Page 1

Relatório do Projeto Experimental 2008.2 • PROMOÇÃO • DAFRA MOTOS

UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR Comunicação Social Publicidade e Propaganda GRUPO 10 - PROJETO EXPERIMENTAL 2008.2 Ciiente DAFRA MOTOS

DEZ 2008 ¦ 03 Edição


94

GDezCritiva • Promoção de Vendas

índice Mercado

07

08 Sazonalidade 08 Área Geográfica 08 Ambiente Político Legal 09 Organograma

TABELA DE CUSTOS CUSTO POR AÇÃO PROMOCIONAL AÇÃO

VALOR

Dafraokê

R$ 25.902,00

Dafra Folia

R$ 192.149,00

Dafra Cross Radical

R$ 101.506,00

De Malas Prontas para Sauípe

R$ 38.970,00

Bungee Jump

R$ 40.642,20

Blitz Legal

R$ 30.684,00

TOTAL GERAL

R$ 429.853,20

VERBA TOTAL DE PROMOÇÃO

R$ 432.000,00

TOTAL DAS AÇÕES

R$ 429.853,20

RESTANTE

R$ 2.146,80

Público- Alvo

19

20 Concorrentes Indiretos 24 PromoçÕes dos Concorrentes 27 Promoções da DAFRA 29 Análise de PFOA 29 Auditoria de Marketing Mix 30 Plano Estratégico 31 Técnicas Promocionais 32 Determinação do orçamento 33 Planejamento Tático 34 Concorrentes Diretos

1ª Fase -Posicionamento

36 -Dafrafolia 42 2ª Fase- Sustentação 54 -Dafra Cross 54 3ª Fase- Vendas 64 -De malas prontas para Sauípe 64 4ªFase Institucional 76 -Bungee Jump Festival 76 -Blitz Legal 86 -Dafraokê

Uma Agência Experimental A GDez comunicação experimental é uma empresa nova, mas muito experiente. Experiente porque trás na bagagem, o profissionalismo, a dedicação, o empenho, a criatividade de treze colegas de faculdade que amadureceram idéias e se transformaram em 13 sócios para dar uma cara nova ao mundo da comunicação. Com propostas inovadoras, a GDez não quis apenas ser mais um projeto, quis mostrar que tem conteúdo e ousadia suficientes para ser uma agência, mesmo que experimental. Como primeiro cliente, temos a satisfação de trabalhar com a Dafra Motos, uma empresa crescente no mercado. Trabalhando com a Dafra estamos tendo a possibilidade de exercitar todos os conhecimentos adquiridos durante a nossa vida acadêmica e conhecer mais de perto um mercado que está em franca ascensão, mostrando que somos versáteis e nos adaptamos bem a qualquer segmento. As características ímpares de cada sócio fazem da GDez comunicação muito mais que um projeto, uma agência de comunicação, com o objetivo de gerar resultados positivos para a sua empresa. Experimente! GDez Comunicação Experimental Almir Nascimento Andréa Oliveira Crisleusis Soares Denilson Torres Diogo Cardoso Eric Robert Everson Gomes Gleide Nogueira Jardel Almeida Jonnh Harlly Sérgio Tiago Valdinéia Anjos Vanessa Santana


GDezCritiva GDezCritiva •Promoção de de de Vendas Vendas Vendas GDezCritiva GDezCritiva••Promoção ••Promoção Promoção Promoção de de Vendas Vendas

CHAVEIRO BLITZ LEGAL

93


92

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais BLITZ LEGAL

BONÉ BLITZ LEGAL

Estratégico de Promoção INTRODUÇÃO O plano de promoção é uma estratégia de marketing destinada a estimular as vendas criando uma necessidade de compra imediata. Consiste em um conjunto de atividades criativas, capazes de despertar a atenção para a compra, venda e influência de produtos e serviços. Deve atender, para o empresário, um objetivo momentâneo do negócio e, para o cliente, uma oportunidade temporária para atender uma necessidade e, portanto, a promoção precisa ter um tempo determinado com começo, meio e fim. O plano de promoção desenvolvido pela GDez Comunicação para o cliente Dafra Motos, pretende integralizar e expandir ainda mais os esforços de comunicação planejados para a empresa, associando técnicas promocionais diversas no sentido de estimular a demanda, relacionando serviços às necessidades e desejos de seus clientes, com o intuito de levar o consumidor à ação de compra e promover uma interação com os clientes.


GDezCritiva GDezCritiva Promoção •• Promoção de de de Vendas Vendas Vendas GDezCritiva••Promoção Promoção de Vendas

PANFLETO BLITZ LEGAL

Dafra Motos A DAFRA é uma marca brasileira, curiosamente a junção dos nomes Dahruj (Cláudio Dahruj, ex-sócio que vendeu a sua parte para concentrar-se na atividade de vendas de automóveis) com Franco (Mário Sérgio Moreira Franco, experiente empresário de revendas de automóveis do Grupo Itavema). A DAFRA MOTOS é uma empresa nova no mercado brasileiro, que foi inaugurada em 2006 e chegou ao mercado soteropolitano há pouco tempo. A DAFRA é uma marca brasileira, curiosamente a junção dos nomes Dahruj (Cláudio Dahruj, ex-sócio que vendeu a sua parte para concentrar-se na atividade de vendas de automóveis) com Franco (Mário Sérgio Moreira Franco, experiente empresário de revendas de automóveis do Grupo Itavema). Apesar do pouco tempo de existência da marca DAFRA e dos seus PDV s terem chegado à Salvador, e com o Know how do Grupo Itavema e do Grupo Parvi (que controla a distribuição da DAFRA MOTOS no Nordeste), as motocicletas DAFRA já ocupam o segundo lugar nas vendas desta cidade. O fato das motos DAFRA possuírem um design diferenciado e preços competitivos são algumas das razões de a DAFRA MOTOS ter conquistado tal efeito. Está entre as primeiras em vendas na cidade do Salvador ainda não garantiu à DAFRA o reconhecimento da marca por parte do seu público-alvo, que são jovens, entre 18 e 35 anos, pertencentes majoritariamente à Classe C. E para fazer com que a marca DAFRA MOTOS aproxime-se do seu público tornando-a mais simpática, é que destina este PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE PROMOÇÃO DE VENDAS.

INDÚSTRIA O mercado de motocicletas no Brasil obteve uma taxa de crescimento médio anual (CAGR) de 23,3% no período compreendido entre 1994 e 2007, alcançando o recorde de 1,7 milhões de motocicletas comercializadas no ano de 2007. Mais acessível em termos de custo do que um automóvel, a motocicleta, além de prática, tornou-se uma alternativa para aqueles que procuram não depender apenas do carente transporte público brasileiro. Outro motivo responsável pelo aumento das vendas nos últimos anos foi a transformação das motocicletas em uma fonte de renda alternativa, facilitado também por uma maior disponibilidade de meios mais acessíveis de financiamento, como o consórcio. Do total de motocicletas vendidas no Brasil em 2007, 91,9% foi destinado somente a suprir a demanda do aquecido mercado interno, sendo o restante exportado. Quatro novos fabricantes de motocicletas chegam ao país e mudam o perfil do mercado brasileiro de duas rodas, por muitos anos dominado pela Honda e Yamaha. A FYM Motos, a Amazonas Motocicletas Especiais (Ame), a MTD e a Miza vão se juntar ao time de 11 empresas já instaladas no pólo industrial de

91


90

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais BLITZ LEGAL

Manaus, reduto do setor. Com tanta procura, as fábricas deslancharam. Em 1975, a produção de motos representava menos de 1% do volume de carros. Em 2008 a produção equivale a 73%.

MERCADO

CAMISA T-SHIRT PROMOCIONAL BLITZ LEGAL

Há uma novidade nas ruas brasileiras: a invasão de motocicletas, até há pouco tempo restritas aos motoboys e a um grupo reduzido de pessoas que experimentavam alguma espécie de diversão sobre duas rodas. Facilmente observável no trânsito, essa popularização das motos já pode ser quantificada. Um novo levantamento mostra que, até o início de 2007, não havia no Brasil mais do que 5 milhões de veículos emplacados, número modesto na comparação com países de população parecida. Segundo o mesmo relatório, a frota brasileira deve chegar a 9 milhões até o fim de 2008 ‒ quase o dobro. Mais surpreendente ainda é saber que, mantido o ritmo atual, em quatro anos as motocicletas serão mais vendidas do que os carros. É compreensível que quatro novas empresas tenham surgido nos últimos meses para explorar o novo mercado. Segundo dados da Abraciclo, as principais razões que estimulam a aquisição de uma motocicleta, são, em 40,0% dos casos em 2006, uma melhor alternativa ao transporte público, seguido pelo seu uso profissional com 16,0% e substituição do automóvel com 10,0%. Apesar do avanço expressivo nos últimos anos, nos quais a compra de motocicletas por mulheres quase dobrou de 1994 para 2006, o consumidor masculino prevalece com 76% das aquisições em 2006. As motos de modelos menores são campeãs em vendas no Brasil. Elas, que se equilibram em estruturas 10% mais leves e não têm mais do que 125 cilindradas de potência, já representam 60% do mercado. São, também, as mais baratas à venda, custam entre R$ 3.000,00 e R$ 4.000,00 reais, um quarto do valor de uma moto de porte médio e a tendência é baixar. Em meio a uma competição tão acirrada, as empresas investem em pesquisas e procuram saídas para conseguir cobrar menos e vender mais. As novatas têm pelo menos uma vantagem: importam da China e da Índia as peças para a montagem das motos. Com a queda recente do dólar, certos componentes chegam a custar 30% menos do que no Brasil. Gigantes como Yamaha e Honda, no país desde a década de

7

70, não se beneficiaram disso. Sem ter apostado no câmbio favorável, já haviam firmado contratos de longo prazo com fabricantes brasileiras das mesmas peças. Para se manterem no páreo, cobram preços semelhantes aos dos concorrentes ‒ e assim encolhem suas margens de lucro. Nos últimos dois anos, Honda, Yamaha e Suzuki observam o mercado brasileiro de motos, em que sempre foram líderes, segmentar-se nas mãos de empresas estreantes no país. O segmento mais afetado pela expansão da concorrência é o da faixa que abrange máquinas de até 250 cc. De acordo com a pesquisa realizada pelo grupo GDez, percebeu-se que o principal motivo que levaria as pessoas a comprarem uma moto é a facilidade de locomoção. Sendo isto uma vantagem para o segmento de motocicletas. Foi detectado na mesma pesquisa, que a marca de motocicleta considerada mais conhecida foi a Honda e ela ocupa o 1ª lugar em vendas nacionalmente.

Apesar da Honda ser considerada a marca mais conhecida, detectamos entre os que possuem moto que a Dafra é a 2ª colocada entre as marcas das motocicletas.

ESTRUTURA


8

GDezCritiva • Promoção de Vendas

A Dafra Motos possui 3 lojas na praça de Salvador, dentre elas a loja do Rio Vermelho, onde fica localizada a administração da empresa, e o atendimento de manutenção de motocicletas é realizado em todas as lojas. Nas lojas o cliente pode encontrar todas as peças e assistência técnica. Nº. de colaboradores: Rio Vermelho: 64 Barros Reis: 16 Mares: 10 Total: 90

GDezCritiva •Promoção de Vendas

89

Peças Promocionais BLITZ LEGAL

FARDAMENTO BLITZ LEGAL FESTIVAL

SAZONALIDADE O mês de julho é o mês onde há registros das maiores quedas nas vendas de motos muito provavelmente por ser o mês mais frio do ano e onde há ocorrência de fortes chuvas.

ÁREA GEOGRAFICA As concessionárias Dafra estão localizadas em todo o Brasil, em todas as capitais brasileiras e nas principais cidades. Em Salvador possuem 03 lojas: Rio Vermelho, Dois Leões e Mares e todas, estrategicamente localizadas próximas aos seus concorrentes.


88

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Serviços Contratados: Empresas para produção dos brindes, gráfica, aluguel do transporte, contração do locutor e agência para contratação de promotores. Recursos de transporte, alimentação, hospedagem. Não se aplica.

Regulamento: Todos poderão participar: homens, mulheres e crianças que ao responderem corretamente as perguntas ganharão os brindes, mas o grande foco serão os pilotos e motoristas. Regulamento Interno: Os promotores e o motorista do transporte de apoio contratos para a ação promocional devem ser habilita-dos e possuírem carteira regularizada. Além disso, os promotores deverão possuir noções básicas sobre leiss de trânsito e nenhum dos contratados poderá consumir bebida alcoólica durante a ação. Planilha de Custo: ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

VALOR

1

Aluguel de vans com motorista e combustível inclusos

02

R$ 3.040,00

2

Plotagens das vans

02

R$ 4.800,00

3

Camisas personalizadas

2.000

R$ 10.800,00

4

Chaveiros

2.000

R$ 4.250,00

5

Bonés

2.000

R$ 4.600,00

6

Contração de promotores (incluindo

» AMBIENTE POLÍTICO-LEGAL Princípios Éticos Todas as ações promocionais desenvolvidas por qualquer empresa devem estar de acordo com as leis, não devendo trazer danos aos concorrentes e clientes. Deve-se usar de meios honestos para com seus concorrentes; manter o interesse do consumidor, respeitando sempre a sua integridade; devendo agir de forma que não frustre o consumidor mantendo a sua satisfação; sustentar a imparcialidade durante as ações; cuidar para manter o interesse público não conflitando com o mesmo; usar de veracidade nas ações sendo clara concisa e de fácil entendimento; deixar clara as limitações da promoção; proteger a privacidade do consumidor; segurança é primordial nas peças destinadas para adultos, tendo o aviso de segurança mencionado sempre que necessário; cuidar para não causar danos ao consumidor com uso de produtos e atrativos promocionais que ofendam a moral; evitar exageros; trabalhar os preços, ofertas e descontos adequadamente; deixar claro a disponibilidade dos produtos promocionais; cuidar para que a ação seja bem administrada. Todas as possibilidades devem ser bem avaliadas e aplicadas corretamente para que a promoção esteja adequada com as leis e os princípios éticos.

Legislação

fardamento, transporte e alimentação)

04

R$ 2.560,00

7

Locutor

01

R$ 200,00

8

Panfletos

2.000

R$ 434,00

9

TOTAL DA AÇÃO

R$ 30.684,00

9

LEI N º 5.768, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1971 Altera a Legislação sobre Distribuição Gratuita de Prêmios, Mediante Sorteio, Vale-Brinde ou Concurso, a Título de Propaganda, Estabelece Normas de Proteção à Poupança Popular, e dá outras Providências. Regulamentada pelo Decreto nº 70.951/72 CAPÍTULO I - Da Dis-

tribuição Gratuita de Prêmios Art. 1º - A distribuição gratuita de prêmios a título de propaganda quando efetuada mediante sorteio, vale-brinde, concurso ou operação assemelhada, dependerá de prévia autorização do Ministério da Fazenda, nos termos desta Lei e de seu regulamento. § 1º - A autorização somente poderá ser concedida a pessoas jurídicas que exerçam atividade comercial, industrial ou de compra e venda de bens imóveis comprovadamente quites com os impostos federais, estaduais e municipais, bem como com as contribuições da Previdência Social, a título precário e por prazo determinado, fixado em regulamento, renovável a critério da autoridade. § 2º - O valor máximo dos prêmios será fixado em razão da receita operacional da empresa ou da natureza de sua atividade econômica, de forma a não desvirtuar a operação de compra e venda. § 3º - É proibida a distribuição ou a conversão dos prêmios em dinheiro.


10

GDezCritiva • Promoção de Vendas

§ 4º - Obedecerão aos resultados da extração da Loteria Federal, os sorteios previstos neste artigo. § 5º - O Ministério da Fazenda, no caso de distribuição de prêmios a título de propaganda, mediante sorteio, poderá autorizar que até o limite de 30% (trinta por cento) dos prêmios a distribuir por essa modalidade seja excluído da obrigatoriedade prevista no parágrafo anterior, desde que o sorteio se processe exclusivamente em programas públicos nos auditórios das estações de rádio ou de televisão. § 6º - Quando não for renovada a autorização de que trata este artigo, a empresa que, na forma desta Lei venha distribuindo, gratuitamente, prêmios vinculados à pontualidade de seus prestamistas nas operações a que se referem os itens II e IV do art. 7º continuará a distribuí- los exclusivamente com relação aos contratos celebrados até a data do despacho denegatório. Art. 2º - Além da empresa autorizada, nenhuma outra pessoa natural ou jurídica poderá participar do resultado financeiro da promoção publicitária de que trata o artigo anterior, ainda que a título de recebimento de royalties , aluguéis de marcas, de nomes ou assemelhados. Art. 3º - Independe de autorização, não se lhes aplicando o disposto nos artigos anteriores: I - a distribuição gratuita de prêmios mediante sorteio realizado diretamente por pessoa jurídica de direito público, nos limites de sua jurisdição, como meio auxiliar de fiscalização ou arrecadação de tributos de sua competência; II - a distribuição gratuita de prêmios em razão do resultado de concurso exclusivamente cultural, artístico, desportivo ou recreativo, não subordinado a qualquer modalidade de álea ou pagamento pelos concorrentes, nem vinculação destes ou dos contemplados à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço. Parágrafo único. O Ministério da Fazenda poderá autorizar a realização de propaganda comercial, com distribuição gratuita de prêmios vinculada a sorteio realizado nos termos do item I deste artigo, atendido, no que couber, o disposto no art. 1º e observada a exigência do art. 5º. Art. 4º - Nenhuma pessoa física ou jurídica poderá distribuir ou prometer distribuir prêmios mediante sorteios, vale-brinde, concursos ou operações assemelhadas, fora dos casos e condições previstos nesta Lei, exceto quando tais operações tiverem origem em sorteios organizados por instituições declaradas de utilidade pública em virtude de Lei e que se dediquem exclusivamente a atividades filantrópicas, com o fim de obter recursos adicionais necessários à manutenção ou custeio de obra social a que se dedicam.

GDezCritiva •Promoção de Vendas § 1º - Compete ao Ministério da Fazenda promover a regulamentação, a fiscalização e controle, das autorizações dadas em caráter excepcional nos termos deste artigo, que ficarão basicamente sujeitas às seguintes exigências: a) comprovação de que a requerente satisfaz as condições especificadas nesta Lei, no que couber, inclusive quanto à perfeita regularidade de sua situação como pessoa jurídica de direito civil; b) indicação precisa da destinação dos recursos a obter através da mencionada autorização; c) prova de que a propriedade dos bens a sortear se tenha originado de doação de terceiros, devidamente formalizada; d) realização de um único sorteio por ano, exclusivamente com base nos resultados das extrações da Loteria Federal, somente admitida uma única transferência de data, por autorização do Ministério da Fazenda e por motivo de força maior. § 2º - Sempre que for comprovado o desvirtuamento da aplicação dos recursos oriundos dos sorteios excepcionalmente autorizados neste artigo, bem como o descumprimento das normas baixadas para sua execução, será cassada a declaração de utilidade pública da infratora, sem prejuízo das penalidades do art. 13 desta Lei. § 3º - Será também considerada desvirtuamento da aplicação dos recursos obtidos pela forma excepcional prevista neste artigo a interveniência de terceiros, pessoas físicas ou jurídicas, que de qualquer forma venham a participar dos resultados da promoção. Art. 5º - A concessão da autorização prevista no art. 1º sujeita as empresas autorizadas ao pagamento, a partir de 1º de janeiro de 1972, da Taxa de Distribuição de Prêmios de 10% (dez por cento), incidente sobre o valor da promoção autorizada, assim compreendida a soma dos valores dos prêmios prometidos. § 1º - A taxa a que se refere este artigo será paga em tantas parcelas mensais, iguais e sucessivas, quantos forem os meses de duração do plano promocional, vencendo-se a primeira no 10º (décimo) dia do mês subseqüente ao do início da execução do plano. § 2º - Até 3l de dezembro de 1971, será exigida a Taxa de Distribuição de Prêmios de que trata o § 3º do art. 14 do Decreto-Lei nº 34, de 18 de novembro de 1966, incidente sobre o valor previsto no art.8º, alínea a , do Decreto-Lei nº 7.930, de 3 de setembro de 1945. Art. 6º - Quando o prêmio sorteado, ou ganho em concurso, não for reclamado no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, caducará o direito do respectivo titular e o valor correspondente será recolhido ao Tesouro Nacional no prazo de 10 (dez) dias pelo distribuidor autorizado.

87

6. O condutor defensivo é aquele que: A)ultrapassa outro veículo pela direita B)circula em velocidade adequada à via C)ultrapassa nos viadutos e pontes D)circula em alta velocidade em qualquer situação Aplicação da marca Panfletagem da vans, camisetas personalizadas, chaveiros, bonés, fardamento de promotores e nos folder s. Mercado Atingido: Postos de gasolina, pilotos e motoristas. Período e horário: A ação será realizada nos quatro sábados do mês de dezembro de 2009 (05, 12, 19 e 26/12) das 18:00 às 00:00h. Local A promoção Blitz Legal acontecerá em postos de gasolina mais freqüentados de Salvador.

Forma de envolvimento: Os promotores farão perguntas sobre leis de trânsito e equipamentos de segurança e aqueles que responderem corretamente ganharão brindes e folders com as leis de trânsito. Público: A expectativa é atingir um público de aproximadamente 2.000 pessoas (duas mil). Benefício aos participantes: Camisetas personalizadas, chaveiros e bonés com a marca Dafra, além de proporcionar maior conhecimento sobre as leis de trânsito. Recursos Humanos: ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Promotores uniformizados

04

2

Motoristas

02

4

Locutor

01

Recursos Físicos: ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Aluguel de vans

02

2

Plotagens das vans

02

3

Camisetas personalizadas

2.000

4

Chaveiros

2.000

5

Bonés

2.000

6

Fardamento para promotores

04

7

Folder s

2.000


86

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

4ª FASE ‒ INSTITUCIONAL

BLITZ LEGAL Brindes Tipo de Promoção: Brindes Objetivos específicos: • Tornar a marca notória tendo como alvo os pilotos e motoristas; • Conscientizar pilotos e motoristas sobre a importância do respeito às leis de trânsito; • Despertar interesse daqueles que ainda não ouviram falar da marca Dafra Motos. Tema: Blitz Legal Público: O foco desta ação é o público primário da Dafra, homens de 18 - 35 anos, classe C, secundário, homens de 18 - 35 anos, classe B e potenciais consumidores. Justificativa: A ação terá pertinência pelo seu impacto e interatividade com o público que será chamado a participar respondendo perguntas. A blitz será realizada de forma dinâmica com distribuição de brindes para os participantes. A ação promocional possui intenção de reforçar a marca diante do seu público-alvo e ao mesmo tempo mostrar a importância de seguir as leis de trânsito de forma divertida e segura. Mecânica / Definição Detalhada: A promoção Blitz Legal acontecerá em postos de gasolina mais freqüentados de Salvador. Terá duas Vans personalizadas com a marca Dafra Motos para transporte de apoio aos promotores que estarão caracterizados de motoqueiros. Serão utilizados dois casais, cada um em uma moto Kansas e estes abordarão o público fazendo perguntas sobre leis de trânsito e equipamentos de segurança, aqueles que responderem corretamente ganharão brindes como: camisetas, chaveiros e bonés com a marca Dafra. Durante toda ação o jingle da Dafra será executado. Cronograma das Intervenções 05/12/2009 das 15:00 ás 21:00 Postos BR,Shell e Ipiranga na Av. Suburbana

12/12/2009 das 15:00 ás 21:00h Postos Br ‒ Água de Menino, Comércio e Shell Av. Centenário 19/12/2009 das 15:00 ás 21:00h Posto Br Barra Avenida e ondina ‒ Posto Esso Ondina. 26/12/2009 das 15:00 ás 21:00h Posto Texaco Largo do Tanquee Barros Reis ‒ Posto Petrobrás Iguatemi Perguntas direcionadas aos participantes da promoção: (respostas corretas em negrito) 1. O acessório de uso não obrigatório e que tem como função diminuir o impacto do corpo do condutor com o veículo, em caso de acidente, é: A) banco reclinável B) air bag C) cinto de segurança D) encosto de cabeça 2. Uma infração média corresponde ao seguinte número de pontos: A) 4 B) 7 C) 3 D) 5 3. A cor vermelha do semáforo significa: A) Atenção B) Siga C) Pare D) N.D.A. 4. É necessário fazer, o mais rápido possível, a sinalização do local do acidente para: A)forçar outros motoristas a parar B)evitar a ocorrência de novos acidentes C)interromper o trânsito D)solicitar recursos posteriores 5. Na falta de freio, o procedimento adequado é: A)puxar o freio de mão bruscamente B)reduzir a marcha C)colocar o carro em ponto morto D)aumentar a velocidade

CAPÍTULO II - De outras Operações Sujeitas à Autorização Art. 7º - Dependerão, igualmente, de prévia autorização do Ministério da Fazenda, na forma desta Lei, e nos termos e condições gerais que forem fixados em regulamento, quando não sujeitas à de outra autoridade ou órgãos públicos federais: I - as operações conhecidas como Consórcio, Fundo Mútuo e outras formas associativas assemelhadas, que objetivem a aquisição de bens de qualquer natureza; II - a venda ou promessa de venda de mercadorias a varejo, mediante oferta pública e com recebimento antecipado, parcial ou total, do respectivo preço; III - a venda ou promessa de venda de direitos, inclusive cotas de propriedade de entidade civis, tais como hospital, motel, clube, hotel, centro de recreação ou alojamento e organização de serviços de qualquer natureza com ou sem rateio de despesas de manutenção, mediante oferta pública e com pagamento antecipado do preço; IV - a venda ou promessa de venda de terrenos loteados a prestações mediante sorteio; V - qualquer outra modalidade de captação antecipada de poupança popular, mediante promessa de contraprestação em bens, direitos ou serviços de qualquer natureza. § 1º - Na operação referida no item II deste artigo, a mercadoria deverá: a) ser de preço corrente de venda a vista no mercado varejista da praça indicada e aprovada com o plano, à data da liquidação do contrato, e, não o havendo, ou sendo a mercadoria de venda exclusiva, ou de mercadoria similar na mesma praça, vedado qualquer acréscimo até sua efetiva entrega; b) ser de produção nacional e considerada de primeira necessidade ou de uso geral; c) ser discriminada no contrato referente à operação, podendo, entretanto, o prestamista, a seu critério exclusivo, escolher outra não constante da discriminação, desde que existente no estoque do vendedor, atendidas as alíneas a e b , pagando o prestamista a diferença de preço se houver. § 2º - A empresa que realizar a operação a que se refere o parágrafo anterior aplicará o mínimo de 20% (vinte por cento) de sua arrecadação mensal na formação de estoque de mercadoria que se propõe a vender, podendo o Ministério da Fazenda, a seu exclusivo critério, permitir que parte dessa percentagem seja aplicada no mercado de valores mobiliários, nas condições que vierem a ser fixadas em regulamento; nos casos do item IV, manterá, livre de quaisquer ônus reais ou convencionais, quantidade de imóveis de sua propriedade, na mesma proporção acima mencionada.

11

§ 3º - Na operação referida no item II deste artigo, quando houver desistência ou inadimplemento do prestamista, a partir da 4ª (quarta) prestação, inclusive, este receberá, no ato, em mercadorias nacionais, do estoque do vendedor, e pelo preço corrente de venda à vista no mercado varejista da praça indicada no plano, à data em que se verificar a desistência ou inadimplemento, o valor da tabela de resgate das prestações pagas, fixada pelo Ministério da Fazenda. § 4º - O valor de resgate a que se refere o parágrafo anterior será fixado proporcional e progressivamente às prestações pagas pelo prestamista, não podendo ser inferior a 50% (cinqüenta por cento) das importâncias pagas, e, se não reclamado até 60 (sessenta) dias do término do contrato de venda, será recolhido ao Tesouro Nacional, dentro do prazo de 30 (trinta) dias. § 5º - Paga a totalidade das prestações previstas nos contratos a que se refere o item II deste artigo, o prestamista receberá mercadorias de valor correspondente à soma das prestações corrigidas monetariamente segundo índices que o regulamento indicar, e, se não reclamado no prazo de 1 (um) ano do término do contrato de venda, será recolhido ao Tesouro Nacional dentro de 30 (trinta) dias. § 6º - Nas operações previstas no item V deste artigo, quando a contraprestação for em mercadorias, aplicar-se-á o disposto nos parágrafos anteriores. § 7º - Para autorização das operações a que se refere este artigo, quando a contraprestação for em imóveis, serão exigidas: a) prova de propriedade dos imóveis objeto das vendas, promessas de venda ou contraprestações prometidas, e da inexistência de ônus reais que recaiam sobre os mesmos. b) prova de que os mesmos imóveis satisfazem a, pelo menos, duas das condições previstas no art. 32 do Código Tributário Nacional, preferencialmente a existência de escola a menos de 2 (dois) quilômetros de distância. c) a manifestação do Banco Nacional da Habitação de que os imóveis se prestam à consecução de plano habitacional, quando se tratar de terrenos, ou quanto à viabilidade técnica e financeira, quando se tratar de edificações residenciais; d) a compatibilidade do plano de vendas com o Plano de Integração Nacional, quando for o caso. § 8º - É vedado à empresa autorizada a realizar as operações a que se refere este artigo cobrar do prestamista qualquer outra quantia ou valor, além do preço do bem, direito ou serviço, ainda que a título de ressarcimento de tributos, ressalvado, quando for o caso, o disposto no item III do art. 8º. CAPÍTULO III - Das Disposições Gerais e Penalidades Art. 8º - O Ministério da Fazenda, nas operações pre-


12

GDezCritiva • Promoção de Vendas

vistas no art. 7º, exigirá prova de capacidade financeira, econômica e gerencial da empresa, além dos estudos de viabilidade econômica do plano e das formas e condições de emprego das importâncias a receber, podendo: I - fixar limites de prazos e de participantes, normas e modalidades contratuais; II - fixar limites mínimos de capital social; III - estabelecer percentagens máximas permitidas, a título de despesas de administração; IV - exigir que as respectivas receitas e despesas sejam contabilizadas destacadamente das demais. Art. 9º - O Conselho Monetário Nacional, tendo em vista os critérios e objetivos compreendidos em sua competência legal, poderá intervir nas operações referidas no art. 7º, para: I - restringir seus limites e modalidades, bem como disciplinar as operações ou proibir novos lançamentos; II - exigir garantias ou formação de reservas técnicas, fundos especiais e provisões, sem prejuízos das reservas e fundos determinados em leis especiais; III - alterar o valor de resgate previsto no § 4º do art. 7º, bem como estendê-lo a alguma ou a todas daquelas operações. § 1º - Os bens e valores que representem as reservas e garantias técnicas para atender ao disposto neste artigo não poderão ser alienados, prometidos alienar ou de qualquer forma gravados sem autorização expressa do Ministério da Fazenda, sendo nula, de pleno direito, a alienação realizada ou o gravame constituído com a violação deste artigo. § 2º - Quando a garantia ou reserva técnica for representada por bem imóvel, a cláusula de inalienabilidade e impenhorabilidade será obrigatoriamente registrada no competente Cartório do Registro Geral de Imóveis. Art. 10 - O Banco Central do Brasil poderá intervir nas empresas autorizadas a realizar as operações a que se refere o art.7º, e decretar sua liquidação extrajudicial na forma e condições previstas na legislação especial aplicável às entidades financeiras. Art. 11 - Os diretores, gerentes, sócios e prepostos com função de gestão na empresas que realizar operações referidas no art.7º: I - serão considerados depositários, para todos os efeitos, das quantias que a empresa receber dos prestamistas na sua gestão, até o cumprimento da obrigação assumida; II - responderão solidariamente pelas obrigações da empresa com o prestamista, contraídas na sua gestão. Parágrafo único. O disposto neste artigo aplica-se também aos administradores da operação mencionada no item I do art. 7º.

GDezCritiva GDezCritiva Promoção •• Promoção de de de Vendas Vendas Vendas GDezCritiva••Promoção Promoção de Vendas Art. 12 - A realização de operações regidas por esta Lei, sem prévia autorização, sujeita os infratores às seguintes sanções, aplicáveis separada ou cumulativamente: I - no caso de que trata o art. 1º: a) multa de até 100% (cem por cento) da soma dos valores dos bens prometidos como prêmios; b) proibição de realizar tais operações durante o prazo de até 2(dois) anos. II - nos casos a que se refere o art. 7º: a) multa de até 100% (cem por cento) das importâncias previstas em contrato, recebidas ou a receber, a título de taxa ou despesa de administração; b) proibição de realizar tais operações durante o prazo de até 2(dois) anos. Parágrafo único. Incorre, também, nas sanções previstas neste artigo quem, em desacordo com as normas aplicáveis, prometer publicamente realizar operações regidas por esta Lei. Art. 13 - A empresa autorizada a realizar operações previstas no art.1º, que não cumprir o plano de distribuição de prêmios ou desvirtuar a finalidade da operação, fica sujeita, separada ou cumulativamente, às seguintes sanções: I - cassação da autorização; II - proibição de realizar tais operações durante o prazo de até 2(dois) anos; III - multa de até 100% (cem por cento) da soma dos valores dos bens prometidos como prêmio. Parágrafo único. Incorrem nas mesmas sanções as instituições declaradas de utilidade pública que realizarem as operações referidas neste artigo, sem autorização ou em desacordo com ela. Art. 14 - A empresa autorizada, na forma desta Lei, a realizar operações referidas no art.7º, que descumprir os termos da autorização concedida ou normas que disciplinam a matéria, ficará sujeita, separada ou cumulativamente, às seguintes sanções: I - cassação da autorização; II - proibição de realizar nova operação durante o prazo de até 2(dois) anos; III - sujeição a regime especial de fiscalização; e IV - multa de até 100% (cem por cento) das importâncias, recebidas ou a receber, previstas em contrato, a título de despesa ou taxa de administração. Art. 15 - A falta de recolhimento da Taxa de Distribuição de Prêmios, dentro dos prazos previstos nesta Lei, sujeita o contribuinte à multa igual a 50% (cinqüenta por cento) da importância que deixou de ser recolhida. Parágrafo único. Se o recolhimento for feito após o prazo legal, antes de qualquer procedimento fiscal, a multa será de 10% (dez por cento). Art. 16 - As infrações a esta Lei, a seu regulamento ou a atos normativos destinados a complementá-los,

85

PLOTAGEM PLOTAG P LOT OTA AG PARA AS LATERAIS DA CABINE BUNGEE JUMP FESTIVAL


84

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais BUNGEE JUMP FESTIVAL

ADESIVO PARA COLCHÃO DE AR BUNGEE JUMP FESTIVAL

quando não compreendidas nos artigos anteriores, sujeitam o infrator à multa de 10 (dez) a 40(quarenta) vezes o maior salário mínimo vigente no País, elevada ao dobro no caso de reincidência. Art. 17 - A aplicação das penalidades previstas nesta Lei não exclui a responsabilidade e as sanções de natureza civil e penal, nos termos das respectivas legislações. Art. 18 - O processo e o julgamento das infrações a esta Lei serão estabelecidos em regulamento. Art. 19 - A fiscalização das operações mencionadas nesta Lei será exercida privativamente pela Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda. CAPÍTULO IV - Das Disposições Transitórias Art. 20 - As operações de que trata o art.1º, autorizadas pelo Ministério da Fazenda e em curso na data do início da vigência desta Lei, serão adaptadas às suas disposições e às de seu regulamento, no prazo de 90 (noventa) dias, após o qual as respectivas autorizações serão consideradas canceladas de pleno direito, sujeitando-se quem as praticar, sem permissão legal, às penalidades previstas nos itens II e III do art.13. Art. 21 - As operações de que trata o art.7º, em curso na data em que entrar em vigor esta Lei, deverão, no prazo de 90 (noventa) dias, contados a partir da vigência do regulamento, prorrogável a critério da administração, ser adaptadas ao regime ora estabelecido, sob pena de os responsáveis ficarem sujeitos às sanções estipuladas no art 14, cabendo ao Ministério da Fazenda fixar normas especiais aplicáveis à liquidação dos planos não suscetíveis de adaptação, respeitados os contratos já celebrados na vigência dos mesmos planos, e de forma a não prejudicar os direitos dos participantes. § 1º - Consideram-se não suscetíveis de adaptação as operações previstas no inciso I do art. 7º, já contratadas segundo as normas vigentes expedidas pelo Ministro da Fazenda ou pelo Banco Central do Brasil. § 2º - Nas operações de que trata o art. 7º, em curso, e que antes desta Lei não dependiam de autorização, os que as praticarem requererão, no mesmo prazo fixado no caput deste artigo, as respectivas autorizações e, caso negada esta, terá aplicação o disposto no caput deste artigo. Art. 22 - O Poder Executivo baixará regulamento desta Lei no prazo de 90 (noventa) dias. Art. 23 - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogados os Decretos-Leis nºs 7.930, de 3 de setembro de 1945, e 418, de 10 de janeiro de 1969, e demais disposições em contrário. DOU 21/12/1971

LEI Nº 5.864, DE 12 DE DEZEMBRO DE 1972

13

Dá nova redação ao artigo 4º da Lei nº 5.768, de 20 de dezembro de 1971, que altera a legislação sobre distribuição gratuita de prêmios, mediante sorteio, vale-brinde ou concurso, a título de propaganda, estabelece normas de proteção à poupança popular e dá outras providências. O Presidente da República Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º O artigo 4º da Lei nº 5.768, de 20 de dezembro de 1971, passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 4º Nenhuma pessoa física ou jurídica poderá distribuir ou prometer distribuir prêmios mediante sorteios, vale-brinde, concursos ou operações assemelhadas, fora dos casos e condições previstos nesta lei, exceto quando tais operações tiverem origem em sorteios organizados por instituições declaradas de utilidade pública em virtude de lei e que se dediquem exclusivamente a atividades filantrópicas, com o fim de obter recursos adicionais necessários à manutenção ou custeio de obra social a que se dedicam. § 1º Compete ao Ministério da Fazenda promover a regulamentação, a fiscalização e controle, das autorizações dadas em caráter excepcional nos termos deste artigo, que ficarão basicamente sujeitas às seguintes exigências. a) comprovação de que a requerente satisfaz as condições especificadas nesta lei, no que couber, inclusive quanto a perfeita regularidade de situação como pessoa jurídica de direito civil; b) indicação precisa da destinação dos recursos a obter através da mencionada autorização; c) prova de que a propriedade dos bens a sortear se tenha originado de doação de terceiros, devidamente formalizada; d) realização de um único sorteio por ano, exclusivamente com base nos resultados das extrações da Loteria Federal somente admitida uma única transferência de data, por autorização do Ministério da Fazenda e por motivo de força maior. § 2º Sempre que for comprovado o desvirtuamento da aplicação dos recursos oriundos dos sorteios excepcionalmente autorizados neste artigo, bem como o descumprimento das normas baixadas para sua execução, será cassada a declaração de utilidade pública da infratora, sem prejuízo das penalidades do art. 13 desta lei. § 3º Será também considerada desvirtuamento da aplicação dos recursos obtidos pela forma excepcional prevista neste artigo a interveniência de terceiros, pessoas físicas ou jurídicas, que de qualquer forma venham a participar dos resultados da promoção. Art. 2º Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


14

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Brasília, 12 de dezembro de 1972; 151°da Independência e 84°da República. EMÍLIO G. MÉDICI Antônio Delfim Netto D.O.U., 13/12/72 DECRETO N º 70.951, DE 09 DE AGOSTO DE 1972. Regulamenta a Lei nº 5.768, de 20 de dezembro de 1971, que Dispõe sobre a Distribuição Gratuita de Prêmios, mediante Sorteio, Vale- Brinde ou Concurso, a Título de Propaganda, e Estabelece Normas de Proteção à Poupança popular. TÍTULO I - Da Distribuição Gratuita de Prêmios CAPÍTULO I - Da Autorização e suas Condições Art. 1º - A distribuição gratuita de prêmios, a título de propaganda, quando efetuada mediante sorteio, vale-brinde, concurso ou operação assemelhada, dependerá de prévia autorização do Ministério da Fazenda, nos termos da Lei nº 5.768, de 20 de dezembro de 1971, deste Regulamento e dos atos normativos que se destinem a complementá-lo. Art. 2º - A autorização somente poderá ser concedida a pessoas jurídicas que exerçam atividade comercial, industrial ou de compra e venda de bens imóveis, comprovadamente quites com os impostos federais, estaduais e municipais, bem como as contribuições da Previdência Social. § 1º - A autorização poderá ser concedida, coletivamente, a pessoas jurídicas representadas por associação ou empresa que, na qualidade de mandatária, responda solidariamente pelas obrigações assumidas e infrações cometidas em decorrência da promoção autorizada, aplicando- se o disposto no art. 3º, deste Decreto ao somatório das receitas operacionais das empresas participantes. § 2º - A autorização será concedida a título precário e por prazo não superior a doze meses e será requerida ao Departamento da Receita Federal do Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento, instruído o pedido com os documentos que esse órgão julgar necessários à comprovação das condições do requerente e ao exame e análise da operação objeto do pedido. Art. 3º - O valor total dos prêmios a serem distribuídos pela empresa não poderá exceder, em cada mês, a cinco por cento (5%) da média mensal da receita operacional relativa a tantos meses, imediatamente anteriores ao pedido, quantos sejam os do plano da operação, desde que não superior a quinhentas vezes o maior salário mínimo vigente no País, ressalvado o disposto no § 1º do art. 35. § 1º - A receita operacional referida neste artigo é

GDezCritiva GDezCritiva Promoção •• Promoção de de de Vendas Vendas Vendas GDezCritiva••Promoção Promoção de Vendas a resultante exclusivamente da atividade comercial, industrial ou de compra e venda de bens imóveis, exercida por conta própria. § 2º - O cálculo do valor total dos prêmios a distribuir, no caso de empresas novas, será feito com base no capital realizado, equivalendo este à receita operacional de um (1) trimestre. § 3º - O Ministro da Fazenda poderá alterar os limites previstos neste artigo, em razão da natureza da atividade econômica da empresa. Art. 4º - A concessão da autorização prevista no art. 1º sujeita as empresas autorizadas ao pagamento da Taxa de Distribuição de Prêmios a que se refere o art. 5º, da Lei nº 5.768, de 20 de dezembro de 1971, correspondente a dez por cento (10%) sobre o valor da promoção autorizada, assim compreendido a soma dos valores dos prêmios prometidos. Parágrafo único. A taxa a que se refere este artigo será paga em tantas parcelas mensais, iguais e sucessivas, quantos forem os meses de duração do plano promocional, vencendo-se a primeira no décimo (10º) dia do mês subseqüente ao indicado para início da execução do plano. Art. 5º - O prazo para entrega do prêmio é de até trinta (30) dias, a contar da data do sorteio ou de apuração do resultado do concurso. Parágrafo único. O prêmio prometido por vale-brinde deverá ser entregue no ato da apresentação deste. Art. 6º - Quando o prêmio sorteado, ganho em concurso ou conferido mediante vale-brinde, não for reclamado no prazo de cento e oitenta (180) dias, contados, respectivamente, da data do sorteio, da apuração do resultado do concurso ou do término do prazo da promoção, caducará o direito do respectivo titular e o valor correspondente será recolhido, pela empresa autorizada, ao Tesouro Nacional, como renda da União, no prazo de dez (10) dias. Art. 7º - Além da empresa autorizada, nenhuma outra pessoa natural ou jurídica, inclusive as sociedades e associações civis de qualquer natureza, poderá participar do resultado financeiro da promoção publicitária de que trata o art. 1º, ainda que a título de recebimento de royalties , aluguéis de marcas, de nome ou assemelhados, ou outra qualquer vantagem. Art. 8º - Fora dos casos e condições previstas em Lei especial, neste Regulamento e em atos que o complementarem, nenhuma pessoa, jurídica ou natural, poderá distribuir ou prometer distribuir prêmios mediante sorteio, vale-brinde, concurso ou operação assemelhada. Art. 9º - Não serão autorizadas a distribuir prêmios, por qualquer dos meios estabelecidos neste Regulamento, as pessoas naturais ou jurídicas prestadoras de serviço e assemelhadas, ou quaisquer outras entidades que não reunirem as condições previstas no

83


82

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais BUNGEE JUMP FESTIVAL CAPA, ENCARTE E SELO DE DVD BUNGEE JUMP FESTIVAL

art. 2º. Art. 10 - Não poderão ser objeto de promoção, mediante distribuição de prêmios, na forma deste Regulamento: I - medicamentos; II - (Revogado pelo Decreto nº 99.370, de 03.07.1990) III - armas e munições, explosivos, fogos de artifício ou de estampido, bebidas alcoólicas, fumo e seus derivados; IV - outros produtos que venham a ser relacionados pelo Ministro da Fazenda. Parágrafo único. Consideram-se bebidas alcoólicas, para efeito deste Decreto, as bebidas potáveis com teor alcoólico superior a treze graus Gay Lussac . _________ Nota: Redação acrescentada pelo Decreto 2.018/96 _________ Art. 11 - Não serão autorizados os planos que: I - importem em incentivo ou estímulo ao jogo de azar; II - proporcionem lucro imoderado aos seus executores; III - permitam ao interessado transformar a autorização em processo de exploração dos sorteios, concursos ou vales-brindes, como fonte de receita; IV - importem em distorção do mercado, objetivando, através da promoção, o alijamento de empresas concorrentes; V - Propiciem exagerada expectativa de obtenção de prêmios; VI - importem em fator deseducativo da infância e da adolescência; VII - tenham por condição a distribuição de prêmios com base na organização de séries ou coleções de qualquer espécie, tais como de símbolos, gravuras, cromos ( figurinhas ), objetos, rótulos, embalagens, envoltórios, nos termos das instruções da Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda; VIII - impliquem na emissão de cupons sorteáveis ou de qualquer outro elemento que sejam impressos em formatos e com dizeres e cores que imitem símbolos nacionais e cédulas do papel-moeda ou moeda metálica nacionais, ou com eles se assemelhem; IX - importem na emissão de cupons ou elementos sorteáveis mediante a aquisição de bens de valor, individual ou no conjunto, inferior a quarenta por cento (40%) do maior salário mínimo vigente no País; X - vinculem a distribuição de prêmios aos resultados da Loteria Esportiva; XI - não assegurem igualdade de tratamento para todos os concorrentes; XII - vierem a ser considerados inviáveis, por motivo de ordem geral ou especial, pelo Ministério da Fa-

15

zenda. Parágrafo único. Admitir-se-á como lucro moderado o que resultar da venda da mercadoria, ou similar, objeto da promoção, a preço não superior ao do concorrente para a venda à vista no mercado varejista da praça da operação. Art. 12 - A Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda poderá condicionar a autorização para distribuição de prêmios à decomposição do preço da mercadoria objeto da promoção, de modo a destacar, para os fins previstos no art. 11, inciso II, o custo, as despesas e o lucro da operação de venda. Art. 13 - É vedada a distribuição de prêmios mediante sorteio ou concurso, subordinada à cobrança de ingresso em qualquer espécie de espetáculo, ressalvado o disposto no parágrafo único do art. 35 do Decreto-Lei nº 43, de 18 de novembro de 1966. Art. 14 - A empresa autorizada não poderá cobrar dos participantes quaisquer taxas, emolumentos ou contribuições, nem mesmo a título de reembolso dos tributos que incidirem sobre os prêmios. Art. 15 - Poderão ser distribuídos prêmios que consistam em: I - mercadorias de produção nacional ou regularmente importadas; II - títulos da Dívida Pública e outros títulos de crédito que forem admitidos pelo Ministro da Economia, Fazenda e Planejamento; III - unidades residenciais, situadas no País, em zona urbana; IV - viagens de turismo; V - bolsas de estudo. § 1º - A empresa autorizada comprovará a propriedade dos prêmios até oito dias antes da data marcada para o sorteio ou a realização do concurso. § 2º - A juízo da autoridade concedente, a prova a que se refere o parágrafo anterior poderá ser substituída por depósito bancário no valor dos prêmios. § 3º - Nos casos de distribuição de prêmios por valebrinde, a prova de propriedade deverá ser feita antes do início da promoção. § 4º - Se entre a data do início da promoção e a marcada para o sorteio ou a realização do concurso decorrerem mais de três meses, o Departamento da Receita Federal do Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento poderá exigir o depósito mensal de parcelas do valor do prêmio, de modo a perfazer, dentro do prazo estabelecido no § 1º, a importância correspondente àquele valor. § 5º - É proibida a conversão dos prêmios em dinheiro. CAPÍTULO II - Dos Sorteios Art. 16 - Os sorteios para distribuição gratuita de prêmios a que se refere o art. 1º, obedecerão aos resultados da extração da Loteria Federal ou à combinação


16

GDezCritiva • Promoção de Vendas

de números de acordo com os mesmos resultados. § 1º - A Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda poderá, a seu critério, admitir outros processos de extração de sorteios, quando realizados exclusivamente nos auditórios das estações de rádio ou de televisão em programas públicos, até o limite de trinta por cento (30%) do valor dos prêmios a serem distribuídos por essa modalidade. § 2º - No caso do parágrafo anterior, a empresa autorizada não poderá promover mais de uma extração por semana. § 3º - Não se admitirá processo de sorteio que exclua qualquer portador de cupom ou elemento sorteável, salvo o caso de prestamista inadimplente. Art. 17 - Concorrerão aos sorteios os cupons ou elementos sorteáveis emitidos e numerados em séries, na forma das instruções normativas baixadas pela Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda. § 1º - A emissão de cupons ou elementos sorteáveis não poderá exceder de cem mil (100.000) números em cada série. § 2º - Não terão validade os cupons ou elementos sorteáveis que apresentarem defeitos ou vícios que impossibilitem a verificação de sua autenticidade ou do direito aos prêmios. Art. 18 - O emprego da expressão Loteria Federal pelas empresas autorizadas a distribuir prêmios só será permitido no anúncio do sorteio ou na divulgação do resultado das extrações. Art. 19 - Na divulgação dos resultados da Loteria Federal as empresas autorizadas deverão proceder de modo a não induzir a equívoco, publicando na íntegra os números correspondentes aos prêmios maiores, sob pena de cancelamento da autorização. Art. 20 - Independe de autorização a distribuição gratuita de prêmios, mediante sorteio realizado diretamente por pessoa jurídica de direito público, nos limites de sua jurisdição, como meio auxiliar de fiscalização ou arrecadação de tributos de sua competência. Art. 21 - Respeitado o limite estabelecido no art. 3º, e sem dispensa da Taxa de Distribuição de Prêmios, o Ministro da Fazenda poderá autorizar a realização de propaganda com distribuição gratuita de prêmios vinculada a sorteio diretamente realizado por pessoa jurídica de direito público. Art. 22 - Os cupons sorteáveis serão distribuídos exclusivamente nos estabelecimentos da empresa autorizada, vedada sua distribuição em logradouro e vias públicas. CAPÍTULO III - Do Vale-Brinde Art. 23 - As empresas autorizadas na forma deste Regulamento poderão emitir vales-brindes numera-

GDezCritiva GDezCritiva Promoção •• Promoção de de de Vendas Vendas Vendas GDezCritiva••Promoção Promoção de Vendas dos em ordem crescente, a partir de um, para distribuição gratuita de prêmios como propaganda de seus produtos. § 1º - A empresa autorizada deverá declarar, sob as penas da Lei, a relação entre o número de valesbrindes a serem distribuídos e o de produtos colocados a venda, e providenciar sua ampla divulgação ao público. § 2º - O número de vales-brindes a emitir corresponderá ao de prêmios a distribuir. § 3º - O valor do maior prêmio a distribuir não poderá exceder Cr$ 200.000,00 (duzentos mil cruzeiros), atualizado mensalmente pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Art. 24 - A empresa autorizada colocará o vale-brinde no interior do produto de sua fabricação ou dentro do respectivo envoltório, atendidas as normas prescritas pelos órgãos de saúde pública e de controle de pesos e medidas. § 1º - Se for impraticável a distribuição por qualquer dos modos previstos no caput deste artigo, admitirse-á a utilização de elemento contendo dizeres ou símbolos identificadores do vale-brinde correspondente, pelo qual será trocado nos estabelecimentos da empresa autorizada. § 2º - A Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda poderá admitir a distribuição do vale-brinde por outra forma, bem como estabelecer critérios que assegurem ao processo de distribuição, dependência exclusiva do acaso. CAPÍTULO IV - Do Concurso Art. 25 - A distribuição gratuita de prêmios mediante concurso de previsões, cálculos, testes de inteligência, seleção de predicados ou competição de qualquer natureza, realizada por empresas comerciais, industriais ou de compra e venda de bens imóveis, está subordinada a este Regulamento, ressalvado o disposto no art. 30. Parágrafo único. A empresa indicará no plano, de forma clara e inequívoca, o processo do concurso e a condição necessária à obtenção do prêmio. Art. 26 - Nos concursos a que se refere o artigo anterior serão exigidas condições que garantam pluralidade de concorrentes e uniformidade nas condições de competição. Art. 27 - Como condição para participar do concurso poderá ser exigida a apresentação ou a entrega de rótulos, cintas, invólucros, embalagens e quaisquer elementos de reclame relativos aos produtos ou ao ramo comercial da empresa autorizada, que não constituam série ou coleção, nos termos das instruções da Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda. Art. 28 - A apuração do concurso poderá ser feita na sede da empresa autorizada ou nos auditórios de es-

BANNER 90 X 140 CM BUNGEE JUMP FESTIVAL

81


80

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais BUNGEE JUMP FESTIVAL

PANFLETO BUNGEE JUMP FE FESTIVAL ESTIV VAL

tações de rádio ou de televisão, com ingresso franqueado aos concorrentes. Art. 29 - O processo de apuração do concurso será o aprovado pela Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda ou o que, inscrito no plano, resguarde, a critério da autoridade concedente, o interesse dos concorrentes e assegure o integral cumprimento das disposições legais e regulamentares. Art. 30 - Independe de autorização a distribuição gratuita de prêmios em razão do resultado de concurso

17

exclusivamente cultural, artístico, desportivo ou recreativo, desde que não haja subordinação a qualquer modalidade de álea ou pagamento pelos concorrentes, nem vinculação destes ou dos contemplados à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço.


GDezCritiva •Promoção de Vendas

79

Peças Promocionais BUNGEE JUMP FESTIVAL

FARDAMENTO BUNGEE JUMP FESTIVAL


78

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Planilha de Custo ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

VALOR

1

Aluguel da estrutura e técnicos do Bang Jump

01

R$ 16.500,00

2

Aluguel do guindaste

01

R$ 7.500,00

3

Gravação e edição de DVD s

300

R$ 7.380,00

4

Promotores (incluindo fardamento, 10

R$ 4.800,00

transporte e alimentação)

02

R$ 1.152,00

6

Panfletos

3.000

R$ 579,00

7

Banners(80x120)

06

R$ 259,20

8

Banner gigante(0,60x7m)

01

R$ 672,00

9

Adesivo gigante (3mx4m)

01

R$ 700,00

10

Total da ação

transporte e alimentação) 5

Coordenador (incluindo fardamento,

R$ 40.642 ,20

PÚBLICO - ALVO Consumidor Numa visão geral, as motos de baixa cilindradas são vistas como um produto criado para um público essencialmente jovem e das classes CD. Porém a pesquisa realizada pelo Grupo Gdez Comunicação Experimental revelou que o hábito de consumo de motos pelos soteropolitanos é muito forte entre os homens da classe C, com idade entre 18 e 35 anos, seguindo de homens da classe B, entre 18 e 35 anos. Em resumo, fica estabelecido como público alvo da Dafra Motos: Público Primário H, classe C, 18-35 anos

Público Secundário H, classe B, 18-35 anos


GDezCritiva •Promoção de Vendas

77

Recursos Humanos:

CONCORRENTES

ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Promotores

10

2

Coordenador

02

3

Equipe de filmagem

01

4

Equipe de instrutores

01

Recursos Físicos:

CONCORRENTES DIRETOS Os concorrentes diretos são aqueles que oferecem ameaça direta aos produtos da Dafra Motos e que podem ser motivo de dúvida na decisão de compra. As fabricas de motocicletas que possuem motos de baixa cilindrada são consideradas os concorrentes diretos da Dafra Motos.

HONDA A Honda Motor do Brasil Ltda., responsável pela importação e distribuição dos produtos Honda no país, foi estabelecida em 26 de outubro de 1971. Inicialmente, a Honda só comercializava motocicletas, dois anos mais tarde também os produtos de força, como: Motobombas, geradores, motores estacionários, roçadeiras e cortadores de grama. Desde as primeiras importações, a Honda estruturou sua divisão de peças originais, o que garantia peças para reposição dos produtos Honda. A fábrica da Moto Honda em Manaus conquistou em 1991, o ISO-14001, conceituado certificado internacional de preservação do meio ambiente, no mesmo ano, atinge a marca de 3 milhões de motocicletas produzidas no Brasil. Em 1995, a Moto Honda da Amazônia conquista o certificado ISO 9002, que reconhece a qualidade na fabricação de seus produtos com a mais alta tecnologia e alto padrão de qualidade. Em fevereiro de 2004, a Honda lança a sexta geração de sua motocicleta mais consagrada no mercado nacional: a CG 150 Titan. Em junho, foi lançada a nova CG 150 JOB, voltada ao segmento profissional, uma evolução da CG 125 Cargo. E em outubro foram anunciados os lançamentos da CG 150 Sport e da CB 600F Hornet, no mesmo ano, a Honda Motocicletas conquistou um título inédito em exportações: Exportadora com Maior Diversificação de Mercados em 2003 concedido pela ACEAM (Associação de Comércio Exterioda

Amazônia). Atualmente, a fábrica da Moto Honda, em Manaus (AM), conta com uma área construída de 135 mil m², em um terreno de 564 mil m², representando o maior investimento no pólo industrial de Manaus. São fabricadas aproximadamente 3.600 motocicletas por dia, incluindo uma linha diversificada de modelos que vão desde 100 cc até 600cc. A Moto Honda da Amazônia produz os seguintes modelos: Biz 125, Biz 125+, CG 125 Fan, CG 150 Job, CG 150 Titan, CG 150 Titan Edição Especial, CG 150 Sport, NXR 150 Bros, CRF 230F, CBX 250 Twister, XR 250 Tornado, NX4 Falcon, CB 600F Hornet e Shadow 750. O índice de nacionalização da CG 150 Titan é de 95% e o índice médio de todos os modelos é de 70%. Em 2007, a Moto Honda da Amazônia, obteve a marca histórica de 10 milhões de motocicletas produzidas. Para atender as novas demandas da marca, a Honda acaba de inaugurar nova sede no Morumbi ‒ Zona sul de São Paulo, onde estão às áreas administrativas e de negócios da Honda Automóveis, Moto Honda da Amazônia e Honda Sistemas Financeiros, antes localizados em diferentes regiões da capital. A Honda Motos possui 4 concessionárias autorizadas em Salvador: Asa Moto Center, Motopema, Novotempo e Revemar. Linha de Motocicletas: Nacionais

ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Aluguel da estrutura do Bang Jump

01

2

Guindaste

01

3

Ilha de edição

01

4

Banners (80x120)

06

5

Banner (0,60x7m)

02

6

DVD S

300

7

Adesivo gigante (3x4m)

01

8

Panfletos

3.000

9

Motos

05

Serviços Contratados: Litoral Esportes, Pétala Promoções, Zunk Produções de Vídeos, Guindaste Esporte, Shopping Iguatemi, Dafra Motos. Recursos de transporte, alimentação, hospedagem: Não se aplica Regulamento: Cada participante poderá desfrutar da arena por uma única vez, e as primeiras cem pessoas de cada dia ganharão toda a sua participação registrada em DVD, disponibilizada pela nossa equipe. Assim que se esgotar a cota dos DVD, serão abertos para a restante do publico, para a pratica esportiva. Regulamento Interno: Os promotores do sexo masculino deverão ser portadores de carteira de habilitação tipo A.


76

GDezCritiva •Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

21

4ª FASE ‒ INSTITUCIONAL

BUNGEE JUMP FESTIVAL Tipo de Promoção: Ação de Notoriedade Objetivos específicos: • Promover visibilidade para marca Dafra; • Associar a prática de esporte com a marca; • Interagir e fidelizar o público-alvo. Tema: Bungee Jump Festival Público: O foco desta ação é o público primário da Dafra, homens de 18 - 35 anos, classe C, secundário, homens de 18 - 35 anos, classe B e potenciais consumidores. Justificativa: A escolha do Bungee Jump Festival foi devido ao seu público-alvo, que são jovens e se interessam por esportes radicais. É conveniente fazer a associação do esporte com a marca Dafra, cujo produto também vem trabalhando esse conceito. O festival será realizado em pleno verão, época em que a cidade do Salvador está muito animada pela estação. A realização desse evento terá uma grande repercussão devido à prática do esporte radical e com isso a Dafra terá uma grande divulgação gratuita por parte da impressa local dando nota à ação quase inédita na cidade de Salvador. Mecânica / Definição Detalhada: Será montada no estacionamento do Shopping Iguatemi uma arena para a prática do Bungee Jump. O público envolvido será convidado pelos promotores, no qual farão parte da equipe de animação e prospecção dos participantes no local do evento, e em principais pontos da cidade nos dias que antecederão o evento. No final de semana anterior á realização do evento, ocorrerá à divulgação com distribuição de panfletos e convidando o publico a conferirem a Arena Bungee Jump Festival no Shopping Iguatemi. Todos os promotores percorrerão esses lugares montados em motos, divididos em cinco casais. Toda a mecânica desenvolvida pelo participante na arena será filmada, desde sua entrada, apresentação, até a o salto. Terá uma equipe, com uma ilha

de filmagem e edição, para registrar as participações. Cada participante ganhará um DVD promocional, com toda sua apresentação no Bang Jump festival, com um limite de até cem Dvds por dia, totalizando trezentos DVDs para essa ação. Ao acabar essas unidades o publico poderão mesmo assim praticar o esporte. Dentro da arena ficarão expostos os modelos de motocicletas, que a Dafra possui. A ação será divulgada em outdoor e panflos. Aplicação da marca Nos panfletos, banners, fardamentos dos promotores, DVD s personalizados e um adesivo gigante para o colchão de proteção. Mercado Atingido Públicos freqüentadores do Shopping Iguatemi e admiradores de esportes radicais. Período e horário: •12 a 14 de novembro 2009 divulgação pela cidade do Salvador •19 a 21 de novembro de 2009 Bang Jump Festival, tendo início às 15:00 e término às 21:00h. Local: Estacionamento do Shopping Iguatemi. Forma de envolvimento: Com o auxilio dos promotores, nos quais farão à animação do dia do evento, eles abordarão os clientes, dentro e fora do shopping, convidaram para a prática do esporte, informando do brinde que será o DVD registrando sua participação no evento. Público: A expectativa é atingir um público de aproximadamente duas mil pessoas. Benefício aos participantes: Poder praticar o esporte Bang Jump totalmente gratuito e ainda levar como lembrança toda a sua participação registrada em DVD.

Pop 100, Biz 125, Biz 125+, CG 125 Fan, CG 150 Job, CG 150 Titan, CG 150 Sport, NXR 150 Bros, CRF 230F, CBX 250 Twister, XR 250 Tornado, NX4 Falcon, CB 600F Hornet, SHADOW 750. Importadas CBR 600RR 2008, CB 1300 Super Four, XL 1000V Varadero, CBR 1000RR Fireblade, GL 1800 Gold Wing, VTX 1800V. Quadriciclos TRX 420 Fourtrax

YAMAHA A Yamaha Motor Corporation Ltda., que inicialmente fazia parte da Nippon Gakki Corporation, foi fundada por Genichi Kawakami em 1955. O emblema da Yamaha Motor, um arranjo de três diapasões usados para afinar instrumentos musicais, foi definido pela Nippon Gakki em 1898 e tem sido usado pela Yamaha Motor desde a sua fundação, incorporam a idéia de três braços de produção, marketing e tecnologia ousadamente ascendendo para o mundo . Hoje a Yamaha Motor acrescenta sua própria definição ao emblema, de clientes, sociedade e indivíduos . No ano de 1975 foi inaugurada a primeira indústria brasileira de motocicletas do País, às margens da Rodovia Presidente Dutra, visando o acesso às principais capitais brasileiras e em 1985, é construída a

segunda fábrica, na Zona Franca de Manaus, a Yamaha Motor da Amazônia. A Yamaha foi pioneira mundial no segmento On/Off Road, com o lançamento da Yamaha DT-1 em 1968. Em 1978, a Yamaha lança o modelo TT 125, instituindo assim, o segmento de motocicletas on/off-road no mercado das motocicletas nacionais. A Yamaha Motor do Brasil Ltda. e a da Amazônia Ltda., obtiveram a certificação ISO 9001:2000, que atesta o desenvolvimento, produção, vendas e assistência técnica de motocicletas, em 2003 e, no fim 2004, além de revalidar a certificação, também acresceu a certificação para os motores de popa. Em outubro de 2005 é lançada a Fazer 250 injeção eletrônica, com equilíbrio entre a função esportiva e o conforto com o desempenho equivalente. A Yamaha está presente em todos os estados brasileiros através da Rede de Concessionárias Autorizadas. As motocicletas nacionais estão distribuídas nas categorias: underbone, street urbana, conceito x, roadster motard, esportiva, on/off-road, off-road e custom, e as importadas: esportivas, sport roadster, touring e off-road. Na Bahia, existem concessionárias Yamaha distribuídas em 24 cidades, sendo duas em Salvador: Revaisa e Motocred. Linha de Motocicletas: Drag Star, Fazer 250, FZ6 N, FZ6 S, Lander 250, MT03, Neo CVT 2008, XT 660R, XTZ 125E, XTZ 125K, XTZ 125X E, XTZ 125X K, XTZ 250X, YBR 125E, YBR 125ED, YBR 125K

SUNDOWN A Brasil & Movimento é uma empresa estruturada no Brasil e no exterior, com 1.600 funcionários diretos e mais de 4 mil indiretos. No Brasil a B&M conta com um parque fabril totalizando 54 mil metros que abriga as fábricas de motocicletas e de bicicletas, em Manaus (AM), um escritório administrativo em Barueri (SP) e um centro de distribuição de peças em Itajaí (SC). Na China, a Brasil & Movimento possui um centro de desenvolvimento de produtos, onde atua em parceria com dois grandes parceiros, a Qingqi e a Zongshen. A Brasil & Movimento trabalha com três Unidades de Negócio: motocicletas (Sundown Motos), bicicletas (Sundown Bikes) e peças multimarcas


22

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva GDezCritiva •• Promoção de Vendas GDezCritiva• Promoção Promoçãode deVendas Vendas

(Sundown Peças). O segredo do sucesso: um conjunto de ações como a oferta de produtos inovadores, com tecnologia avançada e preços competitivos, fez a diferença da B&M no mercado. Estas ações geraram o resultado esperado porque foram somados à alteração da razão social para uma denominação que incorporasse os atuais segmentos de negócios da companhia e permitisse conquistar novos mercados; ao estabelecimento de uma estratégia de marketing, apoiada por ações de comunicação, promoção, vendas e relacionamento, constantes e agressivas; ao estabelecimento de uma rede de concessionárias de motos, de âmbito nacional, qualificada e comprometida com a organização; e à qualificação e comprometimento da equipe com a visão da B&M. No mercado das Duas Rodas desde 2003, a Brasil & Movimento obtém recordes mensais de crescimento. Na época a marca detinha apenas 0,3% de market share. Com a fabricação de motos de baixa cilindrada e tendo como foco principal ser uma opção ao consumidor brasileiro, em pouco mais de dois anos a Sundown Motos tornou-se a terceira marca mais vendida do País. Hoje, a marca já conquistou 5,5% do mercado brasileiro de motocicletas e comemora a solidez do negócio. A marca Sundown Motos conta com 240 concessionários em todo o Brasil. Inaugurado em março de 2007, o Centro de Distribuição (CD) da Sundown em Itajaí (SC), distribui para todo o Brasil peças originais de motos e bikes. Com 150 funcionários, está estrategicamente localizado no km 113 da BR-101, estando a apenas 18 km do Porto de Itajaí. O CD da Sundown coloca à disposição do mercado 18 mil itens. A indústria brasileira de motos tem crescido aceleradamente. Um crescimento sustentável que colocou a Sundown entre as marcas de motos mais vendidas do país. Em apenas 3 anos , cresceu mais de 260% em vendas, abriu 180 concessionárias e ampliou sua linha de produtos. A Sundowm Motos tem concessionárias distribuídas em 18 cidades da Bahia, sendo que apenas uma em Salvador, a Mendonça Motos localizada na Av. Lucaia, Rio Vermelho. A empresa deverá investir cerca de R$ 40 milhões em 2008 para a construção de uma nova unidade produtiva.

ki Motos do Brasil, uma empresa 100% nacional, contando com o apoio tecnológico da Suzuki Motor Corporation, instalada em Hamamatsu, no Japão. A J. Toledo, que foi fundada em 24 de setembro de 1992, tem sua unidade fabril instalada no Pólo Industrial de Manaus e seu centro administrativo e de distribuição em Jundiaí, cidade do interior paulista localizada a 50 km da capital. Todo o processo que leva à comercialização das motocicletas nas mais de 270 concessionárias autorizadas Suzuki presentes em todo o Brasil, teve início com a vinda de suas partes e peças do Japão pelo processo CKD (Complete Knock Down - Completamente Desmontado). Atendendo ao índice de nacionalização obrigatório, e cumprindo as normas do Processo Produtivo Básico (PPB) estabelecidas pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), na linha de montagem são agregados às motocicletas componentes nacionais, sempre sob a orientação da Suzuki Motor Corporation. A empresa dispõe do quarto maior estoque mundial de peças originais de reposição e oferece atendimento personalizado e prestação de serviços realizados nas autorizadas por mecânicos treinados na fábrica. A J. Toledo apóia o esporte off-road sobre duas rodas e patrocina campeonatos em todo o Brasil e da Equipe de Competições Suzuki/Petrobras formada por pilotos de ponta nas modalidades Motocross, Supercross e Enduro. Através do Club Member Suzuki, a J. Toledo Suzuki Motos do Brasil, junto com suas concessionárias autorizadas, realiza uma série de encontros, reunindo seus clientes de todo o país. Na Bahia, existem concessionárias autorizadas Suzuki, em 14 cidades, sendo três em Salvador: Guimarães Suzuki e duas unidades da Indiana Motos. Os produtos estão distribuídos entre as categorias: super sport, street, custom, dual purpose, scooter e off-road.

Linha de Motocicletas: Motard, STX, Web, Web EVO, Hunter 100, Hunter, Max SE, Max SED, Future, VBlade

TRAXX

SUZUKI A empresa que detém o direito exclusivo da marca, fabricação e comercialização das motoclietas Suzuki para todo o território brasileiro, é a J. Toledo S u z u -

Linha de Motocicletas: B-King, Bandit 1250S, Bandit N1250, Bandit 650, Bandit 650S, Burgan 400, Burgman 125 Automatic, DL 1000 V-Strom, DR Z400E, Yes 125 ED, Yes 125 ED Cargo, GS500E, GSX 1300R Hayabusa, GSX750F, GSXR1000, GSX-R750, Intruder 125 ED, Intruder 125 ED Cargo, Boulevard M800, Boulevard C1500.

A Moto Traxx da Amazônia LTDA, importadora de motos e moto peças, sediada na cidade de Fortaleza-CE, tem o apoio tecnológico da Jialing, maior e mais famosa fabricante de motocicletas da China. Os produtos são fabricados com a mais alta tecnologia com os certificados ISO 9001 e 14001. A fábrica da Traxx está localizada em Manaus e tem capacidade de

VOUCHER DAFRA MOTOS

75


GDezCritiva dede Vendas GDezCritiva•Promoção • Promoção Vendas

Peças Promocionais DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

MOCHILA DE VIAGEM DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

produção de 100 mil motos/ano. Atualmente a Moto Traxx comercializa cinco modelos de motocicletas que apresentam Motores de 50cc até 125cc. Serão nacionalizados dois modelos: o 50 cc (modelo que representa 60% do faturamento da empresa no País) e o de 110 cc com perspectiva de aumentar o processo da nacionalização de forma gradativa. A Moto Traxx da Amazônia, após a contratação de Rogério Scialo como Diretor Executivo, vem buscando seu espaço no mercado de duas rodas nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste. Fortalecida pela nova política de abertura de revendas a montadora espera conquistar até o final de 2009 cerca de 200 novas revendas e comercializar cerca de 10 mil motocicletas mês em pontos estratégicos do Brasil. Rogério Scialo veio para a Moto Traxx com a missão de incrementar a participação da Traxx no mercado, uniformizar suas vendas no Brasil, ampliar o relacionamento com a rede de revendedores já existente e principalmente ampliar os nichos de mercado tornando a marca bastante conhecida e desejada. A Moto Traxx comercializou nos primeiros cinco meses de 2008, 9.612 unidades, um crescimento de 44.37 % em relação ao mesmo período do ano passado (6.658 unidades) e 198.14 % em comparação ao ano retrasado (3.234 unidades). Para 2008, a expectativa é comercializar 40 mil unidades, sendo 20 mil unidades importadas e 20 mil produzidas no PIM - Pólo Industrial de Manaus onde está localizada a fábrica da Moto Traxx inaugurada no início deste ano. Em Salvador, possui apenas uma concessionária autorizada Traxx, a Nova Motos, localizada na Av. Vasco da Gama. Até o final de 2008, estão previstas abertura de novas revendas nas seguintes cidades: Salvador (BA), Teresina (PI), Barretos (SP), Santo Amaro (SP), São José dos Campos (SP), Caraguatatuba (SP), Araçatuba (SP), Sobral (CE), Itapipoca (CE), Tiangua (CE), Porto Alegre (RS), Lajeado (RS), Caxias do Sul (RS), Florianópolis (SC), Blumenau (SC), Curitiba (PR), São José dos Pinhais (PR), Inhumas (GO) São Luis Montes Belos (GO), Goiânia (GO), Aparecida Goiânia (GO), Várzea Grande (MT), Três Lagoas (MS), Sorocaba (SP), Vitória (ES), Guarapari (ES), Vila Velha (ES), Taguatinga (DF), Ceilândia (DF), Palmas (TO), Santo Antonio Jesus (BA), Macapá (PA), Rio Branco (AC), Manaus

23

(AM), Belém (PA) e Santarém (PA).

Linha de motocicletas: Star 50, Sky 110, Fly 125, Joto 125.

KASINSKI A Kasinski oferece motocicletas desde linhas econômicas de baixa cilindrada até motos de grande porte, esportivas, custom, utilitárias, num mix completo de produtos. Os produtos Kasisnki detêm tecnologia de fabricantes mundialmente consagrados. Sendo uma das empresas do ramo de motocicletas que mais cresce no mercado nacional, conta com uma ampla rede de distribuição em todo o território brasileiro, além de uma sólida estrutura física, englobando a fábrica no Pólo Industrial de Manaus - que em três anos cresceu de 2.500 m2 para mais de 18 mil m2; o Show Room e o Escritório Central, em São Paulo, que, acompanhando as necessidades de crescimento da empresa, estão sendo realocados para nosso novo endereço, na Via Anchieta. Todos os esforços estão concentrados na produção, marketing e comercialização de produtos de pequena e média potência, voltados especialmente para o público que tem a motocicleta como seu veículo de transporte. Completa o conglomerado do grupo o Consórcio Nacional Kasinski, que tem como objetivo


24

GDezCritiva • Promoção de Vendas

apoiar o faturamento da fábrica através da venda de cotas de consórcio. A Kasinski tem apenas um revendedor autorizado em Salvador, a D&E Importação localizada na Av. Garibaldi. Linha de Motocicletas: Seta 150, Way 125, Comet GTR, Seta 125, Win 110, Comet, Mirage, Comet 650R, Mirage 650.

CONCORRENTES INDIRETOS Os concorrentes indiretos são aqueles que oferecem uma ameaça mais distante aos nossos produtos do que os concorrentes diretos, ou seja, as fábricas de motocicletas que focam na fabricação de motos de alta cilindrada ou de competições esportivas são concorrentes indiretos da Dafra Motos, pois possui apenas motos de baixa cilindradas. Também as montadoras de carros são concorrentes indiretos, por ser um meio de transporte com um maior custo de investimento.

KAWASAKI Pioneira na Zona Franca de Manaus, com o início de suas atividades em 1968, a AVA Industrial S.A. ‒ empresa com capital 100% nacional- iniciou suas atividades já produzindo para grandes multinacionais do país. Black&Decker, Sanyo, Kodak Kawasaki, Kymco, etc., já fizeram e ainda fazem parte da história de sucesso e visão do seu fundador, o empreendedor brasileiro Antônio Velásquez. O grupo Kawasaki opera no Brasil, com a Kawasaki Indústria e Comércio Ltda, que atua em setores de base, com grandes projetos de aciaria, energia termoelétrica, robótica industrial, equipamentos marítimos, ferroviários e aeronáuticos, e provê tecnologia e serviços para empresas como CSN, Usiminas e Embraer, entre outras. A Kawasaki Heavy industries Ltda. de Akashi, Japão uniu-se ao grupo AVA há 12 anos. A AVA industrial teve sucesso com o lançamento dos Jet-ski s Kawasaki nos anos 90. A AVA Industrial S.A. é a primeira e única corporação do mundo, não controlada pela Kawasaki, a conquistar o direito de montar e comercializar os produtos kawasaki fora do Japão. Em 2008, a Policia Rodoviária Federal utiliza mais de 300 motocicletas Kawasaki modelo KZ ‒ 1000 Police, fabricadas nas linhas de montagem da AVA. Cabe salientar que a KZ1000 é a motocicleta utilizada pelas patrulhas federais e estaduais de todos os estados americanos. Os modelos de motos e equipamentos de aventura, por sua vez, chegavam apenas através de importação feita por terceiros. A Kawasaki irá investir US$ 40 milhões para a insta-

GDezCritiva GDezCritiva •• Promoção de Vendas GDezCritiva• Promoção Promoçãode deVendas Vendas lação de uma fábrica de motos no Pólo Industrial de Manaus. A fábrica faz parte da estratégia da empresa japonesa de trazer para o Brasil sua divisão de Consumer Products & Machinery, para a importação, produção e comercialização de motocicletas, quadriciclos e jet skis. A previsão, é que a produção local se inicie já em 2009. Até lá, a companhia vai trazer produtos de fora, adaptados à realidade brasileira. A empresa contará também com uma base operacional em São Paulo, que iniciará a implantação gradual de uma rede de concessionárias autorizadas. O plano de expansão prevê que, até 2015, a empresa cubra todas as grandes cidades brasileiras. A empresa estima que a rede chegue a 200 concessionárias. A Kawasaki Motores do Brasil Ltda ficará sob controle acionário da Kawasaki Heavy Industries Ltd e integrará o grupo Kawasaki. No dia 22/10/2008, a primeira concessionária foi inaugurada em São Paulo. A unidade vai vender as motocicletas importadas pela companhia. Há dois anos a empresa estuda a entrada no mercado brasileiro - que gira hoje em torno de 2 milhões de motocicletas por ano. Além de aproveitar o crescimento do consumo brasileiro, a empresa planeja usar o País como plataforma de exportação para a América Latina e outras regiões. A divisão Consumer Products & Machinery responde por 28% das operações globais do grupo Kawasaki. O mercado brasileiro terá os principais modelos das motocicletas Kawasaki, como as esportivas Ninja e as motos de estrada Vulcan, além da linha motocross. Atualmente há no mercado brasileiro mais de 40 mil motocicletas Kawasaki rodando em suas estradas. Ainda não há uma concessionária autorizada da Kawasaki em Salvador, as motos importadas tiveram sua primeira loja autorizada no Brasil inaugurada recentemente (22/10/2008). Linha de motocicletas: Ninja 250R, Ninja500R, Ninja ZX-6RR, Ninja ZX-6R, Ninja ZX-7R, Ninja ZX-9R, Ninja ZX-10R, Ninja ZX-12R. Streetbikes ZZR 600, ZR-7S, Z1000. Touring Vulcan 750, Vulcan 1500 Nomad Fi, ZZR1200, Voyager XII. Dual Purpose KLX400SR, KLR250, KLR650. Motocross KX60, KX65, KX85, KX100, KX125, KX250, KX250F, KX500. OffRoad

ROUPÃO R OUPÃO ÃO DAFRA DAFRA M DA MOTOS OTO TOS

73


GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

BANNER 90 X 180 cm DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

KDX50, KDX200, KDX220R, KDX125L, KDX300R, KDX400R

KDX110,

KDX125,

Vulcan Cruisers Vulcan 500LTD, Vulcan 800, Vulcan 800 Classic, Vulcan 800 Drifter, Vulcan 1500 Classic, Vulcan 1500 Mean Streak, Vulcan 1500 Drifter, Vulcan 1600 classic, Vulcan 1600 Mean Streak, Vulcan 2000.

BMW MOTORRAD BRASIL A BMW Motorrad Brasil, divisão de motocicletas do tradicional fabricante alemão aumentou 76% nas vendas, de janeiro a junho de 2008, em relação ao mesmo período de 2007. No primeiro semestre, foram vendidas e emplacadas 636 unidades zero quilômetro. Até o final deste ano, a BMW tem a estimativa de 21% crescimento nas vendas. Ao contrário do que se pode imaginar, a moto mais acessível ‒ o modelo G 650 Xcouytry Standard, que custa cerca de R$ 37 mil ‒ não é a mais vendida. A campeã disparada de vendas é o modelo R 1200 GS, que custa entre R$ 80 e R$ 82 mil. Essa moto responde por 60% das vendas da BMW no Brasil. A BMW inclui, entre outros itens, o sistema ABS nas motos. Este ano já foram lançadas as novas BMW R 1200 GS e R 1200 GS Adventure. E até dezembro, estarão no mercado mais três motos novas ‒ a bi cilíndrica F 650 GS, a moto de enduro G 450X e a F 800 GS. A divisão BMW Serviços Financeiros, favorece a aquisição de motocicletas, oferecendo produtos como leasing, seguros, taxas de juros, parcelamentos e outros incentivos aos clientes. A matriz alemã pretende investir mais para manter esse crescimento criterioso. A marca tem atualmente nove revendedores autorizados de motocicletas, sendo cinco compartilhados com a venda de automóveis. Todos estão situados nas regiões Sudeste e Sul. As motocicletas BMW estão distribuídas nas categorias: overview, sport, enduro, tourer e roadster.

TRIUMPH MOTORCYCLES No Brasil a Triumph Motorcycles chegou por intermédio do Grupo Izzo, a marca britânica de motocicletas, uma das mais tradicionais no mundo das duas rodas. A empresa, que comemorou seu centenário em 2002, tem atividades em outros 12 países - Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, Itália, Alemanha, Japão, Suíça, Suécia, França, Bélgica, Holanda e Japão - e comercializa cerca de 36 mil unidades por ano. Os modelos inicialmente comercializados são a clássica Bonneville, a SUB (Sport Utility Bike) Tiger e a irreverente Speed Triple. Por possuir um mix de produtos diversificados, a Triumph atende todos os

25

fãs das motocicletas top de linha, que querem status, performance, conforto e elegância. As motos Triumph já marcaram presença em diversos filmes hollyoodianos, como por exemplo: O Selvagem, Desafio das Águias, Matrix, Missão Impossível, Harry Porter e a Pedra Filosofal, Fúria em Duas Rodas, entre outros. O Grupo Izzo, responsável pela comercialização da marca no Brasil, concentrou esforços especiais no pós-venda, investindo no treinamento de mecânicos, importando ferramentas exclusivas e garantindo reposição rápida de peças. No Brasil, existem 8 concessionárias autorizadas da marca britânica, todas nas regiões Sul e Sudeste.

HARLEY DAVIDSON O ano de 1903 foi muito bom para a indústria americana. Em Milwauke, o jovem Bill Harley e dois amigos, Arthur e William Davidson, fizeram sua primeira motocicleta num barracão nos fundos da casa de um deles, onde até hoje se encontra o prédio administrativo da Harley-Davidson. Em 1916, o presidente Wooddrow Wilson enviou Black Jack , com uma Harley, para acabar com Pancho Villa na fronteira mexicana. E quando os Estados Unidos entraram na Primeira Guerra Mundial, a Harley foi importante parte da História, pois um soldado americano e sua Harley-Davidson equipada com side-car foram os primeiros a entrarem em território alemão. Assim que a paz se estabeleceu, a Harley voltou às pistas em 1921, e se tornou a primeira equipe a vencer uma prova de velocidade à mais de 100 milhas/ hora. Em 1929, a indústria de motocicletas e a indústria automobilística passaram por uma crise devido a falta de dinheiro para adquirir um transporte individual. Muitas fábricas fecharam. Nesta época, as motocicletas tornaram-se objeto de recreação. A Harley - Davidson, assim como as outras, também foi atingida, fazendo com que a produção baixasse de 32.000 motos por ano para 6.000 ate 1933. Com o fim da crise em 1933, a Harley, para atrair compradores, começou a pintar as motos em várias cores diferentes e colar decalques. Com esse tipo de inovação, nasceu o estilo Harley-Davidson, não só de possuir sua motocicleta com características próprias, mas também de usar roupas de couro negras, de ouvir um rock e de ser livre. Assim, foram surgindo os acessórios, que hoje fazem parte da historia da Harley. A Harley Davidson do Brasil Ltda., uma empresa da Harley-Davidson Holding Co. Inc. e Harley-Davidson Motor Comapny Group Inc., produz motocicletas no Pólo Industrial de Manaus desde 1999. A fábrica do PIM faz parte da estratégia do grupo de aumentar sua participação no mercado brasileiro. As motoci-


26

GDezCritiva • Promoção de Vendas

MONTADORAS DE CARROS O automóvel exerce um fascínio no homem, que sempre buscou se deslocar com mais rapidez e segurança, e tendo em vista o custo/benefício de um automóvel básico, certamente ele constitui-se como um concorrente para o mercado de motos. Haja visto, que além do próprio benefício trazido ao adquirir um automóvel, a sociedade brasileira tem no carro um símbolo de status, muitas vezes até de poder, traduzido em quatro rodas e servindo de indicativo de classe social. Ainda que muitos dos carros comprados em Salvador sejam adquiridos por meio de longos financiamentos, a capital baiana segue à risca quando o assunto é carro como meio de status e indicativo de classe social. É associado ainda ao carro um poder imaginário que ultrapassa, por exemplo, os direitos dos pedestres. Associado ao fato de serem vendidos carros à partir

de R$ 199,00 mensais, mesmo que seja em 72 meses, por exemplo, a cidade tem no meio de condução particular uma espécie de valorização pessoal por parte do condutor do veículo, o que reflete no desejo de consumo de clientes potenciais e de jovens em geral. Ainda que sejam usados, ou semi-novos como se costuma anunciar, o veículo particular ocupa um grande espaço nas ruas e avenidas da cidade, mas geralmente é ocupado por uma só pessoa, o condutor. Esse detalhe aliado ao fato de que a cidade, por não ter sido planejada, constantemente está com o trânsito engarrafado, obriga aos dirigentes da mesma e à sociedade baiana como um todo, repensar o trânsito de um modo geral e à forma também como é conduzida a educação no trânsito, pois uma boa saída para tal situação seja o uso de transporte público e também motocicletas e bicicletas. Fabricantes: Fiat, Chevrolet, Ford, Renaut, Volkswagen, Citroën, etc.

FOLDER FRENTE PARTE INTERNA DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

cletas fabricadas em Manaus passam por exaustivos testes de qualidades a fim de atender o padrão internacional do grupo. A linha de produtos da HarleyDavidson do Brasil Ltda, constitui-se dos seguintes modelos: FatBoy, Heritage Classic, Custom Standard, e Night Train. São nove concessionárias no Brasil e todas localizadas no sul e sudeste do país.

GDezCritiva GDezCritiva •• Promoção dede Vendas Vendas GDezCritiva•Promoção Promoção de Vendas

71


70

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

27

» PROMOÇÕES DOS CONCORRENTES Ações Promocionais Honda •Honda participa do 4º Moto Check-Up em São Paulo Mais uma vez, a Honda esteve presente no 4º Moto Check-Up, que foi realizado nos dias 19, 20 e 21 de agosto, em São Paulo. A empresa disponibilizou mecânicos e instrutores de pilotagem, contribuindo para a orientação dos motociclistas e a prática de pilotagem segura. O Moto Check-Up oferece avaliação gratuita da situação dos capacetes e das condições mecânicas das motocicletas. Os profissionais das concessionárias Honda estarão à disposição dos motociclistas para checar os seguintes itens: freio traseiro, freio dianteiro, relação, caixa de direção, luz de freio, suspensão, pneu dianteiro, pneu traseiro, farol, lanterna, sinaleira e espelhos. Além disso, os motociclistas poderão assistir à vídeos sobre pilotagem com segurança e tirar dúvidas com a equipe do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH). Os motofretistas terão a oportunidade de se inscrever no curso de capacitação para obter o Condumoto, documento emitido pelo Departamento de Transporte Público da Prefeitura de São Paulo e que é necessário para a prática profissional. As três primeiras edições do Moto Check-Up reuniram 3.563 motociclistas. No último encontro, realizado em julho, foram inspecionadas 1.541 motocicletas. Para o 4º Moto Check-Up, a expectativa é atender a um mesmo número de condutores. O evento é organizado pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), em conjunto com o CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e o Ipem (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo). •Honda Motos patrocinou X Games Brasil 2008 O X Games, o maior evento do mundo dedicado aos esportes radicais, ganhou um edição brasileira que foi a segunda maior da história e teve a presença de aproximadamente 40 mil pessoas. A ReUnion Sports&Marketing e a ESPN contaram com mais uma parceria para o ESPN X Games Brasil 2008: a Honda Motos. A empresa adquiriu uma cota diamante e desenvolveu ações especiais para os dias das olimpíadas dos esportes de ação. A marca se uniu à Parmalat e ao Guaraná Antarctica na realização do evento que aconteceu de 25 a 27 de abril, no Anhembi, em São Paulo. Pela primeira vez, o Brasil pôde conferir de perto a

modalidade praticada com motocicletas. Por isso, a Honda já pensou em atrações diferenciadas para o seu público-alvo. A empresa foi patrocinadora da área de Moto X e teve um estande de 300 m2, além de um camarote completo para 100 (cem) convidados. A Honda também separou mil ingressos para a sua arquibancada e criou um estacionamento VIP para quem foi ao ESPN X Games Brasil com motos da marca. A comercialização do patrocínio foi feita pelas equipes comerciais da ReUnion, comandada pelo VP de planejamento estratégico e comercial Fernando Julianelli, e da ESPN, liderada por Marcelo Pacheco. As cotas foram comercializadas respeitando o critério de exclusividade para empresas que não atuam no mesmo segmento de negócios. As ações promocionais ficaram por conta de constantes spots na rádio MIX FM e de blitz em importantes universidades de São Paulo, em que foram distribuídos 1.000 ingressos e 500 kits compostos por bonés, camisetas, mochilas e adesivos. Além disso, a Honda levou o espírito da campanha do norte ao sul do país enviando à rede exclusivos materiais de ponto-de-venda, constituídos por pôster, banner, bandeirolas e adesivos de consumidor, para ambientar as concessionárias. Também foram distribuídos camiseta e boné, que podem ser utilizados ao longo do ano. Esta é uma ótima oportunidade para realizar ações regionais focadas no público jovem. A Honda apresentou seus produtos em um estande de 300 m² focado na linha off-road. Entre os modelos expostos, destacam-se NXR 150 bros, CRF 230F, XR 250 Tornado, XL 1000V Varadero, motos de competição e quadriciclos. Todos os dias aconteceram sessões de autógrafos com os pilotos no stand da empresa e distribuição de brindes para o público durante as atrações. Os organizadores do X Games premiaram com uma Tornado X, totalmente estilizada, o vencedor do concurso cultural X da Questão . A 21ª edição do maior enduro-rally de regularidade da América Latina, o Cerapió 2008, contou com o patrocínio da Honda Motos. Mais de 1000 pessoas participaram do evento, que aconteceu em Fortaleza, capital do Ceará, entre os dias 20 e 22 de janeiro de 2008. O evento contou com a participação de competidores, jornalista, mecânicos, equipe de apoio e aficionados pelas emoções fora de estrada de todo o Brasil, além de representantes de outros países, como Inglaterra e Suíça.


28

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Honda participa do Salão de Motos do Rio Grande do Sul Consolidando a sua presença em ações regionais junto à rede de concessionárias, a Honda participou do 8º Salão de Motos, que aconteceu entre os dias 5 e 13 de julho de 2008, em Porto Alegre (RS). Considerado o evento de motocicletas mais representativo da região sul do País, o evento contou com a presença de cerca de 70 mil visitantes. Para a empresa essa foi uma excelente oportunidade para se aproximar ainda mais do público potencial, além de mostrar toda a tecnologia de seus produtos. Em um stand de 300 m2, os visitantes puderam conhecer a linha de motocicletas nacionais, tais como POP 100, Biz 125, CG 125 Fan, CG 150 Titan, CG 150 Sport, NXR 150 Bros, CRF 230F, CBX 250 Twister, XR 250 Tornado, NX4 Falcon, e as recémlançadas CB 600F Hornet e Shadow 750, bem como os modelos importados: CBR 600RR, CBR 1000RR Fireblade, XL 1000V Varadero, CB 1300 Super Four, VTX 1800C e GL 1800 Gold Wing. Honda ‒ Post-it Ação de guerrilha feita pela JWT da Índia para a Hero Honda, nos salões de amostra. Para anunciar a moto Hero Honda Glamour, foram colados vários Post-its em torno dela com nomes de garotas e seus respectivos telefones (tudo fictício). O objetivo era atrair o público masculino e mostrar como o veículo tem um poder enorme de atrair garotas devido a sua potência e beleza. Honda- Plante esta carta Em mais uma iniciativa para ligar sua marca à sustentabilidade e preservação do meio-ambiente, a Honda enviou uma carta para seus clientes que, literalmente, cresce. Impressa em um papel especial que contém sementes, o texto convida o leitor a plantar a carta para ajudar a neutralizar o carbono na atmosfera. A criação da Inferno London, garantiu à Honda um leãozinho na categoria Direct em Cannes 2008.

GDezCritiva GDezCritiva GDezCritiva• •Promoção • Promoção Promoçãode de deVendas Vendas Vendas

Ações Promocionais Yamaha Arena Cross A 5ª etapa do Arena Cross foi disputada no Campo do Sete, litoral norte de São Paulo. Localizada na avenida Manoel Teixeira, número 750, bairro São Francisco, o Campo do Sete ofereceu toda a infraestrutura necessária para mais essa etapa do Arena Cross. Os ingressos puderam ser trocados por 2 kg de arroz na Cavec - Concessionária Yamaha - localizada em Caraguatatuba. A Concessionária Cavec estiveram presente no evento com um estande de 25m², onde esteve expostas as motocicletas e uma torcida uniformizada com capacidade para 200 clientes. Nessa etapa, a Yamaha foi representada pelo piloto Pipo Castro, na categoria MX1 e pelos pilotos Lucas Moraes e Davis Guimarães na MX2. Yamaha tem exposição, test driv e free style no QRX 2008 Do dia 20 a 25 de maio, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, foi realizada a terceira edição do Quatro Rodas Experience 2008 (QRX 2008). O evento tem apoio da Yamaha, que participou com a exposição de todos os produtos e a realização de test drive de motocicletas e ATVs/ quadriciclos. Para isso, a Yamaha teve espaços exclusivos para a exposição estática das motocicletas, pista off-road para test drive dos ATVs/quadriciclos e o kartódromo reservado para a realização de test drive de todas as motocicletas Yamaha. Para as motos nacionais, exceto a MT-03, o test drive será gratuito para quem comprar o ingresso que dá direito a entrada no QRX. Para as motos importadas, como a YZF-R1, MT-01, FZ6 N e FZ6 S, a Yamaha terá um piloto profissional que levará o participante na garupa no kartódromo, os ingressos tem valores de 20 a 40 reais. Já para os ATVs/quadriciclos o test drive, em uma pista off-road construída especialmente para o evento, é gratuito assim como para todos os modelos nacionais de motocicletas no kartódromo (exceto MT-03). Além disso, a Yamaha contará com algumas motos

69


GDezCritiva •Promoção de Vendas

FOLDER PARTE EXTERNA DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

exclusivas para exposição, como as Concept X; Street X Gamer e Street Fighter e a novidade, uma XVS 650 Drag Star customizada e a YZF-R1 que participa do atual campeonato de motovelocidade, do piloto Danilo Andric. Para o público, a Yamaha realizou apresentações de freestyle com acrobacias, com os melhores pilotos do Brasil todos da equipe Jorge Negretti Motocross Show e apoiados pela Yamaha. Yamaha Festa Yamaha Festa é um evento móvel que percorre todo o território nacional, levando produtos Yamaha e muitas atrações ao público e à comunidade local. Criado em 2002, são realizados cerca de 70 eventos anualmente pelo país. Várias ações são realizadas: test drive, check up multimarcas, distribuição de brindes, lanches, show room de produtos e um supershow com a equipe Yamaha Motocross Show - Free Style Team, com os melhores pilotos do país. Tudo gratuito. Yamaha patrocina Copa São Paulo de Motocross A Copa São Paulo de Motocross firma-se como um dos maiores campeonatos estaduais do Brasil, com o patrocínio da Yamaha do Brasil, a estrutura da competição é de primeira, além é claro das ações promocionais de outras marcas como o Troféu Holeshot ASW, que premia os melhores pilotos nas largadas e ainda os pilotos dentro de um regulamento específico que se encontra no site da organizadora, concorreram no final da Copa à uma Yamaha TTR 230.

29

dos clientes interessados, que automaticamente recebem cheques-desconto exclusivos para serem usados na compra de qualquer motocicleta HarleyDavidson. A ação é acompanhada por painéis espalhados pelo shopping e monitores de plasma que anunciam a exposição. A primeira exposição, das quatro a ser realizadas, está sendo promovida em São Paulo, no Shopping Iguatemi.

PROMOÇÕES DA DAFRA A Dafra Motos realiza ações promocionais, montando stands em cidades do interior da Bahia, onde não possuem lojas Dafra. Nestes stands, são expostos os quatro modelos de motos e são feitos cadastros com os interessados. Também é realizado o Dafra Day que corresponde a uma ação promocional que disponibiliza motos com tanques cheios de gasolina, possibilitando os clientes a realizar um test drive.

ANÁLISE DE PFOA Potencialidades

Não durma no ponto Yamaha Para essa campanha foram realizadas ações promocionais com pessoas de pijamas e pantufas entregando panfletos. Os vendedores das concessionárias também estavam de pijamas durante a veiculação da campanha.

• Motos econômicas; • Baixo custo de manutenção; • Produto nacional; • Flexibilidade no pagamento; • Menor preço do mercado; • Modelo de moto mais comprada pelos consumidores existente em seu portfólio; • Garantia em todas as motos; • Assistência técnica acoplada às lojas; • Laboratório próprio para controle de gases adaptando-se ao PROMOT 3.

Ações Promocionais da Harley Davidson

Fragilidades

Exposição de motos Harley-Davidson em São Paulo A Harley Davidson realiza em São Paulo uma exposição de motocicletas da linha 2008, que acaba de chegar ao Brasil, no Shopping Iguatemi, em São Paulo. A apresentação dos modelos faz parte de uma ação promocional que contempla ainda Campinas (SP), Florianópolis e Porto Alegre. A marca firmou parceria com grandes shopping s centers dessas regiões, para levar as motos da marca para fora das lojas Harley-Davidson. Durante a exposição, promotoras explicam o funcionamento das motocicletas ao público, além de fazer um cadastro

• Sistema de distribuição pouco favorável em relação a concorrência; • Falta de utilização do banco de dados para aproximar os clientes como, por exemplo, em datas comemorativas; • Variedade de produtos; • Quantidade de ponto de vendas; • Não penetra em todos os nichos de consumidores; • Marca nova no mercado de motocicletas; • Não possui parceria com nenhuma outra marca de grande credibilidade e presente na vida do consumidor; • Na pesquisa realizada pela equipe foi apontada como a 4ª marca de moto mais conhecida.


30

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva GDezCritiva •• Promoção Promoção de de Vendas Vendas

Oportunidades

Ameaças

• Mercado em crescimento; • Crescimento de vendas no público feminino; • Utilização de motos no campo; • Deficiência no transporte público; • Boa receptividade dos consumidores com produtos nacionais; • Boa receptividade dos consumidores com produtos de marca nova.

• Grande penetração de mercado das marcas chinesas; • Crescente demanda de assaltos e roubos de motos; • Meio de transporte muito vulnerável à aci

Auditoria de Marketing Mix

67

FOLDER FRENTE PARTE INTERNA DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE


66

GDezCritiva • Promoção de Vendas

G GD Dez ezC Crriittiv iva ••Promoção Prro P om mo moç oççã ão od eV Ve en nd das as GDezCritiva de Vendas

Peças Promocionais DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

31

FOLDER PARTE EXTERNA DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE

PLANO ESTRATÉGICO Objetivo de Marketing:

Estratégia de Comunicação:

Objetivo de marketing principal é tornar a marca mais conhecida para o público-alvo. Tentando entender o motivo da marca Dafra Motos possuir um bom volume de vendas em nível nacional, e ainda não ter sua marca na lembrança do consumidor. As pessoas ainda não associam motos à marca Dafra, e com isso fortalecer a imagem da Dafra Motos associando-a ao lado de grandes marcas já consolidadas no mercado, visando o reconhecimento da qualidade e excelência das motos e atendendo as expectativas dos consumidores.

Será criada uma campanha anual, focando a marca e mostrando uma identidade onde o público possa formar um conceito de qualidade e credibilidade da marca Dafra. Para isso, será utilizado as ferramentas de marketing: propaganda e promoção de vendas.

Objetivo de Comunicação: Tornar a marca Dafra conhecida pelo mercado, possibilitando o aumento do seu share of mind, tornandose uma marca referência de ramo de motocicletas.

Objetivo de Promoção: Utilizar a Promoção de Vendas e suas técnicas para atrair o nosso público, criando uma identificação com a marca. O emprego da promoção durante a campanha irá fortalecer e aproximar a marca ao público, ligado às divulgações realizadas no mesmo período.

Estratégia de marketing: Divulgar de forma contínua os produtos da marca Dafra Motos, buscando torna-lá mais conhecida e presente na lembrança do consumidor. A estratégia focará na divulgação do portfólio de produtos e no desenvolvimento de ações promocionais que objetivem fortalecer a imagem da marca perante ao público-alvo. Transformar os objetivos de marketing em ações concretas que possam empreender ao nível do produto, da distribuição e da comunicação de forma que todas as decisões sejam coerentes com a estratégia adaptada.

Estratégia de Promoção: A Estratégia de Promoção da Dafra procura desenvolver um relacionamento mais atraente com o consumidor. Utilizando ações promocionais como: sorteios, jogos, brindes, patrocínio e ação de notoriedade. A Dafra busca interatividade com o seu público, visando a prospecção, fidelização do mesmo, aumentando o grau de conhecimento da marca através dessas técnicas. Essas ações buscam envolver o público com o produto de maneira à levá-lo a ter uma maior aproximação com a marca, fortalecendo a imagem da marca e posicionando-a de maneira mais atraente para o consumidor.

Público Geral das Promoções Público Primário H, classe C, 18-35 anos

Público Secundário H, classe B, 18-35 anos

Colaboradores da Dafra Cerca de 180 funcionários na capital baiana


32

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

TÉCNICAS PROMOCIONAIS Técnica: Patrocínio Promoção: Dafra Folia! Essa técnica tem o potencial para consolidar a marca pelo grau de visibilidade que oferece, tendo o poder de comunicar-se com seu público-alvo e estabelece no mercado uma imagem de popularidade e sucesso. Serão patrocinados eventos que reforcem a campanha, apresentando ao público-alvo o conceito de novidade e independência. O foco da ação promocional é o patrocínio oficial do Bloco Me Abraça e o Camarote Reino da Folia no carnaval de Salvador 2009, ambos ligados a imagem do cantor Durval Lélis, artista que possui popularidade, prestígio e carisma com o público jovem, perfil que corresponde comercialmente aos clientes da Dafra Motos. Este esforço promocional terá um retorno pela grande cobertura de mídia local que irá exibir o desfile do bloco Me Abraça e momentos do camarote Reino da Folia, dando repercussão na praça de Salvador às comunicações feitas pela Dafra Motos. Técnica: Ação de Notoriedade Promoções: Bungee Jump Fetival / Dafra Cross A técnica jogos será eficaz para manter a marca sempre lembrada e posicionada na mente do consumidor de uma forma agradável e satisfatória. Será realizada em duas fases: Posicionamento e Sustentação. A primeira ação promocional, Bungee Jump, será montada em uma arena para prática do esporte radical Bungee Jump em um Shopping de Salvador durante três dias. A arena será coordenada por instrutores, seguranças e terá apoio de uma equipe de promotores no qual ficarão responsáveis pela animação e abordagem do público. Serão produzidas para o evento diversas comunicações com a marca Dafra Motos e 300 participantes irão ganhar um DVD personalizado com a gravação de sua performance. A segunda ação, Dafra Cross Radical, caracteriza-se em uma competição de moto cross promovida pela Dafra, com a participação de pilotos profissionais com a premiação dos três primeiros colocados. O objetivo é fomentar e valorizar o esporte radical em Salvador, associando a iniciativa de promover um evento inusitado e notório para a marca Dafra Motos, tornando-a mais conhecida e popular. Fazendo do evento uma

grande oportunidade para apresentar ao públicoalvo os novos modelos Cross 125cc e 250cc produzidas exclusivamente para competições.

Técnica: Brindes Promoções: Dafraokê / Blitz Legal Esta técnica será utilizada em duas fases da campanha, com o intuito de aproximar a marca ao seu público-alvo. Na ação Dafraokê, os ouvintes que completarem o jingle da Dafra ao vivo na rádio ganharão brindes, esta ação servirá tanto para criar proximidade do consumidor com a marca quanto para colocá-la em evidência. A segunda ação, Blitz Legal, consiste em uma blitz em postos de gasolinas mais freqüentados de Salvador, onde serão feitas perguntas sobre as leis do trânsito e os ganhadores receberão vários brindes, esta ação servirá para associar a imagem da marca à de uma empresa socialmente responsável. Técnica: Sorteio Promoção: De Malas Prontas Para Sauípe O sorteio é uma ferramenta de promoção de vendas que atrai e estimula o consumidor a efetuar a compra concorrendo a prêmios. Esta técnica será utilizada com o intuito de alavancar as vendas, barrar a concorrência e destacar a marca Dafra Motos no mercado. Serão sorteados vinte compradores, do modelo Dafra Kansas, em todas as lojas de Salvador, o prêmio será uma viagem (duas diárias) com acompanhante, tendo direito à transporte, hospedagem no Costa de Sauípe Golf e Spa e um dia de acesso ao bloco Cocobambu no Sauípe Folia.

65

Recursos de transporte, alimentação, hospedagem: A viagem será realizada em um ônibus exclusivo fretado pela Dafra Motos, e um final de semana no Hotel Golf Spa com todas as despesas pagas. Regulamento: Os compradores das motos modelos Kansas e Laser, estarão concorrendo a 20 passagens com acompanhante para Sauípe com direito a um dia no Sauípe Folia. Só novos consumidores da Dafra Kansas e Laser poderão concorrer à viagem com apenas um acompanhante e cada loja Dafra irá sortear quatro clientes, apenas a loja do Rio Vermelho irá sortear seis clientes totalizando os vinte ganhadores. Os clientes só poderão preencher os cupons no ato da compra da moto, sem direito a reclamações posteriores. Os sorteados terão o prazo de uma semana para resgatar as passagens com data informada na hora da compra, excedendo o prazo outro cliente será sorteado imediatamente. Regulamento Interno: Apenas as lojas Dafra de Salvador estarão integradas nesta ação promocional e os funcionários e parentes de até terceiro grau não poderão participar da promoção. Planilha de Custo ITEM DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

VALORES EM R$

1

02 diárias do Hotel para 40 pessoas

40

R$ 21.760,00

2

Promotores para apoio

02

R$ 640,00

3

Folder

2.000

R$ 434,00

4

Frete do ônibus

01

R$ 1.000,00

5

Plotagem ônibus

01

R$ 5.000,00

6

Banner para as lojas

03

R$ 180,00

7

Banner Boas Vindas

01

R$ 60,00

8

Sacola de viagem

20

R$ 526,00

9

Roupão de banho

40

R$ 1.040,00

10

Cupons de inscrição

2.000

R$ 330,00

11

Camisas para o Sauípe Folia

40

R$ 8.000,00

12

TOTAL DA AÇÃO

R$ 38.970,00


64

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

33

DETERMINAÇÃO DO ORÇAMENTO 3ª FASE ‒ VENDAS

O faturamento de mensal da empresa é de R$ 3.600.000,00. Se considerarmos esta média, até completarem 01 ano em Salvador, terão o faturamento anual de R$ 43.200.000,00. Que deverá ser dividido da seguinte forma:

DE MALAS PRONTAS PARA SAUÍPE Tipo de Promoção: Sorteio

A ação será realizada de 01 a 30 de agosto e a viagem será nos dias 12 e 13 setembro de 2009

Objetivos específicos: • Impulsionar as vendas; • Combater a concorrência; • Colocar a marca em destaque na mídia.

Local: Os cupons serão preenchidos e depositados pelos clientes nas urnas das lojas Dafra: Mares, Rio Vermelho e Dois Leões. A viagem será para Costa do Sauípe e a hospedagem será no Hotel Golf e Spa.

Tema: De malas prontas para Sauípe Público: O foco desta ação é o público primário da Dafra, homens de 18 - 35 anos, classe C, secundário, homens de 18 - 35 anos, classe B e potenciais consumidores. Justificativa: A ação promocional será importante para alavancar às vendas e combater a concorrência, compreendendo o objetivo da fase que é exclusivamente comercial, além de contribuir com todo os esforços de comunicação sanando o problema de imagem da Dafra, que nesta fase terá a TV como mídia, importantíssimo meio para atingir homens de 18-35 anos, classe C, público focal da Dafra. Mecânica / Definição Detalhada: Os compradores do modelo Kansas e Laser estarão concorrendo durante um mês a vinte passagens para um final de semana em Costa do Sauípe, hospedado no Hotel Golf e Spa com direito a um acompanhante e um dia de acesso ao camarote do Sauípe Folia, tudo pago pela Dafra Motos. A promoção será válida nas três lojas Dafra em Salvador, onde os novos consumidores irão preencher o cupom promocional e colocar na urna, cada loja irá sortear cinco clientes. A ação terá como a TV como meio de divulgação. Aplicação da Marca: Plotagem em ônibus, banner, sacola de viagem, folder, passaporte e roupão de banho. Mercado Atingido: Compradores da moto Dafra modelo Kansas e Laser a partir do início da promoção. Período:

Forma de envolvimento: Os consumidores que adquirirem as motos modelos Kansas ou Laser, no período da promoção, receberá um cupom que deverá ser preenchido e depositado nas urnas espalhadas nas lojas Dafra. As passagens serão resgatas nas lojas em que se efetuou a compra. Os sorteados serão informados por telefone e correios sobre o dia de resgate das passagens e todas informações necessárias para o dia da viagem. Público: A expectativa é atingir um público de aproximadamente 2.000 pessoas, com a perspectiva de vender 300 motos.

Benefício aos participantes: Viagem para os sorteados, com direito a um acompanhante, com todas as despesas pagas. Recursos Humanos: ITEM 1

DESCRIÇÃO Pessoal de apoio

QUANTIDADE 3

Recursos Físicos: ITEM 1 2 3 4

DESCRIÇÃO Frete de Ônibus Banner (80x120) Sacola de viagem Roupão de banho

QUANTIDADE 1 01 20 40

Serviços Contratados: Empresas para produção dos brindes e frete do ônibus.

Faturamento Anual: R$ 43.200.000,00 4% Verba de Comunicação: R$ 1.728.000,00

25% para Promoção R$ 432.000,00

75% para Propaganda R$ 1.296.000,00

80% para Mídia R$ 1.036.800,00

20% para Produção R$ 259.200,00


34

GDezCritiva •• Promoção de Vendas GDezCritiva GDezCritiva• Promoção Promoçãode deVendas Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

» planejamento tático CRONOGRAMA DAS AÇÕES

CHAVEIRO DAFRA CROSS

1 FASE / POSICIONAMENTO Objetivo da Fase Posicionar a marca Dafra Motos na mente dos consumidores, construindo a imagem de uma empresa que, além dos menores preços do mercado, oferece produtos de qualidade e design diferenciado.

Públicos: Primário - Homens da classe C de 18 a 35 anos Secundário - Homens da classe B de 18 a 35 anos

público-alvo da Dafra e será escolhido um programa jovem que passe uma boa imagem da marca para o público, com isso fortaleceremos e posicionaremos a marca na mente dos consumidores.

2ª FASE / SUSTENTAÇÃO Objetivo da Fase Realizar ações que tornem a marca Dafra Motos mais simpática e próxima dos consumidores e em contrapartida, reforçar o posicionamento e elevar o fluxo de vendas combatendo a concorrência.

Período: Janeiro e Fevereiro/ 2009

1ª AÇÃO: Promover visibilidade para a marca Dafra Motos no Carnaval de Salvador 2009, tendo como oportunidade a festa popular baiana, onde é intensa a cobertura da mídia soteropolitana e a viabilidade de comunicação com o público - alvo da Dafra. Patrocinando o Bloco Me Abraça e Camarote Reino da Folia, pretende-se associar à imagem do cantor Durval Lélis a marca, por sua popularidade e simpatia com o público jovem. Este patrocínio visa colocar a marca em evidência e fixá-la na mente do grande público participante do evento tornando-a mais conhecida.

2ª AÇÃO: Será patrocinado um programa rádio, onde realizaremos uma interação com o público da rádio e o jingle da Dafra. Escolheremos uma emissora que atinja o

Públicos: Primário - Homens da classe C de 18 a 35 anos Secundário - Homem da classe B de 18 a 35 anos Período: Maio e Junho/2009

AÇÃO: Esta ação caracteriza-se em uma corrida de moto cross promovida pela Dafra, com a participação de pilotos profissionais. O objetivo de promover este evento é compreender as propostas da fase de sustentação: colocar a marca em evidência e torná-la mais notória e popular. De todo modo a imagem da marca Dafra Motos será associada à prática e competição do esporte radical que possui como públicoalvo, os jovens, o grande foco dessa ação promocional.

LEQUE L EQUE E QUE DAFRA D DA AFRA CROSS

63


GDezCritiva •Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRACROSS

3ª FASE / VENDAS Objetivo da Fase Aumentar o faturamento da empresa e, conseqüentemente, a participação da Dafra Motos no mercado.

Públicos: Primário - Homens da classe C de 18 a 35 anos Secundário - Homens da classe B de 18 a 35 anos Período: Agosto e setembro/ 2009

AÇÃO: Esta ação tem como objetivo final estimular as vendas e barrar a concorrência. A ação promocional caracteriza-se em um sorteio tendo a potencialidade de tornar a compra de uma moto Dafra mais atraente.

SQUEEZE DAFRA CROSS

Comprando um modelo Kansas ou Laser, o cliente irá preencher um cupom e estará concorrendo a uma viagem com acompanhante para Costa do Sauípe, todas as dispesas serão financiadas pela Dafra Motos. As três lojas Dafra em salvador estarão integradas na Promoção e serão sorteados vinte clientes.

4ª FASE / INSTITUCIONAL Objetivo da Fase Estabelecer a imagem da Dafra Motos como uma empresa referência em motocicletas no mercado soteropolitano e promover a imagem de responsabilidade social.

35

Públicos: Primário - Homens da classe C de 18 a 35 anos Secundário - Homens da classe B de 18 a 35 anos Período: Novembro e Dezembro/ 2009

1ª AÇÃO: Será realizado um evento no estacionamento de um Shopping Iguatemi, onde será montada uma estrutura de Bungee Jump, no qual as pessoas irão participar e neste mesmo espaço poderão conhecer melhor a marca Dafra. Esta ação tem o objetivo de atrair o público através do entretenimento e a jovialidade do esporte radical. Após a ação os participantes terão direito a um DVD com suas performances editadas e no mesmo encontrará mais informações sobre Dafra e a sua montadora

2ª AÇÃO: Será realizada intervenção promocional nos postos de gasolina mais movimentados de Salvador, sensibilizando os motoristas e motociclistas para o respeito e cumprimento das leis de trânsito. A ação tem o objetivo de mostrar para este público que pilotar com segurança é possível. Durante esta ação serão feitas perguntas por promotores e os participantes que responderem corretamente irão ganhar brindes, dessa forma a Dafra estará mais próxima do consumidor e irá fidelizar simpatia e identificação com a marca.


36

GDezCritiva GD G GDez De ezzC Crrit itiiv va • P Promoção romo ro rom moççã ão d de eV Vendas en e nd da as

GDezCritiva GDezCritiva• Promoção • PromoçãodedeVendas Vendas

BANDANA A DAFRA CROSS OSS O OS SS S

1ª FASE ‒ POSICIONAMENTO:

DAFRAOKÊ Tipo de Promoção: Patrocínio / Brindes.

shows juntamente com um kit Dafra Motos, contendo camisa, chaveiro e mochila. Esses brindes deverão ser resgatados na própria emissora.

Objetivos específicos: • Fortalecer a marca Dafra de forma massiva; • Criar uma identificação do público com a marca; • Está presente na vida do público em um momento de laser e descontração.

Aplicação da marca: Nos brindes promocionais: camisas, chaveiros, mochila e envelopes para os ingressos.

Tema: Dafraokê

Mercado Atingido: A emissora escolhida é a Piatã FM e o programa Tarde Livre. O público atingido são os ouvintes deste programa.

Público: O foco desta ação de patrocínio está direcionado para o público primário da Dafra, homens de 18 - 35 anos, classe C e secundário, homens de 18 - 35 anos, classe B e o público ouvinte da rádio em geral.

Período: A ação será realizada de segunda à sexta, durante todo o mês de Janeiro de 2009.

Justificativa: Essa ação propõe uma aproximação entre os ouvintes do programa Tarde Livre da rádio Piatã FM e o público da Dafra Motos. Os ouvintes estarão associando o seu programa preferido com a Dafra e terão a possibilidade de ganhar brindes, o que será um diferencial para chamará atenção deste público. Mecânica / Definição detalhada: Será realizado o patrocínio do Programa Tarde Livre na rádio Piatã FM. Os ouvintes ao escutarem o jingle da Dafra deverão ligar para a rádio e o locutor irá pedir que a pessoa cante o refrão do jingle corretamente para ganhar brindes. Ao cantar o jingle corretamente o ouvinte ganhará convites para cinema,

Local: As pessoas poderão participar da ação por telefone, porém os brindes só poderão ser resgatados na própria emissora, que fica localizada na Rua das Pitangueiras, nº 18, Brotas ‒ Salvador-Ba. Forma de envolvimento: Os ouvintes do programa Tarde Livre serão envolvidos com o jingle da Dafra, já que para participar da promoção o ouvinte terá que aprênde-lo, o que tornará a Dafra mais familiar para essas pessoas envolvidas na ação promocional.

Público: A expectativa é de atingir um público de 20.000 pes-

61


GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRACROSS

37

soas durante um mês de promoção. Benefício aos participantes: Brindes: camisas, chaveiros, mochilas, ingressos para o cinema e para shows. Recursos Humanos: O recurso humano usado será o locutor da rádio que receberá um briefing de como trabalhar nesta ação.

PLOTAGEM ARQUIBANCADAS DAFRA MOTOS

ITEM DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Camisas

240

2

Chaveiros

240

3

Mochilas

240

4

Ingressos de cinema

240

5

Ingressos de shows

240

6

Envelope

240

Serviços Contratados: Empresas especializadas para produção dos brindes. Recursos de transporte, alimentação, hospedagem e segurança: Não utilizados. Regulamento Externo Todos os ouvintes do programa Tarde Livre estão aptos a participar da ação; Serão consideradas sempre as trës primeiras ligações seguidas do jingle da Dafra, após a chamada do locutor; O ouvinte que ligar e não cantar o jingle corretamente não ganhará brindes; O ouvinte que ligar e cantar corretamente o jingle da Dafra ganhará um par de ingressos para cinema ou para um show e mais um kit contendo uma camisa, um chaveiro e uma mochila; Todo o ganhador deverá dirigir-se a emissora para resgatar seu brinde em até 5 dias úteis após participação. Regulamento Interno O locutor não poderá interferir durante a tentativa do ouvinte em cantar o jingle; O locutor deverá saber cantar o jingle todo corretamente; Nenhum funcionário da rádio poderá participar desta ação. Planilha de Custo ITEM DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

R$

1

Cota patrocínio do programa

-

R$ 8.030,00

2

Camisas

240

R$ 2.344,00

3

Chaveiros

240

R$ 444,00

4

Mochilas

240

R$ 1.560,00

5

Ingressos para cinema

240

R$ 3.600,00

6

Ingressos para shows

240

R$ 9.600,00

7

Envelopes

240

R$ 324,00

8

TOTAL DA AÇÃO

R$ 25.902,00


GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRAÔKE PÓDIUM PÓD UM DAFRA DAF AFRA CROSS CROS OSS T-SHIRT PROMOCIONAL DAFRAÔKE

CHAVEIRO CH C HAV AV VEI EIIRO E RO DAFRAFOLIA DA D AF FR RA AF FO OL LIA A

59


GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRACROSS

BLIMP DAFRA MOTOS

GRADE DE PROTEÇÃO DAFRA CROSS

MOCHILA DAFRAÔKE

39


40

GDezCritiva •Promoção de Vendas

GDezCritiva • Promoção de Vendas

57

Peças Promocionais DAFRACROSS

Peças Promocionais DAFRAÔKE

FARDAMENTO DAFRACROSS

CHAVEIRO DAFRAÔKE


56

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

Regulamento • Os ingressos só poderão ser resgatados nas lojas Dafra Motos por 2kg de alimentos não perecíveis até o dia 23 de maio de 2009, não será permitido a comercialização do mesmo; • As inscrições serão efetuadas com apenas cinqüenta pilotos, que só poderão ser realizadas na loja Dafra Rio Vermelho e deverão levar documento de identidade, CPF, carteira de habilitação regularizada, deve ter idade mínima de dezoito anos, comprovação de acessórios de proteção e irá assinar o termo de responsabilidade assumindo os possíveis riscos acidentes na competição; • Os adesivos com a logomarca da promoção deverão ser colocados nas motos, capacetes e uniformes que serão dados no ato da inscrição, e que obrigatoriamente deve ser inserida sobre as marcas de revendedoras de motos de corrida; • Os promotores que irão fazer a apresentação das motos Dafra devem ser habilitados; Regulamento Interno: • Todos os pilotos, promotores, seguranças e produção do evento, deverão chegar ao local do evento com antecedência, as 8:00h da manhã. • Todos os promotores deverão estar devidamente padronizados; • O locutor receberá um briefing para animação do público e momentos da corrida.

ENVELOPE PARA CONVITES DAFRAÔKE

Planilha de Custo ITEM DESCRIÇÃO

QUANTIDADES

VALORES EM R$

apoio (incluindo transporte, alimentação e fardamento)

60

R$ 8.400,00

2

Segurança (incluindo transporte, alimentação e fardamento)

60

R$ 6.000,00

3

Supervisor (incluindo transporte, alimentação e fardamento)

04

R$ 800,00

4

Contratação de empresa de som

01

R$ 1.500,00

5

Locutor

01

R$ 400,00

6

Viseiras

3.000

R$ 2.400,00

7

Squeezes

3.000

R$ 5.400,00

8

Chaveiros

3.000

R$ 5.550,00

9

Leques

3.000

R$ 3.150,00

10

Bandanas

2.000

R$ 4.000,00

11

Banners

10

R$ 600,00

12

Licença da Prefeitura (Sucom)

01

R$ 10.000,00

13

Estrutura de arquibancadas, camarotes e grades de proteção

03

R$ 31.000,00

14

Podium

01

R$ 336,00

15

Blimp boy

03

R$ 4.500,00

16

Fichas de inscrição

50

R$ 50,00

17

Adesivos para motos, capacetes e roupas

150

R$ 750,00

18

Moto modelo Speed 150cc

01

R$ 4.690,00

19

Moto modelo Kansas 150cc

01

R$ 5.990,00

20

Moto modelo Laser 150cc

01

R$ 5.990,00

21

TOTAL DA AÇÃO

1

Promotores para distribuição de brindes e

R$ 101.506,00

41


42

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas Benefício aos participantes Pilotos: 1º colocado - Uma moto kansas 2º colocado - Uma moto Lazer 3º colocado - Uma moto Speed 150 cc

1ª FASE ‒ POSICIONAMENTO:

DAFRAFOLIA Tipo de Promoção: Patrocínio / Ação de Notoriedade

funcionamento como estabelecido no contrato.

Objetivos específicos: • Fortalecer a marca Dafra de forma massiva; • Criar uma identificação do público com a marca; • Estar presente na vida do público em um momento de lazer e descontração.

Aplicação da marca:

Tema: Dafra Folia Público: O público alvo desta comunicação por meio do patrocínio será direcionado para o público primário da Dafra, homens de 18 - 35 anos, classe C e secundário, homens de 18-35 anos da classe B e público em geral presente no evento. Justificativa: A escolha das técnicas de patrocínio e ação de notoriedade são pertinentes pelo problema focal da Dafra: marca pouco conhecida. Visando à fase de posicionamento onde se situa a ação promocional, as mecânicas realizadas no carnaval de Salvador de 2009, darão mais destaque a imagem da marca, que possui pouca popularidade e lembrança. Através das ações, será promovida uma comunicação de massa, gerando assim repercussão e evidência midiática da marca Dafra Motos. Mecânica / Definição detalhada: Serão utilizadas comunicações no trio e carro de apoio do bloco, nas estruturas interna e externa do camarote e em todo o kit dos associados. Os promotores estarão padronizados e posicionados no carro de apoio do bloco, jogando brindes para os associados e o público em geral. Os associados do camarote serão recepcionados pelos promotores e também receberão brindes. Logo ao entrarem no espaço Dafra, receberão bandanas, leques e chaveiros que serão entregues durante o percurso do bloco Me Abraça e enquanto houver movimentação de associados no camarote Reino da Folia. Os supervisores contratados pela Dafra irão conferir as comunicações com aplicação da marca Dafra Motos no bloco nos três dias de desfile e no camarote nos seis dias de

Aplicação da Marca Squeezes, viseiras, chaveiros, leques e bandanas todos com a marca da Dafra Motos. Recursos Humanos: ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

No Bloco: Plotagem (trio e carro de apoio), abadás, bandanas, leques, balões infláveis (Blimps), fardamentos para promotores e chaveiros.

1

Promotores femininos para distribuição de brindes / Apoio

20

2

Promotores masculinos para distribuição de brindes / Apoio

20

3.

Promotores de Apoio

20

No Camarote: Comunicação visual com banners e espaço Dafra, fardamentos para promotores e chaveiros.

4.

Motociclistas inscritos para competição

50

5.

Locutor

01

6.

Seguranças

60

Mercado Atingido: Instituições carnavalescas patrocinadas pela Dafra Motos, Bloco Me Abraça e o Camarote Reino da Folia, seus associados, público geral presente no evento e telespectadores. Período de realização: De 22 a 24 (Dom, seg e ter), de fevereiro de 2009, desfile do Bloco Me Abraça. Horários: Início às 20 horas com término previsto para às 23 horas. De 19 a 24 (Qui, sex, sáb, dom, seg e ter), de fevereiro de 2009, funcionamento do Camarote Reino da Folia. Horários: Início com a abertura do camarote e duração de 4 horas. Quem participa: Os associados do bloco, camarote e público geral presente no evento. Forma de envolvimento: Os associados do bloco, camarote e público presente geral serão impactados pela aplicação da marca em todo kit e espaços reservados para Dafra no bloco, no camarote e nos brindes que serão distribuídos pelos promotores durante os dias de festa. Público: A expectativa é de atingir um público de 600.000 pessoas, 100.000 por dia entre associados e público presente e telespectadores.

Recursos Físicos:

ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Viseiras

3.000

2

Squeezes

3.000

3.

Chaveiros

3.000

4.

Leques

1.000

5.

Bandanas

2.000

6

Banners (80X120)

10

8

Fardamento masculino

20

9.

Fardamento feminino

20

10.

Fardamento de apoio

20

11

Adesivos para os motociclistas

150

12

Moto Super 100 cc, Speed 150 cc, Kansas 150 cc, Laser 150 cc (uma de cada modelo)

04

Serviços Contratados: Empresa especializada em brindes e agência para contratar promotores e seguranças. Recursos de transporte e alimentação Não utilizados já inclusos na contratação.

55


54

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

43

Benefícios aos participantes: Os participantes serão contemplados com brindes, tais como: bandanas, leques e chaveiros personalizados.

2ª FASE ‒ SUSTENTAÇÃO

Serviços contratados: Empresas especializadas para produção dos brindes, gráfica para produção das comunicações impressas, estúdio para produção das peças eletrônicas e agência para contratação dos promotores.

DAFRA CROSS Tipo de Promoção: Ação de Notoriedade Objetivos específicos: • Aumentar o nível de lembrança da marca; • Mostrar o papel social da Dafra através da troca de ingressos para corrida por 2kg alimento não perecível nas unidades da Dafra, beneficiando instituições filantrópicas; • Promover a atividade esportiva, viabilizando uma comunicação com os consumidores e potenciais consumidores da Dafra Motos e público geral. • Apresentar ao mercado os novos modelos cross 125cc e 250cc, produzidas exclusivamente para competições esportivas. Tema: Dafra Cross Radical Público: A comunicação será focada no público primário da Dafra, homens de 18-35 anos, classe C, e secundário, homens de 18-35 anos, classe B e o público em geral. Justificativa: Foi escolhida a técnica Ação de Notoriedade, por abranger um grande público nas ruas de Salvador. A ação promocional Dafra Cross será a grande vitrine de apresentação dos modelos Cross 125cc e 250cc exclusivamente produzidas para competições e que terá lançamento previsto para primeiro semestre de 2009. A ação também irá colocar a marca em evidência promovendo o fomento e valorização do esporte radical. Mecânica / Definição Detalhada: O evento será uma competição de Moto Cross profissional, onde será premiado os três primeiros colocados. A estrutura da competição será adaptada na região do Dique do Tororó, obedecendo aos critérios e normas de segurança. A ação irá promover repercussão da marca Dafra contendo uma equipe de produção e promotores que estarão devidamente padronizados exibindo a marca Dafra e que irão coordenar a realização do evento. Os pilotos terão seus capacetes, motos e uniformes com a logomarca do

evento. Antes de começar a competição todos promotores irão fazer todo o percurso da competição exibindo os todos os modelos Dafra Motos, dando maior destaque aos novos modelos Cross 125cc e 250cc. O público presente será recepcionado por promotores nas duas arquibancadas e no camarote Dafra Vip (reservado para personalidades do esporte) e irão distribuir 12.000 (doze mil) brindes com a marca da Dafra. A ação será divulgada pela internet. Aplicação da Marca: Todas as comunicações terão a marca da Dafra: camisas, grades de proteção, arquibancadas, camarotes, banners, pódios e balões infláveis (blimps), viseiras, squezes, chaveiros, bandanas, leques e fardamentos. Os pilotos terão seus capacetes, motos, brindes e uniformes com a logomarca do evento Mercado Atingido: Motociclistas, motoristas, ciclistas e pedestres de Salvador. Período e horário: A ação será realizada no dia 31 de maio (domingo) de 2009, com início previsto para as 9:00h, e término às 12 horas.

Local do evento: O desfile do Bloco Me Abraça será no circuito Barra/Ondina e a localização do Camarote Reino da Folia será em Ondina. Recursos Humanos ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Promotores

10 casais

2

Supervisores

04

Recursos Físicos ITEM

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE

1

Bandanas

10.000

2

Leques

10.000

3

Chaveiros

10.000

5

Stand

01

6

Blimp Boy

03

7

Aplicação da marca no abadá e na camisa do camarote

No total produzido.

8

Fardamentos masculinos

10

9

Fardamentos Femininos

10

10

Fardamento Supervisores

08

Local: No Dique do Tororó. Forma de envolvimento: Os 12.000 (doze mil) ingressos serão disponibilizados pelos interessados nas lojas da Dafra em Salvador por 2kg de alimentos não perecíveis. Durante a competição haverá locução para animar o público e o jingle da Dafra estará tocando a todo o momento para fixar a marca na mente dos participantes e envolvidos no evento e os promotores contratados pela Dafra também farão a distribuição de brindes. Público: A expectativa é de atingir um público aproximado de 12 mil pessoas.

Serviços contratados: Empresas especializadas para produção dos brindes, gráfica para produção das comunicações impressas e agência para contratação dos promotores. Recursos de transporte, alimentação, hospedagem e segurança: Não serão utilizados. Regulamento: • Todo material de comunicação da marca Dafra deverão estar no devido lugar como estabelecido no contrato e todas as peças serão conferidas diariamente por supervisores contratados pela Dafra; • Serão distribuídos os brindes para os associados do Bloco Me Abraça e Camarote Reino da Folia e público geral presente no evento por promotores contratados no momento da festa. Regulamento Externo: De 22 a 24 (dom, seg e ter) de fevereiro de 2009, o Bloco Me Abraça inicia percurso às 20 horas. De 19 a 24 (qui, sex, sáb, dom, seg e ter) de fevereiro de 2009, o Camarote Reino Da Folia funcionará das 16


44

GDezCritiva • Promoção de Vendas

GDezCritiva •Promoção de Vendas

às 04 horas. Todos os promotores e supervisores deverão chegar ao local do evento 1h antes e deverão estar devidamente padronizados.

Planilha de Custo: ITEM DESCRIÇÃO

QUANTIDADES

VALORES EM R$

1

Cota patrocínio do bloco Me Abraça

01

R$ 84.000,00

2

Cota patrocínio do Camarote Reino da Folia

01

R$ 55.000,00

3

Bandanas

10.000

R$ 15.000,00

5

Leques

10.000

R$ 3.910,00

6

Chaveiros

10.000

R$ 10.200,00

7

Stand

8

Blimp Boy

9

Contratação dos promotores para o camarote (uniformizados, alimentação e transporte incluso)

10

01

R$ 9.600,00

10

R$ 4.800,00

02

R$ 1.152,00

02

R$2.304,00

Contratação de supervisores para o camarote (uniformizados, alimentação e transporte incluso)

13

R$ 4.500,00

Contratação de supervisores para o bloco (uniformizados, alimentação e transporte incluso)

12

6.000

Contratação de promotores para bloco (uniformizados, alimentação e transporte incluso)

11

R$ 1.683,00

TOTAL DAS AÇÕES

R$ 192.149,00

BLIMP DAFRAFOLIA

53


GDezCritiva •Promoção • Promoçãode deVendas Vendas

45

Peças Promocionais DAFRACROSS

Peças Promocionais DAFRAFOLIA FARDAMENTO DAFRAFOLIA

LEQUES ES S DAFRAFOLIA IIA A

CHAVEIRO DAFRAFOLIA


46

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRAFOLIA

PL PLOTAGEM P LOTAGEM OTAGE GEM E EM MT TRIO R IO E C CARRO ARRO D DE E APOIO A AP PO OIO O - DAFRAFOLIA DA D AFRAFOLIA AF A FRAFOLIA A

BL B LIM MP D DA AF FR R RA A MO M OT TO OS BLIMP DAFRA MOTOS

GDezCritiva •Promoção de Vendas

51


50

GDezCritiva • Promoção de Vendas

Peças Promocionais DAFRAFOLIA PLOTAGEM EM CAMAROTES DAFRAFOLIA

GDezCritiva • Promoção de Vendas

47


GDezCritiva dede Vendas GDezCritiva•Promoção • Promoção Vendas

Peças Promocionais DAFRAFOLIA MARCA PATROCÍNIO COSTA ABADÁ DAFRAFOLIA BANDANA B BA ANDANA NA DAFRAFOLIA D AFRAFOLIA A

49

Projeto experimental - promoção  

Caderno de promoção do projeto experimental - UCSal

Advertisement