Page 1

Ano I - Número IX - Mairiporã, quinta-feira, 23 de abril de 2015

A SUA VOZ NA TRIBUNA

BOLETIM INFORMATIVO VEREADOR ESSIO MINOZZI JUNIOR - PARTIDO DA REPÚBLICA

Essio solicita relatório das despesas extra-orçamentário da Prefeitura

O Balancete de Receitas e Despesas enviado pela prefeitura refente ao mês de fevereiro, indica que foram gastos R$ 13.167.407,27 no período, sendo que R$ 2.566.378,40 com despesas relativas ao extra-orçamentário. PÁGINA 2

editorial

Realidade consentida Nesta semana o vereador Essio fala sobre os desafios a serem enfrentados pelo novo PME - Plano Municipal de Educação. Dobrar o atendimento de creches, alfabetizar todas as crianças até o final do 3º ano do ensino fundamental e melhorar a qualidade da educação municipal são alguns desses desafios. PÁGINA 2

Indicação cobra manutenção dos bueiros na rua Fernão Lopes PÁGINA 4

Estrada da Mantiqueira necessita de manutenção PÁGINA 4

Vereador Essio solicita retirada de entulho na Estrada da Canjica PÁGINA 3


Mairiporã, quinta-feira, 23 de abril de 2015 EDITORIAL

Realidade consentida Os indicadores da educação de Mairiporã disponibilizados pelo MEC apontam o tamanho dos desafios a serem enfrentados pelo novo PME - Plano Municipal de Educação. Dobrar o atendimento de creches para crianças de 0 a 3 anos na rede municipal. Há uma demanda reprimida equivalente as vagas atendidas. Em 2014 estavam matriculadas 828 crianças. A obra da creche do Jd. Pereira em Terra Preta, iniciada em 2012 e concluída no inicio desse ano, para funcionar aguarda a compra dos mobiliários e a contratação dos servidores. Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental. Em 2010 o IBGE indicou que 94,6% das crianças do 3º ano estavam alfabetizadas. A Avaliação Nacional de Alfabetização do MEC indica o desempenho dos alunos no 3º ano. Essa referencia deve ser levada em conta. Entretanto, sabe-se que as crianças dos 5º anos da rede municipal ainda apresentam dificuldades em ler, escrever e deficiência em matemática básica. Melhorar a qualidade da educação municipal nos anos iniciais do ensino fundamental [1º ao 5º ano] merece muita atenção. Mensurada pelo Ideb do MEC seus resultados demonstram que as metas de desempenho não são atingidas desde 2009. Naquele ano chegou-se a 5,4 retrocedendo no último Ideb/2013 para 5,3. O desafio nesse ano será atingir a meta de 6,1. Aumentar o número de alunos com permanência por sete horas na escola. Essa permanência já está em 62,1% das escolas públicas, porém apenas

5,9% dos alunos são atendidos. São 1.070 alunos do total de 18.139 matriculados no ensino básico. Se a única escola estadual de Tempo Integral atende 100% de seus alunos pode se deduzir que a rede municipal, com várias escolas com permanência de sete horas através do programa Mais Educação do MEC, atende pequena parte de seus alunos nessas escolas. Estratégia para o PME: priorizar o aumento desse atendimento. Reverter à baixa oferta de vagas na Educação de Jovens e Adultos – EJA nos primeiros anos do ensino fundamental. Em 2014 a rede municipal tinha matriculado 81 alunos. Onze anos atrás, em 2003, eram 345 alunos. Esse decréscimo de atendimento está na contra mão do crescimento populacional do município no período. Segundo o IBGE a população vem aumentando 3,5 % ao ano, em média. Por conseqüência, o MEC indica 20,8% da população de 15 anos ou mais de idade dentro da taxa de analfabetismo funcional. Que a escolaridade média da população de 18 a 29 anos é de 9,6% anos diante de 10,7% no estado de São Paulo. Nessa faixa etária entre os mais pobres o indicador municipal é ainda pior: 7,8%. Essa realidade educacional não se dá por acaso. Por obvio, a tolerância com a ineficiência das ações educacionais no município constatadas pelos indicadores revela o menosprezo dos governantes ao planejamento educacional, o seu baixo comprometimento com a educação de boa qualidade e sua omissão frente aos resultados educacionais alcançados. Todos esses números retratam uma realidade consentida.

2

Demonstrativo extra-orçamentário O vereador Essio Minozzi solicitou ao Prefeito Municipal através de requerimento demonstrativo de pagamentos do extra-orçamentário da prefeitura referente ao mês de fevereiro deste ano. Segundo justificou o parlamentar, a prefeitura enviou o demonstrativo de pagamentos relativo ao mês de fevereiro apenas dos pagamentos do orçamentário no total de R$ 10.601.028,87. O Balancete de Receitas e Despe-

sas enviado pela prefeitura indica que foram gastos R$ 13.167.407,27 no período, sendo que R$ 2.566.378,40 com despesas relativas ao extra-orçamentário pagas em fevereiro. “Precisamos ter acesso ao demonstrativo dos pagamentos do extra-orçamentário realizado no mês de fevereiro para que possamos fazer um acompanhamento mais efetivo dos gastos da Administração Municipal”, disse.

O jornal Expressão é uma publicação do mandato do Vereador Essio Minozzi Junior (PR - Partido da República) com o objetivo de divulgar o trabalho legislativo em pról da comunidade mairiporanense. Jornalista Responsável: José Luis Gonçalves de Moraes - MTB: 33.836 Comentários e Sugestões: vereadoressio@gmail.com www.professoressiominozzi.com.br


3

Mairiporã, quinta-feira, 23 de abril de 2015

Essio pede remoção de objetos no bairro Parque do Moinho O vereador Essio solicitou ao prefeito municipal, a remoção de objetos na esquina da rua Luis Filipini com a Pedro Filipini no Parque do Moinho. Segundo justificou o vereador, o lixo depositado no local é forte potencial para procriação do mosquito Aedes Aegypti.

Vereador Essio solicita retirada de entulho na Estrada da Canjica O vereador Essio Minozzi apresentou indicação na última sessão legislativa, em que cobra a retirada do entulho descartado na Estrada Vitor Odorico Bueno, conhecida como Estrada da Canjica, que dá acesso a escola João Puga Dias.

O parlamentar explicou que os pais de alunos reclamam que a via encontra-se obstruída o que dificulta a passagem dos alunos e veículos que utilizam a estrada. “É necessário que esse entulho seja retirado uma vez que está atrapalhando o trânsito local”, disse.


Mairiporã, quinta-feira, 23 de abril de 2015

4

Estrada da Mantiqueira necessita de manutenção O vereador Essio Minozzi Junior apresentou indicação na última sessão legislativa, em que solicita ao Poder Executivo capina e roçada em todo o trajeto da Estrada Municipal da Mantiqueira sentido Residencial da Cantareira. Essio justificou que a indicação foi providenciada após as reclamações dos moradores da região. “A munícipe Flavia Kaiat reclama que a vegetação está alta o que dificulta o trânsito de veículos e pedestres que utilizam diariamente a via. Essa manutenção vai proporcionar melhorias aos moradores”, afirmou.

Indicação cobra manutenção dos bueiros na Rua Fernão Lopes O vereador Essio solicitou por meio de indicação reforma e manutenção dos bueiros na Rua Fernão Lopes. Segundo justificou o vereador os bueiros estão quebrados sem proteção de grade, o que traz risco de acidentes aos alunos das escolas Jose da Silveira e Mufarrege Salomão Chamma.

Jornal Expressão - edição nº 9  

Boletim informativo vereador Essio Minozzi Junior

Advertisement