Page 1

Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:35

Página 1

Ano II | Edição 9 | Julho e Agosto de 2008 | R$ 5.00

Virou Mania

Pé na Estrada

Comportamento

Mulheres invadem estádios de futebol. Pág. 9

Frio, compras e diversão na Argentina. Pág. 32

Conheça o perfil do baladeiro de carteirinha. Pág. 36


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Pรกgina 2


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Pรกgina 3


Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:36

Página 4

Edi to rial 4 - Julho e Agosto de 2008

As férias chegaram ao fim e o segundo semestre letivo está começando com força total. Com ele novas disciplinas, professores, trabalhos, pesquisas e seminários. E nessa correria nada melhor do que parar alguns minutos, respirar um pouco de ar puro e ler a nova edição da Universitária News, que foi preparada com todo carinho para você. Entre os assuntos que merecem destaque, uma entrevista com a contadora Shirley Lopes na seção Sua Carreira; uma seleção dos melhores filmes e livros disponíveis no mercado com dicas quentíssimas dos nossos leitores (Pipoca e Na Estante), além do perfil do típico baladeiro de carteirinha na seção Comportamento. A beleza, arquitetura e importância do Farol de Mãe Luíza você confere no Giro Cultural. A fusão de beleza, frio, estações de esqui, compras e muita diversão encontrada na Argentina é destaque no Pé na Estrada e no Falando Sério reunimos ótimas dicas sobre estágios. No Liga o Som confira uma entrevista com a vocalista do Forró Sacudido. Já na nossa matéria de capa abordamos uma realidade cada vez mais freqüente - jovens formados e desempregados. Se esse é o seu caso, leia a reportagem e confira as dicas para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho. Em Mercado, tudo sobre o Salão Mundo Jovem, uma grande feira voltada para o público universitário que promete movimentar a capital potiguar no mês de outubro. Na Seção Bem Estar saiba tudo sobre os benefícios da acupuntura estética e em "Eu Pratico", confira uma reportagem sobre Tênis, um esporte que vêm ganhando força nos últimos anos em nosso Estado. A seção Online traz uma reportagem sobre tipificação e punição de crimes na Internet. No Fique Sabendo listamos as dez mentiras mais contadas pela mulherada e nas seções Flash e Porta-Retrato, confira as fotos da galera bonita e descolada de Natal em baladas ou viagens. Boa leitura e até a próxima edição!

Pé na Es tra da Estações de esqui, tango, boa comida e muitas compras fazem da Argentina um dos países mais visitados por brasileiros. Pág. 32

Giro Cul tu ral

Sua Car rei ra

Farol de Mãe Luiza, em Natal, é o maior da América Latina em relação ao nível do mar. Pág. 13

Confira a entrevista com a contadora Shirley Lopes e saiba um pouco mais sobre essa profissão. Pág. 6

Mer ca do

Tarcyla Costa - Editora

EXPEDIENTE

Dicas valiosas para conseguir um estágio. Pág. 46

Mundo A experiência de morar e estudar no Canadá. Pág. 26

Tá na Capa Diploma universitário não é mais garantia de emprego. Saiba o que fazer para conseguir uma boa vaga no mercado de trabalho. Pág. 16

DIRETORES

Cláudio Menezes

Fa lan do Sério

Saiba como será o Salão Mundo Jovem, um mega evento voltado para o público universitário que será realizado em outubro. Pág. 35

Com por ta men to O que faz e como pensa o baladeiro de carteirinha. Pág. 36

On li ne Crimes na Internet serão punidos com mais rigor no Brasil . Pág. 29

Augusto Benfica

Uni ver si tá ria News

Projeto Editorial: Versátil Soluções Corporativas

Ilustração: Brum

www.universitarianews.com.br

Edição : Tarcyla Costa

Fotografia: Assis Oliveira, Bruno Póvoa (Capa)

Diretores: Cláudio Menezes

Projeto Gráfico e Diagramação: Terceirize Editora

Comercial: (84) 3082 0345 | 9155 4242

e Augusto Benfica

Revisão: Alex de Souza

Gráfica: Impressão Gráfica

Av. Eng. Roberto Freire, 2920 - Sala 01A - Capim Macio - Shopping Cidade Jardim - CEP:59080-400 - Natal/RN


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Página 5

Fala aí Julho e Agosto de 2008 - 5

Deixe o seu recado. Aqui quem manda é você Esse espaço é destinado a você, leitor. Tire dúvidas, critique, dê sugestões, elogie e interaja com a equipe da Universitária News através do nosso mascote. Solte o verbo!

UN- Olá, Déborah. A sugestão está anotada e a matéria sobre a carreira de Secretária Executiva será publicada em uma de nossas próximas edições.

o

Primeiramente gostaria de dar os parabéns a vocês pelo excelente trabalho desenvolvido. Fiz questão de observar todas as edições já publicadas da revista e percebi que são bem elaboradas, desde a cor da borda da página até as matérias envolvidas. Gostaria de saber qual o programa que a equipe utiliza para editar a Universitária News e como fazem os detalhes gráficos. Aguardo um retorno o quanto antes. Quero começar a montar uma revista e estou colhendo dados para esse fim. Mais uma vez, parabéns!

Raíssa Mansilla raissinharod@yahoo.com.br UN- Oi, Raíssa, obrigado pelos parabéns. E quanto a sua pergunta sobre os programas e detalhes gráficos, entre em contato com a Terceirize, nossa equipe de diagramação. Os meninos terão o maior prazer em esclarecer todas as suas dúvidas e quem sabe até lhe dão uma forcinha em seu projeto. O telefone de lá é 3211-5075 ou pelo email: terceirize@terceirize.com

voltada para o público universitário no que se refere à orientação vocacional, mercado de trabalho, cultura e entretenimento, porém não possui caráter científico ou de denúncia para publicação de artigos dessa ordem. Porém se você adaptar a informações de forma a transformá-las em um artigo ou reportagem de caráter jornalístico (com no máximo trinta linhas), publicamos com o maior prazer.

Sou estudante da UEPB e tenho interesse de enviar um artigo para essa revista mostrando os impactos da indústria salineira no estuário do Rio Mossoró. Gostaria de saber se vocês aceitam trabalhos pra divulgar na revista. Ana Maria ana.maria.bio@gmail.com UN - Ana, a revista Universitária News é uma publicação

Mande seu re ca do para: contato@universitarianews.com.br

One RC

Olá. Sou estudante do curso de Secretariado Executivo da FACEX e faço estágio na Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte. Gostaria que fizessem uma matéria na revista sobre essa profissão (Secretária Executiva) que, apesar de ser essencial em qualquer empresa, é pouco divulgada em nosso Estado. Déborah Evelyn de Medeiros Hortêncio deborahhortencio@hotmail.com


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Página 6

Sua Car rei ra 6 - Julho e Agosto de 2008

Contabilidade A contadora Shirley Lopes fala sobre essa carreira que está entre as mais valorizadas no mercado de trabalho raduada há pouco mais de três anos, Shirley Cristiane

O que mais me motivou a fazer o curso de Ciências Con-

Como é a sua rotina profissional (onde trabalha, em que ho-

Silva Lopes, de 26 anos, é uma entusiasta em relação

tábeis foi a convivência com meu pai, e ao mesmo tempo,

rários, fez ou faz alguma especialização na área ou outro

ao curso de Ciências Contábeis e a carreira de contadora. For-

uma grande identificação com as atividades contábeis. Pas-

curso de graduação)?

mada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, ela

sei no primeiro vestibular que prestei na Universidade Fe-

exerce a atividade na empresa da família, a ASSECON (As-

deral do Rio Grande do Norte, onde fiz toda a graduação.

G

to em sua área. Em entrevista para a equipe da Universitária

Quais os aspectos positivos da carreira de contador e quais

News, ela fala um pouco sobre sua rotina, a carreira que es-

os negativos (se houver)?

enveredar por essa profissão. Confira!

complemento para minha atividade profissional.

No meu ponto de vista um dos aspectos mais impor-

Na sua opinião, o que é necessário para se manter atualiza-

tantes da minha atividade é poder ver a constituição, desen-

do nessa profissão, ou seja,

volvimento, acompanhamentos e sucesso financeiro de um O que motivou você a fazer o

cliente. Já o aspecto negativo diz respeito ao excesso de in-

curso de contabilidade?

formações solicitadas pelo Fisco, em prazos extremamente

Passou no primeiro ves-

curtos, causando muitas vezes verdadeiros transtornos

tibular? Em que institui-

em nosso desempenho diário.

ção estudou?

no horário comercial na ASSECON e depois vou para a universidade, onde estou cursando Direito, outra paixão e um

sessoria e Contabilidade) e busca o constante aprimoramen-

colheu, além de dar importantes dicas para quem pretende

Minha rotina é bastante corrida. Trabalho todos os dias


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Página 7

Sua Car rei ra Julho e Agosto de 2008 - 7

em sintonia com as novidades da sua área? É necessário que estejamos em permanente sintonia com a legislação em todos os níveis, Municipal, Estadual e Federal. Inclusive participando de simpósios, seminários, palestras e realizando assinaturas de publicações periódicas da área fiscal, contábil e tributária. Como está o mercado para os profissionais de contabilidade? Que conselhos você daria para quem quer seguir essa carreira? O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exigindo mais do profissional. O meu conselho para quem pretende seguir essa carreira é estudar muito, manter-se sempre atualizado e preparado para enfrentar o mercado de trabalho e a concorrência, onde vencem os profissionais mais qualificados.

dsadsadsadsadsadsadsadsadsadssasdasdasdads


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:48

Pรกgina 8


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 9

Virou Mania Julho e Agosto de 2008 - 9

Elas estão invadindo as arquibancadas É cada vez maior o número de mulheres torcendo e vibrando por seu time de coração nos estádios de futebol uem gosta de futebol e costuma freqüentar os estádios para acompanhar de perto as partidas do seu time deve ter percebido nos últimos anos como vem crescendo o número de mulheres nos estádios de futebol aqui no Rio Grande do Norte, bem como em todo o Brasil. É claro que na cabeça dos marmanjos (principalmente namorados e maridos), sempre paira a dúvida - Será que elas vão para ver o jogo ou os jogadores? Mas esse temor é cada vez menor, e pouco a pouco os homens começam a perceber como é bom poder discutir com uma mulher sobre futebol. Não há dúvidas de que as mulheres vêm disputando espaço com os homens nos estádios e que muitas vezes torcem com mais garra que eles. Ramona Fernandes Luz, de 26 anos, conta que sua paixão pelo Flamengo é algo inexplicável, pois não foi herdada dos pais como costuma acontecer com a maioria dos jovens torcedores. "Minha família não é muito chegada a futebol. Eu adquiri essa paixão ao longo da vida. Só o Flamengo conseguiu despertar em mim esse sentimento", afirma. Andar pela casa dela é com pro var o amor pelo time: ca mi sa ofi cial, ade si vos, cha vei ros, ban dei ra e uma in fi ni da de de ob je tos com a marca do Fla men go. Já os dois filhos pequenos ainda não decidiram pelo time de coração da mãe. João Pedro, de 07 anos, diz torcer pelo São Paulo. Mas está em dú vi da, de pois que a mãe o levou ao Maracanã para ver o Mengão jogar. Vi ní cius, de um ano e seis meses, ainda não tem time. "Eu puxo para o Flamengo e o pai pelo Náutico, vamos ver no que isso vai dar", se diver te Ramona.

ferentes, são os times do meu coração", explica. Para o estudante Eduardo Silva, a presença feminina nos estádios de futebol é natural já que elas vêm conquistando espaços nos mais diversos setores. "Futebol não tem idade, raça ou sexo", diz o vascaíno, que ainda acrescenta que os estádios ficam mais bonitos e animados com as mulheres torcendo e gritando.

Q

Ramona Luz não perde um lance do seu time, o Flamengo Ela conta como foi o momento mais emocionante que viveu como torcedora. "Tive a felicidade de estar no Maracanã esse ano, assistindo Flamengo X Cienciano, e foi ótimo ver o meu time ganhar de virada. Estar lá no meio da torcida é incrivel. O coração bate mais forte, o amor pelo time cresce mais, fiquei em estado de êxtase, é inexplicável. Só estando lá pra saber como é maravilhoso", garante. No Rio Grande do Norte, ela torce pelo ABC. "Sempre achei que devemos valorizar mais os times do nosso Estado e do Nordeste como um todo, já que é tão difícil para eles conquistar um destaque maior no Brasil. Creio que essa situação aos poucos está mudando e que devemos investir mais nos times da nossa terra. O ABC conquistou minha simpatia há pouco mais de dois anos. Adoro ir pra Frasqueira e torcer pelo time, mas a paixão maior é pelo Flamengo porque já vem de muitos anos. São times muito di-


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 10

Pi po ca 10 - Julho e Agosto de 2008

Homem de Ferro Perto da morte com um estilhaço de explosão alojado próximo ao seu coração, Tony Stark opta pela retaliação aos seus seqüestradores. Com sua astúcia e inteligência, cria uma armadura que além de mantê-lo vivo é dotada de incríveis acessórios (armamentos). Com ela consegue escapar do cativeiro - apenas para descobrir um plano nefasto com implicações globais, o que o leva a tornar-se o Homem de Ferro, um super-herói guiado pelo senso de justiça. Baseado nos quadrinhos da Marvel.

Quebrando a banca Baseado na história real de Ben Campbell, um estudante de um conceituado Instituto de Tecnologia que precisava de 300 mil dólares

Ficha Técnica Direção: Jon Favreau

para pagar seus estudos. Para sair desta situação, Ben se junta a um clube que ensina os meninos prodígios a se especializarem na con-

Elenco: Robert Downey Jr., Terrence Howard,

tagem de cartas no jogo (black jack). Com as novas habilidades ad-

Gwyneth Paltrow, Jeff Bridges

quiridas, o grupo vai para Las Vegas com o intuito de se dar bem na

Duração: 125 minutos

cidade, mas nem sempre as coisas acontecem como esperado.

Origem: EUA, 2008 Gênero: Ação | Aventura

Ficha Técnica Direção: Pete Travis

Duração: 90 minutos

Elenco: Matthew Fox, William Hurt, Den-

Origem: EUA, 2007

nis Quaid, Sigourney Weaver

Gênero: Ação

Dica do leitor Plano de Vôo Dé bo rah Sa yo na ra Empresária

Neste thriller sobre asas, Jodie Foster é uma viúva recente que volta para casa acompanhada de sua filha. Mas quando ela acha que nada poderia piorar, a garota desaparece misteriosamente em pleno vôo e ninguém a bordo se lembra da existência da menina.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 11

Na Es tan te Julho e Agosto de 2008 - 11

As Crônicas de Nárnia

Ficha Técnica Autor: Gustavo Cerbasi Editora: Thomas Nelson Brasil Categoria: Finanças

Volume Único

Número de Páginas: 272 Preço Sugerido: R$ 29,90

Investimentos Inteligentes Todos já sonhamos em conquistar nosso primeiro milhão de reais. Trata-se de uma cifra mágica que representa a tão desejada independência financeira. Para muitos, porém, é também uma espécie de desafio intransponível. Em Investimentos Inteligentes, o consultor financeiro Gustavo Cerbasi prova que alcançar o número mágico não tem nada de impossível e que, com a postura certa, podemos multiplicá-lo e transformá-lo em muitos milhões. Com as carreiras cada vez mais curtas e a vida cada vez mais longa, buscar a independência financeira é uma questão de sobrevivência. E qualquer pessoa pode

Nárnia, uma

alcançá-la ou mesmo chegar ao seu primeiro milhão se souber investir de forma inteligente, ou seja,

terra fictícia criada pelo

escolhendo investimentos com os quais se sinta à vontade. O autor, portanto, não ensina quais os se-

escritor Clive Staples Lewis, é

gredos do melhor investimento do mundo, mas auxilia na descoberta de qual a forma de investir mais

um lugar mágico onde animais

indicada para cada um de nós. Cerbasi não dá o peixe, mas nos ensina a pescar.

podem falar e o bem combate o mal, em aventuras e batalhas incríveis. As Crônicas de Nárnia (do original The Chronicles of Narnia), reúne em um único livro os sete

Dica do leitor A Cidade do Sol Khaled Hosseini Ana Luiza Tinoco, estudante

volumes da série que ultrapassaram o status de livros infantis

Ficha Técnica

e tornaram-se grandes

Autor: C.S Lewis

clássicos da literatu-

Editora: Martins Fontes

ra.

Categoria: Ficção | Aventura Número de Páginas: 750 Preço Sugerido: R$ 65,00

Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rasheed, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir ao marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: "Você pode ser tudo o que quiser". Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela História, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, uma nova história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do "todo humano", somos iguais nas diferenças, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Pรกgina 12


Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:39

Página 13

Giro Cul tu ral

Sectur/RN

Julho e Agosto de 2008 - 13

Farol de Mãe Luíza Há mais de um século, orientando navegantes e proporcionando uma visão privilegiada da orla marítima e do centro de Natal Farol de Mãe Luíza, também conhecido como Farol de Natal é o mais alto

de do Norte, o farol é movido à energia elétrica, emitindo lampejos de luz a cada 12

da América Latina em relação ao nível do mar. Construído no alto das dunas

segundos em uma extensão que atinge 44 quilômetros. Em caso de falta de ener-

do bairro de Mãe Luísa, em Natal tem o mesmo nome da velha par teira que deu

gia, o sistema alternativo de gás, operado manualmente, entra em funcionamento.

O

origem ao nome ao bairro.

O local está aber to à visitação pública, porém mediante agendamento de ho-

Do alto de seus 37 metros de altura, acessíveis por uma escadaria em espi-

rário, porque a Marinha faz uso militar do local. No topo do farol tem-se uma visão

ral de 151 degraus, o farol descor tina uma das mais belas vistas da praia da Areia

privilegiada, tanto do centro da cidade quanto da orla marítima. É sem dúvida, uma

Preta, permitindo ainda vislumbrar as praias de Genipabu e Ponta Negra.

obra que agrega beleza arquitetônica, importância histórica e utilidade pública, sendo

Erguido entre 1949 e 1951 e administrado pela Capitania dos Portos do Rio Gran-

referência para os viajantes, turistas e para a população potiguar.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Pรกgina 14


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 15

Tá na Moda Julho e Agosto de 2008 - 15

Sapatos masculinos Cores e estilos diferentes em que à palavra de ordem é conforto té alguns anos atrás, um bom sapato era aque-

A

do estar em sintonia com as principais tendências

siva que apresenta em sua textura bolhas que

le tradicional de couro, de preferência preto,

mundiais), alta tecnologia e qualidade, demons-

massageiam os pés ao caminhar, feita de um ma-

bonito (dentro dos padrões da época), porém não

trando um pioneirismo sem igual no setor.

terial com memória, ou seja, ao ser comprimida

muito confortável. Hoje o design mudou, se adap-

"São quatro novas coleções ao ano. Na cole-

volta ao lugar. "Esta linha é super diferenciada

tando a diferentes estilos e proporcionando mais

ção Outono / Inverno, as fusões de couros lisos

para o mercado e ideal para o homem que cos-

conforto ao seu usuário.

com os que imitam pele de animais viram objetos

tuma enfrentar horas de vôo ou longas caminha-

Cada vez mais o calçado tem se tornado uma

de desejo. A camurça chega forte e vem combina-

das", explica o empresário.

peça-chave para garantir um upgrade no visual,

da com bridões. Os couros bovinos batidos se man-

Outra inovação recente da marca é o sa-

ganhando para isso cores, prensas e novos mate-

têm firme para priorizar o conforto. Detalhes arte-

pato de seis centímetros e meio, uma tecnologia que deixa o homem mais alto sem mexer no solado, ou seja, imperceptível para quem vê. Tem ainda os sapatos com gel, os de couro de suíno e os modernos com acabamento em metal e couro trabalhado. Em alta, o sapatênis também é um dos carros-chefes da empresa e se adequa a diferentes es-

O empresário Allan Calado comanda com sucesso a Sergio’s em Natal

tilos e vestuários, permitindo desde combinações mais despojadas até visuais mais elegantes. Tem

riais ou a mistura deles. O preto ainda reina abso-

sanais como os franzidos e aplicação de metais

ainda as sandálias masculinas, que podem ser us-

luto, porém as diversas tonalidades de marrom

traduzem a modernidade e estilo. As viras chegam

adas com bermuda ou jeans, com destaque para

(castanho, chocolate, café, moss, luggage che-

encostadas e levemente serrilhadas. Florões e bro-

os modelos mais leves e encontradas em mate-

gando até o bronze), conquistaram seu espaço.

cados entram com linhas e furos mais finos", afir-

riais como couro, nobuck, lona, mista, com deta-

Fôrmas semi-longas, bicos arredondados,

ma Allan Calado, franqueado da Sergio’s em Natal.

lhes em metal, mais esportivas e básicas para o

couros estampados e amassados se destacam na

Um novo conceito de produto lançado recen-

vitrine da Sergio’s, maior rede de calçados mas-

temente pela marca e que busca trazer extremo

A marca possui mais de 250 modelos de

culinos no Brasil, com mais de 30 franquias es-

conforto é a Linha Viagem, que engloba quatro mo-

calçados para atender os mais diferentes gos-

palhadas pelo território nacional e desde 1978

delos, do estilo esportivo ao casual-chic. Esses

tos e estilos, sendo uma excelente opção de pre-

sendo destaque em design diferenciado (buscan-

calçados possuem uma palmilha especial exclu-

sente para o Dia dos Pais.

dia ou mais alinhadas para a noite.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 16

Tá na Capa 16 - Julho e Agosto de 2008

Com o diploma na mão e desempregado O que fazer se, ao concluir a graduação, você não estiver inserido no mercado de trabalho ma parte significativa de jovens conclui o curso superior

estivessem rebaixados, derrotados, com uma atitude negativa

e você não sabe como pagar. Porém, se você se tornar uma pes-

sem nenhuma ou com pouca experiência na área que es-

que somente irá atrapalhar no momento da procura. Se você

soa chata e pessimista, sempre de mal com a vida, ficará mais

colheu. Desempregado ou atuando em uma área completamen-

está em busca de uma nova colocação, deve ter confiança em

difícil conseguir boas oportunidades.

te distinta. Buscar uma boa colocação não é tarefa fácil mesmo

si mesmo e em suas habilidades. O próximo passo é demons-

ENCARE A BUSCA COMO UM TRABALHO

para quem tem um bom currículo, mas não adianta desanimar

trar essa confiança para o empregador", garante a consultora.

U

se você, apesar de ter conquistado o tão sonhado diploma, ainda está em busca de uma boa oportunidade profissional. Para conquistar um bom emprego é preciso estar consciente de que oferecer seu talento e suas habilidades para uma em-

Para ajudar você a conseguir sucesso nessa fase difícil, a equipe da Universitária News selecionou dez dicas que podem ajudá-lo a encontrar um bom emprego. Confira! FOCO

Imagine que você está empregado e se dedicando a atingir uma meta para a empresa. Assim, você terá disciplina. NÃO SE AFASTE DOS AMIGOS Pode parecer que sair para encontrar os amigos não irá ajudar em nada nessa situação. Mas isso não é verdade. Além de

presa é totalmente natural e comum. Emprego não é favor, é

Determine bem seu objetivo profissional, pois não adianta

manter sua mente arejada e sua estima alta, o contato com os

troca de serviço por dinheiro, conhecimento, aprendizado. A ver-

dar tiro para todos os lados. Depois de ter um alvo, fica mais fácil

amigos abrirá horizontes e fará com que você seja sempre lem-

dade é que, assim como nós precisamos de emprego, os em-

definir que passos deverão ser dados para atingi-lo.

brado (principalmente, se mantiver o bom humor) como alguém

pregadores também necessitam do capital humano para concre-

ESTEJA BEM INFORMADO

que precisa e MERECE uma nova colocação. Manter a rede de

tizar seus negócios. De acordo com Elitânia Tavares, professora em uma instituição de ensino superior em Natal e consultora nas áreas de ges-

Pesquise bastante sobre a área em questão, pois assim você poderá se preparar melhor para enfrentar o mercado. ATUALIZE-SE

contatos é fundamental nesse momento. APRENDA COM OS FRACASSOS Diante de uma exclusão no processo seletivo ou de um

tão e de Recursos Humanos, o mais importante nesse momen-

Nessas horas, a falta de dinheiro não pode ser um empe-

"não" recebido de um possível contratante, é possível e neces-

to é não perder o foco, elaborar cuidadosamente o currículo de

cilho. Não basta ter um diploma para conquistar uma boa colo-

sário que você tenha uma atitude proveitosa, detectando onde errou

forma objetiva e tendo cuidado com o português e, acima de tudo,

cação. Procure ler bastante, fazer cursos gratuitos ou com custo

e aprendendo para as próximas oportunidades.

não desanimar na hora que receber um não.

simbólico oferecidos pelo SEBRAE, SENAC e por algumas ins-

CONFIE SEMPRE EM VOCÊ

"O desânimo, a falta de confiança e a baixa estima são al-

tituições de ensino superior.

Se você não confiar, como fará com que os outros acredi-

guns dos maiores problemas sentidos em alguns profissionais

MANTENHA O BOM HUMOR

tem que você é a pessoa ideal para a função? O seu currículo

em busca de uma colocação. Eles procuram emprego como se

É difícil manter o bom humor enquanto as contas chegam

sozinho não irá definir sua contratação, mas sim o seu marke-


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 17

Tá na Capa Julho e Agosto de 2008 - 17

ting pessoal, sua capacidade de saber se vender como um produto que trará resultados para a empresa em questão. NÃO SE DESESPERE Não é porque você está desempregado que tem que aceitar qualquer coisa. Enquanto procura uma colocação na sua área, faça trabalhos temporários e tenha tranqüilidade para escolher bem a empresa e o setor em que deseja atuar de forma definitiva. NÃO DESPERDICE OPORTUNIDADES Antes de recusar uma colocação, vá à entrevista e descubra que funções irá realizar e o que a empresa tem a lhe oferecer. Você pode se enganar em relação a uma vaga. Vale a pena conferir de perto para não se arrepender depois.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Pรกgina 18


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 19

Rolé Julho e Agosto de 2008 - 19

Sanduba do Pierre Com uma proposta diferenciada na área de restaurante fast-food, ambiente agradável e cardápio diversificado, a casa conquistou o público natalense O Sanduba do Pierre, criado há menos de dois anos,

são de fabricação própria tendo diversas opções como o fran-

pelos empresários Tennison Brito e Amaro Sales, tem feito gran-

cês (de maior saída), croissant, de batata e com gergelim.

de sucesso com o público natalense, trazendo uma propos-

Entre os sanduíches mais pedidos merecem destaque o

ta diferenciada na área de restaurante fast-food, com sanduí-

Grand Pierre (feito no pão redondo e com dois andares. No

ches, crepes, pizzas, caldos, saladas, açaí, petiscos, sobre-

primeiro, super hambúrguer, mussarela, calabresa e bacon.

mesas e sucos especiais. Os pratos têm apresentação capri-

No segundo andar, presunto, ovo, milho, ervilha, alface, to-

chada e sabor incomparável em um charmoso ambiente que

mate e molho especial á escolha do cliente) e o Espe-

leva a assinatura do arquiteto pernambucano Eric Perman.

cial de Mignon (pão francês, filé mignon, mussarela,

O local possui dois ambientes. Um térreo com trinta e

presunto, bacon, ovo, alface, tomate e molho rosê). Tem ainda

oito mesas e outro no mezanino, com salão de festas (capa-

a linha fitness para quem deseja manter a boa forma com san-

cidade para até 70 pessoas), varanda panorâmica e área cli-

duíches de frango, atum e ricota, acompanhados de tomate

matizada e que pode ser reservada com antecedência para re-

seco, alface e tomate.

alização de eventos por uma taxa de 70 reais.

A novidade mais recente do Sanduba do Pierre é o lan-

A casa possui também algumas promoções permanentes

çamento de novos petiscos, entre eles, os escondidinhos

que atraem principalmente o público jovem, como a segunda

(de carne de sol ou camarão), o frango empanado com ger-

dos namorados (os enamorados só pagam 50% do valor do san-

gelim, medalhões, escalopes e filés em tiras com molho de

duiche consumido), a quarta do estudante (mediante a apresen-

queijo coalho ou de madeira.

tação da carteira, só é pago metade do valor do sanduiche), além

Tem ainda os sucos especiais batidos com a polpa da

da 0800, com sanduíche, batata e refrigerante grátis para quem

fruta, sorvete do mesmo sabor e leite condensado, com des-

estiver fazendo aniversário. Outra boa sacada é que em dia de

taque para o de morango que é uma delícia. Além disso, o

jogo, durante o horário da partida, o chopp é dobrado.

açaí do Pierre é um dos melhores de Natal. Também vale a

Um grande diferencial do Sanduba do Pierre é que os pães

pena provar as saladas incrementadas como a Boucher, os

crepes maravilhosos como o Bress e o Ferreiro Rocher, além das cartolas e do petit gateau. O ambiente tem estacionamento próprio, delivery (entrega gratuita para Capim Macio e Ponta Negra e com taxa simbólica na Grande Natal - até Emaús), salão amplo, atendimento com alto padrão de qualidade e em breve, um sistema de drive-thru onde o cliente poderá fazer e receber o pedido, sem sair do carro. Vale á pena conferir! Avenida Engenheiro Roberto Freire, 1764 | Capim Macio | (84) 3642.3444 | horário de funcionamento: 17h a 00h (domingo a quinta) e 17h à 1h (sexta e sábado) | Aceita os cartões: Master Visa e Hiper.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Pรกgina 20


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:49

Página 21

Liga o Som Julho e Agosto de 2008 - 21

Forró Sacudido Com poucos meses de estrada, a banda já é apontada como uma das grandes revelações do cenário musical nordestino em 2008 om o apoio da Destaque Promoções, a banda Forró Sacudi-

C

e fãs do outro. Somos uma coisa só.

do tem sido uma das grandes revelações da música potiguar

Já a parceria com a Destaque surgiu depois que Fenelon e Tony Guerra

em 2008, conquistando principalmente o público jovem e univer-

conheceram o meu trabalho e resolveram apresentar para uma grande empre-

sitário. Confira a entrevista com Ohara, a jovem vocalista da banda.

saquepudessenospromover.FoientãoqueaDestaqueentrounoprojeto.Creio que essa parceria será duradoura. É uma empresa de projeção nacional e que

Como e quando surgiu o Forró Sacudido? Como os componen-

já apoiou muitos artistas, me sinto honrada por fazer parte desta família.

tes se conheceram e o que já fizeram antes nesse segmento? A banda surgiu em maio desse ano com a proposta de atin-

Qual o repertório dos shows? A banda tem músicas próprias?

gir o público jovem que gosta de forró. Queríamos ter um dife-

O repertório é bem eclético. Tocamos músicas nacionais, re-

rencial em relação às outras bandas que estão no mercado. Foi

gionais e principalmente as que estão na boca da galera, como,

aí que a Guerra Produções e Fenelon, com o apoio da Destaque,

por exemplo, Abre e Sacudidozinho. Estamos também com a

passaram a promover o nosso projeto.

nossa primeira música de trabalho, que se chama Meu primeiro

Os músicos vieram de outras bandas de forró e nos conhecemos no processo de formação do grupo mesmo. Um encontro que deu muito certo.

amor. Pra quem gosta de dançar agarradinho, é uma boa pedida. Aliás, a canção já está sendo executada nas principais rádios do Nordeste.

Temos sonhos e objetivos em comum, rolou uma química interessante e estamos aí.

Onde vocês já fizeram shows? Estão divulgando o trabalho fora da RN?

Já eu sou nova no

Já fizemos shows na querida Natal e no

mercado. Quando criança

estado do Rio Grande do Norte, Pernambuco,

fui modelo, fiz balé popular, balé clássico, cantei em barzinho, mas nada profissional. Estou começan-

Maranhão e Ceará. Enfim, em boa parte da região Nordeste... Nosso trabalho está sendo bem aceito. Graças a Deus!

do minha carreira de verdade no Forró Sacudido...Sou uma menina cheia de energia e com muita força de vontade.

Quais os projetos futuros do Forró Sacudido? Gravar o nosso primeiro DVD, penetrar em outros estados e alcançar a grande massa. Acho que é o sonho de todo artista

Qual o grande diferencial da banda? E sobre a parceria com

e, é claro, de toda a Forró Sacudido!

a Destaque como surgiu? AbandavemcomoestiloForróXote,totalmenterenovado,com uma batida bastante dançante. É um verdadeiro sacudido (risos). O diferencial está no nosso espírito jovem. Conseguimos nos aproximar da ga-

Esse espaço é para o Forró Sacudido deixar o seu recado. Quero parabenizar a galera da revista Universitária News, pelo excelente material que vocês estão levando para essa ga-

rotada,falaramesmalíngua.Nósinteragimosotempotodocomopúblico,cha-

lera universitária que tanto nos prestigia. Obrigado pela

mamos a galera para o palco, isso quando não acontece de eu mesma descer

oportunidade! Agradeço também o carinho de todos que

e começar a dançar e brincar com eles na pista. Enfim, não há artista de um lado

curtem a banda. Afinal, aí poooode! Xero enormeee!


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Flash 22 - Julho e Agosto de 2008

Arraiá Pra Lá de Dez Promovido pelo colunista Jota Oliveira, o Arraiá Pra Lá de Dez realizado no dia 27 de junho no Parque Aristofanes Fernandes, em Parnamirim, atraiu muita gente bonita e animada que agitou a noite toda ao som de Capilé, Brilhantes do Forró e Dj Luís Couto.

Página 22


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Página 23

Flash Julho e Agosto de 2008 - 23

Forró das Férias No último dia 04 de julho, uma galera bonita e descolada foi conferir na boate Music, na Ribeira, o Forró das Férias animado pela cantora Eliane, aclamada como a rainha do forró, banda Malákia e o som eclético (eletrônica, hip hop e funk) do DJ Goiano.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Pรกgina 24


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Página 25

News Julho e Agosto de 2008 - 25

Forró no Facho Na sexta-feira, 15 de agosto, Eliane e Geraldinho Lins serão as atra-

Novo site

ções do Forró no Facho com uísque clonado á noite toda (compra um e ganha outro). O evento é promovido pela Status Produções. Maiores

O site da Universitária News está com

informações: (84) 3206.3309.

novo visual e muito mais interativo. Além da revista on-line, o site passará a contar com promoções, cobertura de eventos, invasão nas faculdades e informações gerais do mundo acadêmico e jovem. Acesse: www.universitarianews.com.br

Paço das Palmeiras Com inauguração prevista para o próximo dia 30 de julho, o Paço das Palmeiras Sênior Residence, localizado no coração de Lagoa Nova, representa um novo conceito de hospedagem para a Terceira Idade. Sua infra-estrutura foi projetada para prestar atendimento de qualidade para idosos com autonomia e independência que optem por curtos períodos de hospedagem, férias, feriados, finais de semana, day care (dia), temporada ou moradia.

Carnativa indoor O Carnativa, um dos maiores carnavais fora de época do estado, está de volta! Por questões burocráticas o evento não foi realizado no ano passado, mas este ano ele vem com tudo e em novo formato, o indoor. O evento acontecerá nos dias 29 e 30 de agosto, no Espaço Villa, do hotel VillaOeste, em Mossoró, trazendo grandes nomes da música baiana. No primeiro dia do evento, sexta (29), a alegria ficará por conta do som contagiante da banda Jammil, e do balanço do Forró Sacudido. Já no segundo dia, sábado (30), o cantor Netinho promete levantar a galera.

O Paço das Palmeiras conta com música ambiente, um aconchegante restaurante, sala de TV e vídeo, sala de estar, varanda, banheiros adaptados, apartamentos individuais, duplos ou triplos, lavanderia e profissionais qualificados na área da saúde, garantindo qualidade, segurança, tranqüilidade e carinho no atendimento. O hóspede pode participar ainda do programa de envelhecimento saudável que inclui atividades físicas, sessões de estética e relaxamento, cursos, atividades lúdicas, culturais e de lazer.

Trivela do Asa No sábado, 23 de agosto, tem Trivela do Asa. Os fãs de Durval Lelys e banda prometem balançar a estrutura da capital potiguar. Vale a pena conferir!


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Pรกgina 26


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Página 27

Mundo Julho e Agosto de 2008 - 27

Canadá Estudar ou trabalhar no país dos esportes radicais, considerado o lugar com melhor qualidade de vida do mundo é uma experiência imperdível

Brenda (ao centro de preto) curtindo o frio com amigos

O

povo canadense costuma receber com muito carinho os

Com um grupo de amigas no aeroporto do Canadá nhecer outras culturas, lugares e pessoas.

Com os colegas na escola mostrando a bandeira canadense foi a consciência ambiental das pessoas evidenciada pelas ruas

estudantes de outras nacionalidades que vão estudar lá. As

Nos três meses que passou no Canadá, a estudante brasi-

limpas e ambientes organizados, além das paisagens deslum-

escolas são excelentes e ainda dá pra curtir as horas vagas pra-

leira ficou hospedada na casa de três filipinos (um casal e uma

brantes de inverno, florestas, animais e lagos. As atividades cul-

ticando esportes radicais. Além disso, o país é considerado o lugar

senhora), em Toronto, que foram como uma segunda família

turais e atrações noturnas são constantes nessa cidade multicul-

com melhor qualidade de vida do mundo.

para ela. "Eles me consideravam uma filha (por nunca terem tido

tural. Há teatros, feiras, museus, parques, restaurantes e pubs di-

Diversos parques nacionais, preservados com plena cons-

uma). Diariamente, acordava às 7h para ir à aula. Quando des-

ferentes para cada dia. O que mais estranhei foram alguns hábi-

ciência ecológica, são um prato cheio para que o estudante possa

cia as escadas para tomar café, meu "pai" já estava com a mesa

tos que tive que adotar (como tirar o sapato antes de entrar em

refrescar a mente nas horas de lazer. Além disso, o Canadá é um

pronta. Sempre cheia de frutas e cereais. Além

casa) e o frio intenso (os dias mais ensolarados eram os mais frios).

país que respeita as diferenças culturais e que incentiva a pre-

disso, todo dia ele fazia um lanche para eu

Também me surpreendi ao ver que as leis e regulamentos eram

servação das inúmeras línguas nativas.

levar e comer no intervalo das aulas. De lá

precisamente obedecidos, o que leva a um estilo de vida seguro

As escolas podem ser públicas ou particulares, e as aulas

eu partia de ônibus para a escola, o que le-

e tranqüilo (bem diferente da vida aqui). Adorei ter feito novas e

vão de setembro a junho do ano seguinte. Periodicamente, há in-

vava cerca de 50 minutos. A aula acabava

grandes amizades com pessoas de vários países. Até hoje me co-

tervalos prolongados em que o estudante que mora na escola deve

sempre às 15h e eu aproveitava a tarde

munico por e-mail ou telefone com muitos deles (minha família

deixar o dormitório, podendo se hospedar temporariamente na casa

para ir conhecer algum lugar diferente ou

em especial). Quem deseja uma cidade cosmopolita, limpa e se-

de colegas, desde que devidamente autorizado. Também existem

ir a casa de amigos. Voltava pra casa nor-

gura tem em Toronto uma boa opção", afirma.

experiências mais curtas como os cursos de idioma a partir de

malmente as 20h e quando a neve dei-

"Voltei ao Brasil com a mala cheia de experiências

quatro semanas e as extensões universitárias para o público que

xava, saía à noite. Em alguns finais de

e também com muitas saudades de um tempo mágico e

já atingiu a maioridade e deseja incrementar o currículo.

semana viajei para cidades próximas

único que me tornou mais confiante e segura em minhas

Embora seja uma excelente oportunidade de estudos

como Niagara, Vancouver, Ottawa, Que-

decisões. Não hesito em afirmar que aprendi o signifi-

ou de trabalho, para a estudante do curso de Nutrição da

bec e Montreal. As cidades me encan-

cado prático da liberdade, a lidar sozinha com situações

UnP, Brenda Sá, que esteve no Canadá entre 06 de dezem-

taram por serem super limpas e cada

difíceis ou inusitadas e a interagir com pessoas muito

bro de 2007 e 10 de fevereiro de 2008, uma das mais en-

uma ter um charme diferente", conta.

diferentes de mim, além de conseguir enxergar o mundo

cantadoras faces do intercâmbio é a oportunidade de co-

"Algo que me chamou a atenção

por uma outra perspectiva", conclui.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Pรกgina 28


Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:36

Página 29

On-Line Julho e Agosto de 2008 - 29

Crimes na Internet Senado aprovou, no último dia 10 de julho, um proje-

acredito que o mais relevante foi a criminalização de condutas ati-

to de lei que tem como objetivo adequar as leis do País

nentes à pedofilia e o combate ao estelionato eletrônico, ou seja,

aos crimes cometidos na Internet e, assim, punir de forma

buscou-se manter a Internet como território livre, garantindo assim

mais rígida essas irregularidades. O projeto tipifica os cri-

um ambiente seguro ao estabelecer 13 novos tipos penais e en-

mes na internet, ajudando a Justiça a julgá-los, amplia as

durecendo outras penas já existentes, no intuito de propiciar um

penas para os infratores e determina que os provedores ar-

ambiente virtual de qualidade", explica.

O

mazenem os dados de conexão de seus usuários por até três

As emendas aprovadas em Plenário tratam também dos temas

anos. Essas informações poderão ser acessadas pela polí-

mais polêmicos, como a pirataria e a ação de pedófilos. O novo

cia se necessário, por meio de uma requisição judicial.

texto tipifica o crime de acesso a equipamentos ou redes com a

Além disso, o texto coloca como responsabilidade do pro-

violação da segurança de ambientes que tenham "proteção expres-

vedor informar as autoridades sobre qualquer indício de crime

sa". Da mesma forma, será considerada criminosa a transferência

na rede. Aqueles que não cumprirem as determinações estão su-

sem autorização de dados e informações de unidades ou siste-

jeitos a multa, que pode variar entre RS 2 mil e R$ 100 mil.

mas cujo acesso for restrito e protegido expressamente.

De acordo com o advogado Alex Gurgel, a Internet necessi-

O projeto também considera crime falsificar dados ele-

ta de uma regulamentação quanto à sua utilização. "Porém acre-

trônicos ou documentos públicos e verdadeiros; falsificar

dito que o nosso Direito ainda não está totalmente preparado para

dados ou documentos particulares; criar, divulgar ou manter

atuar nesse segmento. É o último local de liberdade "plena". Esse

arquivos com material pornográfico contendo imagens e ou-

arcabouço jurídico aprovado no Senado Federal visa buscar uma

tras informações envolvendo crianças e adolescentes; prati-

forma de disciplinar e podar certas práticas como a dissemina-

car estelionato, capturar senhas de usuários do comércio ele-

ção de vírus e a manipulação indevida de informações. Contudo,

trônico e divulgar imagens de caráter privativo.

Utilidade Pública

Pala primeira vez no Brasil é aprovado um pacote de projetos que tipifica e estabelece punição para crimes virtuais

Entre os demais crimes previstos no substitutivo está também o de atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força, calor, informação, telecomunicação ou qualquer outro de utilidade pública. Também serão punidos crimes que envolvam a interrupção, perturbação de serviço telegráfico, telefônico, telemático, informático e outros dispositivos de telecomunicações.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:36

Pรกgina 30


Revista Universitaria:Revista Universitaria

23/7/2008

16:37

Página 31

Porta Re tra to Julho e Agosto de 2008 - 31

Adriana Barreto ( Las Vegas - Nevada - USA)

Ana Luiza (Puerto Madero - Buenos Aires - Argentina)

Danielle Dória (Time Square - New York, EUA)

Viver e Recordar com fotos incríveis Eduardo Dantas (Cordilheira dos Andes - Chile)

Fotos de viagens inesqueciveis e momentos especiais vividos por nossos leitores. Confira!

Adriana Barreto (Lake Tahoe - Califórnia - USA)

ada viagem tem um sabor especial e deixa recordações maravilhosas que a tecnologia permitiu que pudessem ser compartilhadas com a família e os amigos queridos através de vídeos e fotos. Nesse espaço, nossos leitores dividem com todos vocês momentos especiais traduzidos em imagens de alguns roteiros visitados por eles e quer foram inesqueciveis.

C Sabrinna Oliveira (Toronto - Snowman)

Envie suas fotos para: contato@universitarianews.com.br

Renan Lima (Rio Tamisa com o parlamento inglês e o Big Ben)


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Página 32

Pé na Es tra da 32 - Julho e Agosto de 2008

Argentina Tango, cultura, boa gastronomia e diversão garantida nas estações de esqui uenos Aires é a porta de entrada para conhecer a

sada, sede da Presidência, e a Catedral Metropolitana, de

dicionais peças em couro e cashmere, bem como os objetos

Argentina, onde são muitas e deliciosas as atra-

arquitetura em estilo neoclássico. Na Catedral, estão os

de artesanato e antiguidades oferecidas nas feiras de rua, cos-

ções que esperam o turista, como o melancólico e sen-

restos mortais de San Martin, considerado o libertador do

tumam ter preços convidativos. As vantagens incluem ainda o

sual tango, que ecoa pelos salões e esquinas da capi-

país. Outro ponto turístico de destaque é o Teatro Cólon, um

circuito gastronômico. Res-

tal do país atraindo turistas do mundo inteiro para esse

dos mais famosos do mundo, com intensa programação cul-

taurantes, como os do ba-

pedacinho da Europa na América do Sul.

tural, principalmente, ópera e dança.

dalado Puerto Madero, têm

B

Quem não dispensa passeios culturais, encontra em

Apesar de parecer estranho, um dos programas imperdí-

pratos a partir de 10 dóla-

Buenos Aires uma grande variedade de opções, como o

veis é a visita ao Cemitério da Recoleta. Em belíssimos mau-

Museu de Belas Artes, de Arte Moderna e o dedicado à

soléus, encontram-se enterradas personalidades argentinas

Uma das poucas ex-

Evita Perón. Entre todos, destaca-se o MALBA - Museu de

como ex-presidentes, escritores e a eterna musa Evita Perón.

ceções é a Feira de Anti-

Arte Latino-Americano de Buenos Aires.

Como a área do cemitério é extensa, o melhor a fazer é agen-

guidades de São Telmo,

No roteiro pela capital da Argentina, também não deve

dar uma visita guiada, com duração de aproximadamente 90

bairro mais antigo de Bue-

ficar de fora a Plaza de Mayo. Testemunha dos mais impor-

minutos. O passeio acontece sempre aos sábados e domingos.

nos Aires. Nos mais de 30

tantes fatos históricos argentinos é lá que estão a Casa Ro-

Buenos Aires também é excelente para compras. As tra-

antiquários e galerias de

res por pessoa.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:50

Página 33

Pé na Estrada Julho e Agosto de 2008 - 33

arte da feira, a mais tradicional da capital, os preços costu-

fissionais ensinam alguns passos para os iniciantes. Buenos Aires

da estepe, as montanhas e a extensa vegetação estão pin-

mam ser salgados, assim como, na badalada Calle Flórida, o

noturna é uma festa, tanto que é conhecida como La Ciudad

tadas de flocos de neve, e os braços do lago Nahuel Huapi

maior e mais sofisticado centro comercial da cidade. No en-

que nunca duerme. Os restaurantes ficam cheios até tarde, pois

têm ondas causadas pelos ventos da estação.

tanto, vale a visita nem que seja apenas para contemplar os

o jantar só começa a ser servido a partir das 22 horas.

belos traços arquitetônicos da Galeria Pacífico, o principal centro comercial da rua. VIDA NOTURNA

As montanhas absolutamente brancas, o barulho suave da pisada na neve fofa, conhecido pelos freqüentadores como

NEVE, DIVERSÃO E ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS EM BARILOCHE

o som do silêncio, e até as tempestades de neve que aconte-

Não há uma pessoa no mundo que não se encante

cem no alto dos cerros (montanhas) provocam diferentes sen-

com Bariloche, uma cidade que associa modernidade à

sações nos viajantes, da introspecção à excitação.

Mas é à noite que Buenos Aires mostra todo seu charme.

simplicidade de um vilarejo. É um lugar que emociona em

Mas nem só de neve vive o turista em Bariloche. As cinco

Um programa imperdível é conhecer uma milonga, nome que

qualquer época do ano, seja no verão, primavera, outono

quadras do pequeno centro da cidade abrigam várias casas no-

se dá aos locais onde se dança o tango e onde dançarinos pro-

ou inverno. O clima romântico e aconchegante da cidade

turnas (boates) e dois cassinos, além de vários restaurantes e

agrada os casais enamorados e o público mais maduro, já

casas de chá que oferecem tentações gastronômicas como

o agito noturno e a adrenalina das estações de esqui atraem

chocolates, geléias, fondue e trutas, além dos exóticos patês

crianças, jovens e pessoas em busca de diversão.

de cervo e de javali. Porém as verdadeiras estrelas da cozinha

Apesar de Bariloche ser destino turístico o ano todo,

local são os defumados de carne e salmão. Vale a pena conhe-

é a neve que atrai os brasileiros. Entre julho e setembro a

cer e se apaixonar pela diversidade cultural, gastronômica, ar-

temperatura do destino mais procurado da Patagônia ar-

quitetônica e pelas diversas atrações da Argentina, um pedaço

gentina varia de 0 C a 10 C negativos. As formas sinuosas

encantador da Europa na América do Sul.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Pรกgina 34


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 35

Mer ca do Julho e Agosto de 2008 - 35

Salão Mundo Jovem Evento promete ser uma excelente opção para jovens em busca de novos conhecimentos e oportunidades de estágio bem como para os expositores

Feiras voltadas para estudantes e jovens profissionais movimentam o mercado e trazem benefícios tanto para os visitantes quanto para os patrocinadores e expositores que investem nos eventos maioria das pessoas já sabe que Feiras e Congressos re-

A

versitários, universitários e executivos, interessados em produ-

presentam ótimas oportunidades para adquirir novos co-

tos e serviços, tudo em um único local e com uma linguagem

nhecimentos, trocar informações, fazer contatos e parcerias, bem

informativa e divertida, possibilitando a interatividade de mais de

como conhecer novos produtos, tecnologias e tendências. An-

50 expositores com os jovens participantes, além de uma ampla

tenados nesse mix de possibilidades, empresários investem em

programação que envolverá palestras, testes vocacionais, apre-

estandes e jovens profissionais enxergam nesses eventos uma

sentações culturais, central de estágio, shows com bandas lo-

gama de alternativas.

cais e muitas outras opções de entretenimento.

A tendência por eventos desse porte é crescente em todo

Além de uma excelente opção para os jovens, o evento é

o Brasil e no Rio Grande do Norte não poderia ser diferente. A

acima de tudo uma ótima oportunidade para os expositores que

cada ano surgem novos formatos de feiras, congressos, expo-

terão seus produtos e serviços vistos por um público superior a

sições e seminários integrados com estruturas e programações

10 mil pessoas em apenas 04 dias, destacando assim sua marca

cada vez mais elaboradas oferecendo ao mercado diversas opor-

junto a consumidores potenciais.

tunidades.

"O jovem adquiriu uma gran-

O Salão Mundo Jovem será realizado no shopping Orla Sul

de importância nos dias de hoje.

de 01 a 04 de outubro, das 10h às 22h, é um bom exemplo do

Além de ter um poder de consu-

amadurecimento dos eventos voltados para o universo acadê-

mo crescente, ele exerce uma gran-

mico e profissional. Em sua primeira edição, o salão pretende

de influência no consumo de sua

reunir cerca de 10 mil pessoas entre jovens estudantes, pré-uni-

família", afirma um dos organizado-

res do evento, o empresário Cláudio Menezes.

Cláudio Menezes e Augusto, organizadores do evento


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 36

Com por ta men to 36 - Julho e Agosto de 2008

Baladeiro de Plantão

Michell Maciel curtindo a night com as amigas

Conheça o perfil do jovem que não perde uma boa balada e está sempre antenado no que de melhor ocorre na noite natalense


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 37

Com por ta men to Julho e Agosto de 2008 - 37

Estar na ba la da é

de uma certa hora, geralmente por volta de 00h30, sigo

bem mais do que sair para se

com os amigos para o Seven ou Maranelo. Já na sexta pro-

divertir. É curtir os amigos, conhecer

curamos opções diferentes como shows de forró nos me-

pessoas, esbarrar no amor, ser livre por um in-

lhores points de Natal como a Ollho D´água, Forró da Lua

stante fazendo algo que goste, deixar a música levar o corpo

ou do Facho. Porém se tiver algum show bom em outro

para um estágio de êxtase. Mas sem nunca abrir mão da ale-

local, mudo meu itinerário. No sábado a programação co-

gria e da responsabilidade.

meça mais cedo. À tarde costumo ir ao Shock Bar e à noite

Um bom baladeiro tem direitos e deveres, e deve exi-

procuro opções diferentes em Natal ou nos interiores mais

gir e cumprir todos eles. Deve ser responsável o bastante

próximos como vaquejadas ou shows de bandas como Chi-

balada é sem dúvida uma etapa importante para a vida

para curtir a noite com respeito a si mesmo e aos outros,

clete com Banana, Asa de Águia e Aviões do Forró, festas

do jovem. É nela que ele descarrega o cansaço e deixa

evitando o consumo excessivo de álcool e fugindo das dro-

que concentram um grande público e onde posso encon-

de lado os desgostos, problemas e aborrecimentos do dia.

gas. É claro que ninguém vai para a balada só para dançar,

trar amigos, gente bonita e dançar. Quando tem uma festa

É uma fuga da realidade cotidiana, em que é possível apro-

como não vai só para beijar, mas que também não seja só

mais distante que vale a pena participar como Fortal, Mi-

veitar o melhor ângulo da juventude.

para beber e fumar a noite inteira.

carande, Rave, Trivela, ou um show imperdível normalmen-

A

Como o mundo está em constante transformação, os

O estudante Michell Maciel, de 26 anos, é um bom ex-

te viajo na sexta-feira e só volto no domingo. Já em Natal,

jovens estão ganhando responsabilidades cada vez mais

emplo de jovem que curte uma boa balada. Porém como Natal

geralmente as opções no domingo são poucas. Acabo sem-

cedo, passando a viver como pseudo-adultos e tendo em sua

não tem muitas opções de segunda a quarta, a agenda dele

pre indo para o Cepe ou A Casa", explica Michell.

rotina diária uma carga excessiva de cobrança e estresse. De-

costuma ficar movimentada de quinta a domingo. "Geral-

Ele concorda que baladeiro que se preze tem que ter

scontrair é essencial para que se sintam jovens de fato. Afi-

mente as farras começam na quinta-feira, a prévia geral-

responsabilidade e que diversão não combina com exces-

nal, o que seria deles sem os beijos noturnos, sem os abra-

mente e em um barzinho onde tem gente bonita, clima de

sos. "A festa só é boa se a sua diversão não incomoda os

ços quentes, sem o clima de azaração e o som alto nas pis-

paquera, bebida gelada e bons petiscos como Dom Café, Bu-

outros. É muito chato quando alguém exagera na bebida e

tas de dança, carnavais fora de época e shows?

dega, Sargent Pepper´s, Bohemia ou Saidera. Depois

acaba incomodando as pessoas a sua volta", conclui.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Pรกgina 38


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 39

Pla ne ta Bicho Julho e Agosto de 2008 - 39

Seu animal está doente? Aprenda a interpretar os sinais mais comuns apresentados por ele quando está com algum problema de saúde

V

ocê está atento ao corpo e ao comportamento do seu

parou uma lista dos sinais de alerta mais comuns de que a

animal de estimação? Isso é fundamental para saber

saúde do seu amigo peludo não vai bem.

se ele se sente bem ou se tem algum problema de saúde. Normalmente, cães e gatos não demonstram dor, então, quando o dono percebe algum sintoma, é sinal de que a doença já está bem avançada.

mau cheiro e manchas avermelhadas. . Olhos: Na velhice, podem apresentar manchas brancas ou azuis, que indicam catarata.

RAIO-X ANIMAL Saiba como cada parte do corpo do seu animalzinho de estimação demonstra que algo não vai bem.

Para que nada de ruim aconteça ao seu bicho de estima-

. Pelagem: Alergias, alterações hormonais e várias

ção, a solução é prevenir. Visitas periódicas ao veterinário,

doenças deixam o pêlo sem brilho, caindo demais ou

por exemplo, são essenciais para detectar problemas no iní-

com falhas. Fique atento.

cio e combatê-los de forma eficaz. Como já dizia o ditado, pre-

. Orelhas: Otite é uma infecção comum, principalmente em

venir é o melhor remédio. Por isso, a Universitária News pre-

cães. Eles coçam freqüentemente a orelha, que pode apresentar

. Rabo e Genitália: Não levantar o rabo pode indicar dor. Infecção no útero faz as fêmeas lamberem a genitália e machos que urinam sangue podem ter infecção. . Patas: Alergia faz o cão lamber as patas. Se o animal treme, pode ser artrite. . Focinho e Boca: Gengiva esbranquiçada pode ser sinal de anemia. Já o sangramento nas narinas pode representar algum problema no sistema respiratório ou até mesmo câncer.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 40

Cor re dor da Folia 40 - Julho e Agosto de 2008

Carnatal,

muitas histórias O economista e empresário Ricardo Valério fala sobre a trajetória de dezoito anos do evento e suas novas perspectivas

R

icardo Valério Costa Menezes, brasileiro, 52 anos, eco-

Carnatal, atuando tanto na produção do evento quan-

briella e Matheus) que são suas grandes paixões, ele se con-

nomista e atual Coordenador do setor de Comu-

to na direção de bloco.

sidera extremamente amigo, fiel e solidário, adora esporte,

nicação e Eventos da SAPE no Governo do Estado,

Casado atualmente com a uruguaia Carolina Outeda La-

acompanhou de perto os dezoito anos de trajetória do

cuesta e pai de três filhos do casamento anterior (Ricardo, Ga-

praia, cinema e uma boa leitura, além de promover eventos e jogar tênis com amigos. Confira a entrevista!


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 41

Cor re dor da Folia Julho e Agosto de 2008 - 41

Quais os momentos mais marcantes vividos por você

abrindo novas perspectivas e permitindo que a maio-

no Carnatal ao longo dos anos?

ria dos cidadãos tivessem condições de brincar o

Quando olhamos pelo retrovisor da vida, as re-

Carnatal com preços mais acessíveis.

cordações são infinitas e intensas. Desde o nascimento dos filhos, as conquistas profissionais e pessoais,

Qual a si tua ção mais inu si ta da vi vi da por

até mesmo as vitórias políticas ou do time de cora-

você no Car na tal?

ção, todas têm o seu valor e a sua importância no ac-

Entre muitas situações inusitadas vividas por

ervo de formação de nossa história de vida. E entre

mim, o que mais me marcou foi a coragem de ter

as muitas experiências especiais vividas por mim,

assumido em parceria com a Destaque, a volta da

destaco com todo carinho a participação no Carna-

cantora Ivete Sangalo ao Carnatal em 1996. No pri-

tal, desde o seu início, ainda na antiga Praça Pedro

meiro dia de apresentação dela, o trio apresentou

Velho, atuando a princípio na produção do evento e

problemas para entrar na avenida, e tivemos que co-

posteriormente como diretor de bloco.

locar o cantor Capilé para substituí-la.

Naquela época o Carnatal ainda estava se conso-

Para compensar os foliões que estavam lou-

lidando e os preparativos começavam praticamente no

cos para vê-la na avenida, assumimos todos os

início do ano seguinte. Hoje, graças a experiência da

cus tos em parce ria com a Des ta que, e Ivete

Destaque Promoções, liderada por Ricardo, Roberto, Pau-

levou a multidão de foliões ao delírio, fazendo

linho e Gustavo, o Carnatal atingiu a maioridade, sendo

todos esquecerem o mal estar ocorrido na sexta-

considerado o maior carnaval fora de época do país.

feira, no encerramento no domingo do Carnatal, consolidando de forma definitiva seu nome junto

Quais os maiores desafios enfrentados por vocês ao longo de sua participação no Carnatal?

Ivete Sangalo em 1996 sendo recepcionada por Ricardo Valério

ao público potiguar.

ço para o lançamento do bloco "Meu Xodó" em 1995.

Fazer um evento com a dimensão e grandeza do Car-

A idéia inicial era lançar o bloco em 1996, porém

natal é como ter que enfrentar um leão todo dia. Viabili-

estávamos muito empolgados e resolvemos enfrentar o

ções do even to?

zar bons patrocinadores, atender as exigências do Minis-

desafio de lançar o bloco a menos de 21 dias do início

Que o Carnatal continue melhorando a sua segurança

tério Público, aprimorar a qualidade das atrações, garan-

do Carnatal. Foi uma corrida contra o tempo, mas gra-

como ocorreu no ano passado, com a implantação do sis-

tir a segurança dos foliões são, entre outros, os maiores

ças a Deus, fomos bem sucedidos e as 3.500 creden-

tema de monitoramento por câmeras. Também seria inte-

desafios enfrentados por aqueles que contribuem com a

ciais foram comercializadas em apenas dez dias, um re-

ressante que os abadás se tornassem temáticos, divulgan-

realização do Carnatal.

corde na história do evento.

do as riquezas e potencialidades do nosso Estado.

Quais as suas ex pec ta ti vas para as pró xi mas edi -

Outro fator importante no lançamento do bloco foi a

Em relação às atrações artísticas, gostaria de ver o

Como surgiu a idéia de lançar o primeiro bloco com uma

desmistificação de que o Carnatal era destinado à elite.

mix dos ritmos, avançando um pouco mais, pela enorme

atração artística local?

Com um bloco com atração local, reduzimos os custos,

diversidade musical e cultural do nosso país. Talvez um

A diretoria da Destaque,

bloco transformando o corre-

contando com o meu apoio e

dor da folia num grande ar-

dos empresários Figueiredo e

raiá junino puxado, por exem-

Marcílio, devido ao enorme

plo, por Dominguinhos ou a

sucesso que a Banda Xodó já

musicalidade de uma Rober-

fazia nos anos 90, no carna-

ta Sá ou ainda uma grande ba-

val de Pirangi, vislumbrou a

lada animada pelo Skank no

oportunidade de valorizar os

encerramento do Carnatal no

artistas da terra, abrindo espa-

Ricardo e Carolina Outeda no Carnatal 2007

Entrevistado por Luis Henrique em 1996

corredor da folia em 2008.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 42

Bem-Estar

nvelhecer é um processo natural que começa a ocorrer no momento em que nascemos, porém torna-se mais evidente após a Terceira Idade. A qualidade do envelhecimento está relacionada diretamente com a qualidade de vida do individuo. Estresse, exposição demasiada ao sol, hereditariedade, alimentação inadequada ou deficiente, fumo e poluição ambiental são algumas das principais causas do envelhecimento. No tecido envelhecido ocorre diminuição do colágeno e da elastina, substâncias fundamentais da derme, proteínas e açúcares, em especial do ácido hialurônico, que influenciam na elasticidade e vitalidade da pele. A redução na taxa de renovação celular e reparação de pele elevam o tempo de cicatrização das feridas que pode chegar a duas ou três vezes mais do que o de uma pessoa jovem. Assim sendo, a derme envelhecida torna o tecido rígido, com pouca elasticidade e com menor capacidade de resposta a estresse ou trauma. Além disso, estas mo di fi ca ções na es tru tu ra da pele re sul tam tam bém num pro ble ma es té ti co - as rugas e li nhas de ex pres são, que são cau sa das ainda por ques tões emo cio nais como so fri men to, tris te za e preo cu pa ção. De acordo com a me di ci na tra di cio nal chi ne sa estas são con si de ra das so bre cargas de ener gia vital para de ter mi na do ponto. Atualmente existem várias técnicas para prevenir e tratar o envelhecimento facial, entre elas merecem destaque a acupuntura estética facial ou peeling seco, método que ganhou novo fôlego após ser redescoberto pelos

E

Acupuntura Estética

42 - Julho e Agosto de 2008

Técnica ameniza os sinais da idade e melhora a estrutura da pele


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 43

Bem-Estar Julho e Agosto de 2008 - 43

cial é um mé to do que au xi lia na re du ção de rugas, além de pre ve nir o en ve lhe ci men to, me lho ran do a es tru tura da pele, renovando o estrato córneo, es ti mu lan do a circu la ção local, con tro lan do a ten são e me lho ran do a qua li da de do sono", ex pli ca.

atores e atrizes hollywoodianos, que precisam manter-se com aparência jovem e natural, o que não era conseguido com o uso da toxina butolínica (botox), que com o tempo estagna as linhas de expressão deixando o rosto com uma aparência "engessada". De acordo com Oil son Bos ca to, da Bos ca to Te ra pias, a uti li za ção da acu pun tu ra na es té ti ca fa cial não é no vi da de. Im pe ra tri zes das di ver sas di nas tias na An ti ga China já usa vam as agu lhas para ate nuar as rugas e as marcas de ex pres são. "A acu pun tu ra es té ti ca fa -

QUIROPRAXIA E OSTEOPATIA Outras técnicas de origem oriental que trazem diversos benefícios para o organismo são a Quiropraxia e a Osteopatia, métodos de manipulação vertebral, que visam o equilíbrio músculo-esquelético, corrigindo problemas de postura e minimizando dores nas articulações, podendo ser administrados tanto na coluna vertebral, quanto em membros (braços e pernas). "A idéia do tratamento é promover o reequilíbrio das ar ticulações e, conseqüentemente, o relaxamento muscular, levando através de manipulações e manobras, as ar ticulações do corpo para posição correta. A utilização destas terapias naturais evitaria dor, sofrimento e gastos com cirurgias", conclui Oilson Boscato.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Pรกgina 44


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 45

Eu Pra ti co Julho e Agosto de 2008 - 45

Tênis Tendo conquistado uma grande popularidade nos últimos anos esse esporte tem ganhado cada vez mais adeptos no RN Tênis é um esporte que vem ganhando força no Brasil nos

O empresário Carlos Mariano, de 42 anos, começou a se inte-

últimos anos. No Rio Grande do Norte, não é diferente. Atra-

ressar pela prática do Tênis quando tinha 18 anos e ainda morava em

vés da Federação Potiguar de Tênis, eventos de pequeno, médio

São Paulo. "Quando ia a praia com os amigos jogávamos frescobol,

e grande porte vêm sendo realizados no estado, atraindo competi-

só que desenhávamos a quadra na areia. Quem perdia normalmen-

dores de várias partes do país.

te dizia que se tivesse rede ganhava. Como a afirmação começou a

O

Jogar tênis proporciona uma série de benefícios para a

se repetir, combinamos de conseguir raquetes de tênis e de alugar-

saúde, entre eles, a melhora na coordenação motora, flexibilida-

mos uma quadra. Meu irmão tinha uma raquete de madeira e me

de, agilidade, capacidade aeróbica, concen-

emprestou.Começamosentãoajogaremquadra

tração, resistência muscular, além de quei-

e daí para frente não parei mais. Meus amigos fi-

mar em média 800 calorias em uma hora

caram pelo caminho. Meuerrofoiirmeaperfeiçoando

de jogo. É uma ótima maneira de man-

semfazeraula,ouseja,depoisdecertaidadeficadifícilcorri-

ter a forma com uma atividade dinâmi-

girosmovimentos,queconsideroacoisamaisimportante

ca e prazerosa.

notênis.Oidealéfazerauladesdeoinício",aconselha.

O tênis é um esporte jogado com uma

"Como morei em vários estados, par-

raquete e uma bola por dois (simples) ou qua-

ticipei de torneios em todos eles. Tenho,

tro (duplas) competidores, em uma quadra re-

entre troféus e medalhas, mais de

tangular dividida por uma rede. Para quem de-

dez, logicamente na minha

seja começar, é preciso ter um tênis apropria-

categoria, pois não me con-

do (de sola baixa e de couro), uma raquete (as

sidero um grande jogador.

mais indicadas são as de grafite, material resistente de maior duração, porém, para quem

Mariana é uma promessa do Tênis

está começando, as de alumínio são ótimas), bolinhas e uma qua-

Costumo dizer que brinco razoavel-

riana, hoje com oito anos. Ela começou a se in-

mente.

teressar pelo Tênis ao me ver jogar. Nunca a pres-

Um fato curioso de que me recordo, aconteceu quando fui morar

sionei para isso. Vejo que alguns pais querem descontar

em Porto Velho. Ia haver um torneio lá que se chamava Marrecobol,

as frustrações nos filhos e não quero que ela jogue por minha

O ideal é fazer aulas com um professor para aprender a ex-

onde reuniam um bom jogador e um ruim (o marreco). Como nin-

causa. Mariana começou a fazer aulas de Tênis quando tinha 04 anos.

ecutar a técnica de maneira correta, evitando usar mais força que

guém me conhecia, me inscreveram como marreco, conclusão, eu

Algum tempo depois, tirei ela das aulas para ver como reagia. A Ma-

o necessário e acabar causando lesões ou desconforto muscu-

e meu parceiro fomos campeões. Foi o único torneio que ganhei até

riana logo começou a insistir em voltar a jogar, ou seja, ela realmen-

lar. Para aprender e aproveitar o jogo de tênis é necessário se-

hoje que tinha premiação em dinheiro, porém nunca recebi o prê-

te gosta do esporte. É muito cedo ainda para treinos pesados, portan-

gurar corretamente a raquete (empunhadura), executar os gol-

mio", explica.

to digo que ela ainda está brincando de tênis, mas leva jeito, pois tem

dra (saibro, carpete, grama ou asfalto).

pes com precisão e conhecer as regras usadas neste esporte.

"A paixão pelo esporte é compartilhada com a minha filha, Ma-

bons movimentos", diz Carlos, orgulhoso dos bons resultados da filha.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 46

Fa lan do Sério 46 - Julho e Agosto de 2008

Estágio Como conseguir uma boa oportunidade e o que essa experiência pode trazer de positivo para a sua carreira elo menos dez grandes empresas estão com vagas

Para orientar o jovem a conseguir uma vaga de está-

ou seja, ao curso que faz. Tarefas extras são bem-vindas, con-

de estágio para universitários e alunos do ensino téc-

gio, a Universitária News selecionou dez dicas de espe-

tanto que estejam de acordo com o currículo escolar do aluno

nico de todo o país. Outras empresas privadas no Brasil e

cialistas nesse segmento, que vão desde a escolha da

e dentro do horário do estágio.

no exterior recebem currículos de estudantes e recém-for-

vaga até a efetivação. Confira:

4 - O QUE FALAR NA ENTREVISTA

mados durante o ano inteiro.

1 - QUANDO PROCURAR UM ESTÁGIO

P

Seja o mais espontâneo possível, haja naturalmente e não

Segundo Vitória Nascimento, coordenadora do aten-

Não procure estágio no primeiro ano da faculdade, ori-

valorize demais suas qualidades. É importante ser objetivo -

dimento empresarial do CIEE (Centro de Integração Empre-

enta Vitória Nascimento. Para ela, o período ideal são os dois

falar bem não significa falar difícil. Ao tentar aprimorar o seu

sa-Escola) na capital potiguar, o estudante que realiza es-

últimos anos do curso, quando o estudante terá mais emba-

discurso você pode se perder.

tágio adquire conhecimentos práticos relacionados à pro-

samento teórico para colocar em prática. Se for estudante de

5 - O QUE VESTIR

fissão que escolheu seguir. O estágio permite ainda que ele

um curso técnico, procure o estágio nos dois últimos perío-

vivencie o ambiente de trabalho e decida com mais preci-

dos. O estágio deve durar no máximo dois anos.

para homem ou mulher. Algumas atividades, como a de ad-

são sobre as diversas áreas de atuação que o curso dele ofe-

2 - COMO ESCOLHER A EMPRESA

vogado, pedem roupas mais formais. Neste caso, a sugestão

Traje ideal para estudante é calça e camisa social, seja

rece. "Além disso, a vivência em equipe fortalece as rela-

Só participe de uma seleção se realmente estiver inte-

é calça social, camisa branca e gravata para eles e terninho

ções interpessoais e permite o desenvolvimento pessoal do

ressado na vaga de estágio oferecida. Veja o site da empresa,

para elas. Evite decotes, saias curtas, jóias, boné, bermuda,

estudante", garante a executiva.

descubra onde está localizada, saiba o que ela espera do es-

tênis, maquiagem pesada e barba malfeita.

tagiário, como funciona e tire todas as suas dúvidas ainda no

6 -COMO SE COMPORTAR NA EMPRESA

"O CIEE se preocupa em acompanhar a carreira daqueles que nos procuram no intuito de adquirir experiência prática no

processo seletivo.

estágio. Anualmente fazemos uma pesquisa nacional e identi-

3 - O QUE ESPERAR DO CONTRATO

ficamos que aproximadamente 65% dos estagiários em empresas privadas são efetivados", explica Vitória Nascimento.

Observe a roupa e a linguagem usada pelos funcionários. Demonstre interesse, pergunte o que não sabe e ofereça ajuda. O

O contrato deve descrever todas as atividades do esta-

"feedback" não deve ser compreendido com dúvida ou repreen-

giário, que devem estar diretamente relacionadas a sua área,

são. É na verdade uma oportunidade para o estudante se corrigir.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 47

Falando Sério Julho e Agosto de 2008 - 47

7- ESTÁGIO E ESTUDO

é obrigado a ficar depois do expediente.

dade de efetivação, mas o contrato pode ser rescindido

Esporadicamente, pode se dispor a

a qualquer momento. Mesmo quando não há efetivação,

empresa mais tempo para estudar. Alguns che-

passar um pouco do horário se

um bom estágio vale a pena, é experiência profissional

fes pedem ao estudante que, ao invés de fal-

a equipe precisar de ajuda.

Na época de provas, o estagiário pode pedir à

tar, saia mais cedo. 8 - HORAS EXTRAS Trabalho além do tempo previsto é proibido por lei e o estudante não

9 - EFETIVAÇÃO

e soma pontos no currículo. 10 - REMUNERAÇÃO

As empresas no geral

A empresa não é obrigada a estender ao estagiário os be-

informam, no início do

nefícios que dá aos funcionários. Porém seguro contra aciden-

estágio, se há possibili-

tes pessoais é obrigatório.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Pรกgina 48


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Página 49

Valor da Marca Julho e Agosto de 2008 - 49

InfoArte Empresa especializada em Computação Gráfica, Impressão, Banner e Sinalização torna-se referência no mercado em apenas sete anos

A

InfoArte, empresa genuinamente potiguar, atuando na

tos e passou a contar com o suporte de uma equipe quali-

deve principalmente ao empenho e dedicação dele e da

Grande Natal há pouco mais de sete anos, tornou-se

ficada de profissionais.

sócia, de uma equipe de profissionais qualificados e da pon-

referência no segmento de Computação Gráfica, Cópias de

Hoje a InfoArte possui três prédios - o escritório comer-

tualidade dos serviços. Tudo isso agregado ao alto padrão

Projetos, Banners e Sinalização. Fundada pelo jovem casal,

cial, localizado na Romualdo Galvão, em Lagoa Nova, um La-

de qualidade e resolução perfeita das impressões devido aos

Rafael e Thaís, a empresa começou pequena funcionando em

boratório de Impressão e um galpão para estruturas metálicas.

modernos equipamentos adquiridos pela empresa.

uma sala e destinada apenas a impressão e cópia de proje-

Entre os principais serviços oferecidos pela empresa merecem

Entre os novos serviços oferecidos pela InfoArte estão

tos de engenharia, atendendo principalmente a construtora

destaque impressões em tamanho grande, placas de seguran-

a impressão direta em PVC e tecido e os produtos voltados

do pai dela. Porém, em pouco tempo, a demanda pelos ser-

ça, envelopamento de carros e diversos tipos de banner.

para festa infantil como painéis e lancheiras feitos de forma

viços de impressão começou a aumentar e com isso o casal

De acordo com o Diretor da empresa, Rafael Garrido, o

ampliou o seu mix de produtos, adquiriu novos equipamen-

rápido reconhecimento da InfoArte no mercado potiguar se

personalizada, ou seja, de acordo com o tema da festa e as expectativas individuais do cliente.

Comandada pelo casal Rafael e Thaís, a InfoArte é hoje referência no segmento de Computação Gráfica, Impressão, Banners e Sinalização no Rio Grande do Norte


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:51

Pรกgina 50


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Página 51

Ca ran gos e Cia Julho e Agosto de 2008 - 51

Aumenta demanda de veículos com banco em couro Consumidores que primam pelo bom gosto, conforto e qualidade buscam cada vez mais essa opção s veículos equipados com bancos revestidos em

são inúmeras. Mas o consumidor tem que estar aten-

couro não representam nenhuma novidade para o

to e optar por empresas sérias e com credibilidade

mercado automotivo. Porém, um levantamento realizado

no mercado. É sempre bom conversar com alguém

recentemente em todo o território nacional revela um au-

que já fez o serviço no carro e está satisfeito com a

mento significativo de consumidores, principalmente do

empresa que contratou", aconselha Jânio.

O

público feminino, que buscam por este tipo de revesti-

A Top Couros conta com uma equipe altamente qua-

mento para seu veículo. E não é para menos. O revesti-

lificada e que trabalha de forma diferenciada, pois usa

mento em couro proporciona uma série de vantagens para

100% de couro nos bancos, diferente do que hoje é pra-

o consumidor. Além do requinte do design interior, o ma-

ticado por muitas empresas no mercado, que mesclam a

terial possui características especiais, entre elas a fácil lim-

matéria prima com sintético para baratear o produto final

peza se comparado ao tecido convencional.

o que acaba prejudicando a qualidade do serviço. A em-

"O couro é uma ótima opção principalmente para pais

presa também é referência devido ao acabamento impe-

e mães que andam com seus filhos no veículo. Se uma cri-

cável dos bancos e pela garantia de três anos, com lim-

ança derramar uma mamadeira no carro ou sorvete, por ex-

peza e hidratação a cada seis meses.

emplo, uma simples flanela ou pano de algodão resolve o

Segundo Jânio Alves, as principais tendências nesse

problema. No caso do revestimento convencional, o consu-

segmento são o couro furadinho e os bancos em duas cores,

midor corre o risco de ter seu estofado manchado caso não

o que proporciona um visual realmente personalizado ao

seja feita uma limpeza adequada e em tempo hábil, com uma

carro. A empresa tem parceria com as principais conces-

empresa especializada em lavagem a seco, o que também

sionárias e equipadoras locais, além disso, o proprietário su-

custa mais caro", exemplifica Jânio Alves, da Top Couros, em-

pervisionar todo o trabalho feito pela equipe e auxilia no

presa especializada em bancos e volantes em couro para veí-

acabamento final de cada peça. "A satisfação do cliente é

culos nacionais e importados, tapetes personalizados e aces-

nossa prioridade, por isso primamos pela excelência dos ser-

sórios automotivos.

viços oferecidos. Nossa maior propaganda são os clientes

"Trabalho nesse segmento há 22 anos, 04 deles na capital potiguar. As vantagens do banco em couro

satisfeitos que acabam trazendo novos consumidores ou inJânio Alves tem 22 anos de ex pe riên cia no seg men to

dicando a empresa", diz Jânio.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Pรกgina 52


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Página 53

Minha Ci da de Julho e Agosto de 2008 - 53

Caicó A terra do bordado reúne belezas naturais, tradições seculares, culinária excepcional e festas que atraem pessoas de diversas partes do mundo onhecida como a Rainha do Seridó, a cidade de Caicó

Sant'Ana e o carnaval. Caicó carrega o título de "terra

e do Estado, além de trazer conterrâneos de todas as par-

está localizada a 269 quilômetros da capital potiguar. Lá,

do bordado", se sobressaindo internacionalmente pela

tes do país, reunindo-os numa grande confraternização.

rios, pedras, grutas e serras, como a Serra de São Bernardo,

qualidade do trabalho de suas ar tesãs e costureiras.

Outro evento que vem projetando a cidade para todo o Bra-

a Serra da Formiga, a Serra da Caridade e a Pedra da Baleia,

Depois de correr, passear e se extasiar com tanta be-

sil é o carnaval, que com seus blocos de rua anima os fo-

são cenários perfeitos para o rapel, escalada, rali de motos,

leza, é hora de provar a extraordinária carne-de-sol e

liões, atraídos pelo clima de alegria contagiante.

mountain bike, acampamentos, trilhas e trekking.

os queijos de manteiga e coalho, além dos deliciosos

C

Na cultura caicoense, destaca-se a Irmandade dos Ne-

doces e biscoitos caseiros fabricados no município.

Caicó é o maior município do Seridó e a sua povoação começou na Fazenda Penedo, em 1735. Foi elevada

gros do Rosário, criada em 1771, que até hoje comemora seus

No mês de julho, Caicó se concentra nas comemora-

à condição de vila em 1788, sob o nome de Vila Nova

rituais com uma coreografia única, utilizando lanças e dan-

ções da festa da padroeira, Nossa Senhora de Santana. A

do Príncipe. Em 1868 foi alçada à categoria de cidade,

ças tribais ao som de tambores seculares.

festa de Santana, como é conhecida, mistura o profano com

recebendo os nomes de Cidade do Príncipe (1868), Ci-

o sagrado, atraindo pessoas de todos os lugares da região

dade do Seridó (1890) e, finalmente, Caicó (1890).

Destaque também para o artesanato, a Festa de


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Página 54

Fique Sa ben do 54 - Julho e Agosto de 2008

Elas também mentem Conheça as dez mentiras mais usadas pelas mulheres

D

epois que Fernando Veríssimo publicou as "Mentiras que

acabam se escondendo por meio da mentira. É uma forma sutil

os homens contam", entregando boa parte das estratégias

de sair de um problema.

ele não precisa saber disso. Esta é uma mentira clássica e que

QUE DELÍCIA A COMIDA QUE VOCÊ FEZ

contamos nos mínimos detalhes para deixar claro que na vida não

masculinas, chegou a vez da Universitária News fazer o mesmo com as mulheres. Confira algumas "mentiras ingênuas" que elas

É bem provável que "esse homem" não exista, mas claro que

Ainda que seja o prato mais desagradável que você já tenha

há nada 100% seguro e que ele deve estar constantemente nos

provado na vida, não existe a possibilidade de dizer que não gos-

conquistando, caso contrário podemos mudar para o outro lado.

tou, já que essa é a única forma para que a batalha para que ele

TENHO QUE FAZER TANTAS COISAS, NOS VEMOS OUTRO DIA

ajude na cozinha não seja perdida. Diante de alguma crítica, ele

Existem momentos em que queremos ficar sozinhas, ca-

jamais voltaria a se meter nesse terreno. Melhor engolir, tomar

minhar, olhar as vitrines ou simplesmente não fazer nada. E não

sagear seu ego, mas uma forma de esconder que muitas vezes

água e fingir que estava bom.

é que não queremos estar com ele nunca mais, só que há mo-

não nos sentimos satisfeitas e acreditamos que seja por nossa

NÃO ESTÁ ACONTECENDO NADA

mentos em que preferimos nossa própria companhia. É uma

costumam contar para seus parceiros. Confira! VOCÊ É MUITO BOM DE CAMA Não só é uma questão de fazer o outro se sentir bem e mas-

culpa. Essa mentira se confirma com o alto índice de mulheres

Quantas vezes não usamos esta frase para evitar que ele per-

mentira ingênua para evitar que ele fique imaginando coisas.

que fingem ter orgasmo, o que demonstra uma evidente falta de

ceba como estamos furiosas? Milhares. E só fazermos isso para

NÃO, NÃO FIZ NADA. VOCÊ ACHA QUE ESTOU DIFERENTE?

comunicação em relação ao assunto.

não entrarmos em conflito ou quem sabe para que ele não se dê

Quer coisa melhor do que ele pensar que somos lindas e

QUE SIMPÁTICA A SUA EX

conta de que o que nos incomoda é algo que eles consideram

maravilhosas por natureza? Mesmo que tenhamos passado a tarde

grandes bobagens. O problema é que em algum momento ex-

toda no salão de beleza, ido a um spa ou feito uma maquiagem

mos com ela, ou quando ela está perto do nosso namorado, não

plodimos mais do que deveríamos.

diferente, mas natural, queremos que ele nos veja e se dê conta

podemos demonstrar insegurança e cair matando em críticas. Ser

NÃO TEM PROBLEMA, PODE SAIR COM SEUS AMIGOS

de como somos charmosas sem fazer o menor esforço.

Mesmo que nos consuma de ódio cada vez que encontra-

uma boa parceira inclui tolerância. Além disso, é melhor estar

Ciumenta, eu? Não, confio 100% em você. Mesmo que a

NÃO ESTOU A FIM DE FAZER SEXO. ESTOU CANSADA

perto dos inimigos para poder ter o controle.

gente morra de ciúmes e que seja impossível não pensar que

Uma reposta que para eles é catastrófica, sobretudo quan-

O PROBLEMA SOU EU E NÃO VOCÊ

entre homens seu namorado pode fazer mais de uma besteira,

do vão direto para casa com a intenção de passar um bom mo-

Parece mais uma mentira masculina do que feminina? Ainda

não podemos permitir que ele ou os amigos dele nos vejam

mento junto da sua parceira. Há duas razões cruciais para esta

que seja, a verdade é que as mulheres costumam dizer essa

como a "bruxa". É fundamental ganhar a simpatia dos amigos dele.

mentira: uma, é que queremos fazê-lo esperar e aumentar ainda

frase mais vezes do que os homens, já que nem sempre estão

Isso evitará que o incentivem a nos trair com outra mulher.

mais sua excitação ou estamos com raiva dele por alguma coisa

certas do que sentem, sendo assim, diante de qualquer dúvida,

TEM UM CARA NO MEU TRABALHO QUE ME PAQUERA

que aconteceu há pouco tempo e queremos castigá-lo.


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Pรกgina 55


Revista Universitaria:Revista Universitaria

22/7/2008

17:52

Pรกgina 56

Edição 09  

Frio, compras e diversão Conheça o perfil do baladeiro na Argentina. Pág. 32 de carteirinha. Pág. 36 de futebol. Pág. 9 Ano II | Edi ção 9 |...