Issuu on Google+

AĂąo I - Junio 2011 - Numero 4

AL E J AN D R O S AN Z

R e v i s ta

20 Anos de Carreira Si tĂş me Miras Entrevista Txell Sust Sara Vega De bailarina a cantora


Ola Sanzeras!!!

Primeiramente devemos desculpas a todos vocês pela demora para lançarmos a 4ª edição da nossa revista. Sei que todos estavam ansiosos por essa nova edição!!! Mas tivemos alguns problemas, que nos impossibilitaram a lançar a revista na data anunciada. E aproveitando para informar a todos, a revista que antes era mensal, passou agora a ser bimestral! Agora vamos falar sobre essa edição que está repleta de matérias interessantes sobre o nosso Alejandro Sanz. A entrevista dessa edição é um grande presente tanto para nós, quanto para vocês. A nossa querida Txell Sust, conhecida de todos, nos presenteou com uma entrevista e estamos muito felizes por isso. Txell é uma pessoa maravilhosa e talentosa, merecedora de todo o sucesso! Outra pessoa que merece o nosso respeito e carinho é o Miguel Angel Arenas (Capi), ficamos lisongeadas com o elogio que recebemos dele... Nosso muito obrigada, pelo reconhecimento do nosso trabalho, sua opinião é de grande importância para nós. E finalmente, estamos iniciando as Aventuras da Sanzerita, em sua difícil missão de encontrar o Alejandro. Esperamos que todos gostem da nossa amiga e a ajudem com pistas e dicas para que ela consiga encontrá­lo. Nesta edição continuamos com a nossa Homenagem aos 20 anos de Carreira de Alejandro. Vocês vão conhecer como foi a produção do Cd “Se tu me miras”. A importância de pessoas como o Capi e Paco de Lucía tiveram nesse trabalho. Para finalizar, queremos agradecer a todos, pelo respeito e carinho que estamos conquistando. A cada dia temos novos seguidores no Twitter, sempre com mensagens que nos incentivam a criar cada vez mais. Trabalho que só é possível pela: grande equipe que temos; confiança que recebemos de vocês e a dmiração e inspiração que Alejandro nos proporciona. Abraços, Equipe Revista Alejandro Sanz


A Revista Digital Alejandro Sanz Rede tem por objetivo dvulgar o trabalho de Alejandro Sanz pelo Brasil e manter seus fãs atualizados nas notícias do Universo Sanzero. Desfrute, ela também e sua! Edição Lu Casemiro

Redação Renisse Ordine Tradução Renatinha Mar

RP & Marketing Sany Oliveira Contato universosanzbrasil@hotmail.com Siga­nos no Twitter twitter.com/Revista_Sanz

Todas as matérias são pesquisadas na internet e em livros. Todos os direitos reservados ©

Entrevista Txell Sust

05

Labor Viva Cadernos Personalizados 11 Especial de 20 anos Si tú me Miras

14

Música Sara Vega

18


"Agradecemos a todos os nossos seguidores no Twitter e aos que viram nossa revista. Já foram mais de 10 mil visitas na última edição. É muito gratificante saber que vocês gostam do nosso trabalho. Ele e feito com muito carinho e dedicação. Todos unidos por Alejandro Sanz!*


Txell Sust: Ciudadana Universal

catalão, e isso me deixa muito feliz! O disco apresenta duas músicas em catalão, a outra é Vinyes Verdes vora el Mar, uma versão de um poema de um autor catalão Josep Maria De Segarra, musicalizado por Luis Llach. USanz: Pelas 5 turnês com Alejandro, qual a importância isso teve em sua vida e em sua trajetória musical?

Txell: Então, vendo­o com esta perspectiva Alejandro significa muito para mim, até foi meu “cupido”, metaforicamente falando, ... não somente estive em 5 Turnês com ele, pois graças a ele, conheci Armand Sabal – Lecco, co­autor e produtor de Ciudadana Universal, e além disso é uma preciosidade de marido. ;­) A bela cantora e compositora Txell Sust nos concedeu uma encantadora entrevista em que nos conta muitas coisas: como a sua formação musical, a produção de Ciudadana Universal, sua amizade com Alejandro, até as suas lembranças de Mataró, e seus planos para este segundo disco, que já é um sucesso. Tudo de bom pra você, nossa rainha. USanz: Sabemos que você “navega” no Jazz e no Pop, e como isto começou? Esses dois ritmos sempre te cativaram desde sempre?

Txell: Comecei cantando em um grupo de pop, mas por casualidades da vida eu passei para o jazz mais clássico. O Jazz tornou­se a minha escola e minha vitrine. Paralelamente sempre me acompanhou. Entretanto me interessei pelo Jazz quando assistia a musicais com minha avó, antes de começar a cantar Pop....assim que para mim é o mesmo tema de quem veio primeiro, o ovo ou a galinha. :-) USanz: Ciudadana Universal, é seu segundo disco. Você ponde contar um pouco sobre a escolha desse nome e também dos seus singles?

Txell: Ciudadana Universal é um disco que surge vo vai e vém da minha vida nesses últimos anos. Anos de muitas viagens. Músicas que nasceram de sensações e histórias que evocaram estar “perto” e “longe” de casa. Inclusive, de como foi compor “Adonis”, um tema em catalão, não podia fazer um disco chamado C.U sem que não tivesse uma música escrita por mim e em minha língua materna. Além disso, era a primeira vez que escrevia e gravava em catalão. O que mais eu gosto é que “Adonis” é uma música que muita gente gosta apesar de não saber

USanz: Txell, fale um pouco da bela cidade de Mataró, ou seja, a primeira imagem que vem a sua mente quando você se lembra de sua ciudade natal.

Txell: O mar azul em um dia de muito sol. Quando eu era pequena Mataró era uma cidade um pouco feia para mim, era uma cidade industrial, mas pouco a pouco, a medida que eu ia crescendo a cidade também crescia, começava a cuidada da água do Mar, das praias, revitalizando as praças....o Club Nautico...o porto...o centro, onde gosto de passear, “los dos frankfurts” (bar que vende sandwiches de salsichas), onde em 10 segundos te servem um frankfurt.... mmmm

USanz: Por último, pedimos que você deixe um recado para o Brasil, que apesar da distância te adora muito. E claro, estamos muito ansiosas em saber se você têm planos de lançar Ciudadana Universal na América Latina, e no Brasil.

Txell: Não sabem o quanto feliz eu fico em saber que as mulheres e os homens mais desejados do mundo tem interesse pelo o que eu faço! Isto é um bom sinal!!!... Eu adoraria lançar Ciudadana Universal como se merece, mas pelo fato de ser minha própria gravadora é muito diferente do que faz, por exemplo, Lady Gaga. Confio no destino e no bom trabalho que me ajudem chegar, pouco a pouco, cada vez mais longe. Agora estamos trabalhando para poder ir a Venezuela, Peru, Chile e Argentina. Brasil não entra nos nossos planos, porque precisa que vocês falem da minha música a todos os seus conhecidos, amigos, familia, et... Quem não quer ir ao Brasi?... Boba, eu não sou! :­) Um grande beijo desde o Mediterrâneo. Txell.


Noticias Sanzeras

Noticias Sanzeras

2, 3, 5 e 6 de Março O Paraíso volta a Argentina, em 4 apresentações no Luna Park. O primeiro show Alejandro dedicou a Cerati. 4 de Março Alejandro foi homenajeado com uma placa de sua música "Llega, llegó la soledad", em Buenos Aires, como parte de uma Campanha realizada na Argentina, “Amor por Buenos Aires”. Palavras do próprio Alejandro em seu twitter: “Esta tarde va a ser muy especial. La ciudad de Buenos Aires va a poner una placa en una plaza con la letra de mi canción “llega, llego soledad”. Voy a inaugurarla... Que emocion.”

23 de Março Confirmação do tão sonhado Paraíso na Colômbia. Alejandro participará no evento "Voces Solidarias", organizado pela Telefónica Española, ao lado de Montero, Andrés Cepeda, Santiago Cruz, Sebastián Yepes, entre outros, no próximo 7 de maio. Esse evento será realizado em favor de Colômbia Humanitária, ou seja, pela reconstrução das escolas que foram afetadas pelo inverno do ano passado, neste país.

24 de Março Alejandro ganhou o prêmio ASCAP Latin Heritage (A la Herencia Hispana), de la La Sociedad Americana de Compositores, em sua 19º edición realizada no Hotel Ritz Carlton, Miami. Outro grande “Momento Paraíso” na vida do nosso querido Alejandro, que recebeu tal prêmio nas mãos de seus amigos, Tommy Torres e Ednita Nazarios, após a projeção de um video em que contava a sua brilhante carreira e sua contribuição para a música. Também recebeu uma linda homenagem de Tommy Torres e Ricardo Montaner que interpretaram uma música sua, além de ganhar um reconhecimento como autor na categoria de balada pop por “Nuestro Amor Será Leyenda”, “Desde Cuando” e “Looking For Paradise”, temas de seu último disco “Paraíso Express” junto a Tommy Torres. Muito emocionado Alejandro disse: “Escribir canciones es el oficio mas bello del mundo. Por eso premiar a un


Noticias Sanzeras

compositor es redundar en la felicidad que supone el privilegio de construir pájaros de aire, poesías aladas…Canciones. Agradezco a los miembros de ASCAP por este reconocimiento y por el cariño que es mutuo”. Um prêmio muito importante, e que em suas edições anteriores concedeu tal reconhecimento a artistas como, Armando Manzanero, Celia Cruz, Gilberto Santa Rosa, Olga Tañón entre outros. lmas e suas pisadas firmes apesar do medo.” 8 de Abril Alejandro ganhou a Medalla de Oro al Mérito en las Bellas Artes, de 2010, concedida pelo Gobierno Español, destinada as pessoas e entidades espanholas que se destacaram no campo da criação artística e cultural. Agradeceu o prêmio em seu twitter: “es un orgullo que me reconozcan con un premio tan importante y tan serio”. Outras palavras do nosso poeta: “Lo celebraré grabando con mi gente y brindaré con un par de canciones. Un abrazo a mis fanáticos que siguen siendo mi mejor premio”.

twitcam, na qual respondeu muitas perguntas, entre elas sobre o seu próximo projeto musical com a MSF. Estréia da Campanha da AECC (Asociación Española contra el Cancer) Rompe con Tabaco, em que Alejandro participa junto de outros artistas e esportistas, como Ricky Rubio, Jesús Olmedo e Diego Forlán. Confira o video: 5 de Maio

http://www.youtube.com/watch?v=B0nJlPWyxDA

A Academia de las Artes y las Ciencias de la Música concedeu a Alejandro o Premio a la Mejor Gira en la XV edición de los Premios de la Música, que foi entregue no dia 18 do mesmo mês. Este reconhecimento foi concedido pela qualidade artística da “Tour Paraíso”, com mais de 90 shows, mais de 750.000 espectadores, em palcos desde Espanha, até a América Latina e Estados Unidos. 6 de Maio

Apresentou­se em Voces Solidarias ao lado de varios artistas, evento este que reuniu mais de 25 mil personas no Parque Simón Bolivar, em Bogotá. O tema Corazón Partío foi cantado tanto por Alejandro quanto por seus amigos, Antonio Carmona, Amaia Montero, Carlos Baute e Andrés Cepeda que voltaram ao palco para cantar em um só voz tal tema. 7 de Maio

Estréia do Comercial de AirEuropa “Volamos solo para ti” em que Alejandro participou ao lado de sua amiga e actriz Paz Vega, assim como do jogador de futbol Leonel Messi. Confira o video: 29 de Abril

http://www.youtube.com/watch?v=Qb8qmt79tOM&feature=player_embedded

1 de Maio Atuou na 42ª edição do Festival de Jazz de New Orleans & Heritage Festival ao lado de Wyclef Jean, Cyndi Lauper, John Mellencamp, Lauryn Hill entre outros artistas. Assim como também concedeu a sua 2ª

Dia E: Alejandro junto de outras personalidades, participa deste dia que será celebrado no próximo 18 de junho, pelo 3º ano consecutivo em todos os Institutos Cervantes do mundo. Cada uma das personalidades escolheu sua palavra favorita da lingua espanhola. No dia 30 de maio teremos a resposta. Pelo twitter, Alejandro escolheu a palavra “vida” mas esta não se encontra na lista em que participou, assim que votamos entre tantas palabras, como amanecer, añoranza, belleza, e Flamenco. Confira o video : Únete al Dia E http://www.eldiae.es/ 18 de Maio


P o e ta d a N o i te

"Me voy a dormir, siempre con un pensamiento...Diferente, único e intransferible…Ese…Ese sueño que tú tienes, que yo invento..Es el mismo, con diferente nombre y otro cuerpo. A vivir mañana. No lo olviden…La vida…Vivir." 1 de Abril:

"Bueno, ¿ cómo se portó el día? ¿Bien? ¿Pasó algo distinto? ¿Conociste a alguien? ¿Hiciste alguna promesa? Descubriste algun tesoro? ¿Capturaste algun forajito? ¿Salvaste a alguna princesa o principe? ¿Besaste a alguna rana? ¿Escribiste algun libro? ¿Salvaste alguna vida? ¿Curaste algun animal? ¿Comiste alguna perdiz?... ¿Habéis sido felices? … ¿Habéis sacado la esencia de cada hora del día?... Si habéis amado hoy a alguien…Habéis hecho mucho más cosas que las que mencioné. A volar." 6 de Abril:

"Mientras la música fluye, todo cobra sentido y puedo entender el viaje de la emoción. Me quedo trabajando. Un abrazo de buenas noches". 8 de Abril:

"Os mando un abrazo volador que no volatil…Me sacudo el día y recibo la noche con curiosidad, ¿a qué lo adivino?... ¿A qué mañana amanece? ¿A qué todo sigue igual que siempre?... Dice Vargas Llosa que Los “otros” 22 de Abril:

somos nosotros. Dejemos de joder a los demás…Eso es hacer algo. Eso es más que mucho….Los picos y las alas, todo mezclado en un mismo animal…Es lo que a veces no entiendo…Pero como dije…Seguro que no pasa nada…Encuentro respuestas, a veces, simplemente dejando de preguntas…Buenas noches". "Y se deslizan los dias arrastrando las noches a su cita inevitable con el olvido. Desmemoriados y despreocupados acorralamos a nuestras preguntas y las acosamos hasta dejarlas exhaustas en un rincón sin fuerzas para aferrarse a nuestra curiosidad. Nos despendemos de la prisa y de los planes secretos, de los intentos, de las metas, para abandonarnos a la quietud…La tierra viaja a unos 30 Km por segundo…Asi no hau quien descanse…Es un no parar". 27 de Abril:

"Si tienes un amigo probablemente hayas conquistado fronteras inimaginables…Si tienes un amigo de verdad seguramente has surcado Los 7 mares en un trago…Si de verdad tienes alguien a quien llamas amigo…Seguramente puedes hacer cualquier cosa, sin miedo, sin mirar atrás, sin cubrirte, sin desconfiar, sin dudar…Un amigo de verdad es alguien que cuando te hace falta dice presente sin calcular los riesgos o las consecuencias…Los que miran de perfil o te dan la espalda se borran a 29 de Abril:


si mismos …Esta noche le dedico mi tweet a los amigos …Salud y buenas noches ".

si mismos…Esta noche le dedico mi tweet a los 6 de Maio: amigos…Salud y buenas noches". "Cuando las batallas se tornan duras y cerradas, el cielo se oscurece, el mar de encabrita, la sangre se evapora, las garras de 30 de Abril: afilan...Entonces es cuando aparece el "Os dejo um rato, pero no un espacio de tiempo remanso de tu voz, de tu caricia, de tu susurro, cualquiera...El que dedico al silencio. Mi espacio de tu suspiro, de tu vapor, de tu dejadez, de tu particular es como una maceta, con tierra y con entrega, de tu quietud...Y me doy cuenta...No vida dentro…Un poco de agua y un poco de sol, hay batalla, sino vida bajo las estrellas. Buenas oxigeno…Mi familia, mis fans, mis amigos…Y noches mi querida gente". crezco y me elevo…Me salgo de mi estatura, de mis anclajes, de mis tornillos…Y reviento el 13 de Maio: acero del tiempo y floto en mis sueños, solo "Noche, no te pongas dura, ponte guapa y pero vuestros. Me lo he prometido: Ya dejo de cálida, guárdate la negrura, como si fueras el pensar en el ladrido del perro, en el arañazo del negativo de tu fotografia, que en Lorca hay 30 de viento…Y me Duermo…". personas que tienen frio". Abril: "Os 17 de Maio: dejo um 4 de Maio: "Os deseo una noche de magia, de espiritus, de rato, "Se despidió el día de New Orleans con un sol sueños, de misterios, de sombras amigas. Una pero no rojo de sangre…Nos deja los ecos del ruido y noche que prometa y que cumpla. La noche un los escalofrios del viento que sopló sin tregua, que nos contaban de pequeños. Una noche de espacio como queriendo lavar nuestros pecados…Como caramelo y de fuego….De luchas y de si supiera, como si pudiera.Llega la noche, ¿ de juegos…Buenas noches guerreros. Buenas tiempo qué vendrá vestida?" noches y besos". cualqui era...El que O fã club Oficial Paradise Bs.As. Peru, no dia 27 de Maio, promoveu um dedico tributo a Alejandro Sanz por seus 20 anos de carreira e que foi transmitido al pela Radio Sanz. silencio . M espacio particul ar es como una maceta, con tierra y con vida dentro …Un poco de agua y un poco de sol, oxigeno …Mi familia, mis fans,


O que é...

O que é a Síndrome de Angelman?

• É uma enfermidade neurogenética caracterizada por um atraso no desenvolvimento, uma capacidade línguistica reduzida ou nula, escassa receptividade comunicativa, escassa coordenação motriz, com problemas de equilíbrio e movimento. • Apresenta um estado aparente de permanente de alegria, com risos e sorrisos em todo momento, sendo facilmente inquietos, com hiperatividade e déficit de atenção. Seu aparecimento é de uma entre 15 mil e 30 mil nascimentos. • Foi relatada por primeira vez em 1965 pelo pediatra britânico Dr. Harry Angelman. Descobriu essa síndrome em três crianças, sendo considerada naquela época uma doença rara. E somente em 1987 se descobriria que mais ou menos a metade das crianças que apresentam essa síndrome tinham uma pequena mutação genética que consiste na

perda de um ou mais nucleótidos na sequência do ADN.

• Os sintomas são: problemas alimentares, atraso em aprender a engatinhar, sentar e andar, dificuldade ou ausência de fala, dificuldade de aprendizado, epilepsia, eletro­encefalograma anormal, movimentos anormais, natureza afetuosa, alegre e com sorriso frequente, transtornos no sono, andar desequilibrado com as pernas abertas e rígidas, microcefalia, traços faciais característicos (boca grande, queixo proeminente, dentes espaçados, bochechas acentuadas, lábio superior fino, olhos fundos, tendência a deixar a língua entre os dentes), estrabismo, desvio de coluna. Nossa amiga Sany, que faz parte da equipe da Revista, é mãe de uma menina linda, a Carolina, que é portadora da Síndrome. Mãe e filha nos ensinam que os desafios estão ai para serem enfrentados, que o amor é maior do que tudo!!!

Fonte: http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/sindrome­angelman.htm


Labor Viva y cuaderno personalizado para club de fans

Para premiar a simpatia e o carinho de umas seguidoras muito especiais do perfil de Labor Vina no Twitter, eles enviaram para a Argentina uns cadernos personalizados com o logo do seu fã clube: MiniMundito Sanzero. E é um clube de umas garotinhas que alem de seguir a Alejandro Sanz (com a supervisão de sua família), já são conscientes da importância de ajudar ao próximo. "Sabemos que a solidariedade nao tem idade, nem ideologia, nem credo e nem fronteiras!" ­ disse Labor Viva. Esses cadernos viajaram desde a Espanha para a Argentina, devolvendo so um pouquinho do carinho que eles receberam por seu trabalho diário em favor das pessoas com necessidades especiais. Labor Viva recebeu da RLM, management de

Alejandro Sanz, uma nota felicitando­os por sua iniciativa de fazer felizes a essas garotinhas, Labor Viva responde: "Na verdade nós estamos muito agradecidos por receber o apoio de vocês e de todos os fãs de Alejandro".

Queremos que vejam nessa matéria como se produzem os cadernos de LABOR VIVA e como seus pedidos ajudam a sustentar os postos de trabalho de pessoas com necessidades especiais: desenhadores, encadernadores, vendedores, etc. Podem personalizar qualquer tipo de caderno e agendas, assim como muitos outros produtos de papelaria e presentes, e podem usar para qualquer tipo de NECESSIDADE. É só entrar em: www.latiendalaborviva.com


O desehador de LABOR VIVA dá os últimos retoques na criação da capa

Para proteger o papel, é necessário plastificá­lo na sua face exterior

"... Ajude a LABOR VIVA a promover emprego para pessoas com deficiência. Seus diários e cadernos são ótimos! Os trabalhadores com deficiência criaram um trabalho que se concentra na encadernação e criação de desenho personalizado. O caderno tem a minha foto, um autógrafo dedicado aos trabalhadores com deficiência e aqueles que seguramente vão apoiar. Inclui algumas das minhas letras favoritas e das suas também... É apenas um caderno... um pequeno gesto feito com muito amor, onde podemos continuar escrevendo a nossa história e nossos sonhos, enquanto ajudamos a realizar os sonhos dessas pessoas que precisam de nossa ajuda. " Alejandro Sanz

Depois de recortar, se aplica cola no papel resultante. Esta operação sempre e feita na face que não está plastificada.


Com muito cuidado se fazem as dobras necessárias para adaptar a capa dura. Com a cola, ficará grudado para sempre. Ja criamos a capa dura.

Essas capas são perfuradas para poder introduzir a espiral de plástico ou metal.

Se colocam as capas com o papel mediante um procedimento chamado "casado". Finalmente se coloca a espiral utilizando uma máquina de pressão.


“Uma canção a voz e a violão, tem todos os ingredientes necessários para se fazer uma bela canção. Se você tem uma melodía e uma boa letra, não necessita muitos arranjos, uma super produção”. Depois de “Viviendo de Prisa”, Alejandro Sanz deixa de ser um garoto de Bairro e se converte em um ídolo, e já não pode mais andar pelas ruas de Madri, sem causar tumultos. Por onde quer que vá, suas fãs o reconhecem e o assediam. Sua vida se transforma, e ele com toda essa mudança, amadurece. E isso já é percebido em seu próximo disco “Si Tu Me Miras”. Si Tu Me Miras é lançado em 1993, foi gravado em Londres, no estúdio The Town Hol Se Studios e produzido por Miguel Ángel Arenas. Alejandro está com 24 anos. A produção desse disco começa entre os meses de Fevereiro e Março, quando Alejandro se afasta de suas fãs, para se dedicar e exercer a sua principal vocação, a de “criador de canções”.Como o próprio Alejandro diz: “ O processo de criação de uma música.,as vezes pode ser rápido em algumas ocasiões é bastante rápido, em outras não, e é necessária um pouco mais de elaboração. Ou seja, sentar­se e colocar na mesa os manuscritos, com o seu violão, e fazer com que toda a inspiração se transforme em realidade, em uma canção. Todas as músicas que escrevia, era gravada com voz e violão em fita cassete, e enviava uma para a Gravadora e outra para Capi. Alejandro e Capi se conheceram quando ele estava se aperfeiçoando em Guitarra Flamenca. Capi o convidava para participar de coros e improvisações em alguns discos. Alejandro é muito grato a Capi, pela confiança demonstrada e por ser uma pessoa que reconhece e respeita os limites de cada um.


Alejandro, durante o processo de criação de seu Cd sempre discutia algum tema com Capi ou um outro amigo, e anotava as opiniões e observações em um caderno de anotações. Eles conversavam de tudo um pouco, desde letras até as melodias. A ideia do cd ser gravado em Londres, partiu de Capi, Nacho e da própria Gravadora, pelo fato da tranquilidade. Na Espanha Alejandro não teria essa tranquilidade necessária para poder trabalhar. Amigos, fans, jornalistas estariam a todo momento questionando sobre o andamento do seu trabalho. Eles trabalhavam de 10 a 12 horas diárias, e durante os poucos intervalos que Alejandro tinha, ele saia para se exercitar ou ia conhecer algum lugar na cidade. Nas músicas “El escaparate” y “Mi primeira Cancion”, Alejandro contou com a presença de Paco de Lucía nas guitarras, a convite de Capi. Convite, que não demorou a aceitar ,devido a grande amizade e respeito que existe entre os dois. A escolha do estúdio foi por sua qualidade e não pelo fato de estar localizado em Londres. Grandes nomes já gravaram nesse estúdio, como Paul Marcterney, Eric Clapton e Sting. Os profissionais que trabalhavam no estúdio ficaram muito felizes com a presença de Alejandro, porque naquela época o país estava produzindo músicas mais dançantes, e com ele tiveram a oportunidade de trabalhar com algo mais intimista, músicas ao som de violão e piano, que são a essência de uma boa música. E não se enganaram. O trabalho de Alejandro, foi o que eles esperavam. Ele junto com sua equipe fizeram

um excelente trabalho, e foram muito elogiados pelos produtores. Depois de finalizado o trabalho e o Cd pronto, Alejandro ficou entre duas músicas para ser lançada, “Si tú me miras” e “Tu letra podre acariciar”. E optaram por “Si túm me miras”, mesmo nome escolhido para ser o titulo do seu segundo Cd. Se para a maioria dos artistas têm que esperar alguns discos para realizar uma gravação ao vivo, o caso de Sanz foi diferente. Devido ao sucesso de seu repertório, ele teve argumentos suficientes, para que no ano seguinte, ele gravasse o Cd “Básico”, que também foi um apoio promocional para o cd anterior. Alejandro gravou um Cd acústico, “Básico” de edição limitada. O concerto foi gravado em CINEARTE. Alejandro entrou no palco em meio a muitos aplausos. Ele se sentou e fez uma saudação: “Bem vindos, aos que estão em cima, aos que estão em baixo, Muito Obrigado por estarem aqui e vamos cantar uma música que quase todos já conhecem, mas fizemos uma versão muito especial para esta ocasião e espero que todos gostem”. Ele foi muito aplaudido e começou com uma das melhores canções do álbum “Si tu me miras”: Mi primera canción. “Si tu me miras”, marca uma nova fase de Alejandro Sanz, uma fase mais madura, se reafirmando com um ídolo, ampliando e diversificando seus fãs. Um grande músico e compositor, que com um violão em mãos, transforma versos em poemas, notas em melodias. Esse mundo de versos e músicas que nos une é o que Alejandro nos apresenta e nos conquista. O seu mundo que passa a ser o Nosso Mundo.


Mi primera canción

Segundo informação autoral, Mi primera canción é uma “reconciliação” com o Flamenco, pois conta com a colaboração do grande violonista Paco de Lucia. E junto dessa brilhante participação, apresenta muitos outros elementos que podem ser discutidos, como o uso de uma linguagem denotativa, marcada pela personificação e jogo de palavras. Contudo não se pode deixar de mencionar, que esta canção também traz os seus primeiros amores, tão poeticamente retratados. Pela maneira como o “eu – poético” define sua “primera canción”, vale compará­la com um fragmento de Cartas literarias a una mujer, de Gustavo Adolfo Bécque, um dos poetas favoritos de Alejandro. Entretanto, por que tal comparação? Em um momento desta longa carta, o poeta perguntado por sua amada sobre o que era poesia, respondeu: “La poesia eres tú”, e o que vemos, logo de inicio, na letra de Alejandro? Um “eu –poético” que afirma que sua “primera canción” era como “los besos de Marta y su forma de quererla”, “con la sabiduría de Maria”, e uma lembrança de outro amor,

Almudena. Assim, a poesia é o ser a quem se ama, ou seja, o outro, já que escrevemos com o intuito de atrair este outro, convencê­lo de algo que nos inquieta, e que temos a necessidade de não somente falar, mas escrever, eternizar uma idéia, um sentir. No segundo momento da canção, destaco o verso: “Mi primera canción era mentira”, uma forte e sincera declaração, pois sabemos que se mente pelo bem da música, para ser amado, inclusive o próprio Alejandro já o afirmou diversas vezes. Por tal motivo, vemos que esta concepção já o seguia desde o inicio de sua carreira, não sendo algo novo, momentaneo. Por último, também destaco os seguintes versos: “Era sueño y añoranza, era escudo y era lanza, darlo todo pidiendo nada, derramar en el suelo el alma”. Sonho significa tanto uma representação mental de alguma coisa enquanto dormimos, como uma fantasia, um desejo, ou também se refere a algo ou a alguém que tem uma beleza extraordinária. E “añoranza” que em português significa, “saudade”, é justamente esse sentimento, acompanhado de um desejo de voltar ao


passado e reviver esses momentos. Então, o que quis dizer o “eu –poético” ao escolher essas duas palavras? Uma possível interpretação: Quando temos um sonho realizado e imediatamente já sentimos saudades. “Y derramar en el suelo el alma, y tocar el fuego sin preguntarte si la llama puede quemarte”, é a ousadia, a coragem, em expressar em letras tantos sentimentos, sendo o mais sincero possível, uma das marcas mais fortes que podemos chamar de Poesia Sanzera, pois como ele já disse: “En mis canciones se ven mi alma en desnudo”. Ainda quando se mente pelo bem da música, ele não o nega, tamanho o seu alto grau de sinceridade. Tú letra podré acariciar

Nesta bela canção também temos o “eu – poético” como o próprio autor (Alejandro) que metaforicamente agradece todo o carinho de Antonio suas fãs.Arenas Digo metaforicamente porque ele usa uma linguagem denotativa, como a personificação e um falar mais simbólico, já que personifica a carta de suas fãs. Personifica a escrita, esta que ele pode acariciar como um ser, algo afirmado pelo teórico Roland Barthes(2003), e como já mencionei na análise anterior, a linguagem é usada para atrair e envolver a esse outro, e nesta letra, consegue trasformar­se em um ser: “De ti nacerán frases tan sinceras que en ellas podrías vivir, me Angel escribirás siempre tan sincera queMiguel tu letra podré acariciar”. Cabe ressaltar o uso de rimas ricas que deixam a canção ainda mais bela, trasformando­a em um encantador poema, pois sem a melodia não se perde a sua beleza. Em destaque: “Disfraz” com “más”, “amigo” y “conmigo”, “mí” com “decir”, palavras de clases gramaticais diferentes que rimam divinamente. Não te conhecemos mas sabemos que sua amizade é possível, por cada letra, por cada melodia que soa como poesia.


Musica

Sara Vega

Sara Vega: de famosa bailarina a uma das novas apostas da música flamenca

Esta bela sevilhana, que aos 9 anos decidiu que queria ser bailarina de flamenco, e conseguiu, apresentando­se em teatros de todo o mundo, chegando a países como Japão, seguiu outro caminho em sua carreira a partir do momento que foi descoberta pelo mestre Alejandro Sanz. Sara Vega chegou ao mundo da música por meio de sua irmã, Paz Vega (renomada atriz de cinema), que mostrou uma gravação sua com 4 músicas, ao seu amigo de longa data, Alejandro Sanz, nas gravações do vídeo clipe de “A la primera persona”. E assim que a escutou, Alejandro reconheceu que Sara tinha uma verdade, uma luz, que o fazia recordar a outra talentosa e conhecida cantora, Alicia Keys. Por tal motivo, Sangre Revuelta, seu

primeiro disco lançado em 2010, contou com a produção do próprio Alejandro e de Rafa Sardina (que produziu artistas como Beyoncpe, Luis Miguel, entre outros). Um disco com 10 músicas que é uma junção de pop e flamenco, e segundo a própria Sara: “um disco lindíssimo de 10 canções dedicadas a alma, as sensação de quando alguém ama, ou sente de verdade.” Seu primeiro single No juegues al amor escrito por Tono Alcalde e pelo compositor cubano Xino Carrasco, é sua “carta de apresentação”, que nos traz um tema romântico sobre o desamor e o desengano, ao toque flamenco. Seguimos torcendo por mais essa nova aposta do flamenco, que tem seu sucesso mais que garantido por ter como padrinho, Alejandro Sanz. Quando perguntada no programa “Sé lo


Como eu ia falando, Me escondia para que você não me visse triste, Amor de bailarina, Remexendo em tudo, tudo como uma maré. Não será de ninguém, tanto amor que dei para que você me quisesse, E a alma... Ficará esquecida, Ficará esquecida, Não... Refrão:

que hicisteis” sobre como tinha sido trabalhar com esse renomado cantor e compositor, Sara assegurou que: “Foi uma das experiências mais belas em minha vida, é um mestre que meu deu uma oportunidade, um bom padrinho, é mágico como tudo o que o rodeia”. Sangre Revuelta conta com muitas colaborações, como um dueto com o próprio Alejandro, no tema Vuela; outro dueto com a artista dominicana Arianna Puello, em Son Iguales, e ainda o tema Es lo que hay, escrito pela cantora e compositora canaria Rosana. Por último, vale destacar que nesta mesma entrevista quando pediram para que ela completasse a seguinte frase: Soy una mujer rica, Sara não hesitou em dizer que “sou uma mulher rica porque sempre fiz o que senti”. E tudo que é feito com sentimento, com amor, torna­se belo, assim esta jovem sevilhana que teve inicio como “bailaora” também conseguirá ser conhecida por sua voz, nesse mágico mundo que é o mundo do Flamenco. Confira o video de No juegues al amor: http://www.youtube.com/watch?v=fAXnaAFvIIE

Não brinque com o amor

O mundo muda de galaxia Se você for embora. E o amor, o mais profundo da alma, Ficará sem nada, Ficará sem nada, Assim...

Não brinque com o amor, Com meu coração de lua cheia, Não quero sofrer por você, Que a alma não é terra de qualquer um.

Que você não brinque com o amor, Com o meu coração de lua cheia, Não quero sofrer por você, Que a alma não é terra de qualquer um.

Continuo me apaixonando, E nunca me acostumo a não me envolver, Por um amor que me ilumina. A paixão eterna sempre é uma quimera, Não vou te enganar, Dei tudo o que você me pediu, Mas a alma, Não se entrega a qualquer um, Não é terra de qualquer um. Não brinque com o amor, Com meu coração de lua cheia, Não quero sofrer por você, Que a alma não é terra de qualquer um.

Que você não brinque com o amor, Com o meu coração de lua cheia, Não quero sofrer por você, Que a alma não é terra de qualquer um.


Vuela

Voe

Ábreme la noche, por favor, la tierra y su clamor, el alma que se pierde tras de un beso. Carga con mis culpas, mi ilusión, mi miedo y mi temor, las veces que he faltado al universo. No sientas frío al ver si llora el sol, su suerte le arribó cinco pasos con el tiempo.

Me traga a noite, por favor, A terra e seu clamor, A alma que se perde por um beijo, com minhas culpas, minha ilusão, meu medo e meu temor, e todas as vezes que faltei com o universo. Não sintas frio ao se dar conta de que chora o sol, Pois com o tempo, sua sorte aumentou cinco passos.

Dímelo y confiésate al amor, yo pienso que es mejor volar que haber vivido al ras del suelo, niño. Cárgame con fuerzas desmedidas, que si hay fábricas de heridas ya pasé por unas cuantas en mi andar. Háblame con voz de disco y tono ven y siéntate en el trono de estar vivo y de morirme sin matar. Cárgame con ruidos y de ambientes, de tu olor y tus corrientes, cárgame que estoy cansado del trabajo y de la gente... Pero vuela, marca un número de acceso en la ausencia y el regreso, para hablar de aquellas cosas, y tan solo, pagan besos. No sientas miedo al ver si llora el sol, su suerte le arribó siete pasos con el viento... Dímelo y confiésate al amor, yo pienso que es mejor volar que haber vivido al ras del suelo niña. Cárgame con fuerzas desmedidas, que si hay fábricas de heridas ya pasé por unas cuantas en mi andar. Duerme en el azul que nos habita, que dormir sin almohadita es esconder para un alma y libertad. Sabes, yo suspiro de repente por tu olor por tus corrientes, que en verdad no estoy cansado del trabajo y de la gente.. Pero vuela, marca un número de acceso en la ausencia y el regreso para hablar de aquellas cosas, que tan solo, pagan besos.

Me diga e confesse ao amor, eu penso que é melhor voar do que ter vivido sem sonhos, menino. Me leve com forças desmedidas, que há fábricas de feridas Que já pensei tantas vezes, ao longo da minha vida. Me fale com voz de disco e tom, Venha e se sente no lugar de estar vivo e de morrer sem matar. Me leve com ruídos de ambientes com o seu cheiro e suas correntes, me leve que estou cansado do trabalho e de todos. Mas voa, marca um número de acesso para sua ausência e para a sua volta, para falar daquelas coisas que somente são resolvidas com beijos. Não sinta medo ao ver se chora o sol, pois com o vento sua sorte o aumentou sete passos. Me diga e se confesse ao amor, eu penso que é melhor voar do que ter vivido sem sonhos, menina. Me leve com forças desmedidas, e que há fábricas de feridas, Que já passei tantas vezes ao longo da minha vida. Me fale com uma voz melodiosa, Venha e se sente no lugar de estar vivo e de morrer sem matar. Me leve com ruídos de ambientes com o seu cheiro e suas correntes, me leve que estou cansado do trabalho e de todos. Mas voa, marca um número de acesso para sua ausência e para a sua volta, para falar daquelas coisas que somente são resolvidas com beijos.

http://www.youtube.com/watch?v=9IZzrHAMi4Q


s a a t r i u r t e n z e Av San

As uper S

da

Indo para a Ar gentina...


Cantando para Alejandro Sanz

La Distancia – Roberto Carlos

A Distância ­ Roberto Carlos

Nunca más oiste tú hablar de mi En cambio yo seguípensando en ti De toda esta nostalgia que quedó Tanto tiempo ya pasó y nunca te olvidé Cuantas veces yo pensé volver Y decir que de mi amor nada cambió Pero mi silencio fue mayor y en la distancia muero dia a dia sin saberlo tú El resto de ese nuestro amor quedo Muy lejos, olvidado para ti Viviendo en el pasado aún estoy Aunque todo ya cambió se que no te olvidaré Cuantas veces yo pense volver Y decir que de mi amor nada cambió Pero mi silencio fue mayor y en la distancia muero dia a dia sin saberlo tú Pensé dejar de amarte de una vez Fue algo tan dificil para mi Si alguna vez, mi amor, piensas en mi Ten presente al recordar que nunca te olvidé Cuantas veces yo pensé volver Y decir que de mi amor nada cambió Pero mi silencio fue mayor y en la distancia muero dia a dia sin saberlo tú Cuantas veces yo pensé volver Y decir que de mi amor nada cambió Pero mi silencio fue mayor y en la distancia muero dia a dia sin saberlo tú

Nunca mais ouvi você falar de mim Em troca eu segui pensando em você De toda esta saudade que ficou Tanto tempo já passou e nunca te esqueci Quantas vezes eu pensei voltar E dizer que do meu amor nada mudou Mas meu silêncio foi maior e na distância morro dia a dia sem você saber O resto desse nosso amor ficou Muito longe, esquecido para você Vivendo no passado ainda estou Ainda que tudo já mudou Sei que não te esquecerei Quantas vezes eu pensei voltar E dizer que do meu amor nada mudou Mas meu silêncio foi maior e na distância morro dia a dia sem você saber Pensei em deixar de te amar mais de uma vez Foi algo tão difícil para mim Se alguma vez, meu amor, pensa em mim Tenha certeza ao lembrar que nunca te esqueci Quantas vezes eu pensei voltar E dizer que do meu amor nada mudou Mas meu silencia foi maior e na distância morro dia a dia sem você saber Quantas vezes eu pensei voltar E dizer que do meu amor nada mudou Mas meu silêncio foi maior e na distância morro dia a dia sem você saber

http://www.youtube.com/watch?v=OQK4SCSQTdM

http://www.youtube.com/watch?v=zU_6A1zjBwU


Obrigada


ALEJANDRO SANZ REVISTA - 4ta edición (Portugués)