confiável. No dia 15 de novembro, o futuro da nossa cidade estará nas mãos da classe trabalhadora. Somos a maioria da população e temos condições de eleger nossos próprios representantes.

MEDIDAS PROTETIVAS CONTRA A COVID-19 DEVEM PERMANECER Foto: SMetal/Sorocaba

Somente após a vacinação em massa, a pandemia terá um certo controle. Até lá, a exemplo de países europeus, é bem provável que com o afrouxamento da quarentena e o relaxamento da população acerca das medidas preventivas, o risco permanecerá. Por esse motivo, as empresas devem seguir adotando as medidas preventivas e as trabalhadoras e trabalhadores devem continuar as adotando. AVISE A EMPRESA EM CASO DE SINTOMAS E SOLICITE AFASTAMENTO IMEDIATO.

O USO DE MÁSCARA NO TRABALHO, NO TRANSPORTE E OUTROS LOCAIS PÚBLICOS DEVE PERMANECER.

TODAS E TODOS DEVEM TER CUIDADO REDOBRADO COM A HIGIENE DAS MÃOS.

O DISTANCIAMENTO ENTRE AS PESSOAS DEVE SER MANTIDO SEMPRE QUE POSSÍVEL.

ASSIM QUE HOUVER UMA VACINA LIBERADA PELA ANVISA, FIQUE ATENTA(O) AO CRONOGRAMA E SEJA IMUNIZADA(O).Foto: Vinicius Viana


3

Linha Direta 407

Novembro/2020

Sindicato garante pagamento integral

do décimo terceiro para trabalhadoras/es

que sofreram suspensão de contrato

N

os Acordos Coletivos negociados pelo Sindicato para a suspensão temporária de contratos de trabalho, consta uma cláusula que obriga as empresas a pagarem o décimo terceiro sem o desconto dos meses em que o contrato foi suspenso. Isso porque a MP 936, editada pelo governo federal, não garante o pagamento desse benefício sobre os meses não trabalhados. “Essa conquista prova a importância do Sindicato e da negociação coletiva”, destaca Paula Proença, presidenta do Sindicato. Com isso, as trabalhadoras e trabalhadores que sofreram suspensão do contrato de trabalho por meio de um Acordo Coletivo negociado pelo Sindicato, deverão receber o décimo terceiro sem o desconto proporcional aos meses em que o contrato esteve suspenso.

Foto: Reprodução Internet

DEMAIS CASOS Infelizmente, a MP 936 não obrigou a negociação coletiva para a suspensão de contrato de trabalho o que gerou vários casos em que as empresas suspenderam os contratos sem sequer comunicar o Sindicato. Dessa forma, o Sindicato estabeleceu um novo processo de negociação coletiva com o Sindicato patronal para que todas as empresas

sejam orientadas a pagar o benefício também sobre os meses não trabalhados. “As trabalhadores e trabalhadores não podem ser penalizados ainda mais. Por isso estamos solicitando que o Sindicato patronal ao menos oriente as empresas a pagar o décimo terceiro sobre os meses não trabalhados, já que não há uma legislação que as obrigue”, afirmou Proença.


Linha Direta 407

4

Novembro/2020

FUNCIONAMENTO DO SINDICATO: O Sindicato não parou em nenhum momento, mas foi preciso adequar o funcionamento da estrutura à pandemia. Com a melhora nos índices de contágio, o atendimento presencial já foi retomado, mas você pode fazer contato pelo WhatsApp.

ATENDIMENTO NA SEDE:

(15) 9 9119-7574

Dias úteis, das 9h às 18h

DEPARTAMENTO JURÍDICO: Atendimento por telefone

3222-2122. PESQUEIRO VITÓRIA: Aberto e adequado às medidas preventivas contra o coronavírus.

CONVÊNIOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS: Estão funcionando normalmente.

SINDICALIZAÇÃO: Pode ser feita pelo WhatsApp ou fale com uma das diretoras do Sindicato.

COLÔNIA DE FÉRIAS NA PRAIA: DENÚNCIAS, DÚVIAS E INFORMAÇÕES:

Sócias(os) interessados devem fazer contato com a Secretaria do Sindicato pelo fone: 3222-2122

Você pode utilizar o WhatsApp do Sindicato.

EXPEDIENTE: LINHA DIRETA é uma publicação periódica do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Sorocaba e Região Rua Júlio Hanser, nº 140 – Sala 01 – Jardim Faculdade – Sorocaba/SP. CEP:18030-320 - Presidente: Paula Proença - Edição: João Andrade Comunicação e Marketing Sindical - Diagramação: Diego Orejuela - Tiragem: 1500 cópias - Distribuição gratuíta.

Profile for vestuariosorocaba

LINHA DIRETA - EDIÇÃO NOV.2020  

Entrega da Cesta de Natal, pagamento integral do 13.º para trabalhadoras que tiveram suspensão de contrato e funcionamento dos convênios, se...

LINHA DIRETA - EDIÇÃO NOV.2020  

Entrega da Cesta de Natal, pagamento integral do 13.º para trabalhadoras que tiveram suspensão de contrato e funcionamento dos convênios, se...

Advertisement