Page 1


Sumário 05

10

14

Aumentar investimentos: Meta estratégica para o Brasil

As condições Os números e as posições do favoráveis Brasil

19

21

As condições desfavoráveis

Um balanço desfavorável


Aumentar investimentos:

Meta estratĂŠgica para o Brasil


P

aís emergente de alto potencial, o Brasil reúne amplo conjunto de condições para subir no ranking das maiores economias do mundo, aspirando ser reconhecido como potência e abrindo espaços para atuação como protagonista relevante. Não lhe faltam bons fundamentos para esses propósitos: dimensão territorial, abundância de capital natural, diversidade de fontes para

produção de energia, cadeias de produção competitivas em termos mundiais, base demográfica e dimensões do mercado interno. Mas há uma falha estratégica que exige correção: o aumento substancial na relação entre investimentos e PIB, para que o país possa pelo menos acompanhar o ritmo médio com que tem crescido o conjunto dos demais países emergentes.

Aumentar investimentos

05


Nos últimos vinte anos, mudou a configuração da economia mundial quanto às expressões dos países avançados e emergentes. Foram bem distintos os desempenhos dos 25 maiores países de cada um desses dois grupos. Os emergentes cresceram expressivamente mais, ampliando de 18,3% para 37,8% sua participação no conjunto dos 50 maiores países (Figura 1), segundo a magnitude de seus PIBs: no período 19912010, esse grupo cresceu, em

termos nominais acumulados por qüinqüênios, 285,3%, ou 7,4%, ao ano, enquanto o grupo dos países avançados cresceu 87,5%, ou 3,4% ao ano (Figura 2). Esses números não são atribuíveis apenas à notável expansão e ao peso da economia chinesa. De forma geral, as taxas nominais de crescimento econômico são, em praticamente todos os países do grupo emergente, superiores às dos países avançados (Tabelas 1 e 2).

Expressão crescente alcançada pelos países emergentes: 1991-95

18,28%

1996-00

21,80%

81,72%

78,20%

2001-05

2006-10

23,43%

76,57%

37,56%

62,44% 25 maiores emergentes 25 maiores avançados

06

Aumentar investimentos


Crescimento econômico dos 25 países avançados e dos 25 maiores emergentes, 1991 - 2010 Avançados

Emergentes

US$ Trilhões

US$ Trilhões

3,37%

200,0

ao ano

197,3

148,0

150,0

7,37%

80,0

ao ano 34,6

60,0 26,7

122,3

19,2

105,2 100,0

40,0

50,0

20,0

0,0

1991-95

74,1

96-2000

2001-05

A expressão crescente dos países emergentes é associável à variável-chave do processo de crescimento econômico: a relação entre os investimentos produtivos e o PIB. Em médias ponderadas, nos últimos vinte anos, essa relação atingiu 28,3% nos emergentes, enquanto nos avançados esse indicador foi de 20,9%. Mais ainda: nos países avançados mostrou discreta tendência de queda; nos emergentes, de alta, atingindo 30,7% no último qüinqüênio (Tabelas 3, 4 e 5). As diferenças e tendências observadas na relação

2006-10

0,0

1991-95

investimentos/PIB entre os países avançados e emergentes podem ser apontadas como a causa fundamental da reconfiguração do cenário econômico mundial nos dois últimos decênios. A magnitude dos investimentos, especialmente quando estes se expandem em relação a outros indicadores macroeconômicos, é o fundamento de maior importância para a promoção de crescimento econômico acelerado e para todo um conjunto sustentável de mudanças que conduzem ao desenvolvimento sócio-econômico. A relevância dos investimen-

96-2000

2001-05

2006-10

tos produtivos nos processos de aceleração do crescimento decorre de seus efeitos multiplicadores sobre os níveis do emprego, da produção, da renda e da capacidade efetiva de dispêndio das nações. Não há outra variável de importância equivalente. Quando fases de crescimento acelerado são atribuíveis a outras variáveis, corre-se o risco de que sejam efêmeras e que acabarão por exigir duras medidas corretivas.

Aumentar investimentos

07


CNI  

Paper Aumentar Investimentos

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you