Page 96

Marx & Engels David Riazanov

proletariado. Como questão fundamental de todo o movimento, os comunistas colocam sempre em primeiro plano o problema da propriedade privada. Na conferência seguinte falaremos sobre como foram aplicadas concretamente tais táticas elaboradas por Marx e Engels na véspera da revolução de fevereiro de 1848 e que modificações lhes foram introduzidas pela experiência desta revolução. O Manifesto contém todos os resultados do trabalho cientifico a que Marx e Engels – especialmente o primeiro – se dedicaram de 1845 a 1847. Durante esse tempo, Engels estudou os materiais reunidos por ele sobre a Situação da Classe Trabalhadora na Inglaterra; enquanto Marx trabalhava sobre a história das doutrinas políticas e econômicas. A concepção materialista da história que lhes possibilitou analisar com tanta justeza as relações materiais, as condições de produção e de distribuição, pelos quais se determinam todas as relações sociais, havia sido amadurecida por eles nesses anos, enquanto lutavam contra as distintas doutrinas idealistas. Antes do Manifesto, Marx havia exposto a nova doutrina em forma mais completa e brilhante, polemizando contra Pierre-Joseph Proudhon. Contudo, em sua obra A Sagrada Família mostrava uma grande estima por Proudhon. O que provocou a ruptura entre os aliados de outrora? Proudhon, de origem operária e autodidata como Weitling, porém ainda mais talentoso, foi um dos publicistas franceses mais eminentes. Teve na literatura uma iniciação muito revolucionária. Em sua obra O que é a Propriedade?, publicado em 1841, criticava violentamente a propriedade burguesa e afirmava, com audácia, que definitivamente esta é um roubo. Mas logo se constatou que condenando a propriedade, Proudhon tinha em visto somente uma de suas formas, a propriedade capitalista

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement