Page 1

ANO XXVIII - Nº 255 - 15 de Março de 2018

Órgão Informativo da União Pró-Melhoramentos de Santa Inês - UPMSI

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Acesse: www.upmsi.org.br

28 anos de SIN Você merece receber a melhor homenagem que uma mulher é digna: Ser amada e respeitada!

SOLENIDADE UNIFICADA DE PASSAGEM DE COMANDO DA 1ª RPM A história comemorada hoje é também resultado do apoio dos anunciantes, colaboradores e da confiança daqueles que são o foco do trabalho do jornal: os leitores. PÁGINA 3

HOMENAGEM (IN MEMORIAN) PÁGINAS 12

E

13

ACORDA, BRASIL! ESTE ANO TEREMOS ELEIÇÕES! PÁGINA 15

Antônio Fontes, representando a União Pró-Melhoramentos de Santa Inês (UPMSI)

PÁGINA 4

SEM EDUCAÇÃO NÃO HÁ FUTURO

VIAS QUE SE TORNARAM MÃO ÚNICA NO BAIRRO SANTA INÊS

PÁGINA 16

PÁGINA 5


COMUNIDADE

EDITORIAL AFINAL, DE QUE SOMOS FEITOS? * Por Márcia Campos Ribeiro

Vendo o mundo tomar um rumo de auto destruição me pergunto: onde nos perdemos? Onde o curso foi tão desviado que perdemos

a direção? O mundo pós “Paz e amor” se tornou de guerra e barbárie. Vejo, ouço notícias e pessoas que me fazem perguntar cada vez mais, afinal de que somos feitos? Fechamos os olhos para tudo que pensamos não nos dizer respeito. E lavarmos as mãos não nos isenta da culpa, nem preferir “não tomar partido”. Por outro lado também, se tomamos um partido, não podemos nos sentir donos da verdade. Nem justiceiros. É importante lembrar que podem existir vários ângulos de uma mesma história. E para a convivência existe a necessidade da paciência e do respeito. Eu vejo, lamentavelmente, esses donos da verdade, se multiplicando cada vez mais. Vejo indiferença e até crueldade em muitos olhos, em muitas palavras. Isso me assusta. Dentre tantas coisas acontecendo com selvageria, a maior selvageria é a reação de algumas pessoas. Que julgam, condenam e espalham notícias que colhem no vento da maledicência, sem se preocupar com a veracidade dos fatos e sem pensar no tamanho do estrago que podem trazer para muitos. Bertrand Russell, era um filósofo, um lógico, um matemático, um historiador, um crítico social, um ativista político e um Prêmio Nobel britânico. Ele deixou dois conselhos para a geração futura, tão atual, que a internet popularizou essa entrevista dada a BBC em 1.959. O conselho intelectual: “Quando estiver estudando qualquer tema ou considerando qualquer filosofia, pergunte apenas a si mesmo: quais são os fatos? E qual é a verdade que os fatos sustentam? Nunca se deixe desviar, seja pelo que desejas acreditar ou pelo que acredita que lhe traria benefício se assim fosse acreditado. Observe única e indubitavelmente quais são os fatos.” A menina que eu fui, a geração que eu conheci, acreditava não só em progresso, mas em evolução. Pensava em um mundo flutuante no transporte , já no ano 2000, e pessoas conscientes, cada um cumprindo seu papel . Sem guerras, pois já haveria a compreensão de sua inutilidade. Com sabedoria para aceitar, tudo que não possa e não deva ser mudado, ou seja, com mais que respeito, compreensão às diferenças, sejam elas quais forem. Termino com o segundo conselho de Russell, que é o conselho moral: “O amor é sábio, o ódio é estúpido. Neste mundo, que cada vez se torna mais e mais estreitamente interconectado, temos que aprender a tolerar-nos uns aos outros , temos que aprender a aceitar o fato de que alguém nos dirá coisas que não gostaremos. Só podemos viver juntos dessa maneira. Se vamos viver juntos, e não morrer juntos, devemos aprender um pouco de caridade e um pouco de tolerância, que é absolutamente vital para a continuação da vida humana no planeta.” Mais amor, por favor. * Jornalista e redatora do Santa Inês Notícias

Expediente Jornalista Responsável: Cristiane da Cunha Fontes - MG 06314 JP Jornalista: Márcia Campos Ribeiro Jornalista Colaboradora: Najla Rosa Publicidade: Daniel Antônio Fontes / Márcia Campos Ribeiro Diretor Responsável: Antônio Onofre Fontes

COMO PEDIR A RESTITUIÇÃO DO IPVA EM CASO DE ROUBO OU FURTO DO VEÍCULO

Pouca gente sabe, mas é lei na maioria dos estados brasileiros, os proprietários que tiveram seus carros roubados ou furtados podem receber de volta (parcial ou integralmente) o valor pago pelo Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Como são estaduais, as leis não abrangem, necessariamente, todas as localidades do país. Em sete dos 27 estados brasileiros (Acre, Amapá, Ceará, Pará, Paraná, Piauí e Santa Catarina), por exemplo, ainda não existe uma norma que regulamente a restituição do IPVA em caso de furto ou roubo. No restante do Brasil, as regras funcionam de forma muito similar, e exigem que o contribuinte registre um Boletim de Ocorrência (BO) logo após o crime para que o pedido de restituição do imposto possa ser feito e seja válido. Em caso de dúvidas, o cidadão pode sempre recorrer às secretarias estaduais da Fazenda e ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de seus respectivos estados. As normas que regulamentam a restituição do IPVA também estão disponíveis na internet e podem ser facilmente consultadas nos sites de todas as Sefaz do país.

O que diz a lei

Na maioria dos estados, o ressarcimento do imposto pode ser concedido integralmente a partir do exercício subsequente ao da ocorrência. Nos casos em que houver recuperação do veículo, a restituição será parcial e calculada à razão de 1/12 por mês de privação dos direitos de propriedade do automóvel. Ou seja, se o carro foi roubado este ano, o ressarcimento será feito em 2018. E se o carro for recuperado, o contribuinte pode pleitear os meses em que estava desaparecido. O cálculo funciona assim: se o proprietário foi furtado ou roubado em janeiro de 2017 quando já tinha pago um IPVA no valor de R$ 1.200,00, a restituição corresponderá a essa quantia e será feita em 2018. No entanto, se conseguiu recuperar o veículo em março, continuará sujeito à contribuição de 2017 relativa aos meses que restarem até o final do ano (contando com o mês da recuperação), e o ressarcimento será referente apenas às parcelas de janeiro e fevereiro, ou seja, 2/12 do valor integral. Nesta simulação, o contribuinte receberia de volta R$ 200 (duas parcelas de R$ 100 ou 2/12 de R$ 1.200,00). A restituição só é válida nos casos em que o contribuinte já havia quitado o imposto (parcial ou integralmente), e é feita à pessoa que constar como proprietária do automóvel no Cadastro de Contribuintes do IPVA. No caso dos contribuintes que pagaram apenas parte do imposto naquele ano, os valores devidos serão descontados do montante a ser ressarcido. As formas de ressarcimento variam de estado para estado. Em algumas localidades, a restituição é feita automaticamente, já que os sistemas do Detran, do Renavam e das secretarias são interligados. Em outros, é preciso que o contribuinte solicite a exoneração diretamente na Sefaz.

HOMENAGEM (IN MEMORIAN) DO JORNAL SIN AO SR. SILAS MUNDIM Um grande colaborador, um contador de histórias, um ser humano extraordinário e um amigo pessoal do Jornal SIN. A família, os sentimentos. Deixa para todos os que tiveram a alegria de conviver com ele um magnífico aprendizado de honrar seus deveres, indo além, preocupando-se com o próximo, exercendo cidadania e levando alegria e apoio aos parentes e amigos. Obrigada Sr. Silas pelo que nos deixou. Vá com Deus! Márcia Campos Ribeiro

Redação: 3481-7413 / 99526-7836 / 98587-0116 Impressão: "Sempre Serviços Gráficos" E-mail: jornalsin@gmail.com

-

Diagramação: 99567-6755 jornaiss40@gmail.com

Nota importante: Os diretores, conselheiros e colaboradores da UPMSI, nada recebem por seu trabalho, feito com espírito de colaboração. Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores, não representam necessariamente a opinião do Jornal. UNIÃO PRÓ-MELHORAMENTOS DE SANTA INÊS

• DIRETORIA

Presidente - Antônio Onofre Fontes Vice Presid. - Humberto Morais Castro Dir. Admin. - Paulo Cezar dos Santos Dir. Financeiro - Roberto Márcio Soares Diretor de Esportes e Eventos - Adilson Roberto Crecci • CONSELHO FISCAL Alder da Silva Borges, Aluísio Nogueira de Almeida, Lélio Luiz Tavares e Rogério Rezende • CONSELHO CONSULTIVO Edison Nascimento Silva, Gilson de

Almeida Vilela, Geraldino Teleste da Silveira, Davidson Fontes Guimarães e Paulo Cezar dos Santos • CONSELHO SUPERIOR Armindo Vale Pires, Deli José de Rezende, Helvécio Camargos de Aguiar, José Ronaldo Moreira, Paulo José Borges, Waldemar Silva, Wilson Miguel da Silv a , J o s é R a y m u n d o To r r e s , N e s t o r Eustáquio da Cruz, Manuel Divino Lopes, Umberto Veloso da Silva e Norma Maria da Silva

UPMSI - Rua Carmésia, 400 - Santa Inês Razão Social: Daniel Antônio da Cunha Fontes CNPJ: 18.175.278/0001-65 Endereço: Rua Caiana, 105 - Santa Inês Distribuído gratuitamente nos comércios, residências e em Bancas de Revistas da região de Santa Inês e bairros adjacentes.

2

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

“Deus seja louvado”

15 DE MARÇO DE 2018


COMUNIDADE

Jornal Sin Mais um ano se passou e o Jornal Santa Inês Notícias, nosso querido Jornal SIN, completa seus vinte e oito anos de muita bravura e vontade própria de sobreviver. Na lista dos mais antigos jornais de bairro de BH, já começou, em janeiro de 1990 com o objetivo de representar a comunidade, reforçar o comércio local, buscar melhorias para o bairro, levando também informação, cultura e entretenimento, com intenção de agradar a todos os leitores. E, já nos primeiros anos, devido à seriedade, dedicação, qualidade dos textos e respeito à ética jornalística, conquistou a confiança e o carinho das comunidades em que atua, assim como credibilidade junto aos governos municipal e estadual, grandes empresas e também perante os principais jornais comunitários da capital. A tecnologia trouxe várias facilidades e melhorias para se fazer um jornal impresso, mas a internet trouxe também o jornal digital, com suas facilidades de acesso e variedade de informações. Mas por promover o conhecimento e as necessidades do bairro, a mídia regionalizada sobrevive com valentia. E o forte do Jornal Sin é a proximidade e a facilidade de comunicação com o seu público, por isso conta com seus fiéis e prezados leitores, colaboradores e anunciantes. Que toda a inovação nos ajude a levar cada vez mais o conhecimento, a consciência, a cidadania, a alegria e a união. Obrigada a todos vocês que nos ajudam a seguir em frente. Muitos anos de vida para o Jornal SIN, a voz do bairro Santa Inês. Márcia Campos Ribeiro

ÁRVORES FRUTÍFERAS NO SANTA INÊS Moradoras há 56 anos do bairro Santa Inês, contam como é prazeroso colher frutas sem agrotóxicos e gostariam de compartilhar essa alegria. “Recentemente foram colhidos mais de 50 abacates, logo ali na rua Vicente Rizola com Minduri, próximo a banca de jornal. Uma delas nos dá um sábio conselho : " No bairro temos várias árvores frutíferas como manga, goiaba, jaca, acerola, por exemplo. O segredo está em não ter orgulho, colher e degustar com os amigos. No nosso bairro tem muitas coisas boas. Vale a pena observar a beleza dessas árvores nas ruas, fica a dica. Um abraço!” Quanta simpatia! Agradecemos a participação e o carinho. Se você quiser falar sobre o nosso bairro ou para o nosso bairro, faça como elas, use esse jornal como o seu veículo de comunicação com a nossa comunidade.

PRÉ CARNAVAL EM FAMÍLIA

Sabendo que amizade e alegria são coisas que quando se dividem, se multiplicam, um grupo de amigos, dos quais Bruna Campos, Sumara Meireles, Fábia Rocha e Wilsinho, vocalista da já conhecida Banda Swing da Lua, entre outros moradores do bairro Santa Inês, resolveram aproveitar a data e antecipar a folia, criando um bloco, com o nome da referida Banda, “Bloco Swing da Lua”. Contando com a ajuda de colaboradores, que também entraram na festa ocorrida no Carmem Botequim que fica na avenida Contagem, 815. Muito bem organizada com a turma de abadá, a animação foi total, com muita música e a união dos presentes. Para ninguém ficar “apertado”, foram concedidos banheiros químicos. Por vontade própria e atendendo a pedidos, a turma promete que ano que vem tem mais.

Sumara, Fábia e Bruna

Wilsinho Swuing da Lua

Márcia Campos Ribeiro

Bloco Swyng da Lua

(Márcia Campos Ribeiro)

INSTITUTO EDUCACIONAL CANTINHO ENCANTADO EDUCAR É UM ATO DE AMOR

Matrículas abertas 2018 •

GRUPO DE INTERCÂMBIO

IZABELA HENDRIX

Do maternalzinho ao 2º ano do Ensino Fundamental • Horário: 6:00 às 19:00hs • Colônia de Férias: Janeiro, Julho e Dezembro • Aulas especializadas • Hotelzinho • Sábados Alegres com diárias

3486-4088

RUA VICENTE RISOLA, 1305 - SANTA INÊS 15 DE MARÇO DE 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

3


COMUNIDADE

SOLENIDADE UNIFICADA DE PASSAGEM E ASSUNÇÃO DE COMANDO DE UNIDADES OPERACIONAIS DA 1ª RPM Na manhã de quinta-feira, 04/01/18, foi realizada a Solenidade Unificada de Passagem e Assunção de Comando de Unidades Operacionais pertences à 1ª Região de Polícia Militar (1ª RPM), representada pelo 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), 16º, 22º, 34º, 41º e Companhia Independente de Prevenção à Violência Doméstica. A prestigiada cerimônia aconteceu na sede do 16º BPM, no bairro de Santa Tereza. O Coronel PM Winston Coelho da Costa, Comandante da 1ª Região, foi quem presidiu o evento. Com a mudança, o 5º Batalhão passa a ser comandado pelo TenenteCoronel PM Carlos Frederico Otoni Garcia; o 16º pelo Tenente-Coronel PM Renato Salgado Cintra Gil; o 22º pelo Tenente-Coronel PM Fábio Oliveira de Almeida; o 34º Tenente-Coronel PM Flávio Godinho Pereira e o 41º pelo Tenente-Coronel PM Sílvio Luís Teixeira Mendes. A Major PM Cleide Barcelos dos Reis Rodrigues assumiu o comando da Companhia Independente de Prevenção à Violência Doméstica. Minas é o segundo Estado a implementar uma companhia específica para esse tipo de ocorrência. A instalação irá potencializar a prevenção à violência doméstica na capital, além de aumentar a sensação de segurança por parte das vítimas e fortalecer as redes de integração dos diversos órgãos de segurança pública. Ao final da cerimônia, os antigos comandantes de cada unidade operacional receberam das mãos do Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel PM Helbert Figueiró de Lourdes, e do Comandante da 1ª Região, Coronel Winston, o emoldurado da bandeira-insígnia representativa de suas respectivas unidades, símbolo maior de sua presença no aquartelamento. A AOPMBM, em nome de toda a sua diretoria, deseja sucesso aos recém nomeados, e se coloca à disposição dos novos comandantes para, juntos, lutarmos pela garantia de nosso direitos e prerrogativas.

Antônio Onofre Fontes, representou a União Pró-Melhoramentos de Santa Inês (UPMSI), no evento

REDE PLUVIAL, ATÉ QUANDO ESPERAR?

No decorrer das chuvas do mês de março, foi possível presenciar tal qual a grande necessidade da rede pluvial para o bairro Santa Inês. Foto acima, da 8ª Delegacia Distrital da Polícia Civil, situada na rua Mantiqueira, nº 26, com rua Timóteo. Até quando aguardaremos a nossa rede pluvial? E a rede pluvial na rua Minduri? No mesmo dia, foto ao lado, com rua Cassiterita. Mais parece um rio; para transitar de barco e não de veículo automotor.

4

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018


COMUNIDADE

VIAS QUE SE TORNARAM MÃO ÚNICA NO BAIRRO SANTA INÊS A BHTrans fez algumas mudanças necessárias para a melhoria do trânsito no bairro, entre elas, reivindicações antigas da UPMSI. O comércio se expandiu ao longo de toda a Avenida Contagem, aumentando também o fluxo do trânsito em todo o Santa Inês e a mudança era necessária no sentido de desobstruir alguns trechos caóticos da região. Existem muitas outras melhorias a serem feitas, mas a medida foi muito boa. Márcia Campos Ribeiro

Rua Vicente Rizola - Proibido subir a Rua Matutina

Rua Vicente Rizola - Proibido subir a Rua Marliéria

Avenida Contagem - Proibido descer a Rua Igarapé

Avenida Contagem - Proibido descer a Rua Ijaci

Avenida Contagem - Proibido descer a Rua Martelândia

Avenida Contagem - Proibido descer a Rua Marilac

Rua Cassiterita - Proibido subir a Rua Marliéria

Rua Carmésia - Proibido subir a Rua Igaratinga Av. Contagem - Proibido descer a mesma

15 DE MARÇO DE 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

5


ESTÉTICA & SAÚDE

“LIBERDADE PARA FAZER DO SEU JEITO E FLEXIBILIDADE PARA COMER SEM CULPA”

QUER PERDER

PESO DE FORMA RÁPIDA,

SEGURAESAUDÁVEL? Marque sua consulta com a Dra. Viviane

AV. CONTAGEM, 815 B - SANTA INÊS - BH

3082.3067 3032.0051

Conheça o 5S Slim, novo método que proporciona a eliminação de peso de forma saudável com mais flexibilidade para os horários das refeições liberdade de escolha dos alimentos. O 5S Slim é uma nova proposta de qualidade de vida para os pacientes com IMC entre 19 a 26 que pretendem eliminar até seis quilos de forma saudável, promovendo uma grande mudança em seu estilo de vida. Segundo a Nutricionista Dra. Viviane Gonçalves o Slim garante aos participantes uma perda de peso com maior liberdade e flexibilidade e, conseqüentemente, mais longevidade. “O programa permite a flexibilidade para o horário das refeições e a liberdade de escolha de alimentos ingeridos, criando assim maior consciência sobre cada alimento. Desta forma, esta independência reflete escolhas inteligentes, conquistando bemestar e longevidade”, destaca a profissional. Desenvolvido pela Brand’s, detentora do Método de Emagrecimento 5S, com seus subprodutos, o 5S Slim foi pesquisado e desenvolvido por uma equipe multidisciplinar

composta por médicos, nutricionista, fisioterapeuta, educador físico e psicólogo. “Em dois anos, o Método de Emagrecimento 5S já possibilitou a perda de 120 toneladas de gordura em 15 mil pessoas de 300 clínicas espalhadas em * Viviane Gonçalves Soares Teixeira todo o Brasil e outros seis países”, comenta Viviane. A nutricionista licenciada explica que, com o objetivo de adotar estratégias para uma vida mais saudável, os participantes do 55S Slim aprenderão o que faz bem e o que não faz, para que possam se alimentar sem culpa, conquistar um corpo mais definido e com mais qualidade de vida. Os resultados na saúde do paciente foram comprovados por exames de bioimpedância e exames laboratoriais atestados pelo cardiologista do Método de Emagrecimento 5S, doutor Túlio Sperb. “Com o Slim, é possível reduzir a porcentagem de gordura corporal sem a utilização de medicamentos e normalizar o percentual de gordura do corpo com uma readequação de hábitos, que possibilitem a conquista de uma vida mais saudável”, explica o médico.

TRADICIONAL X SLIM

Diferentemente do 5S tradicional, que possui restrições quanto a alimentos e horário, no 5S Slim o paciente escolhe o que quer comer e o horário de acordo com o seu dia-a-dia, atendendo muito bem aos que querem perder poucos quilos, sem dietas muitos rígidas e vivenciando um novo estilo de vida.

SERVIÇO:

Clínica Vi Corpelle Endereço: Avenida Contagem, 815B – Santa Inês E-mail: vicorpelle@gmail.com Site: http://vicorpelle.com.br/ | Facebook: https://www.facebook.com/vi.corpelle Instagram: @vi.corpelle *Nutricionista CRN 13100 - Esteticista Facial/Corporal e Auriculoterapeuta Terapeuta Ortomolecular - Vi Corpelle Nutrição e Estética

A COXARTROSE E A INTERVENÇAO FISIOTERAPEUTICA A coxartrose é um desgaste da cartilagem da bacia no quadril. Ocorre desorganização da matriz de colagéneo e diminuição dos proteoglicanos, que têm um efeito condro-protetor, chamando água por efeito de osmose para o seu interior. Em consequência da redução do efeito osmótico dos proteoglicanos, o conteúdo hídrico da cartilagem é reduzido, assim como a sua espessura, e ocorre então a osteoartrose. No decorrer da doença, ocorrem as alterações nas epífises ósseas e a inflamação da membrana sinovial, causando danos às estruturas e funções da articulação. Isso também leva ao aumento dos sintomas de dor, à redução da atividade diária e à significativa deterioração da qualidade de vida. A coxartrose atinge de 10-20% da população após os 60 anos, em ambos os sexos. A coxartrose primária é responsável por aproximadamente 48% de todos os casos desta doença. Este grupo inclui pacientes em cujo caso, apesar da realização de uma entrevista precisa do histórico clínico e da realização de exame clínico e radiológico, o agente causador da doença não pode ser claramente identificado e sua causa permanece desconhecida. A coxartrose secundária, por outro lado, é responsável por 52% de todos os casos de doenças degenerativas da articulação do quadril. É um resultado de defeitos congênitos ou adquiridos, como, por exemplo, a displasia congênita do quadril, hipoplasia do teto do acetábulo, aprofundamento do acetábulo, luxação congênita ou adquirida do quadril, vara do quadril congênito ou valgo (coxa vara e coxa valga), desenvolvimento anormal do acetábulo durante o período de crescimento (doença de Perthes, esfoliação juvenil da cabeça do fêmur), dano articular após o processo inflamatório, purulento ou tuberculoso, alterações traumáticas (por exemplo, após uma fratura do colo femoral ou trocânter do fêmur, deslocamento do quadril, lesão na cartilagem), bem como excesso de peso, obesidade, alterações na sobrecarga das articulações, repetições de micro-traumas, bem como a resistência reduzida da articulação causada por osteoporose, hemofilia, hipoatividade da tireóide, diabetes, distúrbios metabólicos ou artrite gota. FATORES DE RISCO PARA A COXARTROSE: 1. Excesso de peso. 2. Distúrbios circulatórios, hormonais e metabólicos. 3. Atividade física com impacto. 4. Histórico de artrose familiar.

6

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

CAUSAS DA COXARTROSE: • Origem idiopática; • Traumática (fraturas e luxações); • Conflito femuro-acetabular e displasia da anca; • Necrose avascular da cabeça femoral; • Sequelas de luxação congénita da anca e doença de Perthes na infância; • Doenças reumatológicas e infeciosas. * Edna Lourenço SINTOMAS: • Dor no quadril, que piora durante o mode Souza vimento, irradiação da dor para virilha, coxa e para o joelho; • Crepitação, rigidez articular e limitação da amplitude de movimentos; • Claudicação durante a marcha, o que obriga por vezes ao apoio de canadianas; • Atrofia muscular por desuso; • Redução progressiva do perímetro de marcha sem dor. COXARTROSE DIAGNÓSTICO: • Exame físico; • RX da bacia em carga e um perfil do quadril D\E; • Tomografia Computadorizada. O tratamento para a coxartrose vai depender dos sintomas que opaciente se encontra. A fisioterapia tem como objetivos aliviar a dor, melhorar a inflamação e retorno das AVD´s o mais rápido possível. Em casos mais mais avançado da patologia da coxartrose, quando já houve o compromentimento (desgaste da cartilagem do quadril), o mais indicado é fazer uma cirurgia de substituição, com realização de uma artroplastia total do quadril, através da colocação de uma prótese na o tratamento mais indicado para a coxartrose. O TRATAMENTO NA FISIOTERAPIA: • Exercicios de alongamentos; • Analgésia, com uso de ultrason e tens; • Termoterapia – calor e Crioterapia –frio; • Cinesioterapia; • Ganho de ADM da articulação afetada com mobilização articular; • Reforço Muscular; • Treino de marcha em barra paralela, com obstáculo e sem obstáculo; • Propriocepção e equilíbrio com uso de cama elástico. MEDICAMENTOS PARA COXARTROSE: • Suplementos de sulfato de glucosamina e condrointina. • Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, ajuda a controlar a dor e a inflamação local. • Injeção intra-articular de ácido hialurónico. LEMBRANDO QUE NENNHUM MEDICAMENTO DEVE SER USADO SEM INDICAÇÃO MEDICA! Espero que tenham gostado de mais um tratamento de patologia muito comum. Desejo a todos um ótimo mês!!! Mandem suas sugestões para clinicaclimarg@gmail.com. * Fisioterapeuta CREFITO 4/164.689F CENTRO FISIOTERAPICO CLIMARG LTDA

15 DE MARÇO DE 2018


SAÚDE

FEBRE AMARELA: A CULPA É DE QUEM? Sobre a febre amarela, há os que dizem que os mosquitos são os vilões da história. Mas no caso desse surto de febre amarela silvestre não é bem assim, os vilões são o vírus (o patógeno) e o homem (que alterou o ambiente natural da vida silvestre). CAUSA

A febre amarela é causada por um vírus, do gênero flavivírus, transmitido por mosquitos pertencentes às espécies Aedes (principalmente Aedes aegypti, responsável também por transmitir a Zika, a dengue e a chikungunya) e Haemogogus. As diferentes espécies de mosquitos vivem em diferentes habitats, o que determina três tipos de ciclos de transmissão: - Febre amarela silvestre (ou selvática): nas florestas tropicais, os macacos, que são o principal reservatório da febre amarela, são picados por mosquitos selvagens que passam o vírus para outros macacos. Ocasionalmente, os seres humanos que trabalham ou que viajam para a floresta são picados por mosquitos infectados e desenvolvem a doença. - Febre amarela intermediária: neste tipo de transmissão, os mosquitos semidomésticos (aqueles que se reproduzem tanto na natureza quanto em torno das famílias) infectam tanto macacos quanto pessoas. Este é o tipo mais comum de surto na África. - Febre amarela urbana: grandes epidemias ocorrem quando pessoas infectadas introduzem o vírus em áreas densamente povoadas com grande presença de mosquitos e onde a maioria das pessoas tem pouca ou nenhuma imunidade, devido à falta de vacinação. Uma pessoa não transmite a doença diretamente para outra; o macaco também não transmite a doença. É imprescindível a presença de mosquitos infectados agindo como vetores para que haja transmissão.

podem resultar em morte num período de sete a 10 dias. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra o vírus, o que quer dizer que, depois de se recuperarem, não são mais suscetíveis à doença.

DIAGNÓSTICO

A febre amarela é difícil de diagnosticar e o diagnóstico muitas vezes é baseado nas características clínicas do paciente, nos locais e datas de viagens (se o paciente é de um país ou área não endêmica), nas atividades e na história epidemiológica do local onde a presumida infecção ocorreu. Geralmente, o diagnóstico por laboratório é realizado por meio de testes para detecção de anticorpos específicos. Às vezes, o vírus pode ser encontrado em amostras de sangue coletadas no estágio inicial da doença. Os resultados dos testes estão normalmente disponíveis entre 4 e 14 dias após o recebimento da amostra.

FEBRE AMARELA

FEBRE AMARELA

A febre amarela é uma doença hemorrágica viral aguda. O nome “amarela" refere-se à icterícia que afeta alguns pacientes.

SINTOMAS

Geralmente, quem contrai o vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara (só uma pequena proporção de pacientes que contraem o vírus desenvolve sintomas graves) e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias). A pessoa infectada pode apresentar insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço, sintomas que

15 DE MARÇO DE 2018

TRATAMENTO

Não há um medicamento antiviral específico para a febre amarela, mas tratamentos contra desidratação, febre e falência do fígado e do rim trazem melhoras.

PREVENÇÃO

A febre amarela pode ser prevenida por uma vacina extremamente eficaz, segura e acessível, que produz imunidade em 99% das pessoas vacinadas. Segundos as diretrizes da OMS, uma dose única da vacina é suficiente para conferir imunidade sustentada e proteção ao longo da vida. No Brasil, no entanto, o Ministério da Saúde recomenda duas doses, mas as especificações podem variar. Em áreas de alto risco onde há pouca cobertura vacinal, o reconhecimento imediato e o controle de possíveis surtos por meio de imunizações em massa são essenciais para prevenir uma epidemia. Na transmissão urbana da febre amarela, a prevenção deve ser feita evitando a disseminação do Aedes aegypti. Os mosquitos se reproduzem em água limpa e se proliferam dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente com água limpa e parada, como caixas d'água, latas e pneus, são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito deposite seus ovos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados. Fonte: Médico sem fronteiras e Site: Últimos Refúgios

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

7


HOMENAGEM

DIA INTERNACIONAL DA MULHER NÃO É A TOA QUE A PEÇA MAIS FORTE DO JOGO É UMA DAMA 8 de março Dia Internacional da MULHER Homenageando esse ser que traz em si a essência da vida, que é a ideia máxima de amor, família e luta. Uma luta travada diariamente, pelo respeito e igualdade. Não a igualdade para ser como um homem, pois a mulher é infinitamente diferente, em sensibilidade e capacidade de amar, mas na igualdade de ter seus feitos reconhecidos . Abaixo citamos seis nomes de mulheres que foram importantes para a História, mas poderia ter milhares de outros, seria impossível tentar listar todos, essa é apenas uma pequena seleção. Nosso sonho é que, no futuro, milhões de nomes de mulheres que tenham feito a diferença para o mundo possam ser lembradas também. Nesse Dia da Mulher, inspire-se com essas pioneiras que lutaram contra o preconceito para serem aceitas em suas profissões e apesar dessa luta ser travada há séculos, a desigualdade continua, como nos mostra o recente levantamento do Sebrae, na matéria que dá continuidade a essa. HIPÁCIA foi matemática, astrônoma e uma das mais importantes pensadoras da Antiguidade. Acabou sendo brutalmente morta por cristãos, acusada de bruxaria. É considerada a última intelectual de destaque da Alexandria, centro da cultura grega no mundo helenístico. JOANA D’ARC era uma garota pobre e analfabeta de 17 anos quando decidiu salvar a França dos ingleses. Sem nenhum conhecimento militar, convenceu na base da fé um pequeno grupo de soldados a acompanhá-la. A camponesa obteve o que parecia impossível: seu próprio exército, de cerca de 7 mil homens, e a autorização real para marchar até Orleans (a 130 km de Paris) e livrá-la do cerco inglês.

MARIA QUITÉRIA DE JESUS foi uma militar brasileira, heroína da Guerra da Independência. Teve que se disfarçar de homem meses antes para poder lutar contra os portugueses nas batalhas travadas na Bahia. É considerada a primeira mulher a assentar praça numa unidade militar das Forças Armadas Brasileiras e a primeira mulher a entrar em combate pelo Brasil, em 1823. ADA LOVELACE é considerada a primeira programadora do mundo, muito antes da nossa ideia atual de computador pessoal existir. Nasceu em 1815, no Reino Unido, e era filha de Lorde Byron, a única filha legítima do escritor com sua esposa Anne Isabella. Cresceu em um ambiente de lógica e de estudos matemáticos e logo seus talentos com os números a aproximaram do inventor Charles Babbage, professor e inventor. Os estudos dos dois permaneceram quase esquecidos, até que as anotações de Lovelace foram republicadas e se tornaram essenciais para inspirar o trabalho de Alan Turing sobre os primeiros computadores modernos na década de 1940. MARIE CURIE nasceu em 7 de novembro de 1867 e foi uma física e química polonesa. Apesar de ser uma excelente aluna na escola, ela foi impedida de entrar no ensino superior regular, que só aceitava homens. Ela lutou contra o preconceito e tornou-se uma cientista genial. Foi a primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel e a primeira pessoa a ganhar dois prêmios Nobel em áreas diferentes. VALENTINA TERESHKOVA foi a primeira mulher a viajar para o espaço, em 16 de junho de 1963. Ela encarnava o ideal soviético completamente. Nasceu em uma família comunista de trabalhadores operários e rurais na Rússia. Seu pai era motorista de trator e, sua mãe, funcionária de uma fábrica têxtil. Desde cedo, a jovem já curtia se aventurar - e esse foi um dos fatores determinantes para a sua escolha. Por gosto, começou a participar de um clube de paraquedistas amadores e deu seu primeiro salto aos 22 anos. Márcia Campos Ribeiro

CRESCE O NÚMERO DE MULHERES NOS PEQUENOS NEGÓCIOS Na véspera do Dia Internacional da Mulher (8/3), o Sebrae Minas faz um levantamento sobre a participação delas como empreendedoras e no mercado de trabalho das micro e pequenas empresas Em cinco anos, mais que dobrou o número de mulheres Microempreendedoras Individuais (MEI) no Brasil. O número de formalizadas que trabalhavam por conta própria saltou de 1,3 milhão, em 2013, para 3 milhões, em 2018, um aumento de 124%. É o que mostra um levantamento do Sebrae Minas, com base em dados do Portal do Empreendedor. De acordo com os dados da Receita Federal, até fevereiro deste ano, dos 6.389.621 MEI no país, 48% eram mulheres. O Rio de Janeiro é o estado em que elas são a maioria (51%). Já em Alagoas e Ceará, as empreendedoras representam a metade dos formalizados. Em Minas Gerais, dos mais de 736 mil formalizados, 47% eram mulheres, cerca de 347 mil empreendedoras em todo o estado. Já em relação ao mercado de trabalho das Micro e Pequenas Empresas (MPE), segundo levantamento do Sebrae Minas com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), dos mais de 8 milhões de demitidos pelas MPE em 2017, 39,8% eram mulheres. Os setores de serviços e comércio foram responsáveis por mais da metade dos desligamentos das trabalhadoras (2,9 milhões).

Já em relação às contratações, em 2017 as MPE admitiram 4,3 milhões de mulheres, cerca de 39,3% dos contratados no período. Dessas, aproximadamente 47% tinham o ensino médio completo. Em Minas Gerais, as MPE também contrataram mais mulheres do que demitiram. Foram 411.626 admissões contra 403.089 desligamentos, o que resultou em um saldo de 8.537 empregos no ano passado.

O OUTRO LADO DA MOEDA

Apesar do aumento da participação das mulheres no mercado de trabalho das MPE, elas ainda saem em desvantagem na questão salarial. De acordo com dados do Caged, as mulheres contratadas em 2017 ganhavam, em média, R$ 1.281,87, R$ 150,03 a menos que os homens. Já entre as demitidas, que tinham um salário médio de R$ 1.380,73, a diferença salarial chegava a R$ 179,13. O maior contraste foi entre as mulheres demitidas que tinham o ensino superior completo. Elas chegavam a ganhar R$ 1.161,39 a menos que os homens na mesma situação. Em Minas Gerais, a diferença salarial é ainda maior. As mulheres admitidas ganhavam R$ 163,75 a menos que os homens. Já entre as demitidas, o salário era R$ 180,95 menor que dos homens. Fonte Sebrae

Santa Inês Notícias

8

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018


QUEM QUER VENDER, TEM QUE APARECER!!! Para anunciar: 3481-7413 / 99526-7836 jornalsin@gmail.com

Aluguel de Material, Salão e Sítio para Festas MarceloFestas nto orçame Cobrimos nor preço! o me Temos

ALUGUEL DE MESA 99953-3668 Néia

www.harmoniafesta.com.br Rua Pitt, 266 - Cidade Nova - (31) 3486-9429 Rua Três Bicas, 41 - Santa Inês - (31) 3488-7768 harmoniadafesta@gmail.com

• BANHO E TOSA

VETERINÁRIO

Aceitamos os cartões

• ACESSÓRIOS E RAÇÕES

Buscamos e levamos

Av. Contagem, 410 - Loja 11/12 - Santa Inês / Boa Vista

3481-9798

• Rações em geral para cães, gatos, coelhos, tartarugas, peixes e pássaros (Foster, Pedigree, Pitty, Kanina, Quatree, Pop Dog etc...) • Alpiste, painço, aveia, milho, canjiquinha, girassol, etc... • Produtos de limpeza, cloro, desinfetante, cera líquida, pasta brilho, vassouras, etc... • Produtos para jardinagens, xaxins, vasos, adubos, terra, gaiolas, etc.

3088-6385 / 99602-1616 Rua Minduri, 315 - Bairro Santa Inês

Nacionais & Importados Manutenção - Instalação Troca de Filtro - Higienização (Antipolem)

Humberto 31 98759-8212 / 98804-2440 Rua Carmésia, nº 311 - Santa Inês - BH

Mechas Maquiagem Estética

Depilação Pé / Mão

Rua Minduri, 508, Santa Inês

(Ana Cláudia) (Ana Cláudia e Lila)

caiorenatoa@hotmail.com @caiohairmakeup 313486-3297

• FÍGADO ACEBOLADO • PASTÉIS FRITOS NA HORA ESPAGUETE À BOLONHESA • ESPETOS • LOMBO NA CHAPA • CREPES • PEIXE FRITO • OMELETES LIGUE E CONFIRME O PRATO DO DIA • FILÉ A PARMEGIANA

SEXTA-FEIRA: DOBRADINHA COM FEIJÃO BRANCO SÁBADO: A MELHOR FEIJOADA DA REGIÃO LIGUE E RESERVE SUA FEIJOADA

15 DE MARÇO DE 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

9


10

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018


15 DE MARÇO DE 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

11


NOTÍCIAS DA

NOTÍCIAS DO

Por Carolina Lara

HOMENAGEM (IN MEMORIAN) AO SR. SILAS D. MUNDIM Memórias insondáveis e ilimitadas. São por meio delas que Sr. Silas Mundim ainda sobrevive. Falecido no dia 17 de fevereiro, deixa muita saudade, porém, muitas histórias significativas para rememorar. E é por isso que sua família, mesmo ainda movida pelo calor do inesperado, recebeu a reportagem do SIN e alguns amigos no dia 27 de fevereiro. A linda e meiga esposa Olinda Mundim e uma das filhas, Tatiana, estão abrindo os tesouros do baú de uma vida inteira de dedicação à comunidade. Condeco-

Dona Olinda mostrando as condecorações do marido para os amigos PC e Sr. Fontes

rações, documentos, fotos de épocas de luta e muita dedicação ao trabalho foram expostas para os visitantes curiosos que guardam, carinhosamente, os momentos que passaram juntos do Sr. Silas no coração. Impecável, Sr. Silas era um ser totalmente organizado e honesto, tanto em suas atitudes internas como nas externas. Tanto que dona Olinda faz questão de seguir o exemplo: “eu vou continuar tudo o que ele fazia para as pessoas, ajudando netos, bisnetos e toda a família”. Dona Olinda conta que ele sempre a ajudava, inclusive com a feira da casa. Que era muito companheiro e que nunca lhe deixou faltar absolutamente nada. Planejaram todos os detalhes de suas vidas, inclusive a vinda das duas filhas. “Em todas as contas bancárias ele me colocou em conjunto para que eu não passasse nenhuma dificuldade. E, dessa forma, está mais fácil realmente resolver tudo”. O casal também conversava sobre a morte e, amorosamen-

te, decidiam que um não podia sobreviver sem o outro. Mas dona Olinda sobreviverá com a mesma força impulsionada pelo amor que a manteve de pé por todos esses anos. E assim, a vida segue. Dona Olinda receberá sempre o apoio dos amigos UPMSI que conhecem, de perto, esse senhor singelo, discreto, sério e brincalhão ao mesmo tempo. Esse senhor que deixa alegrias, piadas e um exemplo humano a ser seguido. Sr. Silas era muitíssimo querido e eu, uma simples repórter, devo agora me calar para deixar que falem aqueles que o conheceram de verdade: “Conhecer o Silas foi uma dessas coisas boas que acontece na vida da gente. Em tão pouco tempo de convivência nos tornamos bons amigos e parecia que nos conhecíamos há tempos. Nesse período, o Silas se tornou um grande conselheiro para toda hora. Uma pessoa inteligentíssima de uma leitura e escrita impecável. Era de uma generosidade e uma disponibilidade incomparável. Lembrome de algumas vezes em que precisei dele e estive em sua casa para uma conversa rápida no portão, mas, geralmente, essas conversas se estendiam por horas, sentados em sua sala. E sempre fui muito bem recebido pela gentil e amável Dona Olinda. Que, alias, está me devendo um jantar. Não podemos deixar de lembrar ainda o quanto ele foi importante para esta instituição. Nesses mais de 50 anos de UPMSI, foi presença certa em quase todos os momentos marcantes na construção, do bairro Santa Inês e do União Recanto Clube. Perdemos, sem dúvida, um dos nossos maiores colaboradores. Obrigado Silas pelo privilégio de ter convivido com você, pela honra de ter ouvido seus conselhos e suas historias, o prazer de ter me divertido com os casos que adorava contar”. Descanse em paz, amigo. Paulo Cesar, (PC) - Diretor Administrativo UPMSI-URC

“Conheci o Silas na época em que ele foi tesoureiro do UPMSI. Ele também chegou a ser Diretor Administrativo e presidente por dois mandatos. Sempre participou de todos os conselhos. Sempre com boas ideias. Tinha um excelente português e, por isso, todos consultavam suas dúvidas com ele. Seu legado para a UPMSI é memorável: fez a caixa d’água, trocou filtro, resolveu o consumo de água do clube porque a água ia embora. Consertou todo o encanamento de esgoto. Também tinha um talento literário que pode ser comprovado pelos seus textos publicados no jornal SIN, a coluna: “das historias que eu ouvi”. E todo mundo adorava. Também em uma época fazia a revisão do jornal. Silas construiu o recanto da Chiquinha e comemorava o aniversário do local todo dia 7 de setembro. Sempre disposto a colaborar, sempre colaborando com as questões do Estatuto. Tínhamos o encontro toda terça e quinta na “Chiquinha” e sempre estávamos juntos. O mais impressionante é que sonhei com ele essa noite (um dia antes dessa entrevista). Estava no clube com ele e, com a mão em seu ombro, andávamos conversando. Foi uma grande perda. Um homem muito guardião e generoso. Resolvia o problema Edison Nascimento da Silva – sócio desde 1980 do URC de toda a família” Presidente do Conselho Consultivo há 20 anos

“Muito amigo, amigo de verdade”. Homem inteligente, de português refinado, conselheiro para todas as horas. Confidente. “Aquela pessoa em quem você tem certeza que pode confiar”. Vizinho aqui no bairro a quase 50 anos. Trabalhamos na mesma empresa - Rede Ferroviária Federal. Na UPMSI/ URC, fui seu vice-presidente (2005/2008) e Diretor Administrativo (2009/2012). Homem “pau pra toda obra”. Mediador, tinha talento especial para ajudar a solucionar problemas de amigos e colegas. “Foram quase meio século de Antônio Onofre Fontes – presidente UPMSI amizade e companheirismo”. “uma verdadeira cédula que... Acumulou e dividiu talentos de humor literário e cultural! ...partilhou conquistas e muitas histórias de vida! O tempo passa e nós também O Silas se foi... Nos resta uma gratidão a Deus pelo tempo que permitiu a sua passagem por nós! Mesmo para quem foi apenas uma convivência aparente, ficará uma Rô – integrante da Comissão de Eventos URC saudade!”

D. Olinda, Paulo Cezar e a filha Tatiana

12

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

“Silas foi um grande homem, uma pessoa maravilhosa e muito boa para todos nós, sempre lutou pela comunidade e quem sou eu para escrever alguma coisa! Eu só tenho que sentir a ausência dele, pois toda a vida deu assistência Toninho Quequeta – Sócio URC para nós e, para mim, ele foi maravilhoso!” 15 DE MARÇO DE 2018


SR. SILAS ERA TOTALMENTE DEDICADO À FAMÍLIA. CUIDAVA DE TODOS COMO SE FOSSEM SEUS PRÓPRIOS FILHOS

INFORMATIVO DE AULAS NA UPMSI/URC FUTEBOL SOCIETY

KUNG-FU SHAULIN DO NORTE

Aulas: 3ª e 5ª A partir de 6 anos 18h30 às 19h30 / 19h30 às 20h30 Valores: Sócio: R$ 65,00 Não Sócio: R$ 90,00 Professor: Erick

Aulas: 4ª e 6ª Alunos a partir dos 3 anos de idade Período da manhã: 8h30 às 9h30 Período da tarde: 14h às 16h Local: quadra com grama sintética Valores: Sócio: R$ 70,00 Não Sócio: R$ 80,00 Professor: Felipe

NATAÇÃO

Aulas de 3ª a 6ª feira – manhã, tarde e noite A partir dos 4 anos de idade Valores: MATRÍCULA: R$ 35,00 para sócios e não sócios Sócio: R$ 65,00 (2x) - R$ 75,00 (3x) - R$ 83,00 (4x) Não Sócio: R$ 75,00 (2x) - R$ 85,00 (3x) - R$ 93,00 (4x) Instrutor: Marcus Vinícius Confira os horários: 8h às 8h45 / 10h às 11h30 / 15h às 17hs / 18h às 18h45 / 18h45 às 19h30 / 19h30 às 20h15 As aulas experimentais devem ser agendadas com o professor - 98350-9890

HIDROGINÁSTICA

Aulas: 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira: 09h às 10h Idade: à partir de 10 anos Valores: Sócio: R$ 85,00 Não sócio: R$ 95,00 Instrutora: Elihoene

MUSCULAÇÃO

Venha manter a forma na Academia Luciano’s GYM Aulas: 2ª a 6ª feira Manhã: 06h30 às 12h Tarde: 15h às 22h Idade: a partir dos 15 anos Valores: Sócio / Não Sócio: R$70,00 Carteira: R$ 10,00 Instrutor: Luciano

FUTSAL

(ESCOLINHA ALLAN’S)

A partir de 3 anos Aulas: 3ª e 5ª / Horário: 8h às 10h Valores: Sócio: R$ 70,00 Não Sócio: R$ 80,00 Professor: Japão

VÔLEI

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

A Diretoria UPMSI/URC resgatou e abriu espaço para o voleibol que já está atraindo muitos jovens para as quadras do URC. A modalidade esportiva também está sendo oferecida para crianças a partir dos 10 anos e adultos. O instrutor Alexandre Magalhães disse que incentiva, além daqueles que nunca tiveram contato com o esporte, também aqueles que já praticaram e gostariam de retornar. Os interessados devem entrar em contato com o instrutor pelo número 31- 971672447 ou na Secretaria do Clube 3481 7005. O voleibol é mais uma modalidade esportiva oferecida no URC. Os treinos acontecem às terças e quintas a partir das 18hs Confira todas as modalidades ofertadas aqui: http://www.upmsi.org.br/urc/atividades/

A diretoria da União PróMelhoramentos de Santa Inês, com sede na Rua Carmésia, 400, Bairro Santa Inês - Belo Horizonte/ MG, em cumprimento às normas do Estatuto, conforme dispositivo do Artigo 7º, parágrafo 2º, convoca seus associados - em pleno gozo dos seus direitos - a comparecerem à Assembleia Geral Ordinária, que será realizada em 08 de abril de 2018, domingo. A primeira chamada da Assembleia terá início às 10 horas e 30 minutos. Não tendo quorum, em segunda chamada, após 30 minutos, com qualquer número de presentes, para seguinte Ordem do Dia. 1 - Apresentação do balanço do ano anterior e relatório de atividades.

Curta no 15 DE MARÇO DE 2018

: /Upmsi

Belo Horizonte, 08 de abril de 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

13


PROFISSÃO

PROFISSÃO GASTRONOMIA: COMO ME TORNEI UM BOM COZINHEIRO E A VIDA ENTRE PANELAS Uando Ferreira Santos (37), chefe de cozinha e consultor em alimentos e bebidas, especialização em comida nacional e internacional contemporânea. Chef de pratos conhecidos como o cambito do leitão ao molho de café e rapadura (festival gastronômico da pampulha), e coroa de costelinha ao barbecue de goiabada com dadinhos de queijo coalho (festival gastronômico botecar). Uando Santos é um dos cozinheiros mais reconhecidos no Brasil, atualmente é chef executivo do restaurante " Tudo na Brasa" em Belo Horizonte MG. Ele usa a base técnica de culinária Européia para fazer pratos tradicionais de comida mineira, além de criar novas receitas. Aos 37 anos ele está à frente de alguns eventos de sucesso. Nesta entrevista, ele fala sobre como começou na carreira, sobre as dificuldades e beleza da profissão. Como você chegou a essa carreira? O que te motiva? Por que você a escolheu? Uando Santos: Eu comecei lavando panelas em um restaurante self

service ainda menor de idade, quando tive oportunidade de fazer um curso de gastronomia no SENAC MG em 1997 e nunca mais parei de estudar na área. Já o que mais me motiva é a satisfação do cliente. Felizmente, não foi uma escolha na época, apareceu a oportunidade e me apaixonei completamente. Como sua formação está presente no trabalho que você faz hoje? Uando Santos: O mercado cresceu muito. Em minha formação hoje estou atuando 100% no mercado, e estou muito satisfeito com minha escolha. O que mudou entre a sua expectativa e a realidade? Uando Santos: Minha expectativa era apenas ter um bom trabalho e fazer com amor assim como estou fazendo, claro que hoje vivo uma realidade acima do que imaginei. Qual a maior dificuldade da profissão que você escolheu? Uando Santos: Hoje minha maior dificuldade é conseguir pessoas capacitadas e com formação, mas que queira primeiro ser cozinheiro e não chef de cozinha. A maioria querem ser chef e esquecem de fazer o primordial que é cozinhar. O que você diria para alguém que está pensando em trabalhar como cozinheiro? Uando Santos: Para quem está pensando em entrar para o mercado de trabalho, ou começando digo o seguinte; humildade sempre, pensem em ser bons cozinheiros, chef será consequência do seu bom desenvolvimento como profissional. Por Najla Rodrigues Rosa

14

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018


CIDADANIA

A CONSCIÊNCIA DE CADA UM No embalo do excelente texto do nosso caro colaborador João Martins sobre a importância da nossa consciência como cidadão, começando pelo voto e seguindo em frente com a vigia que cada brasileiro deveria fazer ao candidato que escolheu, principalmente após esse ter tomado posse. A diferença social e econômica no nosso país só faz crescer, aumentando a pobreza, a fome, a ignorância, a falta de segurança e de saúde de toda a população. Existe um disparate total entre o salário mínimo e o salário de quem estipula e vota no salário mínimo. Os “representantes” do povo se refastelam em benefícios, com um ganho infinitamente maior que o pago a quem representam. Um bom momento para se refletir sobre os nossos deveres. Principalmente o de fazer valer a nossa constituição e os nossos direitos. Repito aqui o texto do procurador da República em Joinville/SC, que chegou a ser afastado por escrever a verdade sobre tamanha inconsciência e total falta de coerência que acontece no nosso país. Leia e reflita. Só a nossa lucidez e atitude poderá reverter essa situação. Márcia Campos Ribeiro

TOMARA QUE DEUS NÃO EXISTA!

Artigo de Davy Lincoln Rocha, procurador da República em Joinville (SC).

Brasil, um país onde não apenas o Rei Está nu. Todos os Poderes e Instituições estão nus, e o pior é que todos perderam a vergonha de andarem nus. E nós, os procuradores da República, e eles, os magistrados, teremos o vergonhoso privilégio de recebermos R$ 4.300,00 reais de auxílio moradia, num país onde a Constituição Federal determina que o salário mínimo deva ser suficiente para uma vida digna, incluindo alimentação, transporte, moradia e até lazer. A partir de agora, no serviço público, nós, procuradores da República dos Procuradores, e eles, os magistrados, teremos a exclusividade de poder conjugar nas primeiras pessoas o verbo MORAR. Fica combinado que, doravante, o resto da choldra do funcionalismo não vai mais morar. Eles irão apenas se esconder em algum buraco, pois morar passou a ser privilégio de uma casta superior. Tomara que Deus não exista! Penso como seria complicado, depois de minha morte (e mesmo eu sendo um ser superior, um procurador da República, estou certo que a morte virá para todos), ter que explicar a Deus que esse vergonhoso auxílio-moradia era justo e moral. Como seria difícil tentar convencê-Lo (a ele, Deus) que eu, defensor da Constituição e das Leis, guardião do princípio da igualdade e baluarte da moralidade, como é que eu, vestal do templo da Justiça, cheguei a tal ponto, a esse ponto de me deliciar nesse deslavado jabá chamado auxílio-moradia. Tomara, mas tomara mesmo que Deus não exista, porque Ele sabe que eu tenho casa própria, como de resto têm quase todos os procuradores e magistrados e que, no fundo de nossas consciências, todos nós sabemos, e muito bem, o que estamos prestes a fazer. Mas, pensando bem, o inferno não haverá de ser assim tão desagradável com dizem, pois lá, estarei na agradável companhia de meus amigos procuradores, promotores e magistrados. Poderemos passar a eternidade debatendo intrincadas teses jurídicas sobre igualdade, fraternidade, justiça, moralidade e quejandos. Como dizia Nelson Rodrigues: toda nudez será castigada!

ACORDA, BRASIL! ESTE ANO TEREMOS ELEIÇÕES! Queridos leitores, meu abraço! Foi dada a largada ao Palácio do Planalto e o povo brasileiro tem a preciosa oportunidade de escolher o novo presidente da república para governar o país pelos próximos quatro anos. Dentre os candi* João Martins datos já lançados podemos destacar: Álvaro Dias, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, Cristovam Buarque, Fernando Collor, Jair Bolsonaro, Lula, Manuela D'Ávila e Marina Silva. Além destes, o atual presidente Michel Temer, Rodrigo Maia e Henrique Meirelles aparecem como eventuais postulantes ao cargo de servidor mais importante do nosso país. E, diante da maior crise política/econômica/moral/institucional da história, no dia 1º de março grande parte da população brasileira, cansada de tantos desmandos e tamanha corrupção resolveu se mobilizar e lançou a #Força, Neymar! O jogador da seleção brasileira que havia se submetido a uma pequena cirurgia foi o grande destaque em todas as redes sociais, já que os torcedores canarinhos ficaram preocupados com a ausência do atleta na Copa do Mundo da Rússia. Nada pessoal contra o atleta que, sem sombras de dúvidas, é um dos maiores jogadores da atualidade. A grande questão é que o brasileiro parece não estar consciente da atual situação do país e que as eleições do dia 02 de outubro serão de fundamental importância para colocar o Brasil nos trilhos do crescimento econômico, da austeridade, da decência, da geração de empregos e, sobretudo de políticas públicas sérias que beneficiem os milhões de miseráveis que são tratados somente como estatísticas pelos nossos governantes. Com todo o respeito ao Neymar, mas o Brasil tem outras prioridades e lanço a #Força, aos mais de 12 milhões de desempregados ou #Consciência, Brasil, como duas delas! Em uma nação em que, atualmente, prevalece a intolerância racial, religiosa e sexual, a falta de hospitais, uma educação de péssima qualidade, aumento desordenado de violência e um abismo enorme que separa pobres e ricos, não podemos nos dispersar e ficar elegendo “bobagens” como nossas prioridades ao invés de estarmos de olhos bem dilatados a tudo que acontece na política para termos coerência na escolha do novo presidente, os novos governadores, além de deputados e senadores no pleito que se aproxima. É desejo dos brasileiros que o namoradinho da Bruna Marquenize e jogador do Paris Saint-Germain se recupere para que a seleção brasileira faça um bom papel na Copa do Mundo. Contudo, jamais podemos nos deslumbrar com o futebol e nos esquecer do nosso papel como cidadãos, votando com responsabilidade e não abrindo mão do poder que só nós temos de “virar este jogo”. Para finalizar, lanço a #Acorda, Brasil, na tentativa de despertar o “gigante adormecido”! Até a próxima! João Martins F. Mello é jornalista, escritor, articulista, ombudsman e comediante stand-up. E-mail e sugestões para esta coluna: joaonetojornalista@gmail.com

Que nesta época renasçam o amor, a fé e a esperança no seu coração. FELIZ PÁSCOA!

• • • • • • • •

Bolsas - Mochilas - Presentes em Geral • Brinquedos • Artigos de Conveniências • Jogos de Lenções - Cobertores - Toalhas • Natura (Pronta Entrega) •

Tudo em até 4x em todos os cartões sem juros

Xerox - Xerox Colorido - Fax Impressão Colorida e P/B Encadernação - Plastificação Scanner P/B e Colorido Toda Linha Material Escolar Artigos de Informática Material para Escritório Jogos Pedagógicos

TUDO

para Xbox 360 e Xbox One • Jogos • Manetes • Kinect • HD TUDO ORIGINAL Contato:

98834-3577 Bruna

QUEM QUER VENDER, TEM QUE APARECER!!! Para anunciar

3481-7413 / 99526-7836 jornalsin@gmail.com

15 DE MARÇO DE 2018

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15


UTILIDADE PÚBLICA

REFORMA DA PREVIDÊNCIA A última proposta de Reforma da Previdência lançada pelo Governo, tal qual as demais, tem rendido incontáveis histórias e estórias. Certo é que, com o imenso estardalhaço social face às novas regras para concessão de aposentadorias e pensões, viu-se a necessidade de tentar mitigar alguns impactos e também a opinião pública, já que, ano que vem, teremos novas eleições e nossos representantes não querem correr o risco de “dar uma bola fora”. Em primeiro lugar, precisamos esclarecer que existem dois Regimes básicos de Previdência no Brasil: Regime Geral e Regime Próprio. Além desses, também temos Previdência Privada e Complementar, todas explicadas com detalhes no primeiro Capítulo da nossa obra. O Regime Geral de Previdência Social (RGPS), gerido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), abrange trabalhadores e segurados facultativos em geral. Já o Regime Próprio de Previdência (RPPS), se volta aos servidores públicos, sujeitos a regras próprias na concessão de benefícios, e

pode ser instituído nas esferas federal, estadual ou municipal. A Reforma que será em breve discutida e votada pelo Congresso Nacional (PEC 287-A/2016), engloba a alteração de regras válidas para ambos os Regimes básicos (Geral e Próprio). Atualmente, o RGPS conta com a concessão de 10 espécies de benefícios: Aposentadoria por Idade, regra geral, para segurados homens com ao menos 65 anos de idade e mulheres com 60, e no mínimo 15 anos de contribuição. Aposentadoria por Tempo de Contribuição, para aqueles segurados que, independente da idade, já contam com 35 anos de contribuição, se homem, ou 30 anos, se mulher como regra geral. Aposentadoria Especial, 15, 20 ou 25 anos de contribuição para segurados que trabalham expostos a agente nocivo. Aposentadoria por Invalidez, para segurados que adquirem incapacidade total e permanentemente para o

trabalho. Auxílio-doença, para aqueles segurados que estão temporariamente incapacitados, de forma total ou parcial. Auxílio-reclusão, para dependentes de segurados de baixa renda presos em regime fechado ou semiaberto. Auxílio-acidente, para segurados que ficam com se-

qüela definitiva decorrente de acidente. Salário-maternidade, para segurados adotam ou dão à luz. Salário-família, por filho menor de 14 anos dos segurados de baixa renda. Pensão por Morte, para dependentes de segurados falecidos. As alterações inicialmente propostas aos trabalhadores rurais e benefícios assistenciais foram, por ora,

deixadas de lado, num claro seja, 15% meesforço do Governo em ten- nor que os atutar aprovar pelo menos uma ais 85% da apoparte das mudanças origi- sentadoria por nais. Em outras palavras, o idade. Danielle Guedes Governo recuou diante da Para levar baixa aceitação da Reforma. 100%, o trabalhador do RegiOs pontos básicos da me administrado pelo INSS nova proposta de Reforma vai precisar contribuir efetida Previdência têm como vamente por 40 anos ao sisfoco principal fundir as apo- tema. sentadorias por temA idade mínima para po de contribuição e professores, segundo o texpor idade do RGPS, to atual da Proposta de Emenextinguir a acumula- da Constitucional (PEC), seção generalizada de rá reduzida em 5 anos e fixaaposentadoria com da em 55 anos de idade para pensão por morte e policiais. Ainda, o acúmulo de penalterar a forma de cálculo da aposen- são por morte e aposentadotadoria, com fixação ria seria restringido ao valor de de percentual inicial dois salários-mínimos, sendo m e n o s v a n t a j o s o que a pensão deixará de ser paga em 100% do salárioque os atuais. Dessa forma, por exem- de-benefício (um retorno à plo, a principal aposentadoria antiga legislação). Alterações à parte, o do RGPS teria como regras básicas para concessão: ida- que o cidadão precisa comde mínima de 62 anos para preender é que seus direitos mulher e 65 para homem, so- não devem ser discutidos à mada a um mínimo de 15 anos sua mercê. Acompanhar o de contribuições (25 anos de desenrolar de todo processo contribuições na proposta ori- de alterações legislativas é ginal). O valor inicial dessa dever do eleitor consciente. Fique de olho! aposentadoria seria de 60% Drª. Danielle Guedes - Advogada da média de contribuições, ou Telefones: (31)98579-3839 ou (31)98700-5234 E-mail: mansuetoeguedesadvogados@gmail.com

SEM EDUCAÇÃO NÃO HÁ FUTURO! LBV apoia famílias para que crianças, adolescentes e jovens sejam motivados a frequentar a escola De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 11,8 milhões de analfabetos. Esse número corresponde a 7,2% da população que tem 15 anos ou mais de idade. Na faixa etária igual ou superior aos 60 anos, o índice alcança 20,4%. A região Nordeste registra o maior percentual de analfabetismo (14,8%), número quase quatro vezes maior do que as taxas estimadas para o Sudeste (3,8%) e para o Sul do país (3,6%). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) também divulgaram em 2017, pela primeira vez, indicadores de fluxo escolar na Educação Básica. Os dados revelam que 12,9% e 12,7% dos alunos matriculados na 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, respectivamente, se evadiram da escola entre 2014 e 2015, de acordo com o Censo escolar. O 9º ano do Ensino Fundamental teve a terceira maior taxa de evasão (7,7%), seguido pela 3ª série do Ensino Médio, com 6,8%. Considerando-se todas as séries do Ensino Médio, a evasão chega a 11,2% do total de alunos. A evasão é maior nas escolas

16

rurais, em todas as etapas de ensino. Os indicadores de promoção e de repetência, apesar de não serem inéditos, demonstram que a repetência na 1ª série do E n s i n o M é d i o atinge 15,3% e que o índice igualmente é alto no 6º ano do Ensino Fundamental,comtaxade14,4%. Mudar essa triste realidade requer o esforço de todos e a atuação conjunta dos governos, da sociedade civil e da iniciativa privada, além do imprescindível apoio das famílias e dos educadores. Ao longo de seus quase 70 anos de existência, a Legião da Boa Vontade (LBV) tem promovido uma série de ações permanentes em favor da Educação, com vista ao combate aos índices de analfabetismo, de evasão escolar, de trabalho e exploração infantil e de pobreza no país. Para tanto, a Instituição auxilia os pais que não dispõem de recursos financeiros para a compra dos materiais escolar e pedagógico; empreende atividades que motivam crianças e adolescentes a

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

frequentar a escola e a continuar os estudos; oferece oportunidades de aprendizagem a jovens e adultos; realiza capacitação de educadores; presta assessoramento a unidades de ensino; e propicia a famílias o acesso à informação, orientação e acompanhamento social. Em suporte a todas essas ações, a LBV realiza, anualmente, a campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro!, que, em 2018, entregará mais de 22 mil kits de materiais escolar e pedagógico, nas cinco regiões brasileiras. Ainda neste período do ano, a Instituição doa conjuntos completos de unifor-

me a milhares de crianças, adolescentes e jovens de famílias em situação de vulnerabilidade os quais participam das atividades em suas escolas de Educação Básica e em seus Centros Comunitários de Assistência Social, localizados em diversas cidades do país. A entrega dos kits ocorre sempre em fevereiro e março, e serão beneficiados com as doações alunos das escolas de Educação Básica da Legião da Boa Vontade — incluindo os que cursam a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) —, crianças e adolescentes de 6 a 15 anos de idade que participam dos

programas socioassistenciais desenvolvidos nos Centros Comunitários da LBV, bem como estudantes atendidos por organizações parceiras da Entidade. Para angariar as doações, a LBV conta com a solidariedade do povo brasileiro e a mobilização de colaboradores, voluntários, amigos e parceiros. Os donativos para a campanha podem ser feitos pelo site www.lbv.org ou pelo tel. 0800 055 50 99. Outras informações, basta acessar o perfil da LBV no Facebook, no Instagram e no Youtube, por meio do endereço “LBVBrasil”. 15 DE MARÇO DE 2018


FIQUE POR DENTRO

PREVENÇÃO DE DOENÇAS RENAIS NAS MULHERES É FOCO DO DIA MUNDIAL DO RIM Uma rotina tripla de trabalho, que limita o acesso da mulher aos serviços de saúde, aliada a fatores genéticos e hereditários, fazem com que as mulheres tenham maior risco de desenvolver problemas renais crônicos. O percentual de mulheres com doenças nos rins é de 14%, enquanto nos homens chega a 12%. Segundo dados divulgados pela organização World Kidney Day, as doenças renais crônicas afetam aproximadamente 195 milhões de mulheres em todo o mundo, sendo atualmente a 8ª principal causa de morte entre o público feminino, com cerca de 600 mil mortes por ano. Apesar de serem as mais afetadas pelos problemas renais, as mulheres são também as que menos procuram tratamento. E é por esse motivo que o Dia Mundial do Rim, que acontece toda segunda quinta feira do mês de março, convenientemente, em 2018 coincidiu a data com o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 08 de março, oferecendo-nos a oportunidade de refletir sobre a importância da saúde das mulheres e, especificamente, a saúde renal. No Brasil, um em cada dez brasileiros sofre de algum tipo de doença renal, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia. A doença renal é qualquer patologia ou distúrbio que afeta os rins, alterando a sua capacidade de filtrar resíduos, sais e líquidos do sangue. Embora existam condições específicas, as mais frequentes são a Insuficiência Renal Aguda (IRA), Insuficiência Renal Crônica (IRC), Doença Renal Hereditária (DRH) e Doença Renal Crônica (DRC). A DRC possui uma taxa de mortalidade maior que o câncer mamário e o câncer de próstata, atingindo 10% da população mundial. O início da doença renal crônica normalmente é silencioso, uma vez que os rins conseguem tolerar por um determinado tempo a diminuição da função. Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia indicam que 120 mil pessoas fazem hemodiálise no Brasil, sendo que 70% descobriram a doença tardiamente, o que reforça a necessidade de campanhas para prevenção de enfermidades que podem levar a uma disfunção renal, como a diabetes mellitus e a hipertensão arterial. A primeira afeta 50% dos pacientes que fazem hemodiálise, e a segunda, 30% dos pacientes. A hemodiálise é a

"filtragem do sangue", uma denominação genérica para qualquer procedimento que promova a remoção das substâncias tóxicas que ficam retidas quando os rins deixam de funcionar adequadamente. NEFROPATIA LÚPICA E INFEÇÃO RENAL Algumas doenças renais, como a nefropatia do lúpus ou a infecção renal (piroonefrite aguda ou crônica) geralmente afetam as mulheres. A Nefropatia Lúpica é causada por uma doença auto-imune, em que o sistema imunológico do corpo ataca as próprias células e órgãos. A pielonefrite é uma infecção potencialmente grave que envolve um ou ambos os rins. As infecções renais (como a maioria das infecções do trato urinário) são mais comuns nas mulheres e o risco aumenta na gravidez. Para garantir bons resultados, como a maioria das doenças renais, o diagnóstico e o tratamento devem ser oportunos. DOENÇA RENAL E GRAVIDEZ A DRC também é considerada um fator de risco para desfecho adverso da gravidez e redução da fertilidade. As mulheres que têm CKD estão em maior risco de resultados negativos para a mãe e o bebê; as gravidezes em mulheres com DRC avançada são mais desafiadoras com altas taxas de transtornos hipertensivos e partos prematuros. Eles podem ter uma fertilidade reduzida, mas a concepção é possível, mesmo que infrequente, em diálise. Nesse caso os resultados melhoram com o tratamento de diálise intensiva (diariamente ou quase diariamente), solicitando programas dedicados para mulheres em idade fértil. Por sua vez, as complicações relacionadas à gravidez aumentam o risco de doença renal: pré-eclâmpsia, uma síndrome em que um defeito da implantação da placenta afeta rins normais induzindo a hipertensão e proteinúria, é uma das 3 principais causas de mortalidade materna. A preeclampsia, o aborto séptico (infecção da placenta) e a hemorragia pósparto (hemorragia maior após o parto) são as principais causas de lesão renal aguda (IRA) em mulheres jovens e podem anunciar a existência de ERC em sobreviventes.

TREM TURÍSTICO LIGARÁ MINAS AO RIO DE JANEIRO; VIAGEM INAUGURAL NO SEGUNDO SEMESTRE Um trem turístico deve começar a funcionar a partir do segundo neamente de Cataguases (MG) e Três Rios (RJ). Os turistas poderão fazer semestre deste ano. As linhas construídas e recuperadas ligarão municí- o trajeto completo de ida e volta ou retornar para a origem trocando de trem pios de Minas ao Rio. São 160 quilômetros de linhas férreas que ligam na metade do caminho. Cataguases, em Minas Gerais, a Três Rios, no estado fluminense. Outras BRASIL TURÍSTICO seis cidades serão contempladas com o passeio interestadual: Leopoldina, De acordo com o Ministério do Turismo (MTUR), o Brasil possui, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, em Minas Gerais; e Sapucaia, no Rio de Janeiro. Os passeios serão realizados aos sábados, atualmente, mais de 30 trens turísticos em operação e o órgão apoia iniciativas que valorizam o transdomingos e feriados. O objetivo é Fotos: ONG Amigos do Trem e Isabela Kassow/Diadorim Ideias porte turístico através do resgate dinamizar a atividade turística nos das ferrovias e da história do transmunicípios. porte ferroviário brasileiro. No dia Os turistas que já visitam a 26 de fevereiro, uma reunião em re-gião em busca de atrativos naBrasília marcou a retomada de disturais e históricos poderão aprecussões do Grupo de Trabalho de ciar as belas paisagens, além de Turismo Ferroviário coordenado, realizarem viagens temáticas e atidesde 2010, pela Pasta. vidades culturais ao logo das estaCabe ao grupo a elaboração ções. O projeto Trem turístico Riode políticas de fomento ao setor. A Minas é coordenado pela Organipauta do encontro abordou pontos zação da Sociedade Civil de Intecomo a necessidade de avanços resse Público (Oscip) Amigos do normativos e legais na área para Trem e conta com o apoio das presuperar obstáculos ao adequado feituras e iniciativa privada da redesenvolvimento do ramo no Bragião, além da concessionária da sil. A próxima reunião do colegiado ferrovia Centro Atlântica e órgãos deve ocorrer em abril. Além do do governo federal ligados ao transMTur, fazem parte do GT de Turisporte ferroviário. “A previsão é que essa iniciativa contribua com a geração de cerca de mo Ferroviário representantes do Ministério dos Transportes, do DNIT, da 500 empregos diretos e indiretos, além de manter preservado o patrimônio Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Instituto do histórico”, comenta Paulo Henrique Nascimento, que está à frente do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Ministério do Meio projeto, e considera o trem Rio-Minas inovador para a atividade turística. Ambiente, do Brasil Convention & Visitors Bureau e empresários do setor, Os trens poderão transportar até 850 passageiros, por dia de funcio- entre outros. Com Ministério do Turismo namento, nos dois sentidos da ferrovia. As composições partirão simulta-

QUEM QUER VENDER, TEM QUE APARECER!!! Para anunciar: 3481-7413 / 99526-7836 15 DE MARÇO DE 2018

- jornalsin@gmail.com Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

17


DIVERSOS

JEITO MINEIRO DE SER Projeto Ser Mineiro analisa a formação do indivíduo da região de Minas Gerais em uma roda de conversa

Palco de uma riqueza histórica e cultural ilimitada, Minas Gerais é terra de povo hospitaleiro e atencioso, sempre disposto a uma boa conversa. Foi com esse clima mineiro que o professor de História Robert Wagner Machado Mendlovitz desenvolveu com os alunos da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Maximus – Unidade Santa Inês o Projeto Ser Mineiro. O projeto consiste em uma análise histórica, antropológica e sociológica da formação do indivíduo natural da região das Minas Gerais. Assentados em volta de uma mesa com café e pão de queijo, a roda de conversa foi conduzida pelo professor, percorrendo o contexto histórico, musical e a poesia da região. Entre um pão de queijo e outro, ao som da música Seio de Minas, da cantora Paula Fernandes, o estudo foi realizado do jeito mais mineiro possível de agregar conhecimento a uma boa roda de prosa.

LXXX – ESSES PROVÉRBIOS (*) Não há bem que sempre dura nem mal que nunca acaba O seu time do coração está invicto há 26 rodadas do campeonato nacional, vem jogando bem, está bem treinado, todo o * Alder Borges elenco demonstra satisfação em pertencer ao grupo, mas perdeu de goleada na rodada passada para o time lanterna. Eis aí um motivo mais que suficiente para você se lembrar da primeira parte desse provérbio: não há alegria que dura para sempre. Um dia desses, no início da tarde, precisei sair de carro. Peguei os documentos e a chave, abri o carro, peguei o controle eletrônico que deixo na porta e acionei o portão da garagem, entrei no carro, coloquei o cinto de segurança, virei a chave da ignição, coloquei marcha a ré no carro e, quando olhei pelo retrovisor, vi que o portão abriu só até a metade. Desliguei o carro e fui até ao portão para ver o que estava acontecendo. A conclusão foi rápida. Apareceu um defeito no motor. Liguei para a assistência técnica, mandaram um técnico que confirmou que o motor estava realmente com defeito, mas tal modelo saiu de linha há bastante tempo e o único recurso seria a troca por um novo. Orçamento? Setecentos reais. Imediatamente, lembrei-me também dos dizeres da primeira parte desse ditado popular: não há bem que sempre dura. Havia muito tempo que aquele motor vinha funcionando bem, sem nenhum problema. Quando você se encontra com um amigo que sempre teve um comportamento taciturno, semblante contrariado, e o vê alegre, com bom astral, falando muito e sorrindo, você fica curioso e lhe pergunta: “O que aconteceu de bom? Você está mudado e para melhor”. E ele lhe responde: “Sabe aquele meu patrão que só tratava os empregados com grosseria, com arrogância e sem nenhuma educação? Pois é, ele morreu e seu substituto é totalmente diferente. Trata todos os empregados com respeito, com educação, com cae até nos deu uma correNão há bem que sempre rinho ção salarial para acompanhar a concorrência”. dure, nem mal que Nesse momento, com nunca se acabe... certeza, você vai se lembrar da segunda parte do provérProvérbio português bio, que diz: não há mal que nunca acaba. Felizmente, para todos nós filhos de Deus, não são perenes as contrariedades, os aborrecimentos, as frustrações em nossas vidas. Elas também são, em sua maioria, passageiras, graças a Ele, e é por causa disso que existe uma brincadeira que diz: “tudo na vida é passageiro, exceto o chofer e o trocador”. Esses fatos citados acima são exemplos das verdades contidas nesse provérbio, o qual tem grande frequência de uso em todas as partes do Brasil. Vejo nele uma característica diferente da maioria dos provérbios, talvez por ser constituído de duas partes aparentemente antagônicas em seus sentidos, mas complementares em seus resultados. Enquanto que, na primeira parte, ele é preventivo e, ao mesmo tempo, tranquilizador, pois busca manternos atentos para o fato de que todos os bens materiais e, ou, mesmo os comportamentos e as atitudes humanas não são perenes. Exatamente por isso, não devemos esperar tanto deles, não devemos nos decepcionar se estragam ou vencem ou mudam ou desaparecem ou quebram, etc. Já em sua segunda parte, entendo ser nosso provérbio um verdadeiro lenitivo, uma consolação para nossos espíritos. Está nos dizendo: não vos apoquenteis com suas dificuldades, não vos desespereis e nem desanimeis, porque elas também não duram para sempre. Claro que existem pessoas que se nos apresentam mais felizes que outras, influenciadas por uma série de fatores, como os conjunturais, econômicos ou culturais. Às vezes, nem têm menos problemas, apenas os administram melhor, são mais “de bem com a vida”. De qualquer forma, penso ser muito difícil a obtenção de provas efetivas, concretas, sobre a existência de pessoas normais que conseguem uma felicidade plena e constante vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana, cinquenta e duas semanas por ano, durante toda a vida. O que a vida nos mostra a toda hora é que todas as pessoas normais têm, diária e constantemente, espasmos momentâneos de alegria, de felicidade, de contentamento, os quais se compensam, diária e constantemente também, com momentos de contrariedade, de irritação, de tristeza, de aborrecimento. É a soma algébrica desses momentos que estará refletida no semblante de cada um de nós a toda hora de nossas vidas terrenas. Torço, sinceramente, para que o resultado de sua soma algébrica seja, hoje e sempre, só positivo e >1. (*) Alder Borges - Economista

18

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018


DE BEM COM A VIDA

AEROMOÇA LINDÍSSIMA O passageiro puxa conversa, mostra-se gentil e querendo engatar uma cantada numa aeromoça linda e sexy: - Qual é o seu nome? - Mercedes, senhor! - Tem alguma relação com aquela famosa marca de automóvel? - A mesma faixa de preço senhor! A conversa acabou ali. ··· O BODE E CARLOS Era manhã na cidade de Alegrete, interior do Rio Grande do Sul. Em frente ao Ministério Público passava o pequeno menino Carlos conduzindo cinco cabras. Com esforço o menino fazia caminhar o pequeno rebanho. Uma promotora observava a cena. Começou a imaginar que aquilo era um caso de exploração de trabalho infantil e foi conversar com o menino. - Olá, meu jovem. Como é o seu nome? - Carlos, Dra. - O que é que você está fazendo com essas cabras Carlos? - É pro bode Dra. To levando elas lá pro sítio de seu João pra elas cruzar... - Me diga uma coisa Carlos. Seu pai ou seu irmão não podiam fazer isso? - Já fizeram, até eu já fiz, mas nao dá cria... Tem que ser o bode mesmo! ··· REUNIÃO DE TURMA Um grupo de colegas de 50 anos discutia para escolher o restaurante onde iriam almoçar. Finalmente, decidiram pela churrascaria Cabana porque os garçons eram gatos, as garçonetes usavam mini-saia e eram muito animados. Dez anos mais tarde, aos 60 anos, o grupo se reuniu novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Decidiram pela churrascaria Cabana porque a comida era muito boa e havia uma excelente carta de vinhos. Dez anos mais tarde, aos 70

anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Optaram Pela churrascaria Cabana porque lá havia uma rampa, banheiro adaptado e até um pequeno elevador... Dez anos mais tarde, aos 80 anos, o grupo se reuniu novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Finalmente, decidiram pela churrascaria Cabana. Todos gostaram da ideia porque achavam que nunca tinham ido lá... Tá rindo, né?!?! Aguarde! A gente se encontra na churrascaria Cabana!

··· FIM DE NAMORO O cara chegou pra namorada e falou: - Minha fia eu vou ter que terminar o namoro porque minha família não tá aceitando você! - E quem é sua família pra não me aceitar? - Minha mulher e meus dois meninos. ··· INFIDELIDADE A mulher entra no confessionário de uma igreja, em Hollywood. Padre, quero me confessar!

- Pois não, minha filha. Quais são seus pecados? - Fui infiel ao meu marido, padre. Sou maquiadora de artistas e há 2 semanas dormi com Leonardo DiCaprio. Na semana passada, dormi com o Brad Pitt, e esta semana, dormi com o Richard Gere. - Lamento, filha, mas não posso dar-lhe a absolvição. - Porque? A misericórdia do Senhor não é infinita? - Sim, filha, a Misericórdia de Deus é infinita. Mas Ele jamais vai acreditar que você esteja arrependida...! ··· ALMOÇO NA CASA DA AMIGA Fui almoçar ontem na casa de uma amiga. Quando terminamos de almoçar, ela me disse: Fiz o almoço, agora a louça é sua. Peguei a louça, coloquei tudo em um saco plástico e fui embora. Agora a mulher aqui na frente de casa com a polícia querendo a louça de volta... Vai entender esse povo, dá e depois toma estranho viu... kkk k ··· MARIDO E MULHER “Sou praiero...” “Sou guerreiro...” Tô Soltei...” - “Tá o que?” - Tô nada não amor “brincadeira” - Ah tá... e vai já lavar a louça! - Aff... Bruxa do cão! - O que você disse? - Cadê a bucha e o sabão!?

WM Ferros Ltda

• Ferros e ferragens para serralheria • Corte e dobra de chapas, calhas e rufos • Fechaduras, dobradiças, eletrodos, serras, etc.

3485-1711 • 3485-1977 • 3088-5262 Rua Amélia Procópio Corrêa, 8 - Ana Lúcia 15 DE MARÇO DE 2018

Para Refletir Não querer saber de política é ignorar o poder que cada um tem para mudar seu próprio país! Dicas

“IMPLICAR” / “IMPLICAR COM” / “IMPLICAR EM” Errado: O acidente implicou em várias vítimas.Certo: O acidente implicou várias vítimas.Por quê? No sentido de acarretar, o verbo implicar não admite preposição. No sentido de ter implicância, a preposição exigida é com. Quando se refere a comprometimento, deve-se usar a preposição em. Exs: Ele sempre implicava com os filhos. Ela implicou-se nos estudos e passou no concurso. “RETIFICAR” / “RATIFICAR” Errado: Estávamos corretos. Os fatos retificaram nossas previsões.Certo: Estávamos corretos. Os fatos ratificaram nossas previsões.Por quê? Ratificar significa confirmar, comprovar. Retificar refere-se ao ato de corrigir, emendar. Ex: Vou retificar os dados da empresa. “SOMOS” / “SOMOS EM” Errado: Somos em cinco auditores na empresa.Certo: Somos cinco auditores na empresa.Por quê? Não se deve empregar a preposição “em” nessa expressão. “ENTRE EU E VOCÊ” / “ENTRE MIM E VOCÊ” Errado: Não há nada entre eu e você, só amizade.Certo: Não há nada entre mim e você, só amizade.Por quê? Eu é pronome pessoal do caso reto e só pode ser usado na função de sujeito, ou seja, antes de um verbo no infinitivo, como no caso: “Não há nada entre eu pagar e você usufruir também.” “A FIM” / “AFIM” Errado: Nós viemos afim de discutir o projeto. Certo: Nós viemos a fim de discutir o projeto. Por quê? A locução a fim de indica ideia de finalidade. Afim é um adjetivo e significa semelhança. Ex: Eles têm ideias afins.

CENTRO AUTOMOTIVO SANTA INÊS

3486-5088 3488-8591 Auto Peças Troca de Óleo Reg. de Motor Diag. de Injeção Limpeza de Bicos

Alinhamento Balanceamento Suspensão Escapamento Freio

UMA VIAGEM TRANQUILA PEDE UMA BOA REVISÃO

A V . C ONTAGEM , 1386 - S ANTA I NÊS (A O

LADO DO

P OSTO A NA L ÚCIA )

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

19


20

Anuncie: 99526-7836 / 3481-7413

15 DE MARÇO DE 2018

Profile for União Pró-Melhoramentos de Santa Inês

255  

255  

Profile for upmsi
Advertisement