Page 1

Distribuição gratuita

Revista Usina da cultura - ANO 1 - número 10 -Fevereiro 2014 - Distribuição Gratuita

São Chico

Stand up paddle

O esporte do verão! Veja quantos benefícios ele traz aos praticantes. CARNAVAL DO BRASIL CHURRASCO Origens e história dessa festa tão popular.

P.04

Delíciosa tradição.

P.10

AGRICULTURA ORGÂNICA

DROGAS Um problema Saiba mais sobre meu, teu, esse sistema de ou nosso? produção.P.14 P.22

A FOTOGRAFIA DE MARIE CURIE PAISAGEM COMO A rainha do Rádio FORMA DE ARTE P. 36 P.32


No dia 21/12/2013 no Hotel das Araucárias, o Sr. Valdomiro Costa, juntamente com sua família e seus funcionários, prestaram uma homenagem à amiga paisagista Sra. Dionéia M. Gandolf, pela sua dedicação, carinho e sabedoria dispensados por longo tempo na elaboração do jardim do Hotel das Araucárias. Em agradecimento, descerrou uma placa em sua homenagem.

www.hoteldasaraucarias.com.br


Sumário

Carnaval do Brasil

Churrasco

P.04

P.10

Origens e história da festa popular considerada uma das mais animadas e representativas do mundo.

Drogas

Um problema meu, teu ou nosso? A dependência química, por se tratar de uma doença multifatorial, requer ações e intervenções multiprofissionais e apoio familiar.

P.22

A simplicidade do principal prato da culinária gaúcha não descarta um certo refinamento. Saiba mais sobre essa delícia de tradição.

A fotografia de paisagem como forma de arte

Considerada, por muitos, uma forma de expressão artística, a fotografia é hoje uma das mais usadas ferramentas de comunicação.

P.32

Agricultura Orgânica

Saiba mais sobre o sistema de produção que exclui amplamente o uso de fertilizantes e agrotóxicos.

P.14

Marie Curie

Há um século, uma jovem pesquisadora polonesa surpreendia a ciência com a descoberta da radiatividade.

P.36

1


Equipe:

Seções Pé na estrada Caminhada da Usina Pelo mundo

Viajando por aí

Vida ativa

Esportes

6 8 12

Informática e produtividade Dicas

16

Curiosidades

18

Sabia que?

Rincão poético Poesias de leitores

19

Visual com arte Espaço para leitores artistas 20 Profissão:

Conhecendo profissões

21

Viver bem

Saúde

24

Click!

Concurso fotográfico

27

A crônica da vez Textos de leitores

30

Eco motor

Automóveis e dicas

34

Veja bem

Educação e história

38

Canta Conto

Contos e curiosidades

42

Sal à gosto

Receitas 44

Lá na Espanha Desde Barcelona com Elena C. 46 Mundo criança Passatempos infantis

48

Conhecendo os museus do mundo

50

Cantinho dos pais Dicas para pais

51

Play Filmes, games, livros e música Agenda cultural

52 56

CAPA A calma do lago, junto a esplêndida natureza que o rodeia, se interiorizam no praticante de stand up que, com a leveza do remo que dirige, se desliza suavemente nas águas brilhantes do entardecer. Texto: Mercedes Sanchez Foto: Cecilia Sanchez

2

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Cecilia Sanchez Alex D’ El Rei Mercedes Sanchez Clarines Thewes Agradecimentos: Helena Cárdenas Corpo de Bombeiros SFP Franco Souza Sílvio Kronbauer Lougan Ribeiro Paulo Cesar Rauber da Luz Manoel Weinheimer Isabela Sanchez Daiana Michaelsen Mergener Renan Moraes Claudia Simone Dalanholi Lisiane Inês Thewes Letícia Liesenfeld Matheus Barcelos Rosana Martins Laerte da Silva Dorneles Estela Sanchez Souza E a todas as pessoas e comércios que apostam na ideia e fazem possível a realização deste projeto Para participar na revista ou enviar sugestões e críticas, escreva para info@usinadacultura.com Assinaturas/suscripciones assine@usinadacultura.com

Telefone: (54)3244-1355


Editorial Fevereiro. Fim de férias, volta às aulas, carnaval... a cada ano essa sinfonia se repete, unindo diferentes sensações. O início de um novo ano marca uma etapa de renovação. Voltamos das férias com as pilhas recarregadas, uma corzinha saudável na pele e aquela vontade de fazer as coisas de uma maneira diferente. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, a Usina deste mês trata de tocar nesses pontos, tão marcantes em nossas vidas. Falamos das origens do carnaval e da importância que esse ritual tem na vida dos brasileiros, do churrasco, deliciosa tradição gaúcha, da volta às aulas e a importância da participação familiar nesse processo. A fotografia de paisagem também é uma das protagonistas desta edição. Aprendemos a enchergá-la através dos olhos de Silvio Kronbauer, grande amante e seguidor desta modalidade artística. Aprendemos um pouco mais sobre agricultura orgânica, sobre como as drogas podem influenciar negativamente em nossas vidas e temos a chance de conhecer um pouco sobre Marie Curie, esta grande mulher que teve participação significativa na área da pesquisa científica, revolucionando a ciência da época e a atual. Uma vida bastante inspiradora. O Stand Up Paddle, esporte que vem conquistando muitos adeptos a cada dia, também é um dos destaques do mês, por diversos motivos. Em São Chico, já é uma realidade e uma excelente forma de desfrutar do Lago São Bernardo. Bom, como vocês, leitores, já sabem, a revista trata de cobrir um leque de opções bem amplo. Com certeza, você encontrará diversos temas de seu interesse. Nosso objetivo, como sempre, é que o momento de leitura seja mais que agradável! Não perca tempo e vire a página, para mergulhar neste mundo de informações pensadas e preparadas especialmente para você! Um excelente recomeço para todos nós! Um sincero abraço, Cecilia Sanchez Editora

USINA DA CULTURA, SOMOS TODOS.

e com responsabilidade! Divirta-s 3


Carnaval do Brasil O

carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam, uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior à quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval.

História do Carnaval

O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem europeia. No Brasil, no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos “corsos”. Estes últimos,

4

Usina da cultura - Fevereiro 2014

tornaram-se mais populares no começo do século XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está aí a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas. As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado. A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar. Foi criada pelo sambista carioca Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar transformou-se na escola de samba Estácio de Sá. A partir daí, o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.


Bonecos gigantes em Recife

O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região Nordeste do Brasil. Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem às ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. Os desfiles de bonecos gigantes, em Recife, são uma das principais atrações desta cidade durante o carnaval. Na cidade de Salvador, existem os trios elétricos, embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região. Na cidade destacam-se também os blocos negros como o Olodum e o Ileyaê, além dos blocos de rua e do Afoxé Filhos de Gandhi. Na maioria das cidades brasileiras, festejase carnaval, e apesar de que cada uma tem características próprias, todas têm em comum a alegria, a descontração, a sensação de liberdade e o esforço do povo por manter esta tradição. http://www.suapesquisa.com/carnaval/

5


Pé na estrada

Conhecendo São Francisco de Paula Localização: Passo da Ilha a 65 km do centro de S. Fco. de Paula Dificuldade: Fácil O Passo da Ilha, formado pelo Rio Tainhas, está localizado em São Francisco de Paula, a 65 Km do centro da cidade. Rodeado de campos abertos e mata nativa, é um lugar perfeito para os amantes da natureza e para aqueles que gostam de acampamento. Nos dias quentes, há a possibilidade de se deliciar nas águas cristalinas das pequenas cachoeiras. Quando o rio está em seu nível normal, a travessia de acesso à ilha pode ser feita de carro. O passeio apresenta um grau de dificuldade mínimo, já que o local possui boa infra-estrutura para camping, pronto a receber os visitantes o ano todo.

6

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Acima, foto principal: Cascata do Passo da Ilha. Acima, Travessia de carros pelo Passo da Ilha. À direita: ponte para travessia de pedestres para a ilha. Abaixo: Vista do Rio desde a ilha.


www.hteixeira.com.br hteixeira@hteixeira.com.br

Rua Três de Outubro, nº 46. SFP.

Tel: (54) 3244-2900

Casa nova, edificada em alvenaria, a uma quadra do Hotel Cavalinho Branco, com 3 dormitórios, 2 banheiros, cozinha, sala de estar/jantar. Terreno em meio a mata nativa com aproximadamente 550,00m².

Visite este imóvel, você vai gostar!!!

Fones (54)32441264 / (54)84296453

ledur@megaway.com.br - www.ledurimoveis.com.br AGÊNCIA DE ECOTURISMO

Espaço livre

Passeios - Caminhadas - Trilhas

(54)3244-3602 - 99414044 Adão Samir Eger 7


o

un d

M o l Pe Isla Mujeres, México

areia branca e agradável temperatura. Esta Ilha está localizada a 13 km de Cancún, o principal polo turístico da região. Ilha Mulheres é um lugar belo e encantador. Suas águas mornas e transparentes são o lar perfeito para os golfinhos e tartarugas. Nadar com eles é uma das mais atrativas atividades que se pode realizar neste lugar. http://isla-mujeres.costasur.com/es/historia.html

A

História de Ilha Mulheres, assim como a totalidade da “Riviera Maya” e o leste do México, o Mar Caribe, teve grande influência dos Maias, povo que viveu nessa região durante séculos. Descoberta pelos espanhóis teve mudanças em suas características e costumes. Nos últimos 50 anos, o turismo tem dado novas características à Ilha. Durante a época Maia, Ilha Mulheres era um lugar de veneração a Ixchel, Deusa da Lua e da Fertilidade, era um lugar de peregrinação de fiéis e um santuário. Dizem que as mulheres iam à ilha para realizar a cerimônia de passagem de meninas a mulheres.

No Século XVI, os espanhóis chegaram a essa ilha, a colonizaram e destruíram grande parte do legado Maia. Nos séculos posteriores a ilha foi se desenvolvendo e converteu-se num lugar de refúgio dos piratas que navegavam o Caribe, assim como de navios negreiros. Um deles, Mundaca, ainda permanece na Ilha com a Fazenda Mundaca, o lugar onde os piratas do Caribe encontravam refúgio. Já na segunda metade do Século XX, suas belezas marinhas, seus arrecifes de corais e suas praias, converteram este lugar num dois mais destacados do mundo, num lugar especial para o turista, que procura em suas praias

8

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Conte-nos sobre algum lugar que visitou! Envie para info@usinadacultura.com Mais info www.usinadacultura.com

Pier en Isla Mujeres.


(54) 54 3244 1270 / 9181 9577 www.pousadadoengenho.com.br

R. Odon Cavalcanti, 330 - B. São Bernardo São Francisco de Paula - RS

Tulipa

Produtos e serviços Um espaço para sua saúde e bem-estar

Acima, bela paisagem com golfinho e ilha ao fundo. Agora você encontra aqui produtos orgânicos da Cativa! + informação (54) 3244-4099 • (54) 9675-5122 www.tulipaprodutoseserviços.com.br Rua Henrique Lopes da Fonseca, 225 Centro SFP/ RS

CRECI 23334-J

www.portobueno.com.br 9


Churrasco

Deliciosa tradição gaúcha

O

principal prato da culinária gaúcha é, indiscutivelmente, o churrasco. A simplicidade do preparo não descarta um certo refinamento. Desde os primeiros tempos, o gaúcho come churrasco. Os índios primitivos comiam carne de caça, de gado ou de potro atirada diretamente no fogo. Até 1900, estudiosos de vocábulos gauchescos usavam o termo assado para descrever a carne preparada sobre as brasas. O preparo incluía levar o naco de carne sem separar o couro, que ficava exposto ao fogo. O assado na “parrilla” (grelha) ou no forno identifica um jeito de cozinhar na Fronteira, influenciado pelos argentinos e uruguaios. Assado de couro: O naco de carne é cortado da rês com o couro preso. Na fogueira, a primeira parte exposta ao calor é a do couro, que deve ser sapecado. Logo a carne é assada uniformemente. Assado no barro: Foi muito comum na Campanha e é ainda usual na Argentina. A carne é envolvida por barro fresco e enterrada no chão. Sobre a terra, acende-se um fogo forte, mantido por quatro a cinco horas. Após esse tempo, o assado é desenterrado. O barro, endurecido pelo calor, é quebrado e dentro, está a carne, muito apetitosa, pronta para ser degustada. Assado no jirau: Carne, de gado ou peixe, preparada sobre uma armação de varas, dispostas sobre forquilhas, que era a grelha indígena.

10

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Churrasco à moda gaúcha Churrasco Campeiro É o fogo feito no chão, mais usual na região da Campanha. Os espetos com a carne são fincados em pé, ao redor da brasa. Churrasco da Fronteira O assado na grelha é quase exclusividade das regiões fronteiriças. Uma influência de argentinos e uruguaios que costumam assar a carne bem próximo das brasas. Churrasco de Labareda Espeta-se a carne, que é levada para dentro do fogo por um lado e retirada pelo outro. O espeto é virado dentro da labareda. Toda a operação é repetida várias vezes. Em 15 minutos, o assado está pronto. Churrasco Serrano Estilo típico de assar da região serrana, a carne é preparada nos espetos deitados sobre duas varas horizontais, apoiadas em forquilhas, que correm junto às bordas de uma vala ou em churrasqueiras. A carne é movimentada, permitindo um assado uniforme.


Carne: A costela é a parte mais apreciada pelos assadores. O matambre deve ser retirado da costela antes de assar, pois endurece e compromete a qualidade do churrasco. Fica muito saboroso se assado separadamente. O Vazio, é muito apreciado devido ao seu sabor e maciez. A picanha e a maminha são cortes do traseiro do boi que vêm ganhando cada vez mais espaço entre os churrasqueiros. Carvão: É o modo mais prático de assar o churrasco. Lenha: A carne assada no calor do fogo de lenha fica mais saborosa. Prefira a madeira de árvores frutíferas. Na serra gaúcha, o guamirim fornece a melhor lenha, assim como a do bugre, que faz boa brasa e não deixa gosto. Também é apreciada a lenha do cambuim, do maricá e da aroeira. Tempero: O churrasco mais tradicional é temperado apenas com sal. Se a quantidade de carne for grande, salgue antes de levá-la ao fogo. Se possível, aplique o sal quando o assado estiver “passando da metade”, no chamado tempo de apronte, pois acentua o sabor. Texto adaptado de: http://www.clicrbs.com.br/especial/ rs/semanafarroupilha

11


Vida ativa

Stand Up Paddle O esporte do verão

N

uma tradução livre do inglês para o português, Stand up Paddle significa remar em pé. Nesse esporte o praticante deve ficar em pé sobre uma prancha e deslizar pela água com a ajuda de um remo. A prancha se diferencia por oferecer boa estabilidade, e a prática pode ser feita em mares e lagos. Apesar de ser um fenômeno recente no Brasil, esse esporte se popularizou no Hawaii entre as décadas de 1920 e 1950 entre windsurfistas que tinham como hábito utilizar as suas pranchas junto com um remo em dias sem vento. O Stand up Paddle é um dos esportes mais completos para quem deseja definir o corpo, mas também para quem deseja ter mais força e equilíbrio. Por isso esse esporte aeróbico é entendido como completo. O mais interessante é que qualquer pessoa pode praticar e aprender de imediato. Os praticantes aconselham que a idade mínima para começar é seis anos. Em relação à idade máxima, depende

Praticantes de Stand Up no lago São Bernardo, em S.F.P. Foto: Cecilia Sanchez da disposição do praticante. Trata-se de um esporte que não oferece muitos riscos e que com a correta orientação é bastante seguro.

Saiba quais os benefícios que esse esporte oferece para os seus praticantes. Definição dos Músculos: trabalha os grupos de músculos situados em membros superiores, braços e tronco, assim como os grupos dos inferiores, pernas. Além disso, é excelente para ajudar na definição da barriga, uma vez que o abdômen é o responsável por estabilizar o corpo com uma série de movimentos. Coordenação Motora: Enquanto pratica o Stand up Paddle, o esportista precisa associar os movimentos do tronco, braços e pernas, ajudando a melhorar a coordenação.

Praticante de Stand Up em Ilha Grande, RJ. Foto: Cecilia Sanchez

12

Usina da cultura - Fevereiro 2014


Mantém a Postura: A prática correta exige que a coluna esteja sempre ereta, as pernas levemente flexionadas e o abdômen contraído. Isso faz com que o esporte seja totalmente seguro além de, a longo prazo, melhorar a postura. O abdômen é o principal responsável por preservar a coluna lombar. Protege o Coração: A circulação sanguínea aumenta e isso faz com que o batimento cardíaco bem como a frequência respiratória sejam alterados, trabalhando o sistema cardiovascular. Cuidados Antes de começar a prática do Stand up Paddle sozinho, é recomendável fazer algumas aulas com profissionais, para que o praticante entenda melhor como utilizar a prancha além de aprender técnicas de segurança para entrar e sair da água com o equipamento. É importante saber nadar. De qualquer forma, mesmo quem tem facilidade para se locomover na água deve usar colete salva-vidas. QUALIDADE DE VIDA!! Um dos principais

benefícios da prática de qualquer esporte é a melhoria da qualidade de vida. O Stand up Paddle é praticado em mares ou lagos, ao ar livre, e ainda contribui para que o corpo se exercite. Além de proporcionar mudanças na saúde, os impactos da prática constante dão a sensação de bem estar consigo mesmo. ESCOLAR, TURISMO E FRETAMENTO.

Vale a pena incluir o esporte na sua vida!

VANS, MICRO E ÔNIBUS

Fonte: http://beleza.culturamix.com/estetica/corpo/os-beneficios-do-stand-up-paddle www.transneves.com

RS-020 km 87, Vila Colinas. S.F.P.

(54) 3244-1095 - (51) 9364-7677 13


Agricultura Orgânica A

agricultura orgânica tem crescido a taxas elevadas no Brasil. Segundo dados divulgados em 2013 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, o mercado de produtos orgânicos se expande de 15% a 20% ao ano, abastecido por cerca de 90 mil produtores, dos quais aproximadamente 85% são agricultores familiares.

A agricultura convencional, que se difundiu em escala planetária a partir da chamada “revolução verde”, durante as décadas de 1960 e 1970, baseia-se, grosso modo, em: monoculturas; uso intensivo de compostos químicos sintéticos para melhoramento do solo e controle de pragas; uso de maquinário no processo de produção, do preparo do solo após-colheita; uso de sementes geneticamente adaptadas ao modelo de produção, e uso de fontes exógenas de energia em relação ao espaço produtivo, causando riscos ao produtor e ao consumidor, além de danos ambientais. Já a agricultura orgânica, segundo definição do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, é um sistema de produção que exclui amplamente o uso de fertilizantes e agrotóxicos e pesticidas sintéticos, reguladores de crescimento e aditivos para a alimentação animal. Esta, baseia-se num modelo tradicional de produção, retomando antigas práticas agrícolas, proporcionando maior equilíbrio aos ambientes naturais, através de práticas como: melhoramento de sementes, rotação de culturas, utilização de estercos animais, adubação verde pelo uso de leguminosas, biofertilizantes, minerais naturais e reaproveitamento de materiais orgânicos, tudo isso visando me-

14

Usina da cultura - Fevereiro 2014

lhorar a estrutura e a produtividade do solo, fornecer nutrientes para as plantas, controlar insetos, ervas daninhas e outras pragas.

Inovações tecnológicas Uma pesquisa, conduzida por Mauro José Andrade Tereso, professor associado da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), investigou as condições de trabalho e a inovação tecnológica no setor, trazendo as seguintes conclusões: Diante da ausência de ofertas tecnológicas no mercado, os agricultores orgânicos buscam soluções criativas e promovem a inovação, não apenas trazendo novos aportes tecnológicos para dentro da propriedade, mas desenvolvendo tecnologias muito específicas lá mesmo, bem como o desenvolvimento de soluções tecnológicas na forma de processos, de organização do trabalho e de comercialização de seus produtos. “Essa foi uma das conclusões mais interessantes de nossa pesquisa”, comentou Tereso. “Na agricultura convencional, o agricultor trabalha muitas vezes com um único tipo de produto, por exemplo, alface ou tomate. Já na agricultura orgânica, é comum os agricultores trabalharem com 15, 20, às vezes 60 itens diferentes. Encontramos uma propriedade com mais de 100 itens hortícolas produzidos, onde a família executava todas as tarefas no sistema de trabalho”, prosseguiu o pesquisador. “O Brasil é hoje o maior produtor de açúcar orgânico do mundo. Em meados da década de 1980, quando iniciou suas atividades, a produtividade da maior empresa do setor era infe-


rior à metade da média nacional. De lá para cá, essa empresa desenvolveu tecnologias próprias (maquinários, equipamentos, novos processos agronômicos, controle biológico de pragas etc.). Hoje, sua produtividade é 80% superior à média nacional. Isso mostra que, quando se conjugam conhecimentos tão abrangentes dos processos produtivos com recursos tecnológicos, a produtividade pode alcançar níveis surpreendentes, afirmou o pesquisador. Texto adaptado: exame abril Colaboração: Lougan Ribeiro

“...é um sistema de produção que exclui amplamente o uso de fertilizantes e agrotóxicos e pesticidas sintéticos, reguladores de crescimento e aditivos para a alimentação animal. “

15


Tecno Sapiens

Nem só de Facebook vive a internet!

N

o dia a dia da maioria das pessoas do mundo e, em especial, dos brasileiros, quase sempre está incluído muito tempo para a internet. Vejamos, segundo dados de pesquisas, como é utilizado este universo virtual: • As redes sociais, no Brasil, possuem 78,3 milhões de pessoas ou 79% dos usuários da internet, • Neste país, gastamos mais de 27 horas por mês online, quando a média mundial é de 24,7 horas, • Somos o país com o segundo maior número de usuários de Facebook (65 milhões) e de Twitter (41.2 milhões), • Maioritariamente somos jovens, 18% tem entre 18 e 24 anos, enquanto 30% tem entre 25 e 34 anos.

mente, ensinam como fazer uma diversidade de coisas, compartilhando informações úteis, em textos, fotos, aulas virtuais e vídeos tutoriais. Hoje em dia você pode aprender praticamente tudo, somente pelo fato de ter conexão à internet, interesse e um pouco de perseverança. Já não há desculpa para não ter acesso à educação, ou à oportunidades diferentes. Faça você também. Compartilhe seus conhecimentos! E utilize as redes sociais para difundir informações úteis e sadias!

:)

Os números assustam, principalmente quando sabemos que este é um mercado em rápido e constante crescimento, ou seja, seremos mais, em pouco tempo, seguindo o que ditam as redes sociais. Fomentar este mercado de troca de experiências e compartilhamento de conhecimentos, proporcionado pelas redes sociais, ao meu ver, pode ser divertido, mas “gasta” muito tempo. Na internet, existe uma infinidade de atividades a fazer. Não seria melhor utilizar parte do tempo para aprender coisas interessantes, que poderiam nos ajudar a crescer? Adquirir conhecimento é sempre muito bom, incentiva o crescimento pessoal e profissional. Existem milhões de sites de pessoas físicas, empresas, universidades, etc, que, gratuita-

16

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Alex D’ El Rei, informático por natureza e amante das novas tecnologias, filho de bytes e kbytes, números preferidos 0 e 1


Tecnologia

Isabela Sanchez tem 11 anos e adora descobrir novos jogos e aplicações para seu tablet. Veja algumas dicas sobre suas melhores descobertas.

DRAW A STICKMAN:EPIC

Almoço e jantar a partir de sexta 28/02 Sábado 01/03 à noite Música ao vivo

É

um jogo que estimula a criatividade e a inteligência das pessoas, com enigmas para decifrar e monstros para enfrentar. Também temos que desenhar várias coisas e pensar em como usá-las. No início do jogo, um personagem é raptado, então temos que salvá-lo. O jogo passa por vários mundos, onde há tesouros para encontrar. Labirintos e lugares diferentes para visitar. É uma aventura épica!!! Piratas, abelhas, dragões, pedras que lançam fogo, e muito mais estão esperando!! Decarregue e prove, você vai gostar! Disponível para iPhone, iPad, Android, e Windows 8.

Para mais informações ou reservas ligue:

(54) 3244-2853 E-mail: village@villagedaserra.com.br

www.villagedaserra.com.br Av. Júlio de Castilhos, 1650• São Francisco de Paula • RS

Traga a revista e ganhe 5% desc. em produtos 10% desc. em serviços INFORMÁTICA

SUPER OFERTA Wi-Fi Roteadores Venha Conferir!

5 ANOS Garantia

Temos licença do antivirus Rua Barão de Sto. Ângelo, 400 • Centro • São Francisco de Paula / RS E-mail: suporte.up@hotmail.com • Fone: 54 3244 - 3654

Tela de início e tela de mapas com as fases do jogo

17


Curiosidades

Sabia que... ... As pessoas revisam seus smartphones até 150 vezes ao dia? Segundo um estudo recente, quem possui um Smartphone o revisa a cada 6 minutos e meio, em média.

...Os cavalos marinhos capturam 90% de suas presas? Suas vítimas, os crustáceos, não escapam de seu focinho e de seu sigilo, pois, por ser muito lento, quase não movimenta a água, não sendo percebido pela vítima quando se desloca. Pode pegar sua presa a 1mm de distância.

...Os musgos são vegetais simples, pois carecem de raízes, talho e folhas?

São plantas criptógamas, isto é, que possuem o órgão reprodutor escondido, ou que não possuem flores e nem sementes

18

Usina da cultura - Fevereiro 2014


Rincão poético Este é um poema de amor tão meigo, tão terno, tão teu... É uma oferenda aos teus momentos de luta e de brisa e de céu... E eu, quero te servir a poesia numa concha azul do mar ou numa cesta de flores do campo. Talvez tu possas entender o meu amor. Mas se isso não acontecer, não importa. Já está declarado e estampado nas linhas e entrelinhas deste pequeno poema, o verso; te deixará pasmo, surpreso, perplexo... eu te amo, perdoa-me, eu te amo!!! Cora Coralina

Abandono Sob o prisma desta luz o que era loucura agora é necessidade; Sob o prima desta luz o que era rotina agora é maldade; Sob o prisma dessa luz o que era desespero agora é cumplicidade; Sob o prisma desta luz minh’a mente abandonou a sanidade; Sob o prisma desta luz a vontade é tanta que esqueço as afinidades; Morro sob o prisma desta luz. A noite é do crime e o dia é do arrependimento. E assim eu perco os argumentos. Daiana Michaelsen Mergener

Atenção poetas! Este é seu espaço!

Estamos ansiosos por receber seus poemas e poesias para serem publicados nesta seção. Participe! Envie e-mail para

info@usinadacultura.com para mais informação

www.usinadacultura.com 19


Ilustração de Renan Moraes. Técnica: Pintura digital. Você desenha? Pinta? 3D? Escultura? Mosaico? Algum tipo de arte visual??? Então este é teu espaço! Mais info no info@usinadacultura.com


Profissão: TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

O Técnico em Automação Industrial é o profissional capaz de entender, instalar, adaptar e dar manutenção em processos industriais, transferindo conhecimentos e habilidades para fazer frente à constante evolução tecnológica provocada pela complexidade dos processos produtivos e pelas mutações tecnológicas na fabricação de equipamentos. Pode atuar de forma autônoma ou vinculado a empresas do setor, considerando encontrar aplicabilidade em um amplo mercado, considerando-se que, hoje em dia, praticamente todas as áreas de atividade industrial encontram-se automatizadas. http://es.answers.yahoo.com/question Executar projetos de máquinas inteligentes, componentes robotizados e sistemas de integração e automação industriais (redes industriais) é função desse tecnólogo. Ele gerencia processos industriais e acompanha o desempenho dos equipamentos de linhas de produção automatizadas. Desenvolve e instala sistemas digitais, softwares e linguagens de programação de máquinas e equipamentos. Faz também sua manutenção. Atua em vários setores industriais, como petroquímico, de bebidas e de papel e celulose. Pode ainda desenvolver produtos de eletrônica, instrumentação, controle, operação e supervisão de processos industriais. O objetivo é sempre otimizar os processos e reduzir os custos industriais. http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes

Tele-entrega

Noite

Terça à quinta e domingo, à la carte. Sexta e sábado, rodízio de pizzas e à la carte.

Rua Júlio de Castilhos 1099 São Francisco de Paula

21


D ROGAS:

um problema meu, teu ou nosso? O

uso de substâncias que produzem efeitos sobre o sistema nervoso central sempre existiu em todas as sociedades e acompanha o ser humano na busca de sensações prazerosas, para atenuar sentimentos de tensão e angústia, além do uso ritualístico em práticas religiosas e festividades. Nas últimas décadas houve um aumento no consumo não só das substâncias lícitas (álcool e tabaco), mas também das ilícitas (cocaína, crack, ecstasy...) e com experimentação em idades cada vez mais precoces, tornando o uso potencialmente mais danoso física e psiquicamente, com elevadas taxas de comorbidades clínicas e psiquiátricas. Na atualidade se compreendem melhor os mecanismos de ação das drogas e sabe-se que compartilham um mecanismo biológico comum e ativam o sistema de recompensa cerebral. A demora para iniciar tratamento e a terapêutica inadequada pioram o prognóstico e reforçam a ideia de que esses pacientes têm “difícil recuperação”, pois o uso de SPA (substâncias psicoativas = drogas) pode evoluir para a dependência química, que se define como doença crônica biopsicossocial resultante da interação com substâncias psicoativas que inclui a compulsão repetitiva e intensa de consumo com a finalidade de experimentar efeitos psíquicos e físicos ou evitar o desconforto que sua falta ocasiona. Cerca de 40% dos leitos hospitalares em enfermarias gerais são ocupados por pacientes com problemas direta ou indiretamente relacionados ao uso de drogas. E, mais de 50% das internações psiquiátricas estão relacionadas ao uso nocivo/abusivo de álcool e drogas.

22

Usina da cultura - Fevereiro 2014


Possibilidades de tratamento: • Pacientes motivados em regime aberto: Ambulatórios de saúde mental e/ou CAPS (Centros de atenção psicossocial); Consultórios públicos e privados; Grupos de Mútua Ajuda; Hospitais – dia; • Pacientes motivados (ou não) em regime fechado: Hospitais gerais; Hospitais psiquiátricos; Clínicas de tratamento; Comunidades terapêuticas; • Farmacologia: Dentre os principais objetivos da intervenção farmacológica destacam-se: o auxílio na aquisição da abstinência; controle dos estados de intoxicação; tratamento de comorbidades psiquiátricas; controle sobre a fissura ou “craving”; auxílio na recuperação do controle sobre os impulsos (ou compulsão) , os quais muitas vezes leva o indivíduo a recaídas frequentes.

As principais dificuldades do tratamento: As expectativas irreais do paciente, que acredita ser o processo mais fácil do que parece; a manutenção do consumo da droga; as recaídas; e o próprio efeito químico da SPA que provoca intensa fissura (desejo imediato de consumo acompanhado por forte ansiedade), que ocorrem ao longo do primeiro ano de abstinência total. A taxa de recaída é alta, principalmente em pacientes internados, que sentem uma falsa sensação de segurança após um programa de prevenção bem estruturado. A recaída não é um sinal de pouca motivação e não anula os ganhos já conquistados pelo tratamento; faz parte dos altos e baixos do processo terapêutico e da própria vida, não é previsível, nem inevitável, mas os profissionais de saúde ensinam os dependentes a enfrentar os estímulos, detectando as situações de risco (bar, cansado, triste ou nervoso). A dependência química, por se tratar de uma

doença multifatorial, requer ações e intervenções multiprofissionais e apoio familiar. Vemos, além do constante surgimento de novos medicamentos para o tratamento, avanços no entendimento e no manejo, bem como nas condutas terapêuticas com a consequente diminuição de preconceitos e tabus. Enquanto cidadãos, precisamos cobrar ações que incrementem as políticas públicas relativas a este tema, pois o enfrentamento da epidemia das substâncias psicoativas está na prevenção: educação, tratamento e repressão ao tráfico. Sejamos agentes de mudança e evitemos que amanhã um de nossos familiares seja mais uma “vítima” da drogadição. No dia 13 de Janeiro de 2014, o Hospital São Francisco de Paula completou 5 anos de atendimento a pacientes dependentes químicos (álcool e droga) e psiquiátricos no setor de saúde mental.

“A dependência química, por se tratar de uma doença multifatorial, requer ações e intervenções multiprofissionais e apoio familiar. “ NARCÓTICOS ANÔNIMOS EM SÃO CHICO Rua Frederico Tedesco, 93 (Igreja Matriz) Sábados ás 19:30h Participação gratuita

Pscicóloga Claudia Simone Dalanholi Psicologia clínica - Clínica Médica Jane - SFP Coord. Adm. do Setor de Saúde Mental do Hospital São Fco de Paula

23


Viver bem

Cuidados com a postura

D

o nascimento até o fim da adolescência, há uma grande variação fisiológica na postura e na mobilidade da coluna. Por isso, podemos considerar esse período precioso para aquisições de hábitos posturais saudáveis. Muitas vezes, a criança utiliza a mochila de forma inadequada, o que em longo prazo poderá ocasionar alterações na coluna vertebral, gerando dor e interferindo na qualidade de vida. Trabalhar a postura das crianças e adolescentes não significa apenas evitar que eles tenham futuros problemas de coluna, mas uma postura equilibrada pode gerar benefícios em sala de aula, como melhorar a atenção e o rendimento escolar. ERRADO

ERRADO

Não deixe a mão ficar para trás do corpo, pois isso pode sobrecarregar a coluna. Além disso, não segure a mochila com as duas mãos, pois o ombro tende a se desorganizar, girando excessivamente para dentro. CERTO

Mantenha a mão ao lado do corpo. 24

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Evite a postura da esquerda, pois ela pode desencadear escoliose (desvio lateral da coluna). Utilize o apoio das alças da mochila nos dois ombros (uma em cada ombro). A sobrecarga de peso é prejudicial para a coluna e para as articulações do quadril e joelho. Observe se a mochila ultrapassa a altura da linha do quadril; isso pode gerar uma tensão excessiva na coluna, provocando desconforto e dor.


CERTO

Quieres hablar español? Clases particulares Traducciones Português - Español

Moisés - (54) 9958-4087

Regule a mochila para que ela não ultrapasse a altura do quadril. O ideal é carregá-la usando como apoio os dois ombros. Além disso, o peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso corporal do indivíduo. Exemplo: se seu filho pesa 40 kg, o peso de sua mochila não deve ultrapassar 4 kg.

Cuide da postura de seu filho, ela é fundamental para uma vida futura saudável!

Confecções · Masculino Feminino · Infantil · Bijou

Sua família sempre na moda (54) 9951-6144

R. Getúlio Vargas, 50 - Centro - SFP

Lisiane Inês Thewes, graduada em Fisioterapia pela Universidade Feevale e instrutora de pilates.

Horário de funcionamento das 7:30 as 21h de segunda a sexta; sábado 7:30 as 20h

Av. Júlio de Castilhos, 530 - Centro

Funerária Basei PLANTÃO 24H

Dança do Ventre Numerologia Cura Quântica Fone: (54)3244-2961

Av. Júlio de Castilhos, 1389 • São Chico kuanyinsaofrancisco@gmail.com

Tudo em mármores e granitos Serviços de remoção Tel:

3244-1330 • 9969-5908 • 9996-6747 R. Borges de Medeiros, 90 • Centro • S.F.P. 25


Viver bem

Saúde

Sabe o que significa FPS ? O FPS (Fator de Proteção Solar) mede a capacidade de proteção do filtro em relação à radiação ultravioleta B, quer dizer, indica sua efetividade. O FPS sugere a relação entre o tempo em que a pessoa pode ficar exposta à luz solar usando filtro, antes de se queimar. Por exemplo: uma pessoa que está sem filtro solar e fica exposta ao sol demora 1 minuto para ficar com a pele vermelha. Se ela aplicasse um filtro FPS 15, demoraria 15 minutos para ficar com a pele vermelha. O valor da proteção contra os raios ultravioleta, a (FPUVA), segundo legislação recente, deve estar presente nos filtros solares e corresponder a, no mínimo, 1/3 do valor do FPS do produto.

Como usar seu Protetor Solar Para uma proteção completa é necessário passar o protetor 15 minutos antes da exposição ao sol e reaplicá-lo a cada duas horas. É indicado reaplicar após banho de mar ou piscina, suor excessivo ou atrito, mesmo que o protetor diga que não sai na água. Lembrando-se que o rosto exige um produto específico. Por ele ser mais oleoso que o corpo, o ideal é optar por um protetor solar oil-free ou em gel. O protetor solar deve ser aplicado no corpo inteiro. É necessário espalhar o produto e massagear a pele até que o mesmo seja completamente absorvido. Utiliza-se aproximadamente de 30 a 40 ml do produto para o corpo inteiro, o que corresponde a uma xícara de café:

26

Usina da cultura - Fevereiro 2014

- Rosto: uma colher de chá - Tronco e Braços: duas colheres de sopa - Pernas: duas colheres de sopa Não se esqueça de proteger os cabelos e lábios, utilizando cremes específicos com proteção solar, bem como chapéus ou bonés para proteger os cabelos. Batons com filtro protegem os lábios. Cuidado especial com as crianças, elas necessitam de um protetor específico infantil, com FPS mínimo de 50, não abrindo mão do chapéu e roupas leves. O Protetor Solar é um cuidado diário. Não saia de casa sem, mesmo no inverno ou em dias nublados. O uso do filtro solar protege a sua pele evitando o aparecimento de manchas, mantendo-a mais jovem e bonita.

Letícia Liesenfeld, Farmacêutica Graduada na UFRGS, Especialista em Homeopatia e Pós-Graduada em Acupuntura. Artesã de Patchwork nas horas vagas. Trabalha atualmente na Agafarma


CONCURSO FOTOGRÁFICO

Tema do mês: Férias! Quer participar?

Envie sua foto para

info@usinadacultura.com

As fotos serão postadas no facebook da Usina da cultura e a mais votada será publicada na página central da próxima revista. Se sua foto for a escolhida, você ganha uma camiseta da Usina!

Você pode enviar sua fotografia até o dia 30 de FEVEREIRO e as votações serão feitas pelo facebook até o dia 5 de MARÇO.

www.facebook.com/usinadacultura

Quanto antes você enviar, mais curtidas poderá conseguir! Requisitos mínimos da imagem: 300dpi com largura 30cm, altura 20 cm. Mais informações em

www.usinadacultura.com PARTICIPE! 27


Foto de Mateus Barcelos, Vencedora do concurso fotogrรกfico Click! Janeiro 2014 www.usinadacultura.com


Gosta de escrever? Estamos esperando sua crônica! Mais info no e-mail info@usinadacultura.com

Bonecas em caixas Texto : Rosana Martins

Guardadas, dentro do guarda-roupa, no

quarto dos pais. Como se já não bastasse estarem nas caixas. Intocáveis. Definitivamente fora de alcance. Fora do brincar. Longe das mãozinhas de Ana. Ainda assim, eram suas, as bonecas. Havia ganhado do pai que fez uma viagem para Europa. Coisa chique e para poucos na época. Trouxe mimos para todos. Para a filha caçula, bonecas. Lindas. Uma de cada país visitado. A da Itália dava-se corda, e ela ninava seu bebê ao som parecido com caixinhas de música. Um encanto! A da França, uma noivinha, vestidinho todo rendado, um luxo. O soldadinho da guarda real britânica então, um amor. A boneca portuguesa tinha sete saias. A espanhola, uma bailarina de flamenco. Guardadas, enclausuradas dentro de caixas. “Se tu pegar toda hora vai estragar. Não vê que suja assim? Deixa aí... pra mostrar o que tu ganhou do teu pai”. Era o que ouvia quando ficava sentada ali, em frente ao guarda-roupa com as portas abertas. Só olhando. Olhando e dando nomes a elas, imaginando como seria bom levá-las para o pátio e brincar. Simples, brincar. É para isso que servem bonecas, não? Brincar. Abraçar, tirar e colocar as roupinhas. Posicioná -las em diversas situações imaginárias. Enfim... o vínculo normal entre uma menina e suas bonecas. Quando chegavam visitas, Ana vibrava. Sabia que a mãe diria: “Vai lá no quarto. Busca as bonecas que teu pai te trouxe da Europa”, enchia a boca quando falava “Europa”. Para isso que serviam. Exposição. Para brincar Ana tinha a Pedrita, sua boneca de estimação. Personagem dos Flinstons. Já toda esgualepada. Sem o ossinho na cabeça. Os cabelinhos cortados,

30

Usina da cultura - Fevereiro 2014

unhas e bocas pintadas com esmalte. Não tinha mais sua roupinha original. Ficava peladinha mesmo. Pra cima e pra baixo nos braços da moleca. Ahhh! O que Ana não faria com aquelas, quase contos de fada, guardadas no armário, dentro das caixas, no quarto dos pais. É claro que faria misérias. Pois efetivamente brincaria. Brincaria. As bonecas sairiam das caixas. A menina tomaria posse daqueles presentes de exposição. Daria vida a elas. Ana trocaria os trajinhos, passaria a tesoura naqueles cabelinhos, quem sabe maquiagens definitivas, com esmaltes coloridos naqueles rostinhos. Novos looks conforme as situações imaginadas no brincar. Poderiam ser mães ou filhinhas, donas de casa ou artistas de TV. Poderiam ser o que Ana quisesse. Até mesmo daminhas de companhia como Pedrita. A boneca que não ficou em caixa, longe de ficar guardada. Pedrita estava sempre por perto. Brincando. Nas suas mãos.

Foto: Jader Klein


Domingo Texto : Laerte da Silva Dorneles

O

marido, sentado na poltrona, e os filhos no sofá, assistindo ao jogo. Ela na cozinha terminando de lavar a louça, chega o caçula. - O pai mandou a senhora fazer bolo frito. Quando era moça queria ser dentista, mas os pais, com o orgulho quebrado, a obrigaram a deixar o colégio e casar, já grávida de seis meses. Desde então é dona de casa, algo que abominava quando adolescente. Enquanto começa a fazer a massa, vê através da janela os pingos da chuva ao som do monótono tic-tac do relógio e, sem querer, lembra dos sonhos e das ideologias de outrora. Sente um vazio em seu interior, se considerando alguém sem movimento próprio. Imagina uma vida nova e constrói todos os detalhes. Assim estupra a verdade que se cobra e segue reprisando um dia após o outro como se fosse vida.

Autor imagem: Iberê Camargo

Encontro com a natureza Texto : Mercedes Sanchez

A

s férias de verão nos trazem novas experiências. É como reiniciar cada jornada com a expectativa do novo, do que nos depara esse dia sem o compromisso da rotina diária. O contato com a natureza nos encanta de todas as formas. As ondas incessantes do mar, nesse vaivém infinito, nos transporta a outros mundos e vemos que em qualquer país que estejamos o encanto do mar nos envolve em uma sinfonia sem par, transportando nosso ser com a leveza dos sonhos da juventude. As cores de azul intenso ou esverdeado nos fazem sentir o encanto da vida que oculta em suas entranhas, permitindo-nos submergir nesse mundo desconhecido. A placidez dos dias calmos nos relaxa, e a força de sua bravura nos impregna de vitalidade. O nascer do sol no mar é um espetáculo fascinante que transmite a continuidade da vida,

manifestando-se nas mais diferentes formas e características em sua energia renovadora. Cada dia é único na roda da vida. O verde das árvores e o trinar dos pássaros completam o entorno neste encontro com a natureza que transforma e revitaliza nosso ser.

31


A fotografia de paisagem como forma de arte

32

Usina da cultura - Fevereiro 2014


C

onsiderada, por muitos, uma forma de expressão artística, a fotografia é hoje uma das mais usadas, e mais bem quistas, ferramentas de comunicação, talvez justamente pela expressão clara da cena registrada. Como dizem: uma imagem vale por mil palavras, ou pelo contrário, pois a imagem pode deixar uma vasta gama de interpretações. Talvez, ainda, pelo fato de não se precisar ficar lendo, como é o caso da comunicação escrita. Mas nem sempre passamos, através de uma fotografia, a beleza da cena que vemos, ou que pensávamos captar, pois a maioria dos equipamentos de hoje, mais voltados para o instantâneo, como é o caso dos smartphones e tablets, não oferecem qualidade e recursos para tal. Um tipo de fotografia cada vez mais difundido como arte é a fotografia de paisagens, e um dos seus principais intuitos, para muitos fotógrafos, é transmitir uma visão dotada de beleza, o que faz com que as pessoas passem a apreciar um cenário que, por ser corriqueiro, às vezes passa despercebido. Ela vem despertando cada vez mais o gosto de novos artistas, embora nem todos se satisfaçam com os resultados obtidos com suas máquinas. Não que se precise ter um superequipamento para fazer esse tipo de fotografia, mas o fato é que é necessário muito estudo e dedicação para se tirar o melhor desta arte, assim como de qualquer outra. Não é simplesmente apontando a câmera para um cenário e apertando um botão que teremos uma foto digna de capa de revista. A facilidade de se fazer fotografias, oriunda dessa era digital, ilude um pouco os

principiantes. É preciso estudar para se ter o controle real dos fatores que influenciam na qualidade do registro, assim como era feito na época analógica (dos filmes). Há os que tenham o “dom da coisa”, sim, mas estes são exceção. E os artistas natos também se aperfeiçoam com o estudo. Ansel Adams não nasceu sabendo tudo. Mesmo Marc Adamus, tido como o melhor fotógrafo da era digital, estudou para fazer o que faz, e muito! Na fotografia de paisagens, pode-se dizer que não existe controle do fotógrafo sobre as condições das luzes, então conhecer previamente as variações de iluminação do cenário é fundamental. E muitas vezes o tempo não colabora, daí se faz necessário voltar várias vezes ao mesmo local. Parece uma tarefa cansativa, mas faz parte do aprendizado e, para quem é apaixonado por este lado artístico, compensa. Dizia o grande fotógrafo brasileiro Alex Uchoa: “boas fotos vêm de um somatório de oportunidade e preparação”. Esta preparação provém de muito estudo e muita prática. As oportunidades de se fazer belos registros (as condições espetaculares de luz) seguidamente aparecem, basta esperar ou procurar. Que tenhamos, então, enquanto artistas, a preparação necessária para transformar nossas capturas em obras de arte. Parafraseando o Henri Cartier-Bresson: “Fotografar é colocar na mesma linha de mira, a cabeça, o olho e o coração”. Precisamos deixar nossa cabeça pronta para que, no momento certo, a alinhemos harmonicamente com nosso olho e coração.

Texto e foto: Sílvio André Kronbauer Artista fotográfico especializado em Landscape & Nature Photography.

33


Eco Motor

Vícios e manias ao volante A

lguns vícios ao volante são passados de geração para geração sem sequer serem questionados. Mas, os veículos atuais dispensam essas manias. Entenda por que. Algumas manias que devem ser evitadas - Embreagem: Pé apoiado sobre o pedal da embreagem acelera o desgaste do disco, molas e rolamentos em até 40%. - Mão no câmbio: Dirigir com a mão pesando sobre a alavanca de marchas força o trambulador (peça que leva o movimento que se faz na alavanca de câmbio para o câmbio) e seus terminais, que podem desgastar-se excessivamente. - Quebra-molas: Passar na lombada transversalmente (cada roda de uma vez) pode danificar as buchas da suspensão, amortecedores e rolamentos. Além disso, provoca maior torção da carroceria, o que pode empenar o monobloco. - Banguela: Usar o ponto morto nas descidas não economiza combustível nos veículos que têm injeção eletrônica. Essa prática aumenta o consumo, além de sobrecarregar o sistema de freios, que não poderá contar com o freio motor para auxiliá-lo. - Pegar no tranco: Deve ser evitado em carros com injeção eletrônica, pois, se a bateria estiver arriada, a central eletrônica não funcionará com menos de 8 volts e, mesmo que o motor funcione, há o risco da correia dentada não suportar o tranco e “pular alguns dentes”, quebrando a harmonia de funcionamento do motor e criando o risco de empenar as válvulas. Nesse caso, o prejuízo é grande!

34

Usina da cultura - Fevereiro 2014

- Última acelerada: Esse hábito de acelerar antes de desligar o carro serve apenas para desperdiçar gasolina e aumentar as chances de danificar o motor. Isso porque o combustível não queimado irá “lavar” o óleo das paredes do cilindro do motor. Quando ligar o carro novamente, anéis e pistão vão funcionar, por alguns instantes, sem lubrificação e desgastar mais rápido. - Braço na janela: Motorista que dirige com o braço na janela corre o risco de não conseguir fazer manobra de emergência. - Não esquente: Veículos mais novos não precisam ser aquecidos antes de entrar em movimento. - Estacionamento: Apoiar o pneu no meio-fio faz com que ele sofra a pressão do peso do veículo. Isso pode gerar uma deformação na estrutura, alterar a capacidade de resistência e uniformidade do pneu, além de afetar as condições de balanceamento do conjunto rodas/pneus.


+ de 2500 cores feitas na hora!

- Buracos: Se não puder desviar do buraco, não freie. Com a roda travada, o impacto é muito maior, o que sobrecarrega a suspensão e o próprio sistema de freios. A roda venceria este obstáculo muito mais facilmente, se estivesse em movimento.

construfacilcc@gmail.com

(54) 3244-2083

Rua Benjamin Constant, 361 - Centro - SFP

Loja de conveniência

- Direção hidráulica: Não gire o volante com direção hidráulica com o motor desligado. Isso pode forçar a tampa do reservatório, causando derramamento de fluido ou, até mesmo, deslocar a tampa. Mesmo com o motor funcionando, não se deve deixar o volante completamente virado por mais de 15 segundos. Nessa condição, o óleo é bastante aquecido pela bomba da direção hidráulica, o que pode causar danos no sistema e ruídos.

Garantia de combustível puro 100% PURO

Gaspar Martins 61- Centro

- Chuvas: Evite passar por locais alagados quando a água ultrapassar a metade da roda. Fonte: http://www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal78/utilidade_carros.aspx Rua Benjamin Constant, 504 Bairro Centro São Francisco de Paula/RS Fone: (54) 3244.1555 www.redemac.com.br

Av. Júlio de Castilhos 811, conj. 07 São Francisco de Paula • RS masplam@masplam.com.br (54) 3244-2313 www.masplam.com.br

35


Marie Curie: A rainha do rádio

H

á um século, uma jovem pesquisadora polonesa surpreendia a ciência com a descoberta da radiatividade. Marie Curie é, até hoje, a única mulher no seleto grupo de cientistas que ganharam dois prêmios Nobel. Parece um conto de fadas. Marie Sklodowska – depois, Marie Curie – era uma menina pobre, de inteligência extraordinária, filha de um professor polonês de Física e Matemática. O pai foi infeliz nos negócios e levou a família à ruína. Marie e sua irmã, Bronia, foram obrigadas a trabalhar para viver, mas nunca desistiram do projeto de cursar uma faculdade. Só que não havia vagas para mulheres em cursos superiores de ciência na Polônia. Marie empregou-se como governanta, em Varsóvia, para sustentar os estudos de Medicina de Bronia em Paris. Depois, trocaram. A irmã, trabalhando na Polônia, sustentou o curso de Física de Maria na Sorbonne. Em Paris, vivia no limite da miséria. Passava a pão, manteiga e chá. Formou-se, em 1893, aos 26 anos, em primeiro lugar. Um ano depois formou-se também em Matemática, em segundo lugar na turma. Conheceu, então, Pierre Curie, um professor de 35 anos, de quem herdaria o nome. Casaram-se e foram trabalhar juntos no laboratório dele. A sorte lhe sorria. Em 1896, pesquisando para o doutorado, interessou-se por um novo fenômeno, a emissão de raios pelos sais de urânio, descoberta naquele ano pelo físico Antoine Becquerel (1852-1908). Marie aprofundou as pesquisas e descobriu que a radiatividade, como ela mesma batizou, era uma propriedade dos

36

Usina da cultura - Fevereiro 2014

átomos. Ou seja: compostos diferentes de urânio emitem a mesma quantidade de raios se tiverem a mesma quantidade do elemento radiativo. Sua maior descoberta veio em 1898, quando apresentou ao mundo dois novos elementos radiativos: o rádio e o polônio. Em 1903, tornou-se a primeira mulher na França a obter o título de doutor. No mesmo ano, ganhou o Prêmio Nobel de Física junto com o marido, Pierre, e Becquerel, pelos trabalhos sobre a radiatividade. Em 1906, Pierre morreu tragicamente, atropelado por uma carruagem. Marie dedicou-se como nunca à ciência e às duas filhas – uma delas, Irène, ganharia o Nobel de Química em 1935. Em 1911, depois de se tornar a primeira mulher a lecionar na Sorbonne, Marie Curie ganhou o segundo Nobel, agora em Química, pela descoberta dos novos elementos. Tornouse mundialmente famosa. “Ela foi a única pessoa a quem a glória não corrompeu”, disse Einstein. Na época em que Marie pesquisava, os efeitos cancerígenos da radiatividade eram desconhecidos. Ela manipulava, sem proteção, até 20 quilos de compostos radiativos. E dormia com sais de rádio ao lado da cama, para vê-los brilhar no escuro. Em 1934, com 67 anos, morreu de leucemia, causada provavelmente pela contaminação. Até hoje, seus diários de pesquisa não podem ser manipulados por causa do seu alto grau de radiatividade. http://super.abril.com.br/ciencia/rainha-radio-443873. shtm


Marie Curie descobriu o Rádio e o Polônio, e ganhou dois prêmios Nobel na área científica.

37


Veja bem...

Regresso à escola

A

ssim como quando iniciamos as férias estávamos cheios de expectativas e ilusões respeito aos dias felizes que nos esperavam, para alguns nas praias, ou no campo, ou rios da região, na casa dos avós, na piscina ou desfrutando com os amigos ou familiares, agora estamos novamente na expectativa do que nos depara este novo ano letivo, de trabalho e de assumir responsabilidades. É importante que iniciemos com força, com garra, colocando o melhor de nós, pois essa força é a que vai determinar o rumo de nossa caminhada. Durante o ano, entrando na rotina, é como se nos desgastássemos, e de pronto, o que era novidade passa a ser monótono e cansativo. Assim, o início requer planejamento, entusiasmo, preparação e forças renovadas. Novos alunos, novos professores, novos colegas. Que maravilha a oportunidade que temos

38

Usina da cultura - Fevereiro 2014

de reiniciar sempre nossa caminhada neste processo de aprendizagem contínuo. Diversos cientistas trabalharam desenvolvendo teorias e metodologias de aprendizagem. Muitos profissionais interessados em descobrir a forma que melhor possibilite que todos aprendamos, dentro das características individuais de cada um. Todo este conhecimento nos chega por meio da explicação teórica dos professores, dos livros de estudo, do meio social e de informação que recebemos. Agora, apropriar-nos do conhecimento requer esforço, prática e trabalho. A escola é o laboratório onde desenvolvemos este conhecimento, através da aquisição de habilidades que nos permitem desenrolar esse mundo intelectual que amplia nossa visão de mundo e nos faz aptos para conviver e situar-nos na sociedade e no mercado de trabalho ampliando cada vez mais nossas capacidades.


Para o ingresso dos mais pequenos, tanto pais quanto professores devem estar atentos ao processo de adaptação, pois não é fácil sair de um mundo seguro, individualizado, de proteção familiar, carinho e amor, para um mundo compartilhado, sem a presença da figura materna. As crianças passam a ser atendidas por professores, que com o melhor preparo e intenções, precisam dividir a atenção num grupo maior, onde todos estão na mesma situação. Além disso, devemos prestar atenção ao desenvolvimento da criatividade e da sensibilidade como processo natural e espontâneo na criança pequena. A escola infantil e os primeiros anos do ensino fundamental devem oportunizar este desenvolvimento através da ludicidade, da contação de histórias, levando a criança a desenvolver seu imaginário criativo. Logo entram em jogo outros fatores como a socialização, a alfabetização, o domínio da lecto-escritura e a resolução de problemas.

Cada etapa escolar tem um significado profundo na vida do aluno e é responsabilidade da escola que em cada etapa este desenvolva as habilidades pertinentes a cada estágio da vida escolar. Mas deve ficar muito claro que é um processo que ninguém realiza sozinho. Por isso é fundamental que aluno, professores e pais caminhem na mesma direção. Bem-vindos todos, alunos, professores e pais a este novo ano letivo. Que seja um ano feliz, de aprendizagem e de realizações para todos nós.

Mercedes Sánchez, educadora de longa trajetória na educação brasileira, com a constante preocupação de procurar meios que possibilitem o desenvolvimento do ser humano.

Dra. Daniela Valim Bohrer

Cristiane Goetz Eventos Sociais E-mail: crisgoetz@gmail.com - T: 54 8167•8337 Blog:cristianegoetz-eventos.blogspot.com.br São Francisco de Paula - RS

Cirurgiã • Dentista CRO 8122

(54) 3244-2025

Novo ereço! end (54) 3244-4093

R. Cel Lulu Machado,195 - Centro

Av. Júlio de Castilhos 340 sl 107 • Centro São Francisco de Paula- RS

(54) 3244-1007

Moda femenina e acessórios Manicure com hora marcada Av. Júlio de Castilhos, 322 sl.1 Centro - (54) 3244-2138

A loja que encanta com o charme da moda íntima

O sonho de comprar seu carro e o sono tranquilo ao pagar !

lingerie e camisolas

(54) 3244-3235 R. Assis Brasil, 435 São Francisco de Paula

Cel. Lulu Machado, 597. Centro

39


Veja bem...

Como surgiram as Universidades? A

primeira universidade de que se tem notícia é a de Bolonha, Itália, criada em 1150. Naquela época o conhecimento era privilégio de poucos e apenas quem podia pagar se associava a outros interessados para contratar um professor sobre algum dos temas das chamadas “essências universais”. Daí o nome de “universidade”. No fim do século XII, a universidade de Bolonha incorporou o primeiro curso de Direito com as disciplinas de retórica, gramática e lógica. A segunda universidade mais antiga é a Universidade de Paris (Sorbonne), fundada em 1214. Antes disso, as únicas instituições comparáveis às universidades eram os mosteiros, que se dedicavam ao estudo da teologia, filosofia, literatura e eventos naturais sob o ponto de vista da religião. Em 1158, os alunos de Bolonha, que eram em sua maioria estrangeiros, ganharam imunidade contra algumas prisões, foram dispensados de pagar impostos e do serviço militar. Na

40

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Universidade de Paris, eles eram poupados da Justiça Comum e, conquanto não cometessem heresia ou ateísmo, só podiam ser julgados por tribunais eclesiásticos. Até os campus surgiram de uma necessidade: a de garantir a ordem e a paz. Visto que os estudantes eram, em sua maioria estrangeiros, havia certa desconfiança, e vez ou outra acabavam ocorrendo conflitos com os moradores locais. O surgimento das universidades na Europa possibilitou a disseminação do pensamento crítico que acabaria por desencadear o Renascimento e, mais tarde, o Iluminismo. No Brasil, foi fundada em 1808, a Escola de Cirurgia da Bahia. A primeira dedicada ao ensino superior em terras brasileiras. Mais tarde, vieram as Faculdades de Direito, uma em São Paulo e outra em Olinda, em 1927. E, por fim, a primeira universidade de fato (com cursos de diversas áreas), a Universidade do Rio de Janeiro, criada em 1920. Texto adaptado de: http://www.infoescola.com/historia/ como-surgiram-as-universidades/


História

Um holandês fascinado pelas paisagens brasileiras

I

niciado no ofício artístico pelo pai, um respeitado pintor de vitrais, o holandês Frans Post conheceu Maurício de Nassau-Siegen por meio do irmão, Pieter, arquiteto particular de Nassau. Durante sua estada na América portuguesa (1637 a 1644), Post fez várias viagens, sempre pintando as paisagens das regiões visitadas. Adepto do estilo realista, o artista holandês pintava o que via com um senso agudo de observação. Relatou a paisagem, os índios, os animais, as flores, e os frutos do Nordeste da colônia, criando um vasto material informativo e científico sobre a região e transpondo para nossa paisagem os padrões de composição, luz e cor holandeses. O maior mérito de Post foi o de ter registrado as paisagens da América portuguesa pela primeira vez, de modo sistemático e artístico. Algumas de suas obras mais belas são: Paisagem brasileira, Cidade Frederícia, na Paraíba, Paisagem brasileira com nativos dançando e capela e Paisagem com plantação (O engenho).

Fonte: Dicionário biográfico São Paulo, Abril, 1972, v2,p587.

lãs, linhas, artigos infantis, tricô

Tel: (54)3244-1368 Av. Júlio de Castilhos, 852 S. Fco. de Paula - RS

Skate - Acessórios e Moda Jovem Renato e Viviane (54) 9685•1554

Av. Assis Brasil, 467 - São Francisco de Paula - RS e-mail: viviane.barth.vb@hotmail.com

Cortes Unissex - Hidratação Escova Progressiva - Marroquina Mechas - Penteados - Definitiva Californiana - Luzes - Maquiagem Manicure e Pedicure

Pintura de Frans Post, “Fazenda” de 1652.

(54) 9643 • 0061

Rua Marechal Floriano Peixoto, 449 SFP - RS e-mail: viviane.barth.vb@hotmail.com

41


Conta conto

O caçador de borboletas

V

ladimir recebeu de presente um equipamento para caçar borboletas. O pai explicou-lhe: matam-se as borboletas com o éter, espetam-se na cortiça, de asas estacadas, e dessa forma, elas duram muito tempo. É assim que fazem os colecionadores. Aquilo deixou-o entusiasmado. Nessa mesma tarde saiu para a caça. Já tinha apanhado cinco borboletas quando ouviu alguém cantar com uma voz de algodão doce. Espreitou e viu uma linda borboleta, mais colorida e luminosa que um arco-íris. Neste momento, sentiu uma espécie de alegria muito grande. Lançou a rede e viu a borboleta soltar-se num voo curto e depois debater-se, já presa, nas malhas de nylon. — Agora és minha – disse-lhe. — Toda a tua beleza me pertence. A borboleta agitou as asas e ele ouviu a mesma voz que há instantes o encantara: Sabes como surgiram as borboletas? Vladimir esfregou os olhos: — Meu Deus! Estou sonhando? Ela riu: — Isso não tem importância. Ouve a história. Há muito tempo a terra era triste. Então, um grande ser que ali habitava colheu uma mão cheia de flores e lançou-as ao vento e disse: “Voem!” E foi assim que surgiram as borboletas. A beleza das borboletas é para ser vista no ar. Vladimir, abanando a cabeça, disse: — Não! Devo guardá-las para minha coleção. A borboleta riu novamente. — Estás enganado. Há certas coisas que não se podem guardar: a luz do luar, a brisa perfumada de um pomar, as estrelas… No entanto podes colecioná-las. Mas deixa-as guardadas na noite. É ali o lugar delas. — Se eu te libertar agora – perguntou Vladimir – tu serás minha? — Já sou tua – disse a borboleta – e tu já és meu. Sabes? Eu coleciono caçadores de borboletas. Vladimir regressou a casa alegre como um pássaro. O pai quis saber se ele tinha feito uma boa caçada. O menino mostrou-lhe com orgulho o frasco vazio: — Muito boa – disse. — Deixei fugir a borboleta mais bela do mundo. José Eduardo Agualusa / Era uma vez / Revista Pais e Filhos, s/d

42

Usina da cultura - Fevereiro 2014


Curiosidades A areia movediça é um fenômeno natural que se forma quando um grande fluxo de água preenche espaços existentes sobre finas partículas de areia que se encontram soltas. Essa junção faz com que a areia se torne móvel como um líquido e por seu movimento recebe o nome de “movediça”. Normalmente esse fenômeno acontece nas margens dos rios, lagos, praias, pântanos e em regiões próximas a fontes subterrâneas. Apesar de ocorrer em maior número nas regiões acima citadas, a areia movediça pode ser formada e encontrada em qualquer local que exista água e areia que possam se unir. Erroneamente vemos em filmes e desenhos que, basta segurar em algo para conseguir escapar da areia movediça, o que não é verdade. O peso de uma pessoa que está na areia movediça equivale ao peso de um carro médio,

ou seja, é muito difícil retirar uma pessoa da areia. Se acontecer de um indivíduo começar a afundar na areia, o importante é que ele não se movimente, pois o movimento faz com que a areia se comporte como líquido e faz com que o indivíduo afunde ainda mais, portanto deve-se permanecer imóvel para que o corpo consiga flutuar. http://www.mundoeducacao.com/curiosidades/areiamovedica.htm

TUDO PARA SEU CARRO E CAMINHÃO ARTIGOS PARA DECORAÇÃO E PRESENTES

A segurança do seu patrimônio é a gente quem faz

Tel: 3244-4058 Av. Júlio de Castilhos 603, sl 15 e16 Galeria Caáguas • São Francisco de Paula

(54) 3244-1201/ 9977-9091 ilp.corretora@gmail.com

Av. Júlio de Castilhos, 157 - S.F.P.

Oficina mecânica - Fábrica de carroceria Injeção eletrônica - Peças - Geometria e balanceamento carro e caminhão

(54) 3244-1212

Av. Júlio de Castilhos 1014 - Centro. SFP

Loja Natal Cursos de Idiomas, Informática e Profissionalizante R. Cel. Lulu Machado, 449

Comércio e varejo de tecidos Artigos de vestuário e bazar. (54) 3244-1107

Saúde, beleza e bem-estar

(54) 3244-2689

43


Torta de limão Receita de Estela Sanchez Souza

Ingredientes:

Modo de preparo

Massa: 02 xícaras (chá) de farinha de trigo 01 gema 02 colheres (sopa) de leite 02 colheres (sopa) de açúcar 02 colheres (sopa) de manteiga 01 colher (café) de fermento em pó 01 pitada de sal

• Misturar todos os ingredientes da massa e assar por 15 minutos em forma untada e enfarinhada. • Formar um creme misturando o leite condensado e o suco de limão. Despejar sobre a massa, já assada. • Misturar as claras em neve ao açúcar e colocar essa cobertura sobre o recheio. • Levar à geladeira por 3h.

Recheio: 01 lata de leite condensado 1/2 xícara de suco de limão Cobertura: 02 claras em neve 04 colheres (sopa) de açúcar

44

Usina da cultura - Fevereiro 2014

Está pronta uma deliciosa e facílima sobremesa!


Receitas

TELE ENTREGA

Aceitamos encomendas

Rocambole de sardinha Ingredientes: Massa: 02 xícaras de farinha de trigo 1/2 xícara de leite 02 colheres (sopa) de óleo 01 colher (café) de sal 01 colher (sopa) fermento em pó Recheio: 01 lata de sardinha 02 ovos cozidos e amassados 02 colheres (sopa) de maionese 01 cebola ralada Sal a gosto Modo de preparo: • Misturar todos os ingredientes da massa, sovando para que fique macia. • Abrir a massa com um rolo, em uma superfície polvilhada com farinha de trigo. • Misturar todos os ingredientes do recheio, formando uma pasta. • Colocar o recheio sobre a massa e enrolar, formando um rocambole. • Pincelar com gema de ovo e levar para assar até dourar, por aproximadamente 30 minutos. Bom apetite!

SUPER 1,99

- Bazar - Brinquedos - Utilidades domésticas

(54)9903-0594

Av. Júlio de Castilhos 899

Cama, mesa, banho Roupas adulto e infantil Tecidos Linhas e lãs Lingerie Confira nossas ofertas! Av. Júlio de Castilhos, 551. São Francisco de Paula /RS

(54) 3244-1630 45


Lá na Espanha

Helena Cárdenas, designer profissional, comunicadora e ecritora vocacional. Apaixonada por São Francisco de Paula e por seu país, Espanha. Reside em Barcelona, porém é uma cidadã do mundo.

Neve e chocolate

N

osso inverno é frio, mas nem por isso é uma estação escura. Bem pelo contrário. É a época ideal para os amantes da montanha e da temporada de esportes de neve . Todos os anos, neva na maior parte do país, com intensidade variável. Isso faz com que as cidades fiquem com uma imagem diferente do habitual: luminosa e cálida. Nas montanhas, como os Pirineus (na fronteira com a França) , Sierra Nevada (Granada, no sul do país), é possível a prática de esportes de inverno como esqui e snowboard. Outras opções mais tranquilas, porém não menos emocionantes, são as excursões com raquetes de neve. Estas proporcionam diferentes caminhadas nas montanhas, onde podem ser encontrados alguns pontos idílicos . Há empresas que se dedicam a organizar passeios em trenós puxados por cães . Um

46

Usina da cultura - Fevereiro 2014

passeio relaxante, para desfrutar da paisagem e da natureza. Para os aventureiros e ávidos por novas experiências, nada como passar uma noite em um Hotel Iglu. Construídos somente com blocos de gelo, estes hotéis estão localizados na área superior das montanhas. Natureza, paz e beleza pura, com mínimo impacto ambiental. Além de todas as atividades de inverno oferecidas, para mim não há nada tão reconfortante como a recompensa que nos espera depois de um dia de atividades: uma xícara de chocolate quente. Depois de um dia repleto de emoções, frio e neve, você pode relaxar no calor da lareira apreciando algo tão simples e calorosamente doce. Este é um daqueles pequenos grandes prazeres. Ao contrário do que você pode pensar, o inverno não é apenas cinza. Como todas as outras, esta é uma estação cheia de cores, aromas e atividades. Vale a pena conferir!


El otoño es un andante melancólico y gracioso que prepara admirablemente el solemne adagio del invierno. George Sand, escritor francês.

Sintonia Centro de Yogaterapia Artigos gauchescos

Aqui se cultiva a tradição e os bons costumes (54)3244-1085 R. Borges de Medeiros, 49 Centro - São Fco de Paula

22

Cursos de INFORMÁTICA pela manhã com 50% de desconto. R. Manoel Vicente Ferreira nº257 Centro - SFP - (54) 3244-1625

Cama, mesa e banho. Segurança eletrônica e assistência técnica

ANOS (54) 3244-1492 • (54) 3244-1016

R. Benjamin Constant, 13 S.F.P.

tecmacsf@megaway.com.br

Aula experimental gratuita

R. Frei Caneca, 390, São Fco. De Paula (054) 9924-3003 – Instrutora Carolina Gatelli www.facebook.com/sintoniayogaterapia

(54) 9204-5202/ 9653-6371

(54) 3244-1284

Av. Júlio de Castilhos, 477- Centro

centralseg@brturbo.com.br R. Liberdade, 285. S.F.P.

47


munDO CONCURSO Este é o Rei Momo, Rei do Carnaval. Use sua criatividade para pintar uma cara bem engraçada pra ele! Depois tire uma foto do desenho e envie para info@usinadacultura.com, se for muito engraçada mesmo, publicaremos no facebook da revista! Você pode ganhar uma camiseta da Usina !! PARTICIPE!

48

Usina da cultura - Fevereiro 2014


Especial

Vamos cozinhar?

Você já sabe cozinhar? Há alguns meses, aprendemos nossa primeira receita. Que tal aprender a segunda?

Você vai precisar de: - macarrão espaguete - algumas salsichas - água, sal - panela média

Macarrão com salsicha

Como fazer: 1º 2º

Corte as salsichas em rodelas e espete-as no espaguete. Coloque o macarrão na água temperada com o sal e cozi nhe pelo tempo indicado na embalagem. 3ª Escorra o macarrão 4º Acrescente o molho 5º Quando a massa estiver dourada, já está pronto!

BOTAS BATISTA

Lourdes Costuras em Geral (54) 9957-4627 Av. Júlio de Castilhos, 852 (Loja Sacy) São Francisco de Paula, RS

Botas feitas à mão,

Tel: 3244-2318

Rua 3 de outubro, 51. S.F.P.

(54) 3244-1074 cintos e chinelos Av. Júlio de Castilhos, 948 - Centro

49


Conhecendo os museus do mundo Museu Madame Tussaud Londres Inaugurado em 1884, o museu Madame Tussaud, de Londres, expõe as figuras de pessoas famosas, feitas em cera. Sua qualidade e a inovação o transformaram no museu de cera mais famoso do mundo. O início do museu A escultora Marie Tussaud realizou sua primeira exposição de figuras de cera em Londres no ano de 1835. Havendo alcançado o êxito, em 1884, o museu foi transferido ao edifício no qual se encontra atualmente. No museu se realizam diversas exposições que ordenam as figuras em diferentes categorias: • Festa VIP: Na primeira sala do museu, realiza-se uma festa na qual os convidados são grandes celebridades como Morgan Freeman, Leonardo DiCaprio, Nicole Kidman, Brad Pitt e Angelina Jolie. • Zona de esportes: Trata-se da zona em que se encontram grandes esportistas como Tiger Woods o Mohammed Ali. • Encontro com a realeza: A rainha Isabel segunda, o príncipe Carlos e alguns outros

50

Usina da cultura - Fevereiro 2014

membros da família real interagem em grande harmonia. • Cultura: Aqui se reúnem alguns dos grandes gênios de todos os tempos como William Shakespeare, Albert Einstein, Stephen Hawking, Pablo Picasso e Charles Darwin. • Líderes mundiais: Aqui se reúnem Barack Obama com Margaret Thatcher, Winston Churchill, Nicolas Sarkozy, Ronald Reagan, Tony Blair e Martin Luther King. http://www.londres.es/madame-tussauds


cantinhodospais A família e a escola

LOUCURA de verão!! A família e a escola formam uma equipe. É fundamental que ambas sigam os mesmos princípios e critérios, bem como a mesma direção em relação aos objetivos que desejam atingir. Ressalta-se que, mesmo tendo objetivos em comum, cada uma deve fazer sua parte para que atinja o caminho do sucesso, que visa a conduzir crianças e jovens a um futuro melhor. O ideal é que família e escola tracem as mesmas metas de forma simultânea, propiciando ao aluno uma segurança na aprendizagem de forma que venha a criar cidadãos críticos capazes de enfrentar a complexidade de situações que surgem na sociedade. Algumas sugestões que podem contribuir nesta parceria: • Selecionar a escola baseado em critérios que lhe garanta a confiança da forma como a escola procede diante de situações importantes; • Dialogar com o filho o conteúdo que está vivenciando na escola; • Cumprir as regras estabelecidas pela escola de forma consciente e espontânea; • Valorizar o contato com a escola, principalmente nas reuniões e entrega de resultados, podendo se informar das dificuldades apresentadas pelo seu filho, bem como seu desempenho.

é só na academia Nova Forma!

Av. Júlio de Castilhos, 603 sl.39 - Centro

Matrículas Abertas

no Colégio Expressão a partir de 20/11 Educação Infantil (a partir de 3 anos)

Ensino Fundamental Ensino Médio

Contato: (54) 3244 • 1232

Rua Pinheiro Machado, 194 - SFP / RS colegexpressao@gmail.com

A parceria da família com a escola sempre será fundamental para o sucesso da educação de todo indivíduo. Portanto, pais e educadores necessitam ser grandes e fiéis companheiros nessa nobre caminhada da formação educacional das crianças e jovens a seu cargo.

Formas de pagamento: Cheque 3x SISEN Todos os cartões de crédito

http://educador.brasilescola.com/sugestoes-pais-professores/a-importancia-parceria-familia-escola.htm

Av. Júlio de Castilhos 603 Sala 03 São Francisco de Paula - RS

(54) 3244-3851 51


PLAY

Filmes

O Curioso Caso de Benjamin Button (na locadora) Direção: David Fincher Gênero: Drama

Ano: 2008

Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança, ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver. Sua história é, principalmente, sobre o amor, e a dificuldade de estar ao lado de sua amada, que envelhece enquanto ele fica mais jovem a cada dia.

Jogo do mês Steam Machines

A

Valve, desenvolvedora de games consagrados como as séries Half-Life, Portal, Team Fortress e Dota 2, e criadora da excelente e maior plataforma de distribuição digital de jogos de PC, o Steam, havia anunciado em 2013 as Steam Machines. Sua missão é socializar os PCs para games, geralmente confinados nos quartos dos jogadores, fazendo-os ganhar espaço nas salas de estar ao lado dos videogames Xbox One e PlayStation 4 e com diversas opções de modelos, designs e configurações. Mas somente agora, em 2014, foram finalmente apresentados, durante a feira Consumer Electronics Show (CES) 2014, em Las Vegas, nos Estados Unidos. De acordo com a Valve, 13 fabricantes irão montar as Steam Machines, e a previsão é que os primeiros modelos cheguem ao mercado no segundo semestre. As empresas que fabricarão as máquinas são: Alienware, Alternate, CyberpowerPC, Digital Storm, Falcon Northwest, Gigabyte, IBuyPower, Materiel.net, Next Spa, Origin PC, Scan, Webhallen e Zotac. “Nosso objetivo é dar uma grande variedade de opções ao consumidor, que pode escolher configurações e preços, conforme o desempenho que deseja”, disse Gabe Newell, diretor e cofundador da Valve, durante evento em Las Vegas. E o fato de haver uma Steam Machine mais modesta não significa que ela ficará atrás dos videogames de

Steam machines

Steam controller nova geração. Para jogar na TV da sala, todas elas rodarão games em Full HD (1080p), algo que o Xbox One e o PS4 estão sofrendo para alcançar nessa primeira leva de jogos. O primeiro passo importante para a empresa alavancar as Steam Machines: O SteamOS. É um sistema operacional baseado em Linux e é o sonho de Gabe Newell, grande entusiasta do software livre, de se livrar do domínio da Microsoft e seu sistema proprietário. O outro diferencial- chave para o sucesso da plataforma na sala de estar é o controle, chamado de Steam Controller. O joystick não apresenta direcionais ou alavancas analógicas, mas sim duas áreas sensíveis ao toque que podem servir de direcional ou até de mouse.

Lançamento: Segundo semestre de 2014 (EUA)


Livros Um dia de verdade Um Dia de Verdade é o primeiro romance-ficção de Neo One Eon, escritor carioca que reside em São Francisco de Paula. O livro aborda temas como vontade, força, fé e coragem, mas, acima de tudo, é um relato sobre o amor; o amor que vem do fundo do ser e transforma o que quiser. A edição brasileira, contemplada pelo Edital do Fundo de Apoio à Cultura do Rio Grande do Sul, foi praticamente esgotada em menos de oito meses do lançamento, que ocorreu na FestiPoa Literária, em Porto Alegre. Este ano o livro será publicado também em Portugal, pela Chiado Editora, com a capa ao lado. Em São Chico, Um Dia de Verdade está à venda na Livraria Miragem.

www.facebook.com/livroumdiadeverdade

Música Digobah! EP Com destaque para a empolgante O Mundo Que a Gente Fez e a nostálgica Samba do Freezer, as seis músicas que compõem o EP, que tem produção do ex-Tequila Baby Davi Pacote, não deixam mentir quem aposta na banda como uma das melhores revelações do rock gaúcho dos últimos anos. E quando o som é ao vivo, a Digobah incrementa o repertório autoral com sons que têm tudo a ver com a pegada da banda, de Engenheiros do Hawaii a Foo Fighters, Paralamas do Sucesso a The White Stripes. A Digobah! é formada por Renan França (voz e guitarra), Eduardo Patrício (guitarra), Claudio Busatto (baixo) e Jonas Reis (bateria). O contato para shows e o material da banda você encontra no site: www.digobah.com.br.

paulamatosrs@ibest.com.br


O dono do carnaval Tá chegando o carnaval... a festa de Momo. Sei que após ler o que segue, alguns irão me taxar de quadrado, ou fanático, ou mesmo de metido e chato, mas algumas coisas não consigo deixar de falar. Segundo os gregos, Momo nasceu filho do Sono e da Noite, como o deus da zombaria, do sarcasmo, da galhofa, do delírio, da irreverência e do achincalhe. De tanto criticar e ridicularizar os outros deuses, a divindade maior do Olimpo perdeu a paciência com ele e o despachou para a Terra, onde o deportado passou a apresentar o estandarte da folia. Houve um tempo em que na Roma Antiga, o soldado escolhido como o mais belo de todos era quem recebia a coroa de monarca brincalhão, o que lhe dava o direito de comer, beber e brincar até esgotar totalmente suas forças, sem que ninguém o impedisse de fazer coisa alguma. Ao final era queimado em sacrifício – por isso ‘quarta-feira de cinzas’. Por aqui as coisas não parecem muito diferentes, o que muda é o sacrifício final. Uma grande safra de ‘filhos do carnaval’, lá pelos meses de outubro e novembro, sem

54

Usina da cultura - Fevereiro 2014

mencionar a propagação de doenças que veio com a deturpação dos valores. Muitos sequer tem como descobrir de quem pegaram a DST, tamanha a rotatividade de parceiros. Aqui no interior ainda nos chocamos ao ver na TV que os adolescentes ‘ficam’ com oito, 12 ou 23 em apenas uma noite, fazendo parecer normal o inaceitável. Os criticamos e suspiramos aliviados por não morarmos em grandes centros. A punhalada vem quando descobrimos que as coisas por aqui já não são tão diferentes. Quantas são as tristezas que nos traz uma manhã de Carnaval? Acontece aos milhares. Independente de crença religiosa, não quero aqui fazer um manifesto anti-Momo. Apenas quero recomendar quem é pai ou mãe, a que estejam atentos a seus filhos. Aproximem-se deles... e que o carnaval seja apenas festa. Franco Vasconcellos e Souza, gaúcho de Erechim, morador de São Francisco de Paula, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores. Envie e-mail para franco@usinadacultura.com.


08 curiosidades sobre a origem do Carnaval uma festa na Roma Antiga chamada “Saturnais”. As escolas ficavam fechadas, os escravos eram soltos e as pessoas saíam às ruas para dançar. Carros (chamados de “carrum navalis”, por serem semelhantes aos navios) levavam homens e mulheres nus em desfile. Muitos dizem que pode ter sido daí a expressão “carnavale”. Outros especialistas afirmam que o nome da festa vem da expressão latina “carnem levare”, que quer dizer “adeus à carne”, já que representava os últimos dias antes da Quaresma, período em que o consumo de carne é proibido aos cristãos.

2. A Igreja Católica se opunha a esses festejos pagãos, mas, em 590, decidiu reconhecê-los. Exigiu, porém, que o dia seguinte (Quarta-Feira de Cinzas) fosse dedicado à expiação dos pecados e ao arrependimento.

3. A Quarta-feira de Cinzas marca o início da Quaresma (40 dias de abandono dos prazeres), e tem esse nome porque havia o costume de se marcar a testa dos fiéis com as cinzas de uma fogueira, em sinal de penitência. 4. A data em que se comemora o Carnaval é definida com base na Páscoa. A Quarta-Feira de Cinzas sempre cai 46 dias antes do domingo da festividade, que é a soma dos 40 dias que antecedem o Domingo de Ramos com os 6 dias da Semana Santa. 5. Uma das mais antigas formas de Carnaval é o entrudo, uma brincadeira de influência portuguesa, em que os foliões se sujam uns aos outros atirando polvilho, pó-de-sapato, farinha de trigo ou limões-de-cheiro.

6. O primeiro baile carnavalesco do Brasil

ocorreu no Largo do Rocio, no Rio de Janeiro (RJ), em 1840. Foi uma iniciativa de uma atriz italiana que queria reproduzir o Carnaval de Veneza.

7. O sapateiro português José Nogueira de Azevedo Prates, o Zé Pereira, saiu pelas ruas tocando bumbo em 1848. Pessoas foram se juntando a ele e deram origem àquilo que mais tarde seria chamado de bloco de rua.

8. O primeiro bloco organizado brasileiro foi o Congresso de Sumidades Carnavalescas, fundado pelo escritor José de Alencar, em 1855. Os participantes - uma comissão de intelectuais - foram até o palácio de São Cristóvão pedir para que a família real assistisse ao desfile. Dom Pedro II aceitou o convite. A polícia do Rio de Janeiro autorizou o desfile de blocos pelas ruas em 1889. Nessa época, a folia era vinculada às elites. Fonte: http://www.guiadoscuriosos.com.br/categorias/1106/1/carnaval.html

Ilustração: Marcelo Menezes

1. Para homenagear o Deus Saturno, havia

55


Agenda cultural 08 - Teatro: Peça Cartas de Além mar, Cia Lisi

FEVEREIRO 15 - Duda e Thiago - Taylor’s Pub 21 - Gerson e Gerônimo - Taylor’s Pub 22 - Raul Rock História - Taylor’s Pub 28 - Bier Rock - Taylor’s Pub

Berti, às 20h 30min - Miragem Livraria

MARÇO 01 - Tocata y Fuga - Taylor’s Pub 02 - Lareirau, às 22h - com a presença de Alex Alano, Marisa Rotenberg, Gélson Oliveira e Giovanni Berti - Pousada do Engenho

08 - Palco Aberto - Taylor’s Pub 08 - Carnaval de rua, às 21h. Logo após, Baile de Carnaval no Ginásio Municipal de Esportes

11 - Chá de confraternização - Grupo da

Melhor Idade Lazer dos Sábios - Sociedade Cruzeiro 14 - Dr. Hank - Taylor’s Pub

O LAREIRAU - No palco do Engenho, Alex Alano recebe amigos, hóspedes e visitantes para uma noite especial, regada a espumante e principalmente, boa música! É o Lareirau!!! Com violões, percussão e vozes no comando, a noite se transforma em feliz espectadora do divertimento e da celebração. Marisa Rotemberg, Gelson Oliveira e Giovani Berti são alguns dos talentos que aparecem pra “arredondar” o som com muita presença, alegria e sensibilidade!

15 - Bleff - Taylor’s Pub 15 e 16 - IV Festa Campeira P. L. Estância do Ribeirão - Parque Davenir Peixoto Gomes (Balança) 16 - Baile Grupo da Melhor Idade Lazer dos Sábios, às 13h 30min - Sociedade Cruzeiro

07 - Jéf - Taylor’s Pub

Este espaço é totalmente GRATUITO. Anuncie seu evento aqui! Envie e-mail com os dados para info@usinadacultura.com


Conheça alguns dos serviços que a Usina oferece a seus clientes PRODUTOS GRÁFICOS

• Renovação, criação e promoção de marca • Criação de logomarca e imagem corporativa • Papelaria (cartão de visita, papel de carta, etiqueta, pasta de documentos, agenda) • Folheto, cartaz, banner • Convite, sacola, camiseta • Rotulação de veículo, outdoor • Ponto de venda (placa, expositor, etc) • Embalgens, etiquetas • Projeto editorial e maquetação (revistas, livros)...

FOTOGRAFIA

• Fotografia de produto, arquitetura, eventos...

INTERNET

• Página web com gestor de conteúdos, • Loja virtual • Mailing (envio de emails)...

Design + impressão!

MARKETING ONLINE

• Promoção de página ou produto • Social mídia (representante da tua empresa ou marca nas redes sociais)

INFORMÁTICA

• Conserto e manutenção de computadores • Recuperação de dados • Configuração de redes • Instalação de software • Backup (cópia de segurança) • Formatação

3D:

• Arquitetura; • Objetos; • Maquete eletrônica; • Automotivo; • Mobiliário; • Abertura de programas televisivos; • Científico; • Personagens;


Cada mês a revista fica disponível para leitura online, pra você ler onde, quando e como quiser! www.usinadacultura.com

Acesse Todas as edições disponíveis para consulta e descarga. Escaneie o código ao lado com alguma aplicação de leitor de código QR, e desfrute lendo a revista em seu dispositivo móvel!

Revista usina da cultura Fevereiro 2014  

Revista Usina da cultura. Uma proposta para São Chico, que une cultura e lazer, com tematica variada, agenda cultural, guia de negócios e mu...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you