Page 203

Marx & Engels David Riazanov

sociedade internacional, a Liga para a Paz e a Liberdade, que deveria se reunir em Genebra. Triunfaram os partidários da participação. Só no congresso seguinte, realizado em Bruxelas, triunfaria o ponto de vista do Conselho Geral e se decidiu propor a Liga que aderisse à Internacional e se afiliassem às respectivas seções de cada país. Marx não participou destes dois congressos. Ainda não havia sido encerrado o congresso de Lausanne, quando o primeiro tomo de O Capital foi publicado. No congresso seguinte, realizado na cidade de Bruxelas em 1868, foi adotada a proposição da delegação alemã, uma resolução que recomendava aos operários de todos os países o estudo de O Capital. Esta destacava o imenso mérito de Marx: é “o primeiro economista que submeteu o capital a uma análise minuciosa e reduziu a seus elementos fundamentais”. Entre outras coisas, examinou o congresso de Bruxelas a questão da influência das máquinas na situação da classe operária, as greves e a propriedade territorial. As resoluções adotadas são, mais ou menos, compromissos; pelo contrário e pela primeira vez, o ponto de vista do socialismo ou, como se dizia então, do coletivismo, triunfou contra o critério dos franceses; se reconhecia a necessidade de socializar os meios de transporte, de comunicação e o solo, mas esta resolução somente foi adotada de forma definitiva no congresso seguinte, realizado na Basileia em 1869. A questão política fundamental que foi motivo de preocupação da Internacional após o congresso de Lausanne foi a guerra e os meios possíveis de ser empregados para combatê-la. A guerra de 1866, entre Prússia e Áustria, vencida pela primeira, fez surgir a opinião de que esta guerra originaria, em breve, outra entre a França e a Prússia. Em 1867, as rela-

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement