__MAIN_TEXT__

Page 1

e:

ev

Em

Br

(37) 99806.3468/ 99845.0282

Pilares

facebook.com/spazio.bello.5

Materiais de Construção

ED. 518

De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

Prefeitura de BD faz repasse de mais de RS 1 Milhão para Santa Casa A Prefeitura Municipal de Bom Despacho, através do Fundo Municipal de Saúde, repassou mais de RS 1 Milhão para o Hospital Santa Casa de Bom Despacho. Os valores foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Momento da Assinatura do Repasse para a Santa Casa de BD

de material de consumos e medicamentos.

"Estamos mantendo o compromisso de manter a saúde de Bom Despacho amparada durante esta gestão" , destacou a Secretária Municipal de Saúde, Neide De acordo com a Secretaria Braga, em conversa com o Municipal de Saúde, os valores Jornal Fique Sabendo. são RS 725 mil para a compra de equipamentos do CTI e mais RS 400 mil para o custeio

R$ 150.00

R$ 50,00

R$ 200,00

VEJA ALGUMAS DAS REALIZAÇÕES DO VEREADOR FERNANDO BRANCO NA CÂMARA DE BOM DESPACHO Foi o único Vereador a apoiar o candidato Prof. Wendel Mesquita em sua vitoriosa campanha para Deputado Estadual em 2018. Esta parceria, em dois anos, já rendeu mais de R$ 3.825.000,00 (três milhões, oitocentos e vinte e cinco mil reais) em recursos para Bom Despacho.

conseguindo a implantação do sistema g r a t u i t o S A P L (https://sapl.bomdespacho.mg.leg.br), que permite a qualquer pessoa consultar o andamento dos trabalhados da Câmara Municipal, dando mais transparência ao trabalho dos Vereadores.

Foi o Vereador que lutou durante os últimos 4 anos pela redução do salário dos vereadores, conseguindo a redução de R$ 6.179,00 para R$ 4.106,00.

Foi o Vereador que protagonizou a discussão contra o indevido reajuste do IPTU pelo índice da SELIC, que resultou na alteração do Código Tributário Municipal, passando o reajuste a ser feito pelo IPCA.

Aprovou a Lei Municipal que instituiu a Política Municipal contra Pichações no Município, que diminuiu este tipo de conduta ilícita. Aprovou a Lei Municipal 2.614/2017, estabelecendo regras para denominação de logradouros públicos, vedando a alteração indiscriminada de nomes de ruas, praças e prédios públicos. Aprovou a Lei Municipal 2.735/2020, que proibiu a implantação de loteamentos com ruas sem saída, salvo pelo sistema “cul-desac”.

R$ 250,00 Inserção

Aprovou alteração à Lei Municipal nº 2.372/2013, aumentando a renda do programa Família Acolhedora para até 3 salários mínimos, o que permitiu o acolhimento de crianças e adolescentes em situação de risco junto aos seus familiares, reduzindo o encaminhamento para o Abrigo Municipal. Lutou pela informatização dos processos legislativos, indicações e requerimentos,

Foi o Vereador que requereu providências junto ao Ministério Público Federal (MPF) contra os Correios (Ag. Bom Despacho, denunciando a ausência de entrega de correspondências e encomendas em diversos bairros de nossa cidade. Isso já resultou em melhorias no serviço de entrega. Fernando Aparecido da Silva (Fernando Branco), natural de Bom Despacho, com 50 nos de idade, casado com Lília Cristina da Mota, é Graduado em Direito, Pós Graduado em Direito Penal, Pós Graduado em Direito Processual. Professor de Direito Penal na UNIPAC/UMA (entre os anos de 2003 e 2015). Trabalhou no Superior Tribunal de Justiça (como Analista, no ano 2000), Foi Delegado de Polícia Civil de Minas Gerais entre os anos de 2000 a 2008). Desde o ano de 2008, é servidor público efetivo do Ministério Público de Minas Gerais (como Analista - Direito). É Vereador em Bom Despacho na Legislatura 2017/2020.

l para Enxova os Nascid nos Recém a 16 A 0 e d ha dos Modin rinque B , s a lç Ca ... o Mais e Muit

(37) 99103.2300 3521. 1466 R$ 200,00

Pça. da Matriz, 350 - Sl 15 - Centro - Bom Despacho (MG)

Para Vereador

FERNANDO BRANCO

77000

CNPJ 39.116.745/0001-56 do Candidato

Solidariedade

Rua do Rosário, 707 - São José - 3521-1533/3522.1588/ 99823.4066


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

EDITORIAL COLÉGIO TIPURA Prof. Eder Deivid

RECICLAÍ, PROJETO DA DISCIPLINA DE DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO DO COLÉGIO TIPURA CLASSIFICA-SE PARA A TERCEIRA FASE DA OLÍMPIADA NACIONAL DE APLICATIVOS –ONDA 2020

Equipe do Reciclaí Primeiramente, gostaríamos de parabenizar a todos Tipuradores(as):Felipe Melo, Stella e Larissa, além do estudante do curso superior de sistemas da UNA Bom Despacho: Ellison Carvalho e Cumbas: Gomerinha,Eder Tipura e Denise Coimbra, bem como aos apoiadores pelo excelente trabalho e p e l a d e d i c a ç ã o e comprometimento que tiveram nessa fase da Olimpíada. Uma vez que construímos um trabalho interessante e que nos deixaram orgulhosos ao perceber a consciência de cada Tipurador(a) que está participando. De modo que os alunos das equipes que não foram classificadas para a próxima etapa, não se decepcionem, não significa que o trabalho não estivesse bom, mas foi preciso selecionar os melhores projetos e assim, algumas equipes não se classificaram para a próxima

Universidade com a Secretaria i n o v a ç ã o , c r i a t i v i d a d e , Estadual de Inovação, Ciência e originalidade, aplicabilidade e relevância. Tecnologia (SICT).

etapa. Cada projeto foi analisado por 3 avaliadores diferentes e a nota do RECICLAÍ do Colégio Tipura foi 8,80 em 10,0, que reflete o engajamento dos Tipuradores(as) nesse processo seletivo. Sendo assim, para se classificarem para a próxima etapa, foi definido pela comissão organizadora que os projetos precisavam ter nota igual ou acima de 8,0. De forma que na próxima etapa, as equipes t r a b a l h a r ã o n a implementação/melhora do APP RECICLAÍ e no desenvolvimento do pitch (vídeo).

A 4ª ONDA é realizada em quatro etapas. Após o período de inscrições, que encerraram em 31 de agosto, foi aberto o prazo para a submissão do projeto de aplicativo, até 4 de outubro. Com isso, as equipes tiveram mais tempo para planejar o aplicativo. As equipes devem ser inscritas pelos professores orientadores e podem contar com estudantes de graduação como coorientadores.

A Olimpíada Nacional de Aplicativos-(ONDA) chega a sua 4ª edição com o tema “Cidades Inteligentes e Sustentáveis”. A ONDA é uma realização da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – (UERGS) e, este ano, integra o projeto Educar para Inovar, fruto de uma parceria da

A divulgação dos projetos aprovados para a próxima fase ocorreu no dia 14 de Outubro. Em seguida, as equipes elaborarão o aplicativo e enviarão um vídeo de apresentação. Nessa etapa, além da qualidade do vídeo, os aplicativos serão avaliados de acordo com critérios como

A última etapa ocorrerá em dezembro com a publicação dos vídeos aprovados no Facebook da 4ª ONDA e a votação do público. Os três vídeos que obtiverem maior pontuação após a votação do público, levarão as equipes para a cerimônia de premiação. Além da parceria com a Sict e do aumento do prazo para inscrições e submissão do projeto, a 4ª ONDA traz outras novidades: a nota das etapas anteriores será considerada para a composição da nota final; e será concedido um prêmio para o aplicativo mais inovador entre os projetos que participarem da última etapa, independente da votação do público.


04

De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

CÂMARA TENTOU AUMENTAR NÚMERO DE VAGAS PARA VEREADOR EM BOM DESPACHO Durante o ano de 2019, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bom Despacho tentou aumentar o número de vagas de vereador, sendo de 9 para 11. O projeto não foi colocado em discussão no plenário, mas chegou a ser elaborado pelos edis responsáveis pela atual administração da casa em Abril do ano passado. O documento contém as assinaturas da Presidente Joice Quirino, do Vice-presidente da época Marcelo Marilúcio dos Santos (Marcelão) e Maria Conceição Queiroz (Cessão), que ocupava o cargo de primeira secretária da casa.

vereadores em 2020, que atualmente gira em torno R$ 6200,00 para cada parlamentar. Com a aprovação, o valor atual será de R$ 4800,00 a ser pago a partir de Janeiro de 2021.

Na proposta de resolução de número 19 de 2019 há a proposta do aumento de número de vagas para a Legislatura de 2021 a 2024, entretanto o projeto não chegou a ir ao plenário para votação, motivo ainda revelado pela Câmara. No documento também há a informação sobre dados populacionais de cidades da região que tem 09 vereadores atuantes de cada município.

Na noite da última segunda-feira, 19, o SAMU compareceu a Avenida Padre Augusto no Bairro São José, após receber um chamado para socorrer uma pessoa que caiu de bicicleta na via. A vítima é uma mulher de 25 anos sendo levada para o Pronto Atendimento Municipal.

O jornal Fique Sabendo procurou a Câmara Municipal de Bom Despacho para esclarecer a tentativa do aumento do número de vagas. Em resposta à reportagem, Assessoria de Comunicação informou através de email: "A Proposta foi retirada de discussão e segue Link p a r a c o n s u l t a : https://sapl.bomdespacho.mg.leg.br/materia/566/t ramitacao". Vale lembrar que a Câmara Municipal de Bom Despacho aprovou a redução salarial para os

SAMU SOCORRE MULHER QUE CAIU DE BICICLETA EM BOM DESPACHO

atendimento da vítima, que esra uma mulher de 25 anos, que estava consciente e apresentou ter escoriações nas mãos e ferimentos superficiais no rosto.

Conforme o Samu, a vítima foi encaminhada para o Pronto Atendimento Municipal de Bom Despacho, para os atendimentos Segundo SAMU, compareceu ao secundários. local da queda uma Unidade de Suporte Básico para fazer o Página do documento que propõe o aumento de numero de vagas para vereador .

Novo Endereço: Av. Lalemã Vieira - 131 - Esplanada - Bom Despacho (MG)

Av. Lalemã Vieira - Esplanada - Bom Despacho (MG)

(37) 99985.0794


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

03

Carro se choca com Bicicleta em Bom Despacho Na noite da última quinta-feira, 15, o Samu recebeu um chamado após ocorrer uma colisão entre um carro e uma bicicleta na Praça da Matriz no centro de Bom Despacho. O atendimento aconteceu por volta das 20h30.

pouco confusa, com hematoma na cabeça.

De acordo com o SAMU, a vítima recebeu os primeiros atendimentos, foi imobilizada, medicada conforme as orientações médicas e encaminhada Segundo o SAMU, a Unidade de Suporte p o s t e r i o r m e n t e p a r a o P r o n t o Básico fez o atendimento de uma mulher Atendimento de Bom Despacho. de 40 anos, que estava consciente e um

Eutanásia em Animais é regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária situação em que morte é a melhor solução para terminar o sofrimento do bicho. Após a sanção da Lei que foi aprovada pela Câmara Municipal de Bom Despacho houve manifestos nas redes sociais, nos quais na maioria, se demonstraram desfavoráveis a promulgação da Lei. Por causa de inúmeros comentários que surgiram em meio às redes sociais, o Prefeito Dr Bertolino ao lado de Norzila Campos, presidente da Associação do Bicho Amigo, publicaram um vídeo no qual esclarece que a Lei está seguindo um método científico regulamentado e estabelecido do Conselho Federal de Medicina Veterinária e que o objetivo principal é proteger os animais.

R$ 90,00

Na última semana a Prefeitura Municipal de Bom Despacho sancionou a Lei da Eutanásia que sacrifica animais em estado irreversível de Saúde, ou seja,

Vale lembrar que a Resolução de número 1000 de 11 de Maio de 2012 do Conselho Federal de Medicina Veterinária estabelece que Eutanásia pode ser iniciada nas situações em que o bem estar do animal estiver comprometido de forma irreversível sendo um meio de eliminar a dor ou o sofrimento dos animais, os quais não podem ser controlados por meio de analgésicos, de sedativos ou de outros tratamentos.


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

05

LIBERDADE Padre Reginaldo Manzotti profunda sintonia com Deus.

Filhos e filhas,

“É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 1,5). Esse versículo está em uma das liturgias desta semana e foi a minha inspiração para essa mensagem. Jesus veio para nos trazer a liberdade. Deus criou o homem de tal forma que deixou a decisão de sua vida entregue em suas mãos, como diz no Livro do Eclesiástico: Deus criou o homem e entregou a suas próprias decisões (Eclo 15,14). Então, os atos levam à imputabilidade. O que fazemos tem consequências para nós, para os outros e para nossa salvação. É para a liberdade que Cristo nos libertou. Deus nos deu o chamado “livre arbítrio”, que é a liberdade de fazermos escolhas, de agir ou não agir, de fazer as coisas ou não fazer. Essa liberdade alcança a sua perfeição quando está em

Dr. Wilken Cunha - Advogado

Deus é misericordioso, mas respeita o nosso livre arbítrio. Deus é bondoso, mas sofreremos as consequências do nosso livre arbítrio, porque Ele deixou o homem nas mãos de suas próprias decisões. No nosso dia a dia temos que tomar decisões, não estamos protegidos por uma redoma. Temos que usar nosso livre arbítrio e nos valer de nossa liberdade. Mas como não errar? Como fazer as escolhas certas? O ser humano pode ou não seguir a Deus, é nossa decisão também. Enquanto não estivermos em plena sintonia com Deus, enquanto não estivermos absorvidos em Deus, podemos escolher o bem e o mal. Crescer na perfeição para Deus ou definhar no pecado. A decisão é nossa. Não é por acaso que o primeiro Salmo fala dos dois caminhos: o da perfeição ascendente a Deus ou o do ímpio que definha no pecado e na mentira.

Quanto mais praticamos o bem, quanto mais nossas opções forem para o bem, mais nos tornamos livres. A liberdade é fruto das escolhas boas. As escolhas para o mal nos tornam escravos. Livres para servir, é a nossa opção concreta para o bem. Na vida, não conseguimos ficar sem pender para um lado. É visível se uma pessoa toma o caminho do mal, vai piorando em todos os aspectos. Se opta pela mentira, outros pecados se agregam e a pessoa se torna mais má. Não porque Deus quis, mas sim pelas escolhas da pessoa em suas sucessivas opções. Escolher pela mentira, adultério, fornicação, perjúrio e a injustiça levamna a agregar sobre si um mal que a faz escrava.

suas próprias decisões. A vitória está ganha em Cristo, a liberdade foi conquistada, mas sair do cativeiro depende de nós. O livre arbítrio, a liberdade que foi um presente de Deus tem graves implicações, pois nos torna responsáveis pelos nossos atos. A liberdade que nós cristãos temos, nem Deus na sua onipotência nos tirará, nem Jesus no seu ato redentor nos tirou. Ele nos abriu a porta e quebrou os grilhões, mas sair depende de nós. Que sejamos livres para servir. Deus abençoe, Padre Reginaldo Manzotti

A liberdade que Jesus conquistou na cruz quebrou o pecado de Adão e nos deu a chance de escolher o bem. E mesmo Cristo tendo vencido a morte e derrubado o diabo, Ele não pode interferir no que o Pai criou: o homem e a mulher livres para tomar

HOLDING BLINDAGEM DO PATRIMÔNIO

Olá amigos e caros leitores da nossa coluna de Direito Tributário. Na coluna desta semana quero falar sobre a HOLDING, um instituto como forma de planejamento tributário e sucessório, isso mesmo, a Holding não é utilizada apenas para questões empresariais e tributárias, sendo devidamente usada para resguardar o patrimônio familiar, no qual chamamos de Holding Familiar. A Holding pode ser bem definida como uma sociedade empresarial constituída com o objetivo de adquirir quotas e ações de outras empresas ou alocar patrimônio pessoal ou familiar. No Brasil, devido a insegurança jurídica e complexidade do ordenamento jurídico, a atividade de empreender e acumular patrimônio traz consigo riscos à manutenção da vida saudável de uma sociedade, trazendo assim a necessidade de realização de planejamento fiscal e sucessório, tendo por escopo minimizar os impactos trazidos pela complexidade da Lei Tributária, buscando assim a melhor forma de administrar o patrimônio e renda. O instituto da Holding nada mais é do que do que o tipo empresarial de administração de bens e serviços, para fins de otimizar a atividade empresarial e patrimonial, para tanto, não se

confunde como forma de planejamento fiscal evasivo, sob pena de caracterizar abuso sobre a essência do ato jurídico, podendo o empresário responder por crime.

evitará litígios entre os sócios, pois cada um deles receberá as quotas já determinadas no contrato social da empresa, observados a herança legítima que este faz jus.

A Holding quando utilizada para fins de planejamento fiscal na administração e participação de bens enseja uma vantajosa economia, quando comparada aos rendimentos das atividades tributados diretamente na pessoa física, além de ser uma ferramenta que otimiza os custos na transferência do patrimônio aos herdeiros na abertura da sucessão (inventário). No planejamento realizado para fins de inventário, os pais, proprietários do patrimônio transfere todos os bens para a pessoa jurídica, e transfere através do instituto da doação as quotas da sociedade aos herdeiros, com cláusulas de usufruto, impenhorabilidade e inalienabilidade na administração da sociedade. As cláusulas de impenhorabilidade e inalienabilidade têm por objetivo proteger o patrimônio de eventuais dívidas contraídas pelos herdeiros sócios, os quais ficarão impossibilitados de oferecê-los em garantia por ocasião do usufruto dos pais. Ademais, no caso de abertura de sucessão, o planejamento realizado

Se tratando de uma Holding Patrimonial ou Familiar, o planejamento elaborado para fins de blindagem, alguns aspectos devem ser analisados. O primeiro deles é que, o proprietário do patrimônio não pode estar em mora judicial em face de credores, cujo seu débito já está sendo cobrado judicialmente com base em título executivo judicial ou extrajudicial. A Holding criada nessa situação poderá caracterizar fraude à execução, e o patrimônio deverá ser atingido pela execução da dívida. O segundo aspecto a ser observado é o da desconsideração da personalidade jurídica da entidade devedora, cujo sócio tem seu patrimônio integralizado através de uma Holding familiar, sendo assim, a execução atingirá o patrimônio até o limite de suas quotas que estão integralizadas na pessoa jurídica, ou seja, não é uma blindagem total. Por fim, a Holding foi criada com o intuito de planejamento do patrimônio, devendo ser utilizado como instrumento de elisão fiscal (que permite

adequar uma empresa ao formato mais vantajoso de pagamento de impostos, sem que para isso cometa qualquer ilegalidade) para fins de otimização da carga tributária, ou ainda, na forma de aprimorar a transmissão de bens para fins sucessórios, e não exclusivamente para fraudar execuções em andamento, pois assim a sua eficácia poderá não ser atingida. Este foi o nosso assunto da semana, esperamos que você possa aproveitar este espaço para ter conhecimento sobre o grande universo do Direito Tributário. Deus te abençoe e até a próxima.

Dr. WILKEN EDUARDO DA CUNHA PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DIREITO TRIBUTÁRIO DA OAB DE BOM DESPACHO – MINAS GERAIS ADVOGADO TRIBUTARISTA OAB/MG 151.149

CARDÁPIO VARIADO PARA MELHOR ATENDÊ-LO!

Cerca de Lotes & Chácara Jaime (37) 92000.8398 Orçamento sem Compromisso


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

AGRONEGÓCIO Governo Zera Imposto de Importação da Soja e do Milho política tarifária na importação e na exportação.

Arroz

A proposta de reduzir as alíquotas da soja partiu do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, enquanto o Ministério da Economia propôs à Camex que zerasse o tributo cobrado das importações de milho como forma de conter a alta de preços dos alimentos.

No começo de setembro, o governo já havia adotado medida semelhante em relação ao arroz em casca e beneficiado, cujo imposto de importação foi zerado até 31 de dezembro deste ano. Na ocasião, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que a medida era necessária para tentar conter a alta do preço do produto e evitar um eventual desabastecimento.

No fim de setembro, quando teve início o plantio da safra de soja para 2020/2021, a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja) estimou que a área semeada com a principal commoditie brasileira deve aumentar 3,8% em comparação ao ciclo 2019/2020, e que a produção crescerá 3,4% relação ao período anterior, podendo superar 129 milhões de toneladas.

Maior exportador mundial de soja, o Brasil decidiu suspender a cobrança de impostos de importação do grão, bem como do farelo e do óleo de soja, até 15 de janeiro de 2021. A decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex), do Ministério da Economia, se aplica também à importação de milho, cuja alíquota de importação será zerada até 31 de março do

próximo ano. As medidas temporárias foram foram aprovadas ontem (16), durante reunião do Comitê Executivo de Gestão - órgão da Camex responsável por, entre outras coisas, estabelecer o percentual ou valor aplicado no cálculo de um tributo e formular diretrizes da

De acordo com a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), a soja em grãos, o farelo de soja e o milho estão entre os cinco principais produtos exportados pelo Brasil durante o mês de setembro, junto com o açúcar de cana em bruto e a carne bovina in natura. Somados, os cinco produtos representam mais da metade (55,4%) de toda a exportação nacional mensal – que foi 4,8% superior ao resultado do mesmo mês de 2019. Além disso, a soja em grãos ocupa o topo do ranking dos produtos exportados que o país vendeu para outras nações entre janeiro e setembro, com um acréscimo de US$ 5,9 bi em relação ao período anterior, o que representa um ganho da ordem de quase 28%.

“As medidas que podiam ser tomadas, foram tomadas, para fazer a estabilidade e o equilíbrio para esse produto", disse a ministra em um vídeo publicado em suas redes sociais. “O Brasil abriu mão, tirou a alíquota de importação, para que o produto [arroz] de fora pudesse entrar e trazer um equilíbrio para os preços. Abrimos somente uma cota, porque não temos necessidade de muito arroz, mas isso é uma cota de reserva, para que possamos ter a tranquilidade de que o preço vai voltar, vai ser equilibrado, e que o produto continuará na gôndola para todos os brasileiros", disse Tereza Cristina, à época. Ag. brasil l

AÍLTON ESTOFADOS Revenda e Reforma de Estodados

Topa tudo em geral

(37) 99819.0626

Av. GUILHERMINO RODRIGUES DA COSTA 19 - Engenho do Ribeiro REQUERIMENTO DE LAS R$ 70,00

VAP AUTO POSTO E LOGISTICA LTDA, CNPJ: 07.657.412/0001-48, POR DETERMINAÇÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO, TORNA PÚBLICO QUE SOLICITOU DA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, ATRAVÉS DO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 11658/2020, A LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA, CLASSE 2, PARA A ATIVIDADE DE: POSTOS REVENDEDORES, POSTOS DE ABASTECIMENTO, I N S TA L A Ç Õ E S D E S I S T E M A R E TA L H I S TA E P O S TO S FLUTUANTES DE COMBUSTÍVEIS. CÓDIGO: F-06-01-7 (PARÂMETRO: CAPACIDADE DE ARMAZENAGEM; 90 M³), LOCALIZADA NA RODOVIA MG 164, KM 139 - JARAGUÁ - NO MUNICÍPIO DE BOM DESPACHO.

(37) 9 99850055 Tudo em Madeiras, Telhas e Varandas

Pça do Rosário - Bairro do Rosário - Bom Despacho


07

De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

Bom Despacho terá 15 Câmeras do Olho Vivo em pontos Estratégicos da Cidade, diz Secretário Renato Gomides Após realizar a licitação da contratação da empresa que irá instalar e monitorar o Sistema de Segurança Olho Vivo em Bom Despacho, a Secretaria Municipal de Trânsito divulgou a relação dos pontos que irão receber as Câmeras de Monitoramento. Ao todo serão 15 lugares da cidade que estarão sob a vigilância eletrônica que geralmente é usada no combate a criminalidade. De acordo com Renato Gomides, Secretário Municipal de Trânsito, a contratação da empresa Alarme Patrocínios que a oferta de R$ 263 mil, propiciou a economia de 54% ao que estava disponível para ser implementado pelo município, sendo que isso possibilitou a colocação de mais câmeras na cidade. "Antes eram 12 pontos estratégicos, agora com esta economia serão 15", afirmou em conversa com o Jornal Fique Sabendo.

Ford), Rua da Olaria/Praça da Inconfidência, Avenida das Palmeiras/ Onésio Pontes no Rosário II e Dona Branca, Praça da Matriz/ Faustino Teixeira (Centro), Rua Enfermeira Joana D'arc e Vereador João Libério do Couto dentre os Bairros Santa Efigênia e Ana Rosa. Bairro Sâo Vicente No Bairro Sâo Vicente são Avenida Rio de Janeiro com Rua Irmã Maria, Avenida Governador Valadares com Rua Espinosa, Avenida Dr Juca com Rua Perdigão na saída para o Povoado da Garça e Praça do Rotariano.

Os demais pontos estarão na Rotatória Avenida Vivalde Brandão com Avenida Dr Roberto próximo aos Supermercados Fidelis e BH, Rotatória do Posto Norte Sul no Bairro do Rosário, Praça Irmã Albuquerque de frente a Os pontos escolhidos são: Posto do Vap no UPA e Praça da Matriz com Rua Dr José Bairro Alvorada, que fica na saída da MG 164 Gonçalves no centro rumo ao Bairro Ana Rosa. para Martinho Campos, Rotatória do Caic na Tabatinga, MG 164 saída para BR 262 (Antiga Renato Gomides, Secretário Municipal de Trânsito de Bom Despacho

Edital de Proclamas PEDRO ENRIQUE SOUSA, brasileiro, solteiro, soldador, reside nesta cidade, nascido aos 28/07/1996. Filho de Evandro Carlos de Faria e Simone Conceição de Sousa. RENATA HELENA DA SILVA, brasileira, divorciada, operadora de caixa, reside nesta cidade, nascida aos 01/12/1992. Filha de Jaime Nazario da Silva e Sonia Conceição da Silva. 2. ALEXANDRE DA FONSECA CESÁRIO, brasileiro, divorciado, empresario, reside nesta cidade, nascido aos 29/10/1970. Filho de Julio Maria Cesario e Analia Maria da Fonseca Cesario. LUCIENE ALVES FERREIRA, brasileira, solteira, professora, reside nesta cidade, nascida aos 31/10/1978. Filha de Rafael Alves Ferreira e Sebastiana Francisca Ferreira. 3. SAMUEL ALVES DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, motorista, reside nesta cidade, nascido aos 22/11/1987. Filho de Jair Jose Manoel e Maria Celda Santos. EDILAINE CAMILA DA COSTA ARAUJO, brasileiran divorciada por escritura, do lar, reside nesta cidade, nascida aos 09/05/1994. Filha de Sebastiao de Araujo Filho e Maria Joana da Costa Melo. 4. WASHNGTON WILLIAN FERREIRA BORGES, brasileiro, solteiro, pedreiro, reside nesta cidade, nascido

aos 04/11/1989. Filho de Jose Gilberto Ferreira e Maria do Carmo Silva Borges. ALINE FLÁVIA MARTINS, brasileira, solteira, conferente, reside nesta cidade, nascida aos 06/12/1993. Filha de José Geraldo Martins Pereira e Zirlane Pinto Santos. 5. JAIRLON ALVES DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, auxiliar de produção, reside nesta cidade, nascido aos 19/10/1989. Filho de José Gregorio Alves e Francisca Alves dos Santos. HORTÊNCIA BELÉM ROCHA, brasileira, solteira, classificadora de ovos, reside nesta cidade, nascida aos 02/12/1995. Filha de Gilson Ferreira da Rocha e Jucileide Belém Rocha. 6. ANTONIO DONIZETI MANOEL, brasileiro, divorciado, pedreiro, reside nesta cidade, nascido aos 10/03/1965. Filho de Jose Manoel Filho e Arminda Maria Manoel. ROSA MARIA PINTO, brasileira, divorciada, costureira, reside nesta cidade, nascida aos 10/03/1965. Filha de Antonio Ferreira Pinto e Sebastiana Ferreira. 7. BRUNO MAICON RAMOS COSTA, brasileiro, solteiro, desoçador, reside nesta cidade, nascido aos 01/11/1995. Filho de Ronan Geraldo Costa e Maria de Lourdes Ramos. ESTHER ALEIXO DE SOUZA, brasileira, solteira, auxiliar de montagem, reside nesta cidade, nascida

aos 10/05/2001. Filha de Fabiano de Souza Alves e Gleiciane Rodrigues Aleixo de Souza. 8. NATAN WESLEY GOMES DOS SANTOS FERREIRA, brasileiro, solteiro, vendedor, reside em MoemaMG, nascido aos 08/11/2000. Filho de Vanderlei dos Santos Ferreira e Viviane Cristina Gomes. KLISSIA GABRIELLY COELHO SILVA, brasileira, solteira, estudante, reside nesta cidade, nascida aos 24/06/2003. Filha de Paulo Tulio da Silva e Mariana Miranda Coelho Silva. 9. DIEGO PINTO DO AMARAL, brasileiro, solteiro, servidor publico, reside nesta cidade, nascido aos 22/03/1993. Filho de Jose Batista do Amaral e Carmen Aparecida Pinto Amaral. CAMILA HELENA DOS SANTOS, brasileira, solteira, auxiliar de vendas, reside em Nova Serrana-mg, nascida aos 27/12/1988. filha de Osmar Ferreira dos Santos e Maria Helena Camilo dos Santos. 10. JAIME CARIA DA SILVA, brasileiro, divorciado, operador de maquinas, reside em martinho campos-mg, nascido aos 29/09/1980. Filho de Antonio Caria da Silva e Maria Auxiliadora da Silva. CLAUDIA MARIA DO CARMO, brasileira, solteira, auxiliadora de esteira, reside nesta cidade, nascida aos 27/12/1980. Filha de Jose Ferreira do Carmo e Maria do Carmo Gontijo.

11. JOÃO HÉLIO FERREIRA DE SOUZA, brasileiro, divorciado, pedreiro, reside nesta cidade, nascido aos 18/08/1977. Filho de Marciano Ferreira de Souza e Balbina Maria de Jesus. LUCELIA DOS REIS DUARTE, brasileira, divorciada, babá, reside nesta cidade, nascida aos 16/12/1981. Filha de João Sotero Duarte e Luiza dos Reis Duarte. 12. MARCUS VINÍCIUS MACEDO, brasileiro, solteiro, vendedor, reside nesta cidade, nascido aos 27/10/1987. Filho de Antonio Carlos Macedo e Eliane Ribeiro da Silva. ANA CAROLINA DA SILVA, brasleira, solteira, auxiliar administrativo, reside nesta cidade, nascida aos 18/08/1994. Filha de Anselmo Vilmar da Silva e Vera Lucia da Silva. 13. RODRIGO FIRMINO SOARES, brasileiro, solteiro, repositor, reside nesta cidade, nascido aos 10/11/1990. Filho de José Firmino Soares e Maria de Lourdes Chaves. MARA CRISTINA SANTOS DE OLIVEIRA, brasileira, solteira, pespontadeira, reside nesta cidade, nascida aos 05/08/1999. Filha de Marcos Paulo Santos de Oliveira e Keila Maria dos Santos.


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

08


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

Atlético vacilão! Galo perde o jogo e a liderança do Brasileirão Um apagão. Não há outro argumento para explicar a derrota atleticana em Salvador na última segunda (19). Depois de um primeiro tempo intenso, com velocidade no ataque e segurança defensiva, o que se viu na etapa complementar foi um Galo passivo, entregue a mudança tática do Bahia e os erros grotescos de Guga, Igor Rabelo e até de Everson (rebateu a falta que originou o primeiro tento do Baêa. O Atlético continuou pecando nas finalizações e se complicou na virada baiana. O atacante Gilberto só faltou voar. Não. Depois do golaço, com direito a uma humilhante jogada, voou literalmente numa pirueta espetacular. Dos últimos 12 pontos disputados, o alvinegro ganhou apenas 4. Muito pouco para quem mira o título do Brasileirão. O Internacional e Flamengo assumiram a liderança depois do resultado negativo. Já o Bahia manteve o tabu de 17 anos sem perder para o Atlético em Salvador! Eita!

novo técnico, Luiz Felipe Scolari, é desafiadora na sua brilhante carreira. Tirar o Cruzeiro da zona da degola e cravar o acesso à primeira divisão. Como diria o José Guilherme: “vamos por partes”. De acordo com os matemáticos da UFMG, o Cabuloso tem 0,65% chance de subir e 54% para cair pra “terceirona”. Um triunfo contra o Operário é primordial pela estreia, pra dar moral ao elenco e pra respaldar o objetivo do projeto. Não será nada fácil para Felipão. Joguem suas fichas! Feliz aniversário, Zé Pedro do Foto

Neste último sábado (17) o Zé Pedro do Foto completou 80 anos. Fotógrafo, artista plástico, desenhista. Usou as caricaturas rabiscadas do pai, Zezé do Olímpio, como inspiração e se especializou na arte de Leonardo da Vinci. Nome que utilizou para cunhar o seu “Studio”. Destemido desde criança, entrava nas capoeiras atrás de lenhas e caminhava nas vielas mal iluminadas da Cabuloso Felipão região da rua Tiradentes até o Sétimo Escrevo antes do jogo do Cruzeiro em Batalhão. Já no início da juventude ralou Ponta Grossa pela Série B. A missão do na venda do Moacir e na estofaria do Sô

Martinho. E lá teve o seu talento de artista reconhecido e Sidnei Amorin o convidou para trabalhar no Foto Studio Oriental em 1958 ano que ingressou ao Exército no TG 004-006. Três anos depois já assumia a direção e o transformou em Foto da Vinci. Depois disso, suas fotografias ultrapassaram gerações na Cidade Sorriso. Dono de inúmeros personagens transformou-se numa lenda. Na sua indefectível capa preta ou nos inúmeros bonés e chapéus criou o mito Joseph Peter. Os quadrinhos e o Cinema foram sua fascinação. Texas Kid, Roy Rogers, cowboys, mocinhos e pistoleiros permeavam nas suas histórias. As películas exibidas no Cine Odeon, na rua Faustino Teixeira, eram a sua maior diversão. Já nas artes, as esculturas, a igreja da Matriz no gesso e os milhares de desenhos foram as suas paixões. Caricaturas ou traços quase que reais. Talento nato. Um artista lendário. Do amor incondicional pela Dona Aninha nasceram quatro filhos. A honestidade, integridade e o caráter sempre foram os seus maiores ensinamentos. Zé Pedro acompanhou o crescimento de Bom Despacho através

das fotografias. Alguns nomes folclóricos como Zé Repórter, Ministro, Romeu das Latinhas, Amador e Pôxa eram frequentadores do Foto da Vinci. Adoravam conversar com o Peter. De 1961 a 2016 manteve o “Studio” vivo e depois o museu de memórias. Ficou triste por aposentar, fechar o local que mais se identificava, mas as lembranças ficaram. O JP confidenciou que ainda sonha com as fotografias artesanais, dos retoques a olho nu (o tipo primitivo de photoshop), da câmara escura, do revelador e das fotografias presas até secar. Lá recebia os amigos para boas prosas e de seu sofá via o movimento da rua Doutor Miguel. Hoje, em sua “aposentadoria compulsória”, se delicia entre sua coleção de filmes, as leituras, o papo sobre o Atlético com o filho e a companhia de sua amada Dona Aninha. 80 anos do Zé Pedro do Foto, do Joseph Peter, do JP, do meu pai. Beijos carinhosos do seus filhos Simone, Sibele, Silvia, Sergio e Flavia. Dos netos, Carol, Mariana, Felipe e Guilherme, e, dos bisnetos Ana Cecília e Arthur. Te amamos muito!

E AÍ VEM O EX-ALCAIDE, DE NOVO (II) Meu nada agradável ex-Alcaide, Eu não lhe disse que voltaria pra continuar mostrando as supostas improbidades de seus quase oito anos de mandato como Alcaide de nossa cidade? Assunto eu tenho demais. Só preciso é de espaço no jornal Fique Sabendo – o que é difícil. Mas, antes de entrar na matéria de hoje, imagino que você deve se perguntar porque insisto em relembrar o que foi a sua (desastrosa) gestão municipal. É fácil explicar: Certa vez eu li um escritor que, perguntado por que razão ele estava sempre relembrando as atrocidades de Stalin, de Hitler e de Mao Tse Tung, ele respondeu que era para que as novas gerações não permitissem a repetição dos holocaustos por eles praticados. Em ponto menor, faço o mesmo aqui. Nesta época de eleições, os demagogos andam à solta por aí. É preciso que nossos conterrâneos eleitores sejam bem informados sobre quem são, de fato, os candidatos que pretendem representálos. Assim explicado, volto ao meu tema de hoje. Na crônica anterior – que tinha o título Ex-ALCAIDE EM PLENA CAMPANHA (I) – eu já listei uma série de “travessuras” suas naquele período em que você esteve à frente do nosso executivo municipal. Vou continuar relembrando mais algumas, ok? Lembra daquela sua insistência em corrigir os valores do IPTU pela taxa de juros SELIC – um absurdo técnico sem

tamanho? Cheguei até a fazer uma longa exposição oral, numa reunião da Câmara Municipal, mostrando as absurdas e elevadas taxas de correção daquele imposto. Depois de uns cinco anos martelando nessa tecla, você acabou tendo de admitir que estava fazendo a coisa errada - o que, imagino, deve ter sido extremamente humilhante pra você. Mas nunca pensou em devolver aos pobres contribuintes o que havia cobrado a maior por vários anos. E aquelas absurdas taxas de juros de 10% a 20% ao mês, nas parcelas do IPTU, que você sempre cobrou de forma inescrupulosa dos mais pobres? Digo dos mais pobres porque, geralmente, são eles os que não conseguem pagar o IPTU à vista. Corrigir o IPTU sempre acima das taxas correntes de inflação e cobrar estas taxas de juros iguais aos bancos nas parcelas do IPTU pra mim é improbidade administrativa. Se não for, o que é então? Um outro ponto: Eu, como você sabe perfeitamente, sempre critiquei a prolixidade de seus decretos e projetos de lei. É que, quando você pretendia regular a vida das empresas e do cidadão, você sempre procurava cercá-los de todas as hipóteses possíveis para pegá-los. Foi assim com o projeto do código de posturas (nem sei se essa aberração chegou a virar lei), foi assim com a regulamentação de loteamentos e chacreamentos, foi assim com o projeto de código de obras, foi assim com tudo. Até a legislação de concessão de “diárias” ao funcionário – que na Lei Federal 8.112 só tem três ou quatro artigos – na sua ocupou mais de quatro páginas.

Quanto mais burocrata é o governante, mais prolixo são suas leis e regulamentos. Também andei criticando a indústria das multas – especialmente as de trânsito - que você implantou em Bom Despacho. Não se trata aqui de improbidade administrativa. É só para as pessoas relembrarem o que foi sua administração aí. A coisa ficou tão exagerada que frases do seguinte tipo viraram lugar comum nas cidades em nosso entorno:“-Vá a Bom Despacho e volte com uma multa!” Eu mesmo, depois que deixei Bom Despacho e já morando em Brasília há alguns meses, recebi uma multa por estar supostamente falando ao celular enquanto dirigia na Praça da Matriz. Fiz um longo recurso tentando provar a inveridicidade da multa. Depois disso, você ainda ficou dois anos à frente da prefeitura e nunca se dignou sequer me responder com uma negativa. Já paguei a multa, do contrário eu não receberia meu “IPVA” quitado.

contrariado e contestado, você simplesmente ignorou aquele Decreto Legislativo e assim, sem mais nem menos, exonerou uma servidora com base numa legislação que, devido àquele Decreto Legislativo, já não existia mais. Isso é ou não improbidade administrativa e das grossas? A memória do povo costuma ser curta. É preciso reavivá-la sempre para que certos fatos e certas histórias não se repitam. Ah, uma última coisa: eu estou sempre na expectativa de que vai circular a qualquer momento uma nova edição anônima daquele site “Curva do Rio”. Ainda mais agora, época de campanha eleitoral. Você não se preocupa com isso não, né? Ou já saiu e eu não estou sabendo? Tchau procê. Chantecler.

Agora, a maior de todas as suas malucas arbitrariedades e ilegalidades: Em 2018, você anulou uma lei municipal através de um Decreto seu. Anular uma lei por meio de um Decreto, ex-Alcaide? Que loucura! No seu imperialismo, parecia que você não tinha limites. Sabendo que tinha maioria na Câmara Municipal, você imaginava que podia fazer o que lhe dava na telha. Mas, mesmo tendo maioria naquela Casa Legislativa, a aberração foi tão grande que a Câmara Municipal se viu obrigada a editar o Decreto Legislativo n° 01/2018, publicado no DOMe de 15/05/2018, anulando seu Decreto. Esta era a única solução jurídica para o problema que você criou. Mas, como você detesta ser

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Convido as pessoas interessadas para comparecerem na Assembleia Geral Extraordinária de fundação, eleição e posse da primeira diretoria e conselho fiscal do CONSELHO DE PASTORES DE BOM DESPACHO, que será realizada no dia 31 de oUTUBRO de 2020, às 18h, em primeira convocação, e, ás 18h30 em segunda convocação com qualquer número de presentes, a realizar-se na Rua São Vicente, nº 203, Bairro Centro, nesta cidade, ocasião em que será deliberada a seguinte ordem do dia: 1. Fundação do Conselho de Pastores de Bom Despacho; 2. Deliberação sobre o Estatuto Social; 3. Eleição e posse da primeira diretoria e conselho fiscal; 4. Assuntos de interesse gerais. Bom Despacho, 21 de Outubro de 2020.


De 21 de Outubro a 03 de Novembro de 2020- Bom Despacho (MG)

R$ 200,00

R$ 250,00

R$ 250,00

CNPJ do Candidato: 39.224.763/0001-51

10

Profile for Valmir Rogério Vieira Rogério

ED 518 DO JORNAL FIQUE SABENDO  

DE 21/10 A 04/11/2020

ED 518 DO JORNAL FIQUE SABENDO  

DE 21/10 A 04/11/2020

Advertisement