Page 87

Marx & Engels David Riazanov

que atuava como organismo central, do qual se enviava informes. Reunia um grande número de membros, entre os quais muitos operários. Em Paris funcionava outro organizado por Engels, que realizava intensa propaganda entre os artesãos alemães; e em Londres o dirigem Schapper, Bauer e Moll (o mesmo que segundo disse foi a Bruxelas seis meses depois, para convidar Marx a incorporar-se à Liga dos Justos). E como prova uma carta de 20 de janeiro de 1847, que transmiti a Mehring, Moll foi a Bruxelas não como delegado da Liga dos Justos, mas como representante do comitê de correspondentes comunistas de Londres para levar um informe sobre a situação inglesa. É assim que me convenci de que o relato da fundação da Liga dos Comunistas, tal qual foi feito com arranjo de Engels e reproduzido em diversas obras, não passa de uma lenda que não resiste à crítica. O grande trabalho preparatório efetuado, principalmente por Marx, se parece muito com o cumprido pelos primeiros social-democratas russos meio século depois, ao se esforçarem para unir as organizações existentes, com a particularidade de que neste caso a organização do “Iskra” substituía os comitês de correspondentes e as distintas sociedades operárias, nas quais trabalhavam os agentes comunistas, estavam substituídas pelas uniões e comitês nos quais os elementos do comitê central procuravam entrar para ganhá-los a sua causa. Aos historiadores passou inadvertido esse trabalho de organização de Marx, a quem apresentam como um pensador de gabinete, e não conhecendo o papel de Marx como organizador, não conheceram um dos aspectos mais interessantes de sua personalidade. Se não se conhece o papel que Marx (faço notar: Marx e Engels) teve nos anos 1846 e 1847 como dirigente e inspirador de todo esse trabalho de organização,

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement