Page 1

1


SUMÁRIO 2 CARTA DA EDITORA Sobre o terror nos mostrar quem realmente somos

4 FALA IAIÁ OFF TOPIC: Lave, Leve, Love...

5 DESTAQUES Principais notícias e resenhas de outubro

6 FOLCLORE VS HALLOWEEN Você sabe a diferença histórica entre eles?

11 COLUNA DO BIGODE Ter medo e saber lidar com ele

2

12 ALL HALLOW'S READ Sobre o projeto e entrevista com Raquel Moritz, responsável pela edição brasileira.

17 NACIONAL O terror na literatura nacional. Você conhece?

19 SEM GOSTOSURAS Uma crítica de Thiago Marques a partir do Halloween.

23 LARI INDICA Para quem já leu todos os livros de Harry Potter e quer ir além

25 RESENHA Flávia Alvim resenha O Vilarejo, de Raphael Montes. Você já leu?

28 HASHTAG O que foi postado de interessante no mês do medo?


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

CARTA DA EDITORA ..................................................................................................... por Camille Thomaz Labanca

Teoria sobre o Terror M e u n o m e é C a m i l l e , s o u c a n c e r i a n a , c o m a s c e n d e n t e e m v i r g e m e l u a e m t o u r o , o q u e , e m p o u c a s p a l a v r a s , q u e r d i z e r q u e s o u m e d r o s a . N ã o q u a l q u e r t i p o d e m e d r o s a , m a s a q u e l a q u e g o s t a d e f a l a r s o b r e o a s s u n t o , a s s i s t i r f i l m e s e l e r l i v r o s s o b r e , m e s m o s a b e n d o q u e n ã o c o n s e g u i r á d o r m i r d e p o i s - t a l v e z p o r d i a s . Po r q u ê ?

A resposta para essa pergunta acho que escritores do gênero já tem há m u i t o t e m p o . D e s c o b r i q u a n d o , a n o p a s s a d o , f i z e r a m u m a p r o p o s t a : e s c r e v e r u m c o n t o d e t e r r o r p a r a u m a a n t o l o g i a ( q u e n u n c a s a i u ) . C l a r o q u e a c e i t e i , a f i n a l s e r i a u m d e s a f i o g r a n d e e s c r e v e r a l g o d e n t r o d e u m gênero que não conheço tanto assim.

E n t ã o v e i o a p r i m e i r a f r a s e , a s e g u n d a e a t e r c e i r a . Fr a s e s d o c o n t o v i r a r a m p a r á g r a f o s , q u e v i r a r a m p a r t e s d e u m a h i s t ó r i a n ã o m u i t o g r a n d e . L o g o n o c o m e ç o , q u a n d o m e c o l o c a v a n o l u g a r d a p e r s o n a g e m , e n t e n d i : não fiz muito mais que criar situações nas quais eu estaria extremamente a s s u s t a d a . Fo i a t é m e s m o u m a s u r p r e s a c o n s e g u i r m a n i p u l a r m e u s s e n t i m e n t o s a p o n t o d e e s c r e v e r s o b r e a m o r t e , u m t e m a p a r t i c u l a r m e n t e d i f í c i l p a r a m i m , e m u m t o m d e a l í v i o .

3


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

Cheguei a me questionar sobre os motivos que fazem livros e filmes de t e r r o r e s u s p e n s e p s i c o l ó g i c o s e r e m b e m s u c e d i d o s . Ta l v e z t o d o s n ó s n o s conectemos quando estamos com medo? Quando percebemos que a morte t a l v e z n ã o e s t e j a t ã o d i s t a n t e a s s i m ? Fa z s e n t i d o , c o n s i d e r a n d o a s a t i t u d e s incríveis que vemos em situações de crise extrema.

R a p h a e l M o n t e s d i s s e e m u m a e n t r e v i s t a p a r a o E l Pa í s q u e a c r e d i t a “ q u e a literatura policial é a melhor maneira de você conhecer a alma do ser h u m a n o ” , r e f o r ç a n d o o q u a n t o e l a p o d e n o s c o l o c a r e m s i t u a ç õ e s l i m i t e s e explorar como agiríamos se de fato estivéssemos vivenciando aquilo. A p a r e n t e m e n t e , m e u i n s i g h t n ã o e s t á t ã o l o n g e a s s i m d a r e a l i d a d e . O m e d o , a i n c e r t e z a , a p r e s s ã o n o s f a z m o s t r a r n o s s a s c a r a s c o m o r e a l m e n t e s ã o e n e m s e m p r e s e r á a l g o b o n i t o d e s e v e r.

Fa z p a r t e d o f a t o d e n ã o s e r m o s t o t a l m e n t e b o n s o u r u i n s , s o m o s p e s s o a s q u e t ê m s e u s m o m e n t o s , a ç õ e s e r e a ç õ e s q u e n e m s e m p r e p e n s a d a s . Po d e m o s a c e r t a r e e r r a r. O d i a d a s b r u x a s p a s s o u , m a s s e r á q u e n ã o podemos prolongá-lo um pouco mais apenas para dar chance aos livros do g ê n e r o e , q u e m s a b e , d e s c o b r i r u m p o u c o m a i s s o b r e n ó s m e s m o s ?

Ta l v e z e s s e s e j a o p r i m e i r o p a s s o p a r a c o n h e c e r m o s u n s a o s o u t r o s . S e m julgamentos.

Ve m c o m i g o ?

C a m i l l e T h o m a z L a b a n c a Responsável pela Evolução

4


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

FALA IAIÁ!

..................................................................................................... por Flávia Maria Alvim

Off-Topic: Lave, Leve, Love... o que que eu vou fazer com essa tal liberdade?

o q u e q u i s e r. e o q u e d i g o m a i s , e s s e c o n s e l h o é p o r c o n t a d a c a s a : f a ç a q u a l q u e r c o i s a m e n o s p e r g u n t a r p r a o u t r a p e s s o a o q u e s ó v o c ê p o d e r e s p o n d e r. e s s a s e n s a ç ã o é r e c o m p e n s a e r e s u l t a d o d e t u d o q u e v o c ê v i v e u , s o f r e u e aprendeu.

não importa o que precise, tá tudo aí dentro, acredite.

a s c e r t e z a s , a s s i m c o m o a s d ú v i d a s . a s r e s p o s t a s , a s s i m c o m o a s p e r g u n t a s . a v o n t a d e , a s s i m c o m o a p r e g u i ç a . o q u e t e f a z b e m , e o a q u i l o q u e p o d e f a z e r m a l o q u e é b o m p r a v o c ê , e o q u e f o i m a u u m d i a

use essa tal liberdade da forma mais livre (e redundante) q u e e l a p o d e s e r.

5


DESTAQUES

.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

RESENHA BELAS MENTIRAS

LADY MIDNIGHT, DE CASSANDRA CLARE

RESENHA SOB O CÉU DO NUNCA

TRAILER A ESCOLHA, DE NICHOLAS SPARKS

RESENHA O RETORNO DE IZABEL

RESTA UM, THRILLER DE ISABELA NORONHA

NESTA EDIÇÃO: Resenha O Vilarejo, de Rapahel Montes

6


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

31 DE OUTUBRO ..................................................................................................... por Mateus Sacoman

Folclore brasileiro versus Halloween: uma outra perspectiva To d o a n o a m e s m a c o i s a a c o n t e c e . Q u a n d o n o s a p r o x i m a m o s d o d i a 3 1 d e outubro – data em que tradicionalmente os países colonizados ou que sofreram influências culturais dos ingleses comemoram o Halloween – uma e n x u r r a d a d e e d u c a d o r e s , e s c r i t o r e s , p o l í t i c o s e p r o f i s s i o n a i s d e d i v e r s a s á r e a s , v ê m a p ú b l i c o p a r a m a n i f e s t a r a i n d i g n a ç ã o d e s e c o m e m o r a r e s t a d a t a e m n o s s o t e r r i t ó r i o , p o r d i s t i n t o s m o t i v o s .

O assunto é tão sério que é possível encontrar diversos projetos de lei, f e d e r a i s , e s t a d u a i s , m u n i c i p a i s , q u e s e p r o p u s e r a m a o f i c i a l i z a r o t r i g é s i m o primeiro dia do mês de outubro como o Dia do Saci para combater o monstro estrangeiro que ameaça a cultura brasileira e impedem que as crianças c o n h e ç a m s e u p r ó p r i o f o l cl o r e .

E m m u i t a s m a t é r i a s d e j o r n a i s e s i t e s e s p e c i a l i z a d o s , é p o s s í v e l d e p r e e n d e r d o s t e x t o s q u e e s s e d i a f o i e s c o l h i d o p a r a “ m a r c a r a r e s i s t ê n c i a ” c o n t r a o f a m i g e r a d o e v e n t o i n t e r n a c i o n a l , c o m o s e e s t i v é s s e m o s a p r i s i o n a d o s , c o n s e g u i n d o e m p r e e n d e r u m a r á p i d a f u g a e a g o r a , e m n o s s o m o c a m b o , h á caminho livre para desenvolver as estratégias de ataque e reação.

7


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

O u t r o o b j e t i v o , c o m o o d e “ r e s g a t a r ” a s f i g u r a s d o f o l cl o r e b r a s i l e i r o , t a m b é m é c o n s t a n t e m e n t e a p r e s e n t a d o . O r a , s e q u e s t r a r a m a s e f í g i e s n a c i o n a i s e n ã o a v i s a r a m n i n g u é m ? O f o l cl o r e b r a s i l e i r o s e m p r e e s t e v e a q u i , o problema é que muitos de nós legamos a ele o cantinho das salas de aula e o expiamos somente em determinadas ocasiões e olhe lá.

O “ D i a d o Fo l cl o r e ” j á e x i s t e d e s d e 1 9 6 5 , e s p ó l i o d a d i t a d u r a m i l i t a r b r a s i l e i r a , m a s o g r a n d e p r o b l e m a é q u e e l e c o n t i n u a s e n d o t r a t a d o c o m o r e a l m e n t e u m d i a , a l g o s u p e r f i c i a l . Fo i p r e c i s o i n t e n s i f i c a r a s c o m e m o r a ç õ e s do Halloween para que se começasse a perceber que muito da cultura pátria s e m p r e f o i e s q u e c i d a e o c u l p a d o n ã o é o i l u s t r e e v e n t o , a n ã o s e r o p r ó p r i o brasileiro.

É m u i t o m a i s f á c i l i n c r i m i n a r o q u e v e m d e f o r a , d o q u e p a r a r u m p e q u e n o m o m e n t o e a n a l i s a r a s p r ó p r i a s a t i t u d e s . E m u m m u n d o g l o b a l i z a d o e q u e a internet dá livre acesso ao conhecimento de milhares de culturas diferentes, seria um crime obstaculizar que as pessoas tomem contato com diferentes manifestações e formas de pensar das que se está acostumado.

A o r i g e m d o H a l l o w e e n , e m b o r a n ã o h a j a u m c o n s e n s o e n t r e o s h i s t o r i a d o r e s , p o d e a d v i r d e u m a c e l e b r a ç ã o c e l t a q u e m a r c a v a o f i n a l d o p e r í o d o f é r t i l ( v e r ã o ) n o h e m i s f é r i o n o r t e , o c h a m a d o S a m h a i n , h á p e l o m e n o s 6 0 0 a . C . n a r e g i ã o d a s a t u a i s Fr a n ç a e I n g l a t e r r a . Po r s e r u m p e r í o d o d e t r a n s i ç ã o , a c r e d i t a v a - s e q u e o “ v é u ” e n t r e o m u n d o d o s m o r t o s e o s v i v o s e r a d e s v e l a d o , e o s a n t e p a s s a d o s r e t o r n a v a m a s u a s c a s a s p a r a v i s i t a r s e u s f a m i l i a r e s , a l i m e n t a n d o - s e e a q u e c e n d o - s e d o f r i o , p o r i s s o a p r e p a r a ç ã o d e a l i m e n t o s e b e b i d a s .

C o m a e x p a n s ã o d o c r i s t i a n i s m o p e l a E u r o p a , u m a d a s p r á t i c a s

8


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

desenvolvidas para a conquista e perduração na fé dos novos fiéis era a s s i m i l a r a l g u m a s f e s t a s p a g ã s à s f e s t i v i d a d e s c r i s t ã s . N o a n o d e 8 3 5 , a I g r e j a C a t ó l i c a , a t r a v é s d o Pa p a G r e g ó r i o I I I , e s t a b e l e c e u o d i a 1 ° d e n o v e m b r o c o m o o D i a d e To d o s o s S a n t o s . A d a t a e r a c e l e b r a d a i n i c i a l m e n t e e m m a i o . N o s é c u l o s e g u i n t e , o Pa p a G r e g ó r i o I V t o r n o u a c e l e b r a ç ã o u n i v e r s a l , a u f e r i n d o - l h e , a s s i m , u m a c e l e b r a ç ã o n o d i a a n t e r i o r, a v i g í l i a . E m i n g l ê s , t e m o s a d e n o m i n a ç ã o d e A l l H a l l o w ’s E v e ( V é s p e r a d e To d o s o s S a n t o s ) , q u e d e p o i s s e a b r e v i o u c o m o H a l l o w e e n .

A l g u n s c o m p o n e n t e s d a f e s t a f o r a m a g r e g a d o s a o l o n g o d o t e m p o . N a I d a d e M é d i a , p r o v a v e l m e n t e n a Fr a n ç a , p r i n c i p a l m e n t e n o s é c u l o X I V e m q u e a Pe s t e N e g r a a s s o l o u o c o n t i n e n t e e u r o p e u , a s c e l e b r a ç õ e s p e l o s m o r t o s s e p o p u l a r i z a r a m e n o d i a d e d i c a d o a e l e s , c r i a n ç a s b a t i a m d e porta em porta pedindo um pedaço de bolo em troca de orações pelas a l m a s n o o u t r o m u n d o .

N ã o h á u m a c o n c o r d â n c i a e n t r e o s h i s t o r i a d o r e s , m a s p o s s i v e l m e n t e n a I n g l a t e r r a , o c o s t u m e c i t a d o a n t e r i o r m e n t e t e n h a e v o l u í d o p a r a o “ t r i c k o r t r e a t ” , d i r e t a m e n t e r e l a c i o n a d o a o s c o n f l i t o s e n t r e c a t ó l i c o s e p r o t e s t a n t e s , e m q u e o s s e g u n d o s s e d i r i g i a m f a n t a s i a d o s a t é à s c a s a s d o s p r i m e i r o s , e x i g i n d o c e r v e j a s e p a s t e i s . E s s a e r a u m a f o r m a d e b o c h a d a d e a l u d i r à p r i s ã o e m o r t e d e G u y Fa w k e s , c a t ó l i c o c o n v e r t i d o q u e f o i enforcado por participar do que seria a explosão do parlamento inglês na

9


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA .....................................................................................................

AAAAAA

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

tentativa de garantir mais liberdade aos católicos na Inglaterra no início do século XVII.

J á n o s é c u l o X I X , n o s E U A , outras

modificações

a c o n t e c e r a m . Po r e x e m p l o , a utilização das abóboras com v e l a s .

Na

nabos

é

a n t i g u i d a d e , que

sofriam

m o d i f i c a ç õ e s ,

os as

sendo

esculpidos em formatos de cabeça

e

ganhavam

velas

a c e s a s . E f o i e f e t i v a m e n t e l á que a comemoração alcançou o

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA f o r m a t o a t u a l e , c o m o a v a n ç o

A A A A A Ad o s

a n o s ,

passou

a

ser

A A A A A Ae xAp Al oAr aAd aA Ac oAmAe Ar cAi aAl mAeAn tAe A. A A A

Luison, criatura da mitologia guarani, detentora do poder sobre a morte

AAAAAAAA

C o m o v i s t o , a c o m e m o r a ç ã o d o H a l l o w e e n é u m a r e u n i ã o d e m ú l t i p l o s c o m p o n e n t e s g e r a d o s e m c u l t u r a s d í s p a r e s . Te m o s a l i r e l i g i õ e s e p o v o s d i f e r e n t e s r e p r e s e n t a d o s , a o m e n o s a b s t r a t a m e n t e , a l g o q u e p o s s i b i l i t a a b u s c a p e l o c o n h e c i m e n t o d e o u t r o s v a l o r e s e p r á t i c a s , s e b e m t r a b a l h a d o .

P r e c i s a m o s c o m p r e e n d e r q u e a c u l t u r a , e m g e r a l , é d i n â m i c a , e s t á e m c o n s t a n t e t r a n s f o r m a ç ã o , e m b o r a a v e l o c i d a d e d e s s a m u d a n ç a p o s s a s e r i r r e g u l a r, d e p e n d e n d o d a l o c a l i d a d e . E l a t a m b é m p o d e s e r e s t á v e l , s e m d ú v i d a s , m a s o B r a s i l s e d e m o n s t r a u m p a í s e m q u e a c u l t u r a é m u i t o intercomunicativa e instigada por elementos oriundos dos mais diferentes l u g a r e s d o m u n d o . Q u e r e r c o m b a t e r a s i n f l u ê n c i a s e x t e r n a s m e d i a n t e u m

10


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

contexto em que as nações estão mais próximas a cada segundo é quase i n v e r o s s í m i l .

N ã o p r e c i s a m o s b a n i r o d i á l o g o i n t e r c u l t u r a l p a r a q u e o f o l cl o r e n a c i o n a l p o s s a s e r c o n h e c i d o p o r t o d o o t e r r i t ó r i o b r a s i l e i r o . Po r q u e o s m a t e r i a i s d i d á t i c o s e s c o l a r e s n ã o p o d e m t r a b a l h a r t e x t o s , i m a g e n s , p r o b l e m a s m a t e m á t i c o s , e n t r e t a n t a s o u t r a s f o r m a s , q u e c o n t e n h a m e l e m e n t o s o u p e r s o n a g e n s d o f o l cl o r e t u p i n i q u i m l i g a d o s a o c o t i d i a n o d o s a l u n o s ?

N ã o s e v ê m u i t o i s s o n a s e s c o l a s , a n ã o s e r e m c o n t e ú d o s p r o g r a m a d o s p a r a o mês de agosto ou outubro que acabam se desconectando totalmente de u m p r o c e s s o m a i s s i g n i f i c a t i v o d e c o m p r e e n s ã o d a c u l t u r a d o p a í s . E i s s o p o d e s e r f e i t o , s e m t o l h e r a o p o r t u n i d a d e d e q u e o s e s t u d a n t e s t o m e m contato também com os hábitos e costumes de outros povos.

Há espaço para a convivência entre o Halloween e os personagens míticos b r a s i l e i r o s , m a s é n e c e s s á r i o p r o p o r c i o n a r m u i t o m a i s o p o r t u n i d a d e s p a r a q u e a s c r i a n ç a s c o n h e ç a m o s c o s t u m e s , h i s t ó r i a s e s a b e r e s d e s u a n a ç ã o . E isso deve ocorrer dentro de uma perspectiva pacificadora e abrangente, e x a t a m e n t e o c o n t r á r i o d o q u e m u i t o s p r e g a m : u m a c r u z a d a e n t r e brasilidade e estrangeirismo em que os estudantes parecem ser obrigados a escolher um ao outro.

11


COLUNA DO BIGODE

..................................................................................................... por Rafael Ribeiro

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

O dia em que me vi lendo e assistindo terror Q u e m m e a c o m p a n h a s a b e q u e n ã o s o u u m a p e s s o a a d e p t a a o t e r r o r, s o u m e d r o s o p a r a t u d o e m e a s s u s t o f á c i l . E n t ã o m e v i n o t r a b a l h o d e e s c r e v e r u m a c o l u n a s o b r e o t e m a , p e n s e i m i l h a r e s d e c o i s a s p a r a c o m e n t a r e a p e n a s u m a v e i o e m m i n h a c a b e ç a : p o r q u e n ã o c o m e ç a r ?

G o s t o d e s a i r d a m i n h a z o n a d e c o n f o r t o a s v e z e s , b e m a s v e z e s m e s m o e s u g i r o q u e v o c ê s f a ç a m o m e s m o , é l i b e r t a d o r. V i a l g u n s f i l m e s d e t e r r o r e , b e m , f i q u e i m u i t o a s s u s t a d o , c o b r i a o s o l h o s e m m u i t a s p a r t e s , m a s e n f r e n t e i e r e s o l v i c o m e ç a r a l e r a l g u n s l i v r o s d o g ê n e r o . Po r d i c a s d e a m i g o s d e c i d i c o m e ç a r c o m D e m o n o l o g i s t a , l a n ç a d o a q u i n o B r a s i l p e l a D a r k s i d e , e a t é a p u b l i c a ç ã o d a m a t é r i a e u ( e s p e r o ) j á t e r c o n cl u í d o a l e i t u r a .

O p r i m e i r o p a s s o é s e m p r e i m p o r t a n t e , p o r q u e é n e l e q u e e s t á t o d o o p e s o . É nele que é decidido se você vai ter um bom começo ou se vai ser um f r a c a s s o . C o m o d i s s e a n t e r i o r m e n t e m e a r r i s q u e i e m a l g u n s f i l m e s , u m d e l e s f o i o cl á s s i c o O E x o r c i s t a . É u m f i l m e a n t i g o , e u s e i , m a s e u m e a s s u s t e i , m e s m o a l g u m a s p e s s o a s m e d i z e n d o q u e é u m f i l m e t r a n q u i l o . A c o n t e c e u a m e s m a c o i s a c o m O C h a m a d o . M E U C O R A Ç Ã O N Ã O A G U E N TA ! M a s e u c o m e c e i , n ã o é m e s m o ? E mesmo tendo me assustado um p o u c o ,

acho

e x p e r i ê n c i a .

que

Planejo

valeu ler

a

mais,

a s s i s t i r m a i s . D e i x o m e u d e s a f i o p a r a v o c ê s : c o m e c e m , a p e n a s c o m e c e m : B o a s l e i t u r a s ! M U A H A H A

12


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

ALL HALLOW'S READ ..................................................................................................... por Fernanda Dias

ALL HALLOW'S READ N e s s a é p o c a d e H a l l o w e e n a i m a g i n a ç ã o v o a n o m u n d o d o t e r r o r, e a q u e l e d e s e j o d e l e r l i v r o s q u e d ã o a r r e p i o s n a e s p i n h a é d e s p e r t a d o . D e n t r o d e s s e u n i v e r s o m e d o n h o , t e m o s D r á c u l a , d e B r a m S t o k e r, e s c r i t o e m 1 8 9 7 , retratado várias vezes no cinema e na televisão e é considerado principal r e f e r ê n c i a n o q u e s i t o v a m p i r o . A t u a l m e n t e e x i s t e m d i v e r s o s t i p o s d e s s e s m o r d e d o r e s d e p e s c o ç o , d e s d e o m a t a d o r s a n g u i n á r i o , a t é o a m á v e l .

Um dos vampiros atuais mais famosos é (o encantador e sedutor) Edward C u l l e n , p e r s o n a g e m d a s é r i e d e l i v r o s d e C re p ú s c u l o d a a u t o r a S t e p h e n i e M e y e r q u e c o n q u i s t o u m i l h a r e s d e c o r a ç õ e s a d o l e s c e n t e s . A i n d a n e s s a t e m á t i c a , e x i s t e m d o i s i r m ã o s q u e f a z e m p e s s o a s s u s p i r a r e m a p a i x o n a d a s ( i n cl u s i v e e u ) . Q u e m o s a m a j á s e b e d e q u e m e s t o u f a l a n d o , D a m o n e S t e f a n S a l v a t o r e d a s é r i e D i á r i o s d e U m Va m p i ro d a a u t o r a L . J . S m i t h q u e a c a b o u v i r a n d o s é r i e d e t e l e v i s ã o c o m s u c e s s o i n t e r n a c i o n a l .

Outra figura que não pode ser esquecida do Halloween é o Frankenstein, q u e g a n h o u v i d a n o l i v r o q u e l e v a o p r ó p r i o n o m e , e s c r i t o p o r M a r y S h e l l e y e m 1 8 1 8 e t a m b é m c o n q u i s t o u a s t e l o n a s . O s c o n t o s e x t r a o r d i n á r i o s d e E d g a r A l l a n Po e ( m i n h a p a i x ã o ) p o s s u e m m i s t é r i o e a c o n t e c i m e n t o s s o m b r i o s q u e d e s d e 1 8 2 0 c a t i v a m o p ú b l i c o a t é o s d i a s d e h o j e .

Q u a n d o f a l a m o s d e t e r r o r, n ã o p o d e m o s d e i x a r d e f a l a r d e S t e p h e n K i n g . E s s e a u t o r a m e r i c a n o é u m d o s m a i o r e s e s c r i t o r e s n e s s a m o d a l i d a d e . E l e e s c r e v e u g r a n d e s s u c e s s o s c o m o A C o i s a , S o b a R e d o m a , A D a n ç a d a M o r t e e O I l u m i n a d o . M u i t a s d e s u a s o b r a s t i v e r a m a d a p t a ç õ e s n o c i n e m a e t e l e v i s ã o , c o m o o f i l m e C a r r i e , a e s t r a n h a e a s é r i e S o b a

A A A A A A A A A A13A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A AAAA


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

R e d o m a .

Aqui no Brasil não temos o costume de sair batendo de porta em porta f a l a n d o “ d o c e s o u t r a v e s s u r a s ? ” , e n t ã o p o r q u e n ã o c o m e ç a r u m a t r a d i ç ã o d i f e r e n t e e l i t e r á r i a ? O e s c r i t o r N e i l G a i m a n , a u t o r d e C o r a l i n e , l a n ç a d o a q u i p e l a e d i t o r a R o c c o , f e z u m v í d e o e m q u e c h a m a v a a s p e s s o a s p a r a p a r t i c i p a r e m d o A l l H a l l o w ’s R e a d , q u e n a d a m a i s é d o q u e p r e s e n t e a r alguém com um livro de terror no Halloween.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA A A A A AUAmAa Af ãA Ab rAaAs iAl eAi r Aa Ad Ao Aa Au tAo r, A Ac hAaAmAa Ad aA AR aAq u e l M o r i t z , r e s o l v e u e s p a l h a r e s s a iniciativa no país com um vídeo publicado em seu canal no youtube e c o m p a r t i l h a d o n o s i t e d o A H R d o p r ó p r i o G a i m a n . Pa r a n o s a j u d a r e d a r d i c a s s o b r e o A l l H a l l o w ’s R e a d , R a q u e l c o n c e d e u u m a e n t r e v i s t a a Ve r s i f i c a d o s . E a í , o q u e a c h a m ? Va m o s e s p a l h a r o t e r r o r ? Raquel, como você conheceu o All H a l l o w ’s R e a d ? Quando comecei a acompanhar o trabalho do N e i l G a i m a n , c o n s u m i t u d o e m a i s u m p o u c o d o q u e e l e f a z i a e v i n h a p u b l i c a n d o . E r a inevitável que eu e o All Hallow's Read nos e n c o n t r á s s e m o s e m a l g u m m o m e n t o . A c h e i a iniciativa dele alguns anos atrás enquanto preparava um especial sobre ele no Pipoca M u s i c a l , p a r a a p r e s e n t a r o a u t o r p a r a o s l e i t o r e s q u e a c h a v a m q u e e l e e r a m u i t o c u l t , d i f í c i l , b l a s é , e s e i l á m a i s o q u e . N a é p o c a n e m m e p a s s o u p e l a c a b e ç a f a z e r u m p r o j e t o d e s s e s p o r a q u i , m a s p a r t i c i p e i d a f o r m a q u e e l e p e d i a : d a n d o u m l i v r o d e t e r r o r p a r a a l g u é m . D u r a n t e u n s d o i s o u t r ê s a n o s , eu dei alguns livrinhos de terror e fantasia para meus amigos na época do Halloween.

14


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

P o r q u e v o c ê re s o l v e u t r a z e r o A H R a q u i p a r a o B r a s i l ? E u q u e r i a m u i t o f a z e r u m e s p e c i a l d e H a l l o w e e n n o P i p o c a M u s i c a l , p o r q u e é uma das minhas datas favoritas e fico sempre triste de não ver nenhuma c o m e m o r a ç ã o s é r i a p o r a q u i ( s e j a c o m o H a l l o w e e n o u D i a d o S a c i , q u e t a m b é m n i n g u é m d á b o l a ) . L e m b r e i d o A l l H a l l o w ' s R e a d , o b v i a m e n t e , e p e r c e b i q u e , d i f e r e n t e d a é p o c a e m q u e f i z o e s p e c i a l d o G a i m a n , e s s e a n o e u t e r i a m a i s f o r ç a , t e m p o e i d e i a s d i f e r e n t e s p a r a p o d e r d i v u l g a r e s s a t r a d i ç ã o p o r a q u i . M a s n a d a f o i t ã o e n c o r a j a d o r n o i n í c i o d o q u e e n v i a r u m e - m a i l p a r a o s i t e o f i c i a l ( w w w. a l l h a l l o w s r e a d . c o m ) p e d i n d o a u t o r i z a ç ã o para traduzir a tradução aqui no Brasil e receber uma resposta praticamente i n s t a n t â n e a e e m p o l g a d a d a e q u i p e q u e c u i d a d o s i t e d o N e i l G a i m a n . E l e s foram muito prestativos me auxiliando em dúvidas e até mesmo me ajudando a decidir certos aspectos do projeto aqui.

P o r q u e v o c ê a c re d i t a n e s s a i n i c i a t i v a ? Me formei como leitora por ter livros ao meu redor e acredito em qualquer a ç ã o q u e e n v o l v a d a r l i v r o s d e p r e s e n t e , l e r l i v r o s p a r a a l g u é m , d o a r l i v r o s e m a l g u m l u g a r, q u a l q u e r c o i s a s i m i l a r. E e m b o r a o H a l l o w e e n n ã o s e j a u m a d a t a m u i t o c o m e m o r a d a p o r a q u i ( p e l o m e n o s n o q u e s i t o f a n t a s i a s , d o c e s e t r a v e s s u r a s ) , o s l e i t o r e s b r a s i l e i r o s g o s t a m d e d e s a f i o s l i t e r á r i o s e m o u t u b r o . E l e s a c e i t a m a p r o p o s t a d e l e r a l g o d i f e r e n t e . C o l o c a m m e t a s , d e s c o b r e m c o i s a s n o v a s , r e v i s i t a m l i v r o s a n t i g o s , e n t r a m n o cl i m a d e t e r r o r. J u n t a r o A l l H a l l o w ' s R e a d a i s s o t i n h a t u d o p a r a d a r c e r t o .

Quantas pessoas já toparam participar do AHR? Pa r a t e r u m a n o ç ã o d e q u a n t a s p e s s o a s a d e r i r a m à i d e i a , c r i e i u m e v e n t o n o facebook para lembrar todo mundo da data indicada para a troca de p r e s e n t e s . A t é o m o m e n t o t e m o s 2 2 0 p e s s o a s c o n f i r m a d a s . Ta m b é m m o n t e i uma promoção para incentivar o pessoal a compartilhar dicas de livros de

15


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

terror com a hashtag e até o momento em que conversamos, 110 pessoas já postaram suas fotos.

Incentivar a leitura desde pequeno é importante, q u a i s l i v ro s n e s s e e s t i l o v o c ê re c o m e n d a r i a p a r a crianças? Algumas

pessoas

acham

que

crianças não podem ler livros de

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

t e r r o r, m a s n ã o p e r c e b e m q u e e l a s r e s p o n d e m a e s s a s h i s t ó r i a s d e f o r m a

A A A A Ad Ai f e r e n t e d o s a d u l t o s . E d e q u a l q u e r f o r m a a i d e i a n ã o é d e i x a r n i n g u é m c o m m e d o d o e s c u r o , é a p e n a s a p r e s e n t a r a l g u m e l e m e n t o m á g i c o q u e v a i d e i x a r a c r i a n ç a c o m u m a p u l g a a t r á s d a o r e l h a . L i v r o s d e a u t o r e s c o m o J o h n B e l l a i r s , R L S t i n e , R a y B r a d b u r y, R o a l D a h l , e t c , s ã o b o a s i n d i c a ç õ e s . To d o s e l e s t e m a l g u m l i v r o d e t e r r o r e f a n t a s i a p a r a c r i a n ç a s . A c h o i m p o r t a n t e o b s e r v a r a f a i x a e t á r i a d e c a d a u m , é cl a r o , m a s o s l i v r o s G o o s e b u m p s , O Fa n t a s m a d e C a n t e r v i l l e , O L a d r ã o d a E t e r n i d a d e , D r á c u l a e m A p u r o s , e n t r e o u t r o s t a n t o s , s ã o ó t i m a s d i c a s . Fi z u m v í d e o c o m d i c a s d e l i v r o s d e t e r r o r

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA AAAA

p a r a c r i a n ç a s e t a m b é m p a r a a d o l e s c e n t e s , m a s c o n v e r s a r c o m u m l i v r e i r o é s e m p r e e s cl a r e c e d o r. : )

E para o público mais velho? A a a a h , e s s e s p o d e m l e r h i s t ó r i a s d e a r r e p i a r. M i n h a s f a v o r i t a s p a r a o H a l l o w e e n s ã o O s M o r t o s - V i v o s , d o Pe t e r S t r a u b ( q u e , n a v e r d a d e , é u m a h i s t ó r i a s o b r e f a n t a s m a s ) , A C o i s a , d o S t e p h e n K i n g , H o r r o r e m A m i t y v i l l e , d o J a y A n s o n , e H e l l r a i s e r, d o C l i v e B a r k e r. M a s h á m u i t a s o u t r a s d i c a s , t a m b é m f i z u m v í d e o c o m l i v r o s p a r a a d u l t o s . To d o s o s v í d e o s c o m d i c a s e a l g u m a s

16


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

resenhas de livros de terror podem ser conferidos no canal do Pipoca M u s i c a l n o Yo u Tu b e .

Q u a i s l i v ro s d e t e r ro r v o c ê i n d i c a p a r a q u e m é u m p o u q u i n h o m e d ro s o a s s i m c o m o e u ( r i s o s ) ? O l i v r o A N o i t e d o s M o r t o s - V i v o s , d o J o h n R u s s o , t e m z u m b i s , m a s f a l a principalmente sobre como os vivos reagem em uma situação caótica, a c r e d i t o q u e s e j a u m a b o a f o r m a d e c o m e ç a r a l e r e s t e g ê n e r o . O u t r a m a n e i r a e f e t i v a é l e r a l g u n s l i v r o s d i r e c i o n a d o s a o p ú b l i c o m a i s n o v o , c o m o o s c i t a d o s a n t e r i o r m e n t e p o r a q u i . : )

Como o pessoal de casa pode ajudar a divulgar a ideia? S e r i a m u i t o , m u i t o , m u i t o l e g a l p o d e r c o n t a r c o m o a p o i o d e t o d o s n a d i v u l g a ç ã o - e p a r t i c i p a ç ã o - d e s s a t r a d i ç ã o . A i d e i a é d a r a a l g u é m u m l i v r o a s s u s t a d o r n o H a l l o w e e n . Vo c ê p o d e c o m p a r t i l h a r d i c a s d e l i v r o s d e terror nas suas redes sociais usando a hashtag #AllHallowsRead e também d i v u l g a r a p á g i n a d o p r o j e t o , q u e t e m t o d a s a s i n f o r m a ç õ e s e v í d e o s c o m e n t a n d o o p r o j e t o : h t t p : / / b i t . l y / a l l h a l l o w s r e a d b r .

QUER SABER MAIS SOBRE A INICIATIVA? P á g i n a o f i c i a l : h t t p s : / / w w w. f a c e b o o k . c o m / a l l h a l l o w s r e a d b r I n f o r m a ç õ e s : h t t p : / / p i p o c a m u s i c a l . c o m . b r / a l l - h a l l o w s - r e a d - b r a s i l / E v e n t o n o f a c e b o o k : h t t p s : / / w w w. f a c e b o o k . c o m / e v e n t s / 4 5 2 4 5 5 3 4 1 6 2 3 1 1 9 / V í d e o d e D i v u l g a ç ã o : h t t p s : / / w w w. y o u t u b e . c o m / w a t c h ? v = N x D P E z 8 J w A 0 S i t e o f i c i a l d o G a i m a n : h t t p : / / w w w. a l l h a l l o w s r e a d . c o m /

17


NACIONALIZANDO

..................................................................................................... por Reniére Pimentel

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

Terror Nacional S e e x i s t e u m g ê n e r o l i t e r á r i o q u e e u t e n h o l i d o p o u c o u l t i m a m e n t e , é o g ê n e r o d o t e r r o r. I n f e l i z m e n t e o s l i v r o s q u e m e c h a m a m a t e n ç ã o e u r a r a m e n t e c o n s i g o a d q u i r i r e , p o r i s s o , f i c o s ó n a v o n t a d e . Po r i s s o , n e s s e mês do horror eu resolvi listar alguns dos livros de terror nacionais que eu m a i s t e n h o v o n t a d e d e l e r.

1 . O Vi l a re j o – R a p h a e l M o n t e s O s l i v r o s d o R a p h a e l s e m p r e m e c h a m a r a m a t e n ç ã o . D e s d e o l a n ç a m e n t o d e D i a s Pe r f e i t o s e u t e n h o n u t r i d o c e r t a c u r i o s i d a d e p e l a s p r o d u ç õ e s d e M o n t e s , mas infelizmente ainda não pude conhecer sua escrita e seu talento para os l i v r o s d o g ê n e r o . O l i v r o s e t r a t a d e u m a a n t o l o g i a d e 7 c o n t o s a m b i e n t a d o s n o v i l a r e j o e v ã o , a o s p o u c o s , s e e n t r e l a ç a n d o e m d i r e ç ã o a a l g o g r a n d i o s o .

2. Além da Carne – César Bravo Esse autor é um dos que conheci recentemente e desde o primeiro instante m e e n c a n t e i c o m a p r e m i s s a d o l i v r o , a l é m d a s r e s e n h a s s e m p r e m u i t o p o s i t i v a s s o b r e e l e . A l é m d a C a r n e é t a m b é m u m a a n t o l o g i a d e c o n t o s d e terror em que são abordados temas como a magia cigana e pactos

18

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

d e m o n í a c o s q u e , s e g u n d o r e l a t o s , s ã o t ã o b e m e s c r i t o s e d e s e n v o l v i d o s q u e m a i s p a r e c e u m a ú n i c a h i s t ó r i a d o q u e v á r i a s .

3 . E n c r u z i l h a d a – L ú c i o M a n f re d i O l i v r o n a r r a a h i s t ó r i a d e M a x , u m a s s a s s i n o p r o f i s s i o n a l p r e s t e s a s e a p o s e n t a r q u e , q u a n d o n e g a o q u e s e r i a s e u ú l t i m o t r a b a l h o , p a s s a a s e r p e r s e g u i d o . P r e z a n d o p e l a s o b r e v i v ê n c i a , o p e r s o n a g e m r e f u g i a - s e e m u m a c a s a a b a n d o n a d a s e m e s p e r a r o s a c o n t e c i m e n t o s q u e o a g u a r d a m . M a i s u m l i v r o d e u m a u t o r q u e e u d e s c o n h e c i a e q u e f o i , a o s p o u c o s , c h a m a n d o minha atenção pela quantidade de comentários positivos sobre a obra e a e s c r i t a d e M a n f r e d i . P r o m e t e n d o a r r e p i a r a t é a s s o b r a n c e l h a s , E n c r u z i l h a d a entrou para a minha lista dos livros de terror nacionais desejados.

19


CONTA, THIAGO!

..................................................................................................... por Thiago Marques

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

Sem gostosuras, nem travessuras C o n f e s s o q u e r e l u t e i e m e s c r e v e r s o b r e o t e m a p r o p o s t o : o H a l l o w e e n . N a v e r d a d e , d e c e r t a f o r m a , n ã o t e n h o a p r e t e n s ã o d e e s c r e v e r d i r e t a m e n t e s o b r e o t e m a e m s i , m a s p a r t i r e i d e l e p a r a p e n s a r c e r t a s s i t u a ç õ e s q u e s ã o c o m u n s a n ó s . R e l u t e i e m e s c r e v e r s o b r e o t e m a e m p r i m e i r o l u g a r p o r q u e esse assunto nunca me interessou; nunca me senti atraído por bruxas, vampiros e nem pela festa que anualmente se faz em alguns países do mundo.

S e m p r e g o s t e i d e s u s p e n s e e d r a m a , m a s e s s a c o i s a d e H a l l o w e e n s e m p r e me pareceu muito distante disso; durante algum tempo pensei que isso era m e r a r e p e t i ç ã o d e u m a t r a d i ç ã o c u l t u r a l a m e r i c a n a , m a s a o m e d e p a r a r c o m a l g u m a s m a t é r i a s e t e x t o s s o b r e o t e m a , p e r c e b i q u e o “ D i a d a s b r u x a s ” t e m u m a o r i g e m b e m c o n f u s a , q u e n ã o c a b e e x p o r a q u i . E m s e g u n d o l u g a r, mostrei certa resistência em escrever sobre o assunto porque não tenho c o n h e c i m e n t o a r e s p e i t o d o H a l l o w e e n ; c o m o d i s s e a n t e r i o r m e n t e , o e v e n t o t e m o r i g e m d i v e r s a , c o n f u s a , q u e r e m e t e a t r a d i ç õ e s p a g ã s d e t e m p o s t ã o a n t i g o s q u a n t o s e p o d e i m a g i n a r o u p e n s a r.

To d o a n o , e m 3 1 d e o u t u b r o s e c o m e m o r a o H a l l o w e e n a q u i n o B r a s i l . É c o m u m q u e h a j a f e s t a s e m c u r s o s d e i n g l ê s e e m a l g u m a s e s c o l a s , e m q u e alunos e professores se fantasiam de personagens da mitologia coletiva ( v a m p i r o s , b r u x a s , e t c ) q u e p a r e c e m t e n t a r s e r a s s u s t a d o r e s . É , n a v e r d a d e , u m m o m e n t o d e l a z e r, m a i s u m a t e m á t i c a s o b r e a q u a l s e a c h a l u g a r p a r a a d i v e r s ã o . A v e rd a d e é q u e o H a l l o w e e n n ã o c h e g a n e m p e r t o d e s e r t ã o a s s u s t a d o r c o m o s e p e n s a , q u a n d o s e o l h a p r a ro t i n a t o d o s o s d i a s . N ã o q u e r o m i n i m i z a r s e u m e d o d o C o n d e D r á c u l a , d a s

A A A A A A A A A A20A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A A AAAA


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

a b ó b o r a s i n c a n d e s c e n t e s o u d o Fr a n k e n s t e i n ; q u e r o d e i x a r r e l a t a d o a q u i l o q u e a s s u s t a e m e t e m e d o n ã o s ó e m m i m , m a s a c r e d i t o q u e e m b o a p a r t e d o povo brasileiro.

As bruxas sempre estiveram à solta; têm dias que nos sentimos as pessoas m a i s a z a r a d a s d a Te r r a : p r o b l e m a s e m c a s a , n o t r â n s i t o , n o t r a n s p o r t e , n o t r a b a l h o . . . c o m o s e n ã o b a s t a s s e , o p a g a m e n t o a t r a s a e t e m a l g u m a s c o n t a s e m c i m a d a m e s a d a c o z i n h a e s p e r a n d o , c o m j u r o s , p a r a s e r e m p a g a s . O calor forte parece diretamente proporcional ao aumento das contas de luz q u e n o s a s s o m b r a m t o d o a n o ; e m j a n e i r o , p a r a a q u e l e s q u e d i s p õ e m d e a r e s - c o n d i c i o n a d o s , o c a l o r é t ã o i n s u p o r t á v e l q u e é q u a s e i m p o s s í v e l n ã o d e i x á - l o s l i g a d o s o d i a i n t e i r o p a r a a l i v i a r a s e n s a ç ã o d e s c o n f o r t á v e l .

A s a s s o m b r a ç õ e s e s t ã o s e m p r e à n o s s a v o l t a , s e j a o u n ã o 3 1 d e o u t u b r o ; a a s s o m b r a ç ã o d o d e s e m p r e g o , d a n ã o - e s t a b i l i d a d e , d a i n c e r t e z a d i a n t e d e mundo mercadológico que se pauta em números e resultados; a assombração d a i n d i f e r e n ç a , d a d e s c r e n ç a n a s s u a s c a p a c i d a d e s , n o e s t a r a l h e i o à q u i l o q u e l h e é m a i s v a l i o s o n a v i d a , m e s m o q u e v o c ê t e n h a d e s c o b e r t o i s s o h á p o u c o t e m p o . E s s a s a s s o m b r a ç õ e s n o s e n cl a u s u r a m , e e s p e r a m o s c o n f i a n t e s n o m o m e n t o e m q u e a p a r e c e r á a l g u é m p a r a e x o r c i z á - l a s , e o u v i r a t e n t a m e n t e o q u e t e m o s a d i z e r d e n o s s o s p r o j e t o s , s o n h o s e c o n q u i s t a s ,

21


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

talvez até mesmo derrotas.

O s v a m p i r o s t a m b é m e s t ã o p o r a í a o s m o n t e s , s u g a n d o c a d a v e z c o m m a i s f o r ç a a n o s s a e n e r g i a , a n o s s a v o n t a d e d e c u r t i r, d e e x p e r i m e n t a r, e m s u m a , d e v i v e r. Pa r a a l g u n s , a j o r n a d a d e t r a b a l h o u l t r a p a s s a o p r o p o s t o p e l a C LT; t r a b a l h a - s e s u p o s t a m e n t e o i t o h o r a s n o d i a , e n f r e n t a - s e o t r â n s i t o c a ó t i c o e a o d i s s e i a s o b r e t r i l h o s o u a t é m e s m o s o b r e o m a r, e n a d a d e d e s c a n s o a o c h e g a r e m c a s a ; l i g a - s e o S a m s u n g , o D e l l , o A p p l e , e c o n t i n u a - s e o q u e f i c o u i n c o m p l e t o n a e m p r e s a . N ã o h á t e m p o p a r a o f i l m e , p a r a a c e r v e j i n h a , p a r a o f u t e b o l o u p a r a a f a m í l i a . E n c a r a - s e t o d o s o s d i a s a m u l t i d ã o d o m e t r ô c o m o s e f ô s s e m o s j o g a d o r e s d e r u g b y o u f u t e b o l a m e r i c a n o : q u a l q u e r e m p u r r ã o v a l e p a r a s e c h e g a r a o o b j e t i v o . S e n t a m o s e p e r m a n e c e m o s s e n t a d o s d i a n t e d o c o m p u t a d o r d o t r a b a l h o , f a z e n d o p l a n i l h a s e m a i s p l a n i l h a s , r e l a t ó r i o s e a f i n s .

To d o s e l e s s u g a n d o a s f o r ç a s e e n e r g i a d o c i d a d ã o t r a b a l h a d o r q u e l u t a p e l o q u e l h e é d e d i r e i t o n o f i m , i n í c i o , o u m e i o d o m ê s . S ó h á e s p a ç o p a r a o c a n s a ç o , p a r a o e s t r e s s e e p a r a a s m a n i a s n e u r ó t i c a s . O s f i l h o s r e cl a m a m a t e n ç ã o , o s e s p o s o s r e cl a m a m a t e n ç ã o , a s e s p o s a s r e cl a m a m a t e n ç ã o , o s a m i g o s r e cl a m a m a t e n ç ã o ; a n d a - s e p r e s t a n d o t a n t a a t e n ç ã o q u e a d e s a t e n ç ã o p a r e c e s u b i r e m e s c a l a i g u a l m e n t e p r o p o r c i o n a l . O h o m e m d o s é c u l o X X I e s t á t ã o s u g a d o p o r e s s e s “ v a m p i r o s ” q u e n e m s e p r e o c u p a e m olhar à sua volta; ele só quer terminar o que o chefe pediu ou o trabalho g i g a n t e s c o d a f a c u l d a d e c o m m e n o s d e u m m ê s p a r a f i c a r p r o n t o . N o t a - s e n o s t r a ç o s f a c i a i s : e s t a m o s s e n d o s u g a d o s a o s p o u c o s !

O s a s s a s s i n o s d a t e l o n a n ã o p a r e c e m m u i t o d i f e r e n t e s d o s r e a i s , a n ã o s e r p e l o s t r a j e s e s t r a n h o s o u a t é m e s m o c ô m i c o s . Q u a l q u e r u m p o d e s e r Fr e d d y ou Jason; o que não falta no mundo são desequilibrados capazes de matar

22


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

quando aparece a menor das oportunidades.

A crueldade é um câncer que se alastra das formas mais bizarras possíveis e , s e a n t e s t u d o e r a m a i s v e l a d o , h o j e é p o s s í v e l v e r f a c i l m e n t e e d e g r a ç a b r u t a l i d a d e d i a n t e d e n o s s o s o l h o s , e m u i t a s v e z e s c o n t r a a n o s s a v o n t a d e ; nunca se sabe o que pode aparecer quando atualizamos o feed de notícias do Fa c e b o o k ; p o d e s e r u m a m a t é r i a d e a l g u é m q u e v e n c e u u m a d o e n ç a g r a v e o u um vídeo amador de um grupo de rapazes espancando terceiros ou animais, n u m a d e m o n s t r a ç ã o s i n i s t r a d e c o v a r d i a . A s s a s s i n o s , e s f a q u e a d o r e s e e s t u p r a d o r e s e s t ã o à e s p r e i t a , e s p e r a n d o a p r ó x i m a v í t i m a d a r u m v a c i l o o u c a i r n a d e s a t e n ç ã o . É t a n a t o s q u e s e s o b r e p õ e a e r o s e p h i l o s , c o m s e u a r d e s u p o s t a n o r m a l i d a d e e n a t u r a l i d a d e , n a t e n t a t i v a d e , i n cl u s i v e , j u s t i f i c a r o u defender tamanha brutalidade.

N u m a r e a l i d a d e c o m o e s s a , q u a l q u e r d i a d a s b r u x a s v i r a s o m e n t e m a i s u m a f o r m a d e e s c a p a r e s e d i v e r t i r, c o i s a s d e q u e a v i o l ê n c i a e o c a p i t a l i s m o n o s p r i v a m c o n s t a n t e m e n t e . O m u n d o e s t á t r i s t e , c a n s a d o , t o d o s b u s c a m s e u lugar à sombra e estão pouco se lixando pros que ficaram no sol; os d i s c u r s o s s ã o c a d a v e z m a i s c a r r e g a d o s e ó d i o e i n d i f e r e n ç a , e n ã o h á r e f l e x ã o a l g u m a a r e s p e i t o . N o f i n a l , n ã o h á g o s t o s u r a s o u t r a v e s s u r a s ; h á s o m e n t e o m e d o , a i n s e g u r a n ç a , a d e s c o n f i a n ç a e a d e s c r e n ç a . A t e r r o r i z a n t e , n ã o ?

DICA: P S I C O PATA S D O C O T I D I A N O p o r K a t i a M e cl e r

E d i t o r a L e Ya 253 páginas R$34,90 (clique para comprar)

23


LARI INDICA

..................................................................................................... por Larissa Siriani

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

Livros sobre Bruxas pra sair de Harry Potter S e v o c ê , c o m o e u , f o i a p r e s e n t a d o a o m u n d o d a s b r u x a s p o r H a r r y Po t t e r, com certeza deve sentir que mais nenhum liro faz jus ao que a obra c o m e ç o u , n é ? E e m b o r a i s s o s e j a v e r d a d e , n ã o q u e r d i z e r n e c e s s a r i a m e n t e q u e v o c ê n ã o t e r á m a i s n a d a n o t e m a p r a l e r. E i s a q u i a l g u n s l i v r o s b e m bacanas que tratam da mesma mitologia.

O s M a g o s d e C a p ro n a : E s s a é u m a h i s t ó r i a c o m a r e s m e i o d e R o m e u e J u l i e t a , s ó q u e c o m m e n o s r o m a n c e e d r a m a e m a i s g e n t e m a l u c a . N o d u c a d o d e C a p r o n a , n a I t á l i a , d u a s f a m í l i a s b r u x a s i n i m i g a s s e o d e i a m , e a b r i g a s e a c i r r a q u a n d o o s f e i t i ç o s d e a m b o s o s l a d o s c o m e ç a m a d a r e r r a d o . A h i s t ó r i a é m u i t o d i v e r t i d a e f á c i l d e l e r. O l i v r o é p a r t e d e u m a s é r i e d e l i v r o s independentes chamada Os Mundos de Crestomanci.

S o r t e o u A z a r : N e s t e l i v r o d e M e g C a b o t , c o n h e c e m o s J i n x , u m a g a r o t a d e má sorte épica que se muda pra casa dos tios e acaba descobrindo segredos s o b r e a p r ó p r i a i d e n t i d a d e q u e a l e v a m p a r a u m s u b m u n d o d e m a g i a . To d o o l i v r o é n a r r a d o n a q u e l e e s t i l o b e m C a b o t i a n o , e e l e é b e m l e v e , r á p i d o e divertido.

O C i rc o d a N o i t e : e m b o r a a p a l a v r a " b r u x o " n ã o s e j a u s a d a , é i m p o s s í v e l n ã o t r a ç a r c e r t a s s e m e l h a n ç a s . N e s s e l i v r o f a n t á s t i c o , d o i s j o v e n s d e m u n d o s diferentes treinam desde crianças para se enfrentarem num duelo de magia d e o n d e s ó u m s a i r á v i v o . O l i v r o é s u p e r r i c o e m i m a g e n s e d e s c r i ç õ e s , e com certeza um dos meus preferidos dessa lista.

24


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

A s B r u x a s d e O x f o rd : e a p r o v e i t a n d o a d e i x a p r a p u x a r a s a r d i n h a p r o m e u l a d o , p o r q u e n ã o d a r a c h a n c e a u m n a c i o n a l ? E m A s B r u x a s d e O x f o r d , u m a g a r o t a d e s c o b r e s e r a r e e n c a r n a ç ã o d e u m a b r u x a , r e n a s c i d a p a r a s e v i n g a r d a s i r m ã s d a o u t r a v i d a . N ã o v o u c o m e n t a r n a d a p r a n ã o p a r e c e r j a b á d e m a i s , m a s v o c ê s p o d e m e n c o n t r a r o l i v r o d i s p o n í v e l n a A m a z o n .

Boas leituras e um bom Halloween!

DICA sustentando o amor: B OX H A R RY P O T T E R p o r J . K . R o w l i n g

Editora Rocco R$249,50 (clique para comprar)

25


RESENHA

..................................................................................................... por Flávia Maria Alvim

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

O VILAREJO, de Raphael Montes Editora: Suma de Letras Páginas: 96 IBSN: 9788581053042 Lançamento: Setembro/2015

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Av a l i a ç ã o : 5

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Eu já tinha escutado falar sobre o Raphael M o n t e s h á a l g u n s a n o s q u a n d o e r a l i v r e i r a , m a s n ã o l i o l i v r o q u e e l e l a n ç o u n a é p o c a , a t é semana passada concordei em acompanhar uma amiga num evento da programação oficial da Bienal 2015 sem ter a menor ideia do que seria. C h e g a n d o l á , d e p o i s d e p a s s a r u m t e m p o n u m a f i l a n ã o m u i t o g r a n d e e b e m b a r u l h e n t a , d e s c o b r i q u e e r a u m g a m e s h o w e n t r e a u t o r e s d o s s e l o s S u m a e

A A A A ASAe gAuAi nAt eA. AR aApAh Aa eAl AMAo nAt eAsA eAs At aAv aA lAá , AcAu Am Ap rAi nAd Ao Aa Aa gAeAn dAaA dAeA dAi vAu lAg Aa çAã Ao Ad eA “AOA A A A A A A AAAA

V i l a r e j o ” e d e f e n d o o Te a m S u m a d e L e t r a s n a c o m p e t i ç ã o .

N a h o r a d a a p r e s e n t a ç ã o d o s l i v r o s , R a p h a e l e s c o l h e u a s s e g u i n t e s p a l a v r a s para descrever seu lançamento O Vilarejo “uma historia que se passa numa vila não sei aonde no leste europeu onde acontecem umas coisas que eu não s e i o q u e s ã o . S â o s e t e h i s t o r i a s n ã o r e l a c i o n a d a s , q u e p o d e m s e r l i d a s f o r a d e o r d e m m a s e s t ã o t o d a s c o n e c t a d a s . O f i n a l d e u m a m u d a t o t a l m e n t e o q u e v o c ê e n t e n d e u s o b r e a o u r a ” m i n h a p r i m e i r a r e a ç ã o f o i “ W H AT ? ” e j á a n u n c i e i a o s v i z i n h o s d e p l a t e i a “ t á u m l i v r o q u e e u n ã o c o m p r o ” .

N o s á b a d o s e g u i n t e , a i n d a n a B i e n a l m o r d i a l í n g u a e s a í d o e s t a n d e d a

26


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

C o m p a n h i a d a s L e t r a s c o m o l i v r o n a s a c o l a e a d ú v i d a : “ p o r q u e r a i o s

A A A A A A A Ae sAt oAuA cAo mA pArAa nAdAo Ai sAs oA?A” , AsAó A t rAê As Ad iAa sA dAeAp oAi As Ac oAmAeAc eAi Aa Al eAr Ae Aj áA vAeAi oA l Ao gAoA uAmA A A A A AAAAA

tapa na cara!

N o p r e f á c i o v o c ê e n t e n d e p o r q u e R a p h a e l “ n ã o s a b i a ” m u i t o e x p l i c a r o l i v r o (e eu não vou contar porque sem matar parte do encanto) e com o bichinho da curiosidade devidamente alimentado fui correndo para o primeiro capítulo que AI MEU DEUS DO CÉU QUAL É O PROBLEMA DESSE AUTOR? SOCORRO!

FOTO POR BRINCANDO COM LIVROS, LINK

S i m , e u d e i u m g r i t o . L i t e r a l m e n t e .

Fi q u e i t ã o f e l i z c o m a h i s t ó r i a b i z a r r a e t ã o b e m d e s e n r o l a d a e m pouquíssimas folhas já transformando aquele primeiro conto – chamado 27


.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

B e l z e b u : B a n q u e t e p a r a A n a t o l e – q u e m e r e m e t e u i m e d i a t a m e n t e a o adorável Hannibal Lecter e a um roteiro pra episódio da próxima temporada C r i m i n a l M i n d s ( m i n h a s é r i e f a v o r i t a d o A X N ) .

A p a r t i r d a í e u j á n ã o s a b i a m a i s o q u e e s p e r a r, e a c e r t e z a q u e t e r i a a l g u n s p e s a d e l o s a u m e n t a v a a c a d a l i n h a . O s t r ê s c o n t o s s e g u i n t e s : L e v i a t h a n ( m e u f a v o r i t o ) e L ú c i f e r ( n o s s a , e s s e é b a d v i b e t o t a l , c a i u a t é l á g r i m a ) m e a m a r r a r a m d e t a l f o r m a q u e n ã o c o n s e g u i l a r g a r m a i s o l i v r o . U m m i s t o d e raiva e satisfação por não conseguir prever o desfecho deles.

Admito que terminei o livro com a sensação de que faltava alguma coisa, c o m o s e “ O V i l a r e j o ” f o s s e s ó o p r e v i e w c o m a a p r e s e n t a ç ã o d o s personagens e a real trama macabra super horripilante ainda estivesse por v i r. S e f o r i s s o , m e l h o r j o g a d a d e m a r k e t i n g d o a n o . S e n ã o , q u e p e n a – m a s f i c a a í a m i n h a d i c a , o k ?

E u re c o m e n d o ! S e v o c ê g o s t a d a s e n s a ç ã o d e m e d o e p a v o r c o r r e n d o n a s v e i a s , é o l i v r o .

C a s o n u n c a t e n h a l i d o n a d a d o g ê n e r o , i d e m . C o m u m a l e i t u r a f l u i d a v o c ê n ã o r e p a r a q u e d e v o r o u u m l i v r o e m p o u q u í s s i m a s h o r a s . A h , m a s u m a v i s o , não vale chorar e não diga que eu não avisei.

28


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

#HASHTAG .....................................................................................................

FOTO POR @EDITORAGUTENBERG

FOTO POR @EDITORAROCCO

FOTO POR @EDITORAROCCO

FOTO POR SUMA DE LETRAS BR

QUER SUA FOTO AQUI? Envie um e-mail para fale@versificados.com.br com sua foto e rede social.

29


Terror realista/naturalista

..................................................................................................... por Igraínne Marques

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

Sobre o terror realista/naturalista R e c e n t e m e n t e , n u m a d e s s a s l o u c u r a s d e t é d i o , p a r e i n u m c a n a l q u a l q u e r d a t e l e v i s ã o a b e r t a . E s s a c o i s a d e t e l e v i s ã o é s e m p r e u m t i r o n o p é : q u a n d o n ã o estão glorificando surrealismos comportamentais ou sociais (como o caso d o s a t r a s a d o s d o E n e m ) , s i m p l e s m e n t e s e l i m i t a m à a r t e ó b v i a .

Q u e a r t e ó b v i a ? C o n t a r h i s t ó r i a s .

Pe r c e b a , n ã o f a l o d e c o n t a r h i s t ó r i a s n o s e n t i d o p e j o r a t i v o . A t é p o r q u e s o u e s c r i t o r a e e s c r i t o r e s s e p r o p õ e m a c o n t a r, d e a l g u m m o d o , h i s t ó r i a s . O q u e coloco em foco aqui é a previsibilidade e o realismo resgatado dessas h i s t ó r i a s . N u m a d a s m i n h a s l o n g a s e ó t i m a s a u l a s d e l i t e r a t u r a b r a s i l e i r a , chamou-se a atenção para o fato de que a literatura pós anos 2000 tende a r e s g a t a r o s é c . X I X n e s s e s e n t i d o . I s s o é t ã o v e r d a d e q u e n i n g u é m v ê u m c a r a c o m u m a v a r i n h a n a n o v e l a d a s n o v e . C a d a v e z m a i s o b s e r v a m o s f a v e l a s , c o m u n i d a d e s , j o g a d o r e s d e f u t e b o l . . . E n f i m . A c o i s a é a l i n h a r a f i c ç ã o à r e a l i d a d e , a o a t u a l , a o B r a s i l .

O p r o b l e m a é q u e , p a r a m i m , l i t e r a t u r a ( e q u a l q u e r a r t e ) a i n d a v a i c o n t i n u a r s e n d o u m t i p o d e f u g a . O b s e r v a r u m r e t r a t o c r u e l d a s o c i e d a d e n e s s e t i p o d e s i t u a ç ã o a p e n a s é m a i s d o m e s m o – t a l v e z c o m a l g u m t i p o d e h i p é r b o l e , m a s a i n d a a s s i m . . . u m m o d o d e r e a l i d a d e , d e r e t r a t o s o c i a l .

E a í v e i o o E n e m . E a p e r s i s t ê n c i a d a v i o l ê n c i a c o n t r a a m u l h e r. E t o d a e s s a h i s t ó r i a i n s i s t e n t e a c e r c a d a n ã o i m p a r c i a l i d a d e d o t e m a . Ta l v e z e s s e t i p o d e c o i s a s e j a v e r d a d e , t a l v e z n ã o – i s s o d a r i a p a n o p a r a o u t r o t i p o d e m a t é r i a . A q u e s t ã o n ã o é e s s a . A q u e s t ã o é q u e o t e r r o r a v i s t a d o p e l a s m u l h e r e s (aquelas mesmas citadas pelo Enem) ou por aquelas que estão sob peles f i c t í c i a s d e n o v e l a s , b e m , e s s e t e r r o r n ã o c h e g o u a g o r a . 30


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

E x p l i q u e m o s .

A p o n t e q u e m a i s c o n s e g u i g r i t a r e s s a s e m a n a f o i u m cl á s s i c o n a c i o n a l r e a l m e n t e m a r c a n t e . M u i t a g e n t e n ã o l e u , é v e r d a d e . M a s m u i t a g e n t e o l e u e é p o r i s s o q u e e u q u e r o f a l a r d e l e . A N o r m a l i s t a . O l i v r o d e A d o l f o C a m i n h a r e l a t a , d e u m a f o r m a r e a l m e n t e p e r t u r b a d o r a , c o m o u m a j o v e m é e n t r e g u e a o p a d r i n h o p o r s e u p r ó p r i o p a i . E l a , u m a n o r m a l i s t a , s i l e n c i a d a p e l o s e u g ê n e r o , a c a b a e n g r a v i d a n d o d e v i d o a u m ó b v i o ( e m b o r a n a r r a d o s u t i l m e n t e ) e s t u p r o . U m t i p o d e l i t e r a t u r a q u e m e c h o c o u c o m o u m v e r d a d e i r o t e r r o r. Fo i o p r i m e i r o cl á s s i c o q u e e u l i n a v i d a . E u t i n h a 1 4 a n o s .

E p a r e c e u t e r s i d o c o m i g o .

O t e r r o r a p r e s e n t a d o p i o n e i r a m e n t e n e s s e r o m a n c e , o t e r r o r d e u m a s s é d i o m o r a l , e m o c i o n a l e s e x u a l , m e m a r c o u c o m o u m a f a c a . Ta l v e z p o r s e u a l c a n c e r e a l í s t i c o , t a l v e z p o r o u t r a c o i s a . N ã o i m p o r t a . O f a t o é q u e , a p e s a r d e e u j a m a i s t e r l i d o e s s e l i v r o n o v a m e n t e ( e , n a é p o c a , t e r c r i a d o u m t i p o d e r e p u l s a a o s cl á s s i c o s ) , e l e c o n t i n u o u r e i n c i d i n d o n a m i n h a f r e n t e . E r e i n c i d i n d o . E r e i n c i d i n d o .

E n ã o s ó n a l i t e r a t u r a , m a s p r i n c i p a l m e n t e e m m í d i a s a s s o c i a d a s . C i n e m a . Te a t r o . Te l e v i s ã o . J o r n a l . A r t e .

O t e r r o r l i t e r á r i o n ã o n e c e s s a r i a m e n t e e n v o l v e s a n g u e . S e m p r e d e p e n d e d o q u e v o c ê t e m m e d o . E e u t e n h o c e r t e z a , h o j e , d e q u e e s s e é o m a i o r m e d o d e m u i t a s m u l h e r e s . A g e n t e n e m p r e c i s a s a i r n a r u a p a r a s e n t i r i s s o . O u p a g a r u m i n g r e s s o d e c i n e m a . É b e m m a i o r d o q u e i s s o , é b e m m a i o r d o q u e n ó s .

O m e d o . E l e é s o c i a l . 31


SERIADORES

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

A M E R I C A N H O R R O R S T O RY Com

ambiente

de

terror

independente por temporada e proposta

a n t o l ó g i c a ,

ganha

qualquer fã de seriados. p o r T h a i s e A m o r i m # t e r r o r

T H E WA L K I N G D E A D D o s q u a d r i n h o s p a r a a T V, d a T V p a r a l i v r o : p r e p a r e - s e , a p a r t i r do momento que você começar a a s s i s t i r, n ã o v a i c o n s e g u i r p a r a r. #zumbis

SLEEPY HOLLOW N ã o d á p a r a s e n t i r m e d o , m a s é impossível não ter uma quedinha por Ichabod Crane ou pela lenda do cavalheiro sem cabeça. #cavalheirosemcabeça

S U P E R N AT U R A L Se você ainda não tremeu de medo nas primeiras temporadas ou gamou nos personagens nas d e m a i s , e n t ã o c o r r e . #terror

32


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

FILMOGRAFIA ..................................................................................................... ZUMBILÂNDIA E n g r a ç a d o ,

irônico

e

com

temática de fim de mundo com zumbis que correm? Como não amar? #zumbis

C A R R I E , A E S T R A N H A Se estamos falando de Carrie, t o d o m u n d o p a r a a s s i s t i r. Ta l v e z a

adaptação

não

seja

das

m e l h o r e s , m a s . . . #supernatural

O E X O R C I S TA Pa r a t e m e r o f i l m e t o d o , m a s n ã o conseguir

largar

o

cinema.

Pe r f e i t o p a r a f ã s d e t e r r o r ( e , a p a r e n t e m e n t e , s e n s o c o m u m ) . #exorcismo

P O LT E R G E I S T Aparentemente a nova adaptação não

é

das

m e l h o r e s ,

mas

cl á s s i c o s s ã o s e m p r e cl á s s i c o s , m e s m o n o t e r r o r. #terror

33


EXPEDIENTE

.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

FLÁVIA MARIA ALVIM A t r i z , p r o d u t o r a e x e c u t i v a , e x - l i v r e i r a e p i s c i a n a c o m a s c e n d e n t e e m g ê m e o s . A p a i x o n a d a p o r a r t e em todas suas formas e expressões.

CAMILLE LABANCA B e l e t r i s t a . A u t o r a d e u m l i v r o , q u a t r o c o n t o s e u m a n o v e l a . Pa r e c e r i s t a e s o c i a l m e d i a f r e e l a n c e r, i n t e g r a n t e d o N ú cl e o , d a F u n d a ç ã o E s t u d a r.

IGRAÍNNE MARQUES A u t o r a d e u m l i v r o e u m c o n t o , b a c h a r e l e m l e t r a s e p e s q u i s a d o r a d e l i t e r a t u r a . R e v i s o r a a f i c i o n a d a por nutella que sonha em viver sua própria utopia.

RAFAEL RIBEIRO Booktuber com orgulho! Adora livros de todos os t i p o s , a p a i x o n a d o p o r t e c n o l o g i a , g a m e s , m ú s i c a e a t é d e v i a j a r, a f i n a l q u e m n ã o g o s t a d e s a i r e conhecer o mundo?

34


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

.....................................................................................................

LARISSA SIRIANI E s c r i t o r a , b o o k t u b e r e p r o f e s s o r a d e i n g l ê s . S o n h a e m v i a j a r o m u n d o , e n c a b e ç a r a l i s t a d e b e s t s e l l e r s e conhecer o príncipe encantado - não necessariamente nessa ordem.

FERNANDA DIAS 1 8 a n o s , c u r s a n d o p s i c o l o g i a e s o u y o g i h á u m m ê s . " N ã o i m p o r t a o q u e a c o n t e ç a n a v i d a , s e j a b o m p a r a a s p e s s o a s . S e r b o m p a r a a s p e s s o a s é u m m a r a v i l h o s o l e g a d o p a r a d e i x a r p a r a t r á s " ( Ta y l o r S . )

RENIÉRE PIMENTEL A m a n t e d a l i t e r a t u r a e d a a r t e , e s t u d a n t e d e A r q u i t e t u r a e U r b a n i s m o . L e i o d e t u d o e m a i s u m p o u c o , n a h o r a q u e d e r, q u a n d o p u d e r.

THIAGO MARQUES C u r i o s o e a p r e c i a d o r d a s l e t r a s , d a s p a l a v r a s e d a s s e n t e n ç a s . A d m i r a d o r d a s d o z e o u t r e z e n o t a s musicais (bemóis e sustenidos contam!)

NAYANA CORDEIRO C a r i o c a , g r a d u a n d a e m b i o l o g i a . M a i s a p e g a d a d o q u e d e v e r i a a s é r i e s , l i v r o s e m ú s i c a d e t o d o s o s e s t i l o s . Artista autodidata nas horas vagas e um tsunami de emoções. 35


CONTATO

.....................................................................................................

REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

A h , e s s a e d i ç ã o a c a b o u ! M a s n ã o f i c a t r i s t e o u s e m c h ã o , n ã o , p o r q u e m ê s q u e v e m t e m a R e v i s t a Ve r s i d e D e z e m b r o e e l a v e m c o m t u d o ( i g u a l o verão!).

E o que você achou? Fala com a gente: Para dúvidas, críticas e sugestões: fale@versificados.com.br

M a s t a m b é m p o d e s e r p e l o Tw i t t e r : h t t p : / / t w i t t e r. c o m / Ve r s i f i c a d o s _

O u t a l v e z v o c ê p re c i s a o F a c e b o o k : h t t p s : / / w w w. f a c e b o o k . c o m / Ve r s i f i c a d o s

Vo c ê t a m b é m p o d e f a l a r d i re t a m e n t e c o m a s e d i t o r a s : camille@versificados.com.br flavia@versificados.com.br

36


REVISTA VERSIFICADOS ED. 2 - NOVEMBRO 2015

37

BIZテ的A ISSO AQUI! .....................................................................................................

Revista Versificados // ED 2 - NOV 2015  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you