Page 1

unidospralutar.blogspot.com

Greve bancária começa forte em todo o país e vem crescendo ! De norte a sul do Brasil os bancários deram um grande NÃO à proposta desrespeitosa da FENABAN. O reajuste de 8% (0,56% de aumento real) soou como uma piada frente aos lucros dos bancos. Em comparação com o lucro do 1° semestre de 2010 o lucro dos bancos bateu recordes (CEF 36,4%, BB 23%, Banrisul 43,9%, HSBC 33%, etc). O governo federal mostrou que não quer defender nosso salário. Declarou que nas estatais não se deveria dar mais que a inflação para os trabalhadores. O mesmo governo que apoiou que os parlamentares aumentassem seu próprio salário em 67%! Além disso, o governo Dilma (PT/PMDB), quem diria, utilizou o artifício judicial do interdito proibitório no BB do Rio de Janeiro para impedir o direito de greve dos bancários. Mas, essa infâmia nós já derrubamos!

Os bancários enfrentam no dia a dia um crescimento da pressão por metas, assédio moral, adoecimento, assaltos, sobrecarga de trabalho, entre outros problemas graves. Porém, o que os bancos e o governo não esperavam era uma resposta tão forte da categoria. A greve se espalhou pelo país e no segundo dia alcançou 6.248 agências, superando o ano passado. A tarefa agora é fortalecer a greve, buscar convencer aqueles colegas que ainda não pararam, pois assim é possível arrancar mais dos bancos. c 12,5% de reajuste! c PLR: três salários mais R$ 4.500 sem desconto dos programas próprios de renda variável! c Garantia de abono dos dias parados!


É necessário unificar as categorias de trabalhadores que estão em greve para enfrentar o governo e os patrões! Todos sabem que os trabalhadores dos correios fazem uma greve nacional. Além deles, outras categorias também estão em greve em alguns estados (professores, metalúrgicos, construção civil, etc.). Se olharmos suas reivindicações veremos o quanto são parecidas com as nossas. Em correios, a empresa aplica o “conselho” do governo de não dar mais que a inflação, o mesmo fazem nos bancos. No RS aconteceu uma vitoriosa passeata entre os trabalhadores dos correios e os bancários. Este é um exemplo para todo o país. Precisamos unificar as categorias em luta para conseguir mais conquistas para toda classe trabalhadora.

Após mobilização dos trabalhadores, BRB dá 17,45% de reajuste! O BRB de Brasília, que no primeiro semestre de 2011 obteve um lucro 11% maior do que o mesmo período de 2010, ofereceu este índice aos seus funcionários. Isto só nos mostra uma coisa. Com o lucro e o crescimento que tiveram os maiores bancos do país podemos arrancar muito mais salário do que a proposta que nos fizeram, desde que tenha uma forte pressão e mobilização de nossa categoria.

O que é a UNIDOS pra LUTAR?

unidospralutar.blogspot.com

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE SINDICATOS INDEPENDENTES UNIDOS PRA LUTAR

Entre em nosso blog: www.unidospralutar.blogspot.com Contato: Telefone: Eloisa: (21) 8551-6141 e-mail: eloisa.2@terra.com.br

A UNIDOS pra LUTAR é composta por trabalhadores e trabalhadoras que querem l u t a r p o r d i g n i d a d e p a r a v i v e r. Trabalhadores que estão cansados da atual realidade de desigualdade no país. Fundamos uma associação sindical e estamos à frente de diversos sindicatos. Nos sindicatos dirigidos pelos pelegos construímos oposições sindicais que buscam mobilizar as categorias. Químicos, Rodoviários, Servidores Públicos, Educadores, Bancários, Correios, são algumas das categorias onde estamos presentes. Acreditamos que é somente com luta e organização que nossa classe vai conquistar melhores condições de vida. Em tempos que muitos sindicalistas passaram de “mala e cuia” para o lado do governo, queremos um sindicalismo combativo, que aposte nas mobilizações, que esteja em contato permanente com a base das categorias. Defendemos um sindicalismo independente das direções das empresas e dos governos federal, estadual e municipal. Somos uma entidade que prioriza a intervenção nas lutas e mobilizações dos trabalhadores contra os governos e os patrões. Defendemos o classismo e a unidade dos trabalhadores com os setores populares. Defendemos a mais completa autonomia de organização dos trabalhadores. Lutamos pela mais ampla Liberdade de organização e denunciamos e combatemos todas as praticas anti-sindicais patrocinadas pelos governos.

BOLETIM  

boletim bancáris

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you