Page 180

Corremos para o telhado, e eu subi as escadas de dois em dois, cada osso do meu corpo atraído por Henry como se fossem ímãs. À medida que estouramos através das portas, no entanto, derrapamos até parar. Ava e Calliope estavam no centro, a apenas alguns centímetros de distância. Ava brilhava magenta, Calliope ouro, e Cronus rodava atrás delas, um funil enorme de energia pura. Henry não estava lá. Ele tinha ficado no Olimpo? Não, eu não tinha tanta sorte. Olhei para cima. Os raios de luz eram mais escuros do que antes. O conselho estava perdendo. Mas um outro apareceu, mais brilhante do que os outros, e a neblina parecia se partir para dar lugar a ele. Henry se juntou à batalha. — Vão! — Eu gritei, e as meninas se lançaram para frente, pegando suas armas quando elas chegaram até elas. Elas não poderiam ter sido fatais, mas onde quer que se conectassem com o nevoeiro, brilhavam, e uma chuva de faíscas irrompia pela escuridão. — Eu vou matar você. — A voz de Calliope parecia ampliada, mais alta do que o trovão. — Uma vez que eu ganhei, vou te esfolar viva e vê-la sangrar. A risada de Ava arrastada pelo vento filtrou através do ar. — Você nunca vai ganhar. Você merece o pior do que desaparecer. Você merece ter seu nome apagado da história, e eu vou ter certeza de que isso aconteça. Você é patética agora, mas espere - uma vez que eu terminar, você vai ser nada. Com todo mundo distraído, eu contornei as deusas brilhantes, procurando a adaga. Não estava nas mãos de Calliope, o que significava que tinha que estar por aqui. Talvez ela estivesse escondendo-a no bolso, mas com a forma como ela e Ava estavam indo, ela teria dado uma facada nela agora se tivesse com ela nas proximidades. Vamos lá, vamos lá, tinha que estar por aqui em algum lugarLá. Avistei a adaga brilhando no chão, perto da borda do telhado, onde eu estava apenas alguns minutos antes. Pegando-a do chão, eu me virei em direção a Calliope. Era agora ou nunca. Corri em todo o telhado, segurando a adaga como um picador de gelo. Calliope estava tão envolvida em sua discussão com Ava que ela não me viu chegando, e eu bati nela. O brilho dourado desapareceu enquanto ela caiu debaixo de mim, batendo no chão duro. Eu a fixei no lugar com os meus joelhos. Por um momento eterno, nós olhamos uma para a outra, a minha satisfação cruel refletindo como horror em seus olhos. Eu levantei a adaga. Desta vez, eu não hesitaria. — Pai! — Ela gritou no instante em que enfiei a arma em direção a seu pescoço. Mesmo que a palavra ainda estava deixando os lábios, um punhado de nevoeiro apareceu, e o tempo pareceu parar ao nosso redor. Quanto mais eu chegava perto, mais difícil era para me mover, e a adaga parou completamente a meia polegada de sua garganta. Não importava o quanto eu tentasse, não se mexia. — Boa tentativa, Kate, — disse Calliope com um sorriso de escárnio. — Pena que é tudo o que você sempre será capaz de fazer. 180

Profile for Valentina

Aimee carter goddess 03  

Aimee carter goddess 03  

Advertisement