Issuu on Google+

ANS n.º 335100

vida saudável Abandone o sedentarismo e ganhe qualidade de vida

Excelência Unimed Rio Preto busca certificação junto à ANS Cooperados Clientes contarão com 50 novos médicos à disposição em 2013

fevereiro e março de 2013

|

1


2

|

fevereiro e marรงo de 2013


fevereiro e marรงo de 2013

|

3


Editorial C

om objetivo de aumentar a qualidade da prestação dos serviços e incentivar a busca pela excelência por parte das operadoras de planos de saúde em todo Brasil, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou, no fim de 2011, uma Resolução Normativa que instituiu o Programa de Acreditação de Operadoras de Planos Privados. Não obrigatório, porém de extrema importância para a evolução das relações entre clientes e operadoras, o Programa representa um marco para o setor. Em países como os EUA, cerca de 95% das instituições ligadas à saúde possuem algum tipo de acreditação oficial. Na prática, essas certificações representam segurança aos clientes e pacientes, pois elas atestam a qualidade e credibilidade de forma idônea e criteriosa. Apenas para exemplificação, o programa de acreditação de operadoras terá papel semelhante ao conhecido selo do Inmetro, que atesta a qualidade de centenas de produtos para que os consumidores tenham a certeza de que estão comprando algo de qualidade e seguro. Ou seja, a acreditação da ANS poderá ser usada por todos para obter informações confiáveis com relação a uma determinada operadora de plano de saúde. E os resultados poderão ser avaliados antes do cliente optar por um determinado plano. Por esse motivo, a Unimed Rio Preto, ciente da importância de tal avanço para toda população e para a qualidade dos serviços prestados, decidiu participar da Acreditação. Isso significa que teremos que cumprir uma série de quesitos que certamente irão contribuir para melhoras significativas tanto para os processos internos como para todos os clientes. Para tal, a cooperativa médica rio-pretense já se prepara realizando análises e mudanças com o objetivo de que todos os itens previstos no Programa sejam cumpridos em sua totalidade. Um processo longo, mas que resultará em uma Unimed cada vez melhor e mais completa para todos os mais de 180 mil clientes.

Dr. EMERSON GOMEZ Presidente da Unimed Rio Preto

4

|

fevereiro e março de 2013

Nesta edição da Revista Viva Unimed, você poderá se inteirar melhor sobre esse assunto e ainda se informar sobre novidades, cultura, entretenimento, saúde e bem-estar.


fevereiro e marรงo de 2013

|

5


cotidiano

EXPEDIENTE CONSELHO ADMINISTRATIVO Dr. Emerson Gomez

Índice

Presidente

Dr. Miguel Zerati Filho Vice-presidente

Dr. João Aris Kouyoumdjian 1º Tesoureiro

Dra. Fátima Aparecida Noronha Bozelli

8

2º Tesoureiro

Dr. Marco Aurélio van Erven 1º Secretário

Dr. Luiz Homsi

12

2º Secretário

Dr. Antônio Soares Souza Diretor Educativo

CONSELHO TÉCNICO Evaristo Dane de Oliveira Titular

José Dalmo de Araújo Filho Titular

Luiz Carlos da Silveira Titular

Kassey Henrique de Vasconcelos Suplente

Luiz Sérgio Ronchi Suplente

Lúcia Angélica Buffulin Suplente

CONSELHO FISCAL Kléber Paiva Duarte Titular

Fernando Drimel Molina Titular

16

Pedro Rosan Titular

Edson José do Valle Suplente

Euder Quintino de Oliveira

20

Suplente

Pedro Rafael Condi Suplente

CORPO GERENCIAL Sergio Maciel da Silva Superintendente

Andréa Nicolau Gerente Marketing e Relacionamento

Roberto Nascimento Bueno Gerente de Recursos Próprios Unimed Serviços

Luiz Carlos Freitas Malheiros Gerente de Tecnologia da Informação

Célia Regina M. Mugayar

Gerente de Provisionamento em Saúde

A Revista Viva Unimed é uma publicação da Unimed São José do Rio Preto | SP Ano VIII nº42 fevereiro e março de 2013 PRODUÇÃO EDITORIAL Comunic Comunicação Corporativa Tel. 17 3234 2205 JORNALISTA RESPONSÁVEL Elaine Madalhano COORDENAÇÃO DE JORNALISMO Giseli Marchiote TEXTOS Rodolfo Borduqui, Pamela Felício, Jorge Cardoso, Larissa Martins e Daiane Madalhano FOTOGRAFIA Danilo Vieira e Arquivo Comunic DEPARTAMENTO COMERCIAL Tel. 17 3214 3465 PROJETO GRÁFICO Alan Altero Impressão Gráfica São José

8

14 saúde A escolha correta do travesseiro pode trazer mais saúde

comportamento

Automedicação ou o abandono de um tratamento médico podem trazer sérios riscos à saúde

12

iniciativa

16

saúde

17 bem-estar Escolher um exercício físico é o primeiro passo para uma vida saudável

Unimed Rio Preto busca certificação junto à ANS Unimed LAR leva atendimento a paciente transferido do hospital ao ambiente domiciliar

20

educativo

Pais optam por brinquedos educativos para os filhos como forma de entreter e educar

18 atendimento A partir de fevereiro, Unimed Rio Preto terá mais 50 novos médicos cooperados 27 comportamento Empresas estimulam diferentes sentidos para fidelizar clientes

TIRAGEM 20 mil exemplares FALE CONOSCO Envie sugestões ou críticas para a revista VIVA UNIMED elaine@comunicrp.com.br unimed@unimedriopreto.com.br

6

|

fevereiro e março de 2013

Av. Bady Bassitt, 3877 | Vila Imperial S. J. do Rio Preto | CEP 15015 700 Tel. 17 3202 1234 www.unimedriopreto.com.br

facebook.com/unimedriopreto

@unimedriopreto


fevereiro e marรงo de 2013

|

7


comportamento

Não erre

com sua saúde por Jorge Cardoso

opinião De conHeciDos e pesquisas na internet em busca De cura poDem comprometer sua viDa

Q

uem nunca tomou um remedinho sugerido por um amigo? Ou buscou na internet qual o melhor medicamento para curar uma dor de estômago? Há também quem já indicou para uma pessoa próxima algum tipo de composto. Basta alguém reclamar de um problema de saúde que um colega, amigo ou até conhecidos logo apresentam a “solução”: “Tome isso aqui. Meu parente estava com o mesmo sintoma e hoje não tem mais nada”. Muitas vezes, esse tipo de atitude gera outros problemas à saúde. Como foi o caso da jornalista Josiane Silva, 30 anos. Ela sentia dores de garganta e se automedicou. Como a dor não sumiu, aceitou a opinião de um conhecido e trocou a medicação. Resultado: hematúria ou presença de sangue na urina. “Acabei gastando mais de R$ 300 em tratamentos para o fígado. Tive de mudar minha alimentação, ingerir muito líquido e seguir à risca o tratamento para que não houvesse outras complicações”, conta Josiane que, ao misturar dois medicamentos, causou problemas ao organismo. O autodiagnóstico e a automedicação são questões sérias no Brasil, mas não as únicas quando falamos de remédios. Abandonar um tratamento também traz sérios problemas à saúde. O fato de sentir algum efeito colateral ou sentir-se bem durante a utilização do medicamento prescrito pelo médico não quer dizer que o paciente já está curado. “Geralmente, quando os sintomas de determinada doença terminam ou diminuem, significa que ela está controlada e não curada. Devemos sempre lembrar que

8

|

fevereiro e março de 2013

as doenças são iguais, porém os pacientes são todos diferentes. Portanto, a medicação do seu parente/amigo pode não ter o mesmo efeito em você”, explica o clínico geral João Carlos Brufatto. Interromper um tratamento pode representar também o agravamento da patologia, em muitos casos. “Em se tratando de uma doença crônica ou uma simples infecção, essa interrupção vai causar sérios danos ao paciente, obviamente porque a doença continuará progredindo ainda mais grave”, explica. A publicitária Valquíria Menezes, 25 anos, segue à risca os tratamentos médicos. “Sempre procuro um especialista ao primeiro sintoma de que algo não está bem e faço o tratamento corretamente”, conta. “Tenho medo de que algo ruim possa acontecer se tomar um remédio sem consentimento de um profissional.” Para o médico infectologista Irineu Maia, a automedicação frequentemente é vista como uma solução para resolver um sintoma, porém, pode trazer consequências extremamente graves para o paciente. “O uso de medicamentos de forma incorreta pode acarretar o agravamento de uma doença, uma vez que a utilização inadequada pode esconder determinados sintomas fundamentais para o diagnóstico ou conduta. É preciso também esquecer o Dr. Google. A qualquer sintoma devemos procurar um especialista”, explica. Se o medicamento for um antibiótico, por exemplo, o uso abusivo pode facilitar o aumento de resistência de microorganismos que compromete a eficácia do tratamento.


Consciente, Valquíria Menezes sempre procura um especialista ao primeiro sintoma de que algo não está bem e segue as orientações médicas corretamente

Outra preocupação refere-se à combinação inadequada. Nestes casos, o uso de um medicamento pode anular ou potencializar o efeito do outro. “Não podemos esquecer as terríveis reações alérgicas, potencialmente fatais, além da grande preocupação com a dependência, cada vez mais frequente especialmente com os calmantes e analgésicos, que podem levar à morte”, explica Maia. Entre os principais sintomas ou doenças que frequentemente são automedicados estão gripes e resfriados, tosse, dor de garganta, azia ou má digestão, diarreia ou constipação, hemorróidas, dor de cabeça, entre outros.

PARA NÃO PREJUDICAR A SAÚDE, FIQUE ATENTO: - ESQUECER-SE DE TOMAR O REMÉDIO Em alguns casos, deixar de cumprir o tratamento contínuo pode levar a complicações mais sérias e até mesmo à morte, no caso de doenças como diabetes ou hipertensão. Para não errar: Ao receber uma proposta de tratamento, discuta os detalhes com o seu médico. Veja se o remédio pode ser tomado em horários próximos às refeições, por exemplo. É interessante também associar a medicação com um compromisso ou atividade de agenda para não esquecê-la.

- NÃO CONTAR SUA HISTÓRIA CORRETAMENTE AO MÉDICO Exagerar ou minimizar os sintomas, omitir detalhes, podem interferir na escolha do tratamento e induzir o médico a falha de diagnóstico. Para não errar: Antes da consulta, tente se lembrar dos detalhes que deve mencionar, escreva os sintomas, como a doença apareceu e se alguém da família já sentiu o mesmo. - NÃO SEGUIR O TRATAMENTO Este é um dos problemas mais comuns. Há pesquisas por trás das orientações médicas que mostram o tempo necessário de cada tratamento. A meta é controlar os agentes que provocam a doença e não apenas os sintomas. Portanto, o médico sabe o que está fazendo e tem o conhecimento do tempo adequado para seu problema. Para não errar: Siga à risca o tratamento. Quanto mais correto você for, maior a chance de ficar livre dos horários da medicação. O importante é conseguir a cura ou amenizar os sintomas. - AUTODIAGNÓSTICO Aqui mora o perigo. Confundir as doenças e os sintomas pode agravar ainda mais alguns casos. Não perca seu tempo procurando na internet como combater algo, pedindo opinião de amigos ou achando que aquele medicamento emprestado vai lhe ajudar. Procure um médico e siga suas instruções.

fevereiro e março de 2013

|

9


Comportamento

Para não errar: Marque uma consulta com um clínico geral ou especialista e discuta os sintomas. Você ouvirá a opinião de um especialista. Só ele poderá dizer o que você pode ter. Sempre que não puder comparecer à consulta entre em contato com o consultório e comunique sua impossibilidade. Esse horário poderá ser útil a outro paciente. - NÃO FAZER JEJUM ANTES DOS ExAMES Um pequeno descuido que pode induzir a erros importantes no resultado dos seus exames laboratoriais. Se você não obedecer ao tempo estipulado de jejum, por exemplo, poderão ser detectadas alterações nos níveis de glicemia, triglicérides, colesterol total e frações, entre outros, que não correspondem à realidade. Para não errar: Faça o jejum no tempo certo e de acordo com a indicação médica. - AUTOMEDICAÇÃO Tomar o remédio sem receita ou na dose errada é sinônimo de complicação. Sua saúde deve ser prioridade para uma vida melhor, portanto, cuidado ao achar que conhece os sintomas de determinadas doenças e qual medicamento deve ser o melhor. Procure um médico, sempre. Para não errar: Encontre um clínico geral que você possa acessar rapidamente. Comente com ele a intenção de tomar determinado remédio para ver se a escolha é viável ou não. Só use o medicamento após orientação médica. - TOMAR O REMÉDIO QUE O AMIGO USOU O prejuízo é o risco elevado de intoxicação

10

|

fevereiro e março de 2013

medicamentosa e de efeitos colaterais. Um tratamento desse tipo tende a ser ineficaz porque o remédio não foi indicado de acordo com as condições clínicas do paciente. O uso indiscriminado de qualquer tipo de medicamento pode agravar a situação de saúde atual. Para não errar: Pergunte ao médico sobre a viabilidade de tomar determinado medicamento. Se fizer uso contínuo de outras drogas, questione sobre o risco de interação. Assim, você evitará problemas futuros. - ACHAR QUE ENTENDE OS RESULTADOS DO ExAME Os testes feitos são de direito do paciente, que pode consultá-los quantas vezes quiser. Não tire conclusões precipitadas ao comparar seus resultados com os valores de referência que aparecem no próprio documento. Somente o médico pode informar a interpretação correta do resultado. Para não errar: Marque o retorno com o médico que solicitou os exames. Lembre-se de que os exames não bastam para fechar um diagnóstico. Nada substitui a avaliação e os exames físicos feitos pelo profissional. - PARAR A FISIOTERAPIA AO PRIMEIRO SINAL DE MELHORA O primeiro foco da fisioterapia é aliviar a dor, mas a melhora do sintoma não deve servir como indicativo de que é hora de suspender o tratamento. Ao interromper as sessões, aumentase o risco de que o problema volte, e ainda mais forte. Para não errar: Se as sessões de fisioterapia estão fazendo você morrer de tédio, questione o profissional que o atende sobre os benefícios dos movimentos. Talvez isso o encoraje a seguir adiante.


- DOBRAR A DOSE DA MEDICAÇÃO PARA “SARAR” MAIS RÁPIDO Sempre que um médico receita um remédio, ele se preocupa com o tempo de tratamento e a dose adequada para cada paciente. Uma dose maior nem sempre garante ganhos terapêuticos. A superdosagem de alguns remédios pode induzir complicações sérias e até a morte. Para não errar: Discuta com seu médico a possibilidade de aumentar a dosagem do remédio ou até mesmo de substituí-lo por medicamento que traga resultados mais rapidamente. - INTERROMPER O USO DO ANTIBIÓTICO Parar o antibiótico antes do prazo estabelecido pelo médico é um dos erros mais perigosos. É importante respeitar o período de tratamento, mesmo se os sintomas desaparecerem nos primeiros dias. Se a bactéria que o antibiótico está atacando não for totalmente erradicada do organismo ela voltará a se multiplicar e os sintomas reaparecerão mais intensos. Para não errar: Faça exatamente o que o seu médico determinou. De preferência, pergunte ao especialista quais cuidados deve ter para não ser novamente acometido pelo tipo de infecção tratada. Quanto mais antibióticos você tomar na vida, mesmo que seguindo as prescrições médicas, maiores as chances de desenvolver resistência.

serviço Dr. Irineu Luiz Maia CRM 21441 | Infectologista - (17) 3216-4344 Dr. João Carlos Brufatto CRM 54337 | Clínico Geral - (17) 4009-2200

fevereiro e março de 2013

|

11


iniciativa

Certificações para a saúde por Rodolfo Borduqui

unimeD rio preto se prepara para buscar nova certificação Junto À ans

A

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou, no fim de 2011, uma Resolução Normativa que instituiu o Programa de Acreditação de Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde. O objetivo é aumentar a qualidade da prestação dos serviços e incentivar a busca pela excelência por parte das operadoras. Na prática, essa norma poderá ser usada pelos beneficiários para obter informações concretas e confiáveis com relação a uma determinada operadora de plano de saúde, uma vez que os resultados poderão ser avaliados antes do cliente optar por um plano. Para conseguir a Acreditação as operadoras precisam cumprir uma série de itens, dispostos em sete dimensões. Entre elas estão: Programa de Melhoria da Qualidade; Dinâmica da Qualidade e Desempenho da Rede Prestadora; Sistemáticas de Gerenciamento das Ações dos Serviços de Saúde; Satisfação dos Beneficiários; Programas de Gerenciamento de Doenças e Promoção da Saúde; Estrutura e Operação; e Gestão. A participação no Programa não é obrigatória. Porém, a Unimed Rio Preto, ciente da importância de tal avanço para toda população e para a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras de planos, decidiu participar da Acreditação. Para isso, a cooperativa médica rio-pretense já se prepara realizando análises e mudanças para que todos os itens previstos no Programa sejam cumpridos em sua totalidade. Essa análise conta com o apoio do médico especialista em avaliação de organizações de saúde, Antônio Quinto Neto. Segundo ele, as operadoras como a Unimed precisam se preparar para tal realidade. “Em países como os Estados Unidos, a população está acostumada a buscar referências em órgãos de credibilidade antes de tomar qualquer decisão. Isso é um avanço para o Brasil e a Unimed Rio Preto sai na frente buscando a Acreditação logo no início. Isso demonstra respeito e atenção para com os clientes”, afirma.

Hilton B. Rodrigues, Dr. Antônio Quinto Neto, Dr. João L. Bassan Faria e Dr. Luiz Homsi em reunião sobre a Acreditação da ANS na Unimed Rio Preto

12

|

fevereiro e março de 2013

Para o gestor de qualidade da Unimed Rio Preto, Hilton Bento Rodrigues, os maiores beneficiados com todo esse processo certamente serão os clientes. “Uma operadora de plano de saúde que possuir a Acreditação da ANS poderá garantir a todos mais segurança, confiabilidade e melhores serviços”, afirma. Porém, a Unimed Rio Preto não se preocupa somente com os serviços prestados por seus colaboradores e cooperados, mas com toda a rede credenciada como hospitais, clínicas e laboratórios parceiros. Por isso, a cooperativa está incentivando com reconhecimento as clínicas e hospitais da rede credenciada que buscam acreditações. Uma das mais importantes é a certificação da Organização Nacional de Acreditação, ONA. Ela tem por objetivo geral promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde, permitindo o aprimoramento contínuo, de forma a melhorar a qualidade da assistência em todas as organizações prestadoras de serviços de saúde do País. Em Rio Preto, a certificação foi concedida ao Hospital Beneficência Portuguesa. De acordo com o presidente da instituição, Artur de Azevedo Bastos, pelo fato de ser um processo bastante complexo e minucioso, a Acreditação da ONA proporciona segurança às instituições. “A credibilidade que a Acreditação confere ao hospital vai além de um título. Com ela podemos garantir aos médicos, colaboradores, fornecedores e todos os clientes internos e externos, uma estrutura completa que segue padrões indiscutíveis de qualidade. Isso nos permite reforçar a confiança dos profissionais para com a instituição. Os pacientes também ganham, pois todos os padrões e processos estabelecidos pela ONA acabam por resultar em um atendimento com mais qualidade e profissionalismo”, afirma Bastos. Outra instituição que também acaba de conquistar

Hospital Beneficência Portuguesa de Rio Preto que já conta com a Acreditação da ONA


Diretoria do HO Redentora recebe homenagem da Unimed Rio Preto pela conquista da Acreditação ONA

a Acreditação é o HO Redentora – Hospital de Olhos, a 1ª instituição da América do Sul com Acreditação ONA e ISO 9000, desde 2002, um marco da excelência da Oftalmologia de Rio Preto. Segundo o diretor do hospital, Aparecido João Faloppa, a instituição buscou a Acreditação junto à ONA com intuito de garantir a excelência nos serviços prestados. “O grande objetivo é a melhoria constante e diária, mensurável no desenvolvimento da gestão e na garantia e segurança dos serviços prestados no HO Redentora, em consultas, exames e ou procedimentos cirúrgicos”, afirma Faloppa. “Estamos satisfeitos com o reconhecimento público. A certificação veio por meio de processos diários, rígidos e criteriosos, o que exigiu nossa dedicação, desempenho e comprometimento. Mais do que prêmios, o que nos interessa é esse reconhecimento fruto dos trabalhos implantados e comprovados pela satisfação dos pacientes que procuram o HO Redentora e seu pioneirismo.” Para o presidente da Unimed Rio Preto, Emerson Gomez, buscar certificações em órgãos competentes representa um avanço de modo geral. “Ganha quem busca, pois com isso é possível melhorar ainda mais os processos internos. E, principalmente, os mais beneficiados são os clientes, pois toda e qualquer melhoria promovida para a obtenção da certificação reflete positivamente na qualidade dos serviços prestados. Por isso, a Unimed está buscando esse objetivo e ao mesmo tempo incentiva toda sua rede credenciada a fazer o mesmo”, afirma.

IMC Rio Preto: 45 anos de excelência

O IMC de São José do Rio Preto completa 45 anos reconhecido como um dos centros nacionais de referência nas áreas de cardiologia, cirurgia vascular e doenças pulmonares. Integrante da rede credenciada da Unimed Rio Preto, foi fundado em dezembro de 1967 e, atualmente, conta com infraestrutura moderna, equipamentos de última geração e um corpo clínico composto por 35 médicos especialistas nas áreas de cardiologia clínica, pneumologia, cirurgias torácica, cardíaca e vascular, além de outros 36 médicos estagiários. O Instituto é reconhecido também como um dos principais centros de pesquisa, integrando à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), do Ministério da Saúde. serviço Hospital Beneficência Portuguesa | (17) 2139-1800 HO Redentora | (17) 3211-2020 IMC | (17) 3203-4000

fevereiro e março de 2013

|

13


saúde

Bons

sonhos por Larissa Martins

Dores na coluna e desconforto: O culpado pode ser seu travesseiro

A

qualidade do sono é fator fundamental para o desempenho diário no cotidiano de todos. Depois do colchão, a escolha pelo travesseiro correto é o principal passo para uma noite de descanso confortável. Além do bem-estar que um bom travesseiro proporciona, a opção deve ser feita com cuidado, pois o objeto pode ser prejudicial à saúde se não for o tipo adequado para o corpo. Embora essa informação não seja segredo, segundo o Instituto do Sono, da Universidade Federal de São Paulo, oito em cada dez pessoas usam o travesseiro inadequado para seu biotipo. Após um período com intensas dores nas costas, Priscila Pim decidiu procurar um ortopedista e descobriu que a causa do desconforto era o travesseiro que usava. “Na época da escola eu sentia muitas dores no pescoço e achava que era tensão devido à postura para os estudos. Resolvi procurar um ortopedista e uma das primeiras perguntas foi sobre o travesseiro. Eu dormia com um modelo muito baixo para o meu tamanho e como deitava sempre do mesmo lado o quadro de dores foi agravado. O médico então orientou que eu substituísse o travesseiro por um apropriado. Foi só trocar que as dores desapareceram”, conta a fisioterapeuta. A escolha incorreta do travesseiro pode resultar em graves problemas para a saúde. “Se o uso indevido começar já na infância, as crianças podem ter torcicolos e fortes dores na região do pescoço. Em adultos, um travesseiro inadequado pode causar pinçamentos nas raízes nervosas, dores e, a longo prazo, sérios desgastes na coluna”, afirma o ortopedista, Guaracy Carvalho Filho. “Alguns pacientes buscam médicos neurologistas com fortes dores de cabeça,

14

|

fevereiro e março de 2013

mas muitas vezes o problema está no travesseiro que elas usam”, explica o médico. Segundo Guaracy, alguns cuidados devem ser observados nos modelos escolhidos. “O mais importante é optar por um que seja adequado à altura e posição que cada um costuma dormir. Para as pessoas que dormem de lado, por exemplo, a altura deve preencher o espaço entre o pescoço e a extremidade do ombro”, diz o ortopedista. Para quem dorme com a barriga para cima, o modelo deve ser mais baixo, pois nesse formato ele ocupará o espaço entre a nuca e as costas, assim a coluna cervical não será comprimida e a cabeça ficará completamente na horizontal. “Dormir de bruços não é recomendado, porque prejudica a rotação do pescoço, o que pode causar torcicolos, inflamações ou lesões, mas se você não consegue dormir de outro jeito, a dica é um travesseiro bem baixo”, diz Guaracy. No momento da compra o consumidor não precisa se sentir envergonhado e deve testar o produto na hora. Uma simulação da posição predileta pode ser feita e na ausência de uma cama ou sofá, o teste pode ser realizado no ar mesmo. Quanto à conservação, é indicado que os travesseiros sejam guardados em locais arejados e que recebam banhos de sol. Tipos de travesseiro: Espuma de Poliuretano – Geralmente são mais firmes e não cedem ao peso da cabeça Espuma viscoeléstica – Também conhecido como da NASA ou espuma de memória. É o tipo de espuma que


se molda perfeitamente ao contorno na cabeça, não exerce pressão contrária e ativa a circulação sanguínea. Espuma de Látex – Produto natural extraído da seringueira, sua espuma é altamente respirável, devido a seu sistema de furos que permite maior ventilação. Além de ser antiácaro e antialérgico, sua temperatura é sempre fresquinha. Plumas e penas de ganso - São macios, moldáveis e

leves. Se ajustam facilmente ao formato da cabeça. Entretanto, devem ser trocados com maior frequência, pois são os que mais acumulam fungos, ácaros e bactérias. Fibra e Microfibra - Também conhecido como poliéster siliconada, derivadas do petróleo, é um material bem flexível, mas por ser sintético pode gerar calor em demasia, bem como reações dermatológicas. serviço Dr. Guaracy Carvalho Filho CRM 54009 | ortopedista - (17) 3227-8800

fevereiro e março de 2013

|

15


bem-estar

Cuidados

24 horas por Rodolfo Borduqui

unimeD lar realiZa atenDimentos personaliZaDos em pacientes fora Do ambiente Hospitalar

O cliente aprova

N

ão são poucos os testemunhos de pessoas, familiares ou profissionais de saúde que relatam as melhoras significativas de um paciente depois de ter sido transferido do hospital para o ambiente domiciliar. A transferência é possível com o Home Care, modalidade de atendimento em que o paciente recebe todos os cuidados necessários fora de um hospital convencional, levando assistência em casa ou ambulatórios, o que reduz significativamente os riscos de contaminação. Na Unimed Rio Preto, todos os clientes, mediante prescrição de um médico cooperado e pós-avaliação de uma equipe de profissionais para a análise dos critérios de inclusão, podem contar com esse benefício exclusivo sem custo adicional. O serviço é chamado de Unimed LAR. Vários procedimentos podem ser realizados nas

residências por uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiras, psicóloga, nutricionista, assistente social, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional e fisioterapeutas. Entre eles estão curativos e retirada de pontos, medicações endovenosas, passagem de sondas, suporte respiratório, fisioterapia, avaliação nutricional, avaliação de fonoaudióloga, e vários outros. O atendimento em domicílio é destinado aos pacientes acamados ou impossibilitados de locomoção. Para os demais, os atendimentos ocorrem em um ambulatório. Os clientes Unimed Rio Preto contam com duas salas equipadas para procedimentos ambulatoriais, como medicações endovenosas, soroterapia, tratamento de feridas em pós-operatórios, feridas crônicas, queimados e feridas pós-traumas. A Unimed LAR funciona 24 horas todos os dias da semana.

“Por causa de um acidente que sofri, tive que morar por três meses na casa de minha mãe e fui atendida pela Unimed LAR. Tive o privilégio de ter ao meu lado excelentes profissionais como enfermeiros e fisioterapeutas que me acompanham até hoje, mas agora em minha casa. Obrigado a todos e que Deus retribua tudo o que vocês, da família do Home Care, fizeram e fazem por mim. São profissionais excelentes, um trabalho muito bem feito!” Karina Aparecida Macri Martins, cliente Unimed Rio Preto desde 2003

“Gostaria de parabenizar a Unimed pelo atendimento eficiente que minha mãe vem recebendo através da Unimed LAR. Todos os profissionais que aqui comparecem como nutricionistas, enfermeiros, fisioterapeutas, até os que atuam com o atendimento telefônico são responsáveis por sua recuperação e qualidade de vida. Um trabalho com muito profissionalismo e eficiência que ajuda não apenas o paciente, mas toda família. Excelente!” Eloisa das Graças Scadiuzzi, cliente Unimed Rio Preto desde 2000 SERvIÇO Unimed Lar (17) 3202-1116 | 3202-1117 Central de informações 24h (17) 3202-1223

16

|

fevereiro e março de 2013


bem-estar

Qualidade

de vida por Pamela Felício

Práticas esportivas são uma boa opção para quem busca um corpo mais saudável e bonito

P

raticar exercícios físicos regularmente e ter uma alimentação balanceada e de qualidade. Essas são as principais regras, de acordo com a maioria dos especialistas, quando o assunto é a qualidade de vida. Vilão do século, o sedentarismo é atualmente, segundo dados da Organização Mundial de Saúde – OMS, um dos principais desencadeadores de doenças crônicas como hipertensão e diabetes, males que podem levar à morte. Porém, nem todas as pessoas possuem características físicas para realizar qualquer atividade física. É preciso cuidado e acompanhamento profissional quando se decide deixar de lado o sedentarismo em busca de uma vida mais saudável. Uma opção para quase todas as pessoas é o Pilates. Essa prática fortalece os músculos fracos, alonga os que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. A técnica conquistou vários adeptos por ser um método que exercita o corpo de forma mais completa, respeitando o ritmo e os limites de cada aluno. O exercício dispensa a utilização dos aparelhos de musculação convencionais e usa apenas a própria força e a flexibilidade dos alunos para tonificar o corpo. “O Pilates é utilizado por vários hospitais e clínicas como forma de reabilitação para todas as idades. Além de ser indicado para conseguir mais resistência, coordenação, equilíbrio, velocidade, força e condicionamento físico, o método não tem contra indicação”, explica Roberta Magalhães, educadora física da Medicina Preventiva Unimed Rio Preto.

Mas a modalidade pode ser praticada também para quem busca formas mais definidas além de um corpo saudável. Segundo a especialista em Pilates, Claudia Lima, do Espaço A, os exercícios podem ser adaptados para quem busca esses objetivos. Como acontece no Pilates Fitness. Nesse caso, os exercícios são mais intensos, ideais para quem busca condicionamento físico e fortalecimento na região central do corpo, que envolve os músculos da coluna, quadril, coxas e abdômen. “O programa fitness aumenta o período e a duração das aulas e foca especialmente o fortalecimento da musculatura do abdômen e a postura”, ressalta. Além de reeducar o corpo, melhora a postura e a sustentação da coluna. O método é excelente para deixar a barriga enxuta. “Comecei praticando o pilates convencional, porém o resultado veio em longo prazo. Depois de algum tempo intensifiquei os exercícios com o Pilates Fitness. Em dois meses estava com os músculos tonificados”, comenta a empresária Fernanda de Souza, que pratica a modalidade há dois anos. A promotora de vendas Priscila Cupaioli pratica há seis meses e comemora a perda de três quilos. “A princípio comecei o exercício para melhorar minha postura e meus problemas de coluna. Mas, o Pilates está contribuindo muito para eu ficar em forma”, comenta. Antes de optar por esse ou aquele exercício físico procure um especialista como ortopedista ou educador físico. Somente eles poderão indicar qual a melhor prática que combine sua capacidade física com seus objetivos. serviço Medicina Preventiva Unimed Rio Preto (17) 3202-1120 fevereiro e março de 2013

|

17


unimed

Unimed recebe

50 novos cooperados por Rodolfo Borduqui

Médicos farão parte da lista de profissionais em 2013

A

18

partir do mês de fevereiro de 2013, estarão disponíveis 50 novos médicos aos clientes Unimed Rio Preto. Atualmente, são mais de 1.350 cooperados em 50 especialidades diferentes. Para a recepção dos novos médicos, a Unimed promoveu no mês de dezembro uma série de reuniões e palestras de integração e boas-vindas, além de visitas a todos os departamentos da cooperativa. De acordo com o cirurgião plástico e novo cooperado Unimed Rio Preto, Jorge Luiz Vanzella Seba, fazer parte da cooperativa é um passo muito importante para todos os médicos. “A Unimed é hoje referência em qualidade na cidade e região. Os melhores médicos são cooperados, por isso, é um

grande orgulho fazer parte desse rol de especialistas e estar à disposição de todos os clientes”, afirma. Segundo o presidente da Unimed Rio Preto, Emerson Gomez, o ingresso de novos especialistas é um privilégio para todos os clientes Unimed. “Todos os anos, temos a satisfação de acrescentar ao nosso rol de profissionais, novos cooperados. São profissionais extremamente qualificados que se juntam aos demais para que 180 mil clientes que utilizam o plano de saúde Unimed Rio Preto tenham a garantia da excelência dos serviços prestados. Por isso, com o ingresso dos novos cooperados, temos a certeza de que oferecemos ainda mais qualidade”, afirma Gomez.

Nome

especialidade

Ana Beatriz Camargo Dalul

Pediatria

Adriano Pastorelli Machado de Lima

Cirurgia Vascular

Alexandre Lorenzetti

Hematologia e Hemoterapia

Andressa Menezes Vazquez

Cirurgia Vascular

Anielli Pinheiro Nakazone

Endocrinologia e Metabologia

Antonio Soares E Abrão

Anestesiologia

Caroline Manfron da Fonseca Maniglia

Endocrinologia e Metabologia

Daniela Vichiato Polizelli

Reumatologia

Danielle Lilia Dantas Tukamoto

Pediatria e Cardiologia Pediátrica

Débora Gleide Farinha

Diag. Por Imagem US

Diogo Garcia Neto

Oftalmologia

Edmo Atique Gabriel

Cirurgia Cardiovascular

Eduardo Henrique Rossi e Simões

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Emiliano de Carvalho Almodova

Endoscopia

|

fevereiro e março de 2013


Novos medicos cooperados participaram de diferentes eventos durante semana de integração

Gabriela Perondi Weschenfelder Figueiredo

Dermatologia

Gleison Juliano da Silva Russeff

Cirurgia Vascular

Fábio Henrique Rodrigues Teles

Ginecologia e Obstetrícia

Flávio Fontes Pirozzi

Endocrinologia e Metabologia

Jandir Mendonça Nicacio

Hematologia e Hemoterapia

João Paulo Neves

Oftalmologia

Jorge Luiz Augustin Junior

Ortopedia e Traumatologia

Jorge Luiz Vanzella Seba

Cirurgia Plástica

José Gabriel Pavão Battaglini

Anestesiologia

Liliana Angélica Bandos Benittez

Endocrinologia Pediátrica

Luciana Leite Crivelin

Dermatologia

Luiz Felipe Thomé Azevedo Marques

Ortopedia e Traumatologia

Marcelo Azem Buchdid

Cirurgia Vascular

Maria Carolina Alves Ferreira

Oftalmologia

Maria Gabriela de Lucca Oliveira

Patologia Clínica

Mário Flamini Júnior

Cirurgia Geral

Mauricio Pereira Maniglia

Otorrinolaringologia

Micheline Mendonça Kodama

Anestesiologia

Mikaell Alexandre Gouvea Faria

Gastroenterologia e Cirurgia Gastroenterológica

Milton Artur Ruiz

Hematologia/Transp. Medula Óssea

Patrícia Aranjues Simões Franco

Radiologia e Diag. por Imagem

Paulo Augusto Neves

Oftalmologia

Paulo Henrique Miranda Ribeiro

Cirurgia Plástica

Priscila Lima Auricchio Yamamoto

Ginecologia e Obstetrícia

Rafael Lois Greco

Cardiologia

Raquel Siqueira Leonel de Paula Bastos

Pediatria

Renato Alvite Romano

Cirurgia Plástica

Renato Ferneda de Souza

Infectologia

Sabrina Queiroz Ardito

Cardiologia

Sebastião Camargo Schimidt Neto

Endocrinologia Geral e Pediátrica

Suelen Regina Mazer

Endocrinologia e Metabologia

Thatiane Maciel nassar Frange

Dermatologia

Thiago Gasparini Bassi

Neurocirurgia

Thiago Guimaraes Naves

Neurologia, Neurofisiologia Clínica e Medicina Instensiva

Thiago Roberto Silveira Bandeira

Cirurgia Plástica

Viviane Maciel Nassar Frange

Dermatologia

fevereiro e março de 2013

|

19


educativo

Brincar de

aprender

por Larissa Martins

brinqueDos eDucativos traZem conHecimento e estimulam a imaginação Das crianças

B

rinquedo é sinônimo de alegria para todas as crianças. Quando a educação pode ser aliada ao lazer, a combinação fica ainda mais completa. Lúdicos, os brinquedos educativos exercem importante função pedagógica e, por isso, despertam ainda mais a atenção dos pequenos e adultos. Para ser caracterizado como educativo, o brinquedo precisa ser feito com o objetivo de instruir e estimular o lado intelectual da criança e auxiliar o desenvolvimento emocional e físico. Além de proporcionar diversão, esses produtos possuem importantes funções educacionais que ajudam no desenvolvimento da coordenação motora, melhoram as habilidades de leitura, matemática, memória, estimulam a fala, audição, visão e concentração, entre outros benefícios. Jorge Luís da Silva, pai da menina Yasmin, de 2 anos, prefere os brinquedos que estimulam o desenvolvimento educacional da filha. “Percebo que quando ela está brincando com esse tipo de passatempo, ela fica totalmente

20

|

fevereiro e março de 2013

concentrada no que está fazendo. Esses brinquedos exigem mais atenção e isso estimula a imaginação dela”, conta. Pesquisadores apontam que os brinquedos educativos são benéficos para o desenvolvimento de uma criança porque podem trabalhar o seu lado emocional, o crescimento social, físico e intelectual em todas as idades. Segundo a pedagoga Larissa Tavares, a formação de uma criança acontece na medida em que ela começa a interagir com o mundo. “Os brinquedos educativos são uma forma de auxiliá-los para que percebam o mundo, fazendo uso da imaginação e da fantasia” explica. Vários fatores tornam a escolha dos melhores brinquedos uma ação delicada e que requer muita atenção dos pais. São infinitas as opções encontradas no mercado, mas os que ajudam na educação estão se destacando e ganhando a preferência dos educadores. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), o setor movimenta aproximadamente R$ 4 bilhões por ano no Brasil, dos quais 20% são representados pelos brinquedos educativos.


publieditorial

fevereiro e marรงo de 2013

|

21


entretenimento

Hoje é dia

de festa por Daiane Madalhano

eventos Deixam De ser uma simples comemoração e são proDuZiDos como granDes espetáculos

O

desejo de tornar uma data especial em um grande acontecimento vem movimentando o mercado de eventos e atraindo novidades para o setor. O que antes podia ser apenas uma comemoração, hoje se tornou um grande espetáculo. Não importa a idade ou motivo, no mundo das festas existem opções para todos os tipos de desejos. E neste ambiente, empresários precisam se aperfeiçoar e buscar inovações criativas em seus negócios. A empresária Erica Viviane Moraes Pereira passou por um preparação profissional antes de abrir um buffet para festas infantis em Rio Preto. Ela estudou gestão de negócios por dois anos na Universidade da Diversão, em São Caetano do Sul, São Paulo, especializada em treinar profissionais para este mercado. Por meio de pesquisas, ela traçou um diagnóstico das necessidades das festas e deu o primeiro passo para a elaboração de seu empreendimento. “Investimos em espaço físico e atrativos para adultos e crianças, com mais de dez opções de brinquedos. As pessoas buscam por comodidade e um ambiente atrativo para festejar”, afirma a empresária, que fez um investimento inicial de R$ 1,5 milhão e já está pensando na ampliação dos negócios. Além da comodidade dos espaços, é possível detectar a crescente procura por atrativos diferenciados. O empresário Alex Darc é especialista em intervenções artísticas e coordena um grupo de 40 bailarinos, que se apresenta em mais de dez festas por mês. Ao todo são 25 estilos de produções que passam por adaptações para cada tipo de evento. O trabalho exige disciplina, estudo e muita dedicação. “O mundo do entretenimento é o futuro, é um mercado que está em evolução. As pessoas querem ser surpreendidas e nós temos que nos adequar e surpreender sempre. Uma produção artística envolve desde a preparação do profissional com aulas de interpretação, dança e teatro e o tempo de caracterização, que pode variar entre seis e dez horas. É preciso saber quais são as expectativas do contratante e oferecer um projeto inovador. É isso que as pessoas buscam”, afirma Darc. Com tantos atrativos, o registro dos melhores momentos da festa é uma outra etapa do evento. Fotos criativas e mais “lúdicas” são a tendência do momento. Na Europa, as fotos instantâneas tiradas em cabines fotográficas são muito usadas. A novidade chamou

22

|

fevereiro e março de 2013

a atenção das rio-pretenses Marina e Jaqueline Ianes, que importaram o equipamento e o batizaram na região como X Foto Cabine. “As fotos são as lembranças que as pessoas têm de qualquer situação. A cabine apresenta a proposta de eternizar esses momentos de uma forma mais engraçada. Ela abriga até quatro pessoas e a brincadeira fica mais divertida”, afirmam. Além dos atrativos para a diversão, os quitutes também entraram na onda da modernização com muitas novidades. Para a doceira Mariana da Silva Gubolim a procura pelos tradicionais bolos e doces de festas foi substituída por encomendas de artigos personalizados e a qualidade está entre as exigências dos contratantes. “O tradicional saiu de moda. Hoje as pessoas investem muito mais em artigos personalizados. Os brigadeiros cederam espaço para os cup cakes, e as forminhas de doces foram substituídas por glace real e pasta americana. A maioria dos eventos é temática e isto requer um estudo para o desenvolvimento do layout e mais tempo para a confecção”, afirma Mariana.


fevereiro e marรงo de 2013

|

23


pílulas

por Rodolfo Borduqui

Catapora A varicela, popularmente conhecida por catapora, é uma das clássicas doenças da infância. Vista por muitos como inofensiva e banal, dependendo da intensidade e do tratamento incorreto, pode levar a óbito. Outro mito é que a doença só se manifesta na infância. Na verdade, qualquer pessoa que nunca tenha contraído catapora pode ser contaminada independentemente da fase da vida. Por isso é preciso prevenir e a forma mais eficaz é a vacinação. Pensando nisso, a Unidade de Vacinação Adulto e Infantil da Unimed Rio Preto promove uma campanha de imunização contra varicela. Qualquer pessoa com idade acima de um ano pode tomar as doses da vacina. A Unimed oferece duas opções: a varicela e a Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola, além da varicela). Mais informações (17) 3202-1112.

Premiação

Guia Médico em suas Mãos

Em uma iniciativa inovadora, a Unimed Rio Preto implementou recentemente o Projeto Ideau. Voltado para os colaboradores da cooperativa, tem por objetivo estimular a sugestão de ideias criativas que possam colaborar efetivamente com mudanças que beneficiem as estratégias da empresa, proporcionando redução de custos, otimização de recursos, entre outros. Nesta primeira edição, 29 ideias foram inscritas e seis selecionadas. Os autores foram os colaboradores Edna Cristina Gouveia Leotta, Gislene Simões Rodrigues, Hiago Silva Souza, Larissa Grossi de Matos, Larissa Ribeiro Guerra Medeiros e Márcia Cristina Viana. Além de melhorias internas, as ideias implantadas têm por objetivo aprimorar ainda mais a qualidade dos atendimentos prestados aos clientes Unimed Rio Preto.

Cerimônia de apresentação dos projetos selecionados

24

|

fevereiro e março de 2013

O aplicativo do Guia Médico da Unimed Rio Preto acaba de ganhar uma atualização. Agora, além de versões para o iPhone e iPad, o Guia também está disponível na versão Android. Mais prático, rápido e completo, já pode ser baixado gratuitamente. Com o aplicativo é possível encontrar a lista completa de médicos cooperados, endereços, telefones, mapas de localização, além de atalhos para as redes sociais e site da Unimed Rio Preto. Aproveite e baixe agora.


pílulas

Prêmio Diário de Comunicação

Equipe da House Unimed: Marcus Vinícius Santana, Andrea Nicolau, Mauro Sérgio Fernedes, Kátia Pedrini Morales Fiorin, Andrea Cristina Amato, Tainá Rodrigues, Felipe Pescaroli e a diretora da Unimed Rio Preto Dra. Fátima A. N. Bozelli durante a premiação

A House Unimed foi uma das grandes vencedoras da 10ª edição do Prêmio Diário de Comunicação. A equipe da Unimed Rio Preto conquistou o primeiro lugar em duas categorias: melhor campanha em Jornal e melhor campanha em Jornal Varejo. Além de troféus, a equipe também foi contemplada com dois cruzeiros marítimos pela costa brasileira. A premiação reconheceu as mais criativas e inteligentes peças publicitárias publicadas ou veiculadas de novembro de 2011 a outubro de 2012 no Diário da Região, na FM Diário e na Revista Vida&Arte. Essa não é a primeira vez que a Unimed Rio Preto é destaque no Prêmio Diário de Comunicação, uma das mais importantes premiações do interior de São Paulo.

Caravana da Cidadania No final de 2012, a Unimed Rio Preto participou da Caravana da Cidadania. Apoiadora desde a primeira edição do evento, a Unimed promoveu uma série de ações gratuitas voltadas ao público durante todo o dia. Um estande, montado no local, abrigou uma equipe de profissionais que realizou aferição de pressão arterial, testes de glicemia e hepatite C, verificação de IMC, aferição de pressão arterial, informações sobre aleitamento materno e gestação com profissionais do Beabá Bebê, além de atividades e informações com profissionais de educação física, fisioterapia e assistência social. A UTI Móvel do SOS Unimed também esteve no local para atendimento da população.

fevereiro e março de 2013

|

25


espaço cliente

O cliente pergunta,

a Unimed responde por Pamela Felício

Unimed Rio Preto esclarece os questionamentos mais comuns no Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)

Eu preciso apresentar o cartão magnético da Unimed Rio Preto para poder utilizar o plano? O cartão de identificação do beneficiário da Unimed Rio Preto é de uso pessoal, intransferível e sua apresentação é obrigatória. É preciso apresentá-lo juntamente com um documento pessoal com foto para a validação de qualquer atendimento.

O que significa SOS Unimed 24 horas? O SOS Unimed é um serviço de atendimento préhospitalar móvel que funciona 24 horas por dia. O atendimento é feito dentro do perímetro urbano de São José do Rio Preto e Mirassol, para clientes que aderiram ao serviço. O valor mensal é de R$5,80 por beneficiário e pode ser adquirido pelo telefone (17) 3202-1220.

Eu gostaria de ter em mãos o guia médico da Unimed Rio Preto. Como posso fazer? Você pode acessá-lo facilmente por meio do site www.unimedriopreto.com.br no ícone Guia Médico. Assim, é possível visualizar nome, endereço e telefone de médicos de todas as especialidades, além de laboratórios, clínicas e hospitais associados à Unimed Rio Preto. Você também pode acessar essas informações pelo celular ou tablet por meio do aplicativo que permite ao cliente realizar pesquisas rápidas. Ele está disponível para aparelhos como iPhone, iPad e sistema Android. Ou retirar o guia médico na sede da Unimed Rio Preto.

Eu sou cliente Unimed Rio Preto e possuo uma doença crônica. Fiquei sabendo que existe um grupo de apoio aos portadores de doenças crônicas. É verdade? A Unimed Rio Preto possui o programa de Medicina Preventiva que beneficia seus clientes com uma equipe interdisciplinar no controle e prevenção de diabetes, hipertensão, obesidade, alteração no colesterol e triglicérides. Os clientes são acompanhados por enfermeiras, nutricionista, psicólogas, fisioterapeutas e educadora física e participam de palestras médicas e grupos especializados, sem custo adicional na mensalidade. Para mais informações entre em contato pelo telefone (17) 3202-1120.

0800 772 9467

SAC - Serviço de Atendimento ao Cliente 24H

26

|

fevereiro e março de 2013

(17) 3202-1223

Central de Informações 24H

Site: www.unimedriopreto.com.br Facebook: www.facebook.com/unimedriopreto Twitter: @unimedriopreto


comportamento

Despertando

os sentidos por Pamela Felício

Saiba como o poder da sinestesia pode influenciar na sua empresa

C

om a competitividade dos dias atuais e a concorrência acirrada, a diferença de preços e qualidade de produtos tornaram-se insuficientes na hora de conquistar um cliente. É preciso fidelizá-los por meio de artifícios criativos e inovadores. Uma opção que vários empresários estão adotando é introduzir a sinestesia nos seus produtos, fazendo com que os clientes sintam sensações diferentes. Já pensou em criar aromas diferenciados que identifiquem sua marca? Ou elaborar uma trilha sonora exclusiva para seus clientes? E fazer uma viagem pelo mundo usando apenas a visão, audição e o paladar? Essas são algumas estratégias que podem dar certo. A empresária Karina Macri Zanon montou em Rio Preto um bistrô com referências internacionais. O estabelecimento possui uma seleção de músicas exclusivas que remete a diferentes regiões do mundo além de pratos da culinária contemporânea. “A proposta é oferecer aos clientes uma viagem pelos principais locais do planeta estimulando os sentidos por meio das características do ambiente, dos sabores e do som”, explica a empresária. A loja de colchões e produtos para quartos Americanflex

apostou em estimular o olfato dos clientes criando uma essência com notas frutadas. Além de personalizar olfativamente o espaço com um perfume exclusivo, a essência está presente em várias opções de produtos como os aromatizadores de ambiente, velas aromáticas, entre outros. “O conceito que queremos alcançar é a união dos cinco sentidos. A qualidade do sono está relacionada a eles, por isso, queremos despertá-los”, enfatiza Jane Jardini, diretora da Americanflex. O designer holandês Jinhyun Jeon também utilizou a sinestesia para inovar. De acordo com uma publicação do site Dezeen, o designer desenvolveu dezenas de talheres de diferentes cores, temperaturas, formatos e texturas que estimulam os sentidos e podem fazer com que o sabor dos alimentos seja percebido de maneiras distintas. Segundo o neurologista Moacir Alves Borges, isso é possível porque a interação de todo sistema sensorial existe em íntima e integral harmonia. “Quando os estímulos planejados metodicamente são cruzados com outros sentidos visando um ganho específico, eles sensibilizam várias áreas cerebrais até então escondidas”, explica.. serviço Dr. Moacir Alves Borges CRM 21499 | Neurologista – (17) 3201-5087 K Bistrô | www.kbistro.com.br Americanflex | www.americanflex.com.br Site Dezeen | www.dezeen.com fevereiro e março de 2013

|

27


comportamento

Para eternizar

Alice observa brinco de ouro que foi o presente escolhido para comemorar seu nascimento

Momentos por Daiane Madalhano

Joias são uma excelente opção para quem deseja registrar uma comemoração

P

resentes para a vida toda, as joias são ideais para quem deseja registrar um momento marcante ao lado daquela pessoa especial. Anéis representam não apenas a união de um casal, mas também uma importante conquista, como a formatura de um filho, por exemplo. Muitas meninas ganham sua primeira joia ao nascer. O par de brincos da recém-nascida tem grande importância para as famílias e pode passar de mãe para filha. Para a publicitária Paula Danielle Ventura, o anel de formatura que recebeu da tia é tão importante quanto o diploma universitário. O modelo, com uma pedra de safira azul, foi feito sob medida e representa a união familiar e a concretização de uma etapa importante da vida. “Foi uma surpresa. Minha tia disse que estava faltando alguma coisa no meu vestido e me deu a caixa do anel. Foi muito emocionante. Minha faculdade tem grande significado em minha vida e o anel sela aquele momento”, diz. Na família da aposentada Maria Luisa Mendonça, o brinco em ouro foi o presente escolhido para celebrar a chegada das netas Alice, hoje com 1 ano, e Ana Luisa, de 4 meses.

“As meninas são muito vaidosas. A Luisa sempre troca de brinco e já tem vários. A Alice, mesmo pequena, ganhou um joguinho de pulseiras”, diz a aposentada. Verificar a procedência da joia é um importante cuidado para garantir a durabilidade. “Investir em peças com garantia é ter a certeza de que ela será eterna”, afirma a empresária Lívia Costantini Marques, da Costantini Joalheria. Para atestar a qualidade e pureza do ouro com que uma joia é fabricada existe o selo fornecido pela AMAGOLD, que atesta a qualidade do ouro no Brasil. Procure por esta certificação sempre que comprar uma peça para presentear alguém especial. Para eles Canetas refinadas ganharam status de joias e são cada vez mais cobiçadas e escolhidas para presentes em momentos especiais. Uma das marcas mais tradicionais, a Montblanc, fabrica canetas com pedras preciosas que representam diferentes profissões. serviço Costantini Joalheria (17) 3304-8700

28

|

fevereiro e março de 2013


cultura

Dicas de

Dicas de

De pernas pro ar 2

A Travessia

Direção: Roberto Santucci | Gênero: Comédia | Ano: 2012

Autor: Young, William P. | Gênero: Literatura Estrangeira / Romance | Ano: 2012

Alice agora é uma empresária bemsucedida. Ela está bastante atarefada devido à abertura da primeira filial de sua sex shop em Nova York. Seu objetivo é levar para a América um produto erótico inédito. Ela tem um surto devido ao excesso de trabalho e é internada em um spa onde conhece várias pessoas que buscam controlar suas obsessões e ansiedades.

Um derrame cerebral deixa Anthony Spencer, um multimilionário egocêntrico, em coma. Quando “acorda”, ele se vê em um mundo surreal habitado por um estranho, que descobre ser Jesus, e por uma idosa que é o Espírito Santo. Debatendo-se contra um sofrimento emocional insuportável, ele implora por uma segunda chance.

Filme

Detona Ralph Direção: Rich Moore | Gênero: Animação | Ano: 2013

Ralph é o vilão de Conserta Félix Jr., um popular jogo que está completando 30 anos. Apesar de cumprir suas tarefas à perfeição, Ralph gostaria de receber uma atenção maior de Felix Jr. e os demais habitantes do jogo, que nunca o convidam para festas e nem o tratam bem. Para provar que merece tamanha atenção, ele promete que voltará ao jogo com uma medalha de herói.

Livro

As Vantagens de Ser Invisível Autor: Chbosky, Stephen | Gênero: Literatura Infanto-Juvenil | Ano: 2007

Todos os dramas e alegrias da adolescência enchem a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. O autor capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se é real ou imaginário.

fevereiro e março de 2013

|

29


30

|

fevereiro e marรงo de 2013


fevereiro e marรงo de 2013

|

31


32

|

fevereiro e marรงo de 2013


Revista Viva Unimed fev/mar 2013