Page 1


TOQUE INICIAL

Nosso São Bento está cada vez mais próximo de completar o seu centenário. Este ano comemoraremos o 98º aniversário do azulão. Durante este tempo, o clube colecionou conquistas e passagens interessantes em sua história. Nesta edição contaremos mais uma dessas páginas, resgatadas pelo historiador Luiz Carlos Éden: o primeiro jogo internacional do São Bento, realizado em 1956, contra o então bicampeão uruguaio Nacional de Montevidéu. Também trazemos algo inédito: a relação de todos os títulos conquistados pelo alviceleste, da Taça Pierrot, em 1917, ao acesso para a elite do futebol paulista em 2005. Mas o presente também marca presença neste número da Revista Bento. Presente de paixão, dedicação e mobilização para que o nosso clube seja do tamanho que sonhamos. Paixão de Guilherme Manente, que compôs a canção "Coração Azul e Branco", onde exalta todo o sentimento de ser são-bentista. Dedicação do roupeiro Serelepe, que há mais de 30 anos é o guardião de nossos "mantos sagrados". E mobilização da Associação "Vamos subir, Bento!", que continua trabalhando pelo resgate do patrimônio material e imaterial do clube. Boa leitura!

NÚMERO 6 Publicação oficial do Esporte Clube São Bento produzida pela Peleja Comunicação

PRESIDENTE DA DIRETORIA EXECUTIVA Luís Augusto Manenti PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO Márcio Rogério Dias EDITOR William Alves EQUIPE DE REDAÇÃO Benjamin Pesce Luiz Guilherme Chaguri COLABORAÇÃO Luiz Carlos “Éden” EDIÇÃO DE ARTE Peleja Comunicação

William Alves Editor

TIRAGEM 10 mil exemplares

dialogue comigo pelo twitter: @willalves

PERIODICIDADE bimestral

SUMÁRIO

CONTATO (15) 3011-1634 contato@revistabento.com.br

ESSE TIME TEM HISTÓRIA

Edição: Julho - Agosto de 2011

O primeiro desafio internacional página

4

MÚSICA Coração Azul e Branco página

14

PERSONAGEM VAMOS SUBIR, O guardião BENTO! dos mantos sagrados página

12

2 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

APOIO

O azulão quer decolar página

8

PRODUZIDA POR


CARTA DO PRESIDENTE

SOMENTE A TORCIDA PODE SALVAR O SÃO BENTO Amigos são-bentistas, Estamos passando por momentos difíceis, dentro e fora de campo. Mas uma coisa não está faltando: muito trabalho. Toda reformulação é doída e exige paciência. Mas algumas coisas precisam ser reavaliadas com urgência. Todos cobram a diretoria, jogadores e funcionários do clube e quando pedimos ajuda, logo aparece uma série de desculpas para a negação do apoio. Alguns falam que o histórico do clube na parte financeira não é bom, outros dizem que a mensalidade é cara, a falta de transparência com as contas é outro motivo e por aí vai.... Mas e se as contas fossem apresentadas publicamente (desde que respeitadas as regras individuais e legais), a mensalidade cair para um preço acessível, o planejamento for "pé no chão" e público, os patrocinadores tiverem oportunidade de retorno financeiro além da publicidade? Porque é isso que pretendo fazer.

Será que assim, finalmente o apoio viria? Com as novas medidas, será possível verificar se Sorocaba realmente quer o São Bento vivo e jogando. Em setembro teremos a eleição para o conselho deliberativo. Em outubro, para a Executiva. Logo, será apresentado o projeto do clube para o próximo mandato, como a lista de sócios contribuintes com direito a voto. Somente a torcida e a população de Sorocaba podem salvar o São Bento. Somente a união de todos é que vai nos tirar dessa situação. Vamos no unir, beneditinos. Não é hora de brigas políticas ou pessoais. Se amamos o clube de verdade, vamos nos unir para salvá-lo! Conto com essa união! Avante SÃO BENTO!

Luis Augusto Manenti Presidente da Diretoria Executiva


ESSE TIME TEM HISTÓRIA

O PRIMEIRO DESAFIO

Foto: Arquivo Jornal Cruzeiro do Sul

INTERNACIONAL

Jogadores, diretores e trio de arbitragem perfilados para a execução dos hinos nacionais do Brasil e Uruguai. O São Bento jogou de camisas zebradas em azul e branco

POR LUIZ CARLOS ÉDEN

Músicas Videoke para Aparelhos de DVD

www.cdvideoke.com.br (15) 8101.8935

4 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

TRATAMENTO DE SUPERFÍCIE

R. Alceste Del Cistia, 103 - Ret. São João Fone (15) 3228.2350


Foto: Arquivo Jornal Cruzeiro do Sul

Chamado de "O Canhão", Joel foi um dos melhores em campo

FICHA TÉCNICA

2x2 Data: 1º de Abril de 1956 Local: Estádio da Rua Cel. Nogueira Padilha Renda: Cr$ 120.000,00 Árbitro: Juan Carlos Armental (AUF) Gols: Caraballo (1:30'-1), Joel (23-1), Reis (pênalti 21-2) e Villamides (26-2) São Bento: Walter; Domingos e Cidóca (Julião); Lanzudo, Fiote e Sergio; Reis, Joel, Ubirajara, Zinho (Procópio) e Cilno. Técnico Moacir dos Santos Nacional: Taibo; Marechal e Santamaria; Cantos, Carballo (Bruchezzi) e Cruz (Grolla); Chagas, Kuntz (Messias), Buenza (Mendez, depois Di Fabio), Caraballo (Villamides) e Romerito. Técnico Ondino Vieira

ANUNCIE NA REVISTA

OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO

LIGUE 3011.1634

A sua doação é muito importante para nós! Ligue e saiba como ajudar: (15) 3417-1035

www.jorgesabino.com.br REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

5


ESSE TIME TEM HISTÓRIA

GRANDES

CONQUISTAS

6 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

Edward Novaes

1917 - Taça Pierrot 1921 - Campeão da Cidade (LISOFU) 1922 - Campeão da Cidade - Troféu do Centenário (LISOFU) 1932 - Taça Constituição 1935 - Taça Brasilino Sposito 1938 - Taça Sudan 1938 - Taça Gruta Paulista 1939 - Taça Adelphi 1940 - Taça Fulgor 1941 - Taça Solert 1942 - Taça Cidade de Sorocaba 1944 - Campeão da Cidade 1953 - Campeão do Torneio Extra da LISOFU (2º Quadro) 1955 - Campeão da Cidade (LISOFU) 1956 - Campeão da Série Industrial - Camp. Pta. da 2º Divisão 1957 - Campeão da Série A – Camp. Pta. da Segunda Divisão 1958 - Campeão Invicto - Série Branca – Paulista da 2º Divisão 1959 - Super Campeão da Cidade 1961 - Campeão da Série Domingos Metidieri (LISOFU) 1962 - Super Campeão da Cidade (LISOFU) 1962 - Campeão da Série “José E. de Moraes” – Camp. Pta. da 1º Divisão 1962 - Campeão do Campeonato Paulista da Primeira Divisão 1963 - Campeão do Interior do Campeonato Paulista 1963 - Bi-Campeão da Cidade 1965 - Campeão do Interior do Campeonato Paulista 1966 - Campeão do Torneio João Mendonça Falcão 1968 - Campeão do Torneio Inicio da Copa Assis Chateaubriand 1968 - Campeão da Copa Assis Chateaubriand (LISOFU) 1974 - Campeão da Disciplina – Troféu Charles Muller 1985 - Campeão do Copa São Paulo de Futebol 1987 - Campeão Paulista de Juniores (Chave do Interior) 2001 - Campeão do Campeonato Paulista da Série A-3 2002 - Campeão da Copa Estado de São Paulo 2005 - 4º Colocado da A2 de 2005 - 2º Acesso à A1

Arquivo pessoal - Família Rachide

Desde a sua primeira conquista, em 1917, até os dias de hoje, o São Bento acumula mais de uma dezena de títulos, muitos deles desconhecidos por sua própria torcida. Confira a relação abaixo:


VAMOS SUBIR, BENTO!

O AZULÃO QUER

DECOLAR William Alves

Concurso define logomarca da Associação "Vamos subir, Bento!"

Reprodução

Criador da proposta vencedora, Tiago Rodrigues recebeu de Nilson Zanini, da Casa do Notebook, um notebook como premiação

Passo-a-passo do processo de criação

8 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6


Taรงas do clube comeรงaram a ser restauradas William Alves

PรƒES E DOCES

O restaurador fez as primeiras anรกlises na taรงa ainda na secretaria do clube


MEU IMENSO AMOR

POR LUIZ GUILHERME CHAGURI

T

razer novos cantos e uma maneira diferente de apoiar o time. Estes foram os principais objetivos dos quatro amigos que decidiram fundar a Torcida Força Azul, no dia 10 de Janeiro de 2007. Com a ousada intenção de renovar o ânimo do torcedor beneditino, a torcida vem conquistando novos adeptos. “Nascemos de uma necessidade que existia e trouxemos coisas novas para a arquibancada”, afirma Fabio Campos, atual presidente da torcida. O fato da torcida ter saído da arquibancada superior e se deslocando para a inferior causou estranheza em alguns torcedores. As razões da mudança são explicadas por Marcus Vinicius, o Buda, presidente da torcida na época. “Éramos uma torcida nova e alguns torcedores não foram muito receptíveis à nossa presença. Para não criar confusão decidimos buscar nosso espaço em outro lugar”, conta. Questionado sobre os impactos da mudança, Buda afirma que foi positiva. “Muitos torcedores vinham falar conosco durante o intervalo elogiando nossa postura de cantar os 90 minutos. O mais gratificante foi escutar torcedores que pediam para voltarmos para a superior. Isso dá ânimo para que possamos continuar batalhando pelo nossos ideais”, completa o ex-presidente. Com o espírito rebelde próprio da juventude, a jovem Força Azul vem, ao longos dos seus quatro anos de existência, fazendo uma pequena revolução nas arquibancadas do CIC.

10 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6


Com ousadia e dedicação, torcida apoia o azulão há quatro anos

REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

11


PERSONAGEM

O GUARDIÃO DOS MANTOS SAGRADOS Além de roupeiro, Serelepe é torcedor incondicional do São Bento

POR LUIZ GUILHERME CHAGURI

A

lém de funcionário do clube há mais de 30 anos, Wilson Roberto Wopp, o popular Serelepe, é também torcedor incondicional do nosso querido Azulão.

Em poucas palavras o carismático roupeiro descreve a grandiosidade do clube: “O São Bento é mais do que a vida, pois eu e você um dia vamos morrer. Mas o São Bento continua, ele fica”, completa um emocionado Serelepe.

Ele começou sua carreira como auxiliar de roupeiro, herdando a função após a aposentadoria do titular. Lá se vão três décadas trabalhando diariamente no clube, numa jornada que se inicia todas as manhãs sem que se tenha hora para sair.

Conhecer histórias e depoimentos de personagens que dedicaram e dedicam suas vidas para o São Bento, serve de inspiração para muitos torcedores.

Figura simpática, Serelepe relembra de passagens de sua história no clube e afirma que acompanhar o Azulão não é para qualquer pessoa. “ Torcer para o São Bento é só para quem gosta do clube e, principalmente, do futebol”, diz.

São exemplos que, sem dúvida, não podemos deixar passar em branco. Pessoas que devemos agradecer e reverenciar, afinal são elas que constroem o nosso querido Esporte Clube São Bento de Sorocaba.

12 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6


Copa Paulista

Confira os jogos do returno e apoie e azulão Data Horário Adversário LOCAL* 28/ago 11:00 Ituano C 02/set 16:00 Red Bull Brasil F 07/set 11:00 Palmeiras-B F 11/set 11:00 XV de Piracicaba C 14/set 19:00 Rio Branco F 18/set 11:00 Itapirense C 21/set 20:00 Inter de Limeira C F 24/set 16:00 UA Barbarense

Legenda: C= Casa F= Fora

Seja um voluntário ouvinte Venha conhecer nossa obra LAR SÃO VICENTE DE PAULO Av. Betânia, 1255 - Vl. Betânia - Sorocaba/SP Fones: (15) 3223.1616 | 3223-5200 | 3313-2025


MÚSICA

CORAÇÃO AZUL E BRANCO

Torcedor compõe canção em homenagem ao clube

CANTE JUNTO Compor músicas é um passatempo para Guilherme Manente, que criou a canção "Coração Azul e Branco" na qual traduz toda a emoção de ser são-bentista. “Criei a melodia e, após ouvir algumas vezes achei que, de alguma forma, ela tinha um ‘clima’ de futebol. Então pensei em fazer uma letra em homenagem ao São Bento. Gravei uma guia e levei para um amigo, o Maurício Nogueira. De cara ele gostou da música, topou fazer os arranjos e colocar a voz. E ele fez um excelente trabalho”, conta. Guilherme pretende, com sua música, potencializar o sentimento que o torcedor tem pelo azulão. “Se de alguma forma ela conseguir reforçar o orgulho que temos do nosso São Bento, já tivemos sucesso”. E completa: “Sonho ver o São Bento grande, disputando a elite do futebol brasileiro. Acredito que isso será possível quando cada torcedor colocar um pouquinho do seu tempo e do seu talento em benefício do clube”, conclui. Colaborou Luiz Campos Jr.

14 REVISTA OFICIAL DO E.C. SÃO BENTO • NÚMERO 6

CORAÇÃO AZUL E BRANCO

Composição: Guilherme Manente

Quando o meu Bentão entra em campo Coração azul e branco Faz vibrar de tanto amor E eu canto Toda tradição de uma camisa E a paixão que eterniza Sua história de vitórias imortais É na garra e na vontade É xodó dessa cidade Tem que ser na raça É o time da superação É bem mais que um sentimento Força que resiste ao tempo No meu peito esse time é sempre campeão Golaço! Explode a emoção nesse momento Golaço! É do azulão! É do São Bento!


Revista oficial do EC São Bento - nº 06  

Revista oficial do EC São Bento

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you