Page 1

Assembleia aprova distribuição gratuita de sacolas plásticas nos supermercados. Pág. 3 Divulgação

R$ 0,25 com renda revertida a projetos sociais.

BH se agita nessas férias. Tem programação para todos os gostos e bolsos. Pág. 8 Divulgação

reto

Ouro P

www.valorpolitico.com.br

ValorPolítico Janeiro - 2014 Ano I Número 2

Divulgação

Carlin Moura solta o verbo Prefeito de Contagem quer retomar a vocação do município de grande pólo industrial e ainda, ampliar o seu potencial econômico. A cidade adotou o Planejamento Participativo e vem ouvindo a sociedade para saber das demandas de obras e ações que vão nortear as atividades da prefeitura a partir de 2014. Pág. 6

antina

Diam

São Jo

ão Del

Rey

As cidades históricas de Minas já começaram os preparativos para o Carnaval 2014. Axé, marchinhas, samba e pagode. Vale tudo para atrair turistas. Pág. 8 Vereador cumpre promessas de campanha. Pág.11 Lojistas dos centros de compras populares como os feira shop, feira mix e shoppings populares ganham site para impulsionar as vendas on-line. Pág. 12

BICHO ~ PAPAO PA PAO O que é isso minha gente? Tem deputado na fila esperando atendimento em hospitais. Pág. 11


2

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

opiniao Jornalista e apresentador do programa jornalístico Balanço Geral da Rede Record em Minas Gerais.

ValorPolítico

ã

aracan

os M Marc

DIRETOR-GERAL Américo Xavier xavier@valorpolitico.com.br

Mudar a estrutura política atual e incentivar a mobilização das redes sociais para promover o desenvolvimento local

Um novo padrão de organização da sociedade é fundamental para que sejam alcançadas as mudanças necessárias na política brasileira. Ao invés de se organizar em torno de uma entidade ou de um líder, a sociedade se mobiliza por uma causa. Daí a importância das redes sociais. Nosso desafio é fazer com que nossas redes participem do processo político. O que buscamos é o fortalecimento da sociedade civil, até porque a democracia depende dela. Essa mudança só será consolidada se vier acompanhada de uma melhoria significativa no sistema educacional. Sem uma educação de qualidade, estamos adiando nosso encontro com a civilização. No mês de junho, manifestações populares explodiram pelo Brasil, onde moradores de cidades de todos os tamanhos reivindicaram mudanças no conteúdo e na forma de agir dos políticos, bem como no estabelecimento de prioridades. No centro de tudo estavam elas, as redes sociais, promovendo a ligação entre pessoas, inicialmente levadas a postarem mensagens de apoio, repúdio, alegria, ódio, esperança, incentivo, devaneios e conspirações sobre os personagens que comandam a política. Ainda é cedo para afirmar se é uma tendência que veio para ficar ou é um “arroz de festa”. Entretanto, muitos estudiosos no assunto são categóricos em relação ao que vem ocorrendo no Brasil e no Mundo: os políticos devem estar atentos aos comentários e reivindicações das redes sociais. Elas podem estreitar a relação com o eleitorado e, também, serem usadas para a veiculação de calúnias, difamações e cobrança de aprovação de projetos realmente de interesse da população. Não

foi por acaso que a Lei da Ficha Limpa e alguns projetos já foram, total ou parcialmente, aprovados depois da pressão das ruas e repercussão na internet. Com uma imprensa livre e focada nos interesses do País, muitas das notícias veiculadas nos grandes meios de comunicação reverberam nas redes e ajudam a formar a opinião dos leitores. A grande mídia também foi objeto de protesto nas recentes manifestações. Muitos dos seus participantes encontraram um meio de comunicação eficaz para terem voz e vez, notadamente as minorias sociais. Cabe a nós fazermos algumas reflexões: 1) Essas manifestações na internet e nas ruas fazem parte de um modismo ou vieram para ficar? 2) Os brasileiros passarão a ter mais interesse pela política? Os homens e mulheres honestos irão concorrer a cargos públicos? 3) Os políticos que estão no poder há anos, cheios de vícios e legislando em causa própria, mudarão as suas atitudes? 4) Quais os impactos que as redes sociais provocarão nas próximas eleições, notadamente na escolha do novo Presidente da República e Governadores? Serão expulsos da política brasileira os corruptos que roubam o dinheiro público? Ao que tudo indica, viveremos momentos de grandes mudanças, para melhor, resgatando a esperança, por meio de uma maior participação do eleitor, atento ao que ocorre em Brasília e em todos os 5.565 municípios brasileiros. Espero que os eleitores não façam mais bobeiras nas eleições de outubro de 2014.

DIRETOR DE REDAÇÃO José dos Reis jose@valorpolitico.com.br DIRETORA Simone Magalhães simone@valorpolitico.com.br FOTO DE RODRIGO VIEIRAX - Demorou, mas já estão quase prontas as obras na avenida Paraná, no centro da capital, do BRT, ou melhor, do MOVE - o novo sistema de transporte urbano idealizado pela Prefeitura de Belo Horizonte. A expectativa é que as pistas estejam liberadas nas próximas semanas. Estamos de olho, sempre!

Um futuro sombrio JOSÉ APARECIDO RIBEIRO Consultor em Mobilidade e Assuntos Urbanos Presidente do Conselho Empresarial de Política Urbana da ACMinas

Municipal, se esse fosse minimamente comprometido com os problemas da cidade. O mesmo serve para a Imprensa livre (com honrosas exceções) e o Ministério Público.

A BHTrans abriu 2014 declarando em alto e bom tom, para todo mundo ouvir, que não quer saber de carros nas ruas de BH. Carro é bom, desde que seja na garagem. As declarações dadas pela direção da entidade não deixam dúvidas: “As mudanças de circulação em mais de 50 pontos dentro da Av. Contorno visa privilegiar os pedestres e o BRT/ MOVE”. PT saudações para quem não concordar com elas, estão aí e deverão ser cumpridas, custe o que custar. (Declarações da direção da BHTrans).

Não adianta pressionar quem tem carro a mudar hábitos fechando ruas, estreitando vias, afunilando cruzamentos, alargando passeios inutilmente, instalar radares e dificultar o deslocamento, sem oferecer transporte coletivo e outros meios que não apenas o BRT/MOVE e o ônibus tradicional, comprovadamente desqualificado para o clima e a topografia de BH. Quem tem carro e precisa deixá-lo na garagem, por livre e espontânea vontade, espera mais: Metrô, monotrilho, trens suburbanos, ônibus confortáveis e obras para eliminar os mais de 100 gargalos que não deixam o trânsito fluir. Não será uma ação, mas um conjunto de ações cada vez mais urgentes.

Mesmo que sejam feitas à toque de caixa e sem a estrutura necessária para minimizar o caos, lançam-se algumas faixas, cavaletes, panfletos, meia dúzia de agentes aqui e acolá e salve-se quem puder. Na lógica de quem aplica a “terapia de choque no trânsito”, com o tempo o povo acostuma. Os fins, neste caso, justificam os meios, sejam quais forem. Vale tudo quando o desespero é maior do que a razão. Prova inequívoca de que estão todos perdidos, só não vê quem não quer ou não pode, por razões diversas... Ninguém é contra mudanças que beneficie o conjunto da sociedade, desde que os desejos dessa sociedade sejam respeitados proporcionalmente, inclusive os que optaram pelo meio individual de locomoção 54% da população que desloca. Privilegiar uns, em detrimento de outros não é razoável e deveria ser motivo de questionamentos do Legislativo

Lembro que o BRT desloca em vias confinadas, limitando-o a eixos específicos. A cidade possui vários eixos de deslocamentos e não apenas dois (avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos), todos convergindo para a região Centro Sul, que ainda sofre por ser a mais densamente povoada por quem tem carros. Enxergar isso e propor urgente a construção de outros modais capazes de democratizar a oferta de transporte público seria prova de maturidade e progresso que não faz parte do Planmob. Fica a sugestão para quem tem a missão de pensar em soluções para BH, sem esquecer que vivemos aqui e agora e que o “politicamente correto” nem sempre é o recomendável.

REVISÃO Marco Antônio Xavier EDITOR DE WEB Grupo Valor Político DIRETORIA COMERCIAL (31) 3234-1458 REDAÇÃO VP (31) 3234-1458 redacao@valorpolitico.com.br CARTAS cartas@valorpolitico.com.br O jornal Valor Político é uma publicação do Grupo Valor Político. Av. Augusto de Lima, 134, Centro CEP: 30190-001 BH/MG CNPJ: 014.869.909/0001-95 IMPRESSÃO 15 mil exemplares Todos os artigos, informes políticos e anúncios publicitários são de inteira responsabilidade de seus autores, não tendo o Grupo Valor Político qualquer compromisso com o seu enunciado.

WEB www.valorpolitico.com.br facebook.com/valorpolitico


JANEIRO - 2014 SOCIAL E ARTES

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

VP

O Servas lançou no ano passado uma série de sacolas sustentáveis com estampa de vários artistas mineiros.

3

cidadania

ALMG aprova distribuição gratuita de sacolas nos supermercados DA REDAÇÃO Divulgação

A

Assembleia de Minas aprovou na forma de substitutivo 1, do deputado Alencar da Silveira Jr., em dezembro, o projeto que prevê a distribuição gratuita de sacolas plásticas oxibiodegradáveis ou biodegradáveis descartáveis nos estabelecimentos comerciais de Minas Gerais. O projeto proíbe a distribuição ou venda de outros tipos de sacolas plásticas descartáveis. O texto também obriga que as embalagens tenham certificado de órgão técnico, comprovando suas características e qualidades. Além disso, os estabelecimentos comerciais que vendem sacolas retornáveis devem fornecer garantias legais quanto à qualidade, segurança, durabilidade e defeitos de fabricação. Pela nova lei, os comércios varejistas terão o prazo de 180 dias, após a publicação da lei, para se adaptar as novas regras para o setor. Caso o projeto seja sancionado pelo governador, a regra estadual se sobrepõe às legislações municipais que regulam o mesmo assunto e são conflitantes. Em Belo Horizonte, por exemplo, a venda de sacolas está proibida e a distribuição gratuita ao consumidor é facultativa. A maioria dos supermercados opta por não

fornecer as embalagens. No comércio, a maioria das lojas que fornece embalagem adotou as de papel. ILEGALIDADES NA VENDA Quando a lei que proibiu o plástico comum e liberou o compostável começou a vigorar na cidade, as sacolas eram vendidas por R$ 0,19. Sob suspeita de formação de cartel, o deputado Alencar acionou o Ministério Público Estadual (MPE), que entrou na justiça pedindo a proibição da venda, que vigora ainda nos dias de hoje. Na ocasião o deputado Alencar se passou por supermercadista e orçou a compra de lotes de sacolas plásticas compostáveis em várias fábricas. “Descobri que supermercados e drogarias conseguiam comprar sacolinhas por doze, dez e até oito centavos”, contou Alencar, que questionou os supermercados sobre o lucro obtido na venda das sacolas. Em 2011, o parlamentar também promoveu uma audiência pública na Assembleia de Minas para discutir as ilegalidades na venda das sacolinhas plásticas. Durante a reunião, o parlamentar

SACOLAS RECOMPOSTÁVEIS: depois de tantas idas e vindas, os supermercados vão ter que fazer uma distribuição gratuita

apresentou uma ampla análise feita pelo Laboratório de Ciência e Tecnologia de Polímeros do Departamento de

Engenharia Química da UFMG, que indica a presença de composto do petróleo na fórmula das sacolinhas, além de produtos

que aceleram a decomposição, mas não acabam com os danos ambientais, apenas os transforma em poluição invisível. VP

Assim como acredito no deputado Gustavo, temos visto que a Justiça tem caminhado e trabalhado neste sentido, mostrando que em nenhum momento houve qualquer espécie de envolvimento neste infeliz episódio, de toda a família Perrella. Acreditamos em seu companheirismo, acreditamos na sua total inocência. O caso não ganharia tantos holofotes se fosse outra pessoa ou personalidade, pois como já afirmei, são pessoas bem intencionadas e com dedicação e norte político que são alvo daqueles que apenas se sobressaem com a mácula alheia.

Valor Político de mostrar à sociedade a seriedade e figura humana que é Gustavo Perrella.”

“ Foi com muita satisfação que li a primeira edição do Jornal Valor Político. Em sua estreia, já mostrou coragem, profissionalismo e ética ao tratar de temas espinhosos com isenção e imparcialidade tão necessárias ao jornalismo. Parabéns a toda equipe”.

redacao@valorpolitico.com.br

“Não há muito o que falar sobre o deputado Gustavo Perrella, apenas que desde nosso primeiro contato, ele mostrou ser uma pessoa comprometida e companheira. Em pouco tempo de parceria, e atendendo nossos pleitos pela cidade de Guaranésia, no Sul de Minas, ele viabilizou recursos na ordem de R$ 185 mil, dos quais foram destinados às áreas de saúde e educação. Áreas que ao ver do deputado são prioritárias em atendimento e atenção. Gustavo sempre mostrou-se atento às reivindicações da sua base de apoio Guaranésia e sempre que possível, por meio dos contatos da minha pessoa,

deixa em aberto possibilidades de novos recursos e melhorias para a cidade e, consequentemente, para sua população em vários setores e situações. Seu compromisso é com o todo da cidade. Por vários momentos, infelizmente, como é comum na vida pública, pessoas que se destacam e apontam nortes políticos, são alvo de intrigas e desinformação. Neste caso deixo meu apoio e voto de confiança ao deputado Gustavo Perrella, no episódio do helicóptero que transportava drogas. Pessoas adultas e maduras que somos, sabemos que não podemos estar o tempo todo em todos os lugares e, desta forma, fiscalizar as atitudes de nossos subordinados, e às vezes nossa confiança é traída. Como tenho a certeza que foi o caso.

Agradeço o grande apoio, carinho e receptividade do deputado Gustavo Perrella que sempre nos deixou à vontade em seu gabinete e, da mesma forma, franqueou o povo de Guaranésia, nos dando a certeza de que muito mais poderemos conquistar junto ao seu trabalho e dedicação. Obrigado em nome do povo de Guaranésia e ao jornal

DANIEL ALVES DA SILVA Vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Guaranésia “A imprensa é a arma mais poderosa para um processo burocrático e transparente.O Jornal Valor Político trás uma reflexão para os homens públicos agirem a favor de uma coletividade chamada povo brasileiro. “A imprensa livre é o olhar onipotente do povo, a confiança personalizada do povo nele mesmo, o vínculo articulado que une o indivíduo ao Estado e ao mundo, a cultura incorporada que transforma lutas materiais em lutas intelectuais, e idealiza suas formas brutas”. (Karl Marx) MARCOS MARACANÃ Apresentador do Balanço Geral Rede Record

DEPUTADO ALENCAR DA SILVEIRA JR. ALMG “Parabéns pela primeira edição do jornal Valor Político. A classe precisava de um veículo de comunicação desse porte para expressar este meio tão instigante.” PATRÍCIA RODRIGUES ALMG


4

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

politica INFORME POLÍTICO

Deputado Rogério Correia denuncia o caso Lista de Furnas Esquema de corrupção encabeçado pelo PSDB desviou cerca de R$ 39,9 milhões por meio de superfaturamento de licitações durante a campanha eleitoral de 2002 Raul Gondin

O

deputado estadual do PT-MG, Rogério Correia, concedeu entrevista ao blog Viomundo onde denunciou, mais uma vez, o caso de corrupção do PSDB conhecido como “Lista de Furnas”. A reportagem traz nova luz sobre a questão, detalhando todo o esquema através de uma entrevista exclusiva com o parlamentar e áudios da conversa entre o deputado e a repórter Lúcia Rodrigues. A Lista de Furnas O caso de corrupção tucana veio à tona quando o deputado Rogério Correia teve acesso a um documento de cinco páginas contendo o nome de mais de 150 políticos do PSDB e da base aliada. Todos teriam sido beneficiados durante a campanha eleitoral de 2002 pelo superfaturamento de licitações da empresa Furnas Centrais Elétricas S.A. O documento é assinado por Dimas Fabiano Toledo, à época diretor de Planejamento,

Divulgação

Engenharia e Construção de Furnas. A lista foi entregue por Correia à Polícia Federal, que comprovou a autenticidade do documento.

Só o Senador Aécio Neves teria recebido R$ 5,5 milhões em uma única parcela.

De acordo com o documento, teriam sido desviados cerca de R$ 39,9 milhões para financiamento de campanhas, sendo os maiores beneficiários os políticos Geraldo Alckimin, candidato ao governo de São Paulo em 2002, José Serra, candidato à Presidência da República, e o senador Aécio Neves, candidato a governador de Minas Gerais à época. Neves, sozinho, teria recebido R$ 5,5 milhões em uma única parcela.

ROGÉRIO CORREIA: mais uma vez o esquema é denunciado, mas o processo permanece parado mesmo com as evidências

De Minas Gerais, aparecem ainda os nomes de Eduardo Azeredo, ex-governador do estado e então candidato ao Senado, e Zezé Perrella, pai do deputado estadual Gustavo Perrella, que recentemente esteve envolvido no caso do “helicóptero do pó”.

nomes das construtoras Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão, ODS e Odebrecht e das instituições financeiras Banco do Brasil, Bank Boston, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Opportunity e Real. As agências de publicidade de Marcos Valério – DNA e SMP&B – também contribuíram, além de inúmeras outras empresas.

A lista nomeia também pessoas jurídicas que teriam injetado dinheiro no esquema de corrupção do PSDB. Constam na Lista de Furnas os

Mesmo com todas as evidências, o processo sobre a Lista de Furnas segue parado, de acordo com o deputado Rogério Correia. Para conferir a entrevista completa,

acesse o endereço do blog Viomundo: www.viomundo.com.br.

Construtoras como Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht também participaram do esquema.


UM PACTO PELA VIDA

UM PACTO PELA VIDA

SE VOCÊ NÃO PERCEBEU O CAMINHÃO AQUI, IMAGINE NO TRÂNSITO. Trânsito sem celular. Atenda a esse chamado. Seja você a mudança no trânsito. /paradapelavida @paradapelavida

paradapelavida.com.br

Ad Celular_210x280.indd 1

17/10/13 15:39


6

Jornal Valor Político

entrevista

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

“Quero uma Contagem progressiva, que ofereça saúde, educação de qualidade e indústria de ponta!” JOSÉ DOS REIS

F

ormado em Direito pela Faculdade de Direito da UFMG e em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (Puc-MG), Carlin Moura é o penúltimo dos 13 filhos do casal de lavradores, Valentim Soares e Ísis Moura Soares. Nascido na pequena cidade de Virgolândia, no Vale do Rio Doce, o prefeito mais votado na história recente de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, é torcedor roxo do Clube Atlético Mineiro, católico fervoroso, e nas horas vagas dedica-se à leitura. Carlin Moura foi eleito com mais de 205 mil votos, o que representa 65% dos votos válidos em Contagem. Ele também é vice-presidente da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel) e foi deputado estadual e vereador da cidade, ambos por dois mandatos. Ele conta que foi por sua atuação no movimento estudantil da Faculdade de Direito da UFMG, que apaixonou-se pela Política. Naquela ocasião, participou do Centro Acadêmico Afonso Pena, do Diretório Central dos Estudantes e ainda foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Como deputado estadual, foi um dos mais atuantes da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Almg). Conhecido por sua pontualidade e frequência, foi autor de importantes leis como a Bolsa-Atleta Estadual (Lei 17.803/2008), como incentivo aos atletas de Minas, da Assistência Integral às Pessoas com Epilepsia (Lei 18.373/2009) e Preservação do Patrimônio Vivo de Minas (Lei 20.368/2012). Também foi relator do Plano Decenal da Educação, em defesa dos servidores (Lei 19.481/2011), e autor do Projeto de Lei 884/2011 em favor das vítimas de crimes contra mulheres. Seus mandatos foram bem participativos, “uma abertura ao povo de Minas para que pudessem exercer sua cidadania plena - a constante busca por lutas, participação e efetivação de propostas que levem à população igualdade e melhoria nas condições de vida”, garante o prefeito. Em um bate-papo com o jornal Valor Político, Carlin Moura dispensou o protocolo e falou de seus feitos a frente da Prefeitura de Contagem e também sobre a possibilidade de retomar a vocação de Contagem como grande pólo industrial e de serviços.


JANEIRO - 2014 PREFEITURA

VP

1 – O que o senhor trouxe da experiência como deputado estadual para o cargo de Prefeito de Contagem? Tive um mandato intenso como deputado estadual e aprendi muito nestes anos de vida parlamentar. Sempre fui um deputado presente nas atividades da Assembleia Legislativa. Acho que essa experiência foi de extrema importância para assumir o Executivo. Como deputado estadual sempre procurei trabalhar em parceria com os movimento sociais e ouvindo as pessoas. O meu mandato foi participativo, uma abertura ao povo de Minas para exercer sua cidadania plena - a constante busca por lutas, participação e efetivação de propostas que levam à população igualdade e melhoria nas condições de vida. Essa experiência nos deu condições para realizar um governo voltado para os interesses de Contagem. Com isso, tenho trabalhado em parceria com o Legislativo, construindo junto aos vereadores um planejamento a curto, médio e longo prazo. Acreditamos que para fazer um bom governo, temos que ouvir as lideranças comunitárias, empresariais, os sindicatos e demais setores de classe. 2 – Nestes dez meses de governo, quais o Senhor considera ser os maiores feitos de sua gestão na Prefeitura de Contagem? Desde que assumimos o governo, estamos trabalhando para retomar o desenvolvimento econômico, urbano e social da cidade. Já cumprimos vários compromissos com a nossa população. Atualmente, estamos realizando o Planejamento Participativo, indo a cada região de Contagem, e chamando as comunidades e os movimentos sociais para apresentarem sugestões e propostas, que serão incluídas no Plano Plurianual 2014-2017. Reabrimos, como primeiro ato de governo, as unidades da Fundação de Ensino de Contagem (Funec) que haviam sido fechadas pela administração anterior. Hoje, a Funec tem sido referência para a cidade e está preparando mão de obra qualificada. Inauguramos três novos Centros Municipais de Educação Infantil (Cemei´s); implantamos a jornada de 30 horas para o quadro administrativo da educação, uma demanda antiga da categoria; fizemos a entrega do Kit Escolar 2013 para todos alunos da rede municipal; ampliamos o atendimento à educação inclusiva e instalamos novas salas multifuncionais. Estamos negociando recursos de R$ 194 milhões com o governo federal para obras de mobilidade urbana, e conseguimos, por meio de constante diálogo com o governo do Estado,

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

7

A Prefeitura Municipal de Contagem possui 17 secretarias, oito administrações regionais e seis autarquias ligadas às atividades do Prefeito.

recursos de mais de R$ 280 milhões para obras de saneamento básico. Também entregamos o primeiro Restaurante Popular de Contagem. Com refeições balanceadas e elaboradas por nutricionistas, o restaurante tem capacidade para oferecer 4 mil refeições por dia, por apenas R$ 2,00. Também já entregamos às famílias do Programa Bolsa Moradia, retiradas das áreas de risco, 112 apartamentos do Conjunto Habitacional Recanto do Amanhecer, no bairro Sapucaias. Na saúde, contratamos 575 novos profissionais, sendo que 175 são da área médica, em diversas especialidades, para ampliar o atendimento aos contagenses. Retomamos as obras da nova Maternidade Municipal e da UPA JK. Entregamos três novas unidades de saúde e a primeira Casa da Gestante de Contagem, além de valorizar os servidores com aumentos salariais e cursos de capacitação. Conquistamos ainda 92 câmeras de videomonitoramento do Programa Olho Vivo, contratamos 70 novos guardas municipais, que já estão trabalhando nas ruas da cidade, além de fortalecer as polícias Militar e Civil e a Guarda Municipal com novos veículos. No total, são 54, sendo que 29 para atender as defesas Social e Civil, 15 viaturas e 10 motos para a Polícia Militar. Estamos negociando com o Ministério do Esporte, a implantação de três Centros de Iniciação Esportiva. Acredito que o nosso grande desafio é a mobilidade urbana. Estamos empenhados para a construção, nos próximos anos, de grandes obras estruturais, como trincheiras, viadutos e corredores exclusivos para ônibus com estações de integração. Essas grandes obras vão melhorar o trânsito da cidade e reduzir, significativamente, os gargalos. 3 – O Planejamento Participativo, hoje a menina dos olhos da sua gestão, pretende atingir quantas diretrizes? O senhor está satisfeito com a participação da sociedade contagense? Estamos realizando o Planejamento Participativo e estou muito feliz em poder compartilhar com a população de Contagem as decisões do governo, ouvindo as suas demandas e o que a cidade realmente precisa. Contagem é a primeira de Minas Gerais a desenvolver esse projeto. A prefeitura está percorrendo as oito regionais e ouvindo as propostas e sugestões da população para que sejam incluídas no Plano Plurianual (2014-2017). Junto com o Planejamento Participativo, o nosso governo também realiza a Praça da Cidadania, com serviços sociais, atividades culturais, educação

ambiental, lazer e esporte. Os debates são destinados às cinco áreas: políticas sociais (educação, saúde, desenvolvimento social, direitos humanos, cidadania, mobilidade reduzida e idosos, esporte e assistência aos deficientes); políticas de Desenvolvimento Urbano (mobilidade e desenvolvimento urbano), políticas especiais (democracia e participação popular, transparência e modernização da gestão), políticas de desenvolvimento produtivo e sustentabilidade (desenvolvimento econômico, trabalho e geração de renda) e manutenção e gestão institucional (funcionamento e melhoria da estrutura administrativa da máquina pública). 4 – O restaurante popular era uma reivindicação dos contagenses desde 2004 e só se tornou realidade agora em sua gestão. Há previsão para novas unidades e quando isso se dará? O Restaurante Popular de Contagem era uma demanda antiga da nossa população. Com a sua inauguração, na região do Eldorado, cumprimos mais este compromisso. Estamos estudando a possibilidade de implantarmos mais unidades para atender os nossos trabalhadores e estudantes. É grande o sucesso do restaurante. Também estamos realizando, juntamente com o Planejamento Participativo, o Restaurante Popular Itinerante, em que levamos esse serviço para que a população conheça e faça a sua refeição por apenas R$ 2,00. Esperamos que as pessoas aproveitem o beneficio! A iniciativa visa contribuir com o bolso do trabalhador e das famílias, reduzindo as despesas com alimentação. Dessa forma, sobrará mais dinheiro no fim do mês para outras necessidades 5 – Contagem, o terceiro maior município de Minas Gerais, tem perdido algumas empresas para outros distritos industriais. A Prefeitura planeja alguma estratégia para reverter esse êxodo industrial? Estamos trabalhando para retomar a vocação industrial de Contagem. Sabemos que a cidade tem um grande Parque Industrial e possibilidades para ampliar o seu potencial econômico. Estamos estabelecendo diversos contatos e estreitando laços nacionais e internacionais para que isso aconteça. Estivemos recentemente na China a fim de ampliarmos os investimentos na cidade, ampliando as oportunidades de negócios, parcerias e intercâmbio técnico e tecnológico, de infraestrutura e cultural. Uma das prioridades do atual governo é o desenvolvimento econômico, numa perspectiva de gestão

desenvolvimento econômico. moderna, mais ágil e eficiente. Também temos boa interlocução com os governos estadual e federal. O que acontecia antes é que essa relação com esses setores era tímida. Agora, trabalhamos juntos, visando uma cidade melhor. Estamos buscando ainda propostas inovadoras para a qualificação, competitividade e produtividade. Temos exemplos: o aprimoramento do Programa Contagem Pró-ISO, a criação de novos distritos industriais, a requalificação dos distritos existentes e a criação de mecanismos facilitadores para que Contagem seja a cidade com a maior atração de investimentos de Minas Gerais. Estamos entre as cinco cidades onde se abre uma empresa num prazo mais rápido do Brasil. Estamos ouvindo dos empresários e dos fornecendo respostas rápidas às suas demandas. Uma das prioridades imediatas é a aprovação de novos distritos industriais como forma de impulsionar o

6 – A Prefeitura de Contagem vem se mostrando bem atuante nas redes sociais. O Senhor também está presente nas redes sociais? Gosta ou somente cumpre o protocolo? Como uma pessoa pública, tenho que estar ‘antenado’ com os novos tempos e com as redes sociais que cumpre um papel importante em nossa sociedade. Gosto de estar por dentro das novidades e, também, de conversar com os internautas. Essa é uma forma de interação e sociabilidade. Tenho até perfil no Twitter (prefCarlinMoura). Tenho um grande prazer de interagir com os meus seguidores. 7 – Como o Senhor quer enxergar Contagem daqui a 10 anos? Como uma cidade progressiva, com grandes obras estruturais e com o maior parque industrial de Minas Gerais. Uma cidade que ofereça educação e saúde de qualidade, com melhores condições de vida para a sua população. VP


8

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

mineiridade É tempo de férias em BH! Atrações para todos os gostos e bolsos agitam a capital mineira em janeiro DA REDAÇÃO

P

ara quem quer aproveitar as férias de janeiro e conhecer os encantos da capital mineira, opções de lazer e cultura não vão faltar e fazer a alegria da criançada e de seus pais. Durante todo o mês serão realizados festivais, festas populares, campanha de popularização do teatro e da dança, enfim, diversão para todos os gostos. Além disso, todos os shoppings da Região Metropolitana de BH oferecem atividades infantins. A Praça da Liberdade recebe em janeiro cinco shows do Circuito Aberto, ação do Circuito Cultural Praça da Liberdade, com entrada gratuita e ao ar livre. A sexta atração será realizada no Museu das Minas e do Metal. Grupos como a Cia. Burlantins, vão se apresentar no espaço. Todos os museus e atrativos do Circuito Cultural estarão abertos à visitação. TEATRO Tradicionalmente, o início do ano em BH vem sendo dedicado ao teatro e a dança. É a Campanha de Popularização do Teatro e da Dança que chega a sua 40ª edição. Este ano, 151 peças (94 adultos, 46 infantis, 10 de dança e uma circense) integram o evento, sendo 47 espetáculos estreantes. Apesar das estreias, muitas peças estão há mais de cinco anos na campanha. São boas montagens e com recordes

de bilheterias como “Acredite, um espírito baixou em mim”, “Como sobreviver em festas e recepções de buffet escasso”, “As barbeiras”, entre outras. Porém já poderiam sair da programação, pois dão um ar de ‘vale a pena ver de novo’. Tudo bem que muita gente ainda não viu, mas chega uma hora que cansa. Destaque para “Nelson, sem pecado”, “Samba, amor e malandragem”. Outra novidade é que além dos espaços usuais, como os teatros do Palácio das Artes, Sesiminas, Alterosa, as peças também serão apresentadas nos novos CCBB, Teatro Bradesco e Cine Theatro Brasil Vallourec. Regiões como Nova Lima e Barreiro também estão no roteiro da campanha. A programação completa e os pontos de venda você confere no site www.sinparc.com. br. Os preços variam de R$ 5, R$ 8, R$ 10 ou R$ 12 (preço nos postos de venda para peça adulto, infantil e dança). Já nas bilheterias dos teatros os valores são diferentes, conforme cada estabelecimento. EXPOSIÇÕES O Palácio das Artes apresenta até o dia 2 de fevereiro, no espaço Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, a exposição Escavar o Futuro, que reúne obras e artistas de diversos lugares do mundo e busca o encontro entre arte e arquitetura e a prática espacial que as permeia. Até 8 de fevereiro, o Espaço Mari’Stella Tristão recebe a exposição inspirada

nos mapas. A proposta de ATLAS - Verão Arte Contemporânea 2014 é guiar o espectador através do descobrimento de diversas paisagens, sensações e ambientes, sem um rumo explícito, sem divisão cronológica ou geográfica, a fim de proporcionar um circuito em que o público percorra todos os espaços da galeria. O Palácio das Artes realiza ainda diversas oficinas relacionadas às exposições em cartaz. Informações: http://fcs.mg.gov.br

O Parque Américo Renné Giannetti (Parque Municipal) oferece de forma gratuita diversas opções de lazer como brinquedos, equipamentos de ginástica, pista de caminhada, quadra poliesportiva, pista para skate e quadra de tênis. Abriga, também, com tarifa de um real, 21 brinquedos eletrônicos como carrossel, roda gigante, minhocão, rotor, safári e pula-pula. No parque, encontramos os tradicionais burrinhos, fotógrafos lambe-lambes e o trenzinho.

José do Patrocínio Pontes, 1.951, bairro Mangabeiras.

Diversas atrações podem ser conferidas também no Festival VAC – Verão de Arte Contemporânea. Em sua oitava edição, o foco do festival está nas artes visuais. Espetáculos de teatro, dança, música, artes visuais, cinema, literatura, moda, gastronomia e arquitetura serão exibidos em vários locais. Confira a programação completa em http:// veraoarte.com.br/2014/. Como nas sete edições anteriores, boa parte da programação do VAC 2014 tem preços populares e algumas atrações possuem entrada gratuita.

No Parque Lagoa do Nado as atividades começam no dia 21 e vão até o dia 31de janeiro. Serão várias atividades de recreação, educação ambiental e observação de aves. Informações sobre a programação dos outros parques no telefone: 3277-1428.

Já o parque indoor Magic Games oferece 55 atrações, de segunda a domingo, das 10h às 22 horas. As fichas custam a partir de R$ 2,50. Labirinto Kid Play, um brinquedão com piscina de bolinhas, tobogãs, túneis, Rock Band II, e muitos outros. E no Criança Mania, os pais podem deixar seus filhos, de dois a oito anos, enquanto fazem suas compras e passeiam pelo shopping. Entre as atrações, piscina de bolinhas, casinha de boneca, carrinhos, camarim e diversos jogos eletrônicos e interativos. E as salas de cinema do Cineart Boulevard também estão com uma programação infantil especial para a garotada nas férias.

FÉRIAS NOS PARQUES Os parques municipais de Belo Horizonte prepararam programação especial para toda a família curtir as férias. No Parque das Mangabeiras, a programação começa no dia 21 e vai até 31de janeiro. As opções são várias, como oficinas esportivas, rua de lazer, apresentação teatral e jogos.

Outra boa opção para as férias de janeiro é o Parque da Serra do Curral. Seu principal atrativo para quem busca atividade física ao ar livre e aventura é a Trilha Ecológica Travessia da Serra, com cerca de 4.220m de extensão e altitudes que variam de 1.200 a 1.380 metros, percorrida na crista da Serra do Curral. Já para quem só está pensando em curtir um belo visual e aproveitar a natureza, existe a opção de fazer uma caminhada pela estrada do Parque desde a Portaria 1 até o Mirante da Acessibilidade. Crianças, jovens, adultos e idosos, todos conseguem sem grande esforço chegar até esse ponto para admirar a paisagem. A entrada é pela Avenida

NO GELO: pista de patinação no shopping sempre foi um motivo para atrair a criançada

FÉRIAS NOS SHOPPINGS No Boulevard Shopping (av. dos Andradas, 3.000 – Santa Efigênia) destaque para pista de 200 m² de patinação no gelo, no Piso 1. R$ 25,00 o aluguel de patins por uma hora. De segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e domingos das 11h às 21h.

No BH Shopping, a programação de férias vai até o dia 26 de janeiro. A criançada poderá se divertir em oficinas de criação e na exposição de esculturas construídas com blocos Lego. VP


JANEIRO - 2014 CARNAVAL 2014

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

VP

9

Aproveite também o Carnaval das cidades históricas de Minas Gerais. Destaque para Ouro Preto com seus inúmeros blocos de rua; Diamantina, Pompéu, Tiradentes , Mariana, Sabará e São João Del Rey.

Olha a folia aí gente... E nas cidades

BH já tem a sua Corte Real Momesca e se prepara para o maior Carnaval dos últimos tempos

Kivian Santos - Acervo Belotur

FOLIA 2014: a nova Corte Real Momesca será a embaixadora do Carnaval de Belo Horizonte

DA REDAÇÃO

A

capital mineira deu as boas-vindas à nova Corte Real Momesca do Carnaval 2014. A eleição marcou oficialmente a folia de BH. A Corte Real será a embaixadora da festa, levando alegria e muito samba para os eventos que antecedem o Carnaval e durante a folia na cidade. Este ano os desfiles voltarão a acontecer na Avenida Afonso Pena, no Centro, depois de 23 anos. Foram vencedores Getúlio Ramalho, do bairro Santa Tereza; Renata Ribeiro, do bairro União e Yaralis Teles, do Boa Vista, e receberam, respectivamente, os títulos de Rei, Rainha e Princesa da folia. Trinta e dois candidatos subiram ao palco do Music Hall ao som da bateria do Bloco Caricato Academia do Samba Por Acaso. Quesitos como alegria, simpatia, facilidade de expressão, domínio da arte de sambar e espírito carnavalesco foram considerados por cinco jurados durante a eleição. Os vencedores como Rei e a Rainha do Carnaval 2014 receberam da Belotur

o prêmio de R$ 5 mil; e a princesa, R$ 3 mil. De acordo com a Belotur, a capital mineira se prepara para receber o maior Carnaval de sua história, “fazendo, inclusive, com que foliões abdiquem de roteiros tradicionais como Ouro Preto para aproveitar os blocos da capital mineira”, garantiu o presidente da órgão, Mauro Werkema. A estimativa é receber mais de um milhão de pessoas nas ruas da cidade durante os cinco dias da festa – de 28/02 a 5 de março, terça-feira. BLOCOS DE RUA A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) garante que está se preparando para recebertantagentecomainfraestrutura necessária. Em 2013, 500 mil pessoas participaram do Carnaval na capital. Em desfile de alguns blocos, os foliões superaram a estimativa de público dos organizadores. Em 2014, a expectativa é de que 200 blocos sejam cadastrados, contra 72 em 2013. A PBH aposta que o fenômeno, iniciado espontaneamente pela população

cresça ainda mais. Segundo Luiz Felipe Barreto, “dessa vez a Belotur não vai ser pega de surpresa”. Para garantir aos blocos o direito de estarem na rua, serão mobilizados, além da Belotur, a BHtrans, a limpeza urbana, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil. Werkema explicou que o carnaval de 2014 será uma preparação para a Copa do Mundo Fifa, dadas as proporções que o evento anual vem tomando em Belo Horizonte. Serão treze palcos espalhados por todas as regionais da cidade e cerca de duzentos blocos de rua. Com os palcos nas regionais, as pessoas não precisarão se deslocar para o Centro da cidade, Savassi ou Santa Tereza para pular o Carnaval. Barreto garante que todos terão “o mesmo nível de qualidade e segurança” para participar da festa, independentemente da região em que estejam. Para Werkema a tendência é de que o evento se torne fonte de renda para a cidade, que deve compreendê-lo como produto turístico e cultural, com repercussão na cadeia econômica da gastronomia e da hotelaria. VP

históricas... Enquanto a capital mineira se prepara para a grande folia, os municípios centenários também caem na festança de Momo com muita alegria, disposição e segurança. Confira o roteiro da festa no interior! DIAMANTINA O Carnaval de Diamantina, tradicionalmente realizado nas ruas e becos do Centro Histórico oferece aos foliões atrações durante todo o dia e noite. A animação começa já pela manhã com os desfiles dos blocos caricatos. Destaque para os blocos Sapo Seco, Rato Seco e As Domésticas Aposentadas. A grande concentração de foliões ocorre a partir do final da tarde e vai até o dia clarear na Praça do Mercado Velho e becos do Centro Histórico, ao comando da percussão das bandas Bat-Caverna e Bartucada que se apresentam no palco principal. É este ritmo acelerado que os visitantes encontram em Diamantina para comemorar a Festa do Momo. MARIANA O município entra no clima da folia logo cedo. A cidade se enfeita e prepara um dos maiores carnavais do interior de Minas, com segurança, alegria e diversão para todas as idades com as tradicionais marchinhas de Carnaval. Os blocos caricatos, alguns com mais de 150 anos, como O Zé Pereira da Chácara são os destaques da folia. OURO PRETO A abertura oficial do Carnaval de Ouro Perto acontece na quinta-feira, véspera de Carnaval, com a entrega das chaves da cidade para o Rei e a Rainha do Carnaval e desfile dos blocos do Zé Pereira dos Lacaios, Gatas e Gatões, Bandalheira Folclórica Ouropretana e Bloco Vermelho i Branco, acompanhados da Banda do Bororó. No decorrer do feriadão, haverá desfile de escolas de samba, shows com bandas locais, baile carnavalesco, apresentação de DJ’s e VJ’s.

SABARÁ Os preparativos para a folia já começaram com o pré-carnaval promovido pela Prefeitura Municipal nas tardes de domingo. Um dos destaques da folia durante o feriadão é o Bloco Paraíso dos Moralistas, fundado há mais de 60 anos, que participa do desfile dos blocos nas tardes de domingo e terça-feira de Carnaval. A cidade preparou as festividades de modo que o visitante proteja seu centro histórico, seu patrimônio cultural e humano, priorizando a segurança para a população e também para os turistas. SÃO JOÃO DEL REI A cidade já começa a receber os turistas para o Carnaval no próximo dia 27, quando o bloco Cachaça com Mel Chora Borel se concentra na Praça Frei Orlando, no centro da cidade. Até a terça-feira de Carnaval, serão aproximadamente 50 desfiles de blocos caricatos. Também haverá desfiles das escolas de samba no sábado, domingo e segunda-feira de Carnaval. TIRADENTES A folia é acompanhada por tradicionais marchinhas e blocos de rua que desfilam durante os cinco dias da folia de Momo. A festa começa na sexta-feira, véspera de Carnaval, com o desfile do bloco Entre & Vista, com destino ao Largo das Forras. Outros destaques são os blocos caricatos como o das Domésticas, Ver-te-Cana e Ora-pro-nobis. Ao todo, desfilam 15 blocos. Entre um desfile e outro, o turista também poderá contemplar a riqueza histórica do município e os atrativos turísticos de toda a região.


10 Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

VP Autos GPS PARA MOTOS

Para quem gosta de uma boa aventura sobre duas rodas, na cidade, na estrada ou no campo, este novo aparelho desenvolvido pela Multilaser, promete agradar. O GPS Tracker vem com uma compacta tela LCD de 4,3” e cobre mais de 2.500 cidades, além de listar milhares de pontos de interesse, como restaurantes, hotéis, hospitais, etc. Conta também com alerta de radares fixos e, para quem pretende viajar, vem com mapas do Brasil, da Argentina, do Chile e do Uruguai, além das cidades de Orlando e Miami, nos EUA. O aparelho é resistente à água. Por meio de sua conexão bluetooth para headset, fica ainda mais fácil ouvir os comandos de voz do GPS que fala o nome da rua durante as instruções de manobra, evitando confusões no trajeto. Tem a localização atualizada a cada segundo, gerando recálculo imediato da rota quando necessário. Preço sugerido: R$ R$ 499,00.

UM LUXO SÓ!

SÉRIE ESPECIAL

A Chevrolet lançou a série especial Tracker Freeride pelo preço sugerido de R$ 67.690. O carro vem com adesivos nas laterais, colunas e no interior, além de rodas em alumínio com aro de 16 polegadas, suporte de teto com barras transversais e uma bicicleta “mountain bike”, da General Wings, de 27 marchas, freios a disco e amortecedor dianteiro. O interior possui bancos em tecido na cor jet black, com rebatimento 60/40 nos bancos traseiros, rádio AM / FM estéreo, com entrada de áudio auxiliar e grafismo exclusivo Freeride.

O novo Citroën C4 Lounge, projeto global da marca, chega ao mercado com a ambição de tornar-se uma nova referência de dirigibilidade e prazer ao dirigir em seu segmento. É oferecido em sete opções de cores externas. Possui medidas generosas (4,62 m de comprimento, 1,78 m de largura e 1,50 m de altura), com distância entre-eixos mais longa do segmento (2,71 m), todos os assentos e encostos traseiros têm reclinação de 29 graus. Os ocupantes contam com vários portas-objeto, aumentando a comodidade.

O porta-malas também é amplo e versátil, com capacidade para 450 litros, luzes diurnas e feixes de led, rodas de liga leve de 17 polegadas, com faces espelhadas e braços direcionais com detalhes cromados, para-brisa acústico, suspensões calibradas, direção eletro-hidráulica precisa, pneus Michelin Primacy, nas versões 2.0i 16V Flex, com 151 cv de potência, e Turbo THP, com 165 cv; nova caixa de câmbio Auto6 automática de seis marchas, Rádio GPS MyWay, sistema de áudio HIFI, sistema Start/ Stop e ainda três anos de garantia contratual.

O modelo está equipado com motor Ecotec 1.8 litro, que rende 144 cv quando abastecido com etanol e 140 cv com gasolina, ambas a 6.300 rpm. O torque máximo, com etanol, é de 18,9 kgfm já aparece com 3.800 rpm. Com gasolina, o torque máximo é de 17,8 kgfm, na mesma rotação. Além disso, no lugar do câmbio automático de seis marchas das demais versões. A série especial conta com caixa manual de cinco velocidades, que funciona com o sistema de tração dianteira.

TRUNFO DA WV

Ainda faltam algumas semanas para o principal lançamento da Volkswagen em 2014 chegar ao mercado brasileiro: o WV Up! A montadora revelou nas últimas semanas a foto oficial da versão brasileira que promete ser a sensação do ano. A rede concessionária afirma que o

modelo chegará em março e que já existe uma longa fila de espera. Pelo que se pode ver na foto, o Up! brasileiro é igual ao modelo comercializado na Europa. Somente os vidros das portas traseiras serão divididos para que se abram parcialmente

- e da coluna C, mais larga no modelo a ser fabricado na unidade paulista de Taubaté (SP). Isso se deve por causa do aumento de alguns centímetros no comprimento total e da capacidade volumétrica do porta-malas. Ponto para a versão nacional!

De acordo com a WV, a traseira doUp! sofreu algumas alterações por conta da nacionalização do projeto. Para reduzir os custos de produção, a versão brasileira não terá o belo tampo de vidro. No seu lugar, uma chapa de aço na parte inferior, entre as lanternas. E sob o capô, o compacto terá um motor 1.0 litro flex, de três cilindros e 12 válvulas, e 82 cv. O desenho da traseira não lembra o novo Uno?


JANEIRO - 2014

Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

CÂMARA DE VEREADORES

VP

11

Belo Horizonte possui atualmente 41 vereadores. Nas últimas eleições a casa teve 53% de renovação de seus parlamentares. Apenas uma mulher foi eleita, a vereadora Elaine Matozinhos (PTB).

Promessas de campanha saem do papel e fazem parte das ações de vereador DA REDAÇÃO Divulgação

N

a última eleição municipal, o professor Wendel Mesquita, foi eleito vereador com 8.280 votos, para seu primeiro mandato. A partir da posse, em janeiro de 2013, ele vem procurando cumprir suas propostas de campanha. Na época, ele deu prioridade a três pontos: ser um forte canal de interlocução entre as comunidades e o poder público municipal; reduzir a violência por meio do combate do uso do crack e outras drogas; e a lutar por um futuro melhor para a juventude, por meio da inclusão de novas disciplinas: “educação financeira” e “consciência política” nas escolas municipais. As duas primeiras já estão em plena execução. Para intermediar as solicitações coletivas, como presidente da Comissão de Administração Pública, Mesquita foi o vereador que mais realizou audiências públicas na Câmara. Das 27,, 16 foram requeridas pelo vereador, sendo que na sua maioria, as soluções beneficiaram as comunidades. Após a audiência e amplos debates, a comunidade do bairro São Bernardo continuou a ter direito de usar o campo de futebol

ao lado do aeroporto da Pampulha. A comunidade do Santa Terezinha, terá de volta seu campo de futebol, na av. Clóvis Salgado, onde foi instalado o Cirque de Soleil. Após uma audiência pública na própria comunidade, foi autorizada uma verba de R$ 31 milhões para obras com objetivo de minimizar os problemas de enchentes no Santa Terezinha. ACADEMIAS NAS PRAÇAS O vereador foi o intermediário junto às comunidades para a instalação de academias a céu aberto em vários bairros. Também foram obtidos vários benefícios como ampliação de linhas de coletivos, instalação de quebra-molas em diversos locais, recapeamento de ruas entre outras ações. Como parlamentar e preocupado com a educação, o vereador tem acompanhado a instalação e funcionamento das Umeis. “Todos os benefícios foram obtidos depois de muitas conversas, idas e vindas a vários órgãos municipais, a partir de mais de 300 reuniões no gabinete na Câmara e 137, no escritório parlamentar no bairro Santa Terezinha, quando

BICHO ~ PAPAO PA PAO “Com a colaboração dos parlamentares mineiros e afins”...

DEPUTADO OU SECRETÁRIO? Cerca de R$ 200 milhões é o que representa a pasta Sedese para ser aplicada em projetos sociais e implantação de CRAS. Tudo indica que o secretário Cássio Antônio Ferreira Soares vai descompatibilizarse para voltar a ser deputado estadual, e assim poder disputar as eleições neste ano de 2014.

recebi lideranças comunitárias que foram levar suas reivindicações”, comenta Mesquita. COMBATE AO CRACK E OUTRAS DROGAS No combate ao crack, o vereador foi eleito presidente da Comissão Especial de Estudos para Combate ao Crack e outras drogas da Câmara Municipal. A partir daí, já realizou algumas ações como a projeção para a designação de verba municipal para combater o vício. Em parceria com a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Mesquita participou da Marcha contra o Crack, evento para chamar a atenção da população para o problema. Ele também é autor do Projeto de Lei, em tramitação, que proíbe a comercialização e o uso em locais públicos de cachimbos do tipo ‘narguilé’, utilizado pelos usuários de crack. Segundo especialistas, uma simples tragada neste tipo de cachimbo equivale ao consumo de 100 cigarros. Quanto às disciplinas nas escolas municipais, por se tratar de um projeto mais amplo e que demanda

PROFESSOR WENDEL interlocução junto ao poder público, redução da violência e novas disciplinas nas escolas foram os pilares das promessas de campanha em 2013

maior discussão, o vereador aposta em um projeto inovador, que está em fase de finalização. A expectativa é implantar ainda este ano. O

projeto afeta a vida no campo da participação, do equilíbrio econômico e do psicológico de milhares de famílias na capital mineira. VP

DESMAME MINEIRO A presidente Dilma mandou a vaca e o leite. E Minas tem que desmamar as criancinhas. Os deputados Arlen Santiago e Carlos Pimenta ficaram sem leite para o café. Enquanto isso, a coluna Bicho Papão ficou sem o seu leitinho e as criancinhas sem o achocolatado. Estamos sempre atentos. Olha só o que reservamos para você: www.deputadosmineiros.com.br/deputados-sem-mamadeira

LICENCIO OU NÃO? Tem prefeito querendo se licenciar para assumir a campanha de Pimenta da Veiga ao Governo de Minas. Só quero ver no que vai dar! CHUMBO GROSSO Enquanto isso, no ninho tucano, os deputados Duarte Bechir, Célio Moreira, Luiz Henrique e Carlos Pimenta, continuam criticando seus amigos secretários. Vixe, será que vem chumbo grosso nas asas tucanas? Veja isso: www.deputadosmineiros.com.br/tucano-leva-chumbo

NA FILA DE ESPERA A Secretaria Estadual de Saúde está deixando os deputados tucanos e da base na fila de espera por um atendimento médico. Dizem por aí, que a demora pode chegar a um ano. Se com os deputados está acontecendo isso, imagina como está o funcionalismo público lá no Ipsemg? Acesse: www.deputadosmineiros.com. br/tucano-sem-saude

REZANDO Em algumas Câmaras de Vereadores tem parlamentar falando: “o senhor é nosso Prefeito e nada nos faltará...” CROWDSOURCING Que tal fazermos uma vaquinha para comprar um pet para um deputado que vive defendendo os animais, mas que não tem nem urso de pelúcia? #pronto falei!

NA RÁDIO ITATIAIA Outro dia, ouvindo a rádio, fiquei perplexo com a entrevista do Sindijóias, onde seu presidente disse que a Caixa Econômica pode ser considerada a maior receptadorta de jóias e ouro roubados no Brasil. O motivo: a instituição fi nanceira não pede ao usuário a procedência das peças penhoradas, tão pouco nota fiscal. Enquanto isso o mercado de ouro corre solto na Praça 7 de Beagá... Namorados de plantão, agora presente tem que ser entregue com certificado e nota fiscal..


12 Jornal Valor Político

www.valorpolitico.com.br

JANEIRO - 2014

VP Novidades Moda e acessórios a um click dos seus dedos

da Assembleia

DA REDAÇÃO

D

e olho nos consumidores que estão lotando os centros de compras populares, como feira shop, feira moda, feira mix, entre outras galerias espalhadas pela cidade, o Grupo Pró-Terra acaba de lançar um grande portal na web – o Guia Feira Shop (www. guiafeirashop.com.br). A página pretende reunir todos os lojistas populares da Região Metropolitana de Belo Horizonte e trazer ofertas diárias para quem gosta de comprar com mais segurança e comodidade num só click. As lojas virtuais se tornaram uma grande febre na internet, principalmente nos sites de compra coletiva. Porém, até hoje ninguém conseguiu reunir em um único site, ofertas populares e o melhor da moda como vestuário, calçados e acessórios. Com a possibilidade da loja virtual ser uma extensão de vendas das lojas físicas existentes, o objetivo do Guia Feira Shop é elevar as vendas dos lojistas por meio da web, garantindo novos negócios e proporcionar aos consumidores maior comodidade e rapidez em suas compras por

Musa

meio de cartão de crédito. “O portal nasce com a missão de organizar os lojistas das galerias e boxes, facilitando a localização dos produtos. Classificaremos as lojas pelo tipo de produto principal, e cada lojista poderá ter sua loja virtual independente”, informa a empresária e idealizadora do portal Guia Feira Shop, Simone Magalhães. No último ano, o mercado brasileiro de e-commerce ultrapassou os R$ 30 bilhões de faturamento, apresentando um crescimento de mais de 25% em vendas, e as transações eletrônicas financeiras tendem a aumentar ainda mais nos próximos anos. “O foco da tecnologia é sempre facilitar a vida do consumidor e dos lojistas. E o Guia Feira Shop proporciona uma grande segurança para os lojistas e

consumidores por meio de dados criptografados e utilização do sistema Pagseguro, tecnologia do grupo UOL, como plataforma de pagamento,” garante Simone. Para fazer parte do Guia Feira Shop o lojista deve se cadastrar no próprio site. Após, ele será procurado por um consultor que fornecerá todas as orientações necessárias. “Lembramos os nossos futuros associados que apenas serão aceitos lojistas que possuem lojas físicas. Nosso conceito é: não deu tempo de passar na loja física, então visite a loja virtual. Uma segurança para o consumidor e uma estratégia moderna para o lojista”, diz a empresária. Nas próximas semanas, a intenção, informa Simone, é cadastrar mais de quatro mil lojistas de galerias e boxes, ofertando assim uma variedade de produtos e comodidade para os clientes. O processo é super prático e a alimentação de informações e fotografias poderão ser feitas pelo próprio lojista. Conheça o site, acesse: www. guiafeirashop.com.br VP

O jornal Valor Político vai eleger a mulher mais bonita da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Se você trabalha na ALMG, tem mais de 25 anos, tem carisma e se sente linda, mande sua foto pra gente: concurso@valorpolitico.com.br. Sua foto será avaliada por profissionais da moda, beleza e parlamentares. A escolhida ganhará roupas, viagem, Dia da Beleza, sapato, maquiagem, e ainda um ensaio fotográfico na edição de junho do jornal Valor Político.

Participe!

Jornal valor politico ed 02 ano 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you