Page 86

escapado, ele usava o seu rosto, em vez de Henry. Então, ele tinha absorvido tudo o que eu disse a James, afinal. Ele ficou em silêncio, apenas curvando seus lábios. Pelo menos alguém encontrou minha raiva divertida. — É claro que a Mãe vai curá-lo, — disse Calliope, a testa franzida de preocupação. — Eu sei que ela tem suas reservas sobre a luta, mas ela não iria deixar um de nós morrer assim, né? Ela olhou para Cronus para confirmação, mas ele não disse nada. Boa. Isso significava que ele não sabia. — Pai, eu preciso de Henry. Você não pode desfazê-lo? — Talvez você devesse ter levado isso em consideração antes de tentar matálo, — disse Cronus neutro, e Calliope apertou seu aperto em torno de Milo, seu cenho se aprofundando. — Eu estava apontando para o ombro, não seu coração. E ele não deveria sair. Você jurou que iria curá-lo. Ela não teve a intenção de quase matá-lo? Apertei os olhos. É claro que ela estava blefando o tempo todo. Ela tinha estado apaixonada por Henry durante milênios, ela não era do tipo de desistir disso. Como Cronus me queria ao seu lado, Calliope queria Henry ao dela. — Então parece que as coisas não saíram conforme o planejado, — disse Cronus claramente. — Você não pode me responsabilizar por isso. Milo começou a chorar, e Calliope soltou um suspiro de frustração. — Callum, fique quieto. Mamãe está tentando pensar. — Seu nome não é Callum, e eu sou a mãe dele, sua puta. — Eu rosnei, mas é claro que ela não me ouviu. Ela depositou o bebê nos braços de Cronus. — Aqui. Ele gosta mais de você de qualquer maneira. Eu preciso de Henry, Pai, e você precisa levá-lo de volta para mim. Ele não pode morrer. Milo se acalmou. Pelo menos Calliope não o tinha mais. — Se ele está no Olimpo, está fora do meu controle, — disse Cronus. — Então é melhor esperar que ele não esteja, — disse ela. Cronus inclinou a cabeça. — Você ousa falar comigo de tal maneira? Eu sou seu pai, seu governante, o rei, e ainda assim você me trata com tão pouco respeito como você faz com seus inimigos. Para minha imensa satisfação, Calliope congelou, sua boca formando um pequeno círculo. — Eu não- — Ela fez uma pausa, afobada. Serviu o seu direito. — Você sabe que eu respeito você, Pai, mais do que qualquer coisa no mundo. Eu só - Nada vai bem mais. Henry era para ser meu por agora, mas Ava não podia ser incomodada para cumprir sua promessa, quando ele estava aqui resgatando aquela bruxa. Eu acalmei. O que mais Ava tinha prometido a Calliope? — Tal comportamento insolente não vai conseguir o que você quer, minha filha, — disse Cronus. — Certamente você deve saber disso.

86

Profile for Valentina

Aimee carter goddess 03  

Aimee carter goddess 03  

Advertisement