Page 1

BOB WOLLHEIM • CARLOS JÚLIO • MÁRCIO RACHKORSKY • RICARDO AMORIM

FÉRIAS DE JULHO

JUL. 2018

20 programas para os pequenos

ESPECIAL PETS

Por que somos tão engajados na causa

ED. 223

Ensaio fotográfico com os peludos Roteiro de serviços

lixo? VAMOS QUEIMAR NOSSO

Obras da usina de incineração na região começam neste semestre. Mas a solução não é unanimidade por aqui

V E R O . C O M . B R

Mora na região de Alphaville e quer receber a Vero? Cadastre-se! É grátis!


EDITORIAL

Contém SUMÁRIO

ED. 223 — JUL. 2018

É FÉRIAS!

20 atividades para fazer com os pequenos na região

Cuide bem do seu lixo! Q

34

NOSSOS COLUNISTAS

uando você joga a casca de banana fora, sabe para onde ela vai? Provavelmente, não. No Brasil, a maior parte dos resíduos produzidos são aqueles que não são recicláveis – e nós discutimos muito pouco sobre isso. Então, fomos investigar como está a gestão do lixo na nossa região: levantamos a quantidade de resíduos que geramos por dia, para onde ele vai e, principalmente, quais as consequências que teremos com a vinda de um incinerador para Barueri. Você confere todas essas respostas na matéria de capa desta edição. Agora, falando de coisas mais divertidas: julho é mês de férias escolares, e os pequenos estão cheios de energia para gastar. Reunimos as atrações mais legais para aproveitar com eles por aqui. E mais: cuidado para não morrer de amores quando encontrar uns cachorrinhos e gatinhos pelas próximas páginas. Eles são animais resgatados que participaram de um ensaio fotográfico da VERO para quem sabe conseguir um novo lar. Estamos na torcida para que você se apaixone por algum deles! ;)

BOB WOLLHEIM. 16 RICARDO AMORIM. 18 CARLOS JÚLIO. 20 DR. CONDOMÍNIO. 22

SOMOS TODOS PETS

Os moradores arregaçam as mangas quando o assunto é a causa animal

24

O DESTINO DO NOSSO LIXO

Barueri e Santana de Parnaíba produzem juntas 370 toneladas de resíduos

NOVIDADES

Veja o que tem de novo por aqui

Gabriela Ribeiro Editora

CLÁSSICOS

42

Artine Yaroussalian registrou cerca de cinco mil casamentos na região

14 66

EXPEDIENTE DIRETOR-GERAL Marcos Lage Gozzi (marcos@vero.com.br) • DIRETORA EXECUTIVA Roberta Furlan (robertafurlan@vero.com.br) EDITORA-CHEFE Thais Sant’Ana (thais@vero.com.br) • EDITORA Gabriela Ribeiro (reportagem@vero.com.br) • REPORTAGEM Beatriz Bononi e Gabriella Butieri (jornalismo@vero.com.br) • ARTE Chico Max e Liza Kamata (projetos de marketing e comerciais – design@vero.com.br) FOTOS Daniel Ozana-Studio Oz (capa), Flavia Galdeano e Viés Fotografia • REVISÃO 3GB Consulting • COMERCIAL Adriana Romano, Ana

Paula Lima, Caruso Mercadante, Isabella Magalhães, Lucimara Pinheiro e Milena Beber (vero@vero.com.br, (11) 4195-9666). Cláudia Sales (relacionamento e assinatura). Estagiárias: Anne Carmim e Luiza Tolentino • COMERCIAL SÃO PAULO Lemidia (atendimento@lemidia.com, (11) 3078-5840) • FINANCEIRO – SAFE BACK OFFICE Andrea Rodrigues e Weslley Damasceno EDITORA LAGE Orgânico Working, Alpha Square Mall, Av. Sagitário, 138, lj 72, Alphaville, Barueri-SP (11) 4195-9666 vero.com.br CTP, IMPRESSÃO E ACABAMENTO Gráfica Log & Print


Amorosa. Bilíngue. Inovadora. Única.

A Escola Internacional de Alphaville é diferente de todas as escolas que você já conheceu! Aqui, as crianças e adolescentes vivenciam uma Educação Amorosa. Nossas aulas acontecem em um contexto Bilíngue, em português e inglês, repletas de Inovação. Uma Escola Única, onde seu lho terá uma educação de vanguarda que possibilita innitas Escolhas de Vida. Nossos alunos ingressam nas melhores Universidades, Brasileiras e Estrangeiras. Somos uma IB World School, a caminho de ser a única Escola Brasileira de Educação Bilíngue a oferecer os 3 programas do IB, o IB Continuum. Venha conhecer a Escola Internacional de Alphaville, o melhor investimento para o Futuro do seu Filho!

1999 - 2018

19 anos em Alphaville

Escolhas de Vida no Brasil e no Mundo! www.escolainternacional.com.br - Informações: (11) 4134-6686 - Kids (a partir de 1 ano de idade) - Juniors - Teens - High School


POR AQUI

Novidades SAÚDE E BEM-ESTAR POR AQUI

COMER, COMER...

→ De verduras e frutas a comidinhas saudáveis, como

sopas, sanduíches e sucos naturais. Tudo livre de contaminantes químicos. Essa é a proposta da Limão Empório Orgânico, que abre as portas em agosto no Shopping Flamingo. (11) 97328-2502, facebook.com/ limao.eco, Instagram: @limao_organicos

→ A Clínica de Nefrologia Fenix Premium inaugura neste mês de julho e oferece tratamentos para doenças do sistema urinário, além de serviço de hotelaria para exames noturnos. Fica no Edifício Medic Life (Av. Copacabana, 112). (11) 3051-8053, fenixnefro.com.br

→ Quem adora peixe cru pode comemorar: um novo restaurante de culinária japonesa inaugurou dentro da loja Gazar Alphaville. O Kiru Sushi Bar tem opções à la carte e combinado executivo no almoço (R$ 49). Abre de segunda a sábado. Al. Araguaia, 910, (11) 3210-1515, Instagram: @kirusushibar

→ A Hominem Clinic, especializada em disfunção sexual masculina, abriu as portas recentemente em Alphaville. (11) 4552-2647 → O Manuia Spa abriu as portas no Alpha Square Mall com tratamentos faciais, corporais, manicure, banhos com óleos e outros serviços. (11) 4154-5662, manuiaspa.com.br

ISTOCKPHOTOS, DIVULGAÇÃO

UM POUCO DE TUDO A Victoria Paper, antiga loja de decoração, agora funciona como coworking, espaço compartilhado para a venda de roupas, peças de decoração e itens de beleza. Também oferece cursos e workshops. O primeiro é sobre harmonização de azeites, no dia 14 de agosto, às 13h, com a azeitóloga Laura Reinas. Custa R$ 80. Inscrições no local ou por telefone. Calç. Canopo, 27, Centro de Apoio 2, (11) 97580-2556

COMFORT FOOD O Week Restaurante e Café, com sistema de selfservice, chegou no prédio do Bradesco Seguros. E, em breve, a unidade do Alpha Square Mall passa a oferecer pizza no happy hour. Av. Alphaville, 779. lj 3 | Av. Sagitário, 138, lj 15

14 V E R O

-

J U L .

2 0 18


PENSAMENTO EMPREENDEDOR

Red Flag E A EXPONENCIALIDADE

Vivemos um fim de um grande ciclo da revolução industrial que acabará com muitas indústrias, profissões e empresas

Bob Wollheim

é fundador do youPIX e do Startupi, autor de “Empreender não é brincadeira” e venture corp da Endeavor

NÃO SEI se você sabe – eu não sabia até pouco tempo – de onde vem a expressão “Sinal Vermelho”, ou “Bandeira Vermelha”, ou, em inglês, “Red Flag”. Mas a história bem resumida (tem tudo na Wikipédia, se você quiser) é a seguinte: final do século retrasado, surgem os primeiros veículos motorizados na Inglaterra, e, num ato de desespero e tentativa de manter seus negócios, os lobbies da época (fabricantes de carruagens, operadores, donos de cavalos, etc.) conseguem passar no Parlamento uma série de leis, sendo que a mais conhecida é a “Red Flag Act”, que basicamente restringia a velocidade de um carro (com a justificativa de ser muito perigoso) a duas milhas por hora e obrigava que, na frente de cada carro, seguisse um homem caminhando com uma bandeira vermelha na frente! Esse ato, na época, durou cerca de três anos, mas todos sabemos o final dessa história! Quando foi a última vez que você cruzou com uma carruagem mesmo? Pulando para o momento atual, vivemos a mudança em uma velocidade nunca vista. É o tempo da exponencialidade. Se você não está ligado, vale procurar o livro “Organizações exponenciais” e se inteirar um pouco a respeito. Como o mundo está mudando muito rápido, uma série de ciclos, como o ciclo educacional, não conseguem mais ser fechados em tempo. Ou seja, não dá tempo de um professor estudar, estar atualizado, preparar suas aulas e os alunos aprenderem algo que ainda seja atual nos ciclos de cerca de quatro, cinco, 16 V E R O

-

J U L .

2 0 18

seis anos da maioria das faculdades. Nós formamos jovens totalmente desatualizados e velhos. E, o pior, sem mercado. O mundo exponencial está numa transformação muito acelerada, e não tem quem possa ficar de fora disso, seja criança, jovem, velho de qualquer idade. É preciso repensar sua carreira, o que estudou, o que faz da vida para sobreviver, como está educando seus filhos, pois vivemos um fim de um

Nós formamos jovens totalmente desatualizados e velhos. E, o pior, sem mercado grande ciclo da revolução industrial que acabará com muitas indústrias, profissões e empresas. Vejo muita gente e muitas empresas, nesse momento de mudança, carregando suas “Red Flags” em frente das carruagens atuais, sejam empresas, sejam profissões, até planos de vida para seus filhos. Me assusta, me preocupa. Quando foi a última carruagem em que você andou mesmo? P.S.: vinha exercitando nesta coluna uma provocação com o país, com os cidadãos, com a cidadania, com os brasileiros. Não desisti, mas acho que esgotei o assunto. Daqui para a frente, enquanto tiver a honra de escrever neste espaço, vou provocar as pessoas a pensarem nas suas mudanças, em processos de autoconhecimento e reflexão! Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


EC ONOMI A FÁCIL

Brasil está?

CICLOS ECONÔMICOS: ONDE O

Apesar da corrupção e do caos político que ainda imperam e empobrecem o país, o PIB brasileiro cresce há cinco trimestres consecutivos

Ricardo Amorim

é economista, palestrante, apresentador do Manhattan Connection e presidente da Ricam Consultoria

COMO FUNCIONA um ciclo econômico? Ele se divide em duas fases que se alternam. Na mais longa, a de expansão, a economia cresce até atingir um novo pico. Nela são gerados desequilíbrios macroeconômicos (inflação, déficits de contas externas ou déficits fiscais) que, para serem corrigidos, exigem a adoção de medidas que acabam fazendo a economia parar de crescer, dando início à fase seguinte, a de contração. Esta, por sua vez, dura até esses desequilíbrios serem suficientemente reduzidos para que a economia possa voltar a crescer. Aí, começa um novo ciclo econômico, com uma nova fase de expansão, que é dividida em duas subfases. A primeira dura até que o antigo pico seja atingido novamente; é o período de recuperação. A segunda vai até um novo pico; é o período de prosperidade, quando a sociedade alcança níveis de produção e renda nunca atingidos antes. Na fase de recuperação, como o próprio nome diz, o país apenas recupera a prosperidade perdida na contração anterior. Nela o desemprego ainda é alto, e a sensação, ruim, mas o crescimento costuma ser mais acelerado, e as oportunidades de negócios e investimentos, até melhores do que na fase de prosperidade. No Brasil atingimos o último pico no quarto trimestre de 2014. Na sequência, em função dos desequilíbrios de contas externas e fiscal e inflação gerados na expansão anterior, agravados pela crise política que dificultou a implementação das medidas necessárias para 18 V E R O

-

J U L .

2 0 18

resolvê-los, tivemos a mais longa e profunda contração da História brasileira, que durou até o último trimestre de 2016. Desde então, estamos na fase de recuperação. Apesar da corrupção e do caos político que ainda imperam e empobrecem o país, o PIB brasileiro cresce há cinco trimestres consecutivos. No entanto, fomos tão ao fundo do poço na última contração que, apesar da recuperação, o desemprego continua altíssimo e a

O risco de que tenhamos um soluço na recuperação econômica nunca foi tão grande maioria das pessoas ainda não nota a melhora da economia, porque ainda estamos muito abaixo do último pico. O pior é que, com a não aprovação da reforma da Previdência – que fragilizou as contas públicas – mais a elevação dos juros nos EUA e as incertezas eleitorais – que fazem o dólar subir, elevando a inflação –, somados à paralisação do país com a greve dos caminhoneiros – que sozinha deve reduzir o crescimento da economia brasileira em cerca de 1 p.p. (ponto percentual) –, o risco de que tenhamos um soluço na recuperação econômica nunca foi tão grande. E logo quando a recuperação estava se acelerando com, por exemplo, a produção da indústria crescendo 8,9% em abril, o maior crescimento em cinco anos. Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


SUCESSO

precisa sair

PARA O NOVO ENTRAR, O VELHO

Quando somos senhores do nosso presente, potencializamos as oportunidades que a vida nos apresenta

Carlos Júlio

é consultor, palestrante, escritor e pesquisador no campo da administração de negócios

A VIDA o leva ou você leva a vida? Colocado assim, até parece pegadinha, mas não é! Ao contrário, essa é uma profunda questão à qual todos deveriam dar a mais alta importância. Tanto é que Rousseau e Espinosa, dois grandes filósofos, brigavam em campos diferentes, um pelo determinismo e o outro pelo livre-arbítrio. As pessoas podem ser divididas entre deterministas e de livre-arbítrio. As deterministas são aquelas que acreditam que a vida será como está escrito, que há algo ou um Deus que realmente determina o que ocorrerá a elas durante toda a vida. Não é raro ouvirmos frases como “Deus quis assim”. Até Zeca Pagodinho usou essa crença em sua poesia: “deixe a vida me levar, vida leva eu...”. Já quem acredita em livre-arbítrio acha que a vida é o produto de suas decisões, que tudo está em suas mãos. Bom, a filosofia do Zeca Pagodinho é até boa para cantar: mas você realmente acredita nisso? Depois de muitos anos observando minha própria vida, me dei conta de que muito do que me acontece, de bom ou de ruim, é a vida. Não tenho como controlar. Mas outra parte se deve a como eu a conduzo. Não 20 V E R O

-

J U L .

2 0 18

As pessoas deterministas são aquelas que acreditam que a vida será como está escrito, que há algo ou um Deus que realmente determina o que ocorrerá posso evitar um infarto, mas posso diminuir em muito sua possibilidade com exercícios e uma alimentação mais saudável. Certo é que, quando se tem a vida em suas mãos, quando somos senhores do nosso presente, acabamos por mitigar muito dos obstáculos que não controlamos e, ainda, potencializamos as oportunidades que a vida nos apresenta. E aqui deixo esta reflexão para o mês: o que você precisa mudar na sua vida? O que você quer abandonar de velho para que o novo possa entrar?

Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


DR. CONDOMÍNIO

anonimato A COVARDIA DO

Nota-se uma explosão desenfreada de desavenças e litígios nos condomínios, entre síndicos e grupos de moradores, situação versus oposição

Marcio Rachkorsky

é advogado, especialista em condomínio, comentarista da TV Globo e Rádio CBN

RECLAMAR e discordar do trabalho do síndico é um direito sagrado de qualquer morador de condomínio em busca de uma gestão eficiente e transparente, que atenda aos anseios da maioria. Qualquer síndico, seja voluntário, seja profissional, há de estar aberto a críticas e sugestões, sem melindres. Infelizmente, nota-se uma explosão desenfreada de desavenças e litígios nos condomínios, entre síndicos e grupos de moradores. Situação versus oposição. Verdadeira baixaria, que acirra os ânimos e contribui para um ambiente de guerra, incompatível com o sossego esperado para o lar. Alguns síndicos, autoritários e pouco democráticos, que se perpetuam no cargo, contribuem para tal cenário. Porém, na maioria absoluta dos casos, as desavenças nascem de fofocas, ilações, boatos e interesses individuais. É certo que uma simples conversa com o síndico seria suficiente para esclarecer as coisas. Ao invés de formalizar uma reclamação e aguardar o retorno formal, muitos moradores escolhem a covardia do anonimato e assim, sem qualquer identificação, soltam as famosas cartinhas embaixo das portas, incitando os vizinhos, geralmente com acusações sérias e levianas. Curioso que os anônimos, em pequenos grupos e no afã de conquistar mais apoio, pretensiosamente, usam alcunhas de salvadores da pátria, tais como “comissão pela transparência”, “moradores pela moralização”. Os nefastos comunicados anônimos logo são reforçados por páginas e grupos em redes sociais, ambiente perfeito para os “haters” de plantão, 22 V E R O

-

J U L .

2 0 18

que amam odiar e atacar por atacar, por vezes, ferindo a honra de um vizinho, em razão de mera discordância acerca do modelo de gestão aplicado no condomínio. Felizmente, há belas e recentes decisões judiciais repudiando tal prática, condenando seus autores ao pagamento de indenizações e, nos casos mais sérios, até mesmo condenações na esfera penal, por calúnia e difamação. Assim, aos síndicos, recomendo que disponibilizem todas as ferramentas para que os moradores possam opinar, criticar e sugerir, sempre em ambiente oficial e discreto. Importante o velho livro de ocorrências, um canal direto de “fale com o síndico”, plantões periódicos para esclarecimento de dúvidas, comunicados constantes aos moradores e, principalmente, realização de

Aos síndicos, recomendo que disponibilizem todas as ferramentas para que os moradores possam opinar, criticar e sugerir várias assembleias ao longo do ano. Transparência é a palavra de ordem! Aos moradores insatisfeitos recomendo que jamais utilizem o anonimato e, com educação e coerência, formalizem todas as críticas e sugestões, dando oportunidade de resposta. Busquem diálogo com o síndico, administradora e conselheiros, ofereçam ajuda e participem das assembleias, ambiente oficial para deliberações importantes, até mesmo para destituição de um síndico que não trabalha bem. Cooperação é a palavra de ordem! Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


lixo CAPA

BOTA FOGO NO

Produzimos 470 toneladas por dia de resíduos. Queimá-los pode parecer uma solução, mas a usina de incineração não é um consenso. Confira!

texto: Gabriela Ribeiro fotos: Daniel Ozana


U

ma grande dor de cabeça. Assim o lixo é tratado no mundo todo. Isso porque não há mais espaço para ele. Só nas cidades de Barueri e Santana de Parnaíba, cerca de 470 toneladas de resíduos são geradas por dia, de acordo com as prefeituras. Para se ter uma ideia, é como se produzíssemos diariamente vinte Boeings 777 – que é a maior aeronave bimotora do mundo. Causa espanto, e não é para menos. De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), responsável pelo controle da poluição e degradação ambiental, a média per capita das cidades como as nossas, que têm de 100 mil a 500 mil habitantes, é de 0,9 kg de resíduos. Porém, Barueri produz uma quantidade acima dela, que é 1,34 kg de lixo por morador, quase meio quilo a mais – em Santana de Parnaíba, a quantidade é de 0,8 kg per capita. A novidade em Barueri para lidar com o problema é a Usina de Tratamento Térmico de Resíduos Sólidos Urbanos e Recuperação de Energia (URE), que utiliza o conceito de incineração (queima do lixo). Ela será instalada ao lado da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE Barueri), no bairro da Aldeia, a menos de cinco minutos do centro de Alphaville. O projeto foi iniciado em 2010. O prazo de construção e início de operação foi postergado algumas vezes devido ao processo de licenciamento ambiental. Agora está confirmado. As obras devem durar 30 meses e serão iniciadas neste semestre. À VERO, a Cetesb confirmou que a usina já está devidamente licenciada para implantação. A URE Barueri será a primeira unidade de tratamento térmico de resíduos do Brasil, com capacidade para tratar 825 toneladas de lixo por dia e gerar 17 MW de energia, suficientes para abastecer 80 mil residências. O empreendimento é uma concessão

da Prefeitura de Barueri, administrado pela Foxx Inova Ambiental. Segundo a empresa, a usina, além de ser mais segura ambientalmente comparada aos aterros sanitários, representará ao município uma economia de pelo menos 20% em relação ao que é investido hoje no tratamento do lixo fora da cidade. O QUE ESTÁ EM RISCO POR AQUI? “Apesar de o modelo parecer altamente tecnológico, esse é um tipo de tratamento já conhecido e evitado no Brasil. Na verdade, URE é um nome moderno para esconder o conceito de incineração, já que existe um preconceito muito forte, e com razão, em cima dele”, explica Sylmara L.F. Gonçalves Dias, especialista em gestão de resíduos e professora de gestão ambiental, sustentabilidade e ciência ambiental da Universidade de São Paulo (USP). Ainda segundo ela, contaminação do solo, da água e do ar são os principais riscos para a comunidade caso haja escape de gases da usina. “Esses gases são altamente tóxicos para a população e, em sua grande maioria, com substâncias cancerígenas.”, diz a especialista. De acordo com a Foxx, responsável pelo projeto, não há qualquer risco disso acontecer: “A URE atende os mais restritivos parâmetros de emissões de gases e de controle ambiental e conta com avançadas tecnologias para o processo térmico e filtragem. O projeto é uma ferramenta importante também para a segurança e saneamento básico, pois não há exposição de lixo a céu aberto”, relata a empresa em nota. A redação entrou em contato com a prefeitura de Barueri (o projeto foi aprovado na gestão anterior a esta), e a atual Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (Sema) mostrou preocupação em relação


CAPA

O lixo da nossa casa Cerca de 97% dos moradores de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra separam o lixo orgânico do reciclável. Confira os dados da enquete VERO:

Você sabe para onde vai o seu lixo orgânico? Aterro sanitário

Não faço ideia

53,91%

38,26% Lixão

7,83% O lixo que não é reciclado na região é destinado para o aterro sanitário em Santana de Parnaíba

Faço a separação e distribuo o reciclável (já lavado) em categorias

Como você descarta o seu lixo?

Só jogo na lixeira

2,61% Separo o orgânico do reciclável

28,70%.

68,70%

Ambiente (Sema) mostrou preocupação em relação aos riscos da usina. “Existe, sim, uma apreensão quanto ao controle na emissão de gases e resíduos oriundos do processo desse tipo de tratamento. Mas as medidas de segurança propostas no projeto serão eficazes”, informou o órgão. Vale lembrar que o projeto está devidamente licenciado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), que também é reponsável por fiscalizar a usina. Outro risco com a vinda da URE para Barueri, segundo a especialista da USP, é de atrapalhar o trabalho consistente de reciclagem na região. Isso porque, para ter um custo razoável, um incinerador precisa se manter aceso 24 horas, e o combustível são principalmente os resíduos secos. “Meu receio é que esse projeto mate qualquer possibilidade de melhorias de serviços que os catadores fazem para a cidade. Ele apenas se justifica em países com alta produção de resíduos secos e baixa quantidade de orgânicos. No Brasil, 60% do lixo é orgânico, e 40%, recicláveis”, conta Sylmara. Sobre isso, a Foxx informou que a unidade irá utilizar apenas os resíduos orgânicos e os que não forem aproveitados na coleta seletiva e reciclagem. Além da URE, Barueri também vai ganhar um Centro de Tratamento de Resíduos Inertes, que deve ser implantado nos próximos anos e vai cuidar especificamente de resíduos da construção civil. O projeto está em fase de licenciamento ambiental na Cetesb, mas não há previsão para início da operação. “Essa é uma saída muito importante,

Ainda temos lixões?

Você reutiliza o lixo de alguma forma?

Hoje todos os lixões da região estão desativados. O vazadouro de Carapicuíba, que era o maior da Grande São Paulo, foi encerrado em 2001. O de Santana de Parnaíba foi fechado em 2010. Já as atividades do antigo lixão de Barueri foram encerradas em 2005. O local passou por obras de recuperação ambiental, para abrigar a Cooperyara. Os trabalhos de manutenção, como drenagens de águas pluviais, drenagens de gases, coleta e armazenamento de chorume, são realizados por uma empresa contratada pela prefeitura.

Não 41,9% Sim, reúso garrafas PET e potes de sorvete 41,3% Não, porque não sei como fazer 11,1% Sim, faço compostagem 7,7% Sim, reúso restos de madeira, como pallets

5,1%

Outros

1,7% 26 V E R O

-

J U L .

2 0 18


porque o controle desse resíduo é muito precário no Brasil. Esse projeto, sim, pode ser considerado uma boa novidade para a cidade”, diz Sylmara Dias, especialista em gestão de resíduos.

*A enquete foi feita pela VERO entre os dias 11 e 25 de junho, com quase 200 moradores da região. Ela não utiliza metodologia científica e foi direcionada ao público via e-mail e redes sociais

PARA ONDE VAI NOSSO LIXO HOJE Hoje tanto Barueri como Santana de Parnaíba encaminham todos os resíduos não reciclados para o aterro sanitário da empresa Tecipar Engenharia e Meio Ambiente, em Parnaíba. E nem todo mundo tem conhecimento desse destino. De acordo com a enquete VERO*, feita com quase 200 moradores de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra, 38% dos respondentes não fazem ideia de para onde vai o seu lixo. Segundo a Cetesb, o aterro, administrado pela Tecipar, está devidamente licenciado e é periodicamente vistoriado por técnicos da companhia ambiental. A previsão é de que a empresa, instalada em 2002, opere até 2023.


CAPA

MODELO ULTRAPASSADO Vale fazer um resgate histórico aqui: o conceito do aterro sanitário foi criado no século 20, indicado como a grande tecnologia para tratamento de resíduo na época. Porém, hoje é considerado um modelo ultrapassado. “É muito custoso construir um aterro e mantê-lo sem que ele tenha qualquer dano. Depois de encerrado, precisa ser monitorado por mais 60 anos, por causa dos gases e do risco de o chorume contaminar o lençol freático. Não é um modelo inteligente”, explica Sylmara Dias.

a coleta de lâmpadas fluorescentes”, conta ela. O óleo de cozinha também é armazenado em alguns condomínios e retirado por uma empresa responsável. “Eles mesmo fornecem o tambor específico para armazenamento”, diz. Além disso, a Associação Residencial e Empresarial Alphaville (AREA) tem apostado em iniciativas próprias para diminuir o impacto do lixo no bairro: todo material orgânico coletado das áreas verdes, por exemplo, da Alameda Rio Negro e dos Residenciais 1 e 2, é levado para uma área destinada a compostagem e depois retorna como adubo para os jardins.

MAS E OS RECICLÁVEIS? O conceito de aproveitamento e valorização de resíduos ganha força e tem tornado o Brasil uma das referências mundiais nesse mercado. Em 2016 a coleta de latas de alumínio para bebidas, por exemplo, foi responsável por injetar R$ 947 milhões na economia nacional. Na região de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra, 100% dos residenciais têm serviço de coleta seletiva, segundo apurado com as prefeituras e as cooperativas da região. Nos que pertencem a Barueri, a responsável por fazer esse trabalho é a Cooperyara, cooperativa de separação de recicláveis que transforma 10 toneladas de lixo por dia em matéria-prima para ser vendida. Já em Santana de Parnaíba, quem faz a coleta é a Avemare, que recicla cerca de 8 toneladas de lixo por dia. Ainda segundo a enquete VERO, quase 97% dos moradores separam o lixo orgânico do reciclável. A reutilização de materiais como garrafas PET, potes de sorvete e outros itens é a forma mais usada por eles para reaproveitar o lixo. Maite Moraes Jurado, que está no bairro há 35 anos, é uma dessas pessoas. “Além de separar tudo em casa, faço na empresa também. Reutilizamos caixas de papelão para envio de mercadorias aos clientes e chamamos, uma vez por semana, uma empresa que coleta reciclados”, conta Maite. Gislane Gandra, presidente da Associação dos Condomínios Verticais de Alphaville e Tamboré (ACVAT), diz que, além da separação dos resíduos, os condomínios estão sempre buscando novas formas de lidar com o lixo. “Em julho vamos implementar, no América 2, a coleta seletiva de pilhas, baterias e cartuchos de tinta. Temos ainda o exemplo do condomínio Alpha Style, que faz

QUAL O TRATAMENTO IDEAL? “O melhor é ter múltiplas soluções. É preciso analisar o custo, o tamanho da população e o tipo de resíduo que ela gera”, diz Sylmara Dias. Uma boa alternativa seria o biodigestor, método que recicla compostos orgânicos e produz adubo e gás combustível – já aplicado na agropecuária brasileira. “O melhor é que ele pode ser implantado em pequena ou grande escala. Posso tratar, por exemplo, meu resíduo em casa, gerar energia e alimentar meu fogão a gás”, explica. O que também falta por aqui é uma política industrial de prevenção: “As empresas devem pensar na reciclagem ainda no processo de produção de qualquer material. Porque essa responsabilidade deve ser muito mais dela do que de quem compra”, diz a professora da USP. Mas, é claro, a educação ambiental do consumidor final continua sendo tão importante quanto, por isso, vale o clichê: que tal fazer sua parte?

Menos desperdício O papel utilizado na produção da VERO é certificado pela FSC Brasil, organização que promove o manejo florestal responsável ao redor do mundo. Recentemente, a VERO também criou uma campanha de assinaturas para garantir a entrega a quem realmente quer receber a revista e evitar o desperdício. A assinatura é válida apenas para moradores dos bairros de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra. Para fazer o cadastro gratuito, acesse: vero.com.br/cadastro.

28 V E R O

-

J U L .

2 0 18


䌀漀渀瘀攀爀琀 洀欀琀 䌀漀渀瘀攀爀琀 䌀漀渀瘀攀爀琀 䌀漀渀瘀攀爀琀 䌀漀渀瘀攀爀琀洀欀琀 洀欀琀 洀欀琀 䌀漀渀瘀攀爀琀洀欀琀 洀欀琀

䄀爀焀甀椀琀攀琀甀爀愀 爀攀猀椀搀攀渀挀椀愀氀 挀漀洀攀爀挀椀愀氀Ⰰ 䄀爀焀甀椀琀攀琀甀爀愀 䄀爀焀甀椀琀攀琀甀爀愀爀攀猀椀搀攀渀挀椀愀氀 爀攀猀椀搀攀渀挀椀愀氀攀攀 挀漀洀攀爀挀椀愀氀Ⰰ 䄀爀焀甀椀琀攀琀甀爀愀 爀攀猀椀搀攀渀挀椀愀氀 攀攀挀漀洀攀爀挀椀愀氀Ⰰ 挀漀洀攀爀挀椀愀氀Ⰰ 爀攀昀漀爀洀愀猀 䐀攀猀椀最渀 搀攀 椀渀琀攀爀椀漀爀攀猀⸀ 爀攀昀漀爀洀愀猀 爀攀昀漀爀洀愀猀攀攀 䐀攀猀椀最渀搀攀 搀攀椀渀琀攀爀椀漀爀攀猀⸀ 椀渀琀攀爀椀漀爀攀猀⸀ 爀攀昀漀爀洀愀猀 攀攀䐀攀猀椀最渀 䐀攀猀椀最渀 搀攀 椀渀琀攀爀椀漀爀攀猀⸀ 䌀漀洀 洀愀椀猀 搀攀 ㄀㈀ 愀渀漀猀 渀漀 洀攀爀挀愀搀漀 挀漀洀 瀀爀漀樀攀琀漀猀 攀洀 䌀漀洀 䌀漀洀 䌀漀洀洀愀椀猀 洀愀椀猀 洀愀椀猀搀攀 搀攀 搀攀㄀㈀ ㄀㈀ ㄀㈀愀渀漀猀 愀渀漀猀 愀渀漀猀渀漀 渀漀 渀漀洀攀爀挀愀搀漀 洀攀爀挀愀搀漀 洀攀爀挀愀搀漀攀攀 攀攀挀漀洀 挀漀洀 挀漀洀瀀爀漀樀攀琀漀猀 瀀爀漀樀攀琀漀猀 瀀爀漀樀攀琀漀猀攀洀 攀洀 攀洀 䌀漀洀 洀愀椀猀 搀攀 ㄀㈀ 愀渀漀猀 渀漀 洀攀爀挀愀搀漀 攀 挀漀洀 瀀爀漀樀攀琀漀猀 攀洀 搀椀瘀攀爀猀愀猀 爀攀最椀攀猀 渀漀戀爀攀猀 渀漀 䈀爀愀猀椀氀 攀 渀漀 䔀砀琀攀爀椀漀爀Ⰰ 䰀攀漀渀椀挀攀 䄀氀瘀攀猀 搀椀瘀攀爀猀愀猀 搀椀瘀攀爀猀愀猀 搀椀瘀攀爀猀愀猀 爀攀最椀攀猀 爀攀最椀攀猀 爀攀最椀攀猀 渀漀戀爀攀猀 渀漀戀爀攀猀 渀漀戀爀攀猀 渀漀 渀漀 渀漀 䈀爀愀猀椀氀 䈀爀愀猀椀氀 䈀爀愀猀椀氀 攀 攀 攀 渀漀 渀漀 渀漀 䔀砀琀攀爀椀漀爀Ⰰ 䔀砀琀攀爀椀漀爀Ⰰ 䔀砀琀攀爀椀漀爀Ⰰ 䰀攀漀渀椀挀攀 䰀攀漀渀椀挀攀 䰀攀漀渀椀挀攀 䄀氀瘀攀猀 䄀氀瘀攀猀 䄀氀瘀攀猀 搀椀瘀攀爀猀愀猀 爀攀最椀攀猀 渀漀戀爀攀猀 渀漀 䈀爀愀猀椀氀 攀 渀漀 䔀砀琀攀爀椀漀爀Ⰰ 䰀攀漀渀椀挀攀䄀氀瘀攀猀 搀攀洀漀渀猀琀爀愀 瘀攀爀猀愀琀椀氀椀搀愀搀攀 攀洀 猀攀甀猀 琀爀愀漀猀 洀愀爀挀愀渀琀攀猀 挀愀搀愀 搀攀洀漀渀猀琀爀愀 搀攀洀漀渀猀琀爀愀 搀攀洀漀渀猀琀爀愀瘀攀爀猀愀琀椀氀椀搀愀搀攀 瘀攀爀猀愀琀椀氀椀搀愀搀攀 瘀攀爀猀愀琀椀氀椀搀愀搀攀攀洀 攀洀 攀洀猀攀甀猀 猀攀甀猀 猀攀甀猀琀爀愀漀猀 琀爀愀漀猀 琀爀愀漀猀洀愀爀挀愀渀琀攀猀 洀愀爀挀愀渀琀攀猀 洀愀爀挀愀渀琀攀猀愀愀 愀 挀愀搀愀 挀愀搀愀 搀攀洀漀渀猀琀爀愀 瘀攀爀猀愀琀椀氀椀搀愀搀攀 攀洀 猀攀甀猀 琀爀愀漀猀 洀愀爀挀愀渀琀攀猀 愀愀挀愀搀愀 挀愀搀愀 瀀爀漀樀攀琀漀⸀ 瀀爀漀樀攀琀漀⸀ 瀀爀漀樀攀琀漀⸀ 瀀爀漀樀攀琀漀⸀ 瀀爀漀樀攀琀漀⸀

䄀挀攀猀猀攀 猀椀琀攀 䄀挀攀猀猀攀 䄀挀攀猀猀攀 䄀挀攀猀猀攀漀漀 漀漀猀椀琀攀 猀椀琀攀 猀椀琀攀攀攀 攀攀 䄀挀攀猀猀攀 漀 猀椀琀攀 攀 挀漀渀栀攀愀 渀漀猀猀漀 瀀漀爀琀昀氀椀漀⸀ 挀漀渀栀攀愀 挀漀渀栀攀愀 挀漀渀栀攀愀 渀漀猀猀漀 渀漀猀猀漀瀀漀爀琀昀氀椀漀⸀ 瀀漀爀琀昀氀椀漀⸀ 瀀漀爀琀昀氀椀漀⸀ 挀漀渀栀攀愀渀漀猀猀漀 渀漀猀猀漀 瀀漀爀琀昀氀椀漀⸀

圀圀圀⸀䰀䔀伀一䤀䌀䔀䄀䰀嘀䔀匀⸀䌀伀䴀 圀圀圀⸀䰀䔀伀一䤀䌀䔀䄀䰀嘀䔀匀⸀䌀伀䴀 圀圀圀⸀䰀䔀伀一䤀䌀䔀䄀䰀嘀䔀匀⸀䌀伀䴀 圀圀圀⸀䰀䔀伀一䤀䌀䔀䄀䰀嘀䔀匀⸀䌀伀䴀 圀圀圀⸀䰀䔀伀一䤀䌀䔀䄀䰀嘀䔀匀⸀䌀伀䴀 ㄀㄀⸀ 㐀㄀㔀㐀ⴀ㘀㐀㌀㐀 ㄀㄀⸀ ㄀㄀⸀ ㄀㄀⸀㐀㄀㔀㐀ⴀ㘀㐀㌀㐀 㐀㄀㔀㐀ⴀ㘀㐀㌀㐀 㐀㄀㔀㐀ⴀ㘀㐀㌀㐀 ㄀㄀⸀ 㐀㄀㔀㐀ⴀ㘀㐀㌀㐀


↘PUBLIEDITORIAL

SERVIÇOS

paisagismo RIO NEGRO GANHA NOVO

Mudas de árvores e flores estão sendo colocadas no local pelo Departamento de Manutenção da AREA

A Rio Negro é considerada um dos cartões-postais do bairro; o trabalho de revitalização deve ser concluído em breve

V

“O paisagismo da Rio Negro foi implantado há 20 anos, e agora está sendo feito o replantio de mudas de árvores e flores”

ocê reparou que a Alameda Rio Negro está de cara nova? É que o Departamento de Manutenção da Associação Residencial e Empresarial Alphaville (AREA) está fazendo a revitalização dos jardins em toda a extensão da via. “O paisagismo da Rio Negro foi implantado há 20 anos, e agora estão sendo feitos os serviços de replantio de mudas de árvores e flores, além da poda das plantas”, conta José Geraldo Michelotti, presidente da associação. Além de ser uma das alamedas mais movimentadas de Alphaville, a Rio Negro é um dos cartões-postais do bairro, por conta das suas praças, jardins e paisagens. Não é à toa que tem sempre alguém fazendo um clique de lá.

→ AREA – Associação Residencial e Empresarial Alphaville Pç. Oiapoque, 333, (11) 4195-5400 area-alphaville.org.br facebook.com/alphavillearea Instagram: @areaalphaville 30

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

José Geraldo Michelotti, presidente da AREA


OPORTUNIDADE TAMBORÉ 1

SUA CASA DE ALTO PADRÃO

A PREÇO DE CUSTO

Terreno com 1.700m2, boa topografia e em ótima localização dentro do Tamboré 1. • Projeto único e contemporâneo, com 800m2, e que permite personalização, inclusive de estilo • Residência em piso único, ao nível da rua com excepcional iluminação e ventilação • Circulação racional, jardim interno e elevador para acesso a garagem subterrânea para 8 carros e para a área de lazer com piscina, privacidade e muito verde • Imóvel inteligente e sustentável, com previsão de automação completa

Conheça mais sobre esta oportunidade! REF. 525476

11

4208.7208 www.leardi.com.br

UNIDADE ALPHAVILLE Calçada das Rosas, 136 - Centro Comercial - Barueri-SP CRECI 28.249-J


TECNOLOGIA

Há vagas!

Com sede em São Paulo, a Digital House, que tem como sócio nosso colunista Carlos Alberto Júlio, promete ajudar a preencher 200 mil postos de trabalho que existem hoje no Brasil texto: Gabriella Butieri

N

Queremos transformar pessoas que amam usar tecnologia em verdadeiros criadores de soluções”, conta. Entre os cursos com matrículas abertas, estão Desenvolvimento Web Full Stack, Desenvolvimento Mobile Android, Marketing Digital, UX Design, Gestão de Negócios Digitais, Data Science e Data Analytics. Também são oferecidos programas voltados à atualização de gestores e líderes do mercado, como o Digital Immersion Program, Digital Marketing Immersion, Digital Talent Program e E-commerce. “O que fazemos aqui é oferecer períodos intensivos de cinco meses, em que os alunos aprendem na prática e saem dos nossos cursos como profissionais completos”, finaliza. FAÇA SUA MATRÍCULA! O leitor da VERO tem 30% de desconto em todos os cursos oferecidos na escola. Para mais informações, envie um e-mail para vero@digitalhouse.com. A escola fica na Av. Dr. Cardoso de Melo, 90, Vila Olímpia, São Paulo. (11) 4858-4000 | br.digitalhouse.com 32

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

otícias sobre o aumento do desemprego são muito frequentes. Mas você sabia que o Brasil tem hoje alta demanda de vagas na área digital? O grande problema é que faltam candidatos capacitados para atendê-las. Foi por isso que uma sede da Digital House, criada em 2005 na Argentina, chegou ao Brasil. “Trata-se de uma escola para formar profissionais para a atual economia. Vivemos um tempo em que novas formas de trabalhar e de se relacionar surgem todos os dias. Nós não aprendemos isso na escola. Isso precisa ser ensinado”, explica Carlos Alberto Júlio, CEO da empresa, sócio e head de estratégia do Instituto Locomotiva e, ainda, colunista da VERO. Ao todo, a instituição na Argentina já formou mais de 3.000 alunos, e 96% deles saíram do curso empregados no mercado digital. Hoje a escola, que está sediada na Vila Olímpia, em São Paulo, promete ajudar a preencher 200 mil postos de trabalho no Brasil. “Até o final de 2018, nossa meta é formar 20 turmas, ou seja, mais de mil alunos, e entregá-los prontos para as empresas.


↘PUBLIEDITORIAL

SOPA DE LE TRINHAS Conheça as novidades das escolas da região

POR MAIS AUTONOMIA Agora, os alunos do 9º ano ao ensino médio da Escola Morumbi contam com o apoio do Ensino Poliedro, um sistema com conteúdo para ajudar os adolescentes a desenvolver autonomia de aprendizagem. Em uma plataforma digital, o estudante consegue criar um plano de estudos e até gerenciar seu desempenho. Além disso, o novo sistema prepara os alunos para exames, vestibulares e os desafios da vida adulta. O colégio também oferece cursos aos professores, para que estejam cada vez mais capacitados e adeptos ao modelo de ensino. escolamorumbi.com.br

FOCO INTERNACIONAL A Escola Internacional de Alphaville acaba de se tornar a única instituição brasileira de educação bilíngue que oferece três programas do IB World School – certificado internacional de alto padrão por rigor acadêmico, desenvolvimento do caráter e método de avaliação. São eles o IB-Primary Years Program, para crianças de 1 a 11 anos de idade; o IB-Middle Years Program, de 12 a 14; e o IB-Diploma, de 15 a 17. Para fazer parte do programa, novos métodos de ensino em inglês foram aplicados, os professores receberam capacitação e o colégio passou por um processo de avaliação. escolainternacional.com.br

Você sabia que as crianças podem desenvolver confiança e autonomia de uma forma superdivertida? Na Oficina Pedagógica, que fica no Centro de Apoio II, é assim: os pequenos aprendem com brincadeiras e atividades lúdicas. Isso porque o espaço tem conceito montessoriano e utiliza teorias, práticas e materiais didáticos para que eles sejam cada vez mais independentes, respeitando suas fases de desenvolvimento. As oficinas são voltadas para crianças de seis meses até os cinco anos de idade e duram cerca de uma hora. (11) 99719-0211; oficinapedagógica.com.br

A fase do vestibular é sempre difícil para qualquer adolescente, e uma ajuda extra nessa hora é sempre bem-vinda. A instituição Praeceptor Liceu Preparatório, localizada na Al. Araguaia, oferece ensino preparatório para vestibular com material didático completo do Sistema CPV. Por lá, os alunos contam ainda com curso de redação com método próprio, elaborado por professores com experiência em correção de vestibulares. A unidade também oferece serviços de reforço escolar, aulas particulares e tutoria. praeceptor.org

33 V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO | ISTOCK

RUMO À FACULDADE

BRINCAR É COISA SÉRIA


LAZER

20 programas PARA CURTIR NAS FÉRIAS

Julho chegou, e os pequenos estão cheios de energia para gastar. Reunimos os atrações mais legais na região. Vamos nessa? texto: Gabriella Butieri

A batcaverna e os minibatmóveis são algumas das atrações do Parque do Batman. No Iguatemi Alphaville até 26/7. Há opções pagas (a partir de R$ 15) e outras gratuitas. Para todas as idades. iguatemi.com.br/alphaville

Vamos pular! Em um espaço de 600 metros, o Up Trampolim Park conta com cama elástica gigante, slackline, piscina de espuma e outras brincadeiras com trampolins. Para crianças a partir de 3 anos. R$ 50. go2up.com.br

Nos malls da região O Espaço Kids do Shopping Flamingo reúne nestas férias brinquedos, animadores com balões, lousa para desenhar e outras atrações. No Alpha Square

Mall e AlphaShopping também tem escorregador, túnel e piscina de bolinhas. Para crianças de 3 a 10 anos. Grátis. shoppingflamingo.com.br alphasquaremall.com.br alphashopping.com.br

Ciência e diversão Um circuito de atividades no Shopping Tamboré ensina os pequenos como funciona cada um dos cinco sentidos. O Jardim das Sensações vai até 29/7. Para crianças de 1 a 9 anos. Custa R$ 10. shoppingtambore.com.br

Pra dar muitos likes O sonho do seu filho é ser um youtuber? Na escola de programação Happy Code (18 do Forte Empresarial), tem várias opções de cursos de férias. De 5 a 17 anos. A partir de R$ 250. happycode.com.br

Sessão pipoca e brincadeira Cinema e parque de diversões num só lugar? Corre para a Sala Júnior da Cinépolis Alphaville. Para crianças até 10 anos. A partir de R$ 16. cinepolis.com.br/sala-junior

Parque de diversão em Alphaville A bola inflável gigante e o Espaço Construtor, onde a família pode construir com blocos de EVA, estão entre as 15 atividades do parque Fun 4 Family, no Alpha Casa Shopping (antigo Shopping da Construção), até 27/7. Para todas as idades. De R$ 25 a R$ 100. fun4family.com.br

34 V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

Super-heróis à solta


Ao ar livre A Praça Oiapoque e a Praça do 18 do Forte, além do Parque Ecológico do Tietê, na Via Parque, e do Parque Municipal Dom José, em Barueri, são ótimas opções para fazer piquenique, brincar e praticar esportes ao ar livre. Para todas as idades. Grátis.

Férias no clube Uma verdadeira colônia de férias está montada no Alphaville Tênis Clube, com sessão de cinema, piscina aquecida e atividades monitoradas. Tem também passeios – um deles para o Ski Mountain Park, em São Roque. Para crianças de 3 a 12 anos. Inscrições até 22/7. A partir de R$ 373. Só para sócios.

Pertinho dos animais Na Hípica Manège, em Alphaville, por R$ 200, os pequenos, a partir de 2 anos, podem aproveitar uma programação especial, das 9h às 12h, que inclui passeio nos pôneis, caça ao tesouro e muito mais. Até 21/7. hipicamanegealphaville.com.br

Pura adrenalina

Strike!

Pra quem quer velocidade, o Shopping Tamboré conta com pista indoor de kart (a partir de R$ 60); o kartódromo de Aldeia da Serra é outra opção (a partir de R$ 140). A partir de 13 anos.

Você sabia que tem boliche por aqui? São três pistas no Alpha Square Mall (R$ 100 a hora para seis pessoas), mas tem também pebolim (R$ 20 a hora) e sinuca (R$ 40 a hora).

shoppingtambore.com.br

facebook.com/foodtruckmall

kartodromoaldeiadaserra.com.br

Saúde em dia Para os pequenos começarem a trabalhar o equilíbrio, a força e a coordenação motora, a academia 4 Perform preparou um treino especial para este mês, que inclui cabo de guerra, salto, agachamento e outras atividades. De 9 a 12 anos. R$ 441 o mês, sendo duas aulas por semana. 4perform.com.br

alphavilletenisclube.com.br

Brincadeira de montão Durante todo o mês, as bibliotecas de Barueri recebem shows de palhaços, contações de histórias, jogos de tabuleiro e outras atividades recreativas. Para crianças de 4 a 8 anos. Grátis. portal.barueri.sp.gov.br 35 V E R O

-

J U L .

2 0 18


↘COLUNA ASSINADA

O F TA L M O L O G I A

Manchas

NA VISÃO: QUANDO DEVO ME PREOCUPAR?

Elas aparecem com mais frequência após os 50 anos, principalmente em pacientes com miopia Dr. Bruno Olyntho de Almeida é oftalmologista, especialista em retina clínica e cirúrgica, catarata e ultrassonografia ocular pelo Instituto Suel Abujamra, além de preceptor de retina da residência médica de Oftalmologia do Hospital Beneficência Portuguesa

VISTA EMBAÇADA ou um pontinho preto na visão. Isso aconteceu com você? As chamadas “moscas volantes” ou manchinhas nos olhos são causadas pela alteração na composição do vítreo – um gel que preenche a cavidade posterior do olho – e causam sombras na retina. Elas aparecem com mais frequência após os 50

Na maioria das vezes, as “moscas volantes” desaparecem com o tempo. Nesse caso, elas são consideradas benignas anos, principalmente em pacientes com miopia, operados de catarata ou que tiveram inflamação nos olhos. Para saber sua gravidade, é necessário sempre o acompanhamento de um especialista. Na maioria das vezes, as “moscas volantes” desaparecem com o tempo. Nesse caso, elas são consideradas benignas, já que estão restritas à alteração no humor

36 V E R O

- J U L .

2 0 18

vítreo (corpo do olho), e não se corre risco de perda de visão. Porém, em alguns casos, podem ser o primeiro sintoma de uma doença mais grave, como o descolamento de retina, que, além da sombra, também causa rasgo na retina, resultando na perda da visão. Aqui, dependendo da gravidade do quadro, é necessário fazer uma fotocoagulação – procedimento a laser – ou uma cirurgia de retina (chamada vitrectomia). Por isso, é muito importante procurar um oftalmologista que faça o exame completo, inclusive a dilatação das pupilas, para o mapeamento de retina. O paciente também deve ficar atento com o surgimento de manchinhas que seguem o olhar, flashes de luz, diminuição na visão ou perda total dela.

Lumini Oftalmologia Al. Rio Negro, 1084, sl 74 (11) 4191-1237 (11) 99521-4355 (WhatsApp) luminioftalmologia.com.br


Foto : Guerrero Produções

COWORKING

SALAS DE REUNIÕES ALUGUE E GANHE EM DOBRO

SALAS DE REUNIÕES PARA ATÉ 15 PESSOAS COM TV, APPLE TV, WI-FI, ESPAÇO CAFÉ, ESTACIONAMENTO COM DESCONTO E TODA INFRAESTRUTURA QUE SUA REUNIÃO PRECISA EM UM LUGAR DIFERENTE E DESCOLADO. NOS MESES DE JUNHO E JULHO ALUGUE E GANHE A MESMA LOCAÇÃO EM DOBRO. * LIGUE AGORA! *Utilização em até 30dd, dependendo de disponibilidade de salas.

ALPHA SQUARE MALL • AV. SAGITÁRIO, 138 • LJ 72 • ORGANICOWORKING.COM.BR • 11 2424 1010


↘COLUNA ASSINADA

D E R M AT O L O G I A

da pele?

COMO REPOR O COLÁGENO

O método que tem se mostrado mais eficiente nos últimos tempos é o via oral, principalmente os que contêm peptídeos Dra. Flávia Addor

é dermatologista, mestre em dermatologia e pósgraduada em nutrologia. É autora dos livros “O doce voo da juventude” (Objetiva) e “Envelhecimento cutâneo”, dirigido a médicos (GEN-AC)

O COLÁGENO é a principal proteína da derme humana e é responsável por dar resistência, firmeza e elasticidade à pele. Com o envelhecimento, sua produção diminui, o que leva ao aparecimento da flacidez e de sulcos – depressões na superfície da pele, como o “bigode chinês” –, além de afinamento e fragilidade cutâneas. Para evitar esses problemas, é necessário fazer a recomposição adequada. Muita gente ainda acredita que a forma injetável é a melhor solução. Entretanto, o tempo mostrou que esse método é ineficiente, já que tem pouca duração – no máximo seis meses – e provoca reações alérgicas, por ser de origem animal. Por isso, ele foi substituído pelos preenchedores com ácido hialurônico e biomoduladores, como o ácido poliláctico e a hidroxiapatita de cálcio. Segundo diferentes estudos, o que tem se mostrado mais eficiente nos últimos tempos é o colágeno via oral, principalmente os que contêm peptídeos, que estimulam as células do corpo a sintetizar a proteína de forma natural. Seu uso, associado a tratamentos como laser e radiofrequência microagulhada, resultam em melhor reparação da

38 V E R O

- J U L .

2 0 18

Com o envelhecimento, a produção de colágeno diminui, o que leva ao aparecimento da flacidez e sulcos pele. No Brasil dispomos tanto de formulações prontas– é o caso dos comprimidos e pó solúvel –, como também há possibilidade de manipular opções para o paciente ingerir. É importante lembrar que o colágeno em creme é um ótimo hidratante, mas não tem as propriedades de reposição na derme ou estímulo à produção. Isso porque a molécula é muito grande e não penetra na pele. Fica a dica ;)

Converse com a dra. contato@flaviaaddor.com.br WhatsApp – (11) 99979-6775


Anjos dos Bichos

Salvando e Encaminhando Vidas

EVENTOS DE ADOÇÃO

Todos os Sábados das 10 às 16 horas Petz Tamboré Alameda Araguaia, 2179

Centro Comercial de Alphaville Alameda Madeira ao lado da portaria 2

Cobasi Tamboré Alameda Araguaia, 3023

www.anjosdosbichos.com.br Contato - (11) 991984548 anjosdosbichos

AnjosdosBichos


↘PUBLIEDITORIAL

ESTÉTICA

inverno

COMO MANTER A PELE PERFEITA NO Todo mundo sabe que o tempo frio e seco prejudica a pele. A novidade é que a Anna Pegova criou um programa especial com quatro tratamentos para cuidar do rosto nesta estação texto: Gabriella Butieri

1.

LIMPEZA PROFUNDA Que tal associar a limpeza de pele tradicional à microdermoabrasão? Nesse tratamento, uma esfoliação com ponteira diamantada favorece a renovação da pele, além de deixá-la mais lisa e clara.

um blend exclusivo Anna Pegova com ativos rejuvenescedores, clareadores e antioxidantes é aplicado no local para uma ação profunda e mais eficaz. MÁSCARAS DE BELEZA São duas: a Masque Collagène, com hidratação profunda à base de colágeno, para suavizar marcas de expressão e melhorar o tônus da pele; e a Masque Choc Contour dês Yeux, tratamento para o contorno dos olhos que é clareador, antibolsa, antiolheiras, fi rmador, antirrugas, drenante e descongestionante.

2.

MAIS FIRMEZA O Dermaroller com Drug Delivery trata-se de um rolo com microagulhas que faz vários furinhos na pele para estimular naturalmente a cicatrização e regeneração, o que induz a produção de colágeno e dá mais firmeza ao tecido. Junto com isso,

3.

→ Anna Pegova Alphaville Calç. das Bétulas, 49, Centro Comercial Alphaville, (11) 4195-1414, WhatsApp: 97283-8429 alphaville@annapegova.com.br Instagram: @annapegovaalphaville Facebook: facebook.com/annapegovaalphaville 40

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

4.

RENOVAÇÃO CELULAR O lifting polivitaminado ao Retinol puro com laser é um procedimento voltado para o rosto, o pescoço e o colo. Ele rejuvenesce o tecido de dentro para fora com o famoso efeito lifting – que dá aspecto de pele de boneca, com resultado imediato, e dura algumas horas. Tudo isso diminui as rugas, pequenas cicatrizes, manchas e poros retraídos. Já a aplicação do laser estimula o colágeno e fortalece a barreira de proteção no processo de envelhecimento.


Colégio

anglo

Leonardo da Vinci

Vivência 䔀猀挀漀氀愀爀 ENSINO FUNDAMENTAL 1

Na Vivência os alunos participam de atividades lúdicas enquanto os pais têm a oportunidade de conhecer a escola e seu

0 1 9 2 匀 䄀 RÍ䌀U䰀

䴀䄀T

25 猀á戀愀搀漀 de AGOSTO

INSCRIÇÕES:

estudenoanglo.com.br estudenoanglo

modelo pedagógico.

O SAS C O

Inteligente

Forte

Responsável

Criativo

䴀䄀TRÍ䌀U䰀䄀匀

2 0 1 9

FUNDAMENTAL 2 E ENSINO MÉDIO

É a oportunidade de garantir descontos de acordo com o desempenho. Enquanto os alunos participam, os pais conhecem a escola.

25 猀á戀愀搀漀 de AGOSTO

INSCRIÇÕES:

estudenoanglo.com.br Al. Amazonas, 868

R. Euclides da Cunha, 377

2858-3450

/angloalphaville

3133-5400 O SAS C O

/anglosasco


CAUSA ANIMAL

pets

SOMOS TODOS

texto: Beatriz Bononi fotos: Flavia Galdeano

Q

uem vê os pelos brilhantes da Malu, a gatinha da página ao lado, não pode imaginar tudo por que ela passou. No começo do ano, ela foi abandonada no estacionamento de um supermercado da região. Presa, dentro de uma caixa de isopor lacrada, sem nenhuma passagem de ar. “Quando a resgatamos, ela estava muita fraca, desidratada, não conseguia nem miar. Estava em estado crítico. Ficou internada por um bom tempo. Graças a todo o cuidado que recebeu, hoje ela está pronta para ser adotada”, conta Ana Luisa Carboni, integrante da SOS Pet Alpha, grupo que resgatou a Malu. A história da gatinha é apenas uma dentre inúmeras de maus-tratos e abandono de animais. Para se ter uma ideia, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que existam hoje no país 30 milhões de animais abandonados. Por outro lado, o número de bichinhos dentro

dos lares está crescendo. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 44% das casas têm, pelo menos, um cachorro. Já os gatinhos estão presentes em 18% das residências. No que depender da nossa região, o reforço para aumentar esses números está garantido. Além da SOS Pet Alpha, no mínimo mais seis grupos atuam no resgate e cuidado de animais por aqui: Anjos dos Bichos, Amor aos Animais, Projeto S.AU.S, House of Cats, Aubrigo Franslázaro e Projeto Hope. Os bichinhos resgatados por eles recebem castração, vermifugação, antipulgas, vacinas, exames e banho. Juntos, os grupos da região contam hoje com mais de 300 animais aguardando uma nova família. O problema é que o tempo de espera, às vezes, é alto. “Filhotes e os de porte pequeno são sempre adotados mais rápido. Os mais velhos ou com problemas de saúde não têm a mesma sorte. Para poder ajudar mais bichos das ruas, precisamos primeiro encontrar adotantes para os que já temos”, conta Daniella Baboim, do Projeto S.AU.S. Por sorte, uma mãozinha extra por aqui vem de uma forte corrente do bem dos moradores, que atuam de forma independente. É o caso de Daniela Lo Bello, 46 anos. “Mudei para cá há 36 anos, e percebi que, dentro do meu condomínio, tinha muitos gatos abandonados. Na época eu pegava comida em casa e saía de bike alimentando todos os animais pelo condomínio. Desde então, nunca mais parei. Hoje resgato, castro e não meço esforços para ajudá-los”, explica. Numa dessas, ela, junto com outra protetora, acabou responsável pelo resgate de cerca de 45 gatos e cinco cães, de uma senhora acumuladora que faleceu, deixando-os em condições precárias.

Sou o Romeu, tenho dois anos. Sou grandão, mas nem dou trabalho. Agora estou na Anjos dos Bichos, adoro crianças e me dou muito bem com outros cães

42 V E R O

-

J U L .

2 0 18

*A enquete foi feita pela VERO entre os dias 18 e 21 de junho, com mais de 200 moradores da região. Ela não utiliza metodologia científica e foi direcionada ao público via e-mail e redes sociais

Grupos, ONGs e moradores engajados na causa animal. Por aqui há, sim, vários pets à espera de um lar, mas, felizmente, também há uma grande rede disposta a ajudá-los. Você faz parte dela?


Uma enquete feita pela VERO (confira os gráficos ao lado)* com moradores de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra mostrou que 34,13% ajudam financeiramente grupos de proteção à causa animal. Jacqueline Sato, da House of Cats, enfatiza que qualquer apoio é bem-vindo. “O simples fato de compartilhar nas redes sociais fotos dos pets que precisam de um lar já é de grande valia”, diz. Ainda segundo a enquete, 37% dos moradores de Alphaville já adotaram algum bichinho. Katia Ramos, 46, se encaixa nesse grupo. Ela tem três cães adotados: Roque Assis, Sharon Stone e Vivi Moranguinho. Esta última ela encontrou amarrada em um poste. “A Vivi é albina e cega. Quando a resgatei, cuidei dela, mas ninguém quis adotar. Acabei criando um amor muito grande e fiquei com ela. Hoje também trabalho em prol dos animais. Eu resgato, castro e ajudo-os a encontrar uma família, tudo de forma independente”, conta Katia, que completa: “Vejo que as pessoas estão mais conscientes em relação a adoção. Há um caminho longo para percorrer, mas estamos progredindo”. Para quem ainda tem dúvidas sobre adotar um pet, aqui vai um empurrãozinho: um estudo feito pelo Departamento de Psicologia Experimental da USP mostrou que conviver com um animal diminui os níveis de estresse e a incidência de doenças, como resfriados. Sem contar que não há nada melhor do que receber o carinho dessas fofuras. Ficou convencido? Nas páginas a seguir, você encontra um box com os serviços para animais disponíveis em Barueri, locais pet friendly na região, e confere um ensaio com alguns animais que estão esperando por um novo lar.

Pet lovers em Alphaville A VERO fez uma enquete com mais de 200 moradores para entender mais sobre o mundo dos pets na região

Você tem um animal de estimação?

Não

Sim

9%

91%

Qual é o seu pet?

Cachorro

Gato

82,95%

28,98%

Outros

Peixe

9,09%

5,11%

Pássaro 5,68%

Seus animais são

Comprado(s)

Adotado(s)

46,82%

36,99%

Adotado(s) e comprado(s) 16,18% Me chamo Malu, tenho um ano e estou na SOS Pet Alpha. Sofri maus-tratos, mas agora já estou 100% e ansiosa para meu novo lar :)

De que forma você ajuda na causa de proteção aos animais? Sou lar temporário 2,99% Resgato e direciono a ONGs 5,39% Resgato e sou lar temporário 5,99% Outro 8,38% Não ajudo 28,74% Ajudo financeiramente 34,13% Divulgo animais para adoção 50,30%


CAUSA ANIMAL

SERVIÇOS MUNICIPAIS PARA OS ANIMAIS Barueri e Santana de Parnaíba oferecem diferentes serviços gratuitos para os pets. Confira a seguir! → Castração gratuita

Em Barueri, é preciso fazer um agendamento prévio. A divulgação da disponibilidade é feita nos meios de comunicação da cidade. Dúvidas: (11) 4199-1500. Em Santana de Parnaíba, acontecem mutirões mensais de castração. É preciso fazer um cadastro pelo site da Prefeitura. Informações: (11) 4622-1427. → Serviços veterinários

Para a população de baixa renda, Barueri oferece orientação clínica veterinária no Centro de Proteção ao Animal Doméstico (Cepad). Dúvidas pelo telefone (11) 4198-0819. Em Parnaíba, o atendimento é feito nas manhãs de segunda e sexta-feira, no Departamento do Bem-Estar Animal. Telefone: (11) 4622-1427.

Meu nome é Crush, tenho três anos. Estou sob os cuidados da Anjos dos Bichos, e essa minha carinha é de quem não aguenta mais esperar por um lar. Sou amoroso e adoro crianças!

17 locais pet friendly na região

Confira alguns lugares em Alphaville e Aldeia da Serra que permitem a entrada e circulação de animais. Só lembrando que eles precisam estar na coleira ou guia!

SHOPPINGS

→ Maus-tratos

Shopping Tamboré Av. Piracema, 669, Tamboré, (11) 2166-9729

Em Barueri e Santana de Parnaíba, é necessário procurar a Polícia Civil e Militar Ambiental, pelo número (11) 4789-0905.

Iguatemi Alphaville Al. Rio Negro, 111, (11) 2078-8000

→ Animais machucados

AlphaShopping Al. Rio Negro, 1033, (11) 4191-1190

É só contatar o Departamento de Controle de Zoonoses. Barueri: (11) 4199-3180; Santana de Parnaíba: (11) 4154-6889.

Olá, sou o Anik, tenho quatro meses e também estou na Anjos dos Bichos. Sou superamoroso e adoro um colo. É só me dar um carinho, que gamo de vez!

Shopping Flamingo Al. Araguaia, 762, (11) 4688-2658 Alpha Square Mall Av. Sagitário, 138, (11) 2664-0405

CAFÉS E RESTAURANTES Bendito Café Estr. Dr. Yojiro Takaoka, 2985, Aldeia da Serra, (11) 4192-3043 D’Aldeia Restaurante Av. dos Pinheiros, 820, Aldeia da Serra, (11) 4192-3085 General Pub Av. Juruá, 323, (11) 94216-8540

HBBeer Calç. Aldebarã, 14, Centro de Apoio II, (11) 4153-6448 La Cucina Piemontese Av. Valville, 550, (11) 4154-4617 Le Botteghe Di Leonardo Iguatemi Alphaville, (11) 4191-4349 Maria João Av. Copacabana, 148, 18 do Forte Empresarial, (11) 4688-1950 Pirajá Alphaville Iguatemi Alphaville, (11) 4193-4295 Real Burger Alpha Square Mall, (11) 4193-8432 The Black Horse Gastropub Av. Copacabana, 148, 18 do Forte Empresarial, (11) 4208-5038 Tottori Av. Copacabana, 148, 18 do Forte Empresarial, (11) 4193-2238 Ubaia Café Av. dos Pinheiros, 820, (11)4192-1667


Me adote!

Estas fofuras estão loucas para encher o seu lar de amor e carinho. Que tal levá-las pra casa? mo ano, mas co y, tenho um r. Sou o Whisk não é fácil achar um la sou grandão, brincar com alguém! Quero tanto et Alpha S OS P

Oi, eu sou a Po lly, tenho três e há dois espe anos ro por alguém dar todo o ca para me rinho. Sou dó cil Projeto S.AU.S e amorosa.

sete Mike, temos ãos Minnie e a, uma doença irm os os lin om S fe os leucemia emos meses e tem os carinhosos e promet om S ha . lp ra A et sem cu alho. SOS P não dar trab

es e sou Sou a Diana, tenho quatro mes dessa carinha ta con por Mas ura. doç uma um lar. de vira-lata, é difícil encontrar a Alph Pet SOS

Meu n Já so ome é Juq u mais uinha , comp velhinho, m tenho cinc anhia o . Anjo as sou um anos. s dos a Bicho ótima s

Meu nome é Lola, tenho quatro anos e há dois espero por um lar. Sou muito carinhosa. Que tal me levar pra sua casa? Projeto S.AU.S 45 V E R O

-

J U L .

2 0 18

Diga “Xis” A moradora de Alphaville Flavia Galdeano, 41 anos, foi a responsável por tirar voluntariamente as fotos superfofas que você está vendo nesta matéria. Flavia é fotógrafa há 14 anos e começou a clicar pets por diversão. “Quando passei a integrar a SOS Pet Alpha, vi que isso poderia ajudar ainda mais na hora de conseguir um novo lar para eles.” Ela faz ainda ensaios de moda, fotos de recém-nascidos, de gastronomia, entre outros. Contato: ffgaldeano@hotmail.com COMO ADOTAR UM DESSES BICHINHOS Os animais das fotos estão prontos para receber um novo lar. Para adotar, é só entrar em contato com os grupos: SOS Pet Alpha – (11) 99471-1228 Anjos dos Bichos – (11) 96454-4444 Projeto S.AU.S – projetosaus@gmail.com


Que tal receber a VERO, todos os meses, na porta de casa? Faรงa seu cadastro gratuito em www.vero.com.br/cadastro!

46 V E R O

-

J U N .

2 0 18


pets ROTEIRO

A partir desta página, confira opções para cuidar do seu animalzinho de estimação 47 Ergus Laboratório Veterinário 48 Canil Zirí-Zirí 49 DrogaVET 50 My Pet Boutique 51 Pet Buddha 51 Alpha Star Pet Shop

animal

BANCO DE SANGUE

Ergus Laboratório Veterinário, em Barueri, reúne banco de sangue e serviços de checkup Os estoques de bolsas de sangue para animais estão quase sempre em nível crítico. Aqui na região, a Ergus Laboratório Veterinário é responsável por manter um banco de sangue para cães. “Fazemos uma rigorosa seleção dos doadores, e eles são testados para sete doenças, incluindo a do carrapato. Para doar, é preciso pesar mais de 20 quilos, ter vacinação e vermifugação em dia, ser dócil e ter de 1 a 7 anos”, explica Paula Amaral, veterinária e sócia. Além disso, é importante fazer um checkup anual no seu bichinho de estimação. Por lá tem serviços de laboratório para gatos e cachorros, como coleta de exames, ultrassom e especialidades – cardiologia, oncologia e mais.

→ Ergus Laboratório Veterinário R. Carlos de Campos, 288, Barueri (11) 4382-8182 erguslab.com.br 47 V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

↘PUBLIEDITORIAL


↘PUBLIEDITORIAL

ROTEIRO PETS

Santuário DE GALGUINHOS ITALIANOS

Canil Zirí-Zirí se destaca pela excelência na criação dos animais

Os galguinhos italianos são conhecidos por serem ágeis, velozes, apegados à família, e por adorarem brincar

C

que o canil tem é em relação à criação responsável. “O maior problema de uma criação é a consanguinidade, ou seja, cruzamento entre cães da mesma família. Isso pode causar diversos problemas ao animal. Aqui isso não acontece, prezamos pela pureza da raça”, afi rma. E todo cuidado é pouco quando o assunto são os fi lhotes que nascem por lá: os interessados passam até por uma entrevista. “Como essa é uma raça muito delicada, com muitas particularidades, damos uma aula com dicas para a adaptação do fi lhote em sua nova família”, conclui.

→ Canil Zirí-Zirí (11) 96402-1808 canilziriziri.com.br 48

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

ães vivendo livres, com todo o conforto, alimentação balanceada e espaço de sobra para brincar. Esse pode ser o cenário de muitos que têm pets em casa e é como vivem também os animais no Canil Zirí-Zirí. Tania Improta, proprietária do local, sempre conviveu com diversos cães, mas uma raça em especial chamava sua atenção: o Italian Greyhound, também conhecido como galguinho italiano. Depois de anos pesquisando os canis dessa raça pelo mundo, ela decidiu abrir seu próprio lar de galguinhos. “Me refi ro sempre ao Zirí-Zirí como uma maternidade, um verdadeiro santuário. Tudo aqui é pensado para o bem-estar do animal. Os acasalamentos são planejados, os cães têm acompanhamento de veterinário e as fêmeas que procriam passam sempre por check-up. Um detalhe importante é que elas procriam até quatro anos e meio”, explica Tania. Outro cuidado


↘PUBLIEDITORIAL

ROTEIRO PETS

Sem sufoco NA HORA DO REMÉDIO

Desde 2004 no mercado, a DrogaVET produz medicamentos em forma de petisco, com diferentes sabores; é pioneira e líder em manipulados exclusivamente veterinários

Os manipulados DrogaVET são feitos na dose certa, de acordo com o peso do animal

Q

para atender às necessidades de todos os pacientes, incluindo aqueles que exigem cuidados especiais, como animais diabéticos, alérgicos, cardiopatas ou nefropatas. “Sempre realizamos pesquisas e estudos, buscando o que há de mais atual na medicina veterinária”, diz Luciana Vivo, proprietária da unidade de Alphaville. Para quem busca praticidade, a marca também tem sistema de delivery. → DrogaVET Alphaville Calç. Arcturo, 12, Centro de Apoio II (11) 4152-4559 / (11) 99412-1067 drogavet.com.br 49

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

uem nunca teve dificuldade na hora de medicar seu bichinho de estimação? Para tornar esse momento mais simples e prático, sem causar estresse no animal, a DrogaVET, farmácia de manipulação veterinária com unidade em Alphaville, produz medicamentos para o tratamento de diversas doenças, na dose certa para o animal, em forma de biscoitos, xaropes, pastas, sachês, entre outras. Os clientes podem escolher entre diferentes sabores salgados, como carne, picanha, bacon, frango, e doces, como chocolate, morango e leite condensado. Um detalhe importante é que as substâncias que compõem os sabores são isentas de sal, açúcar, pimenta, gorduras e proteínas


↘PUBLIEDITORIAL

ROTEIRO PETS

Novidade

PARA OS PETS EM ALPHAVILLE Já conhecida em Barueri, Pet Shop My Pet Boutique abre as portas no bairro no segundo semestre

A My Pet Boutique é especializada em estética de cães e gatos e oferece banhos terapêuticos e acessórios

Q

animais na hora do banho. “Na nossa boutique oferecemos um ambiente acolhedor, um bom café para os clientes enquanto aguardam os pets e muita troca de experiências sobre nossos fi lhos de quatro patas”, explica Renata Saturnino, proprietária do local. → My Pet Boutique Al. Ômega, 297, 18 do Forte Empresarial (Breve) R. da Prata, 816, lj 3 (11) 4198-0857 mypetboutique.com.br 50

V E R O

-

J U L .

2 0 18

DIVULGAÇÃO

uem tem um pet em casa vai concordar: quanto mais serviços voltados para os bichinhos, melhor, certo? Em setembro a My Pet Boutique, que está há quatro anos em Barueri, abre as portas no 18 do Forte Empresarial, em Alphaville. Especializada em estética canina e felina, a empresa oferece banhos terapêuticos e diferentes acessórios para os animais. A nova unidade também vai contar com spa e serviços de Day Care para os peludinhos. A equipe utiliza técnicas desenvolvidas pela própria casa, com o objetivo de causar o menor estresse possível nos


↘PUBLIEDITORIAL

ROTEIRO PETS

pets

TERAPIA MILENAR PARA Pet Buddha oferece acupuntura e ozonioterapia para cães e gatos A acupuntura é uma terapia milenar que estimula pontos específicos do corpo por meio de finas agulhas. O que muita gente não sabe é que ela pode ser aplicada nos animais para a cura de dores e, consequentemente, melhora da qualidade de vida. A Pet Buddha oferece esse serviço no bairro com atendimento personalizado para gatos e cães. Outro procedimento oferecido é a ozonioterapia, que usa o gás ozônio como agente terapêutico no tratamento de doenças como artrite e infecções de pele. O atendimento só é feito com hora marcada.

Pet Buddha Calç. Flor de Lótus, 123, Centro Comercial Alphaville (11) 99739-2018

HORA DO

banho!

Há dez anos em Alphaville, a Alpha Star Pet Shop tem serviços voltados para a estética animal Você sabia que os serviços de estética para cães e gatos, quando realizados regularmente e de forma correta, podem prevenir problemas de saúde? Esses cuidados evitam queda excessiva de pelos, infecções de ouvido, mau hálito, entre outros. É aí que entra o trabalho da Alpha Star Pet Shop. Há dez anos em Alphaville, a casa oferece serviços como banho e tosa, hidratação e penteados. Tem ainda uma variedade de acessórios, rações e medicamentos. “Realizamos atendimento personalizado, visando sempre o bem-estar deles”, explica Patrícia Beck, proprietária do espaço.

Alpha Star Pet Shop R. Gêmeos, 12, Centro Comercial Alpha Conde (11) 4195-2011 / 4195-6284 facebook.com/PetShopAlphaStar 51 V E R O

-

J U L .

2 0 18


CONCURSO

multicolorida ALPHAVILLE VAI FICAR

Em setembro, mês de aniversário do bairro, nosso cartão-postal vai ganhar cores novamente; a seleção dos artistas que vão pintar as letras começa agora. Veja como participar! texto: Beatriz Bononi foto: Zé Gabriel

“Q

uando o letreiro de Alphaville será colorido novamente?" Essa é uma das perguntas que mais recebemos pelos nossos canais de comunicação. Temos a resposta: em setembro! A pintura é uma das ações que a VERO está preparando em comemoração aos 45 anos do bairro. Assim como nas outras edições, vamos contar com a ajuda de dez artistas para colorir o cartão-postal do bairro – cinco deles serão escolhidos por uma votação popular. Com apoio da Associação Residencial e Empresarial Alphaville (AREA), responsável pela segurança e manutenção da região central do bairro, a pintura ficará exposta por 90 dias. Após esse período, o letreiro volta a sua cor original.

Quer participar? → Qualquer artista pode se inscrever; → É só enviar três exemplos de trabalho e um esboço do que gostaria de fazer no letreiro, com nome, endereço e telefone, para o e-mail janine@vero.com.br, até o dia 31 de julho; → Os artistas escolhidos serão divulgados no dia 25 de agosto, nos canais digitais da VERO; Mais informações e o regulamento completo em vero.com.br.

52 V E R O

-

J U L .

2 0 18


CRECI 171382

LIFE IS BETTER IN A NEW HOME .

Imóveis em Alphaville, para você viver, investir ou se divertir. Atendimento de altíssimo padrão na compra e venda de imóveis em:

Miami | Orlando | Rio de Janeiro | São Paulo | Alphaville

www.castanomartorani.com

/castanomartorani

/cm.realestate


GENTE

Cliques do mês

2 1 Evento de premiação do Clube Alpha Decor (CAD), em São Paulo 1. Maria Alice e Augusto Galiano 2. Gisely Oliveira e Lurdinha Capobianco 3. Carolina Lui

Inauguração da loja de moda praia e fitness Fitkini, em Aldeia da Serra 6. Anderson Lopes e Roberta Galhardo 7. Roque Petrela e Maria Carolina Burgos 8. Carla Grotti e Sandra Aguiar

4 3

5

6

7

8

54 V E R O

-

J U L .

2 0 18

VIÉS FOTOGRAFIA E DIVULGAÇÃO

Bazar beneficente na Florense Alphaville 4. Cris Pacca, Lia Carbonari e Cristina Maczka 5. Regina Dottori


gastronomia congelada de verdade

FIQUE FORA DA COZINHA

DEIXE QUE A DOM SABOR CUIDA PARA VOCÊ

PACOTÃO DA ECONOMIA

KIT FÉRIAS  20 PRATOS PARA 2 PESSOAS

R$

68990

FILE MIGNON A PARMEGIANA - FEIJÃO BRANCO COM CALABRESA - LAGARTO AO MOLHO MADEIRA - ESCONDIDINHO DE BACALHAU - MAMINHA CO MOSTARDA ISCAS DE CARNE ACEBOLADA - FILE DE FRANGO OM GORGONZOLA - ESTROGONOFE DE FRANGO - FILE DE FRANGO GRELHADO - FILE DE FRANGO A FIORENTINA - LASANHA A BOLONHESA - COUVE FLOR AO MOLHO BRANCO - ROM DELE DE PRESUNTO E QUEIJO - TORTA DE PALMITO - CANELONE DE RICOTA - QUICHÉ DE ALHO PORO - BOBO DE CAMARÃO - KIBE DE FORNO - CAÇÃO AO MOLHO AS EMBALAGENS VÃO DO FREEZER PARA O MICROONDAS E DURAM SEIS MESES!

Entrega em Barueri, Santana de Parnaíba e Cotia. Trabalhamos com Jantares de Aniversário e Almoços de batizado em domicílio. Consulte-nos!

DELIVERY

11 4779-9281

|

96542-0649

www.domsaborcongelados.com.br


OUTDOOR LIVING

AV. DOS PINHEIROS, Nยบ80. ALDEIA DA SERRA | SP


CNH

OU

SUSPENSA

?

CASSADA

PSICANALISTA Dra. Mariana Minerbo CRP 06/16542

Mais de 20 anos atendendo em Alphaville

Mestre e Doutora em Psicologia Clínica pela USP, Especialização pelo Inst. Sedes Sapientiae • Infantil, Adolescente e Adulto • Terapia de casal • Orientação Vocacional • Supervisão para Profissionais de Psicologia

TEL: 4195.1888

Calç. das Papoulas, 61 - C. C. Alphaville www.METAASSESSORIADETRANSITO.com.br

A VERO é feita para você! Ainda não assinou? Faça seu cadastro gratuitamente e receba em casa todos os meses!!! www.vero.com.br/cadastro


C L Á S S I C O S A L P H AV I L L E

Todos os meses, você confere aqui um clássico do bairro! Quer sugerir um? reportagem@ vero.com.br

fotógrafo ARTINE, O SEU

Em Alphaville há 39 anos, ele já registrou cerca de cinco mil casamentos na região texto: Gabriella Butieri ilustração: Zé Otávio

Artine Yaroussalian

U

ma câmera Hasselblad era o sonho de qualquer profissional nos anos 70. E foi ela a principal conquista do fotógrafo de Alphaville Artine Yaroussalian quando começou a carreira, aos 24 anos. Pode parecer estranho, mas, além dela, uma maleta cheia de bugigangas, como linha, agulha e lenço de papel, era sua companheira fiel em um dia de trabalho – e você já vai entender o porquê. Artine, que hoje tem 70 anos, veio para o bairro pela primeira vez em 1979 para fotografar um casamento, mas logo foi convidado pelo padre para clicar todos os eventos que aconteciam na Igreja da Gruta, na Praça Oiapoque. “Além de fotógrafo, eu tinha que organizar cada detalhe, os clientes não precisavam contratar

assessoria. Então, eu resolvia até os imprevistos: já costurei vestido de noiva, consertei salto de madrinha, socorri o noivo desmaiado e outras situações inusitadas”, diverte-se o

“Mais do que clientes, fiz muitos amigos em Alphaville. Hoje posso dizer que criei raízes no bairro” oitavo morador do Residencial 4. Em quase 40 anos, foram mais de 15 milhões de cliques e cerca de 5.000 casamentos fotografados por aqui. “Mais do que clientes, fiz muitos amigos em Alphaville. Hoje posso 66 V E R O

-

J U L .

2 0 18

dizer que criei raízes no bairro”. Atualmente, Artine ainda fotografa, mas diminuiu a rotina dos eventos. Quem toca o negócio junto com ele é o Rafael, único dos sete filhos que seguiu os passos do pai. Ele ainda administra duas lojas no Centro Comercial, desde 1989: em uma fica seu estúdio e, na outra, revela fotos e vende cabos, fones e outros itens. “Sempre aparece alguém para jogar conversa fora ou pedir alguma informação”. A rotina por lá só muda mesmo quando recebe uma chamada especial. “Tem famílias que faço questão de fotografar, pois já trabalho há anos com eles. Os Borges, por exemplo, comecei com as bodas de prata dos patriarcas, depois vieram batizados, aniversários e, recentemente, fotografei o casamento da neta. Me sinto honrado”, conclui.


Smart Key. Abertura de portas e partida do motor sem auxílio da chave.

Central multimídia com Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

Ar-condicionado Dual Zone com comando traseiro.

Câmbio automático de 6 velocidades com 3 opções de modo de condução. Motor 2.4 L, 16 V, com 172 cv.

Te c n o l o g i a e c o n f o r t o muito além da imaginação. N O V O 2019

COM 7 LUGARES R$

166.990 ,00 À VISTA CÓD. S.152.89

TAXA 0,49

%

a.m. propaganda ilimitada

50% de entrada e saldo em 18x.

FINANCIAMENTOS

Seja gentil. Seja o trânsito seguro. KIA Sorento EX código S.152.89, ano/modelo 18/19, preço público sugerido de R$ 166.990,00 à vista ou com entrada mínima de 50% e valor financiado de R$ 86.508,38. Prazo de financiamento de 18 meses. Simulação: taxa de 0,49% a.m. e 6,04% a.a., IOF de R$ 2.159,26 incluso na parcela. Valor da parcela de R$ 5.032,80. Custo Efetivo Total - CET de 0,87% a.m. e 10,96% a.a. Tarifa de cadastro de R$ 699,00 e registro de contrato (para o Estado de São Paulo) de R$ 155,12, demais estados, consultar valor cobrado pelo DETRAN local. Os valores estão incluídos na parcela, primeira parcela em 30 dias. Financiamento na modalidade CDC firmado com o Santander Financiamentos (Aymoré Crédito, Financiamento e Investimento S.A.). Estoque de 10 unidades para o KIA Sorento EX código S.152.89, ano/modelo 18/19. Condições válidas para todos os estados, exceto Amazonas, até 30/6/2018 ou até o término do estoque, o que ocorrer primeiro. Frete incluso. Valores da pintura metálica de R$ 1.500,00 e da pintura perolizada de R$ 2.200,00 não inclusos no preço público sugerido.


LUMINÁRIA Ø115 x 80 cm

DE: R$ 15.776,00

POR: R$ 7.888,00

OU 1+4 R$ 1.577,60

LUMINÁRIA Ø115 x 125 cm

DE: R$ 17.812,00

POR: R$ 8.906,00

OU 1+4 R$ 1.781,20

ALAMEDA

A R A G U A I A, 3 8 0

1 1

4552 5532

Revista VERO | JUL/2018  

ALPHAVILLE | LOCAL | EDITORIAL | LEITOR FOTÓGRAFO | VERO RESPONDE | ORÁCULO | NETFLIX |MARCIO RACHKORSKY | RICARDO AMORIM | BOB WOLHEIM | MA...

Revista VERO | JUL/2018  

ALPHAVILLE | LOCAL | EDITORIAL | LEITOR FOTÓGRAFO | VERO RESPONDE | ORÁCULO | NETFLIX |MARCIO RACHKORSKY | RICARDO AMORIM | BOB WOLHEIM | MA...

Advertisement