Page 1

Recife, 12 de setembro de 2010

Caros amigos e irmãos em Cristo,

Para os que não nos conhecem, somos um casal cristão e vivemos no Nordeste do Brasil, em Recife. Débora é funcionária de um banco, além de possuir formação no ensino de língua francesa, e Carlinhos é microempresário. Congregamos na Igreja Metodista Central do Recife, onde temos servido ao Senhor com nossos dons e ministérios, Carlinhos com a música e discipulado de jovens e Débora como voluntária no departamento infantil e também como discipuladora de mulheres. Também somos acompanhados por líderes que nos discipulam, pessoas idôneas e comprometidas com Jesus, a quem prestamos conta de nossa conduta e vida cristã, frutos e testemunho. Como casal, temos um chamado especial para a hospitalidade e amamos receber pessoas em nosso lar, ministério que já está sendo abraçado também por nossos filhos, Gabriel, de dez anos, e José Carlos, de seis, que se mostram alegres por viver em uma casa onde “sempre cabe mais um”. Outra paixão que temos em comum é a misericórdia que Deus tem posto em nossos corações por vidas, especialmente pessoas que ainda não ouviram sobre Cristo. Por isso, gostaríamos de compartilhar algumas experiências importantes que temos vivido. Em julho de 2009, tivemos a oportunidade de participar de um curso ministrado por uma equipe composta por membros da The Mission Society e do Imform – Instituto Metodista de Formação Missionária, organizações cristãs e sem fins lucrativos que atuam em parceria e se propõem a enviar pessoas a missões nos mais variados lugares do mundo. Nesse curso, pudemos aprender coisas valiosas, como o respeito às diferentes culturas, participação ativa na sociedade que nos acolhe, amor incondicional pelas pessoas. Essas são idéias revolucionárias que nos fizeram descobrir que a essência do cristianismo é, na verdade, muito mais simples do que pensávamos. Ainda durante o curso, nos sentimos desafiados a abraçar um ministério como missionários em tempo integral – nós e nossa família. Ao voltar para nossa cidade, começamos a orar a Deus pedindo orientação e direcionamento quanto à ida para um campo missionário onde pudéssemos sentir o impacto de um ministério transcultural. Essa não é uma decisão simples e envolve uma preparação geralmente longa, pois depende de preparação profissional, treinamento, levantamento de recursos e, principalmente, confirmação da parte do Senhor. Decidimos nos disponibilizar para uma missão de curto prazo, pois assim poderíamos nos ausentar de nossas atividades profissionais durante nosso mês de férias. Em março de 2010 recebemos um convite para ir como missionários do Imform ao Senegal, África, conhecer missionários que vivem lá e nos relacionarmos com a comunidade local. Aceitamos o convite com prazer, por entendermos que esse aprendizado nos será útil, tanto para o desenvolvimento de nossos ministérios locais, como para


sentirmos se esse é o campo para onde Deus deseja nos enviar futuramente – e, se for da vontade dEle, para nos dedicarmos em tempo integral. No momento, nosso maior desafio é o levantamento de recursos financeiros para a viagem, basicamente alimentação, transporte e alojamento. Quando aceitamos o convite, optamos por utilizar uma reserva pessoal que mantínhamos para eventuais necessidades da família. Utilizamos a reserva para adquirir nossas passagens, mas ainda não dispomos do suficiente para cobrir os demais custos. No entanto, acreditamos que o mover dos nossos corações vem do coração de Deus, e queremos ser usados como instrumentos de fé, disponibilidade e amor. Mesmo em meio às dificuldades, sabemos por experiência própria que Deus nos ama e cuida de nós. Ele diz em sua palavra: “Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, mantenhamse firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil.” I Coríntios 15: 57, 58 Pedimos que cada um de vocês adote o propósito de orar por nós, porque ainda há muito a fazer e tudo ainda é muito novo para nós. Apesar disso, sabemos que essa obra não é nossa, mas de Deus, e Ele irá nos guiar e suprir todas as nossas necessidades, como fez no passado e faz até hoje. A Ele, e só a Ele, a glória, a honra e o poder pelos séculos dos séculos.

No amor de Cristo,

José Carlos e Débora Pessoa de Melo

Período da viagem: 30/12/2010 a 18/01/2011 Contato: missaosenegal@gmail.com Contribuições: Banco do Brasil DÉBORA PRISCILA T P DE MELO Ag: 3108-9 Cc: 1000-6


Nossa Historia  

Leiam a carta

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you