Issuu on Google+

NOME: ________________________________________________ 5º ANO ______ DATA: ____________________ PROFESSORA: ___________________________

VERIF ICAÇÃO DE PORTUGUÊS – 2º BIMESTRE Conteúdos:  Leitura e interpretação de artigo de divulgação científica;  Classes gramaticais: artigos, adjetivos, pronomes e verbos;  Classificação das palavras quanto à tonicidade;  Ortografia de palavras escritas com “R” e “S”. Critérios de correção:  Identificação dos elementos da organização interna de um artigo de divulgação científica: introdução, pesquisa e conclusão;  Estabelecimento de relação do artigo de divulgação científica à situação comunicativa e ao suporte que circula originalmente;  Explicação da informação central divulgada no artigo científico;  Identificação das classes gramaticais (artigos, adjetivos, verbos e pronomes) dentro de um contexto;  Classificação das palavras quanto à tonicidade;  Grafia correta das palavras sem trocas de letras que envolvam regularidades contextuais (r/rr, s/ss). Orientações gerais:  Avaliação individual e sem consulta;  Escreva respostas completas: início, desenvolvimento e conclusão;  Utilize letra legível e evite rasuras;  Faça os exercícios a caneta azul;  Releia as atividades depois de prontas para: - verificar se as explicações estão claras e com sentido;


2

- conferir a grafia, a acentuação das palavras e a pontuação das frases.

Leia com atenção o texto a seguir. Observe como ele foi organizado e as partes que o compõem.

SAI FORA, ALERGIA! Ficar perto da natureza e ter contato com plantas e microrganismos pode evitar esse problema Fernanda Braune - 16-05-2012

Respirar o ar puro do campo, entrar em contato com a natureza, brincar o dia inteiro na fazenda. Se você já acha tudo isso uma delícia, tem mais um motivo para sair de casa e curtir um passeio ao ar livre: quanto mais as pessoas convivem com plantas e microrganismos, menos alergias têm. Segundo estudo da Universidade de Helsinque, na Finlândia, existem bactérias na natureza que fazem bem para o nosso corpo e nos protegem de algumas doenças, como asma, bronquite e rinite. Um estudo feito na Finlândia mostra que, quanto quanto maior o mais perto nós ficamos da natureza, mais fortes nos Então, tornamos contra as alergias (Foto: Luc Viatour/ contato com a www.Lucnix.be/ CC BY-SA 2.0) biodiversidade, mais bactérias armazenamos no corpo e menos doentes ficamos. A pesquisa foi feita com 118 adolescentes que moram desde pequenos no leste da Finlândia. Eles tiveram que fazer um exame de sangue para descobrir se eram ou não alérgicos e também para os cientistas saberem um pouquinho mais sobre uma proteína chamada IL-10, que tem propriedades antialérgicas. /mnt/conversion/splitting/120530234930-041002a7c1d548fcb07fcb04455249e1.file


3

Durante a análise das amostras de sangue, os cientistas acharam uma bactéria chamada Acinetobacter e viram que ela está relacionada com essa proteína. Quanto mais desse microrganismo nós temos no corpo, mais IL-10 produzimos e mais saudáveis ficamos.

A bactéria Acinetobacter baumannii ajuda nosso corpo a se proteger contra as alergias (Foto: Janice Carr/ CDC)

Os pesquisadores também perceberam que os adolescentes que moram nas cidades têm menos bactérias do tipo Acinetobacter do que aqueles que moram no campo. Para Ilkka Hanski, que coordenou a pesquisa, conscientizar as pessoas sobre as vantagens de conviver com a natureza pode ajudar a diminuir o desmatamento das florestas. “As cidades devem construir mais espaços verdes, como parques”, afirma. Por hora, pode preparar a cesta de piqueniques e procurar a área verde mais próxima de você! Disponível em http://chc.cienciahoje.uol.com.br/sai-fora-alergia

/mnt/conversion/splitting/120530234930-041002a7c1d548fcb07fcb04455249e1.file


Verificação de Português