Issuu on Google+


• Algumas pessoas não conseguem perceber as implicações da espiritualidade cristã em sua prática diária. • Algumas pessoas não conseguem discernir as práticas típicas do seu negócio que desagradam profundamente a Deus.


• Algumas pessoas não conseguem resistir às tentações de levar vantagem injustamente. • Algumas pessoas não conseguem identificar a hora de simplesmente mudar de ramo.


É necessário rever princípios

É necessário rever o ambiente É necessário rever o ramo de atuação


Jacó é apontado como alguém que gosta de levar vantagem. Começa logo cedo por ocasião do evento do seu nascimento. Ao chegar a época de dar à luz, confirmou-se que havia gêmeos em seu ventre. O primeiro a sair era ruivo, e todo o seu corpo era como um manto de pêlos; por isso lhe deram o nome de Esaú. Depois saiu seu irmão, com a mão agarrada no calcanhar de Esaú; pelo que lhe deram o nome de Jacó. Gênesis 25:24-26


Passado alguns anos, Jacó novamente tira vantagem da fragilidade de seu irmão Esaú, negociando o direito de primogenitura dele. Certa vez, quando Jacó preparava um ensopado, Esaú chegou faminto, voltando do campo, e pediu-lhe: "Dê-me um pouco desse ensopado vermelho aí. Estou faminto! " Por isso também foi chamado Edom. Respondeu-lhe Jacó: "Venda-me primeiro o seu direito de filho mais velho". Gênesis 25:29-31


Quando fica sabendo que seu pai Isaque estava prestes a abençoar Esaú, Jacó mente para obter esse direito. Ele se dirigiu ao pai e disse: "Meu pai". Respondeu ele: "Sim, meu filho. Quem é você? “Jacó disse a seu pai: "Sou Esaú, seu filho mais velho. Fiz como o senhor me disse. Agora, assente-se e coma do que cacei para que me abençoe". Gênesis 27:18-19


Um encontro marcante e transformador no caráter de Jacó "Seu nome não será mais Jacó, mas sim Israel, porque você lutou com Deus e com homens e venceu". Gênesis 32:28

Jacó = Ladrão Israel = Reina com Deus


Um encontro marcante e transformador no caráter de Jacó Jacó chamou àquele lugar Peniel, pois disse: "Vi a Deus face a face e, todavia, minha vida foi poupada". Gênesis 32:30

“Coram Deo”


A luta para mudar quem sou em quem devo ser é a luta da nossa própria consciência travada em nossa existência perante a face de Deus em meio aos movimentos da vida.


A postura de Deus com relação ao funcionalismo público. “Alguns publicanos também vieram para serem batizados. Eles perguntaram: “Mestre, o que devemos fazer?” Ele respondeu: “Não cobrem nada além do que lhes foi estipulado.” Lucas 3:12-13


A postura de Deus com relação ao meio policial. “Então alguns soldados lhe perguntaram: “E nós, o que devemos fazer?” Ele respondeu: “Não pratiquem extorsão, nem acusem ninguém falsamente; contentem-se com o seu salário.” Lucas 3:14-15.


A postura de Deus com relação ao poder judiciário. “Não aceite suborno, pois o suborno cega até os que têm discernimento e prejudica a causa do justo”. Êxodo 23:8.


A postura de Deus com relação ao meio empresarial. “Em seu meio há homens que aceitam suborno para derramar sangue; você empresta a jurus, visando lucro, e obtêm ganhos injustos, extorquindo o próximo. E você se esqueceu de mim”. Ezequiel 22:12-13.


Uma vida de intimidade com o Senhor: “Porque o Senhor detesta o perverso, mas o justo é seu grande amigo”. (Pv3:32) Uma família abençoada: “O avarento põe sua família em apuros, mas quem repudia o suborno viverá” (Pv15:27)


Uma vida honrada: “Os lábios que dizem a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa dura apenas um instante (Pv12:19). Uma vida prospera: “A casa do justo contém grande tesouro, mas os rendimentos dos ímpios lhe trazem inquietação (Pv15:6).


Qual o significado para você de ser abençoado por Deus? Ser alguém esperto, ligeiro, que leva vantagem em tudo e sobre todos? Pensa tão somente em si! Ou alguém que, quando “tocado” por Deus, passa pela experiência de tornar-se uma nova pessoa? E passa a pensar também nos outros.



02 Corem Deo - Nossos negócios na presença de Deus