Page 90

Marx & Engels David Riazanov

mais tarde entre os alemães na Suíça e na própria Alemanha. Seu comitê central estava sempre ligado a determinada cidade designada pelo congresso, como cidade de vanguarda. Neste congresso foi decidido também elaborar uma “profissão de fé” comunista, que seria o programa da Liga; as distintas regiões deveriam apresentar as suas no congresso seguinte. Decidiu-se, ademais, editar uma revista popular. Foi o primeiro órgão operário de que tivemos conhecimento e, como podemos ver3, reivindicava abertamente o título de “comunista”. Na primeira página desta publicação, surgida um ano antes do Manifesto Comunista, figura a palavra de ordem: “Proletários de todos os países, uni-vos”. É uma raridade bibliográfica. Não conheço desta revista mais do que três exemplares: este que encontrei em 1912 e descrevi em um artigo em 1914; outro encontrado mais tarde por Mayer nos arquivos da polícia de Berlim e descrito por ele em 1919, e o terceiro, que foi encontrado nos últimos tempos pelo professor Grünberg e publicado em uma edição especial. Esta revista foi publicada somente uma vez. Os artigos do primeiro e único número foram escritos principalmente pelos representantes da Liga dos Comunistas estabelecida em Londres, que fizeram também a composição tipográfica. O editorial está redigido em forma muito popular. A linguagem fácil expõe as particularidades que distinguem a nova organização comunista das demais francesas e das de Weitling. Não foi citada nem uma só palavra sobre a Liga dos Justos. Um artigo dedicado ao comunista francês Cabet, autor da famosa utopia Viagem à Icária. Em 1847, este havia feito intensa propaganda para estabelecer na América pessoas dispostas a 3. O conferencista Riazanov mostrou um exemplar que pertencia ao Instituto Marx e Engels.

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement