Page 1

IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS – MIN. SUL Jardim Mariliza Junho e Julho de 2013 | ANO 4 – N° 6/7

Palavra “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.” Is 55.8 A vontade de Deus para nossas vidas é sempre a melhor, às vezes parece que é o fim, mas no final percebemos que o Senhor estava apenas nos moldando, e que o que parecia impossível se torna possível. Deus é o oleiro e nós somos apenas o barro, Ele nos molda como quer, segundo a sua vontade, que é boa perfeita e agradável. Quando o vaso está quebrado ou imperfeito, o oleiro, quebra e faz de novo, conforme o seu querer. Isso às vezes dói, mas é para o nosso bem, para poder ser cheio o vaso deve estar perfeito, se nós queremos ser cheios do Espírito Santo, devemos está no centro da vontade de Deus, buscando a santificação a cada dia. Mas o que nos alegra é saber que “aquele que em nós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo” (Fp 1.6). Dic.: Valmir Neto


Série: história dos instrumentos

Parte 5/5

Violino Desenvolvido no século XVI pelos italianos Andrea Amati, de Cremona, e Gasparo da Salò, de Brescia, a partir do aperfeiçoamento do primitivo instrumento de 3 cordas, parece, à primeira vista, que, dessa época até os dias de hoje, o violino não sofreu transformações em sua estrutura. No século XVI, eram comuns violinos menores, como os chamados “pochette”, usados pelos mestres de dança e que eram guardados nos bolsos (poches) de suas casacas. Na verdade, porém, a partir das inovações introduzidas por Antonio Stradivarius, por volta de 1700, o instrumento passou por pequenas, mas significativas mudanças estruturais, para que pudesse atender às necessidades das sucessivas gerações de compositores e intérpretes. No século XIX, o surgimento das grandes salas de concerto e o aparecimento da figura do “virtuose” levaram às alterações que lhe deram a feição definitiva e que redundaram num timbre mais volumoso e brilhante. De aparência simples, é um instrumento de extraordinária complexidade, composto de quase 70 peças diferentes. Constitui-se basicamente de 4 cordas, afinadas em quintas (mi4, lá3, ré3 e sol2) e que atingem mais de 4 oitavas e meia, uma caixa de ressonância em forma de oito e um braço preso à caixa por um cepo. No interior da caixa, há uma prancheta chamada “cadeira” e um pequeno cilindro vertical denominado “alma”. Ambos têm por finalidade melhorar a sonoridade, além de dar mais solidez à parte superior da caixa de ressonância, o “tampo harmônico”, em cuja parte central encontra-se o “cavalete”, por onde passam as cordas. O violino, o mais agudo e versátil instrumento de cordas, é indispensável na orquestra sinfônica e no quarteto de câmara.


Fique atento! Policarpo – Esmirna – ano 168 Rapidamente os soldados levaram Policarpo para a arena e o colocaram diante do proconsul romano. Policarpo era o conhecido líder da igreja na cidade de Esmirna e também o ultimo elo vivo com os doze apóstolos, pois tinha sido discípulo de João. Assim que a multidão soube que era o famoso bispo que estava para morrer na arena, todos começaram a gritar. O proconsul tentou induzir Policarpo a negar Jesus, dizendo: – Jure fidelidade a Cesar. Faca o juramento e o libertarei imediatamente. Amaldiçoe Cristo. O velho cristão respondeu: – Tenho servido ao Senhor Jesus Cristo por oitenta e seis anos, e isso não tem me feito mal. Como poderia amaldiçoar meu Rei, que me salvou? O proconsul ameaçou: – Ha animais selvagens aguardando. Lançarei você como presa, se não mudar de opinião. – Que venham os animais, pois não mudarei meu propósito – respondeu Policarpo. – Se os animais selvagens não o assustam, então vou queimá-lo no fogo – disse o Proconsul. Com toda ousadia, Policarpo declarou: – O senhor me ameaça com fogo que queimara por uma hora e depois se apagara. Entretanto não conhece o fogo da ira de Deus que está preparado para o tormento eterno de todos os ímpios. Por que a demora? Traga os animais, ou o fogo, ou o que o senhor quiser, – nunca me forçara a negar a Cristo, meu Senhor e Salvador. Ao perceber que Policarpo não voltaria atrás em sua decisão, o proconsul ordenou que o porta–voz anunciasse três vezes, no meio do estádio: "Policarpo se declara cristão". Ao ouvir isso, todos na arena gritaram furiosos, dizendo que ele merecia ser queimado vivo. Quando foram pregá-lo na estaca, ele disse: – Deixem–me como estou. Aquele que me da forças para enfrentar o fogo também me manterá firme no meio das chamas. Eles concordaram e simplesmente amarraram–lhe as mãos. Em sua oração final, Policarpo disse: "Pai, obrigado por me chamar para experimentar o que estou vivendo neste dia e nesta hora, e por me achar digno de ser contado como um dos santos mártires. Amem. Assim que pronunciou a ultima palavra, os guardas acenderam o fogo. As chamas rapidamente envolveram–lhe todo o corpo, mas por um milagre não o queimaram. Os que assistiam disseram boquiabertos "Ele esta no meio do fogo, mas sua carne brilha como ouro ou prata refinada na fornalha. E um forte perfume, um doce aroma ou incenso, nos envolve a todos". Como o fogo não o feria, o executor recebeu ordens de matá-lo a espada. Assim que o soldado atravessou Policarpo, uma quantidade muito grande de sangue fluiu do ferimento que terminou por apagar o fogo. Fonte: Loucos por Jesus – Lucinho Barreto


Cifra ESTE É O DIA F Bb F ESTE É O DIA QUE O SENHOR JÁ FEZ F C NO MEU DEUS EU ME ALEGRAREI F C/E Dm7 Dm7/C B b F ESTE É O DIA QUE O SENHOR JÁ FEZ Bb F C F Bb F ME ALEGRAREI,EU DANÇAREI PARA O SEU LOUVOR C Dm NÃO IMPORTA AONDE FOR, COMIGO SEMPRE ESTÁ C F O SENHOR É MEU PASTOR , NADA ME FALTARÁ C C#dim SEI QUE AO MEU REDOR ESTÁ Dm Bb O ANJO DO SENHOR Eb C C7 VAI NA MINHA FRENTE PARA ME LIVRAR DE TROPEÇAR C Dm COM MEUS LÁBIOS CANTAREI O TEU AMOR, SENHOR C F EM TODO O TEMPO TU ÉS DIGNO DE LOUVOR C C#dim Dm Bb PELO SANGUE DE JESUS SOU MAIS QUE VENCEDOR Eb C C7 ELE ME AMOU, ELE ME COMPROU, ME LIBERTOU F Bb ME ALEGRAREI, F Bb ME ALEGRAREI F C F D ME ALEGRAREI, EU DANÇAREI PARA O SEU LOUVOR


Passatempo Tentem responder as perguntas, respostas dia 25/07/2013 em nossa página no facebook (https://www.facebook.com/RevistaEbenezer):

Quem pediu o corpo de Jesus após sua morte? R: Qual o nome do homem que no caminho do gólgota puseram a cruz às costas? R: Quantas virgens eram prudentes? R: Por quem Sansão foi traído? R. Das pessoas que saíram do Egito, quantas entraram na terra prometida? R: Quem construiu a arca do concerto? R: Quantos anjos apareceram a Abraão e a Sara dizendo-lhes que eles haveriam de ter um filho? R: Quem fez um ferro de um machado flutuar? R: Qual o profeta que interpretou o sonho de Nabucodonosor? R: Quantos discípulos Jesus convocou? R: Qual a idade de Noé quando o dilúvio veio sobre a terra? R: Quanto tempo viveu Sara? R: Por quanto José do Egito foi vendido? R:


Avisos importantes Circulo de oração: Segunda Quarta e Sexta a partir das 08h00min Assistência Social: Contribua! Pois Deus ama quem dá com alegria (II Co 9.7). Procure a irmã Julinda ou ainda, deixe sua doação na cesta que fica no fundo da igreja. Ensaio Geral do Louvor Todo o Domingo após a Escola Bíblica Dominical!!! Participe da escola bíblica dominical – A maior e melhor escola do mundo – Todos os domingos a partir das 08h30min, venha e traga sua família.

Aniversariantes Sara – 03/06 Paulo – 05/06 Pr. Cícero – 11/06 Euzemira – 23/06 Elves – 26/06 Marcos Vinícius – 27/06 Douglas – 27/06 Regina – 29/06 Matheus Sales – 30/06 Joelma – 01/07 Giovana – 22/07 Marcos Paulo – 30/07

Parabéns!!!

Ebenézer n° 41 42 junho julho de 2013  

Revista Ebenézer

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you