Page 1

Associação Esportiva e Recreativa Usipa Edição 11 | Ano 2 | Agosto de 2016

Somos olímpicos: Usipa sempre preparando pessoas para o futuro


Sumário

05 08 12 17 Expo Usipa recebe 21 mil visitantes

Enriquecimento Ambiental

Somos Olímpicos

I Torneio de Buraco e Damas

18 20 23 26 Usipa lança aulas de Dança do Ventre

2 – SerMelhor

Torneio da Amizade de Futebol

Usipa sedia AR-4 de Voleibol

Projetos Esportivos


Editorial A Usipa tem seu papel fundamental na formação de jovens esportistas e, em especial, nesse ano olímpico quando todo o mundo está com os olhos voltados para o Brasil, sentimos uma responsabilidade ainda maior em formar atletas fieis aos valores olímpicos. Além da qualidade de vida e possibilidade de abrir portas para o mundo esportivo, o trabalho realizado na Usipa foca a formação de cidadãos e o resultado que colhemos deixa-nos muito orgulhosos. Temos cinco atletas formados na Usipa que foram para uma olimpíada, entre eles Lucimar Moura, oficialmente medalhista olímpica, bronze em Pequim/2008, na prova 4x100m no Atletismo. O título foi reconhecido, agora, depois de julgado o doping da Rússia, então, orgulhosamente, digo, “Somos Olímpicos”. Apesar das adversidades que o momento econômico nos impõe, temos conseguido com muito esforço manter as atividades e parcerias em curso. Prova deste esforço foi o sucesso da 28ª EXPO USIPA, quando conseguimos manter o mesmo número de expositores, mantendo a tradição de novidade e atratividade desta que é uma das maiores feiras de Minas Gerais. Para este segundo semestre, continuamos focados na saúde financeira do clube para que possamos retomar nossos investimentos em sua infraestrutura. Assim, uma série de ações objetivando a preservação de nossos sócios e parceiros estão sendo realizadas, além da busca de novos apoiadores. Enfim, reforço o tema da Expo deste ano, estamos “Juntos para superar desafios”. César Augusto de Paiva Presidente da Usipa

SerMelhor – 3


Expediente Presidente

Diretor Softbol

Vice-Presidente

Diretor Voleibol

Diretor Financeiro

Gerente Geral

Cesar Augusto de Paiva Pinto

Sanzio Ferreira Prado de Figueiredo

Luis Gonzaga Erthal Rodrigues

Valter Antônio de Oliveira Júnior Diretor Social

Carlos Henrique Coelho Ferreira Diretor de Obras

José Raposo Barbosa Pedro Luiz da Silva

Diretor de Patrocínio

Carlos Augusto da Silva Cabral José Francisco Figueiredo Diretor Zoológico

Raimundo Moreira Filho Diretor Atletismo

Hiroshi Jorge Takahashi Diretor Futebol

Isamu Misaka

Walace Caldeira Pinto

Celestino Batista Neto Gerente Administrativa Luiza Elizabete Andrade Gerente de Esportes

Nilson Moura de Oliveira Gerente Manutenção José Pinto Bessa

Diagramação , produção e coordenação geral

Jane Aguiar Figueiredo - JP 11.914/MG Redação

Jane Aguiar Figueiredo - JP 11.914/MG Samuel Martins

Projeto gráfico

FAN agência criativa

Luiz Henrique Miranda de Barcelos

Fotografia - Assessoria de Comunicação

Diretor Judô

Periodicidade

Ivanor Gomes de Campos Masayuki Yamashita Diretora Natação

Tânia Maria Takahashi

Trimestral

Associação Esportiva e Recreativa Usipa Av. João Cláudio Teixeira Sales, 801

Horto | Ipatinga (MG) | (31) 3801.4350

www.usipa.com.br | facebook.com/aerusipa

4 – SerMelhor


28ª Expo Usipa recebe mais de 21 mil A 28ª Expo Usipa, uma das maiores e mais longevas feiras de Minas Gerais, encerrou no dia 22 de julho, sendo que a II edição do Expor Outlet ainda abriu as portas no sábado (23). Com o tema “Juntos para superar desafios” o evento recebeu um público de 21 mil e trezentas pessoas e mostrou que mesmo em um ano atípico para o mercado, vale a pena investir e ousar. Em seus diversos estandes, os 124 expositores trouxeram grandes novidades para o público que visitou a feira nos três dias de duração. Desde inovações industriais a tecnológicas, passando por novidades de roupas, sapatos e acessórios, os participantes puderam conhecer um pouco mais das novas tendências do mercado, além de adquirir conhecimento e realizarem muitos contatos durante as Palestras Técnicas e Encontro de Negócios. Segundo a organização do evento, a 28ª Expo Usipa superou as expectativas e promete grandes novidades para o ano de 2017.

““A expo Usipa é uma feira extremamente importante, onde são divulgados os melhores produtos que tramitam no mercado nacional. É um diferencial tanto para as empresas que estão instaladas na região quanto para nós, de outros estados.” Alfredo José Gama (Expositor )| Rolsystem

SerMelhor – 5


Palestras Técnias na Expo Usipa As palestras técnicas, realizadas durante o dia, proporcionam às empresas expositoras um momento para falarem tecnicamente aos interessados em seu segmento de negócios. Em 2016 foram oferecidas 48 palestras de temas variados, 37% a mais que na edição anterior.

“Trabalhamos na questão de eficiência energética e temos muito a oferecer, mas nem todos conhecem. As palestras técnicas na Expo Usipa nos deram uma ótima oportunidade de apresentar estas soluções e como podemos ajudar as empresas.” Iver Dourado | Palestrante da Atlas Copco

6 – SerMelhor


Encontro de Negócios na Expo Usipa Para os expositores, a grande expectativa é o Encontro de Negócios, uma oportunidade para estreitar laços comerciais com as empresas siderúrgicas e indústrias de grande porte da região. Como inovação, a organização trouxe para o Encontro de Negócios duas potências da siderurgia, a ArcelorMittal e Gerdau, completando a excenlente equipe de demandantes que já atuam há alguns anos: Aperam, Cenibra, Usiminas, Usiminas Mecânica e Vale. Nesta edição foram realizadas 496 reuniões, 58% a mais que em 2015.

SerMelhor – 7


Cebus realiza trabalho de Enriquecimento Ambiental O Centro de Biodiversidade da Usipa ‒ Cebus realiza desde 2015 um trabalho diferenciado com os animais cativos do zoo. É o chamado “Enriquecimento Ambiental” que faz parte do projeto de estágio dos alunos do curso superior de Ciências Biológicas do Vale do Aço, principalmente do Unileste. No cativeiro, por mais estruturado e aconchegante que este seja, os animais não conseguem expressar todo o conjunto de comportamentos específicos devido à falta de estímulo (tipo escapar de algo que incomoda ou amedronta), podendo, desta forma, apresentar agressividade, estresse, automutilação, hipersexualidade, movimentos estereotipados, apatia ou desenvolver quadros depressivos e mortes. Assim, a preocupação constante do Cebus e de quem mantém animais em cativeiro deve ser o seu bem estar, que está altamente relacionado com saúde mental, comportamental e física.

O Enriquecimento Ambiental Enriquecimento é um processo dinâmico para melhorar os ambientes em que os animais vivem, dentro do contexto da biologia comportamental desses animais e de sua história. Mudanças ambientais são feitas com o objetivo de aumentar as escolhas comportamentais dos animais e ampliar a gama de comportamentos apropriados para a espécie, melhorando assim os níveis de bem estar. O Enriquecimento Ambiental abrange todos os aspectos do ambiente do animal numa perspectiva holística. São cinco as categorias de Enriquecimento Ambiental: social, cognitivo, físico, sensorial e alimentar.

8 – SerMelhor


“Trabalhar pela comida” Pesquisas apontam que a maioria dos animais prefere “trabalhar pela comida”. O ato da alimentação em si não traz nenhum desafio ao animal, porém quando ele é precedido pela busca pelo alimento, gera o fator “bem estar”. Na natureza os animais gastam muito tempo nesta procura pelo alimento até sua ingestão (retirar casca, desenterrar, abrir uma carcaça etc). Esse tempo primordial para o animal, uma vez que o mantém ocupado e reduz a possibilidade da ociosidade que pode levar ao comportamento estereotipado.

Fazendo acontecer Para que o trabalho de enriquecimento aconteça é preciso o envolvimento de todos. Assim, funcionários e estagiários, coordenados pela bióloga Claudia Diniz e o médico Veterinário, Lélio Costa e Silva, formam uma grande equipe em prol da qualidade de vida dos animais. O primeiro passo é observar o comportamento e estado físico e psicológico dos bichos, isto porque, embora todos precisem passar pelo processo, os que apresentam comportamentos indicadores de stress terão prioridade. Planejadas as ações, as “brincadeiras” são preparadas e oferecidas. É importante manter a observação para avaliar a interação do animal com o enriquecimento e suas reações após um tempo de realizada a atividade.

Os sinais Caminhar pela frente do recinto, vocalização irritada e repetitiva e balançar repetidamente no poleiro são alguns dos indícios de que o bem estar do animal está comprometido. Aí é hora de planejar as ações e enriquecer o ambiente do animal.

SerMelhor – 9


Enriquecimento Ambiental e seus resultados O enriquecimento ambiental está em andamento desde 2015 e trabalhos já foram realizados com os cágados, macacos prego, papagaios e araras. Nos últimos meses estão em acompanhamento o tucano, felinos e macacos bugios. Todo este trabalho só tem sido possível graças ao envolvimento dos tratadores e a colaboração de estagiários que desenvolvem os enriquecimentos. Toda pesquisa, planejamento e execução dos enriquecimentos são realizados pelos estagiários sob a supervisão da bióloga, Cláudia Diniz, responsável pelo projeto. Segundo Cláudia, “os resultados não poderiam ser melhores e o apoio dos tratadores faz toda diferença no desenvolvimento do projeto, uma vez que possuem maior intimidade com animais, por estarem com eles todos os dias”.

Os animais do Cebus Os animais que vivem no zoo da Usipa são trazidos pelos órgãos ambientais. Estes bichos são provenientes do tráfico ou nascidos em cativeiro, e o Cebus é um pronto socorro para eles. Muitos não podem mais ser devolvidos ao seu habitat, mas caso tenham filhotes, estes a partir de um programa especial de manejo poderão ser soltos na natureza sem nenhum ônus.

10 – SerMelhor


O tucano O Tucano chegou ao Cebus acostumado com uma alimentação processada e a base de ração, o que não oferece ao animal a possibilidade de utilização adequada de seu bico, instrumento apropriado para quebrar, rasgar e triturar alimentos. O Enriquecimento Ambiental utilizado neste caso é o alimentar. São oferecidas ao tucano frutas inteiras ou em sacos de papel. Estes desafios estimulam o comportamento natural do animal e atualmente ele já consegue comer o mamão inteiro e rasgar o saco de papel para alcanças as frutas em seu interior.

Os felinos

Felinos (onças pardas e pintada): Esses animais apresentavam pouca interação com o recinto e um certo grau de apatia levando-os a obesidade. Os enriquecimentos oferecidos buscam estimulá-los a utilização de todo o espaço, aumento da atividade física e a manifestação de comportamentos naturais (como a caça e o uso do olfato). Foram realizados enriquecimentos sensoriais, alimentares, cognitivos e, principalmente, físicos, entre as ações estão brincadeiras com bolas, cabos de guerra e alimentos escondidos. A onça pintada é a campeã de interação, adora todas as modalidades e as pardas preferem jogar bola.

Os bugios

O casal de Bugios chegou ao CEBUS após receberem uma descarga elétrica de alta tensão. A fêmea Chiquinha foi a mais afetada e já passou por inúmeros processos de enriquecimento. Atualmente o desafio é devolver ao casal e seu filhote a capacidade de se pendurarem e deslocarem por locais altos. Foram instalados diversos poleiros móveis pelo recinto e a alimentação a base de folhas é amarrada a estas estruturas incentivando o deslocamento dos animais pela parte superior do recinto. Os Bugios já se encontram mais ativos.

SerMelhor – 11


Usipa: Somos olímpicos O Brasil vive em 2016 um grande momento na história do esporte ao receber pela primeira vez as olimpíadas e paraolimpíadas. De agosto à setembro pessoas de todas as nações estarão reunidas no país para celebrar o respeito, a coragem, a determinação, a inspiração e a igualdade, valores olímpicos que norteiam as ações de todos os envolvidos nas atividades olímpicas. Para atletas e entidades ligadas ao esporte, este momento é de importância imensurável, principalmente por agregar valor e incentivo ao esporte que tanto bem faz àqueles que o pratica. A Usipa tem 57 anos de experiência e estimulo ao esporte. Nestas tantas décadas o clube já revelou atletas, já conquistou centenas de troféus e medalhas e fez história. São quatorze olimpíadas vivencia-

12 – SerMelhor

das, entre elas cinco marcaram o nome do clube, quando atletas descobertos na instituição foram convocados a competir. Nas olimpíadas Rio 2016 esta alegria toma novamente o coração dos usipenses, mas desta vez, não porque um atleta irá competir, mas por que têm seis representantes ligados ao clube participando da equipe de arbitragem e apoio, além dos três atletas que tiveram a honra de conduzir a tocha olímpica. A Usipa é Olímpica, todos ligados ao clube Somos Olímpicos. São milhares de crianças e adolescentes que passaram e continuam passando pelo clube, descobrindo uma paixão pelo esporte e aprendendo os valores que o esporte agrega ao cidadão.


O lema dos Jogos Olímpicos O francês Barão Pierre de Coubertem foi o criador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna em 1984 e adotou o lema grego “Citius, Altius, Fortius”, em latim “Mais rápido, mais alto e mais forte”. Assim como a Usipa, Coubertem via no esporte uma importante ferramenta de educação para a juventude. Algo que vai além da vitória, mas que enfatiza o competir, o participar, o trabalhar em equipe. Perceba que não era apenas “Jogos Olímpicos”, era um conjunto de valores associados à prática esportiva. O que seria, então, o legado dos Jogos? Analisando os atores principais deste espetáculo, “os atletas”, é possível perceber que muitos vieram de famílias humildes e conseguiram sua afirmação por meio do esporte, outros encontraram no esporte a superação para suas

deficiências. Assim, poderíamos dizer que os Jogos reúnem bem mais que atividades esportivas, mas engloba um processo de transformação sociocultural. São inúmeras características sociais envolvidas, são inúmeras culturas compartilhadas, informação e descobertas, crescimento pessoal e em equipe, valores sendo colocados em prática, limites sendo superados e colocados em “cheque mate”, momento em que o ser humano redescobre que não é nada sozinho, e novamente coloca-se em prática os valores olímpicos: respeito, coragem, determinação, inspiração e igualdade. “Citius, Altius, Fortius”, “Mais rápido, mais alto e mais forte”. Ousamos dizer: “Mais rápido no servir, mais alto no acolher e mais forte no saber”.

SerMelhor – 13


Nossos olímpicos no Rio 2016 Eles são referência no trabalho que executam, têm o nome marcado na história de vida de muitas crianças, jovens e adultos. Eles, simplesmente, amam o que fazem. São vencedores, eles são Usipa. Confesso que estou realizando o sonho de uma vida. Mas é uma pressão muito grande, pois não podemos falhar, e ao mesmo tempo temos o mundo inteiro nos avaliando. Agora, somos inspiração para nossos alunos, que começam a enxergar que eles também podem ter a mesma oportunidade de viver de perto uma olimpíada.

Sildemar Venâncio Coordenador de Atletismo

É com muito orgulho que irei participar da Rio 2016, viver esse espírito olímpico e os seus ideais. Atuarei nas provas da maratona aquática e aplicarei todo conhecimento com excelência e imparcialidade. Mas como brasileiro, torcerei pelo meu país em todas as modalidades.

Alexandre atanabe

Técnico de Natação

Farei o meu melhor, aplicando todo conhecimento adquirido ao longo da minha carreira. Somos privilegiados, pois fomos selecionados entre centenas de árbitros e isto mostra nosso potencial. Estar entre os melhores e representar o Brasil no maior evento esportivo do mundo faz bater forte o coração.

Euzinete Reis

Técnica de Atletismo e ex-atleta

Ter os Jogos Olímpicos no Brasil é uma oportunidade única e poder participar de alguma forma é inesquecível. Como atleta que buscou uma vaga nas olímpicas e que continuará a buscar, foi simplesmente uma realização de um sonho, mesmo que indiretamente. E que venha Tóquio 2020!

Rudney Dias

Técnico e atleta do Atletismo

Conduzir a Tocha Olímpica gera muitos sentimentos, em um momento só! Emoção única em representar milhões de brasileiros. É um grande reconhecimento estar entre os escolhidos para carregar a tocha, isto me inspirou e me deu mais força para buscar resultados ainda melhores.

Rhayssa Lanes

Auxiliar Técnica e atleta da Natação

14 – SerMelhor

Já participei de duas olimpíadas como atleta, mas a sensação de conduzir a tocha, o grande símbolo olímpico, foi maravilhosa, um momento único na minha vida de atleta, principalmente por vir sequenciado da notícia de que sou oficialmente uma medalhista olímpica, bronze no revezamento 4x100 em Pequim 2008.

Lucimar Moura Ex-atleta de Velocidade


Eles também fazem parte do time Rio 2016 Eles também fazem parte da história da Usipa e levam para as Olimpíadas um pouco do conhecimento que adquiriram no clube. Gaspar Teodoro de Melo (ex-coordenador de Atletismo da Usipa), Nely Regina Venâncio (ex-técnica da Usipa) e Donita Meire Dias (atleta Master), estarão juntos aos nossos atuais técnicos Sildemar Venâncio, Euzinete Reis e Alexandre Watanabe Patrício atuando como Oficiais Técnicos Nacionais (NTO), nas provas de Atletismo e Natação (Watanabe) nas Olimíadas Rio 2016.

Gaspar Teodoro Ex-coordenador de Atletismo

Nely Venâncio ex-técnica de Natação

Donita Meire Dias Atleta Master

Orgulho de ser Usipa e sonhar com uma olimpíada Participar do maior evento esportivo do mundo é o sonho de todo atleta, e como os sonhos não esperam, eles estão em pleno evento já pensando na próxima oportunidade, lá na frente, em 2020 no Japão. Os usipenses Ramoni Toledo e Rudney Dias já estão na luta e expectativa para chegar lá. Aprendi tudo que sei de Judô na Usipa e este nome faz parte de mim. Hoje, estou orgulhosa de poder vivenciar as olimpíadas no Brasil, mas já vislumbro 2020, quando, se Deus quiser, terei a oportunidade de estar lá em Tóquio, representando a Usipa, Ipatinga e o Brasil.

Ramoni Toledo

Judoca Pensando em 2020

A Usipa abriu as portas da minha vida de nadador, foi no clube que aprendi as primeiras braçadas. Cresci aqui e agora estou indo para os Estados Unidos em busca de aperfeiçoamento com o olhar para as olimpíadas de 2020.

Jayme Rezende

Atleta da Natação Pensando em 2020

SerMelhor Melhor – 15


Atletas Usipa nas olímpiadas A Usipa sempre foi um celeiro de atletas e ao longo de mais de meio século milhares de crianças e adolescentes aprenderam a arte da prática esportiva, além de valores que os tornaram cidadãos mais completos. No clube também foram descobertas preciosidades que ganharam o mundo através da excelência no Atletismo, Futebol, Judô, Natação e Voleibol. Entre eles, destacam-se cinco atletas que competiram alguma edição das olimpíadas. Los Angeles 1984

Barcelona 1992

Rogério dos Santos

Edilene Andrade

Atenas 2004 Pequim 2008

Atenas 2004 Pequim 2008

Judô - 5º lugar

Judô

Lucimar Moura

Atletismo 3º lugar em Pequim Revezamento 4x100m

16 – SerMelhor

Flávia Delarolli

Natação 12º (Atenas) e 13º (Pequim) Revez 4x100m

Sidney 2000 (Paraolimpíada)

Sandro Alex (falecido) Atletismo 8º lugar 400m rasos

Tóquio 2020 (Paraolimpíada)

?

Este pode ser o seu lugar


SerMelhor – 17


Usipa lança aulas de Dança do Ventre A academia da Usipa tem mais uma novidade para a população feminina do Vale do Aço. Desde início de agosto o clube oferece aulas de dança do ventre, além das outras modalidades já em andamento na academia: balé, aeróbica e ginástica artística. A Dança do Ventre tem origem oriental, mas não se sabe ao certo onde e quando se iniciou. Com movimentos ondulatórios e batidos de quadril, a dança é encantadora e caiu no gosto das brasileiras. Segundo estimativa, o Brasil é, junto com os Estados Unidos, um dos países ocidentais com o maior número de praticantes do mundo. Na busca por oferecer grandes atrativos ao público, a Academia da Usipa agora faz parte desta estimativa e tem disponível no quadro de aulas a dança do ventre com todo seu encanto de movimentos, expressões e consciência corporal.

Vista muitas vezes como uma dança de sedução, a dança do ventre tem muitos outros atributos, afinal proporciona à mulher um conhecimento do seu eu, suas limitações e ainda mais, traz benefícios orgânicos já que trabalha os órgãos do baixo ventre, normalizando suas funções; melhora a flexibilidade e massageia a coluna por meio dos movimentos ondulatórios, além de aumentar a autoestima e instigar a criatividade e a sensibilidade. Praticada a longo prazo, a dança promete afinar a silhueta da mulherada. A professora Quem vai ensinar tudo da dança do ventre é a professora Edlene Verany. Formada em Educação Física pelo Unileste, Edlene possui 8 anos de experiência. A professora diz que com apenas três meses de aula já é possível dominar alguns movimentos da dança.

A academia da Usipa está ativa desde 2013 e conta também com aulas de Aeróbica, Ballet e Ginástica Artística. O objetivo é oferecer uma gama de atividades para o público feminino do Vale do Aço, de todas as idades. Com profissionais qualificados, as aulas são dinâmicas, muitas vezes temáticas e com grande interação entre as alunas.

18 – SerMelhor


Usipa disputa Campeonato Mineiro Sub-18

A Usipa compete nos dias 04 e 05 de setembro em Belo Horizonte, o Campeonato Estadual Sub-18 de Atletismo. O evento receberá mais de duzentos atletas de Minas Gerais. A equipe Gatorade/Consul/Embasil/Usipa participa do evento com 35 atletas nas provas de corrida, lançamento e salto. Segundo o técnico tricolor Rudney Dias, “a expectativa é de resultados expressivos, uma vez que a equipe está motivada e tem treinado muito, demonstrando boa técnica e grande desempenho na execução das provas” garante Rudney. O Campeonato Estadual está entre as melhores competições na categoria, além de ser uma grande oportunidade para a obtenção de índices para o Campeonato Brasileiro Interseleções, agendado para outubro em São Paulo. Com o objetivo de ficar entre as melhores equipes de Minas no Estadual, os usipenses prometem momentos de muita adrenalina durante as provas.

Agenda do Atletismo Campeonato Estadual Sub-23 Data:

Agosto

Local:

João Pessoa/PB

Campeonato Estadual Sub-18 Data: Local:

Setembro A definir

Campeonato Estadual Sub-16 e Sub-14 Data:

Setembro

Local:

A definir

SerMelhor – 19


Usipa promove 7º Torneio da Amizade de Futebol Society A Usipa realiza de agosto a dezembro o 7º Torneio da Amizade de Futebol Society. A competição é dividida em 4 etapas, envolvendo as categorias Sub-10, Sub-11, Sub-12 e Sub-13. O Torneio da Amizade foi desenvolvido pela coordenação de Futebol da Usipa com o objetivo de promover a interação entre as escolas de futebol do Vale do Aço. Para o coordenador, Dalton Pinheiro, “o Torneio permite aos iniciantes a experiência de competições e novos desafios. A expectativa é que centenas de atletas participem da competição”. As inscrições serão abertas na segunda quinzena de agosto, respeitando as datas das competições de cada categoria. Informações no telefone (31)38014378.

Campeonato Regional Será dada a largada para mais uma edição do Campeonato Regional de Futebol, categorias Sub-15 e Sub-17, em Ipatinga, e a equipe Usiminas/Saritur/HelpCar/Usisaúde/Sankyu/Usipa está pronta para enfrentar os adversários em busca do título. Nessa primeira fase todos os clubes buscarão a melhor formação de suas equipes visando resultados que garantam a classificação.

Agenda do Futebol Torneio da Amizade Data: Local:

Agosto a dezembro Usipa

Campeonato Regional Data: Local:

20 – SerMelhor

Agosto a dezembro Ipatinga


Judoca da Usipa encara campeonato Brasileiro na Bahia O judoca Igor Ferreira representa Minas Gerais e a Usipa no Campeonato Brasileiro de Judô SUB 15 que acontece de 02 a 05 de setembro, na cidade de Lauro de Freitas na Bahia. O atleta, categoria Meio Médio, faz parte da equipe Pitágoras/Consul/Daido/ Gasmig/Usipa e conquistou vaga para o Brasileiro durante o Campeonato Mineiro Sub-15 em Belo Horizonte. Agora, Igor Ferreira está entre os convocados pela Seleção Mineira de judô para representar o Estado de Minas Gerais no Brasileiro. Conhecida pelos atletas como Brasileiro Final e Brasileirão, a competição tem alto nível técnico e recebe os melhores judocas da categoria Sub-15. Esta será a primeira disputa do Igor no Brasileiro, mas segundo o coordenador de Judô da Usipa, Hevilmar Rocha, o atleta está tranquilo e se preparando intensamente para a competição. “O Igor está ciente de que encontrará adversários mais experientes, mas ele tem demonstrado tranquilidade e ótimo desempenho nos treinos, o que gera expectativas positivas quanto ao resultado final”, afirma Hevilmar.

Treinamento de Campo No período de 05 a 07 de setembro, após as competições do Brasileiro em Lauro Freita/BA, os atletas participarão de um treinamento de campo. O objetivo é nivelar o judô nacional com desenvolvimento técnico entre todos os atletas e técnicos do país.

SerMelhor – 21


Kurosa de Natação acontece em setembro A 26ª edição do Troféu Kurosa de Natação Pré-Mirim a Petiz já tem data marcada. Nos dias 17 e 18 de setembro, as águas do Parque Aquático da Usipa vão se agitar com a presença de grandes nadadores que buscam o tão estimado Troféu de campeões. Inserido no calendário oficial da Federação Aquática Mineira, o Troféu Kurosa nasceu de uma homenagem ao precursor da natação no clube e região do Vale do Aço, Toshiaki Kurosa. Atualmente o evento é considerado a maior e melhor competição da região sudeste nas categorias, mirim e petiz. Na edição anterior os atletas da equipe Usiminas/Sicoob/Usipa deram um show de animação, técnica e velocidade, garantindo a vice-liderança da Competição. Além do segundo lugar geral, os usipenses ainda celebraram a vitória do tradicional desfile realizado antes das provas. Neste ano, a expectativa é de que mais de 300 atletas, de diversas entidades, clubes e academias do Brasil, como Espírito Santo, São Paulo e Bahia, participem do evento. O Kurosa de Natação é uma grande oportunidade para a descoberta de novos talentos, nadadores que futuramente poderão se tornar grandes nomes da natação brasileira.

Metodologia Gustavo Borges e Usipa A escola de Natação conta hoje com centenas de alunos de várias idades. Motivação não falta para essa turma, principalmente depois da implantação da Metodologia Gustavo Borges-MGB. Na Usipa você encontra profissionais qualificados e bem preparados para ministrar as aulas para qualquer idade de forma dinâmica e atraente. Quem também segue um ritmo exemplar na piscina é a professora de hidroginástica Cristiane Rodrigues e seus alunos, divididos em turmas nos períodos manhã, tarde e noite.

22 – SerMelhor


Usipa sedia AR4 de Voleibol A Usipa sedia de 19 a 21 de agosto a Copa FMV Assessoria Regional 4 (AR4) de Voleibol. Realizado pela Federação Mineira de Voleibol (FMV) o torneio ficou inativo por quase 10 anos, mas com o apoio de clubes da regional volta com força total e contará com a participação de sete equipes. O AR-4 abrange equipes do Vale do Aço, Vale do Rio Doce e Vale do Mucuri. Outros seis campeonatos da Assessoria Regional foram criados, isto porque a FMV os desenvolveu baseada nas dimensões geográficas do Estado, subdividindo-o em sete regiões. O inicio dessa competição na região aconteceu por meio de uma parceria da Usipa com a FMV em busca de fomentar o voleibol regional, e com isso, surgiu a subdivisão, na época, chamada Superintendência Regional-4 (SR-4). Por muitos anos a competição foi referência e um polo revelador de grandes atletas, No entanto, com o passar do tempo foi perdendo forças e a competição deixou de acontecer. O retorno A Usipa manteve sua participação, como convidada, no AR-6, realizado na região de Belo Horizonte, mas, a ausência de competições no Vale do Aço continuou sendo um prejuízo na capacitação dos atletas. Assim, o clube iniciou contatos com a Federação e outros clubes da região em busca de solucionar esta deficiência. No início de 2016, a Federação com o apoio da Usipa decidiu por retomar o AR-4, uma vitória para o voleibol. Para o clube tricolor, a satisfação da volta do AR-4 é ainda maior, isto porque a Usipa será sede da competição inaugural, já marcada para os dias 19 a 21 de agosto nas categorias Sub-15 e Sub-18.

Agenda do Voleibol Copa FMV AR-4 Data:

19 a 21 de agosto

Local:

Usipa

Festival do Iniciante AR-4 Clínica de Voleibol Data: Local:

09 a 11 de setembro Usipa

SerMelhor – 23


Projetos Educacionais, um cardápio de oportunidades

Para garantir aos estudantes o direito à educação básica de qualidade que representa o maior compromisso de uma política educacional, é preciso assegurar que a escola pública possibilite a todas as crianças e jovens condições de igualdade de acesso. Uma maneira de fazer com que isto aconteça é ampliar o tempo de permanência diário do aluno na escola, oferecendo um projeto curricular qualitativo que proporcione o contato com o mundo das artes, da cultura, do esporte e do lazer, completando, assim, uma formação integral do ser enquanto sujeito atuante na sociedade. Pensando nisso, a Prefeitura Municipal de Ipatinga em parceria com a Usipa desenvolveu em 2014 o Projeto Aprender Mais, implantando a educação integral com aulas de reforço e práticas desportivas, recreativas e culturais especializadas (natação, judô, atletismo,

24 – SerMelhor

basquetebol, capoeira, voleibol, dança e futebol). Ao longo de dois anos o projeto foi sendo aprimorado e qualificado e mais de dois mil alunos foram beneficiados. O resultado foi tão positivo que em 2016 a prefeitura e a Usipa colocaram em prática, além do Aprender Mais, o Cardápio de Novas Oportunidades Educativas. Vinte e dois espaços esportivos, em vários bairros de Ipatinga, foram disponibilizados de maneira que os alunos possam praticar atividades físicas e culturais próximos a suas residências, uma oportunidade também de fortalecer os laços com a comunidade. No Cardápio de Novas Oportunidades Educativas são ofertadas aulas de futebol, natação, judô, jiujtsu, futsal, capoeira, ballet, danças urbanas, flauta doce, violão, violino, guitarra, bateria, teclado e teatro musical. Hoje, aproximadamente 9 mil alunos da rede municipal de Ipatinga são atendidos na educação integral, contemplados por meio dos projetos Projeto Aprender Mais, Mais educação e Cardápio de Novas Oportunidades Educativas.


Novos talentos O Projeto Aprender Mais já demonstrou seu potencial, que vai muito além do educativo. No decorrer das suas atividades, o projeto também se tornou um meio de revelar novos talentos. São quatrocentos alunos graduados na faixa cinza no Judô, destes, vários já foram medalhistas em competições Estaduais. No Atletismo, alunos conquistaram medalhas em competições Estaduais e nos Jogos Escolares – JEMG, inclusive no paradesporto. Também têm crianças se destacando no futebol e ousando um Plié no ballet.

SerMelhor – 25


Projetos esportivos movimentam a Usipa A Usipa e o Instituto Ecomovimento continuam juntos na aquisição e manutenção dos projetos esportivos de rendimento que desde 2014 beneficiam centenas de crianças e adolescentes do Vale do Aço. Além de aprender o esporte e ter uma vida saudável, os contemplados também aprendem a ter disciplina, respeito e muitos outros valores que transformam o cidadão. Os projetos fazem parte do programa do Governo de Minas Gerais de incentivo ao esporte, realizados pelo Minas Olímpica e todas as empresas atuantes no Estado podem ser parceiras por meio da Renúncia Fiscal do ICMS. Atualmente, são patrocinadoras dos projetos Ecomov/Usipa: Usiminas e Univale (Natação), Usiminas (Voleibol), Ambev e Consul (Atletismo), Gasmig, Consul e Daido (Judô), Usiminas, Saritur e HelpCar (Futebol). Em todos os projetos as crianças e adolescentes contemplados recebem treinamento técnico, aprimorando o condicionamento físico e psicológico. Também são custeados uniformes e viagens para competições com hospedagem e alimentação. O resultado é surpreendente e em dois anos de execução os atletas conquistaram várias medalhas e visibilidade no meio esportivo.

26 – SerMelhor

Por que sua empresa deve investir no Esporte? Raquel Damasceno*: As empresas possuem um papel importante e são corresponsáveis pelo desenvolvimento social do meio onde atuam. Assim, investindo em projetos sociais, como estes oferecidos pela Usipa, o meio empresarial estará ajudando os jovens a se desenvolverem socialmente e profissionalmente na sociedade, contribuindo com a redução da criminalidade, eliminando o acesso às drogas, devido à exigência do próprio sistema esportivo, e gerando sonhos a quem julgava não conseguir se tornar um atleta profissional. Outra questão é que o empresário, além de ver aplicado o recurso em projetos em que ele é um incentivador, pode ter acesso à prestação de contas, um diferencial em um país aonde vem prevalecendo a corrupção de alguns, gerando insatisfação no recolhimento de tributos. *Raquel é contadora e sócia diretora da Milenio Contabilidade


Projetos em execução Voleibol | Desde agosto de 2014, o projeto ECOMOV Voleibol possibilita a mais de 72 atletas participação nos Campeonatos Mirim e Pré-Mirim da Assessoria Regional e Estaduais promovidos pela Federação Mineira de Voleibol (FMV).

Natação | Em execução desde 2015, o projeto ECOMOV Natação contempla 70 crianças e adolescentes, oferecendo a possibilidade de participar de campeonatos Estaduais e Nacionais.

Atletismo | Em execução desde novembro de 2015, o projeto Usipa Atletismo oferece a mais de 70 atletas a possibilidade de participar dos Campeonatos Estaduais e Nacionais. Futebol | Em execução desde março de 2016, o projeto ECOMOV Futebol oferece a 70 crianças e adolescentes das categorias Sub-15 e Sub-17 participação no Campeonato Mineiro de Futebol.

Judô | O projeto Judô Caminho Suave recebeu liberação para iniciar em agosto e já está na fase de captação de crianças e adolescentes para compor a equipe de 70 atletas que receberão apoio para participar de Campeonatos Estaduais e Nacionais.

SerMelhor – 27


SerMelhor 11ª edição  

Revista da Associação Esportiva e Recreativa Usipa

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you