Page 1

GUARDA-MOR - PÁGINA 4

PRESIDENTE OLEGÁRIO - PÁGINA 11

Lobo guará é encontrado na cidade de Guarda-Mor

Ex-prefeito Palito tem contas aprovadas pela Câmara Municipal

Centro Municipal de Educação Infantil é inaugurado em Vazante Com um público estimado em cerca de mil pessoas, a Escola Municipal de Educação Infantil “Henrique Pereira Caixeta” foi inaugurada no dia 2 de março em clima de muita alegria e grande emoção. O evento foi marcado pelos agradecimentos do

casal Líbio José e Maria Lúcia Caixeta Pereira, avós da criança cujo nome denominou a nova escola. O público presente à inauguração reviveu a trajetória do garoto através de um vídeo apresentado na abertura da solenidade. Filho de Wellington e Laila

Cristina, o menino Henrique nasceu no dia 17 de abril de 2005 e faleceu em 8 de maio de 2007, após uma luta intensa contra o câncer, fato que entristeceu e comoveu a sociedade vazantina. PÁGINA 6

Propaganda em veículos fora do horário irrita moradores PÁGINA 7

Patos de Minas ganha padre coromandelense PÁGINA 10

FABRICIO JUNIOR

Escola atenderá cerca de 200 crianças carentes de Vazante

Prefeitura entrega materiais do sistema OPET A prefeitura de Vazante entregou no último dia 9 de março os materiais escolares adotodos na rede municipal de ensino. Os livros são do sistema particular OPET. PÁGINA 9

Prefeitura de Lagamar é multada por jogar esgoto em córregos, diz PMA PÁGINA 5

GABRIEL ROSA


Desabafo de um cidadão indignado com a falta de respeito ao descanso Edgar Nunes edgardns@ metalurgicosvazante.com.br

Em dezembro próximo passado, foi inaugurada contígua à minha casa uma bela praça equipada com aparelhos similares aos de uma academia para realização de atividades físicas, diga-se de passagem, uma obra pública digna de elogios que, visa propiciar a uma boa parcela da população o bem comum. Costumo dizer que a praça tornou-se ponto turístico de Vazante, dado ao grande número pessoas de todos os bairros da cidade que passaram a frequentá-la. Juntamente com as benesses da obra vieram também algumas mazelas. A principal delas é a perturbação do sossego após às 22 horas. Fato é que, grupos de jovens passaram a frequentar o local altas horas da madrugada promovendo ali algazarra regada a uma boa quantidade de bebi-

das alcoólicas e não muito raro percebe-se a presença de menores integrando ao grupo. Não satisfeitos com a perturbação do sossego da vizinhança provocada pelo falatório do grupo que muitas vezes é recheado de xingamentos e palavras de baixo calão, alguns ainda praticam atos de vandalismo dilapidando alguns aparelhos ali instalados, causando prejuízos ao patrimônio municipal, pois os mesmos são reparados e recolocados no local às expensas do erário público. Lamentável é a atitude da nossa polícia que, solicitada pela vizinhança para coibir a baderna, lá não comparece. É bem verdade que a Constituição Federal em seu art. 5º, inciso XV garante a todos o direito de ir e vir ou permanecer, porém há normas sociais que devem ser seguidas por todos e uma delas é o respeito ao descanso alheio em horá-

rio noturno. Os vizinhos adjacentes precisam, logo pela manhã, estar descansados para o labor diário o que ultimamente é quase que impossível pela má utilização da praça em horário noturno e pela omissão da autoridade competente em fiscalizar e coibir os excessos. Este é o desabafo de um cidadão de bem, cumpridor de seus deveres e que vem sendo prejudicado em seu sagrado direito de descanso. Só o fiz porque há dias fui obrigado a tolerar pessoas desocupadas perturbando meu sono até às 03h40 da manhã. Os textos aqui publicados, na coluna opinião e/ou artigo e colunas, são de inteira responsabiliade de seus idealizadores. Quaisquer pedidos de resposta devem ser encaminhados ao e-mail do responsável, que sempre está junto com o nome do autor e enviar uma cópia para jornalismo @folharegional.net.br.

Livian de Deus Vieira Gomes; filha de Helber de Deus Vieira e Maria Aparecida Gomes, irmã de Lincon de Deus Vieira Gomes, comemorou o quinto aniversário com os colegas de classe na escola SEV

Grupo tradição e prefeita de Coromandel, Dione Peres


3

“Vazante é uma cidade rica, mas temos que passar essa riqueza para população”, diz Professor Reginaldo ARQUIVO PESSOAL

Três vezes candidato a vereador, presidente da Associação Vazantina de Ecologia, professor de idiomas e, talvez, o principal opositor ao atual governo do município de Vazante. Este é o currículo de Reginaldo Alves Ferreira. Professor Reginaldo (PR), como é chamado, concedeu uma entrevista de quase duas horas ao FOLHA REGIONAL (FR) na qual fez avaliações ao governo legislativo e executivo de Vazante. Ele ainda aproveitou para comentar a viagem que fez a Brasília, onde, segundo ele, ficou em greve de fome por algumas horas. FR: Qual a sua avaliação do governo do prefeito de Vazante Orlando Fialho? PR: É um governo que tem perdido grandes oportunidades de desenvolver Vazante. Até porque hoje a arrecadação do município é alta em relação as administrações anteriores, além do apoio do deputado federal Antonio Andrade (PMDB) com verbas que ele trás para o município. Com tudo isso, o governo ainda precisa direcionar mais as ações a uma parcela maior da população. É preciso investir mais na saúde, na educação, que são as bases de desenvolvimento de qualquer sociedade. FR: Qual a sua avaliação do

Professor Reginaldo em protesto em Brasília

trabalho dos vereadores de Vazante? PR: Quando se fala em Câmara de vereadores imaginamos um órgão que vai fiscalizar os atos de executivo. Olhando por este lado posso dizer que não temos uma Câmara e sim pessoas que ocupam cargos de vereadores em Vazante. Temos alguns vereadores que tentam mudar este conceito, mas ainda sem sucesso. A nossa Câmara serve apenas para articulações políticas. FR: Como seria o vereador ideal? PR: O vereador exerce a função de representar a vontade do povo, fiscalizar os gastos públicos, cobrar transparência e controlar os atos de executivo.

FR: Na sua visão Vazante tem esse vereador, como o senhor descreveu? PR: Não. Infelizmente não temos. Temos hoje vereadores que tentam apresentar esse trabalho, mas ainda está longe do ideal. FR: O senhor será candidato este ano? PR: Já fui candidato três vezes a vereador de Vazante, mas não fui eleito. E se for novamente candidato este ano, sei que não serei eleito pelo fato de ter uma postura política que cobra a ética, os valores e a moralidade com o dinheiro público. E essa postura dificulta qualquer político nesse país. FR: Qual sua opinião sobre a taxa de esgoto cobrada pela Copasa em Vazante?

Resumo da recomendação eleitoral Nº 02/2012 da Promotoria de Justiça Eleitoral da 295ª Zona Eleitoral (Vazante/MG) 1) Nos três meses que antecederem as eleições, na realização de inaugurações é vedada a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos. 2) No ano em que se realizar eleição, fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior, casos em que o Ministério Público poderá promover o acompanhamento de sua execução financeira e administrativa. 3) É proibido ao agente público fazer revisão geral da remuneração dos servidores públicos que exceda a recomposição da perda de seu poder aquisitivo ao longo do ano da eleição a partir de 10/04/2012 até o dia da posse dos eleitos. 4) É proibido ao agente público nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, servidores, ou ainda, modificar vantagens, demitir sem justa causa nos três meses que antecedem as eleições até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade do ato, SALVO nomeação de aprovado em concurso público (não processo seletivo) devidamente homologado até os três meses anteriores às eleições.

PR: Taxa de esgoto é um problema sério. É inexplicável o que acontece em Vazante quanto ao tratamento de esgoto. Vazante paga uma taxa de esgoto altíssima por um serviço que nós não recebemos. De cara fere o código do consumidor. Outro fato que nos faz levantar críticas é que nós pagamos hoje a taxa de água mais cara do país. O que coloca a conta de água cara, não é só os 90% ou 75% de taxa de

esgoto, mas sim o alto valor pago pela taxa de água. Acredito que há interesses políticos nesse contrato, pois até hoje a população de Vazante não ganhou nada com isso, apenas prejuízo e um serviço mal feito por parte da empresa contratada. Até poderíamos rever este contrato com a Copasa, mas para isso, deve haver vontade política. Em 2009, foi votado e aprovado na Câmara uma lei que dá direito ao prefeito de criar um decreto para pegar de volta a água e esgoto por conta da prefeitura. Até hoje isso não foi feito e nós somos prejudicados. Uma das alegações deve ser o valor rescisório, mas já pagamos cerca de quatro anos de taxa por um serviço que ainda não foi feito, ou seja, uma coisa compensaria outra. FR: Por qual motivo o senhor fez greve de fome em Brasília? PR: A minha luta pela transparência é constante. Tenho denunciado irregularidades no Ministério Público, na

tribuna do povo da Câmara Municipal, inquéritos foram abertos, mas sem conclusão ainda. Então diante disso tomei iniciativa de procurar um órgão maior em Brasília, que foi a Polícia Federal (PF). Como sei que tudo no país trabalha sobre pressão, resolvi fazer uma greve de fome em Brasília. A minha intenção foi apenas chamar a atenção dos órgãos federais para o nosso município. Preparei um dossiê, com todas as provas necessárias, de todas as irregularidades que já observei em Vazante, levei e fui atendido pelo delegado da Polícia Federal, que me disse que diante das provas não haveria mais necessidade de greve de fome e que haverá investigações. FR: Quais são os pontos positivos da atual administração? PR: Nós temos vários. A cidade é limpa, bonita, tem estrutura física para receber qualquer delegação esportiva do país. Vazante é uma cidade rica, mas temos que passar essa riqueza para população.

“Nosso amigo Jerominho” Quero mostrar meu currículo a todos vazantinos. Comecei como lavrador, fui carvoeiro, caminhoneiro e comerciante. Hoje sou um pequeno empresário. Não tenho nenhum curso superior, mas Deus me deu muita coragem e sabedoria. Já realizei todos os meus sonhos. Agora meu próximo senho é ser prefeito de Vazante e ajudar o povo vazantinho. Um abraço do Nosso Amigo Jerominho!


Antônio Andrade recebe Título de Cidadão Honorário de Guarda-Mor ASCOM

Antônio Andrade recebendo o título

Uma programação especial reuniu a população de Guarda-Mor para comemorar os 49 anos de emancipação do município, no dia 1º de março. Foram inauguradas oito obras e entregues 24 máquinas e equipamentos, adquiridos com apoio do deputado federal, presidente da Executiva Estadual do PMDB, Antônio Andrade. Durante as comemorações, o deputado recebeu o Título de Cidadão Honorário de Guarda Mor.

Durante seu discurso, Antônio Andrade disse que o momento era de muita alegria e esperado com muita ansiedade por ele: “Para mim, esta é uma noite muito especial. Quero agradecer o povo de Guarda-Mor, em especial ao vereador Afonso Ilídeo e a todos os vereadores que aprovaram o projeto de lei que outorgou o Título. Esta grande homenagem aumenta ainda mais o meu compromisso com o município”.

TABELA DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL DE CAMPO – GUARDA-MOR 2012 GRUPO “A”: GUARDA-MOR SUB.17 BURITI MAEDA GRUPO “B”: CERRADO SÃO JORGE CORDA GUARDAMORZINHO

JOGOS: Dia 11/03 – 14hs: GuardaMor x Sub. 17 16hs: Cerrado x Corda Dia 18/03 – 14hs: Buriti x Maeda 16hs: São Jorge x Guardamorzinho Dia 25/03 – 14hs: Maeda x Guarda-Mor

16hs: Guardamorzinho x Cerrado

16hs: Guardamorzinho x Corda

Dia 01/04 – 14hs: Sub. 17 x Buriti 16hs: Corda x São Jorge

Dia 13/05 – 14hs: 1° do Grupo “A” x 2° do Grupo “B” 16hs: 1° do grupo “B” x 2° do Grupo “A”

Dia 15/04 – 14hs: GuardaMor x Buriti 16hs: Cerrado x São Jorge 22/04 –14hMaeda x Sub. 17

Lobo guará é encontrado em Guarda-Mor Um lobo guará, com cerca de oito meses de vida, foi encontrado em GuardaMor, no primeiro fim de semana deste mês de março. O animal foi capturado e levado para uma clínica veterinária de Vazante pela Polícia Militar Ambiental. De acordo com a médica veterinária que fez o atendimento, Dra. Ana Elisa, o lobo guará estava desnutrido e apresentava vários machucasos. Segundo ela, o animal ficará cerca de 30 dias em observação. Este é o segundo lobo guará encontrado na região este mês. O primeiro estava em uma fazenda no município de Vazante e já foi solto

pela PM Ambiental. O lobo-guará é o maior canídeo nativo da América do Sul. A sua distribuição geográfica estende-se pelo sul do Brasil, Paraguai, Peru e Bolívia a leste dos Andes. Ele está extinto no Uruguai e é considerado uma espécie ameaçada. O Brasil abriga o maior número de animais; dos cerca de 25 mil indivíduos da espécie, aproximadamente 22 mil estão em território brasileiro. A espécie não está diretamente ligada a nenhum outro gênero de canídeos e aparentemente é uma relíquia da fauna da América do Sul. PM AMBIENTAL

Dia 27/05 – 1° jogo da final Dia 03/06 – 2° jogo da final Animal foi encontrado em Guarda-Mor


Lagamar comemora 49 anos de emancipação política FABRÍCIO JÚNIOR

A cidade de Lagamar comemorou no último dia três de março 49 anos de emancipação política. A administração municipal, como de costume, preparou uma grande festa desde o dia primeiro até quatro de março na Praça Magalhães Pinto, no centro da cidade. Lagamar foi emancipada no mesmo dia da cidade de Guarda-Mor (03/03/1963) em um projeto de emancipações políticas do governo do estado. Durante a festa deste ano as autoridades fizeram questão de destacar a forma que o município representa no cenário regional. “Lagamar é hoje uma cidade progressista, do desenvolvimento e do respeito ao lagamarense,” disse o prefeito Ari Batista Pereira. Com várias atrações para o público, o aniversário da cidade foi incrementado pelo prefeito Ari Batista Pereira a partir de 2005, transformando-se numa tradição do calendário festivo regional. Os prefeitos anteriores realizavam apenas uma cerimônia cívica no dia 3 de março, data do aniversário de Lagamar. A presença de políticos também já virou uma tradição. Este ano, a festa contou com as presenças do prefeito

de Carmo do Paranaíba, Hélder Boaventura, o prefeito de Tiros, Márcio Junqueira, a prefeita de Patos de Minas, Béia Savassi, e o deputado federal José Humberto, além de vereadores e outras lideranças políticas da região. O prefeito Ari Batista Pereira aproveitou as festividades dos 49 anos de Lagamar para entregar oficialmente dois Fiats Uno e uma pick-up Fiat Strada, no valor aproximado de 100 mil reais, além de um microônibus escolar, com um custo de R$130 mil, adquirido através do programa federal Caminho da Escola. A Empresa Brasileira de Correios e telégrafos (ECT) lançou um conjunto de selos comemorativos e alusivos ao município de Lagamar. “Os Correios sempre trabalha em parcerias com as prefeituras mostrando através do selo personalizado, eventos, conquistas e realizações das gestões. Em Lagamar não poderia ser diferente. Nós temos acompanhado o trabalho do prefeito Ari Batista, entregando obras de grande importância à comunidade, e oferecemos para ele a oportunidade de divulgar as conquistas através dos selos personalizados da ECT”, explicou Péricles Garcia, coordenador agência Correios.

Sargento Valdeci recebe homenagem da Polícia Militar FLÁVIO SILVA TRANSMUNDIALWEB.NET

Na manhã desta terça–feira (13), conforme determinação do Comandante Coronel Elias Perpétuo Saraiva da 10ª Região da Polícia Militar e do Comandante Major Azevedodo do 15º Batalhão da Polícia Militar, foi realizada, em Patos de Minas, a solenidade de homenagem aos policiais destaques no âmbito operacional e administrativo do ano 2011. O sargento Valdeci Alves da Silva, comandante do Des-

tacamento de Polícia de Lagamar foi um dos homenageados. Estiveram presentes várias autoridades regionais dentre elas a prefeita de Patos de Minas Maria Beatriz de Castro Alves Savassi, o Comandante Major Jarbas de Souza Silva, do 46º Batalhão de Polícia Militar e o Comandante Major Veríssimo 10ª Compahia Especializada de Meio Ambiente e Trânsito.

Prefeitura de Lagamar é multada Oziel Fernandes é o novo pastor da Igreja Presbiteriana Renovada de Lagamar por jogar esgoto em córregos Bacharel em Teologia Nesta sexta-feira (9), a Prefeitura de Lagamar, no Noroeste do estado, foi multada em R$ 10 mil por despejar esgoto sem tratamento no Córrego do Macaco e no Córrego do Carrapato, segundo informou a Polícia de Meio Ambiente de Patos

de Minas, no Alto Paranaíba. A Polícia de Meio Ambiente é conveniada ao Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) e tem o poder aplicar multas. Ainda de acordo com a polícia, a prefeitura está

com uma estação de tratamento pronta para funcionar, mas ainda faltam alguns documentos para a liberação. Outras cidades da região cometem o mesmo o crime e podem estar em investigação.

Notas de R$ 10 falsas são encontradas na Praça de Lagamar Quatro notas de R$ 10 falsas foram encontradas no início do mês em um banheiro público na Praça Magalhães Pinto, no Centro de Lagamar. Alguns dias antes outras notas de R$ 10 falsas foram encontradas na cidade. De acordo com o sol-

dado da Polícia Militar (PM), Thiago Tavares, um homem que fazia a limpeza do local encontrou o dinheiro visivelmente falsificado e acionou os policiais. Segundo o soldado, duas notas falsas, do mesmo valor, passaram em um

comércio e depois foram localizadas em um posto de combustíveis. Ainda não há pistas do autor, mas testemunhas relataram que viram um homem de estatura baixa, cor morena e cabelos crespos repassando as notas.

pelo Seminário Presbiteriano Renovado do Brasil, cursando Pós Graduação no Antigo Testamento, Oziel Fernandes é natural de Paracatu, residindo em Lagamar, assumiu a Igreja Presbiteriana Renovada em fevereiro deste ano. Antes dirigida pelo Pastor Marco Aurélio. Jovem, dinâmico, determinado e criativo, características bem definidas em seu perfil. Oziel pretende trabalhar o ser humano em sua totalidade, direcionando-o para o criador, que é Deus. Com foco em três segmentos, liderança, relacionamento e família, considerados por Ele extremamente importantes para o desenvolvi- novada situa-se a rua Patromento social de Lagamar. cínio 40 – Centro. Com a seA Igreja Presbiteriana Re- guinte programação: aos do-

mingos 9 horas, Escola Bíblica Dominical e Culto de Adoração as 19:30 horas.


6 Prefeito Orlando Fialho inaugura Escola Infantil GASPAR DE SOUZA / RADIOMUNDIALWEB.NET

Escola possui área de 1118m² e atenderá 200 alunos

Com um público estimado em cerca de mil pessoas, a Escola Municipal de Educação Infantil “Henrique Pereira Caixeta” foi inaugurada no dia 2 de março em clima de muita alegria e grande emoção. O evento foi marcado pelos agradecimentos do casal Líbio José e Maria Lúcia Caixeta Pereira, avós da criança cujo nome denominou a nova escola. O público presente à inauguração reviveu a trajetória do garoto através de um vídeo apresentado na abertura da solenidade. Filho de Wellington e Laila Cristina, o menino Henrique nasceu

no dia 17 de abril de 2005 e faleceu em 8 de maio de 2007, após uma luta intensa contra o câncer, fato que entristeceu e comoveu a sociedade vazantina. “A história deste pequeno anjo, com uma vida tão curta, fez famílias reavaliarem seus sentimentos de pais com filhos, de filhos com pais, de união familiar e amizades sólidas”, lembrou a avó da criança ao agradecer a homenagem ao neto. Além do prefeito Orlando Fialho, o vice-prefeito Gabriel Rosa, vereadores, secretários municipais, professoras e diretoras escolares, a inauguração da nova

escola também contou com as presenças do deputado federal Antônio Andrade (PMDB), deputado estadual Delvito Alves (PTB), o prefeito de Guarda-Mor Gilmar Ferreira, o prefeito

de São Gonçalo do Abaeté Fabiano Lucas, o ex-prefeito de Presidente Olegário Antônio Cláudio Godinho (Palito) e do ex-prefeito de Vazante, Jacques Soares Guimarães, em cuja administração a obra foi iniciada. Após a solenidade de inauguração, o público foi convidado a conhecer as instalações da escola, que ocupa uma área de 1.118 m², com dois berçários, duas salas de maternal, quatro salas de educação infantil, brinquedoteca, sala de informática, parque de recreação, anfiteatro, cozinha, copa, refeitório e complexo administrativo. Fruto de convênio com o programa federal Pró-Infância, o projeto custou R$ 1,3 milhão, sendo R$ 540 mil em recursos próprios do município. Com capacidade para 200 alunos de seis meses a cinco anos de idade, a nova escola vai priorizar o atendimento para crianças das famílias de baixa renda. “A escola estará a funcionando efetivamente a partir de abril. As matrículas estão sendo feitas gradualmente e por faixa etária, cumprindo critérios de carência social dos alunos”, informou a secretária municipal de Educação, Nair Maria Silveira.

Caros leitores este mês apresento a vocês esta obra que tem como tema principal a vaidade, ora necessária ora excessiva.

“A VAIDADE”. Dimensões da obra: 50 x 40cms. Dentro de sua bela cabeça observamos: nuvens (sonhos); chaves (segredos) espelho (gostar de si mesmo); jóias (riqueza) e batom (melhorar a aparência). A Obra faz referência ao perigo excessivo do ser humano transformar-se meramente em um armário, ou seja, um objeto decorativo e que acondiciona elementos que nem sempre acrescentam valores verdadeiramente importantes para nossa vida, enfocando apenas os aspectos materiais (o TER) e deixando de lado o espiritual (o SER). Esta obra foi adquirida numa exposição realizada na espanha e se encontra atualmente em Valência.


Trabalhadores cobram cumprimento dos horários de propaganda volante Domingo 07h30, você é acordado com um carro de som transitando na rua anunciando um almoço, desaparecimento de um cãozinho ou até mesmo divulgando uma promoção de um produto ou uma loja. Situação constrangedora para quem trabalha a semana toda e tem apenas o domingo para descansar. A Lei Municipal nº 1.102, de 05 de Outubro de 1999, aprovada pela Câmara Municipal de Vazante e sancionada pelo ex-prefeito Alcides Diniz, estabelece que todos os veículos destinados a anúncios ou propaganda sonora de produtos e serviços, deverão ser, obrigatoriamente, registrados na Secretaria Municipal de Fazenda. O horário permitido para os anúncios e/ou propagandas é de 08 às 18h de segunda a sábado com um volume máximo de 85 Decibeis. Mas, independente do objetivo, propagandas são realizadas extrapolando esse horário ou até mesmo aos domingos. Alguns moradores, principalmente trabalhadores que estão em horário de descanso, acreditam que há um descaso com a legislação municipal aliada a falta de fiscalização. “Os anúncios prejudicam as pessoas que trabalham de turno, atrapalham crianças pequenas a dormir, tiram a tranquilidade dos idosos e, de um modo geral, incomodam quando não são realizadas em horário comercial. É brincadeira isso, já teve dia que acordei num domingo antes das 8h anunciando uma promoção de uma loja. Instantes depois, ainda antes das 8h, outro carro anunciava o desaparecimento de um cachorro”, disse Isaías Rosa, servente de pedreiro, que de segunda a sábado acorda às 06h15 da manhã e segundo ele, gosta de dormir até mais tarde no domingo. Assim como Isaías, o administrador de empresas Leonardo Fernandes de Souza também questiona. “O horário permitido deveria ser apenas de segunda à sexta de 09 às 18h e aos sábados até as 13 h. Agora, no domingo, 07h30 da manhã, ou mesmo à noite durante a semana, tem carro que passa na porta de casa fazendo propaganda de diversos fins”, apontou. A lei atual deixa várias brechas e exceções, como por exemplo: os casos de urgência (notas de falecimento, campanhas de saúde, etc). Nesse modo os veículos de som podem utilizar o serviço até às 21h, mas, para isso, é necessário uma autorização específica da Secretaria Municipal da Fazenda. “A Lei foi feita para ser cumprida e em Vazante a lei não é cumprida, isso é constrangedor. Entendo que as pessoas que executam o serviço vivem disso,

mas deve haver respeito as demais pessoas”, sugeriu Márcia Corrêa, vendedora. A Prefeitura de Vazante foi procurada e através da assessoria de imprensa explicou que há falhas na fiscalização. A Câmara de Vazante, até o fechamento da edição ainda não havia se pronunciado.Apenas um dos responsáveis pelos veículos respondeu as nossas ligações, segundo ele, cumpre o horário pré-determinado e os comerciais fora do horário são os permitidos pela lei. LEI Nº 1.102, DE 05 DE OUTUBRO DE 1999.Dispõe sobre a utilização de sistema de som nas lojas ou veículos de publicidade no município. Art. 1º. A utilização de fontes sonoras e sistemas de som de qualquer tipo nas lojas, veículos e logradouros públicos, para fins de propaganda ou anúncio de venda de produtos no município, somente será permitido para os dias úteis na forma seguinte: I - de segunda a sábado das 8:00 as 18:00 horas; Parágrafo único. As lojas de discos, fitas, instrumentos sonoros e similares não poderão acionar esses equipamentos em volume que se faça audível fora do recinto do estabelecimento. Art. 2º. Todos os veículos destinados à anúncios ou propaganda sonora de produtos e serviços, deverão ser, obrigatoriamente, registrados na Secretaria Municipal de Fazenda, onde receberão um número de cadastro e alvará de licença. Parágrafo único - A exigência acima aplica-se também quando o veículo é utilizado apenas para fazer propaganda da empresa a que pertença. Art. 3º. Para obter a licença referida no artigo anterior, deverá o proprietário apresentar à Secretaria Municipal da Fazenda os documentos do veículo, com IPVA e Seguro Obrigatório devidamente quitados no exercício em curso e a especificação do equipamento sonoro que será utilizado. Art. 4º. Não poderão os veículos de publicidade sonora, quando estiverem prestando serviços, passar com o som ligado a 50 (cinqüenta) metros de escolas, hospitais, órgãos públicos da Administração Direta e Indireta Federal, Estadual ou Municipal, Fórum da Comarca, Delegacia de Polícia Civil e Destacamento da Polícia Militar e Templos de Cultos Religiosos, durante o horário de funcionamento dos mesmos. Art. 5º. O limite máximo do som emitido na publicidade sonora é de 85 Db (oitenta e cinco decibéis), que será medido a partir de 05 (cinco) metros da fonte emissora.

§ 1º O limite de proibição previsto no caput deste artigo alcança também o som em bares, lanchonetes, boites e veículos. § 2º No caso de bares, lanchonetes e boites medirá o limite do som, na mesma distância estabelecida no caput deste artigo, a partir da área externa de cada um. Art. 6º. Os alvarás de funcionamento expedidos pela administração municipal, para funcionamento de bares, lanchonetes, boites e outros estabelecimentos comerciais que exercem suas atividades em horário noturno, deverão constar, além do horário de funcionamento o limite máximo de som permitido fora das dependências dos mesmos. Art. 7º. Verificada a infração a qualquer dispositivo desta Lei, o Executivo, por meio de seu órgão competente, aplicará as seguintes penalidades: a) advertência; b) multa de 300 unidades fiscais de referência - UFIRs; c) em caso de reincidência a duplicação do valor da multa base; d) interdição da atividade, fechamento do estabelecimento ou apreensão do veículo infrator; e) cassação do alvará de autorização ou de licença, no caso de infração autuada por três vezes. Parágrafo único. As sanções previstas neste artigo serão aplicadas pela autoridade administrativa competente, na forma que dispuser o regulamento desta lei, podendo ser aplicadas cumulativamente. Art. 8º. Em caso de anúncios urgentes de caráter informativo e educativo, desde que de interesse da comunidade, poderá o veículo de som prestar seus serviços até às 21:00 horas, bem como nos domingos e feriados, dependendo, sempre, de autorização específica da Secretaria Municipal da Fazenda. Parágrafo único. Independe de autorização da Secretaria Municipal de Fazenda os serviços de utilidade pública que se destinam comunicar: a) falecimento; b) oportunidade de emprego; c) eventos religiosos; d) documentos perdidos; e) desaparecimento de pessoas. Art. 9º. Fica o executivo autorizado a firmar convênio com órgãos estaduais para colaborar na fiscalização decorrente desta Lei. Art. 10. O executivo regulamentará esta Lei no prazo de 60 (sessenta) dias, a contar da data de sua publicação. Art. 11. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições em contrário. Vazante, 05 de outubro de 1999. ALCIDES DINIZ DA SILVA Prefeito Municipal


8 Votorantim doará terrenos para construção do novo fórum e sedes do MPMG e OAB/MG No último dia 17 de fevereiro 2012 a Votorantim Metais, representada pelo Gerente Geral da Unidade de Vazante João Carlos Musa Machado, pelo Gerente Geral do Sistema Três Marias Fernando Resende Duarte e pela Gerente do Jurídico de São Paulo Rute Fature Ferreira De Souza, comunicaram oficialmente a aprovação pela Diretoria do Grupo Votorantim a doação dos imóveis solicitados pelo TJMG, MPMG e OAB/MG para construção de suas respectivas sedes em Vazante. A Votorantim doará para o TJMG a área de 1.800 m2 que somada a 1.800 m2 doados pela Prefeitura de Vazante, com a aprovação da Câmara Municipal através da Lei Municipal nº 1.510/ 2011, completarão os 3.600 m2 necessários para a edificação do novo fórum da comarca. Serão doados também 1.800 m2 para construção da sedes próprias do MPMG e 1.500 m2 para a OAB/MG. Os imóveis doados pela Votorantim totalizam 5.100 m2, estão localizados no Bairro Nª. Sª. de Fátima, na esquina da Av. das Sibipirunas com a Rua das Jaboticabeiras e foram avaliados em cerca de seiscentos mil reais. O imóvel doado pela Prefeitura de Vazante possui a área de 1.800 m2 e foi avaliado em cerca de duzentos e dez mil reais totalizando, somente os terrenos, cerca de oitocentos mil reais. A formalização da doação pela Votorantim Metais, naturalmente, vem possibilitar o início dos projetos de engenharia e arquitetura para que o TJMG possa realizar o processo de licitação para contratação da construtora que executará as obras previstas para iniciar

OAB/VAZANTE

Da esquerda p/ direita: Renato Ferreira (Pres. OAB/Vazante), Marilessa Mª. M. Floriano (Vice-Presidente), Rute Fature F. Souza (Gerente Jurídico VM), Fernando Resende (Gerente Sistema Três Marias) e João Carlos Musa Machado (Gerente Geral).

em 2013 e que possuem estimativa orçamentária em torno de dois milhões de reais. Tão importante quanto a doação em si é o momento em que ela chega, esclarece o Dr. Renato Ferreira, Presidente da OAB/Vazante, pois se fosse anunciada no segundo semestre talvez não desse tempo para ser feito os projetos de engenharia e licitação esse ano, o que prorrogaria o início das obras para o ano de 2014. Seguindo o princípio de independência entre as instituições que compõem o Poder Judiciário, a Votorantim Metais atendeu o pedido de doação de áreas próprias para que tanto o Ministério Público quanto a Ordem dos Advogados efetuem a construção de suas sedes próprias em áreas contíguas da que será construída o novo fórum. Pelos termos da doação as instituições beneficiadas terão o prazo de 3 (três) anos para dar a destinação solicitada aos imóveis doados, sob pena de ser revogada a doação e os imóveis voltarem ao patrimônio da Votorantim Metais.

Na ocasião, o Presidente da OAB/Vazante externou, em nome de todos os advogados da comarca, o mais profundo agradecimento à Votorantim Metais pela doação que tanto benefício trará para a prestação de uma justiça mais célere. Disse que quem mais sofre com a lentidão da justiça é parcela mais desprovida de recursos da população que não possui estrutura financeira para aguardar por muito tempo a solução de suas demandas. Segundo o doutor Renato Ferreira normalmente quem doa os terrenos para construção dos fóruns do interior são as Prefeituras, como foi o caso dos fóruns recentemente inaugurados ou que tiveram início de suas construções nas comarcas de Açucena, Betim, Conselheiro Lafaiete, Contagem, São João Del Rei, Taiobeiras, Visconde do Rio Branco, Uberaba e Uberlândia, além de outras. Depois de inaugurado o fórum novo, é provável que o prédio onde atualmente funciona o fórum retorne para o patrimônio da Prefeitura de Vazante. Indagado a respeito da

construção da sede da OAB/ Vazante, o Presidente informou que diferentemente do TJMG e do MPMG que recebem uma fatia da arrecadação tributária do Estado de Minas Gerais, a instituição sobrevive das anuidades pagas pelos advogados esperando contar com parcerias com a iniciativa privada, Prefeituras e Câmaras de Vazante e também de Guardamór cuja população também será beneficiada com as melhorias do Poder Judiciário e que com certeza também darão sua contribuição. Estamos apertados, pois se não construirmos nossa sede em três anos, o imóvel retornará para a Votorantim Metais. Por derradeiro, Dr. Renato Ferreira informou que continuam sendo feitas ações em conjunto com as autoridades locais para que o TJMG efetue a instalação da segunda vara antes da construção do novo fórum, o que implicaria na comarca contar com dois Juízes de Direito, dois Promotores de Justiça e dois Delegados de Polícia permanentemente, o que colocará fim às constantes faltas dessas autoridades na cidade, sobretudo nos plantões de fim de semana e férias forenses. O Prefeito de Vazante e o deputado federal Antônio Andrade estiveram conosco em Belo Horizonte no final do ano passado e a OAB/MG está vigilante na evolução administrativa do assunto junto aos órgãos competentes do Tribunal.

Caminhos para a Sustentabilidade A adoção de práticas sustentáveis está presente no dia a dia do trabalho desenvolvido pela Unidade Vazante da Votorantim Metais (VM). Em 2011, resultados desta caminhada trouxeram impactos positivos como a redução da geração de resíduos oriundos do processo de operação da Unidade, melhorias na rede de ensino e estreitamento do diálogo e empoderamento da comunidade. Um dos destaques foi o projeto “Eliminação do Resíduo Bombonas de Sabão”que conquistou o terceiro lugar do 2º Prêmio Mineiro de Boas Práticas em Gestão de Resíduos Sólidos Industriais. “O projeto é um exemplo do trabalho que desenvolvemos na VM no sentido de conscientizar os nossos funcionários para a importância de se pensar na sustentabilidade”, afirma o

ente. Esta é a premissa do Programa de Educação Ambiental (PEA), desenvolvido pela empresa há seis anos e que, em 2011, beneficiou cerca de, 3,5 mil pessoas entre funcionários, ribeirinhos, educadores, jovens e crianças da rede pública de ensino de Vazante. “A comunidade é quem mais ganha com o PEA, pois ela passa a ter mais consciência dos seus atos e percebe os impactos que suas ações geram no meio ambiente à sua volta”, comemora Grazzielle. “Quando o cidadão é consciente do seu papel de protagonista, ele é capaz de transformar o desejo em ação, contribuindo, assim, para a transformação da sua própria história e da comunidade onde vive”, declara Gabriela Hott, comunicadora da VM.

gerente de Meio Ambiente da VM, Lucimar Cardoso. Segundo ele, 2011 foi um ano de avanços, com a implementação das seguintes ações: planejamento mais sistemático da área de Meio Ambiente e manutenção das certificações internacionais ISO 9001 e 14001. Também marcou, em 2011, a evolução do projeto Recuperação de Sulfetos, que deve ser colocado em prática ainda em 2012.

Investimentos Sociais Por meio do Cine Clube Itinerante, a Sétima Arte chegou à zona rural de Vazante, contemplando as comunidades de Quilombola, Bagres, Riacho de Areia, Vazamor e Claro de Minas, beneficiando diretamente mais de 2,7 mil pessoas. O espaço de creches, escolas e associações se transformaram em verdadeiras salas de cinema, onde foram exibidas produções nacionais. “Além de democratizar o acesso à cultura, o Projeto possibilitou a socialização entre a própria comunidade, que se reuniu para um momento de diversão e aprendizagem”, observa Graciana Souza coordenadora da Fundação Conscienciarte em Vazante.

Multiplicando o conceito de Sustentabilidade Contribuir para a conscientização dos cidadãos a respeito da importância da preservação ambiental, estimulando a busca de soluções para os problemas do Meio Ambi-


9 Novo sistema vai revolucionar o ensino nas escolas municipais

Aproximadamente 700 pessoas, entre alunos, pais de alunos, diretoras, supervisoras, monitoras e professoras das creches e escolas municipais de Vazante, participaram, no último dia 9, da entrega simbólica dos materiais didáticos da Organização Paranaense de Ensino Técnico (Opet),

adotados, a partir deste ano, pela Secretaria Municipal de Educação. Semelhante às redes particulares, como Pitágoras e Positivo, o Sistema Opet desenvolve práticas pedagógicas focadas na capacitação dos educadores e nas diretrizes do Plano Nacional de Educação, com materiais di-

dáticos específicos para cada faixa etária e fases de desenvolvimento dos alunos. “Respeitamos a autonomia e a criatividade das crianças, buscando mais eficiência no aprendizado e na sua formação social”, observa o professor e consultor da Opet, Nelson Bittencourt. De acordo com a

secretária municipal de Educação, Nair Maria Silveira, além dos materiais destinados aos educadores, a Opet confeccionou 1.500 livros e apostilas exclusivas e adequadas a cada período escolar para o maternal, a educação infantil e o ensino fundamental. “O novo sistema nos permite trabalhar com a realidade, o cotidiano e os valores individuais dos alunos da rede municipal de ensino em todas as fases da educação e do aprendizado”, ressalta a secretária. Conforme o prefeito Orlando Fialho, a adoção do novo sistema representa um investimento em torno de R$ 300 mil, incluindo a confecção dos novos materiais didáticos e a capacitação permanente dos educadores, através de cursos oferecidos pela Opet ao longo do ano letivo. “Estamos promovendo uma grande revolução nas práticas de ensino das escolas municipais e oferecendo uma metodologia mais moderna e eficiente, que vai proporcionar melhores resultados e mais qualidade educacional no desenvolvimento dos nossos alunos”, conclui o prefeito de Vazante.

Prefeitura divulga calendário de limpeza e combate à dengue A prefeitura de Vazante divulgou no fim do mês de fevereiro o calendário da campanha de limpeza e combate à dengue 2012. Em janeiro foram divulgados os números da dengue na cidade o que colocou Vazante em alerta pelo alto índice de focos do mosquito transmissor. As orientações da secretaria municipal de obras

(Semob) é que os moradores obedeçam o calendário. 05/03 Saída para Claro de Minas à rua Olímpio Corrêa 06/03 Rua Olímpio Correa à Rua Dona Isaura 07/03 Rua Dona Isaura à Rua Quintino Vargas 08/03 Rua Quintino Vargas à Rua Joãom Vieira 09/03 Rua João Vieira à Avenida Gustavo Rosa

12/03 Avenida Gustavo Rosa à rua Osório Soares 13/03 Rua Osório Soares à Rua Castelo Branco 14/03 Cidade Nova I 15,16,19, 20/03 Serra Dourada 21 e 22/03 Cidade Nova II 23 e 26/03 Novo Horizonte lado esquerdo da Avenida Geraldo Campos 27 e 27/03 Vazante Sul lado

esquerdo da Avenida Geraldo Campos 29 e 30/03 Novo Horizonte lado direito da Avenida Geraldo Campos 02 e 03/04 Vazante Sul lado direiro da Avenida Geraldo Campos 04 e 05/04 Nova Esperança 09 e 10/04 Claro de Minas 11,12 e 13/04 Vazamor 16/04 Vila Cabeludo

Ministério Público e Votorantim Metais assinam acordo relativo ao processo de licenciamento do Projeto Extremo Norte, no município de Vazante. No último dia 02 de março, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio dos Promotores de Justiça Breno Nascimento Pacheco, Marcelo Azevedo Maffra, Marcos Paulo de Souza Miranda e Carlos Eduardo Ferreira Pinto, e a Votorantim Metais (VM), com a interveniência do Estado de Minas Gerais, representado pela Advocacia Geral do Estado, fecharam um acordo relativo ao processo de licenciamento ambiental do Projeto Extremo Norte, em Vazante/MG, prevendo investimentos pela VM de R$ 6 milhões em projetos de relevância ambiental para o referido município como medida compensatória, adicional àquelas previstas no licenciamento ambiental, além de estudos técnicos complementares. O investimento será destinado ao projeto de recategorização da Área de Proteção Especial Lapa Nova, em parceria com o Instituto Estadual de Florestas – IEF e com o município de Vazante, e também para o levantamento do patrimônio arqueológico, espeleológico e paleontológico do Distrito Cárstico de Vazante-Paracatu (Sub-bacia do Rio Paracatu). A Votorantim Metais apresentará ainda, antes da votação nova da Licença Prévia, um relatório técnico complementar que contemplará aspectos hidrogeológicos, espeleológicos e arqueológicos do empreendimento a ser elaborado por uma consultoria H[WHUQD FRQVWLWXtGD SRU SURÀVVLRQDLV FRP QRWyULR FRQKHFLPHQWR $ HPSUHVD GLVSRQLELOL]DUi WDPEpP WRGRV RV UHVXOWDGRV GD DQiOLVHGRVFXUVRVGҋiJXDVLWXDGRVQDiUHDGHLQÁXrQFLDGRHPSUHHQGLPHQWR O acordo prevê ainda a apresentação de uma proposta, a ser elaborada em conjunto com os órgãos públicos municipais, de proteção à estrutura hidrogeológica que funciona como divisor de águas entre a cidade e o “Projeto Extremo Norte”. O Promotor de Justiça Marcelo Azevedo Maffra, Coordenador Regional de Meio Ambiente, ressaltou que o compromisso assumido pela empresa “facilitará o trabalho do órgão ambiental responsável pelo licenciamento ambiental, em razão da apresentação dos estudos técnicos complementares, além da adequada compensação ambiental pelos impactos não mitigáveis”. $9RWRUDQWLP0HWDLVDÀUPRXTXH´WRGRHVVHHVIRUoRUDWLÀFDDVGLUHWUL]HVGDHPSUHVDGHVHUUHFRQKHFLGDSHODVRFLHGDGHFRPR uma empresa social e ambientalmente responsável e ressalta o papel do Ministério Público de Minas Gerais em zelar pelo respeito ao meio ambiente, ao patrimônio cultural brasileiro e pelos interesses da sociedade segundo a Constituição Federal”.

Os 37 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil em Vazante A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) em Vazante comemora neste mês 37 anos de vida eclesiástica na cidade. Trata-se de uma Igreja cristã, apostólica, evangélica e protestante. Descende da Reforma de 1517 e tem como princípio doutrinário norteador a Escritura Sagrada, aceita como única regra de fé e prática. Seus princípios doutrinários foram sistematizados pelo reformador João Calvino. A Igreja Presbiteriana do Brasil foi uma das primeiras denominações protestantes a chegar ao Brasil. Em Vazante, a Missão Americana enviou missionários como Estevam Sloop que pregou o evangelho nas imediações do Cafundó, onde até hoje existe um ponto de pregação na localidade próxima ao Cafundó (Betânia), na casa de Dona Aurora, a cerca de 35 Km da cidade. Pastores como Gessé Chagas vinham de Patrocínio para dar início à evangelização na cidade. Na metade dos anos 70, quando chegou a Vazante, a Igreja Presbiteriana ainda era vista como uma seita, e, por isso mesmo, sua introdução na cidade era vista com desconfiança, preconceito e até mesmo reprimida por alguns. Mas, como parte da Igreja de Cristo, ela permanece até hoje: “As portas do inferno não podem prevalecer contra ela” (Mateus 16.18). Como agência do Reino de Deus a Igreja Presbiteriana do Brasil está em Vazante cumprindo a missão dada pelo Senhor Jesus Cristo de anunciar o Evangelho da Graça a todas as pessoas em todo o mundo.

A IPB é uma Igreja acolhedora, fraterna e fiel ao Evangelho da Graça. Crê que Deus criou o homem, que o homem caiu em pecado e dentre as várias conseqüências do pecado separou-se de Deus merecendo a condenação eterna. Crê que Deus enviou seu Filho Jesus, que encarnado, morreu pelos pecadores, de tal maneira que, todo aquele que crer em Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador será salvo, obterá o perdão de seus pecados e terá a vida eterna. Saudamos aqui a todos aqueles e aquelas que ao longo destes 37 anos deram suas vidas e empreenderam esforços como testemunhas de Cristo para que o Evangelho de Jesus fosse pregado através da IPB. Parabéns aos Presbiterianos, parabéns a Vazante por abrigar uma denominação evangélica e cristã fiel a Escritura Sagrada. Rev. Alencar Garcia Lotero. Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil em Vazante. Teólogo pelo Seminário Presbiteriano do Sul em Campinas e Universidade Mackenzie – SP.


Diocese de Patos de Minas ganha 42 equipes participam da Copa mais um Padre Coromandelense Integração de Futsal Padre Dudu já está trabalhando na cidade de Presidente Olegário

Abadia dos Dourados e Vazante representam a região AGÊNCIA 07

DIVULGAÇÃO

Em Solene Concelebração Eucarística no dia 11 de na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças, em Coromandel, o Diácono Carlos Eduardo da Silva foi ordenado Padre pelo Bispo Diocesano Dom Claudio Nori Sturm. A celebração contou com uma “igreja” ativa formada por familiares, amigos e por vários segmentos da comunidade católica. Ainda naquele dia “Padre Dudu” celebrou sua primeira missa às 19 horas na Igreja São José Operário, bairro Piteiras onde seu pai Luiz Donizete Lázaro da Silva “Luiz Panela” é Coordenador Pastoral. Junto a eles e a um grande público se destacavam sua mãe Alvinina Gloria da Silva e seu único irmão Everton Luiz. Um dia depois (12/ 02), Padre Carlos Eduardo confraternizou com os familiares seu aniversario de 30 anos. Filho de uma família simples, Carlos Eduardo descobriu sua vocação ainda jovem quando foi integrante do Grupo de Jovens Nova Geração

Torcida no jogo entre Vazante (9) e Abadia dos Dourados (5), na primeira rodada

onde foi um membro ativo e desinibido participando dos grupos de canto, teatro e liturgia. Mais tarde deixou sua cidade para estudar no Seminário Maior “Dom José

André Coimbra”, em Patos de Minas, concluindo recentemente seus estudos. Agora ordenado, Padre Dudu já está trabalhando na cidade de Presidente Olegário.

Começou no dia 12 de março a 9ª edição da Copa Integração de Futsal, promovida pela Rede Integração de Televisão de Uberlândia. A disputa será entre 42 times que vão disputar três títulos regionais da Copa Integração de Futsal. O evento vai integrar atletas de 38 cidades dividas em regionais: Uberlândia/Patos de Minas, Uberaba/Ituiutaba e Divinópolis/Araxá. As seis equipes campeãs e vicecampeãs serão classificadas para a Supercopa TV Integração de Futsal. Pela regional Uberlândia/Patos de Minas participam nove cidades: Abadia dos Dourados, Araguari, Monte Carmelo,

Patos de Minas, Patrocínio, Prata, Tupaciguara, Uberlândia e Vazante, totalizando 10 equipes. A Araguari vai competir com dois times. Outras 13 equipes vão representar 11 cidades da região de Uberaba/ Ituiutaba. São elas: Campinas Verde, Campo Florido, Canápolis, Conceição das Alagoas, Conquista, Delta, Ituiutaba, Iturama, Pirajuba, Uberaba e Sacramento. As cidades de Sacramento e Uberaba competem cada uma com dois times de futsal. Para a região de Divinópolis/Araxá 19 equipes vão competir representando 18 cidades: Araxá, Arcos, Bambuí, Biquinhas, Bom Despacho, Campos

Altos, Carmo do Cajuru, Conceição do Pará, Igaratinga, Lagoa da Prata, Maravilhas, Martinho Campos, Papagaios, Pará de Minas, Perdigão, Pompéu, Santo Antônio do Monte e São Gotardo. A cidade de Arcos será representada por dois times. Os participantes serão divididos em duas chaves “A” e “B” e jogam entre si em turno único. Oito serão classificados para as quartas de final e formarão quatro chaves: “C”, “D”, “E” e “F”. As quatro equipes classificadas formam outras duas chaves “G” e “H”. As vencedoras das semifinais decidem o título regional e se classificam para a Supercopa Integração de Futsal.

Conviver de Coromandel terá novo pavilhão e academia da terceira idade coromandel.mg.gov.br

A sede do Programa Conviver, voltado para as pessoas da terceira idade, recebe a construção de um novo pavilhão e terá também, a implantação de equipamentos de academia para o membros do Programa. Recentemente a prefeita de Coromandel, Dione Maria Peres, visitou as obras e conferiu o andamento das mesmas. Dione relatou que a construção do novo pavilhão vem de encontro a uma grande reivindicação dos participantes do Conviver. “Apesar da sede já ter um bom espaço físico para reuniões

de trabalho e festivas, a construção de uma área com maior ventilação para pequenas festividades e outros eventos sempre foi muito requisitada”, disse. Dione relatou ainda que uma outra área, ao lado do antigo pavilhão e em frente ao novo, será aproveitada para a implantação de equipamentos de ginástica. Serão equipamentos iguais aos que foram instalados na Praça Manoel Pereira do Prado e no distrito do Pântano, uma completa Academia ao ar livre. O Programa Conviver atende cerca de 160

pessoas que realizam várias atividades nos dias de encontro. Além disso, são programadas atividades e viagens para outros municípios. Passeios turísticos para locais como Caldas Novas/GO são realizados com frequência, assim como viagens para confraternização com participantes de programas da terceira idade em outros municípios. Indagada sobre o prazo para término da obra a Prefeita relatou que a intenção de sua Administração é que a mesma esteja concluída até meados do mês de abril deste ano.

O Programa Conviver atende cerca de 160 pessoas que realizam várias atividades


Câmara de PO aprova contas do ex-prefeito Palito Do mandato 2005/2008 restam apenas as contas de 2006 ANGELA MARTINS

Os vereadores da Câmara Municipal de Presidente Olegário analisaram as contas referentes ao exercício 2005 do ex-prefeito Antônio Cláudio Godinho “Palito”. Iniciada a votação, foi direcionada por ordem alfabética a cada vereador a palavra para que os mesmos votassem a favor ou contra o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) que sugeriu pela aprovação das contas. Todos os nove vereadores votaram pela aprovação das contas de 2005, do ex-prefeito Palito. Com a aprovação da reunião de terça-feira 28 de fevereiro, o ex-prefeito Palito que administrou o município de 2005 a 2008 tem três anos de contas aprovadas (2005, 2007 e 2008). As contas de 2005,2007 foram aprovadas de forma unânime, sendo que as contas de 2008 teve

VÍRUS: não é possível trocar a cor do seu Facebook. Fique ESPERTO!

PALITO ADMISTROU PO entre 2005 e 2008 e é um dos pré-candidatos

cinco votos pela rejeição (Foguinho, César do Chiboca, Geraldo Professor, Ronaldo Gustavo e Zélia Queiroz), três pela aprovação (Januário Dentista, Nego e Osmar) e uma abstenção do vereador Tõe Camargos, o Tribunal de Contas considerou as con-

tas de 2008 aprovadas devido a votação não ter atingido os dois terços necessários. Já as contas de 2006, processo (730.119) foram rejeitadas pela primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Minas, o exprefeito Palito entrou com

pedido de reexame das mesmas. O pedido de reexame será julgado pelo Tribunal. Procuramos o ex-prefeito Palito, mas o mesmo disse que não iria pronunciar sobre as contas. Fonte: Câmara Municipal de Presidente Olegário.

Presidente Olegário é vice-campeão na primeira etapa do Campeonato Mineiro de Karatê Foi realizado nos dias 10 e 11 de março na cidade de Uberlândia a primeira etapa do Campeonato Mineiro de Karatê, Presidente Olegário atual Campeão Mineiro marcou presença com 42 atletas.O evento foi realizado no Gi-

násio do Sabiazinho, ao todo foram mais de 800 atletas, de 35 cidades mineiras, com idades entre 7 e 60 anos, lutando em 150 categorias. Para se ter idéia da dificuldade desta etapa, Ashitekan de Presidente

Olegário e a academia Takey de Uberlândia conquistaram 13 medalhas de ouro cada, levando a decisão do torneio para a quantidade de medalhas de prata. A Academia Takey de Uberlândia levou a meAGÊNCIA 07

Plataforma de exploração de gás natural no município de Presidente Olegário. APetra Energia pretende perfurar quatro poços para a exploração de gás natural e petróleo no município. Este fica próximo a rodovia que liga Lagamar à Patos de Minas. A expectativa é que os outros poços sejam perfurados ainda este ano, assim como os poços do município de Lagamar.

lhor, pois conquistou 13 medalhas de prata contra dez da Academia Ashitekan de Presidente Olegário, que foi vicecampeã.

Os mais “elitistas” vão dizer que “o Facebook se transformou no novo Orkut”. Cada vez mais, vemos anúncios de aplicativos disfarçados que, na realidade, não passam de mais um caso de malware, ou seja: os tais apps são falsos e podem contaminar sua máquina. Os golpistas, que antes praticavam as fraudes pelo Orkut, agora atacam pela rede de Mark Zuckerberg, através de mensagens que prometem mudar a cor azul do Facebook para outras tonalidades, ou de serviços para que você saiba as pessoas que visitaram o seu perfil no site. Isso tudo se você

infectadas por malwares que podem roubar dados do usuário, como logins, senhas e números de cartões de crédito. Ainda não é possível estimar quais foram as proporções desse golpe, mas sempre é válido ficar atento com os seus dados pessoais e contas bancárias. Abaixo, veja alguns exemplos das mensagens que podem contaminar o seu micro (atentem também para os erros de português): “Eu consegui mudar meu Facebook de cor *–* quer mudar o seu também ? Aprendam aqui” “Consegui mudar a cor

curtir a página e compartilhar o link de download com os seus amigos. Reforçamos aqui: todas essas mensagens são vírus, portanto não clique nos links exibidos nas postagens. O nome desse golpe é “scam”, uma técnica fraudulenta que utiliza como base a oferta de algo que as pessoas gostariam de ter, mas não é necessariamente ofertada pelo serviço oficial. Assim, as pessoas clicam nos links e são

do meu facebook, ficou show! Quer mudar tb? Soh ir aqui >>>” “Confiira as peessoas que olharam seu perfil ->” “Nov0 apliicaatiivo m0stra quaaiis amig0s andou fu�ando s3u p3rfi1il do fac3b00k n3ssa sem4n4” “Quueer s4b3r quaaiis amig0s and0u veendo o seeeeeeu p3rfi1il do fac3b00k durant3 3ssa s3m4n4” “Dsccuubra queeem te viziiiiitooou >>>”


12

Estados e municípios são obrigados a aplicar piso salarial dos professores de nível médio DIVULGAÇÃO

Valor se refere ao mínimo que deve ser pago para uma jornada de 40 horas semanais

O Ministério da Educação divulgou no fim de fevereiro o novo valor do piso salarial nacional para os professores de educação básica: R$ 1.451. O novo valor representa um reajuste de 22,22% em relação ao ano passado - o valor anterior era R$ 1.187. O novo valor se refe-

re ao mínimo que deve ser pago para professores com jornada semanal de trabalho de 40 horas. Apesar de ser uma lei federal, o piso para professores ainda é desrespeitado por muitos Estados e municípios. “Na verdade, a lei completa não é cumprida em praticamente nenhum lugar”, disse o presi-

dente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Franklin de Leão. Do total de Estados, seis não pagavam na ocasião o mínimo estabelecido para o salários dos professores e 15 não respeitavam o limite de um terço da carga horário para atividades

extraclasse - havia casos de Estados que não seguiam nenhuma regra. Por meio de nota, o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) informou, a Folha de São Paulo, que acredita que a lei do piso valoriza os profissionais do magistério, mas alega que a maioria das 27 unidades da federação enfrenta dificuldades para o seu cumprimento, principalmente orçamentária. O Consed pede que o MEC complemente o recurso necessário para o pagamento do piso em Estados sem condições. Outro pedido é para que haja um cronograma para que Estados e municípios implementem a regra de reservar um terço da jornada de trabalho dos professores para atividades fora de aula.

Mas, Más, Mais, Mal, Mau... eis a diferença! *Mas: a palavra ou expressão “mas” pode ser substituída por “porém”. Exemplo: “Gosto de avião, mas prefiro meu carro.” É bom ressaltar que o “mas” vem sempre depois de uma vírgula e dá sentido de negação, oposição... *Mais: significa acréscimo ou aumento. Exemplo: “Preciso de mais personagens no meu texto.”/ “Estou me sentindo mais feliz.” *Más: plural de má, que significa “ruim”. Exemplo: “Elas são realmente más.” *Mal: a palavra “mal” pode ser um advérbio de modo, uma conjunção ou substantivo. Opõe-se a bem, porém quando é empregado como conjunção emprega-se como sinônimo de apenas. Exemplos: “Mal saiu de férias, já deve voltar para a escola.” (conjunção) “Aquele garoto saiu mal na prova de ontem.” (advérbio de modo) “Você não sabe o mal que me fez.” (substantivo) *Mau:A palavra mau é um adjetivo utilizado para acompanhar um substantivo. Opõe-se a bom e pode ser utilizada no plural e no feminino, segundo a necessidade. Exemplos: “Você é um mau aluno.” “Aqueles garotos são maus.”

Cursos de inglês, espanhol, português para brasileiros e concuros públicos. Turmas a partir de 4 anos de idade, adolescentes e adultos. Matrículas abertas.

ApoiAmos essA ideiA

Avenida Paracatu, 1042/1048, Centro, Vazante/MG. Tel.: 34 3813-3652

Folha Regional publica edição de março  

O Folha Regional publica nesta quinta (14) e sexta-feira (15) a 11ª edição impressa do jornal que circula em Vazante, Lagamar, Coromandel, A...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you