Page 223

Marx & Engels David Riazanov

do que os anarquistas a discussão fundamental ocorrida do congresso de Haia. Ali, onde Bakunin e seus seguidores viram somente um fato perdoável, com prejuízo para o editor, os membros da comissão especial, com os documentos em mãos, viram o abuso criminoso do nome de uma organização operária revolucionária ligada estreitamente à Internacional, abuso este cometido para fins pessoais, para se livrar do pagamento de uma dívida. Havia sido escrito por Nechayev, mas no fundo concordava perfeitamente com os princípios defendidos por Bakunin. Há que se acrescentar que Bakunin não se separou de Nechayev por isto, mas porque lhe parecia que este o considerava como um instrumento para seus objetivos revolucionários. Basta ler as cartas de Bakunin a seus amigos para constatar o quão pouco se preocupava em lançar contra seus adversários, incluso Marx, acusações políticas, o que tinha o direito de fazer, mas, pelo contrário, era célebre por fazer acusações pessoais. Atualmente sabemos que Bakunin é o autor do célebre manual para uso dos revolucionários, atribuído a Nechayev, e cuja publicação no curso da polêmica provocou a indignação geral dos revolucionários. Os amigos de Bakunin negaram de forma obstinada a autoria e responsabilizaram Nechayev. No final de suas tarefas, o congresso de Haia aceitou a proposição de Engels para transladar a sede do Conselho Geral para New York. Vimos que nessa época a Internacional havia perdido não somente o apoio na França, onde deste 1872, só o fato de pertencer a ela já era um crime, como também na Alemanha e na Inglaterra. A mudança da sede do organismo central para a América seria provisória. Mas o congresso de Haia acabou por ser o último realizado pela Internacional. Em 1876, o Conselho Geral anunciou em New York que a Primeira Internacional havia deixado de existir.

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement